Ir em baixo
avatar
Convidado
Convidado

Diario JR Empty Diario JR

em 23/3/2020, 10:43
Olá pessoal, bom tenho 43 anos, sou casado e pai de uma linda filha de 6 anos.
A primeira lembrança que me vem a cabeça em assuntos relativos a sexo era quando tinha uns 5 anos e fui dormir na casa da minha avó e esqueci minha cueca em casa, ai colocaram uma calcinha da minha irmã para não ficar sem nada. Depois disso só me lembro quando já tinha uns 10 anos quando descobri que meus pais tinham uns livros sobre medicina em casa e neste livro tinha desenhos que mostravam a estrutura da vagina. Só conheci a masturbação na escola quando amigos meus me questionaram se eu fazia e ai procurei saber e comecei. O primeiro contato com filme pornô foi quando um dia fomos dispensados na escola pois após o intervalo os professores não iriam vir e fomos na casa de um outro da classe que tinha locadora e ai estávamos em uns 15 entre meninos e meninas e assistimos um filme pornô. Sempre fui "viciado" por calcinha, sempre que ia em uma loja de roupas ficava admirando de longe elas penduradas nas araras e dava um jeito de discretamente esbarrar e tocar nelas. Sempre que via uma mulher queria ver como era sua calcinha, fio dental, asa delta, etc... Em casa sempre via minha mae e irmã de calcinha e sutiã e depois no banho me masturbava. Quando não tinha ninguém em casa, lembro de muitas vezes "atacar" as gavetas de calcinhas de minha mãe e irmã e experimentar todas, chegando a vestir as vezes 10 a 15 calcinha uma em cima da outra e ficava me imaginando como uma mulher. Antes que pensem ou falem nunca senti ou sinto tesão por homens ao contrário se de pensar para mim me dá nojo, porém respeito quem goste. A primeira e única mulher que tive na minha vida foi minha esposa e a vi nua a primeira vez com 21 anos. Na época de namoro, ao telefone com conversas quentes e com sua calcinha enrolada em minha mão me masturbava e continuava experimentado calcinhas da minha mãe e irmã e quando estava com a da minha namorada em casa também, tudo escondido. Bem o tempo passou casei e minha esposa nunca foi muito constante em fazer sexo, até por conta de sua criação que falava que mulher tinha que satisfazer o homem e pronto, o que não concordo e por isso e por isso não a forço a fazer sexo pois sinto estar a estuprando. Bem após um tempo de casado e experimentando suas calcinhas escondido resolvi contar-lhe do meu fetiche, no inicio ela acho que eu era gay, mas depois entendeu ser uma tara, até que um dia ela me deu algumas calcinhas de presente para mim, nesta época comecei a ver mais filmes pornô e me masturbava até com propaganda de loja de lingerie. Após algum tempo comprei um dildo para ela, mas ela acabou por nao gostar e no meio de uma discussão sobre isso ela falou que ia enfiar em mim, na hora me deu um tesão imenso e deixei, então começamos a praticar inversão de papéis (com direito a roupa e penetração). Até hj as vezes fazemos isso. Hoje, pelo menos três vezes na semana, uso calcinha o dia todo indo inclusive trabalhar. Parece que quando estou usando calcinha consigo diminuir o tesão e quando não uso a vontade de ver mulheres de lingerie e ver pornô é imensa.
Fazem uns 60 dias que não vejo pornô nenhum e nem me masturbo, porém a internet você abre tem um monte de propaganda de lingerie,  quando ela não quer fazer sexo, então ela me masturba fazendo as vezes inversão.
Não sei se meu caso entraria neste forúm especificamente, pois como disse já fazem 60 dias que não vejo pornô e nem me masturbo, somente ela me masturba por não querer fazer sexo, porém o fetiche e desejo de usar calcinha é imenso e a vontade de inversão vem e vai.
Gostaria da opinião e ajuda de vocês.
Grato
avatar
Convidado
Convidado

Diario JR Empty Re: Diario JR

em 24/3/2020, 08:43
Bem mais um dia, e teoricamente tranquilo. Fiz o teste daqui e realmente deu que era viciado. Em casa minha esposa tem ajudado bastante. Ontem fizemos um sexo gostoso, sem problemas a não ser pelas fantasias da minha cabeça. A noite mais sonhos, acho que minha P é minha própia mente. Isso é o resultado de 30 anos consumindo isso, agora até a mente limpar é dificil. Mas continuamos na luta, sem PMO a não ser com minha própria esposa.


Última edição por Jotaerri em 25/3/2020, 07:19, editado 1 vez(es)
avatar
Convidado
Convidado

Diario JR Empty Mais uma noite

em 25/3/2020, 07:18
O dia ontem foi relativamente bom, tirando a parte que estava vendo meus e-mails e ai apareceu um gatilho que foi uma propaganda de lingerie. Imediatamente fechei a tela e sai da frente do computador, porém aquela imagem ficou gravada em minha memoria o dia todo. A noite a imagem veio durante um sono em forma de sonho. Acordei e o penis estava "lubrificado", nao foi uma polução. Vamos a mais um dia, tentando dentro desta quarentena arrumar coisas para fazer e distrair e assim nao ficar na frente de computador e celular.
Alexeireboot1
Alexeireboot1
Mensagens : 107
Data de inscrição : 27/05/2017

Diario JR Empty Re: Diario JR

em 25/3/2020, 10:48
Bom dia, cara. Parabéns pela iniciativa de fazer um diário e, principalmente, pela sua sinceridade em contar as raízes do seu vício.

Estou acompanhando seu diário.
avatar
Convidado
Convidado

Diario JR Empty Re: Diario JR

em 25/3/2020, 15:51
Obrigado. Posso até esconder dos outros a raiz do problema, mas creio que os passos pra chegar o sucesso passa por aceitar ser um viciado, diagnosticar o que te fez e faz continuar. Faço este diário para além de me ajudar, também poder ajudar outras pessoas e servir de meio para que elas vejam onde errei e onde acertei.
avatar
Convidado
Convidado

Diario JR Empty Re: Diario JR

em 25/3/2020, 17:30
Hoje conversei com minha esposa sobre este fórum e ela gostou da ideia do diário e perguntou se poderia contribuir e falei que sim. Ela irá usar a mesma conta que eu uso porém sempre que for ela a comentar algo irá se identificar. Toda ajuda é bem vinda.
avatar
Convidado
Convidado

Diario JR Empty Re: Diario JR

em 26/3/2020, 09:39
Bom dia, esta noite consegui dormir bem. Consegui desligar a minha P particular (cérebro), não tive nenhum sonho. Isso se deve muito ao milagre do Alprazolam. Após a conversa de ontem com minha esposa, sempre muito compreensiva e companheira, conseguimos um entender ao outro melhor. Cada dia que passa ela entende melhor essa doença e tenta ajudar a vencer. Só tenho a agradece-la por estar ao meu lado, compreendendo e se esforçando. As vezes ela fica perplexa com o passado que ela descobre, quando acho que contei tudo, sempre aparece algo novo que tinha esquecido. Hoje será um dia em que toda a vigilância é necessária para não cair, pois alguns pensamentos pairam sobre minha cabeça. Mas vamos com força, fé e oração para que vençamos mais este dia de luta.
avatar
Convidado
Convidado

Diario JR Empty Re: Diario JR

em 27/3/2020, 11:58
Ontem o dia foi complicado, muitas vontades e desejos, tendo que arrumar a cada minuto uma atividade para tentar enganar os pensamentos e o cérebro para não cair em tentação. Confesso que foi muito difícil. A noite só não foi complicado porque tomei uma dose maior de calmante para dormir. Esses altos e baixos não são fáceis. Mas continuamos na luta para vencer definitivamente este mal. Somente Deus alcançarei a vitória.
Rottweiler
Rottweiler
Mensagens : 350
Data de inscrição : 22/07/2019
Idade : 28

Diario JR Empty Re: Diario JR

em 27/3/2020, 13:17
Parabéns pela coragem de publicar,
60 dias é uma marca incrível.

Acompanhando.

Flw.

_______________________________________
DIÁRIO: www.comoparar.com/t9368-diario-do-rottweiler


avatar
Convidado
Convidado

Diario JR Empty Re: Diario JR

em 28/3/2020, 06:38
Olá, como não sei exatamente os dias certos e supunha q já fazia perto de 60 dias e já fazem 5 dias que entrei aqui vou colocar que hoje fazem 65 dias sem PMO. Tem dias q as vontades são enormes. Como sempre disse minha mulher me ajuda (quando converso com ela) mas vejo que falta a ela iniciativa , geralmente eu que tenho que tocar no assunto, começar a desabafar e aí ela tenta ajudar, mas no dia seguinte nao está nem aí. Ontem o dia foi difícil, vontade de entrar em sites de garotas de programa (não para marcar e sair , pois nunca fiz isso) para ver fotos e ler as coisas que elas estão dispostas a fazer. Tambem vontade de entrar em sites. A luta tem sido grande nesses últimos 4 dias. Até pq minha esposa nem aí pra sexo então acumula a libido e aí pensamentos e pensamentos. Isso me faz lembrar aquela música " não está sendo fácil, não está sendo fácil, não está sendo fácil viver assim" as vezes gostaria q minha esposa disse mais ligada em sexo, em fantasias. Pra ela sexo você já aparece pelado só tem a posicao papai e mamãe e sem preliminares. Então dura cerca de 10minutos. Quando falo fantasia não quero dizer como no filmes, mas quero dizer uma lingerie sedutora (já que meu vício 90% é lingerie), preliminares, fazer sem pressa, curtir o momento. Já pensei muito em procurar GP ou cada de massagem mais acho um absurdo tirar 100, 150, 200 da minha família pra 1h de sexo, sendo que tenho uma mulher linda e que tenho tesão por ela dentro de casa. Creio que o vício em lingerie somado a essa falta de interesse em sexo por falta dela ocasione minha procura por P e M. Mas continuo na luta contra esse vício. Porém a falta de ânimo para fazer QQ coisa em casa está enorme, exceto para sexo. Voltei a tomar meu remédio hidroclorotiazida pra pressão ele na própria bula fala q faz diminuir a libido. Quando tomava realmente diminuiu em muito, aí parei uns 30 dias de tomar e ela foi nas alturas. Agora voltando a tomar para ver se além de controlar a pressão também apaga esse fogo todo.
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum