Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Urso Polar
Mensagens : 100
Data de inscrição : 01/09/2017

Re: Diário do Urso Polar - Já cai mais vezes do que posso contar, mas não desisto

em 30/12/2017, 12:31
Baggins escreveu:[spoiler]

Grande amigo baggins,

Não vou deixar essa mensagem sem resposta. Mas vou ser mais breve possível estou no celular e já escrevi lá no seu diário kkkkkk

Mas muito obrigado pela sua mensagem amigo. Ontem dei uma relida no meu diário e pareceu que minha fissura começou por volta do dia 100 e resisti por 22 dias até cair.

O problema que fiquei em uma espiral do final de novembro até o meio de dezembro. Mas foi um ótimo aprendizado porque vi o que não posso, o que posso, o que devo é o que não devo fazer para meu Reboot.

Uma coisa que não posso deixar de fazer é ficar longe do fórum. A que devo é ser o mais participativo possível. Valeu meu brother.

Tamo junto
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 263
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

Re: Diário do Urso Polar - Já cai mais vezes do que posso contar, mas não desisto

em 4/1/2018, 15:03
Urso Polar escreveu:
Baggins escreveu:[spoiler]

Grande amigo baggins,

Não vou deixar essa mensagem sem resposta. Mas vou ser mais breve possível estou no celular e já escrevi lá no seu diário kkkkkk

Mas muito obrigado pela sua mensagem amigo. Ontem dei uma relida no meu diário e pareceu que minha fissura começou por volta do dia 100 e resisti por 22 dias até cair.

O problema que fiquei em uma espiral do final de novembro até o meio de dezembro. Mas foi um ótimo aprendizado porque vi o que não posso, o que posso, o que devo é o que não devo fazer para meu Reboot.

Uma coisa que não posso deixar de fazer é ficar longe do fórum. A que devo é ser o mais participativo possível. Valeu meu brother.

Tamo junto

Grande Urso! Desejo a você um 2018 de vitórias e conquistas para você!

Muito interessante sua análise quanto a ler seu próprio diário. É o que eu relatei tempos atrás sobre as vantagens de ter um diário: vamos percebendo detalhes e padrões que nem mesmo nós havíamos percebido quando escrevemos. É como assistir aqueles filmes de enredo mais complexo uma segunda vez: vamos reparando os detalhes, o que deixa tudo mais interessante.

Perceber exatamente quando e porque começou a instabilidade do reboot é muito importante para manter nossa concentração e serenidade "nos trilhos", evitando assim novos episódios de turbulência e poissíveis recaídas. Então no placar desse novo jogo temos Urso Polar 1 X 0 PMO. Mandou bem!

Quanto a ficar longe do fórum, há quem discorde disso, mas tenho a mesma opinião que você. Estar aqui está longe de ser uma obrigação, é uma verdadeira terapia. Nos faz tirar o foco de nós mesmos e começamos a enxergar os outros, com seus erros e acertos, com suas qualidades e defeitos. Me deparo constantemente pensando nos relatos que leio e percebo que tenho ainda muito a aprender.

Quanto a isso, destaco algo que você escreveu em meu diário:

Urso Polar escreveu:Como sempre não posso deixar de agradecer pelas palavras, que sempre com bom humor e com observações certas e objetivas nos ajudam a manter firme nesse caminho que é tão difícil. Vejo que você ajuda muita gente aqui e isso é muito positivo. Queria escrever mais no diário do pessoal, mas não o faço o tanto quanto eu gostaria. Além disso, acho que minhas respostas sempre ficam aquém do que deveriam ser, principalmente porque acredito que você tem um grande cuidado em escrever e não deixar nenhum ponto importante sem analisar.

Agradeço suas palavras, meu velho, de coração. Saber que tenho ajudado nos impulsiona a seguir adiante, fico feliz com isso. No entanto, notei que você fica um pouco amuado com essa questão de participar do fórum, achando que participa pouco e que suas respostas não parecem ter muita relevância.

No fundo eu tenho a impressão que você acaba se comparando a outros participantes e se sentindo um pouco melancólico, alguém que está sempre "um passo atrás" dos outros. Se realmente for isso, pare com isso, é sério. Se você realmente se sente assim, pare com isso agora, porque não é você quem está achando isso. Provavelmente é o seu "eu" viciado tentando mais uma vez te pregar uma peça, para que você se enxergue como alguém aquém de suas possibilidades. E isso não é verdade.

Não estou dizendo isso para te fazer sentir melhor. Elogios vazios são um desserviço para qualquer um. Digo isso para que você perceba o que eu consigo perceber em seus posts, que há um ótimo conteúdo neles, com análises bem interessantes.

Você diz que eu não deixo pontos importantes sem analisar. O mesmo se aplica a você, tanto que já citei suas palavras em meu diário mais de uma vez. Isso significa que foram palavras tão bem colocadas que nem me dei o trabalho de mudá-las, simplesmente li e pensei: "puxa, era exatamente isso que eu queria dizer!".

Mas se começarmos a nos comparar com as outras pessoas, o incentivo e o bom exemplo de outros rebooters começam a ter um efeito inverso ao da ajuda: acabam se tornando um peso, algo que parece distante, intimidador. Por isso temos que conseguir achar um ritmo que seja confortável, devagar e sempre, que aos poucos dê para fazer o que antes não era possível.

Quer um exemplo? Veja o caso do 5&4. Ele tem só um pouco mais de tempo aqui do que eu, mas veja a quantidade de mensagens que ele tem e veja quantas eu tenho. E não é qualquer mensagenzinha à toa, ele realmente acompanha vários diários. Nem sei como ele não se perde no meio de tantos relatos. Além disso, posta textos e reflexões interessantes, conexões com filmes, tudo isso organizado em links para acesso fácil aos outros textos. Cara, se eu fosse comparar meu desempenho com o dele aqui no fórum, eu ficaria tão pra baixo que eu desligaria o computador, venderia todos os meus bens e tentaria uma vida meditativa na Cordilheira do Himalaia! Laughing

Eu tenho um ritmo, você tem outro, 5&4 também, cada qual tem suas idiossincrasias, suas qualidades, defeitos, alegrias e dificuldades. Se você quer participar mais, apenas faça isso por sua própria vontade e não porque você tem a impressão de que ajuda menos ou coisa parecida. Só o fato de você relatar aqui no fórum já é uma ajuda imensa, digo isso sem medo de errar.

E se eu interpretei errado alguma coisa e esse textão não fez o menor sentido, foi mal, foi o que eu consegui sentir quando li seu post.

E é isso Urso. Você ajuda sim e merece sair dessa tanto quanto todos aqui, não se esqueça disso!

Um grande abraço, meu amigo!

Tamo junto!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
Convidado
Convidado

Re: Diário do Urso Polar - Já cai mais vezes do que posso contar, mas não desisto

em 4/1/2018, 20:21
Urso Polar escreveu:
Baggins escreveu:[spoiler]

Grande amigo baggins,

Não vou deixar essa mensagem sem resposta. Mas vou ser mais breve possível estou no celular e já escrevi lá no seu diário kkkkkk

Mas muito obrigado pela sua mensagem amigo. Ontem dei uma relida no meu diário e pareceu que minha fissura começou por volta do dia 100 e resisti por 22 dias até cair.

O problema que fiquei em uma espiral do final de novembro até o meio de dezembro. Mas foi um ótimo aprendizado porque vi o que não posso, o que posso, o que devo é o que não devo fazer para meu Reboot.

Uma coisa que não posso deixar de fazer é ficar longe do fórum. A que devo é ser o mais participativo possível. Valeu meu brother.

Tamo junto

Oi, Urso Polar! Primeiramente quero te desejar sucesso no teu reboot e dizer que unidos somos mais fortes.

Concordo com o que tu disse em relação a ser participativo aqui no fórum, pois andei distante e tenho a impressão que isto teve uma parcela de culpa na minha recaída. Não poderei olhar o fórum diariamente, mas garanto em a cada 7 dias estarei por aqui dando forças e compartilhando minhas experiências. Mais uma vez te desejo tudo de bom. Fica com Deus!
avatar
Urso Polar
Mensagens : 100
Data de inscrição : 01/09/2017

Re: Diário do Urso Polar - Já cai mais vezes do que posso contar, mas não desisto

em 9/1/2018, 11:36
Baggins escreveu:

Grande Urso! Desejo a você um 2018 de vitórias e conquistas para você!
Muito interessante sua análise quanto a ler seu próprio diário. É o que eu relatei tempos atrás sobre as vantagens de ter um diário: vamos percebendo detalhes e padrões que nem mesmo nós havíamos percebido quando escrevemos. É como assistir aqueles filmes de enredo mais complexo uma segunda vez: vamos reparando os detalhes, o que deixa tudo mais interessante.
Perceber exatamente quando e porque começou a instabilidade do reboot é muito importante para manter nossa concentração e serenidade "nos trilhos", evitando assim novos episódios de turbulência e poissíveis recaídas. Então no placar desse novo jogo temos Urso Polar 1 X 0 PMO. Mandou bem!
Quanto a ficar longe do fórum, há quem discorde disso, mas tenho a mesma opinião que você. Estar aqui está longe de ser uma obrigação, é uma verdadeira terapia. Nos faz tirar o foco de nós mesmos e começamos a enxergar os outros, com seus erros e acertos, com suas qualidades e defeitos. Me deparo constantemente pensando nos relatos que leio e percebo que tenho ainda muito a aprender.
Agradeço suas palavras, meu velho, de coração. Saber que tenho ajudado nos impulsiona a seguir adiante, fico feliz com isso. No entanto, notei que você fica um pouco amuado com essa questão de participar do fórum, achando que participa pouco e que suas respostas não parecem ter muita relevância.
No fundo eu tenho a impressão que você acaba se comparando a outros participantes e se sentindo um pouco melancólico, alguém que está sempre "um passo atrás" dos outros. Se realmente for isso, pare com isso, é sério. Se você realmente se sente assim, pare com isso agora, porque não é você quem está achando isso. Provavelmente é o seu "eu" viciado tentando mais uma vez te pregar uma peça, para que você se enxergue como alguém aquém de suas possibilidades. E isso não é verdade.
Não estou dizendo isso para te fazer sentir melhor. Elogios vazios são um desserviço para qualquer um. Digo isso para que você perceba o que eu consigo perceber em seus posts, que há um ótimo conteúdo neles, com análises bem interessantes.
Você diz que eu não deixo pontos importantes sem analisar. O mesmo se aplica a você, tanto que já citei suas palavras em meu diário mais de uma vez. Isso significa que foram palavras tão bem colocadas que nem me dei o trabalho de mudá-las, simplesmente li e pensei: "puxa, era exatamente isso que eu queria dizer!".
Mas se começarmos a nos comparar com as outras pessoas, o incentivo e o bom exemplo de outros rebooters começam a ter um efeito inverso ao da ajuda: acabam se tornando um peso, algo que parece distante, intimidador. Por isso temos que conseguir achar um ritmo que seja confortável, devagar e sempre, que aos poucos dê para fazer o que antes não era possível.
Quer um exemplo? Veja o caso do 5&4. Ele tem só um pouco mais de tempo aqui do que eu, mas veja a quantidade de mensagens que ele tem e veja quantas eu tenho. E não é qualquer mensagenzinha à toa, ele realmente acompanha vários diários. Nem sei como ele não se perde no meio de tantos relatos. Além disso, posta textos e reflexões interessantes, conexões com filmes, tudo isso organizado em links para acesso fácil aos outros textos. Cara, se eu fosse comparar meu desempenho com o dele aqui no fórum, eu ficaria tão pra baixo que eu desligaria o computador, venderia todos os meus bens e tentaria uma vida meditativa na Cordilheira do Himalaia! Laughing
Eu tenho um ritmo, você tem outro, 5&4 também, cada qual tem suas idiossincrasias, suas qualidades, defeitos, alegrias e dificuldades. Se você quer participar mais, apenas faça isso por sua própria vontade e não porque você tem a impressão de que ajuda menos ou coisa parecida. Só o fato de você relatar aqui no fórum já é uma ajuda imensa, digo isso sem medo de errar.
E se eu interpretei errado alguma coisa e esse textão não fez o menor sentido, foi mal, foi o que eu consegui sentir quando li seu post.
E é isso Urso. Você ajuda sim e merece sair dessa tanto quanto todos aqui, não se esqueça disso!
Um grande abraço, meu amigo!
Tamo junto![/justify]

Grande Baggins,

Um ótimo 2018 para você também cara, com grandes realizações.

Amigo, vou me concentrar na segunda parte da sua mensagem. Não porque a primeira não tenha importância, mas porque nos já conversamos antes e a segunda parte demanda um maior cuidado.

Realmente brother, não que eu me compare aos outros usuários, mas é que eu mesmo me cobro na vida como um todo. Eu fico com uma voz na cabeça que incessantemente diz que eu sou um problema, que eu sou pior do que os outros. Um saco, tenho uma péssima autoimagem, com a qual tenho que lutar o tempo todo.

Sei que pode ser foda confessar isso ou que até mesmo seja nada a ver, mas eu fico me cobrando o tempo todo, dizendo para mim mesmo que eu estou aquém. Isso só me prejudica. Eu estou aprendendo aos poucos a melhorar minhas habilidades e a não querer mais a perfeição. Eu não fico no pé de ninguém, nem cobro dos outros, porque se eu cobrasse das pessoas o tanto que eu cobro de mim mesmo eu seria uma pessoa insuportável.

Mas, como já disse tenho aprendido o máximo o possível a ser menos exigente comigo mesmo e canalizar minhas energias para coisas que realmente podem me ajudar a ser melhor comigo mesmo.

Realmente me impressiono com muita gente aqui e gosto de acompanhar seus diários e agradecer pela ajuda que me dão. Você está certo que quando a gente começa a se comparar com os outros tende a se sentir pior o que torna o site contraproducente.

Obrigado pelas palavras amigo, isso nos fortalece nessa batalha que por si só já é bem difícil. Valeu Brother, tamo junto.
avatar
Urso Polar
Mensagens : 100
Data de inscrição : 01/09/2017

Re: Diário do Urso Polar - Já cai mais vezes do que posso contar, mas não desisto

em 9/1/2018, 11:39
Corpo&Mente escreveu:

Oi, Urso Polar! Primeiramente quero te desejar sucesso no teu reboot e dizer que unidos somos mais fortes.

Concordo com o que tu disse em relação a ser participativo aqui no fórum, pois andei distante e tenho a impressão que isto teve uma parcela de culpa na minha recaída. Não poderei olhar o fórum diariamente, mas garanto em a cada 7 dias estarei por aqui dando forças e compartilhando minhas experiências. Mais uma vez te desejo tudo de bom. Fica com Deus!

Corpo&Mente

Obrigado pela resposta brother. Eu gosto muito daqui porque o fórum nos ajuda a manter o foco. Gosto do como você tem se organizado e do foco que você tem tomado mano. desejo muito sucesso pra você. Fica com Deus.
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 263
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

Re: Diário do Urso Polar - Já cai mais vezes do que posso contar, mas não desisto

em 15/1/2018, 11:51
Fala Urso!

Como andam as coisas, meu velho? Espero que seu ânimo esteja melhor. Como a questão da autoestima tem uma ligação direta com o reboot, mantenha-se firme nele e não caia nas armadilhas das racionalizações, que aos poucos tudo vai se resolvendo. Pode não resolver a vida, mas com certeza resolve como nós a enxergamos.

Você sabe que se cobrar dessa maneira é carregar peso desnecessário. A gente acaba tentando pensar em várias coisas ao mesmo tempo e não consegue resolver nenhuma.

Tente focar em algum ponto que ainda esteja faltando em seu reboot e faça logo. Como andam suas atividades físicas? Da última vez que você falou a respeito, ainda estava "devendo" nesse quesito. Se ainda não arranjou o que fazer para mexer o esqueleto, que tal se focar nesse aspecto? Pense com carinho nisso. No início, fazia sentido para mim que atividades físicas eram um ótimo substituto para a dopamina, mas sinceramente não colocava muita fé, como se as recomendações fossem um pouco exageradas. Mas hoje percebo que essa recomendação é certíssima, funciona mesmo.

E se já está se exercitando, conte pra gente como tem sido a experiência. Vamos lá Urso. Apenas mais um passo para a liberdade.

Um grande abraço, meu amigo!

Tamo junto!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Urso Polar
Mensagens : 100
Data de inscrição : 01/09/2017

Re: Diário do Urso Polar - Já cai mais vezes do que posso contar, mas não desisto

em 17/1/2018, 11:45
Baggins escreveu:
Fala Urso!

Como andam as coisas, meu velho? Espero que seu ânimo esteja melhor. Como a questão da autoestima tem uma ligação direta com o reboot, mantenha-se firme nele e não caia nas armadilhas das racionalizações, que aos poucos tudo vai se resolvendo. Pode não resolver a vida, mas com certeza resolve como nós a enxergamos.

Você sabe que se cobrar dessa maneira é carregar peso desnecessário. A gente acaba tentando pensar em várias coisas ao mesmo tempo e não consegue resolver nenhuma.

Tente focar em algum ponto que ainda esteja faltando em seu reboot e faça logo. Como andam suas atividades físicas? Da última vez que você falou a respeito, ainda estava "devendo" nesse quesito. Se ainda não arranjou o que fazer para mexer o esqueleto, que tal se focar nesse aspecto? Pense com carinho nisso. No início, fazia sentido para mim que atividades físicas eram um ótimo substituto para a dopamina, mas sinceramente não colocava muita fé, como se as recomendações fossem um pouco exageradas. Mas hoje percebo que essa recomendação é certíssima, funciona mesmo.

E se já está se exercitando, conte pra gente como tem sido a experiência. Vamos lá Urso. Apenas mais um passo para a liberdade.

Um grande abraço, meu amigo!

Tamo junto!

Grande Baggins,

As coisas estão indo bem. Existem as dificuldades, mas essas fazem parte e nem tem como evitar. Eu tenho repensado em algumas coisas e tentado consertar alguns pontos que precisam de mais atenção.

Você está certo quando fala que quando a gente se cobra em excesso acaba por carregar um peso desnecessário. Tenho pensado em quais pesos seriam esses e que coisas me afligem sem necessidade, tanto no reboot, quanto na vida em si.

Voltei a fazer atividades físicas, porque já estava pesado quase que o mesmo que um urso polar kkkkkk Tomei um susto no início desse ano ao perceber o quanto engordei. O descuido com a saúde pode ser fatal. Calculando meu IMC eu já estou naquilo que pode ser chamado de Obesidade nível 2. É muita coisa. Então além de motivos para poder auxiliar no reboot e ser uma fonte de dopamina eu preciso fazer atividades físicas para auxiliar na vida saudável. Tem sido ótimo, porque a sensação de prazer ao término da atividade é muito boa.

Eu fico bastante feliz com a sua mensagem brother. Obrigado mesmo.

Tamo junto, rumo à liberdade.
avatar
Lion Man
Mensagens : 72
Data de inscrição : 13/01/2018

Re: Diário do Urso Polar - Já cai mais vezes do que posso contar, mas não desisto

em 17/1/2018, 12:33
Fala, Urso!

Gostaria de te dizer que você não está sozinho nessa caminhada!
Eu entendo quando você fala dessa voz interior, porque eu também passo por isso.
Acho que são os nossos medos querendo nos puxar para trás.
Mas é preciso mostrar para eles quem é que manda nessa porra!
Vai na fé, guerreiro!

Abraço!

_______________________________________
SIGO INVICTO!

Mens Sana in Corpore Sano


avatar
Urso Polar
Mensagens : 100
Data de inscrição : 01/09/2017

Re: Diário do Urso Polar - Já cai mais vezes do que posso contar, mas não desisto

em 17/1/2018, 14:25
Lion Man escreveu:Fala, Urso!

Gostaria de te dizer que você não está sozinho nessa caminhada!
Eu entendo quando você fala dessa voz interior, porque eu também passo por isso.
Acho que são os nossos medos querendo nos puxar para trás.
Mas é preciso mostrar para eles quem é que manda nessa porra!
Vai na fé, guerreiro!

Abraço!

Lion Man,

Muito obrigado pela mensagem. É bom saber que não estamos sozinhos e que podemos contar com alguém.
Eu estou aprendendo a lidar com essa voz interior.
Temos que vencer esses medos realmente.
Força brother, tamo junto.
abraço!
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 263
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

Re: Diário do Urso Polar - Já cai mais vezes do que posso contar, mas não desisto

em 23/1/2018, 12:56
Grande Urso!

Que bom que retornou para as atividades físicas. Quando você perceber, já vão ter se passado meses e seu condicionamento estará melhor. Mas tem que manter a constância!

É, eu também estou com excesso de peso, ainda falta maneirar na comida, mas confesso que nesse período de reboot eu acabei diminuindo a quantidade e perdi pouco peso, mas perdi. Acho que é porque a ansiedade e a frustração diminuem, o que faz com que o hábito de "descontar na comida" também diminua.

Se você é como eu, que gosta de "pegar seguro" no rango quando se sente ruim, então esse é mais um motivo para você continuar procurando tudo que interfere na sua autoestima. Se livrar do peso mental desnecessário pode acabar te livrando do peso físico desnecessário! Wink

Um grande abraço, irmão e quando puder, mande notícias!

Tamo junto!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 263
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

Re: Diário do Urso Polar - Já cai mais vezes do que posso contar, mas não desisto

em 5/2/2018, 18:10
Salve, salve Urso!

Tô sentindo falta de alguém aqui no fórum, que é grandão e tem pelagem branca...

E então meu velho, como andam as coisas?

Espero que esteja tudo bem com você e sua esposa. Mande notícias quando puder!

Se estiver bem, vamos compartilhar a alegria;
Se estiver mal, vamos compartilhar a dor;
Se precisar desabafar, eu e outros companheiros de batalha estaremos aqui;
Se sentir qualquer tipo de vergonha, lembre-se que estamos todos "no mesmo barco", o que significa que entendemos as dificuldades e que por isso mesmo não haverá julgamentos;
E caso se sinta incapaz de dar um novo "primeiro passo", estaremos aqui para relembrar de todo o potencial que você tem.

Força e paz, Urso. Um grande abraço!

Tamo junto!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Urso Polar
Mensagens : 100
Data de inscrição : 01/09/2017

Re: Diário do Urso Polar - Já cai mais vezes do que posso contar, mas não desisto

em 9/2/2018, 07:27
spoiler:

Baggins escreveu:
Salve, salve Urso!

Tô sentindo falta de alguém aqui no fórum, que é grandão e tem pelagem branca...

E então meu velho, como andam as coisas?

Espero que esteja tudo bem com você e sua esposa. Mande notícias quando puder!

Se estiver bem, vamos compartilhar a alegria;
Se estiver mal, vamos compartilhar a dor;
Se precisar desabafar, eu e outros companheiros de batalha estaremos aqui;
Se sentir qualquer tipo de vergonha, lembre-se que estamos todos "no mesmo barco", o que significa que entendemos as dificuldades e que por isso mesmo não haverá julgamentos;
E caso se sinta incapaz de dar um novo "primeiro passo", estaremos aqui para relembrar de todo o potencial que você tem.

Força e paz, Urso. Um grande abraço!

Tamo junto!

Grande Baggins,

Realmente eu andei afastado aqui do fórum. Mas são por motivos positivos: Estou me dedicando ao trabalho e estudos. Além disso eu estou me dedicando às atividades físicas e investindo na minha saúde. Tenho tido resultados positivos, em um mês perdi 3 kg e alguns centímetros a menos na cintura. Ainda estou bem longe da meta, mas essa vitória já me deixa muito satisfeito.

Eu me afastei do facebook e do instagram. Mesmo que não tenha pornografia lá, as fotos de mulheres bonitas e boazudas fazem com que eu caia. Já o twitter é pior ainda porque ele permite pornografia mesmo, então me afastei totalmente.Tirei o contador de dias porque isso estava exercendo uma pressão enorme em mim. Pretendo voltar quando eu estiver mais maduro para contar os dias sem me cobrar. Hoje vivo um dia por vez.

O vício ainda é bastante forte. Percebo que o adolescente inseguro ainda vive em mim. Aquele carinha que ficava fantasiando. As fantasias são o que realmente me fazem cair, são o que me puxa para isso. Eu tenho sido mais rígido comigo mesmo, sendo mais duro ao puxar minha própria orelha, mostrando para mim mesmo a realidade. É muito difícil explicar o que acontece na minha mente e como faço para poder sair disso, mas é o que eu tenho feito.

Baggins, muito obrigado amigo por toda a força que você tem me dado. Não lhe conheço pessoalmente, mas sinto que você é um amigo. Parceiro mesmo que está nos ajudando nessa caminhada que muitas das vezes nos derrota e que nos deixa triste. Um grande abraço  
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 263
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

Re: Diário do Urso Polar - Já cai mais vezes do que posso contar, mas não desisto

em 14/2/2018, 13:03
Fala Urso!

Que bom saber que sua breve ausência aqui é por causa de bons motivos. E após ler sua resposta, concluo que são ótimos motivos!

Parabéns pela perda de peso e de medidas! Continue assim mantendo essa constância que, aos poucos, essas malditas fantasias vão gradativamente diminuindo. E por dois motivos principais: a dopamina resultante da atividade física realmente vai substituindo a compulsão e os resultados obtidos são uma motivação extra.

Foi por isso que dei ênfase às atividades físicas. Eu só consegui manter a constância das atividades físicas não para perder peso ou melhorar a saúde. Sigo firme na hidroginástica e nas pedaladas porque percebi que isso diminui a ansiedade, aquela horrível sensação de perder o controle de sua vontade. Continuo me exercitando porque me sinto livre, esse é o verdadeiro motivo. A perda de peso, o melhor condicionamento e uma melhor estética são apenas consequências, mas que motivam igualmente, fechando um ciclo positivo.

Por isso Urso, siga firme em suas atividades, mesmo que alguns dias você não se sinta tão motivado assim. São nesses dias que precisamos fazer as coisas com mais carinho e resignação. Fazer apenas o que deve ser feito, nada mais, nada menos.

O adolescente inseguro, que vive fantasiando e não te deixa avançar e encontrar seu verdadeiro potencial, talvez estivesse sendo fortemente alimentado pelas redes sociais. E não é só pelas mulheres bonitas em poses sugestivas; a vida convenientemente editada das redes sociais deixa a vida real sem graça. Nelas não há momentos difíceis, só alegria e sucesso. Ninguém quer mostrar seus fracassos, suas quedas, sua dúvidas, seus medos. Infelizmente acaba se tornando uma espécie de P sem um cunho explicitamente sexual, onde inconscientemente acabamos interpretando aquilo que vemos na tela como a realidade. Portanto Urso, essa foi uma atitude muito acertada de sua parte e certamente você verá com o tempo que toda essa parafernália digital não fará a mínima falta.

Também te considero meu amigo, você me deu forças quando precisei, seus relatos também me ajudaram a construir meu reboot de uma maneira sólida e tranquila. Você já é um vencedor Urso. Continue acreditando em você!

Um grande abraço!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 263
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

Re: Diário do Urso Polar - Já cai mais vezes do que posso contar, mas não desisto

em 27/2/2018, 14:56
Fala Urso!

Como anda a força, meu amigo? Mande notícias para nosso público forumeiro!

Espero que esteja tudo bem contigo! E esse condicionamento físico, qual o status?

Quero ver você vindo aqui e gritando "TÁ SAINDO DA JAULA O URSO!! BIIIIRL! Laughing

Um grande abraço!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Urso Polar
Mensagens : 100
Data de inscrição : 01/09/2017

Acho que vou surtar

em 20/6/2018, 09:03
O bom é que gosto de escrever. Aqui vou expressar as coisas que sinto porque ninguém me conhece aqui e eu não conheço ninguém. Parece egoísta e e rude da minha parte mas somente quero dizer que assim temos mais liberdade. Nenhum julgamento nos condenando, nos chamando de pervertidos ou de fracos. Apenas pessoas que querem muito mudar.

Eu até comecei bem . Meu primeiro reboot foi de 120 dias, achei que ia ser para sempre. Mas depois que eu cai, não consegui mais manter. Acabei me frustrando, abandonei o fórum e voltei para o vício.

Só que com o tempo, eu fui percebendo quão ruim é essa vida de punheteiro viciado em pornô. Quanto tempo jogado fora, sei lá como explicar essa sensação que toma conta da nossa vida quando percebemos que somos reféns de um vício e que isso já tirou de mim muito tempo.

A verdade bateu na minha cara de novo. Aqueles 120 dias do passado me deram a esperança que ia dar certo. Mas quando eu cai parecia que tudo foi uma ilusão e que esse vício vai ser uma realidade para o resto da minha vida.

Mas eu não posso e não quero acreditar nisso. Eu não posso me render, não posso acreditar que serei para sempre subjugado por esse demônio.
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Desculpem-me mulheres, eu não queria ver vocês como pedaços de carne. Olhar para os seus corpos e fantasiar. Isso é uma coisa horrível. Pensar em vocês como objetos de prazer. Perdoem-me do fundo do meu coração, porque eu não consigo, ou melhor, não tenho conseguido pensar em vocês como outra coisa.

É tão tosco quando vejo outros caras na rua olhando para as minas focando nos peitos e nas bundas. O mais triste é que eu também faço isso. A gente acha que é discreto, que ninguém tá percebendo os nosso olhares de canto de olho, mas o que nós homens não percebemos é que a gente fica um tempão olhando. É muito retardado porque a gente fica olhando, tirando a roupa daquela mulher nas nossas cabeças. Tipo um pornô mental. E o pior é que não paramos para pensar no que estamos fazendo. Saltamos de uma para outra, quando damos conta, sier que damos conta, fizemos uma sequência de fantasias pornográficas, com conhecidas ou não.

Eu fui um adolescente frustrado porque eu era tipo rodo velho: não rapava nada. Demorei para beijar na boca, ainda mais para transar. Isso trouxe para minha vida uma sensação de fracasso. Eu me embrenhei na pornografia, em uma ilusão de que um dia, talvez por uma transformação milagrosa, eu seria um "pegador" e transaria muito e loucamente. Mas a vida não é assim.

Se eu pudesse voltar no tempo, para falar comigo mesmo (não que eu fosse me dar ouvidos), eu me diria o seguinte: Você não deve nada a ninguém. Essa sensação de fracasso que você sente é fruto de uma expectativa que você criou. Sai dessa.

Eu sei lá. Comecei a escrever porque eu preciso aliviar a minha mente.
avatar
Urso Polar
Mensagens : 100
Data de inscrição : 01/09/2017

desculpa aí o textão, mas vou continuar escrevendo

em 20/6/2018, 09:53
Eu preciso desabafar, falar as merdas que vem na minha cabeça e ter a sensação de que talvez alguém vai me ouvir. Eu confesso que sou um viciado em pornografia. Quantas vezes eu fiquei acordado para ver filmes pornô dentre outras coisas para alimentar esse vício. Foram muitas.

É um treco louco: vem uma vontade do nada de bater aquela punheta. Procuro loucamente um site pornô qualquer para poder fazer o ato regado a uma imagem para ajudar a minha mente. Quando termino digo para mim mesmo: que merda você fez seu imbecil? Faço promessas que de na próxima eu lutarei mais arduamente de modo a não permitir que eu caia nessas armadilhas e de que seguirei no meu reboot e permanecerei limpo da PMO para o resto dos meus dias.

Mas tem vezes que nem dá uma hora e la estou eu de novo na mesma. Que fraco. As vezes eu penso que minha cabeça parou nos 12 anos. Que eu não amadureci nada. Que minha sexualidade é tipo a daqueles que cachorros que querem trepar até com as pernas das visitas. Eu não posso ver uma bunda mais voluptuosa que eu já começo a fantasiar.

Antes que você pense que eu sou um tarado ou um maníaco tarado psicótico: Eu nunca assedei ninguém e nem forcei ninguém a fazer nada que essa pessoa não quisesse. Eu nunca externei esses pensamentos. Nunca os transformei em atos ou palavras, eu apenas me recolhia a minha solidão em um canto escondido da minha casa e sem que ninguém me visse, etc... e tal.

É um saco, porque eu não quero mais pensar assim, mas quando vi já pensei. Mulheres, me desculpem. Vocês não são estojos de pica objetos do meu prazer. Sou tosco mesmo, meu interior é muito tosco eu sou um pessoa pobre e estou cansado de ser assim. Me desculpem a minha rudeza irmãos e irmãs. Preciso dizer o que sinto para expurgar essa coisa de dentro de mim. Me perdoem. Estou falando essas merdas porque eu estou triste comigo mesmo, triste pelo estado mental de punheteiro em que me encontro.
novo.lucas
Mensagens : 91
Data de inscrição : 30/07/2017

Re: Diário do Urso Polar - Já cai mais vezes do que posso contar, mas não desisto

em 20/6/2018, 10:45
Nós tipo que te ouvimos Ursão!

Quando eu tive a recaída com mais de 180 dias me senti um bosta.
Alguns dos pensamentos que tive após a queda:


  • "Mas que merda vocês está fazendo!?"
  • "Você é um animal que não consegue se controlar?"
  • "Vai lá 'pegador', vai lá pegar no monitor, trouxa."
  • "Mentiroso"
  • "Sujo"
  • "Tarado"
  • "Sem caráter"
  • "Fracassado"
  • "Falso"
  • "Só por hoje... vou ver. Amanha não vejo mais."
  • "O que eu to fazendo aqui? Por que abri esse site?"
  • "Amanha instalo o bloqueador"
  • "São só mais 30 segundos, não vai fazer mal."
  • "Animal"
  • "Duas caras"
  • "Não faz nada direito"


Esses foram alguns pensamentos que tiraram a minha paz, que ficavam voltando a minha mente todos os dias, me atormentando. E eu quase acreditei nisso. Tanto que não tinha coragem ou vontade de vir aqui compartilhar com vocês.

Não deixe esses pensamentos te dominarem.

Já poe um contador aí na sua assinatura.

Força.

_______________________________________




0, 1, 2, 4, 8, 16, 32, 64, 128, 256, 512, 1024, 2048, 4096
avatar
Urso Polar
Mensagens : 100
Data de inscrição : 01/09/2017

Re: Diário do Urso Polar - Já cai mais vezes do que posso contar, mas não desisto

em 20/6/2018, 19:03
novo.lucas escreveu:Nós tipo que te ouvimos Ursão!

Quando eu tive a recaída com mais de 180 dias me senti um bosta.
Alguns dos pensamentos que tive após a queda:


  • "Mas que merda vocês está fazendo!?"
  • "Você é um animal que não consegue se controlar?"
  • "Vai lá 'pegador', vai lá pegar no monitor, trouxa."
  • "Mentiroso"
  • "Sujo"
  • "Tarado"
  • "Sem caráter"
  • "Fracassado"
  • "Falso"
  • "Só por hoje... vou ver. Amanha não vejo mais."
  • "O que eu to fazendo aqui? Por que abri esse site?"
  • "Amanha instalo o bloqueador"
  • "São só mais 30 segundos, não vai fazer mal."
  • "Animal"
  • "Duas caras"
  • "Não faz nada direito"


Esses foram alguns pensamentos que tiraram a minha paz, que ficavam voltando a minha mente todos os dias, me atormentando. E eu quase acreditei nisso. Tanto que não tinha coragem ou vontade de vir aqui compartilhar com vocês.

Não deixe esses pensamentos te dominarem.

Já poe um contador aí na sua assinatura.

Força.

novo.lucas,

Obrigado pelas palavras e pelo incentivo. É bom ter olhos (ouvidos). Eu tive isso aqui e larguei. Se estou aqui é porque esses pensamentos não estão me dominando, pelo menos por hora.

Eu sei que o contador é uma ótima ideia, mas acho que não vou por por enquanto. Eu não sei dizer bem ao certo porque mas eu não me sinto bem com ele ainda. Preciso de um tempo. Aqui vai ser mais mesmo para deixar essa enxuda de chorume meus sentimentos sair de mim.

Acho que por enquanto vou somente escrever, porque isso me faz muito bem. Amo escrever, então acho que estou no lugar certo. Como tenho esse avatar, vou ser sincero sobre as coisas que penso e botar para fora de verdade.

abraço
avatar
Urso Polar
Mensagens : 100
Data de inscrição : 01/09/2017

Tive vontade de largar essa merda

em 20/6/2018, 19:39
Eu pensei em sepultar o urso. Deixar essa figura fracassada fora e começar um novo avatar. Um novo reboot, uma nova contagem e história. Mas não seria honesto. Se aqui eu posso ser eu mesmo, porque eu não sou eu mesmo para que eu iria matar o urso. Nós somos mais feitos dos erros do que dos acertos.

Eu não vou mentir: to numa vontade louca de bater uma punheta PMO. Escrever aqui agora nesse momento é como se eu lutasse ferozmente contra um impulso violento e sem mais ter forças me agarrar na única coisa que consegue tirar minha cabeça disso: escrever. Ocupar essas mãos de punheteiro e escrever. Deixar que as palavras venham, sem freios e sem culpas.

Se você é puritano e se incomoda com palavrões então não leia. Eu não te devo nada, você não precisa gostar do que eu estou escrevendo aqui. Eu estou com muita coisa ruim passando na minha cabeça. Muita coisa mesmo. Essa merda desse vício coloca a gente para baixo. Que saco, eu não sei, parece que é uma luta inglória, sem fim. Parece que é só esperar que essa merda vai vir de novo.

Eu não quero fazer sentido, eu somente quero escrever muito para ver se essa vontade passa, essa nóia passa logo. Punheteiro de merda. Parabéns, imbecil, seu vício vai fazer mais um aniversário. Mais um ano metido nessa merda.

Por isso eu não larguei o urso.
avatar
Urso Polar
Mensagens : 100
Data de inscrição : 01/09/2017

Mente - Voyeurismo - fantasias - realidade

em 21/6/2018, 08:27
O pior inimigo para se combater é aquele que mora dentro da gente. O vício em pornografia e masturbação estão o tempo todo comigo. Eu me acostumei a ver as mulheres como um extensão de um site pornô. Eu faço julgamentos de rosto, corpo, peitos e bundas. Avalio os quesitos, não tão consciente como escrevo aqui agora, mas em um juízo de valor rápido. Um prazer em dizer se é gostosa ou não. Minha mente está distorcida. Avaliar as mulheres como se fossem objetos para o meu prazer não faz sentido. Mas foi assim que eu tenho vivido o meu modo de pensar e construir a sexualidade na minha cabeça.

Então acaba que mesmo quando eu fico longe de um site pornô, ou de qualquer outro modo de acesso à internet, eu ainda estou com o vício na minha cabeça, porque eu ainda vejo as mulheres ao meu redor como objetos. Eu não gosto muito dessa palavra objeto, porque ela não descreve o que eu realmente penso. É tipo um tesão reprimido, alguma coisa assim. É igual eu falei no post de ontem: vejo uma mulher (peitos e bundas) e começo a me deleitar. Um prazer voyeur. Salto para a próxima. Acho que cheguei ao ponto. Voyeurismo  

Talvez seja isso. De tanto ver pornô, de me estimular com isso, o prazer que se inicia ao ver, condiciona meu cérebro a buscar isso. É um chute. Mas parece plausível para mim isso tudo que eu estou pensando e em minha experiência.

Depois do ver, tem algumas que eu começo a fantasiar mesmo. Platonicamente, aquele desejo de sexo fica na minha mente e como em uma cena pornográfica começo a fantasiar de como seria. Chego a me masturbar fazendo isso. Mas quando eu encaro a realidade vejo que não estou nem perto de realizar essas fantasias, que nem sei se seriam boas de se realizar, bate uma sensação de fracasso. É um ciclo que se retro alimenta.

Não sei como escapar desse ciclo, mas escrever aqui tem me ajudado. Sem rosto, sem culpa.
avatar
Urso Polar
Mensagens : 100
Data de inscrição : 01/09/2017

Xingamentos - reflexões e um pouco mais de falatório

Ontem à(s) 08:27
O QUE FODE A MINHA CABEÇA

Não sei vocês, mas o fantasiar e a punheta é que acabam comigo. A pornografia não é o centro das coisas, ela é tipo um adicional no pacote. Eu fico pensando mais nas conhecidas e me masturbando. Nas "gostosas" do meu dia a dia. É a punheta que me destrói. Eu não preciso da pornografia porque a imaginação já faz todo o trabalho. As conhecidas e seus corpos. A realidade e a distância.

Cara, parece delírio de maluco, mas é que a realidade é que eu fantasio essas cenas de sexo e me frustro ao ver que a realidade é bem diferente. Aí quando eu vejo eu me embrenho mais na masturbação, com pornografia ou não, para poder saciar essa vontade. Só que tudo só piora.

Isso atrapalha o meu casamento e também fode minha cabeça porque eu não consigo pensar nas mulheres a não ser como meios de realizar fantasias. Eu quero muito mudar, mas o estrago dentro de mim tá grande demais. Eu não sei o que fazer, essa semana, aos trancos e barrancos eu tenho me mantido longe da pornografia e na medida do possível tenho tentado arrumar o meu interior.

Mas, não tem sido fácil.
avatar
Lion Man
Mensagens : 72
Data de inscrição : 13/01/2018

Re: Diário do Urso Polar - Já cai mais vezes do que posso contar, mas não desisto

Ontem à(s) 22:34
Fala, Urso!
Depois de recair com mais de 120 dias livre do vício, recaí e estou de volta ao fórum.
Vou tentar voltar a ser mais participativo como antes. Achava que isso não fosse acontecer novamente.
Caí na besteira de achar de estava no controle da situação e que praticar PNO uma vez ou outro não me faria mal.
Ledo engano. Acabei perdendo o controle mais ou menos há 2 semanas, e antes que essa merda me consuma novamente, vou
parar! Você não está sozinho nessa luta!!

Grande abraço

_______________________________________
SIGO INVICTO!

Mens Sana in Corpore Sano


Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum