Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Mensagens : 139
Data de inscrição : 05/12/2015
Idade : 42
Localização : Europa
Ver perfil do usuário

Re: Esperança para uma nova vida

em 17/3/2016, 20:48
Eu também tive essas crises inadaptado... Loool
Em breve tudo volta ao normal, não te esqueças que estás a passar por uma fase de abstinência.
Ou aceitas até ao fim ao pensas na casca da banana. Heheheh

Grande abraço além mar. E viva a política do Brasil hehegegeg

_______________________________________
cheers QUE NUNCA POR VENCIDOS SE CONHEÇAM cheers



Convidado
Convidado

Re: Esperança para uma nova vida

em 18/3/2016, 08:58
Antônio71 escreveu:Brincadeiras à parte, vocês também têm crise de monotonia, marasmo e tédio durante o reboot de vocês? Como lidamos com isso?

Estou também passando por essa fase Antônio71, e é a pior coisa que existe nesse processo. Esse sentimento de que nada tem mais graça é uma sensação degradante mesmo. Mas, como os demais falaram, isso passará muito em breve.
Um abraço e sucesso na sua jornada!
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 5003
Data de inscrição : 30/05/2015
Ver perfil do usuário

Re: Esperança para uma nova vida

em 18/3/2016, 09:23
Abdon escreveu:
Antônio71 escreveu:Brincadeiras à parte, vocês também têm crise de monotonia, marasmo e tédio durante o reboot de vocês? Como lidamos com isso?

Estou também passando por essa fase Antônio71, e é a pior coisa que existe nesse processo. Esse sentimento de que nada tem mais graça é uma sensação degradante mesmo. Mas, como os demais falaram, isso passará muito em breve.
Um abraço e sucesso na sua jornada!

Senti um pouco este marasmo depois das duas semanas do primeiro reboot. Mas passa.

_______________________________________
Link do e-book grátis:

https://drive.google.com/open?id=0B_ZBYrwrvOuJTDctSjhvdGQ1V1E


"A dor é temporária. Ela pode durar um minuto, uma hora, um dia, um mês ou talvez um ano. Mas, eventualmente, ela irá sumir e outra coisa ocupará o seu lugar. Porém, se você não lutar e superar essa dor, ela vai durar para sempre". (Lancy Armstrong)


avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1046
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 46
Ver perfil do usuário

Re: Esperança para uma nova vida

em 19/3/2016, 16:33
Oi pessoal, boa tarde! Já estou há 31 dias no reboot e sinto-me muito bem.

Agora, o reboot está muito mais fácil. Parece que depois dos 15 dias fica mais fácil, é como se já estivéssemos embalados no fluxo.

Está acontecendo uma coisa muito interessante comigo: as pessoas estão me tratando muito, muito melhor depois que comecei o reboot.

Só para vocês terem ideia: havia uma fila enorme no Mac Donalds e eu tive a coragem de pedir para passar na frente de todos pois só ia comprar uma água mineral. Preparei o peito para levar um fora mais o que me disseram foi:

- Pode passar, meu filho, fique à vontade!

Esse tipo de situação está se repetindo muito.

O que vocês acham? Será que é a minha aura (energia) que melhorou?

É a auto-estima e auto-confiança que estou deixando transparecer?

Uma coisa eu sei: não se trata de polidez e boa-educação pois eu sempre fui dócil com ou sem PMO. Contudo, quando eu praticava PMO no motel, nos dias subsequentes, sem nenhum motivo aparente, as pessoas ficavam mais irritadas e impacientes comigo.

Qual a experiência de vocês sobre isso?


_______________________________________
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 5003
Data de inscrição : 30/05/2015
Ver perfil do usuário

Re: Esperança para uma nova vida

em 19/3/2016, 19:10
Antônio71 escreveu:Oi pessoal, boa tarde! Já estou há 31 dias no reboot e sinto-me muito bem.

Agora, o reboot está muito mais fácil. Parece que depois dos 15 dias fica mais fácil, é como se já estivéssemos embalados no fluxo.

Está acontecendo uma coisa muito interessante comigo: as pessoas estão me tratando muito, muito melhor depois que comecei o reboot.

Só para vocês terem ideia: havia uma fila enorme no Mac Donalds e eu tive a coragem de pedir para passar na frente de todos pois só ia comprar uma água mineral. Preparei o peito para levar um fora mais o que me disseram foi:

- Pode passar, meu filho, fique à vontade!

Esse tipo de situação está se repetindo muito.

O que vocês acham? Será que é a minha aura (energia) que melhorou?

É a auto-estima e auto-confiança que estou deixando transparecer?

Uma coisa eu sei: não se trata de polidez e boa-educação pois eu sempre fui dócil com ou sem PMO. Contudo, quando eu praticava PMO no motel, nos dias subsequentes, sem nenhum motivo aparente, as pessoas ficavam mais irritadas e impacientes comigo.

Qual a experiência de vocês sobre isso?


Sobre isso, diretamente não tenho percebido. Mas, o que percebo é que as pessoas tem mais vontade de me cumprimentar. Acho que é a imagem que se expressa, baseado na energia interna.

_______________________________________
Link do e-book grátis:

https://drive.google.com/open?id=0B_ZBYrwrvOuJTDctSjhvdGQ1V1E


"A dor é temporária. Ela pode durar um minuto, uma hora, um dia, um mês ou talvez um ano. Mas, eventualmente, ela irá sumir e outra coisa ocupará o seu lugar. Porém, se você não lutar e superar essa dor, ela vai durar para sempre". (Lancy Armstrong)


avatar
Mensagens : 6111
Data de inscrição : 13/11/2015
Idade : 34
Ver perfil do usuáriohttp://blokporn.blogspot.com

Re: Esperança para uma nova vida

em 19/3/2016, 19:12
Também já observei isso, mas acho que é apenas sua visão de mundo que se torna mais positiva.

Uma pessoa negativa tende a não prestar atenção nas vezes que as coisas deram certo, mas se lembra bem das vezes que as coisas deram errado. Uma pessoa positiva, ao contrário, só presta atenção no que ocorre de bom. O que ocorre de ruim ele não presta atenção.

Eu prefiro ser realista, prestar atenção em tudo, tanto as coisas boas quanto as ruins, sem enxergar algum propósito por trás disso tudo. Cada um é cada um.

_______________________________________


Quem quer, dá um jeito. Quem não quer, dá desculpa.

Blog:

http://blokporn.blogspot.com.br/

História de Sucesso:

http://www.comoparar.com/t3167-toguro-32-anos-previa-180-dias

Email (criado especialmente para o fórum): [email protected]

Diário: http://www.comoparar.com/t3599-saga-do-toguro
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1046
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 46
Ver perfil do usuário

Fantasias recorrentes + cansaço

em 21/3/2016, 05:59
Oi, pessoal, bom dia! Hoje está um pouco difícil. Já estou no 33o dia de reboot, mas tá difícil. Dormi muito pouco: fui dormir às 1h e acordei 5:30. Meditei mas só veio MG na cabeça, o tempo todo.

Eu sei a causa disso:

1. Poucas horas de sono: meu cérebro procura por algo extremamente prazeroso para vencer o cansaço: no caso MG

2. Ansiedade pré-trabalho: terei que agora ir trabalhar o dia todo no PSF e à noite darei plantão na UTI isso faz com que eu fique meio triste e, consequentemente, as fantasias terminam sendo uma válvula de escape.

3. Amanhã verei MG e isso já cria uma expectativa para mim.

4. Ontem estava combinado para eu ter relações com minha esposa ( já faz um mês). Para variar ela teve uma crise de diarréia e, novamente, foi adiado. Confesso que fiquei um pouco na expectativa de ter sexo real e isso foi frustrado. Resultado: MG na cabeça.

Perdoem-me está enchendo o saco de vocês com esse lenga-lenga sobre MG, mas é que ela é meu calcanhar de Aquiles. A pornografia em si não é tanto problema para mim. A questão é que, se por um lado, tenho uma esposa por quem eu não sinto atração física nenhuma e cujo maior sentimento é compaixão e gratidão ( mas não tesão), por outro tenho uma mulher por quem eu sinto o maior tesão e que tá dando mole. Não é fácil para um mero mortal. O que faço?

_______________________________________
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1046
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 46
Ver perfil do usuário

Macumba e reboot

em 21/3/2016, 06:06
Bom pessoal! Tenho uma séria suspeita de que tem algum trabalho espiritual para destruir o meu casamento. Ontem, mais uma vez, minha esposa teve diarréia antes de termos relações. Isso depois de mais de 30 dias sem sexo. Das outras vezes foi: dor de dente, dengue, diarréia...etc.

Por outro lado, a MG é para mim, como a Sharon Stones da atração fatal ou a morena da globeleza. Acho coincidência demais essa total falta de tesão e esses 100% de falta de oportunidade por minha esposa e esse super hiper mega tesão pela MG, como se ela fosse a única mulher gostosa do planeta.

Ontem fizemos evangelho no lar. Tenho meditado todos os dias pela manhã e oro por cerca de 1 hora todos os dias. A coisa contudo não tá fácil não.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 6111
Data de inscrição : 13/11/2015
Idade : 34
Ver perfil do usuáriohttp://blokporn.blogspot.com

Re: Esperança para uma nova vida

em 21/3/2016, 06:30
Não tem nada de espiritual não. O que acontece é que você transa pouco e está com desejo. Só isso.

Sobre a pergunta "o que é que eu faço", já foi respondido no seu diário por vários rebooters. Acho que você deve reler as respostas já postadas.

_______________________________________


Quem quer, dá um jeito. Quem não quer, dá desculpa.

Blog:

http://blokporn.blogspot.com.br/

História de Sucesso:

http://www.comoparar.com/t3167-toguro-32-anos-previa-180-dias

Email (criado especialmente para o fórum): [email protected]

Diário: http://www.comoparar.com/t3599-saga-do-toguro
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 5003
Data de inscrição : 30/05/2015
Ver perfil do usuário

Re: Esperança para uma nova vida

em 21/3/2016, 06:42
Toguro escreveu:Não tem nada de espiritual não. O que acontece é que você transa pouco e está com desejo. Só isso.

Sobre a pergunta "o que é que eu faço", já foi respondido no seu diário por vários rebooters. Acho que você deve reler as respostas já postadas.

Tem alguma tensão emocional represada sobre sexo que se manifesta na iniciativa do ato sexual entre vocês, António.

Porque, veja, que quando chega a hora de vocês ter um relação, há uma reação fisiológica de negação do desejo, expressa de modo inconsciente e esta tensão é canalizada pelo corpo. Ou seja, da parte de sua mulher, ela nega sexo, mas não expressa isso para você de forma consciente. Mas inconsciente. Sua esposa costuma fazer atividade física, vocês saem no fim de semana?


Última edição por Blpr em 21/3/2016, 09:03, editado 1 vez(es)

_______________________________________
Link do e-book grátis:

https://drive.google.com/open?id=0B_ZBYrwrvOuJTDctSjhvdGQ1V1E


"A dor é temporária. Ela pode durar um minuto, uma hora, um dia, um mês ou talvez um ano. Mas, eventualmente, ela irá sumir e outra coisa ocupará o seu lugar. Porém, se você não lutar e superar essa dor, ela vai durar para sempre". (Lancy Armstrong)


avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1696
Data de inscrição : 02/10/2015
Idade : 37
Ver perfil do usuário

Re: Esperança para uma nova vida

em 21/3/2016, 07:31
Olá Antonio você está sem um foco definido na sua vida sentimental. Você quer uma mulher gostosa para ter relação, mas não quer pagar o preço. Você quer ter uma vida sexual ativa e feliz com sua esposa mas não está fazendo por onde. Primeiro defina o que você quer? Só aconselho não querer ficar na compulsão da PMO. Lembre-se, somos aquilo que pensamos ser e pensamentos geram ações. Eu também não vejo nada de relação com trabalho espiritual, respeito sua crença, mas se continuar agindo assim sempre vai colher os mesmos frutos.

_______________________________________
" A PORNOGRAFIA MATA O AMOR" ...

NÃO PERMITA QUE SEU CÉREBRO PRIMITIVO LHE COMANDE E TE DEIXE EM ESTADO DE HIPOFRONTALIDADE.

..."É MELHOR SER ESCRAVO DOS BLOQUEADORES QUE SER ESCRAVO DA PORNOGRAFIA"... (PROJETO, TOGURO)

ABÇS E SUCESSO NESSA JORNADA!!!

avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1696
Data de inscrição : 02/10/2015
Idade : 37
Ver perfil do usuário

Re: Esperança para uma nova vida

em 21/3/2016, 07:31
Mario Vieira escreveu:Olá Antonio você está sem um foco definido na sua vida sentimental. Você quer uma mulher gostosa para ter relação, mas não quer pagar o preço. Você quer ter uma vida sexual ativa e feliz com sua esposa mas não está fazendo por onde. Primeiro defina o que você quer? Só aconselho não querer ficar na compulsão da PMO. Lembre-se, somos aquilo que pensamos ser e pensamentos geram ações. Eu também não vejo nada de relação com trabalho espiritual, respeito sua crença, mas se continuar agindo assim sempre vai colher os mesmos frutos.

Desejo Sucesso e Vitórias na sua Jornada.


_______________________________________
" A PORNOGRAFIA MATA O AMOR" ...

NÃO PERMITA QUE SEU CÉREBRO PRIMITIVO LHE COMANDE E TE DEIXE EM ESTADO DE HIPOFRONTALIDADE.

..."É MELHOR SER ESCRAVO DOS BLOQUEADORES QUE SER ESCRAVO DA PORNOGRAFIA"... (PROJETO, TOGURO)

ABÇS E SUCESSO NESSA JORNADA!!!

avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1046
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 46
Ver perfil do usuário

Reboot firme e forte

em 22/3/2016, 11:53
Oi, pessoal, bom dia! Estou no meu 34o dia de reboot, firme e forte! Ontem eu postei aquele lenga-lenga de sempre sobre MG por que estava com medo de pular a cerca com ela. A minha mente me perguntava constantemente:

- Não é melhor você recair em MO e ir encontrar MG ( hoje) mais tranquilo?
- Com 34 dias de reboot você não se tornaria mais vulnerável às investidas de MG?

Era por isso que estava com tanto medo. Estou indo me encontrar com MG e com minha filha agora de tarde. Vou, contudo, usar a oração e não a MO como profilaxia. Um abraço a todos: Fernando Neves.

_______________________________________
Convidado
Convidado

Re: Esperança para uma nova vida

em 22/3/2016, 13:41
Antônio71 escreveu:Bom pessoal! Tenho uma séria suspeita de que tem algum trabalho espiritual para destruir o meu casamento. Ontem, mais uma vez, minha esposa teve diarréia antes de termos relações. Isso depois de mais de 30 dias sem sexo. Das outras vezes foi: dor de dente, dengue, diarréia...etc.

Por outro lado, a MG é para mim, como a Sharon Stones da atração fatal ou a morena da globeleza. Acho coincidência demais essa total falta de tesão e esses 100% de falta de oportunidade por minha esposa e esse super hiper mega tesão pela MG, como se ela fosse a única mulher gostosa do planeta.

Ontem fizemos evangelho no lar. Tenho meditado todos os dias pela manhã e oro por cerca de 1 hora todos os dias. A coisa contudo não tá fácil não.

Oi, Antônio71.

Não acredito que esses fatores estejam relacionados à trabalhos espirituais não (até mesmo porquê, não acredito nesse tipo de coisa).

Mas, o que você pretende fazer a respeito disso? Acho que você deve encarar o problema e resolvê-lo. Não pode levar a sua vida em "banho-maria", em algum momento, você terá que tomar uma decisão, cara.
O que sua atual esposa tem que a sua ex não tinha? Veja bem, não estou questionando o que tinha a sua ex de tão especial, mas o que tem a sua ATUAL esposa de tão especial, que te faça ficar junto dela? Reflita sobre isso.
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1046
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 46
Ver perfil do usuário

Rituais de PMO - por que recaídas não têm graça.

em 22/3/2016, 23:50
Oi, pessoal, eu criei esse tópico para relatar a "mesmice" da PMO. Na realidade, a PMO como qualquer vício obedece a um ritual, sem nenhuma novidade. Meu objetivo é mostrar o quanto uma possível recaída é monótona e sem graça.

Bom... não sei se os moderadores vão gostar dessa minha iniciativa. Se não aprovarem transfiram por favor, para o meu diário e continuarei de lá, sem mágoas.

Se gostarem, contudo, peço que deixem aqui para que cada rebooter possa se aperceber da escravidão que uma possível recaída conduz, descobrindo a própria repetitividade do seu vício.

Só deixo a sugestão que, obviamente, não se descreva o conteúdo dos vídeos para que não atrapalhe o reboot dos demais com fantasias indevidas.

Vamos lá então:

Como é a minha PMO?:

Numa tarde livre vou a um motel que tenha internet para assistir P.

No carro a caminho, sinto que estou usando isso como uma válvula de escape para fugir de alguma dor. Busco a novidade na P, pois a minha vida está totalmente sem graça.

Uma parte de mim diz que eu não deveria fazer aquilo, enquanto outra parte deseja ansiosamente. Aí já começa o diálogo interno: certo ou errado? Faço ou não faço?

Assim que eu entro no motel, tiro a roupa e ligo a TV em filmes eróticos. Todas as vezes dá uma diarréia terrível ( não sei se isso acontece com vocês). Vou ao banheiro e fico ouvindo os sons do filme P.

Quando volto ligo o computador e começo a caçada pelo vídeo perfeito. Aquela P sem graça e de quinta categoria da TV perde rapidamente a graça e eu me concentro só na internet.

Já tem uns quatro vídeos "perfeitos" para mim, mas, mesmo assim procuro por um mais perfeito ainda. Depois de passar umas duas horas caçando não acho nada a altura dos vídeos que já conhecia. Mesmo assim escolho um e faço MO. O prazer mecânico da primeira gozada é bom, mas o prazer psicológico nem tanto pois o tal do vídeo não era assim tão maravilhoso.

Levanto-me, olho minha cara e minha barriga no espelho e procuro chocolate com coca zero no frigobar para aliviar a tensão.

Começo a segunda caçada, que dura pelo menos mais uma hora, dessa vez já sem tanta empolgação. Coloco alguns dos vídeos "perfeitos" que já conhecia ( um daqueles quatro) lado a lado com vídeos novos. Dessa vez vou no antigo mesmo.

Após a segunda gozada levanto-me, e vou comer novamente, castanhas, chocolate, todinho, coca zero e tudo o que tiver pela frente.

Na terceira e quarta gozada, já não tenho mais esse gás nem essa empolgação toda. Vai os vídeos antigos e "perfeitos" mesmo. Daí, então, eu olho no computador de novo e nada mais me excita: nem vídeos novos, nem antigos. Dessa vez aquelas cenas que no início pareciam picantes são agora totalmente inodoras, incolores e insípidas.

Tomo um banho, visto-me, pago a conta que não é barata. Na recepção, a moça pergunta se ficou alguém no motel e eu, com muita vergonha respondo um lacônico: "não"

Saio de lá me sentindo um lixo. O diálogo interno recomeça em minha mente: o que fiz foi certo ou errado? Por que fiz essa merda? Valeu a pena eu ter perdido tanto tempo e dinheiro?...

Chego em casa apático, sem energia. Sempre acontece alguma merda durante a semana. As pessoas passam a me tratar mal "gratuitamente". Não tenho saco mais para orar e muito menos para malhar. Meu rendimento no trabalho cai, minha preguiça e má-vontade aumentam, meu carro vira um lixo de desorganização e eu passo a semana sentindo-me um tolete boiando na privada.

É isso... esse é meu ritual. Estou no 34o dia de reboot mas se eu recair novamente em PMO vai acontecer a mesma merda de novo, exatamente como descrevi acima. Porque faço essa previsão com tanta certeza? Porque isso aconteceu exatamente em 100% das 100 vezes que pratiquei PMO.

Resumo: PMO é sempre a mesma coisa! Não existe novidade, apenas escravidão e repetição.


_______________________________________
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 5003
Data de inscrição : 30/05/2015
Ver perfil do usuário

Re: Esperança para uma nova vida

em 23/3/2016, 06:25
Antônio71 escreveu:Oi, pessoal, eu criei esse tópico para relatar a "mesmice" da PMO. Na realidade, a PMO como qualquer vício obedece a um ritual, sem nenhuma novidade. Meu objetivo é mostrar o quanto uma possível recaída é monótona e sem graça.

Bom... não sei se os moderadores vão gostar dessa minha iniciativa. Se não aprovarem transfiram por favor,  para o meu diário e continuarei de lá, sem mágoas.

Se gostarem, contudo, peço que deixem aqui para que cada rebooter possa se aperceber da escravidão que uma possível recaída conduz, descobrindo a própria repetitividade do seu vício.

Só deixo a sugestão que, obviamente, não se descreva o conteúdo dos vídeos para que não atrapalhe o reboot dos demais com fantasias indevidas.

Vamos lá então:

Como é a minha PMO?:

Numa tarde livre vou a um motel  que tenha internet para assistir P.

No carro a caminho, sinto que estou usando isso como uma válvula de escape para fugir de alguma dor. Busco a novidade na P, pois a minha vida está totalmente sem graça.

Uma parte de mim diz que eu não deveria fazer aquilo, enquanto outra parte deseja ansiosamente. Aí já começa o diálogo interno: certo ou errado? Faço ou não faço?

Assim que eu entro no motel, tiro a roupa e ligo a TV em filmes eróticos. Todas as vezes dá uma diarréia terrível ( não sei se isso acontece com vocês). Vou ao banheiro e fico ouvindo os sons do filme P.

Quando volto ligo o computador e começo a caçada pelo vídeo perfeito. Aquela P sem graça e de quinta categoria da TV perde rapidamente a graça e eu me concentro só na internet.

Já tem uns quatro vídeos "perfeitos" para mim, mas, mesmo assim procuro por um mais perfeito ainda. Depois de passar umas duas horas caçando não acho nada a altura dos vídeos que já conhecia. Mesmo assim escolho um e faço MO. O prazer mecânico da primeira gozada é bom, mas o prazer psicológico nem tanto pois o tal do vídeo não era assim tão maravilhoso.

Levanto-me, olho minha cara e minha barriga no espelho e procuro chocolate com coca zero no frigobar para aliviar a tensão.

Começo a segunda caçada, que dura pelo menos mais uma hora, dessa vez já sem tanta empolgação. Coloco alguns dos vídeos "perfeitos" que já conhecia ( um daqueles quatro) lado a lado com vídeos novos. Dessa vez vou no antigo mesmo.

Após a segunda gozada levanto-me, e vou comer novamente, castanhas, chocolate, todinho, coca zero e tudo o que tiver pela frente.

Na terceira e quarta gozada, já não tenho mais esse gás nem essa empolgação toda. Vai os vídeos antigos e "perfeitos" mesmo. Daí, então, eu olho no computador de novo e nada mais me excita: nem vídeos novos, nem antigos. Dessa vez aquelas cenas que no início pareciam picantes são agora totalmente inodoras, incolores e insípidas.

Tomo um banho, visto-me, pago a conta que não é barata. Na recepção, a moça pergunta se ficou alguém no motel e eu, com muita vergonha respondo um lacônico: "não"

Saio de lá me sentindo um lixo. O diálogo interno recomeça em minha mente: o que fiz foi certo ou errado? Por que fiz essa merda? Valeu a pena eu ter perdido tanto tempo e dinheiro?...

Chego em casa apático, sem energia. Sempre acontece alguma merda durante a semana. As pessoas passam a me tratar mal "gratuitamente". Não tenho saco mais para orar e muito menos para malhar. Meu rendimento no trabalho cai, minha preguiça e má-vontade aumentam, meu carro vira um lixo de desorganização e eu passo a semana sentindo-me um tolete boiando na privada.

É isso... esse é meu ritual. Estou no 34o dia de reboot mas se eu recair novamente em PMO vai acontecer a mesma merda de novo, exatamente como descrevi acima. Porque faço essa previsão com tanta certeza? Porque isso aconteceu exatamente em 100% das 100 vezes que pratiquei PMO.

Resumo: PMO é sempre a mesma coisa! Não existe novidade, apenas escravidão e repetição.


Não repita o ritual. Todo vício mantem um liame com o contexto da vida.

Por isso, quando começamos a fazer o reeboot, devemos mensurar como está nossa vida sexual e afetiva real, como está nossos sistemas de valores e crenças e como andas nossa vida espiritual.

O reeboot só nos auxilia na restauração do circuito natural de dopamina que nos faz retomar o vigor sexual e um reequilíbrio hormonal, a nível fisiológico. A nível espiritual e afetivo deve ocorrer mudanças internas mais profundas, já que o vicio altera o comportamento e percepção diante da vida.

Senão isso, vamos ficar condicionados a ritualizar nossa escravidão em PMO. Seremos zumbis do prazer.

_______________________________________
Link do e-book grátis:

https://drive.google.com/open?id=0B_ZBYrwrvOuJTDctSjhvdGQ1V1E


"A dor é temporária. Ela pode durar um minuto, uma hora, um dia, um mês ou talvez um ano. Mas, eventualmente, ela irá sumir e outra coisa ocupará o seu lugar. Porém, se você não lutar e superar essa dor, ela vai durar para sempre". (Lancy Armstrong)


avatar
Mensagens : 6111
Data de inscrição : 13/11/2015
Idade : 34
Ver perfil do usuáriohttp://blokporn.blogspot.com

Re: Esperança para uma nova vida

em 23/3/2016, 06:33
Transferi para seu diário, porque se trata de depoimento pessoal.

_______________________________________


Quem quer, dá um jeito. Quem não quer, dá desculpa.

Blog:

http://blokporn.blogspot.com.br/

História de Sucesso:

http://www.comoparar.com/t3167-toguro-32-anos-previa-180-dias

Email (criado especialmente para o fórum): [email protected]

Diário: http://www.comoparar.com/t3599-saga-do-toguro
avatar
Mensagens : 826
Data de inscrição : 01/02/2016
Localização : Valhala
Ver perfil do usuário

Re: Esperança para uma nova vida

em 23/3/2016, 09:14
É só não ir pro motel, se tiver pra recair, que seja da forma mais leve possível.

_______________________________________



"A dor é temporária. Ela pode durar um minuto ou uma hora. Pode até durar um ano. Mas em algum momento ela vai diminuir e outra coisa tomará o seu lugar. Porém, se você parar de lutar, essa dor vai durar para sempre"

Acompanhe o DIÁRIO: http://www.comoparar.com/t2507-diario-de-bordo-w-burk#31164
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1696
Data de inscrição : 02/10/2015
Idade : 37
Ver perfil do usuário

Re: Esperança para uma nova vida

em 23/3/2016, 09:30
Esse é seu ritual de compulsão, passe 90 dias sem isso e siga no Reboot, depois você mesmo vai dar risada de sí e dizer, como eu era um idiota em fazer aquilo, como pude me viciar numa merda daquela. Nesse momento você está no perído de desintoxicação do vício, então siga em frente que somente o tempo vai lhe dizer quando desintoxicou totalmente, isso pode durar 90 dias ou mais. No meu caso só desintoxiquei após os 120 dias, hoje não tenho a menor vontade de seguir meu antigo ritual que era ver vídeos pornográficos fetichistas, teclar em salas de bate papo, trocar mensagens pornográficas via redes sociais e cair em masturbação feito um imbecil, estou na fase de dar risada das minhas antigas trapaças em se autoenganar na PMO KKK.


Sucesso e Vitórias na sua jornada.



_______________________________________
" A PORNOGRAFIA MATA O AMOR" ...

NÃO PERMITA QUE SEU CÉREBRO PRIMITIVO LHE COMANDE E TE DEIXE EM ESTADO DE HIPOFRONTALIDADE.

..."É MELHOR SER ESCRAVO DOS BLOQUEADORES QUE SER ESCRAVO DA PORNOGRAFIA"... (PROJETO, TOGURO)

ABÇS E SUCESSO NESSA JORNADA!!!

avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1046
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 46
Ver perfil do usuário

Re: Esperança para uma nova vida

em 23/3/2016, 12:36
Oi, Mário, boa tarde! Obrigado pela força.

Gostaria de perguntar a você, a Bimike, a Toguro e a outros que já passaram mais de 90 dias sem PMO, qual a vantagem adicional de ficar mais 30, 60, 90 dias a mais além dos 90?

Estou perguntando isso porque existe uma racionalização maléfica em minha mente de, após os 90 dias eu recair com PMO só para sentir a diferença entre uma coisa e outra. Eu sei que é uma curiosidade sabotadora e idiota, mas esse pensamento tem me ocorrido constantemente.

Uma solução igualmente sabotadora que me ocorreu é, antes de completar os 90 dias, eu recair apenas com MO para zerar o contador e assim, ganhar mais 90 dias sem P.

Vejam: eu não estou com desejo de P, apenas curiosidade de morder a maçã novamente depois que retornar ao paraíso.

Como eu lido com essas nacionalizações? Vocês também tiveram?

_______________________________________
avatar
Mensagens : 6111
Data de inscrição : 13/11/2015
Idade : 34
Ver perfil do usuáriohttp://blokporn.blogspot.com

Re: Esperança para uma nova vida

em 23/3/2016, 16:19
Aumento de concentração, libido, melhora no humor, vontade de se encontrar com as pessoas, de conversar, disposição a mil, maior produtividade, enfim. São tantos os benefícios que até perdi a conta.

_______________________________________


Quem quer, dá um jeito. Quem não quer, dá desculpa.

Blog:

http://blokporn.blogspot.com.br/

História de Sucesso:

http://www.comoparar.com/t3167-toguro-32-anos-previa-180-dias

Email (criado especialmente para o fórum): [email protected]

Diário: http://www.comoparar.com/t3599-saga-do-toguro
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1696
Data de inscrição : 02/10/2015
Idade : 37
Ver perfil do usuário

Re: Esperança para uma nova vida

em 23/3/2016, 21:38
Olá Antonio, você está em processo de desintoxicação da PMO, veja, esses desejos ocorreram comigo durante os 90 dias e tinha dia que era de forma intensa, após os 90 dias até aproximadamente aos 120 dias ocorreram também desejos de morder a maçã da PMO, hoje com 176 dias ocorrem apenas lembranças mas eu falo que não mais aquele desejo de praticar PMO, creio que está acontecendo comigo o que eu lia no fórum e no E-BOOK que com o passar do tempo o cérebro se desintoxica e as redes neurais do vício por não serem mais utilizadas ficam francas ou perdem a força. Porém, é importante resistir a todo e qualquer impulso que tente nos tirar do foco que é seguir limpo no Reboot, sempre procurei controlar minha ansiedade e me autoavaliar buscando ajuda no E-BOOK e no fórum, interagindo com os usuários, vejo que você está no caminho certo Antonio, apenas tome cuidado com suas antigas crenças, não estou falando da sua religião, apenas das crenças antigas que te levaram a compulsão em PMO. Eu também procurei mudar minhas crenças antigas sobre o vício, crenças do tipo, que aquilo fazia bem para relaxar ou que ninguém se vicia em pornografia e masturbação. Outra coisa que ajuda é buscarmos nossa força motivadora para conquistar objetivos, creio que cada um tem seus objetivos de vida. Seja no mínimo ler ou escrever um livro, fazer um curso qualquer, aprender um novo idioma, plantar uma árvore ou algo que lhe satisfaça, isso ajuda a utilizar bem a energia que antes era direcionada a pratica da PMO.


Sucesso e Vitórias na sua jornada.



_______________________________________
" A PORNOGRAFIA MATA O AMOR" ...

NÃO PERMITA QUE SEU CÉREBRO PRIMITIVO LHE COMANDE E TE DEIXE EM ESTADO DE HIPOFRONTALIDADE.

..."É MELHOR SER ESCRAVO DOS BLOQUEADORES QUE SER ESCRAVO DA PORNOGRAFIA"... (PROJETO, TOGURO)

ABÇS E SUCESSO NESSA JORNADA!!!

avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1046
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 46
Ver perfil do usuário

Re: Esperança para uma nova vida

em 26/3/2016, 20:51
Bom dia, pessoal! Não tenho escrito pois estava passeando em Triunfo-PE com minha esposa. Foi maravilhoso lá. Andamos no pedalinho e no teleférico por cima de um lago lindo que tem lá.

Sexualmente não rolou nada, como sempre - nem tudo é perfeito. Não posso ter tudo o que eu quero ao mesmo tempo. Vou aprender a conviver com essa verdade.

Hoje também ultrapassei o meu record de abstinência que foi de 35 dias, quando eu tinha 21 anos.

Na época, contudo, eu me permitia ter todo o tipo de fantasias sexuais só não praticava MO por questões religiosas. Em resumo:aquilo era repressão sexual e não educação sexual.

Educação sexual eu pratico agora, educando a minha mente e gerenciando as minhas fantasias.

É isso, pessoal, sinto-me em paz e feliz




_______________________________________
Convidado
Convidado

Re: Esperança para uma nova vida

em 28/3/2016, 11:39
Antônio71 escreveu:Oi, pessoal, eu criei esse tópico para relatar a "mesmice" da PMO. Na realidade, a PMO como qualquer vício obedece a um ritual, sem nenhuma novidade. Meu objetivo é mostrar o quanto uma possível recaída é monótona e sem graça.

Bom... não sei se os moderadores vão gostar dessa minha iniciativa. Se não aprovarem transfiram por favor,  para o meu diário e continuarei de lá, sem mágoas.

Se gostarem, contudo, peço que deixem aqui para que cada rebooter possa se aperceber da escravidão que uma possível recaída conduz, descobrindo a própria repetitividade do seu vício.

Só deixo a sugestão que, obviamente, não se descreva o conteúdo dos vídeos para que não atrapalhe o reboot dos demais com fantasias indevidas.

Vamos lá então:

Como é a minha PMO?:

Numa tarde livre vou a um motel  que tenha internet para assistir P.

No carro a caminho, sinto que estou usando isso como uma válvula de escape para fugir de alguma dor. Busco a novidade na P, pois a minha vida está totalmente sem graça.

Uma parte de mim diz que eu não deveria fazer aquilo, enquanto outra parte deseja ansiosamente. Aí já começa o diálogo interno: certo ou errado? Faço ou não faço?

Assim que eu entro no motel, tiro a roupa e ligo a TV em filmes eróticos. Todas as vezes dá uma diarréia terrível ( não sei se isso acontece com vocês). Vou ao banheiro e fico ouvindo os sons do filme P.

Quando volto ligo o computador e começo a caçada pelo vídeo perfeito. Aquela P sem graça e de quinta categoria da TV perde rapidamente a graça e eu me concentro só na internet.

Já tem uns quatro vídeos "perfeitos" para mim, mas, mesmo assim procuro por um mais perfeito ainda. Depois de passar umas duas horas caçando não acho nada a altura dos vídeos que já conhecia. Mesmo assim escolho um e faço MO. O prazer mecânico da primeira gozada é bom, mas o prazer psicológico nem tanto pois o tal do vídeo não era assim tão maravilhoso.

Levanto-me, olho minha cara e minha barriga no espelho e procuro chocolate com coca zero no frigobar para aliviar a tensão.

Começo a segunda caçada, que dura pelo menos mais uma hora, dessa vez já sem tanta empolgação. Coloco alguns dos vídeos "perfeitos" que já conhecia ( um daqueles quatro) lado a lado com vídeos novos. Dessa vez vou no antigo mesmo.

Após a segunda gozada levanto-me, e vou comer novamente, castanhas, chocolate, todinho, coca zero e tudo o que tiver pela frente.

Na terceira e quarta gozada, já não tenho mais esse gás nem essa empolgação toda. Vai os vídeos antigos e "perfeitos" mesmo. Daí, então, eu olho no computador de novo e nada mais me excita: nem vídeos novos, nem antigos. Dessa vez aquelas cenas que no início pareciam picantes são agora totalmente inodoras, incolores e insípidas.

Tomo um banho, visto-me, pago a conta que não é barata. Na recepção, a moça pergunta se ficou alguém no motel e eu, com muita vergonha respondo um lacônico: "não"

Saio de lá me sentindo um lixo. O diálogo interno recomeça em minha mente: o que fiz foi certo ou errado? Por que fiz essa merda? Valeu a pena eu ter perdido tanto tempo e dinheiro?...

Chego em casa apático, sem energia. Sempre acontece alguma merda durante a semana. As pessoas passam a me tratar mal "gratuitamente". Não tenho saco mais para orar e muito menos para malhar. Meu rendimento no trabalho cai, minha preguiça e má-vontade aumentam, meu carro vira um lixo de desorganização e eu passo a semana sentindo-me um tolete boiando na privada.

É isso... esse é meu ritual. Estou no 34o dia de reboot mas se eu recair novamente em PMO vai acontecer a mesma merda de novo, exatamente como descrevi acima. Porque faço essa previsão com tanta certeza? Porque isso aconteceu exatamente em 100% das 100 vezes que pratiquei PMO.

Resumo: PMO é sempre a mesma coisa! Não existe novidade, apenas escravidão e repetição.


Ótimo relato cara!
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1046
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 46
Ver perfil do usuário

Obrigado

em 28/3/2016, 12:43
Obrigado, Abdon!

_______________________________________
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum