Compartilhe
Ir em baixo
Raskol Nikov
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 19/6/2015, 14:42
Faça isso mesmo, Dr. Medicina, rsrs. Grande Sertão com aquela linguagem tão peculiar e ainda em PDF é de brochar qualquer maníaco. rsrs

Obrigado, cara.

Mas relatando agora como anda meus últimos dias...muiiiito difíceis. Acho que meu vício é algo bem severo. Veja que ao longo desse percurso, constatei mudanças importantes em mim, embora outros problemas me assolem. Mudanças como muita disposição, vontade de trabalhar, estudar o dia inteiro, correr, ministrar aulas particulares de graça algumas vezes na semana, segurança na fala etc. tudo para que não caia no ciclo PMO.

Mas, devido a algo estranho, nesses últimos dias que se aproximam o alcance da meta de 90 dias, percebi algo diferente em mim, um pouco de procrastinação, pensamentos negativos, irritabilidade fácil, enfim, humor oscilante. Percebi que eu estava confundindo procrastinação com bem estar. Mesmo diante de várias técnicas que desenvolvi, nesses últimos dias vi-me fraquejando.

Então, atribuí isso ao danado do meu inconsciente. Isto é, parece que ele estava percebendo que a meta estava chegando ao fim e me dizia: "olha, cara, já está chegando o grande dia, e aí? Você não acha que merece um presentinho pela corrida?" Um videozinho básico, afinal você está sozinho, e ainda com esse problema físico... E vais fazer o quê daí pra frente?"

Assim, falei com ele: Acho que você estava enganado, caro inconsciente; olha, é só ampliar essa nossa meta para mais 93 dias, o que achas?. hahahahaha

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
avatar
Convidado
Convidado

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 19/6/2015, 14:56
Raskolnikov escreveu:Faça isso mesmo, Dr. Medicina, rsrs. Grande Sertão com aquela linguagem tão peculiar e ainda em PDF é de brochar qualquer maníaco. rsrs

Obrigado, cara.

Mas relatando agora como anda meus últimos dias...muiiiito difíceis. Acho que meu vício é algo bem severo. Veja que ao longo desse percurso, constatei mudanças importantes em mim, embora outros problemas me assolem. Mudanças como muita disposição, vontade de trabalhar, estudar o dia inteiro, correr, ministrar aulas particulares de graça algumas vezes na semana, segurança na fala etc. tudo para que não caia no ciclo PMO.

Mas, devido a algo estranho, nesses últimos dias que se aproximam o alcance da meta de 90 dias, percebi algo diferente em mim, um pouco de procrastinação, pensamentos negativos, irritabilidade fácil, enfim, humor oscilante. Percebi que eu estava confundindo procrastinação com bem estar. Mesmo diante de várias técnicas que desenvolvi, nesses últimos dias vi-me fraquejando.

Então, atribuí isso ao danado do meu inconsciente. Isto é, parece que ele estava percebendo que a meta estava chegando ao fim e me dizia: "olha, cara, já está chegando o grande dia, e aí? Você não acha que merece um presentinho pela corrida?" Um videozinho básico, afinal você está sozinho, e ainda com esse problema físico... E vais fazer o quê daí pra frente?"

Assim, falei com ele: Acho que você estava enganado, caro inconsciente; olha, é só ampliar essa nossa meta para mais 93 dias, o que achas?. hahahahaha


Bela resposta ao seu inconsciente cara! Faz tudo o que você puder para não cair. É claro que muitos acham que cair 1 vez em 90 dias é normal. E eu até acho sim, que seja normal uma recaída, tendo em vista o tanto de tempo que conseguiu ficar sem. Porém, da mesma forma que acho normal a recaída, acho preocupante achar que cair assim "uma vez dentro dos 90 dias", vai ser algo relativamente normal. A resposta? - Não, na minha humilde e sincera opinião, não vai. E sabemos o porque; todas as vezes que praticamos uma vez, qual a nossa vontade? continuar praticando! Então, se você já abriu um "buraco no seu cérebro", se já cortou o combustível e aguentou a barra até aqui, porque se entregar? Porque se entregar à uma recaída e achar que está sendo vitorioso por passar 89 dias sem PMO? Não é mais preferível não cair? Acredito que falar é bem mais fácil que fazer, porém... seria arriscado dar esse prêmio de 1 dia de PMO, porque passou 89 sem. Arriscado porque, fazendo isso, vai chegar à uma vontade de cada vez mais praticar. E outra, se deres o que teu inconsciente pedir hoje, amanhã ele vai te pedir algo maior, e consequentemente, se você ceder uma vez... vai acabar cedendo a segunda e por aí vai.
Por isso, persista guerreiro! sei que conseguirá! E não caia nessa de "prêmio por tantos dias sem", pois todos nós podemos viver sem isso em nossas vidas e assim vai ser.
Quantas vezes, já cheguei cansado do trabalho e o meu cérebro me fez entender, que merecia uma boa prática PMO para relaxar, esquecer os problemas e entrar dentro de um sub-mundo criado por mim mesmo!?
Confesso que raramente me neguei à esse "presente" e acabava caindo. Porém, ainda não havia conhecido esse fórum, achava que era o único na face da terra a passar por essas coisas. Agora penso diferente, e vejo que muitos de vocês sofrem (até mais, talvez) do que eu sofri e sofro até os dias de hoje.
Enfim, FORÇA cara!

To contigo, estamos contigo! E juntos, somos mais fortes.
Grande abraço, te acompanhando também Wink
Espero poder ajudar e ser ajudado.
Raskol Nikov
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Cheguei aos 90 dias.

em 22/6/2015, 18:30
Muito obrigado Anonymus, suas palavras fortaleceu-me muito na véspera dessa marca que tanto significa pra mim. Valeu mesmo, cara, a você e aos outros irmãos de guerra que sempre me apoiam aqui com palavras motivadoras.

Como foi meus últimos dias na prova dos 90...

Parece que a chegada dos 90 dias estava me deixando ansioso e deixando-me com uma sensação de que após isso eu estaria desamparado e, assim, vulnerável à PMO. Por mais que eu estivesse seguro de que estou bem resistente a ela, uma sensação estranha me perseguia nesses últimos dias. Para tanto, eu tive de arranjar um jeito pra enganar meu cérebro e isso foi feito ampliando o contador na véspera, e realmente deu certo. Quando atingi a marca, voltei ao contador antigo, mas criarei outro de mais 90 dias.

Bom, galera, estou muito feliz com essa primeira vitória. A sensação de ver esse visto ao lado do contador tem um significado muito grande.

Eu não vou me prolongar muito aqui, pois estou meio que sem tempo ultimamente, principalmente durante a semana. Não estou trabalhando, mas criei um cronograma de estudos e atividades que estou tentando levar à risca.  

Por isso, deverei detalhar mais afundo como foi minha vida durante os anos de vício, os meses do reboot, e as minhas expectativas futuras longe dessa droga, no meu relato de sucesso que deve sair nos próximos dias.

Acho que é uma obrigação de quem chega a essa marca relatar essa experiência, pois, de certa forma, é um meio de agradecer ao criador desse site e a todos que aqui estão nos apoiando, ao mesmo tempo serve como exemplo de que é possível concluir e se libertar.  

Adianto que é perfeitamente possível cumprir essa prova, mas devemos evocar as mais diversas armas que estiverem ao alcance, a vontade de conseguir algo só significa quando aliada a atitudes verdadeiras.

Força galera. Abração. Vou ali fazer uma caminhada, senão saio do meu cronograma. hahaha.

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
Allistex
Allistex
Mensagens : 23
Data de inscrição : 08/06/2015

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 22/6/2015, 19:03
Parabéns, Raskolnikov! seus relatos têm sido de grande valia para todos nós! muito sucesso na sua vida e que o seu passado em PMO sirva apenas de experiência para ajudar outras pessoas.
avatar
Convidado
Convidado

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 23/6/2015, 09:44
Estamos juntos nessa cara!

JUNTOS, VENCEREMOS !

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

avatar
Convidado
Convidado

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 23/6/2015, 11:36
Quero ressaltar a importância desse fórum em nossas vidas.
Me sinto bem mais aliviado em poder compartilhar tudo aqui, sem medo de ser julgado ou condenado.
Estou aprendendo e me expressar e me colocar melhor sobre o que eu penso.
Obrigado a todos vocês que fazem parte e que participam. É de suma importância a participação do maior número possível de pessoas aqui, pois juntos somos mais fortes!

Grande abraço meus caros companheiros!
Akatharsia
Akatharsia
Mensagens : 102
Data de inscrição : 22/05/2015
Localização : São Paulo

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 25/6/2015, 01:50
Parabéns Rasko, estou muito feliz! Você é uma das pessoas que mais me ajudaram no fórum até agora.. te desejo muuuuuito sucesso.. é muito bom ver alguém que considero um amigo atingir a meta!

_______________________________________
Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Img?u=4993124984160256

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Img?u=5481634564407296
Raskol Nikov
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 3/7/2015, 15:27
Fala galera!

estive ausente por alguns dias, devido a problemas com o PC. Foram uns 7 dias sem net. Mas sigo firmão no reboot. A PMO é algo cada vez mais distante, mas não posso baixar a guarda. Aproveitei esses dias em of pra me debruçar nos estudos, e não me foi possível escrever o relato dos 90 dias que agora são 101 rs.

Mas obrigado camaradas, aí de cima, que me parabenizaram pela conquista.

Tamos juntos nessa, força a cada um de vocês. Abração.

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
Parsifal
Parsifal
Mensagens : 528
Data de inscrição : 24/06/2015
Idade : 36

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 4/7/2015, 02:29
Olá Raskolnikov, seu depoimento foi um dos primeiros que li e dos que mais me motivaram a começar o Reebot, antes mesmo de me inscrever no fórum. Além de tudo simpatizo com seu nick, sou fã de Dostoiévski Very Happy

Um abraço e continue firme. Eu que estou no começo vejo seu processo como uma inspiração.

_______________________________________
Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Img?u=5184415713984512

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Img?u=6586303239946240
avatar
Convidado
Convidado

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 4/7/2015, 11:43
Parabéns cara! Show de bola hein?
Raskol Nikov
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 4/7/2015, 22:24
[quote="Parsifal"]Olá Raskolnikov, seu depoimento foi um dos primeiros que li e dos que mais me motivaram a começar o Reebot, antes mesmo de me inscrever no fórum. Além de tudo simpatizo com seu nick, sou fã de Dostoiévski  Very Happy  

Um abraço e continue firme. Eu que estou no começo vejo seu processo como uma inspiração.[/quote]

Fala, Parsifa. Muito bom saber disso, cara. Depoimentos assim só me fortalecem também. Dostoiévski é bom mesmo. rsrs. Grande abraço e continuemos firmes.

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
Raskol Nikov
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 4/7/2015, 22:25
[quote="Anonymus"]Parabéns cara! Show de bola hein?
[/quote]

Obrigado Anonymus. Vamo que vamo, cara.

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
Akatharsia
Akatharsia
Mensagens : 102
Data de inscrição : 22/05/2015
Localização : São Paulo

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 12/7/2015, 04:12
Rasko, como está? trabalhando? pretende postar na área histórias de sucesso?

_______________________________________
Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Img?u=4993124984160256

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Img?u=5481634564407296
Raskol Nikov
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 12/7/2015, 20:09
Fala, Akatharsia. Tudo bem contigo?

Mano, nem sei bem como te responder, pois me encontro bem e ao mesmo tempo numa situação difícil. Em resposta a você, aproveito pra relatar, de maneira indireta, a todos que me acompanharam e acompanham.

No que tange à PMO, não tenho tido grandes problemas, afinal, após cento e poucos dias isento adquiri um domínio próprio considerável. A vontade de MO ainda é presente e as vezes vêm com força, principalmente após alguns sonhos molhados e polução noturna, mas tenho tido controle sobre ela. Não acho isso ruim, acharia se não tivesse sentindo tais reações.

Agora, a parte preocupante diz respeito à minha situação financeira e ao resultado cirúrgico que me incomoda ainda.
Resumindo: tô sem sem grana, com muitas dívidas, e com a saúde ainda afetada, e isso, logicamente, afeta outras áreas, como o aumento da ansiedade e o isolamento social, por exemplo

Mas tenho a plena convicção de que isso faz parte da vida humana. O bom de tudo é que minha depressão sumiu, parei com o álcool e a procrastinação é quase nula. Um emprego, a essa altura do campeonato, me deixaria quase 100%. Pois teria mais disposição pra sair e ir em busca de relacionamentos saudáveis.

Mas continuo estudando, fazendo trabalhos voluntários e na esperança de que as coisas melhorem. Tô achando que vou ter de abrir mão de um bem material a preço módico (risos), caso não ache um emprego nos próximos dias.

Aproveito para fazer essa breve observação.

Uma coisa está me deixando abalado, apesar de como eu bem disse no relato de sucesso, não creio que minha personalidade tenha sido completamente moldada pela PMO, até porque somos muito daquilo que apreendemos na infância antes do contato com a PMO, embora saber que ela teve um papel fundamental na piora da minha persona.

O fato é que ao longo desse Reboot, com as tomadas de decisões maduras, leitura introspectiva de quem eu sou de fato, vejo que muitas das minhas escolhas foram tomadas de forma mecânica, agia como um zumbi, um covarde ou mentiroso, extremamente inseguro. O fulcro do agravamento disso vejo que está no começo da adolescência, quando fugia das meninas e me refugiava na PMO. Foi aí que aprendi a fugir da vida real, dos problemas da vida real e a ser um dissimulado. Apesar de ver que minha família (meu pai) tem um papel forte nisso, pois me proibiram de namorar antes de determinada idade. Então associei namoro a sexo e sexo a pecado. Mas não conseguia me conter diante da P.

Aí entra a mentira, o fingimento, em diversas áreas da vida.
Enfim, isso tudo agora me deixa muito frustrado e confuso, apesar de saber que essa tomada de consciência é muito boa.
Vejo que esse é o choque com a realidade, com a verdade. As nuvens não são de algodão, como a Pornografia nos condiciona a ver na telinha do PC com aquelas mulheres perfeitas e milhares de km de nós. Preciso recomeçar, só tenho medo de que as sequelas sejam definitivas.

Fica na paz, mano. E força aí, tu andas vacilando hein? uma hora você engata.

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Raskol Nikov
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 12/7/2015, 21:41
Obrigado Wbrasil, outro abraço pra você, mano.

Quanto ao que disseste, sim, concordo contigo quando você fala sobre não criar falsas expectativas. Realmente o reboot não é sinônimo de resolução de todos os nossos problemas, assim como não é a não prática ou abstenção de qualquer vício. Seria o cúmulo da ingenuidade pensar assim.

Na verdade, todo vício é fuga da realidade, é falta de domínio, perda do EU. Aí entra o principal papel do Reboot,  que é a retomada do controle sobre nossos atos, do domínio  de nós mesmo e serenidade para enfrentar os problemas peculiares ao nosso cotidiano.

Meus problemas não sumiram todos, o que mudou foi a minha postura diante deles, de não fugir pra frente do PC ou me chafurdar no copo de substancia alcoólica. O que só piora.

Mas faço uma observação ainda mais sutil da sua fala: não fiquemos pensando que por que os problemas não desaparecerão que de nada adianta deixar a prática. Isso pode ser indício de auto-engano, uma desculpa pra não mudar de atitude. É como dizer: "pra que tomar banho hoje, se amanhã vou me sujar novamente"?

Abraço. Força aí. Tamo junto. Very Happy

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
Akatharsia
Akatharsia
Mensagens : 102
Data de inscrição : 22/05/2015
Localização : São Paulo

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 13/7/2015, 22:43
Fiquei feliz em todo o relato Rasko, menos que você não está trabalhando. Também continuo sem e sei EXATAMENTE a angústia que sente.. sim, tinha perdido a vontade de lutar, mas a recuperei.. abraço e força, tamo junto!

_______________________________________
Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Img?u=4993124984160256

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Img?u=5481634564407296
Raskol Nikov
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Regresso ao inferno

em 12/8/2015, 16:40
Que dizer de mim, camaradas! vejo-me sucumbido mais uma vez aos grilhões desse maldito vício. O problema é bem mais sério do que eu supunha.  É uma força tão estranha que nos impele à prática. No momento eu perdi completamente a razão.

Nem sei bem o que dizer de mim e como aparecer aqui agora no fórum diante de todos que me acompanharam e até se inspiraram em mim; depois de meu relato de sucesso, então, nem sei onde meto a cara.

Pensei por várias vezes sumir daqui e simplesmente não dar satisfação a ninguém e fingir que meu contador jamais havia zerado. Mas cheguei à conclusão que a mentira, o fingimento que tanto me arruinaram são coisas que não quero mais pra mim, pelo menos para isso tenho de ser humilde e assumir minhas fraquezas.

Quem leu meus últimos posts viu que, apesar de firme no reboot e com a depressão quase anulada e outros benefícios daí oriundos, em muitos aspectos não estava nada bem. Problemas da vida, efeitos de atitudes erradas do passado.
Minha recaída em PMO, na verdade, já faz alguns dias, mas tive vergonha de dizer isso aqui. Pensei que retomaria o controle, mas as recaídas posteriores foram dando-se consecutivamente uma após outra e cada vez mais pesadas. Se não me engano, por volta dos 112 dias começou meu regresso ao inferno.

Sei que não é justificativa, afinal nenhuma justificativa é razoável para qualquer vício, mas há situações que para nós, viciados em PMO, são muito complicadas de se enfrentar; não sabemos como lidar, falta-nos o apoio, falta-nos a mente sadia.

A justificativa para a minha recaída foi uma pressão fortíssima na família. Estou desempregado, com sequela cirúrgica feia, dívida ao pescoço, cobranças, brigas com meu pai, sensação de que sou um estorvo no lar (quero sair, mas não vejo como, só se for pra mendigar), de que estou velho demais pra ficar na barra da saia de mãe (25 anos), minhas irmão mais novas já saíram de casa e casadas, solidão que dói na alma, sensação de que fiz o curso errado. Vejo amigos casando, tendo filhos, namorando etc, e eu sozinho.  Bem que podia ter uma namorada, mas todos esses problemas acima me impedem de buscar alguém.

Entrei em pânico e a fuga foi a pior que eu podia ter tomado. Mesmo ciente de tantos danos, perdi a razão.
Isso me levou a uma recaída brusca, arranquei tudo que era bloqueador e fui fundo na lama como um porco endemoninhado.

Após o ato, veio o arrependimento. Estive durante 112 dias numa personalidade regular, exemplar. Tive noção da merda que é se refugiar em PMO. Senti-me incapaz de tudo. Vi quão grandes coisas fiz ao longo do reboot. Coisas que um viciado não faz nunca. Estudei, prestei concurso, e acho que passei em primeiro lugar em um, só pra terem uma ideia de como eu estava mudado. Fiz trabalhos voluntários, estava ativo num blog que criei, lendo muito, esperançoso no futuro, mas... veio um vento forte e fui ao solo.

Após a recaída, durante o mês passado me segurei algumas vezes, evoquei a razão, mas anteontem e hoje foram de quedas brutais, devido a algumas frustrações na busca de um emprego, de novo por falta de um mísero documento. Por isso estou aqui mais uma vez com o contador zerado e buscando apoio.
Apesar dessa minha recaída, quero deixar claro aos companheiros que o reboot funciona sim, funcionou comigo, ganhei muito durante os dias longe de PMO. Eu ter recaído não quer dizer todos irão recair. É só ler meu relato de sucesso que verão em que pé eu estava: à beira do suicídio. O que ocorreu em mim foi a desarmonia do conjunto de fatores que envolvem a recuperação de um viciado. O reboot por si só não funciona.

Há de ter um trabalho em outras áreas da vida para que a PMO seja substituída. Fiz muito bem isso ao longo do reboot, preenchi meu tempo de tudo quanto pude, mas não houve como me sustentar com a ruína das outras peças desse motor. Eu sabia que uma hora aqueles objetivos de curto prazo acabariam, era preciso arranjar um emprego, uma namorada, estar confortável em outras áreas, senão a queda era certa cedo ou tarde.  E foi o que se deu.

Mas o importante é que tive coragem de ser humilde e dizer a verdade, coisas bem difíceis para mim a um tempo atrás. Isso também é algo que venho adquirindo: humildade e reconhecimento de quem sou de fato, dos meus pontos fortes e fracos.

Tentei ir sozinho, mas vejo que lutar juntos é muito mais seguro.

Já reinstalei todos os bloqueadores, vou fazer um cronograma de tarefas diárias e ir pra cima novamente.
Obrigado, galera.

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
Luis Santos
Luis Santos
Moderador
Moderador
Mensagens : 1288
Data de inscrição : 13/01/2015

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 12/8/2015, 21:52
Raskolnikov

Somos seres humanos amigo, veja que você conseguiu ficar 112 dias sem PMO, então poderá ficar mais 112 outra vez e depois uma vida inteira sem esse vício. Não se cobre demasiadamente nem tampouco use argumentos falhos tentando achar motivos para voltar ao vício, algo que tu já demonstra ter: consciência do que aconteceu.

Veja quais as brechas ficaram abertas, tape-as, observe quais foram os momentos e comportamentos que te levaram a pornografia e fique atento a esses "cenários" que podem acontecer de novo. Caso eles se repitam faça algo diferente, nunca abaixe a guarda,nunca mesmo.

Estou torcendo por você, te desejo força e sucesso.

Fica na Paz Wink

_______________________________________



https://docs.google.com/document/d/1e16jZBv1CEYco_rYgNzlwXdQt-WvuYhLAYuuQIsT_fQ/edit

Minimize as chances de dar errado que você maximizará as chances de dar certo. (Taaviin)

Meu diário: http://www.comoparar.com/t199p150-comecando-o-processo-de-reboot?highlight=Luis+Santos

História de sucesso: http://www.comoparar.com/t525-90-dias-completos-o-reboot-funciona
Raskol Nikov
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 13/8/2015, 09:07
Obrigado Luiz, farei isso sim. Já verifiquei o que me levou à recaída e apertei os cintos. Sei que dias difíceis podem vir, mas estou preparado. Graças a Deus a deprê não voltou, nem o consumo de àlcool.
Estou com um projeto de trabalho autônomo, vou investir, já que o concurso só me dará posse em 2016, e já tô desistindo de procurar trabalho, tá sendo uma frustração após outra. Vou estudar pra outros concursos também.

Abraço. Valew, irmão.

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
avatar
Convidado
Convidado

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 13/8/2015, 09:24
Raskolnikov escreveu:Obrigado Luiz, farei isso sim. Já verifiquei o que me levou à recaída e apertei os cintos. Sei que dias difíceis podem vir, mas estou preparado. Graças a Deus a deprê não voltou, nem o consumo de àlcool.
Estou com um projeto de trabalho autônomo, vou investir, já que o concurso só me dará posse em 2016, e já tô desistindo de procurar trabalho, tá sendo uma frustração após outra. Vou estudar pra outros concursos também.

Abraço. Valew, irmão.

Força aí cara! Também estou passando por um momento difícil. Dá uma olhada no meu diário que você vai entender melhor. Por isso, nem sei o que dizer para servir de consolo, mas estamos juntos nessa longa caminhada!
Efraim Sigma
Efraim Sigma
Mensagens : 309
Data de inscrição : 12/08/2015
Idade : 23
Localização : Nordeste

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 13/8/2015, 15:46
Fala Raskolnikovisk! Muito bom seu diário mano, cheguei aqui no fórum ontem e pretendo ler os relatos de todo o mundo. Comecei pelo seu e não me arrependo. Sua força de vontade e as técnicas que usou para se livrar da PMO estão me motivando bastante. E apesar da sua recaída não desanima não, e se te faz falta uma companheira pode acreditar que um dia achará a dona do seu coração. Surprised

É assim que se aprende, tem que cair pra levantar. E sozinho é mais difícil, por isso temos aqui uns aos outros para nos acompanhar. Das várias pedras no seu caminho tentando de parar a pior pode ser a auto-piedade, aprenda a si perdoar, e ira tirar um enorme peso de seus ombros.

E pense em quantas pessoas ajudou, com seus trabalhos voluntários e aqui no fórum, aos inspirar outras pessoas com sua história de vida. Você já faz parte da história de vida destas pessoas, disso pode se alegrar e ver que veio a este mundo com um propósito. Sua existência não é vã.

É isso aí! Criando esperanças para não desistir e vamos até o final desse 'arco-íris' para vermos o que tem lá, rs. Ah e graças a você conheci o escritor Dostoiévski e com certeza lerei 'Crime e castigo'. Very Happy

_______________________________________
''Feliz o homem que suporta a tentação. Porque, depois de sofrer a provação, receberá a coroa da vida que Deus prometeu aos que o amam''. - Tiago 1:13

MEU DIÁRIO



Joobit
Joobit
Mensagens : 97
Data de inscrição : 22/06/2015

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 13/8/2015, 17:04
Fala Raskolnikov!

Parabéns pelo tempo distante da PMO!! É um tempo e tanto, no qual você sentiu e promoveu mudanças em sua vida. Há um aprendizado e o reconhecimento de si mesmo aí e isso é muito importante cara. Não desvalorize isso.

E não valorize demais o processo de reboot. É importante. É fundamental para conseguirmos começar os passos para a caminhada. É um primeiro passo, a partir do qual todos os outros podem vir, mas não é tudo.  Tem um post do Projeto que gosto muito. Ele faz uma comparação do reboot com uma bóia em meio a um naufrágio que acho muito elucidativa. O post está aqui:
http://www.comoparar.com/t1052-vicio-para-sempre-ou-cura-real

Vc está no caminho certo cara! Recomendo muito que vc dê uma olhada nesse post aqui:
http://www.comoparar.com/t1011-um-dos-melhores-topicos-que-li-ate-hoje-sobre-pmo
Nesse post, fiz um resumo de um depoimento genial, originalmente em inglês, de um fórum sobre PMO. Recomendo e insisto na leitura.

E cara, vc é muito mais do que o reboot e a sua recaída recente. Veja o que vc construiu na sua vida e nesse tempo recente. Veja o momento em que vc está. Vc passou num concurso! Parabéns! E até ser empossado tem a possibilidade de fazer mil coisas. Tempo é a coisa mais preciosa que existe! Aproveite esse tempo velho!

Pare de achar que a vida dos outros é melhor do que a sua. Isso não te levará a lugar nenhum e é completamente ilusório. Muita gente gostaria de estar na sua situação, o que só reforça essa certeza do ilusório que é querer estar na pele de outro. Todo mundo tem sua carga de sofrimento e quem não tem inventa - uma invenção tão real como qualquer outro sofrimento.

Pare de dar tanta importância ao reboot e a seus problemas. Focar nisso te dará um sentido de auto-importância que só fortalece essa identidade sofredora (que vc tem se identificado nesses dias de recaída), gerando mais sofrimento.

Esqueça um pouco de si, olhe para os lados. Tem problema com seu pai (quem não tem ou teve)? Tente pacificar isso.  Se esforce verdadeiramente. Certamente ele quer o melhor pra vc. Se sente inútil em casa? Aproveite o seu tempo para se fazer efetivamente útil para os seus. Aproveite o seu tempo com aqueles que vc compartilha uma vida. Com aqueles que vc gosta. Doe o seu tempo para eles. Um dia, inexoravelmente, eles não estarão mais ao seu lado.

Ou mude completamente de vida por um tempo e vá trabalhar de garçon em algum lugar legal. No exterior talvez... Daí vc aprende uma língua. Seria um cenário completamente diferente. Ou vá morar numa comunidade rural, ou ser atendente de uma pousada numa praia do Ceará. Sei lá... as possibilidades são muitas, cara!!! Por que não??  2016 está pertinho e vc já tem emprego garantido!

Procure ver seus problemas atuais a partir de outra(s) perspectiva(s). As prisões que nos prendem estão, invariavelmente, dentro de nós mesmos. Não se trata de ser condescendente com os nossos erros, mas ter alguma auto-compaixão para reconhecer nossos tantos acertos, e se fiar minimamente neles.

Torcendo por vc, torcendo por nós.

grande abraço

_______________________________________
Joobit, 39 anos. 81 dias sem PMO na primeira tentativa de reboot. Agora na segunda tentativa.
Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Img?u=4525286813073408
Raskol Nikov
Raskol Nikov
Mensagens : 259
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 29

Minha luta - Reboot de Raskolnikov - Página 4 Empty Re: Minha luta - Reboot de Raskolnikov

em 13/8/2015, 18:24
Muito obrigado, Anonymus, Efraim Sigma e Joobit. Eu não respondo cada um especificamente porque meu diário tá desconfigurado: não consigo responder um tópico de forma que este fique dentro daquele retângulo, entendem?

Enfim, muito obrigado pelas palavras de apoio e incentivo. Obrigado mesmo, senti-me até um pouco emocionado. Refleti bastante sobre suas palavras Joobit, vou ver os tópicos sim. Sinto-me muito mais motivado a continuar a luta com vocês, camaradas.

Estamos juntos. Torcendo para cada um vocês que tem histórias de lutas contra essa praga, mas que são guerreiros ao reconhecerem isso e buscar solução.

Abraços irmãos. Vamos que vamos.

_______________________________________
Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma. (Henley)
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum