Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Mensagens : 54
Data de inscrição : 26/10/2017
Idade : 36
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 28/10/2017, 22:41
Baggins escreveu:Caros rebooters!

Vamos à atualização deste diário nestes tempos tenebrosos.... study

Ontem estive praticamente à beira do precipício... Muitos podem até considerar uma recaída, mas não irei zerar o contador.

Quero deixar claro que essa é uma opção minha, não estou incentivando ninguém a pensar desta forma e muito menos discordar de quem resetou por passar por situação semelhante. Por questões pragmáticas e motivacionais, deixarei o contador intacto.

Mas o que foi que houve, então?

Aqui em casa eu tenho o K9 instalado e neste reboot atual, eu realmente não estou mais disposto a ficar testando bloqueadores. Bloqueadores são como seguros de carro: tenha, mas não queira usar. Será ótimo contar com ele se você precisar, mas cada vez que você o aciona, haverá um custo envolvido. Nesse caso é restringir ainda mais os recursos de seu computador. (essa é aprendi com o Toguro. Por onde será que ele anda?)

A única hora que os testo agora é na hora da configuração e acabou. A partir daí eu "respeito a presença dele" no computador e evito "irritá-lo" para ele não cortar minha internet.

O fato é que, por algum motivo, o que ele fazia em um caso específico, ele deixou de fazer... E obviamente por um vacilo meu na configuração. Trata-se dos motores de busca, como o Bing, Yahoo, Ask etc. Os motores de busca não estavam bloqueados, mas forçados pelo Safesearch. Testei várias vezes em alguns sites de busca e qualquer busca realizada retornava uma página do próprio k9 com os resultados e não havia forma de tirar o safesearch. E ontem acessei um destes sites para buscar algo que não tinha nada a ver com P e na mesma hora percebi (ou foi o vício implacável que percebeu?  scratch ) que os resultados da busca estavam na página do próprio buscador e não no do K9.

Na mesma hora bateu a maldita curiosidade de saber se o safesearch poderia ser removido. E ele podia... Senti raiva na hora em saber que do nada o jogo pode virar a qualquer momento e bateu aquele frio na barriga. Acho que se eu estivesse diante de um espelho, poderia ver minhas pupilas aumentando.  cyclops

E infelizmente a busca de vídeo desses motores evoluiu bastante... Você não pode acessar o conteúdo, mas rolam fragmentos dos vídeos na própria página de busca.

Mais uma vez fui pego desprevenido. Nem estava pensando nisso... não estava na fissura, nada. Mas a partir daí entrei no modo zumbi por cerca de uns 15 minutos, mas o lado racional estava na ativa, combatendo, argumentando...Não tive sequer uma ereção vendo aquilo. Não cogitei em me masturbar.

Falei pra mim mesmo que ainda era tempo de parar, que o "monstro" está fraco o suficiente para pará-lo. Que eu tinha uma escolha. Lembrei de tudo que escrevi aqui, das pessoas com quem interagi, lembrei de minha esposa, meus progressos. Tudo isso enquanto eu descia a barra de rolagem rapidamente.

Meu lado racional acabou vencendo, graças a Deus. Fechei tudo, desliguei o computador e mandei imediatamente um whatsapp pra minha esposa, informando que naquela mesma noite teríamos que alterar as configurações do K9.

Tomei um banho e fui trabalhar. Fiquei um pouco abalado na hora, mas como estou indo de bicicleta pro trabalho, coloquei todo aquele sentimento negativo nos pedais e voltei quase ao normal. Quase porque entrei numa leve fissura, mas consegui trabalhar e me concentrar normalmente.

À noite, bloqueamos todos os motores de busca, exceto o Google, que é o que realmente funciona com o safesearch forçado. Brecha eliminada. Eu e minha mulher nos tranquilizamos na hora.

Acessei P, sim. De forma rudimentar, mas é um fato. Sei que número de dias é algo simbólico e que devemos ser implacáveis com o vício. Mas, pela primeira vez, meu lado racional ganhou a discussão, algo que eu sequer imaginava que poderia acontecer. Por este motivo, não resetei.   Mas, como em toda batalha, é muito difícil sair sem ferimentos. Me enfraqueci com esse acontecimento. A boa notícia é que ainda estou brandindo a espada.

Será que eu apenas estaria apenas adiando uma inevitável recaída por não zerar o contador? Sinceramente eu não sei dizer. Só o tempo dirá.

Mas se tem uma coisa que eu aprendi com essa situação é que, por mais contraditório que seja esta frase, o inevitável pode ser evitado.

Um grande abraço a todos!

Cara, esses buscadores realmente são um grande problema.
Nosso cérebro primitivo começa a nos tapear com a desculpa: "será que isso funciona?" , "e se eu digitar isso?"
Sempre se pergunte: "Por que que estou procurando isso mesmo? Realmente? Malandrinho! Vaza daqui!"

_______________________________________




http://www.comoparar.com/t6098-teoria-de-dow
avatar
Mensagens : 252
Data de inscrição : 15/07/2017
Idade : 48
Localização : Portugal
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 30/10/2017, 11:12
Então Baggins, como vai isso?

Então a tua família e as tuas raízes estão na Galiza, Espanha? É uma zona lindíssima, já passei férias lá no Norte de Espanha. Vou muitas vezes a Espanha, mais no Inverno, pois faço Snowboard e lá há mais estâncias de neve, em Portugal só há uma e é pequena

Baggins, vejo que andas algo nervoso nesta fase do rebbot. Talvez seja melhor evitares até ligar o computador, só mesmo quando for necessário. Mas isso passa, procura passar tempo noutras actividades e desligar a mente. Este vício não é nada fácil...

57 dias é excelente, estás quase a passar o teu máximo, 72 dias não é?

Abraço

_______________________________________
avatar
Mensagens : 254
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 31/10/2017, 13:26
Paulo Jorge escreveu:Então Baggins, como vai isso?

Então a tua família e as tuas raízes estão na Galiza, Espanha? É uma zona lindíssima, já passei férias lá no Norte de Espanha. Vou muitas vezes a Espanha, mais no Inverno, pois faço Snowboard e lá há mais estâncias de neve, em Portugal só há uma e é pequena

Baggins, vejo que andas algo nervoso nesta fase do rebbot. Talvez seja melhor evitares até ligar o computador, só mesmo quando for necessário. Mas isso passa, procura passar tempo noutras actividades e desligar a mente. Este vício não é nada fácil...

57 dias é excelente, estás quase a passar o teu máximo, 72 dias não é?

Abraço

É Paulo, és um sábio, meu velho... Realmente estava bem instável por estes dias. Mas seu conselho de nem me aproximar do computador está guardado... Lembrarei disso na próxima. É realmente uma boa ideia.

Mas enfim, acabei recaíndo...

Fica para o próximo post!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Mensagens : 254
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 31/10/2017, 14:09
Pois é, meus caros rebooters...

Passei por dias bem difíceis e, depois de aproximadamente 57 dias, quebrei a cara, como vocês podem ver aí no contador...

Mas como relatei anteriormente, minha atitude com o reboot agora é outra, a decisão já foi tomada e vou erradicar isso da minha vida.

E, por conseguinte, me sinto diferente, mesmo com uma recaída recente (até rimou, olha só Laughing )

Não estou focado no fracasso, não estou me lamentando como fiz muitas vezes. Recomeçar do zero não me atormenta mais. E sabem por que? Por que senti o gosto da vitória, mesmo que por poucos momentos.

Me senti como aqueles inventores de máquinas "voadoras" dos séculos XIX e XX, que experimentavam por poucos segundos a sensação de voar, antes de se esborrachar no chão. Mesmo com a dor de uma queda, posso apostar o que eles pensavam, apesar de tudo: sim, é possível VOAR!

Meu recorde foi de 72 dias. Mas sinceramente não troco meus 57 de agora pelos 72 do passado. Consegui aprender muito mais, fiquei muito mais centrado, realizei coisas que há tempos estavam pendentes. Não posso dizer que estou triste com este resultado.

Mas obviamente não vou me contentar com isso. A guerra continua. Esse vício não perde por esperar!

Mais tarde contarei os detalhes de como tudo ocorreu.

Vamos em frente!

Obrigado a todos!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Mensagens : 54
Data de inscrição : 26/10/2017
Idade : 36
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 31/10/2017, 23:36
É isso mesmo cara. O mais importante é o aprendizado. Cada vez mais nos conhecemos melhor.
Cuidado redobrado com os próximos dias pois a gente tende a cair mais fácil por causa da dopamina.
Estou torcendo por você!

_______________________________________




http://www.comoparar.com/t6098-teoria-de-dow
avatar
Mensagens : 101
Data de inscrição : 01/09/2017
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 1/11/2017, 01:48
Grande Baggins,

Te admiro ainda mais depois dessa mensagem. Sua honestidade nos inspira a sermos melhores rebooters.
Brother a batalha é diária e não é fácil. O velho cérebro viciado persiste e a gente tem que ser mais forte para criar novos caminhos.

Na guerra contra Mordor não há negociação. Temos que acabar com Sauron e destruir o anel que nos mantém escravos.

Um grande abraço brother. Tamo junto.
avatar
Mensagens : 254
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 3/11/2017, 13:24
Urso Polar escreveu:
Grande Baggins,

Te admiro ainda mais depois dessa mensagem. Sua honestidade nos inspira a sermos melhores rebooters.
Brother a batalha é diária e não é fácil. O velho cérebro viciado persiste e a gente tem que ser mais forte para criar novos caminhos.

Na guerra contra Mordor não há negociação. Temos que acabar com Sauron e destruir o anel que nos mantém escravos.

Um grande abraço brother. Tamo junto.

Fala Urso!

Obrigado pelas palavras, irmão! Esse apoio é fundamental pra seguirmos adiante!

Pois é, esse anel pra ser destruído, dá trabalho... às vezes queremos fazer como Gimli e dar uma machadada pra acabar logo com isso, mas não é assim tão fácil.

Tamo junto!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Mensagens : 254
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 3/11/2017, 13:36
Charles Dow escreveu:É isso mesmo cara. O mais importante é o aprendizado. Cada vez mais nos conhecemos melhor.
Cuidado redobrado com os próximos dias pois a gente tende a cair mais fácil por causa da dopamina.
Estou torcendo por você!

Valeu pela força Dow!

O efeito caçador é sempre um problema que a gente tem que ficar atento!

Um abraço!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Mensagens : 254
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 3/11/2017, 18:05
Saudações caros rebooters!

Ainda não contei detalhes desta recente turbulência que ocasionou na minha desagradável queda.

Mas devo admitir que antes de descer ao nível do inferno da PMO, eu cheguei a contemplar o paraíso...

Ficou bastante claro pra mim que o último reajuste do bloqueador tinha me deixado enfraquecido. Mas apesar disso, consegui tocar a vida sem mais problemas.

E foi no dia seguinte que tive um dia de glória. Depois de um dia bastante produtivo, eu minha esposa fizemos sexo. E que sexo! Vai ficar pra sempre em minha memória!

Em tempos anteriores ao reboot, sempre desejava ter dois orgamos. Mas sempre depois da primeira, eu desistia da ideia, porque a ER cansava demais a gente e obviamente não sentia mais vontade. Nas vezes em que conseguia, a segunda demorava ainda mais que a primeira e o orgasmo muito fraco.

Mas nesse dia eu já havia "intimado" minha mulher: "hoje serão duas" Laughing

Foi muito bom, pra dizer o mínimo. Sempre focado naquele momento. Só eu e ela, mais nada. Tive um orgasmo muito intenso. E a ereção continuava mesmo após o orgasmo.

Paramos para dar um tempinho na cama e ficamos conversando. O assunto? O reboot. Eu já havia notado a diferença, mas e ela? Perguntei se tinha notado alguma. E ela respondeu que agora é muito mais prazeroso porque demora o tempo certo.

Tomei um banho e voltamos para o segundo round: e pra minha grata surpresa, tive um orgasmo tão intenso quanto o primeiro. E o "moleque" lá, firme e forte, mesmo depois do orgasmo.

Nem preciso dizer que no dia seguinte me senti ótimo! Bem alto astral, tinha a disposição de poder fazer qualquer coisa! Cool

Fiz minha hidroginástica e me senti melhor ainda. O que poderia dar errado?

E é por isso que eu nem gosto de fazer essa pergunta, mas insisto em fazê-la. E a lei de Murphy costuma ser tão traiçoeira quanto meu próprio vício...

Então o erro que cometi muitas vezes no passado se materializou mais uma vez: o de CRIAR EXPECTATIVAS.

O efeito caçador estava tinindo dois dias depois do sexo. Mas nada que não pudesse ser contornado, já sabia que ele viria.

Mas foi aí que eu comecei a criar expectativas. Já comecei a imaginar: "minha mulher estará de folga esse fim de semana, já tem uns três dias que a gente fez, tenho certeza que vai rolar de novo. Vai ser tão bom quanto naquele dia".

Ledo engano... Infelizmente minha mulher sofre de crises de ansiedade e depressão de tempos em tempos. É algo que até agora não conseguimos identificar direito o que desencadeia isso. Geralmente situações intensas no trabalho geram isso.

Tenho que dizer que isso mexe muito comigo. Ver ela naquele estado me deixa muito triste. Triste por vê-la naquele estado, por se sentir impotente para ajudá-la. Tudo que eu posso fazer é estar a seu lado e esperar a "tempestade" passar.

E aquilo me pegou de guarda baixa porque ela estava tomando certinho a medicação e não havia muito tempo desde a outra crise. O tempo entre uma crise e outra é incerta, mas nunca tinha sido tão curta. Mas se tem uma coisa que eu sei é que depois que tais crises se instalam, elas demoram mais de uma semana pra passar.

A combinação de falha recente do bloqueador + efeito caçador + situação adversa e imprevista + criação de expectativas que não seriam correspondidas = vício oportunista atacando com toda força.

Simplesmente fiquei fragilizado. Meu coração se indignava, perguntava o porquê de tudo aquilo. Aquela vontade de mais sexo me sufocou durante o sábado inteiro. No domingo tive uma prova pra concurso e tampouco fui bem. Mais uma sensação de derrota para minha coleção do fim de semana...

Fui pra casa e fiquei com ela. O médico havia aumentado a dosagem do remédio e passou outro pra ela conseguir dormir. À noite, ela caiu em sono profundo. Eu estava muito mal, eu só queria que aquela maldita sensação parasse de me martelar, que aquela fissura me deixasse em paz... Tentei deitar e jogar um joguinho besta no celular. Não adiantou.

Minha única salvação era o fórum. Precisava escrever, sei lá, ler alguma coisa pra me sentir melhor.

Fui para o PC. Quando liguei, outra surpresa: "O Windows não foi encerrado corretamente", com a opção de modo de segurança com rede. Não sei se havia acontecido algum travamento anterior, não foi comigo. Mas a tela estava lá. Nem quis saber os motivos, já não era mais eu mesmo que estava lá. Só queria que aquilo parasse. O resto da história vocês mesmos podem deduzir... Neutral

Me levantei rapidamente. Estes dias estão super tranquilos, talvez uma flat line. Que neste caso veio bem a calhar, já que minha esposa ainda se recupera também.

As lições aprendidas e algumas constatações ficam para outro post.

Até mais!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
Mensagens : 231
Data de inscrição : 21/10/2017
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 3/11/2017, 20:52
Pow cara que bom que ta conseguindo retomar a velha forma sexual, isso para nos homens é essencial para a auto-estima, também tive essa semana uma dose dupla que não tinha há tempos. Quanto aos problemas que enfrentou, irá passar, não há mal que dure pra sempre. Boa recuperação a sua esposa. Abraço

_______________________________________
avatar
Mensagens : 54
Data de inscrição : 26/10/2017
Idade : 36
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 3/11/2017, 21:28
Seu relato parece até um flashback.
Já rolou algo muito parecido comigo e com minha esposa.
O mundo desaba em nossa cabeça e acabamos cedendo ao vício.
Mas pense no lado bom de seu relato e lembre-se bem dele.
Antes você não tinha o vigor que tem hoje na cama. E isso é por conta do Reboot.
Então força ai cara! E se tiver com problemas nós estamos aqui para te ajudar.

_______________________________________




http://www.comoparar.com/t6098-teoria-de-dow
Mensagens : 9
Data de inscrição : 25/01/2017
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 3/11/2017, 23:03
Baggins escreveu:Saudações caros rebooters!

Ainda não contei detalhes desta recente turbulência que ocasionou na minha desagradável queda.

Mas devo admitir que antes de descer ao nível do inferno da PMO, eu cheguei a contemplar o paraíso...

Ficou bastante claro pra mim que o último reajuste do bloqueador tinha me deixado enfraquecido. Mas apesar disso, consegui tocar a vida sem mais problemas.

E foi no dia seguinte que tive um dia de glória. Depois de um dia bastante produtivo, eu minha esposa fizemos sexo. E que sexo! Vai ficar pra sempre em minha memória!

Em tempos anteriores ao reboot, sempre desejava ter dois orgamos. Mas sempre depois da primeira, eu desistia da ideia, porque a ER cansava demais a gente e obviamente não sentia mais vontade. Nas vezes em que conseguia, a segunda demorava ainda mais que a primeira e o orgasmo muito fraco.

Mas nesse dia eu já havia "intimado" minha mulher: "hoje serão duas" Laughing

Foi muito bom, pra dizer o mínimo. Sempre focado naquele momento. Só eu e ela, mais nada. Tive um orgasmo muito intenso. E a ereção continuava mesmo após o orgasmo.

Paramos para dar um tempinho na cama e ficamos conversando. O assunto? O reboot. Eu já havia notado a diferença, mas e ela? Perguntei se tinha notado alguma. E ela respondeu que agora é muito mais prazeroso porque demora o tempo certo.

Tomei um banho e voltamos para o segundo round: e pra minha grata surpresa, tive um orgasmo tão intenso quanto o primeiro. E o "moleque" lá, firme e forte, mesmo depois do orgasmo.

Nem preciso dizer que no dia seguinte me senti ótimo! Bem alto astral, tinha a disposição de poder fazer qualquer coisa! Cool

Fiz minha hidroginástica e me senti melhor ainda. O que poderia dar errado?

E é por isso que eu nem gosto de fazer essa pergunta, mas insisto em fazê-la. E a lei de Murphy costuma ser tão traiçoeira quanto meu próprio vício...

Então o erro que cometi muitas vezes no passado se materializou mais uma vez: o de CRIAR EXPECTATIVAS.

O efeito caçador estava tinindo dois dias depois do sexo. Mas nada que não pudesse ser contornado, já sabia que ele viria.

Mas foi aí que eu comecei a criar expectativas. Já comecei a imaginar: "minha mulher estará de folga esse fim de semana, já tem uns três dias que a gente fez, tenho certeza que vai rolar de novo. Vai ser tão bom quanto naquele dia".

Ledo engano... Infelizmente minha mulher sofre de crises de ansiedade e depressão de tempos em tempos. É algo que até agora não conseguimos identificar direito o que desencadeia isso. Geralmente situações intensas no trabalho geram isso.

Tenho que dizer que isso mexe muito comigo. Ver ela naquele estado me deixa muito triste. Triste por vê-la naquele estado, por se sentir impotente para ajudá-la. Tudo que eu posso fazer é estar a seu lado e esperar a "tempestade" passar.

E aquilo me pegou de guarda baixa porque ela estava tomando certinho a medicação e não havia muito tempo desde a outra crise. O tempo entre uma crise e outra é incerta, mas nunca tinha sido tão curta. Mas se tem uma coisa que eu sei é que depois que tais crises se instalam, elas demoram mais de uma semana pra passar.

A combinação de falha recente do bloqueador + efeito caçador + situação adversa e imprevista + criação de expectativas que não seriam correspondidas = vício oportunista atacando com toda força.

Simplesmente fiquei fragilizado. Meu coração se indignava, perguntava o porquê de tudo aquilo. Aquela vontade de mais sexo me sufocou durante o sábado inteiro. No domingo tive uma prova pra concurso e tampouco fui bem. Mais uma sensação de derrota para minha coleção do fim de semana...

Fui pra casa e fiquei com ela. O médico havia aumentado a dosagem do remédio e passou outro pra ela conseguir dormir. À noite, ela caiu em sono profundo. Eu estava muito mal, eu só queria que aquela maldita sensação parasse de me martelar, que aquela fissura me deixasse em paz... Tentei deitar e jogar um joguinho besta no celular. Não adiantou.

Minha única salvação era o fórum. Precisava escrever, sei lá, ler alguma coisa pra me sentir melhor.

Fui para o PC. Quando liguei, outra surpresa: "O Windows não foi encerrado corretamente", com a opção de modo de segurança com rede. Não sei se havia acontecido algum travamento anterior, não foi comigo. Mas a tela estava lá. Nem quis saber os motivos, já não era mais eu mesmo que estava lá. Só queria que aquilo parasse. O resto da história vocês mesmos podem deduzir... Neutral

Me levantei rapidamente. Estes dias estão super tranquilos, talvez uma flat line. Que neste caso veio bem a calhar, já que minha esposa ainda se recupera também.

As lições aprendidas e algumas constatações ficam para outro post.

Até mais!


Olá,
Muito interessante seu relato...
Vejo que você esta decidido e isso e muito bom...

Como sua esposa já sabe vou te passar o que fizemos aqui em casa:
Criamos 2 contas do windows um administrador e um convidado. Eu tenho a senha e coloco em bloquei em 1 min e desliga em 2 min para não ter erro... coloquei um bloqueador de DNS... ajuda a bloquear eventuais sites e até no modo de segurança... aqui tem funcionado... Um técnico que nos ensinou...

Eu tenho pego trechos de relatos eventuais e salvo... tenho mandado pro meu marido aleatoriamente... tente colocar isso no calendário do seu cel como lembretes em horários que você custuma ter as fissuras ou até ficar tentado... pode te ajudar...

Quanto a sua esposa, melhoras... espero que ela já esteja melhor... E sim, nos percebemos em todas as atitudes a evolução do Rebooot, seja no sexo, seja nas conversas, seja na rotina do dia a dia...

Força...
avatar
Mensagens : 252
Data de inscrição : 15/07/2017
Idade : 48
Localização : Portugal
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 3/11/2017, 23:05
Baggins, que pena que caíste mas já tens dois reboots com excelentes marcas. Não são todos aqui que conseguem chegar tão longe.

Levanta-te e reinicia tudo de novo, não tenho dúvidas que sabes que há grandes benefícios neste processo. Vamos lá, a caminho dos 90 dias!

Abraço

_______________________________________
avatar
Mensagens : 188
Data de inscrição : 12/10/2017
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 4/11/2017, 04:56
Bom dia Baggins! Bem amigo, vc já sabe o caminho das pedras. Como disse, chegou a contemplar o paraíso... Então meu conselho é que se levante e caminha!

Já tive ansiedade e depressão, aconselha a dar uma olhada na homeopatia para sua esposa, tentar fugir de psiquiatra tradicional. Esses remédios não curam, busque algo natural e não alopático.

Pesquise sobre o sedatif e sobre alguns produtos do laboratório welleda, todos naturais e não precisam de receitas médicas.

Abraço

_______________________________________


Cachorro monstro! affraid

Primeira tentativa: 51 dias

Segunda tentativa :43 dias

Terceira tentativa e reboot completado: 203 dias
avatar
Mensagens : 254
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 9/11/2017, 10:18
Saudações caros rebooters!

Depois de um tempinho sem postar, eis-me aqui novamente para seguir com meu relato.

Primeiramente gostaria de agradecer a todo apoio que recebi. Isso é o que nos ajuda a seguir em frente. Falo isso sem nenhum receio de parecer repetitivo.

Realmente estive bem ocupado por essa semana que passou, tive que dar uma atenção especial à minha esposa, que estava em uma crise depressiva e de ansiedade, mas está se recuperando e ontem voltou ao trabalho.

Desde a última recaída até agora, tem sido muito tranquilo, sem fissura, sem sobressaltos e quase sem flashbacks. Já sei que essa calmaria não vai durar pra sempre, mas tento aproveitar esse momento para ficar cada vez mais concentrado e tranquilo, tenho feito várias tarefas que costumam se acumular sem um motivo aparente, como lavar um tênis, consertar algum pequeno defeito na casa, arrumar gavetas etc. Ter a sensação de que as coisas vão gradualmente voltando à ordem é bastante satisfatório.

Mas o que realmente me surpreendeu foi o efeito da atividade física. Estou gostando mesmo da hidroginástica, faço três vezes por semana e realmente ajuda muito no processo de restauração. Estou bem mais disposto, com uma concentração melhor e por conseguinte, com uma memória mais ativa. Sem contar que estou mais sereno, mais sociável. Não que minha situação profissional/financeira tenha melhorado. Continua uma droga. Mas estou com mais paciência para enfrentar os problemas.

Mas realmente é algo que sinto diferença do reboot anterior para este: a atividade física regular torna as coisas um pouco mais fáceis, mais tranquilas. Você se sente bem e isso repercute em como você se comporta.

Vemos tantas recomendações do guardiões do fórum sobre as atividades físicas, mas às vezes acabamos nos focando demasiadamente na abstinência. E assim começamos a pensar demais no problema e não na sua solução.

Urso Polar escreveu:

Então caros rebooters, não adianta não pensar em pornografia, não pensar em masturbação, não fantasiar, etc. Pensar em não-pensar você já está pensando. Então combate-se maus pensamentos com bons pensamentos. Maus hábitos criando bons hábitos.


Pois é, Urso Polar, não pude deixar de citá-lo mais uma vez, o que você escreveu é realmente pertinente ao que estou tentando passar aqui.

Portanto, você que está lendo isso agora, não negligencie esta parte importante. Quem ainda não começou a se movimentar, arranje uma atividade física para fazer. Você verá, depois de começar e pegar o ritmo, que muitos dos empecilhos e dificuldades eram meras desculpas, apenas "verdades" que às vezes metemos na cabeça e que não vão ajudar em nada.

Querem um exemplo? Sempre falei pra mim mesmo que não conseguiria fazer uma atividade física pela manhã, porque não suporto acordar cedo e blá blá blá. Faço minha hidro pela manhã e querem saber? Pra mim está sendo ótimo!

E é isso, meu povo! essas são as lições que extraí por estes dias.

Um grande abraço!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Mensagens : 254
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 9/11/2017, 10:23
Charles Dow escreveu:Seu relato parece até um flashback.
Já rolou algo muito parecido comigo e com minha esposa.
O mundo desaba em nossa cabeça e acabamos cedendo ao vício.
Mas pense no lado bom de seu relato e lembre-se bem dele.
Antes você não tinha o vigor que tem hoje na cama. E isso é por conta do Reboot.
Então força ai cara! E se tiver com problemas nós estamos aqui para te ajudar.

Justamente Dow, esta lembrança agora é uma motivação a mais pra me manter firme. Focar em um benefício real que já foi alcançado é mais uma arma para combater esse vício.

Um abraço, irmão!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1813
Data de inscrição : 18/08/2017
Idade : 33
Localização : Daily War - A guerra ainda não acabou!
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 9/11/2017, 17:29
Fala Baggins, blz!?

Cara, parabéns pela maturidade que você encarou a sua queda, o seu reset. Você aprendeu com o erro, se fortaleceu com ele. É isso aí, companheiro! Às vezes, damos um passo para trás para dar 2, 5, 10... 90 passos para frente! 

Que bom que a hidroginástica tem te feito muito bem! E você ainda está fazendo de manhã, o período mais crítico para você. Isso é o que eu chamo de vencer a si mesmo! Parabéns, amigo! Continue assim que você vai longe. Abração.

_______________________________________
“Quando até o laço do sapato tentar te derrubar, ande sozinho, ande descalço, mas não pare de andar.” 


avatar
Mensagens : 188
Data de inscrição : 12/10/2017
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 10/11/2017, 04:33
Bom dia Baggins!

Obrigado por escrever no meu mural, vc foi em cima da questão!

Atenção redobrada no fds!

Parabéns pela maturidade!

Abraço

_______________________________________


Cachorro monstro! affraid

Primeira tentativa: 51 dias

Segunda tentativa :43 dias

Terceira tentativa e reboot completado: 203 dias
avatar
Mensagens : 101
Data de inscrição : 01/09/2017
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 10/11/2017, 12:36
Baggins,

É muito bom ler seu texto e ver um exemplo de autoconsciência. Você tá longe de ser um iniciante, porque demonstra uma maturidade muito boa.

São os autos e baixos que nos testam e acabam por nós fazer cair se não houver vigilância.

Eu tenho que seguir seu exemplo é começar uma atividade física, mas ainda não consegui vencer as desculpas. Kkkkkk

Seu diário tem nos ajudado muito. Siga firme brother. Tamo junto, um dia por vez.
avatar
Mensagens : 157
Data de inscrição : 08/06/2017
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 10/11/2017, 13:23
Oi Baggins,

Já faz um tempo que parei de frequentar o fórum, mas hoje lendo alguns relatos encontrei o seu diário, e achei espetacular a forma com que você encara o vício. Parabéns pela atitude pós-recaída, e tenha a certeza de que esses 57 dias certamente valeram a pena em sua vida. Continue firme, amigo. Acompanharei a sua trajetória para me inspirar cada vez mais.
avatar
Mensagens : 254
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 13/11/2017, 12:18
_Anonymus escreveu:Oi Baggins,

Já faz um tempo que parei de frequentar o fórum, mas hoje lendo alguns relatos encontrei o seu diário, e achei espetacular a forma com que você encara o vício. Parabéns pela atitude pós-recaída, e tenha a certeza de que esses 57 dias certamente valeram a pena em sua vida. Continue firme, amigo. Acompanharei a sua trajetória para me inspirar cada vez mais.

Fala Anonymous!

Seja bem vindo de volta! Que bom que tomou a decisão de voltar. Ter um diário reativa sua memória para determinados momentos e situações que, de outra forma,  você acaba esquecendo. Não importa o quão ruim ou intensa foi a experiência, tendemos a esquecer aquilo que nos aflige. E sabemos que esquecer de detalhes importantes nos torna vulneráveis ao vício.

Outro ponto importante é que quando se escreve, seja relatando, seja ajudando outras pessoas, vamos consolidando na mente tudo o que devemos fazer e tudo que devemos evitar para conseguir nosso objetivo.

Obrigado pelo apoio, mais tarde passo em seu diário!

Grande abraço!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Mensagens : 254
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 13/11/2017, 15:50
Rebooters de meu Brasil varonil! (e de Portugal varonil também  Very Happy )

Apenas atualizando o diário.

Desde a última recaída a 14 dias atrás, tudo tranquilo.

Zero de fissura;
Zero de flashbacks;
Humor estável;
Sexo em três dias nesse período (e aí a patroa entrou "naqueles dias" Razz )

E como estou nesses dias de bonança, quero relatar aqui algo bastante interessante que observei em todo esse tempo de tentativas de completar o reboot. Por um lado, não é nada de novo, mas por outro pode ser algo relevante.

Essa lembrança me veio ao ler um dos últimos relatos de Cachorro Monstro:
Cachorro Monstro escreveu:Boa semana rebooters!

Meu final de semana foi atribulado. Consegui fazer sexo com minha gata na sexta e no sábado, sendo que no sabado foi top. Dei duas bem dadas na princesa, que ficou satisfeita com a carinha boa.

Ai chegou domingo, o Cachorro acorda feliz, com a sensação de  justica feita, minha gata ja tinha ido pra casa e achei que estava até com uma mini flatline (justo).

Mas ai, sorrateiramente, veio o efeito caçador, e uma vontade louca de PMO! Amigos!!!  Que fissura que bateu! Estava feliz, me sentindo curado, e comecei a recionalizar, "AH cara! Vc voltou! mais de um mês sem PMO, fez a gatinha gozar, vc merece"! Cérebro primitivo e sabotador!

Como tenho cera experiência em superar vícios e lutar contra esse cérebro sabotador canino, consegui!!! Mas foi difícil, ficava andando pela casa, que estava vazia, tomei 4 banhos frios, botei musica alta, tentei meditar... e venci. 3 pontos, 36 dias de invencibilidade e contando.

Minha recompensa foi acordar hj com uma ereção daquelas. Orgulhoso de mim! Mas cansadíssimo mentalmente! Foi foda!

E hj será mais uma vitória!
Boa semana a todos!
Cuidado com o feriado do dia 15!

Abs

O grifo acima é meu.

Desde que conheci o e-book em 2015 (lá se vão 02 anos), minhas tentativas foram bastante capengas, como pude relatar anteriormente.E meu contador era "análogico", ia apenas circulando os dias de recaídas.

O que eu não conseguia entender era que fazia sexo com certa frequencia com minha mulher e mesmo assim aquela ânsia, aquela fissura me atormentavam constantemente. Já havia lido sobre o efeito caçador, mas aquilo era muito intenso e completamente imprevisível.Lembro de vezes que estava tranquilo, depois de uma noite de sexo, simplesmente fazendo o trajeto do carro até o trabalho e do nada, sem ter visto nenhuma mulher, ou sem ter tido um flashback, me assolava um frio na barriga, uma fissura incontrolável e ia para o trabalho já doido, já pensando uma forma de burlar bloqueador ou acessar outro computador do trabalho que estivesse sem proteção, eu simplesmente "precisava" daquilo, como se alguém tivesse apertado um botão de
"assistir P".

Depois da recaída, prontamente eu começava a raciocinar e tentar achar o culpado (o engraçado é que nunca era eu...). Cheguei à "brilhante" conclusão de que eu e munha mulher precisávamos aumentar a frequência do sexo.

Lá estava eu então com outro "contador analógico": o de vezes que fazíamos sexo. Comecei essa contagem em agosto de 2016.

Depois de certo tempo contabilizando, minha teoria obviamente estava errada: nossa frequência de sexo havia aumentado sim, mas isso porque mesmo com um reboot tão cheio de falhas,ainda conseguia passar tempos de abstinência de P.

Foi uma surpresa constatar que fazíamos em uma frequência média de duas vezes por semana.Nada mal para quem teve tantas recaídas durante o período. Mas o resumo da ópera era esse: O problema não era frequência e do jeito que eu estava fazendo, só conseguiria completar o reboot quando o Natal caísse em agosto...

E contra fatos, não há argumentos: de 08/2016 a 08/2017 tive exatas 69 recaídas e destas, 36 se deram em no máximo 02 dias após eu fazer sexo real com minha mulher. Em mais de 50% das vezes, o efeito caçador teve papel de destaque neste cenário.

Mas então vocês podem estar se perguntando: Baggins, você está querendo dizer que o efeito caçador oriundo do sexo real pode ser mais forte do que aquele induzido por pornografia?

E a resposta seria: talvez sim... Para mim deu essa impressão. Das vezes que me batia essa "fissura instantânea", me lembro de que tinha feito sexo recentemente.

Mas infelizmente isso só pode ficar no campo da teoria para mim. Como eu não tinha um diário nesse período, eu simplesmente não lembro o que estava sentindo na época, se tinha algum problema mais chato me azucrinando, como eu estava lidando com as fantasias etc. E nem sequer teria lembrado disso com detalhes, se não fosse o relato de Cachorro Mostro, que sentiu na pele uma fissura que lhe rendeu 4 banhos frios e outros artifícios para rebater a maldita.

Portanto guerreiros, volto a frisar alguns pontos importantes:


  • Se você está lendo isto agora e ainda não fez um diário, vença essa inércia. Como vocês podem ver, perdi detalhes importantes só por não ter registrado essas informações. Às vezes lembramos de coisas que ocorreram conosco simplesmente lendo outros relatos. Essa troca de informação salva vidas!


  • Ter uma namorada/companheira/esposa realmente ajuda e muito a passarmos pela fase de religação, mas tenham em mente que nem por isso o caminho fica menos perigoso. Não abaixem a guarda com o efeito caçador, ele pode ser mais forte do que a gente imagina!


  • O e-book nos diz que se você está começando agora, pode ser uma boa ideia dar um tempo até mesmo no sexo real para dar um descanso ao cérebro de toda estimulação sexual. De acordo com as situações relatadas acima, este conselho faz bastante sentido.



  • Se você já está mais sensibilizado, com um sexo de melhor qualidade com sua companheira, não fique pensando quando será a próxima vez com ela. Você pode criar expectativas e não se sabe se serão realizadas quando você quer. Sexo depende da outra pessoa. Mulheres sempre prontas para o sexo é mais uma distorção que a P causa em nossas vidas. Viva um dia de cada vez.



  • Englobe todos os pontos do reboot. Não foque apenas na abstinência e bloqueadores. Faça um diário, arranje atividades de religação e faça atividades físicas que sejam prazerosas para você. Socialize. Veja quantas vezes eu recaí por não fazer todos os passos recomendados. Se conscientize que PMO não faz mais parte de sua vida e não ceda às racionalizações. E o mais importante, seja perseverante!



  • Faça um curso de leitura dinâmica! Ler esses textos grandes ninguém merece! (esse é zuera  What a Face )

E é isso gente. Agradeço aos que chegaram ao final deste texto. Espero ter ajudado de alguma forma! Força a todos!

Um grande abraço!


Última edição por Baggins em 13/11/2017, 15:56, editado 1 vez(es) (Razão : Correção ortográfica)

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Mensagens : 252
Data de inscrição : 15/07/2017
Idade : 48
Localização : Portugal
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 15/11/2017, 14:29
Excelente relato Baggins, é assim que vamos aprendendo uns com os outros. Estamos todos aqui no mesmo barco por várias razões:

- Largar este vício
- Aprender a viver com este vício
- Aprendermos uns com os outros

Eu já aprendi imenso desde o início de Julho, data em que me registei aqui no forum. Para mim é fantástico ler todos diários, pois só assim podemos aprender e prevenir futuros erros ou então corrigi-los. E tu, Baggins, és uma gigantesca enciclopédia de informação com os teus reboots.

Abraço forte

_______________________________________
avatar
Mensagens : 254
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 16/11/2017, 13:11
Paulo Jorge escreveu:Excelente relato Baggins, é assim que vamos aprendendo uns com os outros. Estamos todos aqui no mesmo barco por várias razões:

- Largar este vício
- Aprender a viver com este vício
- Aprendermos uns com os outros

Eu já aprendi imenso desde o início de Julho, data em que me registei aqui no forum. Para mim é fantástico ler todos diários, pois só assim podemos aprender e prevenir futuros erros ou então corrigi-los. E tu, Baggins, és uma gigantesca enciclopédia de informação com os teus reboots.

Abraço forte

Grande Paulo!

Obrigado pela força irmão! Realmente aprendemos muito com os outros diários. Mesmo com idades, situações, dificuldades e forças diferentes, conseguimos nos identificar na dificuldade do outro. Este fórum é uma verdadeira aula de empatia!

Um grande abraço!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Mensagens : 254
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador
Ver perfil do usuário

Re: O Livro Vermelho de Baggins

em 16/11/2017, 16:06
Saudações caros rebooters!

Devo confessar que meu contador andou bem rápido, estou no meio do dia 17, mas pensei que tinha menos dias. Fiz as contas e é isso mesmo... Praticamente 1/5 do reboot. E aqui se encontra outro benefício da restauração: poder usar essas frações like a boss, porque você pode transformar meros 18 dias em 1/5 do reboot: é a mesma coisa, porém dito dessa maneira causa muito mais impacto! What a Face

Bem meus caros, poderia dizer que não tenho nada de novo para relatar. Mas agora parei para pensar que relatar algo novo não significa necessariamente ter uma dificuldade a superar. É natural que muitas vezes seja dessa forma, mas pode ser que uma calmaria possa dizer tanto quanto uma tempestade.

Digo isto porque esses quase 18 d... quero dizer, durante 1/5 do reboot, eu não tive nenhum incômodo com o vício. É a primeira vez que me ocorre isso. Nada de flashbacks, nem de fissuras, nem de fantasias. Mas também não achei estranho esse fato. Uma flatline, seguramente é isso, pensei eu cá com meus botões.

Como minha mulher estava em seu ciclo menstrual, obviamente não criei nenhuma expectativa de rolar alguma coisa entre a gente. Nem mesmo fiquei contando nos dedos quanto tempo dura em média para a menstruação ir embora, pois como é algo impreciso, criar expectativas de algo assim poderia desencadear uma ansiedade desnecessária. Já errei bastante nesse ponto e desta vez consegui pular este obstáculo.

Mas felizmente não era flatline. Ontem foi feriado, mas minha mulher trabalhou. Fiquei a tarde inteira em casa, mas com minhas atividades já definidas. Fiquei mexendo no meus aquários e depois montei a árvore de Natal. Nada de computador.

Fui buscá-la no trabalho, chegamos em casa e eu tranquilo. Aí ela me perguntou se eu já tinha tomado banho. Perante minha resposta negativa, ela me perguntou se não queria tomar um banho com ela. Aí eu vi vantagem!

O engraçado é que enquanto ela se dirigia ao banheiro, parece que travei um pequeno diálogo com o meu Malaquias

confused  E aí cara? Como é que é? Posso entrar em ação agora ou não? Nem posso mais opinar em nada nessa bagaça! Fico tão confuso que é melhor ficar na minha mesmo...

bounce tá de brincadeira né? É claro que pode... Aliás, você DEVE entrar em ação AGORA!

 Cool Pô, até que enfim mestre... Pensei que você não ia falar isso nunca mais! Vamo nessa que a princesa está esperando!


E tudo correu fantasticamente bem. Mais uma vez dei duas bem dadas. A ereção impecável. Isso é muito gratificante!

Portanto rebooters de plantão, vamos consolidar mais uma vez algumas informações:


  • Criar expectativas: estou sendo chato e repetitivo, mas a intenção é essa. Pude perceber nesses quase 18 dias que a máxima "viva um dia de cada vez" deixa o caminho mais fácil de ser seguido, a ansiedade tende a diminuir e consequentemente os momentos tensos costumam ser menos frequentes;



  • Retomada rápida do reboot: Caiu? Volte logo ao jogo, sem delongas ou desculpas. Depois você pode até verificar o que aconteceu, pode se sentir um merda, mas sinta-se um merda focado no objetivo! Ontem pude confirmar que você não perde os benefícios por causa de um lapso. Por mais que o lado viciado tenha ganhado a batalha, ele não ganhou a guerra!


E por enquanto é só, meus nobres. Um grande abraço!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum