Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1099
Data de inscrição : 18/02/2016
Idade : 29
Localização : RJ
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 17/6/2018, 22:21
Eu poderia nomear esse seu breve texto como "relato da maturidade".

Isso é viver ilCapo, parabéns de coração por essa evolução e por está tendo uma percepção diferente sobre a vida.
Achei muito interessante seu relato sobre a escola; sobre o passeio com a família; a troca de ideias com o garçom e sua disciplina com relação ao rebot e a vida pessoal mano.

Continue assim que além de alcançar todos os seus objetivos pessoais, você irá deixar um diário precioso para as novas gerações que entrarem nesse fórum.

Um forte abraço!

_______________________________________
" Nunca estagne, sempre procure crescer, mesmo que seja aos poucos... ."



                    Meta  29/12/2018
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 23/6/2018, 20:37
Tom escreveu:Eu poderia nomear esse seu breve texto como "relato da maturidade".

Isso é viver ilCapo, parabéns de coração por essa evolução e por está tendo uma percepção diferente sobre a vida.
Achei muito interessante seu relato sobre a escola; sobre o passeio com a família; a troca de ideias com o garçom e sua disciplina com relação ao rebot e a vida pessoal mano.

Continue assim que além de alcançar todos os seus objetivos pessoais, você irá deixar um diário precioso para as novas gerações que entrarem nesse fórum.

Um forte abraço!

Olá meu amigo Tom. Obrigado por compartilhar comigo essa sua perspectiva sobre "maturidade" no meu post. Sendo honesto, não tinha olhado por esse lado, mas se você o enxergou assim, é porque deve ter, no mínimo, um pouco de maturidade mesmo.

Grande abraço parceiro!

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 23/6/2018, 21:22
Hoje eu ia sair para dançar um forrozin. Chamei um amigo e uma amiga minha, e disse que ia me encontrar com outro pessoal por lá. Acontece que nem um nem outro puderam ir. Fiquei em casa então. Fiquei meio desmotivado, pois estava afim de sair de casa, mas acho que tudo que acontece na vida é para um bem maior.

Parei para pensar um pouco nos relacionamentos que venho construindo. Ops, que NÃO venho construindo. Fato é que eu estou muito preguiçoso quando o assunto é fazer novos amigos e melhorar as habilidades sociais, ou então eu não estou dando tanta importância a isso NO MOMENTO. Em quesito de relacionamentos sérios com mulheres, sempre penso duas vezes em me envolver com alguma mulher, a menos que ela seja nota 10 e esteja dando bola (duas coisas que raramente ocorrem juntas).

Para compensar não ter saído hoje, a minha amiga eu convidei para sair me chamou para sair amanhã. Já faz tempo que eu percebo que ela tá afim de mim, mas sendo sincero, eu a acho um pouco atraente, mas ela não me chama TANTA atenção. Queria sair só pra dar um rolê mesmo, mas não sei se levaria pra frente se ela tiver pensando que vamos sair pra ficar.
Às vezes eu acho que devia experimentar mais as coisas da vida. Tou melhorando nesse aspecto. E outras tenho medo de me envolver e depois ter dor de cabeça com mulher, coisa que eu não desejo nem pro meu inimigo.

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 2/7/2018, 20:15
Então, pessoal, com o início do novo semestre (julho) vieram juntas algumas reflexões que eu já estava fazendo antes mesmo do fim do primeiro semestre.
Pra começo de história, fato é que o início do ano de 2018, e seu desenrolar, foi muito gratificante. Tive oportunidade de fazer algumas viagens para dois outros estados próximos do meu, tive a oportunidade de participar de uma escola de férias do movimento que eu participo, e tive a oportunidade de participar de um curso muito famoso de inteligência emocional. Tive a oportunidade de participar nesse final de semana passado de um evento de simulação, que pra mim foi muito enriquecedor e uma experiência magnífica. Tudo isso foi muito maravilhoso.

No primeiro dia do tal curso de inteligência emocional, eu me lembro estar emocionado (haha) e quase sem acreditar que eu estava ali dentro, junto de mais de outras 2 mil pessoas no evento. Ali eu pude aprender algumas coisas muito importantes para a minha vida, e foi imensamente gratificante.

Esse curso de inteligência emocional aconteceu no mesmo período do início das aulas da faculdade, e coincidências ou não, no decorrer do semestre da faculdade chegaram para mim duas oportunidades de projetos para que eu pudesse ajudar e participar. E agarrei-os logo. Tive muitos coisas pra preparar para a faculdade, muitas apresentações de seminário (algumas boas e outras ruins), alguns desafios para superar, mas o que eu tiro de tudo isso é que nessa primeira metade do ano de 2018 eu pude aprender muitas coisas, seja errando, seja aprendendo com os erros dos outros.

Não sei se nós aqui do Fórum podemos nos considerar livre da PMO, mas fato é que hoje ela já não me domina mais. Há muito tempo que ela não me domina. É claro, porém, que como todo ex-viciado, preciso estar sempre atento, pois vez ou outra qualquer vacilo besta pode nos levar de volta para a PMO. De qualquer forma, hoje eu tenho um sentimento de plena liberdade quando a questão é consumir P, e às vezes chego a não me lembrar mais dos períodos em que eu estava no fundo do poço. Parece que as conexões de pornografia realmente se desfizeram do meu cérebro.

Por isso, em uma palavra eu resumo essa primeira metade de 2018: aprendizados.

Na faculdade, ainda tenho muitas coisas a serem feitas. Amanhã, uma prova oral. Quarta, uma prova final que nem sei se irei fazer, pois me preparei muito pouco para ela. Mais dois trabalho para serem entregues para próxima semana, e uma prova de inglês para estudar. Na vida profissional, lutar mais pelo meu futuro, e ir atrás de trabalho e estágio, para que eu possa ter experiências e contribuir com esse mundo. Na vida social, muitas coisas para serem melhoradas. Ainda preciso ser mais o “motorista do meu carro”, e não o co-piloto. Quero melhorar meu shape e minha saúde. Quero também ser uma pessoa mais sociável e emocionalmente equilibrada. Enfim, muitos desejos que se ficarem só nas ideias, não farão nenhuma diferença.

Estou certo de uma coisa: muitas coisas mudaram para melhor desde que conheci o método como parar e iniciei e jornada para me libertar da P.

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 4/7/2018, 13:52
Então jovens, não obstante de fato eu esteja me sentindo muito grato por tudo que a vida tem me dado, venho escrever aqui algumas coisas que eu preciso alterar nos meus hábitos.

Primeiramente eu preciso relatar que hoje eu me M. E acredito que merece um reset no meu contador de dias sem PMO. Isso porque eu cometi o erro de ficar procrastinando e navegando à esmo no youtube, quando deparei com um vídeo que não tem conteúdo sexual algum, porém que é um forte gatilho para mim. Só vou dizer qual era o conteúdo do vídeo para que os senhores possam me ajudar se é um reset mesmo ou não. Era um vídeo sobre uma menina que falava sobre as transformações no corpo dela depois de um tempo de dieta (e nisso tinha algumas fotos de biquíni no meio do vídeo). Pois é, eu fico até chateado em ter que contar isso aqui, mas é mais bonito ser verdadeiro com vocês e comigo mesmo.

Eu ultimamente estava com uma tesão mais alta, e somado a isso estava sempre muito ocupado e "sem tempo" de passar aqui no Fórum. Passava muito tempo vendo vídeos inúteis no youtube (sem conteúdo sexual), o que fazia matar meu tempo livre. Desde dois meses para cá venho sentindo a sensação de que o tempo está passando rápido, e eu quase sem sentir a vida passar, preso nas minhas atividades da faculdade e em estudo para provas.

Bom, de qualquer forma, hoje eu decidi que faria diferente. Comecei me desescrevendo de todos os canais do youtube que não faziam sentido mais sentido para mim, e deixei apenas aqueles de conteúdo de desenvolvimento pessoal (Seja uma pessoa melhor, Febracis Coaching, Motivação Grid, e alguns outros). Acho que uma das coisas que eu não deveria ter feito foi acessar o Youtube como forma de mero entretenimento vazio. Quando eu decidi voltar a acessar o Youtube, há alguns meses, era para suprir a lacuna que foram abertas por eu não estar mais fazendo terapia, e então utilizá-lo como uma ferramenta para o meu desenvolvimento pessoal. Porém, eu fui permitindo alguns outros canais de outros conteúdos, e então me perdi. Vejam, não estou dizendo que o Youtube é ruim. Pelo contrário, ele é ótimo. Só que comigo eu sei que, se eu não me disciplinar com relação à isso, vai dar merda alguma hora. E aliás, deu. Então pra mim é melhor cortar, do que me permitir com limites, pois eu não consigo estabelecer muitos limites nesse aspecto. Eu prefiro ser 100%, do que dar 85%, e correr o risco de "perder o jogo".

Hoje eu fiquei de atualizar meu diário, e aqui estou. Ainda preciso dar uma lida no e-book para saber se a minha M foi um reset ou não, e preciso voltar a ler algum material sobre o vício, pois há muito tempo que não fazia isso. Minha fase de manutenção consistia em participar do Fórum apenas, mas sinto que preciso de mais informações sobre o vício, seja para aprender mais, seja para relembrar o aprendido.

Tá muito difícil para mim nessas últimas semanas para estudar. A motivação tá lá em baixo. Mas lutarei para concluir algumas tarefas e trabalhos. Meu sono estava muito desregular, para o que eu gosto e o que eu vinha fazendo. Tinha dias que eu me acordava as 6h, no outro dias me acordava as 8h, no outro dia me acordava as 7h30, no outro as 10h, no outro às 6h. Eu estava muito perdido com relação à isso, mas quero voltar à disciplina de dormir sempre no mesmo horário.

Para hoje de noite, quero ler o e-book e estarei satisfeito. No mais, desejo um grande abraço a todos!

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 16/7/2018, 20:52
Iae pessoal. Então, passando aqui para contar como estão as coisas, e falar do lado bom e do lado ruim.

Começando pelo lado ruim. A minha vida interior está muito desorganizada. Ou seja, horário de sono, organização de tarefas básicas do dia-a-dia, foco e determinação com as atividades, por exemplo, precisam dar uma melhorada. Algumas decisões importantes que eu preciso tomar na minha vida estão sendo deixadas de lado, e com isso eu sinto a sensação de estar empurrando algumas coisas com a barriga. Com os horários de sono desregulados, eu sinto que o meu dia já não começa bem, pois por eu ser muito diurno e gostar de acordar cedo, acordar tarde para mim é algo que me desorganiza. Com pouco foco e disciplina, muitas vezes eu me vejo perdendo tempo com vídeos inúteis no youtube, e com isso, no final do dia, eu sinto que eu não fiz nada.

O lado positivo é que, por outro lado, eu sinto que estou agindo mais com relação à outras áreas. Na faculdade e na saúde, por exemplo, eu sinto que estou dando passos mais largos. Dese janeiro eu não pego nenhuma gripe ou infecção, resfriado, ou coisa do tipo, o que tem me deixado com uma saúde e disposição de ferro. As aulas de dança estão me fazendo muito bem, e no sábado passado eu fui para um baile na escola de dança, onde eu pude dançar e treinar ainda mais alguns passos.

Com tudo isso, eu só sei de uma coisa. O único responsável pela vida que eu tenho vivido sou eu mesmo, assim como também o único capaz de mudar essa situação sou eu.

Bom, galera, no mais é isso. Já fazia tempo que eu não postava aqui, então senti necessidade de fazê-lo. Um grande abraço a todos!

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 18/7/2018, 20:11
Sendo honesto, os meus dias não estão sendo extraordinários. A coisa boa de hoje foi que consegui me acordar mais cedo, às 6h45, e isso pra mim já está ótimo. Amanhã pretendo me acordar nesse mesmo horário, ou então as 6h30, que já estará ótimo. Logo pela manhã li o e-book, e depois fiquei lendo um livro durante toda a manhã. A parte da tarde foi um pouco mais interessante, pois chegou uma visita em casa, amigo dos meus pais, e eu troquei algumas ideias com eles. Depois eles saíram, e eu fiquei aqui em casa, e depois de noite sai para comprar algumas comidas básicas.

A real é que eu estou confuso, mas isso não é necessariamente ruim, pois é tendo consciência desse meu estado que eu posso mudar o que precisa ser mudado. Só de escrever aqui já dá alguma luz para minha cabeça e me ajuda a seguir em frente. Com relação à procrastinação, eu passei um pouco de tempo vendo vídeos no youtube, mas nada de muita perda de tempo. De qualquer forma, eu prefiro controlar mais meu acesso ao Youtube para que eu utilize meu tempo com coisas mais úteis.

Ontem de noite eu estava com uma vontade mediana de me masturbar, mas eu achei melhor me controlar. Hoje, novamente, estou com essa vontade. Os momentos que mais me batem o desejo por M é de noite (antes de dormir), ao se acordar (se eu ficar enrolando na cama), e nas vezes que eu me acordo de madrugada. Fora esses momentos, por eu estar com minha mente ocupada, eu não sinto vontade alguma de M. A vontade de P, sendo bem honesto, eu não sinto há muito tempo. Não sei se é por medo ou por nojo, mas o fato é que eu sei o mal que consumir P me causaria, por isso eu nem cogito essa possibilidade.

Senti vontade de passar aqui para atualizar o diário. Grande abraço!

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 19/7/2018, 17:50
Dia 12.07.18

Olá jovens! Passando aqui para contar um pouco sobre como foi meu dia com relação ao meu Reboot. Bom, depois de reler um pouco o e-book, eu percebi que eu realmente precisarei resetar o meu contador de dias, pois eu me estimulei artificialmente. Mesmo que não tenha sido pornografia propriamente dita, foi um estímulo artificial, e nosso cérebro não distingue entre P de verdade de P “de mentira” (estímulos artificiais). E pra ser honesto, de um tempo para cá eu estava me permitindo acessar alguns tipos de conteúdos que, logo no início do meu reboot, eu saberia de cara que seriam estímulos artificiais, mesmo que não fossem P de verdade. Mas não sei por qual razão, honestamente, eu já não estava conseguindo mais fazer essa distinção no meu cérebro, pois parece que para mim só existia a Pornografia dos sites pornográficos, e os outros conteúdos cheios de gatilhos da TV e do Youtube não eram P de verdade. Mesmo isso sendo verdade (ou seja, os gatilhos da TV e do Youtube não são mesmo P de verdade), o que conta para nós é o que o nosso cérebro interpreta a partir de determinado estímulo, e isso eu não estava levando em consideração.
Não chegava a ser conteúdo erótico ou sexuais, mas tinham gatilhos que eu não deveria ver. Por isso acho honesto e sincero comigo mesmo resetar meu contador a partir de hoje, dia 12.07.

Com isso, preciso refazer meus hábitos com relação ao Reboot, para que eu possa continuar com uma boa fase de manutenção. As principais fontes de gatilhos hoje para mim são o youtube e meu celular, que não está com nenhum bloqueador. Meu principal vacilo é ver conteúdo sobre fitness no Youtube, pois alguns são mesmo úteis e informativos. Porém, eu não tenho muito controle com relação a isso, e o melhor portanto é restringir ao máximo os tipos de conteúdos que eu acesso no youtube. Sinceramente, ainda não sei como farei uma boa restrição de conteúdos, pois se for apenas por força de vontade uma hora ou outra eu cederei. Não queria bloquear por completo o youtube, pois tem muito conteúdo motivacional e de coaching bom de verdade, que agrega e muito. Vou procurar por outro tipo de restrição, e se não encontrar nenhuma mesmo, o jeito é bloquear por um tempo pelo menos.

Com relação ao reboot, é isso.

De qualquer modo, eu venho notado uma melhora muito grande na minha vida como um todo. E uma das coisas que tem me feito muito bem são as aulas de dança, muito mais até que a musculação. A dança e a musculação tem sido as minhas atividades de religação até então, mas as aulas de dança, do ponto de vista do bem-estar (produção de dopamina), na minha opinião, é bem maior. Não que a musculação não seja boa para produção de dopamina (até porque é uma ótima atividade; do ponto de vista de saúde e disposição física, não tem nem o que falar), mas acho que por conta da maior interação na aula de dança, isso me faz sentir muito bem, muito revigorado. É espetacular mesmo.

Pra não falar demais, vou ficar por aqui. Gosto de escrever muito, mas sei que fica cansativo até pros poucos que leem hehe. Grande abraço a todos!

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 22/7/2018, 20:18
Posso dizer que o dia hoje foi ótimo. Isso porque em plenas férias, eu pude sair de casa num domingo e ir ajudar meus colegas de faculdade num evento que faz parte de um projeto da faculdade que estamos desenvolvendo, coisa que durante os 3 anos e meio de curso eu nunca tinha feito. Foi ótimo porque eu pude fazer algo de útil hoje, e ajudar de alguma forma esses meus colegas. Esse é o ponto positivo de hoje.

Por outro lado, o dia de hoje também me permitiu fazer algumas reflexões acerca da minha vida. Isso porque no pós evento, rolou uma confraternização, e mais uma vez eu me deparei que uma pedra no meu sapato. Antes de falar qual foi a pedra, eu devo dizer que meus relacionamentos, minha autoestima, minhas habilidades sociais, como um todo, melhoraram significativamente, e isso eu considero em partes que foi por conta das aulas de dança que eu estou fazendo desde fevereiro. Hoje, porém, eu fiquei todo errado quando uma menina bonita no evento foi convidada para sentar junto à mesa onde eu estava com meus outros colegas. Fato é que, querendo ou não, bateu a timidez, e eu simplesmente fiquei todo errado, tímido, sem jeito. Enfim, todo sem saber o que fazer. E isso mechou um pouco com minha autoestima, é verdade. Depois de uma dessas, o que eu pensei é que eu sou um bosta, que eu não sou homem de verdade, que não tenho atitude, enfim, só pensamento ruim.

Porém, eu sempre busco estar consciente daquilo que eu faço com a minha vida, e a verdade é que, na área de relacionamentos com mulheres, eu tenho investido muito pouco há muito tempo. Aliás, muitas vezes eu chegava a pensar comigo que namorar, ou que mulheres, era uma perda de tempo, que eu deveria focar em coisas mais importantes na minha vida. Hoje eu percebo que isso é só um pensamento de escassez, e uma historinha que eu contava para que eu justificasse eu estar solteiro durante muito tempo. Ponto final e verdade seja dita.

Várias coisas mudaram na minha vida ao concluir os 90 dias de reboot. Porém, no quesito mulheres, minha vida não mudou muito de lá para cá. Não mudou nada, eu diria. Mas com certeza, no Reboot é que eu não coloco responsabilidade (a palavra “culpa” é muito ruim aqui). A responsabilidade é minha. É tanto que em outras áreas da minha vida, quando eu coloquei a responsabilidade nas minhas costas para mudar e fazer diferente, eu vi mudanças concretas que até hoje eu fico pensando. Nos estudos, na saúde, com meu cachorro, com meu inglês e fora as outras coisas que eu ainda não fiz lista. Poxa, só de pensar que eu ficava ansioso na hora de dançar um forró, por exemplo, e me ver fazendo aula de dança e dançando massa com as mulheres nas aulas e nos bailes, isso pra mim já é uma vitória e tanta. Só de pensar que em 2016 eu “entrei mudo e saí calado” de um evento da faculdade que era só em inglês, porque eu simplesmente não sabia falar inglês, e hoje eu me vejo falando e conversando em inglês fluentemente e com tranquilidade no curso, já é outra vitória e tanta que eu me orgulho disso. Só de pensar que meu cachorro era super estressado aqui em casa, preso sem passear, que não tinha o menor amor por mim, que muitas vezes eu o desprezava por que não sabia o que fazer, e hoje eu o vejo calmo, amoroso, passeando na rua com tranquilidade, indo até pra parque de cão, eu só de escrever nem acredito que minha vida era assim.

Enfim, não adianta eu escrever aqui que “só depende de mim mudar, e que se eu de fato não fizer nada, nada mudará”, ainda que isso seja mais plena verdade do mundo. Pra concluir, o que eu preciso dizer é que eu sinto uma gratidão por minha vida estar do jeito que está, e por um dia ter estado completamente desorganizada e do jeito que estava antes, pois se não fosse ela estar desorganizada, cheia de coisas a serem concertadas, eu não as teria concertado e mudado cada aspecto que precisava ser mudado, e não estaria aqui hoje contando pra vocês que um dia eu fui assim, mas hoje eu estou muito melhor!

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 23/7/2018, 07:37
Olá senhores! Primeiramente, preciso dizer que pratiquei M após me acordar hoje pela manhã, e tive um sonho erótico esta madrugada. Bom, é difícil dizer se foi sem ou com fantasias, pois as imagens do sonho erótico ficaram na minha cabeça, ainda que eu tivesse me M sem forçar essas imagens no meu cérebro. Portanto, realmente não sei se isso configura um reset no contador ou não.

Eu já tenho me masturbado com uma frequência maior do que eu gostaria, e por isso também fiquei pensando se isso não seria uma recaída (se recuperar do vício e depois voltar para ele), mesmo que eu tenha M sem P.

Uma outra coisa que eu andei pensando é que talvez o fato de eu estar me M com uma frequência maior de uns tempos para cá me deixou mais tímido e sem graça na pós-confra de ontem. Não quero colocar justificativas no meu cérebro para meus resultados ruins na vida, mas é bem verdade que muitos de nós aqui tivemos ou temos relacionamentos ruins com as mulheres por conta dos anos de PMO que nos entorpecia e nos deixava sem atitude alguma.

Enfim, pra não estar escrevendo demais coisa com coisa, eu quero estabelecer novas metas para mim:

- Retornar a partir de hoje ao Reboot modo hard, sem P, M e O por 30 dias.
- Metas de longo prazo. Completos os 30 dias, eu dobrarei a meta para 60 dias, e completos os 60 dias, rumarei para os 90 dias. Depois dos 90 dias, irei acrescentar às metas sempre 30 dias.
- Metas de médio prazo. Irei usar metas médias de 7 dias sem PMO, depois 14 dias, 21 dias, e assim sucessivamente.
- Metas de curto prazo. Eu irei utilizar a estratégia dos 3 dias sem PMO, 6 dias, 9 dias, e assim sucessivamente.
- Reler a cada dia do e-book Vício em Pornografia Como Parar. Sendo possível, participar também do Fórum com pelo menos 1 post (no meu diário ou no diário de um reboot).

Voltando para o Reboot com tudo. Quero focar primeiramente nas metas curtas, pois são com elas que vamos conseguindo construir mais motivação ao longo da jornada. Quero ajudar aos outros Rebooters, e conto com a ajuda de vocês também.

Uma coisa importante para todos nós aqui, que fomos e/ou um dia estivemos viciados e no fundo do poço por conta da PMO, é reconhecer que este Fórum é de extrema importância para nossa recuperação. A leitura do e-book com todo método também. Isso é uma coisa que eu preciso reconhecer e reconstruir a cada dia que passar, pois se não mais cedo ou mais tarde eu me deixarei levar novamente pelo vício em P. Estou tendo problemas com o reset no contador, mas providenciarei isso até amanhã.

Falow!

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 24/7/2018, 18:52
Olá, senhores! Passando para contar como foi o dia hoje.

No geral, achei o dia hoje bem produtivo. Me acordei as 6h30, passei com meu cachorro e depois tomei café da manhã. Li por 25 minutos o e-book, e depois estudei por aprox. 1h20, o que me fez sentir uma sensação de dever cumprido. Realizei algumas atividades curtas ao longo da manhã. De tarde fui malhar, e depois me permiti fazer algumas coisas mais livres. À noite passei com meu cão novamente, pois não aguentava ficar em casa.

Ao reler o Reboot pela manhã, eu acabei me lembrando de algumas rotinas que eu fazia há dois anos atrás, rotinas essas que acabaram com minha vida. Lembro-me que após ter passado no vestibular, eu meio que me permiti me levar pelos prazeres da carne, fazendo com que eu procurasse PMO como uma forma de premiação, afinal eu tinha passado no vestibular. Mas isso arruinou a minha vida, pois quando começaram as aulas, sempre que eu voltava para casa eu abria um site pornográfico para me masturbar, e assim foi por quase durante todo o ano de 2015. Mas enfim, são águas passadas, e estou eu aqui para contar história.

Providenciarei até hoje o reset no meu contador, e só irei dormir quando isso estiver providenciado, pois eu coloquei o prazo para essa atividade para até hoje, a menos que eu não consiga de forma alguma.

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 26/7/2018, 18:42
Iae pessoal! Ontem eu acabei não conseguindo participar do Fórum, e por isso eu dei um leve vacilo com relação à procrastinação antes de dormir. Ou seja, passei um tempinho navegando a esmo na internet, o que é péssimo, quase na iminência de ver algum gatilho. Ontem também tive um sonho erótico, mas nada que tirasse meu foco com o experimento. Uma estratégia legal que eu estou usando para barrar as fantasias é colocando um elástico no meu pulso: cada vez que uma fantasia surgir na minha mente, eu puxo e solto o elástico (o suficiente para doer um pouco; não é sadismo). Já tinha visto essa técnica aqui no Fórum, e depois revi esta técnica sendo explicada por alguns coaches brasileiros.

Consegui cumprir bem minhas atividades, e li bastante. No final da tarde fui fazer um pagamento, e depois passei numa livraria, e li m pouco do livro "Como fazer amigos e influenciar pessoas", do Dale Carnegie. Estava pensando em lê-lo para melhorar minhas habilidades sociais, mas refleti um pouco hoje e pensei que seria melhor ler alguma obra sobre sedução ("Arte da Sedução", de Robert Greene), coisa que eu nunca fiz na minha vida. Vai ver que por isso que a minha vida nessa área é o que é.

Novamente, por não ter participado do Fórum ontem, eu percebi o quão importante é passar aqui, para que possamos ter mais foco no experimento. E com isso, notei o quão importante é para nós criarmos uma rotina com relação à nossa vida como um todo, e ter sempre a disciplina necessária para realizar nossos objetivos (nesse caso, participar do Fórum e blindar nossa mente contra a PMO).

Algumas atitudes como acariciar o "garoto", ficar rolando na cama depois de acordar, procrastinar no YouTube eu venho prestando mais atenção e evitando ao máximo, pois eu já estava bem relaxado nesse aspecto.

O dia hoje foi bastante produtivo. Consegui estudar bem, e realizar algumas atividades simples. Como estou de férias, estou mais livre, mas preciso ainda estudar, pois mês que vem terão algumas atividades importantes. Quanto a esse aspecto, eu posso estar mais tranquilo, pois eu comecei a fazer a parte que me cabe, que é me preparar. O resto, eu entrego nas mãos de Deus.

That's all folks.

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 27/7/2018, 21:33
Senhores, passando aqui para contar um pouco de hoje. Escrever no diário para mim é como se fosse uma sessão de terapia, por isso não poderia deixar de passar um dia sem escrever aqui.

Bom, o dia hoje foi maravilhoso! Não aconteceu nada de demais, mas eu senti que foi ótimo. E amanhã será ainda melhor. Me acordei, li 25 o e-book, e então comecei a estudar. Hoje estudei 4 tempos de 25 minutos, sempre com uma pausa de 5 minutos entre cada tempo. Minha rotina de estudos é guiada pelo método pomodoro, pois acho que consigo render mais dessa maneira. Tinha uma meta hoje de ler 7 páginas do livro, mas li mais de 20, o que é ótimo.

Estou tentando aprender algo novo, e dessa vez é sobre audiovisual, pois estou com alguns projetos para internet que quero começar a tocar. Com isso, eu estou utilizando o Youtube como principal ferramenta para aprender sobre esse conteúdo, e tem me ajudo bastante. A questão com o Youtube é mais o gerenciamento do tempo, pois muitas vezes eu acabo passando do que eu gostaria. De tarde fui malhar, e ao voltar para casa, fiz algumas coisas para minha mãe.

Faz mais ou menos 1 semana que venho seguindo a rotina de: acordar, café-da-manhã, ler e-book; antes de dormir: escrever 1 post no Fórum Vício em PMO e ler 1 post no site "A mente é maravilhosa". Tenho percebido uma tranquilidade mental bem grande durante esses dias, só de fazer essa rotina. Também percebi que quando eu faço orações antes de dormir, meu sono é muito mais profundo e reparador.

Estou escrevendo muito aqui no meu diário, e acabo deixando de participar no diário dos rebooters, acho que por isso que ninguém escreve aqui kk Coitado de mim, até no Fórum eu sou anti-social. Mas isso irá melhorar, eu me esforçarei para mudar essa situação.

Salve!

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 28/7/2018, 19:27
O dia hoje foi muito bom. Acordei bem mais tarde do que o habitual e o desejável, porém consegui fazer as coisas que eu tinha para fazer pela manhã. Não sei o que houve comigo ontem à noite, porém eu não consegui pegar no sono mais cedo, fato que geralmente ocorre uma vez na semana quando eu estou me acordando mais cedo do que o habitual. É a mesma coisa que acontece quando uma pessoa (diga-se atleta) faz uma dieta restritiva por muito tempo, e se permite fazer uma refeição suja na semana. Não sei se com o sono funcionaria do mesmo jeito, mas comigo quase sempre aconteceu esse negócio de dormir cedo vários dias na semana, e em 1 dia dormir mais tarde, como se fosse um dia de recuperação. Enfim.

Essa semana que passou eu consegui estabelecer um bom horário de sono, indo pra cama por volta das 22h e acordando as 6h15, mais ou menos. Pra mim isso é bom, mas eu gostaria de acordar um pouco mais cedo ainda, tipo entre as 5h45 e 6h da manhã. Seria ótimo.

Com relação ao Reboot, reforço aqui meu comprometimento com o experimento. Eu estabeleci metas de curto, médio e longo prazo e quero me ater a elas. Desde o dia em que eu zerei o contador, eu já cumpri uma meta de curto prazo (ou seja, 3 dias sem PMO), e quero seguir assim. Mas o principal para mim é ter a minha mente limpa e tranquilo. Quero fazer das metas apenas um parâmetro, não o guia. Acho que uma coisa que é essencial para todos nós aqui é ter em mente que o fundamental para nós é blindar o nosso cérebro contra gatilhos, fantasias e P propriamente dita, e a gente consegue fazer isso lendo o e-book e participando do Fórum. Pra mim isso foi essencial para completar meu primeiro Reboot modo hard, e irei fazer isso novamente, pois sei que esse caminho funciona. Blindar o cérebro, essa é a chave para ficar sempre longe da PMO.


_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 1/9/2018, 22:03
Então, pessoal, depois de muito tempo, retorno novamente aqui ao Fórum.

Não tenho muito o que falar, mas estou bem contente pois pelo menos as metas iniciais que me propus eu as consegui cumprir.

Fazendo uma autoanálise, algumas coisas poderiam melhorar. Bom, primeiramente preciso falar um pouco de alguns detalhes do meu reboot. Bom, desde que troquei de celular em fevereiro deste ano, eu não instalei nenhum bloqueador nele. No entanto, vou ser bem honesto com vocês: nunca, sequer, abri P por ele, nem vontade me bateu.

A outra coisa é que desde que troquei de telemóvel, eu venho utilizando as redes sociais com maior frequência, coisa que antes não acontecia. Retornei a utilizar o Facebook e Whatsapp com mais frequência, pois senti necessidade por questões profissionais, de estudos, e de vida pessoal também. Querendo ou não, se você já é um pouco introvertido (meu caso), e não é visto por uma rede social (Facebook, Instagram, etc.), praticamente você é considerado como "morto" pelo subconsciente dos seus amigos. Também vi que as pessoas admiram quem tem um perfil interessante em redes sociais, atrai mais pessoas na vida real.

E passei a utilizar mais o Youtube para aprender a fazer vídeos, tirar fotos, editar aúdio e coisas do gênero. Com isso, em algumas ocasiões, fiquei vendo coisas inúteis. Pra resumo de Reboot, seria isso.

Outro ponto é que, navegando à esmo, acabei me deparando com um vídeo de gameplay no Youtube que não é propriamente P, mas que contém nudez, e por isso é possível que eu tenha que zerar meu contador. Vou esperar pra ver se alguém escreve aqui me dando alguma dica, se é pra zerar ou não, e vou pesquisar por mim mesmo também pelo e-book e pelo site Vício em Pornografia Como Parar.

A vontade de me M já está vindo com um pouco mais de força, mas procurarei me segurar, pois não vejo muitos benefícios com a prática. Se for contar com o acesso a P propriamente dita (dos sites que nós conhecemos muito bem), de fato, eu estou longe há mais de 1 ano. O meu problema tem sido com os substitutos, que nosso cérebro não distingue e que eu tenho que trabalhar mais para não me permitir cair novamente neles.

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 3/9/2018, 09:40
Então, passando aqui para fazer um pouco de retrospecto. Eu estou um pouco confuso e cheio de coisas na minha cabeça, por isso peço perdão se o meu texto ficar um redemoinho de pensamentos inacabáveis. Até minha capacidade de condensar ideias já está perdida.

Bom, primeiramente falarei sobre o Reboot. Ontem e anteontem (dia 1 e 2) eu pratiquei MO sem fantasias. Foi sem fantasias, porém, honestamente, eu não queria me M. Não vejo que nada melhora com M, e mesmo que também não veja piora no experimento, eu não penso que a M seja algo que deva ser praticado. Sinto-me também insatisfeito, pois não estou tão focado no experimento quanto eu gostaria, pois se eu de fato estivesse, não teria praticado MO. Sinto-me um fraco em relação à isso, pois o meu desejo não está sendo cumprido. Eu gostaria de participar mais do Fórum, para ajudar os Rebooters, mas nem isso estou conseguindo fazer.

O problema com a MO é que eu talvez a tenha utilizado como uma válvula de escape, pois talvez precise fazer mais atividades de religação, procurar por mais dopaminas naturais, e em casa eu só tenho dito intrigas por besteira. Além disso, semana passada eu fiz uma viagem onde as pessoas eram muito diferentes de mim. Eu nem fumo nem bebo, mas todos do grupo fumavam e bebiam. Pra completar, o único cara do grupo que era homem mesmo, com o qual eu podia conversar como homem, só falava de putaria. Com isso, talvez algumas imagens ficaram alimentado na minha cabeça. Claro que também tem a minha culpa, pois eu devia logo ter dado um corte nessas conversas e falado realmente o que eu penso.

Estou sentindo uma certa desorganização em minha vida como um todo. Como já falei, tenho dito alguns problemas em casa, meus horários de sono estão instáveis, estou procrastinando muito em coisas simples e às vezes sinto que falta algo para me completar. Eu teria muitas coisas para reclamar aqui da minha vida, mas não acho que estar escrevendo sobre meus problemas vá adiantar de alguma coisa. É muito mais útil agradecer por pelo menos eu estar respirando, por eu estar vivo, por eu ter a oportunidade nesta vida de fazer algo de diferente com ela.

Bom, depois desta pequena reflexão (leia-se confusão de ideias), o que me vem à cabeça é que o único responsável por mudar essa situação em que eu me encontro sou EU MESMO. Muitas graças e bênçãos na minha vida aconteceram com o Reboot, muitos aprendizados foram colhidos para a vida e por isso eu não posso desanimar. Devo me colocar como o capitão do barco da minha vida, ser responsável por minha vida, e não me fazer de vítima das circunstâncias. Escrever e falar é muito fácil, quero ver mesmo agir. Eis a questão.

Por isso, estabeleço duas novas metas para mim, que serão divididas em metas de curto (3 dias), médio (7 dias) e longo prazo (30 dias)

- Escrever 5 linhas neste Fórum todos os dias. A primeira meta é bater 3 dias. Batida, dobrarei a meta (6 dias) até atingir a meta de médio prazo (7 dias). Atingido o médio prazo, dobrarei para 14 dias, e sempre seguirei com a meta de curto prazo (3 dias + 3 dias + 3 dias ... ). Até atingir os 30 dias.

- Ler todos os dias 3 páginas do e-book. A primeira meta é bater 3 dias. Batida, dobrarei a meta (6 dias) até atingir a meta de médio prazo (7 dias). Atingido o médio prazo, dobrarei para 14 dias, e sempre seguirei com a meta de curto prazo (3 dias + 3 dias + 3 dias ... ). Até atingir os 30 dias.

Ps.: minha primeira meta que era passar 30 dias sem P, M e O foi atingida!!

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 4/9/2018, 18:32
Cá estou eu de novo. Eu percebo que o exercício da escrita neste Fórum é muito gratificante, por isso quero retomar o hábito de escrever aqui e poder também contribuir com outros Rebooters.

Eu notei algo de diferente comigo com relação às mulheres após as duas MO que eu tive no sábado e no domingo. Ontem e hoje fui para a academia, e notei em mim uma certa timidez, medo, e pouca confiança em olhar nos olhos das mulheres, algo que não tem nenhuma razão de existir a não ser o fato de eu ter me M, que foi a única coisa de diferente que eu fiz durante esses dias. Notei também o efeito caçador, ou seja, toda mulher que passava dava vontade de olhar mais atentamente, meio que como se fosse um animal. É claro que toda mulher que passa dá vontade de olhar, e às vezes eu olho mesmo, mas algo dentro dos padrões de aceitação. Desta vez eu notei algo mais diferente, meio que tipo analisando a mulher da cabeça aos pés.

Tirando isso, meu dia foi tranquilo. Saí de casa ara resolver umas coisas pela manhã e depois do almoço fui malhar. Apesar do relatado acima, eu estou notando uma vontade de viver muito grande, de verdade. Sempre ao me acordar, eu ouço um aúdio com afirmações positivas, o que configura minha cabeça para um estado mental de vencedor. É bom porque aquelas crenças negativas que temos dentro de nós ficam em silêncio para darmos atenção às crenças positivas. É espetacular o poder que as afirmações têm.

Bom, acho que that's all folks. Só reiterando meu compromisso de escrever todos os dias no meu diário. Mas falando sério, é muito bom escrever aqui. Eu sinto algo libertador, vei, de verdade. Sei que ninguém lê (kkk), mas para mim é muito gratificante.

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



avatar
Mensagens : 650
Data de inscrição : 10/11/2016
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 4/9/2018, 19:46
cara e bom se vc ta dizendo que ta olhando a mulher da abeca aos pes, significa que vc ja ta olhando com os olhos de um ser normal msm , alho natural, ta querendo ver o olhar dela , o sorriso , etc o cabelo



_______________________________________




avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 4/9/2018, 21:24
Romano1500 escreveu:cara e bom se vc ta dizendo que ta olhando a mulher da abeca aos pes, significa que vc ja ta olhando com os olhos de um ser normal msm , alho natural, ta querendo ver o olhar dela , o sorriso , etc o cabelo



Hmm, valeu mano. Realmente, estou olhando da cabeça aos pés mesmo vei, reparando mais nas mulheres, tá ligado.

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 4/9/2018, 21:47
Então, passei aqui novamente porque queria externalizar um pouco. E esse diário é meu, eu escrevo a porra que eu quiser Permitam-me me abrir um pouco.

Hoje à noite desci do apartamento, e fiquei em baixo no meu prédio, lendo. E ao ler, percebi também o poder que a leitura pode trazer pra você. De fato, quando você passa a ler mais livros, sua vida muda completamente, e é isso que eu estou experimentando. Desde janeiro, devo ter lido mais de 8 livros até hoje, o que pra mim é entrar no Guiness Book: eu nunca li tantos livros assim. Tá sendo uma média de 1 por mês. Só pra constar: antes de entrar nesse Fórum, quando lia algum livro, lia 1 por ano kkkkk Pasmem, mas eu não estou brincando.

Bom, mas o que é que isso tem a ver com o Reboot? Tudo. Eu poderia me queixar de algumas coisas na minha vida. Uma delas é relacionamento amoroso. Pasmem também, e tirem onda com a minha cara, porém há 4 anos que eu não pego ninguém, apenas gripes (nesse ano eu não peguei gripe nenhuma õ/). Ninguém, isso mesmo, um verdadeiro celibato. É foda, porque você vê a galera na rua com as suas boysinhas, e se pergunta: "Porra, o que é que eu preciso fazer pra ter uma namorada?". E nada muda. Há 3 anos que eu malho, curto muito musculação, esse mundo fitness, mas desde então nunca cheguei no corpo que eu gostaria. Parece que nada muda. Eu malho, descanso, como, suplemento, pra ter um resultado medíocre. Tá foda.

Bom, mas para o meu diário não parecer o Muro das Lamentações, a verdade é que, não obstante todas essas coisas, eu sinto uma vontade enorme de superar esses obstáculos, quebrar barreiras e conquistar o mundo. Sei que eu tenho muitas coisas na vida para aprender, sobre relacionamentos, finanças, exercícios físico, trabalho, estudos, et cetera. Às vezes bate aquela ansiedade de querer tudo para o aqui e agora, porém você deve acreditar que as coisas vêm no momento oportuno. Sabe de uma coisa: a vida é maravilhosa. Nós estamos aqui para constantemente crescer, aprender e ajudar as pessoas. É isso que nos mantém vivos, alertas, respirando e que faz nossa vida fazer sentido. Ao longo das leituras, pude aprender um pouco sobre a neurociência, numa extensão de tudo o que aprendemos aqui sobre plasticidade cerebral, sistema de recompensas, criação de novos hábitos, e vi que qualquer comportamento que nós temos é fruto de um hábito. Mas que esse hábito pode ser mudado.

"Eu posso não ter chegado aonde eu queria, mas estou mais perto do que ontem".

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 5/9/2018, 20:30
Então, hoje o dia foi em partes bom e em partes ruim. Bom porque pela manhã eu resolvi algumas coisas que eu tinha que resolver, e ruim porque de tarde eu discuti com minha mãe. Ultimamente tá sendo difícil conviver com minha mãe, pois porque qualquer coisa discutimos.É verdade que a minha paciência já não está lá essas coisas, e eu percebo que a dela também já se foi. Eu fico muito triste com minha mãe pois ela foca demais nos meus pontos negativos, e raramente fala das coisas boas que eu tenho. Eu fico muito chateado com isso pois sei que eu tenho muitos defeitos, mas também sei que tenho muitas qualidades. Mas ela só foca nos meus defeitos. É foda, eu não consigo conviver com gente assim. Sem falar nas palavras negativas que ela fala de mim: egoísta, mesquinho, imprestável, assassino, são palavras muito pesadas que não contribuem em nada para eu melhorar, pelo contrário, só me faz ficar com mais raiva ainda. Ela me diz que dizendo essas palavras eu deveria me tocar e mudar, mas não é esse o efeito que elas causam.

Sério, tá muito difícil ficar aqui em casa quando ela está, e a única solução mais viável que eu estou vendo é sair de casa e ir morar só. Boa parte dos meus amigos moram em repúblicas, sozinhos ou com as namoradas, porque saíram de suas cidades natal para estudarem na capital. Meu irmão já não vive mais com meu pai, e eu me sinto muito mais tranquilo estando só do que junto com minha mãe. Ela me diz eu eu tou só, sem amigos, como se quisesse me dizer: "meu filho, tenha mais amigos". Mas não é isso que ela diz. Ao dizer que eu estou sozinho, sem amigos, me vem apenas coisas ruins na minha cabeça, me vem as minhas dificuldades de socializar e mais e mais. Ao invés de ela dizer: "meu filho, você é um menino muito bom, muito amável, saia de casa para conhecer pessoas novas, com certeza as pessoas gostarão de lhe conhecer". Mas não.

É por essas e outras que eu acredito mais e mais naquelas pessoas que dizem que são os mais próximos que acabam com você. O próprio pai ou a própria mãe. Por isso que eu estou querendo morar sozinho, construir minha vida e seguir meu caminho. Amo muito minha mãe e meu pai. Do meu pai, mesmo amando-o, sei que não daria certo morar com ele. A minha mãe eu ainda tempo, mas desde 2016 tem sido muito difícil.

Esse domingo fui ao shopping com minha tinha e tinha uma promoção de 4 livros de Paulo Vieira por 50 reais. Logo me veio à cabeça as lembranças de quando eu lia um livro chamado "Poder e Alta Performance", do mesmo autor, sobre coaching e desenvolvimento pessoal, e o quanto a minha vida mudou só em ler esse livro. Sério, eu passei a enxergar a vida com outros olhos, principalmente com relação à família. Por ser um livro de coaching, mexe com as nossas crenças negativas, e lendo-o vi que tinha muitas. Li ele só uma vez e depois fui ler outros livros sobre profissão e desenvolvimento profissional. Depois passei a ler livros sobre fitness e mais recentemente, desde agosto, estou lendo livros sobre relacionamento com mulheres. Talvez por não ter focado em livros de desenvolvimento pessoal minha vida não tenha dado a sequência que eu gostaria.

Terça que vem viajo para um intercâmbio voluntário de 1 ano. Espero voltar de lá uma nova pessoa, porém não queria sair daqui do jeito que está. Queria pelo menos sair um pouco mais feliz com minha mãe. Próxima segunda é meu aniversário, e às vezes me pergunto o que estou fazendo com minha vida.

Mas continuarei tentando crescer. Essa situação com a minha mãe, eu ainda tenho muita esperança que as coisas mudarão para melhor. Com relação aos relacionamentos amorosos, espero encontrar uma namorada que me ame de verdade, e que não brinque comigo nem que me faça de passa-tempo. Com relação ao físico, quero continuar aprendendo sobre nutrição e exercício físico. Quero aprender sobre finanças, pois sei muito pouco. Quero me desenvolver como profissional e quero seguir um trabalho que não seja um trabalho, mas que seja uma diversão. Quero viver tudo de melhor que a vida pode me oferecer.

Eu achava FODA o mindset que nos é implantado neste Fórum, pois para sair da PMO só depende de nós. O mesmo se aplica à nossa vida. Quero implantar esse mesmo mindset de auto-responsabilidade, que é assumir que eu sou o responsável por minha vida e que eu sou capaz de mudar tudo para melhor.

Sei que escrevi demais. Peço desculpas para alguém que ainda leu, mas precisava desabafar. Não faço terapia e a única forma que tenho para expor meus sentimentos é aqui.

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



Mensagens : 163
Data de inscrição : 14/08/2018
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 5/9/2018, 21:23
Não ligue pra isso amigo. Seu futuro só depende de você. Esquece essas palavras, mesmo que venham da sua mãe, pai, irmão, irmã, namorada, resto da família etc. Se não te acrescenta em nada, esquece. Segue em frente. Medita sobre os seus problemas, atente para a causa do problema e continue em frente, um dia de cada vez até chegar na cova. No mais, te desejo boa sorte nos teus projetos de vida e sem esquecer claro de ficar longe da P. Ela é a causa, a raiz de todos os problemas cerebrais pelo qual as pessoas passam atualmente. É a nova droga da humanidade. Secreta, de fácil acesso, gratuita e ilimitada. Mas não se deixe enganar: tudo o que vem fácil vai fácil e ainda leva o troco e cobra juros...sabe do que eu falo. Te desejo toda felicidade e sorte do universo. Todos aqui te desejam isso, tenho certeza. Espero que você possa encontrar uma mulher bacana que te trate primeiramente como ser humano e depois como companheiro e que tenha respeito pelas tuas escolhas e confie em você. Não acompanho seu diário mas quando li esta última mensagem sua, senti que devia escrever algo aqui.


_______________________________________
--:--:--:--

avatar
Mensagens : 192
Data de inscrição : 26/03/2017
Idade : 21
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 6/9/2018, 09:42
Essa situação com sua mãe é complicada mesmo, mas parabéns por ser forte e não se deixar levar por essas palavras negativas e por você reconhecer o seu próprio valor, acho que a principal coisa é essa, reconhecer o seu próprio valor independente das criticas e até ofensa que recebemos.

Sobre interações sociais recomendo esse livro https://drive.google.com/file/d/0B55FdAoNUABiQUl1WlFCZkU2Q2s/edit Os princípios que regem a interação social. Ele pode fazer você mudar a forma que você enxerga as suas interações e a forma que você aplica ordem na sua vida. Recomendadíssimo


_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t4855-diario-elliot-alderson

avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 7/9/2018, 21:29
Neuroplástico escreveu:Não ligue pra isso amigo. Seu futuro só depende de você. Esquece essas palavras, mesmo que venham da sua mãe, pai, irmão, irmã, namorada, resto da família etc. Se não te acrescenta em nada, esquece. Segue em frente. Medita sobre os seus problemas, atente para a causa do problema e continue em frente, um dia de cada vez até chegar na cova. No mais, te desejo boa sorte nos teus projetos de vida e sem esquecer claro de ficar longe da P. Ela é a causa, a raiz de todos os problemas cerebrais pelo qual as pessoas passam atualmente. É a nova droga da humanidade. Secreta, de fácil acesso, gratuita e ilimitada. Mas não se deixe enganar: tudo o que vem fácil vai fácil e ainda leva o troco e cobra juros...sabe do que eu falo. Te desejo toda felicidade e sorte do universo. Todos aqui te desejam isso, tenho certeza. Espero que você possa encontrar uma mulher bacana que te trate primeiramente como ser humano e depois como companheiro e que tenha respeito pelas tuas escolhas e confie em você. Não acompanho seu diário mas quando li esta última mensagem sua, senti que devia escrever algo aqui.


Iae mano, obrigado pelas sábias palavras. É difícil esquecer, pois parece que aquilo fica cravado em nós, mas seguirei em frente, pois não podemos nos deixar abalar com essas coisas. Sigamos em frente, sempre! Abraço cara

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: Dia a dia - Diário del Capo

em 7/9/2018, 21:32
Mr robot escreveu:Essa situação com sua mãe é complicada mesmo, mas parabéns por ser forte e não se deixar levar por essas palavras negativas e por você reconhecer o seu próprio valor, acho que a principal coisa é essa, reconhecer o seu próprio valor independente das criticas e até ofensa que recebemos.

Sobre interações sociais recomendo esse livro https://drive.google.com/file/d/0B55FdAoNUABiQUl1WlFCZkU2Q2s/edit Os princípios que regem a interação social. Ele pode fazer você mudar a forma que você enxerga as suas interações e a forma que você aplica ordem na sua vida. Recomendadíssimo


Iae Mr robot! Obrigado pela passagem aqui no diário. É difícil não se abalar, se você é todo dia chamado atenção pelas coisas negativas que você faz, ao invés de focar nas positivas. Mas as pessoas têm suas formas de encarar o mundo. Seguirei em frente.

Mano, obrigado pela sugestão do livro. Irei olhá-lo com carinho, e espero poder aprender muitas coisas com ele. Grande abraço, cara!

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum