Compartilhe
Ir em baixo
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 29/9/2015, 17:32
Obrigado Anonymus, Toni e Não desisto pelas palavras de incentivo. Elas me são de grande valor ainda mais nessa fase inicial. 


Bom, aproveito para relatar como foi os últimos dias desse novo reboot. 

Ontem tive um ataque muito forte de abstinência. Até certo dia eu mantinha a senha de um dos bloqueadores comigo num local de difícil acesso. Eu a mantinha pelo fato de que o bloqueador trava muitos sites que eu precisava abrir, inclusive alguns tópicos aqui do fórum (o tópico das mulheres e homossexuais, por exemplo, não consigo acessar, dependendo do teor do relato de alguns colegas de outros tópicos também não).

Decidi jogar essa senha fora, e não mais pedir recuperação dela, uma vez que o processo é muito burocrático. Mas não fiz isso de imediato, decidi sair à rua e quando chegasse em casa o faria; cheguei e não fiz, mas também não liguei importância em escondê-la. 

Ocorre que essa senha desapareceu sem quê nem porquê. Simplesmente sumiu. E ontem, após ver fotos de uma mulher linda na web, a fissura veio forte e a senha não estava lá. Fiquei feito um louco rodando pelo quarto abrindo tudo que era esconderijo, gaveta, bolsas, debaixo da cama etc. Até que caí em mim, e me vi naquela situação deplorável procurando uma droga. Depois de algum tempo a loucura foi passando e fui me recompondo da exaustão. Cara, que coisa é essa? Suponho que os sintomas sejam os mesmo da abstinência de qualquer droga, quiça, pior.

Depois disso, as coisas voltaram ao normal, saí, fui resolver umas pendengas na rua, encontrei uma amiga e conhecido de muitos anos. Batemos um papo legal. À noite, fui correr. 

Por isso, ressalto a grande importância dos bloqueadores, principalmente para aqueles que a pornografia visual seja o principal fator do vício, como é meu caso. Bloquear tudo e acabar com senhas, bem como com as possibilidades de recuperá-las. 

Abraços, galera. Continuemos na luta. Força a todos.

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
avatar
Convidado
Convidado

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 29/9/2015, 17:56
Seu relato foi tao inspirador que tive de usá-lo como inspiração para os demais.

Obrigado por ressaltar a importância dos bloqueadores, eu e o Projeto estamos tentando focar mais no assunto.

Parabéns pela sua atitude cara, e mesmo que essa senha apareça por acaso, faça-a sumir de verdade.

É realmente muito importante manter todo o tipo de bloqueio possível.

Um grande abraço.

E depois confira o seu relato em: Ferramentas e Bloqueadores - Fixo: Quem quer faz, quem não quer arruma uma desculpa.
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 29/9/2015, 18:02
Valeu Anonymus, obrigado. Quanto à senha, ela não aparecerá mais não, cara. Revirei meu quarto no momento da "caçada" e não há lugar onde ela possa estar. Depois me lembrei de que dias antes eu havia dado uma geral no quarto e a senha, muito provavelmente, foi pro lixo. Graças a Deus.

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 11/10/2015, 14:31
Fala galera do reboot! passando aqui pra dar um salve pra vcs e relatar um pouco como tem sido meus últimos dias.

Tem sido muito instáveis, há dias bons, de muita motivação nas tarefas que planejo, no futuro e tal, mas há outros que são péssimos, stress no último grau, desespero quanto ao futuro e aquela vontade de meter o pé na jaca (PMO até o talo, hehehe). 

Minha família ultimamente tem estado muito conflituosa por causa de crises financeiras, e, mesmo procurando ficar de fora dos problemas, eu ouço, ou percebo que as coisas ficam tensas entre meus pais. Aí bate aquela revolta. Dias desses uns pensamentos suicidas começaram voltar, mas logo sumiram. Aquela vontade de sair de casa logo, de que já estou fazendo hora extra aqui, de ter meus próprios problemas familiares etc. 

Sei que ano que vem tenho que fazer isso, mas a falta de paciência me assola, às vezes e até aquela insegurança com o fato de sair de casa, quero sair e o medo do incerto também me ataca. 

Aí... só vejo a PMO como saída nessas horas. Foi o que sempre fiz. Como isso é idiota. Por isso e outras coisas ainda estou assim nesse estado de covardia.

Pratiquei MO algumas vezes ao longo desses 22 dias, já que a P é algo praticamente impossível de acessar no meu PC e também estou ainda solteiro. Fiz um trabalho de louco pra barrar o acesso a P, se não já teria recaído. 

Tenho feito MO procurando ao máximo não fantasiar, apenas aliviar a tensão, e vejo que em alguns momentos ela foi uma aliada pra eu não enlouquecer atrás de P. Não bate aquela revolta como se tivesse acessado P e MO, e com aquelas imagens rodando na sua memória o tempo todo, dias a fio. 

Vejo que estou progredindo. No meu caso, o que me deixava mais fracassado era a P, já que iniciei minha vida de masturbação com P já da pesada.

Enfim, é isso. Dias ruins, bons, ruins, bons, mais ou menos e assim vai. Vou procurar diminuir MO ao máximo também e procurar mulher real, o que é, de fato, certo. sexo real.

Graças a Deus estão aparecendo alguns serviços temporários e eu vou remediando as coisas como dão até que os bons ventos toquem a meu favor. A leitura, os estudos, alguns trabalhos voluntários durante a semana e a corrida tem sido fundamentais também pra manter de pé.

Depois que sair disso tudo, tiver trabalhando fixo e arrumar uma companheira acho que serei um cara muito preparado pra outros problemas vier.

Força aos guerreiros. Vamo que vamo.

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
Meditation
Mensagens : 150
Data de inscrição : 10/07/2015
Ver perfil do usuário

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 11/10/2015, 15:31
Tenho os mesmos sintomas covardes que o seu, entendo perfeitamente e é isso aí, vamos sair da zona de conforto e enfrentar.

Não acho legal você se masturbar. Estou acompanhando algumas mensagens neste tópico mas se for pra se masturbar, procure sua esposa/parceira/prostituta,

algo próximo do real, importante trabalhar a audição, paladar, tato, olfato e na masturbação é bem próximo ligado a fantasia.


_______________________________________
Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Img?u=5091338001317888
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 11/10/2015, 18:12
Valeu pelo incentivo, RebootEterno. Essa sensação de insegurança é horrível mesmo, mas temos de enfrentá-la cedo ou tarde. 

Realmente, cara, temos de primar pelo real. Concordo que a M não faz bem, ainda mais quando se usa pra substituir o real. 

No meu caso, eu estou usando-a como uma forma de progressão nesse segundo reboot. Sei que muitos não concordam e até eu já cheguei a exortar para que não façam isso, mas diante da impossibilidade de me relacionar no momento com alguma mulher real (devido a um problema físico que adquiri e do qual me recupero) uso a M em intervalos cada vez mais extensos, tipo, a cada 12, 15... dias . Ou quando a necessidade bate e sei que meu dia não vai render devido a fissura. Não é a saída, mas faço isso pra não recorrer a P. Eu era viciado em P ao extremo, cara. 


Com a M, apesar de me sentir um pouco triste, eu não me sinto tão arrasado como se tivesse usado a P. e logo passa, também não bate aquele efeito caçador nos dias seguintes. 

Na verdade eu não me masturbava assim, sem P, sempre estive rodeado de P já no início da adolescência quando comecei. Mesmo quando fantasiava uma mina, procurava uma atriz parecida com ela. 

Mas não recomendo a M pra quem tá em perfeitas condições físicas de ter sexo real ou começar um relacionamento, já que o único problema é o psicológico. Vou tentar aumentar cada vez mais os intervalos até que meu problema seja sanado por completo e arrume uma parceira.

Abraço. e tou na torcida por ti, por todos.

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
avatar
Convidado
Convidado

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 11/10/2015, 19:31
Olá Raskolnikov, só agora fiquei sabendo de sua recaída, mas ainda assim, seus relatos continuam sendo uma fonte de inspiração, principalmente por recomeçar depois de uma queda ocorrida após os 90 dias. Ontem, após 40 dias sem pmo, também tive uma recaída, mas estou determinado a superar esse vício. Quanto a procura de uma namorada, não estar satisfeito com o corpo, realmente é algo que diminui bastante a autoconfiança, mas talvez você deva refletir melhor sobre se esse seu problema realmente atrapalharia tanto conseguir uma parceira. Abraços mano.
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 11/10/2015, 20:36
Fala Schopenhauer (tive de copiar esse nome, hehehe). Pois é cara. Tive uma recaída com mais de 100 dias. Foi num momento de muito desespero por conta de minha saúde física somada a outros problemas. 

Daí passei a ter recaídas cada vez mais frequentes em PMO e me vi novamente na lama, até que tomei uma atitude mais radical contra a P. na verdade, circunstâncias fizeram o trabalho por mim, e agora não nenhuma possibilidade de acesso ao lixo. 

No meu caso, só bloqueadores mesmo, pelo menos no inicio, até que minha razão ganhe força mais tarde. 

Realmente, sobre o problema físico ando observando isso, ou seja, se ele é tão absurdo assim, a ponto de uma mulher me rejeitar simplesmente por isso, sem nem ao menos olhar outras características pessoais. 

Mas só quem passa pelo que passei pode entender como a gente se sente depois de um resultado cirúrgico totalmente inesperado, que modifica o corpo, e isso pra um cara já com problemas como o vício em PMO e até certo ponto vaidoso e frequente em academias. Foi uma "facada" profunda. 

No íntimo, sei que mulher não é tão visual assim, elas admiram outras coisas.  Tem muito cara aí deficiente de todo que é jeito, e mulher também, constituindo família, trabalhando e tal, mas até eles chegarem ao ponto de se aceitarem é um processo espinhoso e também depende da mentalidade que a pessoa tem no momento do acidente. 

Muitos não suportam uma tragédia, mas a mídia não mostra os casos que dão errado, lógico. E nem ficamos sabendo do cara que está sofrendo depois de ficar paraplégico, mas se ele se tornar um medalhista olímpico merece destaque na TV que é pra incentivar os outros. Queremos sempre espelhar num vencedor em alguém que venceu. Me apeguei muito à histórias assim e me ajudaram a não abandonar a vida. 

Meu problema não me impediu de andar, de nada. Mas deformou muito uma parte do meu corpo. Imagine isso num cara já viciado em PMO e com sérios problemas em relacionamentos.

Entrei numa depressão arrasadora e  me tranquei em casa, lógico que as coisas só pioraram, entrei no álcool, aumentei a PMO, não procurei trabalho e fugia das pessoas, quase me suicidei.  

Mas, passou, aos poucos vou me aceitando e trabalhando outras áreas da vida. O fórum foi importantíssimo nisso. A interação aqui mesmo que anonima, e também por isso, me ajudou muito. 

Tenho que me aceitar, antes de tudo, aceitar meu corpo mudado. Mas é difícil comoquê. rsrsrs

E fico na torcida por vc, cara. Sei que 40 dias são muito importantes, vc já experimentou a leveza. O importante é que pra quem entra no reboot, a tendência é lutar sempre. Desconheço alguém que tenha se entregado como antes depois desse conhecimento. Pode até voltar, mas a consciência já é outra.

Abraços.

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 16/10/2015, 17:02
É galera, sucumbi mais uma vez depois de 28 dias.

Infelizmente estou totalmente a mercê dos bloqueadores ultimamente, sem forças pra lutar. Bateu a fissura com misto de raiva, desespero, revolta etc, e não sei como o kurupira não bloqueou um site aqui, aí já viu. Pensei que esse bloqueador nunca fosse dar brecha.

Caí feito um porco no lamaçal. Fraco demais. Lógico que todos temos problemas, mas recentemente os meus se agigantaram. Ansiedade demais, solidão, raiva de todo mundo que me abandonou. Sei lá, hoje a dor do abandono foi grande demais, pensei em beber umas, mas a grana tá pouca pra gastar assim à esmo e tenho medo de não me controlar e fazer besteira pior, como pilotar bêbado.

E por falar em grana, fiz uns trabalhos e não recebi, isso me deixou ainda mais revoltado. Porra, meu!!!

Tento contato com um, nada, com outro, nada, parece que meus velhos amigos e amigas morreram. Não sei se estão enfrentando outros problemas, vai saber, ou tão curtindo demais a ponto de ignorar um cara idiota. hahaha

Mas vida que segue. Me sentindo um trapo, vergonha até de sair pela casa e encontrar o povo pelos cômodos.

Já tapei imediatamente as brechas, instalei outro bloqueador, cadastrei num email fake ligado a outro email fake pra impossibilitar recuperar a senha. Destruí todas as senhas agora só formatando o PC mesmo.

Meu acesso agora tá bem restrito, nem algumas páginas do meu diário consigo acessar. rsrsrs

Vamo que vamo. "Não me entrego sem lutar"

Força aos guerreiros e não se entreguem.

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
avatar
Convidado
Convidado

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 16/10/2015, 17:41
Entrei no fórum agora por um acaso e acabei vendo a sua postagem; logo pensei que poderia ser coisa boa, mas ao entrar e verificar o contador pude perceber que a coisa não era tão boa assim,

Cara, infelizmente a vida é cheia de altos e baixos, não venha me dizer que você não é feliz nunca. Na realidade, ninguém vive feliz e sim de momentos felizes, me entende?

De outro modo, é extremamente ruim se sentir desprezado e falo com propriedade, pois já me senti assim. Acredito que todos passam por isso pelo menos uma vez na vida.

Ainda bem que você não aceitou a ideia de beber, poderia ter feito uma cagada maior, certo? E ter sucumbido ao vicio é ruim, mas não se equipara com outras coisas ruins.

Acho também que como eu, você dá uma extrema importância aos dias que marcam o contador. Importância extrema que chega a ser desnecessária. Não sei se aconteceu com você, mas antes "quando não conhecia o fórum, mas já sabia que era um viciado", as quedas não eram tão dolorosas assim, mas hoje em dia sim. Qual a resposta para isso? Acredito que nos prendemos muito à ideia desses 90 dias e às vezes -ou quase sempre- esquecemos que a recuperação é feita de forma gradual.

Foram 28 dias de abstinência por algo que fazia parte do seu dia a dia. E por ter praticado pmo depois de 28 dias se parece com o fim do mundo. É aí que eu te pergunto, nos sentimos um "lixo" assim porquê?

Para você ter uma ideia, conheço casos de alcoólatras que beberam por muitos e muitos anos sem a necessidade de ir ao médico definitivamente para nada. Um "belo" dia precisaram ir por outro questão. Após exames e a constatação do nível de álcool no sangue, o médico solicitou uma internação. Fim da história, medicamento em cima de medicamento, abstinência total e de repente o paciente vem a óbito. Qual seria a verdadeira causa? Sangue funcionando à base de álcool há muitos anos e de repente o combustível foi trocado por uma medicação.

Não estou querendo dizer que tudo é assim, mas temos que entender que não deixaremos de ser viciados da noite para o dia. Espero que tenha conseguido me entender. Basta você ler alguns relatos de pessoas que têm mais de 100 dias de abstinência, mas que mesmo assim ainda sentem sintomas fortes.

Porque a recuperação é feita de forma gradual. Simples assim.

Então quer dizer que se eu passar 100/200 dias e cair, será o fim do mundo? Volto a ser um viciado? Afinal de contas, deixar de ser nunca deixaremos, certo? Então depois de tantos dias de abstinência o cara não pode dizer que jogou tudo no ralo. E isso também serve para você com 28.

Força cara, sei que é difícil, mas se você não fizer quem fará por você? NINGUÉM!

Faça uma meta gradual. Se esforce para conseguir cada vez mais. Não importa se você vacilar uma vez ou outra e não conseguir se quer bater o último recorde. O que importa é você ter a consciência de que está realmente lutando e de forma gradual está se curando e se livrando de toda essa porcaria.

Espero poder ajudar de alguma forma, grande abraço!
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 16/10/2015, 18:31
Valeu, Anonynos. Muito obrigado pelas palavras, elas me são de grande valia nesse momento.
Concordo contigo que valorizamos demais esse reboot, e parece o fim quando recaímos.

Mas é aquele negócio, Adão e Eva viviam nus no paraíso sem nenhuma sensação de culpa, bastou tomar o conhecimento para se sentirem culpados e tentarem se cobrir e se esconderem de Deus. Acho que assim somo nós rebooters: uma vez tendo a noção do que essa merda faz, maior sofrimento teremos se continuarmos nela.

O problema do conhecimento é esse: gerar sofrimento, ainda mais nesse mundo que tenta nos alienar de todas as formas possíveis.

Meu problema não é só esse vício, cara. É que enfrento Ns problemas em áreas diversas os quais acabam se escambando pra essa merda.

Sei perfeitamente que a mudança não vem ao cumprir 90, 900... dias reboot, meu desespero é que me vejo de mãos atadas agora para sair de onde estou. Fiquei 3 meses sem isso, mas descuidei.

Me vejo sempre em sentimentos dúbios e não sei como agir, preciso me socializar, arranjar uma companhia, decidir meu futuro profissional, não sei se invisto na minha área de formação, ou mudo, se acredito em Deus e frequento uma igreja, vou ser um crente bem comportado, ou me declaro logo ateu. As vezes penso que falta Deus em minha vida, outra hora me revolta só em pensar em Deus, no Deus que me fizeram crer, Deus carrasco, punidor e chantagista. Se Ele existe, estou certo de que é diferente do que me pintaram.

Quando essas aflições me atingem é que procuro fugir.

Sei que preciso me decidir e que as decisões vão me trazer prejuízo, mas qual o prejuízo a ser tomado? aí pronto?

É coisa de louco. No fundo, no fundo acho que isso tudo é falta de mulher na minha vida mesmo.
O cara não pode ficar sem não. Não é atoa que Ele fez uma pra Adão que andava "na mão" lá no jardim. hehehehe.
Mas no "cinco contra um" só vai piorar as coisas pra mim kkkkkkk
Preciso tomar vergonha na cara e parar com essa covardia.

De qualquer forma, muito obrigado pela atenção. Pelo menos aqui há quem nos console.

Siga firme, cara.

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
Mestre Yoda
Mensagens : 387
Data de inscrição : 29/09/2015
Localização : Dagobah
Ver perfil do usuário

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 16/10/2015, 18:47

Caro Raskolnikov, de bobeira pelo fórum resolvi ler seu último post.

Cara, levante-se para a luta novamente. Cabeça erguida.

Independente de acreditar em Deus, em religião. Acredite em você mesmo. No Raskolnikov.

Você sim pode mudar sua vida, quando você quer mudar sua vida todo o mundo entra em conspiração para isso desde que você queira de coração! Você é aquilo que pensa, você atrai o que transmite!

Não espere uma entidade superior te tirar dessa. Conte somente com você, não dependa de fatores externos para conseguir seus objetivos.

Você não precisa de mulher. Você precisa de você mesmo. Seu EU interior no comando para conseguir alcançar seus objetivos e se libertar. A mulher vai aparecer como consequência de todo esforço que você fizer para sair do vício.

Bola pra frente! Troca esse avatar ai meio depressivo. Vamos mudar a vibe!
De pouco em pouco vamos conseguir! Força!

_______________________________________
Vou andar com a Força, que a Força não custuma faiá!



Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Img?u=4608840368652288
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 16/10/2015, 19:10
Valeu, Yoda Sagaz.

Tenho ciência de que preciso pensar assim mesmo. Preciso levar uns tapas na orelha pra largar mão de ser frouxo. Mas é difícil mudar mesmo, cara, e só eu posso fazer isso por mim.
Vou tomar uma decisão semana que vem. Não importa se terei o céu o inferno à minha frente, mas é preciso agir.

Chega de culpar o mundo e o fundo pelas minhas merdas.

Valeu cara. Boa sorte e muito obrigado pelas admoestações.

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
Parsifal
Mensagens : 528
Data de inscrição : 24/06/2015
Idade : 36
Ver perfil do usuário

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 16/10/2015, 20:35
Amigo Raskolnikov, o mestre jedi disse tudo. Vc não precisa de mulher, vc precisa é estar bem consigo mesmo, essa é a grande questão. Vide o meu caso, que quando comecei a melhorar, mesmo não acreditando muito que conseguiria alguém, a namorada apareceu! Bastou me socializar um pouco, sair do casulo.

Vi pelo seu contador que caiu hoje, mas não desanime, reerga-se! Vc chegou aos noventa dias, pode ficar livre disso.

_______________________________________
Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Img?u=5184415713984512

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Img?u=6586303239946240
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 17/10/2015, 10:02
Obrigado Parsifal.

Vou me reerguer, cara. Preciso retomar o controle da minha vida, mas essa merda, aliada a outros problemas, sempre me dá uma rasteira

Meu ponto fraco é a sensação de abandono. Por ex, quando tento me relacionar com alguém, mesmo com amigos e estes agem com indiferença, fico bem mal, me sentindo um zé ninguém. Na vdd, isso é culpa da minha alto estima que tá lá no chão ultimamente. Aí recorro à PMO, mesmo com toda dificuldade de acesso, mesmo sabendo que depois vou piorar.

Não estou sabendo lidar com isso. Mas vou voltar à luta.

Força!


_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
M.V
Moderador
Moderador
Mensagens : 1680
Data de inscrição : 02/10/2015
Idade : 38
Ver perfil do usuário

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 17/10/2015, 13:12
Olá Raskolnikov, cara eu estou vendo que você realmente está para baixo. Meu nobre, você tem apenas 25 anos pelo que vi, cara a nossa existência é única, o tempo vai passar para todos, ou você na merda ou na glória, mas o tempo vai passar. Pensa no seguinte e tenho certeza que você quer mudar de vida, porque os que querem mudar são aqueles que procuram pela mudança, ou seja nós queremos mudar. Vamos conseguir cara, temos que acabar com essa besteira de ficar com peninha de nós mesmos, ah! eu sou um fracassado, as mulheres não me querem, os amigos não me entendem. Porra nenhuma cara, que se foda o resto, não precisamos da aprovação deles para nós emplacar nossos objetivos. Na verdade isso é uma armadilha do cérebro primitivo, querendo que você permaneça na falsa zona de conforto, as pessoas não tem nada haver com isso. O problema é que nosso cérebro primitivo está com sede de dopamina. Ele quer atender aos circuitos naturais de recompensa. Então velho, demita seu cérebro primitivo, seja macho para aguentar um pouco de dor, coloque seu cérebro pensante no comando. Quando vier esses pensamentos, vá no espelho e diga para você mesmo, porra nenhuma cara aqui quem está no comando é o cérebro pensante, meu CEO "Cortex Frontal. Que se foda o resto, mas eu sou macho o suficiente para encarar essa merda de PMO e vou vencer essa porra. Porém, nunca subestime seu inimigo, o cérebro primitivo, ele vai sempre se reinventar das maneiras mais inimagináveis possíveis para te trazer para a falsa zona de conforto. Sugiro que você faça uma análise de seus objetivos de vida, o que você quer ser daqui a cinco anos como profissional? escreva isso em um papel. Lute como se estivesse subindo uma escada, um degrau por dia, procure praticar atividade física também cara. O resto você verá que a dor é temporária mas a glória é para sempre, quando você estiver lá no pódio com o troféu na mão, pode gritar porra eu sou campeão. Vai na fé irmão, Força Guerreiro.


_______________________________________
" A PORNOGRAFIA MATA O AMOR" ...

NÃO PERMITA QUE SEU CÉREBRO PRIMITIVO LHE COMANDE E TE DEIXE EM ESTADO DE HIPOFRONTALIDADE.

..."É MELHOR SER ESCRAVO DOS BLOQUEADORES QUE SER ESCRAVO DA PORNOGRAFIA"... (PROJETO, TOGURO)

ABÇS E SUCESSO NESSA JORNADA!!!

Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 19/10/2015, 08:47
Muito obrigado, Mário.

Valeu por disponibilizar seu tempo para me dirigir belas palavras de motivação.
Estou disposto a retomar o leme desse meu barco.
Já comecei umas leituras sobre neurolinguistica e está me ajudando a entender meus comportamento e mudar.

Mas cara, digo a verdade, embora sejamos os responsáveis por nosso destino, não posso desconsiderar os condicionamentos sociais. Na boa, eu não sou o único culpado por estar na situação que me encontro, seria penoso demais tomar para mim a culpa total pelos meus fracassos, eu não suportaria e nem seria justo.

Por isso, eu divido a culpa com diversas entidades: sociedade, religião, familiares, pais etc, todas tem suas parcelas de culpa por me deixar onde estou.

Agora a culpa será minha se continuar, já que tomei conhecimento do processo. Mas uma vez na lama é extremamente penoso sair dela. Mas vou sair.

A PMO na minha vida é só um desfecho de outros grandes problemas, de qualquer forma, tem de ser banida custe o que custar.
Coloquei na cabeça que estou disposto a morrer a entrar nessa lama novamente. Não há mais tempo a perder, os prejuízos só se acumulam à medida que passa o tempo nessa imundície.

Valeu cara. Na torcida por todos nós.

Vamo que vamo.

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
Mestre Yoda
Mensagens : 387
Data de inscrição : 29/09/2015
Localização : Dagobah
Ver perfil do usuário

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 19/10/2015, 09:36


É isso ai Raskolnikov!

Vamos vencer e mudar o nosso destino, estamos no controle agora!

_______________________________________
Vou andar com a Força, que a Força não custuma faiá!



Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Img?u=4608840368652288
Luis Santos
Moderador
Moderador
Mensagens : 1288
Data de inscrição : 13/01/2015
Ver perfil do usuário

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 19/10/2015, 13:19
Raskolnikov

Toda vez que vou postar algo para você tenho que copiar seu nome e colar rs.

Velho, estava lendo suas últimas postagens e vendo os problemas e situações difíceis que está enfrentando. Me imaginei em seu lugar quando li o que tu dizia, e confesso que senti um pouco do "peso" que está sobre você, porém creio que de fato somente você e Deus sentem e sabem de fato como é está na sua pele.

Lembro que li sua história de sucesso e vi o quão empenhado é, tu ficou mais de cem dias sem PMO, e por isso conseguirá ficar outra vez, como outro colega disse acima, tu ficou 28 dias sem algo que fazia parte de sua rotina, por isso é um avanço, continue lutando, não desista nunca. Nosso dias nunca são todos felizes, hoje estamos felizes e motivados e amanhã tristes, a vida não é de forma linear.

Quanto a sua cirurgia que te deixou um "efeito colateral", te aconselho a procurar um Psicólogo, se quiser e puder, é claro. Ele poderá te acompanhar, afinal não é fácil se "aceitar" depois do que tu relatou, mas saiba que tu consegue, com Fé em Deus. Smile

Todos temos problemas, acredite, não estou desfazendo dos seus, ou maximizando os meus ou de outros, a questão é que em níveis diferentes todos temos problemas, dificuldades e dias ruins. Muitas vezes nos questionamos porque "eu" tenho esse problema e outras pessoas não? Já fiz essa pergunta várias vezes, e acontece que Deus nos dá um "fardo" que possamos suportar se outra pessoa não tem o mesmo é porque ele irá suportar e eu não.

Tu citou que talvez virasse crente, acreditasse em Deus e etc. Pela minha pequena experiência com Deus te afirmo que Ele realmente não é essa caricatura que pintam por aí, rancoroso, vingativo, iracundo e etc. Deus está a todo tempo conosco, nos chamando para perto dEle,Ele quer que tenhamos uma relação de filhos. Não é fácil segui-lo, ter fé, viver do jeito que Deus deseja, no entanto podemos sim servi-lo.

Te aconselho a ler esse e-book >> http://www.ajesus.com.br/downloads/<< Conheça a Jesus , leia também a Bíblia, ore, que Deus se manifestará a você de uma maneira não carrasca, raivosa como muitos falam por aí.

Desejo que Ele te abençoe e te dê forças Smile

Fica na Paz,
Abraço,
Luis Santos.

_______________________________________



https://docs.google.com/document/d/1e16jZBv1CEYco_rYgNzlwXdQt-WvuYhLAYuuQIsT_fQ/edit

Minimize as chances de dar errado que você maximizará as chances de dar certo. (Taaviin)

Meu diário: http://www.comoparar.com/t199p150-comecando-o-processo-de-reboot?highlight=Luis+Santos

História de sucesso: http://www.comoparar.com/t525-90-dias-completos-o-reboot-funciona
M.V
Moderador
Moderador
Mensagens : 1680
Data de inscrição : 02/10/2015
Idade : 38
Ver perfil do usuário

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 19/10/2015, 14:22
Raskolnikov Força Guerreiro. Nós só conseguimos algo quando deixamos aquilo absorver nosso ser. O Técnico Bernardinho em seu livro diz, que a vontade de treinar tem que ser maior do que a vontade de vencer. Nesse vídeo no youtube: https://www.youtube.com/watch?time_continue=14&v=iz52rFnufPg
"O mundo não é aquela maravilha como dizem que é, ele vai nos colocar de joelho e nos deixará de joelho para sempre se nós permitirmos. Temos que focar em nossos objetivos, sei que não é fácil, mas essa é a única forma de vencer. Força Guerreiro!!!

_______________________________________
" A PORNOGRAFIA MATA O AMOR" ...

NÃO PERMITA QUE SEU CÉREBRO PRIMITIVO LHE COMANDE E TE DEIXE EM ESTADO DE HIPOFRONTALIDADE.

..."É MELHOR SER ESCRAVO DOS BLOQUEADORES QUE SER ESCRAVO DA PORNOGRAFIA"... (PROJETO, TOGURO)

ABÇS E SUCESSO NESSA JORNADA!!!

avatar
Convidado
Convidado

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 19/10/2015, 14:33
Estamos juntos nessa amigão!

Eu sei que você pode mais, confie em si mesmo.

Grande abraço e não esquece o quanto torço por ti!

Força.
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 19/10/2015, 20:59
Luis Santos,

Os nomes russos são bem complexos. rsrs
Cara, Muito obrigado pelas palavras, vc foi quem primeiro me deu as boas vindas quando aqui cheguei.

Sobre a história de sucesso... fico até receoso em comentar, já que recaí feio.

O problema da cirurgia está, aos poucos, se resolvendo, mas é que devido ao estado inicial, agora o tempo está me cobrando. Dívidas, desemprego, solidão... já que me afundei no álcool, na PMO mais ainda, e me afundei em casa.

Vejo melhoras, como quando cumpri o 1º reboot; resolvi muita coisa em minha vida, mas quando me sinto muito só, bate uma raiva muito forte e recaio. Depois as coisas com certeza só pioram, é como se eu nunca fosse capaz de mudar, sinto-me numa jaula.

Sobre procurar um psicólogo, seria tudo de bom, mas infelizmente não tô podendo no momento, a grana que levanto fazendo uns "bicos" mal dá pro básico e cobrir alguma dívida aqui e acolá.

Meus pais até que podem, mas não quero dar esse trabalho pra eles, já gastaram muito comigo.
Também, acho que eles não percebem que eu tive uma depressão forte, e enfrento esses problemas e nem imaginam que tentei suicídio ou que planejei muito isso durante esse período.

Antes do reboot, houve uma época que passei uns 4 dias sem banho e trancafiado no quarto tomando várias garrafas de bebida e rolando no chão delirando. hahahahahaha

Mas isso passou e vai passar. Muita coisa já mudou de quando cheguei aqui, e vai continuar mudando. Só preciso agora de um pouco de paciência, a vitória está logo ali, só preciso enfrentar essa onda. Ano que vem começo trabalhar e as coisas vão melhorar em minha vida.

Boa sorte pra vc, vi que estás namorando e estás muito feliz. Torço pra que tudo dê certo em todas as áreas da sua vida.
abraço.
PS baixei o livro e o lerei sim. Valew.





_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 19/10/2015, 21:09
Mário,

Muito obrigado, cara. Suas palavras são sempre bem vindas aqui. Vejo o quão firmes e determinado estás e isso com certeza é bom não só pra vc, mas também pra todos aqui do fórum. Continue assim cara. Torço muito por ti. Valew o vídeo, assistirei mais tarde. A citação é muito forte e é preciso que nos alimentemos de palavras assim constantemente.

Abração.


-----------------------------------------
Anonymus, meu chapa,

muito obrigado camarada.
Vejo que estás em franca ascensão e como é bom ver isso.
Torço demais pra vc também cara. Acho que vc conquistou uma porrada de gente nesse fórum aqui devido sua garra e mesmo levando vários tombos não sumir daqui.

A grandeza  do homem está em quanto ele suporta de porrada mesmo dessa vida. hahaha


Abração pra vc. E vamos pra cima desse monstro.

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 19/10/2015, 21:16
Valew, Yoda Sagaz (só agora descobri que vc era o "Yoda Safadão" hahahaha)

Vamos vencer essa parada, irmão.

Força!!

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
avatar
Convidado
Convidado

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 6 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 23/10/2015, 09:37
Obrigado pelas considerações meu caro.

Aliás, estou sentindo sua falta por aqui! Espero de coração que você esteja bem e longe do vicio.

Um grande abraço Raskolnikov e não some, pois sua luta também inspira muita gente por aqui!

JAMAIS DESISTA!
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum