Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Admin
Admin
Mensagens : 1177
Data de inscrição : 16/06/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 24/12/2017, 12:50
5&4 escreveu:Olá, Ctroy!

Só passando aqui para dar os parabéns pelos 90 dias em Hard Mode!  cheers

Você é o cara! Aproveito e desejo um feliz natal. Abração.

Obrigado, amigo!

Sempre bom atingir esta meta e poder estar no controle do meu cérebro primitivo outra vez.

Desejo um Feliz Natal para você também!

Grande abraço.
avatar
Mensagens : 522
Data de inscrição : 15/04/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 1/1/2018, 22:18
Ctoy primeiramente desejo feliz ano novo e fico feliz por todo seu esforço e garra, sei que continuará firme no seu propósito neste fórum e sei que ajuda a muitos . Tipo eu vi uma resposta sua agora para um cara , na categoria de dúvidas sobre fantasia, se eu a tivesse lido antes nem teria postado nesta semana sobre um assunto parecido ,nesta mesma categoria. De fato , há uma diferença enorme entre vim uma fantasia e você alimenta-la sentindo prazer, tendo uma mega erecao , dos casos em que simplismente comeca vim algum tipo de excitação,aquelas bem inicial mesmo e você logo repreende o mal no seu coração , fazendo uma prece ou pensando em outra coisa no momento . Considero que onde haver isto não terá ocorrido nenhum prazer artificial , só agonia e preocupação com o tratamento . Se td que tivessem isto fosse reset ninguem concluiria o reboot . To te falando isto pra vc confirmar isto e também por algo que aconteceu semana passada comigo , ta explicado melhor no meu diário.Depois do trauma que sofri brochando pela 1 vez , desenvolvi espécie de paranóia e to sendo perfeccionista em coisas bobas , apesar de ter lado bom disto, sabe eu acabei me grilando um pouco se se prejudiquei meu reboot mas tenho certeza que não, pois na conversa que tive com a namorada no zap não tive erecao total nem meia bomba, nem líquido pré ejaculatório, eu cortei rapidamente principio de erecao , na verdade nem considerei ,cortei logo no início. Minha namorada falo algo simples que me remeteu a algo que vivemos ee foi falado de algo que pretendo faze-la sentir na intimidade mas foi algo natural e sem fissura , tipo falei que ela ia ficar ofegante e que eu ia passar comentar enquanto tirasse as peças de roupa dela , mas eu não fiquei imaginando as cenas por vários segundos, falo no automático e não me prejudica . Mas falei sem ser conto erotico, eu não fiquei pensando naquilo e me imaginando fazendo posições com ela e nem em cenas de filme . Depois passa no meu diário pra me auxiliar lá, explico isto na última postagem ou caso eu escreva algo antes é a penúltima . Sua ideia é mt bacana e conforto meu coração. O único até agora que sei que entenderá e que através de uma resposta dada a outra pessoa lá na categoria de dúvida há meses atrás ,disse oq eu precisava ouvir , os outros que ne respondeu apesar de bem intencionados não souberam responder como vc respondeu pra alguém lá , embora não tenham falado nada de errado, sei que em Nd está conversa com namorada me prejudicou pois nem erecao meia bomba tive, cortei logo, nem líquido pré ejaculatório. . Eu tenho certeza que não é reset mas por ser perfeccionista esperava que alguém pudesse ter dito sabe apesar de ngm ter dito que foi reset claramente , fico estranho . Mas enfim . Eu sei e Deus sabe. Nao to aqui pra provar nd pra ninguem. Sei de mim. Sofri um trauma terrível há 3 semanas atrás e desde então iniciei o reboot, to me cobrando tanto que to ficando até louco. To movido pelo ódio e pela esperança. Só desabafo mesmo já que vc é um dos guardião e quis ser teuu amigo, como serei de alguns aqui. Assim como na vida escolhemos os que temos mais afinidade e curti seu diário também, depois comentários em relação a sua história de vida . Abraços
avatar
Admin
Admin
Mensagens : 1177
Data de inscrição : 16/06/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 2/1/2018, 19:31
Olá, Goku!

Prazer em tê-lo aqui no meu diário. Desejo um feliz ano novo para você também!

Você viu uma resposta em que eu escrevi que fantasias voluntárias ou involuntárias não seriam motivos para reset. Então, aproveito para me explicar melhor (até deveria ter feita isso na seção de dúvidas). Fantasias são estímulos normais de todo ser humano e se fossemos resetar sempre que uma fantasia surgisse em nossa mente, voluntária ou involuntariamente, nunca iríamos concluir o reboot. Fantasias involuntárias, me refiro àquelas que surgem inconscientemente em nossa mente e que, subitamente, notamos que estávamos fantasiando, mesmo que por um breve instante. Fantasias voluntárias, por outro lado, me refiro àquelas em que já temos consciência delas desde o seu início. Ambas, na minha humilde opinião, são manifestações sexuais naturais do ser humano produzidas pela mente. Porém, faço uma ressalva em relação ao termo fantasias voluntárias a qual me refiro. Quando estamos num relacionamento amoroso, ou mesmo com uma simples paquera, naturalmente em algum momento iremos conscientemente nos imaginar com aquela pessoa. Esta imaginação/fantasia poderá ser relacionada a sexo ou qualquer outra demonstração de afeto (beijar, abraçar, tocar) como poderemos nos imaginar apenas na companhia daquela pessoa. Este tipo de fantasia não ocorre devido ao vício em pornografia que nos leva à sexualizar tudo, mas sim, é algo que faz parte da nossa natureza.

No entanto, isso não quer dizer “sinal verde” para as fantasias, sejam quando nos imaginamos nela ou com lembranças de materiais pornográficos e seus derivados. Para nós que fomos viciados em pornografia, as fantasias acabam reativando as conexões neurais da nossa via erótica criada pelo vício e, por tanto, não devemos alimentá-las já que são contraproducentes para o reboot. Apesar de não constar explicitamente no e-book que devemos resetar quando uma fantasia nos surge, na minha concepção, se o rebooter busca se estimular e ficar excitado com fantasias ou mesmo que não o fique, isso sim seria um reset porque ele buscou voluntariamente por um estímulo sexual não real e, em nosso caso, toda e qualquer busca por estímulos sexuais que não venham de uma interação real, ou seja, fisicamente próxima à outra pessoa, deve ser extinta.        

O mesmo se aplica às conversas com teor erótico através de um aplicativo. Naturalmente elas acontecem quando estamos num relacionamento amoroso ou com uma paquera. Porém, mesmo sendo por mensagens mais inocentes, mas que, se remetem a sexo, devem ser evitadas. Do mesmo modo que as fantasias, estas conversar virtuais são contraproducentes para o reboot (mesmo que seja com a namorada). Então, deve-se percebê-las e sutilmente desviar o foco do assunto mesmo que não ocorra uma fantasia ou uma meia ou completa ereção. Por outro lado, se o rebooter busca por tais conversas para se estimular e ficar excitado ou mesmo que não o fique, isso seria um reset.

Por tanto, nós que fomos viciados em pornografia e que estamos buscando uma vida longe dela, precisamos nos conscientizar de que sempre teremos que conviver com certas situações, por mais que sejam situações normais para outras pessoas, como uma situação de risco para nosso reboot.

Logo estarei comentando em seu diário.

Grande abraço.
avatar
Mensagens : 522
Data de inscrição : 15/04/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 2/1/2018, 21:17
CTroy escreveu:Olá, Goku!

Prazer em tê-lo aqui no meu diário. Desejo um feliz ano novo para você também!

Você viu uma resposta em que eu escrevi que fantasias voluntárias ou involuntárias não seriam motivos para reset. Então, aproveito para me explicar melhor (até deveria ter feita isso na seção de dúvidas). Fantasias são estímulos normais de todo ser humano e se fossemos resetar sempre que uma fantasia surgisse em nossa mente, voluntária ou involuntariamente, nunca iríamos concluir o reboot. Fantasias involuntárias, me refiro àquelas que surgem inconscientemente em nossa mente e que, subitamente, notamos que estávamos fantasiando, mesmo que por um breve instante. Fantasias voluntárias, por outro lado, me refiro àquelas em que já temos consciência delas desde o seu início. Ambas, na minha humilde opinião, são manifestações sexuais naturais do ser humano produzidas pela mente. Porém, faço uma ressalva em relação ao termo fantasias voluntárias a qual me refiro. Quando estamos num relacionamento amoroso, ou mesmo com uma simples paquera, naturalmente em algum momento iremos conscientemente nos imaginar com aquela pessoa. Esta imaginação/fantasia poderá ser relacionada a sexo ou qualquer outra demonstração de afeto (beijar, abraçar, tocar) como poderemos nos imaginar apenas na companhia daquela pessoa. Este tipo de fantasia não ocorre devido ao vício em pornografia que nos leva à sexualizar tudo, mas sim, é algo que faz parte da nossa natureza.

No entanto, isso não quer dizer “sinal verde” para as fantasias, sejam quando nos imaginamos nela ou com lembranças de materiais pornográficos e seus derivados. Para nós que fomos viciados em pornografia, as fantasias acabam reativando as conexões neurais da nossa via erótica criada pelo vício e, por tanto, não devemos alimentá-las já que são contraproducentes para o reboot. Apesar de não constar explicitamente no e-book que devemos resetar quando uma fantasia nos surge, na minha concepção, se o rebooter busca se estimular e ficar excitado com fantasias ou mesmo que não o fique, isso sim seria um reset porque ele buscou voluntariamente por um estímulo sexual não real e, em nosso caso, toda e qualquer busca por estímulos sexuais que não venham de uma interação real, ou seja, fisicamente próxima à outra pessoa, deve ser extinta.        

O mesmo se aplica às conversas com teor erótico através de um aplicativo. Naturalmente elas acontecem quando estamos num relacionamento amoroso ou com uma paquera. Porém, mesmo sendo por mensagens mais inocentes, mas que, se remetem a sexo, devem ser evitadas. Do mesmo modo que as fantasias, estas conversar virtuais são contraproducentes para o reboot (mesmo que seja com a namorada). Então, deve-se percebê-las e sutilmente desviar o foco do assunto mesmo que não ocorra uma fantasia ou uma meia ou completa ereção. Por outro lado, se o rebooter busca por tais conversas para se estimular e ficar excitado ou mesmo que não o fique, isso seria um reset.

Por tanto, nós que fomos viciados em pornografia e que estamos buscando uma vida longe dela, precisamos nos conscientizar de que sempre teremos que conviver com certas situações, por mais que sejam situações normais para outras pessoas, como uma situação de risco para nosso reboot.

Logo estarei comentando em seu diário.

Grande abraço.

Entendo irmao sempre bom ter estas informações para vigiarmos sempre e assim nao termos uma recaida. No meu caso nao houve uma ''busca'' e nenhum prazer artificial,tanto que nem foi uma ereção que tive  e a conversa foi de fato sem maldade  e sem detalhes,iniciou da parte dela, dizendo que nossa intimidade seria intensa e que eu a deixaria ofegante ao me tocar de certa maneira,nao passo do nivel disto, e eu me lembro que na hora respondi e eu me imaginei sozinho com ela e me animou a ideia que seria otimo,mas isto nao duro mais do que 10 segundos, eu logo fiz uma prece pra evitar uma eventual ereção que ocorreria se eu me aprofundasse na ideia ,nao tive fissuras,lembranças de videos, nem crises com isto . Logo to dentro do reboot.Ai entra a honestidade intima do reboot,afinal estamos aqui nao para provar nada para os outros,mas para nos mesmos certo?

Mas estudando melhor sobre isto no forum to em paz agora quanto a isto,havia uma epoca em que até fantasia involuntaria e polução noturna me deixava mal,mas consegui contornar. Considero que dependendo da neura que a pessoa tenha, a pessoa pode ate resetar totalmente sem necessidade e perder os beneficios conquistados,levando ao que era algo pequeno se tornar uma bola de neve,desmotivando totalmente a pessoa,pois apesar de algo ser considerado reset,nem se compara a quem se masturba,tem orgasmo e ver um porno ou algo relacionado a desconhecidas ,as objetificando.Mas entendo que defendam isto e apoio, so acho delicado e me preocupo em como isto pode ser eventualmente transmitido para a pessoa, deve ter uma forma disto ser transmitido para a pessoa, pois se a pessoa estiver por exemplo com quase 60 dias e tiver ter dado um vacilo de uma ereção total com fantasia com sua parceira que o provocou o fazendo deixar levar por uns instantes,isto a depender de como seja dito que foi reset, pode fazer a pessoa pensar que ele perdeu tudo,o fazendo resetar ,levando o sujeito a voltar pro zero , fazendo com que o cerebro primitivo dele use este pretexto pra se afundar em varios videos,considerando que perdeu tudo.O desmotivando total. Enfim me remeti a estes casos,apesar de nao ter sido o meu caso,até porque  eu particulamente nunca buscarei ereção com fantasia,minha cobrança e vigia é impressionante,recoorri logo a prece e corto em segundos...

No meu caso foi um excesso de cobrança,uma especie de TOC ,onde supervalorizarmos mentalmente oq não tem sentido ou importancia,isto aumento devido o trauma da brochada que tive. Mas que já consegui contornar e to conseguindo. De qualquer modo se eu sentir que a minha namorada irá puxar a conversa mesmo iniciando de forma inocente,cortarei,mesmo sabendo que nao foi reset ;Cortar é bom pq posso nao ter força para fazer uma prece na hora,nunca se sabe ne,apesar de estar bem motivado. To em paz quanto a isto,foram 21 dias de muito sacrificio espiritual que tem dado muito certo,tanto que hoje tive uma intimidade presencial com ela e percebi melhorias significativas na qual relatarei no meu diario ou seja meu tempo de reboot esta de acordo com estes novos ganhos entao sei que to fazendo bem.

Abraçao e valeu. No meu diario podemos conversar sobre os beneficios que to tendo e da intimidade que tive hoje.
até

_______________________________________



[h3]Acesse meu Diario: http://www.comoparar.com/t5019p200-diario-do-goku-sem-o-reboot-perderemos-tudo-corre-ainda-dar-tempo/h3]

Kaioken: 7 Dias  (ALCANÇADO)
Super Saiyan 1: 14 Dias ( ALCANÇADO)
Super Saiyan 2: 21 Dias (ALCANÇADO)
Super Saiyan 3: 31 Dias (ALCANÇADO)
Super Saiyan 4: 40 Dias (ALCANÇADO)
Goku transformação Divina: 50 Dias (ALCANÇADO)
Super Saiyan Deus: 60 Dias (ALCANÇADO)
Super Saiyan Deus + Kaioken: 70 Dias (ALCANÇADO)
Instinto Superior incompleto: 80 Dias (ALCANÇADO)
Instinto Superior Completo: 90 Dias (ALCANÇADO)
avatar
Mensagens : 286
Data de inscrição : 27/07/2015
Idade : 21
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 11/1/2018, 16:50
Cara que historia foda. Imagina a loucura que é tentar para com PMO vicio em cocaína e álcool. Acho que tu já sabes muito bem que uma coisa ta associada com a outra. Ou seja se tu recair no PMO é provável que recaiais nos outro vícios também.
Só posso te desejar força mano

_______________________________________
Quem tem coração de zumbi, não aceita cortar cana.
DIAS:
10 ( X )
20 (  )
30 (  )

avatar
Admin
Admin
Mensagens : 1177
Data de inscrição : 16/06/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 12/1/2018, 09:56
Képpler Centúrion escreveu:Cara que historia foda. Imagina a loucura que é tentar para com PMO vicio em cocaína e álcool. Acho que tu já sabes muito bem que uma coisa ta associada com a outra. Ou seja se tu recair no PMO é provável que recaiais nos outro vícios também.
Só posso te desejar força mano

Obrigado, Képpler Centúrion!

O importante é que agora não sinto nenhuma vontade de fazer o que eu fazia antes.

Abç.
avatar
Mensagens : 684
Data de inscrição : 18/09/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 5/2/2018, 13:02
Achei seu diário kkk

_______________________________________


avatar
Mensagens : 260
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 21/2/2018, 17:15
Fala CTroy!

Passando aqui apenas para agradecer, cara. Agradecer pelo exemplo de superação que você compartilhou conosco e pela dedicação ao fórum.

Li todo o seu diário e certamente foram aprendidas lições valiosas!

Faz um tempinho que queria postar, mas só hoje a memória funcionou a contento!

Espero que esteja tudo bem contigo, firme e forte!

Um grande abraço!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Admin
Admin
Mensagens : 1177
Data de inscrição : 16/06/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 25/2/2018, 13:36
Baggins escreveu:
Fala CTroy!

Passando aqui apenas para agradecer, cara. Agradecer pelo exemplo de superação que você compartilhou conosco e pela dedicação ao fórum.

Li todo o seu diário e certamente foram aprendidas lições valiosas!

Faz um tempinho que queria postar, mas só hoje a memória funcionou a contento!

Espero que esteja tudo bem contigo, firme e forte!

Um grande abraço!

Olá, Baggins!

Agradeço por ter tirado um tempo para ler meu diário! Fico feliz se, de alguma forma, consegui te ajudar com as minhas postagens Very Happy

Comigo está tudo bem. Continuo firme e forte no reboot e espero que contigo esteja tudo bem, também!

Muito obrigado!

Grande abraço!

Mensagens : 85
Data de inscrição : 09/03/2018
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 24/4/2018, 12:26
Olá CTroy,  li várias mensagens do seu diário e só tenho a agradecer pela riqueza de informação que sua experiência nos ajuda em nossa luta diária, muito bom saber que o experimento funciona e ter pessoas como você que conseguiram alcançar as metas é satisfatório e nos dá esperança e motivação para continuar a lutar. O que você fala é que realmente acontece, comigo enquanto fiquei na prática de M eu sempre voltava para a P, somente quando decidi cortar de vez a M eu consegui ficar sem P. Apesar de praticar M no período de 32 dias em hard mode o que me fez resetar na época.

Estou na segunda tentativa em hard mode, espero agora conseguir os 90 dias. Vejo que seu contador está com mais de 200 dias em hard mode. Como está indo por ai? No mais parabéns pela determinação.

_______________________________________
 
avatar
Admin
Admin
Mensagens : 1177
Data de inscrição : 16/06/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 25/4/2018, 18:56
Serge escreveu:Olá CTroy,  li várias mensagens do seu diário e só tenho a agradecer pela riqueza de informação que sua experiência nos ajuda em nossa luta diária, muito bom saber que o experimento funciona e ter pessoas como você que conseguiram alcançar as metas é satisfatório e nos dá esperança e motivação para continuar a lutar. O que você fala é que realmente acontece, comigo enquanto fiquei na prática de M eu sempre voltava para a P, somente quando decidi cortar de vez a M eu consegui ficar sem P. Apesar de praticar M no período de 32 dias em hard mode o que me fez resetar na época.

Estou na segunda tentativa em hard mode, espero agora conseguir os 90 dias. Vejo que seu contador está com mais de 200 dias em hard mode. Como está indo por ai? No mais parabéns pela determinação.

Olá, Serge!

Primeiramente, muito obrigado por ter tirado um tempo para ler o meu diário e fico feliz se de alguma forma eu te ajudei com ele.

Este é o meu segundo Hard Mode. No primeiro, fiquei 144 dias e resolvi praticar M para me "aliviar". O problema é que logo depois não consegui me controlar e demorei uns 5 meses para conseguir ficar pelo menos 30 dias sem M. Agora, neste segundo Hard Mode não tenho sentido nenhuma fissura para me masturbar, muito menos em ver P. Sinto que cada vez mais meu cérebro está se restaurando, pois não tenho nenhuma lembrança dos filmes de P que assistia e só algumas vezes me vem na memória as relações sexuais que tive, ou seja, o cérebro preserva as relações reais, o que considero ser algo natural já que fomos feitos para ter relações reais, e vai apagando tudo o que consideramos prazer virtual. Os primeiros 30 dias sempre são os mais difíceis, mas depois dá pra levar com mais facilidade.

Grande abraço.
avatar
Mensagens : 253
Data de inscrição : 24/03/2018
Idade : 19
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 28/5/2018, 01:18
Fala, Ctroy!

Eu já tinha visto sua história de sucesso há um tempo, mas só agora parei pra dar uma olhada no seu diário. Posso dizer que fiquei mais motivado agora bro, de verdade.

Uma coisa que gostei muito é que muitas vezes eu vejo muitos caras (eu me incluo nisso) pensam que o Reboot atual tem que ser o definitivo, o Reboot Sem M e sem P pra sempre e quando resetam, ficam frustrados e afundam outra vez no vício. E um padrão que percebi no seu diário é que não é bem assim... Você ficava longe da P, mas reseta com M um montão de vezes. Aí ficava longe por um tempão, depois voltava a resetar. Depois ia ficando cada vez mais tempo longe de tudo isso... Ou seja, é como se fosse gradual, em que você caia mas sempre se levantava e ia mais longe. Gostei muito de ter percebido esse padrão, me ajudou a perceber que não é pra eu ficar deprê se resetar, mas sim levantar e ir mais longe, assim como você fez.

Uma coisa que queria te perguntar é: Cara, eu lia que você tinha relações sexuais antigamente... O que aconteceu pra você não ter mais e ficar no HARD MODE? Cê não sente falta não?

Ah, e outra coisa: a DE sumiu bro ? Sempre fico esperançoso que a minha suma daqui a um tempo de Reboot.

Abração, bro! E parabéns pelos 246 fucking dias! Hauahauahau

_______________________________________
MEU DIÁRIO
http://www.comoparar.com/t7233-virando-o-jogo#177280
avatar
Admin
Admin
Mensagens : 1177
Data de inscrição : 16/06/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 29/5/2018, 13:28
Olá, Rebooter1999!

Obrigado por visitar o meu diário!

É isso mesmo como você descreveu no primeiro parágrafo. No meu primeiro reboot, achei muito difícil parar com a P e a M de uma só vez e admiro os caras que conseguem este feito logo de cara. Resolvi primeiro parar com a P que, aliás, é o propósito do reboot, e tentar diminuir a frequência de M. Logo após eu ter completado estes primeiros 90 dias sem P, foi muito mais fácil parar com a M, pois todos nós aprendemos que a M com P é muito mais prazerosa devido a uma grande liberação de dopamina que esta combinação nos proporciona. Então, como eu não sentia mais vontade de acessar conteúdos pornográficos, consegui diminuir ainda mais a vontade de M e consegui ficar um bom tempo em hard mode (quando comecei o reboot já estava solteiro). Depois, tive várias quedas em M e credito isso ao fato de que ainda estava me acostumando a não procurar por estímulos virtuais de prazer e por ainda ter resquícios dos tempos do vício em mim naquela época. Agora, felizmente, tenho me superado quanto a M, pois não sinto a menor vontade.
Enfim, para mim, com relação a P e M, o reboot funcionou desta maneira, subindo um degrau de cada vez: 1º - eliminar a P (mais importante); 2º - diminuir a frequência de M; 3º - ficar o máximo de tempo possível sem M; 4º em diante - alcançar metas maiores.

Respondendo as suas perguntas:

Despois que fiquei sabendo sobre o vício em pornografia e suas consequências, resolvi me dar um bom descanso, cuidar de mim para que eu deixasse de ser o que eu vinha sendo por muitos anos e o hard mode tem me feito muito bem este tempo todo. Quando minha libido fica alta, eu sinto falta de sexo sim, como qualquer pessoa normal, mas parei de ser um cara guiado só pela cabeça de baixo e em prol dela. Apesar de não poder firmar com 100% de certeza que não tenho mais DE induzida pelo vício porque continuo em hard mode rs. te digo que facilmente fico ereto quando me vem de surpresa alguma lembrança das relações sexuais que tive, assim como tenho várias ereções espontâneas durante o dia, sem falar que a velocidade com que fico ereto é muito grande, como jamais foi durante anos.

Grande abraço!
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 244
Data de inscrição : 10/09/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 10/6/2018, 12:11
CTroy escreveu:Este é apenas um texto criado a partir de um post que fiz no diário de um rebooter sobre os chats que propiciam encontros para a prática de sexo casual. O texto a seguir não tem o objetivo de generalizar, atribuindo a todos os chats como sendo um possível caminho para uma recaída ou para uma possível volta ao vício em pornografia, visto que existem chats para diversos conteúdos (games, esportes, livros, religião, etc.). Com relação ao sexo com prostitutas, o e-book Como Parar? não diz que frequentar estes estabelecimentos caracterize uma recaída, no entanto, o e-book faz uma ressalva de que sexo com prostitutas é contraprodutivo para o reboot por não existir um “vinculo de ligação” entre você e a outra pessoa e que tais lugares possuem uma forte semelhança com a pornografia.

Boa leitura a todos!

Entrar em chats não é caracterizado como uma recaída durante o processo de “reinicialização” do cérebro, no entanto, é algo que dever ser evitado por causa dos inúmeros gatilhos. O fator que leva a busca pelo prazer sexual através das redes sociais, mesmo considerando que vivemos na era virtual e que isto facilite a socialização entre as pessoas, é o mesmo fator que leva a busca por vídeos ou fotos pornográficas, ou seja, a compulsão pelo prazer sexual. Visto que a internet nos traz grande facilidade para acessar conteúdos inadequados, entrar em chats a procura de sexo real é o mesmo que ir num prostíbulo, mesmo que você crie uma justificativa de que no chat são pessoas "normais" diferentemente do prostíbulo onde são garotas de programa, ambos (chats e prostíbulos) acabam tendo grande relação com a pornografia e por tanto, são "atividades" que sabotam o reboot.

E o que os chats e prostíbulos tem a ver com o vício em pornografia?
Sem falar nas fantasias sexuais que podem levar o usuário a ter uma recaída, a busca sexual se dá de forma semelhante entre estas três vertentes:

1) você entra;
2) anda pelas opções disponíveis;
3) escolhe a(o) que mais o(a) deixou excitado(a).

O cérebro não distingue se você está procurando sexo em chats ou prostíbulos ou sites pornográficos ou na “vida real”. Você tem apenas a percepção e o julgamento do “por onde” a busca está sendo feita. Por tanto, os caminhos neurais, a busca pela dopamina e as consequentes respostas fisiológicas ocorrem da mesma forma.

Quer dizer que se eu namorar alguém, os caminhos neurais também serão os mesmos?
Não serão exatamente os mesmos, porque outras áreas do cérebro, além do sistema de recompensa, estarão envolvidas. As áreas relacionadas às emoções e às outras funções afetivas serão mais utilizadas e estas irão se sobrepor sobre a recompensa de apenas sentir prazer sexual.

Relembrando que a socialização "real" entre as pessoas faz parte do passo-a-passo do reboot, esta faz parte da fase de religação, onde você deve interagir cara-a-cara com outras pessoas pelo prazer e pelos benefícios de socializar e também para deixar de ser um escravo da internet.

Ir na balada para pegar a mulherada é uma forma de socialização que não ocorre num ambiente “online”. A busca pelo sexo casual neste ambiente também ocorre pelos três fatores (entrar, andar pelas opões e escolher a que mais o deixou excitado), porém você está interagindo cara-a-cara. Isto ajuda ou é prejudicial para o reboot?
Na minha humilde opinião, a resposta vai de cada um. Se o seu objetivo é pegar o máximo de mulheres porque você associa isto à masculinidade, a ser Homem, a ser o "fodão", ou pelo seu entendimento do que seja fazer sexo, é uma concepção sua, então, só você irá dizer se isto é benéfico ou não para o seu reboot.  

Para finalizar, um trecho da 2ª edição do e-book Como Parar? sobre a busca em chats pelo prazer sexual:

"Fazer o reboot e continuar fantasiando com webcam, chat e aplicativos de encontros com galerias e variedade infinita de opções e buscas, é o mesmo que continuar alimentando o consumo de pornografia."

Por tanto, entrar em salas de bate-papo não configura uma recaída, mas entrar devido a uma compulsão para se obter prazer e que te faz criar fantasias sexuais com o que você está vendo numa tela é o mesmo que assistir a um vídeo pornô, ou seja, é recair.

Recomendo a leitura do e-book Vício em Pornografia, Como Parar? 2ª versão.

Obs: Este texto, assim como as perguntas nele contidas, foi feito a partir da minha concepção sobre o assunto, assim como a minha interpretação da leitura das duas versões do e-book Vício em Pornografia, Como Parar? e um pouco da minha formação acadêmica.
Grande abraço a todos e um feliz 2017!

Fala CTroy como adam as coisas?
Hoje em dia não está fácil, devemos ter muita cautela nos chats mesmo. Está difícil encontrar uma mulher que não queira fantasiar pelos aplicativos. As vezes as conversas eróticas delas, são 100% dentro dos aplicativos. Na vida real nada. As vezes um encontro se tona chato, as vezes meio bobo, pois elas não tem coragem, e devem fazer um esforço maior do que pelos aplicativos.

Belo texto e bem objetivo este.
Abraços.

_______________________________________


Meu diário: http://www.comoparar.com/t5783-diario-riot_juggernaut

Último reboot: Em Hard Mode 110 dias.
Reboot atual: Mais de 200 dias.
Próxima Meta: 270 dias (01/09/2018)
História de sucesso: 365 Dias (1 ano de reboot)
avatar
Admin
Admin
Mensagens : 1177
Data de inscrição : 16/06/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 12/6/2018, 11:53
RIOT_JUGGERNAUT escreveu:
Fala CTroy como adam as coisas?
Hoje em dia não está fácil, devemos ter muita cautela nos chats mesmo. Está difícil encontrar uma mulher que não queira fantasiar pelos aplicativos. As vezes as conversas eróticas delas, são 100% dentro dos aplicativos. Na vida real nada. As vezes um encontro se tona chato, as vezes meio bobo, pois elas não tem coragem, e devem fazer um esforço maior do que pelos aplicativos.

Belo texto e bem objetivo este.
Abraços.

Olá, RIOT! Tudo tranquilo!

Obrigado pelo comentário.

Sim, a mulherada fica mais desinibida nos aplicativos e acabamos ficando naquele dilema: se entrarmos nesse joguinho é recaída, mas se não entrarmos, perderemos a oportunidade de uma relação. A ideia é, assim que começar uma conversa mais erótica, já responder de cara "Prefiro fazer isso pessoalmente do que escrever" e depois chamar a pessoa para sair. Essa é uma forma madura de tratar esta questão. Não devemos pensar que somos diferentes dos outros pelo fato de que fomos viciados em pornografia, se a pessoa não combina com a gente, seguimos nossas vidas.

Forte abraço.
avatar
Admin
Admin
Mensagens : 1177
Data de inscrição : 16/06/2016
Ver perfil do usuário

Atualização do diário

em 9/7/2018, 10:06
Terminando mais um Hard Mode, desta vez com o total de 274 dias. Uma coisa importante que se deve levar em conta ao decidir praticar M após um longo período é estar em condições emocionais adequadas para tornar o ato apenas como um recurso que diminui o alto desejo sexual. Por outro lado, praticar M num momento em que se está sobre influência de qualquer tipo de abalo emocional, quer seja sobre stress, raiva, baixa autoestima, etc, transformará a masturbação como uma rota de fuga ou um falso remédio para os problemas e, certamente, será o caminho de volta para a PMO. Por tanto, ao resolver praticar M, é importante levar em consideração não apenas o forte desejo de obter prazer e orgasmo, mas também o fator emocional atual sobre quaisquer outros aspectos da vida.

Resumindo:
Alto desejo sexual (libido alta) + fator emocional equilibrado (sensação de bem-estar consigo mesmo) = prática de M recomendável.
Alto desejo sexual (libido alta) + fator emocional desequilibrado (sentimentos negativos) = prática de M não recomendável.
avatar
Admin
Admin
Mensagens : 1177
Data de inscrição : 16/06/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 9/7/2018, 10:17
Encontrei num blog algumas personalidades famosas que já sabiam dos benefícios físicos e mentais pela abstinência de M e até de sexo por um determinado período de tempo para se dedicar com mais eficiência aos seus trabalhos. Alguns chegaram ao extremo, enquanto outros são pessoas casadas, mas que perceberam que o prazer sexual não é a única fonte prazer na vida ou o que define ser um Homem com H maiúsculo.

Sigmund Freud - fundador da Psicanálise


“Freud sustentou a opinião (baseada na experiência pessoal e na observação) de que a atividade sexual era incompatível com a realização de qualquer grande obra. Como ele achava que o grande trabalho de criar e estabelecer a psicoterapia era o seu destino, ele disse à esposa que eles não podiam mais se envolver em relações sexuais. De fato, com cerca de 40 anos de idade até sua morte, Freud era absolutamente celibatário para sublimar a libido com propósitos criativos", segundo seu biógrafo Ernest Jones.
(Fonte: Sigmund Freud - Psychoanalysis - Psychotherapy)

___________________________________________________________________
No decorrer das próximas semanas colocarei outras personalidades.
Mensagens : 85
Data de inscrição : 09/03/2018
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 9/7/2018, 10:40
Interessante, não sabia desse lance do Freud. Realmente quando paramos com atividades sexuais temos mais energia.

Queria aproveitar e perguntar ao Ctroy, fico vendo a quantidade de dias em hard mode que você conseguiu e fico imaginando, puts, o cara realmente se superou. Eu não estou conseguindo cara. O máximo que consegui foram 47 dias em hard mode. Mas o meu maior problema é quando caio, não sei se aconteceu com você, mas quando cai depois dos 47 dias, parece que voltei ao inicio do processo, quando tudo era difícil, uma semana após a queda sem me masturbar eu estava em um pico muito alto de stress e vontade de aliviar, coisa que não foi comum em outras tentativas de reboot. Eu não conseguia me concentrar em nada, em vez de benefícios parece que ficar em hard mode por uma semana foi pior para mim. Geralmente isso acontecia na segunda semana ou no fim da terceira. Acabei caindo como falei e fantasiando muito na mente, não acessei nenhum site para isso.

Atualmente só me resta o Hard mode, mas está muito complicado. Tento pensar nas pessoas que conseguiram ficar tanto tempo como você e outros do fórum, vocês são exemplos e se conseguiram é uma prova que nós também podemos. Estou a quase 200 dias sem ver pornografia mas a prática de M não consigo parar, apesar de já ter conseguido ficar 32, 37 e 47 dias sem praticar. A volta da M, as vezes me dá vontade de voltar a P, e da ultima vez fiquei pensando em acessar, mas sempre me nego a isso. Sei que se voltar a ver a coisa ficará muito pior. Um grande abraço Ctroy! se possível passe aqui nos dando dicas.

_______________________________________
 
avatar
Mensagens : 37
Data de inscrição : 04/06/2018
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 9/7/2018, 11:10
A primeira vez que ouvi falar sobre isso foi o Vitor Belfort em uma entrevista. Muita gente pode não gostar dele, mas há de se concordar que ele era um atleta muito dedicado. Ele havia comentado que ficava até 1 mês em abstinência dependendo da competição. Ele dizia que a energia sexual era uma energia muito importante que ele não podia desperdiçar num esporte tão competitivo. Ele disse que havia aprendido isso com o mestre dele, vou procurar essa entrevista e se achar eu trago aqui...


Encontrei num blog algumas personalidades famosas que já sabiam dos benefícios físicos e mentais pela abstinência de M e até de sexo por um determinado período de tempo para se dedicar com mais eficiência aos seus trabalhos. Alguns chegaram ao extremo, enquanto outros são pessoas casadas, mas que perceberam que o prazer sexual não é a única fonte prazer na vida ou o que define ser um Homem com H maiúsculo. Sigmund Freud - fundador da Psicanálise “Freud sustentou a opinião (baseada na experiência pessoal e na observação) de que a atividade sexual era incompatível com a realização de qualquer grande obra. Como ele achava que o grande trabalho de criar e estabelecer a psicoterapia era o seu destino, ele disse à esposa que eles não podiam mais se envolver em relações sexuais. De fato, com cerca de 40 anos de idade até sua morte, Freud era absolutamente celibatário para sublimar a libido com propósitos criativos", segundo seu biógrafo Ernest Jones. (Fonte: Sigmund Freud - Psychoanalysis - Psychotherapy) escreveu:

_______________________________________




Visite meu diário Very Happy
http://www.comoparar.com/t7700-diario-onirico
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1095
Data de inscrição : 18/02/2016
Idade : 28
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 9/7/2018, 13:22
O livro de Napoleon Hill "Pense e enriqueça", que foi escrito no ano de 1937 já abordava com propriedade o tema "energia sexual"

Tenho o livro em pdf, e dei uma olhada superficial para entender um pouco mais sobre o assunto e gostei bastante.
Ele fala basicamente sobre a importância da abstinência para poder usar a energia para se obter riqueza, sucesso e etc. O livro também orienta o equilíbrio para quem tem relacionamento, evitando assim o excesso de sexo.

Coloquei o livro na minha lista de livros físicos e após eu terminar os que tenho como prioridade comprarei ele, não apenas por causa dessa temática (que é importante) mas porque o livro realmente é bom.

Parabéns pela excelência que você alcançou em sua vida CTroy, seu diário é um dos que faço questão de lê lo todo.

Um forte abraço.
avatar
Mensagens : 531
Data de inscrição : 08/07/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 12/7/2018, 16:55
Gostei das discussões,

vou postar aqui pra guardar num dia livre e ler mais um pouco.

No yoga fala muito sobre energia sexual, de expandir através da kundalini.


_______________________________________





Acompanhe meu diário


Vamos lá debater, serei eternamente grato!
http://www.comoparar.com/t5410-diario-do-budista

Valeu pelo apoio!
avatar
Admin
Admin
Mensagens : 1177
Data de inscrição : 16/06/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 15/7/2018, 17:50
Spoiler:

Serge escreveu:Interessante, não sabia desse lance do Freud. Realmente quando paramos com atividades sexuais temos mais energia.

Queria aproveitar e perguntar ao Ctroy, fico vendo a quantidade de dias em hard mode que você conseguiu e fico imaginando, puts, o cara realmente se superou. Eu não estou conseguindo cara. O máximo que consegui foram 47 dias em hard mode. Mas o meu maior problema é quando caio, não sei se aconteceu com você, mas quando cai depois dos 47 dias, parece que voltei ao inicio do processo, quando tudo era difícil, uma semana após a queda sem me masturbar eu estava em um pico muito alto de stress e vontade de aliviar, coisa que não foi comum em outras tentativas de reboot. Eu não conseguia me concentrar em nada, em vez de benefícios parece que ficar em hard mode por uma semana foi pior para mim. Geralmente isso acontecia na segunda semana ou no fim da terceira. Acabei caindo como falei e fantasiando muito na mente, não acessei nenhum site para isso.

Atualmente só me resta o Hard mode, mas está muito complicado. Tento pensar nas pessoas que conseguiram ficar tanto tempo como você e outros do fórum, vocês são exemplos e se conseguiram é uma prova que nós também podemos. Estou a quase 200 dias sem ver pornografia mas a prática de M não consigo parar, apesar de já ter conseguido ficar 32, 37 e 47 dias sem praticar. A volta da M, as vezes me dá vontade de voltar a P, e da ultima vez fiquei pensando em acessar, mas sempre me nego a isso. Sei que se voltar a ver a coisa ficará muito pior. Um grande abraço Ctroy! se possível passe aqui nos dando dicas.

Olá, Serge!

A masturbação só passa a ser um problema quando feita constantemente e quando nos traz de volta as fantasias e a vontade de acessar pornografia. Sinceramente, não acho que ela deve ser eliminada para o resto da vida, mas sim uma prática que devemos aprender a ter o controle. Se você adquiriu DE induzida pelo vício em pornografia, o hard mode é o caminho certo. Se você quer apenas ter mais controle sobre a M, você pode estipular pequenas metas e depois aumentá-las ou então colocar uma meta de uma M por mês, por exemplo.

Grande abraço.

Spoiler:

Sandmann escreveu:A primeira vez que ouvi falar sobre isso foi o Vitor Belfort em uma entrevista. Muita gente pode não gostar dele, mas há de se concordar que ele era um atleta muito dedicado. Ele havia comentado que ficava até 1 mês em abstinência dependendo da competição. Ele dizia que a energia sexual era uma energia muito importante que ele não podia desperdiçar num esporte tão competitivo. Ele disse que havia aprendido isso com o mestre dele, vou procurar essa entrevista e se achar eu trago aqui...  



Olá, Sandman!

A primeira vez que ouvi sobre isso também foi no mundo do esporte, mas com jogadores de futebol. De fato, o rendimento muscular deve melhorar com um período em abstinência sexual.

Abraço.

Spoiler:

Tom escreveu:O livro de Napoleon Hill "Pense e enriqueça", que foi escrito no ano de 1937 já abordava com propriedade o tema "energia sexual"

Tenho o livro em pdf, e dei uma olhada superficial para entender um pouco mais sobre o assunto e gostei bastante.
Ele fala basicamente sobre a importância da abstinência para poder usar a energia para se obter riqueza, sucesso e etc. O livro também orienta o equilíbrio para quem tem relacionamento, evitando assim o excesso de sexo.

Coloquei o livro na minha lista de livros físicos e após eu terminar os que tenho como prioridade comprarei ele, não apenas por causa dessa temática (que é importante) mas porque o livro realmente é bom.

Parabéns pela excelência que você alcançou em sua vida CTroy, seu diário é um dos que faço questão de lê lo  todo.

Um forte abraço.

Grande Tom, obrigado pela mensagem! Devemos buscar ser uma pessoa melhor todos dias.

Se há tanto tempo as pessoas das mais diversas áreas falam na utilização da energia sexual para outros fins, então vale a pena experimentarmos também.

Forte abraço.

Spoiler:

Budista Rebooter escreveu:Gostei das discussões,

vou postar aqui pra guardar num dia livre e ler mais um pouco.

No yoga fala muito sobre energia sexual, de expandir através da kundalini.


E aí, Budista Rebooter!

Uma vez li que a energia sexual é a energia mais potente que temos. Devemos aprender a controlá-la e utilizá-la com sabedoria senão... nós já sabemos o que acontece quando não controlamos os nossos impulsos sexuais.

Abraço.
avatar
Admin
Admin
Mensagens : 1177
Data de inscrição : 16/06/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 15/7/2018, 17:59
Mais uma celebridade que utilizou a abstinência sexual para alcançar seu objetivo em sua época áurea:

Mike Tyson - Lenda do Boxe


“Eu nunca soube que conquistar tantas mulheres seria mais desgastante do que agregador. Eu sempre li que os grandes lutadores nunca faziam sexo antes das lutas e eu era um garoto jovem e queria ser o mais jovem campeão dos pesos-pesados do mundo, então restringi-me do sexo por cerca de cinco anos”.
(Fonte: Mike Tyson em ‘Tyson’ e 'Athletes on Abstinence')
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1095
Data de inscrição : 18/02/2016
Idade : 28
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 16/7/2018, 08:25
Teu Diário é épico CTroy.
Contra fatos não há argumentos, Mike Tyson foi um grande campeão de sua época, ter usado sua energia sexual para cooperar com seu crescimento pessoal é algo surpreendente de se ler.

Antes eu tinha mentalidade de que alguns meses bastavam, porém vejo que dependendo do objetivo a pessoa pode ficar um pouco mais de tempo se preferir assim.

Um forte abraço.

_______________________________________
" Nova vida Novo tempo."

avatar
Admin
Admin
Mensagens : 1177
Data de inscrição : 16/06/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diario de CTroy

em 22/7/2018, 09:48
Tom escreveu:Teu Diário é épico CTroy.
Contra fatos não há argumentos, Mike Tyson foi um grande campeão de sua época, ter usado sua energia sexual para cooperar com seu crescimento pessoal é algo surpreendente de se ler.

Antes eu tinha mentalidade de que alguns meses bastavam, porém vejo que dependendo do objetivo a pessoa pode ficar um pouco mais de tempo se preferir assim.

Um forte abraço.

Obrigado, Tom!

Hoje vejo que todo este processo é continuo - reboot, benefícios, etc, e que sempre estaremos num processo de evolução durante a restauração do cérebro.

Grande abraço.
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum