Compartilhe
Ir em baixo
ThaFer
Mensagens : 16
Data de inscrição : 02/07/2018

Re: Não sei como conversar com ele sobre isso...

em 4/7/2018, 13:26
Muito obrigada, Beren! Estou tentando aplicar tudo aquilo que venho aprendendo aqui. Tenho finalmente conseguido absorver a ideia de que só quem pode decidir isso é ele, e não importa o quanto eu queira, praticamente não posso fazer nada pra "acelerar" sua decisão. Vou dar tempo ao tempo, mas não vou permitir que eu me desgaste nesse período.

Infelizmente, durante esse processo, eu acabo me afastando cada dia mais dele. O que antes era inconsciente, agora é uma postura totalmente consciente. Pelo menos eu sei que se após passar um tempo razoável, ele permanecer irredutível, esse afastamento vai me ajudar a conseguir me libertar de um relacionamento vicioso que ele não está se esforçando para manter.

Enviado pelo Topic'it
avatar
Beren Erchamion
Mensagens : 75
Data de inscrição : 25/06/2018
Idade : 25

Re: Não sei como conversar com ele sobre isso...

em 4/7/2018, 14:19
Não são as esposas, namoradas, noivas que se afastam de nós, somos nós, viciados, que nos afastamos delas. É seu esposo e o vício que estão se afastando de você, e cabe a nós tomar a decisão de ou aceitar o vício e se afundar nele, ou lutar contra isso.

_______________________________________
Acompanhe meu Diário

Reboot
Meta inicial:90 dias
Porcentagem concluída:3.3%*
*Atualizado diariamente

ThaFer
Mensagens : 16
Data de inscrição : 02/07/2018

Re: Não sei como conversar com ele sobre isso...

em 4/7/2018, 14:24
Interessante. Ainda é muito difícil não assumir a culpa por essas coisas. De fato, é a conduta dele que está me afastando.

Enviado pelo Topic'it
avatar
Domi1
Moderador
Moderador
Mensagens : 570
Data de inscrição : 21/09/2015

Re: Não sei como conversar com ele sobre isso...

em 4/7/2018, 17:58
O Baren disse tudo. 

Essa é uma decisão que o casal deve tomar, de acordo com o relacionamento de vocês, por isso é importante que você se distancie desse caos e veja tudo por fora para ver com clareza se vale ou não a pena continuar lutando e qual a decisão que você tomará. 
Ninguém aqui do fórum poderá tomar decisões assertivas quanto ao sua relação, pois só quem sabe dela são vocês. 

Respire fundo, cuide de você, cure um pouco essa mágoa e tome a decisão quando achar que está pronta para ela. 

O meu caso está longe de ser uma regra, pois quando a mulher chega primeiro o fórum, geralmente, é porque o marido não percebeu que ele é o problema, a dor da mulher não é grande suficiente para ele ter ido atrás de ajuda. 
Mas nunca dará para saber qual é o caso. 

Torço pelo o melhor entre vocês. 
Beijinhos
Convidado
Convidado

Re: Não sei como conversar com ele sobre isso...

em 12/7/2018, 23:25
Boa noite, li todo o relato e o conselho do pessoal, com certeza todos aqui queremos que vocês saiam dessa. Porém eu penso um pouco diferente, a maioria dos homens, tipo 99% consomem PMO, como você mesma disse, há uma certa ditadura social e de consumo disto. Logo mesmo que a pessoa não se considere viciada, isso vai influenciar na vida dela negativamente e também nos seus relacionamento, eu me percebi viciado quando resolvi parar, por motivos religiosos, e fazem 6 anos que luto, porém conheci o fórum a umas 3 semanas, o que está me ajudando como nunca.

E por que eu disse que penso um pouco diferente, pois eu como viciado, também não aceitaria ajuda dessa maneira, pois o orgulho dele está ferido, e pelo que você disse na maioria das vezes falou para ele o quão o vício dele fez mal a você, mas já imaginou o quanto faz mal a ele? Pois se ele luta contra isso a 7 anos, é porque realmente é viciado, e esse vício faz MUITO mal a nós usuários, muito mesmo, basta ler os relatos, perdemos a saúde, começamos a nos confundir sobre a nossa heterossexualidade, perdemos o valor dos relacionamentos, nos isolamos, nos angustiamos.

Sei que você já sofreu e sofri com isso, mas acredito que deva se compadecer mais com a dor dele, e como disseram, escreva cartas sim, mas não falando do quanto você se sente mal, pois isso só vai ferir o orgulho dele, mas sim você o ama e que quer que ele largue não só por você, mas por vocês dois, e pela vida dele, pois quer vê-lo mais feliz, pois como leu muitas vezes aqui, a PMO faz mal para o usuário.

Você pode não concordar comigo,e até os dois que estão te acompanhando também podem não concordar, mas eu vejo por uma outra ótica, já que com esse comportamento parece que não tem surtido efeito, pois como disse, parece me questão de orgulho.

Concordo que deva se cuidar, se amar sim, pois você é uma mulher incrível com muita garra, mas tente ver que o viciado não tem controle sobre o vício, e que ele não quer assumir, porque talvez ele acredita que ninguém compreende a dor dele, já que quando vão falar com ele disse só falam da dor que sentem, e não da dor que ele sente.

Eu acredito que o matrimônio, sim deva ser um relacionamento nas alegrias e nas tristezas, e por isso vai passar por sacrifícios, não estou dizendo que você deva se anular por ele, mas tentar entender que ele não faz isso para te machucar, ele faz porque é dependente, assim como muitos homens são.

Desejo toda força de coração a vocês, e tenho certeza que com o tempo as coisas vão melhorar.. peça sabedoria para agir e conseguir demonstrar para ele que esse vício pode ser vencido e que ele não precisa estar preso a isso, mas que ele e vocês podem ser mais felizes, pois você o ama.

grande abraço.
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum