Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 263
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 8/3/2018, 10:23
B.Wayne escreveu:Fala pessoal, blz ?
Meu humor continua variando. As vezes estou muito bem, e depois fico muito mal.
Uma coisa boa que notei é que estou acordando mais cedo, tipo antes acordava 9, e agora acordo 6 ou 7 (com disposição).
Hoje trabalhei de boa, estudei, pedalei na ergométrica (acho que estou mais magro), e agora a noite toquei guitarra (meu Hobby). Estou fazendo um treinamento da mente pra perder a timidez, estou lendo sobre o assunto, vendo vídeos, meditando, ...enfim. Gente, o engraçado é que hoje, quando acordei e me olhei no espelho, tive "quase que um susto". Parecia diferente, por um momento eu não me reconheci (tipo quem é esse cara). Me senti mais confiante, feliz, e até mais alto (não sei como).
No geral, o dia foi bom. Fui tentado quando passei pela sala e vi uma coroa inteirona na TV. E como esse é o meu ponto fraco, imagina como eu fiquei, tive que fugir.
Tenho quase certeza que esse meu gosto por coroas vem do vício, porque eu não me imagino conversando, namorando, casando,... com uma mulher dessas. Enfim, por hoje foi isso.
Sucesso a todos
Wayne

O negrito acima é meu.

Fala Wayne!

Como bem observou o Eder, oscilações de humor são e podem acontecer de forma meio repentina.

Como é bom ver que aos poucos você já está se sentindo melhor em outros aspectos. O dia se torna produtivo, temos realmente mais tempo para coisas que realmente importam. Principalmente porque agora você está acordando mais cedo. O hobby de tocar um instrumento é ótimo para focar a atenção, invista nele!

Um ponto interessante foi o que eu destaquei no seu post. Observe que o cérebro condicionado vai usar o que você tem de bom ou um sentimento positivo contra você. Ele sutilmente vai tentar te convencer que você está tão bem que merece um prêmio, um presente. Só que, como todos aqui sabemos, é um "presente de grego". Aquela coroa inteirona que você viu na TV era a deixa para que você talvez quisesse "se recompensar" pelo bom desempenho.

Aconteceu algo semelhante comigo. Quando finalmente resolvi fazer exercício físico regularmente e já tinha uns dois meses de atividades, um belo dia cheguei em casa depois da academia me sentindo ótimo. Sabia que já tinha perdido um peso considerável. Aquela sensação de leve cansaço, combinada com uma melhor concentração que eu sentia na hora me deram a impressão de poder fazer qualquer coisa que me habilitasse a fazer. Me sentia tão bem, que na mesma hora pensei que seria ótimo ver um videozinho para relaxar. Ainda bem que não cai nessa...

Veja Wayne, não estou dizendo que se sentir melhor seja perigoso para o reboot. Na verdade, é o que todos nós desejamos, nos tornarmos melhores longe desse vício. Isso é só para que você esteja atento a esse tipo de sutileza e não caia em armadilhas criadas por você mesmo.

Continuo aqui acompanhando. Mantenha-se firme, continue investindo nas atividades de religação.

Um grande abraço!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
Trader
Mensagens : 31
Data de inscrição : 02/03/2018

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 8/3/2018, 11:50
B.Wayne escreveu:Caí novamente no 5 dia. Evidente que não estou feliz com a queda, mas consigo notar uma melhora. A pouco tempo, eu praticava PMO quase todos os dias. Ficar 5 dias sem..., acho que melhorei alguma coisa. Não vou ficar tão abalado com a queda senão fica mais difícil de levantar. Antes eu ficava muito mal e isso só adiava o meu retorno.
Estou precisando sociabilizar, conhecer pessoas, conversar com alguém pessoalmente. Já estou a tanto tempo sem interagir com alguém que, penso ter perdido essa abilidade. Fico inseguro de como falar com as pessoas, e de como me comportar. Não sei puxar conversa e sobre o que conversar com um desconhecido. Tô querendo fazer academia mas esse medo do novo, de não saber o que vou encontrar lá, me deixa travado, e eu fico "enrolando" pra não ir. Sei que parece algo bobo, mas gostaria de alguns conselho.
Att
Wayne

Sei bem como é isso amigo, tive que lutar muito contra esse problema e ainda tenho. Hoje estou muito melhor, mas ainda tenho coisas para melhorar. Eu tinha muitos problemas para falar com pessoas que eu não conhecia principalmente mulheres. Li muito sobre o assunto e principalmente tentava colocar em prática aquilo que eu lia, aos poucos você vai notar uma melhora, mas leia bastante sobre o assunto. Por exemplo agora estou lendo um livro muito, muito bom mesmo, se eu tivesse conhecido isso antes talvez meu processo de melhora teria sido muito mais fácil. Estou lendo o livro psycho cybernetics do Dr. Maxwell Maltz. Esse livro basicamente fala da sua auto imagem, como você vê a si mesmo. E ele diz que se você se vê como uma pessoa timida que não consegue ter muitos contatos sociais, você não vai conseguir mudar isso de maneira nenhuma, nem mesmo com força de vontade. Você primeiro tem que mudar sua auto imagem, se ver como a pessoa que você quer ser, e você fará isso através da auto sugestão. Pegue um papel e escreve seus objetivos, e até a data que você quer que eles ocorram. Por exemplo,"estou muito feliz que no dia xx- de julho me tornei uma pessoa extrovertida, confiante e carismática. Para que isso tenha ocorrido, por 5 dias da semana eu fiz coisas fora da minha zona de conforto ". Leia esse objetivo todos os dias , por pelo menos umas duas vezes, e além de somente ler coloque emoção e entusiamo nas palavras. E realmente por pelo menos 5 vezes na semana faça coisas que são fora da sua zona de conforto, mas comece com pequenas coisas, por exemplo dar oi para uma pessoa desconhecida, puxar uma pequena conversa com um atendente de uma loja, ir a um parque, praça, shopping, qualquer lugar que tenha pessoas.
Além disso procure no youtube por pessoas que você admira e são do jeito que você gostaria ser, assista muito sobre elas sempre, para que seu subconsciente comece a se espelhar nelas.
Recomendo muito que leio o livro, só achei ele em inglês, mas com um google tradutor da pra entender.
Abraços amigo, e força na luta, tamo junto.
avatar
B.Wayne
Mensagens : 194
Data de inscrição : 16/02/2018

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 8/3/2018, 19:23
Eder escreveu:
B.Wayne escreveu:Fala pessoal, blz ?
Meu humor continua variando. As vezes estou muito bem, e depois fico muito mal.
Uma coisa boa que notei é que estou acordando mais cedo, tipo antes acordava 9, e agora acordo 6 ou 7 (com disposição).
Hoje trabalhei de boa, estudei, pedalei na ergométrica (acho que estou mais magro), e agora a noite toquei guitarra (meu Hobby). Estou fazendo um treinamento da mente pra perder a timidez, estou lendo sobre o assunto, vendo vídeos, meditando, ...enfim. Gente, o engraçado é que hoje, quando acordei e me olhei no espelho, tive "quase que um susto". Parecia diferente, por um momento eu não me reconheci (tipo quem é esse cara). Me senti mais confiante, feliz, e até mais alto (não sei como).
No geral, o dia foi bom. Fui tentado quando passei pela sala e vi uma coroa inteirona na TV. E como esse é o meu ponto fraco, imagina como eu fiquei, tive que fugir. Tenho quase certeza que esse meu gosto por coroas vem do vício, porque eu não me imagino conversando, namorando, casando,... com uma mulher dessas. Enfim, por hoje foi isso.
Sucesso a todos
Wayne

Bom dia B.Wayne, a variação de humor é um dos sintomas clássicos do vicio, mantenha o foco no reboot que após algum tempo isso passará!
Seu dia foi produtivo, continue firme no processo que você vai longe!

Obrigado meu amigo Eder, tamo junto!

_______________________________________
avatar
B.Wayne
Mensagens : 194
Data de inscrição : 16/02/2018

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 8/3/2018, 19:37
Baggins escreveu:
B.Wayne escreveu:Fala pessoal, blz ?
Meu humor continua variando. As vezes estou muito bem, e depois fico muito mal.
Uma coisa boa que notei é que estou acordando mais cedo, tipo antes acordava 9, e agora acordo 6 ou 7 (com disposição).
Hoje trabalhei de boa, estudei, pedalei na ergométrica (acho que estou mais magro), e agora a noite toquei guitarra (meu Hobby). Estou fazendo um treinamento da mente pra perder a timidez, estou lendo sobre o assunto, vendo vídeos, meditando, ...enfim. Gente, o engraçado é que hoje, quando acordei e me olhei no espelho, tive "quase que um susto". Parecia diferente, por um momento eu não me reconheci (tipo quem é esse cara). Me senti mais confiante, feliz, e até mais alto (não sei como).
No geral, o dia foi bom. Fui tentado quando passei pela sala e vi uma coroa inteirona na TV. E como esse é o meu ponto fraco, imagina como eu fiquei, tive que fugir.
Tenho quase certeza que esse meu gosto por coroas vem do vício, porque eu não me imagino conversando, namorando, casando,... com uma mulher dessas. Enfim, por hoje foi isso.
Sucesso a todos
Wayne

O negrito acima é meu.

Fala Wayne!

Como bem observou o Eder, oscilações de humor são e podem acontecer de forma meio repentina.

Como é bom ver que aos poucos você já está se sentindo melhor em outros aspectos. O dia se torna produtivo, temos realmente mais tempo para coisas que realmente importam. Principalmente porque agora você está acordando mais cedo. O hobby de tocar um instrumento é ótimo para focar a atenção, invista nele!

Um ponto interessante foi o que eu destaquei no seu post. Observe que o cérebro condicionado vai usar o que você tem de bom ou um sentimento positivo contra você. Ele sutilmente vai tentar te convencer que você está tão bem que merece um prêmio, um presente. Só que, como todos aqui sabemos, é um "presente de grego". Aquela coroa inteirona que você viu na TV era a deixa para que você talvez quisesse "se recompensar" pelo bom desempenho.

Aconteceu algo semelhante comigo. Quando finalmente resolvi fazer exercício físico regularmente e já tinha uns dois meses de atividades, um belo dia cheguei em casa depois da academia me sentindo ótimo. Sabia que já tinha perdido um peso considerável. Aquela sensação de leve cansaço, combinada com uma melhor concentração que eu sentia na hora me deram a impressão de poder fazer qualquer coisa que me habilitasse a fazer. Me sentia tão bem, que na mesma hora pensei que seria ótimo ver um videozinho para relaxar. Ainda bem que não cai nessa...

Veja Wayne, não estou dizendo que se sentir melhor seja perigoso para o reboot. Na verdade, é o que todos nós desejamos, nos tornarmos melhores longe desse vício. Isso é só para que você esteja atento a esse tipo de sutileza e não caia em armadilhas criadas por você mesmo.

Continuo aqui acompanhando. Mantenha-se firme, continue investindo nas atividades de religação.

Um grande abraço!

Fala meu amigo Baggins!
Cara vc disse tudo! Isso de querer a tal "recompensa" acontece comigo também. As vezes estou tão bem que minha mente diz: - "Por que não ?
; Vc merece ; Já tá a muito tempo sem ; Olha como elas são gostosas" ; ... enfim, tudo isso passa pela minha cabeça.
Muito obrigado pelas sábias palavras e pelo apoio meu amigo. Tamo junto!

_______________________________________
avatar
B.Wayne
Mensagens : 194
Data de inscrição : 16/02/2018

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 8/3/2018, 19:43
Trader escreveu:
B.Wayne escreveu:Caí novamente no 5 dia. Evidente que não estou feliz com a queda, mas consigo notar uma melhora. A pouco tempo, eu praticava PMO quase todos os dias. Ficar 5 dias sem..., acho que melhorei alguma coisa. Não vou ficar tão abalado com a queda senão fica mais difícil de levantar. Antes eu ficava muito mal e isso só adiava o meu retorno.
Estou precisando sociabilizar, conhecer pessoas, conversar com alguém pessoalmente. Já estou a tanto tempo sem interagir com alguém que, penso ter perdido essa abilidade. Fico inseguro de como falar com as pessoas, e de como me comportar. Não sei puxar conversa e sobre o que conversar com um desconhecido. Tô querendo fazer academia mas esse medo do novo, de não saber o que vou encontrar lá, me deixa travado, e eu fico "enrolando" pra não ir. Sei que parece algo bobo, mas gostaria de alguns conselho.
Att
Wayne

Sei bem como é isso amigo, tive que lutar muito contra esse problema e ainda tenho. Hoje estou muito melhor, mas ainda tenho coisas para melhorar. Eu tinha muitos problemas para falar com pessoas que eu não conhecia principalmente mulheres. Li muito sobre o assunto e principalmente tentava colocar em prática aquilo que eu lia, aos poucos você vai notar uma melhora, mas leia bastante sobre o assunto. Por exemplo agora estou lendo um livro muito, muito bom mesmo, se eu tivesse conhecido isso antes talvez meu processo de melhora teria sido muito mais fácil. Estou lendo o livro psycho cybernetics do Dr. Maxwell Maltz. Esse livro basicamente fala da sua auto imagem, como você vê a si mesmo. E ele diz que se você se vê como uma pessoa timida que não consegue ter muitos contatos sociais, você não vai conseguir mudar isso de maneira nenhuma, nem mesmo com força de vontade. Você primeiro tem que mudar sua auto imagem, se ver como a pessoa que você quer ser, e você fará isso através da auto sugestão. Pegue um papel e escreve seus objetivos, e até a data que você quer que eles ocorram. Por exemplo,"estou muito feliz que no dia xx- de julho me tornei uma pessoa extrovertida, confiante e carismática. Para que isso tenha ocorrido, por 5 dias da semana eu fiz coisas fora da minha zona de conforto ". Leia esse objetivo todos os dias , por pelo menos umas duas vezes, e além de somente ler coloque emoção e entusiamo nas palavras. E realmente por pelo menos 5 vezes na semana faça coisas que são fora da sua zona de conforto, mas comece com pequenas coisas, por exemplo dar oi para uma pessoa desconhecida, puxar uma pequena conversa com um atendente de uma loja, ir a um parque, praça, shopping, qualquer lugar que tenha pessoas.
Além disso procure no youtube por pessoas que você admira e são do jeito que você gostaria ser, assista muito sobre elas sempre, para que seu subconsciente comece a se espelhar nelas.
Recomendo muito que leio o livro, só achei ele em inglês, mas com um google tradutor da pra entender.
Abraços amigo, e força na luta, tamo junto.

É aê meu amigo Trader!
Vou ver esse livro que vc falou. Muito obrigado pelas dicas e pelo apoio, cara. Vamos juntos, rumo à vitória!

_______________________________________
avatar
B.Wayne
Mensagens : 194
Data de inscrição : 16/02/2018

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 9/3/2018, 20:14
Boa noite pessoal!

Hoje o dia foi tranquilo. Trabalhei, estudei...
Estive pensando, quando vejo o quanto falta pra completar os 90 dias, me sinto um pouco desanimado, mas vou mudar a ótica, e dividir a meta por dia. Tipo assim, ao invés de ser 90 dias, agora vou pensar que a meta é diária. A meta de hoje é 1 dia, amanhã 1 dia, ... até os 90. Acredito que deva ser mais fácil pensando assim. O que vcs acham ?

Outra coisa que pensei foi na minha dificuldade de falar com as pessoas. Como disse anteriormente, as vezes, as palavras não saem de forma tão fluida, dá umas "rateadas" de vez em quando. E também tenho dificuldade em falar frases muito longas. Parece que falta ar, ou eu respiro errado. Então imagina quando converso, ... tenho que usar frases curtas, ou então usar palavras sinônimos mais fáceis de pronunciar. Não acontece sempre, mas é chato conviver com isso. Agora a pergunta é: O vício pode ser a causa dessas coisas ? Após completa os 90, será que some ?

Sucesso à todos!

_______________________________________
avatar
Petruchio
Mensagens : 151
Data de inscrição : 07/09/2017

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 9/3/2018, 20:27
B.Wayne escreveu:Boa noite pessoal!

Hoje o dia foi tranquilo. Trabalhei, estudei...
Estive pensando, quando vejo o quanto falta pra completar os 90 dias, me sinto um pouco desanimado, mas vou mudar a ótica, e dividir a meta por dia. Tipo assim, ao invés de ser 90 dias, agora vou pensar que a meta é diária. A meta de hoje é 1 dia, amanhã 1 dia, ... até os 90. Acredito que deva ser mais fácil pensando assim. O que vcs acham ?

Outra coisa que pensei foi na minha dificuldade de falar com as pessoas. Como disse anteriormente, as vezes, as palavras não saem de forma tão fluida, dá umas "rateadas" de vez em quando. E também tenho dificuldade em falar frases muito longas. Parece que falta ar, ou eu respiro errado. Então imagina quando converso, ... tenho que usar frases curtas, ou então usar palavras sinônimos mais fáceis de pronunciar. Não acontece sempre, mas é chato conviver com isso. Agora a pergunta é: O vício pode ser a causa dessas coisas ? Após completa os 90, será que some ?

Sucesso à todos!
também sofro disso e acredito que é causado ou agravado pelo vício sim, famosa ansiedade social...

essa coisa dos 90 dias não é tão certo, não é uma mágica. vc vai melhorando aos poucos
90 dias é um experimento pra vc ter uma melhora e te mostrar que vc tem que abandonar esse habito para sempre

quanto ao desanimo por causa do contador. nos primeiros dias fica bem ruim mesmo, mas depois vc para de contar...

_______________________________________
avatar
Sonhador Lúcido
Mensagens : 69
Data de inscrição : 05/10/2017

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 9/3/2018, 23:47
B.Wayne escreveu:Boa noite pessoal!

Hoje o dia foi tranquilo. Trabalhei, estudei...
Estive pensando, quando vejo o quanto falta pra completar os 90 dias, me sinto um pouco desanimado, mas vou mudar a ótica, e dividir a meta por dia. Tipo assim, ao invés de ser 90 dias, agora vou pensar que a meta é diária. A meta de hoje é 1 dia, amanhã 1 dia, ... até os 90. Acredito que deva ser mais fácil pensando assim. O que vcs acham ?

Outra coisa que pensei foi na minha dificuldade de falar com as pessoas. Como disse anteriormente, as vezes, as palavras não saem de forma tão fluida, dá umas "rateadas" de vez em quando. E também tenho dificuldade em falar frases muito longas. Parece que falta ar, ou eu respiro errado. Então imagina quando converso, ... tenho que usar frases curtas, ou então usar palavras sinônimos mais fáceis de pronunciar. Não acontece sempre, mas é chato conviver com isso. Agora a pergunta é: O vício pode ser a causa dessas coisas ? Após completa os 90, será que some ?

Sucesso à todos!

Fala Wayne. Isso de meta diária é excelente. Pelo menos eu tento ver assim e isso hoje me livrou de uma recaída. Eu tenho um mantra para isso que é baseado na fala do Aragorn de Senhor dos Anéis que é: Talvez um dia eu caia, mas esse dia não é hoje! (Até assisto o vídeo para relembrar)

Quanto a socialização não se preocupe. É difícil né? Eu recentemente estou aprendendo a me socializar (e olha que tenho 25 anos). Minha timidez praticamente se foi, mas sou introvertido e se esse for seu caso acredite; ser assim é completamente normal e possui suas vantagens.

Sucesso Senhor Wayne
avatar
Coração Valente
Mensagens : 433
Data de inscrição : 09/03/2018
Localização : 90 DIAS COMPLETOS!
http://www.comoparar.com/t7140-diario-do-morfeu-uma-jornada-em-b

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 12/3/2018, 09:17
B.Wayne escreveu:Boa noite companheiros!
Gente, como o humor pode variar bastante né?
Meu humor estava em baixa. Ontem tive uns desentendimentos com meus pais, enfim... Fui dormir puto e acordei puto. Fui estudar, e para minha  surpresa, meu rendimento aumentou, senti meu cérebro mais ativo e com um significativo ganho de memória. O humor já foi melhorando. Depois tive que ir na rua resolver umas coisa. Tentei melhorar minha expressão facial, pra tentar ficar mais "simpático" mas acho que não funcionou, pois quando fui numa loja recebi o troco errado (duas vezes). Me deu raiva pois achei que foi de má fé. Acho que algumas pessoas confundem simpatia com fraqueza. Parece que querem logo "passar a perna". E na minha cabeça vem aquela voz dizendo: Tá vendo, isso que dá querer ser simpático. O humor já baixou novamente. Quando cheguei em casa, continuei pensando nisso, mais os meus pais. Já comecei a prever a queda. Mas não aceitei a racionalização. Vim pro fórum, li algumas histórias, ajudei algumas pessoas (mesmo sendo com poucas palavras de incentivo) e percebi meu humor voltando. Conversei com meu irmão sobre tudo isso e ele me ajudou também. Agora, enquanto escrevo, me sinto bem melhor.
Moral da história: Não importa se seu dia começa bom ou mau, ou se seu humor oscila bastante. A questão é, dá pra melhorar, por mais que o dia pareça perdido, não desista, vc consegue!

Eae, irmão! Curiosamente nossa postura corporal e facial influencia muito em nosso estado de espírito. Quando estou mal eu saiu pra fazer caminhada e faço uma postura como se eu fosse o cara mais feliz do mundo, consequentemente meu cérebro acaba liberando endorfinas só pelo fato do meu corpo tentar demostrar que estou bem. O mesmo acontece quando estamos mal e reproduzindo em nossas expressões corporais. Nosso cérebro é incrível. Há comprovações científicas sobre esse tema, depois pesquise a respeito. Espero ter ajudado de alguma forma. Sucesso, Morcego!
avatar
B.Wayne
Mensagens : 194
Data de inscrição : 16/02/2018

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 12/3/2018, 09:47
Petruchio escreveu:
B.Wayne escreveu:Boa noite pessoal!

Hoje o dia foi tranquilo. Trabalhei, estudei...
Estive pensando, quando vejo o quanto falta pra completar os 90 dias, me sinto um pouco desanimado, mas vou mudar a ótica, e dividir a meta por dia. Tipo assim, ao invés de ser 90 dias, agora vou pensar que a meta é diária. A meta de hoje é 1 dia, amanhã 1 dia, ... até os 90. Acredito que deva ser mais fácil pensando assim. O que vcs acham ?

Outra coisa que pensei foi na minha dificuldade de falar com as pessoas. Como disse anteriormente, as vezes, as palavras não saem de forma tão fluida, dá umas "rateadas" de vez em quando. E também tenho dificuldade em falar frases muito longas. Parece que falta ar, ou eu respiro errado. Então imagina quando converso, ... tenho que usar frases curtas, ou então usar palavras sinônimos mais fáceis de pronunciar. Não acontece sempre, mas é chato conviver com isso. Agora a pergunta é: O vício pode ser a causa dessas coisas ? Após completa os 90, será que some ?

Sucesso à todos!
também sofro disso e acredito que é causado ou agravado pelo vício sim, famosa ansiedade social...

essa coisa dos 90 dias não é tão certo, não é uma mágica. vc vai melhorando aos poucos
90 dias é um experimento pra vc ter uma melhora e te mostrar que vc tem que abandonar esse habito para sempre

quanto ao desanimo por causa do contador. nos primeiros dias fica bem ruim mesmo, mas depois vc para de contar...

Obrigado amigo Petruchio!

_______________________________________
avatar
B.Wayne
Mensagens : 194
Data de inscrição : 16/02/2018

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 12/3/2018, 09:48
Sonhador Lúcido escreveu:
B.Wayne escreveu:Boa noite pessoal!

Hoje o dia foi tranquilo. Trabalhei, estudei...
Estive pensando, quando vejo o quanto falta pra completar os 90 dias, me sinto um pouco desanimado, mas vou mudar a ótica, e dividir a meta por dia. Tipo assim, ao invés de ser 90 dias, agora vou pensar que a meta é diária. A meta de hoje é 1 dia, amanhã 1 dia, ... até os 90. Acredito que deva ser mais fácil pensando assim. O que vcs acham ?

Outra coisa que pensei foi na minha dificuldade de falar com as pessoas. Como disse anteriormente, as vezes, as palavras não saem de forma tão fluida, dá umas "rateadas" de vez em quando. E também tenho dificuldade em falar frases muito longas. Parece que falta ar, ou eu respiro errado. Então imagina quando converso, ... tenho que usar frases curtas, ou então usar palavras sinônimos mais fáceis de pronunciar. Não acontece sempre, mas é chato conviver com isso. Agora a pergunta é: O vício pode ser a causa dessas coisas ? Após completa os 90, será que some ?

Sucesso à todos!

Fala Wayne. Isso de meta diária é excelente. Pelo menos eu tento ver assim e isso hoje me livrou de uma recaída. Eu tenho um mantra para isso que é baseado na fala do Aragorn de Senhor dos Anéis que é: Talvez um dia eu caia, mas esse dia não é hoje! (Até assisto o vídeo para relembrar)

Quanto a socialização não se preocupe. É difícil né? Eu recentemente estou aprendendo a me socializar (e olha que tenho 25 anos). Minha timidez praticamente se foi, mas sou introvertido e se esse for seu caso acredite; ser assim é completamente normal e possui suas vantagens.

Sucesso Senhor Wayne

Valeu amigo Sonhador Lúcido!

_______________________________________
avatar
B.Wayne
Mensagens : 194
Data de inscrição : 16/02/2018

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 12/3/2018, 09:50
Morfeu escreveu:
B.Wayne escreveu:Boa noite companheiros!
Gente, como o humor pode variar bastante né?
Meu humor estava em baixa. Ontem tive uns desentendimentos com meus pais, enfim... Fui dormir puto e acordei puto. Fui estudar, e para minha  surpresa, meu rendimento aumentou, senti meu cérebro mais ativo e com um significativo ganho de memória. O humor já foi melhorando. Depois tive que ir na rua resolver umas coisa. Tentei melhorar minha expressão facial, pra tentar ficar mais "simpático" mas acho que não funcionou, pois quando fui numa loja recebi o troco errado (duas vezes). Me deu raiva pois achei que foi de má fé. Acho que algumas pessoas confundem simpatia com fraqueza. Parece que querem logo "passar a perna". E na minha cabeça vem aquela voz dizendo: Tá vendo, isso que dá querer ser simpático. O humor já baixou novamente. Quando cheguei em casa, continuei pensando nisso, mais os meus pais. Já comecei a prever a queda. Mas não aceitei a racionalização. Vim pro fórum, li algumas histórias, ajudei algumas pessoas (mesmo sendo com poucas palavras de incentivo) e percebi meu humor voltando. Conversei com meu irmão sobre tudo isso e ele me ajudou também. Agora, enquanto escrevo, me sinto bem melhor.
Moral da história: Não importa se seu dia começa bom ou mau, ou se seu humor oscila bastante. A questão é, dá pra melhorar, por mais que o dia pareça perdido, não desista, vc consegue!

Eae, irmão! Curiosamente nossa postura corporal e facial influencia muito em nosso estado de espírito. Quando estou mal eu saiu pra fazer caminhada e faço uma postura como se eu fosse o cara mais feliz do mundo, consequentemente meu cérebro acaba liberando endorfinas só pelo fato do meu corpo tentar demostrar que estou bem. O mesmo acontece quando estamos mal e reproduzindo em nossas expressões corporais. Nosso cérebro é incrível. Há comprovações científicas sobre esse tema, depois pesquise a respeito. Espero ter ajudado de alguma forma. Sucesso, Morcego!

Obrigado pela ajuda amigo Morfeu!

_______________________________________
avatar
B.Wayne
Mensagens : 194
Data de inscrição : 16/02/2018

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 12/3/2018, 11:08
Tá foda!
Eu realmente gostaria de vir aqui e trazer uma palavra positiva pra vcs. Minha cabeça tá toda confusa,  nem sei por onde começar. Nesses 3 últimos dias vim caindo seguidas vezes. Me senti muito mal. Vários problemas, várias questões que não foram resolvidas no passado vem a tona e me tiram a paz. Sinto uma grande falta de apoio dos meus pais pra muitas coisas, imagina então pro meu vício. Praticamente só tenho o meu irmão, e vcs agora. Me incomoda o fato de estar ainda morando com meus pais e não ter a independência financeira. Me sinto incapaz, sem força de vontade, eu falo que vou parar, mas qualquer sugestão da minha mente eu caio. Me sinto escravo do meu próprio desejo sexual. Imagina, como que eu vou interagir com alguma mulher assim. Porra, fico com a estima lá no chão. Uma coisa que eu também tenho é a sensação de não ser adulto. Não sei o que acontece comigo, mas eu me sinto um adolescente, mesmo com 25 anos. Eu vejo um cara da minha idade ou até mais novo, mas parece que é mais velho, mais maduro. Eu fico tentando ver o que ele faz pra parecer assim, mas não consigo descobrir. O mesmo acontece com mulheres da minha idade. Eu não me sinto compatível com elas. É como se eu tivesse que olhar para as adolescentes, mas eu sei que é errado. Hoje fui na rua e passei na porta da academia pra ver como era mas nem cheguei a entrar. Quando ando na rua me sinto fraco, vulnerável, estranho, como se não pertencesse ou se encaixasse em lugar nenhum. O pior é que visualmente não pareço fraco. Tenho quase 1,80 de atura, ombros mais largos do que a maioria, me considero com alguma beleza em relação a média. Então por que penso essas coisas malucas ? Vejo os amigos aqui conseguindo progredir nos seus reboots, com palavra, determinação, já estão com 15, 30, 45 dias, ... mas eu não consigo passar da porra dos 5 dias. Ontem quando caí, senti como se uma bomba de dopamina explodisse na minha cabeça. Meu corpo queimava inteiro, como se uma descarga elétrica forte passasse por ele. E eu me contorcendo de um lado pro outro.
O texto ficou um pouco confuso, é como minha mente está agora. Eu ia escrever isso a noite mas fiquei agoniado, precisava falar isso com alguém.
Agradeço pela atenção
Wayne

_______________________________________
avatar
Coração Valente
Mensagens : 433
Data de inscrição : 09/03/2018
Localização : 90 DIAS COMPLETOS!
http://www.comoparar.com/t7140-diario-do-morfeu-uma-jornada-em-b

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 12/3/2018, 12:26
B.Wayne escreveu:Tá foda!
Eu realmente gostaria de vir aqui e trazer uma palavra positiva pra vcs. Minha cabeça tá toda confusa,  nem sei por onde começar. Nesses 3 últimos dias vim caindo seguidas vezes. Me senti muito mal. Vários problemas, várias questões que não foram resolvidas no passado vem a tona e me tiram a paz. Sinto uma grande falta de apoio dos meus pais pra muitas coisas, imagina então pro meu vício. Praticamente só tenho o meu irmão, e vcs agora.

Fala, irmão! Provavelmente o que te leva a M são esses problemas pessoais que não foram resolvidos. Dessa forma, o vício acaba funcionando como uma válvula de escape que libera uma dose alta e passageira de dopamina... O resto tudo já sabe.

Minha dica é, além de focar no reboot, tentar melhorar os seus problemas pessoais também em todas as esferas. Procura liberar essa dopamina, esse alívio, através de formas saudáveis, como ajudar um desconhecido, socializar, ver filmes de comédia, cantar no chuveiro, atividades físicas, flertar com garotas, praticar atividade físicas, tomar um cerveja de leve, etc....

Em relação a falta de apoio dos seus pais, compactuo um pouco contigo. Pois, até um tempo atrás meus pais não me apoiavam em meus sonhos, com muito esforço consegui provar minha capacidade a eles, principalmente ao meu pai que hoje em dia investe em mim pagando faculdade, cursinhos pra concurso público, etc. Já minha mãe, embora no fundo eu saiba que ela só quer o meu bem mesmo que seja partindo do pressuposto que esse bem seja feito da forma que ela achar melhor pra mim. Por fim, se for esse o seu caso, tenta provar a eles das suas capacidades e, o mais importante de tudo, não espere ajuda de ninguém. Só devemos confiar e acreditar em nós mesmo e dar nossos pulos sozinhos, mas claro, ajuda é sempre bem-vinda, né?

Me incomoda o fato de estar ainda morando com meus pais e não ter a independência financeira. Me sinto incapaz, sem força de vontade, eu falo que vou parar, mas qualquer sugestão da minha mente eu caio. Me sinto escravo do meu próprio desejo sexual. Imagina, como que eu vou interagir com alguma mulher assim. Porra, fico com a estima lá no chão. Uma coisa que eu também tenho é a sensação de não ser adulto. Não sei o que acontece comigo, mas eu me sinto um adolescente, mesmo com 25 anos. Eu vejo um cara da minha idade ou até mais novo, mas parece que é mais velho, mais maduro. Eu fico tentando ver o que ele faz pra parecer assim, mas não consigo descobrir. O mesmo acontece com mulheres da minha idade. Eu não me sinto compatível com elas. É como se eu tivesse que olhar para as adolescentes, mas eu sei que é errado. Hoje fui na rua e passei na porta da academia pra ver como era mas nem cheguei a entrar. Quando ando na rua me sinto fraco, vulnerável, estranho, como se não pertencesse ou se encaixasse em lugar nenhum. O pior é que visualmente não pareço fraco. Tenho quase 1,80 de atura, ombros mais largos do que a maioria, me considero com alguma beleza em relação a média. Então por que penso essas coisas malucas ? Vejo os amigos aqui conseguindo progredir nos seus reboots, com palavra, determinação, já estão com 15, 30, 45 dias, ... mas eu não consigo passar da porra dos 5 dias. Ontem quando caí, senti como se uma bomba de dopamina explodisse na minha cabeça. Meu corpo queimava inteiro, como se uma descarga elétrica forte passasse por ele. E eu me contorcendo de um lado pro outro.

Tamos juntos. Vou fazer 27 anos e ainda não tenho uma casa, uma motocicleta, um diploma de curso técnico ou curso superior, tranquei faculdade e já deveria está no último período, também larguei o emprego pra estudar pra concurso, etc. Me arrependo de muitas coisas que fiz, mas como não posso voltar no tempo, pego esses meus erros e uso como aprendizagem. Recomecei tudo do 0. Após 75 de reboot meu relacionamento mudou com várias pessoas, inclusive com a família. Consegui passar 3 universidades e chegar muito próximo de ser aprovado em um concurso público de nível estadual, etc, etc...

Essa questão de se sentir um adolescente é muito comum. Existe vários fatores que fazem com que várias pessoas se sintam ou ajam assim. Por exemplo, nas últimas décadas um cara de 17-18 anos se comportava como se já fosse adulto. Com as transformações culturais, nacionalidade, nível socio-economico, criação dos pais, ambientes, maturação do próprio indivíduo, etc, etc... Tudo isso contribui para moldar o nosso comportamento, inclusive o vício em PMO. Ou seja, não se culpe por ser quem você é. Devemos aceitar os fatos e começar um nossa história. Não adianta mais se lamentar.

Eu também tinha esse medo de me relacionar com as pessoas, principalmente com mulheres. Com a pratica e o reboot, eu fui tentando até que percebi que não existe nenhum bicho de sete cabeça. Todo esse medo é fruto de nossas racionalizações. Minha dica é socializar na medida que você avançar no reboot. Assim, você irá analisando e se motivando cada vez mais em conseguir suas metas.

Já experimentou meditar para aprender a controlar esses pensamentos impulsivos? Como anda os seus bloqueadores? É importante analisar essas brechas que fazem você ver P e praticar M. Sobre recaídas, elas nunca podem ter sido em vão. No meu caso, já cai umas 8 vezes, em queda em queda eu fui melhorando minhas falhas. Hoje em dia uso no PC o K9, Blok Free e Open DNS. No celular uso o Spin, App Lock e Lock App. Hoje voltei a minha rotina de estudos, meditação e logo farei atividades físicas.

Estou com presa aqui. Em breve volto pra comentar mais.

O texto ficou um pouco confuso, é como minha mente está agora. Eu ia escrever isso a noite mas fiquei agoniado, precisava falar isso com alguém.
Agradeço pela atenção
Wayne
Relaxa. Não se culpe ou se desespere. Faça uma caminhada no fim da tarde e uma sessão de meditação guiada antes de dormir.
Sucesso!
avatar
Coração Valente
Mensagens : 433
Data de inscrição : 09/03/2018
Localização : 90 DIAS COMPLETOS!
http://www.comoparar.com/t7140-diario-do-morfeu-uma-jornada-em-b

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 12/3/2018, 12:39
Depois envio uma parada que irá te ajudar.
avatar
office
Mensagens : 5
Data de inscrição : 03/03/2018

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 12/3/2018, 17:50
B.Wayne escreveu:Tá foda!
Eu realmente gostaria de vir aqui e trazer uma palavra positiva pra vcs. Minha cabeça tá toda confusa,  nem sei por onde começar. Nesses 3 últimos dias vim caindo seguidas vezes. Me senti muito mal. Vários problemas, várias questões que não foram resolvidas no passado vem a tona e me tiram a paz. Sinto uma grande falta de apoio dos meus pais pra muitas coisas, imagina então pro meu vício. Praticamente só tenho o meu irmão, e vcs agora. Me incomoda o fato de estar ainda morando com meus pais e não ter a independência financeira. Me sinto incapaz, sem força de vontade, eu falo que vou parar, mas qualquer sugestão da minha mente eu caio. Me sinto escravo do meu próprio desejo sexual. Imagina, como que eu vou interagir com alguma mulher assim. Porra, fico com a estima lá no chão. Uma coisa que eu também tenho é a sensação de não ser adulto. Não sei o que acontece comigo, mas eu me sinto um adolescente, mesmo com 25 anos. Eu vejo um cara da minha idade ou até mais novo, mas parece que é mais velho, mais maduro. Eu fico tentando ver o que ele faz pra parecer assim, mas não consigo descobrir. O mesmo acontece com mulheres da minha idade. Eu não me sinto compatível com elas. É como se eu tivesse que olhar para as adolescentes, mas eu sei que é errado. Hoje fui na rua e passei na porta da academia pra ver como era mas nem cheguei a entrar. Quando ando na rua me sinto fraco, vulnerável, estranho, como se não pertencesse ou se encaixasse em lugar nenhum. O pior é que visualmente não pareço fraco. Tenho quase 1,80 de atura, ombros mais largos do que a maioria, me considero com alguma beleza em relação a média. Então por que penso essas coisas malucas ? Vejo os amigos aqui conseguindo progredir nos seus reboots, com palavra, determinação, já estão com 15, 30, 45 dias, ... mas eu não consigo passar da porra dos 5 dias. Ontem quando caí, senti como se uma bomba de dopamina explodisse na minha cabeça. Meu corpo queimava inteiro, como se uma descarga elétrica forte passasse por ele. E eu me contorcendo de um lado pro outro.
O texto ficou um pouco confuso, é como minha mente está agora. Eu ia escrever isso a noite mas fiquei agoniado, precisava falar isso com alguém.
Agradeço pela atenção
Wayne

Caramba, você ainda não fez a matricula na academia, e dai ser seus pais não ter apoiam, não culpe os outros pelo seu fracasso, enfrente seus demônios sozinho. E pare de ser comprara com os outros, foque apenas em você e no seu desenvolvimento, e se desenvolva em todas as áreas física/ mental / profissional / financeira , e principalmente pare com essa porra de vitimismo só você é responsável pela sua vida.

Assista esse vídeo, quem sabe não te ajuda: https://www.youtube.com/watch?v=jF9_7OWogIE

_______________________________________
avatar
Kaled
Mensagens : 200
Data de inscrição : 17/05/2015
Idade : 27
Localização : Mato Grosso

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 12/3/2018, 19:40
Caramba Wayne... que barra heim?!

Eu estou tão deprimido hoje que quase chorei lendo o seu relato!

Cara eu tenho quase os mesmos sentimentos que você, as mesmas coisas que você me disse se passam por minha cabeça! Você tem os seus problemas e eu tenho os meus... mas tudo isso é fichinha! Me desculpa a palavra, mas tem gente neste mundo que está bem mais f#@$%! do que a gente!

Eu tento desesperadamente fugir do vício... é uma luta diária, mas os pensamentos sabe.... eles ainda insistem em me atormentar! A minha mente está repleta de imagens que eu não consigo deletar... pensamentos que eu não consigo destruir...

Mas eu sei que isso faz parte da desconstrução do vício... Muitos de nós somos viciados a 10 ou 15 anos! Nada irá mudar da noite para o dia!

Vamos ter que lutar ainda por muito tempo, e após o reboot a luta se estende até o final da vida!

Instale bloqueadores, no pc, no celular...

Queime revistas, livros, cds, dvds, limpe o computador... destrua tudo que o faz cair. Corte amizades, relacionamentos.... que não fazem bem para você!

É preciso renúncia, é preciso humilhação, é preciso perdão, é preciso coragem para vencer a merda do PMO!

Wayne não o conheço, mas percebo que suas palavras são sinceras.

Não desista de lutar, nunca!

Eu tenho fé em vc!

_______________________________________


Quem abandona a luta não poderá nunca saborear o gosto de uma vitória.

Textos Judaicos
avatar
B.Wayne
Mensagens : 194
Data de inscrição : 16/02/2018

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 12/3/2018, 21:35
Boa noite galera!

Primeiro quero agradecer o apoio de todos vcs. Muito obrigado pelas dicas e incentivos.

Gostaria de dizer também que quando escrevo essas coisas, minha intenção é botar pra fora tudo de ruim que está dentro de mim. Para que eu não guarde esses sentimentos. Não sou vitimista, apenas falo o que sinto. Se pareceu isso, não foi a intenção. Então agradeço as palavras do amigo office. Sei que ele teve uma boa intenção, e só quis ajudar, então tô de boa.

Gente, agora estou bem melhor. Mesmo minha energia estando baixa pela drenagem de ontem, voltei a estudar. Me sinto mais calmo agora.

Comecei a ler um livro sobre PNL para entender mais sobre minha mente, parece bem interessante, depois eu comento algo mais a respeito.

Fiquei meditando e a força começou a brotar novamente dentro de mim. Agora a noite meu irmão é que tava mal (da mesma forma que eu estava hoje). Mas incrívelmente tirei uma força não sei de onde e consegui ajudar bastante ele. Como pode isso né ? No mesmo dia em que me sentí fraco, depois me sentir forte.

Vou começar amanhã a planejar minhas tarefas e meus horários com uma checklist.

O mundo real, tem suas imperfeições, conflitos, injustiças, nos derruba várias vezes ... é verdade. Mas nesse mesmo mundo podemos também experimentar as melhores coisas da vida. Uma delas é poder ajudar alguém, se sentir útil, saber que vc contribuiu mesmo que pouco, para melhorar a vida de alguém. No meu caso, essa satisfação vem de ajudar meu irmão e vcs aqui. Mesmo estando longe de ser o homem que eu quero, acredito que estou mais perto agora.

Estou de volta meus, amigos! Eu vou vencer essa merda! E vou ajudar vcs também.

Sucesso à todos!

Wayne

_______________________________________
avatar
Coração Valente
Mensagens : 433
Data de inscrição : 09/03/2018
Localização : 90 DIAS COMPLETOS!
http://www.comoparar.com/t7140-diario-do-morfeu-uma-jornada-em-b

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 13/3/2018, 09:44
B.Wayne escreveu:Boa noite galera!

Primeiro quero agradecer o apoio de todos vcs. Muito obrigado pelas dicas e incentivos.

Gostaria de dizer também que quando escrevo essas coisas, minha intenção é botar pra fora tudo de ruim que está dentro de mim. Para que eu não guarde esses sentimentos. Não sou vitimista, apenas falo o que sinto. Se pareceu isso, não foi a intenção. Então agradeço as palavras do amigo office. Sei que ele teve uma boa intenção, e só quis ajudar, então tô de boa.

Gente, agora estou bem melhor. Mesmo minha energia estando baixa pela drenagem de ontem, voltei a estudar. Me sinto mais calmo agora.

Comecei a ler um livro sobre PNL para entender mais sobre minha mente, parece bem interessante, depois eu comento algo mais a respeito.

Fiquei meditando e a força começou a brotar novamente dentro de mim. Agora a noite meu irmão é que tava mal (da mesma forma que eu estava hoje). Mas incrívelmente tirei uma força não sei de onde e consegui ajudar bastante ele. Como pode isso né ? No mesmo dia em que me sentí fraco, depois me sentir forte.

Vou começar amanhã a planejar minhas tarefas e meus horários com uma checklist.

O mundo real, tem suas imperfeições, conflitos, injustiças, nos derruba várias vezes ... é verdade. Mas nesse mesmo mundo podemos também experimentar as melhores coisas da vida. Uma delas é poder ajudar alguém, se sentir útil, saber que vc contribuiu mesmo que pouco, para melhorar a vida de alguém. No meu caso, essa satisfação vem de ajudar meu irmão e vcs aqui. Mesmo estando longe de ser o homem que eu quero, acredito que estou mais perto agora.

Estou de volta meus, amigos! Eu vou vencer essa merda! E vou ajudar vcs também.

Sucesso à todos!

Wayne

Fico feliz, cara!

Olha, eu particularmente deixei de ser e comentar em diários de caras vitimistas ou que mendigam atenção. Sei que esse não é o seu caso.

Agora conte-nos como foi essa recaída. Usou a senha dos bloqueadores? usou smartphone de terceiros, etc...? È importante reconhecer tuas falhas para que assim não caia nos mesmos erros.

Desejo sucesso a ti!
avatar
Petruchio
Mensagens : 151
Data de inscrição : 07/09/2017

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 13/3/2018, 16:38
essa coisa de ficar caindo é pesada mesmo, brother. conheço bem...
o importante é que vc ta se recompondo rápido

mas notei q vc não ta fazendo atividades de religação. bom vc disse que iria sair com seu irmão e tal, criar uma rotina...
tem q fazer, cara. é menos tempo pra pensar em PMO. e depois de um tempo elas começam a ser prazerosas

_______________________________________
avatar
B.Wayne
Mensagens : 194
Data de inscrição : 16/02/2018

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 13/3/2018, 20:19
Morfeu escreveu:
B.Wayne escreveu:Boa noite galera!

Primeiro quero agradecer o apoio de todos vcs. Muito obrigado pelas dicas e incentivos.

Gostaria de dizer também que quando escrevo essas coisas, minha intenção é botar pra fora tudo de ruim que está dentro de mim. Para que eu não guarde esses sentimentos. Não sou vitimista, apenas falo o que sinto. Se pareceu isso, não foi a intenção. Então agradeço as palavras do amigo office. Sei que ele teve uma boa intenção, e só quis ajudar, então tô de boa.

Gente, agora estou bem melhor. Mesmo minha energia estando baixa pela drenagem de ontem, voltei a estudar. Me sinto mais calmo agora.

Comecei a ler um livro sobre PNL para entender mais sobre minha mente, parece bem interessante, depois eu comento algo mais a respeito.

Fiquei meditando e a força começou a brotar novamente dentro de mim. Agora a noite meu irmão é que tava mal (da mesma forma que eu estava hoje). Mas incrívelmente tirei uma força não sei de onde e consegui ajudar bastante ele. Como pode isso né ? No mesmo dia em que me sentí fraco, depois me sentir forte.

Vou começar amanhã a planejar minhas tarefas e meus horários com uma checklist.

O mundo real, tem suas imperfeições, conflitos, injustiças, nos derruba várias vezes ... é verdade. Mas nesse mesmo mundo podemos também experimentar as melhores coisas da vida. Uma delas é poder ajudar alguém, se sentir útil, saber que vc contribuiu mesmo que pouco, para melhorar a vida de alguém. No meu caso, essa satisfação vem de ajudar meu irmão e vcs aqui. Mesmo estando longe de ser o homem que eu quero, acredito que estou mais perto agora.

Estou de volta meus, amigos! Eu vou vencer essa merda! E vou ajudar vcs também.

Sucesso à todos!

Wayne

Fico feliz, cara!

Olha, eu particularmente deixei de ser e comentar em diários de caras vitimistas ou que mendigam atenção. Sei que esse não é o seu caso.

Agora conte-nos como foi essa recaída. Usou a senha dos bloqueadores? usou smartphone de terceiros, etc...? È importante reconhecer tuas falhas para que assim não caia nos mesmos erros.

Desejo sucesso a ti!

Oi Morfeu!
Cara, a recaída foi por besteira, fui pra cama sem sono e fiquei mexendo no celular. Mas já corrigi isso.
Obrigado pelo apoio. Tamo junto!

_______________________________________
avatar
B.Wayne
Mensagens : 194
Data de inscrição : 16/02/2018

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 13/3/2018, 20:21
Petruchio escreveu:essa coisa de ficar caindo é pesada mesmo, brother. conheço bem...
o importante é que vc ta se recompondo rápido

mas notei q vc não ta fazendo atividades de religação. bom vc disse que iria sair com seu irmão e tal, criar uma rotina...
tem q fazer, cara. é menos tempo pra pensar em PMO. e depois de um tempo elas começam a ser prazerosas

Valeu pelo apoio cara, já estou melhor. Vamo pra cima. Tamo junto!

_______________________________________
avatar
Coração Valente
Mensagens : 433
Data de inscrição : 09/03/2018
Localização : 90 DIAS COMPLETOS!
http://www.comoparar.com/t7140-diario-do-morfeu-uma-jornada-em-b

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 13/3/2018, 20:25
B.Wayne escreveu:
Morfeu escreveu:
B.Wayne escreveu:Boa noite galera!

Primeiro quero agradecer o apoio de todos vcs. Muito obrigado pelas dicas e incentivos.

Gostaria de dizer também que quando escrevo essas coisas, minha intenção é botar pra fora tudo de ruim que está dentro de mim. Para que eu não guarde esses sentimentos. Não sou vitimista, apenas falo o que sinto. Se pareceu isso, não foi a intenção. Então agradeço as palavras do amigo office. Sei que ele teve uma boa intenção, e só quis ajudar, então tô de boa.

Gente, agora estou bem melhor. Mesmo minha energia estando baixa pela drenagem de ontem, voltei a estudar. Me sinto mais calmo agora.

Comecei a ler um livro sobre PNL para entender mais sobre minha mente, parece bem interessante, depois eu comento algo mais a respeito.

Fiquei meditando e a força começou a brotar novamente dentro de mim. Agora a noite meu irmão é que tava mal (da mesma forma que eu estava hoje). Mas incrívelmente tirei uma força não sei de onde e consegui ajudar bastante ele. Como pode isso né ? No mesmo dia em que me sentí fraco, depois me sentir forte.

Vou começar amanhã a planejar minhas tarefas e meus horários com uma checklist.

O mundo real, tem suas imperfeições, conflitos, injustiças, nos derruba várias vezes ... é verdade. Mas nesse mesmo mundo podemos também experimentar as melhores coisas da vida. Uma delas é poder ajudar alguém, se sentir útil, saber que vc contribuiu mesmo que pouco, para melhorar a vida de alguém. No meu caso, essa satisfação vem de ajudar meu irmão e vcs aqui. Mesmo estando longe de ser o homem que eu quero, acredito que estou mais perto agora.

Estou de volta meus, amigos! Eu vou vencer essa merda! E vou ajudar vcs também.

Sucesso à todos!

Wayne

Fico feliz, cara!

Olha, eu particularmente deixei de ser e comentar em diários de caras vitimistas ou que mendigam atenção. Sei que esse não é o seu caso.

Agora conte-nos como foi essa recaída. Usou a senha dos bloqueadores? usou smartphone de terceiros, etc...? È importante reconhecer tuas falhas para que assim não caia nos mesmos erros.

Desejo sucesso a ti!

Oi Morfeu!
Cara, a recaída foi por besteira, fui pra cama sem sono e fiquei mexendo no celular. Mas já corrigi isso.
Obrigado pelo apoio. Tamo junto!

Se sentir fissura na hora de dormi, tome um banho frio antes de deitar e aproveite para uma sessão de 15 minutos de meditação antes de adormecer.

Se o problema foi por causa de senha, entregue-a para um terceiro. Avise-o para não entrega-lhe em hipótese alguma. Se caso precisar fazer alguma configuração, só faça-a na presença do mesmo.

Fica bem!
avatar
B.Wayne
Mensagens : 194
Data de inscrição : 16/02/2018

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 13/3/2018, 21:05
Vitória!

Boa noite galera, tudo bem ?
Gente, hoje o dia foi muito bom. Consegui 2 vitórias.

1- Consegui ir na academia. Sim. Ontem meditei bastante, me imaginei indo lá. Fui dormir com isso na cabeça, tipo: vou acordar, tomar café, e vou lá, sem falta. Levantei já com isso na mente. Comecei a mudar de roupa e lá vem os pensamentos de dúvida. Com esses pensamentos, meu corpo começou a reagir, tipo: tremer por dentro, mão gelada, coração acelerando. Eu fechei os olhos e pensei: eu consigo! Fiquei um tempo de olhos fechados, controlei a respiração, e senti meu coração se acalmar. Não fiquei 100% calmo, mas tinha melhorado bastante. Então fui assim mesmo. Usei uma técnica chamada "ancoragem" (depois explico melhor) na rua e me senti muito bem. Até consegui cumprimentar melhor o porteiro. Chegando lá tinha duas atendentes. Consegui manter a postura ereta e olhar no rosto das duas e cumprimentar com um sorriso. Peguei todas as informações e saí me sentindo um máximo. Nossa, aquela sensação de vitória foi muito boa. Vim pela rua com uma disposição, uma energia,... Daí eu pensei: vou em outra academia, rsrs. E novamente, aconteceu parecido com a primeira. Eu saí pensando em conhecer uma e acabei vendo duas. Agora vou fazer os exames e começar o mais breve possível.

2- Agora a noite escapei de duas cenas que poderiam me derrubar. Primeiro uma vizinha de camisola na janela. Segundo um casal se pegando. Na hora eu lembrei da queda que tive, quando fiquei olhando um outro casal. E logo eu desviei a atenção, fui fazer outra coisa, não deixei o pensamento se criar.

Tô de volta no jogo. Vamo pra cima!

_______________________________________
avatar
Coração Valente
Mensagens : 433
Data de inscrição : 09/03/2018
Localização : 90 DIAS COMPLETOS!
http://www.comoparar.com/t7140-diario-do-morfeu-uma-jornada-em-b

Re: Diário do B.Wayne - A Saga da Libertação

em 14/3/2018, 06:33
B.Wayne escreveu:Vitória!

Boa noite galera, tudo bem ?
Gente, hoje o dia foi muito bom. Consegui 2 vitórias.

1- Consegui ir na academia. Sim. Ontem meditei bastante, me imaginei indo lá. Fui dormir com isso na cabeça, tipo: vou acordar, tomar café, e vou lá, sem falta. Levantei já com isso na mente. Comecei a mudar de roupa e lá vem os pensamentos de dúvida. Com esses pensamentos, meu corpo começou a reagir, tipo: tremer por dentro, mão gelada, coração acelerando. Eu fechei os olhos e pensei: eu consigo! Fiquei um tempo de olhos fechados, controlei a respiração, e senti meu coração se acalmar. Não fiquei 100% calmo, mas tinha melhorado bastante. Então fui assim mesmo. Usei uma técnica chamada "ancoragem" (depois explico melhor) na rua e me senti muito bem. Até consegui cumprimentar melhor o porteiro. Chegando lá tinha duas atendentes. Consegui manter a postura ereta e olhar no rosto das duas e cumprimentar com um sorriso. Peguei todas as informações e saí me sentindo um máximo. Nossa, aquela sensação de vitória foi muito boa. Vim pela rua com uma disposição, uma energia,... Daí eu pensei: vou em outra academia, rsrs. E novamente, aconteceu parecido com a primeira. Eu saí pensando em conhecer uma e acabei vendo duas. Agora vou fazer os exames e começar o mais breve possível.

2- Agora a noite escapei de duas cenas que poderiam me derrubar. Primeiro uma vizinha de camisola na janela. Segundo um casal se pegando. Na hora eu lembrei da queda que tive, quando fiquei olhando um outro casal. E logo eu desviei a atenção, fui fazer outra coisa, não deixei o pensamento se criar.

Tô de volta no jogo. Vamo pra cima!

Parabéns pelo progresso, mano! Sei bem como é essa sensação.

Também vou hoje à academia. Quero começar hoje mesmo.

Olha, ontem eu adormeci ouvindo sons binaurais, sobretudo o Nerve Regeneration, e não é que acordei com uma baita ereção matinal pra pareceu ser eterna (Eu nem sabia mais o que era uma ereção matinal). Dar uma olhada no site:
https://free-binaural-beats.com/

Abraços!
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum