Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1288
Data de inscrição : 13/01/2015
Ver perfil do usuário

Adicione o Block Free também.

em 22/8/2017, 09:47
Taavin


Adicione o block free, ele é uma ótima ferramenta. Tem uma versão paga também, o Block Supreme, é muito barato, custa R$ 30,00. Segue o link: http://www.gamsoft.com.br/blok-supreme-pro.html


Sua estratégia em sair de casa quando a fissura bater é ótima!


Abraço!

_______________________________________



https://docs.google.com/document/d/1e16jZBv1CEYco_rYgNzlwXdQt-WvuYhLAYuuQIsT_fQ/edit

Minimize as chances de dar errado que você maximizará as chances de dar certo. (Taaviin)

Meu diário: http://www.comoparar.com/t199p150-comecando-o-processo-de-reboot?highlight=Luis+Santos

História de sucesso: http://www.comoparar.com/t525-90-dias-completos-o-reboot-funciona
avatar
Mensagens : 250
Data de inscrição : 20/12/2014
Idade : 24
Localização : Salvador - BA
Ver perfil do usuáriohttp://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23

Re: Como Fênix (Taaviin, 23)

em 25/8/2017, 13:39
Meus amigos!

Queria vir com boas atualizações, mas infelizmente, não as tenho.
Continuo no Reboot sim, mas isso é o que menos importa.

Acredito que todos vocês souberam do acidente da lancha que transportava pessoas de Mar Grande para Salvador, ontem. Infelizmente perdi uma GRANDE amiga nesse fato.
Eu estava no TRT acompanhando umas audiências, já preocupado, pois sabia do fato, sabia que ela vinha nesse transporte.. mas tinha uma faísca de esperança, porque ligávamos e o celular chamava. Até que soubemos por áudio, um amigo nosso foi ao local e viu o corpo, cena horrível.

O que mais me corrói, é que não tínhamos aula ontem, mas decidimos sair de casa e bater a meta de audiências assistidas, que éram 10 por matéria. Ela tão esforçada, decidiu vir também. Crying or Very sad

Eu tinha tanto carinho por ela, TODOS OS DIAS eu dava um abraço super apertado, elogiava-a, era bem elegante, tínhamos uma conexão incrível. A turma toda está muito abalada.

Sinto que minha fé, que já era pouca, praticamente deixa de existir.
Como posso orar com pouca fé e achar que serei atendido, sendo que alguém com 4000x mais fé do que eu, no momento mais importante da vida, pede e não é atendida?
Isso eu não entenderei nunca, ela não merecia. Crying or Very sad

Ontem preferi ficar na cama quieto, das 5h até as 22h, eu só tinha comido uma maçã, totalmente sem fome, e até agora só quero ficar só.

Foda... difícil de acreditar.

Precisava escrever algumas coisas, já que ainda não quero falar com ninguém, e vocês entenderão caso eu não apareça por uns dias.

_______________________________________
- Meu diário: http://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23 -

avatar
Mensagens : 699
Data de inscrição : 27/08/2016
Idade : 27
Ver perfil do usuário

Re: Como Fênix (Taaviin, 23)

em 25/8/2017, 17:07
Meus pesames. Mas não lamente muito. Para morrer basta estar vivo e vc tem suas próprias batalhas, não desista delas. Aposto q sua amiga lutava suas próprias lutas.

Perdi uma amiga em 2014, de cancêr no cérebro, ela tinha 21 anos e morreu cedo. Isso me motivou a lutar contra PMO e o resto q me assola. Estou vivo e preciso viver como tal.
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1288
Data de inscrição : 13/01/2015
Ver perfil do usuário

Re: Como Fênix (Taaviin, 23)

em 25/8/2017, 18:43
Taaviin escreveu:Meus amigos!

Queria vir com boas atualizações, mas infelizmente, não as tenho.
Continuo no Reboot sim, mas isso é o que menos importa.

Acredito que todos vocês souberam do acidente da lancha que transportava pessoas de Mar Grande para Salvador, ontem. Infelizmente perdi uma GRANDE amiga nesse fato.
Eu estava no TRT acompanhando umas audiências, já preocupado, pois sabia do fato, sabia que ela vinha nesse transporte.. mas tinha uma faísca de esperança, porque ligávamos e o celular chamava. Até que soubemos por áudio, um amigo nosso foi ao local e viu o corpo, cena horrível.

O que mais me corrói, é que não tínhamos aula ontem, mas decidimos sair de casa e bater a meta de audiências assistidas, que éram 10 por matéria. Ela tão esforçada, decidiu vir também. Crying or Very sad

Eu tinha tanto carinho por ela, TODOS OS DIAS eu dava um abraço super apertado, elogiava-a, era bem elegante, tínhamos uma conexão incrível. A turma toda está muito abalada.

Sinto que minha fé, que já era pouca, praticamente deixa de existir.
Como posso orar com pouca fé e achar que serei atendido, sendo que alguém com 4000x mais fé do que eu, no momento mais importante da vida, pede e não é atendida?
Isso eu não entenderei nunca, ela não merecia. Crying or Very sad

Ontem preferi ficar na cama quieto, das 5h até as 22h, eu só tinha comido uma maçã, totalmente sem fome, e até agora só quero ficar só.

Foda... difícil de acreditar.

Precisava escrever algumas coisas, já que ainda não quero falar com ninguém, e vocês entenderão caso eu não apareça por uns dias.


Taaviin

Você já teve uma queda brusca quando perdeu uma pessoa querida. Fique atento a isso, lembre-se que tu está vulverável a isso nesse momento de luto. É importante ficar atentos e não ir "desafogar" as mágoas na pornografia.


Quanto a orações e fé, é um assunto delicado. Desde que o pecado entrou no mundo nós ficamos expostos a todo tipo de infortúnios. Na própria Bíblia podemos ler muitas catástrofes que aconteceram com servos de Deus, ex:

-Eliseu morreu de uma doença grave (2 Reis 13:14);
-o apóstolo Tiago morreu a mando do Rei Herodes (Atos 12:2);
-registros históricos indicam que o apóstolo Paulo morreu decapitado por ordem do imperador Nero,Pedro morreu crucificado de cabeça para baixo;
-os cristãos foram perseguidos e jogados nas arenas para os leões matarem por ordem de vários imperadores
- todos eles tinham fé em Deus, mas mesmo assim sofreram

Por que será que Deus permite o mal? A resposta é não sei! Só sei que todos estamos sujeitos a males, a esperança que temos é que aqueles que tem fé em Deus e o reconhecem como Senhor e Salvador apesar de sofrerem terão a vida eterna. Portanto, os que tem a verdadeira fé em Deus e na hora de morrer sofrem, após isso estão melhores que nós: juntos ao Pai Smile

Sua fé está sendo apenas testada meu amigo, você crê em Deus, sabe que Ele existe; é apenas um momento de tristeza. Momentos assim todos temos; pra mim que estou de fora parece fácil, mas não é. Perder pessoas próximas é horrível, sei pois já passei por mortes de pessoas próximas. Confie em Deus e o busque ainda mais.


Abraço e bom fim de semana, que Jesus te abençoe e conforte meu amigo.


Luís Santos.


_______________________________________



https://docs.google.com/document/d/1e16jZBv1CEYco_rYgNzlwXdQt-WvuYhLAYuuQIsT_fQ/edit

Minimize as chances de dar errado que você maximizará as chances de dar certo. (Taaviin)

Meu diário: http://www.comoparar.com/t199p150-comecando-o-processo-de-reboot?highlight=Luis+Santos

História de sucesso: http://www.comoparar.com/t525-90-dias-completos-o-reboot-funciona
avatar
Mensagens : 250
Data de inscrição : 20/12/2014
Idade : 24
Localização : Salvador - BA
Ver perfil do usuáriohttp://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23

Re: Como Fênix (Taaviin, 23)

em 25/8/2017, 19:23
Obrigado Bolseiro, meus sentimentos por sua amiga.  :/

________________


Luís meu amigo, de antemão, desculpe por não conseguir responder sua mensagem anterior, o Kurupira está bloqueando minha página 4, não entendo o porquê (dentre alguns outros diários).

Sobre o que você disse... juro a você que eu sempre tive uma coisa nos meus pensamentos, eu sempre suspeitei que quando eu perdesse alguém que eu amasse, minha fé ficaria balançada, isso se não ficasse no zero.
Eu sofri com a perda da minha bisavó, mas acho que o sofrimento real foi pelos meus parentes, que conviviam com ela mais intimamente.
Já com essa minha amiga, EU que convivia, por 3 anos e meio, segunda a sexta, e sábado quando tinha aula. Não uma convivência vazia, mas super intensa. Então, parece que sinto mais agora do que anteriormente.

Tem Reboot, tem Estudos, tem sempre algo pra pensar... mas é difícil se equilibrar agora, nem no PC quero ficar.

De qualquer forma, obrigado pelas palavras e reflexão meu amigo, sempre considero MUITO e absorvo tudo o que você fala.

Abraço!

_______________________________________
- Meu diário: http://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23 -

avatar
Mensagens : 165
Data de inscrição : 09/07/2017
Localização : SC
Ver perfil do usuário

Re: Como Fênix (Taaviin, 23)

em 26/8/2017, 03:27
Meus pêsames, Taaviin.

Sou agnóstico, mas o fato de você perder a fé por conta de uma tragédia não é uma boa maneira de encontrar respostas, pois é motivada na emoção, não razão.

É difícil, sei muito bem disso, mas o sofrimento é fundamental para um melhor andamento da vida. Imagine se nunca sofrêssemos ? Seriamos pessoas imaturas incapazes de resolver problemas simples. Isso as próprias religiões confirmam.

Recomento os oito primeiros minutos deste vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=nVFHsdqRAI4

Abraços !
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1288
Data de inscrição : 13/01/2015
Ver perfil do usuário

Re: Como Fênix (Taaviin, 23)

em 26/8/2017, 12:39
Taaviin escreveu:Obrigado Bolseiro, meus sentimentos por sua amiga.  :/

________________


Luís meu amigo, de antemão, desculpe por não conseguir responder sua mensagem anterior, o Kurupira está bloqueando minha página 4, não entendo o porquê (dentre alguns outros diários).

Fique tranquilo, meu amigo. O importante é saber que você se mantém nos trilhos e está bem.

Taaviin escreveu:Sobre o que você disse... juro a você que eu sempre tive uma coisa nos meus pensamentos, eu sempre suspeitei que quando eu perdesse alguém que eu amasse, minha fé ficaria balançada, isso se não ficasse no zero.
Eu sofri com a perda da minha bisavó, mas acho que o sofrimento real foi pelos meus parentes, que conviviam com ela mais intimamente.
Já com essa minha amiga, EU que convivia, por 3 anos e meio, segunda a sexta, e sábado quando tinha aula. Não uma convivência vazia, mas super intensa. Então, parece que sinto mais agora do que anteriormente.

Sei mais ou menos o que passa, já perdi familiares, muito, muito próximos, sei bem como nossa mente fica. É como diz em Eclesiastes 3: há tempo para todas as coisas, tempo para rir e para chorar. Isso passa meu amigo, nesses momentos difíceis que nosso caráter e fé são moldados. É contraditório a nossa maneira de pensar mas é assim mesmo; é nas adversidades que aprendemos, por mais que no momento tenhamos apenas o sabor amargo e a tristeza.



Taaviin escreveu:Tem Reboot, tem Estudos, tem sempre algo pra pensar... mas é difícil se equilibrar agora, nem no PC quero ficar.

De qualquer forma, obrigado pelas palavras e reflexão meu amigo, sempre considero MUITO e absorvo tudo o que você fala.

Abraço!


Entendo você, vou orar e pedir a Deus que lhe conforte. Fico feliz em saber que para e reflete nas opiniões que expresso contigo. Saiba que sempre passo aqui em seu diário com a maior satisfação, também aprendo muito com você.


Abraço e bom fim de semana!

_______________________________________



https://docs.google.com/document/d/1e16jZBv1CEYco_rYgNzlwXdQt-WvuYhLAYuuQIsT_fQ/edit

Minimize as chances de dar errado que você maximizará as chances de dar certo. (Taaviin)

Meu diário: http://www.comoparar.com/t199p150-comecando-o-processo-de-reboot?highlight=Luis+Santos

História de sucesso: http://www.comoparar.com/t525-90-dias-completos-o-reboot-funciona
avatar
Mensagens : 64
Data de inscrição : 10/07/2017
Ver perfil do usuário

Re: Como Fênix (Taaviin, 23)

em 28/8/2017, 06:05
Realmente um acontecimento tão triste abala a gente. Meus sentimentos, amigo Taavin. Que você ache nas lembranças positivas e no legado dessas pessoas queridas consolo nessa hora tão dolorosa e inspiração para seguir em frente.

_______________________________________
rabbit Leia meu diário! Clique!

avatar
Mensagens : 165
Data de inscrição : 09/07/2017
Localização : SC
Ver perfil do usuário

Re: Como Fênix (Taaviin, 23)

em 31/8/2017, 03:37
Como está Taavin?
Dei-nos notícias quando possível, ainda que, por ventura, você tenha caído.
avatar
Mensagens : 250
Data de inscrição : 20/12/2014
Idade : 24
Localização : Salvador - BA
Ver perfil do usuáriohttp://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23

Uma nova caminhada.

em 8/9/2018, 03:44
Saudações Guerreiros.

Eu já tinha escrito há um ano sobre a sensação de visitar, depois de um tempo, um lugar que sempre havia sido a minha casa.

E aqui retorno, após ter decretado um basta.

Preciso contar minha história pra vocês, o que aconteceu nesse meio-tempo e como anda meu status atual, a ajuda de vocês seria algo inestimável.

Pretendo manter um diário, ser assíduo com as postagens, mesmo sabendo que estou em reta final de Faculdade, mas quero me comprometer.

Aos amigos que se sentirem a vontade para acompanhar minha jornada, eu ficaria extremamente grato, e os convido para ler meu primeiro post nesse diário, há um ano.

Atenção: Eu escrevo bastante, acho justo trazer o máximo de detalhes para vocês, é o que encontrarão aqui.

Bom, o mesmo motivo que me faz ficar um ano longe do Fórum, foi o mesmo motivo que já tinha me afastado por três anos, que foi o despreparo emocional e um consequente baque, ou seja, aquele despreparo mental por conta de anos e mais anos utilizando a PMO como anestésico das dores do mundo real, se escondendo nisso e por conta disso, nunca desenvolvendo um uma maturidade emocional para lidar com perdas, frustrações e a tristeza.

O resultado desse mau hábito, é que frente a uma dificuldade absurda, como a perda de um ente querido e a perda de uma pessoa próxima, me fizerem correr para um mundo onde eu poderia voltar a anestesiar minha dor com doses insanas de PMO.

Mas uma frase muito conhecida é uma grande verdade: "A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original"
Por que digo isso?

Após conhecer o reboot, o método, o fórum, você desenvolve uma consciência que não te permite mais se sujar no vício por muito tempo sem sua mente te martelar sobre aquilo, é diferente. Não é mais aquela sensação de impureza, não é mais aquela sensação quase que religiosa de pecado, é algo muito mais profundo, afinal, você sabe os benefícios e a nova vida que te aguardam longe daquela sujeira. E confiem em mim, o peso de saber que está sabotando seu futuro e seus sonhos são extremamente piores do que a sensação anterior de quando se era ignorante sobre tudo isso.

Passado algum tempo tentando me anestesiar, cheguei no fundo do poço de tantas recaídas em gêneros insanos, foi quando decidi me esforçar pra voltar a minha vida de um rebooter.

Não consegui de forma nenhuma, tentava, tentava, tentava.

Não me sentia digno de vir ao fórum, afinal, se eu não conseguia emplacar 3 dias, qual o sentido de vir aqui e cair de novo, só que dessa vez em público?

Num determinado dia (aproximadamente Abril desse ano), conheci uma garota na Faculdade, uma princesa, uma das meninas mais lindas que eu já me interessei. Eu apenas olhava ela de longe e não tinha coragem de me aproximar. Resumindo, um dia ela puxou assunto comigo sobre uma matéria na Faculdade que ela tinha aulas com a minha turma, trocamos números para envio de materiais e um dia ela postou algo triste no status do Whatsapp, puxei assunto, conversamos sobre isso e iniciamos uma amizade (deixo aqui a importância de se iniciar conversas sem aquele intuito inicial de interesse, afinal, você fica mais relaxado e o assunto flui). Eu me apaixonei e depois de um tempo investindo, descobri que ela me observava há um tempo e também tinha interesse. Foi um baque muito positivo na minha autoestima, por saber que eu sou um cara interessante, mas não estava percebendo isso.

Por estar completamente focado nela, cheguei a 22 dias longe da pornografia, mas por ela ter uns problemas de depressão e aparentemente flertava com um retorno ao problema, tivemos muitas discussões e nos afastamos (e não conversamos mais). Isso me fez voltar ao poço da pornografia e mais uma vez me mostrou minha imaturidade emocional pra lidar com perdas.

Nessas tentativas de me manter longe do vício enquanto estava afastado do fórum, eu fiz uma lista numa folha de caderno, contendo todas as razões pelas quais eu deveria me manter longe do vício, como por exemplo: "quando consumo o vício, eu me afasto da minha higiene e não escovo os dentes; quando consumo o vício, me afasto de quem eu amo.."

No momento e nos dias seguintes, expressar isso me deu força, mas sem um método forte, não consegui resistir por muito tempo.

Tentei me apegar ao método Como Parar, mas estava no fundo do poço de tal forma, que usando conhecimentos avançados, eu removi os bloqueadores que tinha instalado e jogado a senha fora, e hoje quando tento instalá-los de novo, o computador reconhece que ainda estão aqui e apenas permite eu instalar outra versão por cima, ou seja, não consigo entrar no bloqueador e configurar melhor, traduzindo, não consigo instalar mais o K9 Web Protection, o Blok Free, Kurupira...

Agora vamos falar do momento atual.

Há pouco tempo eu passei a frequentar bastante o fórum e ler os posts, mesmo recaindo. Eu acreditava que o fato de estar por aqui, em algum momento me despertaria a chama.

Até que achei um comentário de um membro, não lembro o nome dele, mas ele comentou num diário de outro membro e indicou um artigo de um site gringo pra esse membro. Se essa pessoa ler meu diário, vai saber exatamente que estou falando dela.

Esse site era o Your Brain Rebalanced, o artigo do TheUnderdog, vou deixar o artigo em spoiler aqui, quem tiver interesse, põe no Google Tradutor, para traduzir documento (artigos maiores) e tira um tempo pra ler, que é sensacional.

Artigo em Inglês.:
https://yourbrainrebalanced.com/forum/index.php?threads/my-thoughts-on-rebooting-extremely-long-post.15558/#post-272668

Esse artigo simplesmente mudou totalmente minha forma de pensar, completamente.

Claro que alguns usuários e o próprio e-book trazem alguns dos ensinamentos e lições que estão nesse artigo. Mas talvez a reunião de lições, as porradas na cara, tudo isso ligado a alguns pensamentos que eu já estava tendo, me revolucionaram.

Basicamente eu comecei a refletir que eu estava há anos numa guerra INSANA tentando apenas me manter numa abstinência de PMO. Comecei a refletir que as atividades extra-net que eu buscava, eram pra tirar meu pensamento em PMO. Percebi que minha vida girava em torno da PMO, seja como um viciado no fundo do poço, ou um viciado procurando recuperação, no fim do dia, os pensamentos todos eram sobre PMO.

E depois desse artigo que eu li, eu cai numa real que eu não tinha caído, inclusive quando eu cheguei na casa dos 90 e tantos dias longe da pornografia.

Caí na real que o que eu mais queria era alcançar números de dias longe da pornografia, para aí sim eu me sentir bem e motivado para correr atrás dos meus sonhos e mudar de vida.

Percebi e caí na realidade que isso não existe. Por isso que eu alcançava um número de dias e sentia um vazio e um buraco emocional. Por isso que as atividades extra-net não estavam funcionando. Afinal, eu não fazia nada por mim, estava apenas focado e pensando em pornografia. Mesmo quando o pensamento era extirpá-la, eu estava pensando nela, afinal.

Como evitar pensar em pornografia? Se o comando que eu dava pro cérebro era: "não pense em pornografia". Ora, é a mesma coisa de eu te pedir pra ler isso e não pensar numa galinha. Olha só, você já está pensando na penosa.

Mudei a forma de pensar e a forma de lutar contra o vício.

Comecei a procurar livros, podcasts, canais no YouTube que tratassem do meu problema real e não apenas do sintoma.

Afinal, a pornografia é um sintoma. Eu plantei por anos uma personalidade de preguiça, procrastinação, não-enfrentamento da realidade... e nesse solo fértil, a pornografia se instalou e cresceu.

Logo, decidi tratar o problema na raiz e não mais apenas o sintoma.

Minha principal arma está sendo a Reprogramação Cerebral através dos cursos do André Buric.

Com isso eu foco o tempo todo em combater a procrastinação, tentando reduzi-la a zero, combato a preguiça, tento me transformar numa máquina de resultados, não deixando brechas ou tempo suficiente pra tentar combater o tédio com a pornografia.

Tento compreender o tempo todo que meu cérebro busca meios de economizar energia o máximo possível, me forçando a escolhas mais "fáceis" e prejudiciais ao invés dos objetivos que eu estipulei. E compreendendo isso, eu me esforço pra aplicar o "gerenciamento da dor e do prazer". Assim, eu forneço dopamina para o cérebro me permitindo "prêmios" apenas depois que ele cumpre um objetivo.

São ferramentas simples, mas eu percebi e me dei conta que eu não estava fazendo por mim, não estava construindo uma mudança sólida dos meus hábitos, e como muitos rebooters vencedores já tinham dito aqui: "abstinência NÃO é reboot".

Com o tempo eu vou fornecendo mais detalhes, mas já assisti bastante aulas e iniciei uma caminhada que acredito que hoje é uma caminhada pelas razões corretas. Não mais por 90 dias, não mais por ereções, não mais por controle de ejaculação, nada disso. Isso são apenas consequências de um objetivo muito maior.

Isso perto do que eu quero não é nada.

O foco principal é o investimento na minha vida. O foco é investir na minha saúde, na minha formação acadêmica, na minha aparência, em dominar meus conteúdos da Faculdade, em estar com minha família, em me tornar o homem que sente orgulho em ser quem é e ajudar outras pessoas.

Passada essa parte, eu gostaria de comentar quais estratégias eu tenho usado até agora.

Primeira estratégia: Antes de dormir, coloco meu celular no modo avião.

Segunda estratégia: Quando eu acordo, seja em dia de aula, ou dia livre, assim que eu acordo, eu vou ao banheiro, lavo meu rosto, tomo um copo grande com água, e faço 30 minutos de leitura, ANTES de comer, antes de iniciar propriamente o meu dia. É aqui que eu gosto de encaixar as leituras do fórum e de conteúdo do Reboot, assim inicio meu dia blindado contra alguns pensamentos que poderiam surgir, além de me fazer reagir mais rápido contra os gatilhos.

Terceira estratégia: Só depois que eu cumpro a leitura, aí eu arrumo a cama e tiro o celular do modo avião (aí está a sensação de prazer e prêmio por ter cumprido o objetivo e estar cultivando um hábito).

Quarta estratégia: Todos os dias faço sessões de estudos ou leituras extras utilizando a técnica de ler por 18 minutos e realizar uma pausa de 5 minutos, tento não esquecer de fazer esse gerenciamento de dor e prazer.

Quinta estratégia: Eu procurei uma atividade que eu sentisse prazer em frequentar. E como minha principal queixa dos últimos tempos é o meu condicionamento físico de um idoso de 90 anos, eu me matriculei no CrossFit e estou frequentando há algumas boas semanas, três vezes por semana. É surreal. A exaustão do CrossFit dá uma sensação épica. E o principal, como o foco lá é o condicionamento físico e a superação, tem dois benefícios: o primeiro é que não temos espelhos, então, nada de ego, é só você contra você. O segundo benefício é que você foca tanto no condicionamento físico e em superar seu treino anterior, que não fica bitolado com seu corpo e acaba ficando despreocupado com os resultados no físico, então, é uma excelente surpresa quando você percebe que as mudanças. Isso me lembra o meu reboot atual, onde foco bastante na minha vida, e quando percebo que estou automaticamente longe da PMO, me dá uma felicidade grande.

Sexta estratégia: Todos os dias antes de dormir, eu preencho minha lista de atividades do dia seguinte, não loto de coisas como antigamente, pra evitar a frustração por não bater as metas, me esforço pra ser realista nos objetivos. Além disso, uso o HabitBull no celular.

Bom, vou encerrar o diário por aqui, foi uma reapresentação extremamente longa.

Mas quero utilizar meu espaço como uma extensão de mim, quem ler vai ter um panorama completo de mim, não quero escrever só o conveniente.


Por fim, vou deixar algumas atualizações básicas caso alguém leia o diário completo, desde o início:

1. Continuo usando Minoxidil, se vocês se interessarem por uma nova foto de como a barba está agora, eu posto.

2. Sobre a questão da religião, não foram palavras vazias, eu me afastei 100% desde o dia do acontecimento.

3. Estou conhecendo uma garota maravilhosa, tanto na personalidade quanto na beleza, e ontem tivemos um encontro, caso vocês queiram detalhes sobre essa área da minha vida, também posso postar.

4. Um tio meu, no qual eu tive proximidade a pouco tempo, sofreu uma reviravolta assim que eu comecei essa caminhada, resumindo os eventos: perda de uma perna, AVC, perda da visão e afins. É uma oportunidade que eu tenho encontrado de reforçar meu estado emocional que por muito tempo foi negligenciado e não mais deixando ele me sucumbir. Caso queiram mais detalhes, posso comentar também.

Bom, por hoje é só.

Caso alguém leia e deseje acompanhar, vai ser uma honra incrível para mim.

Grande abraço!

_______________________________________
- Meu diário: http://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23 -

avatar
Mensagens : 250
Data de inscrição : 20/12/2014
Idade : 24
Localização : Salvador - BA
Ver perfil do usuáriohttp://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23

08/09 e 09/09.

em 9/9/2018, 22:39
Saudações Pessoal!

Preciso fazer um compilado de dois dias, embora eu não vá me estender muito, já que eu não estou me sentindo muito bem.

Ontem, dia 08/09, o dia começou bem tranquilo.

Segui todas as minhas metas. Consegui acordar cedo, fiz a leitura da manhã e só depois eu tirei o celular do modo avião. Estudei duas matérias por aproximadamente 1h.
Aparentemente o dia seria ótimo, mas comecei a me sentir muito mal, bastante enjoado, inclusive.
Lá para as 2h da manhã eu consegui vomitar e dormir.
Provavelmente foi um presunto que eu comi.

Hoje, 09/09, eu acordei com bastante mal estar, provavelmente por causa da fome.

Pus algumas bananas com farinha láctea numa vasilha e sentei no PC para fazer a primeira refeição e bater a meta da primeira leitura da manhã. Normalmente eu leio primeiro e depois eu faço a primeira refeição, como eu contei acima. Mas achei incrível como meu corpo, mesmo debilitado, foi me conduzindo para eu fazer a leitura, isso mostra que o hábito pode estar se formando.

Logo após comer, deitei e fiquei repousando até a noite, quando minha vó me deu um remédio para dor de cabeça e pude melhorar.

O que me deixou bem chateado, é que a garota que eu estou conhecendo me convidou para passar o Domingo na casa dela, e acabei não indo, já que estava mal. Poderia ter um dia bem divertido e fora de casa. Mas tudo bem, acontece.

Grande abraço!

_______________________________________
- Meu diário: http://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23 -

Convidado
Convidado

Re: Como Fênix (Taaviin, 23)

em 9/9/2018, 23:16
Segue firme! O importante é estar sempre acostumando o corpo com novos hábitos saudáveis pra esquecer do vício

Enviado pelo Topic'it
avatar
Mensagens : 250
Data de inscrição : 20/12/2014
Idade : 24
Localização : Salvador - BA
Ver perfil do usuáriohttp://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23

Re: Como Fênix (Taaviin, 23)

em 10/9/2018, 01:56
Ragnar escreveu:Segue firme! O importante é estar sempre acostumando o corpo com novos hábitos saudáveis pra esquecer do vício

Enviado pelo Topic'it

Muito obrigado pelo comentário, Ragnar!
Tenho focado bastante na construção desses novos hábitos, a diferença é que eu tenho colocado na mente que essa guerra deixa de ser contra o vício e sim uma guerra onde eu foco em construir uma vida melhor.
Justamente pra evitar aquele pensamento de "primeiro eu venço o vício e depois eu foco no desenvolvimento pessoal".

Abraço meu jovem, conto contigo por aqui!

_______________________________________
- Meu diário: http://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23 -

avatar
Mensagens : 250
Data de inscrição : 20/12/2014
Idade : 24
Localização : Salvador - BA
Ver perfil do usuáriohttp://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23

10/09

em 11/9/2018, 02:17
Saudações meu povo!

O dia de hoje foi até tranquilo.
Eu já imaginava que seria um "dia de recuperação", até por ter ficado dois dias passando mal e inclusive com o caso do vômito.
Infelizmente não me senti muito focado, talvez pelos dois dias me sentindo mal e por ter acordado tarde hoje, mas isso acontece.
Hoje eu consegui fazer a leitura pela manhã, fiz boas refeições mas evitei ir pra aula do CrossFit, já que meu corpo estava meio debilitado, afinal, não me alimentei bem por dois dias e acredito que foi uma boa escolha.
Durante a tarde estudei um pouco de Direito Internacional Público, mas bem pouco, eu poderia ter lido mais, hoje eu estava em marcha lenta.
Quando chegou a noite, a garota que eu estou conhecendo disse que estava aqui perto de casa e que eu poderia aparecer e dar um abraço. Me arrumei, fui até ela, abracei e decidi levar ela em casa. Foi maravilhoso, a gente riu muito, o papo fluiu que nem água e o beijo dela é incrível. Recebi altas mensagens quando cheguei em casa Very Happy

Sobre o reboot, tive sonhos mais "eróticos" hoje. Acordei e durante a manhã e a tarde meu cérebro tentou voltar o pensamento pra eles, buscando dopamina, eu dei umas risadas e falei alto "nem adianta, nem tenta". Logo depois eu já estava pensando outra coisa.

O ponto positivo que eu percebo no meu dia, é que mesmo tendo dias lentos ou dias mais "arrastados", ainda sim meu saldo do dia é positivo. Ou seja, mesmo assim eu li alguma coisa, acessei o fórum, aprendi algo. Não é aquele dia completamente perdido.

Grande abraço aos que estão acompanhando e aos amigos que surgirem!

_______________________________________
- Meu diário: http://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23 -

avatar
Mensagens : 250
Data de inscrição : 20/12/2014
Idade : 24
Localização : Salvador - BA
Ver perfil do usuáriohttp://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23

11/09

em 11/9/2018, 22:29
Fala meu povo.

Diferentemente de ontem, hoje sim foi um dia digno de ser chamado de "dia de recuperação".
Cheguei tarde ontem em casa, da casa da garota, e quando terminei de arrumar as coisas, me alimentar e deitei pra dormir, só tive 1h30min de sono.
Então aproveitei hoje pra pôr meu dia nos trilhos.
Tanto é que, vou conseguir deitar antes das 22:30, o que é ótimo!

Hoje consegui me programar melhor, cortei meu cabelo e aparei a barba, o que me deixa super bem, me sinto muito mais elegante e bonito.
Consegui preparar minha refeição de amanhã cedo e a refeição que levo para a Faculdade.
Tive uma participação excelente na aula de Direito Internacional Público, afinal já tinha estudado algumas coisas.

Tenho refletido sobre a necessidade de apagar o Instagram. E confesso que pouco tem a ver com o Reboot em si e não tem absolutamente nada a ver com gatilhos ou coisas do gênero. Mas eventualmente tenho me pegado utilizando mais tempo do que eu me propus a usar e já percebi que devo cortar.
Só preciso ter "conversas" com duas amigas, que frequentemente me mandam coisas legais no direct pra eu ver. Vou contar que o Instagram tem tirado o meu foco e que eu vou me propor ficar uma semana sem.

Mas disso tudo, fico muito satisfeito de ter essa reflexão enquanto penso na minha produtividade, no meu foco e não em motivos de PMO. O que eu mais quero é adquirir completamente uma mentalidade de luta pelo meu desenvolvimento completo, fugindo da ideia de abstinência simples.

Grande abraço meu povo!

_______________________________________
- Meu diário: http://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23 -

avatar
Mensagens : 250
Data de inscrição : 20/12/2014
Idade : 24
Localização : Salvador - BA
Ver perfil do usuáriohttp://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23

12/09

em 12/9/2018, 23:45
Saudações meu povo.

O dia hoje foi muito massa.

Consegui iniciar meu hábito matinal da leitura. Então eu acordei 4:30 da manhã, fiz 30 minutos de leitura e fui tomar banho pra me arrumar pra Faculdade.
Já tinha preparado o lanche no dia anterior.
Tive duas boas aulas, entreguei atividades.

Infelizmente dei um vacilo e cochilei de tarde, poderia ter feito outras leituras, mas acontece.

No finalzinho da tarde eu fui ao cinema com uma amiga, nos divertimos bastante e assisti A Freira, bem bacana.

Por pouco hoje eu visitaria a menina que eu estou conhecendo, mas pelo visto, até sábado (a formatura dela) tudo será uma correria. Ela até me convida, como foi o caso de hoje, mas sempre surge um imprevisto.
Ela me convidou pra passar a tarde, eu topei. Aí ela disse que seria melhor eu passar a noite lá, já que ela consegue deixar a tarde para as arrumações da casa. Mas a noite eu tinha compromisso, no fim das contas, não fui.
Enfim, espero que a gente evolua bastante quando ela passar pela formatura.

Sobre o Reboot em si, no que tange ao método, tudo está tranquilo. Hoje me peguei precisando desviar olhares que automaticamente iam no corpo das mulheres. Consigo sentir pouco a pouco essa transformação, do desinteresse ao interesse pelo que é real.

Por enquanto é só, vou adiantar pra tentar dormir bem e manter os hábitos.

Abraços!

_______________________________________
- Meu diário: http://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23 -

avatar
Mensagens : 250
Data de inscrição : 20/12/2014
Idade : 24
Localização : Salvador - BA
Ver perfil do usuáriohttp://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23

13/09 e 14/09

em 14/9/2018, 23:43
Fala meu povo.

Passando pra atualizar os dois dias, por motivos de doença e da internet que caiu, será uma atualização bem curta, já que a garganta está me ferrando.

No dia 13/09 foi um dia complicado. Acordei com a garganta incomodando bastante e dolorido. Eu tinha meus planos de leitura matinal (da madrugada no caso hahaha) mas acabei acordando atrasado pra aula. Ao invés de acordar 4h30min pra ler, acordei quase 6h da manhã, complemente atrasado e me sentindo mal.
Fui à aula, não consegui absorver muito bem os conteúdos e dormi bastante quando cheguei, não rendi absolutamente nada.

Hoje, dia 14/09, acordei pior, não fui a aula.
Pior ainda, eu tinha um compromisso na casa de uma amiga, um encontro de amigos da Faculdade, que agora eu soube que foi divertidíssimo e todos sentiram bastante minha falta, poxa, seria muito bacana, mas não deu Crying or Very sad
Tomei uns medicamentos e só, tirei o dia pra repousar, já que amanhã tenho dois compromissos que não posso faltar.

Sobre o reboot, hoje, no alto do dia 23, eu tive sonhos EXTREMAMENTE nítidos.
Normalmente a gente sabe que quando a gente sonha sobre sexo, 99% das vezes a gente acorda antes da "hora H".
Hoje não, hoje o cérebro promoveu um filme com requintes de maestria.
Tinha TUDO no sonho, penetração, mortes, luta... parecia o cérebro tentando criar uma chuva de novidades, algo que despertasse ele.
Embora eu tenha procurado fazer coisas que produzam dopamina, acabo entendendo que por enquanto é pouco, diante do que ele tinha antigamente, de modo mais fácil.
E esses últimos dias que fiquei parado, podem ter "incomodado" ele.
Foi estranho quando eu acordei, uma sensação muito ruim, como se eu tivesse recaído.
Pelo menos não fui bombardeado com as fissuras do tipo "você já recaiu, não faz mal experimentar mais."
Entendi que foi uma pegadinha do cérebro e segue o jogo.

Pra finalizar, não vou ao CrossFit há bastante dias, já que fiquei doente na segunda, saí na quarta e acordei péssimo hoje.
Mais de uma semana sem estímulo.
E há alguns dias eu não faço as leituras da manhã.
Vou voltar à disciplina o quanto antes.

Abraço! (Não foi tão curto assim, desculpem)

_______________________________________
- Meu diário: http://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23 -

avatar
Mensagens : 250
Data de inscrição : 20/12/2014
Idade : 24
Localização : Salvador - BA
Ver perfil do usuáriohttp://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23

15/19

em 15/9/2018, 23:56
Saudações meu povo.

Tenho pouco à acrescentar.
Acordei pior, estou bastante resfriado/gripado, sei lá...
Meus planos incluíam passar o dia na casa da garota que estou conhecendo, na festa de formatura dela. Já que eu estou muito mal, acabei ficando só 20 minutinhos, pra marcar presença e vim embora.
Já no aniversário de meu avô, comi uns salgadinhos e só, nada demais.

Mal estar enorme e vontade de ficar deitado... doença é foda.

Sobre o reboot, tive uns pensamentos de "foda-se essa merda" e "devem ter tantas novidades rolando" (sobre a P, no caso).
Mas consegui dissipa-los, logo depois os pensamentos de "minha vida é outra agora" inundaram minha mente, fiquei feliz por isso.

Vou me retirar do PC, não me sinto muito bem.

Abraços.

_______________________________________
- Meu diário: http://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23 -

avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1498
Data de inscrição : 01/12/2015
Ver perfil do usuário

Re: Como Fênix (Taaviin, 23)

em 16/9/2018, 00:55
Ficar pensando em pornografia pode te levar a recair. Sempre bloquear esses pensamentos é importante.

_______________________________________
"Quem quer, dá um jeito. Quem não quer, inventa desculpa". Toguro

Ninguém vai bater mais forte do que a vida. Não importa como você bate e sim o quanto aguenta apanhar e continuar lutando; o quanto pode suportar e seguir em frente. É assim que se ganha. Rocky Balboa

avatar
Mensagens : 250
Data de inscrição : 20/12/2014
Idade : 24
Localização : Salvador - BA
Ver perfil do usuáriohttp://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23

Re: Como Fênix (Taaviin, 23)

em 16/9/2018, 20:24
Randy escreveu:Ficar pensando em pornografia pode te levar a recair. Sempre bloquear esses pensamentos é importante.

Grande Randy!

Tem toda razão, eu tento dissipar esses pensamentos assim que eles aparecem, mas na verdade não é muito comum não, ainda bem.
A parte difícil tem sido o "apelo" da sociedade. Como as pessoas se vestem, o que aparece na mídia, coisas que fogem do nosso controle.
Mas o importante é que eu não dou corda, corto muito rápido.

Abraços Randy, vou passar no seu diário assim que eu puder! Very Happy

_______________________________________
- Meu diário: http://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23 -

avatar
Mensagens : 250
Data de inscrição : 20/12/2014
Idade : 24
Localização : Salvador - BA
Ver perfil do usuáriohttp://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23

16/09

em 16/9/2018, 20:45
Saudações meu povo!

Infelizmente eu continuo bastante doente, mesmo eu me medicando religiosamente no horário prescrito.
Mas tirando isso, tenho me mantido firme, mantido minha mente focada no reboot e nas metas.

Mesmo doente e apenas querendo ficar deitado, eu continuo socializando com as pessoas, conversando com a garota que eu estou conhecendo e mantendo a higiene em dia. Falando em higiene, ela é uma das principais ferramentas para um rebooter. Só hoje eu consigo ter dimensão de como ela é importante.
No meu caso especificamente, consumir e praticar PMO me faziam ficar largado, não tomar banho, não escovar os dentes, não cortar o cabelo e afins.
Unhas? Ouvidos? Nem comento.

Hoje eu me esforço pra me manter sempre muito bem limpo e bonito. A ponto de estar pronto pra sair a qualquer momento. E isso influencia na disciplina de modo absurdo.
Então, aqui estou, completamente entupido, dor no corpo, com mal estar e indisposição, mas também cheiroso, dentes escovados, barba e cabelos penteados e tomando bastante água.

Afinal, nós por enquanto viciados, quantas vezes não recusamos convites por conta de como estávamos?
Pensamentos como: "Ah, eu até iria, mas preciso arrumar tantas coisas, tomar um banho caprichado, cortar as unhas..."

Sobre o Reboot, hoje eu completo 25 dias de reboot.
Fico bastante feliz, afinal, é completamente diferente da abstinência que eu achava que era o reboot.
O reboot vai além, uma transformação verdadeira da sua mente, de como dar prazer ao cérebro de outras formas e como gerenciar isso.
E hoje eu tive a segunda polução noturna, mas dessa vez não veio acompanhada de sonho erótico e nenhum sentimento, apenas veio.

Por fim, tenho "pecado" nas minhas metas diárias que eu elaboro no dia anterior. Como estou doente, tenho dormido "de qualquer forma", nem sempre nos horários pré-determinados.
Vou me esforçar pra cumprir meus objetivos amanhã, como comprar mais produto pra barba, estudar uma matéria e participar de alguns diários de alguns membros.

Por hoje é só, grande abraço!

_______________________________________
- Meu diário: http://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23 -

avatar
Mensagens : 250
Data de inscrição : 20/12/2014
Idade : 24
Localização : Salvador - BA
Ver perfil do usuáriohttp://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23

17/09

em 18/9/2018, 00:09
Saudações Povo.

Tá ficando rotineiro eu vir aqui e dizer que continuo doente, mas é verdade, infelizmente.
Hoje foi um dia diferenciado.
Estudei um pouco para a prova oral de amanhã, arrumei umas roupas e praticamente só, não fiz mais nada produtivo. Seria um dia de treino, mas do jeito que eu estou, preferi não me expor e nem expor as outras pessoas.

Sobre o Reboot, hoje eu talvez tenha cometido um vacilo.
Tive uma conversa com uma garota e me deixei levar, acabei recebendo nudes e gifs eróticos. Prontamente apaguei, mas era esperado que aquilo ficasse na minha mente.
Larguei tudo aqui em casa e fui dar uma volta, passei na casa de minha avó e só depois eu voltei pra casa, pra evitar ficar na fissura em casa.
Senti uma dor muito aguda no testículo, parecia que só ejaculando pra passar, mas a saída que eu dei, aliviou.

Sensação muito esquisita na hora, nervosismo, suor... mas pretendo evitar isso, sempre tento pôr na mente que é melhor trazer o "papo quente virtual" pro mundo real.

Amanhã tenho compromissos que tomarão grande parte do meu dia, principalmente um trabalho gigantesco, espero conseguir retomar minha produtividade, mesmo não me sentindo muito bem.

Grande abraço pessoal!

_______________________________________
- Meu diário: http://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23 -

avatar
Mensagens : 327
Data de inscrição : 04/01/2018
Ver perfil do usuário

Re: Como Fênix (Taaviin, 23)

em 18/9/2018, 10:12
Fala, interessante essa sua ideia de rotina em que praticando algo importante você se dá uma recompensa, eu percebi que eu fazia isso sem perceber e me liguei em fazer agora sabendo exatamente do que se trata. Eu estudo algo e me dou uma recompensa de ler ou assistir algo interessante sobre cinema que eu curto e logo depois eu volto a fazer meus estudos e terei uma nova recompensa no futuro, isso funciona mesmo.

Como você deve ter percebido manter o hábito em determinado horário é extremamente difícil, é interessante manter essa regra, mas também saber ser maleável, não conseguiu ler logo pela manhã, paga esse tempo mais tarde em algum momento, temos que saber também não se sentir tão culpado por não conseguir manter o foco 100% todos os dias, até porque a nossa vida não é sempre a mesma coisa todos os dias. Mas acredito que com essas regras você já consegue manter um bom padrão se comparado a nosso padrão merda de quando éramos viciados.

Sobre o K9 PROTECTION, enfrento o mesmo problema, ele está todo desbloqueado no meu computador e eu não sei mais a senha ou o email pra conseguir bloquear ele de novo, ai fica difícil e também não sei como resolver.

_______________________________________
Meu Diário:

http://www.comoparar.com/t6638-vencer-a-de

avatar
Mensagens : 250
Data de inscrição : 20/12/2014
Idade : 24
Localização : Salvador - BA
Ver perfil do usuáriohttp://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23

Re: Como Fênix (Taaviin, 23)

em 23/9/2018, 13:05
Fala Pessoal.

Passei no fórum, já que tive uns minutos de tempo livre, pra atualizar o contador e infelizmente contar que há alguns dias eu recaí.
Recebi algumas nudes e vídeos e me entreguei, quis "curtir o momento" e caí.
Cheguei a marca de 27 dias, se não me engano.
JAMAIS havia conseguido passar de 22 dias numa "luta comum", sem fórum, era quase impossível.
Isso me mostrou que eu não tenho limites e que fazer o reboot "pela minha vida" é muito melhor, ao invés de como eu fazia antes, ficando todo dia pensando em chegar nos 90 dias.

Ter ficado bem doente, de cama, estragou minha rotina de produtividade, mas vou retomar.

Tenho sentido os impulsos pelo efeito caçador, enquanto eu escrevo, só quero jogar tudo pra cima e curtir. O cérebro é foda, mas nós somos mais ainda.

Volto mais tarde pra atualizar algumas coisas, responder o Rick e me manter focado.

Abraços.

_______________________________________
- Meu diário: http://www.comoparar.com/t5420-como-fenix-taaviin-23 -

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum