Compartilhe
Ir em baixo
Antônio71
Moderador
Moderador
Mensagens : 1067
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 47
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Re: Esperança para uma nova vida

em 17/5/2016, 15:51
Obrigado a todos pelo apoio

_______________________________________
Conor Mcgregor
Mensagens : 167
Data de inscrição : 26/11/2015
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Re: Esperança para uma nova vida

em 18/5/2016, 09:46
Antônio71 escreveu:Obrigado a todos pelo apoio
Parabéns Antonio. Essa e uma conquista enorme meu amigo.

_______________________________________
Esperança para uma nova vida - Página 13 Img?u=4909777419239424

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Antônio71
Moderador
Moderador
Mensagens : 1067
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 47
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Re: Esperança para uma nova vida

em 20/5/2016, 15:15
Jiraya escreveu:Parabéns brother!

Obrigado, Jiraya pelo carinho!

_______________________________________
Antônio71
Moderador
Moderador
Mensagens : 1067
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 47
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Re: Esperança para uma nova vida

em 20/5/2016, 15:16
Conor Mcgregor escreveu:
Antônio71 escreveu:Obrigado a todos pelo apoio
Parabéns Antonio. Essa e uma conquista enorme meu amigo.


Valeu, Conor, pelo apoio!

_______________________________________
Antônio71
Moderador
Moderador
Mensagens : 1067
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 47
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Problemas com o casamento

em 20/5/2016, 15:21
Pessoal, boa tarde! Como vocês sabem já fiz das tripas, coração, para não trair AN, a quem eu amo, e esse fórum me ajudou bastante a permanecer fiel.

MG usou de todos os artifícios diretos e indiretos para ter relações comigo, mas consegui, não sei como resistir. Agora, felizmente, MG está mais calma pois eu combinei com ela, na paz, de sair com minha filha sozinho e, depois disso, ela parece que se tocou e está na dela, sem me tentar.

Bom... a questão é que, como minha vida sexual com AN é quase 0X0 ( só tínhamos relações no máximo uma vez por mês) eu recorria à PMO como válvula de escape. O problema da PMO, contudo, é que, se na hora dá muito prazer, durante o resto dos meus dias eu fico com os níveis de dopamina baixos, ou seja, apático, cansado, com preguiça, desorganizado e procrastinando tudo - em resumo: não vale à pena!

Agora, com o reboot, sinto-me outra pessoa: estou mais enérgico, disposto, organizado, magro, atendo os pacientes com muito mais boa-vontade e entrega. Meu rendimento no trabalho triplicou.

Contudo, quando eu tive relações com AN, há 2 meses, os sintomas de falta de energia da PMO, voltaram. Eu não sei se foi por causa do orgasmo ou por causa das fantasias que tive que usar para ejacular ( senão não conseguiria sob hipótese alguma e AN iria ficar com a autoestima mais baixa do que já tem).

A questão é essa: nas raríssimas vezes que eu tenho relações com AN, tenho que usar viagra ( senão não vai) e, no final, tenho que colocar alguma cena de algum filme na mente senão ficamos a noite toda e eu não atinjo o orgasmo.

Diante dessas dificuldades, eu conversei com AN, expliquei a ela essa história do reboot e pedi um prazo pelo menos até atingir os 90 dias.

Ontem, contudo, a melhor amiga de AN me ligou indignada. As duas tinham ido para o psiquiatra, pois AN está depressiva, sem comer e dormindo muito.

Essa amiga contou-me que AN lhe confidenciara que eu não queria mais ter sexo com ela. Disse que essa depressão de AN talvez tivesse a ver também com isso e perguntou-me se eu não estava com nenhuma amante fora, já que o homem quando perde o interesse pela própria mulher é porque está com uma mulher fora.

Sinceramente não me ofendi com isso, já que eu sei que, na sociedade depravada em que vivemos é mais do que natural que a amiga de AN pense isso de mim e dos outros homens. A questão é que, agora, sinto-me na obrigação de ter uma relação sexual com AN, mesmo sem querer fazer isso.

Ela está com a auto-estima muito baixa e eu preciso ajudá-la a melhorar esse astral de alguma forma. O problema é que, quando eu tenho relações com ela, eu perco temporariamente os benefícios do reboot, e volto a ficar no desânimo, na má-vontade e na preguiça que me eram peculiares antes do reboot. Felizmente isso só dura por alguns dias, mas é ruim.

Não sei o que fazer, sinceramente:

1. Ter relação com AN por compaixão, sem sentir nada físico por ela é uma forma de auto-agressão e os sintomas do PMO voltam durante alguns dias.

2. Voltar a praticar PMO é uma válvula de escape eficaz, mas cobra um efeito de preguiça e falta de energia no dia a dia que, realmente, não compensa sob hipótese alguma.

3. Trair AN com MG ( por quem eu sinto uma forte atração) ou por G ( uma namorada minha que liga direto para mim e que também eu tinha uma química muito boa) está fora de cogitação, pois não tenho coragem de fazer isso com AN

4. Ficar, como eu estou, em hard mode, em abstinência total, tem solapado a auto-estima de AN, apesar de, para mim, ser a atitude menos dolorosa, pois sinto-me ótimo.

Qualquer atitude tem um preço, e um preço alto

Olha, sinceramente, às vezes tenho vontade de correr desse casamento! Ninguém consegue ficar casado sem sexo! Contudo, como AN está doente e sequelada e sempre foi uma pessoa que me teve carinho e amor não posso fazer uma cachorrada dessa com ela.

Sinto-me como aquelas mulheres do século XIX que não tinham o menor controle sobre a sua sexualidade. Quando queriam fazer amor com seus maridos não podiam falar pois ia contra a moral da época e, quando seus maridos, queriam ter relações com elas, quando elas não queriam, tinham que se submeter, fingir o orgasmo, por uma questão de submissão aos seus "deveres de esposa".

É exatamente assim como me sinto! A sexualidade não é para mim um instrumento de prazer, mas de tortura! Não tenho mais liberdade, nem controle sobre o meu próprio prazer e tenho que me anular pela minha parceira. Isso me dá um misto de tristeza, frustração e raiva, muita raiva, com essa situação!

Desculpem-me a longa postagem, mas estava precisando desabafar. O que vocês fariam no meu lugar? Um abração: Antônio
Blpr
Mensagens : 4833
Data de inscrição : 30/05/2015
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Re: Esperança para uma nova vida

em 20/5/2016, 21:21
António,

O sexo representa um ato que corresponde a 70% do vínculo do casal em uma relação. A sua tristeza se faz pelo fato de não poder sentir nada pela sua esposa e achar que esta insensibilidade pode continuar.

Acontece que você vem de um longo histórico de PMO. E creio que isto te torna insensível a uma relação sexual. Se você sente ótima disposição física e sexual, acho que agora você poderia ter mais sensibilidade a relação com sua esposa, não achas? Faz meses que você tivera uma relação íntima com ela. Agora, você estará mais afoito, não é?

_______________________________________
Link do e-book grátis:

https://drive.google.com/open?id=0B_ZBYrwrvOuJTDctSjhvdGQ1V1E


"A dor é temporária. Ela pode durar um minuto, uma hora, um dia, um mês ou talvez um ano. Mas, eventualmente, ela irá sumir e outra coisa ocupará o seu lugar. Porém, se você não lutar e superar essa dor, ela vai durar para sempre". (Lancy Armstrong)


M.V
Moderador
Moderador
Mensagens : 1680
Data de inscrição : 02/10/2015
Idade : 38
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Re: Esperança para uma nova vida

em 20/5/2016, 23:12
Antonio eu acredito que tudo na vida tem um preço. Se você acreditar que deve conviver com sua atual esposa até que a morte os separe, terá que conviver com essas dificuldades. Caso queira sair desse relacionamento para poder satisfazer seus desejos, também terá que pagar um preço relacionado com seus princípios morais, éticos e suas crenças. Logo meu caro, você deve tomar a decisão que achar mais conveniente e segui-la.

Abçs!

Sucesso e Vitórias na Sua Jornada.

_______________________________________
" A PORNOGRAFIA MATA O AMOR" ...

NÃO PERMITA QUE SEU CÉREBRO PRIMITIVO LHE COMANDE E TE DEIXE EM ESTADO DE HIPOFRONTALIDADE.

..."É MELHOR SER ESCRAVO DOS BLOQUEADORES QUE SER ESCRAVO DA PORNOGRAFIA"... (PROJETO, TOGURO)

ABÇS E SUCESSO NESSA JORNADA!!!

avatar
Convidado
Convidado

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Re: Esperança para uma nova vida

em 20/5/2016, 23:36
Antônio71 escreveu:
1. Ter relação com AN por compaixão, sem sentir nada físico por ela é uma forma de auto-agressão e os sintomas do PMO voltam durante alguns dias.-----> Não faça por compaixão. Ela não merece isso. Se concentre no ato. Não conheço bem a situação de sua esposa, a doença dela, mas se concentre que é a mulher que o Senhor te deu, para usufruir de tudo, bons e maus momentos. Agradeça pelos maus momentos. Pode parecer estranho, mas desde que comecei a murmurar menos tudo melhorou bastante.

2. Voltar a praticar PMO é uma válvula de escape eficaz, mas cobra um efeito de preguiça e falta de energia no dia a dia que, realmente, não compensa sob hipótese alguma.-----> Não volte ao lamaçal. Como médico sabe, melhor do que ninguém, que os efeitos da neuroplasticidade decorrentes da PMO são terríveis.

3. Trair AN com MG ( por quem eu sinto uma forte atração) ou por G ( uma namorada minha que liga direto para mim e que também eu tinha uma química muito boa) está fora de cogitação, pois não tenho coragem de fazer isso com AN-----> Será que você não é um pouco responsável por estes assedios de MG? As vezes o corpo fala e não terá sido um ou dois sinais que você deu e que deram ânimo para ela? Não traia, vai se sentir pior.

4. Ficar, como eu estou, em hard mode, em abstinência total, tem solapado a auto-estima de AN, apesar de, para mim, ser a atitude menos dolorosa, pois sinto-me ótimo.-----> Pelo que relatou você ainda está com E.R. Como não sente prazer com sua esposa, a ejaculação não vem, a ereção falha e tem que recorrer às fantasias para tal. Penso que a continuidade do reboot vai melhorar isto. No mais, se concentre em sua esposa. Será que ela não é tão atraente? Não será que ainda está ´´pensando´´um pouco como na época da PMO? Você são casados, então posso te dizer isso, concentre-se nas boas sensações sexuais que terá. Nada melhor do que uma noite de amor. Cara, eu admiro muito o meu pastor, mas tem horas que ele dá umas foras, mas as vezes é bom, porque eu sei que ele é tão humano quanto eu. Vou repetir um desses foras que ele deu, mas que ajudou muita gente, penso eu. Ele disse: ´´irmãos, parem de procurar, é TUDO IGUAL´´. Desculpe se estou sendo invasivo, mas a vagina de sua esposa é igual a da MG, da G, da GG, enfim... Se concentre no momento. Se fui grosseiro ao falar isso, me desculpe, mas a intenção é boa.

Não tenho mais liberdade, nem controle sobre o meu próprio prazer e tenho que me anular pela minha parceira. Isso me dá um misto de tristeza, frustração e raiva, muita raiva, com essa situação! -----> Liberdade você não tinha era no tempo da PMO.

Grande abraço. Que Deus abençoe seu casamento.


Última edição por Canaã em 20/5/2016, 23:46, editado 1 vez(es)
Antônio71
Moderador
Moderador
Mensagens : 1067
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 47
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Esperança para uma nova vida ( sexual )

em 20/5/2016, 23:44
Blpr escreveu:António,

O sexo representa um ato que corresponde a 70% do vínculo do casal em uma relação. A sua tristeza se faz pelo fato de não poder sentir nada pela sua esposa e achar que esta insensibilidade pode continuar.

Acontece que você vem de um longo histórico de PMO. E creio que isto te torna insensível a uma relação sexual. Se você sente ótima disposição física e sexual, acho que agora você poderia ter mais sensibilidade a relação com sua esposa, não achas? Faz meses que você tivera uma relação íntima com ela. Agora, você estará mais afoito, não é?

É, Brpl, talvez eu esteja descrente em relação aos meus problemas com DE e com ER. Você tem razão. Talvez o problema não esteja na minha esposa mas nas minhas próprias dificuldades sexuais que eu, de forma pessimista, considero-as eternas. Acho que eu tenho que fazer valer o título do tópico do meu diário também para a área puramente genital.

_______________________________________
Antônio71
Moderador
Moderador
Mensagens : 1067
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 47
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Re: Esperança para uma nova vida

em 20/5/2016, 23:46
Mario Vieira escreveu:Antonio eu acredito que tudo na vida tem um preço. Se você acreditar que deve conviver com sua atual esposa até que a morte os separe, terá que conviver com essas dificuldades. Caso queira sair desse relacionamento para poder satisfazer seus desejos, também terá que pagar um preço relacionado com seus princípios morais, éticos e suas crenças. Logo meu caro, você deve tomar a decisão que achar mais conveniente e segui-la.

Abçs!

Sucesso e Vitórias na Sua Jornada.


A decisão já está tomada, Mário. Não posso trair a minha consciência, nem os meus princípios custe o que custar. O preço é alto nos dois casos mas a dor de uma consciência intranquila é algo insuportável. Por isso o meu coração e o meu amor serão os meus guias.

_______________________________________
Antônio71
Moderador
Moderador
Mensagens : 1067
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 47
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty O problema talvez esteja em mim e não em AN

em 20/5/2016, 23:57
Cara, eu admiro muito o meu pastor, mas tem horas que ele dá umas foras, mas as vezes é bom, porque eu sei que ele é tão humano quanto eu. Vou repetir um desses foras que ele deu, mas que ajudou muita gente, penso eu. Ele disse: ´´irmãos, parem de procurar, é TUDO IGUAL´´. Desculpe se estou sendo invasivo, mas a vagina de sua esposa é igual a da MG, da G, da GG, enfim... Se concentre no momento. Se fui grosseiro ao falar isso, me desculpe, mas a intenção é boa.

Grande abraço. Que Deus abençoe seu casamento.
[/quote]
[/quote]


Não, Cannaã, você não foi grosseiro, você foi verdadeiro e realista. Será que essas dificuldades que tenho com AN não vem da PMO, daquela cultura que privilegia a aparência, o visual acima de tudo? A mente pornográfica fica condicionada a se ligar só na aparência e 31 anos de pornografia não são 31 dias.

Se a pornografia for retirada e o toque, as carícias, o cheiro, o carinho, a afetividade forem valorizados acima das questões visuais talvez recaia no que você falou e não aja nenhuma diferença entre aquela atriz horrorosa da Escolinha do Professor Raimundo que revirava os olhos e dizia "Só pensa naquilo!" e a morena da globeleza Very Happy Very Happy Very Happy

Talvez o problema não esteja em AN, esteja em mim. Até mesmo na época que eu era casado com MG eu não usava viagra ( pois ela era muito sensual) mas, para eu não broxar no meio do caminho, tinha que obrigatoriamente fantasiar com alguma filme pois já sofria há muito tempo com a DE durante a penetração.

Como diz Brpl, eu devo ter mais esperança e confiança no meu próprio reboot. Pode ser que a DE se dissolva, assim como a ER, até mesmo com AN. Por incrível que pareça tenho rogado isso também a Jesus nas minhas preces. Um abração e obrigado pela força.
avatar
Convidado
Convidado

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Re: Esperança para uma nova vida

em 21/5/2016, 00:09
Antônio71 escreveu:Será que essas dificuldades que tenho com AN não vem da PMO, daquela cultura que privilegia a aparência, o visual acima de tudo? A mente pornográfica fica condicionada a se ligar só na aparência e 31 anos de pornografia não são 31 dias.

talvez recaia no que você falou e não aja nenhuma diferença entre aquela atriz horrorosa da Escolinha do Professor Raimundo que revirava os olhos e dizia "Só pensa naquilo!" e a morena da globeleza Very Happy Very Happy Very Happy

Talvez o problema não esteja em AN, esteja em mim.

Sim, eu também passei 20 anos praticando PMO. Comecei com 19 e hoje tenho 39. Minha sexualidade é fruto disto. Por sorte, a minha adolescência foi tranquila. Por isto, concordo com o Gary Wilson, quando mostra, que fisiologicamente, os adolescentes são os mais afetados.

Cara, que comparação fantástica. Bem lembrado, era a ´´biscoito´´. A pobre mulher era muito desprovida de beleza, digamos assim, mas, talvez desse muito prazer ao seu companheiro, vai se saber? Claro, que, haveria de ter um homem que achasse nela algo de atraente. No meu caso, tive 3 relacionamentos longos: todos em torno de 5 anos de relacionamento. Em todas as vezes, eu perdi o interesse sexual, com o tempo. Não se culpe tanto, somos bombardeados por uma cultura hiper-sexualizada.

Tem uma frase que gosto muito: ´´no dia em que as mulheres acordarem gostando de seus cabelos, de suas gordurinhas, as grandes corporações de moda/estética feminina vão falir.´´

Cara, se concentra na sua esposa, manda ver. Já tem carinho, são casados, se amam, manda ver. Já falei, não estou falando por mal, então vou dizer de novo: se concentre no ato em si. Genital mesmo. Pênis + vagina = prazer. Simples assim. Vá com calma e com o tempo a coisa toda vai ganhando ares de normalidade. Lembre que o reboot continua a partir de 90 dias. Você só iniciou a 2a fase agora. Vamos em frente.

Fraterno abraço.
Antônio71
Moderador
Moderador
Mensagens : 1067
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 47
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Obrigado pelo apoio

em 21/5/2016, 00:16
Obrigado, querido, pelo apoio! Vou memorizar a equação: pênis + vagina = a prazer . Very Happy Very Happy Very Happy

A outra de equivalência também é importante:

1/2 = 2/4 = 4/8 = vagina de MG = vagina de G = vagina de AN = vagina de "Biscoito" = vagina da morena da globeleza Very Happy Very Happy Very Happy

Estou brincando nas colocações acima, mas todas essas equações são absolutamente verdadeiras.

_______________________________________
avatar
Convidado
Convidado

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Re: Esperança para uma nova vida

em 21/5/2016, 00:32
A matemática do amor. A equação do prazer. Shocked
Antônio71
Moderador
Moderador
Mensagens : 1067
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 47
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Re: Esperança para uma nova vida

em 23/5/2016, 01:22
Pessoal eu gostaria de dar uma dica: assistam o filme "Pais e Filhas". Ele vai ficar pouco tempo em cartaz,pois é de pouca bilheteria.

Ele fala sobre a realidade da pornografia e da compulsão sexual numa abordagem mais psicológica, Confesso que já chorei bastante durante e após o filme

A pornografia é uma das formas que encontramos para bloquear os nossos sentimentos. Essa dor vem muitas vezes da infância e tem a ver com nossos pais principalmente, acredito, a figura materna.

Passamos a ter medo de amar e a PMO é a forma mais prática de unirmos nossa mente com o instinto, pulando o coração.

Se nos lembrarmos que toda atriz pornográfica já foi uma menininha de 8 anos cheia de carências, como a do filme, nossa visão mudará totalmente.

Bom... fica a dica.

Um abração a todos.

_______________________________________
Domi1
Moderador
Moderador
Mensagens : 788
Data de inscrição : 21/09/2015
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Olá, desculpe a demora

em 23/5/2016, 16:48
Eu respondi a sua pergunta no meu diário de uma forma que desse para você perceber sua mulher na sua vida.
A distorção sexual, o que o PMO fez na sua vida eu acho que os meninos já falaram bastante e de uma forma excelente. Mas acho que você deve ver sua mulher como mulher e deixar as lembranças da sua ex no seu passado.
As vezes deixamos de ver beleza no nosso momento e tudo que é comum no dia-a-dia nós não reparamos mais. Por isso que as vezes um sexo com um estranho parece mais vigoroso, mesmo o nosso parceiro sabendo exatamente o que gostamos, do nosso ritimo (ou pelo menos os dois deveriam, mas as vezes falta diálogo e aí acabam que os dois ficam meios estranhos, se é esse o caso, já está ai uma boa dica para os dois começarem a apimentar a relação, descobrir o corpo do outro como a primeira vez, falar sobre os bons sexos que tiveram entre outras coisas, isso é bem divertido e saudável para ambos).
Por isso é hora de redescobrir a sua mulher e parar comparar ela com a outra, pois como parceira a AN pelo jeito te completa, te entende, te compreende. Mas você já colocou na cabeça que ela não te da T e T também está na mente, você sabe bem disso com as suas fantasias.

Peço que olhe novamente para sua mulher, que repare nela os detalhes, do corpo, do íntimo, do jeito e nos seus pontos fortes que eu sei que cada tem. Sua mulher é única por um motivo e isso tem haver com o corpo dela também, se ela nunca te deu T então você não teria casado.
Estimule a ela se vestir de forma que a agrade e o agrade (sem fantasias) e vão fazer algo mais juvenil como um piquenique, resgate o que há de bom em você também, as vezes é só isso que os dois precisam, resgatar o que é de bom, pois os maus momentos as vezes cortam os detalhes bons do cotidiano sem nos darmos conta.

Para finalizar e justificar o que eu disse nos dois textos, o reboot te fez reparar em coisas sutis e belas que antes você devido a determinada rotina (dopamina por PMO) não reparava, como escutar música ao dirigir. Nós viciamos nossos relacionamentos por isso não reparamos mais em nossos parceiros, apelidamos isso de rotina, mas quando aquela rotina deixa de existir ficamos mais consciente dela e por isso as vezes ficamos nostálgicos, pois sentimos saudades daquilo que era bom e quando tínhamos na verdade sentíamos que era tão divertido assim.
Por isso eu acho que está na hora de você dar uma refletida sobre tudo, ver se é o seu casamento que realmente não faz mais sentido ou a sua rotina com a AN. Se for a segunda opção converse com a sua mulher, diga a ela que estava cego e que os dois devem mudar pois os dois se amam, isso mudará (aos poucos como no reboot) o sexo de vocês.
avatar
Mensagens : 41
Data de inscrição : 05/05/2016
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Re: Esperança para uma nova vida

em 23/5/2016, 22:37
Domi1, obrigado pelos ensinamentos!!! Tô fazendo uma grande reflexão aqui depois de ler tuas palavras!
    Acompanho o Antonio71 e me identifico muito com as questões dele com a esposa, mesmo a minha  não tendo  dificuldades temporárias pelas quais a dele  está enfrentando. O Antônio71 tem me ensinado muito nesses dias com seus relatos e sua perspectiva da vida.
   Por muito tempo criei a convicção de que minha esposa não acompanhava meu ritmo ou que simplesmente não tinha interesse em mim, sendo que nas relações "por fora", eu sempre era muito interessado e correspondido.
   Hoje refletindo como minha vida estava indo para o buraco com PMO e afins, vejo que EU fui responsável por quase todo esse "desinteresse" mútuo. Fui EU que quis ter em casa corpos perfeitos e desempenhos próprios do que via na telinha do Note e nas relações efêmeras, sem compromissos. EU que confundi paixão com amor. EU que perdi minha sensibilidade ao afeto, ao olhar, ao toque. Eu que queria posições, peitos e bundas perfeitas. Eu que só tinha/ainda tenho olhos para isso.
  Reflito muito sobre egoísmo e acho que tenho sido bastante egoísta.
  Antônio71, sei por experiência própria o quanto é difícil, mas precisamos dar esse passo de valorização e retomada de nossa sensibilidade às pequenas coisas que podem dar muito tesão e termos uma vida tranquila, feliz e harmônica.
    Sinceramente, como disse Canaâ, acho que devemos valorizar nossas esposas, sabe. Investir nisso será uma excelente alternativa para superar o PMO, até porque o desenvolvimento do afeto com elas ocupará nosso tempo e nos fará olhar para dentro com profundidade.
  Para mim, superar o egoísmo nesse aspecto e nos demais da vida é um grande desafio, mas nas oportunidades que consegui entender que o mundo e a vida não pode nem deve atender a todos nossos caprichos, senti um enorme alívio, pois nessas ocasiões também me senti humilde, ao aceitar os desafios como necessários ao nosso crescimento.
  O que vc acha?

_______________________________________
Esperança para uma nova vida - Página 13 Img?u=5798509936640000
Antônio71
Moderador
Moderador
Mensagens : 1067
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 47
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Re: Esperança para uma nova vida

em 24/5/2016, 20:34
Concordo 100 por cento com você, Liberdade e fico feliz de saber que nesse fórum tem pessoas com problemas parecidos com o meu.

Quanto a você, Domi, sou grato também pelos conselhos. Tesão talvez seja uma questão muito mais mental do que puramente física. Vou seguir os seus conselhos e valorizar sexualmente mais a esposa que tenho no presente.

Um abraço aos dois e obrigado pela ajuda!

_______________________________________
DECIDIDO30
Mensagens : 173
Data de inscrição : 04/05/2016
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Re: Esperança para uma nova vida

em 25/5/2016, 07:55
Liberdade escreveu:Domi1, obrigado pelos ensinamentos!!! Tô fazendo uma grande reflexão aqui depois de ler tuas palavras!
    Acompanho o Antonio71 e me identifico muito com as questões dele com a esposa, mesmo a minha  não tendo  dificuldades temporárias pelas quais a dele  está enfrentando. O Antônio71 tem me ensinado muito nesses dias com seus relatos e sua perspectiva da vida.
   Por muito tempo criei a convicção de que minha esposa não acompanhava meu ritmo ou que simplesmente não tinha interesse em mim, sendo que nas relações "por fora", eu sempre era muito interessado e correspondido.
   Hoje refletindo como minha vida estava indo para o buraco com PMO e afins, vejo que EU fui responsável por quase todo esse "desinteresse" mútuo. Fui EU que quis ter em casa corpos perfeitos e desempenhos próprios do que via na telinha do Note e nas relações efêmeras, sem compromissos. EU que confundi paixão com amor. EU que perdi minha sensibilidade ao afeto, ao olhar, ao toque. Eu que queria posições, peitos e bundas perfeitas. Eu que só tinha/ainda tenho olhos para isso.
  Reflito muito sobre egoísmo e acho que tenho sido bastante egoísta.
  Antônio71, sei por experiência própria o quanto é difícil, mas precisamos dar esse passo de valorização e retomada de nossa sensibilidade às pequenas coisas que podem dar muito tesão e termos uma vida tranquila, feliz e harmônica.
    Sinceramente, como disse Canaâ, acho que devemos valorizar nossas esposas, sabe. Investir nisso será uma excelente alternativa para superar o PMO, até porque o desenvolvimento do afeto com elas ocupará nosso tempo e nos fará olhar para dentro com profundidade.
  Para mim, superar o egoísmo nesse aspecto e nos demais da vida é um grande desafio, mas nas oportunidades que consegui entender que o mundo e a vida não pode nem deve atender a todos nossos caprichos, senti um enorme alívio, pois nessas ocasiões também me senti humilde, ao aceitar os desafios como necessários ao nosso crescimento.
  O que vc acha?

Olá colegas Antônio71, Liberdade, Canaã e Domi1, acompanhando as últimas postagens de vocês sobre o olhar ao parceira/o, tenho procurador fixar em minha mente neste reboot de que não adianta apenas a abstenção a PMO.
Se ficarmos apenas na abstenção nosso corpo vai travar uma briga desumana por dopamina.
É necessário começar a ocupar o espaço que o vício tirou de nós, das nossas relações de afeto com nossas esposas (os). Reparar no corpo do companheiro, criar mais intimidade ao ponto de que o cérebro veja de que não precisa buscar em outros lugares prazer.
Antônio71, crie momentos agradáveis com sua esposa, que não seja para falar de problemas do dia a dia, de trabalho, como por exemplo curtir um filme até em casa mesmo.


_______________________________________
Antônio71
Moderador
Moderador
Mensagens : 1067
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 47
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Re: Esperança para uma nova vida

em 25/5/2016, 15:47
Obrigado, Decidido. Você tem razão! Vou colocar em prática o seu conselho.

_______________________________________
Antônio71
Moderador
Moderador
Mensagens : 1067
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 47
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Felicidade

em 25/5/2016, 17:30
Gente, essa coisa de reboot é muito engraçada e divertida!

Eu fui para João Pessoa com minha família esse final de semana ( estou de férias).

Lá eu fiz mais de duas horas de caminhada de bicicleta. Meu filho, de apenas 17 anos, arriou no meio do caminho e quis voltar. Eu até brinquei com ele receitando-lhe o reboot, pois ele estava muito "sem energia".

Pois bem... nessas duas horas de caminhada divisei cenários lindos e encantadores. Pedalei por toda orla de João Pessoa, fui até o ponto extremo leste das Américas ( Ponta de seixas) onde a paisagem é magnífica.

Entrei num parque ecológico, tomei banho de mar, fui ao shopping, tomei um sorvete delicioso que só tem nesse shopping, assisti um filme maravilhoso no cinema que me emocionou até as lágrimas ( Pais e Filhas, eu indico a todos os rebooters).

Pessoal, a minha qualidade de vida é outra! Em outra época eu usaria o tempo livre não para viajar e fazer tudo isso que relatei acima mais iria para um motel e passaria a manhã e à tarde me masturbando e assistindo filme pornô.

No começo seria prazeroso, mas depois da primeira gozada o prazer diminuiria pela metade, na segunda seria menor ainda e na terceira e na quarta não haveria mais prazer nenhum, só cansaço. Sairia de lá me sentindo um lixo e passaria a semana toda cansado, mal-humorado, entediado e com a autoestima na sola do sapato.

Vejam vocês que agora eu sou outro homem com outra qualidade de vida. Antes eu sobrevivia, agora eu estou vivendo de verdade!

_______________________________________
Domi1
Moderador
Moderador
Mensagens : 788
Data de inscrição : 21/09/2015
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Re: Esperança para uma nova vida

em 25/5/2016, 17:42
Que alegria ler suas palavras, vejo que está mudando sua vida em essência, está sendo o melhor que consegue ser.
Isso mesmo
Domi1
Moderador
Moderador
Mensagens : 788
Data de inscrição : 21/09/2015
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Re: Esperança para uma nova vida

em 25/5/2016, 17:42
Muitas alegrias!
Blpr
Mensagens : 4833
Data de inscrição : 30/05/2015
Ver perfil do usuário

Esperança para uma nova vida - Página 13 Empty Re: Esperança para uma nova vida

em 25/5/2016, 18:28
A vida tem muito mais alegrias após o reboot.

_______________________________________
Link do e-book grátis:

https://drive.google.com/open?id=0B_ZBYrwrvOuJTDctSjhvdGQ1V1E


"A dor é temporária. Ela pode durar um minuto, uma hora, um dia, um mês ou talvez um ano. Mas, eventualmente, ela irá sumir e outra coisa ocupará o seu lugar. Porém, se você não lutar e superar essa dor, ela vai durar para sempre". (Lancy Armstrong)


Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum