Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Mensagens : 1
Data de inscrição : 19/02/2018
Ver perfil do usuário

Reboot de mais um viciado

em 20/2/2018, 00:41
Olá, internautas.
Ai segue minha história:

Tenho 25 anos, namoro há 3 anos, sou o ativo da relação, e infelizmente já fazem uns 8/9 meses que sofro de DE. Disfarcei esse problema no meu relacionamento tomando cialis por um bom tempo (sem meu namorado saber). E hoje em dia, buscando algo menos nocivo e aproveitando que malho, uso  tribulus terrestris (um suplemento natural que ajuda no aumento da testosterona).  Apesar de ambas as opções terem me ajudado, nunca foram 100% eficientes. O que me leva a crer que com certeza esse problema deve ser algo do meu psicológico.

No começo achei que a causa da minha DE podia ser o estresse do meu trabalho, que estava muito puxado, principalmente no ano passado. Mas isso não passou. Comecei a frequentar um psicólogo, comecei a tomar ansiolítico, e mesmo trabalhando nisso tudo ainda sofro do meu problema. Li o manual para iniciantes do forum e me identifiquei com muita coisa. Uma das minhas maiores queixas na penetração é a falta de sensibilidade. Durante a pegação com meu namorado fico excitado, mas depois de penetrar, minha ereção não dura muito. E nas vezes que duram, eu simplesmente demoro demais pra gozar e tenho que parar a transa para me masturbar e chegar aos finalmentes.

Sou viciado em pornografia, apesar de estar tentando há um tempo parar aos poucos. Já conversei com meu psicólogo que sempre quando estou triste busco conforto com P, e me masturbo diversas vezes ao dia. Ele diz, isso ser uma compulsão. Mas e mesmo quando não estou triste, é difícil eu não assistir pornô um vez por dia. Por fim, me tornei escravo disso. Eu amo meu namorado, mas tenho muito mais interesse em ficar na frente do pc, e muitas vezes nem tenho ereção suficiente com isso tmb. Apesar de ser viciado, essa situação me frustra muito. Não acho que sou um bom parceiro, ou que satisfaço meu namorado. Ele é 14 anos mais velho do que eu, já teve muita mais experiência na vida do que eu. E acho que pelo meu vício de assistir tanta besteira na internet, após um tempo com meu problema de DE, passei a assistir cuckold porn e fantasiar com meu namorado com outros homens - já que não me acho bom pra ele. Eu peço para ele me contar histórias do seu passado na cama, e as vezes para ficar com tesão até imagino sem contar pra ele, que sou outro homem transando com ele.

Esse acaba sendo meu maior fetiche, e ao mesmo tempo o que mais odeio em mim mesmo, odeeeio. E não queria mais ter isso. Por isso estou abdicando de pornografia, e ver se consigo me limpar.

Espero não ter escrito muito. Caso alguém tenha alguma história parecida, ou qualquer comentário/dica positiva, agradeço.

Abçs
Moderador
Moderador
Mensagens : 350
Data de inscrição : 07/01/2018
Ver perfil do usuário

Re: Reboot de mais um viciado

em 20/2/2018, 19:08
Olá amigo, fico feliz em vê-lo ter essa coragem de expor sua vida. De fato a vida em PMO nos traz apenas ilusão: o computador torna nossa sensação de prazer mecanizada. Perdemos estímulos, hormônios e a vontade de fazer sexo.
Garanto a você que poderás reverter seu caso a partir do Reboot. Comigo está sendo revolucionário!
Instale os bloqueadores, leia o e-book e faça desse espaço o seu diário pessoal. Não estamos aqui para julgar ninguém, mas para ajudar e acalentar um pouco da sua alma.
Qualquer dúvida estamos à disposição!!!

Beijinhos!

_______________________________________
Visite meu diário e me ajude a vencer!

http://www.comoparar.com/t6668-reboot-marcos

Mensagens : 30
Data de inscrição : 01/02/2018
Ver perfil do usuário

Re: Reboot de mais um viciado

em 20/2/2018, 20:08
Desejo toda a sorte pra você no reboot. Fica postando aqui como tá se sentindo durantes os dias, é muito bom pra manter a motivação!

_______________________________________
"Afinal, o que são 5 segundos de prazer perto de um vida inteira de liberdade?". Arrow

E di chi sarà il coraggio, allora, se non sarà il mio?
Se si spegne quella luce
Resto io
Di chi è la più profonda decisione?
Al di là dei sogni appesi ad una canzone
Oggi riconosco il suono
Della voce di chi sono.
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum