Compartilhe
Ir em baixo
Mensagens : 150
Data de inscrição : 29/03/2018
Ver perfil do usuário

15º dia

em 20/11/2018, 13:43
Indo para a terceira semana...por enquanto, mais forte do que nunca!

_______________________________________
Mensagens : 150
Data de inscrição : 29/03/2018
Ver perfil do usuário

Recaída

em 23/11/2018, 18:14
Recaí perto do 20º dia, pois estou meio desanimado com a vida...sei que não é desculpa, mas aconteceu...bola pra frente.

Estou me sentindo um lixo agora. Consegui burlar e desinstalei o k9 sem ter a senha, com um programa.

Depois que recaí me arrependi.

Depois de muito esforço consegui novamente instalar e configurar o k9.

_______________________________________
Mensagens : 150
Data de inscrição : 29/03/2018
Ver perfil do usuário

Re: Diário Anonimous

em 24/11/2018, 15:09
Não está sendo fácil!

_______________________________________
Mensagens : 150
Data de inscrição : 29/03/2018
Ver perfil do usuário

Re: Diário Anonimous

em 25/11/2018, 09:32
pale pale pale pale

_______________________________________
avatar
Mensagens : 68
Data de inscrição : 30/09/2018
Ver perfil do usuário

Re: Diário Anonimous

em 26/11/2018, 18:36
Força ai amigo. Estamos com o contator igual. Vamos juntos...Abraço!

_______________________________________
Até lá.....



Mensagens : 150
Data de inscrição : 29/03/2018
Ver perfil do usuário

15 dias

em 10/12/2018, 20:10
\0/

_______________________________________
Mensagens : 150
Data de inscrição : 29/03/2018
Ver perfil do usuário

RECAÍDA

em 12/12/2018, 14:27
Recaí hoje, consegui burlar o bloqueador. Estou me sentindo péssimo. A vida não tá boa, muita indecisão e coisas na cabeça. Vi na masturbação uma maneira de relaxar, o que não foi uma boa escolha.

_______________________________________
Mensagens : 150
Data de inscrição : 29/03/2018
Ver perfil do usuário

Re: Diário Anonimous

Ontem à(s) 17:29
tá foda...algum conselho? Tive várias recaídas nas últimas semanas...mas não vou me entregar.

_______________________________________
Mensagens : 23
Data de inscrição : 12/12/2018
Ver perfil do usuário

Re: Diário Anonimous

Ontem à(s) 17:44
Olha, meu reboot começou a engrenar quando parei de ficar tanto tempo em casa. A chance de queda fica menor. Mas isso não é tudo, vc tem que cortar os gatilhos, e toda vez que der vontade vc tem que ter uma estratégia, uma rota de fuga; exercício físico é excelente nisso. Tente iniciar algo difícil, como calistenia, ela leva o corpo ao extremo e te desafia muito.
Mensagens : 150
Data de inscrição : 29/03/2018
Ver perfil do usuário

Relato

Ontem à(s) 18:24
Hoje vou fazer um relato de como está e foi a minha trajetória até aqui. Até porque me sinto na obrigação de expor o que estou sentindo e desde que estou no fórum ainda não havia feito esse relato.

Pois bem, sempre fui uma criança tímida, ficava sempre em casa, bem anti-social...até aí tudo bem.

Chegando na adolescência, demorei bastante tempo para começar a sair para festas, acredito que somente com 20 anos, tudo por que eu sempre fui introvertido, medroso mesmo, sempre achando que falharia em algo.

Descobri a masturbação com 18 anos, a primeira vez que me masturbei no banheiro foi o máximo, depois dessa imprimi fotos da playboy e todo dia ia para o banheiro. Ainda não tinha acesso, ou ainda não conhecia os sites pornográficos, por pura inocência mesmo. Até os 21/22 anos havia ficado com pouquíssimas meninas, porém só conseguia chegar nelas quando já estava completamente bêbado. Sempre fui um cara atraente, mas com uma auto-estima e auto-confiança muito baixa. Me sentia sempre inferior aos outros, até hoje me sinto...mas até aí tudo bem.

Quando eu tinha ali meus 23 anos comecei a ficar com uma menina mais velha que eu, ela tinha 27 ou 28 anos. Ela gostava bastante de mim, mas eu era muito inseguro, tinha medo de sair com ela por que ela ia querer fazer sexo e eu sempre achava que iria falhar e isso realmente aconteceu. Uma noite a gente foi pra um lugar reservado, começamos a nos pegar comecei a tirar a roupa dela e nem me dei conta de como tava o "amigo", mas não estava muito animado. No momento que fui colocar a camisinha, até por inexperiência, acabei sufocando e acabei broxando pela primeira vez.

Era a minha primeira tentativa, com tardios 23 anos, tentamos mais uma vez, mas aí era um dia que havia bebido bastante também acabei broxando, ficamos somente no sexo oral. Ali começou a minha derrocada que se estende até hoje.

Em toda minha vida, hoje tenho 26 anos, tentei transar com apenas 5 mulheres e com 3 delas eu até consegui penetrar, mas sem o uso de preservativo, porém não havia jeito de gozar. As outras 2 foi broxadas mesmo, infelizmente e até hoje estou tentando criar coragem para tentar mais uma vez, mas confesso que está difícil.

Já cheguei a imaginar, como muitos que eu era gay, por que isso é o que a pornografia nos leva a pensar, mas isso já não é mais problema na minha vida. Quanto a isso já estou mais tranquilo.

Sempre coloquei a culpa na bebida, no preservativo, na ansiedade, etc.

Descobri o fórum há uns 2 anos atrás e ao ler as histórias dos companheiros que também estavam na luta, descobri que isso que eu estava passando era tudo por causa da pornografia e decidi começar o reboot pela primeira vez. Naquela época consegui ficar 62 dias sempre pornografia e masturbação, mesmo sem instalar os bloqueadores. Foi na raça mesmo.

Porém com o início das provas e trabalhos da faculdade, comecei a ficar muito ansioso e acabei recaindo para aliviar a tensão que estava sentindo Pensei comigo mesmo, "eu já consegui ficar 62 dias, se eu querer consigo de novo" foi aí que me enganei. Demorei bastante para reiniciar o reboot novamente e me acabava na masturbação.

Na época também eu tinha acesso ao Sexy Hot e Playboy TV na SKY, e quando estava sozinho não resistia e tocava várias. Preferia ficar em casa do que sair para as festas pegar mulheres. Até que um dia consegui colocar uma senha que com o tempo acabei esquecendo, porém depois que recaí fui tentar por tentativa e erro e acabava descobrindo e novamente lá estava eu.

Na segunda tentativa consegui ficar 87 dias sem PMO. Me sentia autoconfiante, auto astral, acordava feliz, etc....mas ainda não havia criado coragem e tentar fazer sexo novamente. Aqui aconteceu a mesma coisa, chegando a época de provas e trabalhos acabei recaindo.

De uns tempos para cá estou tentando voltar para o reboot, mas não estou tendo sucesso, fico uns 20 dias sem, volto, mais 10 dias, volto ,etc.

Tenho todos os dispositivos com acesso a internet bloqueados, porém no meu notebook consegui violar o k9 e não foi uma boa escolha. Estou tentando retomar o reboot e conseguir recuperar a minha auto-estima e auto confiança.

Hoje me encontro com 26 anos, sem ter conseguido ejacular uma única vez na vida com uma mulher "real", vendo todos os meus amigos já namorando e se dando bem com elas e eu mergulhado no mundo da pornografia e masturbação.

Mas enfim, esse foi o meu relado de desabafo. Espero que consiga agora. Vou retomar esse reboot e tomar cuidados para que não volte para esse mundo. Conto com a ajuda de vocês.



_______________________________________
avatar
Mensagens : 425
Data de inscrição : 24/03/2018
Idade : 19
Ver perfil do usuário

Re: Diário Anonimous

Ontem à(s) 23:15
anonimous escreveu:Hoje vou fazer um relato de como está e foi a minha trajetória até aqui. Até porque me sinto na obrigação de expor o que estou sentindo e desde que estou no fórum ainda não havia feito esse relato.

Pois bem, sempre fui uma criança tímida, ficava sempre em casa, bem anti-social...até aí tudo bem.

Chegando na adolescência, demorei bastante tempo para começar a sair para festas, acredito que somente com 20 anos, tudo por que eu sempre fui introvertido, medroso mesmo, sempre achando que falharia em algo.

Descobri a masturbação com 18 anos, a primeira vez que me masturbei no banheiro foi o máximo, depois dessa imprimi fotos da playboy e todo dia ia para o banheiro. Ainda não tinha acesso, ou ainda não conhecia os sites pornográficos, por pura inocência mesmo. Até os 21/22 anos havia ficado com pouquíssimas meninas, porém só conseguia chegar nelas quando já estava completamente bêbado. Sempre fui um cara atraente, mas com uma auto-estima e auto-confiança muito baixa. Me sentia sempre inferior aos outros, até hoje me sinto...mas até aí tudo bem.

Quando eu tinha ali meus 23 anos comecei a ficar com uma menina mais velha que eu, ela tinha 27 ou 28 anos. Ela gostava bastante de mim, mas eu era muito inseguro, tinha medo de sair com ela por que ela ia querer fazer sexo e eu sempre achava que iria falhar e isso realmente aconteceu. Uma noite a gente foi pra um lugar reservado, começamos a nos pegar comecei a tirar a roupa dela e nem me dei conta de como tava o "amigo", mas não estava muito animado. No momento que fui colocar a camisinha, até por inexperiência, acabei sufocando e acabei broxando pela primeira vez.

Era a minha primeira tentativa, com tardios 23 anos, tentamos mais uma vez, mas aí era um dia que havia bebido bastante também acabei broxando, ficamos somente no sexo oral. Ali começou a minha derrocada que se estende até hoje.

Em toda minha vida, hoje tenho 26 anos, tentei transar com apenas 5 mulheres e com 3 delas eu até consegui penetrar, mas sem o uso de preservativo, porém não havia jeito de gozar. As outras 2 foi broxadas mesmo, infelizmente e até hoje estou tentando criar coragem para tentar mais uma vez, mas confesso que está difícil.

Já cheguei a imaginar, como muitos que eu era gay, por que isso é o que a pornografia nos leva a pensar, mas isso já não é mais problema na minha vida. Quanto a isso já estou mais tranquilo.

Sempre coloquei a culpa na bebida, no preservativo, na ansiedade, etc.

Descobri o fórum há uns 2 anos atrás e ao ler as histórias dos companheiros que também estavam na luta, descobri que isso que eu estava passando era tudo por causa da pornografia e decidi começar o reboot pela primeira vez. Naquela época consegui ficar 62 dias sempre pornografia e masturbação, mesmo sem instalar os bloqueadores. Foi na raça mesmo.

Porém com o início das provas e trabalhos da faculdade, comecei a ficar muito ansioso e acabei recaindo para aliviar a tensão que estava sentindo Pensei comigo mesmo, "eu já consegui ficar 62 dias, se eu querer consigo de novo" foi aí que me enganei. Demorei bastante para reiniciar o reboot novamente e me acabava na masturbação.

Na época também eu tinha acesso ao Sexy Hot e Playboy TV na SKY, e quando estava sozinho não resistia e tocava várias. Preferia ficar em casa do que sair para as festas pegar mulheres. Até que um dia consegui colocar uma senha que com o tempo acabei esquecendo, porém depois que recaí fui tentar por tentativa e erro e acabava descobrindo e novamente lá estava eu.

Na segunda tentativa consegui ficar 87 dias sem PMO. Me sentia autoconfiante, auto astral, acordava feliz, etc....mas ainda não havia criado coragem e tentar fazer sexo novamente. Aqui aconteceu a mesma coisa, chegando a época de provas e trabalhos acabei recaindo.

De uns tempos para cá estou tentando voltar para o reboot, mas não estou tendo sucesso, fico uns 20 dias sem, volto, mais 10 dias, volto ,etc.

Tenho todos os dispositivos com acesso a internet bloqueados, porém no meu notebook consegui violar o k9 e não foi uma boa escolha. Estou tentando retomar o reboot e conseguir recuperar a minha auto-estima e auto confiança.

Hoje me encontro com 26 anos, sem ter conseguido ejacular uma única vez na vida com uma mulher "real", vendo todos os meus amigos já namorando e se dando bem com elas e eu mergulhado no mundo da pornografia e masturbação.

Mas enfim, esse foi o meu relado de desabafo. Espero que consiga agora. Vou retomar esse reboot e tomar cuidados para que não volte para esse mundo. Conto com a ajuda de vocês.



Falaa, manooo! Beleza?

Véi, me identifiquei com muita coisa aí que tu já passou, principalmente com o fato de ter sido tímido demais quando menor. Você ainda é assim ou é coisa do passado?

Cara, se quiser levar teu reboot a outro patamar, foca MUITO na conexão. Por mais simples que pareça, na prática é muito difícil. A gente tem que enfrentar nossos medos, inseguranças, timidez, ansiedade e uma série de emoções na hora de abordar alguém ou mesmo fazer amizades. Não tem jeito, aquele que enfrenta seus medos e faz o que quer sem se deixar paralisar por esse sentimento conquista grandes coisas na vida, e quem se paralisa diante desse mesmo medo sempre carrega consigo a famosa frase ''E se eu tivesse tentado, o que teria acontecido?''. Cabe a nós escolher quem queremos ser!

Abração, irmão!!! Tamo junto

_______________________________________






MEU DIÁRIO
http://www.comoparar.com/t7233-virando-o-jogo#177280


'''Aqueles que cultivam o hábito da persistência parecem ter um seguro contra o fracasso'' - Napolleon Hill


“O sucesso é ir de fracasso em fracasso sem perder entusiasmo.” - Winston Churchill
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum