Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 263
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 12/12/2017, 19:42
_Anonymus escreveu:


Grande Baggins!

É isso aí, atividades a todo vapor!

E como você bem disse no início da sua postagem, independente do nosso estado o importante é estar no reboot como se nossa vida dependesse disso (e depende). Dei uma vacilada ontem, logo após completar 1 mês. Mas é assim mesmo, aprendizado foi o que não faltou nessa minha trajetória de 30 dias, agora sinto-me mais forte e capaz de vencer. E fazendo uma analogia à sua crença militante, eu também não pensava que o Anonymus pudesse passar 30 dias sem PMO, agora eu sei que o impossível é só questão de tempo.

Abraços!

Fala Anonymus!

Obrigado pela força irmão! Já dei uma passada lá em seu diário, a atitude é essa, caiu, levantou, aprendeu, bola pra frente!

Acabei de mencionar o livro "O Poder do Hábito" e lembrei de outra parte dele com seu post. É sobre ACREDITAR. Eu estou devendo escrever sobre esse trecho do livro, já tem um tempo que quero escrever, mas nunca lembro...

Mas por hora, o que tenho a dizer sobre isso é: acreditar que é possível é tão importante quanto a abstinência,
as atividades de religação, os relatos em um diário, o apoio mútuo... Se você no fundo não acredita que pode transpor o obstáculo, você estará sempre no campo do tentar. E parece que você já percebeu a diferença entre tentar e conseguir. Já conseguiu sentir o gostinho da vitória e esse é uma motivação das grandes para se manter firme!

Um grande abraço e mais uma vez obrigado pela força!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 263
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 14/12/2017, 12:43
Baggins escreveu:
27/01

Bem, fiz muitas coisas no sábado. Confesso que não está mal, tenho realizado já algumas coisas, mas ainda não é suficiente. Ainda me faltam a garra, a autodisciplina e principalmente a quebra dos meus grilhões. A lentidão e o desalento estão mais uma vez tomando conta de mim. O descontrole e a sucessão de erros dos que me cercam apenas me deixam mais confuso e frustrado. Mas tenho forças para mudar tudo isso. Minha percepção consegue captar coisas boas. O ano novo só está começando...


23/02

Ahnnn... Para este dia teve de tudo... Por enquanto o pior dia do ano. Minha mãe adora comentar todo o tempo sobre o "quase tranquilo" carnaval, o balcão ficou cheio de clientes, a maioria com vontade de sacanear, o telefone tocando quando se precisa de uma maior concentração, minha cunhada continua pensando que loja é creche e que nós não temos mais o que fazer e pra completar estou com a moral mais baixa que a temperatura do Círculo Polar Ártico... Uma frase inspiradora para ilustrar este dia: "nada é tão ruim que não se possa piorar."


16/03

Éééé... A coisa anda meio parada... Mas devagarinho vamos indo... nada demais para hoje. Mas tenho que acelerar. Tô muito na "espinha mole". Dia 19/03 (segunda), é hora de levantar mais cedo, fazer uns alongamentos e uns exercícios, para poder estudar mais disposto. Nada sério e nada engraçado. Só o necessário.


05/04

Cara, seu ânimo é muito oscilante... Tem que manter mais o ritmo. O estudo está até beleza, mas... Tá enrolando demais! E nem tá acordando mais cedo como deveria! Seu cachorro já está estressado por não sair pra passear... E os exercícios negligenciados. Acorda cara!


07 e 08/04

Dia tradicional da Queima de judas. Traidores sempre existiram. Quaisquer que sejam os motivos, as ações dos traidores nos lembram que devemos estar sempre alertas. Mas o que fazer quando somos traidores de nós mesmos? Como proceder diante da auto-sabotagem? Como vencer um inimigo tão persuasivo como nós mesmos? Reconhecer que isto está acontecendo, como estou fazendo agora, já é um bom começo. Lembre-se que o desânimo, a procrastinação, a falta de garra só dizem respeito a uma pessoa: você. É hora de outra reação. Aproveite a Páscoa, época de renovação, de ressurreição para isso. É fato que não me preparei em nada para celebrá-la, mas vale pelo simbolismo. Que Deus me ajude! (mas lembre-se de ajudar-se primeiro!)


18/04

Zona de depressão de novo... Mas não posso mais me dar ao luxo de ficar assim... Não tenho mais tempo. muita coisa para revisar e estudar. Não chegarei a lugar nenhum assim. tenho que ser meu próprio carrasco.


01/05

Tô meio deprê para escrever... Nem sei o que é isso... O cansaço é que deve estar me consumindo... O pior é que é um cansaço de não se fazer nada de emocionante ou útil. Apenas estudar. O pior foi esses dias na loja... Quebraram meu ritmo. Já estava perdido e ainda por cima isso. vamos ver se segunda já começo a ir para a biblioteca.


02/05

Quem eu estou enganando? Enrolei o dia todo hoje... Já não estava legal e ainda consegui deixar minha namorada chateada por não aparecer.Aí é que me sinto um pleno inútil... Isso me desestimula mais ainda. Espero que ela não fique assim por muito tempo. Já nem percebo mais o que eu faço.


03/05

Cara, respire fundo e apenas conscientize-se: você já se conhece um pouco, não? Então o que acontece quando você encara alguma coisa como obrigação? Você enrola! Lembre-se dos trabalhos da facul: você só pegava o ritmo quando não tinha mais jeito.Sempre deu certo na faculdade. Ótimo. Mas essa fase já passou. Não há mais prazos ou notas para pressionar. Ou seja, a tendência é enrolar infinitamente. Então, mude o foco: os estudos agora são curiosidade. O saber pelo prazer de saber.. Lembra quando tinha algum trabalho importante pra fazer e você lia dezenas de coisas muito interessantes, mas que nada tinham a ver com o assunto? Enciclopédias, dicionários, revistas diversas e até velhos livros de Geografia e História. Pois é... Pois é... O que você deve estudar não é porque vai cair na prova. É porque é interessante! Espero sinais de melhoras cara! Sucesso! Assinado: Eu mesmo.


26/06

Período de baixa auto-estima outra vez... Cansaço de não fazer nada... Mesmice, falta de concentração. Acorde, a prova é dia 15 e ainda há muito o que estudar. e onde está essa busca de emprego? Os currículos ainda não saíram do computador. Amanhã é dia de acordar cedo, tomar um café reforçado e meter as caras...


18/07

Puxa... que vida mais atarefada... Por que a vida é assim? Algumas vezes sobrecarga e outras o tédio desesperador...


20/07

O tempo tem passado tão rápido e despercebido que nem sei o que fiz neste dia... Enquanto isso vou definhando física, psicológica e mentalmente (dramático, não?)


21/07

Puxa , como dá trabalho preencher esta agenda. Mas tem que ser assim, pra compensar meu investimento de R$ 9,90. Comprar e usar é um desperdício. E sorte que comprei uma pequena, condizente com meus afazeres (aliás, condizente mesmo seria uma do tamanho de um cartão de visita!)


28/07

Cheguei a um estado de letargia profundo. O desânimo e a mesmice tardam em ceder. Não consigo fazer nada... Absolutamente. estou triste, taciturno e cansado, mesmo sem ter muitos motivos. Nunca pensei que pudesse ficar assim e é horrível saber que você tem todo o tempo do mundo e mesmo assim deixa que se esvaia entre as mãos. E ainda por cima há o engano, a mentira, pois as outras pessoas pensam que eu estou integralmente entretido com meus estudos... e não é bem assim...


07/09

Feriado de Independência. quando vou conseguir a minha? Nem faço idéia... Talvez se eu for morar em Arembepe, na aldeia Hippy. Lá o desemprego não deve ser assim, um problema... Mas acho que nem pra isso eu sirvo: não fumo erva e nem sei fazer artesanato. deve haver um outro modo...


01/10

Tive que sair à tarde, levar minha cunhada no hospital. Qualquer coisa agora já serve para tirar a minha (ínfima) motivação. estou cansado de nada fazer. Estranho... Agora que há tempo para fazer muitas coisas, meu corpo e minha mente parecem não responder...


02/11

Dia de Finados. Parece que sim, pois me comportei como um durante todo o dia!


12/11

Estou mal comigo mesmo. Não consigo escalar as paredes do poço...


13/11

Não fiz mais nada... nada... Depois da loja, fui para casa de um colega jogar PS2... E queria esquecer da vida por algum tempo. Acabei voltando às 04h da madrugada. O tempo passa e não consigo me mexer.


Nem tentem procurar o texto acima em meu diário. Muito menos em meus posts, em outros diários. Vocês não encontrarão em nenhum lugar. No entanto, fui eu mesmo que escrevi isso. Mas o ano é o de 2007

Procurando as decorações de Natal na casa de meus pais, acabei encontrando um tesouro de Natal bastante inesperado. Soterradas por pilhas de revistas velhas, encontrei minhas antigas agendas.

Lembro que em 2005, ano em que me formei, já estava bastante afundado no vício. Quase que meu orientador não aceitava minha monografia, pela ausência frequente nas orientações. Mas ele aceitou porque reconhecia meu estilo de escrita e constatou que eu realmente tinha feito aquilo, mesmo que de forma repentina. Obtive uma boa nota, mas meu coração levou uma estocada quando um dos examinadores disse que não tinha tirado um 10 porque faltava um estudo de caso que ilustrasse minha tese. Ele só não sabia que escrevi minha monografia entre uma sessão de PMO e outra, perdendo noites e mais noites no processo.

Mas escolhi a agenda de 2007 porque foi uma ano que me marcou negativa e profundamente e também porque ela é a que mais deixa evidente os estragos do vício em pornografia em minha humilde existência.

Em 2007, trabalhava na loja de minha família, com meus irmãos, mas as constantes discussões e brigas com meu irmão mais velho me motivaram a tentar arranjar emprego, enquanto (fingia que) estudava para concursos.

O ano foi muito complicado por que passei praticamente o ano todo desempregado, distribuía currículos e ninguém me chamava nem para me dizer que não servia para o cargo. Ao mesmo tempo, tinha que às vezes dar um apoio na loja, mesmo à contragosto.

Escrevia na agenda para poder organizar minhas tarefas, tornar o dia mais produtivo. Se não completava a tarefa, escrevia embaixo o motivo de não tê-la cumprido. Quando não tinha muitas coisas, escrevia textos engraçados sobre mim mesmo, o dia e outras amenidades.

Só que em 2007, os "posts analógicos" foram mudando de tom, começaram a ficar pesados e sem esperança e é basicamente o que vocês podem ver aí encima. Como me sobrava o tempo, o tédio me impelia a escrever pra mim mesmo, como se fosse um fórum de um participante só. As narrativas eram meio confusas, ora em primeira  pessoa, ora em terceira. Predominavam as tarefas não cumpridas sem uma explicação.

Senti um aperto no peito em ler aquilo, é como seu estivesse lendo a vida de uma outra pessoa, gostaria de poder ajudá-la, de dizer que toda aquela carga negativa sem sentido tinha uma causa específica, que não era culpa dela. Que tudo iria ficar bem... Queria mostrar pra essa pessoa que de fato tudo ficou bem no final. Mas depois lembrava que o texto era meu e que não poderia ajudar mais o Baggins de 10 anos atrás. O engraçado é que foi o Baggins do passado que me ajudou com seu relato.

Na mesma hora me lembrei muito de vários diários daqui, principalmente dos mais jovens, na casa dos 20 a 29 anos. As angústias, as preocupações, as inseguranças com o futuro, como tudo é tão parecido!

Portanto nobre rebooter, se você é mais novo(a) e já está fazendo o experimento, saiba que você já está a anos-luz de quem ainda continua alheio ao perigo da PMO. Saiba que mesmo com recaídas, instabilidades e angústias, vai dar tudo certo. Acredite nisso. Gostaria que alguém me dissesse isso há 10 anos.

Mesmo chafurdado na lama do vício em PMO, casei com o amor da minha vida e estou com ela há quase 17 anos, entre namoro e casamento. E isso sem nem desconfiar que tudo aquilo que desabafava para uma agenda eram as consequências nefastas de um vício.

Temos a oportunidade de fazer diferente! Temos as informações, temos os métodos  e temos a ajuda uns dos outros. Vamos agarrar a oportunidade! Não desistam porque vale muito a pena!

Bom reboot e um grande abraço!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
RIOT_JUGGERNAUT
Moderador
Moderador
Mensagens : 224
Data de inscrição : 10/09/2017

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 14/12/2017, 23:54
Cara que relato hem.
Mesmo agente chafurdado nessa lama como era, tinhamos tanta a ajuda de nosso senhor para realizar muitas coisas. Eu fico imaginando por quê não descobrimos isso em 2007 ou antes, que pra mim também foi um dos anos mais nublados da vida?
Mas ainda somos jovens temos muito o que viver ainda.
Abraços.

_______________________________________


Meu diário: http://www.comoparar.com/t5783-diario-riot_juggernaut

Último reboot: Em Hard Mode 110 dias.
Reboot atual: Mais de 180 dias.
Próxima Meta: 270 dias (01/09/2018)
História de sucesso: 365 Dias (1 ano de reboot)
avatar
Renovatio
Moderador
Moderador
Mensagens : 277
Data de inscrição : 11/01/2017

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 15/12/2017, 10:20
Que interessante relato. Nunca fui de escrever minhas impressões e angústias, mas é um bom exercício pessoal se reler anos depois e ver como mudamos, pra melhor ou pior. Normalmente a gente começa a ver as coisas com mais leveza e certas preocupações da nossa "juventude" parecem tão bobas anos depois... Como você falou, acho que todo mundo aqui gostaria de ter descoberto a condição de viciado mais cedo. Mas é a vida. O desafio é pessoal e estamos todos na luta, com nossas circunstâncias. Um abraço e boa sorte.
avatar
5&4
Moderador
Moderador
Mensagens : 1786
Data de inscrição : 18/08/2017
Idade : 32
Localização : Daily War - A guerra ainda não acabou!

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 15/12/2017, 14:07
Oi Baggins,

Que rica experiência, cara! Foi como se você tivesse voltado há 10 anos e pudesse se encontrar com o Baggins daquele tempo. O Baggins de hoje está completamente melhor. Acredito que essa experiência lhe trouxe profundo alívio e motivou ainda mais a continuar nesse caminho que é tortuoso, mas que no final nos reserva a tão esperada liberdade.

Um forte abraço do seu amigo 5&4.

_______________________________________
“Quando até o laço do sapato tentar te derrubar, ande sozinho, ande descalço, mas não pare de andar.” 


avatar
Renovatio
Moderador
Moderador
Mensagens : 277
Data de inscrição : 11/01/2017

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 18/12/2017, 14:30
Já está quase chegando, de novo, nas três semanas. Tomara que se mantenha firme, por você e pela sua qualidade de vida.
Um abraço.
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 263
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 18/12/2017, 16:43
Saudações nobres rebooters!

Obrigado a todos pelo apoio, cada vez mais vejo este fórum como uma segunda casa!

RIOT_JUGGERNAUT escreveu:Cara que relato hem.
Mesmo agente chafurdado nessa lama como era, tinhamos tanta a ajuda de nosso senhor para realizar muitas coisas. Eu fico imaginando por quê não descobrimos isso em 2007 ou antes, que pra mim também foi um dos anos mais nublados da vida?
Mas ainda somos jovens temos muito o que viver ainda.
Abraços.

Pois é, meu velho, porque não descobrimos antes? Mas isso é apenas um questionamento mesmo, de nada adianta ficar se perguntando agora. O que importa é que estamos aqui pelo mesmo propósito e que temos a oportunidade de fazer diferente daqui pra frente!

5&4 escreveu:Oi Baggins,

Que rica experiência, cara! Foi como se você tivesse voltado há 10 anos e pudesse se encontrar com o Baggins daquele tempo. O Baggins de hoje está completamente melhor. Acredito que essa experiência lhe trouxe profundo alívio e motivou ainda mais a continuar nesse caminho que é tortuoso, mas que no final nos reserva a tão esperada liberdade.

Um forte abraço do seu amigo 5&4.

Fala irmão! Mais uma vez é uma honra ter um post seu aqui em meu diário! Pois é, realmente trouxe um alívio muito grande saber que tudo aquilo que escrevia era fruto de um vício que sequer imaginava que tinha. Mas me causou mesmo comoção e surpresa, porque sinceramente eu não LEMBRAVA que eu tinha escrito tudo aquilo. Talvez uma defesa da mente, esquecendo tudo que foi tão desagradável.

Renovatio escreveu:Que interessante relato. Nunca fui de escrever minhas impressões e angústias, mas é um bom exercício pessoal se reler anos depois e ver como mudamos, pra melhor ou pior. Normalmente a gente começa a ver as coisas com mais leveza e certas preocupações da nossa "juventude" parecem tão bobas anos depois... Como você falou, acho que todo mundo aqui gostaria de ter descoberto a condição de viciado mais cedo. Mas é a vida. O desafio é pessoal e estamos todos na luta, com nossas circunstâncias. Um abraço e boa sorte.

Eu tampouco era de escrever essas coisas, pra você ver que o objetivo da agenda foi mudando, de uma mera tentativa de organizar a vida, para um pedido de socorro para mim mesmo. Realmente muitas das coisas que rondam nossa mente no passado não parecem tão assustadoras agora. Mas me sinto muito feliz com o AGORA, por saber exatamente o que se passa comigo e por ter a chance de tentar de outro modo.

Renovatio escreveu:Já está quase chegando, de novo, nas três semanas. Tomara que se mantenha firme, por você e pela sua qualidade de vida.
Um abraço.

É um belo lembrete! Mas sim, estou aqui firme e apesar desse reboot estar sendo um pouco diferente do anterior por alguns aspectos, me manter focado e sem fantasias com mais facilidade tem se mantido uma constante. Espero que não haja mais nenhuma surpresa, mas se houver, acredito que aprendi a lição de levar as coisas com mais serenidade.

Na verdade, o fato de eu estar sendo mais constante no fórum e lendo alguns diários me ajudou muito a redirecionar meus pensamentos. Antes a mente divagava para o vício e para  a frustração de não estar mais acessando conteúdo P. Agora me pego pensando em todos os que estão aqui com suas lutas diárias, me lembrando de algum relato e vendo como posso ajudar de alguma forma, essas coisas. Acabo aprendendo muito e sempre gostei de aprender coisas novas. Estou lendo o novo E-book e as dicas de como ajudar quem quer se livrar do vício são de fundamental importância para esta "nova fase" do meu reboot. Agradeço muito seu apoio.

No próximo post relatarei apenas os últimos dias, mas nada de muito diferente.

Um grande abraço a todos!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 263
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 18/12/2017, 17:01
Vamos atualizar as últimas ocorrências study

Bom, meus caros, parece que a mente fora do ar foi o que mais me incomodou por esses tempos.

Talvez pelo fato de que a vontade de procrastinar esteja forte, mas como tenho cumprido minhas tarefas no trabalho mesmo sem aquele ânimo, pode ser que não esteja lidando muito bem com isso e esteja mais distraído e esquecido. Resultado: perda de objetos pela casa ou no trabalho, erros de trajeto quando estou dirigindo, minha mulher tem que repetir umas três vezes o que ela fala para que eu entenda (e ela odeia isso Laughing ).

Isso está gerando uma constante oscilação no humor, pois acabo me sentindo bem em ver minha lista de pendências diminuindo, mas depois vai batendo aquele cansaço mental por tentar me manter disciplinado. Acredito que essa dificuldade vai acabar cedendo da mesma forma que as fissuras e fantasias e por isso só estou esperando essa "maré" mudar.

Minha atividade física está de vento em popa: não falto um dia sequer, me sinto ótimo e já perdi dois quilinhos de lambuja Cool.

E por enquanto é só. Qualquer novidade, estarei aqui.

Vamos em frente!

Desejo força, foco e fé a todos aqui!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Urso Polar
Mensagens : 99
Data de inscrição : 01/09/2017

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 21/12/2017, 14:14
Baggins escreveu: Spoiler 15/12/2017

Grande Amigo Baggins,

Fico impressionado como a gente tem coisas em comum. Eu também escrevia em cadernos e mais cadernos os meus pensamentos. Minha esposa acha engraçado o tanto que eu gosto de um caderninho. Mas essas conversas quando leio agora alguns anos depois, percebo que eram uma confusão de uma mente que não sabia a causa de seu sofrimento.

Queria voltar no tempo às vezes e poder consertar as coisas, mas sei que não posso. Não me martirizo e me concentro no presente, o único tempo que eu realmente tenho para poder trabalhar todas as minhas questões.

Muito obrigado pelo apoio lá no meu diário cara, é muito bom ir lá e ver que tem pessoas iguais a você para me apoiar. Valeu Brother.

Um Grande abraço e tamo junto
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 263
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 26/12/2017, 17:03
E então nobres rebooters? Como foram de Natal? Apesar de muitos acharem uma época melancólica, é tempo de esperança, portanto não desistam!

E por falar em não desistir, cá estou eu para meu relato natalino santa

Nesta última semana (18 a 24/12), tive que lutar bravamente contra a procrastinação, a vontade de não fazer nada assolando, também porque brevemente estarei dando um fim ao negócio onde trabalho e isso por si só já traz uma tonelada de coisas chatas para resolver. Mas meu trabalho ainda continua acumulado desde que eu me registrei aqui no fórum.

Mas nesse terceiro reboot está diferente. Parece que instintivamente estou combatendo a procrastinação de forma semelhante às fissuras. Por mais que aquele desânimo se aposse de mim, tento abstrair esse sentimento, vou ignorando a vontade de enrolar e nem penso muito se ainda falta muita coisa, eu simplesmente vou processando meu trabalho.

E tenho que admitir que, apesar de estar sendo difícil, tem funcionado. Ainda continuo com atraso, mas se continuar nesse ritmo eu deixo tudo atualizado logo logo. É algo que eu poderia descrever como "doloroso", semelhante a quando se corre até o limite do fôlego. Em outras palavras, estou fazendo as coisas "na raça", mas no final está sendo recompensador.

Dessa forma, meu ânimo está bem oscilante, alternando estados de produtividade e foco e vontade de procrastinar, tudo num mesmo dia.

Quanto às fissuras ou fantasias, posso dizer que o índice é zero. Mesmo assim, não tenho dado margem ao azar nem mesmo com pequenos gatilhos, como por exemplo em programas de TV. Quando começa alguma cena que tem algum potencial mais erótico, levanto e vou beber uma água, porque o importante é se manter hidratado! Laughing

Enfim, devagarinho vou me aproximando novamente de 1/3 do reboot (que reboot parcelado da zorra!)

Vamos em frente, que pra trás não dá mais!

Um grande abraço!


_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
RIOT_JUGGERNAUT
Moderador
Moderador
Mensagens : 224
Data de inscrição : 10/09/2017

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 27/12/2017, 01:53
Fala Baggins tudo bom?
Esse final de ano todo mundo relaxa um pouco mesmo, afinal ninguém é de ferro, mas devemos ficar alerta até quando vai a procrastinação, relaxar é uma coisa e procrastinar é outra né hahaha, eu sei bem como é isso.

Quando agente chega um ponto do reboot, essa questão de evitar começar a ver uma cena de nudez fica automático, já percebi, penso em outra coisa, desvio o olhar. Isso tudo agente faz com muito esforço no começo mas depois já passa ser um hábito. Aliás no começo a tentação é tão grande devido a abstinência que se torna inviável.

E como é recompensador fazer muitas coisas que não fazíamos antes né? Mesmo que cansemos, mas "está pago". E o reboot salvo. kkkkk.
Abraços e Feliz ano Novo

_______________________________________


Meu diário: http://www.comoparar.com/t5783-diario-riot_juggernaut

Último reboot: Em Hard Mode 110 dias.
Reboot atual: Mais de 180 dias.
Próxima Meta: 270 dias (01/09/2018)
História de sucesso: 365 Dias (1 ano de reboot)
avatar
Urso Polar
Mensagens : 99
Data de inscrição : 01/09/2017

Muito obrigado Amigo

em 27/12/2017, 15:43
Baggins,

Vou unir aproveitar essa visita a seu diário para poder responder a última mensagem que você escreveu no meu.

Como sempre não posso deixar de agradecer pelas palavras, que sempre com bom humor e com observações certas e objetivas nos ajudam a manter firme nesse caminho que é tão difícil. Vejo que você ajuda muita gente aqui e isso é muito positivo. Queria escrever mais no diário do pessoal, mas não o faço o tanto quanto eu gostaria. Além disso, acho que minhas respostas sempre ficam aquém do que deveriam ser, principalmente porque acredito que você tem um grande cuidado em escrever e não deixar nenhum ponto importante sem analisar.

Realmente, eu fiquei muito frustrado de cair depois de 122 dias. Já faz alguns dias que não vejo porno, mas ainda ando dando uma escorregadas e preciso entrar nos eixos novamente. Estou fazendo alguns questionamentos e vendo onde estou errando para poder parar com isso definitivamente.

Nossa vida extra fórum e vício também são cheias de coisas e desafios. A vida adulta em geral é bem pesada e cinza as vezes. A realidade massacra a gente de um modo que muitas das vezes pensamos que não vai dar. Tentamos nos engajar em alguma atividade positiva, mas a procrastinação sempre vem para inventar uma desculpa e nos joga de novo no mesmo ponto de antes. A ciência nos mostra que nós somos seres que tendemos a economizar energia o máximo que pudermos.
sendo assim, os nossos instintos nos mandam ficar parado e nos empanturrando de comida o máximo que conseguirmos.

Mas nós somos seres racionais, estamos aí para superar os instintos e fazermos as coisas que são realmente benéficas para nós. Sei que você tem tudo para tornar esse reboot em algo definitivo e logo eu, você e todos aqui que estamos nessa batalha, logo conseguiremos ir muito além e não seremos mais escravos desse vício que nos atormenta tanto. Força meu brother, as coisas não são realmente fáceis.

É muito bom ver que você continua perseverante e sempre escrevendo. É sempre um prazer receber uma mensagem sua. Obrigado Brother. Tamo junto.
avatar
Charles Dow
Mensagens : 54
Data de inscrição : 27/10/2017
Idade : 36

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 27/12/2017, 23:21
Fala "grande" Hobbit Baggins! Smile

Bom saber que seu reboot está indo bem! Continue assim!

Baggins escreveu:Mesmo assim, não tenho dado margem ao azar nem mesmo com pequenos gatilhos, como por exemplo em programas de TV.

Ao ler isso eu lembrei que aconteceu algo parecido comigo.
Foi um desses gatilhos da TV que desencadeou todo meu processo de queda.
Na hora não era nada de mais, só que depois já estava no efeito caçador procurando mais "coisas leves" que nem aquela. Até chegar no final com um resultado foi desastroso...
Então não devemos descuidar desses pequenos gatilhos.

Parabéns pelo reboot!

_______________________________________




http://www.comoparar.com/t6098-teoria-de-dow
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 263
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 28/12/2017, 11:01
Spoiler:

Urso Polar escreveu:Baggins,

Vou unir aproveitar essa visita a seu diário para poder responder a última mensagem que você escreveu no meu.

Como sempre não posso deixar de agradecer pelas palavras, que sempre com bom humor e com observações certas e objetivas nos ajudam a manter firme nesse caminho que é tão difícil. Vejo que você ajuda muita gente aqui e isso é muito positivo. Queria escrever mais no diário do pessoal, mas não o faço o tanto quanto eu gostaria. Além disso, acho que minhas respostas sempre ficam aquém do que deveriam ser, principalmente porque acredito que você tem um grande cuidado em escrever e não deixar nenhum ponto importante sem analisar.

Realmente, eu fiquei muito frustrado de cair depois de 122 dias. Já faz alguns dias que não vejo porno, mas ainda ando dando uma escorregadas e preciso entrar nos eixos novamente. Estou fazendo alguns questionamentos e vendo onde estou errando para poder parar com isso definitivamente.

Nossa vida extra fórum e vício também são cheias de coisas e desafios. A vida adulta em geral é bem pesada e cinza as vezes. A realidade massacra a gente de um modo que muitas das vezes pensamos que não vai dar. Tentamos nos engajar em alguma atividade positiva, mas a procrastinação sempre vem para inventar uma desculpa e nos joga de novo no mesmo ponto de antes. A ciência nos mostra que nós somos seres que tendemos a economizar energia o máximo que pudermos.
sendo assim, os nossos instintos nos mandam ficar parado e nos empanturrando de comida o máximo que conseguirmos.

Mas nós somos seres racionais, estamos aí para superar os instintos e fazermos as coisas que são realmente benéficas para nós. Sei que você tem tudo para tornar esse reboot em algo definitivo e logo eu, você e todos aqui que estamos nessa batalha, logo conseguiremos ir muito além e não seremos mais escravos desse vício que nos atormenta tanto. Força meu brother, as coisas não são realmente fáceis.

É muito bom ver que você continua perseverante e sempre escrevendo. É sempre um prazer receber uma mensagem sua. Obrigado Brother. Tamo junto.
Fala Urso!

Tenho muito a te falar sobre esta mensagem que você deixou. Agradeço muito sua consideração e seu apoio! Saiba que você salvou minha vida ontem! Por enquanto, isso é tudo o que você precisa saber! Estou um pouco na correria por estes dias.

Um grande abraço e mantenha-se firme!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 263
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 28/12/2017, 11:07
Charles Dow escreveu:Fala "grande" Hobbit Baggins!  Smile

Bom saber que seu reboot está indo bem! Continue assim!

Baggins escreveu:Mesmo assim, não tenho dado margem ao azar nem mesmo com pequenos gatilhos, como por exemplo em programas de TV.

Ao ler isso eu lembrei que aconteceu algo parecido comigo.
Foi um desses gatilhos da TV que desencadeou todo meu processo de queda.
Na hora não era nada de mais, só que depois já estava no efeito caçador procurando mais "coisas leves" que nem aquela. Até chegar no final com um resultado foi desastroso...
Então não devemos descuidar desses pequenos gatilhos.

Parabéns pelo reboot!

Fala Dow!

É bom vê-lo por aqui, meu velho! Tenho acompanhado seu diário, tem algumas coisas que quero comentar lá, vamos ver se consigo ainda hoje.

Suas recaídas recentes estão te deixando mais sábio. Já percebeu que se der brecha aos gatilhos inocentes, eles vão te levar aonde tudo começou. Parabéns por ter internalizado essa tática de tolerância zero aos gatilhos. Sei que manter a mente sempre vigilante é cansativo no começo, mas depois vai ser algo mais natural, com o passar do tempo.

Um grande abraço!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Renovatio
Moderador
Moderador
Mensagens : 277
Data de inscrição : 11/01/2017

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 29/12/2017, 11:53
Que bom ver que tem se mantido firme no reboot. Como você disse, os hábitos vão se formando e, depois de um tempo, já são quase uma segunda natureza nossa. Não baixe a guarda, pois junto com a formação do hábito pode vir o nosso comodismo e a "saudade" ou o "esquecimento" de como era a PMO, a famosa tentação de ver como era esse negócio da P...
Um abraço e um excelente 2018.
avatar
Urso Polar
Mensagens : 99
Data de inscrição : 01/09/2017

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 29/12/2017, 18:20
Baggins escreveu:[spoiler]
Fala Urso! Tenho muito a te falar sobre esta mensagem que você deixou. Agradeço muito sua consideração e seu apoio! Saiba que você salvou minha vida ontem! Por enquanto, isso é tudo o que você precisa saber! Estou um pouco na correria por estes dias. Um grande abraço e mantenha-se firme!

Baggins do céu Shocked ,

Eu fiquei preocupado brother, que bom que eu pude ajudar.

Manda notícias brother, dê sinais de vida. Tamo junto ai brother.
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 263
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 31/12/2017, 19:11
Urso Polar escreveu:
Baggins escreveu:[spoiler]
Fala Urso! Tenho muito a te falar sobre esta mensagem que você deixou. Agradeço muito sua consideração e seu apoio! Saiba que você salvou minha vida ontem! Por enquanto, isso é tudo o que você precisa saber! Estou um pouco na correria por estes dias. Um grande abraço e mantenha-se firme!

Baggins do céu Shocked ,

Eu fiquei preocupado brother, que bom que eu pude ajudar.

Manda notícias brother, dê sinais de vida. Tamo junto ai brother.

Fala Urso!

Estou bem cara, fique tranquilo.

Simplesmente estava "fora de mim" quando recebi uma notificação de mensagem sua e acabei desistindo de fazer besteira...

Mas no dia seguinte acabei fazendo, como relatarei no próximo post.

Abraço!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 263
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

É fim do mês... É fim do mês... Do fim do mês eu já sou freguês!

em 31/12/2017, 20:23
Saudações nobres rebooters!

Citando a música do saudoso Raul Seixas, do fim do mês eu já sou freguês... Parece brincadeira, mas acabei recaindo novamente nos dias 29 e 30/12... Sempre nos últimos dias do mês. Há algum motivo neste padrão e tenho refletido o motivo.

Primeiramente, vamos aos detalhes da queda e obviamente não é nada que eu não tiraria de letra, por assim dizer. Mas o resultado negativo está aí e não posso simplesmente ignorá-lo.

Pois bem, depois da última recaída, bloqueei até computador que teria menores probabilidades de problemas. O único não bloqueado é o de meu irmão, que tem senha de acesso dele... bem, pelo menos deveria ter...

Havia conversado com ele sobre meu problema, meio sem jeito, é claro, mas ele parece que não percebeu a real gravidade do assunto, pois ele acabou esquecendo de colocar uma senha nova nesse computador e eu estava certo de que ele havia trocado.

Apesar disso ter me atrapalhado, não foi isso que ocasionou a queda. Não foi culpa dele ou dos bloqueadores. A culpa é minha por não ter respeitado todas as dicas e conselhos do reboot, aos poucos comecei a fazer "pesquisas" na net que poderiam ser arriscadas. Estou careca de saber que tenho que respeitar a presença dos bloqueadores, porque quanto mais se procura, mais se acha.

Mas a minha situação profissional tem se tornado mais tensa, dia após dia. O prazo para fechamento do meu negócio se aproxima cada vez mais, há vários obstáculos ainda a serem transpostos e a sensação de estar ali me deixa extremamente desgastado. Aquela velha história de ir para o trabalho já com vontade de voltar pra casa... Já demiti todos os funcionários e isso por si só já é bem desagradável de fazer.

Quando vai chegando o fim do mês, meu fluxo de caixa já vai ficando estrangulado, aumentando ainda mais minha angústia. Como eu estava oscilando entre momentos de produção e concentração total com momentos de desânimo, aos poucos os momentos de descanso foram se tornando aquelas rápidas navegadas a esmo na internet. Que culminou no encontro de brechas graves, já me deixando vulnerável. Estava quase me entregando quando recebi uma mensagem do Urso Polar. Ela veio no momento certo, pois acabei sanando as falhas que havia encontrado. Mas o estrago já havia sido feito. A ansiedade já havia chegado a níveis estratosféricos de fissura e passei momentos ruins, mas acabaram passando temporariamente. Acabei fazendo sexo com minha mulher (ótimo, mais uma vez), mas no dia seguinte já estava perturbado novamente, talvez pelo efeito caçador. Fiquei pensando se realmente foi uma boa ideia ter transado.

E então a queda se deu no dia 29/12. Meu irmão teve que viajar e no final do dia fiquei sozinho. Liguei o computador dele e ele não havia trocado a senha. 1x0 para a PMO...

Qual a lição que eu tiro desse evento? Sinceramente, não há muito mais que eu possa colocar em prática no reboot. As dicas e recomendações, se seguidas, possuem uma eficácia muito grande. Realmente funcionam. As ações em conjunto conduzem a um resultado que eu não imaginava. O que está faltando em mim então é MATURIDADE.

Não estou lidando com meus problemas com maturidade. Por mais difíceis que sejam, estou deixando que eles acabem interferindo nas minhas decisões, nos meus valores. Tenho que cultivar mais minha serenidade. Sei que o ano não foi fácil, mas assim acabo deixando o caminho mais difícil. Estou me desesperando à toa. Às vezes esqueço que no final tudo dá certo, que as coisas vão se desenrolar naturalmente, que eu vou conseguir sair dessa. Estou deixando que o vício retorne aos poucos, não por falta de seriedade no processo, mas por falta de fé (fé em um contexto geral, não em relação ao reboot).

E a falta de fé me remete à espiritualidade. Tenho falhado tanto nisso... Sou católico, vou à missa (quase) todos os domingos, mas há uma porção de coisas que eu deixei de fazer por causa desse vício. Não me confesso, não comungo, quase não rezo em casa. Acabo não refletindo sobre meu comportamento e isso é a porta de entrada para a ira, o desânimo e o vício. Estou certo que isso vai me ajudar a manter o equilíbrio quando eu mais precisar.

Mais uma lição aprendida e mais coisas para colocar ou recolocar em prática. mesmo perdendo uma batalha, acabo ganhando lições valiosas.

Mas ainda falta fazer um balanço de 2017. E tenho que dizer que o ano teria tudo para terminar ruim, mas acabou se tornando uma experiência muito interessante!

Mas creio que não vá dar tempo de digitar agora. Vou ter que deixar pro ano que vem! Laughing

Desejo a todos Um excelente 2018! Muita força e coragem para todos nós!

E que venha 2018!

Até o próximo post!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Broda
Mensagens : 1676
Data de inscrição : 11/12/2015

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 1/1/2018, 01:53
Fala Bro!

Que seja um dia de reboot limpo, pouco importa se faltam 89. O importante é que você fez um dia e você está um dia sem quedas. O que importa é que enquanto você está lendo essa minha mensagem, você está se recuperando. Só o agora importa, tente se concentrar nesse momento e deixa essas preocupações de lado. Se há algo que possa ser feito de importante nesse momento, faça, se não há, apenas desfrute. Vamos tirar o peso das costas nesse 2018 para caminharmos mais facilmente.

Grande abraço!

_______________________________________


Meu diário I > http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II > http://www.comoparar.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
5&4
Moderador
Moderador
Mensagens : 1786
Data de inscrição : 18/08/2017
Idade : 32
Localização : Daily War - A guerra ainda não acabou!

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 2/1/2018, 16:06
Oi Baggins,

Só quem é ou já foi viciado nisso sabe o quanto é difícil se libertar. O que se pode tirar de "positivo" em uma queda foi o que você observou: que o reboot pode ser (e deve ser) aprimorado com os nossos erros. 

Embora o vício em PMO seja algo plural aqui, ele vai possuir alguns aspectos singulares em muitos de nós. Ou seja, cada um terá a sua guerra interna, terá que vencer "os seus demônios". 

Ser derrotado em algum momento, uma ou várias vezes, é algo que pode acontecer. O importante é não achar que a perda de uma batalha signifique a derrota da guerra. Combater a si próprio é a mais dura das guerras. 

Que esse ano de 2018 seja repleto de vitórias em sua vida, principalmente no que tange ao vício. Que Deus te dê força, sabedoria, paciência, pois a jornada é longa. Mas a vitória é certa! Abraços.

_______________________________________
“Quando até o laço do sapato tentar te derrubar, ande sozinho, ande descalço, mas não pare de andar.” 


avatar
RIOT_JUGGERNAUT
Moderador
Moderador
Mensagens : 224
Data de inscrição : 10/09/2017

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 3/1/2018, 00:25
Olá Baggins.
Cada reboot que você começa se tornará uma experiência nova. Não desanime nunca. Eu falei em um diário outro dia não sei de quem... Mas, a informação é que quando eu praticava PMO, coisas como: ganhar dinheiro, receber pagamento, conseguir alguma vitória de qualquer coisa, tendia a me jogar na PMO por causa o processo de recompensa maior, ou comemoração kkkkkk.
Devemos ter cuidado com o fim de mês, para uns é só uma data normal, mas pode ser uma conexão com outros experimentos diferentes, novos e de alívio.

Abraços e que tenha um excelente 2018.

_______________________________________


Meu diário: http://www.comoparar.com/t5783-diario-riot_juggernaut

Último reboot: Em Hard Mode 110 dias.
Reboot atual: Mais de 180 dias.
Próxima Meta: 270 dias (01/09/2018)
História de sucesso: 365 Dias (1 ano de reboot)
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 263
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 4/1/2018, 14:08
Broda escreveu:Fala Bro!

Que seja um dia de reboot limpo, pouco importa se faltam 89. O importante é que você fez um dia e você está um dia sem quedas. O que importa é que enquanto você está lendo essa minha mensagem, você está se recuperando. Só o agora importa, tente se concentrar nesse momento e deixa essas preocupações de lado. Se há algo que possa ser feito de importante nesse momento, faça, se não há, apenas desfrute.  Vamos tirar o peso das costas nesse 2018 para caminharmos mais facilmente.

Grande abraço!

E aí, Bro?

Uma grande honra receber uma mensagem sua aqui! Suas palavras foram direto ao ponto: nada de complicar as coisas, elas podem ser mais simples do que a gente consegue enxergar! Um feliz 2018 pra você irmão! Vamos tirar de letra agora! 2018 promete!

5&4 escreveu:Oi Baggins,

Só quem é ou já foi viciado nisso sabe o quanto é difícil se libertar. O que se pode tirar de "positivo" em uma queda foi o que você observou: que o reboot pode ser (e deve ser) aprimorado com os nossos erros.

Embora o vício em PMO seja algo plural aqui, ele vai possuir alguns aspectos singulares em muitos de nós. Ou seja, cada um terá a sua guerra interna, terá que vencer "os seus demônios".

Ser derrotado em algum momento, uma ou várias vezes, é algo que pode acontecer. O importante é não achar que a perda de uma batalha signifique a derrota da guerra. Combater a si próprio é a mais dura das guerras.

Que esse ano de 2018 seja repleto de vitórias em sua vida, principalmente no que tange ao vício. Que Deus te dê força, sabedoria, paciência, pois a jornada é longa. Mas a vitória é certa! Abraços.

Grande 5&4!

Primeiramente, desejo um feliz 2018 pra você e sua família!

Se tem uma coisa que eu realmente aprendi aqui com vocês é que a guerra nunca está perdida. Não tenho mais aquele sentimento de derrota que todos nós conhecemos bem. Como você sabiamente observou, estou agora localizando com mais detalhes os meus "demônios" e combatê-los de modo semelhante aos outros comportamentos nocivos que acabamos "instalando" em nossas vidas. Agora é só seguir em frente!


RIOT_JUGGERNAUT escreveu:Olá Baggins.
Cada reboot que você começa se tornará uma experiência nova. Não desanime nunca. Eu falei em um diário outro dia não sei de quem... Mas, a informação é que quando eu praticava PMO, coisas como: ganhar dinheiro, receber pagamento, conseguir alguma vitória de qualquer coisa, tendia a me jogar na PMO por causa o processo de recompensa maior, ou comemoração kkkkkk.
Devemos ter cuidado com o fim de mês, para uns é só uma data normal, mas pode ser uma conexão com outros experimentos diferentes, novos e de alívio.

Abraços e que tenha um excelente 2018.

Fala Juggernaut!

Sei que 2017 não vai deixar saudades para você, foram muitas lutas que você enfrentou e por isso estou me espelhando no seu exemplo quanto a não desanimar. Sobre o que você disse, é como costumo dizer, o vício utiliza até mesmo bons momentos ou nossas qualidades contra nós mesmos... Quer algo mais auto-sabotador do que isso?

Desejo um feliz 2018 de muitas vitórias para você, irmão!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 263
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

Retrospectiva 2017

em 9/1/2018, 17:10
Salve, salve, caros rebooters!

Acho que pela primeira vez em anos consegui fazer um balanço do que foi meu ano de 2017, observei o que acertei, o que errei e o que quero alcançar no futuro, obviamente não limitado ao ano de 2018. Sem querer parecer exagerado, essas reflexões eu devo ao reboot e a todas as pessoas que participam deste fórum. E por um motivo bem simples: enquanto estava no vício, eu simplesmente "empurrava com a barriga" todo tipo de problema. E todos aqui sabemos que a tendência é sempre "ladeira abaixo" senão tomarmos as rédeas da situação.

Como administrador, adoro dados a serem analisados. O que às vezes parecem ser números desfavoráveis, na verdade podem revelar aspectos positivos se vistos com um pouco mais de atenção.

Apenas para constar, conheci o e-book e o fórum em novembro de 2015, então vou utilizar os dados de 2016 e 2017.

Então vamos aos números, primeiramente em valores absolutos:

Número de recaídas em 2016: 41
Número de recaídas em 2017: 48

Puxa Baggins, então quer dizer que mesmo fazendo o reboot da forma correta em 2017, você conseguiu um desempenho pior que 2016?

Os números não mentem e estão aí: falando exclusivamente de número de recaídas, o resultado de 2017 foi pior. Se eu continuasse me atendo apenas a isso, certamente teria chegado a conclusões erradas e provavelmente estaria bem chateado quanto a isso.

Porém, se observarmos os detalhes, o panorama muda de figura.

Primeiramente, recapitulando os dois últimos anos, 2016 foi meio chato, mas foi muito mais estável pra mim do que 2017. O ano que passou foi sufocante, independente se eu tivesse ou não o vício para deixar tudo ainda pior. A decisão de fechar o negócio da família, a instabilidade financeira resultante disso, nada disso ainda tinha o contorno definido em 2016. Me pergunto o que seria de mim se não tivesse tomado a decisão de levar o reboot a sério...

Em 2016 tive meu momento de glória quando consegui os 72 dias de reboot. Olhando para trás, poderia facilmente chamar esse reboot apenas de abstinência de PMO, mas, de todo modo, consegui ficar longe da lama por esse período.

E aí entra um erro clássico de muitas pessoas que conseguem manter uma quantidade considerável de dias: acaba subestimando o poder de um cérebro condicionado por anos. Vem a recaída e o mundo se acaba: "como deixei isso acontecer?", "estava indo tão bem mas joguei tudo pro alto" e todo esse tipo de pensamento sabotador causado pelo desalento de ter que (segundo a lógica que nos domina na hora), começar tudo de novo. E isso se deu no começo de julho de 2016.

De lá para cá eu tentei várias vezes me reerguer, mas sem sucesso, pois me concentrava unicamente na abstinência, nos bloqueadores e no conhecimento sobre o modus operandi do cérebro. Nada de diário no fórum, nem atividades de religação e bloqueadores com brechas a serem resolvidas "mais tarde". Resumindo, eu queria parar, mas no fundo não estava DECIDIDO a mudar.

E então chega 2017, portando um porrete enorme (+15 de dano contra punheteiros) e tenta acabar com minha raça. Fiquei nessa até cansar de apanhar e no comecinho de setembro de 2017, iniciei o reboot conforme o figurino.


Minha situação na virada de 2016 para 2017


E aí chegamos a um comparativo mais condizente: pegando o período de setembro a dezembro de 2017 e analisando o mesmo período de 2016, temos:

Número de recaídas de 09 a 12/2016: 22
Número de recaídas de 09 a 12/2017: 05

Pois é, nobres rebooters, apesar das pedras no caminho, quando a gente se acalma e consegue enxergar que aos poucos as coisas vão se resolvendo, a motivação se mantém constante, nem a mais, nem a menos, sem aqueles picos de euforia ou de desânimo. Simplesmente seguimos em frente.

Óbvio que ainda falta bastante para erradicar completamente essa praga da minha vida, mas tenho que dizer que estou muito melhor agora. Nunca é demais enumerar o que já conquistei até agora, mesmo ainda não tendo completado os simbólicos 90 dias:

_ Sintomas físicos curados: não tenho mais ER e nem preciso fantasiar para atingir o orgasmo. Ereções 100% e capacidade de atingir o orgasmo mais de uma vez por relação;

_ Atitude frente a uma recaída: aprendi a não me martirizar nas últimas vezes que recaí. Assim economizei bastante da minha energia para o que realmente interessa: verificar as causas da recaída e tapar as respectivas brechas;

_ Maior concentração e menor procrastinação: apesar de sofrer bastante com falta de concentração e tendência a procrastinar depois das recaídas, estou conseguindo raciocinar com mais clareza e rapidez. A memória também está muito melhor. E mesmo com tentações quase diárias de deixar as coisas pra depois, estou conseguindo deixar tudo em dia, mesmo que seja na marra;

_ Estabilização do humor: tive oscilações de humor bastante intensas nos dois primeiros reboots, com aumento de impaciência e agressividade. Não me sinto mais desanimado, nem cansado demais ou mesmo entediado. Simplesmente me sinto muito melhor. E apesar dos pesares, minha alegria e esperança estão voltando;

_ Tranquilidade nos momentos sem sexo: aprendi a controlar meu impulso frente aos impedimentos naturais de uma relação a dois (menstruação, cansaço, motivos de saúde, greve de sexo por bagunçar a casa.  Laughing ). Percebi que criar expectativas quanto ao sexo estavam me prejudicando muito e me deixavam frustrado quando não rolava algo a mais em casa.

_ Atividades físicas: ausentes até eu levar o reboot a sério. Atualmente faço hidroginástica 3x por semana e vou para o trabalho de bicicleta na maioria das vezes. Já estou pensando em outra atividade nos dias que não tenho hidro;

_ Mudança de hábitos e quebra de paradigmas: para quem sempre reclamou de acordar cedo pra fazer algum exercício, acordo sempre às 06:15 da manhã para a hidro, sem faltar um dia e sem enrolar para acordar. Antes só tomava banho quente (mesmo no verão!) e agora encaro banho frio com muito mais tranquilidade. meu bolso agradeceu essa mudança, com a conta de energia elétrica mais barata! Wink

Decisão. Determinação. Persistência. Método. Vamos fazer com que cada dia do reboot seja um pequeno reveillon, traçando os objetivos e acompanhando os resultados.

Desejo força e persistência a todos! E que venha 2018!


_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 263
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 15/1/2018, 12:10
Saudações, nobres rebooters!

Apenas para passar aqui e comentar rapidamente estes dias, já que estou um pouco atarefado nesta segunda-feira...

Fiz sexo com minha mulher por estes dias e, como já havia mencionado, essa parte já voltou ao normal; ereções a todo vapor, sem fantasias, tudo ótimo.

Mas o que é realmente notório neste reboot é a fantástica diminuição do efeito caçador. Percebi que diminuiu muito e quase não o percebo. E isso é algo muito bom, já que quando não atentava para isso, era ele que costumava me desestabilizar. Estou realmente muito contente com isso, porque me deixa muito tranquilo, com uma concentração ótima.

Nem sei mais o que dizer... Me sinto bem pra caramba, pra dizer o mínimo. Até minha mãe notou que eu estou muito mais dinâmico e tranquilo.

Agradeço muito a todos vocês! Sem querer fazer expectativas, mas creio que agora encontrei meu ritmo para chegar lá. Mas só o tempo dirá.

Vamos lá. Um dia de cada vez, como sempre.  Wink

Um grande abraço!


_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum