Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Mensagens : 89
Data de inscrição : 13/07/2018
Idade : 26
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Abreu - Em Rumo da Vida Extraordinária

em Qua 3 Out - 21:34
Bom dia à todos.

Ontem à noite, após meu post acima, eu tive uma atitude muito ruim.

Como tem sido difícil para eu manter o foco na reeducação alimentar, tenho tido muita vontade de comer qualquer besteirinha.

Com isto, fiquei tentando induzir/manipular minha esposa para que ela cedesse e eu me sentisse "menos pior". Ainda tentei desconversar e me justificar, e tentar sair como certo, e deixei ela bem triste e magoada, pois este comportamento acontece desde o incio de nosso relacionamento. Diversas vezes sabotei ela desta forma, e não é uma atitude de um companheiro.

Hoje pela manhã, lendo meu livro (O Efeito Sombra) me deparei com a minha realidade por trás da atitude de ontem.

Como eu estava me sentindo mal, tentei buscar através dela aliviar meu sentimento negativo. E como falei, isto foi um péssimo hábito que criei no relacionamento, de sabotar ela e os objetivos e atividades dela, em pró de eu me sentir um pouco melhor dentro da ilusão de que "sempre estava tudo bem" que eu criava.

Percebi o quanto eu tenho sido destrutivo comigo e com ela, e com nossa amizade, companheirismo. Por diversas vezes eu "podei" a própria espontaneidade que ela tem, uma qualidade que me cativou desde o início.

É bem triste enxergar estes pontos que somos pessoas "ruins", mas é de extrema importância aceitarmos nossa sombra, pois realmente, somente tomando consciência dela e aceitando quem realmente somos e fazemos que poderemos agir para mudar e nos conectar com nosso eu interior.

Outro ponto, que venho percebendo, é que o contato com Deus é muito importante. Não sou defensor de nenhuma religião, apenas tenho Deus no meu coração e em minhas conversas particulares com ele. Mas acredito no valor que há em nos conectarmos com nossa espiritualidade.

Forte abraço !

_______________________________________
 

Meu Diário: http://www.comoparar.com/t7964-diario-do-abreu-em-rumo-da-vida-extraordinaria.
avatar
Mensagens : 89
Data de inscrição : 13/07/2018
Idade : 26
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Abreu - Em Rumo da Vida Extraordinária

em Qui 4 Out - 20:49
Boa noite à todos.

Hoje completamos 5 anos de casados.

Eu queria muito poder comemorar, mas o relacionamento não vai bem.

Hoje, às 10 da manhã ela me mandou uma mensagem "me lembrando da data", mas eu não havia esquecido.

Estava pensando em uma surpresinha simples ao final do dia.

Ela me ligou chorando muito ao final da manhã, pedindo para eu não fazer nenhuma surpresa, que não há motivo para comemorar.

Eu queria que ela estivesse um pouco menos triste, e mais positiva pensando em um futuro melhor, mas entendo que é complicado demais todo sofrimento e magoa.

Enfim, eu to bem triste, com aquele sentimento sem animo, sem energia.

Não vou deixar isso me consumir, mas dói.

Abraços.



_______________________________________
 

Meu Diário: http://www.comoparar.com/t7964-diario-do-abreu-em-rumo-da-vida-extraordinaria.
avatar
Mensagens : 89
Data de inscrição : 13/07/2018
Idade : 26
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Abreu - Em Rumo da Vida Extraordinária

em Sab 6 Out - 17:48
Boa tarde à todos.

Ontem acabou ficando tarde e não postei.

Bem, sexta-feira foi muito boa.

Acordei, estava chovendo, e acabei ficando na cama até pouco mais tarde.

Após acordei, tomei uma ducha, e me arrumei. Desci para cozinha, arrumei minhas coisas e fiz um cafezinho.

Voltei para o quarto, para chamar minha esposa, e ela fica tão linda e gostosinha quando está acordando, meia zumbi ainda hehehehe.

Fiquei ali ao lado dela, somente sentindo seu cheirinho, com muita vontade de abraçar ela.

Eis que...

Ela se virou para o meu lado e me abraçou. As lágrimas foram instantâneas. Tenho sentindo tanta falta dela, tanta saudades de ficar próximo.

E me sinto em um caminho bem diferente agora, com uma maturidade sobre meus defeitos e sobre o que quero realmente ser e ter daqui para frente.

Curti tanto o momento, aproveitamos tanto ficar ali juntinhos que me atrasei para sair de casa, ehehehehe.

Durante o dia, fiquei doido só para o dia acabar e voltar para casa. Outra coisa legal, foi que chegou dois medicamentos manipulados que encomendei para nós, nesta nova trajetória de reeducação alimentar.

Ao fim do dia, fomos juntos ao supermercado, e deixamos as crianças com a avó dela. Ficamos rindo e brincando numa situação super gostosa e agradável.

Hoje, estamos bem, sem superestimar nada, eu estou bem feliz e sei que ter paciência com ela é muito importante e tem sido muito importante, e estou aprendendo de verdade muitas coisas novas.

Terminei o livro "O Efeito Sombra" e acredito que ela é muito valioso para nós em processo de recuperação de um vício tão complicado e que mesmo para muita gente e profissionais é difícil de admitir a existência dele.

Bem, estou feliz, e seguindo em frente com positividade.

Forte Abraço.






_______________________________________
 

Meu Diário: http://www.comoparar.com/t7964-diario-do-abreu-em-rumo-da-vida-extraordinaria.
avatar
Mensagens : 89
Data de inscrição : 13/07/2018
Idade : 26
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Abreu - Em Rumo da Vida Extraordinária

em Qui 11 Out - 22:38
Boa noite à todos.

Esta semana do dia 08/10 até hoje vem transcorrendo muito bem.

Iniciei uma nova leitura, que já está me agregando coisas boas.

Infelizmente foi uma semana de procrastinação na parte da manhã, sem exercícios, mas não estou me crucificando por isso. Tenho dormido muito tarde, e isto não tem contribuído, mas não vou inventar justificativas e desculpas para minha decisão em todas as manhã de desligar o despertador tocando e voltar a dormir mais um pouco.

Meu relacionamento tem melhorado gradativamente, e eu tenho sido novamente o homem, a pessoa, o ser humano que já havia sido antes. Positivo, alegre, sorridente, brincalhão, bem humorado, espirituoso, prestativo, e sem resquícios de efeitos de abstinência.

Não me considero curado, mas a PM já está fora da minha realidade há 86 dias completando hoje.

Sem sexo, eu estava há 42 dias, e ontem aconteceu.

Infelizmente aconteceu a mesma repetição de padrão. Eu fui direto ao ponto, sem preliminares, sem carinho, sem envolvimento, e acabou com a minha esposa pedindo para parar no meio do ato.

Foi um momento difícil, bem complicado, triste, mas também um momento de clareza dos fatos e revelação.

Aí você me pergunta, como assim clareza e revelação?

Bem, a cerca de 15~20 dias eu tenho sido um ser humano melhor, como já fui antes. Tenho tido compreensão das situações, ações, atitudes, realidade, de uma forma que antes não tinha. Não tenho fugido de enfrentar meus defeitos, meus erros, e estou utilizando tudo que pode ser negativo, para ser combustível neste caminho de entendimento e estado de consciência sobre o meu eu.

Como já falei, o livro "O Efeito Somba" foi um leitura importante, e tem me ajudado até hoje, e continuará me ajudando, tenho certeza.

Mas voltando ao assunto de ontem, após a parada "brusca" devido ao que estava acontecendo, ficamos mal.

Fomos fumar, hábito/vício este que estou reduzindo também. Após, sentamos na mesa da cozinha, e pela primeira vez, em 6 anos e meio de relacionamento (5 anos de casados), eu tive uma coragem que nunca havia tido.

Com muita tristeza, com uma dor imensa no coração, falei para ela que acreditava ser melhor a separação. Foi uma dor sem descrição, foi algo surreal para colocar em palavras, mas naquele momento, aquela era a minha verdade. Ela estava sofrendo já vinha muito tempo, e neste mesmo dia ela já havia sofrido um pouco.

Sofrido porque eu esqueci meu celular em casa, e em um dado momento ela ligou para o meu ramal na empresa e eu não atendi, e os pensamentos negativos tomaram conta dela e a preocupação, e o medo, e a angústia de pensar o que eu poderia estar fazendo fora da minha mesa deixaram ela bastante desconcertada.

Então, conversando na cozinha, após eu expressar meu ponto de vista e o quanto eu enxergava sobre o sofrimento dela, e o quanto esta difícil seguir em frente desta forma, o choro caiu de todas as formas para mim.

Percebi que ela se manteve firme, e começou a falar.

Disse que a culpa também era dela, porque sabia que poderia acontecer isto, mesmo com toda a recuperação, até porque nós não criamos ainda uma religação forte como já tivemos. E que como é parte culpa de ambos, não é justo me culpar totalmente pelo ocorrido.

Confesso que fiquei bastante surpreso, porque nem mesmo eu enxerguei isto, e não imaginei que ela teria tal discernimento, apesar dela ser muito madura em inúmeros aspectos.

Ao fim, ficamos decididos que ficaremos juntos, pois nos amamos e queremos restaurar nosso casamento juntos. Ela pediu para que eu continue em meu processo de melhora constante, e eu falei que não é um caso de continuar um processo, é apenas a minha verdadeira expressão de eu mesmo. Este sou eu, que estava a muito tempo envolto em sombras e vícios, e que agora esta libertando-se a cada dia mais.

Todos temos problemas, todos temos uma vida ou mais de uma para administrar, com diversos problemas, diversas soluções, diversos desafios e adversidades.

Mas eu lhes digo com toda certeza: A partir do momento em que a gente para de lamentar, e decidi que quer viver de verdade, amar de verdade, sentir de verdade, e reconhecendo que somos imperfeitos e todos temos nossos "demônios", basta tomar consciência e uma tomada de decisão dentro de si. Se eu quero, eu vou correr atrás do que quero, e vou acreditar todos os dias que alcançarei meu objetivo.

Gosto muito de duas colocações do Paulo Vieira, que diz:

“Você é o único responsável pela vida que tem levado. Você está onde se colocou. A vida que você tem levado é absolutamente mérito seu, seja pelas suas ações conscientes ou inconscientes, pela qualidade de seus pensamentos, seus comportamentos e suas palavras. Por mais doloroso que seja, foi você que levou a sua vida ao ponto em que está hoje. Sendo assim, só você poderá mudar essa circunstância.” (Paulo Vieira)

“Historinhas são estruturas linguísticas, verbais e mentais que validam, explicam e justificam nossos fracassos, nossas falhas e nossos insucessos.” (Paulo Vieira)

Em suma, parei com historinhas. Encarei quem eu estava sendo, e quem eu realmente sou, e o que eu realmente quero para minha vida. Tomei minha decisão e estou agindo como se já estivesse conquistado, e quando chegar lá, eu sei que tudo será maravilhoso.

_______________________________________
 

Meu Diário: http://www.comoparar.com/t7964-diario-do-abreu-em-rumo-da-vida-extraordinaria.
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 761
Data de inscrição : 21/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Abreu - Em Rumo da Vida Extraordinária

em Seg 29 Out - 15:13
Olá,

Era exatamente isso que eu esperava dos dois, esse momento em que ambos percebem que estão errando e que ambos devem começar a lutar juntos.
Esse é o momento de virada importante no casamento de vocês, aproveitem e se tornem pessoas incríveis!

Desejo o melhor do mundo a vocês.
Beijos
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum