Compartilhe
Ir em baixo
headbanger
Mensagens : 197
Data de inscrição : 06/11/2014
Ver perfil do usuário

Re: Diário Headbanger

em 19/9/2018, 09:29
ainda estou de pé
vontade de chorar, vontade de recair, vontade de transar.


_______________________________________
https://countingdownto.com/create-count-up
headbanger
Mensagens : 197
Data de inscrição : 06/11/2014
Ver perfil do usuário

Re: Diário Headbanger

em 20/9/2018, 14:45
ainda estou de pé
vontade de recair tá grande, tanto com putas como com os videozinhos. estou meio triste esses dias porém reparei que estou sorrindo com muito mais facilidade, estou contente com esse fato. vou levando o reboot. porém por outro lado ainda continuo pensando em suicídio;

hoje à noite acho que vou na academia(outra) pq na academia que estava o cara trata muito mal. espero que a nova academia seja tão boa como a outra em que estava. acho que é isso, não tenho mais nada pra falar. abçs

_______________________________________
https://countingdownto.com/create-count-up
Mithrandir
Mensagens : 91
Data de inscrição : 19/09/2018
Idade : 20
Localização : Terra-Média
Ver perfil do usuário

Re: Diário Headbanger

em 20/9/2018, 15:36
Olá irmão,

desanima não, a luta é árdua, mas, no final vale a pena. Ânimo! estamos todos no mesmo barco. Quanto aos pensamentos de suicídio, isso é muito delicado, eu já tive momentos assim, mas, percebi que a vida é dos presentes o mais belo e recusá-lo seria uma péssima decisão. Tenha paciência consigo mesmo, a paciência tudo alcança. Forte abraço e força na sua luta.


_______________________________________
Gandalf, O Cinzento
headbanger
Mensagens : 197
Data de inscrição : 06/11/2014
Ver perfil do usuário

Re: Diário Headbanger

em 22/9/2018, 14:25
Tive uma recaída. Ontem acessei pornografia pelo celular. Instalei o App que hackeia o wifi do vizinho. Me masturbei 3x. Assisti porno por umas três horas.

Ontem foi um dia difícil pra mim. Além de pensar bastante em alguns vídeos que já havia assistido, recebi rejeição social que me machucou demais por dentro. Aí tive a recaída.

Bom, agora é levantar e continuar andando...

_______________________________________
https://countingdownto.com/create-count-up
Rivera
Mensagens : 253
Data de inscrição : 24/06/2018
Idade : 23
Ver perfil do usuário

Re: Diário Headbanger

em 23/9/2018, 07:04
headbanger escreveu:Tive uma recaída. Ontem acessei pornografia pelo celular. Instalei o App que hackeia o wifi do vizinho. Me masturbei 3x. Assisti porno por umas três horas.

Ontem foi um dia difícil pra mim. Além de pensar bastante em alguns vídeos que já havia assistido, recebi rejeição social que me machucou demais por dentro. Aí tive a recaída.

Bom, agora é levantar e continuar andando...

Olá amigo.
Cara você tem que rever isso ai, não pode velho. Hackear a senha do wifi do vizinho pra ver P? Mas entendo as nossas necessidades que o vício deixa. Só que têm de ter um bloqueio mental sobre isso, pois na minha visão você foi longe demais. Agora se levante e va corrigir essas coisas. Não podemos dar brechas para o PMO
Abraço

_______________________________________
Meu diário:
http://www.comoparar.com/t7821-diario-do-rivera


Meta principal: 40 dias limpo

Submetas:
1 (X)
5 ( )
10 ( )
15 ( )
21 ( )
30 ( )
35 ( )
40 ( )
45 ( )
50 ( )
Modo difícil

"Sempre há uma forma"
Mesmo que seja impossível ainda sim você deve tentar.
headbanger
Mensagens : 197
Data de inscrição : 06/11/2014
Ver perfil do usuário

Re: Diário Headbanger

em 26/9/2018, 13:36
atualizando as coisas por aqui.
tive mais recaídas na segunda-feira, porém não foi com porn e sim com putas (que no final das contas dá no mesmo). sentei a vara em 4 putas e consegui gozar com três delas. mas foda-se, agora é levantar e seguir em frente de novo!

_______________________________________
https://countingdownto.com/create-count-up
headbanger
Mensagens : 197
Data de inscrição : 06/11/2014
Ver perfil do usuário

Re: Diário Headbanger

em 2/10/2018, 15:37
de pé

_______________________________________
https://countingdownto.com/create-count-up
headbanger
Mensagens : 197
Data de inscrição : 06/11/2014
Ver perfil do usuário

Re: Diário Headbanger

em 3/10/2018, 12:17
perdi :/ ontem vi uma gostosa que me fez pensar obscenidades o dia todo. aí me masturbei ontem (prone). enfim vida que segue. to vendo que vou ter que ignorar totalmente as mulheres se quiser continuar com o reboot.

_______________________________________
https://countingdownto.com/create-count-up
headbanger
Mensagens : 197
Data de inscrição : 06/11/2014
Ver perfil do usuário

Re: Diário Headbanger

em 25/1/2019, 18:16
to a 6 dias sem gozar porém andei vendo umas imagens pornográficas num fórum de prostitutas que costumo visitar.

minha última experiencia sexual foi com uma puta carioca e broxei. To pensando em voltar lá no puteiro amanhã pq to afim de outra mina que vi por lá mas é foda. Se por um lado tenho vontade de transar, e algum dinheiro pra gastar na putaria, por outro lado tenho vontade de conhecer alguém legal e ter intimidade saudável. Porém é foda pq sou feio e nerdão. Aí complica e bate a tristeza.

_______________________________________
https://countingdownto.com/create-count-up
WildWarrior
Mensagens : 235
Data de inscrição : 29/12/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário Headbanger

em 26/1/2019, 23:23
headbanger escreveu:perdi :/ ontem vi uma gostosa que me fez pensar obscenidades o dia todo. aí me masturbei ontem (prone). enfim vida que segue. to vendo que vou ter que ignorar totalmente as mulheres se quiser continuar com o reboot.

Fala mano!

Não precisa ignorar as mulheres, basta enxergar elas de outra forma!

Você vai passar a enxergar de outra forma com o passar dos dias do seu reboot.

Grande abraço!

Enviado pelo Topic'it

_______________________________________
___________________________________________________________________________________
Meu diário:
http://www.comoparar.com/t8678-diario-do-wildwarrior




Metas:
Recaídas = 0 - ok
Dias = 15 (X) 30 (X) 45 (X) 60 (X) 75 (   ) 90 (   ) 120 (   ) 150 (   ) 180 (   ) 360 (   )

Problemas solucionados:
CURA DE (X)
CURA ER (X)
CURA EP (   )
CURA PMO (X)
Sem Flatline (X)
1ª relação real após início do reboot com sucesso (39 dias após início do Reboot) (X)
Ereções matinais diárias 100% (X)
Concentração estabilizada (X)
S/ vontade de procurar conteúdo pornográfico (X)
Libido normalizada (92%)
WildWarrior
Mensagens : 235
Data de inscrição : 29/12/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário Headbanger

em 26/1/2019, 23:25
headbanger escreveu:to a 6 dias sem gozar porém andei vendo umas imagens pornográficas num fórum de prostitutas que costumo visitar.

minha última experiencia sexual foi com uma puta carioca e broxei. To pensando em voltar lá no puteiro amanhã pq to afim de outra mina que vi por lá mas é foda. Se por um lado tenho vontade de transar, e algum dinheiro pra gastar na putaria, por outro lado tenho vontade de conhecer alguém legal e ter intimidade saudável. Porém é foda pq sou feio e nerdão. Aí complica e bate a tristeza.

Sem essa, mano!

Cada panela tem sua tampa! Logo você vai encontrar sua parceira, é só ter paciência!

Uma dica que eu te dou, para de acessar esses sites de "catalogo" de mulheres, nem vale a pena isso mano, encontre suas parceiras de forma natural. O reboot faz a gente evitar de ficar acessando e vendo esses conteúdos. Esses sites acabam nos prejudicando!

Grande abraço!

Enviado pelo Topic'it

_______________________________________
___________________________________________________________________________________
Meu diário:
http://www.comoparar.com/t8678-diario-do-wildwarrior




Metas:
Recaídas = 0 - ok
Dias = 15 (X) 30 (X) 45 (X) 60 (X) 75 (   ) 90 (   ) 120 (   ) 150 (   ) 180 (   ) 360 (   )

Problemas solucionados:
CURA DE (X)
CURA ER (X)
CURA EP (   )
CURA PMO (X)
Sem Flatline (X)
1ª relação real após início do reboot com sucesso (39 dias após início do Reboot) (X)
Ereções matinais diárias 100% (X)
Concentração estabilizada (X)
S/ vontade de procurar conteúdo pornográfico (X)
Libido normalizada (92%)
headbanger
Mensagens : 197
Data de inscrição : 06/11/2014
Ver perfil do usuário

Re: Diário Headbanger

em 29/1/2019, 01:54
Vontade de acabar com tudo

_______________________________________
https://countingdownto.com/create-count-up
headbanger
Mensagens : 197
Data de inscrição : 06/11/2014
Ver perfil do usuário

Re: Diário Headbanger

em 8/2/2019, 12:48
Eae seus abnegadores de punheta

Tô de volta nessa porra. Minha vida continua uma merda, faço 26 esse ano e só tenho história triste pra lembrar. Vontade de me matar. Ontem comi duas putas, e só essa semana foram quatro. Tô cansado dessa vida.

Gostaria de viver um romance mas não tem como alguém gostar de mim, só recebo desprezo. Pura merda tem horas que bate uma revolta ser assim. Todo mundo tem namorada e amigos. Enquanto isso fico pagando pra transar com gente estranha ou vendo pornô no quarto.

Isso quando consigo ter uma ereção. Tenho inveja de alguns caras aqui do grupo que conseguem sexo facilmente. Da até desânimo ler alguns diários. Teve uma vez que fiquei 1 mês sem pmo e nada mudou. Enquanto isso vejo caras trepando com duas semanas de reboot.

Durante o dia sinto tanta raiva por esse desprezo todo que tenho vontade de acabar com tudo. Ninguém gosta da minha presença. O ser humano precisa se sentir aceito. Eu me sinto um miserável. Mesmo tendo roupas, comida, etc.. mas sem amor nada faz sentido. Amor fortalece o ser humano. A mulher fortalece o homem. Me sinto um fraco inútil por não conseguir o afeto de nenhuma fêmea. O pior é saber que tudo é genética e que as coisas não podem ser diferentes.

É difícil pensar em morrer as vezes. Apagar sua própria história, pensar nos últimos momentos com as pessoas que vc conhece. Isso acaba comigo.

_______________________________________
https://countingdownto.com/create-count-up
headbanger
Mensagens : 197
Data de inscrição : 06/11/2014
Ver perfil do usuário

Re: Diário Headbanger

em 8/2/2019, 12:53
Ontem quando ia no puteiro, no metrô, sentei do lado de um casal adolescente, deveriam ter uns 15 anos. A garota sentada no colo do rapaz e ambos se beijando, trocando carícias. Fiquei tão triste... acho que isso deve ser inveja. Fiquei triste por não ter esse tipo de memória de adolescente, triste também por estar me tornando uma pessoa desse tipo, invejosa... fico pensando seriamente se vale a pena ter uma vida tão preta e branca assim... as pessoas que entram na nossa vida colorem nossa alma... a minha eh preta e branca....

_______________________________________
https://countingdownto.com/create-count-up
vierkenes
Mensagens : 274
Data de inscrição : 25/03/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diário Headbanger

em 8/2/2019, 16:18
Cara, eu já fui assim (e isso não tem muito tempo). Passei anos e mais anos sem nenhum contato físico com uma mulher. Todos os meus amigos falando disso, eu vendo todo mundo ficar com alguém de vez em quando, sentindo essa falta imensa de toque, carinho e sexo de verdade.

Eu sei o quão ruim isso é...envenena a alma, tira a saúde, nos deixa amargos, cínicos e descrentes. Me identifiquei com seu comentário. Exceto algumas diferenças, era assim que eu pensava também.

Não tem uma fórmula fácil pro seu problema...não quero te dizer algo bonitinho só pra te animar - embora eu ache que algumas dessas coisas "bonitinhas" são realmente verdadeiras, mas eu sei que alguém que se encontra nesse estado simplesmente não consegue entender ou visualizar certas coisas. Quando a gente tá mergulhado no desespero, parece que nada mais existe, parece que nossa vida vai ser assim pra sempre.

Mas não vai ser. Coloque em sua mente que isso é uma fase, e que um dia - talvez quando você menos esperar - você vai ter o que tanto quer.

Foi exatamente isso que aconteceu comigo. Eu fazia o reboot, mas sentia falta disso aí...achava que nada tinha sentido, que não adiantava ficar 1000 dias sem reboot se eu não arranjasse uma mulher pra amar. Aí aconteceu quando eu menos esperava, foi bem do nada. Depois disso que eu consegui decolar no meu processo.

Eu imagino que você deve ser uma pessoa bem machucada por dentro, por vários fatores. Enquanto não aparece essa oportunidade na sua vida, de ter uma namorada, tente se curar sozinho mesmo. Alguém já disse pra você arranjar um psicólogo, você se recusou. Busque outro tipo de ajuda. Entra em um esporte, sei lá, esporte desenvolve uma série de coisas, incluindo a auto estima. Um curso de teatro. Qualquer coisa, o que você precisa é se desenvolver e se abrir, se curar de todas essas mágoas.

Ah, e outra, recomendo firmemente que mantenha o reboot! Não se deixe levar por esse pensamento de "fiquei 1 mês sem P e nada mudou". Se você continuar no processo, vai ver que MUITA coisa vai mudar, você sabe disso, é só ler os comentários de quem foi mais longe. Uma parte dessa nuvem negativa desaparece, a mentalidade em relação às mulheres muda, a energia sexual se torna mais potente, o que aumenta a chance de arranjar alguém pra transar naturalmente, a auto estima sobe, etc. Se mantenha firme no reboot!

Eu também me sinto levemente triste quando vejo casais de adolescente na rua. Eu também não tive essas vivências. Mas o fato é que essa é a nossa história, o nosso passado, a gente vai ter que aprender a conviver com ele. Todo mundo lida com isso, bem ou mal. Conheço pessoas que passaram por coisas muito tristes na infância. Se a gente se cuidar, a gente supera isso tudo, caso contrário, todos esses sentimentos negativos podem atrasar nosso lado por um bom tempo. Lembre-se que o futuro vai ser diferente do presente - em algum momento você vai arranjar uma namorada, vai ser lindo. Isso tudo aí que você tá passando é uma fase em sua vida.

Espero que eu tenha conseguido te ajudar de alguma forma. Eu realmente sei como são esses sentimentos que você descreveu.

_______________________________________
Liu
Mensagens : 120
Data de inscrição : 15/09/2014
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário Headbanger

em 8/2/2019, 16:30
Pô amigo tenho achado seus relatos muito tristes mesmo... Eu sei que posso não entender tudo o que vc tá passando. Mas me identifico com o sentimento de querer mudar o passado. Algo que pra mim fica mais agudo agora perto dos 30. Sonho que tenho 14 anos novamente e faço várias escolhas diferentes. Passo longos minutos fingindo que estou fazendo isso. Mas infelizmente não dá....
A gente só tem o dia de hoje, o minuto de agora - o presente...
Vc parece se odiar muito e esse é um sintoma corrente em muitos de nós que fazemos Reboot, principalmente nas recaídas, mas no seu caso parece ser profundo. A verdade é que vc tem que dar a si mesmo uma boa companhia, ser alguém legal de passar um tempo, ser pra vc mesmo aquele com quem você gostaria de passar mais tempo. Isso não é tão fácil quanto falar. Somos ansiosos e acabamos querendo fugir de perto de nós mesmo como se fôssemos uma visita chata.
Isso tem que mudar nas pequenas coisas, seja uma companhia pro cinema, convide-se pra sair, faça uma atividade sua onde seja bom passar um tempo consigo mesmo e mais ngm. Eu particularmente voltei a nadar e isso me animou muito. São 45 minutos de integração comigo mesmo, aproveito que sou míope e não escuto nada embaixo d'água e pronto! Fico imerso numa atividade só minha, onde aprendi a fazer algo legal com meu corpo.
Mas se quer um conselho real, amigo, não vá mais em puta. Isso apenas adia a sua recaída em PMO, pois a prostituição segue o mesmo princípio da pornografia, vc vai e escolhe, tem opções, sugestões e fantasias, vc consome as mulheres num grande catálogo humano sem ter que conhecer a pessoa por trás da ficção sexual em ela se esconde pra poder ganhar dinheiro, abandone isso. Abandone tudo o que for relacionado ao sexo como ele é vendido no mundo. Escolha viver qualquer outra coisa que não seja isso e aos poucos a vida vai ganhando cor,

tive muito tempo de depressão e me lembro da ausência de cor. Minhas memórias desse período são opacas também, em preto e branco...

O que me ajudou na época foi voltar a andar de bicicleta, por isso eu insisto, invente hobbies pra vc, principalmente os que te façam sair do quarto. E viva como se nunca mais fosse transar mesmo, porque temos que esquecer dessa forma pornográfica que nos infectou em tudo, vemos o mundo através dela. Cada mulher que passa não é mais um todo humano e profundo, só vemos o peito e as coxas, a bunda e todas as parafilias que consumimos.

Temos que abandonar essa sexualidade distorcida que nos venderam como sexo bom e viver outras coisas, menores, particulares, simples, externas, que nos conecte conosco e com os outros de maneira despretensiosa, cada dia de uma vez..
headbanger
Mensagens : 197
Data de inscrição : 06/11/2014
Ver perfil do usuário

Re: Diário Headbanger

em 10/2/2019, 14:27
vierkenes escreveu:Cara, eu já fui assim (e isso não tem muito tempo). Passei anos e mais anos sem nenhum contato físico com uma mulher. Todos os meus amigos falando disso, eu vendo todo mundo ficar com alguém de vez em quando, sentindo essa falta imensa de toque, carinho e sexo de verdade.

Eu sei o quão ruim isso é...envenena a alma, tira a saúde, nos deixa amargos, cínicos e descrentes. Me identifiquei com seu comentário. Exceto algumas diferenças, era assim que eu pensava também.

Não tem uma fórmula fácil pro seu problema...não quero te dizer algo bonitinho só pra te animar - embora eu ache que algumas dessas coisas "bonitinhas" são realmente verdadeiras, mas eu sei que alguém que se encontra nesse estado simplesmente não consegue entender ou visualizar certas coisas. Quando a gente tá mergulhado no desespero, parece que nada mais existe, parece que nossa vida vai ser assim pra sempre.

Mas não vai ser. Coloque em sua mente que isso é uma fase, e que um dia - talvez quando você menos esperar - você vai ter o que tanto quer.

Foi exatamente isso que aconteceu comigo. Eu fazia o reboot, mas sentia falta disso aí...achava que nada tinha sentido, que não adiantava ficar 1000 dias sem reboot se eu não arranjasse uma mulher pra amar. Aí aconteceu quando eu menos esperava, foi bem do nada. Depois disso que eu consegui decolar no meu processo.

Eu imagino que você deve ser uma pessoa bem machucada por dentro, por vários fatores. Enquanto não aparece essa oportunidade na sua vida, de ter uma namorada, tente se curar sozinho mesmo. Alguém já disse pra você arranjar um psicólogo, você se recusou. Busque outro tipo de ajuda. Entra em um esporte, sei lá, esporte desenvolve uma série de coisas, incluindo a auto estima. Um curso de teatro. Qualquer coisa, o que você precisa é se desenvolver e se abrir, se curar de todas essas mágoas.

Ah, e outra, recomendo firmemente que mantenha o reboot! Não se deixe levar por esse pensamento de "fiquei 1 mês sem P e nada mudou". Se você continuar no processo, vai ver que MUITA coisa vai mudar, você sabe disso, é só ler os comentários de quem foi mais longe. Uma parte dessa nuvem negativa desaparece, a mentalidade em relação às mulheres muda, a energia sexual se torna mais potente, o que aumenta a chance de arranjar alguém pra transar naturalmente, a auto estima sobe, etc. Se mantenha firme no reboot!

Eu também me sinto levemente triste quando vejo casais de adolescente na rua. Eu também não tive essas vivências. Mas o fato é que essa é a nossa história, o nosso passado, a gente vai ter que aprender a conviver com ele. Todo mundo lida com isso, bem ou mal. Conheço pessoas que passaram por coisas muito tristes na infância. Se a gente se cuidar, a gente supera isso tudo, caso contrário, todos esses sentimentos negativos podem atrasar nosso lado por um bom tempo. Lembre-se que o futuro vai ser diferente do presente - em algum momento você vai arranjar uma namorada, vai ser lindo. Isso tudo aí que você tá passando é uma fase em sua vida.

Espero que eu tenha conseguido te ajudar de alguma forma. Eu realmente sei como são esses sentimentos que você descreveu.

vierkenes obrigado pelo comentário.

Eu sinceramente não tenho mais esperanças que as coisas serão diferentes um dia. Quando olho pra trás percebo a mesma coisa se repetindo, repetindo... Gostaria muito de encontrar o meu equilíbrio interno no meio de tanta desordem interior, e é isso que procuro no reboot. Também não sei se vou conseguir superar as coisas que já passei. Cara, ás vezes sonho com coisas que se passaram há uns 12 anos!!! Eu tenho muita coisa reprimida dentro de mim, a pornografia e a prostituição me fazem esquecer dessas coisas por algum tempo, depois volta tudo com força total, e é isso que faz eu ter as recaídas também. A dor se torna tanta que eu vou no prostíbulo e transo com várias prostitutas ou fico a noite inteira acessando pornografia, para me anestesiar.

Eu não tenho nenhum vício fora esses, não bebo e não fumo. Então essa acaba sendo minha única válvula de escape mesmo. Sobre esportes, eu voltei pra musculação mês passado, percebo que estou menos deprimido que antigamente, porém ainda é cedo pra falar algo concreto (estou há 4 dias sem PMO porém andei lendo uns relatos no fórum de prostitutas, não vou contar esses dias). A coisa começa a ficar preta lá pela segunda/terceira semana. Sinto minha energia sexual aumentar nesse período porém sinto medo de arrumar briga por aí, pois fico mais esquentado, além do mais gente estranha fica me encarando e eu não gosto nenhum pouco disso.

Eu sou um ser humano preso no passado, não me desenvolvi corretamente, não fiz coisas que as pessoas geralmente fazem, não tive amigos na escola, nem namoradinhas, ninguém pediu pra ficar comigo, não recebi bilhetinhos. Por mais que eu me desenvolva, cuide mais da aparência e talvez até desperte o interesse de alguém, esse passado não vai me deixar em paz. Esses anos de solidão forçada me fizeram enxergar o mundo de uma maneira única, me "desenvolver" de uma maneira diferente e estranha... Dessa forma não consigo criar conexão genuína com ninguém. Não tem como sentir empatia por alguém tão diferente assim.

Enfim, valeu novamente pelo comentário, vou continuar caminhando. abraço

_______________________________________
https://countingdownto.com/create-count-up
headbanger
Mensagens : 197
Data de inscrição : 06/11/2014
Ver perfil do usuário

Re: Diário Headbanger

em 10/2/2019, 15:40
Liu escreveu:Pô amigo tenho achado seus relatos muito tristes mesmo... Eu sei que posso não entender tudo o que vc tá passando. Mas me identifico com o sentimento de querer mudar o passado. Algo que pra mim fica mais agudo agora perto dos 30. Sonho que tenho 14 anos novamente e faço várias escolhas diferentes. Passo longos minutos fingindo que estou fazendo isso. Mas infelizmente não dá....
A gente só tem o dia de hoje, o minuto de agora - o presente...
Vc parece se odiar muito e esse é um sintoma corrente em muitos de nós que fazemos Reboot, principalmente nas recaídas, mas no seu caso parece ser profundo. A verdade é que vc tem que dar a si mesmo uma boa companhia, ser alguém legal de passar um tempo, ser pra vc mesmo aquele com quem você gostaria de passar mais tempo. Isso não é tão fácil quanto falar. Somos ansiosos e acabamos querendo fugir de perto de nós mesmo como se fôssemos uma visita chata.
Isso tem que mudar nas pequenas coisas, seja uma companhia pro cinema, convide-se pra sair, faça uma atividade sua onde seja bom passar um tempo consigo mesmo e mais ngm. Eu particularmente voltei a nadar e isso me animou muito. São 45 minutos de integração comigo mesmo, aproveito que sou míope e não escuto nada embaixo d'água e pronto! Fico imerso numa atividade só minha, onde aprendi a fazer algo legal com meu corpo.
Mas se quer um conselho real, amigo, não vá mais em puta. Isso apenas adia a sua recaída em PMO, pois a prostituição segue o mesmo princípio da pornografia, vc vai e escolhe, tem opções, sugestões e fantasias, vc consome as mulheres num grande catálogo humano sem ter que conhecer a pessoa por trás da ficção sexual em ela se esconde pra poder ganhar dinheiro, abandone isso. Abandone tudo o que for relacionado ao sexo como ele é vendido no mundo. Escolha viver qualquer outra coisa que não seja isso e aos poucos a vida vai ganhando cor,

tive muito tempo de depressão e me lembro da ausência de cor. Minhas memórias desse período são opacas também, em preto e branco...

O que me ajudou na época foi voltar a andar de bicicleta, por isso eu insisto, invente hobbies pra vc, principalmente os que te façam sair do quarto. E viva como se nunca mais fosse transar mesmo, porque temos que esquecer dessa forma pornográfica que nos infectou em tudo, vemos o mundo através dela. Cada mulher que passa não é mais um todo humano e profundo, só vemos o peito e as coxas, a bunda e todas as parafilias que consumimos.

Temos que abandonar essa sexualidade distorcida que nos venderam como sexo bom e viver outras coisas, menores, particulares, simples, externas, que nos conecte conosco e com os outros de maneira despretensiosa, cada dia de uma vez..

vlw pelo comentário amigo, abraço!

_______________________________________
https://countingdownto.com/create-count-up
avatar
Mensagens : 15
Data de inscrição : 03/12/2018
Ver perfil do usuário

Re: Diário Headbanger

em 11/2/2019, 00:50
POW cara infelizmente vc pode passar 1000 dias de reboot mas ele não irá fazer milagres mano, não com essa péssima mentalidade que vc tem de si mesmo. O pra mudar vc tem que querer mudar, não vai adiantar nada fazer reboot e dizer. (Eu sinceramente não tenho mais esperanças que as coisas serão diferentes um dia. Quando olho pra trás percebo a mesma coisa se repetindo, repetindo...) no nosso cérebro tem muita química, então se vc diz uma coisa ele acata como realidade e se tudo está se repetindo então muda, por exemplo pare de ir em procurar de GP e acessar PMO. Seu passado não define quem vc é mano, nem o seu nem o de ninguém. Infelizmente vc só vai ter melhoras quando mudar seus pensamentos mano, desculpa falar isso mas realmente nenhuma mulher irá querer um cara super negativo ao lado, então evolua mano. Desculpe mas é a real
vierkenes
Mensagens : 274
Data de inscrição : 25/03/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diário Headbanger

em 11/2/2019, 17:19
E aí, Headbanger.

Vim aqui dar mais uns pitacos. Eu gosto muito do seu diário, sinto até uma certa liberdade aqui, então vou falar mais algumas coisas.

Você disse que não sente mais esperança de que as coisas vão mudar um dia. É como eu tinha dito antes: todo mundo que tá mergulhado no desespero pensa desse jeito. Esse pensamento é normal nesse estado.

A dica que te dou (e não sei se você vai seguir ou não, cada um tem seu tempo) é: procure ajuda. Sabe, eu não me importo se você achar que esse meu conselho é estúpido, ou que ninguém pode te ajudar, ou se você não acreditar em nenhuma dessas coisas. Mesmo assim me sinto na obrigação de plantar essa semente na sua cabeça, portanto eu digo de novo: procure ajuda. É claro que isso só vai acontecer na hora certa...mas eu tenho certeza que vai acontecer algum dia. Se eu não estiver morto pra ver, vou voltar no seu diário daqui a um tempo (semanas, meses, anos, não dá pra saber) e ver que você conseguiu superar todas essas coisas. Eu não vou desistir de você, pelo simples fato de que eu também já me achei irrecuperável e sem solução, andando em círculos, bebendo todo santo dia e vendo as mesmas situações de merda se repetirem por anos a fio.

Seu problema com GPs é tão ou mais grave que o problema com pornografia, a meu ver. É fácil perceber que você não tem controle sobre isso, assim como não tem controle sobre sua dor. Você tem que chegar na raiz do problema pras coisas começarem a se ajeitar. Isso pode demorar muito - dói demais mexer nas feridas - mas é o único caminho pra se curar. Como eu disse, cada um tem seu tempo, eu imagino perfeitamente que você se esforça o quanto pode.

Fazer as pazes com o passado, tomar as rédeas do presente e construir um novo futuro...essas coisas são possíveis. Sozinho fica complicado, mas eu creio que um dia o sofrimento vai dobrar seu orgulho e as coisas vão começar a acontecer - desculpa a dureza de minhas palavras. Quando você perceber que sozinho dificilmente vai sair dessa merda toda, sua humildade vai se manifestar, e tenho certeza que nesse momento vão aparecer pessoas na sua frente dispostas a trabalhar por você.

Sabe, a negatividade existe, e quando ela tá entranhada na gente, não percebemos as coisas boas ao redor. Não percebemos as pessoas que fazem ações realmente altruístas, aliviando a dor dos outros. Não percebemos como é bom estar ao ar livre e olhar o céu, ouvir o barulho dos pássaros. Não percebemos nem mesmo aquela menina bonitinha, que olha pra gente com simpatia e que ficaria com a gente, caso estivéssemos abertos para tal . Nosso interior é um tumulto, não há paz e tudo é uma grande catástrofe. A ideia de comer uma puta ou se chapar de qualquer modo logo surge na cabeça, essa é a única forma de paz que se conhece, algo fácil e rápido.

Mas ao mesmo tempo, a gente sabe onde isso vai dar. Portanto, amigo, continue mesmo caminhando, porque o caminho é bem longo e ao que parece não há outra alternativa. O processo é lento pra maioria, o reboot testa a paciência de todo mundo aqui, o caminho é tortuoso, e pode até demorar, mas uma hora a coisa decola.

Espero realmente que meu comentário tenha te ajudado de alguma forma. Torço muito pela sua vitória, de verdade.

_______________________________________
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum