Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/07/2017
Ver perfil do usuário

Diário de um motociclista - O início de um novo caminho.

em 28/7/2017, 11:15
Olá caros amigos, estou iniciando esse tópico para dar inicio (oficialmente) a minha jornada de reboot. Bom é com uma felicidade muito grande que encontrei esse fórum meus amigos, minha vida estava (e continua de uma certa forma) num ciclo vicioso e prejudicial para minha saúde (psicológica e física). Conheci esse fórum a poucas atrás semanas, e após uma tentativa frustrada de de me livrar da pornografia e masturbação sozinho, percebi que não conseguiria. Como muitos aqui a um bom tempo tento me livrar desse PESO maldito que está em minha vida. Falando nisso, vou contar um pouco sobre ela.

Tenho 26 anos e conheci o mundo da pornografia com aproximadamente 11 anos de idade através de um filme pornográfico que vi com colegas da minha idade na época. Desde então, tive acesso à revistas de nudez, filmes eróticos que passavam de madrugada e os primeiros DVDs com pornografia explícita. Me recordo que com aproximadamente 13 anos já me masturbava várias vezes por dia e diariamente. Na época, inocentemente, julgava uma coisa absolutamente normal, afinal todos meus amigos comentavam sobre isso abertamente até com um tom de brincadeira.

Passado alguns anos por volta de 15-16 anos a pornografai e masturbação já tinha se consolidado em minha rotina, na época apesar da internet não ser o que é hoje, a circulação de revistas e DVDs pornográficos (os quais tinha coleções escondidas) era o grande ápice dos consumidores desse tipo de material. Que também se enquadrava como uma coisa comum à época. Meu primeiro relacionamento sexual foi aos 16 anos, com minha primeira namorada, nessa época eu já consumia material pornográfico pesado a muito tempo, a na minha primeira relação, seja por nervosismo ou não, não fiquei com o pênis 100% ereto (veja bem, isso no ápice da adolescência onde nossos hormônios estão à 1.000). Em parte acredito que foi pela realidade criada após anos vendo materiais fictícios e evidentemente por nervosismo, porque após isso não tive mais problemas. Minha vida na adolescência sempre foi muito desregrada, após alguns acontecimentos na minha vida fui morar sozinho com 15 anos, retornando pra casa com 19 anos de idade. E nesse período tive acesso a tudo que quisesse. Frequentava "puteiros" (desculpem a palavra, mas não vejo outra a ser utilizada) quase todo mês, consumia álcool excessivamente, minha vida estava entregue a todos os prazeres que poderia me dar. Evidentemente que com uma vida forjada pela pornografia explícita me sentia muito confortáveis com garotas de programa e esse tipo de ambiente pesado.  

Sendo assim, o tempo passou e eu com aproximadamente 20 anos comecei a refletir meu comportamento. Por mais que exista uma parcela da sociedade que nos imprime a masturbação como uma coisa sadia e absolutamente inofensivo, isso é uma armadilha cruel! Esse comportamento do homem (meu caso obviamente) é uma degradação que nos pega por ser algo que escondemos no nosso íntimo, que vamos alimentando secretamente e vai crescendo até o ponto de você ter duas vidas, uma normal que as pessoas te conhecem e a outra particular a qual você é sincero com você mesmo e sujo com esse segredo que toma sua alma, seus pensamentos e atitudes de uma forma desumana. Nessa época em minha vida decidi que queria parar de me masturbar. No entanto, como vocês devem presumir, não foi/é tão fácil assim. O fato é que nesse tempo tinha acesso a um computador só meu, e o que antes eram revistas e DVDs, tornaram-se vídeos salvos no meu notebook e milhares de fotos prediletas, ou seja, esse pensamento de parar logo saiu da minha cabeça com a crescente da internet e dos materiais pornográficos.

Após longos períodos, na rotineira PMO que sempre me acompanhava, passando por gêneros inimagináveis e uma completa depravação moral/sexual em decorrência desse acesso, essa fase dos 21 aos 25 foram de muitas baixas. A cada ano que se passava eu falava para mim mesmo, esse ano eu largo a pornografia e masturbação, no entanto para cada ano novo,  uma nova frustração. Nessa época ingressei na faculdade e essa vida secreta vinha atrasando meus objetivos profissionais e pessoais. Sendo assim, essa "vida secreta" me fazia ter duas personalidades. Sendo assim, passei por situações que confrontavam minhas duas vidas, de um acadêmico e estagiário  e a vida um viciado em pornografia consumista de algumas outras drogas como álcool, maconha, cocaína e LSD.

Foram momentos trágicos em minha vida, e acredito que muito disso aconteceu em virtude da minha mente estar poluída com o "ambiente pornográfico" que te leva a conhecer lugares e pessoas que te afundam cada vez mais. Nesse tempo a internet já estava a todo vapor e os sites pornográficos tomaram de conta dos computares e celulares, o meu mundo estava um caos. Com esse dilema de parar de me prejudicar com essa vida secreta e viver plenamente minha maravilhosa vida que Deus me deu.

Nem tudo são trevas, depois que conheci minha namorada minha vida mudou muito, parei de usar drogas e comecei a me esforçar na minha formação acadêmica e profissional e consegui me formar com um excelente desempenho acadêmico e atualmente estudo para concursos públicos, os quais já passei no primeiro e devo isso a minha namorada pois depois que a conheci venho me esforçando para ser uma pessoa melhor, pois ela é uma mulher espetacular,  cuja bondade e caráter são de uma distinção que jamais vi em mulher alguma. Já conheci muitas mulheres na minha vida, nunca tive problemas com timidez e de não conseguir me relacionar com mulheres. Sempre tive muita facilidade com o sexo oposto, mas verdade seja dita, o consumo de pornografia nos faz transformar as mulheres em objetos sexuais, digo mais, não somente a pornografia mas em várias propagandas e comportamentos que a sociedade nos impõe nos fazem desconsiderar as mulheres como seres humanos. Meus caros, não é isso que eu quero pra minha vida. Me recuso a pensar com normalidade sobre isso, pois intimamente acredito que a moral de todo homem nos fala o contrário.

Acontece que não consegui largar o vício na pornografia e masturbação, logo isso começou a afetar minha vida sexual com minha parceira, não tenho mais um tesão como antes em gostar muito de sexo e teve algumas vezes que simplesmente não ficava 100% ereto quando estava tendo relacionamento. Isso é uma situação muito chata, porque sei exatamente o que é isso culpa da PM, pois sempre quando eu recorria a P tinha diversos orgasmos sem problema, uma verdadeira armadilha!

Hoje em dia larguei completamente as drogas, em raras ocasiões tomo uma taça de vinho com minha namorada e o que me resta para "ser eu mesmo" "ter uma só vida" é largar a pornografia e masturbação.

A poucas semanas atrás, quando conheci o fórum, li vários depoimentos de sucesso, o que me motivou bastante e comecei a ficar sem PM (pornografia e masturbação) até 18 dias. Meus amigos, 18 dias para mim foi o máximo que eu consegui ficar em 14 ANOS DE VÍCIO! Fiquei feliz pelo resultado, mas quando me masturbei foi desesperançoso, pois lembrei de todas as vezes que disse para mim mesmo que ia parar e não consegui (milhares de vezes, haja vista ser 14 anos de vício). Não entrei em site pornográfico, foi vendo vídeos sensuais no youtube que me masturbei, o cérebro tenta nos enganar pelo fato de não ser pornografia, mas existem muitos estímulos sexuais fortes que vemos e isso foi minha queda.

A minha intenção é largar esse vício para sempre e nunca mais voltar. Quero ser feliz plenamente, quero respeitar a mulher que eu amo e faz tudo por mim, quero casar, ter filhos e ser um bom exemplo para o mundo ao meu redor. Isso é um breve relato sobre algumas coisas que passei, quero fazer esse reboot pra minha vida inteira. Quero ter uma vida sexual plena, sentir os verdadeiros prazeres do sexo quando ele é entregue a uma pessoa só, e ser de fato uma mesma pessoa para todos e principalmente para mim.

Após essa minha última queda me cadastrei nesse fórum e estou começando essa "nova" jornada com vocês meus leitores. Conto com a ajuda de vocês nos tempos difíceis e espero poder ajudá-los também! Acredito que juntos somos mais fortes. Irei postar nesse diário frequentemente para comentar minhas emoções, fraquezas e motivações para todos lerem. Tenho fé que dessa vez eu vou conseguir, hoje daqui a algumas horas vou completar meu dia 1, sendo o primeiro de uma nova vida!!!

Um abração à todos,
força, foco, fé!

Jax Teller,
Um motociclista na estrada de uma vida nova.
avatar
Mensagens : 1059
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP
Ver perfil do usuário

Re: Diário de um motociclista - O início de um novo caminho.

em 30/7/2017, 00:14
Olá Jack Teller! Seja bem vindo!

Me lembro bem dessa sensação de felicidade/alívio ao encontrar esse fórum, que bom que se juntou a nós e obrigado por compartilhar a sua história conosco, ela já é muito inspiradora, espero que consigamos te ajudar a superar esse último obstáculo pra uma vida plena. Acredito que a sua decisão de se juntar a nós foi boa, pois é mto difícil vencer esse vício sozinho, aqui vc se lembra de que não está sozinho e de que essa é uma luta coletiva. Smile

A sua história com PMO é mto parecida com a minha e com a de muitos aqui, tbém comecei nessa vida com 11 anos cara, e como vc disse essa é uma questão tão difundida que tudo parece mto normal. Passamos a achar normal ficar um fim de semana inteiro num ciclo de PMO interminável, comigo era assim tbém.

Me identifiquei muito com a tua descrição sobre essa vida dupla que nós viciados em PMO levamos, é mto triste, mas é a pura verdade. Essa vida secreta cobra seu preço, pois nenhuma nos satisfazia, e vivia com esse medo de ter algo a esconder que apenas inibia o meu desenvolvimento.

Fico muito feliz que vc tenha deixado para trás seus velhos hábitos autodestrutivos, e a sua forma de pensar em relação as mulheres, que de fato é mto deturpada pela P. Fiquei ainda mais feliz por vc ter encontrado uma grande parceira em sua vida. Tenho certeza que vc vai largar esse vício em P por ela tbém, pois ela não merece um cara viciado em PMO. Com certeza com o reboot vc vai ter seus problemas de falta de libido melhorados, não só a relação sexual de vcs deve melhorar e vc vai sentir mais prazer, mas vc vai poder amar a sua mulher com todo o seu coração sem que ele esteja contaminado por P.

Você parece que já entendeu o reboot e está indo bem. Vou apenas reforçar algumas coisas que acredito que vc já tenha feito para tentar te ajudar...
-A leitura das histórias de sucesso são mto recomendadas mesmo, inclusive alguns rebooters tbém enfrentaram outros vícios como os que vc relatou.
-Reforço a importância de ler o e-book mas acho que vc já leu né... caso tenha alguma dúvida fique a vontade para perguntar.
-Espero que já tenha instalado bloqueadores em todos os dispositivos pelos quais vc possa acessar P. Apesar da sua determinação, isso é essencial brother!
-As atividades de religação são mto importantes pois são elas que vão fazer o seu cérebro perceber que é possível conseguir obter dopamina por outros meios, e isso o fará desenvolver maior prazer pela vida, vc já tem feito alguma atividade recomendada pelo e-book?

Um grande abraço Jack Teller! Estarei te acompanhando nesse novo caminho e espero vê-lo participando aqui do fórum, pois tenho certeza que a sua participação irá agregar muito. Very Happy Conte comigo!

_______________________________________
Recomeçar - relato do meu 90º dia de reboot:
http://www.comoparar.com/t4440p525-diario-do-brit#136565
Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
Mensagens : 52
Data de inscrição : 20/10/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diário de um motociclista - O início de um novo caminho.

em 30/7/2017, 12:32
bem vindo cara, meu parabéns pela iniciativa e vamos todos juntos vencer esse vicio
avatar
Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/07/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário de um motociclista - O início de um novo caminho.

em 2/8/2017, 18:10
Fala Rodrigo!!

Muito obrigado pelas boas vindas meu amigo!

Com certeza vamos continuar firmes na jornada, abração!


Última edição por Jack Teller em 2/8/2017, 18:13, editado 1 vez(es)
avatar
Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/07/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário de um motociclista - O início de um novo caminho.

em 2/8/2017, 18:28
Brit escreveu:Olá Jack Teller! Seja bem vindo!

Me lembro bem dessa sensação de felicidade/alívio ao encontrar esse fórum, que bom que se juntou a nós e obrigado por compartilhar a sua história conosco, ela já é muito inspiradora, espero que consigamos te ajudar a superar esse último obstáculo pra uma vida plena. Acredito que a sua decisão de se juntar a nós foi boa, pois é mto difícil vencer esse vício sozinho, aqui vc se lembra de que não está sozinho e de que essa é uma luta coletiva. Smile

A sua história com PMO é mto parecida com a minha e com a de muitos aqui, tbém comecei nessa vida com 11 anos cara, e como vc disse essa é uma questão tão difundida que tudo parece mto normal. Passamos a achar normal ficar um fim de semana inteiro num ciclo de PMO interminável, comigo era assim tbém.

Me identifiquei muito com a tua descrição sobre essa vida dupla que nós viciados em PMO levamos, é mto triste, mas é a pura verdade. Essa vida secreta cobra seu preço, pois nenhuma nos satisfazia, e vivia com esse medo de ter algo a esconder que apenas inibia o meu desenvolvimento.

Fico muito feliz que vc tenha deixado para trás seus velhos hábitos autodestrutivos, e a sua forma de pensar em relação as mulheres, que de fato é mto deturpada pela P. Fiquei ainda mais feliz por vc ter encontrado uma grande parceira em sua vida. Tenho certeza que vc vai largar esse vício em P por ela tbém, pois ela não merece um cara viciado em PMO. Com certeza com o reboot vc vai ter seus problemas de falta de libido melhorados, não só a relação sexual de vcs deve melhorar e vc vai sentir mais prazer, mas vc vai poder amar a sua mulher com todo o seu coração sem que ele esteja contaminado por P.

Você parece que já entendeu o reboot e está indo bem. Vou apenas reforçar algumas coisas que acredito que vc já tenha feito para tentar te ajudar...
-A leitura das histórias de sucesso são mto recomendadas mesmo, inclusive alguns rebooters tbém enfrentaram outros vícios como os que vc relatou.
-Reforço a importância de ler o e-book mas acho que vc já leu né... caso tenha alguma dúvida fique a vontade para perguntar.
-Espero que já tenha instalado bloqueadores em todos os dispositivos pelos quais vc possa acessar P.  Apesar da sua determinação, isso é essencial brother!
-As atividades de religação são mto importantes pois são elas que vão fazer o seu cérebro perceber que é possível conseguir obter dopamina por outros meios, e isso o fará desenvolver maior prazer pela vida, vc já tem feito alguma atividade recomendada pelo e-book?

Um grande abraço Jack Teller! Estarei te acompanhando nesse novo caminho e espero vê-lo participando aqui do fórum, pois tenho certeza que a sua participação irá agregar muito. Very Happy Conte comigo!

Fala Brit, tudo bom?

Muito obrigado pelo seu comentário meu amigo, com certeza essa é uma batalha que se torna mais fácil quando estamos juntos com outras pessoas que passam pela mesma situação. Com certeza ter alguém que possa compartilhar e motivar conta muito para poder nos ajudar a ultrapassar nos momentos difíceis. Minha gratidão pela sua atenção meu amigo.

Estou caminhando na jornada meu amigo, e ela parece "alcançável" quando leio as histórias de sucessos comentadas aqui no blog pelos colegas, isso é muito motivador. Eu li poucas histórias, porém foram muito inspiradoras pra mim, sonho no dia que eu possa escrever a minha e para isso vou dar o meu melhor nesse reboot!

Eu li o ebook a um bom tempo atrás, confesso que tenho a necessidade de ler agora pra poder relembrar e fixar melhor os conceitos técnicos do reboot que estou passando.

Quanto aos bloqueadores eu ainda não instalei, eu sei, estou correndo o perigo de me auto sabotar com essa atitude, mas eu vou tentar instalar hoje ainda, principalmente no meu celular que é a principal fonte de recaídas minhas.

Quanto as atividades vou começar a fazer exercícios físicos e meditação, hoje estou sentido um "extress" acho que isso vai ajudar a me controlar.
avatar
Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/07/2017
Ver perfil do usuário

Sexto dia.

em 2/8/2017, 18:54
Bom pessoal, não sei ao certo como funciona esse blog, mas vou respondendo meu próprio tópico para comentar como está sendo meu diário de PMO.

Hoje estou no sexto dia, e sim, pra mim isso é muito bom! Digo isso porque do dia que eu comecei até aqui, eu fico pensando em comentar minha evolução aqui no diário e de certa forma me ajuda a levar a sério esse reboot e fato conseguir vencer esse vício de 11 anos!!!

Vou tentar ser breve e direto nas minhas postagens para ser melhor para todos acompanharem!

Hoje definitivamente foi o dia mais difícil! Passei uma boa parte do meu dia imaginando coisas em minha cabeça relacionada a pornografia! Mulheres, cenas e tudo mais o que você possa imaginar de um viciado que via de tudo em sites pornográficos!! O que me ajudou foi voltar ao blog e ver que tem gente na mesma jornada, e lembrar de outros que conseguiram superar, então apesar de hoje ter sido um dia bem complicado, não ousei a ver nada e quando imaginava pornografia em minha mente tentava mudar o foco, mas confesso não foi tão fácil assim!

Esse final de semana tive relações com minha namorada, quanto ao meu desempenho sexual foi bom, nada como antigamente, na época que conseguia transar várias vezes, mas não tive problemas com ereção então fico muito feliz!

Confesso que estou com "nervos a flor da pele", não sei explicar bem como é a sensação, é como se fosse um extress, vindo com essa falta de foco (pensando em pornografia) e minha atenção para as mulheres que vejo na rua está TREMENDA! Tento disfarçar meu olhar, mas parece que minha atenção fica nas mulheres, é um pouco difícil de controlar.. Ao mesmo tempo da vontade de ver pornografia e me masturbar para poder me satisfazer dessa gana, mas lembro que isso é meu cérebro tentando me enganar.

Engraçado que eu não sinto vontade de transar, é mais uma vontade de ver pornografia, isso me preocupa um pouco, mas vou deixar pra ver tirar minhas conclusões ao final desse reboot.

E finalmente, tenho que instalar os bloqueadores no meu celular (principalmente) e no meu computador. Não fiz ainda, mas ainda hoje vou instalar os programas. Frequentemente no meu whatsapp enviam fotos e vídeos pornográficos, meu celular nem baixa automaticamente os arquivos, mas de qualquer forma, vou bloqueá-los.

Quanto a meus nervos a flor da pele, vou começar a fazer exercícios físicos e meditação, porque está sendo muito difícil ter concentração!

Meus amigos é isso, estou um pouco de "saco cheio" (literalmente kkkk) espero que essa ansiedade passe, um abração à todos!
Mensagens : 94
Data de inscrição : 30/07/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário de um motociclista - O início de um novo caminho.

em 2/8/2017, 18:57
Boa sorte na sua jornada Jack!
Estamos no mesmo caminho e indo para a mesma direção.

Fique firme no seu objetivo.

Seja feliz plenamente, e não se culpe demasiadamente!

_______________________________________




0, 1, 2, 4, 8, 16, 32, 64, 128, 256, 512, 1024, 2048, 4096
avatar
Mensagens : 1059
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP
Ver perfil do usuário

Re: Diário de um motociclista - O início de um novo caminho.

em 2/8/2017, 19:05
Olá Jack Teller, obrigado por esse feedback, fiquei mto feliz em saber que o meu comentário te agradou Smile

Releai o e-book sim mano, isso vai ajuda-lo a lembrar tudo e renovar a tua motivação. Olha, eu não entendo muito de TI, mas instalar bloqueadores é algo mto fácil e que ajuda mto no reboot a longo prazo. Não adie isso, pois essa atitude vai mostrar pro teu cérebro que a coisa é séria. Eu tbém comecei meditação no reboot e tem me ajudado bastante em questões de estresse e ansiedade. Exercício então... nem preciso falar, ajuda demais! Vai lá ver a academia e dps nos conte. Abraço!

_______________________________________
Recomeçar - relato do meu 90º dia de reboot:
http://www.comoparar.com/t4440p525-diario-do-brit#136565
Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
avatar
Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/07/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário de um motociclista - O início de um novo caminho.

em 2/8/2017, 19:32
novo.lucas escreveu:Boa sorte na sua jornada Jack!
Estamos no mesmo caminho e indo para a mesma direção.

Fique firme no seu objetivo.

Seja feliz plenamente, e não se culpe demasiadamente!

Obrigado Lucas,

Realmente é muito bom poder contar com vocês nesse caminho!
Isso definitivamente nos dá mais segurança pra continuar!

"Seja feliz plenamente, e não se culpe demasiadamente!" essa frase é sensacional!

Abração!!
Mensagens : 94
Data de inscrição : 30/07/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário de um motociclista - O início de um novo caminho.

em 4/8/2017, 07:44
E ai Jack, como está indo? Como tem se sentido?

grande abraço, força!

_______________________________________




0, 1, 2, 4, 8, 16, 32, 64, 128, 256, 512, 1024, 2048, 4096
avatar
Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/07/2017
Ver perfil do usuário

Volta ao fórum...

em 27/9/2017, 09:27
Meus amigos me desculpem a ausência no fórum. Estou muito envergonhado de mim mesmo e me sentindo incapacitado. Cheguei a marca de 18 dias sem MP, mas infelizmente desde então não consegui parar. Tive vergonha de vir aqui contar meu insucesso, mas não tenho alternativa que não seja essa. Quero muito largar esse vício, isso está acabando com minha autoestima e amor próprio. Hoje pela manhã foi a minha ultima recaída, recomecei o contador que já estava bem avançado, assim como eu deveria estar... Tentei usar o bloqueador pelo IP de meu celular, mas não consegui sendo a principal razão das minhas recaídas. Se alguém puder me ajudar com bloqueador no celular eu agradeço imensamente. Vou tentar recomeçar mais uma vez, escrevendo nesse diário, não posso desistir...
avatar
Mensagens : 1059
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP
Ver perfil do usuário

Re: Diário de um motociclista - O início de um novo caminho.

em 27/9/2017, 18:39
Eaí meu brother Jack Teller!

Uma pena que vc recaiu mano, força aí! Olha, não fica assim pra baixo não, não se sinta culpado por isso, nem se envergonhe de suas falhas, estamos aqui pra nos ajudar, se não, de que vale isso tudo? De nada.

Olha cara, sei que não é fácil, mas pensa assim... imagina uma pessoa obesa, que tem compulsão por comida e se não parar vai morrer, daí essa pessoa começa uma dieta e se livra de tudo de ruim pra ela, mas dps de um tempo, num dia estressante ela vai lá, não se aguenta e come um brigadeiro... isso faz mal pra ela? Faz sim, mas apenas isso não consegue prejudicá-la tanto assim, pois o que importa é a dieta que ela está fazendo. Diferente de uma dieta em que a pessoa pode ir se adaptando aos poucos, com o vício em PMO nós temos que ser radicais, não dá pra ir parando aos poucos, temos que cortar tudo! Só que mesmo assim, é importante entender que com o reboot vc está fazendo um tratamento e que esse tratamento está cuidando do teu cérebro... mesmo que vc tenha que ressetar o contador de dias, o mais importante é não é o contador de dias, é o teu cérebro que merece ser cuidado. Caiu? Levanta e segue o jogo...

O reboot é um processo de aprendizado, e se vc errar nesse processo, faz parte, desde que corrija aonde vc falhou, vai ter uma hora que vc vai conseguir ter o controle de não cair mais nisso, não desanima e continua firma aí mano.

Pelo que vc falou, vc consumiu P pelo teu smartphone né? Confie na gente pra contar como vc caiu, só assim poderemos te ajudar, ok? Se foi pelo smartphone a solução é simples mano, tem essa ferramente que o próprio Projeto indicou recentemente, acho que é a melhor solução existente: http://www.comoparar.com/t5796-netangel-solucao-definitiva-para-android

Lembre-se: cada dia sem PMO vale a pena, todos temos que vencer um dia de cada vez. Um abraço! Se cuida Jack! Não suma mais!

_______________________________________
Recomeçar - relato do meu 90º dia de reboot:
http://www.comoparar.com/t4440p525-diario-do-brit#136565
Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
avatar
Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/07/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário de um motociclista - O início de um novo caminho.

em 28/9/2017, 10:01
Brit escreveu:Eaí meu brother Jack Teller!

Uma pena que vc recaiu mano, força aí! Olha, não fica assim pra baixo não, não se sinta culpado por isso, nem se envergonhe de suas falhas, estamos aqui pra nos ajudar, se não, de que vale isso tudo? De nada.

Olha cara, sei que não é fácil, mas pensa assim... imagina uma pessoa obesa, que tem compulsão por comida e se não parar vai morrer, daí essa pessoa começa uma dieta e se livra de tudo de ruim pra ela, mas dps de um tempo, num dia estressante ela vai lá, não se aguenta e come um brigadeiro... isso faz mal pra ela? Faz sim, mas apenas isso não consegue prejudicá-la tanto assim, pois o que importa é a dieta que ela está fazendo. Diferente de uma dieta em que a pessoa pode ir se adaptando aos poucos, com o vício em PMO nós temos que ser radicais, não dá pra ir parando aos poucos, temos que cortar tudo! Só que mesmo assim, é importante entender que com o reboot vc está fazendo um tratamento e que esse tratamento está cuidando do teu cérebro... mesmo que vc tenha que ressetar o contador de dias, o mais importante é não é o contador de dias, é o teu cérebro que merece ser cuidado. Caiu? Levanta e segue o jogo...

O reboot é um processo de aprendizado, e se vc errar nesse processo, faz parte, desde que corrija aonde vc falhou, vai ter uma hora que vc vai conseguir ter o controle de não cair mais nisso, não desanima e continua firma aí mano.

Pelo que vc falou, vc consumiu P pelo teu smartphone né? Confie na gente pra contar como vc caiu, só assim poderemos te ajudar, ok? Se foi pelo smartphone a solução é simples mano, tem essa ferramente que o próprio Projeto indicou recentemente, acho que é a melhor solução existente: http://www.comoparar.com/t5796-netangel-solucao-definitiva-para-android

Lembre-se: cada dia sem PMO vale a pena, todos temos que vencer um dia de cada vez. Um abraço! Se cuida Jack! Não suma mais!

Fala Britt, beleza?

Cara, vou logo te agradecer poque seu suporte está sendo fundamental para mim. Eu não achei que iria retornar ao fórum, pro vergonha de ter caído, mas não quero sair dessa comunidade. Irei colocar isso como principal objetivo da minha vida, pois tem muitos anos que deixo isso pra depois, dessa vez não passa! Não tenho palavras pra agradecer seu suporte, muito obrigado!

Quanto ao bloqueador pelo celular eu vi o tópico, mas tive problemas com a instalação no meu celular. Sendo assim, deletei o navegador e o Youtube do meu celular e instalei um APP chamado "SPIN" que irei usá-lo quando precisar entrar na internet ou ver algum vídeo. Dessa vez nem que eu pare de usar smartphone e volte para um celular sem essas funções eu paro com esse vício! Não posso deixar isso ser maior que eu.

Confesso que estou muito triste pelo fato de ter recaído, mas irei batalhar contra isso com todas as minhas forças!

Abração!
avatar
Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/07/2017
Ver perfil do usuário

Atualização. Primeiras 24h depois de ter caído.

em 28/9/2017, 10:10
Caros,

Irei postar no meu diário mais frequentemente, quero colocar aqui os sentimentos que venho passando com minha jornada.

Quando cheguei em casa ontem a noite confesso que o tempo ócio que tive me fez ter lembranças de P. Esta é a hora mais crucial do meu dia, pois teoricamente não tenho mais nada pra fazer. Acredito que se fizer algum exercício nesse tempo livre vou ocupar de maneira positiva esse tempo. O fato é que tomei um banho gelado e evitei ficar isolado em meu quarto, fui conversar com minha família deixando o meu celular (meu fraco) longe de mim quando fui dormir.

Nesses últimos dias estou tomando um suplemento polivitamínico, noto que o uso dele me faz ter um "apetite sexual" mais forte quando fico um tempo sem PMO. Enfim, é somente uma observação mas achei importante compartilhar com vocês.

Ainda na luta meus amigos!!! Não paro enquanto não vencer a guerra!!

abraço a todos!
avatar
Mensagens : 700
Data de inscrição : 27/08/2016
Idade : 27
Ver perfil do usuário

Re: Diário de um motociclista - O início de um novo caminho.

em 28/9/2017, 10:31
Cara, sou fã da série tbm, uma das melhores. Tenho vontade de deixar a barba crescer só por ela. HAHAHA

Sua história é parecida com a minha. Eu bebo muito e isso tem a ver com o vazio que eu tento preencher. Tenho q parar com, assim como vc fez. Tem alguma dica para mim?

Sobre a PMO é muito difícil mas pra quem tem uma parceira com quem vc pode se relacionar se torna mais difícil cair. Ou mais fácil lutar.

Vou te acompanhar. Vamos chegar juntos ao pódio.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/07/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário de um motociclista - O início de um novo caminho.

em 28/9/2017, 12:05
Bolseiro_carioca escreveu:Cara, sou fã da série tbm, uma das melhores. Tenho vontade de deixar a barba crescer  só por ela. HAHAHA

Sua história é parecida com a minha. Eu bebo muito e isso tem a ver com o vazio que eu tento preencher. Tenho q parar com, assim como vc fez. Tem alguma dica para mim?

Sobre a PMO é muito difícil mas pra quem tem uma parceira com quem vc pode se relacionar se torna mais difícil cair. Ou mais fácil lutar.

Vou te acompanhar. Vamos chegar juntos ao pódio.

Fala Bolseiro Carioca, beleza?

Que bom que você se identificou com minha história, aqui nesse fórum encontramos pessoas com histórias parecidas com um objetivo em comum de se ajudar, sem preconceitos ou críticas destrutivas.

Meu amigo, como você leu em minha história, tive acesso a tudo de "ruim" que essa vida pode proporcionar, hoje em dia nada mais me surpreende.

Quanto a questão da bebida eu acredito que gira em torno do mesmo aspecto de outros vícios "preenchendo vazios interiores", no entanto, afirmo com convicção que largar o álcool é mais fácil que largar o vício em PM porque na maioria das vezes está muito ligado as companhias que você anda, os "falsos amigos". Procure se afastar de pessoas e ambientes que te levem a beber, e melhor ainda, substitua isso por outras atividades como a prática de algum esporte ou atividade física. Lembro que antigamente eu voltava para casa já de manhã cedo, virado da "noitada" do dia passado e via as pessoas que acordavam cedo pra correr e pensava "o que elas tinham na cabeça". Bem, hoje em dia eu definitivamente sou uma dessas pessoas. Gosto de acordar cedo domingo de manhã e ir correr, tomar um sol de leve, espairecer.

É uma questão de mudança de estilo de vida, muito positiva por sinal. Confesso que com uma namorada é muito mais fácil, pois você acaba não se interessando mais em sair pra beber ou algo do tipo. Mas nada impeça que você conheça uma pessoa especial fazendo algum esporte ou praticando uma atividade física. Conhecer uma pessoa em um ambiente sadio é bem melhor do que numa "noitada" dessas da vida (evidentemente existem exceções).

Meu amigo, em poucas palavras, foi isso que funcionou pra mim. Cultivar novos hobbies, principalmente os saudáveis, é muito prazeroso. Ver um filme, assistir algum jogo, ler livros interessantes ou mesmo passear pela cidade em locais agradáveis como praças são coisas bacanas. Fica aqui meu incentivo!

Obs: A série realmente é foda! Sem dúvida uma das melhores, também deixei minha barba crescer por conta dela kkkk Assistir séries é uma boa também, desde que seja saudável, de forma moderada!

Obrigado pelo comentário parceiro, estamos juntos nessa luta!!

Abração!
avatar
Mensagens : 83
Data de inscrição : 22/09/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário de um motociclista - O início de um novo caminho.

em 28/9/2017, 18:16
E aí Jack, sinto muito por sua queda recente, compreendo muito bem a tristeza pela qual tem passado. Eu já tentei parar tantas vezes e a cada deslize eu fico ainda mais destruído. Só que eu não tinha o fórum, esse apoio incrível da galera, a chance de desabafar, pessoas que tentam me compreender ao invés de julgar, que não desistem de nós.

Aguenta firme mano, estamos junto nessa, vamos conseguir.

_______________________________________
sunny  VIRTUDE, um fruto do autocontrole. Difícil de se conseguir, mas de valor inestimável  sunny


Conheça o meu diário: http://www.comoparar.com/t5851-diario-marcus

avatar
Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/07/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário de um motociclista - O início de um novo caminho.

em 29/9/2017, 07:28
Marcus escreveu:E aí Jack, sinto muito por sua queda recente, compreendo muito bem a tristeza pela qual tem passado. Eu já tentei parar tantas vezes e a cada deslize eu fico ainda mais destruído. Só que eu não tinha o fórum, esse apoio incrível da galera, a chance de desabafar, pessoas que tentam me compreender ao invés de julgar, que não desistem de nós.

Aguenta firme mano, estamos junto nessa, vamos conseguir.

E aí Marcus, tranquilo?

Meu amigo, você disse tudo! É muito bom contar com todos desse fórum para minha recuperação. Eu encaro esse reboot como uma doença que estou curando e pra isso tenho a valorosa ajuda dos companheiros de jornada.

Na minha recaída eu fiquei MUITO triste e principalmente com uma vergonha enorme de voltar e contar isso no meu diário, mas fato é que eu não posso fazer disso cada vez mais um segredo, continuar a ter duas vidas sendo uma delas secreta. Fiquei mais motivado ao ler comentários aqui de pessoas que estão tentando me ajudar e acompanhando minha caminhada! Inclusive você parceiro, que se deu o trabalho de comentar no meu diário e me dar cada dia mais motivação!

Obrigado cara, estamos firmes! Abração!
avatar
Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/07/2017
Ver perfil do usuário

Dia 2 - Nova realidade.

em 29/9/2017, 08:12
E aí galera, beleza?

Meus caros, sei que é muito recente minha caminhada, mas quero fazer um diário bem completo e detalhado.

Como havia comentado, meu principal gatilho pra PMO é o celular, então resolvi apagar o navegador e o APP do youtube que eram meus fracos e instalar um aplicativo bloqueador onde entro na internet e tenho acesso ao youtube de forma que não aparece nenhum conteúdo que possa desencadear minha atenção para PMO. É uma realidade bem diferente, porque confesso que ontem quando navegava ví que praticamente NADA do que eu assistia, até mesmo conteúdos inofensivos como coisas da igreja que costumava escultar no youtube estão bloqueados, até mesmo sites de notícias não consegui ter acesso, foi um choque.

Pensei comigo, será que isso tudo é necessário? Será que eu preciso de um bloqueador tão amplo? Minha internet está MUITO restrita e não dá pra ver praticamente NADA pelo meu celular. Então, busquei imagens pra ver se era tudo mesmo bloqueado, quando apertei buscar, me dei conta, o que estou fazendo?? Será que vou me enganar de novo e tentar burlar esse bloqueador pra vê se ele realmente é eficaz? Me deu uma raiva de pensar nisso, de tentar me enganar mais uma vez e pensei comigo que se fosse pra tentar burlar preferia trocar de celular para um que não tem acesso a internet!

Pra mim considero como uma pequena vitória, porque antes isso era apenas uma desculpa pra começar a PMO, mas tomei uma atitude cortando logo o mal pela raiz. Não vou morrer se bloquear meu navegador dessa forma, pelo contrário vou ganhar em qualidade de vida podendo fazer outras coisas mais produtivas do meu dia. Como de fato aconteceu, limpei meu quarto inteiro, lavei minha moto, escapei a noite pra ir ver minha namorada e foi muito produtivo.

Minhas considerações sobre o meu dia, acho que foi válido compartilhar porque de tijolo em tijolo um dia construirei meu castelo...

Abração a todos, seguindo firme!
avatar
Mensagens : 83
Data de inscrição : 22/09/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário de um motociclista - O início de um novo caminho.

em 30/9/2017, 07:15
Jack Teller escreveu:E aí galera, beleza?

Meus caros, sei que é muito recente minha caminhada, mas quero fazer um diário bem completo e detalhado.

Como havia comentado, meu principal gatilho pra PMO é o celular, então resolvi apagar o navegador e o APP do youtube que eram meus fracos e instalar um aplicativo bloqueador onde entro na internet e tenho acesso ao youtube de forma que não aparece nenhum conteúdo que possa desencadear minha atenção para PMO. É uma realidade bem diferente, porque confesso que ontem quando navegava ví que praticamente NADA do que eu assistia, até mesmo conteúdos inofensivos como coisas da igreja que costumava escultar no youtube estão bloqueados, até mesmo sites de notícias não consegui ter acesso, foi um choque.

Pensei comigo, será que isso tudo é necessário? Será que eu preciso de um bloqueador tão amplo? Minha internet está MUITO restrita e não dá pra ver praticamente NADA pelo meu celular. Então, busquei imagens pra ver se era tudo mesmo bloqueado, quando apertei buscar, me dei conta, o que estou fazendo?? Será que vou me enganar de novo e tentar burlar esse bloqueador pra vê se ele realmente é eficaz? Me deu uma raiva de pensar nisso, de tentar me enganar mais uma vez e pensei comigo que se fosse pra tentar burlar preferia trocar de celular para um que não tem acesso a internet!

Pra mim considero como uma pequena vitória, porque antes isso era apenas uma desculpa pra começar a PMO, mas tomei uma atitude cortando logo o mal pela raiz. Não vou morrer se bloquear meu navegador dessa forma, pelo contrário vou ganhar em qualidade de vida podendo fazer outras coisas mais produtivas do meu dia. Como de fato aconteceu, limpei meu quarto inteiro, lavei minha moto, escapei a noite pra ir ver minha namorada e foi muito produtivo.

Minhas considerações sobre o meu dia, acho que foi válido compartilhar porque de tijolo em tijolo um dia construirei meu castelo...

Abração a todos, seguindo firme!

É isso aí mano, aguenta firme. Às vezes o nosso cérebro é o nosso maior inimigo, mas temos que lembrar que não vivemos em função dele e sim o contrário, precisamos assumir o controle. "Deixa a vida me levar", que grande mentira, quem leva nossas vidas somos nós por meio das decisões que tomamos. Nós podemos alcançar qualquer coisa que desejarmos desde que assumamos o controle. Sempre que surgir um pensamento "diferente" raciocine com cuidado para ver se é fruto do seu verdadeiro eu ou se é o cérebro viciado (sequelado pela PMO) tentando induzi-lo pelo caminho mais fácil.

Continua brother, tamo junto.

_______________________________________
sunny  VIRTUDE, um fruto do autocontrole. Difícil de se conseguir, mas de valor inestimável  sunny


Conheça o meu diário: http://www.comoparar.com/t5851-diario-marcus

avatar
Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/07/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário de um motociclista - O início de um novo caminho.

em 2/10/2017, 07:39
Marcus escreveu:
Jack Teller escreveu:E aí galera, beleza?

Meus caros, sei que é muito recente minha caminhada, mas quero fazer um diário bem completo e detalhado.

Como havia comentado, meu principal gatilho pra PMO é o celular, então resolvi apagar o navegador e o APP do youtube que eram meus fracos e instalar um aplicativo bloqueador onde entro na internet e tenho acesso ao youtube de forma que não aparece nenhum conteúdo que possa desencadear minha atenção para PMO. É uma realidade bem diferente, porque confesso que ontem quando navegava ví que praticamente NADA do que eu assistia, até mesmo conteúdos inofensivos como coisas da igreja que costumava escultar no youtube estão bloqueados, até mesmo sites de notícias não consegui ter acesso, foi um choque.

Pensei comigo, será que isso tudo é necessário? Será que eu preciso de um bloqueador tão amplo? Minha internet está MUITO restrita e não dá pra ver praticamente NADA pelo meu celular. Então, busquei imagens pra ver se era tudo mesmo bloqueado, quando apertei buscar, me dei conta, o que estou fazendo?? Será que vou me enganar de novo e tentar burlar esse bloqueador pra vê se ele realmente é eficaz? Me deu uma raiva de pensar nisso, de tentar me enganar mais uma vez e pensei comigo que se fosse pra tentar burlar preferia trocar de celular para um que não tem acesso a internet!

Pra mim considero como uma pequena vitória, porque antes isso era apenas uma desculpa pra começar a PMO, mas tomei uma atitude cortando logo o mal pela raiz. Não vou morrer se bloquear meu navegador dessa forma, pelo contrário vou ganhar em qualidade de vida podendo fazer outras coisas mais produtivas do meu dia. Como de fato aconteceu, limpei meu quarto inteiro, lavei minha moto, escapei a noite pra ir ver minha namorada e foi muito produtivo.

Minhas considerações sobre o meu dia, acho que foi válido compartilhar porque de tijolo em tijolo um dia construirei meu castelo...

Abração a todos, seguindo firme!

É isso aí mano, aguenta firme. Às vezes o nosso cérebro é o nosso maior inimigo, mas temos que lembrar que não vivemos em função dele e sim o contrário, precisamos assumir o controle. "Deixa a vida me levar", que grande mentira, quem leva nossas vidas somos nós por meio das decisões que tomamos. Nós podemos alcançar qualquer coisa que desejarmos desde que assumamos o controle. Sempre que surgir um pensamento "diferente" raciocine com cuidado para ver se é fruto do seu verdadeiro eu ou se é o cérebro viciado (sequelado pela PMO) tentando induzi-lo pelo caminho mais fácil.

Continua brother, tamo junto.

Fala Marcus, obrigado meu irmão!

Cara, não tem sido uma tarefa fácil, impressionante ver como o nosso cérebro é completamente ligado à P. em virtude disso muitos de nossos pensamentos estão automatizados para essas lembranças. Não vou desistir mano, abração!!
avatar
Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/07/2017
Ver perfil do usuário

Dia 5 - VELHAS LEMBRANÇAS. CÉREBRO AUTOMATIZADO. DIAS BONS. DIAS RUINS

em 2/10/2017, 08:19
E aí galera, beleza?

Continuando minha saga na libertação desse vício, e enfim chegando hoje no dia 5.

Bom, os últimos dias (2 à 5) foi uma série de fatores envolvidos. O que posso falar é que meu cérebro claramente ainda raciocina como um "tarado sexual". Me vi esses dias extremamente desconcentrado no trabalho pensando na mulher que estava sentada ao meu lado e imaginando cenas pornográficas. Eu tentava mudar o foco, mas me via constantemente amarrado com esses pensamentos, isso é claramente uma lembrança promovida por anos de vício em PMO. Fico tentando me disciplinar quanto à isso, parar de "seguir" as mulheres com os olhos e pensamentos, não acredito que isso seja saudável, gostaria de raciocinar como um homem normal, não como um tarado sexual que vive pensando em sexo 24 horas por dia.

Ressalto ainda que o que fiz no meu celular foi EXTREMAMENTE benéfico pra mim. Olha, ainda sou um iniciante na minha jornada, mas sei que os bloqueadores são uma ferramenta indispensável para tocar o barco pra frente! Eles impedem qualquer imagem suspeita (como falei estou usando o SPIN em função de navegador no celular) e o outra coisa que não faço é ficar tentando arrumar furos nos bloqueadores, quanto menos souber, melhor! Notei que em virtude disso meu tempo aumentou MUITO, ou melhor, minha produtividade, porque evitamos o ócio na internet então nossa vida fica aberta pra fazermos o que quiser!

E quanto à isso, o que fazer nessa fissura dos primeiros dias? Bom, no meu caso eu fiz e recomento exercícios físicos. Não precisa de muito espaço ou tempo, basta fazer uns abdominias, pranchas e flexões até não conseguir mais (fiz isso quando cheguei em casa no dia que fiquei imaginando a mulher sentada ao meu lado). Logo após esses exercícios banho gelado e pronto. Me ajudou bastante a lidar com que estava sentindo. Se isso render com o tempo, ao fim de meu reboot vou estar um homem renovado e forte literalmente kkkk

Esse final de semana tive relações com minha namorada, quanto à isso espero que as coisas melhorem. Digo isso porque, apesar de não ter tido DE como estava tendo, meu desempenho está caindo bastante. Não costumava ser como antes, ainda que tendo relações minha cabeça fica em outro lugar, parece que não fico satisfeito com o que está acontecendo. Passei o final de semana com minha namorada mas domingo não tive interesse nenhum em ter relações, poderia ter a qualquer momento mas parece que estou "frio". Fico triste porque sei que minha namorada pode pensar outra coisa, ainda que não tenha falado nada, e também tem suas necessidades. É como se meu tesão estivesse para outras mulheres (que vejo fora, na rua, no trabalho) e em imagens pornográficas e somente. Quando tivemos relações no sábado fiquei ereto normal, mas depois que tive meu primeiro orgasmo simplesmente não tive mais vontade, transamos mais uma vez mas foi como se não estivesse mais ali. Depois disso, não pensei mais no resto do final de semana. Muito estranho isso porque me considero jovem e saudável, mas não me sinto "potente".

Sendo assim, mais uma semana começa, vou continuar firme nos bloqueadores, nos exercícios e nas minha tarefas pra ocupar o máximo do meu tempo e ser produtivo!

Um abração para todos e vamos firme na luta!!

Vocês me dão muita força, essa é a principal conquista da minha vida, contem comigo também!
avatar
Mensagens : 1059
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP
Ver perfil do usuário

Re: Diário de um motociclista - O início de um novo caminho.

em 2/10/2017, 14:56
Ei Jack Teller! Que orgulho de vc cara! Tá mandando bem demais!
A nossa recuperação exige esse esforço diário de lutarmos contra e ignorarmos esses pensamentos e racionalizações, é como dizem, vc não pode impedir que um pássaro sobrevoe a sua cabeça, mas pode impedir que ele faça um ninho. Com o tempo, esses pensamentos vão diminuindo, confie em mim, apenas mantenha essa ideia de que vc precisa sempre ignorar esse tipo de coisa e cuidar do seu olhar, foque no rosto das mulheres, esse desafio é grande, mas é mto bom sentir que estamos fazendo a coisa certa por nós mesmos! Que estamos cuidando da gente! Não posso dar mtas dicas sobre relacionamentos, mas achei legal vc compartilhar aqui a real de como estão as coisas, mas olha mano, não se cobre demais por desempenho, com a prática vc deve melhorar, mas uma coisa que aprendi é que não é pq somos homens que temos que estar dispostos sempre. Vc disse que se sentiu frio em relação a sua mulher, isso é normal, esse distanciamento, é assim que nos sentimos, vc deve continuar investindo nas atividades de religação que aos poucos isso melhora.
Abração! Tamo junto!

_______________________________________
Recomeçar - relato do meu 90º dia de reboot:
http://www.comoparar.com/t4440p525-diario-do-brit#136565
Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
avatar
Mensagens : 103
Data de inscrição : 27/07/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário de um motociclista - O início de um novo caminho.

em 2/10/2017, 21:01
Brit escreveu:Ei Jack Teller! Que orgulho de vc cara! Tá mandando bem demais!
A nossa recuperação exige esse esforço diário de lutarmos contra e ignorarmos esses pensamentos e racionalizações, é como dizem, vc não pode impedir que um pássaro sobrevoe a sua cabeça, mas pode impedir que ele faça um ninho. Com o tempo, esses pensamentos vão diminuindo, confie em mim, apenas mantenha essa ideia de que vc precisa sempre ignorar esse tipo de coisa e cuidar do seu olhar, foque no rosto das mulheres, esse desafio é grande, mas é mto bom sentir que estamos fazendo a coisa certa por nós mesmos! Que estamos cuidando da gente! Não posso dar mtas dicas sobre relacionamentos, mas achei legal vc compartilhar aqui a real de como estão as coisas, mas olha mano, não se cobre demais por desempenho, com a prática vc deve melhorar, mas uma coisa que aprendi é que não é pq somos homens que temos que estar dispostos sempre. Vc disse que se sentiu frio em relação a sua mulher, isso é normal, esse distanciamento, é assim que nos sentimos, vc deve continuar investindo nas atividades de religação que aos poucos isso melhora.
Abração! Tamo junto!

Faala Brit, beleza?

Cara, que massa seu elogio, você é um exemplo aqui nesse fórum pra ser seguido! Dias bons e dias ruins vêm, mas hoje, graças a Deus, é um dia muito bom, estou motivado e bem produtivo. Cuidando de todos os detalhes para não cair na PMO e vejo que está dando certo, sinto que dessa vez vou conseguir, tenho fé nisso. Meu dia foi completamente atarefado o que me ajudou bastante a pensar em outras coisas.

Tentei cuidar ao máximo do meu olhar, assim como você me propôs, e os pensamentos vieram bem pouco na minha cabeça e logo saíram. Very Happy

Obrigado pela força Brit, vou tentar ficar menos preocupado com essa paranoia de rendimento e curtir mais.

Um dia melhor, só por hoje!!!
Mensagens : 235
Data de inscrição : 01/10/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário de um motociclista - O início de um novo caminho.

em 2/10/2017, 21:42
Jack Teller escreveu:E aí galera, beleza?

Continuando minha saga na libertação desse vício, e enfim chegando hoje no dia 5.

Bom, os últimos dias (2 à 5) foi uma série de fatores envolvidos. O que posso falar é que meu cérebro claramente ainda raciocina como um "tarado sexual". Me vi esses dias extremamente desconcentrado no trabalho pensando na mulher que estava sentada ao meu lado e imaginando cenas pornográficas. Eu tentava mudar o foco, mas me via constantemente amarrado com esses pensamentos, isso é claramente uma lembrança promovida por anos de vício em PMO. Fico tentando me disciplinar quanto à isso, parar de "seguir" as mulheres com os olhos e pensamentos, não acredito que isso seja saudável, gostaria de raciocinar como um homem normal, não como um tarado sexual que vive pensando em sexo 24 horas por dia.

Ressalto ainda que o que fiz no meu celular foi EXTREMAMENTE benéfico pra mim. Olha, ainda sou um iniciante na minha jornada, mas sei que os bloqueadores são uma ferramenta indispensável para tocar o barco pra frente! Eles impedem qualquer imagem suspeita (como falei estou usando o SPIN em função de navegador no celular) e o outra coisa que não faço é ficar tentando arrumar furos nos bloqueadores, quanto menos souber, melhor! Notei que em virtude disso meu tempo aumentou MUITO, ou melhor, minha produtividade, porque evitamos o ócio na internet então nossa vida fica aberta pra fazermos o que quiser!

E quanto à isso, o que fazer nessa fissura dos primeiros dias? Bom, no meu caso eu fiz e recomento exercícios físicos. Não precisa de muito espaço ou tempo, basta fazer uns abdominias, pranchas e flexões até não conseguir mais (fiz isso quando cheguei em casa no dia que fiquei imaginando a mulher sentada ao meu lado). Logo após esses exercícios banho gelado e pronto. Me ajudou bastante a lidar com que estava sentindo. Se isso render com o tempo, ao fim de meu reboot vou estar um homem renovado e forte literalmente kkkk

Esse final de semana tive relações com minha namorada, quanto à isso espero que as coisas melhorem. Digo isso porque, apesar de não ter tido DE como estava tendo, meu desempenho está caindo bastante. Não costumava ser como antes, ainda que tendo relações minha cabeça fica em outro lugar, parece que não fico satisfeito com o que está acontecendo. Passei o final de semana com minha namorada mas domingo não tive interesse nenhum em ter relações, poderia ter a qualquer momento mas parece que estou "frio". Fico triste porque sei que minha namorada pode pensar outra coisa, ainda que não tenha falado nada, e também tem suas necessidades. É como se meu tesão estivesse para outras mulheres (que vejo fora, na rua, no trabalho) e em imagens pornográficas e somente. Quando tivemos relações no sábado fiquei ereto normal, mas depois que tive meu primeiro orgasmo simplesmente não tive mais vontade, transamos mais uma vez mas foi como se não estivesse mais ali. Depois disso, não pensei mais no resto do final de semana. Muito estranho isso porque me considero jovem e saudável, mas não me sinto "potente".

Sendo assim, mais uma semana começa, vou continuar firme nos bloqueadores, nos exercícios e nas minha tarefas pra ocupar o máximo do meu tempo e ser produtivo!

Um abração para todos e vamos firme na luta!!

Vocês me dão muita força, essa é a principal conquista da minha vida, contem comigo também!

Fala Jack Teller, blz?
acompanhando aqui seu diário! abraços

_______________________________________
Meu Diário: http://www.comoparar.com/t5901-diario-do-abj

Recorde: 28 dias sem PM em set/out – 2017
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum