Compartilhe
Ir em baixo
Mangusto
Mangusto
Mensagens : 172
Data de inscrição : 21/12/2016

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 27/1/2017, 19:28
Hoje são 41 dias, eu ia pra night hoje mas acabou que nem vou, a galera furou. Queria testar os poderes sociais do reboot hahaha. Meu dia foi normal, fiquei em casa sozinho a manhã inteira, então me ocupei com violao, música, um pouco de video game. Eu sei que jogar n é bom pro reboot, porém de alguma forma está me distraindo. Só tenho de me manter alerta pra não vacilar, qualquer coisa eu paro de jogar. Estou indo a academia todo dia e isso está me ajudando, to focando em ganhar massa no momento.
Stark
Stark
Mensagens : 2130
Data de inscrição : 22/07/2016
Idade : 21
Localização : Malibu - California

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 27/1/2017, 23:54
Mangusto escreveu:Hoje são 41 dias, eu ia pra night hoje mas acabou que nem vou, a galera furou. Queria testar os poderes sociais do reboot hahaha. Meu dia foi normal, fiquei em casa sozinho a manhã inteira, então me ocupei com violao, música, um pouco de video game. Eu sei que jogar n é bom pro reboot, porém de alguma forma está me distraindo. Só tenho de me manter alerta pra não vacilar, qualquer coisa eu paro de jogar. Estou indo a academia todo dia e isso está me ajudando, to focando em ganhar massa no momento.
Eai Man!! Achei o teu diário kkkkk
Parabéns pelos 41 dias, também fiquei curioso quais os "poderes sociais" com essa marca de reboot - estou precisando melhorar essa área. Na próxima tu relata.

Vou acompanhar tua evolução, sucessos.
Mangusto
Mangusto
Mensagens : 172
Data de inscrição : 21/12/2016

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 1/2/2017, 22:09
Stark escreveu:
Mangusto escreveu:Hoje são 41 dias, eu ia pra night hoje mas acabou que nem vou, a galera furou. Queria testar os poderes sociais do reboot hahaha. Meu dia foi normal, fiquei em casa sozinho a manhã inteira, então me ocupei com violao, música, um pouco de video game. Eu sei que jogar n é bom pro reboot, porém de alguma forma está me distraindo. Só tenho de me manter alerta pra não vacilar, qualquer coisa eu paro de jogar. Estou indo a academia todo dia e isso está me ajudando, to focando em ganhar massa no momento.
Eai Man!! Achei o teu diário kkkkk
Parabéns pelos 41 dias, também fiquei curioso quais os "poderes sociais" com essa marca de reboot - estou precisando melhorar essa área. Na próxima tu relata.

Vou acompanhar tua evolução, sucessos.
.
Eae Stark, vou relatar hoje. Fim de semana eu passei na fazenda de uma amiga com várias amigas e um brother meu. Só nós de homem hahahaha, bem daora. Em primeiro lugar eu percebi que estou muuuito mais sexual nos contatos físicos, toco nas garotas de forma bem mais confiante e invasiva hahaha. Eu não penso em mais nada do que vou falar, simplesmente me vém à cabeça na hora e eu falo sem timidez (o que antigamente não ocorria). Além disso, eu estou ligando bem menos para o que os outros pensam daquilo que eu faço ou falo, parece que eu estou dando mais valor a minha vontade do que ao julgamento alheio. Sabe quando você está em uma interação social mas permanece preso na própria cabeça e nos próprios pensamentos? Sumiu isso. Achei até cedo pra essa transformação, são apenas 45 dias.

Outra coisa muuuuito interessante que eu percebi. Estou mais afetuoso. Antes eu não dava tanto valor aos meus amigos, considerava eles mais colegas que amigos. Depois desse fim de semana eu estou sentindo uma verdadeira saudade deles, além de um apreço muito grande. Foi realmente muito proveitoso a companhia. Isso despertou uma maior sensibilidade em mim, coisa que antes não ocorria, eu era mais frio e indiferente. Agora eu sinto maior vontade de expressar quando eu gosto de alguém.

Enfim, é a melhor sensação que já tive há muito tempo.

_______________________________________


Meu Diário
Mangusto
Mangusto
Mensagens : 172
Data de inscrição : 21/12/2016

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 5/2/2017, 21:38
Hoje são 50 dias!!! Estou muito feliz com esse progresso e de olho na primeira meta que são os 60 dias. E depois disso os 90, e, se deus quiser, o resto da vida. Estou me sentindo muito bem, porém reconheço a necessidade de ficar atento. Na última semana foi a primeira vez que senti vontades, porém foram beem fracas, refoquei rapidamente. Ultimamente to saindo bem mais, nos ultimos fins de semana eu saí todos. E vejo que isso está me ajudando. Pretendo sair com uma galera nesse sábado de novo, já que ainda estamos de férias.

_______________________________________


Meu Diário
Dangelo
Dangelo
Mensagens : 362
Data de inscrição : 21/12/2016

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 5/2/2017, 23:34
Parabéns Mangusto! O seu foi um dos únicos diários que li que conseguiram tamanha marca de tempo sem resetar nenhuma vez. Parabéns mesmo. Tente relatar mais suas mudanças de lá pra ca pois estamos curiosos.




Stark
Stark
Mensagens : 2130
Data de inscrição : 22/07/2016
Idade : 21
Localização : Malibu - California

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 6/2/2017, 01:38
Esta indo muito bem Mangusto!! Também apoio a ideia o Dangelo para você relatar suas mudanças de lá pra cá, isso é muito importante pois motiva muitos que estão começando ou que estão com dificuldades de engatar no reboot.

Sucessos parça.
Mangusto
Mangusto
Mensagens : 172
Data de inscrição : 21/12/2016

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 6/2/2017, 21:37
Eae gurizada, valeu pelo apoio e pelas parabenizações, vou fazer agora uma lista já que vocês pediram e estão curiosos!

Uma comparação de como eu me sentia e agia nos dias iniciais do reboot:
-Eu sou uma pessoa relativamente sensível, então os primeiros dias da última recaída oscilaram entre um desespero, medo: Eu senti na hora como o meu humor ficou terrível no começo, eu não queria falar com ninguém, literalmente. Até quando meus pais vinham conversar eu me sentia extremamente aborrecido por motivo algum.
-Totalmente sem esperânças no futuro, pois eu já estava a um bom tempo em ciclo de recaídas e tentativas. Então o que parecia era que eu ia continuar com aquela frustração e insegurança
-Os sintomas que geralmente as pessoas relatam eram muito fortes em mim. Eu não conseguia conversar com as pessoas sem ficar pensando o tempo todo na coisa certa pra dizer, o que muitas vezes resultava naquele branco na conversa, sabem?
-As vezes me dava uma crise de ansiedade do nada. Era bem tenso, do nada meu coração acelerava e me dava vontade de ir ao banheiro, mesmo que nada tivesse ocorrido.
-Isso piorava quando eu sabia que ia entrar em situações sociais, dava um nervoso também. Porém eu tenho de salientar que eu já possuía relativas habilidades sociais antes do reboot. Talvez porque eu recaia a cada 2 semanas sempre durante 2016. Então quando eu chegava no final das duas semanas eu ja conseguia interagir melhor. Entretanto eu logo recaia e recomeçava tudo de novo a ansiedade social e falta de interesse em falar com as pessoas.
-Eu ficava o tempo todo cuidando pra não falar algumas coisas por medo do que os outros iriam pensar.
-A maior parte do tempo eu tinha um sentimento de vazio e de que não havia nada de interessante pra fazer. Uma angústia bem evidente.
-Outra coisa engraçada e trágica. Eu ficava quase todo dia remoendo uma frustração amorosa de 2015, que eu nunca consegui superar antes do reboot.
-Eu cuido da minha aparência e do meu estilo, e geralmente sou elogiado por várias pessoas de ambos os sexos. Mas mesmo assim eu tinha uma auto estima lixo. Sempre achava que seria rejeitado e que algumas pessoas se incomodavam com a minha presença.
-Não conseguia estudar direito. O tempo todo me dava uma angunia e cansaço. Eu levei dois anos pra passar no curso que eu queria. Se eu não tivesse recaído em 2015 talvez eu tivesse levado um ano só.
-Procrastinação grande. Eu sou uma pessoa com uma consciência muito pesada, se eu não fizer aquilo que eu me dispus, eu me sinto muito mal. E embora eu consequisse atingir alguns objetivos antes do reboot, por conta dessa consciencia, eu deixava vários outros pra trás por causa da procrastinação.
-Eu não tinha vontade de ficar perto das pessoas. Nem da minha família.
-Minha voz era fraca mano. Eu to esperando muito por um estudo que explique essa parada da voz. É muito evidente esse sintoma de voz fraca e mais aguda, várias pessoas ja relataram

E após os 51 dias:

-Eu passei por várias flatlines, mas agora cheguei em um ponto em que meu humor e esperança na vida estão quase o tempo todo em alta. Me sinto mais feliz e disposto a buscar meus objetivos. Tenho mais fé em Deus também.
-Eu to interagindo, tanto com homens quanto garotas, com uma facilidade muito grande. Eu não penso mais em nada do que eu vou falar, eu vou lá e falo o que eu penso. É muito interessante, porque você percebe você pode ser você mesmo e ser uma pessoa querida ao mesmo tempo. Mesmo eu sendo direto e as vezes até um pouco frio nas respostas, as pessoas continuam me tratando bem e garotas continuam se mostrando interessadas.
-Outra coisa engraçada nisso de falar o que pensa é que eu to meio sem filtro kkkkkk. Mano eu ando falando muita besteira pra meninas e eu nao do a minima pro que elas respondem depois. Não sempre, é claro, mas bem mais que antes hahahaha. Besteira no sentido de falar coisas sexuais ou dar em cima explicitamente, não de ser rude ou ofensivo haha.
-Eu não consigo lembrar qual foi a última vez que eu fiquei muito nervoso ou ansioso (a ponto de suar, querer ir ao banheiro e acelerar o coração) desde que o reboot engatou umas semanas.
-Eu também não ligo mais pra quando me deixam no vácuo. Isso me envergonhava antes hahaha
-Eu to me sentindo mais atraente e valorizável também. Ainda que eu entenda que as pessoas tem gostos diversificados.
-To bem menos estressado e preocupado com certas coisinhas do dia a dia. Eu to mais foda-se que depois eu dou um jeito sabe? Antes eu me desesperava o tempo todo por qualquer coisinha.
-Estou mais amigável e com vontade e estar com outras pessoas. Gostando mais delas inclusive. Pela primeira vez eu percebi o quanto eu gosto dos meus amigos e amigas. Justo agora que vamos todos nos separar, já que passamos em faculdades diferentes. Sinto saudades até. Antes eu era meio indiferente, do tipo: ah eu nem gosto tanto deles assim.
- Valorizo mais minha família também, hoje eu refleti um pouco o quanto meus pais se esforçaram e se esforçam pra melhorar a minha vida.
-Ando ouvindo menos musicas depressivas. Antes eu ouvia todo dia o tempo todo. Eu achava que era gosto, mas na real nem é. É frescura hahahaha.
- Aquele vazio de antes está meio desaparecido, espero que ele não me encontre tão cedo.
- Menos procrastinação, eu começo a fazer as coisas e logo pego o ritmo.
-Minha voz ta mais grossa e profunda, beeeem mais. Antes eu tinha receio de falar porque sabia que minha voz ia sair fraca. Agora eu falo com bem mais confiança

Ainda é pouco pois são só 50 dias, mas já vi uma puta diferença. E não relatei nada de forma exagerada. Essas coisas realmente mudaram.

_______________________________________


Meu Diário
Dangelo
Dangelo
Mensagens : 362
Data de inscrição : 21/12/2016

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 6/2/2017, 22:42
Mangusto escreveu:Uma comparação de como eu me sentia e agia nos dias iniciais do reboot:
-Eu sou uma pessoa relativamente sensível, então os primeiros dias da última recaída oscilaram entre um desespero, medo: Eu senti na hora como o meu humor ficou terrível no começo, eu não queria falar com ninguém, literalmente. Até quando meus pais vinham conversar eu me sentia extremamente aborrecido por motivo algum.
-Totalmente sem esperânças no futuro, pois eu já estava a um bom tempo em ciclo de recaídas e tentativas. Então o que parecia era que eu ia continuar com aquela frustração e insegurança
-Os sintomas que geralmente as pessoas relatam eram muito fortes em mim. Eu não conseguia conversar com as pessoas sem ficar pensando o tempo todo na coisa certa pra dizer, o que muitas vezes resultava naquele branco na conversa, sabem?
-As vezes me dava uma crise de ansiedade do nada. Era bem tenso, do nada meu coração acelerava e me dava vontade de ir ao banheiro, mesmo que nada tivesse ocorrido.
-Isso piorava quando eu sabia que ia entrar em situações sociais, dava um nervoso também. Porém eu tenho de salientar que eu já possuía relativas habilidades sociais antes do reboot. Talvez porque eu recaia a cada 2 semanas sempre durante 2016. Então quando eu chegava no final das duas semanas eu ja conseguia interagir melhor. Entretanto eu logo recaia e recomeçava tudo de novo a ansiedade social e falta de interesse em falar com as pessoas.
-Eu ficava o tempo todo cuidando pra não falar algumas coisas por medo do que os outros iriam pensar.
-A maior parte do tempo eu tinha um sentimento de vazio e de que não havia nada de interessante pra fazer. Uma angústia bem evidente.
-Outra coisa engraçada e trágica. Eu ficava quase todo dia remoendo uma frustração amorosa de 2015, que eu nunca consegui superar antes do reboot.
-Eu cuido da minha aparência e do meu estilo, e geralmente sou elogiado por várias pessoas de ambos os sexos. Mas mesmo assim eu tinha uma auto estima lixo. Sempre achava que seria rejeitado e que algumas pessoas se incomodavam com a minha presença.
-Não conseguia estudar direito. O tempo todo me dava uma angunia e cansaço. Eu levei dois anos pra passar no curso que eu queria. Se eu não tivesse recaído em 2015 talvez eu tivesse levado um ano só.
-Procrastinação grande. Eu sou uma pessoa com uma consciência muito pesada, se eu não fizer aquilo que eu me dispus, eu me sinto muito mal. E embora eu consequisse atingir alguns objetivos antes do reboot, por conta dessa consciencia, eu deixava vários outros pra trás por causa da procrastinação.
-Eu não tinha vontade de ficar perto das pessoas. Nem da minha família.
-Minha voz era fraca mano. Eu to esperando muito por um estudo que explique essa parada da voz. É muito evidente esse sintoma de voz fraca e mais aguda, várias pessoas ja relataram

Comigo acontece exatamente tudo que você falou, tirando a parte da frustração amorosa. Me identifiquei principalmente com a parte das ansiedades repentinas e logo em seguida vontade de ir ao banheiro sem nenhum motivo aparente.


Mangusto escreveu:E após os 51 dias:

-Eu passei por várias flatlines, mas agora cheguei em um ponto em que meu humor e esperança na vida estão quase o tempo todo em alta. Me sinto mais feliz e disposto a buscar meus objetivos. Tenho mais fé em Deus também.
-Eu to interagindo, tanto com homens quanto garotas, com uma facilidade muito grande. Eu não penso mais em nada do que eu vou falar, eu vou lá e falo o que eu penso. É muito interessante, porque você percebe você pode ser você mesmo e ser uma pessoa querida ao mesmo tempo. Mesmo eu sendo direto e as vezes até um pouco frio nas respostas, as pessoas continuam me tratando bem e garotas continuam se mostrando interessadas.
-Outra coisa engraçada nisso de falar o que pensa é que eu to meio sem filtro kkkkkk. Mano eu ando falando muita besteira pra meninas e eu nao do a minima pro que elas respondem depois. Não sempre, é claro, mas bem mais que antes hahahaha. Besteira no sentido de falar coisas sexuais ou dar em cima explicitamente, não de ser rude ou ofensivo haha.
-Eu não consigo lembrar qual foi a última vez que eu fiquei muito nervoso ou ansioso (a ponto de suar, querer ir ao banheiro e acelerar o coração) desde que o reboot engatou umas semanas.
-Eu também não ligo mais pra quando me deixam no vácuo. Isso me envergonhava antes hahaha
-Eu to me sentindo mais atraente e valorizável também. Ainda que eu entenda que as pessoas tem gostos diversificados.
-To bem menos estressado e preocupado com certas coisinhas do dia a dia. Eu to mais foda-se que depois eu dou um jeito sabe? Antes eu me desesperava o tempo todo por qualquer coisinha.
-Estou mais amigável e com vontade e estar com outras pessoas. Gostando mais delas inclusive. Pela primeira vez eu percebi o quanto eu gosto dos meus amigos e amigas. Justo agora que vamos todos nos separar, já que passamos em faculdades diferentes. Sinto saudades até. Antes eu era meio indiferente, do tipo: ah eu nem gosto tanto deles assim.
- Valorizo mais minha família também, hoje eu refleti um pouco o quanto meus pais se esforçaram e se esforçam pra melhorar a minha vida.
-Ando ouvindo menos musicas depressivas. Antes eu ouvia todo dia o tempo todo. Eu achava que era gosto, mas na real nem é. É frescura hahahaha.
- Aquele vazio de antes está meio desaparecido, espero que ele não me encontre tão cedo.
- Menos procrastinação, eu começo a fazer as coisas e logo pego o ritmo.
-Minha voz ta mais grossa e profunda, beeeem mais. Antes eu tinha receio de falar porque sabia que minha voz ia sair fraca. Agora eu falo com bem mais confiança

Ainda é pouco pois são só 50 dias, mas já vi uma puta diferença. E não relatei nada de forma exagerada. Essas coisas realmente mudaram.

Cara, que ótimo ler seu progresso, é realmente inspirador. Essa questão da voz me intriga, li várias vezes relatos sobre isso principalmente no e-book, e me deixa frustrado não ter uma explicação concreta disso. Parabéns cara, os 90 dias tão quase! Continue Firme.
Stark
Stark
Mensagens : 2130
Data de inscrição : 22/07/2016
Idade : 21
Localização : Malibu - California

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 7/2/2017, 00:17
Cara que inspirador seu relato!! Parabéns mesmo pelas conquistas.
Me identifiquei muito com a parte do "dias iniciais do reboot" pois é como me sinto agora, rapaz se eu tiver ametade do que tu relatou ai já vai ser um puta de um avanço para mim.

Sucessos irmão.
tmj.
Mangusto
Mangusto
Mensagens : 172
Data de inscrição : 21/12/2016

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 9/2/2017, 21:11
Dangelo escreveu:

Comigo acontece exatamente tudo que você falou, tirando a parte da frustração amorosa. Me identifiquei principalmente com a parte das ansiedades repentinas e logo em seguida vontade de ir ao banheiro sem nenhum motivo aparente.


Cara, que ótimo ler seu progresso, é realmente inspirador. Essa questão da voz me intriga, li várias vezes relatos sobre isso principalmente no e-book, e me deixa frustrado não ter uma explicação concreta disso. Parabéns cara, os 90 dias tão quase! Continue Firme.
Obrigado amigo! Isso da voz é realmente interessante. Minha hipótese é que tem algo a ver com nosso nível de energia e confiança, quando me pegam de surpresa e eu estou com energia baixa e distraído a minha voz ainda sai fraca hoje em dia. O reboot aumenta muito a energia e confiança, talvez seja por isso.

Stark escreveu:Cara que inspirador seu relato!! Parabéns mesmo pelas conquistas.
Me identifiquei muito com a parte do "dias iniciais do reboot" pois é como me sinto agora, rapaz se eu tiver ametade do que tu relatou ai já vai ser um puta de um avanço para mim.

Sucessos irmão.
tmj.

Obrigado Stark! Você pode ter até melhor, vai de pessoa pra pessoa. Foca em passar por essa etapa inicial que depois começa a ficar mais facil.


Eae galera, hoje resolvi comprar o ebook novo, eu só tinha lido o antigo e há muito tempo. Na hora eu pensei "meu nem a pau 50 reais" mas considerando o quão melhor eu to me sentindo hoje depois de 53 dias de reboot, eu prefiro comprar e dar mais um passo a frente pra que eu nunca volte a esse vício. Amanhá ja pretendo pagar o boleto pra chegar segunda provavelmente.

Sobre o meu dia a dia, estou de férias até agosto, portanto indo a academia todo dia. Eu ando jogando um pouco de video game, vou reduzir, não sei se isso é bom. Não to saindo tão de casa, mas a partir de semana que vem eu vou começar um novo projeto. É relacionado com ansiedade de aproximação e abordagem de mulheres pra quem sabe do que se trata essas coisas. Vai ser um baita projeto que vai me manter fora de casa pelo menos umas 3h por dia em alguns meses. Além de eu ir pra academia e caminhar de manhã. Ainda eu pretendo começar aulas de boxe, eu adoro essa arte marcial e ela vai me ajudar tanto na questão de disciplina e confiança em mim mesmo, quanto na parte do reboot. Pois vou estar gastando minhas energias e foco nisso também.


_______________________________________


Meu Diário
Mangusto
Mangusto
Mensagens : 172
Data de inscrição : 21/12/2016

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 10/2/2017, 21:46
Comprei o e-book hoje, espero que chegue logo, estou ansioso pra ler hahaha

_______________________________________


Meu Diário
Mangusto
Mangusto
Mensagens : 172
Data de inscrição : 21/12/2016

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 11/2/2017, 22:46
o E-book ja ficou disponível hoje de manhã! Li 50 páginas, mas quero ler menos por dia pra ir absorvendo aos poucos. Vou ler dois capítulos por dia.
Entrei de vez na dieta pra ganhar massa, minha meta é ganhar 0,5kg por semana pelos próximos 6 meses. E quem sabe dar uma secada de duas até 3 semanas depois desse período. Estou socializando pouco no momento, mas isso vai mudar semana que vem pois tenho um projeto. Vou usar o tinder pra valer também kkkkk, já vi muito relato de sucesso com encontro no app, só tem que manjar dos paranauê e ter boas fotos pelo oq dizem por aí.

Abraços, logo chega 60 dias!

_______________________________________


Meu Diário
Dangelo
Dangelo
Mensagens : 362
Data de inscrição : 21/12/2016

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 14/2/2017, 15:43
Haha, uma namorada antiga minha eu conheci no Tinder! Infelizmente durou só 2 meses, mas foi uma experiência bacana.

Isso aí, continue firme. Abraços.




Mangusto
Mangusto
Mensagens : 172
Data de inscrição : 21/12/2016

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 16/2/2017, 20:26
Dangelo escreveu:Haha, uma namorada antiga minha eu conheci no Tinder! Infelizmente durou só 2 meses, mas foi uma experiência bacana.

Isso aí, continue firme. Abraços.




hahahahaha pelo menos aproveitou. O meu tinder é meio bugado, as vezes ele não da match nenhum e as vezes da um ou outro. Sobre o perfil, ele provavelmente ta muito bom, deve ser bug pois eu dei varios like em garotas feias só pra ver se dava match, e não dava. Enfim, sobre o reboot

Acho que ontem foram 60 dias!!! ou hoje to perdido. Cheguei ao meu primeiro objetivo, agora prosseguir com o reboot firme até os 90 dias, daí´em diante eu entro na fase de manutenção que é a mais facil graças a deus. Sobre as mudanças, cara eu to me sentindo alegre e feliz sozinho e com coisas nada a ver. É muito engraçado. Nos ultimos dias deu flatline, mas ontem e hoje, por exemplo, eu me senti super empolgado ao cantar e tocar violão sozinho na sacada do prédio. As coisas tão cada vez melhor. Mas é necessário salientar que na questão de confiança e ansiedade social isso é algo que oscila. Muitos dias você vai se sentir confiante e ousado, já em outros você pode estar mais inibido. Normal, são os agentes químicos do nosso organismo. bem melhor de quando eu estava sempre pra baixo e introvertido.

_______________________________________


Meu Diário
Mangusto
Mangusto
Mensagens : 172
Data de inscrição : 21/12/2016

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 17/2/2017, 15:08
Ontem eu arranjei um match daora no tinder e marcamos de ir tomar um açai hoje. Porém a menina furou agora a tarde rsrs. Mas de boa, ela sugeriu outro dia para irmos e falou que estava mal (devia estar mesmo, ta muuuito quente onde eu moro pqp). Enfim, to tranquilo e alegre mesmo assim, em outros tempos eu me sentiria frustrado. Talvez seja o reboot agindo no meu humor. Outra coisa também é que eu nao discuto mais com meus pais. Eles continuam fazendo colocações indevidas e chamando atenções desnecessárias, porém eu simplesmente ignoro e no máximo faço aquilo que eles pediram. Não ligo mais tanto pra estar certo ou não, só quero paz, foda-se. Abraçoss

_______________________________________


Meu Diário
Mangusto
Mangusto
Mensagens : 172
Data de inscrição : 21/12/2016

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Dia 62

em 18/2/2017, 20:27
Oie. Hoje é dia 62 e ontem a noite eu fui na casa de uma amiga numa social. Eu percebi que o meu emocional ainda não está fixado, ainda tem altos e baixos. Talvez por eu estar meio sozinho nos últimos 10 dias, eu fiquei meio travado no começo. Mas depois de 1h eu me soltei e fiquei tranquilo. A gente jogou um app de verdade ou consequência politicamente incorreto, só coisas pesadas. Teve uma hora que era pra mim e a pergunta era "quem desse grupo você transaria?". Ae tinha uma amiga gata do meu lado, eu puxei ela pelo rosto e dei um beijo no pescoço. Os caras ficaram com uma cara de "não acredito que ele fez isso". Foi engraçado kkkk, todos que receberam essa pergunta até então tinham enrolado na resposta, não me importei muito com as reações. Ela rachou o bico. Eu percebi que o reboot realmente me deixou mais ousado, pra bem ou pra mal hahahaha.

_______________________________________


Meu Diário
Mangusto
Mangusto
Mensagens : 172
Data de inscrição : 21/12/2016

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 22/2/2017, 20:32
FALA TURMA. Ninguem responde no meu diario tomar no cu kkkkkk. Foda-se, to fazendo isso pra mim. Daqui a pouco serão 67 dias!!! Só mais 3 semanas pra completar o reboot. Parei de jogar LOL percebi que eu substitui um vicio pelo outro, então agora só vou pra academia, saio pra passear e falar com garotas e toco guitarra em casa. Vou jogar Pb mas só de noite quando eu completar todas minhas tarefas, vai ser uma recompensa pelo trabalho bem feito. É isso ae, bjos

_______________________________________


Meu Diário
Stark
Stark
Mensagens : 2130
Data de inscrição : 22/07/2016
Idade : 21
Localização : Malibu - California

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 22/2/2017, 22:12
FALA TURMA. Ninguem responde no meu diario tomar no cu kkkkkk
huehuehue
Calma parceiro, não ente em panico, o Stark chegou.

Só vim para dizer o que tu já sabe mesmo: Teu reboot tá foda. Tocar guitarra é do caralho mesmo véi, desde muleke sempre curti ouvir guns n roses, iron mainden, van halen, metallica e dentre outros, e sempre fui doido pra tocar que nem esses caras, tenho que criar vergonha e comprar uma guitarra algum dia desses rsrs (mas por enquanto só no violão mesmo).

Legal essa ideia de usar os jogos como recompensa, afinal não dá pra trocar um vicio por outro senão fica na mesma.
Também gostei da parte de "falar com garotas", é o pegadozão mesmo.

Tmj boy.
avatar
bart
Mensagens : 117
Data de inscrição : 30/10/2016
Idade : 22

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 23/2/2017, 12:04
Mangusto escreveu:Eae gurizada, valeu pelo apoio e pelas parabenizações, vou fazer agora uma lista já que vocês pediram e estão curiosos!

Uma comparação de como eu me sentia e agia nos dias iniciais do reboot:
-Eu sou uma pessoa relativamente sensível, então os primeiros dias da última recaída oscilaram entre um desespero, medo: Eu senti na hora como o meu humor ficou terrível no começo, eu não queria falar com ninguém, literalmente. Até quando meus pais vinham conversar eu me sentia extremamente aborrecido por motivo algum.
-Totalmente sem esperânças no futuro, pois eu já estava a um bom tempo em ciclo de recaídas e tentativas. Então o que parecia era que eu ia continuar com aquela frustração e insegurança
-Os sintomas que geralmente as pessoas relatam eram muito fortes em mim. Eu não conseguia conversar com as pessoas sem ficar pensando o tempo todo na coisa certa pra dizer, o que muitas vezes resultava naquele branco na conversa, sabem?
-As vezes me dava uma crise de ansiedade do nada. Era bem tenso, do nada meu coração acelerava e me dava vontade de ir ao banheiro, mesmo que nada tivesse ocorrido.
-Isso piorava quando eu sabia que ia entrar em situações sociais, dava um nervoso também. Porém eu tenho de salientar que eu já possuía relativas habilidades sociais antes do reboot. Talvez porque eu recaia a cada 2 semanas sempre durante 2016. Então quando eu chegava no final das duas semanas eu ja conseguia interagir melhor. Entretanto eu logo recaia e recomeçava tudo de novo a ansiedade social e falta de interesse em falar com as pessoas.
-Eu ficava o tempo todo cuidando pra não falar algumas coisas por medo do que os outros iriam pensar.
-A maior parte do tempo eu tinha um sentimento de vazio e de que não havia nada de interessante pra fazer. Uma angústia bem evidente.
-Outra coisa engraçada e trágica. Eu ficava quase todo dia remoendo uma frustração amorosa de 2015, que eu nunca consegui superar antes do reboot.
-Eu cuido da minha aparência e do meu estilo, e geralmente sou elogiado por várias pessoas de ambos os sexos. Mas mesmo assim eu tinha uma auto estima lixo. Sempre achava que seria rejeitado e que algumas pessoas se incomodavam com a minha presença.
-Não conseguia estudar direito. O tempo todo me dava uma angunia e cansaço. Eu levei dois anos pra passar no curso que eu queria. Se eu não tivesse recaído em 2015 talvez eu tivesse levado um ano só.
-Procrastinação grande. Eu sou uma pessoa com uma consciência muito pesada, se eu não fizer aquilo que eu me dispus, eu me sinto muito mal. E embora eu consequisse atingir alguns objetivos antes do reboot, por conta dessa consciencia, eu deixava vários outros pra trás por causa da procrastinação.
-Eu não tinha vontade de ficar perto das pessoas. Nem da minha família.
-Minha voz era fraca mano. Eu to esperando muito por um estudo que explique essa parada da voz. É muito evidente esse sintoma de voz fraca e mais aguda, várias pessoas ja relataram

E após os 51 dias:

-Eu passei por várias flatlines, mas agora cheguei em um ponto em que meu humor e esperança na vida estão quase o tempo todo em alta. Me sinto mais feliz e disposto a buscar meus objetivos. Tenho mais fé em Deus também.
-Eu to interagindo, tanto com homens quanto garotas, com uma facilidade muito grande. Eu não penso mais em nada do que eu vou falar, eu vou lá e falo o que eu penso. É muito interessante, porque você percebe você pode ser você mesmo e ser uma pessoa querida ao mesmo tempo. Mesmo eu sendo direto e as vezes até um pouco frio nas respostas, as pessoas continuam me tratando bem e garotas continuam se mostrando interessadas.
-Outra coisa engraçada nisso de falar o que pensa é que eu to meio sem filtro kkkkkk. Mano eu ando falando muita besteira pra meninas e eu nao do a minima pro que elas respondem depois. Não sempre, é claro, mas bem mais que antes hahahaha. Besteira no sentido de falar coisas sexuais ou dar em cima explicitamente, não de ser rude ou ofensivo haha.
-Eu não consigo lembrar qual foi a última vez que eu fiquei muito nervoso ou ansioso (a ponto de suar, querer ir ao banheiro e acelerar o coração) desde que o reboot engatou umas semanas.
-Eu também não ligo mais pra quando me deixam no vácuo. Isso me envergonhava antes hahaha
-Eu to me sentindo mais atraente e valorizável também. Ainda que eu entenda que as pessoas tem gostos diversificados.
-To bem menos estressado e preocupado com certas coisinhas do dia a dia. Eu to mais foda-se que depois eu dou um jeito sabe? Antes eu me desesperava o tempo todo por qualquer coisinha.
-Estou mais amigável e com vontade e estar com outras pessoas. Gostando mais delas inclusive. Pela primeira vez eu percebi o quanto eu gosto dos meus amigos e amigas. Justo agora que vamos todos nos separar, já que passamos em faculdades diferentes. Sinto saudades até. Antes eu era meio indiferente, do tipo: ah eu nem gosto tanto deles assim.
- Valorizo mais minha família também, hoje eu refleti um pouco o quanto meus pais se esforçaram e se esforçam pra melhorar a minha vida.
-Ando ouvindo menos musicas depressivas. Antes eu ouvia todo dia o tempo todo. Eu achava que era gosto, mas na real nem é. É frescura hahahaha.
- Aquele vazio de antes está meio desaparecido, espero que ele não me encontre tão cedo.
- Menos procrastinação, eu começo a fazer as coisas e logo pego o ritmo.
-Minha voz ta mais grossa e profunda, beeeem mais. Antes eu tinha receio de falar porque sabia que minha voz ia sair fraca. Agora eu falo com bem mais confiança

Ainda é pouco pois são só 50 dias, mas já vi uma puta diferença. E não relatei nada de forma exagerada. Essas coisas realmente mudaram.

Mano, fico feliz de ter essa "prova social" de que isso funciona para o meu problema. Tenho exatamente os mesmos problemas que você (parecia que falava de mim). Fiquei 60 dias em reboot, mas cai, e pude provar tudo isso que foi relatado.

Obrigado por falar, isso da muita motivação.
Mangusto
Mangusto
Mensagens : 172
Data de inscrição : 21/12/2016

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 23/2/2017, 20:22
Stark escreveu:
FALA TURMA. Ninguem responde no meu diario tomar no cu kkkkkk
huehuehue
Calma parceiro, não ente em panico, o Stark chegou.

Só vim para dizer o que tu já sabe mesmo: Teu reboot tá foda. Tocar guitarra é do caralho mesmo véi, desde muleke sempre curti ouvir guns n roses, iron mainden, van halen, metallica e dentre outros, e sempre fui doido pra tocar que nem esses caras, tenho que criar vergonha e comprar uma guitarra algum dia desses rsrs (mas por enquanto só no violão mesmo).

Legal essa ideia de usar os jogos como recompensa, afinal não dá pra trocar um vicio por outro senão fica na mesma.
Também gostei da parte de "falar com garotas", é o pegadozão mesmo.

Tmj boy.
Obrigado mano!! Compra mesmo, tocar guitarra é muito bom, não é fácil, mas depois que tu pega a manha tu se diverte bastante. É um hobbie solitário sabe, então ele é muito bom pra quando tu ta sozinho em casa e não tem jeito de sair, ou não quer sair mesmo. Distrai bastante. Sobre ser pegadorzão, mano to tentando kkkkkkk ta meio foda, mas vou melhorar.

bart escreveu:
Mangusto escreveu:Eae gurizada, valeu pelo apoio e pelas parabenizações, vou fazer agora uma lista já que vocês pediram e estão curiosos!

Uma comparação de como eu me sentia e agia nos dias iniciais do reboot:
-Eu sou uma pessoa relativamente sensível, então os primeiros dias da última recaída oscilaram entre um desespero, medo: Eu senti na hora como o meu humor ficou terrível no começo, eu não queria falar com ninguém, literalmente. Até quando meus pais vinham conversar eu me sentia extremamente aborrecido por motivo algum.
-Totalmente sem esperânças no futuro, pois eu já estava a um bom tempo em ciclo de recaídas e tentativas. Então o que parecia era que eu ia continuar com aquela frustração e insegurança
-Os sintomas que geralmente as pessoas relatam eram muito fortes em mim. Eu não conseguia conversar com as pessoas sem ficar pensando o tempo todo na coisa certa pra dizer, o que muitas vezes resultava naquele branco na conversa, sabem?
-As vezes me dava uma crise de ansiedade do nada. Era bem tenso, do nada meu coração acelerava e me dava vontade de ir ao banheiro, mesmo que nada tivesse ocorrido.
-Isso piorava quando eu sabia que ia entrar em situações sociais, dava um nervoso também. Porém eu tenho de salientar que eu já possuía relativas habilidades sociais antes do reboot. Talvez porque eu recaia a cada 2 semanas sempre durante 2016. Então quando eu chegava no final das duas semanas eu ja conseguia interagir melhor. Entretanto eu logo recaia e recomeçava tudo de novo a ansiedade social e falta de interesse em falar com as pessoas.
-Eu ficava o tempo todo cuidando pra não falar algumas coisas por medo do que os outros iriam pensar.
-A maior parte do tempo eu tinha um sentimento de vazio e de que não havia nada de interessante pra fazer. Uma angústia bem evidente.
-Outra coisa engraçada e trágica. Eu ficava quase todo dia remoendo uma frustração amorosa de 2015, que eu nunca consegui superar antes do reboot.
-Eu cuido da minha aparência e do meu estilo, e geralmente sou elogiado por várias pessoas de ambos os sexos. Mas mesmo assim eu tinha uma auto estima lixo. Sempre achava que seria rejeitado e que algumas pessoas se incomodavam com a minha presença.
-Não conseguia estudar direito. O tempo todo me dava uma angunia e cansaço. Eu levei dois anos pra passar no curso que eu queria. Se eu não tivesse recaído em 2015 talvez eu tivesse levado um ano só.
-Procrastinação grande. Eu sou uma pessoa com uma consciência muito pesada, se eu não fizer aquilo que eu me dispus, eu me sinto muito mal. E embora eu consequisse atingir alguns objetivos antes do reboot, por conta dessa consciencia, eu deixava vários outros pra trás por causa da procrastinação.
-Eu não tinha vontade de ficar perto das pessoas. Nem da minha família.
-Minha voz era fraca mano. Eu to esperando muito por um estudo que explique essa parada da voz. É muito evidente esse sintoma de voz fraca e mais aguda, várias pessoas ja relataram

E após os 51 dias:

-Eu passei por várias flatlines, mas agora cheguei em um ponto em que meu humor e esperança na vida estão quase o tempo todo em alta. Me sinto mais feliz e disposto a buscar meus objetivos. Tenho mais fé em Deus também.
-Eu to interagindo, tanto com homens quanto garotas, com uma facilidade muito grande. Eu não penso mais em nada do que eu vou falar, eu vou lá e falo o que eu penso. É muito interessante, porque você percebe você pode ser você mesmo e ser uma pessoa querida ao mesmo tempo. Mesmo eu sendo direto e as vezes até um pouco frio nas respostas, as pessoas continuam me tratando bem e garotas continuam se mostrando interessadas.
-Outra coisa engraçada nisso de falar o que pensa é que eu to meio sem filtro kkkkkk. Mano eu ando falando muita besteira pra meninas e eu nao do a minima pro que elas respondem depois. Não sempre, é claro, mas bem mais que antes hahahaha. Besteira no sentido de falar coisas sexuais ou dar em cima explicitamente, não de ser rude ou ofensivo haha.
-Eu não consigo lembrar qual foi a última vez que eu fiquei muito nervoso ou ansioso (a ponto de suar, querer ir ao banheiro e acelerar o coração) desde que o reboot engatou umas semanas.
-Eu também não ligo mais pra quando me deixam no vácuo. Isso me envergonhava antes hahaha
-Eu to me sentindo mais atraente e valorizável também. Ainda que eu entenda que as pessoas tem gostos diversificados.
-To bem menos estressado e preocupado com certas coisinhas do dia a dia. Eu to mais foda-se que depois eu dou um jeito sabe? Antes eu me desesperava o tempo todo por qualquer coisinha.
-Estou mais amigável e com vontade e estar com outras pessoas. Gostando mais delas inclusive. Pela primeira vez eu percebi o quanto eu gosto dos meus amigos e amigas. Justo agora que vamos todos nos separar, já que passamos em faculdades diferentes. Sinto saudades até. Antes eu era meio indiferente, do tipo: ah eu nem gosto tanto deles assim.
- Valorizo mais minha família também, hoje eu refleti um pouco o quanto meus pais se esforçaram e se esforçam pra melhorar a minha vida.
-Ando ouvindo menos musicas depressivas. Antes eu ouvia todo dia o tempo todo. Eu achava que era gosto, mas na real nem é. É frescura hahahaha.
- Aquele vazio de antes está meio desaparecido, espero que ele não me encontre tão cedo.
- Menos procrastinação, eu começo a fazer as coisas e logo pego o ritmo.
-Minha voz ta mais grossa e profunda, beeeem mais. Antes eu tinha receio de falar porque sabia que minha voz ia sair fraca. Agora eu falo com bem mais confiança

Ainda é pouco pois são só 50 dias, mas já vi uma puta diferença. E não relatei nada de forma exagerada. Essas coisas realmente mudaram.

Mano, fico feliz de ter essa "prova social" de que isso funciona para o meu problema. Tenho exatamente os mesmos problemas que você (parecia que falava de mim). Fiquei 60 dias em reboot, mas cai, e pude provar tudo isso que foi relatado.

Obrigado por falar, isso da muita motivação.
Continua firme mano, no ultimo reboot eu caí com 60 dias porque eu relaxei e achava q já tava curado pela quantidade de benefícios visíveis. Esses efeitos são muito visíveis, porém não podemos deixar subir à cabeça, pois o vício está sempre a espreita para retornar. Abraço e força !

_______________________________________


Meu Diário
Dangelo
Dangelo
Mensagens : 362
Data de inscrição : 21/12/2016

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 23/2/2017, 23:12
Muito bom cara! Fiquei uns dias fora do diário, estou meio perplexo com minhas recaídas, mas sem dúvidas seu diário é um dos meus favoritos, pela dedicação e pelo jeito detalhado que você descreve seus sintomas de mudança.
90 dias é logo ali Mangusto! Você vai conseguir!

MS-Voly
MS-Voly
Mensagens : 975
Data de inscrição : 29/08/2015

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 25/2/2017, 19:40
FALA TURMA. Ninguem responde no meu diario tomar no cu
Calma ai jovem, que rebeldia rsrsa, eu estou respondendo agora.

To vendo que nesse reboot está decolando, dês da última vez que escrevi aqui até agora há vários relatos positivos, que bom Mangusto que o reboot está indo muito bem.
To vendo que tá virando o Pegador, ai sim (só agora que fui entender o que é o Tinder rs).

Está mandando muito bem, continue assim.
Abraços. Cool


_______________________________________
Meu Diário: http://www.comoparar.com/t1265-diario-ms-voly
História de sucesso:http://www.comoparar.com/t3593-ms-voly-o-cacador-guia
---------------------------------------------              --------------------------------------------------------------------------
"A dor é temporária, mas a vitória é permanente"
Mangusto
Mangusto
Mensagens : 172
Data de inscrição : 21/12/2016

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 26/2/2017, 22:26
Dangelo escreveu:Muito bom cara! Fiquei uns dias fora do diário, estou meio perplexo com minhas recaídas, mas sem dúvidas seu diário é um dos meus favoritos, pela dedicação e pelo jeito detalhado que você descreve seus sintomas de mudança.
90 dias é logo ali Mangusto! Você vai conseguir!


Muito obrigado Dangelo! Se você tiver alguma dúvida pessoal em relação a essas suas recaídas, pode falar direto comigo, estou a disposição.

MS-Voly escreveu:
FALA TURMA. Ninguem responde no meu diario tomar no cu
Calma ai jovem, que rebeldia rsrsa, eu estou respondendo agora.

To vendo que nesse reboot está decolando, dês da última vez que escrevi aqui até agora há vários relatos positivos, que bom Mangusto que o reboot está indo muito bem.
To vendo que tá virando o Pegador, ai sim (só agora que fui entender o que é o Tinder rs).

Está mandando muito bem, continue assim.
Abraços.  Cool


Valeu Voly!! Tinder é daora hahahaha, só tem que cuidar com os gatilhos. Eu olho as fotos sempre tapando o que não é rosto. Abraços Brother!


---

DIA 70
Cada vez mais próximo de completar a primeira etapa do reboot. Me sinto muito orgulhoso. Eu sinto vontade zero de ver porn, e já não reajo tanto a gatilhos, porém continuo atento pra não dar mole. Ainda sinto medo de cair as vezes, porém na maior parte do tempo eu esqueço que PMO existe, isso é bem positivo, fantasias é muito raro acontecer, quase nunca, e eu consigo desviar a atenção delas rapidamente. Quanto a mudanças, não vejo nada de muuito diferente do dia 60, só tem duas coisas que mudaram: eu estou mais determinado a cumprir certos objetivos, até então eu tava enrolando e inventando desculpas, mas nos últimos dias estou mais firme pra ultrapassar minha zona de conforto.

_______________________________________


Meu Diário
Dangelo
Dangelo
Mensagens : 362
Data de inscrição : 21/12/2016

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 27/2/2017, 01:57
Isso é bom. Só se lembre de pornografia quando acessar o fórum ou quando for ler o e-book ou coisas informativas, pois além das recaídas e dos gatilhos, ficar pensando muito no vício nos faz tender a recair, e esse é o principal erro das pessoas que recaem com um longo período de tempo. Mas acredito não ser seu caso, acredito que você vai conseguir sem grandes dificuldades se continuar assim. Espero que quando você completar 90 dias, eu esteja completando meus 25 dias. Vai passar rapidinho, é só não ficar pensando nisso. Sucesso cara, te esperando no Histórias de sucesso, hahaha.

MS-Voly
MS-Voly
Mensagens : 975
Data de inscrição : 29/08/2015

Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again. - Página 2 Empty Re: Quase me curei uma vez, mas.. Here I go again.

em 27/2/2017, 14:09
Olá Mangusto, já chegou aos 70dias, ótimo Smile
Se continuar com receio em cair, reler o e-book ajuda bastante a ver novamente o quão a pornografia pode afetar em sua vida. Siga em frente que já está chegando perto dos 90 dias, boa!

Abraços. Cool

_______________________________________
Meu Diário: http://www.comoparar.com/t1265-diario-ms-voly
História de sucesso:http://www.comoparar.com/t3593-ms-voly-o-cacador-guia
---------------------------------------------              --------------------------------------------------------------------------
"A dor é temporária, mas a vitória é permanente"
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum