Compartilhe
Ir em baixo
joaocrv
Mensagens : 145
Data de inscrição : 17/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Carvalho: DE + ER - Página 5 Empty Dia 57

em 16/2/2019, 08:56
PMO: sem vontade.
Libido normal/alta.
Uso apenas de Whatsapp.
Em uso de óleo cicatrizante na cabeça do pênis.
Meditando diariamente.
Sem ereções matinais.
Fazendo terapia.

De vuelta! Até assustei quando vi por aqui 57 dias! Quase chegando ao segundo mês!

Passando aqui para falar que tudo está ocorrendo tranquilamente. Pareço estar no caminho com força total, em nenhum momento pensando em voltar para o vício. Apesar de tudo, acabou que fiquei com um menino (apenas beijei), desviando um pouco do meu objetivo de hard mode. Creio que no carnaval, que está chegando, emus objetivos serão bem desviados (risos), mas sempre deixando de lado o vício. Sentindo no fundo do coração que esse é o ano para eu poder deixar isso tudo para trás e não cair nas armadilhas do PMO mais uma vez. Quero uma vida saudável!

Acabou que combinei de sair com um amigo meu para uma festa LGBT hoje. Vamos ver o que vai acontecer. E meio que combinei com um "pega" meu, que saimos bem de vez em quando, para encontrarmos. Creio que vai rolar um sexo oral se ocorrer o encontro. Para isso, ontem, tive que praticar um pouquinho de M, mas sem O sem nada. Só movimentos mecânicos. Tive que fazer isso pois quando fico muito tempo sem M, acaba que quando isso acontece (ou algum tipo de sexo), meu pênis fica muito inchado depois. Fiquei com medo de acontecer isso no meu encontro. Então tudo certo, não foi nada de mais.

Estou com um pouquinho de angústia em relação ao medo de não ficar ereto. É exatamente aquele momento que a gente começa a pensar em se testar. Mas isso realmente está fora de cogitação. Fora de cogitação não. MUITO fora de cogitação. Vou trabalhar minha cabeça para lembrar que tudo acontece na hora certa, sem ansiedades.

Passando por um momento bem tranquilo da minha vida: estou numa turma boa na faculdade, apesar de não estar na turma dos meus amigos. Pensei que isso seria um problema (já que tinha muito pânico em ficar longe dos meus amigos, principalmente da minha melhor amiga). Quando aconteceu isso no ano passado entrei em pânico. Esse ano tenho percebido uma evolução pessoal muito grande. Estou realmente muito feliz (e sem acontecer grandes coisas na minha vida).

Voltei à terapia. Estou animado! Dentre todas as coisas que conversamos, falamos sobre relacionamentos e o quanto eu amadureci no quesito de me amar mais e estar passando por uma fase na qual não estou necessariamente procurando alguém. Estou tão bem sozinho! (Acho que genuinamente, pela primeira vez na vida!). Vamos ver the way the cookies crumbles. Acho que vai ser ótimo esse meu retorno. Ela me disse muito sobre as expectativas, que tem que ser as menores possíveis, e sobre a gente aceitar mais as outras pessoas e o jeito delas. E uma coisa muito interessante, que, muitas vezes, a pessoa que a gente tem na nossa cabeça, que para nós seria perfeita, muitas vezes não nos satisfaz. Que tudo que se encaixa demais fica sem graça. A gente precisa de alguém que nos traga um "quê" a mais para deixar tudo mais instigante, interessante. E isso é a pura verdade: já fiquei com algumas pessoas que se encaixaram demais na minha vida e que acabei percebendo que não gostava delas, por mais que fossem legais, fofas e bonitas.

Gratidão por tudo que acontece! Gratidão por tudo que virá!
Força pra todos nós!
Like a Star @ heaven

_______________________________________

joaocrv
Mensagens : 145
Data de inscrição : 17/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Carvalho: DE + ER - Página 5 Empty Dia 58

em 21/2/2019, 19:33
Só uma pequena atualização: pratiquei M. Tive uma fissura enorme no domingo, quase que incontrolável. Mas agora (62 dias), dias já se passaram e está tudo mais tranquilo, apesar de minha libido estar nas ALTURAS.

Like a Star @ heaven

_______________________________________

David Silva
Mensagens : 1626
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 33
Ver perfil do usuário

Diário do Carvalho: DE + ER - Página 5 Empty Re: Diário do Carvalho: DE + ER

em 22/2/2019, 09:48
joaocrv escreveu:Só uma pequena atualização: pratiquei M. Tive uma fissura enorme no domingo, quase que incontrolável. Mas agora (62 dias), dias já se passaram e está tudo mais tranquilo, apesar de minha libido estar nas ALTURAS.

Like a Star @ heaven

Excelente.
Se foi M limpa não tem problema.
Força!

_______________________________________
Recordes:
90 dias - em 2015
71 dias - em 2016
32 dias - 2017 - maio
15 dias - 2017 - junho/julho
32 dias - 2017 - agosto
26 dias - 2018 - janeiro
81 dias - 2018 - julho
20 dias - 2018 - dezembro
15 dias - 2019 - janeiro/fevereiro
44 dias - 2019 - março/abril

joaocrv
Mensagens : 145
Data de inscrição : 17/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Carvalho: DE + ER - Página 5 Empty Dia 65

em 24/2/2019, 14:53
Ontem foi um dia bem difícil. (Cuidado, esse relato pode ter alguns gatilhos)

Saí com meus amigos para tocar num pré carnaval, e foi ótimo. Cheguei a beber bastante e toda hora deixava meu celular cair no chão, sendo que, por vezes, não percebia, e estranhos na rua me entregavam ele. Fui na casa de um colega, e quando saí de lá percebi que estava sem meu celular. Fiquei no chão. O celular era novo e eu perdi meu anterior há exatamente 6 meses. Não era possível que ia perder outro mais uma vez.
Procuramos a casa inteira. Tentamos ligar pra ele. Tocava, tocava, mas ninguém atendia. Fui da casa da minha amiga em direção à minha, a pé. Pelo caminho, estava desolado, sem esperança. Meu celular tinha custado nada menos que R$2.000 reais.
Estava tão arrasado que passei por uma sauna e queria descontar tudo lá. Engraçado, minha intuição dizia, de tempos em tempos, que era pra eu ficar tranquilo em relação ao celular. Nunca tinha ido em um local como esse. Cheguei lá, com muito medo e vergonha, com a camisa da minha faculdade ainda, com medo de alguém me ver. Entrei, meio constrangido. Lá estava cheio de homens com toalha. Fiquei muito excitado, até que fiquei com um menino e fiz sexo oral nele (fiz o máximo para não entrar em contato com a cabeça do pênis, com medo de pegar HIV - sei que mesmo assim tem chances de pegar outra doença). Depois, fiquei com outro garoto, mas sem fazer SO nele. Por fim, de umas 2 horas que já estava lá, fiquei com outro (nele sim realizei SO normal, mas não deixei ele  ejacular em minha boca). Saí de lá, com muita gente chegando. Fiquei muito constrangido, com vontade de desaparecer do lugar. Saí de lá com o maior nojo que poderia sentir de mim. Ainda mais ter acontecido de perder meu celular. Juntou tudo. Estava desolado.

Cheguei em casa chorando e liguei pros meus pais, eles me acalmaram. Disseram que poderia ter acontecido muito pior, que era pra eu não me importar com isso. Tomei 2 banhos e fui dormir (tomei medicação pra dormir) .A roupa que eu estava me enojava. Acordei às 3 da manhã com uma ideia de tentar rastrear meu celular. Entrei no site e infelizmente me disseram que o último rastreio ocorreu há 5 dias, mas tinha opção de deletar todo conteúdo dele ou bloquear. Eu, sem preparo nenhum, já fui logo excluindo todos os meus dados. Acabou que infelizmente acabei desbloqueando o celular e resetando seu padrão de fábrica, vulgo liberei o celular para qualquer um usar. Pensei que depois de excluir os dados dava para bloquear. Agora sim, sem esperanças nenhuma de encontrar meu celular: não dava nem para ligar para ele e, por mais que fosse uma pessoa do bem que tivesse achado, dificilmente ela conseguiria entrar em contato. Fui dormir, mais uma vez, pior do que eu estava. Tomei mais remédio. Quando acordei hoje, acordei melhor. Sou muito grato por eu ter internalizado que era apenas um pedaço de metal que havia perdido. E não faz sentido algum eu ficar mal por causa disso, apesar de ser compreensível pelo seu valor.
Hoje, pratiquei M, de tão pra baixo que eu estava. Em seguida, meditei por 15 minutos uma meditação que falava muito sobre auto perdão e aceitação. Fiquei bem melhor, aceitando muito melhor a situação. Cheguei a agradecer por tudo que tenho, pela minha saúde, pelos meus amigos e pela minha família: isso é tudo que tenho na vida!!
Às 10 da manhã recebi uma ligação: minha amiga disse que um colega nosso encontrou o celular dentro da casa dele! Estou sem acreditar até agora. Muito feliz! Minha intuição não me enganou em nenhum momento! Ainda estou me recuperando do baque de ontem, mas bem mais tranquilo e feliz. Sou muito grato por tudo que está acontecendo esse ano comigo... Estou sentindo minha energia diferente há algum tempo. E que tudo permaneça assim.

Gratidão ao universo que sempre tem trabalhado ao meu favor. Muita gratidão!
Like a Star @ heaven

_______________________________________

David Silva
Mensagens : 1626
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 33
Ver perfil do usuário

Diário do Carvalho: DE + ER - Página 5 Empty Re: Diário do Carvalho: DE + ER

em 24/2/2019, 15:29
joaocrv escreveu:Ontem foi um dia bem difícil. (Cuidado, esse relato pode ter alguns gatilhos)

Saí com meus amigos para tocar num pré carnaval, e foi ótimo. Cheguei a beber bastante e toda hora deixava meu celular cair no chão, sendo que, por vezes, não percebia, e estranhos na rua me entregavam ele. Fui na casa de um colega, e quando saí de lá percebi que estava sem meu celular. Fiquei no chão. O celular era novo e eu perdi meu anterior há exatamente 6 meses. Não era possível que ia perder outro mais uma vez.
Procuramos a casa inteira. Tentamos ligar pra ele. Tocava, tocava, mas ninguém atendia. Fui da casa da minha amiga em direção à minha, a pé. Pelo caminho, estava desolado, sem esperança. Meu celular tinha custado nada menos que R$2.000 reais.
Estava tão arrasado que passei por uma sauna e queria descontar tudo lá. Engraçado, minha intuição dizia, de tempos em tempos, que era pra eu ficar tranquilo em relação ao celular. Nunca tinha ido em um local como esse. Cheguei lá, com muito medo e vergonha, com a camisa da minha faculdade ainda, com medo de alguém me ver. Entrei, meio constrangido. Lá estava cheio de homens com toalha. Fiquei muito excitado, até que fiquei com um menino e fiz sexo oral nele (fiz o máximo para não entrar em contato com a cabeça do pênis, com medo de pegar HIV - sei que mesmo assim tem chances de pegar outra doença). Depois, fiquei com outro garoto, mas sem fazer SO nele. Por fim, de umas 2 horas que já estava lá, fiquei com outro (nele sim realizei SO normal, mas não deixei ele  ejacular em minha boca). Saí de lá, com muita gente chegando. Fiquei muito constrangido, com vontade de desaparecer do lugar. Saí de lá com o maior nojo que poderia sentir de mim. Ainda mais ter acontecido de perder meu celular. Juntou tudo. Estava desolado.

Cheguei em casa chorando e liguei pros meus pais, eles me acalmaram. Disseram que poderia ter acontecido muito pior, que era pra eu não me importar com isso. Tomei 2 banhos e fui dormir (tomei medicação pra dormir) .A roupa que eu estava me enojava. Acordei às 3 da manhã com uma ideia de tentar rastrear meu celular. Entrei no site e infelizmente me disseram que o último rastreio ocorreu há 5 dias, mas tinha opção de deletar todo conteúdo dele ou bloquear. Eu, sem preparo nenhum, já fui logo excluindo todos os meus dados. Acabou que infelizmente acabei desbloqueando o celular e resetando seu padrão de fábrica, vulgo liberei o celular para qualquer um usar. Pensei que depois de excluir os dados dava para bloquear. Agora sim, sem esperanças nenhuma de encontrar meu celular: não dava nem para ligar para ele e, por mais que fosse uma pessoa do bem que tivesse achado, dificilmente ela conseguiria entrar em contato. Fui dormir, mais uma vez, pior do que eu estava. Tomei mais remédio. Quando acordei hoje, acordei melhor. Sou muito grato por eu ter internalizado que era apenas um pedaço de metal que havia perdido. E não faz sentido algum eu ficar mal por causa disso, apesar de ser compreensível pelo seu valor.
Hoje, pratiquei M, de tão pra baixo que eu estava. Em seguida, meditei por 15 minutos uma meditação que falava muito sobre auto perdão e aceitação. Fiquei bem melhor, aceitando muito melhor a situação. Cheguei a agradecer por tudo que tenho, pela minha saúde, pelos meus amigos e pela minha família: isso é tudo que tenho na vida!!
Às 10 da manhã recebi uma ligação: minha amiga disse que um colega nosso encontrou o celular dentro da casa dele! Estou sem acreditar até agora. Muito feliz! Minha intuição não me enganou em nenhum momento! Ainda estou me recuperando do baque de ontem, mas bem mais tranquilo e feliz. Sou muito grato por tudo que está acontecendo esse ano comigo... Estou sentindo minha energia diferente há algum tempo. E que tudo permaneça assim.

Gratidão ao universo que sempre tem trabalhado ao meu favor. Muita gratidão!
Like a Star @ heaven


Que história!
A sauna era gay?

_______________________________________
Recordes:
90 dias - em 2015
71 dias - em 2016
32 dias - 2017 - maio
15 dias - 2017 - junho/julho
32 dias - 2017 - agosto
26 dias - 2018 - janeiro
81 dias - 2018 - julho
20 dias - 2018 - dezembro
15 dias - 2019 - janeiro/fevereiro
44 dias - 2019 - março/abril

avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 180
Data de inscrição : 24/06/2018
Idade : 45
Ver perfil do usuário

Diário do Carvalho: DE + ER - Página 5 Empty Re: Diário do Carvalho: DE + ER

em 26/2/2019, 09:47
Olá João!
Li o seu ultimo relato e percebi o quanto essa experiencia que vc passou foi intensa e deve ter te deixado para  baixo... eu nunca tive experiencias como a que vc teve, mas em situações dificeis como a que vc passou (sim, perder o celular pode parecer uma bobagem porque é só um aparelho, mas na hora pode nos deixar muito abalados) eu já tive o comportamento de buscar PMO como alivio, e acredito que esse é um comportamento que muitos de nós já teve de buscar PMO como alivio... Não sou de fazer nenhum julgamento (e acho que ninguém deve fazer) sobre os atos de ninguém, acho que todos tem o direito de fazer o que desejam desde que respeitem o outro, mas é importante avaliarmos se estamos nos fazendo bem... e me parece que ter ido a essa sauna não te fez bem, sinto ao ler o seu relato que vc buscou um alivio momentaneo parecido com a PMO, e isso foi induzido por um momento de frustração por ter perdido o celular, mas ao mesmo tempo não é positivo para o reboot buscarmos alivio sexual momentaneo por causa de alguma frustração...
Eu quis escrever isso para te ajudar a avaliar o seu reboot após essa experiencia, não tenho nenhuma intenção moralista na minha opinião e sim de te ajudar a avaliar o que essa experiencia afeta o seu reboot, para que vc possa continuar com os seus objetivos no reboot e na vida... Pelo que li do seu diario vc é muito determinado com as suas metas de vida , nos seus estudos e no contato com a familia, além de ser muito positivo e com um excelente astral, por isso acho que esse tipo de experiencia que vc teve, apesar de ter sido sexo real, não é positivo para o seu reboot e para as suas metas de vida.
Mas que bom que encontraram o seu celular e vc já está melhor.
Grande abraço!
joaocrv
Mensagens : 145
Data de inscrição : 17/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Carvalho: DE + ER - Página 5 Empty Re: Diário do Carvalho: DE + ER

em 4/3/2019, 09:49
David Silva escreveu:
joaocrv escreveu:Ontem foi um dia bem difícil. (Cuidado, esse relato pode ter alguns gatilhos)

Saí com meus amigos para tocar num pré carnaval, e foi ótimo. Cheguei a beber bastante e toda hora deixava meu celular cair no chão, sendo que, por vezes, não percebia, e estranhos na rua me entregavam ele. Fui na casa de um colega, e quando saí de lá percebi que estava sem meu celular. Fiquei no chão. O celular era novo e eu perdi meu anterior há exatamente 6 meses. Não era possível que ia perder outro mais uma vez.
Procuramos a casa inteira. Tentamos ligar pra ele. Tocava, tocava, mas ninguém atendia. Fui da casa da minha amiga em direção à minha, a pé. Pelo caminho, estava desolado, sem esperança. Meu celular tinha custado nada menos que R$2.000 reais.
Estava tão arrasado que passei por uma sauna e queria descontar tudo lá. Engraçado, minha intuição dizia, de tempos em tempos, que era pra eu ficar tranquilo em relação ao celular. Nunca tinha ido em um local como esse. Cheguei lá, com muito medo e vergonha, com a camisa da minha faculdade ainda, com medo de alguém me ver. Entrei, meio constrangido. Lá estava cheio de homens com toalha. Fiquei muito excitado, até que fiquei com um menino e fiz sexo oral nele (fiz o máximo para não entrar em contato com a cabeça do pênis, com medo de pegar HIV - sei que mesmo assim tem chances de pegar outra doença). Depois, fiquei com outro garoto, mas sem fazer SO nele. Por fim, de umas 2 horas que já estava lá, fiquei com outro (nele sim realizei SO normal, mas não deixei ele  ejacular em minha boca). Saí de lá, com muita gente chegando. Fiquei muito constrangido, com vontade de desaparecer do lugar. Saí de lá com o maior nojo que poderia sentir de mim. Ainda mais ter acontecido de perder meu celular. Juntou tudo. Estava desolado.

Cheguei em casa chorando e liguei pros meus pais, eles me acalmaram. Disseram que poderia ter acontecido muito pior, que era pra eu não me importar com isso. Tomei 2 banhos e fui dormir (tomei medicação pra dormir) .A roupa que eu estava me enojava. Acordei às 3 da manhã com uma ideia de tentar rastrear meu celular. Entrei no site e infelizmente me disseram que o último rastreio ocorreu há 5 dias, mas tinha opção de deletar todo conteúdo dele ou bloquear. Eu, sem preparo nenhum, já fui logo excluindo todos os meus dados. Acabou que infelizmente acabei desbloqueando o celular e resetando seu padrão de fábrica, vulgo liberei o celular para qualquer um usar. Pensei que depois de excluir os dados dava para bloquear. Agora sim, sem esperanças nenhuma de encontrar meu celular: não dava nem para ligar para ele e, por mais que fosse uma pessoa do bem que tivesse achado, dificilmente ela conseguiria entrar em contato. Fui dormir, mais uma vez, pior do que eu estava. Tomei mais remédio. Quando acordei hoje, acordei melhor. Sou muito grato por eu ter internalizado que era apenas um pedaço de metal que havia perdido. E não faz sentido algum eu ficar mal por causa disso, apesar de ser compreensível pelo seu valor.
Hoje, pratiquei M, de tão pra baixo que eu estava. Em seguida, meditei por 15 minutos uma meditação que falava muito sobre auto perdão e aceitação. Fiquei bem melhor, aceitando muito melhor a situação. Cheguei a agradecer por tudo que tenho, pela minha saúde, pelos meus amigos e pela minha família: isso é tudo que tenho na vida!!
Às 10 da manhã recebi uma ligação: minha amiga disse que um colega nosso encontrou o celular dentro da casa dele! Estou sem acreditar até agora. Muito feliz! Minha intuição não me enganou em nenhum momento! Ainda estou me recuperando do baque de ontem, mas bem mais tranquilo e feliz. Sou muito grato por tudo que está acontecendo esse ano comigo... Estou sentindo minha energia diferente há algum tempo. E que tudo permaneça assim.

Gratidão ao universo que sempre tem trabalhado ao meu favor. Muita gratidão!
Like a Star @ heaven


Que história!
A sauna era gay?

Oi querido! Sim!

_______________________________________

joaocrv
Mensagens : 145
Data de inscrição : 17/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Carvalho: DE + ER - Página 5 Empty Re: Diário do Carvalho: DE + ER

em 4/3/2019, 09:57
Nino escreveu:Olá João!
Li o seu ultimo relato e percebi o quanto essa experiencia que vc passou foi intensa e deve ter te deixado para  baixo... eu nunca tive experiencias como a que vc teve, mas em situações dificeis como a que vc passou (sim, perder o celular pode parecer uma bobagem porque é só um aparelho, mas na hora pode nos deixar muito abalados) eu já tive o comportamento de buscar PMO como alivio, e acredito que esse é um comportamento que muitos de nós já teve de buscar PMO como alivio... Não sou de fazer nenhum julgamento (e acho que ninguém deve fazer) sobre os atos de ninguém, acho que todos tem o direito de fazer o que desejam desde que respeitem o outro, mas é importante avaliarmos se estamos nos fazendo bem... e me parece que ter ido a essa sauna não te fez bem, sinto ao ler o seu relato que vc buscou um alivio momentaneo parecido com a PMO, e isso foi induzido por um momento de frustração por ter perdido o celular, mas ao mesmo tempo não é positivo para o reboot buscarmos alivio sexual momentaneo por causa de alguma frustração...
Eu quis escrever isso para te ajudar a avaliar o seu reboot após essa experiencia, não tenho nenhuma intenção moralista na minha opinião e sim de te ajudar a avaliar o que essa experiencia afeta o seu reboot, para que vc possa continuar com os seus objetivos no reboot e na vida... Pelo que li do seu diario vc é muito determinado com as suas metas de vida , nos seus estudos e no contato com a familia, além de ser muito positivo e com um excelente astral, por isso acho que esse tipo de experiencia que vc teve, apesar de ter sido sexo real, não é positivo para o seu reboot e para as suas metas de vida.
Mas que bom que encontraram o seu celular e vc já está melhor.
Grande abraço!

Oi meu querido! Gratidão pela mensagem!

Sim... Realmente você tem razão! Entendo tudo que você disse! Pensei em resetar logo depois que isso aconteceu, mas parei para pensar um pouco e vi que o meu caso foi um pouquinho diferente. Creio que aquilo que aconteceu foi, olhando por um lado, um certo avanço para mim: de me sentir a vontade com meu corpo na frente dos outros e de ter coragem de arriscar sexo com alguém. Na minha vida toda tive esse medo de sexo instantâneo, sem conhecer as outras pessoas intimamente (geralmente só faço sexo com alguém quando estou namorando ou ficando sério). E olhando por esse lado seu é realmente o que costumamos fazer quando temos uma decepção, mas de um jeito um pouquinho diferente: descontar tudo na pornografia.
Muita gratidão por todas as palavras! Muita luz no seu caminho!
Like a Star @ heaven

_______________________________________

joaocrv
Mensagens : 145
Data de inscrição : 17/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Carvalho: DE + ER - Página 5 Empty Dia 73

em 4/3/2019, 10:12
Chegar a esse ponto me assusta! Acho que, pela correria, tenho esquecido de acompanhar os dias.

Vim para (tentar) fazer um relato mais rápido.

Semana passada foi uma semana muito estranha pra mim. Estava com a energia muito baixa depois do que aconteceu (sauna + perda do celular). Lá para quinta feira passada tive um dos dias mais estranhos de todos. Acordei muito, mas muito nervoso. Minha energia beirou a zero. Estava muito estressado com tudo e com todos. Fui à aula de manhã no hospital mas nem meus amigos eu conseguia trocar palavras. Com muita dificuldade, quase fazendo um teatro, consegui atender 2 pacientes. Fingi que estava tudo bem. Resolvi faltar aula de tarde. Cheguei em casa, dormi bastante, ficando melhor e depois pedi uma moça de um grupo para me mandar reiki à distância. Depois disso, fiz uma meditação tão incrível, de re-balanço de chakras. Me senti muito melhor, mas muito mesmo. No dia seguinte, sexta, estava radiante. Como a meditação e o reiki são poderosos, né!?
Estava até cogitando ir para a casa dos meus avós no carnaval, para ficar quieto. Mas não aguentei e estou aqui curtindo o carnaval na capital. Estou tão feliz!
Apesar de tudo, no sábado decidi ir mais uma vez na sauna. Estava com muita vontade de ficar com alguém sexualmente. Chegando lá, curti com alguns caras, mas não tinha feito SO em ninguém. Beijei vários caras muito gatos. No fim, acabei ficando (com sexo oral) com o mesmo cara com que fiquei da outra vez, coincidentemente. Não cheguei ao O. Não teve penetração.

Logo depois de sair de lá, me senti mal, mais uma vez. Cheguei em casa e só quis tomar banho e dormir. Decidi que nunca mais voltarei lá. Nunca mais mesmo. Toda vez que fui me senti um lixo depois. Sou muito sismado com doença, e saí de lá com muito medo de ter pegado alguma DST (meu medo maior é HIV, apesar de que li em vários lugares, com referências, que é extremamente difícil pegar a doença por sexo oral). Cheguei a pensar em resetar (anteontem depois da sauna quase abri uma P e me M, já que estava quase resetando por tudo que está acontecendo). Mas me segurei e resolvi dar uma chance. Não senti que caí. Daqui para frente voltarei para meu normal (sem P e sem MO).
Ontem, apesar de tudo, me senti estonteante de tão feliz, assim como estou hoje. Fiz um exame de DSTs semana passada e estou esperando o resultado. Vai dar tudo certo!

Depois do ocorrido, não tenho querido ficar com ninguém (é até estranho sentir isso, porque sempre quero beijar muito no carnaval). Estou ficando, nesse carnaval, com um menino supostamente hétero, amigo do namorado da minha amiga. Está sendo legal. Fiquei com algumas outras pessoas e ontem (não ia ficar com ninguém) abri uma exceção e fiquei com um menino muito muito lindo que chegou em mim. Estou animadíssimo para sair hoje. Feliz e muito grato por tudo que tenho e tudo que estou vivendo. Sou abençoado!
Like a Star @ heaven

_______________________________________

Lord
Mensagens : 31
Data de inscrição : 08/01/2019
Idade : 20
Ver perfil do usuário

Diário do Carvalho: DE + ER - Página 5 Empty Re: Diário do Carvalho: DE + ER

em 4/3/2019, 14:23
joaocrv escreveu:Chegar a esse ponto me assusta! Acho que, pela correria, tenho esquecido de acompanhar os dias.

Vim para (tentar) fazer um relato mais rápido.

Semana passada foi uma semana muito estranha pra mim. Estava com a energia muito baixa depois do que aconteceu (sauna + perda do celular). Lá para quinta feira passada tive um dos dias mais estranhos de todos. Acordei muito, mas muito nervoso. Minha energia beirou a zero. Estava muito estressado com tudo e com todos. Fui à aula de manhã no hospital mas nem meus amigos eu conseguia trocar palavras. Com muita dificuldade, quase fazendo um teatro, consegui atender 2 pacientes. Fingi que estava tudo bem. Resolvi faltar aula de tarde. Cheguei em casa, dormi bastante, ficando melhor e depois pedi uma moça de um grupo para me mandar reiki à distância. Depois disso, fiz uma meditação tão incrível, de re-balanço de chakras. Me senti muito melhor, mas muito mesmo. No dia seguinte, sexta, estava radiante. Como a meditação e o reiki são poderosos, né!?
Estava até cogitando ir para a casa dos meus avós no carnaval, para ficar quieto. Mas não aguentei e estou aqui curtindo o carnaval na capital. Estou tão feliz!
Apesar de tudo, no sábado decidi ir mais uma vez na sauna. Estava com muita vontade de ficar com alguém sexualmente. Chegando lá, curti com alguns caras, mas não tinha feito SO em ninguém. Beijei vários caras muito gatos. No fim, acabei ficando (com sexo oral) com o mesmo cara com que fiquei da outra vez, coincidentemente. Não cheguei ao O. Não teve penetração.

Logo depois de sair de lá, me senti mal, mais uma vez. Cheguei em casa e só quis tomar banho e dormir. Decidi que nunca mais voltarei lá. Nunca mais mesmo. Toda vez que fui me senti um lixo depois. Sou muito sismado com doença, e saí de lá com muito medo de ter pegado alguma DST (meu medo maior é HIV, apesar de que li em vários lugares, com referências, que é extremamente difícil pegar a doença por sexo oral). Cheguei a pensar em resetar (anteontem depois da sauna quase abri uma P e me M, já que estava quase resetando por tudo que está acontecendo). Mas me segurei e resolvi dar uma chance. Não senti que caí. Daqui para frente voltarei para meu normal (sem P e sem MO).
Ontem, apesar de tudo, me senti estonteante de tão feliz, assim como estou hoje. Fiz um exame de DSTs semana passada e estou esperando o resultado. Vai dar tudo certo!

Depois do ocorrido, não tenho querido ficar com ninguém (é até estranho sentir isso, porque sempre quero beijar muito no carnaval). Estou ficando, nesse carnaval, com um menino supostamente hétero, amigo do namorado da minha amiga. Está sendo legal. Fiquei com algumas outras pessoas e ontem (não ia ficar com ninguém) abri uma exceção e fiquei com um menino muito muito lindo que chegou em mim. Estou animadíssimo para sair hoje. Feliz e muito grato por tudo que tenho e tudo que estou vivendo. Sou abençoado!
Like a Star @ heaven

Show João, você se conscientizou sobre o mal que a sauna pode te fazer, acho que algumas pessoas podem até se viciar em ambientes assim, é complicado, mas é bom conhecer e experimentar para matar a curiosidade. Eu nunca fui, nem pretendo, mas não descarto a possibilidade de ir uma (ou duas) vez para matar a vontade. Não se sinta mal por conta disso. Sobre o DSTs por sexo oral também fico bem preocupado com isso, sexo anal somente com camisinha mas oral é impossível né. Apesar das chances serem minimas ainda fico encabulado com isso. Fica bem irmão, aproveita o restinho de carnaval. Twisted Evil

_______________________________________

Meu diário
joaocrv
Mensagens : 145
Data de inscrição : 17/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Carvalho: DE + ER - Página 5 Empty Re: Diário do Carvalho: DE + ER

em 5/3/2019, 10:54
Lord escreveu:
joaocrv escreveu:Chegar a esse ponto me assusta! Acho que, pela correria, tenho esquecido de acompanhar os dias.

Vim para (tentar) fazer um relato mais rápido.

Semana passada foi uma semana muito estranha pra mim. Estava com a energia muito baixa depois do que aconteceu (sauna + perda do celular). Lá para quinta feira passada tive um dos dias mais estranhos de todos. Acordei muito, mas muito nervoso. Minha energia beirou a zero. Estava muito estressado com tudo e com todos. Fui à aula de manhã no hospital mas nem meus amigos eu conseguia trocar palavras. Com muita dificuldade, quase fazendo um teatro, consegui atender 2 pacientes. Fingi que estava tudo bem. Resolvi faltar aula de tarde. Cheguei em casa, dormi bastante, ficando melhor e depois pedi uma moça de um grupo para me mandar reiki à distância. Depois disso, fiz uma meditação tão incrível, de re-balanço de chakras. Me senti muito melhor, mas muito mesmo. No dia seguinte, sexta, estava radiante. Como a meditação e o reiki são poderosos, né!?
Estava até cogitando ir para a casa dos meus avós no carnaval, para ficar quieto. Mas não aguentei e estou aqui curtindo o carnaval na capital. Estou tão feliz!
Apesar de tudo, no sábado decidi ir mais uma vez na sauna. Estava com muita vontade de ficar com alguém sexualmente. Chegando lá, curti com alguns caras, mas não tinha feito SO em ninguém. Beijei vários caras muito gatos. No fim, acabei ficando (com sexo oral) com o mesmo cara com que fiquei da outra vez, coincidentemente. Não cheguei ao O. Não teve penetração.

Logo depois de sair de lá, me senti mal, mais uma vez. Cheguei em casa e só quis tomar banho e dormir. Decidi que nunca mais voltarei lá. Nunca mais mesmo. Toda vez que fui me senti um lixo depois. Sou muito sismado com doença, e saí de lá com muito medo de ter pegado alguma DST (meu medo maior é HIV, apesar de que li em vários lugares, com referências, que é extremamente difícil pegar a doença por sexo oral). Cheguei a pensar em resetar (anteontem depois da sauna quase abri uma P e me M, já que estava quase resetando por tudo que está acontecendo). Mas me segurei e resolvi dar uma chance. Não senti que caí. Daqui para frente voltarei para meu normal (sem P e sem MO).
Ontem, apesar de tudo, me senti estonteante de tão feliz, assim como estou hoje. Fiz um exame de DSTs semana passada e estou esperando o resultado. Vai dar tudo certo!

Depois do ocorrido, não tenho querido ficar com ninguém (é até estranho sentir isso, porque sempre quero beijar muito no carnaval). Estou ficando, nesse carnaval, com um menino supostamente hétero, amigo do namorado da minha amiga. Está sendo legal. Fiquei com algumas outras pessoas e ontem (não ia ficar com ninguém) abri uma exceção e fiquei com um menino muito muito lindo que chegou em mim. Estou animadíssimo para sair hoje. Feliz e muito grato por tudo que tenho e tudo que estou vivendo. Sou abençoado!
Like a Star @ heaven

Show João, você se conscientizou sobre o mal que a sauna pode te fazer, acho que algumas pessoas podem até se viciar em ambientes assim, é complicado, mas é bom conhecer e experimentar para matar a curiosidade. Eu nunca fui, nem pretendo, mas não descarto a possibilidade de ir uma (ou duas) vez para matar a vontade. Não se sinta mal por conta disso. Sobre o DSTs por sexo oral também fico bem preocupado com isso, sexo anal somente com camisinha mas oral é impossível né. Apesar das chances serem minimas ainda fico encabulado com isso. Fica bem irmão, aproveita o restinho de carnaval. Twisted Evil

Oi querido! É isso aí! Tudo é experiencia, né!? A gente não pode se limitar às coisas sem experimentar. Vai que minha visão tivesse sido diferente e eu começasse a frequentar de forma saudável? Nunca se sabe. Hoje, ainda mais, acho que aquele lugar não é para mim, apesar de não julgar, de forma alguma, quem gosta de aparecer por lá. O que tirei de positivo acho que foi um pequeno passo que dei em relação a ficar com outras pessoas (de forma sexual) sem ter envolvimento emocional. Às vezes fico querendo fazer isso, até porque creio que vivo uma vida um pouco limitada por essas minhas preferências. Aí às vezes o que me restava era a masturbação, se eu não me envolvesse com alguém. E acho que estou vivendo coisa parecida agora: fico me perguntando - o que farei quando bater a vontade grande de transar com alguém? Hoje, por exemplo, estou com a libido altíssima. E já cheguei a pensar em praticar uma M limpa. Mas seria isso bom? Seria isso adequado? Não sei, mas acho que não. Ia perder uma parte do meu propósito, que é a de recuperar também a sensibilidade peniana.
A única coisa que queria era ser mais livre. Se deu vontade de transar, que transe. Enfim, acho que esse é um desafio que tenho que enfrentar, baseado todo na minha insegurança de ocorrer ER e DE durante a relação.

Grande abraço, querido! Gratidão pela mensagem! Te desejo força e muita luz!
Like a Star @ heaven

_______________________________________

donanfer
Mensagens : 8
Data de inscrição : 09/03/2019
Idade : 25
Ver perfil do usuário

Diário do Carvalho: DE + ER - Página 5 Empty Re: Diário do Carvalho: DE + ER

em 9/3/2019, 12:25
Oi João, boa tarde!
Primeiro, li seu diário quase tudo e foi uma coisa maravilhosa. Você me deu forças para continuar, sou meio que novato aqui, comecei meu diário e vou acompanhar outros, o seu foi o primeiro e queria te dizer, que pela sua escrita e pelo que você demonstra ao escrever, sinto que é uma pessoa maravilhosa.  Venceremos! Smile

Um abraço!

_______________________________________
Clique aqui e companhe meu diáro!

joaocrv
Mensagens : 145
Data de inscrição : 17/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Carvalho: DE + ER - Página 5 Empty Re: Diário do Carvalho: DE + ER

em 24/3/2019, 11:09
donanfer escreveu:Oi João, boa tarde!
Primeiro, li seu diário quase tudo e foi uma coisa maravilhosa. Você me deu forças para continuar, sou meio que novato aqui, comecei meu diário e vou acompanhar outros, o seu foi o primeiro e queria te dizer, que pela sua escrita e pelo que você demonstra ao escrever, sinto que é uma pessoa maravilhosa.  Venceremos! Smile

Um abraço!

Oi querido!
Gratidão pelas palavras e por ter lido essa bíblia! Te desejo muita força! Aproveite que está começando do zero e comece com força total! Parabéns pelos 21 dias!
Grande abraço!
Like a Star @ heaven

_______________________________________

joaocrv
Mensagens : 145
Data de inscrição : 17/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Carvalho: DE + ER - Página 5 Empty Dia 93

em 24/3/2019, 11:32
PMO: sem vontade.
Libido normal/alta.
Uso apenas de Whatsapp.
Em uso de óleo cicatrizante na cabeça do pênis.
Meditando esporadicamente.
Esporádicas ereções matinais.
Sem terapia.

Passei dos 90 dias e nem tinha me dado conta!

Atualmente não estou tendo tempo nem de checar minha conta aqui e nem de atualizar muito bem meu diário. Estou numa parte do meu internato que estou dando muitos plantões, inclusive de madrugada e aos fins de semana. Meu dia está realmente muito corrido. Tudo que tenho pensado é em estudar para a residência, para o internato e só.

Estou passando por aquele período ainda, que realmente superou minhas expectativas (rsrs). Lembram que estava sem vontade alguma de conhecer pessoas e estava sentindo bem comigo mesmo? Então. No meio do caminho, entre aquele relato e esse, entrei em todos os aplicativos possíveis. Mas não ficava mais naquela ansiedade de antes, de querer ficar mexendo o tempo todo. Acho que muito pelo contrário, só respondia as mensagens que recebia. E me interessava por pouquíssimas pessoas. Nisso, essa semana, decidi deletar os aplicativos. Estava mais "cá do que lá". Não tinha interesse algum em conhecer ou sair com alguém, parece que estava mais lá por diversão. Falando nisso, às vezes recebia alguns nudes e olhava. Mas nada de ficar M enquanto olhava. Só olhava mesmo e fechava. Isso às vezes pesava minha consciência, mas acho que não é motivo para resetar.

Nesse meio tempo também conheci um carinha bacana (Lucas), que estou conversando até hoje. Já tem umas 2 semanas que estamos em contato, conversando todos os dias, mas minha falta de interesse é tanta (não nele, mas em conhecer novas pessoas - em condições normais eu já teria encontrado com ele) que estou enrolando para sair com o Lucas. Além disso tem a falta de tempo e minha vontade de ficar em casa descansando.
É incrível como que a sociedade tem efeito muito grande nas nossas vidas. Cheguei a ficar me cobrando pra sair, mesmo sem vontade. Os pensamentos que vinham na minha cabeça eram: mas menino, vc está há quase 1 ano sem sair em dates! mas menino, você está há mais de 1 ano sem transar! mas menino, todos os seus amigos estão namorando e você aí sozinho! mas menino, mas menino...!
Parei para pensar bem. Isso é meu ego falando, não minha essência. A minha essência está me dizendo para ficar quieto. Essa é minha vontade genuína. De vem em quando ir na balada ou em algum lugar e dar uns beijos e pronto! Parei de pensar nas cobranças que a sociedade indiretamente faz sobre a gente... Não preciso de um namorado para ser feliz, pois já estou MUITO! Very Happy
A única pessoa na qual eu tenho interesse atualmente é o puxador da bateria que faço parte. Mas não sei se ele é hétero ou o quê. Está mais para assexuado (como diz a melhor amiga dele). Ele já namorou meninas mas é super fofo, tem mais amigas do que amigos, usa expressões como "miga", foi ao carnaval com um tirante LGBT e me abraça forte todas as vezes que me vê. Então não dá para saber ao certo (essas são informações muito vagas que podem não dizer nada sobre a sexualidade).

Durante esse período também, praticava, de 15 em 15 dias aproximadamente, M. Teve uma época que era de semana em semana (mas comecei a achar meio compulsivo e parei). Sempre M limpas, curtindo meu próprio corpo e não fantasiando com nada. Aliás, a única coisa que me tem dado vontade é de M de vez em quando (mas acho que isso é até fisiológico, até porque não to tendo interesse em ficar com outras pessoas).

Ufa! Acho que é isso! A gente passa por alguns perrengues mas seguimos no objetivo.
Força para todos nós e muito foco na saúde sexual! P nunca mais!
Like a Star @ heaven

_______________________________________

David Silva
Mensagens : 1626
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 33
Ver perfil do usuário

Diário do Carvalho: DE + ER - Página 5 Empty Re: Diário do Carvalho: DE + ER

em 24/3/2019, 16:06
Acho que em partes sua história se parece com a minha, porque no processo acabo tendo contato com uma foto ou outra sensual, o meu é mais pelo Instagram. Mas não vejo motivo pra resetar mesmo não, porque dos vídeos que são o pior, estamos salvos. No meu caso to usando bloqueador. A M eu tenho praticado umas 2 ou 3 por semana. Índice alto, mas não consigo. Força irmão. Fiquei na dúvida se vale a pena vc investir nesse puxador aí. Sei lá ele me parece meio confuso.

_______________________________________
Recordes:
90 dias - em 2015
71 dias - em 2016
32 dias - 2017 - maio
15 dias - 2017 - junho/julho
32 dias - 2017 - agosto
26 dias - 2018 - janeiro
81 dias - 2018 - julho
20 dias - 2018 - dezembro
15 dias - 2019 - janeiro/fevereiro
44 dias - 2019 - março/abril

will_broots
Moderador
Moderador
Mensagens : 538
Data de inscrição : 08/06/2016
Ver perfil do usuário

Diário do Carvalho: DE + ER - Página 5 Empty Re: Diário do Carvalho: DE + ER

em 24/3/2019, 16:49
joaocrv escreveu:PMO: sem vontade.
Libido normal/alta.
Uso apenas de Whatsapp.
Em uso de óleo cicatrizante na cabeça do pênis.
Meditando esporadicamente.
Esporádicas ereções matinais.
Sem terapia.

Passei dos 90 dias e nem tinha me dado conta!

Atualmente não estou tendo tempo nem de checar minha conta aqui e nem de atualizar muito bem meu diário. Estou numa parte do meu internato que estou dando muitos plantões, inclusive de madrugada e aos fins de semana. Meu dia está realmente muito corrido. Tudo que tenho pensado é em estudar para a residência, para  o internato e só.

Estou passando por aquele período ainda, que realmente superou minhas expectativas (rsrs). Lembram que estava sem vontade alguma de conhecer pessoas e estava sentindo bem comigo mesmo? Então. No meio do caminho, entre aquele relato e esse, entrei em todos os aplicativos possíveis. Mas não ficava mais naquela ansiedade de antes, de querer ficar mexendo o tempo todo. Acho que muito pelo contrário, só respondia as mensagens que recebia. E me interessava por pouquíssimas pessoas. Nisso, essa semana, decidi deletar os aplicativos. Estava mais "cá do que lá". Não tinha interesse algum em conhecer ou sair com alguém, parece que estava mais lá por diversão. Falando nisso, às vezes recebia alguns nudes e olhava. Mas nada de ficar M enquanto olhava. Só olhava mesmo e fechava. Isso às vezes pesava minha consciência, mas acho que não é motivo para resetar.

Nesse meio tempo também conheci um carinha bacana (Lucas), que estou conversando até hoje. Já tem umas 2 semanas que estamos em contato, conversando todos os dias, mas minha falta de interesse é tanta (não nele, mas em conhecer novas pessoas - em condições normais eu já teria encontrado com ele) que estou enrolando para sair com o Lucas. Além disso tem a falta de tempo e minha vontade de ficar em casa descansando.
É incrível como que a sociedade tem efeito muito grande nas nossas vidas. Cheguei a ficar me cobrando pra sair, mesmo sem vontade. Os pensamentos que vinham na minha cabeça eram: mas menino, vc está há quase 1 ano sem sair em dates! mas menino, você está há mais de 1 ano sem transar! mas menino, todos os seus amigos estão namorando e você aí sozinho! mas menino, mas menino...!
Parei para pensar bem. Isso é meu ego falando, não minha essência. A minha essência está me dizendo para ficar quieto. Essa é minha vontade genuína. De vem em quando ir na balada ou em algum lugar e dar uns beijos e pronto! Parei de pensar nas cobranças que a sociedade indiretamente faz sobre a gente... Não preciso de um namorado para ser feliz, pois já estou MUITO!  Very Happy
A única pessoa na qual eu tenho interesse atualmente é o puxador da bateria que faço parte. Mas não sei se ele é hétero ou o quê. Está mais para assexuado (como diz a melhor amiga dele). Ele já namorou meninas mas é super fofo, tem mais amigas do que amigos, usa expressões como "miga", foi ao carnaval com um tirante LGBT e me abraça forte todas as vezes que me vê. Então não dá para saber ao certo (essas são informações muito vagas que podem não dizer nada sobre a sexualidade).

Durante esse período também, praticava, de 15 em 15 dias aproximadamente, M. Teve uma época que era de semana em semana (mas comecei a achar meio compulsivo e parei). Sempre M limpas, curtindo meu próprio corpo e não fantasiando com nada. Aliás, a única coisa que me tem dado vontade é de M de vez em quando (mas acho que isso é até fisiológico, até porque não to tendo interesse em ficar com outras pessoas).

Ufa! Acho que é isso! A gente passa por alguns perrengues mas seguimos no objetivo.
Força para todos nós e muito foco na saúde sexual! P nunca mais!
Like a Star @ heaven

Oi lindinho! Que bom. Me identifiquei muito com seu texto na parte de estar de boa com namoro. Depois que eu terminei com o meu ex, eu vejo que estou na mesma situação. Já me fudi muito com apps de pegação, inclusive no sentido do reboot mesmo, então não fico mais buscando ''fast-foda'' lá e nem ficantes em geral. Tô indo muito pouco em festas da universidade e tô muito bem assim, tô numa fase mais caseiro, curtindo sair de casa sozinho. É aquela história de aprender a se amar pra poder amar os outros.

Quanto à M, confesso que estou querendo fazer essas submetas de M limpa durante o reboot, pq, depois de alguns resets, eu sinto que não tenho mais o pique de ''parar tudo'' que nem nos primeiros reboots (os que deram certo), então creio que isso pode me ajudar, mas vou me analisar conforme o tempo for passando. Mas pretendo fazer, no máximo, uma por semana nesse começo e espaçar pra 15 em 15 dias com o passar do tempo, assim como vc.

Quanto ao puxador, tá parecendo mais um boy hétero, no máximo, flexível, que, se tiver algo com vc ou outro homem, vai ser na famosa ''broderagem''. E ainda é capaz de te usar e jogar fora rsrsrsr, daqueles bem embustes q dps q rolar algo vai fingir q nem te conhece e tals... Desculpa a negatividade, mas se cuida.

Bjinho.

_______________________________________





''All good things to those who wait'' (Mother Gothel, Enrolados)
joaocrv
Mensagens : 145
Data de inscrição : 17/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Carvalho: DE + ER - Página 5 Empty Re: Diário do Carvalho: DE + ER

em 14/4/2019, 09:29
Olá meus queridos David e Will! Muito obrigado pelo apoio de sempre!

David, vou relatar a seguir, mas a M está sendo meu pior problema no momento! É muito difícil se segurar, principalmente em momentos de maior tensão...

Will, como você estabeleceu? Está conseguindo fazer essas M limpas e periódicas?
Não sei você, mas ainda continuo naquele "limbo amoroso", no qual não estou querendo me relacionar com ninguém no momento... Faz tempo até que beijo na boca! Rsrs

Bjo a vocês!
Like a Star @ heaven

_______________________________________

joaocrv
Mensagens : 145
Data de inscrição : 17/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Carvalho: DE + ER - Página 5 Empty Dia 114

em 14/4/2019, 09:43
PMO: vontade muito alta.
Libido alta.
Uso apenas de Whatsapp.
Em uso de óleo cicatrizante na cabeça do pênis.
Sem meditações, estresse muito alto por causa da faculdade.
Frequentes ereções matinais.
Sem terapia.

Olá meus queridos! Quanto tempo não venho aqui...

Resolvi passar por aqui, inicialmente para um relato mais rapidinho.

Depois do dia 100, mais ou menos, estou tendo muita dificuldade de controlar as M que vinha realizando esporadicamente. Está me dando vontade de fazer a prática aproximadamente de 2 a 3 vezes na semana, o que, ao meu ver, não se torna fisiológico, mas compulsivo.
Estou passando por um momento de estresse muito grande na faculdade, sobretudo nessa última semana. Como faço cursinho para residência, estou muito apertado para concilia-lo com a faculdade. Nessa última semana o deixei mais de lado para estudar para uma prova (oral) que tenho amanhã, na segunda feira. Estou, literalmente, estudando a todo momento que posso, descansando muito pouco. Além disso, tenho que dividir horários com plantões (às vezes, até noturnos no hospital).

Então realmente está muito cansativo. Meu nível de estresse está relativamente alto. Então acaba que recupera um pouco do vício, que a gente costumava descontar tudo na PMO. Estou me segurando ao máximo para não praticar. E, além da M, está me dando muita vontade de ver P, infelizmente. Como não tenho instagram, facebook e raramente vejo fotos sensuais de homens, que as pessoas veem frequentemente pelo instagram, por exemplo, está me dando uma abstinência muito grande. Chego a procurar algumas fotos na internet, de famosos sem camisa, só para acalmar meus ânimos, mas nada de pornografia. Acho que passando esse estresse todo, que acabará amanhã, essa vontade toda irá passar, sendo que poderei voltar a meditar tranquilamente e irei tentar descansar e voltar aos eixos no feriado da semana santa, que irei viajar para o interior (melhor coisa do mundo pra mim) e contemplar a simplicidade.
Além de tudo, estou eliminando muito sêmen na urina. Até fiquei com medo nos primeiros dias que isso começou a ocorrer, já que não sabia o motivo para minha urina ficar tão turva. Era uma coisa bizarra. Só depois que fui associar.

Estou registrando na agenda todas as minhas M. Vou até descreve-las aqui, a partir de fevereiro, contando como semana 1:
Fevereiro
- semana 1: 0
- semana 2: 0
- semana 3: 1
- semana 4: 1
Março
- semana 5: 0
- semana 6: 1
- semana 7: 1
- semana 8: 0
Abril
- semana 9: 1
- semana 10: 2
- semana 11: 1

Analisando agora vejo que está razoável, mas a frequência aumentou de 15 em 15 dias, para toda semana e, agora em abril, 2 por semana, intercalada com 1. Então tenho que me policiar para tentar manter, no máximo, 1 por semana, apesar de serem M limpas.
A última coisa: sempre sinto que no dia que me M, me sinto muito fraco e muito indisposto, só querendo dormir, além de piorar meu humor. Incrível, né!? Tenho que limitar isso.

Como não tenho tido nenhuma experiência real com alguém, nesse ano, não sei a que pernas anda minha recuperação, mas vejo que toda M que realizo consigo chegar ao O rapidamente, sem fantasiar sem nada (o que era IMPOSSÍVEL de chegar quando estava imerso no vício - mesmo tendo um espaço grande entre as práticas)

Desejo força a todos. Pensem sempre a longo prazo (é o que estou tentando para obter sucesso, dia após dia). Gostaria muito de acompanhar vocês, mas realmente minha rotina está bem difícil.

Bjo  Like a Star @ heaven

_______________________________________

avatar
Mensagens : 361
Data de inscrição : 07/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Carvalho: DE + ER - Página 5 Empty Re: Diário do Carvalho: DE + ER

em 18/4/2019, 21:35
joaocrv escreveu:PMO: vontade muito alta.
Libido alta.
Uso apenas de Whatsapp.
Em uso de óleo cicatrizante na cabeça do pênis.
Sem meditações, estresse muito alto por causa da faculdade.
Frequentes ereções matinais.
Sem terapia.

Olá meus queridos! Quanto tempo não venho aqui...

Resolvi passar por aqui, inicialmente para um relato mais rapidinho.

Depois do dia 100, mais ou menos, estou tendo muita dificuldade de controlar as M que vinha realizando esporadicamente. Está me dando vontade de fazer a prática aproximadamente de 2 a 3 vezes na semana, o que, ao meu ver, não se torna fisiológico, mas compulsivo.
Estou passando por um momento de estresse muito grande na faculdade, sobretudo nessa última semana. Como faço cursinho para residência, estou muito apertado para concilia-lo com a faculdade. Nessa última semana o deixei mais de lado para estudar para uma prova (oral) que tenho amanhã, na segunda feira. Estou, literalmente, estudando a todo momento que posso, descansando muito pouco. Além disso, tenho que dividir horários com plantões (às vezes, até noturnos no hospital).

Então realmente está muito cansativo. Meu nível de estresse está relativamente alto. Então acaba que recupera um pouco do vício, que a gente costumava descontar tudo na PMO. Estou me segurando ao máximo para não praticar. E, além da M, está me dando muita vontade de ver P, infelizmente. Como não tenho instagram, facebook e raramente vejo fotos sensuais de homens, que as pessoas veem frequentemente pelo instagram, por exemplo, está me dando uma abstinência muito grande. Chego a procurar algumas fotos na internet, de famosos sem camisa, só para acalmar meus ânimos, mas nada de pornografia. Acho que passando esse estresse todo, que acabará amanhã, essa vontade toda irá passar, sendo que poderei voltar a meditar tranquilamente e irei tentar descansar e voltar aos eixos no feriado da semana santa, que irei viajar para o interior (melhor coisa do mundo pra mim) e contemplar a simplicidade.
Além de tudo, estou eliminando muito sêmen na urina. Até fiquei com medo nos primeiros dias que isso começou a ocorrer, já que não sabia o motivo para minha urina ficar tão turva. Era uma coisa bizarra. Só depois que fui associar.

Estou registrando na agenda todas as minhas M. Vou até descreve-las aqui, a partir de fevereiro, contando como semana 1:
Fevereiro
- semana 1: 0
- semana 2: 0
- semana 3: 1
- semana 4: 1
Março
- semana 5: 0
- semana 6: 1
- semana 7: 1
- semana 8: 0
Abril
- semana 9: 1
- semana 10: 2
- semana 11: 1

Analisando agora vejo que está razoável, mas a frequência aumentou de 15 em 15 dias, para toda semana e, agora em abril, 2 por semana, intercalada com 1. Então tenho que me policiar para tentar manter, no máximo, 1 por semana, apesar de serem M limpas.
A última coisa: sempre sinto que no dia que me M, me sinto muito fraco e muito indisposto, só querendo dormir, além de piorar meu humor. Incrível, né!? Tenho que limitar isso.

Como não tenho tido nenhuma experiência real com alguém, nesse ano, não sei a que pernas anda minha recuperação, mas vejo que toda M que realizo consigo chegar ao O rapidamente, sem fantasiar sem nada (o que era IMPOSSÍVEL de chegar quando estava imerso no vício - mesmo tendo um espaço grande entre as práticas)

Desejo força a todos. Pensem sempre a longo prazo (é o que estou tentando para obter sucesso, dia após dia). Gostaria muito de acompanhar vocês, mas realmente minha rotina está bem difícil.

Bjo  Like a Star @ heaven

Fico feliz por sua conquista. Sabes bem com me felicito quando vejo você feliz e conseguindo seus objetivos. Nossos contatos tem sido poucos e raros, mas sempre vejo aqui para ver se há alguma atualização tua e me surpreendo positivamente.
A partir dos 100 dias nossa confiança é aprimorada, contudo isso gera riscos, pois achamos que estamos mais preparados e voltamos novamente para a M como medida de escape. Funciona até certa forma, mas há um chance de retornarmos ao vício.

Desejo muita sabedoria e energias bem positivas pro meu bebê. Tá? Like a Star @ heaven

_______________________________________
Visite meu diário e me ajude a vencer!

http://www.comoparar.com/t6668-reboot-marcos
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum