Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Arjuna
Mensagens : 237
Data de inscrição : 12/07/2017

Re: Diário de Arjuna

em 24/1/2018, 12:09
Dia 12, galeraa

Estou relativamente melhor da cabeça, não tão para baixo. Um dos motivos foi que fiz sexo ontem e consegui gozar de camisinha. Inclusive, super recomendo marca de camisinha que usei: Preserv. A sensibilidade é muito boa e pode ajuda quem sofre de DE e ER.
Hoje tive um pouco de fissura mas sentei elástico no meu braço p/ parar com os pensamento intrusivos...

"Hesitation is solved when we realize that Inaction is more painful and that rejection is better than regret"
avatar
Arjuna
Mensagens : 237
Data de inscrição : 12/07/2017

Re: Diário de Arjuna

em 25/1/2018, 09:00
Dia 13
Fala, galera. Depois que eu fiz sexo a flatline foi embora e o efeito caçador chegou. Está meio foda de segurar, mas já estou atento para todos os erros passados que cometi.
Vou postar algumas partes de livros/textos que tenho lido ultimamente no final dos meus posts.
Abraços!

"Sempre houve um cabo-de-guerra entre as virtudes civilizadas e as virtudes táticas de gangue. No entanto, em muitos casos, o tipo de masculinidade admitido pelas sociedades civilizadas está relacionado àquele do bando de sobrevivência. A masculinidade civilizada exige que a experiência da gangue masculina seja cada dia mais controlada, vicária e metafórica. As sociedades humanas começam com a gangue e evoluem para nações com atividades desportivas e um clima de disputa política, artística e ideológica. No fim das contas, só o que resta para o homem comum é a disputa econômica, juntamente com um punhado de pechinchas masturbatória, que satisfaçam sua masculinidade enjaulada — que é o que se vê hoje em dia. Quando uma civilização chega ao fim, tem sempre uma gangue de jovens para revirar suas ruínas, estabelecer novos perímetros e recomeçar o mundo."
avatar
Arjuna
Mensagens : 237
Data de inscrição : 12/07/2017

Re: Diário de Arjuna

em 27/1/2018, 14:28
Dia 15
É incrível a montanha russa de emoções pela qual eu passo durante o Reboot. Há poucos dias estava numa deprê forte (até em suicídio pensei); depois melhorei um pouco após fazer sexo mas ainda estava apático; de repente, mudo meu estado mental enquanto danço em um baile de forró, fico engraçado e confiante, dando cima das mulheres; durante uma festa pela noite passo por tédio quando a música está chata, nervosismo quando estou escolhendo a mina que vou chegar junto e por fim confiança mesmo tendo sido rejeitado algumas vezes.
Agora estou eufórico, elétrico, incapaz de me focar 100% nos vídeos que estou vendo e nos textos que estou lendo. Ao mesmo tempo, nervoso pensando em qual mensagem vou mandar para a garota que peguei ontem, mesmo depois de ter muita confiança com ela ao vivo!

kkkk

Preciso meditar
avatar
Arjuna
Mensagens : 237
Data de inscrição : 12/07/2017

Re: Diário de Arjuna

em 27/1/2018, 20:49
A libido está me atiçando o dia inteiro. Tá foda....
Estou muito atento para todos os erros que cometi no passado. Ciente de como demora chegar 2 semanas de Reboot.
A minha principal preocupação nesse momento de dificuldade, que é o primeiro de muitos, é estar atento para racionalizações que podem me levar a me tocar E estar atento para as frustrações, em especial com mulheres. Agora mesmo estou esperando a msg da garota com quem fiquei ontem, estou ansioso, com expectativas altas, é um momento de perigo.
avatar
Lion Man
Mensagens : 71
Data de inscrição : 13/01/2018

Re: Diário de Arjuna

em 28/1/2018, 14:32
Arjuna escreveu:A libido está me atiçando o dia inteiro. Tá foda....
Estou muito atento para todos os erros que cometi no passado. Ciente de como demora chegar 2 semanas de Reboot.
A minha principal preocupação nesse momento de dificuldade, que é o primeiro de muitos, é estar atento para racionalizações que podem me levar a me tocar E estar atento para as frustrações, em especial com mulheres. Agora mesmo estou esperando a msg da garota com quem fiquei ontem, estou ansioso, com expectativas altas, é um momento de perigo.


Fala, Mano!

Relaxa, cara!
Se não der certo com a mulher, não caia na PMO.
Vá em busca de conhecer outra! Assim é que deve funcionar as coisas!

Abraço!

_______________________________________
SIGO INVICTO!

Mens Sana in Corpore Sano


avatar
Arjuna
Mensagens : 237
Data de inscrição : 12/07/2017

Re: Diário de Arjuna

em 28/1/2018, 18:09
Dia 16
Valeu, cara! É essa a ideia mesmo, estou ficando com várias garotas ao mesmo tempo justamente p/ não me apegar e me frustrar demasiadamente.
Ainda assim, me deixou extremamente frustrado e puto o fato de hoje a garota ter dito que poderíamos marcar hoje mais tarde e até agora não ter respondido minha mensagem. Puta desrespeito com meu tempo. A vontade era mandar se fuder, mas eu sei que ela está jogando justamente p/ me deixar frustrado e ver se eu cedo ou não. Na verdade, a melhor maneira de me portar agora e levar na boa, tentar puxar às vezes papo e sempre visar o encontro. Se não fosse tão gatinha já deixaria p/ lá.

Minha libido tá foda, o dia inteiro me sentindo inquieto, ansioso e puto com essa garota. Stress tá em um tal nível que estou quase tremendo. Até poderia buscar um sexo fácil com uma ficante atual minha, mas quero me manter um pouco em hardmode p/ me recuperar melhor do vício.

Os toques do pênis estão cada vez mais frequentes e eu estava sem meu elástico para tascar no meu braço. Já foi resolvido, vou me certificar de levar isso mais a sério.

Enfim, já combinei uma saída amanhã com uma novinha. Espero que seja divertido.
avatar
Arjuna
Mensagens : 237
Data de inscrição : 12/07/2017

Re: Diário de Arjuna

em 29/1/2018, 09:22
Dia 17
Libido deu uma abaixada, mas ainda to puto com a fdp kkkk. Deletei o número e as msgs, se ela quiser, ela que venha falar.

Novinha falou que tá passando mal e quis marcar p/ amanhã, mais um motivo p/ ficar puto kkkk

Coloquei meu despertador p/ 6h da manhã pq estava querendo ir p/ academia cedão. Acordei, e quis dormir mais 15 min. Resultado: perdi mais 1h30 dormindo...

Segue a vida, vou continuar lendo meus livros e me esforçar p/ manter bons hábitos.

Abraço
avatar
Arjuna
Mensagens : 237
Data de inscrição : 12/07/2017

Re: Diário de Arjuna

em 30/1/2018, 12:32
Dia 18
Oscilação grande nas sensações: agora a libido não está tão alta, mas me sinto enérgico. Certo desconforto nas bolas vem acompanhado...
Hoje reinicio o meu desafio de me manter 90 dias com meditação, exercício Kegel, exercícios para a voz, sair da zona de conforto nas relações sociais diariamente...

Há mais ou menos 1,5 meses tenho tomado banho gelado TODOS os dias, o que acho tem sido benéfico para mim. Apesar disso, acredito que seja bom variar com banhos quentes, uma vez que a água fria cria muita tensão nos músculos do meu pescoço, o que pode ser um agravante quando eu estiver estressado por causa dos estudos...

Ultimamente tenho pensado em algo bem singular em mim e seu significado: o fato de eu ter muito mais amizades femininas do que masculinas. Isso chega a ser estranho pois é um padrão que não aconteceu durante toda a minha vida, mas se alterou. Antes, na adolescência, SÓ tinha amigos homens, tinha muita dificuldade e medo das mulheres. Em outras palavras, eu era participante exclusivo do clube do bolinha rs. Contudo, isso mudou. Hoje tenho muitas colegas, umas 5 amigas próximas e apenas 2 amigos próximos. Ainda tenho amigos homens das antigas, mas, como mudei de cidade, o contato não é regular.
Agora que estou lendo o livro "The Way of Men", estou pensando na importância do grupo masculino de amigos. Estou achando que devo me esforçar para abandonar essa característica minha meio blasé, demasiadamente intelectualizada, e focar em buscar amigos homens, até mesmo como um modo de aumentar a minha masculinidade. Afinal, de uma coisa eu tenho certeza, 15 anos de PMO me deixaram meio afeminado e com certeza mudaram o meu cérebro.

"O que explica parcialmente por que a honra é uma virtude, em vez de um mero estado de coisas, é o fato de que demonstrar interesse pelo respeito de seus pares é uma demonstração de lealdade e uma indicação de pertencimento — de estar entre nós, em vez de entre eles.
Dar importância ao que os homens a sua volta pensam de você é uma demonstração de respeito, e, inversamente, não dar a mínima para o que os outros pensam de você é sinal de desrespeito.
Num bando de sobrevivência, é taticamente vantajoso preservar a reputação de força, coragem e destreza. Quando o homem não se importa com a própria reputação, por associação, sua equipe parece fraca. Tanto a desonra quanto o desprezo pela honra são perigosos para um bando de sobrevivência ou uma equipe de combate, tendo em vista que transmitir uma impressão de fraqueza é um convite ao ataque. Quando se dá num nível pessoal, intragrupal, essa impressão de fraqueza ou submissão é um convite para que os outros homens imponham os próprios interesses sobre os seus."
avatar
Arjuna
Mensagens : 237
Data de inscrição : 12/07/2017

Re: Diário de Arjuna

em 30/1/2018, 20:15
Vi alguns vídeos sexys no facebook, foi bem rápido, vi uns 10 segundos e fechei. Já estava quase caindo em PMO, mas me segurei.
Não vou resetar pq não recaí propriamente, mas a tolerância vai ser zero. Limitar meu tempo no facebook e no youtube com certeza.
avatar
Teru_Mikami
Mensagens : 96
Data de inscrição : 18/09/2017

Re: Diário de Arjuna

em 31/1/2018, 04:00
Arjuna escreveu:Dia 18
Oscilação grande nas sensações: agora a libido não está tão alta, mas me sinto enérgico. Certo desconforto nas bolas vem acompanhado...
Hoje reinicio o meu desafio de me manter 90 dias com meditação, exercício Kegel, exercícios para a voz, sair da zona de conforto nas relações sociais diariamente...

Há mais ou menos 1,5 meses tenho tomado banho gelado TODOS os dias, o que acho tem sido benéfico para mim. Apesar disso, acredito que seja bom variar com banhos quentes, uma vez que a água fria cria muita tensão nos músculos do meu pescoço, o que pode ser um agravante quando eu estiver estressado por causa dos estudos...

Ultimamente tenho pensado em algo bem singular em mim e seu significado: o fato de eu ter muito mais amizades femininas do que masculinas. Isso chega a ser estranho pois é um padrão que não aconteceu durante toda a minha vida, mas se alterou. Antes, na adolescência, SÓ tinha amigos homens, tinha muita dificuldade e medo das mulheres. Em outras palavras, eu era participante exclusivo do clube do bolinha rs. Contudo, isso mudou. Hoje tenho muitas colegas, umas 5 amigas próximas e apenas 2 amigos próximos. Ainda tenho amigos homens das antigas, mas, como mudei de cidade, o contato não é regular.
Agora que estou lendo o livro "The Way of Men", estou pensando na importância do grupo masculino de amigos. Estou achando que devo me esforçar para abandonar essa característica minha meio blasé, demasiadamente intelectualizada, e focar em buscar amigos homens, até mesmo como um modo de aumentar a minha masculinidade. Afinal, de uma coisa eu tenho certeza, 15 anos de PMO me deixaram meio afeminado e com certeza mudaram o meu cérebro.

"O que explica parcialmente por que a honra é uma virtude, em vez de um mero estado de coisas, é o fato de que demonstrar interesse pelo respeito de seus pares é uma demonstração de lealdade e uma indicação de pertencimento — de estar entre nós, em vez de entre eles.
Dar importância ao que os homens a sua volta pensam de você é uma demonstração de respeito, e, inversamente, não dar a mínima para o que os outros pensam de você é sinal de desrespeito.
Num bando de sobrevivência, é taticamente vantajoso preservar a reputação de força, coragem e destreza. Quando o homem não se importa com a própria reputação, por associação, sua equipe parece fraca. Tanto a desonra quanto o desprezo pela honra são perigosos para um bando de sobrevivência ou uma equipe de combate, tendo em vista que transmitir uma impressão de fraqueza é um convite ao ataque. Quando se dá num nível pessoal, intragrupal, essa impressão de fraqueza ou submissão é um convite para que os outros homens imponham os próprios interesses sobre os seus."

Quando eu estava na escola tinha muita amizade com mulheres, que era uma bosta pois reclamavam das vidas delas para mim e amavam fazer dramas,e me fazia como uma muleta emocional, na época eu era aqueles tipo de cara "bonzinho", depois que comecei a namorar e entrei na faculdade isso se inverteu, pois a minha área é exata e naturalmente a maioria são homens, e percebi que era melhor ter amizade masculina do que feminina, principalmente quando eu li o livro "O Código dos homens" - Jack Donovan, abriu a minha mente (recomendo você ler), dai decidir que não seria mais "bonobo" e começaria ser e agir como um HOMEM de verdade. Mas vou ler o "The way of Men" que ainda não li.


Arjuna escreveu:Vi alguns vídeos sexys no facebook, foi bem rápido, vi uns 10 segundos e fechei. Já estava quase caindo em PMO, mas me segurei.
Não vou resetar pq não recaí propriamente, mas a tolerância vai ser zero. Limitar meu tempo no facebook e no youtube com certeza.

Cara vou ser sincero, deleta o seu facebook é uma perca de tempo, não adianta fazer o seu reboot e tendo redes sociais digo por experiência própria, nas maioria da vezes que eu cair na PMO foi por causa das redes sociais. Para ter uma ideia, a última vez que acessei o facebook conversei com a minha ex-namorada e ainda por cima ela veio com teor sexual comigo relembrando as coisas sexuais que fazia com ela (sabendo que eu estou namorando no momento, e jamais voltaria com ela, mulher é foda acho que até hoje ela não aceita eu ter separado dela), não deu outra la se foi o meu reboot. Eu fiquei tão puto que deletei definitivamente o facebook, hj vejo que isso não faz falta alguma.

_______________________________________
avatar
Arjuna
Mensagens : 237
Data de inscrição : 12/07/2017

Re: Diário de Arjuna

em 31/1/2018, 08:38
Dia 18
Teru_Mikami, cara, o nome "The Way of Men" é o título em inglês para o Código dos Homens, hahah, que coincidência. Pois é, o livro me mostrou a importância da "gangue". Me abriu os olhos também, apesar de eu achar que não faço o tipo "bonzinho" entre minhas amigas, tanto é que provavelmente pegaria qualquer uma delas se eu quisesse. O meu problema com amizade masculina é que por muito tempo eu sempre me coloquei, mesmo que inconscientemente, em uma posição superior na presença da maioria dos homens. Sempre achei estúpido grande parte das coisas que a maioria fala (futebol principalmente), e acho que isso me manteve longe daquele clima de camaradagem. Tanto é que hoje só tenho amigos que em algum ponto considero serem superiores a mim. Inclusive, tudo isso poderia ser reflexo da "desonra ostentosa", que o Donovan cita no livro dele...
As coisas eram melhores quando morava em SP, pois lá tinha amigos mais Nerds, um pouco mais interessantes. Estou em vias de começar o jiu-jitsu na academia e me focar novamente nas amizades masculinas.
Quanto ao FB, o foda é que eu uso para questões práticas, como por exemplo buscar eventos de dança. Vou tentar limitar o tempo de uso dele e só entrar com um objetivo específico.
Achei bem curiosa a sua história com a ex, mais um exemplo de comportamento feminino que traz ensinamentos. Abração

Hoje enrolei na cama e fantasia um pouco, me toquei e parei depois de uns 15 segundos. A mim parece que as dificuldades vão aumentando cada vez ao longo do Reboot, ao mesmo tempo estão cada vez mais sutis.
Talvez hoje saia finalmente com a novinha, vamos ver no que dá.

[EDIT[
Agora à tarde entrei numa taquicardia estranha, não me lembro de ter sentido isso. Eu praticamente consigo sentir meu coração bater. Ficar sentado lendo na frente do computador tá difícil.
Em compensação, hoje vou sair de casa e dançar. Espero que resolva...

[EDIT2]
Não sei quantas edições vou fazer ao longo do dia kkkk, só sei que está foda segurar, vou correr, fazer exercícios, me ocupar. Não vou cair!

"Feministas, elite burocrática, homens abastados — todos levam alguma vantagem pessoal ao argumentarem a favor da passividade masculina, hoje largamente difundida. O Código da Gangue rompe com os sistemas estáveis, ameaça os interesses comerciais (e o prestígio social) dos abastados, leva perigo e incerteza às mulheres. Se os homens forem incapazes de conceber que tipo de futuro planejam, o que não falta é gente prontinha para determinar que tipo de futuro eles vão ter."
avatar
Arjuna
Mensagens : 237
Data de inscrição : 12/07/2017

Re: Diário de Arjuna

em 1/2/2018, 08:54
Dia 19
Estou feliz com a minha marca no Reboot, poucas vezes consegui chegar a esse tempo. O interessante dessa última tentativa de Reboot é que todos os tipos de pensamentos e situações que me fizeram cair no passado estão acontecendo e eu estou conseguindo identificar cada momento. Por exemplo, já havia caído para PMO ao pensar que não teria problema eu me excitar com a mão o suficiente apenas para ter uma ereção, "só" p/ ver se o amigo lá de baixo ainda estava vivo. Outro momento que identifiquei não foi nem um pensamento, foi uma sensação que me levava a ter um impulso de simplesmente masturbar, sem nenhum controle, sem nenhuma reflexão, simplesmente ia e fazia o que queria, quase como um animal irracional. Essa sensação foi uma das coisas mais difíceis de segurar até agora.

Quanto à minha noite de ontem, foi foda segurar. Não conseguia dormir, fiquei na cama acordado até 3hrs da manhã e acordei às 5:30 me sentindo mal, ansioso. Alguém já assistiu o filme do Ray Charles uma parte em que ele passa por uma crise de abstinência na clínica de reabilitação, fica se contorcendo todo na cama amarrado? Então, senti algo parecido, fiquei me contorcendo na cama.

A partir de relatos da minha mãe, que participa de um grupo de Alcoólicos Anônimos, fiquei sabendo de um acrônimo que eles usam para determinar a origem do vício: HALT (Hungry, Angry, Lonely, Tired). Achei isso muito interessante, pois é possível transpor a mesma ideia para o vício em PMO. Outra coisa interessante foi saber, pelo livro do AA, que os Alcoólicos também são instigados a fazer atividades de religação.

Enfim, o texto ficou bem corrido e compartimentado, mas é que não estou com muita paciência para elaborar...

Abraços
avatar
Morpheus
Mensagens : 320
Data de inscrição : 25/10/2017

Re: Diário de Arjuna

em 1/2/2018, 09:04
Arjuna escreveu:Dia 19
Estou feliz com a minha marca no Reboot, poucas vezes consegui chegar a esse tempo. O interessante dessa última tentativa de Reboot é que todos os tipos de pensamentos e situações que me fizeram cair no passado estão acontecendo e eu estou conseguindo identificar cada momento. Por exemplo, já havia caído para PMO ao pensar que não teria problema eu me excitar com a mão o suficiente apenas para ter uma ereção, "só" p/ ver se o amigo lá de baixo ainda estava vivo. Outro momento que identifiquei não foi nem um pensamento, foi uma sensação que me levava a ter um impulso de simplesmente masturbar, sem nenhum controle, sem nenhuma reflexão, simplesmente ia e fazia o que queria, quase como um animal irracional. Essa sensação foi uma das coisas mais difíceis de segurar até agora.

Quanto à minha noite de ontem, foi foda segurar. Não conseguia dormir, fiquei na cama acordado até 3hrs da manhã e acordei às 5:30 me sentindo mal, ansioso. Alguém já assistiu o filme do Ray Charles uma parte em que ele passa por uma crise de abstinência na clínica de reabilitação, fica se contorcendo todo na cama amarrado? Então, senti algo parecido, fiquei me contorcendo na cama.

A partir de relatos da minha mãe, que participa de um grupo de Alcoólicos Anônimos, fiquei sabendo de um acrônimo que eles usam para determinar a origem do vício: HALT (Hungry, Angry, Lonely, Tired). Achei isso muito interessante, pois é possível transpor a mesma ideia para o vício em PMO. Outra coisa interessante foi saber, pelo livro do AA, que os Alcoólicos também são instigados a fazer atividades de religação.

Enfim, o texto ficou bem corrido e compartimentado, mas é que não estou com muita paciência para elaborar...

Abraços
booa , parabéns pela marca, agora crie uma meta pra ficar mais dias e assim vai... lembre-se é você contra você ,quem vai vencer essa batalha ? Torço por ti , afinal estamos todos no mesmo barco em uma viagem a terra da liberdade

Enviado pelo Topic'it
avatar
Arjuna
Mensagens : 237
Data de inscrição : 12/07/2017

Re: Diário de Arjuna

em 2/2/2018, 12:28
Dia 20

Valeu, Morfeu! Grato pela força, acabei não achando teu diário para seguir, mas de qualquer forma, força p/ nós!

Ontem fiz sexo e a energia abaixou significativamente. Hoje acordei tarde, exausto, mais letárgico, é incrível como isso nos afeta. Agora entendo porque muitos praticantes do tantra se mantêm sem chegar ao orgasmo, justamente para guardar essa energia vital.
Em paralelo, os pensamentos em ver P estão aumentando significativamente. Nos primeiros 15 dias, a ânsia era mais por M, agora não...

avatar
Morpheus
Mensagens : 320
Data de inscrição : 25/10/2017

Re: Diário de Arjuna

em 2/2/2018, 12:33
Arjuna escreveu:Dia 20

Valeu, Morfeu! Grato pela força, acabei não achando teu diário para seguir, mas de qualquer forma, força p/ nós!

Ontem fiz sexo e a energia abaixou significativamente. Hoje acordei tarde, exausto, mais letárgico, é incrível como isso nos afeta. Agora entendo porque muitos praticantes do tantra se mantêm sem chegar ao orgasmo, justamente para guardar essa energia vital.
Em paralelo, os pensamentos em ver P estão aumentando significativamente. Nos primeiros 15 dias, a ânsia era mais por M, agora não...
sim brother nas primeiras semanas vai ser difícil, as atividades extranet são muito importantes , no começo é difícil mesmo ,mas depois fica mais fácil tamo junto

Enviado pelo Topic'it
avatar
Arjuna
Mensagens : 237
Data de inscrição : 12/07/2017

Re: Diário de Arjuna

em 3/2/2018, 19:46
Dia 21
Sofri uma tentação gigante agora há pouco, até agora estou com medo de cair. O que aconteceu:
Hoje de manhã mais um desencontro com uma mina com quem estava marcando de sair, primeira frustração.
Depois, fui tentar sair com outra, que tinha confirmado comigo primeiramente e depois desmarcou 30 min depois por causa da chuva. Fiquei meio puto.
Depois comecei a mandar uma porrada de mensagem para diversos contatinhos, pelo Tinder, fiquei mto ansioso para sair e pegar alguém hoje.
Deitei na cama frustrado e comecei a me tocar durante um tempo, fique uns 2 me masturbando, mas depois me segurei e parei. Não vi P e nem cheguei perto do O.

To muito triste por isso talvez contar como um recaída. Querendo ou não, ainda me apego ao número de dias e não queria zerar meu contador, que demorou tanto para chegar a 21... Ao mesmo tempo, fico racionalizando que não foi bem uma recaída, pois não vi P e nem cheguei a O. Foi um momento de stress em que comecei a me tocar e depois parei.

Reseto? Que merda, estou muito puto comigo msm.
avatar
Spartan
Mensagens : 500
Data de inscrição : 22/12/2017
Idade : 19

Re: Diário de Arjuna

em 3/2/2018, 19:52
Relaxa brother, não é uma recaída! Recaída é quando vc por vontade própria abre um video porno e se masturba até ter orgasmo com ele! Masturbação sem fantasia não atrapalha o reboot !

Enviado pelo Topic'it
avatar
Arjuna
Mensagens : 237
Data de inscrição : 12/07/2017

Re: Diário de Arjuna

em 3/2/2018, 20:23
Caí, to com puta ódio de mim mesmo. Não consegui me segurar.
Me relacionar com mulher é meu pior gatilho, pqp. É o mais difícil de evitar, porque quero porque quero ficar sempre pegando alguém. Inevitavelmente vem uma frustração: fico ansioso p/ transar, e quando não dá certo caio. Não é a primeira vez que isso ocorre AFFFFF

Consegui me segurar a todos as outras coisas que são gatilhos p/ mim, mas esse foi meu tendão de aquiles. Vou ter que parar com essa porra de algum jeito, pqp.

To puto e triste
avatar
Arjuna
Mensagens : 237
Data de inscrição : 12/07/2017

Re: Diário de Arjuna

em 6/2/2018, 11:00
Dia 2
Tudo tranquilo, me mantive ocupado. Finalmente voltei ao cursinho, dia inteiro estou fora de casa estudando, então pensar em PMO não vai ser um problema nos dias de semana. Resolvi parar de correr atrás de mulher nesses 3 meses de Reboot. Só vou encontrar eventualmente aquelas que já estão na minha cola, ficantes eventuais. Assim me poupo das frustrações e dos gatilhos.

Abraço

_______________________________________
avatar
Arjuna
Mensagens : 237
Data de inscrição : 12/07/2017

Re: Diário de Arjuna

em 8/2/2018, 10:48
Dia 2
Consegui manter a minha rotina de acordar 6:30 e ir p/ academia.
Tenho estudado à tarde e pensando bastante no concurso p/ qual estou estudando. O concurso é tão foda que me bate um insegurança de existir a possibilidade de eu não ser inteligente suficientemente. Ainda mais quando percebo a minha dificuldade de me concentrar e elaborar um pensamento mais sofisticado quanto às matérias cobradas.
O meu medo é os 14/15 anos de PMO terem afetado a minha mente de uma forma que me impeça de crescer intelectualmente...
Enfim, diante da dúvida e da insegurança, só vou saber mesmo da minha capacidade se eu tentar. É o único jeito.

Abraço

_______________________________________
avatar
Bolseiro_carioca
Mensagens : 656
Data de inscrição : 27/08/2016
Idade : 26

Re: Diário de Arjuna

em 8/2/2018, 11:30
Cara, não tenha esses medos, pois nosso cérebro é MUITO flexível e estudar e aprender tbm gera dopamina. Não se autosabote. Vamos em frente.

_______________________________________
avatar
Arjuna
Mensagens : 237
Data de inscrição : 12/07/2017

Re: Diário de Arjuna

em 13/2/2018, 08:56
Dia 0
PQP, tive uma série de recaídas depois do total de 21 dias longe do vício. Não consegui me levantar ainda, mas a batalha continua. É a coisa mais difícil que eu já enfrentei na vida, sem dúvidas...

_______________________________________
avatar
Spartan
Mensagens : 500
Data de inscrição : 22/12/2017
Idade : 19

Re: Diário de Arjuna

em 13/2/2018, 09:01
Vai deixar o vício te diminar ? Levanta de novo

Enviado pelo Topic'it
avatar
Budista Rebooter
Mensagens : 478
Data de inscrição : 08/07/2017

Re: Diário de Arjuna

em 17/2/2018, 19:32
Fala Arjuna,

Procure identificar os pontos vitais que estão te fazendo cair,

anote e tente melhorar, a luta é diária. Prefira a dor da disciplina que a do fracasso.

Não fique triste, levante a cabeça e venceremos Smile

_______________________________________






Acompanhe meu diário


Vamos lá debater, serei eternamente grato!
http://www.comoparar.com/t5410-diario-do-budista

Valeu pelo apoio!
avatar
Arjuna
Mensagens : 237
Data de inscrição : 12/07/2017

Re: Diário de Arjuna

em 21/2/2018, 09:49
Dia 3

Valeu, galera, pode deixar, não vou desistir mesmo.

Quanto aos meus pontos fracos, Budista, a maioria já identifiquei. Falta agora me comprometer mesmo em levar a sério o processo, que tem um escopo muito maior do que apenas se abster de PMO.
Preciso em primeiro lugar ter a minha rotina com hábitos saudáveis e focada no meu objetivo, o concurso. Ainda peco muito na disciplina e esse tem sido um dos problemas centrais. A falta de disciplina está muito relacionada a minha falta de firmeza no objetivo em si: estou sendo fraco e irresponsável. Desempregado e com os pais bancando, não estou me importando com o futuro profissional como deveria.
Outro ponto que me fez recair, que esteve muito presente em quase todas as minhas últimas recaídas: ansiedade e frustração com mulher. Já relatei aqui esse problema e estou fazendo o que propus, não estou mais focando em buscar sexo e parceiras. Esses 3 meses vão ser de calma nesse ponto. O foco será o estudo.

_______________________________________
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum