Compartilhe
Ir em baixo
belaadormecida
Mensagens : 13
Data de inscrição : 29/01/2018

Re: Esposa

em 12/2/2018, 19:19
Olá ADF,

Não li seu diário ainda. Mas li sua última mensagem e foi o que me fez vir aqui. Meu esposo é viciado em PMO, tem DE e ER...enfim, é uma barra.
Para que vc compreenda o que estou pensando...
A mais ou menos um ano dei um intimado a ele dizendo que se as coisas não melhorassem iria me separar. Ele procurou ajuda, pediu para acompanha-lo ao médico (pensando que poderia ser fisiológico), mas nunca admitiu que era vício. Eu, acreditando em sua vontade de achar o problema o acompanhei. Ele foi para um terapeuta sexual, fizemos algumas atividades mandadas pelo terapeuta. Fomos a terapia de casal... e do nada deixou tudo... começamos a viver novamente sem sexo... eu acabava me M pq já não aguentava esperar (sempre pensando nele). Ficava criando expectativas, sabe?! E nada acontecia... o tempo foi passando e eu resolvi mudar (até então eu sabia que ele era vidrado em PMO, mas não via isso com os olhos que vejo hj). Resolvi procurá-lo, atiça-lo, no início tive resposta, em alguns momentos foram bons, outros nem tando. Mas depois começou a arranjar desculpas até o belo dia que o pequei em M vendo P. Meu mundo caiu (como relatei no meu diário).Pensei na separação imediatamente. Sai de casa por 3h e quando voltei não conversei mais.
No outro dia conversei e disse que as coisas iam mudar. Pedi para ele pensar o que realmente queria pra vida dele e que teria alguns dias para me dá uma resposta. Porém quando chegou o dia, dei o revest para ele e deixei claro que ele é quem deveria querer mudar. Que eu sabia que o problema não era eu. E eu não teria mais como ajudá-lo.
As coisas aqui em casa mudaram, conversamos o necessário para uma vida sociável. Estou o observando, verificando se realmente quer sair dessa ou vai começar com os joguinhos para tentar me ludibriar (já tentou alguns, rsrs). Mas estou firme, se ele não demonstrar em ações o seu desejo de ficar comigo, me amando como mereço, nosso casamento já era.
Por isso tudo lhe digo, não faça nada no calor das emoções, esfrie a cabeça, observe, se observe e quando tomar a decisão, aguarde mais um pouco para ter a certeza que realmente é isso que vc quer. Principalmente pq vcs tem um filho e por todo o conflito que vcs tiverem a criança não tem culpa disso.
Pense em vc em primeiro lugar, depois em seu filho e depois nele.

Desejo a vc discernimento para passar por esse momento.
Paz e Bem!
BelaAdormecida, já não tão adormecida
ADF
Mensagens : 23
Data de inscrição : 19/12/2017

Re: Esposa

em 12/2/2018, 20:43
Oi Bela!

Obrigada pelas suas palavras!
Estou tentando agir com calma mesmo... Tb tentei reatar as coisas... Estamos fazendo bastante sexo nas ultimas semanas, ele tem sido carinhoso e eu tb com ele, apesar de tudo estamos nos esforçando de verdade. Assim como pra ele, a culpa o corrói, pra mim a mágoa e a falta de confiaça atrapalham.
No meu coração eu não quero me separar. Mas eu tb nao quero viver triste, chorando e imaginando... Preciso ter paz..

Enfim.. Isso tudo acaba com a gente ne..

Espero q seu esposo mude, que ele veja a importância que vc tem na vida dele, antes de te perder.

Força para nós!
avatar
Marco
Mensagens : 1437
Data de inscrição : 09/01/2017

Re: Esposa

em 13/2/2018, 22:34
Olá Esposa.

Que bom notar um progresso. Que seus esforços resultem em recompensa em dobro. Vc merece; Parabéns pela garra e e compromisso.

Procurem renovar a relação de vcs fazendo coisas novas. Saindo para lugares novos, experimento novidades etc. A novidade proveitosa lança picos de dopamina não só nele como também em vc. Enfim, seu esposo mantendo-se ocupado e ativo dá um bom passo contra a PMO.

Que tudo se resolva para o melhor.

Sucesso.
ADF
Mensagens : 23
Data de inscrição : 19/12/2017

Re: Esposa

em 14/2/2018, 10:10
Oi Marco!

Obrigada pelo carinho em suas palavras.
Apesar de toda mágoa, estamos fazendo isso. Temos passado mais tempo juntos como casal.. Nos beijado e abraçado mais. Renovamos nossas promessas.
Sempre fui mto fogosa, então tenho aproveitado pra atacar ele, assim eu penso que talvez ajude a ele se o sexo estiver sempre "em dia" rs
Ele tem correspondido bastante sexualmente, me dizendo coisas que preciso ouvir e me amado.
Isso nos aproximou mais.

Espero que com o tempo minha tristeza e medos fiquem para trás.
Oque mais desejo é esquecer tudo isso.
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum