DIARIO: (HOCD) GRANADA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

DIARIO: (HOCD) GRANADA

Mensagem  Grgranada em 14/7/2017, 02:47

Boa noite, tenho 20 anos e me cadastrei aqui para expor oque sinto e me identificar com pessoas que passam por coisas parecidas.
Desde pequeno sempre fui extremente ansioso, sempre lidei muito mal com pressao e sempre fui meio obssessivo, com diferentes assuntos ao longo da vida.
O primeiro transtorno forte de ansieade que eu lembro ter desenvolvido(na epoca eu nao tinha que isso era ansiedade) foi o medo irracional e extremo de ficar enjoado e vomitar etc. Sei que é bem atipico, mas passei cerca de 1 anos , dos 11 aos 12, tendo ""enjoos"" diariamente , ficava tremendo de medo de vomitar, tomava remedio pra enjoo que melhorava meu estado milagrosamente. Ate que um dia minha mae me deu o remedio e me disse que botou apenas 1 gota. Foi ai que comecei a desencucar.
Outro grande medo que tive na vida, um pouco mais tarde, com uns 15 , foi o medo de desenvolver esquiszofrenia ou alguma doenca do tipo, pois minha tia tem, vejo crises dela desde pequeno e isso me impressionava. Nessa fase comecei a fumar maconha, e comecei a ler que maconha pode desencadear essas coisas, eu ficava obsecado pensando que dentro de mim havia uma "bomba relogio".porem, nada é comparado oque eu passo atualmente..
Tudo começou no inicio da minha vida sexual, tambem com uns 15 anos. Sempre fui extrememente inseguro  em relaçao ao meu penis, desde que me conheco por gente. Nas primeiras vezes que tentei ficava muito nervoso , principalmente na hora de botar a camsinha e falhava. Mesmo depois com mais tranquilde conseguindo ter um sexo bom, todas as vezes q falhei criaram algo dentro de mim que nunca tinha imaginado, "sera que sou gay", mas essa pergunta so foi vir bem mais tarde. Desde pequeno sempre tive paixoes pelas garotas, nas festas de 15 anos ficava com varias garotas, sempre fui ate meio tarado, tendo experiencias sexuais com primas minhas (todas kkk) MUITO novo, 7, 8 anos. Eu nunca nem cogitei em ser gay. No inicio, na epoca que falhei umas vezes, foi quando iniciei uma compuslao em ficar botando o dedo no anus pra ver se eu tinha algum estimulo ou algo do tipo, mas de verdade, eu nao tinha nenhum pensamento gay nessa fase, ainda nao passava pela minha cabeca,eu era viciado apenas nesse ato, nesse "teste". Passou-se um ano , e como eu nao tinha tinha mais nenhum caso de broxar, essa minha compulsao foi diminuindo junto, mas sempre esteve presente.aos 16 anos tive meu primeiro grande amor, nos conhecemos em uma viagem e praticamente de cara nos apaixonamos. Ela era virgem, namoramos 1 ano sem sexo, so com as caricias e etc. Quando ela comecou a se sentir mais avontade para ter a primeira vez , fui percebendo e ficando cada vez mais nervoso. Nas primeiras tentativas eu fiquei muito nervoso, pois sabia q era a primeira vez dela e queria que saisse tudo perfeito. Essa fase foi mais dura , pois eu nao estava broxando com qualquer uma, era com a garota que eu amava. Ai que voltou toda a questao na minha cabeca, e com ela a compulsao de testar o prazer anal em mim. Eu acabei consguindo na terceira tentativa , com mais calma. E assim namoramos 2 anos, eu tinha praticamente uma vida dupla, em namorar e ter essa compulsao secretamente.
Com 18 anos comecou a parte mais dificil, nos terminamos pois ela foi morar em outro estado, nessas epocas de estresse a minha compulsao aumentava. Foi numa viagem com meu pai que o questinamento comecou a vir mais forte. La, comecei a me testar vendo homens sem camisa, pra ver se gostava ou nao, ficava obsecado com isso, ai que comecei a ter uma "guerra" dentro da minha mente. Foi na epoca do inicio da minha faculdade.comecei a ficar praticamente o dia todo pensando se eu era gay ou nao, qualquer situacao era um motivo pra eu ficar me testando.desde entao "criei" varias noias que eu fico me testando, no inicio era mais visual, eu ficava procurando homens sem camisa no google, comecei ir pra praia com meus amigos praticamete so pq eu queria me testar vendos homens sem camisa, eu so nao me testava com p gay pq tinha "medo". Fiquei muito tempo assim, fiquei muito tempo perdido ,sem saber oque tava acontecendo comigo, sempre fui apaixonado pelas mulheres, amei uma , tive uma das melhores fases da minha vida com ela e depois de tudo aquilo eu estava naquele estado. Acordava pensando nessas coisas, dormia pensando, algumas vezes ate sonhava.so tinha vontade de dormir o dia todo, porque acordado eu me torturava. Entao, Procurei uma psicologa que me ajudou muito, mas nao estou sentindo mais melhoras. Demorei pra falar dessas coisas com ela, no inicio so falava de mim, relacao com minha ex, (continuava encontrando ela quando voltava pra sp), coisas da vida de um jovem. No dia que tive coragem de me abri pra ela, oque ela me disse me deu um alivio TAO grande, ela e especialista em terapia sexual, e disse q tem ctz que eu nao sou gay. A felidade em ouvir isso foi muito grande, eu sempre achei que quando ouvisse isso de uma profissional estaria curado. Durou pouco tempo, 2 dias depois ja estava de novo com os testes, que atualmente,  passaram a ser muito mais mentais do que visuais, fico imaginando um cara sem camisa, um cara me beijando, dentre outras coisas . Faco isso ate sentir uma repulsa, um setimento de "nao, isso nao tem nada a ver comigo" para parar. Daqui ha alguns minutos estou me testando de novo.de tanto eu ficar me testando mentalmente ja fiquei com dor de cabeca, tenho a sensacao q nao aguento mais fazer isso mas parece que minha mente ta em guerra,e eu sempre tenho esperanca que vou concluir essa duvida no proximo teste, no dia seguinte, num dia estipulado por mim, numa hora especifica..com a psicologa falando que eu nao sou gay, comecei a procurar isso que sinto na internet como sintomas de uma doenca. Foi ai que encontrei uma publicacao desta pagina falando sobre o "hocd". Nao acreditei no que li, parecia que era eu quem tinha escrito aquilo, senti novamente aquela esperanca e o sentimento de "vou mudar".novamente, uma "melhora" monentanea. Em meio a isso tudo, comecei a ir mau nos estudos, so ia ver meus amigos pra fumar maconha e ficar me testando ( parece que chapado fico com mais tesao, as vezes fico mais confuso em relacao a duvida, as vezes me ajuda demais, pois me da o sentimento que isso de gay nao tem nada a ver comigo e tal, normalmente quando e uma maconha natural mesmo, sem ser prensado). Minha relacao com meus pais foi muito afetada, em certos mometos nem consguia mais conversar direito com meus pais, pela vergonha de mim ou seila.sempre tive na cabeca que " preciso melhorar para poder viver". Oq foi desconstruido pela minha psicologa, o certo é "preciso viver para depois melhorar". Minha mae percebeu minha mudanca de comportamento, e marcou uma psiquiatra,principalmente pq eu passei a dormir todo dia tarde, pois estava ocupado me testando e me torturando. Contei toda essa estoria para ela, acheu ela bem segura e boa profissional, disse que esse transtorno e mais comum que parece,apesar de ainda nao conhecer o termo "hocd". Ela me passou um antidepressivo, dosagem minima, estou completando um mes de tramento, nos 15 primeiros dias tivesse uma melhoras bem grande, fiquei menos obsessivo, passeu a conseguir "concluir" mais rapido meus testes mentais. Porem, os pensamentos continuam surgindo, qualquer coisa pode ser o gatilho,eu to andando na rua e vejo um cara q no meu julgamento tem cara de gay, ou to sentado na sala e sinto cheiro de um perfume masculino. Ate quando vejo uma mulher que me atrai, ja e um gatilho pra eu comecar a me testar se gosto de mulheres e se eu continuar vou acabar pensando em homens me beijando ou algo assim,ate ter aquela sensacao de repulsa ou eu vencer o teste. Dos 15 dias ao 1 mes de tratanento com o remedio , nao senti mais tanta melhora, uma leve recaida ate, mas comparado a antigamente estou bem melhor. Com minha psicologa , eu falei que nao estou resultados satisfatorios mais pois pra ela nos ja tivemos a discussao de eu ser gay ou nao,e as recomendacoes dela é que eu acredite nela(q nao sou gay) , foque em outras coisas ( como se eu n tivesse pensando nisso ainda).sempre quando volto com o assunto especifico das minhas obsessoes e noias , ela nao tem mais oq dizer ou aconselhar praticamete.. ouvi dizer que um psicologo especializado em TCC é a melhor opcao, alguem ai sabe me dizer melhor sobre isso? Enfim, sei que escrevi demais, na real nao tenho ideia se esse forum funciona ainda ainda, ja estou acompanhando o forum ha um tempo, mas so hoje criei coragem(e senti necessidade) de me cadastrar e falar um pouco do meu caso, pois quase diariamente vejo os casos daqui relacionado ao hocd e isso me deixa melhor. Pra mim o pior nisso tudo, é sempre aquela ultima duvida que fica, como "sera q tenho esse tipo de toc ou sou gay" essas questoes q dao forca pra eu me testar... muito obrigado pela atencao


Última edição por Grgranada em 18/7/2017, 17:25, editado 1 vez(es)

Grgranada

Mensagens : 8
Data de inscrição : 14/07/2017
Idade : 19
Localização : Sp

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DIARIO: (HOCD) GRANADA

Mensagem  Taaviin em 15/7/2017, 02:14

Salve Granada!

Que história, hein? Li com bastante atenção, e deu pra sentir sua confusão mental, que tenso cara.

Não tenho HOCD, apesar de ter flertado com isso algumas vezes em vídeos de shemale.

Cara, no seu texto todo, tentei buscar informações sobre seu relacionamento com a pornografia, mas você não explica. Qual é sua relação com a Pornografia? Quais suas atividades hoje em dia?

Pela experiência em histórias que o Fórum apresenta, qualquer um SEGURAMENTE pode dizer que você NÃO É GAY!

Para pra pensar... você tem dúvidas que gosta de mulher?
Com certeza, não tem dúvidas. Afinal, você amou uma, teve ereções, fantasiou.
Mas você NÃO FAZ isso com homens. Ao ver um cara "malhado" na rua, você não tem ereção. Ou ao ver um cara bem sucedido, você NÃO se imagina casando com ele.
Seja simples, faça essa associação, fica claro que seu problema é algo tratável. Busque ler o e-book, concluir o reboot, dê essa oportunidade a você mesmo.

Estarei te acompanhando, volte pra nos dar novidades e responder minhas perguntas.

Tamo junto Granada!

_______________________________________
-
O que importa é se você está hoje, melhor do que estava ontem!
-
avatar
Taaviin

Mensagens : 221
Data de inscrição : 19/12/2014
Idade : 23
Localização : Salvador - BA

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DIARIO: (HOCD) GRANADA

Mensagem  Budista Rebooter em 15/7/2017, 14:32

Também senti falta da 'pornografia',

Essa nóia virou uma crença, você só vai quebrá-la se viver meu amigo,

eu tive a minha nóia que era sem graça, não tinha traquejo com mulher e só foi quebrada PQ EU TIVE A CONFIANÇA em acreditar que era NÓIA e quando passei a viver, saindo, conhecendo pessoas vi Q É UMA NÓIA, apesar de ainda existir, tenho mais segurança q só VIVER q ela some,

PORÉM no meio do caminho a gente sofre, tem atitudes erradas mas não tente se punir ou achar o fim do mundo pq temos sempre um novo dia pra melhorar...

Very Happy

_______________________________________




http://www.comoparar.com/t5410-diario-do-budista
avatar
Budista Rebooter

Mensagens : 144
Data de inscrição : 08/07/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DIARIO: (HOCD) GRANADA

Mensagem  Arjuna em 15/7/2017, 17:13

Eae, cara! Bom, primeiramente veja se o seu problema está efetivamente ligado ao vício em porno, pq esse ponto pareceu bem secundário no seu relato.

Em segundo lugar, o meu palpite é que toda essa neura sua tem origem no medo de aceitar o que você realmente é. A questão é: se você é gay, simplesmente é, não tem o que fazer. Se você não é, tá tranquilo também. Tente retirar toda essa pressão da sua cabeça quanto a ser gay como se fosse uma coisa ruim, tente apenas ver a verdade: se você é ou não.

Sei que é mais fácil falar do que fazer e que existem diversos conceitos negativos arraigados na sua mente quanto a ser gay, mas a minha proposta é que o problema está no MEDO de ser gay, é daí que vem tanto conflito emocional. Tente ser verdadeiro consigo mesmo e se aceitar do jeito que for, só isso.

_______________________________________
Reboot: início (25/07/2017) fim (25/10/2017)


Diário: http://www.comoparar.com/t5425-diario-de-arjuna
avatar
Arjuna

Mensagens : 49
Data de inscrição : 12/07/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DIARIO: (HOCD) GRANADA

Mensagem  Grgranada em 18/7/2017, 17:24

Muito obrigado ao taavin e aos outros dois que tiveram a paciencia de ler tudo e responder,valeu mesmo!
Em relacao ao vicio em pmo: nao acho que minha hocd foi induzida por isso, sei q muitas pessoas desse forum desenvolveram esse transtorno mais pelo vicio em pmo.
No começo quando comecei a sentir os "sintomas" mais fortes de hocd, epoca na qual eu nao fazia ideia da existencia desse transtorno, so pensava que  ou eu estava virando gay ou maluco, fiquei bem viciado em ficar procurando fotos de homem pela internet, ficava me testando horas esperando chegar em alguma conclusao ou sensacao. Quando  me masturbava, na maioria das vezes com porno hetero msm, quando estava excitado ou quase gozando , mudava pra fotos de homem. Nao botava videos gay porque tinha medo. Nos dias que meu hocd esta muito atacado, ou seja,  a maioria dos dias, faco algo bem estranho e compulsivo. Me masturbo uma vez , gozo e tal, e por ter aquele sentimento de angustia ou ansiedade, minutos depois me masturbo de novo e dois de novo, mesmo nao conseguindo ter uma erecao direito , me masturbo ate sentir o osrgamos umas 3 , 4 vezes seguidas. Eu conseigo ter orgasmo sem ter quase nenhum erecao, isso é bem esquisito.
Nunca vi esses pornos pesados q o pessoal fala aqui acho q mais por medo mesmo.depois de entrar pra psicologa ela me esclareceu umas coisas, como se vc fica excitado ou sente algum tesao vendo pornos gays ou coisas bizarras, nao quer dizer que vc é gay,  ou qualquer outra coisa dessas, é uma cena erotica pra qualquet ser humano, elas sao criadas para darem tesao por pessoas especialistas nisso. Ter tesao com essas coisas nao tem nada a ver com sua sexualidade.
Enfm, nao sei se expliquei de forma clara minha relacao com porno, mas oq acontece e mais ou menos isso, nao sei se isso me define como um viciado em pmo ou nao. Hoje em dia por vergonha ou seila, ja estar cansado de ficar procurando fotos e videos pra me testar, fico criando situacoes mentais de varias formas , oque e tao horrivel ou pior do q ficar se torturando com algo q vc consegue ver..
Esperando respostas... quem estiver passando por hocd ou ja superou, me ajudem e falem com sinceridade oque acham do meu caso.O REBOOT ajuda para o HOCD???. Valeu galera.

Grgranada

Mensagens : 8
Data de inscrição : 14/07/2017
Idade : 19
Localização : Sp

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DIARIO: (HOCD) GRANADA

Mensagem  NobisMortus em 18/7/2017, 17:48

Oi, não sou especialista no assunto, mas parece que seus problemas são os pensamentos e fantasias que cria na cabeça. Parece que seu caso não tem tanta ligação co pornografia visual, sites e tals.

Acredito que o problema está em ficar ocioso, sem tá com a cabeça trabalhando em oytras coisas mais produtivas.

Ocupe seu dia com atividades produtivas, saia de casa, vá passear, caminhar, aprenda algo novo, vá estudar fora (biblioteca, casa de amigo(a)s. Ocupe sua mente com coisas boas.

Só mais uma coisa, respeito quem curte, porém acho que no seu caso, dar uma pausa na weed deve ser melhor.

_______________________________________


Meu diário: http://www.comoparar.com/t4544-sexualidade-pmo-hocd

NobisMortus

Mensagens : 18
Data de inscrição : 26/01/2017
Idade : 27

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DIARIO: (HOCD) GRANADA

Mensagem  Taaviin em 18/7/2017, 19:40

Entendi Granada, mas olha só, você só "se conhece" nesse universo de PMO, fantasias, confusão, você nunca experimentou viver um outro universo, uma outra realidade.

Que tal tentar?

Se outros usuários tiverem a "cura" pra HOCD, que tal você experimentar o Reboot?

As vezes as pessoas erram em achar que fantasia mental não é pornô, só que, a fantasia mental, é uma espécie de pornô sim, a diferença é que é criada por você mesmo.
Ao invés de "Versão brasileira Herbert Richards", é "versão brasileira Grgranada", seu próprio estúdio mental.

Bom, vou torcer pra você decidir se testar no Reboot, mergulhar de cabeça, você pode!

Abraço!

_______________________________________
-
O que importa é se você está hoje, melhor do que estava ontem!
-
avatar
Taaviin

Mensagens : 221
Data de inscrição : 19/12/2014
Idade : 23
Localização : Salvador - BA

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DIARIO: (HOCD) GRANADA

Mensagem  Grgranada em 18/7/2017, 20:27

Entao no meu caso o reboot seria nao ficar me testando mentalmente? Sexo pode no reebot? Foi mal.minha ignorancia, nao li o ebook pois tem que pagar, nao tenho cartao. E mais uma coisa , oque voces acham do tratamento q eu to tendo, de terapia junto com o antidepressivo? Taavin, voce que parece conhecer mais esse forum e ser mais ativo, sabe me indicar alguns diarios de pessoas com hocd que eu possa ler, vejo que a maioria aqui é mais vicio em pmo ne.. abracao

Grgranada

Mensagens : 8
Data de inscrição : 14/07/2017
Idade : 19
Localização : Sp

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DIARIO: (HOCD) GRANADA

Mensagem  Grgranada em 19/7/2017, 13:16

Up

Grgranada

Mensagens : 8
Data de inscrição : 14/07/2017
Idade : 19
Localização : Sp

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum