Compartilhe
Ir em baixo
Mais que vencedor
Mais que vencedor
Mensagens : 392
Data de inscrição : 22/10/2018
Idade : 22

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 21/8/2019, 11:05
As quedas acontecem e é importante saber lidar com elas e isso vc sabe muito bem. Esse é o caminho.

Esse pensamento de que um dia vamos estar curados eu acredito ser real. Nunca cheguei nos 90 dias, mas as duas vezes que eu passei dos dois meses tive essa sensação de estar curado. Só que precisamos pensar da seguinte forma: é uma doença contida. Se vc se expor àquilo que te provocou a doença vc vai ficar doente de novo.

Imagina um diabético. Ele tem problemas com açúcar e se ele comer açúcar a glicose dele sobe. A partir do momento que ele faz um tratamento e se priva de açúcar, ele está "curado". Evidente que ele não vai mais poder consumir açúcar, mas controlando a alimentação ele vai ter uma vida normal. É um doença contida: contanto que ele não se exponha de novo àquilo que foi a causa ele vai continuar curado.

Resumindo: contanto que vc não se exponha de novo à pornografia, vc vai ficar bem. Só que aqui vale uma observação: as vezes a gente nem assiste pornografia propriamente dita, mas ve algo mais leve (softcore, que não é ainda hardcore) e tem um pensamento e sentimento voltados à atitude de ver pornografia. Eu por exemplo já cai pq fiquei no instagram vagando de um perfil pra outro. No fim das contas é a mesma atitude, apesar de não ser pornografia.

Acredito que nosso sucesso está fadado ao nosso comprometimento nas pequenas coisas. Vc já sabe o processo muito melhor do que eu. Siga em frente!

_______________________________________


"Tudo me é permitido, mas nem tudo me convém. Tudo me é permitido, mas eu não me deixarei dominar por coisa alguma." I Coríntios 6, 12
"O Reino dos Céus é arrebatado à força e são os violentos que o conquistam." Mateus 11, 12

Meu diário - http://www.comoparar.com/t8595-diario-em-busca-do-racional-em-mim
ilCapo
ilCapo
Mensagens : 869
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 23
Localização : Pernambuco

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 22/8/2019, 20:49
Mais que vencedor escreveu:As quedas acontecem e é importante saber lidar com elas e isso vc sabe muito bem. Esse é o caminho.

Esse pensamento de que um dia vamos estar curados eu acredito ser real. Nunca cheguei nos 90 dias, mas as duas vezes que eu passei dos dois meses tive essa sensação de estar curado. Só que precisamos pensar da seguinte forma: é uma doença contida. Se vc se expor àquilo que te provocou a doença vc vai ficar doente de novo.

Imagina um diabético. Ele tem problemas com açúcar e se ele comer açúcar a glicose dele sobe. A partir do momento que ele faz um tratamento e se priva de açúcar, ele está "curado". Evidente que ele não vai mais poder consumir açúcar, mas controlando a alimentação ele vai ter uma vida normal. É um doença contida: contanto que ele não se exponha de novo àquilo que foi a causa ele vai continuar curado.

Resumindo: contanto que vc não se exponha de novo à pornografia, vc vai ficar bem. Só que aqui vale uma observação: as vezes a gente nem assiste pornografia propriamente dita, mas ve algo mais leve (softcore, que não é ainda hardcore) e tem um pensamento e sentimento voltados à atitude de ver pornografia. Eu por exemplo já cai pq fiquei no instagram vagando de um perfil pra outro. No fim das contas é a mesma atitude, apesar de não ser pornografia.

Acredito que nosso sucesso está fadado ao nosso comprometimento nas pequenas coisas. Vc já sabe o processo muito melhor do que eu. Siga em frente!

Essa sua analogia com a diabetes é muito boa. Ajuda bastante a entender como funciona o vício. Era essa ideia de estar com uma doença contida (no caso o vício em PMO contido) que eu nunca compreendia bem. Se livrar do vício significa estar curado, e estar curado significaria não ter mais a doença de volta. Enfim, talvez essa minha compreensão esteja equivocada.

Mas obrigado por clarear as ideias aqui, Mais que vencedor. Grande abraço!

_______________________________________
"Whatever the mind can conceive, it can achieve."

"O verdadeiro jogo dos campeões é o jogo do progresso."



ilCapo
ilCapo
Mensagens : 869
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 23
Localização : Pernambuco

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 22/8/2019, 21:08
Comparando com ontem, em termos de produtividade, o dia foi melhor. Me acordei sem vontade alguma de ir para a faculdade, quase dizia para mim mesmo "vou hoje não", mas decidi ir, pois sei que é o melhor que eu faço. Já faltei dois dias, faltar mais um seria uma merda.

Me acordei as 5h20 e cheguei mais cedo na faculdade, dei uma lida num texto e depos fui a aula. Fiz ao curso de inglês e depois voltei para casa. Estudei das 14h30 as 16h e depois fui fazer exercícios. Depois do jantar, fui ler "Segredos da mente milionária". Livro muito bom, estou acompanhando com o audiobook também, no youtube mesmo, e é mais uma ferramenta para eu aprender inglês, pois estou lendo em inglês (o e-book em inglês é mais barato, só 4 reais!, tem audiobook que ajuda também a ler mais rápido, enfim, é melhor).

Amanhã quero me acordar cedo para chegar antes do horário da aula para estudar mais um pouco.

Ainda assim, hoje procrastinei um pouco, e senti que poderia ter aproveitado melhor o meu tempo.



_______________________________________
"Whatever the mind can conceive, it can achieve."

"O verdadeiro jogo dos campeões é o jogo do progresso."



ilCapo
ilCapo
Mensagens : 869
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 23
Localização : Pernambuco

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 23/8/2019, 21:58
Tenho que zerar novamente meu contador. É verdade.

Consegui instalar um bloqueador com minha mãe, tá faltando instalar um outro. Ainda estou receioso em relação a bloquear o Youtube, afinal tem muita coisa boa. No entanto, hoje caí com ele, o que faz necessário ligar, no mínimo, o sinal amarelo. Hoje o dia foi cansativo. Cheguei as 7h30 na faculdade, e estudei até as 11h, só lendo. Não sei se isso fadigou minha cabeça, mas pela tarde estava me sentindo fraco e com dor de cabeça.

Estudei um pouco à tarde, e fiz exercícios físicos. Amanhã pela manhã quero começar o dia participando do Fórum, afinal sei que isso é uma coisa muito importante.

Realmente estou pecando muito com relação às atividades de religação. Ainda estou muito preso em casa, e não tenho feito nada de diferente. Hoje, até pensei em sair de casa, porém escolhi ficar aqui. A única atividade de religação que eu estou tendo são as aulas de teatro, que são sempre aos sábados. Fora isso, mais nenhuma. Na faculdade, tenho uma ou outra interação, mas não chega a ser uma verdadeira interação. É uma troca de um "tudo bom!", "bom dia", "como vai?", e quando muito sobre a aula do dia, sobre alguma atividade pra próxima aula. Amigos de verdade mesmo, na faculdade não tenho nenhum. Como passei um ano fora, minha turma quase não vejo mais, mas também só tinha uma amiga que já terminou o curso. Tem um amigo também, bem mais velho que eu, já trabalha, já tem graduação, mas que não vai sempre e só estou cursando uma matéria com ele, então quase não nos vemos.

Mas enfim. Hoje me sinto cansado para escrever. Quero poder amanhã de manhã escrever mais, pois assim isso libera nossa alma e tira os pesos nas nossas costas.

_______________________________________
"Whatever the mind can conceive, it can achieve."

"O verdadeiro jogo dos campeões é o jogo do progresso."



RosseauStrong
RosseauStrong
Mensagens : 1551
Data de inscrição : 16/08/2017
Localização : Grécia Antiga

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 24/8/2019, 00:05
Nos primeiros dias, pós-recaída você se sentirá cansado depois de fazer várias atividades.

Quando eu estava naquele ciclo de recaídas - colocava várias atividades para acabar com a sensação ruim. Porém, na maioria das vezes, chegava em casa cansado e ia direto para a cama. 

Desejo forças nessa caminhada. Sei que não é legal cair! Então, força meu amigo, estou aqui na torcida, camarada!

Um forte abraço.

_______________________________________
Torne sua mente saudável, santificada, alegre e agradável por Deus
Quando ver uma moça elegante, olhe somente em seus olhos! Não a torne um objeto.

RECORDS 2016/2017 - 91 DIAS  Like a Star @ heaven 
RECORDS 2017/2018 - 161 DIAS  Like a Star @ heaven
RECORDS 2018/2019  - 105 DIAS  Like a Star @ heaven 
ilCapo
ilCapo
Mensagens : 869
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 23
Localização : Pernambuco

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 24/8/2019, 07:27
RosseauStrong escreveu:Nos primeiros dias, pós-recaída você se sentirá cansado depois de fazer várias atividades.

Quando eu estava naquele ciclo de recaídas - colocava várias atividades para acabar com a sensação ruim. Porém, na maioria das vezes, chegava em casa cansado e ia direto para a cama. 

Desejo forças nessa caminhada. Sei que não é legal cair! Então, força meu amigo, estou aqui na torcida, camarada!

Um forte abraço.

Valeu RosseauStrong. É meio chato estar zerando de três em três dias, mas isso só é responsabilidade minha. Quero continuar caminhando!

_______________________________________
"Whatever the mind can conceive, it can achieve."

"O verdadeiro jogo dos campeões é o jogo do progresso."



ilCapo
ilCapo
Mensagens : 869
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 23
Localização : Pernambuco

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 24/8/2019, 07:45
Então, tá sendo um pouco desmotivador para mim ter que zerar meu contador de 3 em 3 dias. Realmente, a sensação de não conseguir ir adiante sem cair com o reboot é muito desmotivador, e consequentemente creio que, com o passar do tempo, seu cérebro vai incorporando a falsa crença de que você não conseguirá se livrar novamente da PMO.

Mas com tudo isso, é de se analisar o que é que eu estou fazendo que não estou conseguindo obter os resultados que eu tanto desejo. O primeiro e maior erro é que eu tinha a senha dos meus bloqueadores decorado. Ainda que eu tivesse feito uma senha difícil de se memorizar, eu já memorizei. Esse é o erro mais absurdo que eu vinha cometendo, e não quero justificar esse erro dizendo que foi por isso ou por aquilo. Já vou falar com a minha mãe para que ela faça uma senha que eu não saiba de forma alguma.

O segundo erro é ter o Youtube com livre acesso. Não obstante o Youtube ser uma ótima plataforma de conhecimento e geração de bons conteúdos, lá também tem muito conteúdo erótico, e mesmo se a função do 'Safe Search' estiver habilitada é muito fácil de desabilitá-la, basta selecionar o botão. Não existe (até onde eu sei), um mecanismo para bloquear com senha o Safe Search. Eu ainda estou relutando em bloquear o Youtube, mesmo sabendo do potencial que ele tem. Eu estava usando muito para consumir conteúdos motivacionais pela manhã, depois via alguns conteúdo sobre minha área de atuação, sobre como ter mais foco, estou ouvindo um audiobook em inglês, e o Youtube pode agregar muito na nossa. Sem falar que ano passado eu estudei francês sozinho pelo Youtube, de graça, 0800, e hoje já consigo me desenrolar bem graças ao Youtube.

O terceiro erro é não ter instalado um browser mais seguro que o Chrome no meu celular. Ainda que eu já tenha feito uns testes com o Qustodio e o BlockSite, que juntos funcionam muito bem, o Google imagens do Chrome ainda tem algumas brechas que não são fechadas por ambos bloqueadores. Dessa forma, numa situação de emergência, fica difícil se esquivar de uma PMO, se você sabe que ainda tem uma possibilidade para consumir P ou derivados.

Reconhecer os erros é um começo pra mudar. Mas sem agir, nada muda. Comecei o dia no Fórum escrevendo, para poder me concentrar com o experimento. Vou querer já terminar de colocar a senha num outro bloqueador, e estar mais seguro.

Sabe quando você ainda se sente vulnerável pela P nos seus dispositivos móveis? Quando você sabe que dá pra consumir P mas que você deixa, ou se engana pensando que não é nada demais e que você consegue se controlar? É assim que eu me sinto. Então quero já agir para ter resultados diferentes.

_______________________________________
"Whatever the mind can conceive, it can achieve."

"O verdadeiro jogo dos campeões é o jogo do progresso."



ilCapo
ilCapo
Mensagens : 869
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 23
Localização : Pernambuco

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 24/8/2019, 07:48
Estou lendo "Os Segredos da Mente Milionária". Livro excepcional. E 1 dos pressupostos é que você é responsável pelos resultados que tem colhido. Não é culpa do além, do governo, de Deus, dos seus pais, de um trauma de infância, et cetera. A responsabilidade é sua, e você é o responsável por construir uma vida diferente se você assim o fizer.

Acho que com isso podemos seguir bem nossos próximos dias, procurando sempre fazer diferente.

Já estou consumindo também o material do programa Revert, e quero poder consumir mais, para ter consciência do mal que eu tenho causado para mim mesmo.

_______________________________________
"Whatever the mind can conceive, it can achieve."

"O verdadeiro jogo dos campeões é o jogo do progresso."



Kusmin
Kusmin
Mensagens : 562
Data de inscrição : 23/07/2019
Idade : 28

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 24/8/2019, 07:52
ilCapo escreveu:Então, tá sendo um pouco desmotivador para mim ter que zerar meu contador de 3 em 3 dias. Realmente, a sensação de não conseguir ir adiante sem cair com o reboot é muito desmotivador, e consequentemente creio que, com o passar do tempo, seu cérebro vai incorporando a falsa crença de que você não conseguirá se livrar novamente da PMO.

Mas com tudo isso, é de se analisar o que é que eu estou fazendo que não estou conseguindo obter os resultados que eu tanto desejo. O primeiro e maior erro é que eu tinha a senha dos meus bloqueadores decorado. Ainda que eu tivesse feito uma senha difícil de se memorizar, eu já memorizei. Esse é o erro mais absurdo que eu vinha cometendo, e não quero justificar esse erro dizendo que foi por isso ou por aquilo. Já vou falar com a minha mãe para que ela faça uma senha que eu não saiba de forma alguma.

O segundo erro é ter o Youtube com livre acesso. Não obstante o Youtube ser uma ótima plataforma de conhecimento e geração de bons conteúdos, lá também tem muito conteúdo erótico, e mesmo se a função do 'Safe Search' estiver habilitada é muito fácil de desabilitá-la, basta selecionar o botão. Não existe (até onde eu sei), um mecanismo para bloquear com senha o Safe Search. Eu ainda estou relutando em bloquear o Youtube, mesmo sabendo do potencial que ele tem. Eu estava usando muito para consumir conteúdos motivacionais pela manhã, depois via alguns conteúdo sobre minha área de atuação, sobre como ter mais foco, estou ouvindo um audiobook em inglês, e o Youtube pode agregar muito na nossa. Sem falar que ano passado eu estudei francês sozinho pelo Youtube, de graça, 0800, e hoje já consigo me desenrolar bem graças ao Youtube.

O terceiro erro é não ter instalado um browser mais seguro que o Chrome no meu celular. Ainda que eu já tenha feito uns testes com o Qustodio e o BlockSite, que juntos funcionam muito bem, o Google imagens do Chrome ainda tem algumas brechas que não são fechadas por ambos bloqueadores. Dessa forma, numa situação de emergência, fica difícil se esquivar de uma PMO, se você sabe que ainda tem uma possibilidade para consumir P ou derivados.

Reconhecer os erros é um começo pra mudar. Mas sem agir, nada muda. Comecei o dia no Fórum escrevendo, para poder me concentrar com o experimento. Vou querer já terminar de colocar a senha num outro bloqueador, e estar mais seguro.

Sabe quando você ainda se sente vulnerável pela P nos seus dispositivos móveis? Quando você sabe que dá pra consumir P mas que você deixa, ou se engana pensando que não é nada demais e que você consegue se controlar? É assim que eu me sinto. Então quero já agir para ter resultados diferentes.  

Salve icapo! Em relação ao you tube e as redes sociais como um todo é que fique longe por uns dias. Deixar de pensar nesse espaço como fornecedor de PMO, e assim como fonte de trabalho e estudo, recondicionar sua forma de enxergar tais veiculos de informaçao

_______________________________________
Meu diario

Esmagador
Esmagador
Mensagens : 107
Data de inscrição : 26/04/2017
Idade : 20

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 25/8/2019, 15:12
Fala ilCapo, tudo bem?

Cara, segue fazendo os ajustes necessários que você vai virar esse jogo contra a PMO, certeza. Quanto ao youtube, se ele está sendo uma brecha para você, bloqueie ele. Será uma escolha entre os conteúdos do youtube e sua vida sem PMO. Infelizmente, eu também não conheço uma solução para essa brecha, a não ser bloquear o acesso ao site. Imagine que você está tendo sua última oportunidade de se livrar do vício em PMO, esse será seu último reboot, caso você falhe, estará condenado pelo resto da vida a PMO, e aí? O que você faria, que não está fazendo nesse reboot? Bloquearia o youtube? Se livraria do celular, do computador? Se exercitaria diariamente ou até mesmo mais de uma vez por dia? O que você faria?

Como disse o Broda certa vez, imagine que o reboot é um jogo. Para vencê-lo, traga suas melhores estratégias para a mesa e jogue um nível acima.

Bom reboot, chefe!

_______________________________________
"Cidade aberta e sem muralhas é o homem que não sabe se controlar." (Provérbios 25:28)

ilCapo
ilCapo
Mensagens : 869
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 23
Localização : Pernambuco

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 27/8/2019, 20:50
Agradeço aqui a cada um, Kusmin e Esmagador, pelos comentários. Me fazem pensar e refletir um pouco mais sobre o experimento, e ponderar onde é que eu poderia fazer melhor. Grande abraço!

_______________________________________
"Whatever the mind can conceive, it can achieve."

"O verdadeiro jogo dos campeões é o jogo do progresso."



ilCapo
ilCapo
Mensagens : 869
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 23
Localização : Pernambuco

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 27/8/2019, 21:02
Então, passando aqui para contar como foi o dia.

Estudei bem hoje. Tive aula das 8h às 9h10, e depois fiquei na universidade estudando até as 12h30, que foi a hora que eu terminei um trabalho que eu estava fazendo. Em seguida voltei para casa e estudei um pouco mais.

Honestamente eu fiquei com vontade de ter dado um pouco mais de mim, mas ao mesmo tempo me veio que era mais legal que eu parasse e descansasse, do que me cansasse muito hoje e amanhã não conseguir estudar por estar com fadiga mental, o que me atingiu durante uns 4 dias. Ao mesmo tempo, também pensei se eu estava dando o meu máximo, se estava fazendo o que os outros não fazem. Aí me bate uma dúvida. Até onde fazer aquele a mais nos ajuda ou nos prejudica?

Estou com os bloqueadores instalados no meu celular, configurados pela minha mãe. Assim sinto-me mais seguro. Mas ao mesmo tempo estou com livre acesso ao Youtube, e o meu subconsciente me diz - nesse exato momento em que eu vos escrevo - que isso é uma brecha fácil para uma futura queda, lá para os 30 ou 40 dias, quando o Reboot já estiver engatado. Também como o Esmagador e o Kusmin sugeriram, é melhor se livrar agora do que depois perceber que devia ter feito isso antes.

Estou tentando estabelecer, sobretudo, uma rotina equilibrada. Já estou integrando uma rotina de exercícios, voltando a me alimentar melhor, lendo outros livros que não apenas as leituras da faculdade, et cetera. Estou dormindo cedo, pra me acordar as 5h20, para sair cedo de casa e chegar 30 minutos antes da aula começar, para dar uma lida em algum material ou preparar algo para a aula do dia.

Infelizmente não entrarei no programa revert hoje em virtude do tempo. Espero que só de participar do Fórum já me ajude a seguir com o experimento. Também me organizarei melhor para entrar mais cedo e poder participar do fórum e consumir o programa revert.

_______________________________________
"Whatever the mind can conceive, it can achieve."

"O verdadeiro jogo dos campeões é o jogo do progresso."



ilCapo
ilCapo
Mensagens : 869
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 23
Localização : Pernambuco

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 29/8/2019, 21:49
Então, excetuando-se a fadiga mental que estou sentindo nesse exato momento, sinto-me bem comigo mesmo. Com relação ao reboot, não venho tendo nesses dias muitas dificuldades nem fui exposto à gatilhos na internet, sendo assim sinto que estou bem com relação ao experimento.

Mantive-me ocupado durante o dia inteiro nesses dias, de modo que a minha cabeça estava sempre pensando em alguma coisa que não fosse PMO. O problema, porém, é quando eu atinjo muita fadiga mental, que é o caso que eu estou enfrentando agora.

Estou conseguindo dar conta dos meus estudos. Consegui já apresentar um trabalho, amanhã apresentarei um outro, e cada dia mais vou ficando mais livre para poder me concentrar em escrever meu TCC. Ainda tem alguns trabalhos, mas à medida que o tempo vai passando e os trabalhos também, eu vou tendo mais tempo livre. Não sei se venho estudando com um método bom, pois sinto que perco muito tempo para fazer um seminário, perco muito tempo para ler e fazer resumos dos textos e com isso eu vou atrasando material e atrasando leituras. Da mesma forma, a carga de leituras na faculdade é muito grande, de modo que é praticamente impossível acompanhar todas as cadeiras de maneira igual, fazendo resumos e fichamentos para todos os artigos que os professores passam para as próximas aulas.

Ainda assim, estou muito feliz com esse período na faculdade. Estou quase concluindo, pois estou no período do TCC, e só terei que fazer mais um período porque eu atrasei algumas cadeiras. De oito período ao todos, eu concluirei o curso em 9, se assim Deus me permitir e eu estudar o suficiente para passar nos exames. Ademais, nesse final do curso eu estou cursando cadeiras do meu interesse, que eu gosto, o que me deixa mais motivado em ir para a faculdade em dias que bate aquela preguiça, aquela vontade de deixar tudo pro alto e descansar.

De fato, eu saí de uma rotina de não estar estudando naaada para voltar para a faculdade estudando todos os dias. De certa forma sinto uma quebra, mas creio que já deu tempo suficiente para fazer aquele processo de adaptação. Se não deu, tem que dar, porque ou é ou é. Sinto-me cansado mentalmente, sem vontade de estudar, e sinto também que estou perdendo tempo com muitos vídeos aleatórios sobre comédia no youtube como se eu tivesse procurando por dopamina artificial (sem ser P). Sei que se distrair às vezes é ótimo, é essencial, mas já vejo que estou me distraindo demais, vendo muito vídeo sobre humor e por trás disso talvez tenha a mesma busca por dopamina que a PMO me oferece, mas que eu agora cortei.

Sinto ainda uma sensação que os estudos estão andando conforme o desejado, ainda que eu gostaria de estar fazendo mais, de estar com mais textos adiantados e respirando mais tranquilamente com relação ao TCC. Realmente eu não quero desperdiçar meu tempo e quero poder deixar tudo certinho, tudo conforme os prazos que os professores pedirem, e até mesmo fazer as coisas com bastante antecedência, para não ter estresses para além daqueles que já temos todos os dias. Tenho olhado esse meu final de faculdade como uma importante etapa, e simplesmente quero dar o meu melhor naquilo que eu estiver fazendo, dar meu melhor com as condições que eu tenho hoje. Também porque quero ter uma boa profissão no meu futuro, quero poder ganhar dinheiro, e para tanto eu preciso ser bom na área que eu escolher, independentemente se eu venha a ser um empregado ou um empregador. Se eu for um empresário aí é que o jogo fica mais pegado mesmo, pois vai ser eu contra mim mesmo, não vai ter ninguém me cobrando metas, prazos, objetivos, e se eu não traçar essas metas, prazos e objetivos comigo e com meus dependentes, nada anda.

Enfim, eu vejo uma mudança muito grande no meu início da faculdade e no meu final da faculdade. No meu início eu não tava nem aí para as aulas, faltava por muita besteira e me achava porque tinha passado no vestibular numa federal sem precisar ter feito cursinho nem nada. Terceiro ano do ensino médio eu nem estudei tão bem quanto eu gostaria, porque tinha estudado muito, mas muito mesmo no primeiro e segundo ano da faculdade. Escolhi um curso que eu queria e hoje estou concluindo. A verdade que ninguém lhe conta, porém, é que se você não procurar e não correr atrás dos seus objetivos, você não terá nada, e quando concluir a sua faculdade e você for pegar seu diploma você será o mais novo desempregado da família, porque a universidade não lhe ensina a ganhar dinheiro, lhe ensina a teoria apenas. Vai lhe dizer "tchau, até mais ver, se quiser voltar, temos mestrado e doutorado" e só. Mas eu não quero ter estudado a minha vida toda para ganhar pouco, eu quero ter estudado para ser rico, para trabalhar num bom local, para ser reconhecido pelo o meu trabalho e fazer a diferença na sociedade.

Sei que muitas vezes em universidade federais os professores não estão nem aí para os alunos, não estão nem aí para dar aulas, e muitas vezes humilham alguns alunos simplesmente por não saberem as respostas, o que é um comportamento simplesmente ridículo. Mas até nesse semestre os professores que estão dando aula para mim são super solícitos, super abertos, estão abertos aos questionamentos dos alunos e não humilham alunos só por humilhar. Pelo menos é um pouco do que eu sinto ao estar presente nas aulas dos professores, o que me dar mais gosto ainda de estar estudando, de estar dando o meu melhor, de estar me dedicando com afinco na realização daquilo que eu quero.

_______________________________________
"Whatever the mind can conceive, it can achieve."

"O verdadeiro jogo dos campeões é o jogo do progresso."



Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 1501
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 27

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 30/8/2019, 19:38
ilCapo escreveu:Então, excetuando-se a fadiga mental que estou sentindo nesse exato momento, sinto-me bem comigo mesmo. Com relação ao reboot, não venho tendo nesses dias muitas dificuldades nem fui exposto à gatilhos na internet, sendo assim sinto que estou bem com relação ao experimento.

Mantive-me ocupado durante o dia inteiro nesses dias, de modo que a minha cabeça estava sempre pensando em alguma coisa que não fosse PMO. O problema, porém, é quando eu atinjo muita fadiga mental, que é o caso que eu estou enfrentando agora.

Estou conseguindo dar conta dos meus estudos. Consegui já apresentar um trabalho, amanhã apresentarei um outro, e cada dia mais vou ficando mais livre para poder me concentrar em escrever meu TCC. Ainda tem alguns trabalhos, mas à medida que o tempo vai passando e os trabalhos também, eu vou tendo mais tempo livre. Não sei se venho estudando com um método bom, pois sinto que perco muito tempo para fazer um seminário, perco muito tempo para ler e fazer resumos dos textos e com isso eu vou atrasando material e atrasando leituras. Da mesma forma, a carga de leituras na faculdade é muito grande, de modo que é praticamente impossível acompanhar todas as cadeiras de maneira igual, fazendo resumos e fichamentos para todos os artigos que os professores passam para as próximas aulas.

Ainda assim, estou muito feliz com esse período na faculdade. Estou quase concluindo, pois estou no período do TCC, e só terei que fazer mais um período porque eu atrasei algumas cadeiras. De oito período ao todos, eu concluirei o curso em 9, se assim Deus me permitir e eu estudar o suficiente para passar nos exames. Ademais, nesse final do curso eu estou cursando cadeiras do meu interesse, que eu gosto, o que me deixa mais motivado em ir para a faculdade em dias que bate aquela preguiça, aquela vontade de deixar tudo pro alto e descansar.

De fato, eu saí de uma rotina de não estar estudando naaada para voltar para a faculdade estudando todos os dias. De certa forma sinto uma quebra, mas creio que já deu tempo suficiente para fazer aquele processo de adaptação. Se não deu, tem que dar, porque ou é ou é. Sinto-me cansado mentalmente, sem vontade de estudar, e sinto também que estou perdendo tempo com muitos vídeos aleatórios sobre comédia no youtube como se eu tivesse procurando por dopamina artificial (sem ser P). Sei que se distrair às vezes é ótimo, é essencial, mas já vejo que estou me distraindo demais, vendo muito vídeo sobre humor e por trás disso talvez tenha a mesma busca por dopamina que a PMO me oferece, mas que eu agora cortei.

Sinto ainda uma sensação que os estudos estão andando conforme o desejado, ainda que eu gostaria de estar fazendo mais, de estar com mais textos adiantados e respirando mais tranquilamente com relação ao TCC. Realmente eu não quero desperdiçar meu tempo e quero poder deixar tudo certinho, tudo conforme os prazos que os professores pedirem, e até mesmo fazer as coisas com bastante antecedência, para não ter estresses para além daqueles que já temos todos os dias. Tenho olhado esse meu final de faculdade como uma importante etapa, e simplesmente quero dar o meu melhor naquilo que eu estiver fazendo, dar meu melhor com as condições que eu tenho hoje. Também porque quero ter uma boa profissão no meu futuro, quero poder ganhar dinheiro, e para tanto eu preciso ser bom na área que eu escolher, independentemente se eu venha a ser um empregado ou um empregador. Se eu for um empresário aí é que o jogo fica mais pegado mesmo, pois vai ser eu contra mim mesmo, não vai ter ninguém me cobrando metas, prazos, objetivos, e se eu não traçar essas metas, prazos e objetivos comigo e com meus dependentes, nada anda.

Enfim, eu vejo uma mudança muito grande no meu início da faculdade e no meu final da faculdade. No meu início eu não tava nem aí para as aulas, faltava por muita besteira e me achava porque tinha passado no vestibular numa federal sem precisar ter feito cursinho nem nada. Terceiro ano do ensino médio eu nem estudei tão bem quanto eu gostaria, porque tinha estudado muito, mas muito mesmo no primeiro e segundo ano da faculdade. Escolhi um curso que eu queria e hoje estou concluindo. A verdade que ninguém lhe conta, porém, é que se você não procurar e não correr atrás dos seus objetivos, você não terá nada, e quando concluir a sua faculdade e você for pegar seu diploma você será o mais novo desempregado da família, porque a universidade não lhe ensina a ganhar dinheiro, lhe ensina a teoria apenas. Vai lhe dizer "tchau, até mais ver, se quiser voltar, temos mestrado e doutorado" e só. Mas eu não quero ter estudado a minha vida toda para ganhar pouco, eu quero ter estudado para ser rico, para trabalhar num bom local, para ser reconhecido pelo o meu trabalho e fazer a diferença na sociedade.

Sei que muitas vezes em universidade federais os professores não estão nem aí para os alunos, não estão nem aí para dar aulas, e muitas vezes humilham alguns alunos simplesmente por não saberem as respostas, o que é um comportamento simplesmente ridículo. Mas até nesse semestre os professores que estão dando aula para mim são super solícitos, super abertos, estão abertos aos questionamentos dos alunos e não humilham alunos só por humilhar. Pelo menos é um pouco do que eu sinto ao estar presente nas aulas dos professores, o que me dar mais gosto ainda de estar estudando, de estar dando o meu melhor, de estar me dedicando com afinco na realização daquilo que eu quero.

Pois é, ilCapo. Ou é ou é. Meus parabéns pela disciplina, pela entrega nas tarefas profissionais da vida.

Também já fui universitário e imagino mais ou menos aquilo pelo que você está passando. Período bastante complicado em minha vida (muito por conta do vício...), entretanto no qual aprendi muita coisa, dentro e principalmente fora do cenário acadêmico, sobretudo a sagrada noção de que "agora é com você". Também para mim foi um choque tremendo. Costumamos sair do Ensino Médio com aquele pensamento de que o pior já passou, de que o vestibular foi o último esforço de nossas vidas e daí para frente espera por nós um ambiente tranquilo que, em questão de pouco tempo, nos encaminhará a uma vida estável e completa apenas por termos vencido aquele ritual de passagem contemporâneo naquela tarde chuvosa de novembro... Nada disso, aquelas cinco horas foram só início do início do início. Fico com pena desses adolescentes que encontramos perguntando a quem já está no Ensino Superior: "Faculdade? E as festas? Nem precisar estudar tanto, não é? É tudo fácil, só farra, festa todo dia!..." Ah, pobres moços...

Tive que aprender tudo na marra e no sangue. Quebrei muito a cara, muito mesmo. Lembro-me de que, ainda no colégio, alguns garotos, inclusive mais jovens do que eu, já comentavam com certa propriedade sobre a "tão sonhada vida universitária", dizendo coisas como "No começo é para sofrer, vai ralar muito para acompanhar, tem que aprender a se virar". Adivinhe por que eu não tinha tal noção, adivinhe?

Nem é preciso dizer que por causa do vício.

Desejo a você toda a força para correr atrás daquilo que realmente deseja e seja feliz em seus intentos. Grande abraço e avante.

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t2940-24-de-volta-a-guerra-ferido-humilhado-ate-injusticado-mas-nunca-vencido



Win or die trying.
ilCapo
ilCapo
Mensagens : 869
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 23
Localização : Pernambuco

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 2/9/2019, 20:57
Justiceiro do Sertão escreveu:
ilCapo escreveu:Então, excetuando-se a fadiga mental que estou sentindo nesse exato momento, sinto-me bem comigo mesmo. Com relação ao reboot, não venho tendo nesses dias muitas dificuldades nem fui exposto à gatilhos na internet, sendo assim sinto que estou bem com relação ao experimento.

Mantive-me ocupado durante o dia inteiro nesses dias, de modo que a minha cabeça estava sempre pensando em alguma coisa que não fosse PMO. O problema, porém, é quando eu atinjo muita fadiga mental, que é o caso que eu estou enfrentando agora.

Estou conseguindo dar conta dos meus estudos. Consegui já apresentar um trabalho, amanhã apresentarei um outro, e cada dia mais vou ficando mais livre para poder me concentrar em escrever meu TCC. Ainda tem alguns trabalhos, mas à medida que o tempo vai passando e os trabalhos também, eu vou tendo mais tempo livre. Não sei se venho estudando com um método bom, pois sinto que perco muito tempo para fazer um seminário, perco muito tempo para ler e fazer resumos dos textos e com isso eu vou atrasando material e atrasando leituras. Da mesma forma, a carga de leituras na faculdade é muito grande, de modo que é praticamente impossível acompanhar todas as cadeiras de maneira igual, fazendo resumos e fichamentos para todos os artigos que os professores passam para as próximas aulas.

Ainda assim, estou muito feliz com esse período na faculdade. Estou quase concluindo, pois estou no período do TCC, e só terei que fazer mais um período porque eu atrasei algumas cadeiras. De oito período ao todos, eu concluirei o curso em 9, se assim Deus me permitir e eu estudar o suficiente para passar nos exames. Ademais, nesse final do curso eu estou cursando cadeiras do meu interesse, que eu gosto, o que me deixa mais motivado em ir para a faculdade em dias que bate aquela preguiça, aquela vontade de deixar tudo pro alto e descansar.

De fato, eu saí de uma rotina de não estar estudando naaada para voltar para a faculdade estudando todos os dias. De certa forma sinto uma quebra, mas creio que já deu tempo suficiente para fazer aquele processo de adaptação. Se não deu, tem que dar, porque ou é ou é. Sinto-me cansado mentalmente, sem vontade de estudar, e sinto também que estou perdendo tempo com muitos vídeos aleatórios sobre comédia no youtube como se eu tivesse procurando por dopamina artificial (sem ser P). Sei que se distrair às vezes é ótimo, é essencial, mas já vejo que estou me distraindo demais, vendo muito vídeo sobre humor e por trás disso talvez tenha a mesma busca por dopamina que a PMO me oferece, mas que eu agora cortei.

Sinto ainda uma sensação que os estudos estão andando conforme o desejado, ainda que eu gostaria de estar fazendo mais, de estar com mais textos adiantados e respirando mais tranquilamente com relação ao TCC. Realmente eu não quero desperdiçar meu tempo e quero poder deixar tudo certinho, tudo conforme os prazos que os professores pedirem, e até mesmo fazer as coisas com bastante antecedência, para não ter estresses para além daqueles que já temos todos os dias. Tenho olhado esse meu final de faculdade como uma importante etapa, e simplesmente quero dar o meu melhor naquilo que eu estiver fazendo, dar meu melhor com as condições que eu tenho hoje. Também porque quero ter uma boa profissão no meu futuro, quero poder ganhar dinheiro, e para tanto eu preciso ser bom na área que eu escolher, independentemente se eu venha a ser um empregado ou um empregador. Se eu for um empresário aí é que o jogo fica mais pegado mesmo, pois vai ser eu contra mim mesmo, não vai ter ninguém me cobrando metas, prazos, objetivos, e se eu não traçar essas metas, prazos e objetivos comigo e com meus dependentes, nada anda.

Enfim, eu vejo uma mudança muito grande no meu início da faculdade e no meu final da faculdade. No meu início eu não tava nem aí para as aulas, faltava por muita besteira e me achava porque tinha passado no vestibular numa federal sem precisar ter feito cursinho nem nada. Terceiro ano do ensino médio eu nem estudei tão bem quanto eu gostaria, porque tinha estudado muito, mas muito mesmo no primeiro e segundo ano da faculdade. Escolhi um curso que eu queria e hoje estou concluindo. A verdade que ninguém lhe conta, porém, é que se você não procurar e não correr atrás dos seus objetivos, você não terá nada, e quando concluir a sua faculdade e você for pegar seu diploma você será o mais novo desempregado da família, porque a universidade não lhe ensina a ganhar dinheiro, lhe ensina a teoria apenas. Vai lhe dizer "tchau, até mais ver, se quiser voltar, temos mestrado e doutorado" e só. Mas eu não quero ter estudado a minha vida toda para ganhar pouco, eu quero ter estudado para ser rico, para trabalhar num bom local, para ser reconhecido pelo o meu trabalho e fazer a diferença na sociedade.

Sei que muitas vezes em universidade federais os professores não estão nem aí para os alunos, não estão nem aí para dar aulas, e muitas vezes humilham alguns alunos simplesmente por não saberem as respostas, o que é um comportamento simplesmente ridículo. Mas até nesse semestre os professores que estão dando aula para mim são super solícitos, super abertos, estão abertos aos questionamentos dos alunos e não humilham alunos só por humilhar. Pelo menos é um pouco do que eu sinto ao estar presente nas aulas dos professores, o que me dar mais gosto ainda de estar estudando, de estar dando o meu melhor, de estar me dedicando com afinco na realização daquilo que eu quero.

Pois é, ilCapo. Ou é ou é. Meus parabéns pela disciplina, pela entrega nas tarefas profissionais da vida.

Também já fui universitário e imagino mais ou menos aquilo pelo que você está passando. Período bastante complicado em minha vida (muito por conta do vício...), entretanto no qual aprendi muita coisa, dentro e principalmente fora do cenário acadêmico, sobretudo a sagrada noção de que "agora é com você". Também para mim foi um choque tremendo. Costumamos sair do Ensino Médio com aquele pensamento de que o pior já passou, de que o vestibular foi o último esforço de nossas vidas e daí para frente espera por nós um ambiente tranquilo que, em questão de pouco tempo, nos encaminhará a uma vida estável e completa apenas por termos vencido aquele ritual de passagem contemporâneo naquela tarde chuvosa de novembro... Nada disso, aquelas cinco horas foram só início do início do início. Fico com pena desses adolescentes que encontramos perguntando a quem já está no Ensino Superior: "Faculdade? E as festas? Nem precisar estudar tanto, não é? É tudo fácil, só farra, festa todo dia!..." Ah, pobres moços...

Tive que aprender tudo na marra e no sangue. Quebrei muito a cara, muito mesmo. Lembro-me de que, ainda no colégio, alguns garotos, inclusive mais jovens do que eu, já comentavam com certa propriedade sobre a "tão sonhada vida universitária", dizendo coisas como "No começo é para sofrer, vai ralar muito para acompanhar, tem que aprender a se virar". Adivinhe por que eu não tinha tal noção, adivinhe?

Nem é preciso dizer que por causa do vício.

Desejo a você toda a força para correr atrás daquilo que realmente deseja e seja feliz em seus intentos. Grande abraço e avante.

Fala Justiceiro! Obrigado pela força. Qualquer coisa se quiser, a gente conversa sobre a faculdade, manda uma mensagem no privado.

Pensava do mesmo jeito vei kkk Passar no vestibular e cidade universidade seria limpeza, ninguém ia pra aula, ia quando quisesse... Kk Só me lasquei até perceber as mentiras que os filmes e alguns nos contam antes de entrar na faculdade. Quando eu fui me dar conta, percebi que tava na me*da kk No bom sentido, até porque aprendi com isso, e espero poder estar fazendo diferente.

Torço por você também. Abraço!

_______________________________________
"Whatever the mind can conceive, it can achieve."

"O verdadeiro jogo dos campeões é o jogo do progresso."



ilCapo
ilCapo
Mensagens : 869
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 23
Localização : Pernambuco

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 2/9/2019, 21:09
Então, passando aqui para atualizar o diário e pra dizer que já tou errando por não ter entrado ontem no diário. Consequência? Hoje fiquei procurando por gatilhos na net, mas não consumi P propriamente dita. Alerta amarelo (quase vermelho) ligado, uma vez que se eu não voltar a publicar aqui, se eu não voltar a consumir o programa revert, a queda será fácil.

Ontem eu procurei estudar pela manhã e pela tarde. Estudei, adiantei alguns materiais, e hoje fui para a aula. A sensação é de que tem cada vez mais coisas para fazer, e eu procuro uma maneira de adiantar os conteúdos, mas parece que não as encontro. Cheguei hoje a estar com a vista cansada, que não sei se é pelo tempo que eu fiquei lendo pelo laptop, ou porque eu estou usando muito o celular. Ontem tinha uma reunião que eu não fui, pois seria o dia todo, e eu tinha coisas para adiantar.

Ainda assim, acho que estou dando meus 100% fazendo o que eu posso com as condições que eu tenho. No final da noite ainda li um pouco de "segredos da mente milionária" e isso tem me ajudado muito a abrir minha mente. Todos recomendam, é uma leitura inicial, fácil e eu também recomendo a todos.

Estou sentindo uma fadiga mental de média pra forte, mas parece que eu não tenho tempo suficiente para parar, pois tenho textos para ler e um trabalho na sexta para apresentar. Fora o TCC que eu preciso pegar e escrever.

Enfim, eu vou focar nas oportunidades que Deus tem me dado. Amanhã por exemplo, tenho uma oportunidade muito boa para dar sequência nos meus estudos e adia tar um ou outro texto, pois só tenho aula das 8h às 9h10, tendo aí uma parte da manhã e uma tarde para botar pra quebrar, assim espero.

O equilíbrio, no entanto, é sempre fundamental. Farei minhas orações antes de dormir, meditar um pouco, e dormir para amanhã acordar as 5h30, no máximo !

Flws!

_______________________________________
"Whatever the mind can conceive, it can achieve."

"O verdadeiro jogo dos campeões é o jogo do progresso."



Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 1501
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 27

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 3/9/2019, 18:58
ilCapo escreveu:Então, passando aqui para atualizar o diário e pra dizer que já tou errando por não ter entrado ontem no diário. Consequência? Hoje fiquei procurando por gatilhos na net, mas não consumi P propriamente dita. Alerta amarelo (quase vermelho) ligado, uma vez que se eu não voltar a publicar aqui, se eu não voltar a consumir o programa revert, a queda será fácil.

Ontem eu procurei estudar pela manhã e pela tarde. Estudei, adiantei alguns materiais, e hoje fui para a aula. A sensação é de que tem cada vez mais coisas para fazer, e eu procuro uma maneira de adiantar os conteúdos, mas parece que não as encontro. Cheguei hoje a estar com a vista cansada, que não sei se é pelo tempo que eu fiquei lendo pelo laptop, ou porque eu estou usando muito o celular. Ontem tinha uma reunião que eu não fui, pois seria o dia todo, e eu tinha coisas para adiantar.

Ainda assim, acho que estou dando meus 100% fazendo o que eu posso com as condições que eu tenho. No final da noite ainda li um pouco de "segredos da mente milionária" e isso tem me ajudado muito a abrir minha mente. Todos recomendam, é uma leitura inicial, fácil e eu também recomendo a todos.

Estou sentindo uma fadiga mental de média pra forte, mas parece que eu não tenho tempo suficiente para parar, pois tenho textos para ler e um trabalho na sexta para apresentar. Fora o TCC que eu preciso pegar e escrever.

Enfim, eu vou focar nas oportunidades que Deus tem me dado. Amanhã por exemplo, tenho uma oportunidade muito boa para dar sequência nos meus estudos e adia tar um ou outro texto, pois só tenho aula das 8h às 9h10, tendo aí uma parte da manhã e uma tarde para botar pra quebrar, assim espero.

O equilíbrio, no entanto, é sempre fundamental. Farei minhas orações antes de dormir, meditar um pouco, e dormir para amanhã acordar as 5h30, no máximo !

Flws!

É ficar longe da pornografia, guerreiro! Sem medo de nada. Vai que vai, esperamos sua vitória.

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t2940-24-de-volta-a-guerra-ferido-humilhado-ate-injusticado-mas-nunca-vencido



Win or die trying.
ilCapo
ilCapo
Mensagens : 869
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 23
Localização : Pernambuco

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 5/9/2019, 08:46
Esse final de semana eu corri um pouco mais de risco. Foi quando eu fiquei navegando mais à esmo na internet, e cheguei a procurar algumas imagens picantes, mas logo cortei, pois estava percebendo a besteira que estava por fazer. Cheguei a ver algumas coisas no domingo, mas logo cortei, e na segunda parecia que estava com um pouco de efeito caçador, pois cheguei a ter vontade de procurar por algo, mas logo percebi e cortei.

O que eu venho notado mais forte são as fantasias com relação à sexo real com prostitutas. Sim, bem específico mesmo. Na terça fiquei pensando em ir a um cabaré, em ter sexo real com uma prostituta e era algo como se eu estivesse querendo muito, algo como se eu precisasse experimentar para saber. Eram esses os pensamentos que eu tinha no momento. Mas depois de uns 3 minutos, eu me dei conta que, primeiramente, meu cérebro estava viciado e querendo dopamina, segundo, eu só estava pensando em sexo como sendo algo muito importante (como consequência do primeiro ponto) e terceiro eu estava sem opções de mulheres, pois se tivesse eu não estaria pensando em ter sexo com prostitutas, mas estaria pensando em paquerar.

Depois da terça feira esses pensamentos diminuíram, pois mantive minha mente sempre ocupada. Também notei a diferença que ter escondido a senha fez, uma vez que quando batia uma vontade de PMO (quando eu tinha a senha) eu simplesmente desbloqueava e ia me M. Mas agora não é bem assim. O meu perigo está sendo apenas o Youtube. Ainda reluto em bloqueá-lo, pois estou estudando por ele, estou vendo alguns conteúdos que agregam, mas ao mesmo tempo tenho a brecha para quando bater uma fissura, procurar por vídeos eróticos no Youtube. Acho que refletindo seriamente sobre bloquear ou não o Youtube, pesar os prós e os contras, bloquear o Youtube seria muito mais proveitoso do que deixa-lo livre.

Nesse semestre estou com minha agenda bem ocupada, em comparação com os semestres anteriores. Tenho somente que tomar bastante cuidados com uma disciplina da faculdade, que estou faltando bastante e preciso estudar o conteúdo para a prova, que já será dia 24 desse mês. Tem isso, tem outra cadeira, e ainda tem o TCC para escrever kkk Cool Parece para mim muita coisa, mas não é não. Acho que meu maior desafio para esse semestre é a conciliar a faculdade com a vida social, pois estou me vendo cheio de coisas para estudar e deixando de relaxar e sair em alguns momentos. O importante é que estou disposto a enfrentar o que vier.

_______________________________________
"Whatever the mind can conceive, it can achieve."

"O verdadeiro jogo dos campeões é o jogo do progresso."



ilCapo
ilCapo
Mensagens : 869
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 23
Localização : Pernambuco

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 5/9/2019, 08:57
Vei, sabe quando você sabe que um cara é viado e você ainda tenta falar com ele por consideração e respeito à pessoa humana, mas aí a pessoa sem mesmo lhe conhecer dar em cima de você nas redes sociais?! Se ainda fosse uma mulher, eu diria "hmmm, tá afim né". Vontade que eu tive foi de mandar ele se fuder, e bloquear no instagram. Namoral, eu fiquei muito puto. Mas eu acho que fui muito educado.

Desculpem os palavrões, mas é pq é foda né ...

Já aconteceu isso com vocês? kkk (Que pergunta de tanga no aro do caramba) Mas enfim, comigo já aconteceu, e eu tentei levar de boa né, uma vez que esse outro cara aí parecia ser meu amigo e só isso, apesar de eu suspeitar que ele fosse baitola. Até aí tranquilo. Mas quando acontece uma outra vez é foda. E eu ainda segui esse fresco no Instagram. Inclusive já vou desfazer isso, e se brincar vou bloquear também, se vim pra cima de mim com mais merda. Enfim, só pra desabafar mesmo, e se aconteceu com vocês também, contem aí, pelo menos eu não me sinto o único da história kkkk

_______________________________________
"Whatever the mind can conceive, it can achieve."

"O verdadeiro jogo dos campeões é o jogo do progresso."



Justiceiro do Sertão
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 1501
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 27

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 5/9/2019, 19:01
ilCapo escreveu:Vei, sabe quando você sabe que um cara é viado e você ainda tenta falar com ele por consideração e respeito à pessoa humana, mas aí a pessoa sem mesmo lhe conhecer dar em cima de você nas redes sociais?! Se ainda fosse uma mulher, eu diria "hmmm, tá afim né". Vontade que eu tive foi de mandar ele se fuder, e bloquear no instagram. Namoral, eu fiquei muito puto. Mas eu acho que fui muito educado.

Desculpem os palavrões, mas é pq é foda né ...

Já aconteceu isso com vocês? kkk (Que pergunta de tanga no aro do caramba) Mas enfim, comigo já aconteceu, e eu tentei levar de boa né, uma vez que esse outro cara aí parecia ser meu amigo e só isso, apesar de eu suspeitar que ele fosse baitola. Até aí tranquilo. Mas quando acontece uma outra vez é foda. E eu ainda segui esse fresco no Instagram. Inclusive já vou desfazer isso, e se brincar vou bloquear também, se vim pra cima de mim com mais merda. Enfim, só pra desabafar mesmo, e se aconteceu com vocês também, contem aí, pelo menos eu não me sinto o único da história kkkk

Aproveitando o ensejo para falar uma coisa, antes responderei à sua pergunta, IlCapo.

Comigo já aconteceu parecido, senão pior de certa forma. E não foi uma vez só. Além de já ter sido cantado por gays várias vezes (experiência de que, com todo o respeito, não gosto), já passei pela desagradável experiência de quase cair em armadilhas bem insidiosas. Destaco uma, a pior que já passei, e que inclusive tem a ver com nosso vício.

Conto-a: de um tarado miserável recebi o que parecia ser na época uma "memorável" oportunidade de lazer, a qual felizmente desmascarei a tempo, horrorizado. Tinha eu 15 para 16 anos e o citado, de 14 para 15, com o qual gostava de conversar no intervalo da escola, propôs-me passar uma tarde num suposto prostíbulo nos fundos de sua casa (perceba só...), onde haveria umas garotas jovens, da nossa faixa etária, com que por uns 10 ou 20 (!) reais eu faria sexo. Deu detalhes dos supostos programas, dos "planos" de 5, 10 e 20 reais (só oral, oral e... já pode imaginar) acrescentando ainda que só haveria sexo oral e anal porque aquela loirinha que, segundo ele, queria me conhecer, "só dava a b* para ele". Ele me dizia: "Ela se parece comigo, é minha prima distante, e coisa e tal..." Detalhe que estou poupando, por questões óbvias, detalhes da história.

Mesmo um pouco desconfiado, fiquei maluco com aquilo: estava no auge do vício, com o convívio social a zero e perto de pensar em suicídio. Estávamos no banheiro do colégio, esse "colega" e eu quando ele me disse: "Fulano, é o seguinte, a fulana me mandou ver seu p* para falar para ela como é, para confirmar o negócio lá". Tremendo de medo e ansiedade podre, enquanto ele continuava insinuando que eu seria gay e dizendo coisas como "Lá na hora ela vai falar assim (e seguiam-se gemidos e dizeres em tom sexual, ele que se dizia viciado em sexo)...", acabei após alguns segundos mostrando o membro para ele, que me disse rapidamente: "Tá aprovado, ela vai gostar". Vesti-me e saí rápido do banheiro sob uma bendita aura de consciência daquilo em que estava me metendo: só então percebera, felizmente na hora e em cima da hora, que o safado, embora não parecesse tanto, era homossexual e queria no mínimo que eu fosse ativo com ele! Isso se não quisesse me estuprar depois!

O desgraçado, que tanto se dizia meu amigo, era viciado em sexo e pornografia, possuindo um vasto acervo em sua casa e já tendo até me oferecido algum material, o qual não sei como à época acabei recusando. O que me valeu foi ele ter saído da escola logo depois, não sem antes passar uns dias me olhando de longe com ódio ao perceber que eu o havia desmascarado.

Para você ver, meu caro IlCapo, que até nessas horas a pornografia acaba com nossa vida. Não que seja o caso, mas não é impossível que esse cidadão a quem você se refere tenha passado a agir de tal maneira levado por algum "fator cultural" ao redor dele, por uma cultura tão permissiva naquilo que não deveria ser como esta que tange nossos presentes dias.

Em tempo: há poucos dias conversamos sobre trocar uma ideia em privado, sobre época de faculdade e desenvolvimento pessoal relacionado, porém além de minha resposta a você aqui no Diário não ter sido enviada (acho que achei que tivesse mandado porém me enganei), trato agora do assunto desta com você. Com efeito, seria muito interessante também para mim tecermos tal discussão, contudo vejo que o Fórum não permite mais mensagens privadas entre membros, e não sei como se daria este diálogo entre nós.

No mais, grande abraço. A gente se vê.

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t2940-24-de-volta-a-guerra-ferido-humilhado-ate-injusticado-mas-nunca-vencido



Win or die trying.
ilCapo
ilCapo
Mensagens : 869
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 23
Localização : Pernambuco

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 7/9/2019, 10:21
Justiceiro do Sertão escreveu:
ilCapo escreveu:Vei, sabe quando você sabe que um cara é viado e você ainda tenta falar com ele por consideração e respeito à pessoa humana, mas aí a pessoa sem mesmo lhe conhecer dar em cima de você nas redes sociais?! Se ainda fosse uma mulher, eu diria "hmmm, tá afim né". Vontade que eu tive foi de mandar ele se fuder, e bloquear no instagram. Namoral, eu fiquei muito puto. Mas eu acho que fui muito educado.

Desculpem os palavrões, mas é pq é foda né ...

Já aconteceu isso com vocês? kkk (Que pergunta de tanga no aro do caramba) Mas enfim, comigo já aconteceu, e eu tentei levar de boa né, uma vez que esse outro cara aí parecia ser meu amigo e só isso, apesar de eu suspeitar que ele fosse baitola. Até aí tranquilo. Mas quando acontece uma outra vez é foda. E eu ainda segui esse fresco no Instagram. Inclusive já vou desfazer isso, e se brincar vou bloquear também, se vim pra cima de mim com mais merda. Enfim, só pra desabafar mesmo, e se aconteceu com vocês também, contem aí, pelo menos eu não me sinto o único da história kkkk

Aproveitando o ensejo para falar uma coisa, antes responderei à sua pergunta, IlCapo.

Comigo já aconteceu parecido, senão pior de certa forma. E não foi uma vez só. Além de já ter sido cantado por gays várias vezes (experiência de que, com todo o respeito, não gosto), já passei pela desagradável experiência de quase cair em armadilhas bem insidiosas. Destaco uma, a pior que já passei, e que inclusive tem a ver com nosso vício.

Conto-a: de um tarado miserável recebi o que parecia ser na época uma "memorável" oportunidade de lazer, a qual felizmente desmascarei a tempo, horrorizado. Tinha eu 15 para 16 anos e o citado, de 14 para 15, com o qual gostava de conversar no intervalo da escola, propôs-me passar uma tarde num suposto prostíbulo nos fundos de sua casa (perceba só...), onde haveria umas garotas jovens, da nossa faixa etária, com que por uns 10 ou 20 (!) reais eu faria sexo. Deu detalhes dos supostos programas, dos "planos" de 5, 10 e 20 reais (só oral, oral e... já pode imaginar) acrescentando ainda que só haveria sexo oral e anal porque aquela loirinha que, segundo ele, queria me conhecer, "só dava a b* para ele". Ele me dizia: "Ela se parece comigo, é minha prima distante, e coisa e tal..." Detalhe que estou poupando, por questões óbvias, detalhes da história.

Mesmo um pouco desconfiado, fiquei maluco com aquilo: estava no auge do vício, com o convívio social a zero e perto de pensar em suicídio. Estávamos no banheiro do colégio, esse "colega" e eu quando ele me disse: "Fulano, é o seguinte, a fulana me mandou ver seu p* para falar para ela como é, para confirmar o negócio lá". Tremendo de medo e ansiedade podre, enquanto ele continuava insinuando que eu seria gay e dizendo coisas como "Lá na hora ela vai falar assim (e seguiam-se gemidos e dizeres em tom sexual, ele que se dizia viciado em sexo)...", acabei após alguns segundos mostrando o membro para ele, que me disse rapidamente: "Tá aprovado, ela vai gostar". Vesti-me e saí rápido do banheiro sob uma bendita aura de consciência daquilo em que estava me metendo: só então percebera, felizmente na hora e em cima da hora, que o safado, embora não parecesse tanto, era homossexual e queria no mínimo que eu fosse ativo com ele! Isso se não quisesse me estuprar depois!

O desgraçado, que tanto se dizia meu amigo, era viciado em sexo e pornografia, possuindo um vasto acervo em sua casa e já tendo até me oferecido algum material, o qual não sei como à época acabei recusando. O que me valeu foi ele ter saído da escola logo depois, não sem antes passar uns dias me olhando de longe com ódio ao perceber que eu o havia desmascarado.

Para você ver, meu caro IlCapo, que até nessas horas a pornografia acaba com nossa vida. Não que seja o caso, mas não é impossível que esse cidadão a quem você se refere tenha passado a agir de tal maneira levado por algum "fator cultural" ao redor dele, por uma cultura tão permissiva naquilo que não deveria ser como esta que tange nossos presentes dias.

Em tempo: há poucos dias conversamos sobre trocar uma ideia em privado, sobre época de faculdade e desenvolvimento pessoal relacionado, porém além de minha resposta a você aqui no Diário não ter sido enviada (acho que achei que tivesse mandado porém me enganei), trato agora do assunto desta com você. Com efeito, seria muito interessante também para mim tecermos tal discussão, contudo vejo que o Fórum não permite mais mensagens privadas entre membros, e não sei como se daria este diálogo entre nós.

No mais, grande abraço. A gente se vê.

Massa, bro, história pesada essa hein. Ás vezes a gente pensa que é o único a vivenciar certas coisas, quando conhece outras pessoas que vivenciaram o mesmo ou até mais.

_______________________________________
"Whatever the mind can conceive, it can achieve."

"O verdadeiro jogo dos campeões é o jogo do progresso."



ilCapo
ilCapo
Mensagens : 869
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 23
Localização : Pernambuco

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 7/9/2019, 10:35
Então, ontem e anteontem caí em PMO pelo Youtube. Precisou passar mais uns 15 dias para eu me dar conta que deveria ter, já no início, bloqueado tudo, inclusive o Youtube, o Instagram e o Facebook. Acho que o início da queda se deu quando eu passei a seguir uma menina da aula de teatro e consequentemente passei a ver as suas fotos, bem sensuais e chamativas. Isso me atiçou o desejo né, afinal, ela está de parabéns kk

Fiquei vendo um pouco as suas fotos, mas depois percebi que isso era um grande gatilho. Mas aí no dia seguinte eu não tinha ido à faculdade e fiquei sozinho em casa. Depois de ter estudado bastante, estava com a cabeça cansada e então resolvi procurar por PMO. O Youtube ainda era a única ferramenta com vídeos que eu poderia encontrar alguma coisa. Fiquei navegando à esmo e depois procurei por P. Consequentemente, caí.

Enfim, isso só para dizer que no início é essencial que bloqueemos tudo. Depois de terminar meu post, falarei com minha mãe (pois é ela quem tem a senha dos bloqueadores) para reconfigurar os bloqueadores, bloqueando o Youtube e o Instagram. Ainda acredito que preciso deixar pelo menos uma rede social ativa, o facebook, por exemplo, apenas para pequenos contatos e para atualizar as redes sociais, uma vez é a única forma pela qual eu posso manter contato com meus amigos que eu fiz durante esse 1 ano.

Bloqueadores são essenciais, e falhar nesse quesito significa esperar por próximos resets. Foi o que aconteceu comigo. Eu precisei resetar mais uma vez para perceber que não poderia continuar do jeito que estava. Aliado aos bloqueadores, percebi que estava fazendo muita diferença consumir o programa revert, junto com a participação todos os dias no Fórum.

Sigo feliz e esperançoso, afinal cheguei a 12 dias, o que antes não passava dos 3 ou 4 dias sem PMO. Já é uma vitória e um passo dado para voos mais altos. Grande abraço!

_______________________________________
"Whatever the mind can conceive, it can achieve."

"O verdadeiro jogo dos campeões é o jogo do progresso."



ilCapo
ilCapo
Mensagens : 869
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 23
Localização : Pernambuco

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 8/9/2019, 10:47
Mais uma vez caí em PMO. Ainda com o youtube bloqueado, encontrei uma brecha no navegador. Não foi pornografia propriamente dita, mas foi derivado. Ainda assim, percebi que os bloqueadores agora estão fortes, e não estão dando pornografia nem mesmo nas buscas do google, o que é um bom sinal.

Mas sinto-me perdido. Sei que preciso recomeçar mais uma vez, e às vezes me pergunto o que é que falta para dar sequência no reboot e não ficar resetando o tempo todo.

Não sei. Sinto preguiça em fazer qualquer coisa, em estudar e em até mesmo participar do Fórum ou consumir o programa revert. Hoje é domingo e logo pela manhã deveria estar estudando, mas por procrastinação não consegui dar conta disso. O que eu vou fazer agora é o seguinte: eu irei participar do Fórum, tentando ser o mais presente possível e liberando todos os pensamentos negativos que eu tiver dentro de mim, e depois começarei a estudar na parte da tarde, tentando também dar o meu melhor.


_______________________________________
"Whatever the mind can conceive, it can achieve."

"O verdadeiro jogo dos campeões é o jogo do progresso."



Kusmin
Kusmin
Mensagens : 562
Data de inscrição : 23/07/2019
Idade : 28

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 8/9/2019, 11:56
Salve ilCapo, os bloqueadores são bons e tem sua finalidade, contudo é importante desenvolver os bloqueadores mentais. Ai você me pergunta, como faço isso ? Primeiro parte é tomar consciência que esta procurando brecha nos bloqueadores! Como você mesmo disse você encontrou uma brecha no bloqueador, se você encontrou uma brecha parte do principio que procurava por ela! Pense a respeito...

Abraço!

_______________________________________
Meu diario

Randy
Randy
Moderador
Moderador
Mensagens : 2234
Data de inscrição : 01/12/2015

Diário del Capo - Página 25 Empty Re: Diário del Capo

em 8/9/2019, 13:57
ilCapo escreveu:Mais uma vez caí em PMO. Ainda com o youtube bloqueado, encontrei uma brecha no navegador. Não foi pornografia propriamente dita, mas foi derivado. Ainda assim, percebi que os bloqueadores agora estão fortes, e não estão dando pornografia nem mesmo nas buscas do google, o que é um bom sinal.

Mas sinto-me perdido. Sei que preciso recomeçar mais uma vez, e às vezes me pergunto o que é que falta para dar sequência no reboot e não ficar resetando o tempo todo.

Não sei. Sinto preguiça em fazer qualquer coisa, em estudar e em até mesmo participar do Fórum ou consumir o programa revert. Hoje é domingo e logo pela manhã deveria estar estudando, mas por procrastinação não consegui dar conta disso. O que eu vou fazer agora é o seguinte: eu irei participar do Fórum, tentando ser o mais presente possível e liberando todos os pensamentos negativos que eu tiver dentro de mim, e depois começarei a estudar na parte da tarde, tentando também dar o meu melhor.


O vício nos deixa tão irracional que mesmo sabendo das coisas ruins que virão, vamos atrás da PMO. Os bloqueadores são fundamentais para não cair. Parece que dessa vez está tudo bloqueado.

Também estou com essa preguiça. Preciso dar um jeito de acabar com isso, porque estou indo mal nas provas da faculdade e isso não é nada bom.

_______________________________________
"Quem quer, dá um jeito. Quem não quer, inventa desculpa". Toguro

Ninguém vai bater mais forte do que a vida. Não importa como você bate e sim o quanto aguenta apanhar e continuar lutando; o quanto pode suportar e seguir em frente. É assim que se ganha. Rocky Balboa

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum