Compartilhe
Ir em baixo
Kuroro
Mensagens : 409
Data de inscrição : 17/04/2016
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 5/4/2019, 14:02
Valhalla escreveu:
Kuroro escreveu:Obrigado por todo o apoio, pessoal.

Estou há duas semanas sem P. Faz tempo que não atinjo um número desses. Infelizmente, continuo recaindo com M. Mas estou tentando vários métodos para ficar limpo, uma hora eu consigo. É um pouco estranho. É sempre da mesma forma, acordo e recaio. Eu nem sei como acontece, parece que eu ainda estou dormindo ainda. Não consigo lembrar direito.

Estou até pensando em dormir de calça e cinto (KKKK, eu sei, é engraçado), mas só vou fazer isso se eu chegar a 30 dias sem P, mas continuar com o mesmo padrão de recaídas. Acho que daqui a pouco vou mudar minha cama de lugar, para ver se o meu gatilho é por conta de ter me acostumado ao espaço. Mudando de assunto, estou meio doente hoje. Me sinto como se fosse pegar uma virose. Sinto dor de cabeça, dor no corpo, fraqueza, mas não é muito forte e também não piorou desde que começou, logo agora de tarde. Será que podem ser mais sintomas de abstinência de P?

Lembro que senti isso antes, quando fiquei um tempo longe de P. Talvez seja só coincidência. Ah, hoje foi meio que o dia da derrota, kkkkj, não consegui estudar, me acordei tarde, não exercitei. Mas vou dormir cedo e acredito que dará tudo certo amanhã.

Fala, Kuroro!
Parabéns pelos 14 dias sem P.
Sobre recair ao acordar, eu tinha esse problema antigamente. Nesse reboot eu consegui mudar isso. O que funcionou para mim foi:

1) Colocar o celular pra despertar bem cedo com o som mais irritante e alto possível e longe da cama, pra me obrigar a levantar pra desligar;
2) Quando ouvir o celular despertar, contar até 5 e me obrigar a levantar;
3) Arrumar a cama (não parece nada de mais, mas é a primeira sensação de dever cumprido que tenho no dia);
4) Meditar;
5) Fazer exercícios.

Essa rotina tem me esgotado a ponto de até pensar em PMO, mas ter preguiça de fazer por causa do cansaço.

Sigamos firmes!
Grande abraço!

Valhalla, muito obrigado pela visita. Mas eu queria te dar mais informações sobre como eu recaio e pedir mais orientações. Vamos lá:

Eu não recaio de manhã, nunca acontece dessa forma. As recaídas acontecem de madrugada, por volta das 3:00 da manhã. Eu acordo com uma fissura persistente a ajo como um robô, nem penso. É meio esquisito, pois nem após de terminar eu sinto alguma coisa, eu só durmo de novo. De manhã é que eu acordo e sinto aquela decepção, mas não penso muito nela, pois isso me leva de volta a uma recaída. Já aconteceu isso contigo? O que você acha que eu devo fazer?


Ah, eu estou me exercitando e medito todos os dias antes de dormir, também coloco o despertador longe, para me obrigar a me levantar. Vou começar a arrumar a cama também. Obrigado pelos incentivos e conselhos.

_______________________________________


Valhalla
Mensagens : 148
Data de inscrição : 01/06/2018
Localização : Paraná
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 5/4/2019, 16:49
Kuroro escreveu:
Valhalla, muito obrigado pela visita. Mas eu queria te dar mais informações sobre como eu recaio e pedir mais orientações. Vamos lá:

Eu não recaio de manhã, nunca acontece dessa forma. As recaídas acontecem de madrugada, por volta das 3:00 da manhã. Eu acordo com uma fissura persistente a ajo como um robô, nem penso. É meio esquisito, pois nem após de terminar eu sinto alguma coisa, eu só durmo de novo. De manhã é que eu acordo e sinto aquela decepção, mas não penso muito nela, pois isso me leva de volta a uma recaída. Já aconteceu isso contigo? O que você acha que eu devo fazer?


Ah, eu estou me exercitando e medito todos os dias antes de dormir, também coloco o despertador longe, para me obrigar a me levantar. Vou começar a arrumar a cama também. Obrigado pelos incentivos e conselhos.

Fala, Kuroro!

Essa situação de acordar com E e já partir pra M sem nem perceber aconteceu comigo poucas vezes, mas me incomodava bastante. Não sei se é coincidência, mas sempre que acontecia era justamente durante o efeito caçador.
A forma de reverter isso foi meio na tentativa e erro. Inicialmente, eu comecei a me forçar a ficar acordado até muito tarde (até 2:30 ou 3:00 da manhã) nos dias em que estava sob efeito caçador. Ficando acordado até muito tarde, eu ficava tão cansado e com tanto sono que dormia direto até umas 10:00 ou 11:00. Só que isso começou a gerar alguns problemas:

  • Ficar acordado até tarde me fazia ficar no computador até tarde e era difícil lidar com gatilhos na solidão e silêncio da madrugada, então acabava racaindo;
  • Não curtia minha vida. As pessoas que dividiam casa comigo no início e (depois minha esposa) acordavam cedo e eu não aproveitava meu tempo ou o dia com aqueles à minha volta;
  • Somos adultos. Não dá pra ficar acordando 10:00 11:00 da manhã. É extremamente contraprodutivo pra quem trabalha ou faz faculdade.

Vi que a chave era o cansaço, então procurei me cansar ao longo do dia, mas eliminando a prática de acordar e dormir tarde.

  • Comecei acordando às 7:00 e fui acordando cada vez mais cedo até me acostumar a acordar às 5:30 ou às 6:00;
  • Passei a incluir na minha rotina a meditação, os exercícios matinais e alguns hobbies (passei a estudar assuntos do meu interesse);
  • Também passei a sair mais com os amigos e a não procrastinar nada. Me forçava a fazer tudo na hora;
  • Incluí tarefas simples como arrumar a cama, organizar as coisas fora do lugar, lavar louça, etc (isso me dava pequenas sensações de dever cumprido);
  • Estabeleci objetivos a longo prazo (no meu caso, ser aprovado em um concurso público) e me planejei para estudar pesado durante o dia, tendo este objetivo claro em mente;
  • Assim, passei a pensar unicamente nos estudos (por fazer parte dos objetivos que quero tanto alcançar) e comcei a estudar na maior parte do dia, me ocupando;
  • Passei a escrever no meu diário todos os dias, mesmo quando estava tudo bem, só pra não perder o foco. E também passei a apoiar mais a galera aqui no fórum e receber apoio de volta. Isso tem me ajudado bastante.

Fazendo isso, passei a deixar a mente ocupada demais para pensar em P e meu corpo cansado demais para ter energia pra M. Eu sabia que cada "sessão" de M tomava 2 ou mais horas do meu tempo, já que eu ficava no edging jogando dopamina no cérebro por mais tempo. Então só de pensar em passar 2 horas fazendo, já me dava preguiça.
Não vou mentir e dizer que foi de uma hora pra outra que "tomei jeito" e que não sinto vontade até hoje. Demorou pra me acostumar com a rotina nova e achar uma forma de lidar com todos os meus gatilhos, mas a cada queda eu eliminava o que me fazia cair.
Além disso, hoje em dia a vontade ainda vem, claro. Vem principalmente naqueles dias em que tudo dá errado. Mas, na minha opinião, esse é um dos pontos-chave do reboot que acho que muita gente esquece: como você passa a lidar com as frustrações do dia-a-dia quando tira PMO da equação? Antes era só recorrer à PMO, pois era uma fonte de prazer, mesmo nos dias em que tudo dava errado. Sem PMO, você precisa encontrar outras formas de lidar com isso. Afinal, resistir durante dias bons é "fácil". O negócio é como você resiste nos dias ruins. Aí vale tudo: correr pelo quintal, tomar um banho gelado, pensar em como foi seu dia (só pra tirar a mente de PMO), etc.
Sendo assim, recomendo que você aposte no cansaço + um bom banho antes de dormir pra evitar que acorde de madrugada fazendo o que não deseja ou, caso acorde, que levante pra beber uma água (isso eu faço até hoje nas raras vezes em que acontece). Além disso, tente identificar o gatilho que te leva a fazer isso ou que facilite que você o faça e trabalhe para eliminá-lo. Mesmo que não consiga eliminar na primeira vez, tente até conseguir. Mudar nossos hábitos é muito complicado.
O que posso te dizer é que a partir do 5º ou 6º dia, ficava mais fácil aguentar. O início sempre foi muito difícil pra mim, mas depois do primeiro dia eu fico um pouco mais tranquilo, tirando os dias em que a abstinência bate forte.

Se quiser saber de mais alguma coisa, só falar!
Se eu lembrar de algo que tenha esquecido de comentar, também volto e complemento!
Grande abraço!

_______________________________________

"Você só vence amanhã se não desistir hoje"




Meu Diário

Ikki De Fênix
Mensagens : 65
Data de inscrição : 04/07/2015
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 6/4/2019, 01:47
Meu bruxo! Li teu diario novamente, e com mais atençao, hoje. Cara vou apontara alguns pontos. Tens recém 23 anos. Tás começando recém a vida adulta(pros padrões atuais és na verdade um adolescente) por isso acho que tás dando atençao demais a transar. Eu só perdi a minha virgindado aos 19 anos. E não vejo problema nenhum nisso. Hoje vejo que poderia ser ate bem depois, pois apesar de ter quase 32 ainda tenho cabeça de adolescente, imagina se tivesse 23! Os meus amigos que comiam todo mundo com 15 hoje alguns tem mais de um filho. Vivem correndo do oficial de justiça por causa de pensao. Outros perderam tanto a graça que comem gays por dinheiro ou droga. Tornando algo puro em negocio. Tudo ao seu tempo! A midia vende muito sexo, na cerveja da balada tem sexo, no filme tem sexo, no vestido decotado da moda tem sexo. Nao deixa ela te impor algo tao generico assim! Tens uma cabeça otima. Ate aconselho a peocurar prostitutas(se aprende muito com elas em varios sentidos nao so de sexo) mas por uma questao de tu te aliviar. Nao como imposiçao como a midia carniceira cobra. RELAXA! Quanto ao HCDO apesar de ser viciado des de os 7 nunca tinha tido problemas com isso. Pelo contrario as mininha tudo gostavam de mim nos aniversarios. E no colegio. So foi acontecer com quando passei pro primario com 10 anos e fui estudar em escola publica. Um dia um amigo meu que era pegador adormeceu e eu pensei sera que se eu beijasse ele acordaria? Dai entrei em panico. Depois me masturbei duas vezes apertando junto a regiao do períneo. Pensando em dois amigos que eu nao ia com a cara e tinha ate um pouco de inveja deles(isso nao falei nem nos comentarios e nem no depoimento por medo de ser considerado gay). Agora mesmo escrevendo aqui pra ti isso to sentindi um forte sintoma de HDOC(testa quente, braços quentes, maos e costas suando, medo de ser gay...) Mas a verdade e q percebo que na epoca em q me masturbei pensando em HDCO eu nem mesmo fazia ideia do que era sexo. Era mais pela adrenalina que dava de me perverter, ja que des de os 7 imaginava roteiros com meninas, minhas tinhas de mais de 70 anos de idade, cadelinhas e gatas animais em geral que tinha aqui em casa, ou seja o habitual ja tinha esgotado(sintoma de hcdo ceio denovo agora mas vou seguir escrevendo). Vejo que por ter tido abuso com minhas primas contribuiram pra isso. Apesar de termos as mesma idades, 5,7 e 7. Vejo que muitos abusados se tornam gays quando adultos. Hoje me pergunto sera que sao gays mesmo ou pervertidos?. Twnho um amigos que foi abusado por outros quando criança e ele virou transex. Depois virou homem e casou-se e agora virou gay denovo. Tipo sei la acho q se foe por esse caminho e der a bunda acaba virando mesmo. Por isso nunca mais me masturbei pensando ser gay pois poderia realmente me tornar. Se hj me encomoda so de falar disso imagina isso na cabeça de uma criança de 10 anos(denovo senti HCDO, essa merda nao cura nunca kk). Seguindo.. cheguei a transar com uma caixa de som aqui de casa e minha mae descobriu quando tinha 18 anos. Tbm transei com vazos de flores que tibham o buraco do tamanho do meu pau pensando ser pan sexual. Entao acredito que tbm nos iludimos pensando ser gays. Tipo existe realmente o gay aquele criado pelas irmas que des de 3 ou 4 anos de idade usa vestido e pinta a boca escondido ou fica efeminado, ou aquele que nasce com muito estrogenio e tem ate feiçoes femininas. Mas nos e caso de perversao mesmo. Resumindo que dos 10 anos pra ca, hj bem menos quase zero isso me encomodou muito. Mas nao sinto atraçao pelo mesmo sexo. Quando o
Ikki De Fênix
Mensagens : 65
Data de inscrição : 04/07/2015
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 6/4/2019, 02:22
abraço um amigo parece que to abraçando meu pai ou irmao. Diferente de quando abraço ou encosto nuna menina que ja dico com vobtade de apertar mais forte, de sentie o cheiro do pescoço dela, principalmente se nao tiver caído. Entao nao deixa essa ilusão te pegar. Pq o nosso cerebro e mt sensivel a estimulos e sabe que se aprende a ter medo de HCDO vai ficar mais facil de te-lo. Por isso o negocio e nao dar força a isso. E sim rir e seguir em frente sabendo que algum dia o HDCO pode voltar e nesse momento sera facilmente ignorado se tivermos treinados a nao dar força a ele. Quando tive sob pressao num curso que tive que fazer do meu antigo emprego eu fiquei sob muita pressao e tentei introduzir o dedo no anus pra achar o tal ponto G que falam e nao senti nada. Fiquei ate surpreso pq ate caras sem hdco sentem prazer assim mas nao senti nada alem da sensaçao de ta cagando. Depois tentei denovo uns 2 anos depois e denovo reaçao nenhuma. A verdade e que somos pervertidos e nao gays em si. Tenho inclusive duvidas se homosexualismo realmente existe, os gays que me perdoem, provavelmente to equivocado ja que alguns apresentam sinais des de que aprendem a falar. Mas realmente baoo conpreendo como um cara pode sentir afago no carinho de outro cara sem ser no sentido de amizade do tipo irmais mais velho como sou com meus amigos. Quanto a surtar tive a prineira sindrome do panico quando tive 9 anos e pensava falar com um anjo. Acho que as varias experiencias sexuais que tive com minhas primas entre os 7 e os 9 anos de idade me deixaram ate meio louco kkkk mas resumindo. Fiquei naquela de quem inventou Deus se ele inventou tudo(dei ate uma mini surtada agora e tive um inicio de si drome do panico aqui escrevendo e medo de pira denovo e n voltar nunca mais a realidade) mas vamo la com 27 pirei de vez comecei a pensar que eu nao existia, e tudo era uma ilusao tipo matrix(, apesar de ter tido essa mesma teoria com 9 anos faltando uns 8 anos pro filme ser lançado) tentando meditar e abusando de drogas psicodelicas. Hj passo longe de meditaçao, admiro quem consiga. Mas minha mente e muito poderosa pra bater de frente. Prefiro focar no reboot mesmo hehe. Dai tive 3 sindromea do panico seguidas, uma falando sobre a teoria de q eu tava flutuando e n existia(com 9 anos cheguei a pensar ser um ser divino). Depois comi carne de porco e uma mina com transtornos mentais me mando uma msg( dizia ela q era sensitiva) me mando uma msg dizendo q tava com jm mal pressenti ento. Dai acordei com o barilho e outra sibdrome dai acordei meus pais q me levaram ao plantao mas so curei a indigestao. So fui conseguir voltar a realidade uma semana depois quando entrei pra uma. Igreja de surf sk8 bola de neve o nome. E li sobre essa teoria q eu tinha e ja havia um pensador q twvw isso n recordo o nome e se ligo no seguinte duvido q exista, entao to pensando. E se to pensando, lógo existo. Graças a Deus vi q era algo normal surtar e nao uma exclusividade minha. Mas o q mais ajudou mesmo foi a igreja e ter deixado as drogas( se possivel para coom o alcool e remedio pra dormi) isso e um declive, so vai morro abaixo, experiencia propria irmao. Bueno ja me extendi muito aqui! No mais tenta tirar da vida turbulenta problema e feia( embora tenha muita mulher gata na historia, muitos amigoa, festas, risadas, apoio, see um cara simpatico e conhecido, sonhador embora teha ne queimandi mto ultimanete ) mas enfim nao preciso falae das partes boas. Pq alegrias todo mundo tem graaças a Deus amém? To aqui dividindo exclusivamente as partes ruins pra que vejas que o quebtas passsabdo passo tbm. As. Vezes nao tao ruim, as vezes infinitamente pior. Mas passo e to aqui pra te ajudar e pra ti ver o que de mais fundo e pior pode se passar em torno desse vicio( sao mais de ,25 anos com ele). E mostrar que apesar de tudo nao duvido nem um segundo da minha vitoria. Ao contrario, tenho plena convicçao nela, em Nosso Senhor Jesus Cristo. E se um sujeiro tao fudido que nem eu tem toda essa fé, pq tu nao neh meu bruxo?! E tu e um gurisao neh mano 23 anos ta loko bem mais novo q meu irmao caçula. Tem muita agua pra rolar ainda e muita coisa boa pra ti. E obrigado oela oportubidade do desabafo hehehe tava precisando. E mano leva a serio a dica das prosituas. Elas sao anjos na terra. As puta sao xinela, essa q traem namorado, casam com cara com.o dobro da idade por grana, pegam namorado da amiga. Mas as de programa? Bah essas sao muito injustiçadas. Se pudesse e fosse zilionario posentava uma por uma. Pq sao pessoas que merecem todo o nosso respeito! Tenta ir so p conhecer. Mente que ficasse de virada cheirando por issk n vao acontecer nada e tal pra nao haver lressoa ou conta a tua historia. As vezes a verdade e a sinceridade é a mais doce das balacas! Abraço e q Deus teja contigo em cada empreitada da tua vida . Só crê!
Kuroro
Mensagens : 409
Data de inscrição : 17/04/2016
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 6/4/2019, 10:38
Valhalla escreveu:
Kuroro escreveu:
Valhalla, muito obrigado pela visita. Mas eu queria te dar mais informações sobre como eu recaio e pedir mais orientações. Vamos lá:

Eu não recaio de manhã, nunca acontece dessa forma. As recaídas acontecem de madrugada, por volta das 3:00 da manhã. Eu acordo com uma fissura persistente a ajo como um robô, nem penso. É meio esquisito, pois nem após de terminar eu sinto alguma coisa, eu só durmo de novo. De manhã é que eu acordo e sinto aquela decepção, mas não penso muito nela, pois isso me leva de volta a uma recaída. Já aconteceu isso contigo? O que você acha que eu devo fazer?


Ah, eu estou me exercitando e medito todos os dias antes de dormir, também coloco o despertador longe, para me obrigar a me levantar. Vou começar a arrumar a cama também. Obrigado pelos incentivos e conselhos.

Fala, Kuroro!

Essa situação de acordar com E e já partir pra M sem nem perceber aconteceu comigo poucas vezes, mas me incomodava bastante. Não sei se é coincidência, mas sempre que acontecia era justamente durante o efeito caçador.
A forma de reverter isso foi meio na tentativa e erro. Inicialmente, eu comecei a me forçar a ficar acordado até muito tarde (até 2:30 ou 3:00 da manhã) nos dias em que estava sob efeito caçador. Ficando acordado até muito tarde, eu ficava tão cansado e com tanto sono que dormia direto até umas 10:00 ou 11:00. Só que isso começou a gerar alguns problemas:

  • Ficar acordado até tarde me fazia ficar no computador até tarde e era difícil lidar com gatilhos na solidão e silêncio da madrugada, então acabava racaindo;
  • Não curtia minha vida. As pessoas que dividiam casa comigo no início e (depois minha esposa) acordavam cedo e eu não aproveitava meu tempo ou o dia com aqueles à minha volta;
  • Somos adultos. Não dá pra ficar acordando 10:00 11:00 da manhã. É extremamente contraprodutivo pra quem trabalha ou faz faculdade.

Vi que a chave era o cansaço, então procurei me cansar ao longo do dia, mas eliminando a prática de acordar e dormir tarde.

  • Comecei acordando às 7:00 e fui acordando cada vez mais cedo até me acostumar a acordar às 5:30 ou às 6:00;
  • Passei a incluir na minha rotina a meditação, os exercícios matinais e alguns hobbies (passei a estudar assuntos do meu interesse);
  • Também passei a sair mais com os amigos e a não procrastinar nada. Me forçava a fazer tudo na hora;
  • Incluí tarefas simples como arrumar a cama, organizar as coisas fora do lugar, lavar louça, etc (isso me dava pequenas sensações de dever cumprido);
  • Estabeleci objetivos a longo prazo (no meu caso, ser aprovado em um concurso público) e me planejei para estudar pesado durante o dia, tendo este objetivo claro em mente;
  • Assim, passei a pensar unicamente nos estudos (por fazer parte dos objetivos que quero tanto alcançar) e comcei a estudar na maior parte do dia, me ocupando;
  • Passei a escrever no meu diário todos os dias, mesmo quando estava tudo bem, só pra não perder o foco. E também passei a apoiar mais a galera aqui no fórum e receber apoio de volta. Isso tem me ajudado bastante.

Fazendo isso, passei a deixar a mente ocupada demais para pensar em P e meu corpo cansado demais para ter energia pra M. Eu sabia que cada "sessão" de M tomava 2 ou mais horas do meu tempo, já que eu ficava no edging jogando dopamina no cérebro por mais tempo. Então só de pensar em passar 2 horas fazendo, já me dava preguiça.
Não vou mentir e dizer que foi de uma hora pra outra que "tomei jeito" e que não sinto vontade até hoje. Demorou pra me acostumar com a rotina nova e achar uma forma de lidar com todos os meus gatilhos, mas a cada queda eu eliminava o que me fazia cair.
Além disso, hoje em dia a vontade ainda vem, claro. Vem principalmente naqueles dias em que tudo dá errado. Mas, na minha opinião, esse é um dos pontos-chave do reboot que acho que muita gente esquece: como você passa a lidar com as frustrações do dia-a-dia quando tira PMO da equação? Antes era só recorrer à PMO, pois era uma fonte de prazer, mesmo nos dias em que tudo dava errado. Sem PMO, você precisa encontrar outras formas de lidar com isso. Afinal, resistir durante dias bons é "fácil". O negócio é como você resiste nos dias ruins. Aí vale tudo: correr pelo quintal, tomar um banho gelado, pensar em como foi seu dia (só pra tirar a mente de PMO), etc.
Sendo assim, recomendo que você aposte no cansaço + um bom banho antes de dormir pra evitar que acorde de madrugada fazendo o que não deseja ou, caso acorde, que levante pra beber uma água (isso eu faço até hoje nas raras vezes em que acontece). Além disso, tente identificar o gatilho que te leva a fazer isso ou que facilite que você o faça e trabalhe para eliminá-lo. Mesmo que não consiga eliminar na primeira vez, tente até conseguir. Mudar nossos hábitos é muito complicado.
O que posso te dizer é que a partir do 5º ou 6º dia, ficava mais fácil aguentar. O início sempre foi muito difícil pra mim, mas depois do primeiro dia eu fico um pouco mais tranquilo, tirando os dias em que a abstinência bate forte.

Se quiser saber de mais alguma coisa, só falar!
Se eu lembrar de algo que tenha esquecido de comentar, também volto e complemento!
Grande abraço!

Muito obrigado pelas dicas! Ontem eu resolvi mudar a cama de lugar, para mudar o ambiente. Deu certo! Acordei no meio da noite e não pensei em recair. Acordei às 7:00, conversei com minha mãe, tomei café. Vim aqui e vi tuas sugestões, voltei e arrumei minha cama. Ficaria honrado se você voltasse ao meu diário. Inclusive, darei uma passada no teu.

_______________________________________


Kuroro
Mensagens : 409
Data de inscrição : 17/04/2016
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 6/4/2019, 10:43
Ikki De Fênix escreveu:Meu bruxo! Li teu diario novamente, e com mais atençao, hoje. Cara vou apontara alguns pontos. Tens recém 23 anos. Tás começando recém a vida adulta(pros padrões atuais és na verdade um adolescente) por isso acho que tás dando atençao demais a transar. Eu só perdi a minha virgindado aos 19 anos. E não vejo problema nenhum nisso. Hoje vejo que poderia ser ate bem depois, pois apesar de ter quase 32 ainda tenho cabeça de adolescente, imagina se tivesse 23! Os meus amigos que comiam todo mundo com 15 hoje alguns tem mais de um filho. Vivem correndo do oficial de justiça por causa de pensao. Outros perderam tanto a graça que comem gays por dinheiro ou droga. Tornando algo puro em negocio. Tudo ao seu tempo! A midia vende muito sexo, na cerveja da balada tem sexo, no filme tem sexo, no vestido decotado da moda tem sexo. Nao deixa ela te impor algo tao generico assim! Tens uma cabeça otima. Ate aconselho a peocurar prostitutas(se aprende muito com elas em varios sentidos nao so de sexo) mas por uma questao de tu te aliviar. Nao como imposiçao como a midia carniceira cobra. RELAXA! Quanto ao HCDO apesar de ser viciado des de os 7 nunca tinha tido problemas com isso. Pelo contrario as mininha tudo gostavam de mim nos aniversarios. E  no colegio. So foi acontecer com quando passei pro primario com 10 anos e fui estudar em escola publica. Um dia um amigo meu que era pegador adormeceu e eu pensei sera que se eu beijasse ele acordaria? Dai entrei em panico. Depois me masturbei duas vezes apertando junto a regiao do períneo. Pensando em dois amigos que eu nao ia com a cara e tinha ate um pouco de inveja deles(isso nao falei nem nos comentarios e nem no depoimento por medo de ser considerado gay). Agora mesmo escrevendo aqui pra ti isso to sentindi um forte sintoma de HDOC(testa quente, braços quentes, maos e costas suando, medo de ser gay...) Mas a verdade e q percebo que na epoca em q me masturbei pensando em HDCO eu nem mesmo fazia ideia do que era sexo. Era mais pela adrenalina que dava de me perverter, ja que des de os 7 imaginava roteiros com meninas, minhas tinhas de mais de 70 anos de idade, cadelinhas e gatas animais em geral que tinha aqui em casa, ou seja o habitual ja tinha esgotado(sintoma de hcdo ceio denovo agora mas vou seguir escrevendo). Vejo que por ter tido abuso com minhas primas contribuiram pra isso. Apesar de termos as mesma idades, 5,7 e 7. Vejo que muitos abusados se tornam gays quando adultos. Hoje me pergunto sera que sao gays mesmo ou pervertidos?. Twnho um amigos que foi abusado por outros quando criança e ele virou transex. Depois virou homem e casou-se e agora virou gay denovo. Tipo sei la acho q se foe por esse caminho e der a bunda acaba virando mesmo. Por isso nunca mais me masturbei pensando ser gay pois poderia realmente me tornar. Se hj me encomoda so de falar disso imagina isso na cabeça de uma criança de 10 anos(denovo senti HCDO, essa merda nao cura nunca kk). Seguindo.. cheguei a transar com uma caixa de som aqui de casa e minha mae descobriu quando tinha 18 anos. Tbm transei com vazos de flores que tibham o buraco do tamanho do meu pau pensando ser pan sexual. Entao acredito que tbm nos iludimos pensando ser gays. Tipo existe realmente o gay aquele criado pelas irmas que des de 3 ou 4 anos de idade usa vestido e pinta a boca escondido ou fica efeminado, ou aquele que nasce com muito estrogenio e tem ate feiçoes femininas. Mas nos e caso de perversao mesmo. Resumindo que dos 10 anos pra ca, hj bem menos quase zero isso me encomodou muito. Mas nao sinto atraçao pelo mesmo sexo. Quando o

Ikki De Fênix escreveu:abraço um amigo parece que to abraçando meu pai ou irmao. Diferente de quando abraço ou encosto nuna menina que ja dico com vobtade de apertar mais forte, de sentie o cheiro do pescoço dela, principalmente se nao tiver caído. Entao nao deixa essa ilusão te pegar. Pq o nosso cerebro e mt sensivel a estimulos e sabe que se aprende a ter medo de HCDO vai ficar mais facil de te-lo. Por isso o negocio e nao dar força a isso. E sim rir e seguir em frente sabendo que algum dia o HDCO pode voltar e nesse momento sera facilmente ignorado se tivermos treinados a nao dar força a ele. Quando tive sob pressao num curso que tive que fazer do meu antigo emprego eu fiquei sob muita pressao e tentei introduzir o dedo no anus pra achar o tal ponto G que falam e nao senti nada. Fiquei ate surpreso pq ate caras sem hdco sentem prazer assim mas nao senti nada alem da sensaçao de ta cagando. Depois tentei denovo uns 2 anos depois e denovo reaçao nenhuma. A verdade e que somos pervertidos e nao gays em si. Tenho inclusive duvidas se homosexualismo realmente existe, os gays que me perdoem, provavelmente to equivocado ja que alguns apresentam sinais des de que aprendem a falar. Mas realmente baoo conpreendo como um cara pode sentir afago no carinho de outro cara sem ser no sentido de amizade do tipo irmais mais velho como sou com meus amigos. Quanto a surtar tive a prineira sindrome do panico quando tive 9 anos e pensava falar com um anjo. Acho que as varias experiencias sexuais que tive com minhas primas entre os 7 e os 9 anos de idade me deixaram ate meio louco kkkk mas resumindo. Fiquei naquela de quem inventou Deus se ele inventou tudo(dei ate uma mini surtada agora e tive um inicio de si drome do panico aqui escrevendo e medo de pira denovo e n voltar nunca mais a realidade) mas vamo la com 27 pirei de vez comecei a pensar que eu nao existia, e tudo era uma ilusao tipo matrix(, apesar de ter tido essa mesma teoria com 9 anos faltando uns 8 anos pro filme ser lançado) tentando meditar e abusando de drogas psicodelicas. Hj passo longe de meditaçao, admiro quem consiga. Mas minha mente e muito poderosa pra bater de frente. Prefiro focar no reboot mesmo hehe. Dai tive 3 sindromea do panico seguidas, uma falando sobre a teoria de q eu tava flutuando e n existia(com 9 anos cheguei a pensar ser um ser divino). Depois comi carne de porco e uma mina com transtornos mentais me mando uma msg( dizia ela q era sensitiva) me mando uma msg dizendo q tava com jm mal pressenti ento. Dai acordei com o barilho e outra sibdrome dai acordei meus pais q me levaram ao plantao mas so curei a indigestao. So fui conseguir voltar a realidade uma semana depois quando entrei pra uma. Igreja de surf sk8 bola de neve o nome. E li sobre essa teoria q eu tinha e ja havia um pensador q twvw isso n recordo o nome e se ligo no seguinte duvido q exista, entao to pensando. E se to pensando, lógo existo. Graças a Deus vi q era algo normal surtar e nao uma exclusividade minha. Mas o q mais ajudou mesmo foi a igreja e ter deixado as drogas( se possivel para coom o alcool e remedio pra dormi) isso e um declive, so vai morro abaixo, experiencia propria irmao. Bueno ja me extendi muito aqui!  No mais tenta tirar da vida turbulenta problema e feia( embora tenha muita mulher gata na historia, muitos amigoa, festas, risadas, apoio, see um cara simpatico e conhecido, sonhador embora teha ne queimandi mto ultimanete ) mas enfim nao preciso falae das partes boas. Pq alegrias todo mundo tem graaças a Deus amém? To aqui dividindo exclusivamente as partes ruins pra que vejas que o quebtas passsabdo passo tbm. As. Vezes nao tao ruim, as vezes infinitamente pior. Mas passo e to aqui pra te ajudar e pra ti ver o que de mais fundo e pior pode se passar em torno desse vicio( sao mais de ,25 anos com ele). E mostrar que apesar de tudo nao duvido nem um segundo da minha vitoria. Ao contrario, tenho plena convicçao nela, em Nosso Senhor Jesus Cristo. E se um sujeiro tao fudido que nem eu tem toda essa fé, pq tu nao neh meu bruxo?! E tu e um gurisao neh mano 23 anos ta loko bem mais novo q meu irmao caçula. Tem muita agua pra rolar ainda e muita coisa boa pra ti. E obrigado oela oportubidade do desabafo hehehe tava precisando. E mano leva a serio a dica das prosituas. Elas sao anjos na terra. As puta sao xinela, essa q traem namorado, casam com cara com.o dobro da idade por grana, pegam namorado da amiga. Mas as de programa? Bah essas sao muito injustiçadas. Se pudesse e fosse zilionario posentava uma por uma. Pq sao pessoas que merecem todo o nosso respeito! Tenta ir so p conhecer. Mente que ficasse de virada cheirando por issk n vao acontecer nada e tal pra nao haver lressoa ou conta a tua historia. As vezes a verdade e a sinceridade é a mais doce das balacas! Abraço e q Deus teja contigo em cada empreitada da tua vida . Só crê!


Ikki, muito obrigado. Sério, eu estava precisando. Minha família saiu rumo ao centro da cidade, eu quis ir, mas estou doente, não consigo andar por aí. Recomendaram que ficasse em casa. Quase recaí. Vim aqui, vi as mensagens de incentivo do Valhalla e as tuas, acabei chorando, porque estava desesperado, não queria recair e vocês me confortaram. Nem tenho palavras para agradecer, meus amigos. Quando quiserem desabafar, eu os ouvirei.

Vocês me salvaram. Vou ajudar os colegas do fórum, estudar e lavar minhas roupas. Mais uma vez, muito obrigado.

_______________________________________


Ikki De Fênix
Mensagens : 65
Data de inscrição : 04/07/2015
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 6/4/2019, 14:10
Antes tinha muita facilidade pra ficar 20 dias ou ate mais de um mes. Agora parece que cada dia fica quase impossivel nao cair. Tenho lutado muito mesmo ainda mais q to cheio d eproblema do dia a dia. E inversamente parece que tao sendo solidificados cada um desses dias sem P. Parece que antes eu coonseguia ficar mtos dias facilmente pq ignorava o vicio. Fingia nao ser viciado. Dai quando vi ha a vintade nao tinha armas pra me defender. Agora nao! To todos os dias entrando aqui no forum. To aceitando a tentaçao. To enfrentando meus problemas aceitando o vicio. E nao fingindo que ele nao existe cono fazia antes. O negocio é lutar contra ele. E nao fugir dele! E quanto ao HCOD que te falei de ter aceitado ter pensamentos gays oq tu acha disso mano? Tenho mto medo de sei la ser mesmo e fingir nao ser. Sei la! Levando em conta w eu ao tinha 10 anos. Oq ue tu acha? Tenho mto medo disso ainda
Kuroro
Mensagens : 409
Data de inscrição : 17/04/2016
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 6/4/2019, 17:16
Fala, Ikki!

Você não é gay, eu tenho certeza disso. Li na tua história de sucesso que durante toda tua vida você se apaixonou por mulheres, além disso, você mesmo me contou de novo agora. Lembre-se que ser gay significa se apaixonar por homens, querer casar com um, constituir família, etc.Também me lembro que você escalou para vários gêneros diferentes de P. Acho que é natural o teu cérebro procurar por estímulos diferentes, pois você (assim como eu), ficou viciado muito cedo.

O fato de ter contato com o sexo cedo demais mexeu com uma área do teu cérebro, o sistema límbico. Essa área é relacionada às atitudes impulsivas, como recair com PMO, beber e comer em excesso, comprar coisas, arrumar brigas sem sentido, etc. A parte relacionada com a moral, ética, controle e personalidade é o córtex pré-frontal. Essa parte pode ser suprimida pelo sistema límbico, em situações de aparente necessidade (fome, sexo, proteção). Nós, como viciados, temos problema nesta parte. Nosso sistema límbico acha que as atrizes são parceiras reais e quer que nos reproduzamos com elas. Isso leva àquela compulsão que é citado no ebook e o escalonamento de P. Com o escalonamento, nós ficamos anestesiados e queremos mais prazer. Como fazemos isso, com coisas diferentes, chocantes e tabus.

Todas tuas fantasias são resultado do teu cérebro procurando mais emoção, pois o que você via já não tinha mais graça. Isso não é parte da tua personalidade, que engloba tua orientação sexual (heterossexual, não os fetiches), crenças, etc. Tanto é que você sente que tem algo errado, você não quer ver isso, mas teu sistema límbico não é facilmente limitado pelo córtex pré-frontal, dando nesse descontrole e culpa.

Agora vamos ao HOCD. Primeiramente, quero te explicar como nosso cérebro trabalha quando quer resistir a algo. Vamos dizer que você não quer fantasiar mais com aquilo que te assombra. A partir desse momento, o cérebro usa um mecanismo, que o psicólogo americano Daniel Wegner (Universidade de Harvard) definiu como operador. Esse mecanismo tem o intuito de estabelecer uma ordem, vontade, só isso. Depois que esse mecanismo é acionado, é comum você pensar coisas como: "não vou mais fantasiar sobre essas coisas estranhas". Bem simples, não é?

Ainda há mais um mecanismo: o monitor. Esse mecanismo funciona como um alarme. Ele procura indícios para te proteger contra às ameaças contra aquela ordem que você deu com o operador. Infelizmente, esse sistema não é perfeito. Em caras como nós, que temos transtorno obsessivo-compulsivo (o HOCD é um deles), o monitor perde o controle, fica "disparando" excessivamente. É como se fosse um alarme de carro que dispara ao menor sinal de toque no capô. Com a gente, é como se fosse aquelas vontades de testar e as ideias intrusivas, que nos perturbam.

Por que isso acontece? Na verdade, é bem simples bagunçar com esses dois mecanismos. Se você ficar cansado, com medo, dor, depressivo, estressado, fome, com pensamentos negativos, ou ansioso, o monitor começará a prevalecer e você começará a experimentar a confusão e aquele desespero. Wegner conseguiu disparar o monitor usando como gatilho um simples urso polar. Num experimento, eles colocou pessoas num laboratório e disse: "Não pensem em ursos polares". O resultado foi o pessoal tentando desviar a atenção dos ursos, mas fracassando. Depois, ele forçou as pessoas a pensarem nos ursos. O estresse de ficar na sala e a ansiedade de não conseguirem ficar sem pensar nos ursos fizeram as pessoas terem ideias obsessivas. Depois de relaxarem e aproveitarem dias de folga, as pessoas voltaram ao normal.

Interessante, não é? Por isso que eu sempre digo que você não deve dar atenção aos pensamentos, meditar, dormir e comer direitinho. Tudo isso é como se fosse um remédio composto, no qual um ajuda o outro sinergicamente, contribuindo para tua recuperação. Espero ter te ajudado, Ikki. Não se estresse com isso. É bobagem. Ano passado, resolvi andar com um amigo meu que é gay, como uma terapia de choque. Era tanto gay dando em cima de mim, que eu ficava ansioso, mas isso contribuiu muito para eu ter a noção de que sou heterossexual. Lembro-me que teve uma hora que senti saudades de uma amiga minha, do cheiro dela, até dos peitos dela contra as minhas costas quando ela me abraçava (nada romântico, eu sei). Mas foi nesse momento em que eu "acordei". Pensei: "Não sou gay, mano. Eu não aguento mais esses caras me perturbando". Era engraçado que parecia aquelas cenas de anime, eu até me imaginava correndo para abraçar todas as minhas amigas. Foi libertador, mano.

_______________________________________


Kuroro
Mensagens : 409
Data de inscrição : 17/04/2016
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 6/4/2019, 17:18
Quanto a abstinência de PMO, os mecanismos que eu falei também contam. Você devia tentar meditar, nem que seja por um minuto. Se exercite, se ocupe. Só não dê mais estímulos sexuais "virtuais".

_______________________________________


avatar
Mensagens : 147
Data de inscrição : 31/12/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 6/4/2019, 18:03
Oi Kuroro, tudo em paz?
Tive a oportunidade de ler acima sobre sua recaída de madrugada, realmente é fogo esse horário quando bate a vontade, pois as vezes se deixa levar na inconsciência.
Me identifiquei bastante com as informações que o amigo Valaha respondeu acima. "Somos adultos e não dá para ficar acordando 10, 11h."
Inclusive isso provavelmente fará a pessoa estar acordada esse horário, 2 3 horas da manhã. Boa noite compensação acordando cedo e se ocupando, vc vai gastar sua energia de melhor forma, e estar sempre cansado para pensar em recaídas. É uma boa estratégia. Lembrei ainda de um livro muito interessante chamado "O milagre da manhã" que é carro chefe nesse aspecto, na minha opinião.
Boa sorte!

_______________________________________
Início do Reboot: 08/03/2018
Hardmode


Meu diário: http://www.comoparar.com/t8683-nada-como-um-dia-apos-o-outro
Ikki De Fênix
Mensagens : 65
Data de inscrição : 04/07/2015
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 7/4/2019, 12:59
Kuroro tu não tens noçao do quanto ne ajudasse mano! Nunca tinha ouvido uma explicaçao tao simples do HOCD! E pensei duas vezes em perguntar a tua opiniao pra nao poluir a tua pagina. Mas algo me intuiu que terias esse inside a me dar. Deus sempre no comando! Mas nao tinha noçao de que isso seria determinante na minha vida. Acredito que apartir da compreensao do que é o HOCD e de como ele atua pra nos ludibriar nunca mais sofrerei com isso na vida. Muito obrigado meu bruxo! Tava precisando. Sem palavras. Podes contar comigo pra o que precisares. E quanto a recaidas nao esquenta. Sao parte do processo. Ainda tas no trilho. So tem perda quem desiste. Na minha historia vas ver tenho mais de 800 recaidas somando o que veio de 2015 ate aqui. Nao esquenta com a recaida. E esquece a minhas dicas com as prostitutas. Pensei q tu era mais colado. Mas quando me falasse dos experimentos com amigos gays vi que é justamente o contrario. Tu e mto desencanado e mto evoluido. Tas no controle e no caminho! Cair e normal. E pra descontrair quando tu falasse na cena da mina te abracando por tras eu imaginei como anime e tu falasse justamente isso demais hehehe ! N desiste irmao tmj abcx
Kuroro
Mensagens : 409
Data de inscrição : 17/04/2016
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 7/4/2019, 13:13
Oi, Positive53!

Obrigado pela tua visita, fico honrado pela tua presença. Coincidentemente, eu tenho este livro aqui em casa. Até estava lendo-o há um mês, mas interrompi e terminei uns outros que estava mais ansioso para ler. Vou seguir tua dica, voltarei a ele. Obrigado por tudo.

Fala, Ikki! Vi que a minha miniaula sobre HOCD te ajudou, fico muito feliz. Força, meu amigo! Estamos juntos nessa!

Bem, agora vamos à parte ruim. Tive outra recaída em M, não fantasiei, pelo menos isso. Acredito que seja por conta do dia que tive ontem, houve um momento que tive uma ereção tão persistente, que eu me levantei, tomei banho, escovei os dentes para dormir, mas ela continuou. Ontem eu quase recaí com P, quando fiquei só em casa. Graças a vocês, li mensagens de apoio e continuei (até chorei de desespero, mas passou). Ontem eu lavei minhas roupas, me exercitei, hoje vou me exercitar novamente.

Terminei mais um livro e tomei a decisão de comer mais saudável, dar valor à minha saúde. Falando em saúde, estou melhor da gastroenterite. Tomei uma "carrada" de remédios e chá para melhorar. É isso, meus amigos.

_______________________________________


Ikki De Fênix
Mensagens : 65
Data de inscrição : 04/07/2015
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 7/4/2019, 19:34
Que bom que melhorasse meu bruxo! Sei como ficar doente mina nossa resistencia da luta. To a dois meses ruim do siatico. Te aconselho a dormir mais, pois quando durmo pouco parece que a tentaçao e um pouco pior. No meu tempo so existia o hard mode em meados de 2011 mas hoje a masturbaçao é inclusive aconselhada pra segurar a onda. Mas em vista que ja tivesse problemas com isso melhor evitar mesmo! Menos mal que nao olhasse P. Precisando tamo ai chefe! Deus te abençõe! Abraco!
Valhalla
Mensagens : 148
Data de inscrição : 01/06/2018
Localização : Paraná
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 7/4/2019, 21:02
Kuroro escreveu:Oi, Positive53!

Obrigado pela tua visita, fico honrado pela tua presença. Coincidentemente, eu tenho este livro aqui em casa. Até estava lendo-o há um mês, mas interrompi e terminei uns outros que estava mais ansioso para ler. Vou seguir tua dica, voltarei a ele. Obrigado por tudo.

Fala, Ikki! Vi que a minha miniaula sobre HOCD te ajudou, fico muito feliz. Força, meu amigo! Estamos juntos nessa!

Bem, agora vamos à parte ruim. Tive outra recaída em M, não fantasiei, pelo menos isso. Acredito que seja por conta do dia que tive ontem, houve um momento que tive uma ereção tão persistente, que eu me levantei, tomei banho, escovei os dentes para dormir, mas ela continuou. Ontem eu quase recaí com P, quando fiquei só em casa. Graças a vocês, li mensagens de apoio e continuei (até chorei de desespero, mas passou). Ontem eu lavei minhas roupas, me exercitei, hoje vou me exercitar novamente.

Terminei mais um livro e tomei a decisão de comer mais saudável, dar valor à minha saúde. Falando em saúde, estou melhor da gastroenterite. Tomei uma "carrada" de remédios e chá para melhorar. É isso, meus amigos.

Fala, Kuroro!

Como você tá, cara? Li a resposta que deu ao Ikki. Realmente excelente. Parabéns pelo conhecimento do assunto e pela solicitude em ajudar.
Sobre voltar ao teu diário: esteja certo de que voltarei. Ler tua luta e tua vontade de não desistir, mesmo que as recaídas existam, me motivam a continuar no caminho certo. Portanto, quero te ajudar nesta difícil jornada pela qual todos passamos. Sempre que precisar, é só falar!

Sobre ter a recaída: relaxa. Acontece. O importante é descobrir o quê te fez recair e eliminar o gatilho ou aprender a lidar com ele. Se foi um dia ruim, lembra do que eu disse naquele post anterior? Aguentar a vontade num dia bom é "fácil". O desafio é aguentar o peso do desejo num dia ruim. Ter um dia estressante e recair é, portanto, perfeitamente normal.
O obstáculo aqui é descobrir como você vai lidar com estes dias sem recorrer à PMO. A que outra fonte de prazer/felicidade você vai direcionar sua atenção nestes dias para não recair? O quê substituirá o prazer fácil que vem de PMO? Exercícios? Um hobby? Leitura? Jogos? Do que você gosta?

Grande abraço, irmão!

_______________________________________

"Você só vence amanhã se não desistir hoje"




Meu Diário

Snape
Mensagens : 57
Data de inscrição : 28/03/2019
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 8/4/2019, 09:28
Parabéns pela marca, Kuroro! Rumo aos 90 dias...

Passei a meditar por sugestão sua... realmente faz muito bem. Você usa algum aplicativo? to usando o "Lojong".

_______________________________________
Kuroro
Mensagens : 409
Data de inscrição : 17/04/2016
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 9/4/2019, 11:23
Ikki De Fênix escreveu:Que bom que melhorasse meu bruxo! Sei como ficar doente mina nossa resistencia da luta. To a dois meses ruim do siatico. Te aconselho a dormir mais, pois quando durmo pouco parece que a tentaçao e um pouco pior. No meu tempo so existia o hard mode em meados de 2011 mas hoje a masturbaçao é inclusive aconselhada pra segurar a onda. Mas em vista que ja tivesse problemas com isso melhor evitar mesmo! Menos mal que nao olhasse P. Precisando tamo ai chefe! Deus te abençõe! Abraco!

Fala, Ikki!

Desejo melhoras para teu nervo ciático. Vou seguir teu conselho e ajustar o bloqueador para bloquear a internet mais cedo, assim, eu dormirei mais cedo também. Abraço, meu amigo!

_______________________________________


Kuroro
Mensagens : 409
Data de inscrição : 17/04/2016
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 9/4/2019, 11:36
Valhalla escreveu:
Kuroro escreveu:Oi, Positive53!

Obrigado pela tua visita, fico honrado pela tua presença. Coincidentemente, eu tenho este livro aqui em casa. Até estava lendo-o há um mês, mas interrompi e terminei uns outros que estava mais ansioso para ler. Vou seguir tua dica, voltarei a ele. Obrigado por tudo.

Fala, Ikki! Vi que a minha miniaula sobre HOCD te ajudou, fico muito feliz. Força, meu amigo! Estamos juntos nessa!

Bem, agora vamos à parte ruim. Tive outra recaída em M, não fantasiei, pelo menos isso. Acredito que seja por conta do dia que tive ontem, houve um momento que tive uma ereção tão persistente, que eu me levantei, tomei banho, escovei os dentes para dormir, mas ela continuou. Ontem eu quase recaí com P, quando fiquei só em casa. Graças a vocês, li mensagens de apoio e continuei (até chorei de desespero, mas passou). Ontem eu lavei minhas roupas, me exercitei, hoje vou me exercitar novamente.

Terminei mais um livro e tomei a decisão de comer mais saudável, dar valor à minha saúde. Falando em saúde, estou melhor da gastroenterite. Tomei uma "carrada" de remédios e chá para melhorar. É isso, meus amigos.

Fala, Kuroro!

Como você tá, cara? Li a resposta que deu ao Ikki. Realmente excelente. Parabéns pelo conhecimento do assunto e pela solicitude em ajudar.
Sobre voltar ao teu diário: esteja certo de que voltarei. Ler tua luta e tua vontade de não desistir, mesmo que as recaídas existam, me motivam a continuar no caminho certo. Portanto, quero te ajudar nesta difícil jornada pela qual todos passamos. Sempre que precisar, é só falar!

Sobre ter a recaída: relaxa. Acontece. O importante é descobrir o quê te fez recair e eliminar o gatilho ou aprender a lidar com ele. Se foi um dia ruim, lembra do que eu disse naquele post anterior? Aguentar a vontade num dia bom é "fácil". O desafio é aguentar o peso do desejo num dia ruim. Ter um dia estressante e recair é, portanto, perfeitamente normal.
O obstáculo aqui é descobrir como você vai lidar com estes dias sem recorrer à PMO. A que outra fonte de prazer/felicidade você vai direcionar sua atenção nestes dias para não recair? O quê substituirá o prazer fácil que vem de PMO? Exercícios? Um hobby? Leitura? Jogos? Do que você gosta?

Grande abraço, irmão!

Fico feliz que tenha gostado da resposta ao Ikki, Valhalla. Vamos às respostas para as perguntas:

1) Do que eu gosto?
Eu sou um entusiasta dos livros. Baixei vários deles para o meu computador e tenho vários físicos também. Também sou músico amador, toco guitarra. Inclusive, fiz um plano para adquirir um novo nível de habilidade ainda neste ano. Também gosto de mexer com eletrônica, embora não tenha nenhum conhecimento formalizado. Na verdade, eu descobri que gostava disso neste ano. Desde então consertei a máquina de lavar daqui de casa, um equipamento de guitarra que tenho e um fone que já tinha dado como morto.
Sempre tive essa vontade de montar meus próprios projetos, tipo construir meus dispositivos sozinho. Meus olhos até brilham quando penso nisso. Também curto muito jogar basquete, mas no momento estou cheio de lesões, então não dá para jogar direito. Outra coisa que me interessa é estudar idiomas. No meu caso, eu ando estudando inglês de forma autodidata. Não sou fluente, mas acredito que consigo me comunicar de forma simplória.

2) Quais dessas atividades dá para substituir a PMO?
Esta pergunta espreme minha alma. Até hoje, só o basquete me salvava da PMO. Eu costumava jogar por horas, no sol quente, na chuva, só para aprimorar minhas habilidades. Basquete era a minha religião. Bastava jogar e minha mente ficava limpa. Sei que por conta de ser viciado, todas as outras atividades perdem a graça e parece que não vou me divertir com nada, mas tenho a consciência que a compulsão irá embora e eu vou voltar a sentir mais prazer nelas.






_______________________________________


avatar
Mensagens : 32
Data de inscrição : 08/04/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 9/4/2019, 11:40
Kuroro irmão , o toc pode fazer vc achar q fez coisas ou pensou coisas q na vdd n fez e não pensou ? Tipo distorcer alguma coisa ?
Kuroro
Mensagens : 409
Data de inscrição : 17/04/2016
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 9/4/2019, 11:41
Snape escreveu:Parabéns pela marca, Kuroro!  Rumo aos 90 dias...

Passei a meditar por sugestão sua... realmente faz muito bem. Você usa algum aplicativo? to usando o "Lojong".

Fala, Snape!

Muito bom que tenha adotado a meditação. Eu medito todos os dias e me ajuda bastante a dormir. Não uso nenhum aplicativo, pois não tenho celular. Eu só me sento quieto, e foco na respiração. Parabéns pela sobriedade, meu amigo.

_______________________________________


Kuroro
Mensagens : 409
Data de inscrição : 17/04/2016
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 9/4/2019, 11:45
gambit17 escreveu:Kuroro irmão , o toc pode fazer vc achar q fez coisas ou pensou  coisas q na vdd n fez e não pensou ? Tipo distorcer alguma coisa ?

Fala, gambit17!

Com certeza, mano. Eu te recomendo dar uma olhada no diário do pano, lá eu postei uma lista de sintomas que o Ringostar compilou. Dá uma olhada na resposta que eu dei ao Ikki, lá em cima. Lá eu explico como funciona a obsessão da HOCD. Já passei por todo tipo de sintoma, tive ataques de pânico, quase vomitava ou desmaiava de medo. Mas estou aqui, quase recuperado. Se você fizer o "dever de casa", vai se recuperar, mano.


_______________________________________


Kuroro
Mensagens : 409
Data de inscrição : 17/04/2016
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 9/4/2019, 11:51
Agora vamos à parte difícil. Eu recaí em P hoje. Quando acordei, não tinha ninguém em casa e minha mãe havia esquecido o celular dela em casa. Infelizmente, eu sei a senha e num momento de fissura, acabei por ver P. Estou triste, até pensei em fugir do fórum, de tanta vergonha. Mas eu sei que isso não leva a nada. Enquanto estive aqui, estive vários dias limpo. Fora daqui as recaídas são BEM mais frequentes.

As medidas para fechamento das brechas:

1) Pedir para a mãe trocar a senha do celular e não me dar.
2) Colocar os bloqueadores para bloquear uma hora mais cedo (às 22h).
3) Não navegar a esmo na net, só posso ficar 1h por vez.
4) Deixar de ser procrastinador e fazer as atividades diárias.

Obrigado por toda força que vocês me deram, pessoal. Se não fosse o apoio que recebi, teria fugido do fórum de novo.

_______________________________________


Snape
Mensagens : 57
Data de inscrição : 28/03/2019
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 9/4/2019, 13:41
Sinto muito pela recaída, Kuroro.

Mas nem pense em largar o fórum. Juntos somos mais fortes..Você tem ajudado muitas pessoas aqui no fórum, inclusive eu. Ninguém vai te achar mais fraco por ter tido um lapso.

Também não fique se culpando, acredito que isso não ajuda em nada. É bola para frente.. você perdeu um jogo, mas não o campeonato. Mais importante que isso, você teve ombro para vir aqui e compartilhar conosco e mostrar onde vai melhorar.. acredito que esse é o caminho para se livrar de vez.

E não enxergue como se tivesse voltado à estaca zero. Mesmo quando recaímos já colhemos benefícios dos dias em que nos mantivemos limpos.

Vamos com tudo agora! Quero ver o 90 no seu contador!

_______________________________________
garotinhosonhador
Mensagens : 39
Data de inscrição : 03/04/2019
Idade : 22
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 9/4/2019, 19:06
Força Kuroro, você vai se recuperar! Mantenha se firme!!! Estou aqui para te ajudar. Força guerreiro.

_______________________________________
REBOOT

Meta principal: 90(  ) Dias, SubMetas: 30(  ), 60(  ), 90(  ).
Metas a médio prazo: 190(  ) Dias, SubMetas: 130(  ), 160(  ), 190(  ).
Metas a longo prazo: 390(  ) Dias, SubMetas: 330(  ), 360(  ), 390(  ).





Meu Diário Aqui! study
Mshsos
Mensagens : 133
Data de inscrição : 02/02/2019
Idade : 22
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 9/4/2019, 19:34
Força Kuroro, estou torcendo por você.

_______________________________________
Modo Hard: NoFap! NoPorn!  Idea
Meta 1: 90 dias  Submetas:10(  )   30(  )  60(  )  90(  )
Meta 2:   120(  )   150(  )   180(  )
Meta 3:   210(  )   240(  )   270(  )
Meta de Ouro: 365(  )


Meu Diário study Click Aqui
Valhalla
Mensagens : 148
Data de inscrição : 01/06/2018
Localização : Paraná
Ver perfil do usuário

Diário do Kuroro - Página 10 Empty Re: Diário do Kuroro

em 9/4/2019, 23:32
Kuroro escreveu:
Fico feliz que tenha gostado da resposta ao Ikki, Valhalla. Vamos às respostas para as perguntas:

1) Do que eu gosto?
Eu sou um entusiasta dos livros. Baixei vários deles para o meu computador e tenho vários físicos também. Também sou músico amador, toco guitarra. Inclusive, fiz um plano para adquirir um novo nível de habilidade ainda neste ano. Também gosto de mexer com eletrônica, embora não tenha nenhum conhecimento formalizado. Na verdade, eu descobri que gostava disso neste ano. Desde então consertei a máquina de lavar daqui de casa, um equipamento de guitarra que tenho e um fone que já tinha dado como morto.
Sempre tive essa vontade de montar meus próprios projetos, tipo construir meus dispositivos sozinho. Meus olhos até brilham quando penso nisso. Também curto muito jogar basquete, mas no momento estou cheio de lesões, então não dá para jogar direito. Outra coisa que me interessa é estudar idiomas. No meu caso, eu ando estudando inglês de forma autodidata. Não sou fluente, mas acredito que consigo me comunicar de forma simplória.

2) Quais dessas atividades dá para substituir a PMO?
Esta pergunta espreme minha alma. Até hoje, só o basquete me salvava da PMO. Eu costumava jogar por horas, no sol quente, na chuva, só para aprimorar minhas habilidades. Basquete era a minha religião. Bastava jogar e minha mente ficava limpa. Sei que por conta de ser viciado, todas as outras atividades perdem a graça e parece que não vou me divertir com nada, mas tenho a consciência que a compulsão irá embora e eu vou voltar a sentir mais prazer nelas.

É excelente ver que possui hobbies no mundo real e tem dedicado tempo a eles. Isto já ajuda muito durante o processo.
Quanto a estas outras atividades, o que lhe impede de colocá-las em prática? Digo, de montar seus próprios projetos. A obtenção do conhecimento é possível pela internet, apesar de árdua. Além disso, o processo de aprendizado em si poderia mantê-lo suficientemente ocupado para pensar em PMO. O estudo dos idiomas também é excelente. Também tenho tentado me aventurar nesta área ultimamente, mas tem faltado tempo.
Outra coisa é: Não existe a possibilidade de voltar a jogar basquete? Exercícios físicos são excelentes para nos cansar e nos manter longe de PMO. Se for um esporte do seu gosto, fica melhor ainda.

_______________________________________

"Você só vence amanhã se não desistir hoje"




Meu Diário

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum