Compartilhe
Ir em baixo
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 5/6/2015, 20:48
Olá a todos!

Aqui vos fala o McCallister, casado, de Brasília e tenho 22 anos no momento em que escrevo este texto.

Primeiramente, gostaria de parabenizar a todos aqui e dizer que admiro muito vocês guerreiros, pois o passo mais difícil de todos é ASSUMIR que se está viciado e com problemas, sobretudo quando é um vício do qual esta sociedade hipócrita de merda não gosta de dizer que é maléfica, pois a indústria da pornografia e medicamentos movimentam bilhões todo ano às custas de nós, simplórios masturbadores.

Muito pelo contrário. Esses pseudo-sexólogos e psicólogos filhos de uma rampeira vomitando em todas as mídias que masturbação é "benéfica" para a saúde. Mal sabem eles tamanha desgraça a qual ajudam a acometer na vida de nós, pobres homens reféns de nossa própria libido. Vão tomar na BUNDA.

A minha vida é uma grande merda por um simples motivo:
Devo ter a libido mais forte do BRASIL. Acho que ninguém aqui deve sentir o que eu sinto. Este maldito Fogo dos Deuses que queima dentro de mim, me leva a ter delírios mentais insanos quando tento sequer pensar na possibilidade de controlar estes pensamentos sujos e a vontade de contemplar a maldita pornografia.

Sou um masturbador compulsório há dez anos, ou seja, desde os meus tenros doze anos de idade que sou corroído em vários aspectos da minha vida pelo bombardeio de pornografia: Voz fina, fraca e fodida pela constante falta de testosterona no sangue, fadiga e desânimo crônica, depressão profunda, constantes pensamentos suicidas, brigas severas com a esposa, procrastinação extrema, baixíssima energia social e claro... disfunções eréteis que ficaram claras em alguns encontros esporádicos que tive na época de solteiro.

Achava que a punheta era a válvula de escape dos meus problemas, quando na verdade sempre foi a CAUSADORA destes. Ledo engano.

A única coisa que está me mantendo vivo nesta vida lixosa e ainda me dá uma pequena pontinha de felicidade e esperança depois de milhares de bronhas socadas é este fórum, acompanhada pela recente descoberta da real causa dos problemas citados acima dos quais ninguém nunca me revelou antes e que só agora vim descobrir.

Não consegui relatar os primeiros 6 dias do reboot, que é o momento que estou agora, justamente por causa da procrastinação e preguiça que ainda acumulo em meu organismo. Mas já senti algumas leves diferenças na voz, que está mais grave, e minha depressão e vontade de me matar estão um pouco menores hoje também. Senti uma leve felicidade, apesar dos fortes delírios hoje de manhã, me revirando na cama e socando o travesseiro me segurando para não ir para frente do PC meter a cara no XVIDEOS. Resisti bravamente. Mas seis dias ainda são muito poucos para os danos causados em dez anos de estrada e rodagem pela vida punhetística.

Há tempos eu não sentia tanta motivação para nada na porra dessa vida quanto estou sentindo hoje.
Portanto irei utilizar este diário como uma ferramenta para não me deixar recair e também como um registro do qual quero me orgulhar lá na frente quando completar o reboot e voltar a sentir o prazer em viver que perdi há uns 2 anos, mais ou menos.

Forte abraço!

_______________________________________



"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
Raskol Nikov
Mensagens : 261
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 28

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 5/6/2015, 21:14
Bem - vindo McCallister,

Sinta-se acolhido em nosso meio. Você veio se juntar a nós pra que fiquemos ainda mais fortes nessa luta.
Parabéns por reconhecer o mal e propor a lutar contra ele.
Siga as orientações, bloqueadores os mais seguros possíveis etc.
Municie-se das armaduras necessárias, pois a luta é árdua, mas os resultados são magníficos.

Desejo-te força e vontade nessa luta.
Sucesso.
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 5/6/2015, 21:18
Raskolnikov escreveu:Bem - vindo McCallister,

Sinta-se acolhido em nosso meio. Você veio se juntar a nós pra que fiquemos ainda mais fortes nessa luta.
Parabéns por reconhecer o mal e propor a lutar contra ele.
Siga as orientações, bloqueadores os mais seguros possíveis etc.
Municie-se das armaduras necessárias, pois a luta é árdua, mas os resultados são magníficos.

Desejo-te força e vontade nessa luta.
Sucesso.

Obrigado, Raskolnikov.

É justamente por saber que não estou sozinho que estou feliz e motivado.
Vou tirar o restinho dessa noite para ler um pouco do ebook e instalar os bloqueadores, pois sei que é preciso humildade para reconhecer que sem eles não vou conseguir o objetivo. Humildade acima de tudo, irmão.

Forte abraço!

_______________________________________



"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
BastouAcreditar
Mensagens : 66
Data de inscrição : 18/03/2015
Idade : 23

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 5/6/2015, 22:03
Grande McCallister, também sou de Brasília. Força nessa caminhada, como disse o Raskolnikov, cada membro a mais conosco, mais aumenta nossa probabilidade de vitória, pois é um acúmulo de força e energia de cada um. Daqui um tempo já quero ver seu relato em histórias de sucesso em! Abraços

_______________________________________
avatar
raven
Mensagens : 151
Data de inscrição : 27/05/2015

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 5/6/2015, 22:51
Olá McCalllister, lhe desejo boa sorte em sua campanha contra esse vício de merda que causou terríveis estragos na vida de todos aqui. Demorei para reconhecer meu problema justamente por causa dos "especialistas" que você citou que aparecem na mídia dizendo que não há problema com a pornografia/masturbação. Mas agora que sabemos que sabemos sobre o problema poderemos vencer este mal e deixar esse terrível hábito no passado.
avatar
x1xxx
Mensagens : 56
Data de inscrição : 17/04/2015

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 6/6/2015, 09:32
Bem vindo McCallister!

Sua raiva é motivante rsrs! Os conselhos iniciais já foram dados pelos amigos anteriormente, no mais, mantenha seu relato constantemente atualizado para que possamos acompanhar a sua luta e manter a si próprio motivado! Tire o reset do seu vocabulário!


Grande abraço!

_______________________________________




Diário Renovado study
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 6/6/2015, 12:01
x1xxx e BastouAcreditar

Obrigado pelo apoio parceiros, juntos somos mais fortes. Hoje ainda estou depressivo e desanimado pra caralho, vou postar com mais detalhes a noite como foi o meu dia. Mas, apesar de tudo, por mais cético que eu seja, não posso de forma alguma mentir e dizer que já não estou sentindo mudanças positivas à esta altura do desafio. Até mais ver

Forte Abraço!

_______________________________________



"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 6/6/2015, 12:03
BastouAcreditar escreveu:Grande McCallister, também sou de Brasília. Força nessa caminhada, como disse o Raskolnikov, cada membro a mais conosco, mais aumenta nossa probabilidade de vitória, pois é um acúmulo de força e energia de cada um. Daqui um tempo já quero ver seu relato em histórias de sucesso em!  Abraços

Opa, tamo junto aqui em Bsb, brother. Vamos nos livrar dessa maldição interna que nos consome.

_______________________________________



"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
tekai
Moderador
Moderador
Mensagens : 25
Data de inscrição : 18/04/2015

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 6/6/2015, 16:14
Olá McCallister, seja muito bem vindo aqui!
Saber que não está sozinho no mundo já é uma grande ajuda.
Agradeça, pois você faz parte de uma pequena parcela da humanidade que tem a chance de viver novamente. Uma vez vencido o vício, conseguiremos fazer qualquer coisa (é bom ver as coisas por esse viés)

Tenho um conselho: leia, leia e leia muito sobre o assunto. Quanto mais souberes dos males que terá com a PMO e dos benefícios que terá sem ela, você vai automaticamente linkar mais dor à PMO e mais prazer àquilo que não é PMO. Quanto mais dor se atribui ao vício e quanto mais prazer se atribui aos benefícios que você ganha ao longo dos meses, mais fácil fica.

Um abraço!

_______________________________________
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

7° Dia

em 6/6/2015, 18:38
----------7° Dia----------
Hoje pela manhã acordei pela primeira vez com uma ereção poderosa em meses, isso já me deixou um pouco feliz.
Entretanto, a minha libido, que como já disse, deve ser a maior do Brasil - desconfio que nem Jackson Antunes tenha a libido maior que a minha -  estava explodindo e eu estava louco de vontade de penetrar minha esposa ou me acabar no xvideos.

Mas a minha raiva do meu próprio fracasso e o medo de passar por todo aquele turbilhão de emoções negativas pós-orgasmo (culpa, fadiga e sensação de não sair nunca do lugar) de novo me fez ir até a pia do banheiro, encher a mão de água fria e dar tapas violentos na minha própria cara até aquela sensação ir embora. Deu certo. Estou disposto a cumprir o reboot em Modo Hard.

Mesmo estando no dia em que a testosterona chega ao seu pico - o 7° dia - ainda assim estou sentindo muita fadiga, desânimo e ansiedade social.

Lembro-me que, antes de me masturbar pela primeira vez em minha vida, até meus 11 anos, eu sempre era o primeiro da classe, lia dois livros por semana, era muito extrovertido e o centro das atenções entre as crianças, tinha um desempenho notável em tudo que fazia, e era o orgulho promissor da família. Estranhamente, minhas notas e desempenho geral em tudo na minha vida caíram de mediano para fraco coincidentemente dos 12 anos de idade pra frente, e eu nunca soube o porquê, até descobrir o ebook e o fórum.

Continuando... aproveitando essa maldita fadiga e procrastinação que ainda me consomem, passei o sabadão em casa com a família assistindo a final da Champions League e lendo o ebook (Parei na página 46), fiz o almoço e procurei durante todo o dia manter minha cabeça ocupada, seja lendo, seja ajudando a mulher nas tarefas, entre outras atividades saudáveis. Cumpri com sucesso a missão de me manter longe da pornografia por hoje. Sigo firme na minha luta e não irei fraquejar. HARD MODE on

Até a próxima.

Forte Abraço!

_______________________________________



"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
Raskol Nikov
Mensagens : 261
Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 28

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 6/6/2015, 19:59
Caro McCallister, por que você não dialoga com sua esposa a respeito dessa tua libido tão alta? Você não acha que poderiam entrar num consenso sobre isso? Vejo relatos de colegas, aqui, que são casados ou que mantém relação sexual regular com namoradas(os) dizendo que o reboot é facilitado quando ambos lutam juntos.

No seu caso, vejo que não precisaria necessariamente revelar a ela o problema (se ela ignora), apenas "procurá-la" quando essa vontade forte vier. É só uma sugestão minha, e tua resposta pode até elucidar uma dúvida que tenho sobre como é uma vida conjugal, pois eu penso que o sexo pode rolar a qualquer momento, desde que ambos queiram. Não é assim?

Continue firme. Abraço.
avatar
Chuck Norris
Mensagens : 31
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 31
Localização : São Paulo

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 6/6/2015, 22:32
É isso ai! uma das melhores formas de combater esse vicio é se mantendo ocupado e focado em outras coisas, porque se ficar sem fazer nada a vontade vem com certeza, por isso é importantíssimo ter sempre algo para ocupar a mente e corpo, as energias são gastas e você até dorme melhor.

Acho que tudo é um estado psicológico que você pode simplesmente inverter ao seu favor, estar feliz ou triste são escolhas, dar corda para um sentimento negativo leva ainda mais para o buraco, se você ficar martelando em sua mente "EU ESTOU FELIZ HOJE, ESTOU FELIZ, ESTOU FELIZ" mesmo sem sorrir, pode ser com a cara carrancuda mesmo, você acaba pegando o espirito da coisa, é o que eu estou fazendo, pode parecer que estou fingindo estar feliz mas o que é a tristeza? é exatamente a mesma coisa, você fica martelando coisas negativas na cabeça que acabam consumindo suas energias, não deixam espaço para a sua mente tentar se alegrar dai vem aquela sensação de que esta deprimido e sempre infeliz, para min esta funcionando, e fazer coisas que você gosta são muito eficazes, tentar fazer coisas que você gostava quando era criança são grandes coisas para deixar a gente feliz.

Boa sorte na caminhada!
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 7/6/2015, 10:18
Raskolnikov escreveu:Caro McCallister, por que você não dialoga com sua esposa a respeito dessa tua libido tão alta? Você não acha que poderiam entrar num consenso sobre isso? Vejo relatos de colegas, aqui, que são casados ou que mantém relação sexual regular com namoradas(os) dizendo que o reboot é facilitado quando ambos lutam juntos.

No seu caso, vejo que não precisaria necessariamente revelar a ela o problema (se ela ignora), apenas "procurá-la" quando essa vontade forte vier. É só uma sugestão minha, e tua resposta pode até elucidar uma dúvida que tenho sobre como é uma vida conjugal, pois eu penso que o sexo pode rolar a qualquer momento, desde que ambos queiram. Não é assim?

Continue firme. Abraço.

Olá, meu caro Raskolnikov.
Minha esposa é religiosa e eu não. Mesmo assim, sob a batuta de um "programa de purificação" espiritual", sugeri a ela que ficássemos 90 dias sem sexo e ela ingenuamente concordou. Estou disposto a cumprir o calvário em Modo hard, cara...você não tem noção do quanto o meu corpo e mente estavam fodidos pelo vício. Cheguei a beirar a loucura. Por isso quero ser extremista também na minha recuperação

Se ela sequer desconfiar que eu era viciado em pornografia, meu casamento e família vão para o ralo no mesmo instante, mano. Mas já entramos no consenso. Estou livre para a minha rehabilitação.

Forte Abraço!

_______________________________________



"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 7/6/2015, 10:20
Alan Seiya escreveu:É isso ai! uma das melhores formas de combater esse vicio é se mantendo ocupado e focado em outras coisas, porque se ficar sem fazer nada a vontade vem com certeza, por isso é importantíssimo ter sempre algo para ocupar a mente e corpo, as energias são gastas e você até dorme melhor.

Acho que tudo é um estado psicológico que você pode simplesmente inverter ao seu favor, estar feliz ou triste são escolhas, dar corda para um sentimento negativo leva ainda mais para o buraco, se você ficar martelando em sua mente "EU ESTOU FELIZ HOJE, ESTOU FELIZ, ESTOU FELIZ" mesmo sem sorrir, pode ser com a cara carrancuda mesmo, você acaba pegando o espirito da coisa, é o que eu estou fazendo, pode parecer que estou fingindo estar feliz mas o que é a tristeza? é exatamente a mesma coisa, você fica martelando coisas negativas na cabeça que acabam consumindo suas energias, não deixam espaço para a sua mente tentar se alegrar dai vem aquela sensação de que esta deprimido e sempre infeliz, para min esta funcionando, e fazer coisas que você gosta são muito eficazes, tentar fazer coisas que você gostava quando era criança são grandes coisas para deixar a gente feliz.

Boa sorte na caminhada!

Olá, Alan. Muito relevantes suas dicas sobre Mindset, amigo. Obrigado mesmo. Vou procurar praticá-las mesmo, pois sei a força que o reforço mental de crenças pode fazer, mesmo não praticando muito ultimamente. De qualquer forma, muito obrigado pelo feedback e pela preocupação com os irmão de rehabilitação!

Forte abraço!

_______________________________________



"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

8º DIA

em 7/6/2015, 18:15
----------8º Dia----------

Hoje o dia foi bem interessante emocionalmente falando, quiçá um dos melhores da minha vida em anos.

Novamente acordei com um priapismo retumbante, quase que furei minha cueca. Tive que me entortar todo para acertar o vaso na mijada matinal.

Eu diria que hoje passei o dia com 70% mais disposição, alegria e ânimo para fazer as coisas do que nos dias - anos, pra falar a verdade - anteriores. Estou torcendo muito para continuar assim daqui para frente.

Fiz coisa pra caralho hoje. Inclusive fui visitar meus pais e na hora em que fui abraçá-los senti uma coisa que há tempos não penetrava nesse coração de pedra: AMOR. Não só nesse abraço, mas em várias pequenas coisas durante o dia, como por exemplo: trocar uma idéia com os meus velhos, brincar com minha filha e o cachorro da minha irmã, Quase chorei, amigos. Até me fodi todinho caindo da escada correndo da minha esposa quando brincávamos feito crianças, quase que o meu joelho foi pro caralho, mas tá tudo bem kkk!

É sério, hoje eu tava bem extrovertido, enérgico, falastrão e pau no cu como nunca na minha vida, parecia até outra pessoa! Se continuar assim amanhã, ninguém vai me reconhecer no trabalho.

Até a próxima,

Forte abraço!

_______________________________________



"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
BastouAcreditar
Mensagens : 66
Data de inscrição : 18/03/2015
Idade : 23

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 7/6/2015, 18:49
Ficou feliz pelo seu progresso irmão. O padre Paulo Ricardo fez 4 vídeo aulas sobre o vício da pornografia. E no seu segundo vídeo ele disse justamente isso: A PORNOGRAFIA MATA O AMOR. Sem comentários para este título. Aproveite muito todos os momentos. Grande Abraço!

_______________________________________
avatar
diego_bogart131
Mensagens : 125
Data de inscrição : 12/03/2015
Idade : 29
Localização : Rondonia

Foco na Conquista!!!!

em 7/6/2015, 21:58
Muito legal a sua história. Pra quem esta aki no forum é fácil se indentificar com os seus problemas ,pois todos já passaram ou ainda passam por situações assim. Realmente o vicio é maldito e já nos primeiros dias sem se masturbar a diferença já e perceptível.Continue meu amigo , você não esta sozinho e todos nos conseguiremos nos livrar desse mal.Abraços

_______________________________________

Meu Diário: http://www.comoparar.com/t4035-vini-vidi-vici-a-revanche
avatar
ajpereira15
Mensagens : 20
Data de inscrição : 03/06/2015
Idade : 29

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 8/6/2015, 09:33
McCallister escreveu:
----------8º Dia----------

Hoje o dia foi bem interessante emocionalmente falando, quiçá um dos melhores da minha vida em anos.

Novamente acordei com um priapismo retumbante, quase que furei minha cueca. Tive que me entortar todo para acertar o vaso na mijada matinal.

Eu diria que hoje passei o dia com 70% mais disposição, alegria e ânimo para fazer as coisas do que nos dias - anos, pra falar a verdade - anteriores. Estou torcendo muito para continuar assim daqui para frente.

Fiz coisa pra caralho hoje. Inclusive fui visitar meus pais e na hora em que fui abraçá-los senti uma coisa que há tempos não penetrava nesse coração de pedra: AMOR. Não só nesse abraço, mas em várias pequenas coisas durante o dia, como por exemplo: trocar uma idéia com os meus velhos, brincar com minha filha e o cachorro da minha irmã, Quase chorei, amigos. Até me fodi todinho caindo da escada correndo da minha esposa quando brincávamos feito crianças, quase que o meu joelho foi pro caralho, mas tá tudo bem kkk!

É sério, hoje eu tava bem extrovertido, enérgico, falastrão e pau no cu como nunca na minha vida, parecia até outra pessoa! Se continuar assim amanhã, ninguém vai me reconhecer no trabalho.

Até a próxima,

Forte abraço!

Caro MacCallister, que massa esse seu relato.

Isso é um bom sinal, tenho certeza que muitas coisas boas continuarão a acontecer e continue a nos contar aqui no forum.

Só acho que você deve tomar um pouco de cuidado ao tratar esta questão "extremista" da sua decisão. Esteja sempre consciente, calmo e vigilante consigo mesmo, pois (no meu caso pelo menos) isso dai pode pesar muito na nossa consciencia e trabalhar contra gente as vezes.

Percebo que seu jeito é bem diferente do meu (me lembra até um amigo que tenho que tem o jeitao bem "hard" rsrs), mas o mais importante é toda uma vida que todos temos pela frente para viver bem e sem esse vício maldito. Acho que se tivermos esse objetivo em mente e a ajuda desta galera toda aqui conseguiremos nossa restauração.

Quanto ao fato de você achar que seu casamento e família estariam acabados se sua esposa soubesse do seu vício, acho que não é bem assim quando essas pessoas nos amam de fato (pelo menos é assim na minha vida, é apenas minha visão). Sei que esta questão religiosa pesa bastante (eu sou bem ativo na Igreja Católica e a coisa não é fácil), mas as pessoas que nos amam de verdade são um bom remédio para nos ajudar na cura e imagino que não nos abandonariam num momento desses onde precisamos do amor delas ao nosso lado. É claro que esta questao é delicada, mas eu pelo menos contei para minha namorada esses tempos do meu problema com a pornografia e masturbação e foi muito bom, pois até mesmo ela acabou se abrindo pra mim tbm e nossa relação se fortaleceu.

Abração e sigamos em frente

_______________________________________
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

13° dia

em 25/7/2015, 14:53
Fraquejei, parceiros... nos últimos tempos desde minha ultima postagem nesse tópico tive várias recaídas e novamente atingi o fundo do poço emocional e físico. Várias merdas aconteceram nesse período e foi bem dificil para lidar com elas.

Mas consegui reunir forças novamente para recomeçar minha empreitada e já estou novamente no 13° dia sem PMO.

Resolvi não pensar que iria "viver apenas quando acabarem os 90 dias" pois esse é o pensamento errado que faz muita gente ter recaídas de novo e de novo. Estou tentando dar um direcionamento na minha vida e ocupando muito meu tempo como ferramenta auxiliar na caminhada pelo reboot. Voltei a estudar, ler livros, fazer musculação, ser bastante produtivo no trabalho, me dedicar à minha filha etc.

Simplesmente não me permitirei mais ter tempo para sequer pensar em PMO, entretanto ainda sim arrumarei um tempo todos os dias para postar aqui meu diário, como forma de me automotivar e também motivar os parceiros nesta luta.

Um forte abraço e espero que todos tenhamos a vida que sonhamos!

_______________________________________



"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
guilher
Mensagens : 47
Data de inscrição : 07/06/2015
Idade : 27
Localização : belo horizonte

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 25/7/2015, 20:26
cara, em relação ao meu vicio, ele acabou.. ñ me vejo mais PMO.
em relação a questão emocional estou um pouco ansioso, mas estou cada dia meelhor em relação a tudo (família, amigos, estudo, trabalho e etc).
o meu problema maior é a DE.

Todos nos aq temos um problema em relação PMO, então a solução é obvia, parar com PMO.
so assim vamos arrumar nossa vida.

força aí. tamo junto.. qlqr coisa é so falar.. kkk

_______________________________________
Cool
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

15º dia

em 27/7/2015, 20:22
Aqui estou firme e forte no 15° dia.

Estou estudando fortemente maneiras naturais de aumentar e estabilizar os níveis de testosterona no meu corpo, cuja falta de tal descobri ser a causa da minha fadiga, inconstância de humor e insônia.

E pasmem: o Projeto Testosterona está sendo um sucesso!
Comecei a musculação e estou pegando pesado, me alimentando bem, dormindo no minimo oito horas por dia, parei de tomar café pra caralho e notei uma cacetada de benefícios:

•Bom humor constante;
•Insonia está indo embora e o sono está sendo mais restaurador;
•Mais disposição geral durante o dia;
•Voz mais grave, imperativa e confiante (costumo dizer pra mim mesmo que estou ficando mais pau no cu kkk)
•Produtividade MONSTRA nas 8 horas de trabalho.

E pra melhorar, meu Verdão meteu só 4 no BOGA do Vasco!!

Nos próximos dias vou teorizar um pouco mais sobre essa minha obsessão pela testosterona e os beneficios que ela traz em um geral, até mesmo espiritualmente. Fiquem de olho caralho

FORTE ABRAÇO E VAMO QUE VAMO RUMO A UMA VIDA PLENA!

_______________________________________



"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
Luis Santos
Mensagens : 1298
Data de inscrição : 13/01/2015

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 28/7/2015, 11:08
McCallister

Não sei se instalou os bloqueadores, caso tenha dúvidas quanto a eles, dá uma olhada nesses links:

http://www.comoparar.com/t76-como-usar-os-bloqueadores-para-enganar-o-cerebro

http://www.comoparar.com/t295-as-12-maiores-falacias-que-contamos-a-nos-mesmos-sobre-a-nao-instalacao-de-bloqueadores

Pelo que vi você fez uma mudança de hábitos excelente, parabéns!

Quanto ao Reboot em modo hard, nem sempre todos conseguem cumpri-lo, muitos rebooters incentivam encontrar uma parceira, e em seu caso tu é casado, isso é ótimo. Talvez nos primeiros dias seja bom você dá uma reduzida no sexo,pois a libido geralmente baixa um pouco, mas depois não negue-se a fazê-lo, isso ajuda muito o cérebro a reconectar as vias neurais do "prazer real".

Abraço.

_______________________________________



https://docs.google.com/document/d/1e16jZBv1CEYco_rYgNzlwXdQt-WvuYhLAYuuQIsT_fQ/edit

Minimize as chances de dar errado que você maximizará as chances de dar certo. (Taaviin)

Meu diário: http://www.comoparar.com/t199p150-comecando-o-processo-de-reboot?highlight=Luis+Santos

História de sucesso: http://www.comoparar.com/t525-90-dias-completos-o-reboot-funciona
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

Re: Diário do McCallister - 22 anos - Tentando melhorar essa vida de merda!

em 28/7/2015, 20:38
Luis santos escreveu: McCallister

Não sei se instalou os bloqueadores, caso tenha dúvidas quanto a eles, dá uma olhada nesses links:

http://www.comoparar.com/t76-como-usar-os-bloqueadores-para-enganar-o-cerebro

http://www.comoparar.com/t295-as-12-maiores-falacias-que-contamos-a-nos-mesmos-sobre-a-nao-instalacao-de-bloqueadores

Pelo que vi você fez uma mudança de hábitos excelente, parabéns!

Quanto ao Reboot em modo hard, nem sempre todos conseguem cumpri-lo, muitos rebooters incentivam encontrar uma parceira, e em seu caso tu é casado, isso é ótimo. Talvez nos primeiros dias seja bom você dá uma reduzida no sexo,pois a libido geralmente baixa um pouco, mas depois não negue-se a fazê-lo, isso ajuda muito o cérebro a reconectar as vias neurais do "prazer real".

Abraço.

Obrigado pelas dicas, irmão! Sexo é vida, como já diria o Pelé kkk! Vou instalar os bloqueadores o quanto antes, não serei hipócrita de tentar enganar a mim mesmo que sem eles irei conseguir.

Forte abraço!

_______________________________________



"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

DIA 0

em 22/8/2015, 21:16
OUTRA RECAÍDA...mesmo com a mudança de hábitos, mesmo instalando os bloqueadores, novamente me entreguei ao maldito vicio, e estou novamente aqui na estaca zero.

Tenho que dar um jeito de bloquear a pornografia no meu celular, foi através deste maldito e minúsculo aparelho que voltei a sucumbir ante a pornografia.

Mas vamos que vamos mais uma vez, eu não vou desistir dessa porra, mesmo recaindo, o numero de vezes que me masturbei e joguei minha testosterona fora esse ano já deve ter sido umas 20 vezes menos do que no ano anterior. Não é querendo justificar o fracasso tbm, mas realmente não seria facil me livrar em alguns dias um vício que já me assola há mais de uma década.

Sinto que estou no caminho certo. Dessa vez corrigir o que foi feito errado e novamente ir à luta. Desistir jamais.

Forte abraço.

_______________________________________



"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
avatar
McCallister
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 25
Localização : Brasilia
http://www.webcarreira.com

DIA 0

em 22/8/2015, 21:17
OUTRA RECAÍDA...mesmo com a mudança de hábitos, mesmo instalando os bloqueadores, novamente me entreguei ao maldito vicio, e estou novamente aqui na estaca zero.

Tenho que dar um jeito de bloquear a pornografia no meu celular, foi através deste maldito e minúsculo aparelho que voltei a sucumbir ante a pornografia.

Mas vamos que vamos mais uma vez, eu não vou desistir dessa porra, mesmo recaindo, o numero de vezes que me masturbei e joguei minha testosterona fora esse ano já deve ter sido umas 20 vezes menos do que no ano anterior. Não é querendo justificar o fracasso tbm, mas realmente não seria facil me livrar em alguns dias um vício que já me assola há mais de uma década.

Sinto que estou no caminho certo. Dessa vez corrigir o que foi feito errado e novamente ir à luta. Desistir jamais.

Forte abraço.

_______________________________________



"...Acontece que nossa maior luta, é unicamente aquela que travamos contra nós mesmos."
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum