Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Mensagens : 25
Data de inscrição : 12/07/2018
Ver perfil do usuário

Querendo ser ativo

em 26/7/2018, 10:48
Olá a todos! [COMEÇANDO O DIÁRIO COM 18 DIAS DE REBOOT]

Vou tentar resumir minha história. Tenho 31 anos, sou gay, e sou viciado em PMO desde os 16 anos. Nessa época eu não tinha certeza se era gay, tanto que eu me excitava com P hétero, mas a gay já aparecia como uma curiosidade irresistível. Aos poucos a quantidade de tempo vendo a P hétero foi diminuindo e a P gay tomou todo o espaço. Como eu era crente, eu acreditava que a minha homossexualidade era alimentada pela P, e bastava eu fazer o caminho inverso de voltar a ver P hétero (aliado a orações e exorcismos, aff) que eu iria gostar de mulheres novamente. Mas claro, eu gostava muito mais da P gay. Nunca tive HOCD da maneira parnóica que eu vejo os héteros postarem aqui, apesar de eu ainda ficar por anos negando pra mim mesmo que eu sou gay.

Desde então pratico edging (1 a 2 horas me masturbando direto), mas não é todo dia. Minha média é de 3 a 4 vezes por semana. Por causa dos meus princípios e freios religiosos, só me permiti fazer sexo real com 26 anos. O sigilo proporcionado pelos apps gays me deu esse impulso. Sentia que eu precisava disso. A ideia que eu tinha era que eu permanecesse "santo" e casto até aparecer uma mulher que me salvasse, hehehe. Mas como eu já via P, por que não dar um passo além? Cansei de ser hipócrita e resolvi me permitir.

Logo nas primeiras transas, aquele balde de água fria: DE quando eu botava a camisinha pra ser ativo, e ER (no meu caso era EN, quer dizer, ejaculação nunca, kkkk). Só 1 ano e meio depois, depois de fazer sexo com uns 20 caras diferentes, que eu consegui ejacular, e isso depois de vários minutos me forçando com todo tipo de fantasia. Quanto à DE, meu bloqueio se dava somente quando ia tentar ser ativo. Botava camisinha, já era. Por isso, pra não me frustrar tanto, já me declarava como passivo, e como eu não sinto tanto prazer assim, dependendo da pessoa eu já dizia que gostava era do "gouinage" (sexo sem penetração), pra não precisar ficar me explicando. O engraçado é que não tenho DE total, pois a ereção se mantém por um bom tempo nas preliminares e oral. Acredito que eu estou num estágio em que a DE não me tomou completamente. Ela vem por uma questão psicológica pura, não fisiológica, somente quando tento ser ativo. Aí vai minha primeira pergunta: isso foi comum pra vocês também? Ou será que eu nunca vou conseguir ser ativo, mesmo com reboot?
avatar
Mensagens : 25
Data de inscrição : 12/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 26/7/2018, 11:40
(continuando...)

O vício sempre foi angustiante pra mim por motivos religiosos, mas eu raramente associava a minha ER e a DE parcial ao vício. Algumas vezes tive uns "insights", do tipo: vou parar com a P por um tempo pra ver se eu consigo transar melhor, gozar mais rápido, e sem fantasias. Mas quem disse que eu parava? Como a experiência de fazer sexo era sempre tensa, ficava vários meses sem fazer, mas nunca saía dos aplicativos. Não eram somente gatilhos pra P, mas eram viciantes por si mesmos.

Nesse tempo todo, racionalizei da seguinte forma: Deus considera homossexualidade um pecado, então eu tenho que sair disso. Meu sonho é ter filhos. Sempre fui fascinado com teorias sobre como educar crianças. Meu sonho era ter alguém que carregasse meus genes e deixasse um rastro da minha existência nesse mundo quando eu partisse. Pra isso, segundo a minha crença limitante, a melhor maneira era casar com uma mulher. Meu sonho não era casar, era ter filhos. Enfim, tudo isso era racionalização, mas nunca agi pra concretizar. Tenho pouca força de vontade e medo do sofrimento e privações. Então me contentava em empurrar esse "sonho" com a barriga. Só que por causa disso, me auto-impus a seguinte restrição: não vou ter um relacionamento sério com um homem. Me entregar afetivamente e compromissadamente com um homem seria a ruína do meu sonho de ter filhos (nos moldes da minha crença limitante que crianças não merecem ser criadas por 2 homens, por causa da Bíblia). Então eu considerava que transar sem compromisso seria um escape aceitável para eu sofrer menos até que chegue um dia hipotético em que eu decida me arrepender, virar hétero e casar.

Há alguns meses, comecei a flexibilizar a minha fé. Julgar menos, me permitir um pouco mais. Comecei a questionar esses princípios de uma forma inédita na minha vida. Alguns fatores pessoais que não vem ao caso contribuíram pra essa virada. Isso se refletiu na maneira mais carinhosa com que eu comecei a me relacionar com os meus PAs. Não bloqueava o carinho quando ele vinha. Tá certo que eu nunca gostei de transar por transar, sem química, sem afetividade. Eu sempre tentava entrar no mundo do meu parceiro, e apenas rejeitava a possibilidade de namoro, não de amizade. Mas ainda acreditava que eu não tava pronto pra me relacionar.

Até que eu conheci alguém há 2 meses. Alguém que era bom demais pra eu deixar passar. Me encantei com ele, e ele comigo. Pedir em namoro foi natural, foi seguir um fluxo inexorável. Nunca tinha amado alguém na vida. Acreditava que o amor não era pra mim, e rejeitava romantismos. Tudo isso caiu por terra. Hoje sou o cara mais babão e estou namorando firme. Nesse ponto, eu já estava ciente dos males da P, mas não tinha ideia de como resolver. Achei que o namoro iria diminuir a urgência de PMO. Mas como vocês sabem, não é assim. Como eu estou muito empenhado nesse namoro (foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida!) eu quero eliminar todas as possibilidades que a PMO tenha de destruí-lo. Ele já sabe desse problema, e é bastante compreensivo. Ele está disposto a construir comigo os caminhos que levam ao melhor prazer no sexo. Ele é versátil, o que facilita por enquanto e me dá boas expectativas que um dia eu possa conseguir ser ativo.

Estou sem P há 18 dias, e sem MO há 7 dias. Tentei seguir as instruções do e-book para que o sexo no início desse período seja mais concentrado nas preliminares (adoro) e menos em masturbação. Ele tem compreendido, mas ele ainda acha que é só um problema de "aprender a relaxar". Logo nos 5 primeiros dias já notei a diferença, fiquei muito mais relaxado. Mas ainda tá tendo penetração (eu como passivo), que confesso que está sendo menos ruim do que antes. Consigo manter a ereção por bastante tempo. Ainda tenho ER, então estou evitando que ele me masturbe (ou eu mesmo), então não ejaculei com ele ainda. Mas a principal vitória foi ter me livrado do peso de ter de fantasiar pra cumprir o "dever" de ejacular. No período do reboot, fiz MO apenas uma vez sozinho, deu 3 minutos apenas (nos moldes de como recomenda o e-book). É lógico que tive que fantasiar um pouquinho, mas não resetei. Não tenho tido nenhum problema de "dor nos testículos" ou "testículo cheio", então não sei se realmente tenho a necessidade de me aliviar dessa forma.

Finalmente, ontem resolvi testar minha DE ao ser ativo e botei a camisinha pela primeira vez. Foi decepcionante. Não mantive a ereção, e fiquei muito tenso, e pedi pra parar. Resolvi acertar com ele o seguinte: nas próximas vezes, vou colocar a camisinha sempre, mas não pra penetrar, e sim pra me acostumar com ela. Eu tenho certeza absoluta que o problema é apenas na minha cabeça, mas tenho dúvidas se é causado realmente pela PMO (e aí sumiria com o reboot) ou eu realmente tenho bloqueio intrínseco pra ser ativo. Pelo menos de vez em quando, eu quero ser ativo!
Mensagens : 13
Data de inscrição : 22/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 26/7/2018, 14:30
Olá Silas, tirando a parte da religiosidade, que nunca fez parte da minha vida, me identifiquei bastante com o seu relato.
Quando eu comecei a ver pornografia gay e ter MO eu sempre me fantasiava como ativo da relação.O tempo foi passando e demorei muito para ter minhas primeiras experiencias sexuais, no começo com mulheres, e posteriormente com homens, mas quando comecei a ter relações homossexuais, eu percebi que não conseguia manter a ereção e por isso acabava sendo passivo na relação o que nunca me deixou muito satisfeito.Eu conseguia ejacular com a penetração mas sempre sentia muita dor e depois vinha uma sensação de culpa.
Agora também estou no começo de um relacionamento, ainda não sei se iremos namorar, mas eu tentei ser ativo há 1 semana e me decepcionei pois tive DE, mesmo já estando há alguns dias sem MO(pouco tempo, 4 dias).
Essa semana saimos novamente e por medo tomei um tadalafila(parente do viagra) e tive uma super ereção, mas ainda senti que a coisa foi mecânica e não consegui chegar ao orgasmo, mas consegui ser ativo na relação.

Eu sou novato nisso tudo, mas vejo que essa prática do edging não faz bem para você.Faça como o recomendado pelo fórum e instale bloqueadores de pornografia e peça para alguém de sua confiança ficar com a senha.Desinstale aplicativos de namoro gay até porque você já está namorando.
Isso deve te ajudar bastante.

Boa sorte!
avatar
Mensagens : 25
Data de inscrição : 12/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 27/7/2018, 13:26
Dwensur escreveu:Olá Silas, tirando a parte da religiosidade, que nunca fez parte da minha vida, me identifiquei bastante com o seu relato.
Quando eu comecei a ver pornografia gay e ter MO eu sempre me fantasiava como ativo da relação.O tempo foi passando e demorei muito para ter minhas primeiras experiencias sexuais, no começo com mulheres, e posteriormente com homens, mas quando comecei a ter relações homossexuais, eu percebi que não conseguia manter a ereção e por isso acabava sendo passivo na relação o que nunca me deixou muito satisfeito.Eu conseguia ejacular com a penetração mas sempre sentia muita dor e depois vinha uma sensação de culpa.
Agora também estou no começo de um relacionamento, ainda não sei se iremos namorar, mas eu tentei ser ativo há 1 semana e me decepcionei pois tive DE, mesmo já estando há alguns dias sem MO(pouco tempo, 4 dias).
Essa semana saimos novamente e por medo tomei um tadalafila(parente do viagra) e tive uma super ereção, mas ainda senti que a coisa foi mecânica e não consegui chegar ao orgasmo, mas consegui ser ativo na relação.

Eu sou novato nisso tudo, mas vejo que essa prática do edging não faz bem para você.Faça como o recomendado pelo fórum e instale bloqueadores de pornografia e peça para alguém de sua confiança ficar com a senha.Desinstale aplicativos de namoro gay até porque você já está namorando.
Isso deve te ajudar bastante.

Boa sorte!

Obrigado pela resposta, Dwensur!

Instalei um bloqueador no meu celular e já deletei os apps. Ainda não instalei nos outros computadores que eu tenho acesso. Mas eu tô sentindo que por enquanto, o bloqueador no meu celular está sendo suficiente, pq ele já me tira a urgência da PMO, e eu estou tão focado em não cair que estou conseguindo. Contei pra todos os meus amigos íntimos sobre a minha empreitada, e também pra meus pais. Ainda estou no armário, mas todas as pessoas que realmente eu amo e eu sinto que posso confiar, já sabem de mim, e também do meu vício. Então, eu sinto que isso fortalece o meu compromisso de manter o reboot.

Eu tenho outro vício, que também quero rebootar: ficar navegando a esmo na internet. Tomei raiva desse hábito tanto quanto da PMO. Por isso bloqueei:

- Facebook;
- Instagram;
- Twitter;
- Youtube;
- Folha de S. Paulo;
- Uol;
- G1;
- Estadão.

Todos esses sites eu uso pra me distrair e procrastinar (sou procrastinador compulsivo, agora mesmo eu tô escrevendo nesse fórum enquanto devia estar trabalhando). Também tirei a tomada da TV pra diminuir a urgência que eu tenho de zapear a esmo pelos canais, procurando alguma distração enquanto como um lanche. Sinto que quero me livrar de TODOS os vícios.

O problema é que eu ainda não arrumei um substituto pros vícios. O substituto até agora tem sido os braços do meu namorado (que é viciado em TV, ó céus). Mas eu estou louco pra voltar pra academia (depois de me curar dessa droga de sinusite), e criar outros hábitos, que espero que seja aprender novas línguas e aprimorar minhas técnicas de xadrez.

Alguém me ensina a como instalar um contador aqui no fórum? Já tenho um contador no meu celular, mas eu quero colocar aqui no fórum também o contador automático pra vocês acompanharem no meu diário.


Última edição por Silas_T em 28/7/2018, 14:26, editado 1 vez(es)
Mensagens : 98
Data de inscrição : 21/04/2018
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 27/7/2018, 23:27
Olá Silas...realmente ser ativo quando a gente tem DE e ER é muito problemático. Com o tempo a gente se sente muito inseguro principalmente na hora da penetração e acaba broxando. Também jogo a ideia do gouinage pra ninguém esperar toda aquela performance do ativo que não broxa nunca, fica horas metendo e tal. Mas fica tranquilo que, se como eu curte ser ativo, vai conseguir. Eu já fiz reboot uma vez quando tava namorando e na primeira relação que tive com meu ex era só pensar na ideia que broxava. Com o tempo fui ficando mais tranquilo e avançando no reboot e conseguia penetrar tranquilamente, gozar, curtir realmente o momento. E olha que minha DE tava bem severa, do nada perdia o tesão e voltava não. O que mata é essa insegurança nossa, mas fé no processo que dá certo Smile ás vezes parece que não avançamos muito, mas paciência é a chave
Mensagens : 13
Data de inscrição : 22/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 28/7/2018, 01:17
[quote="Silas_T"]

Obrigado pela resposta, Dwensur!

Instalei um bloqueador no meu celular e já deletei os apps. Ainda não instalei nos outros computadores que eu tenho acesso. Mas eu tô sentindo que por enquanto, o bloqueador no meu celular está sendo suficiente, pq ele já me tira a urgência da PMO, e eu estou tão focado em não cair que estou conseguindo. Contei pra todos os meus amigos íntimos (6 amigos) sobre a minha empreitada, e também pra meus pais e minha irmã (moro só com ela). Ainda estou no armário, mas todas as pessoas que realmente eu amo e eu sinto que posso confiar, já sabem de mim, e também do meu vício. Então, eu sinto que isso fortalece o meu compromisso de manter o reboot.

Eu tenho outro vício, que também quero rebootar: ficar navegando a esmo na internet. Tomei raiva desse hábito tanto quanto da PMO. Por isso bloqueei:

- Facebook;
- Instagram;
- Twitter;
- Youtube;
- Folha de S. Paulo;
- Uol;
- G1;
- Estadão.

Todos esses sites eu uso pra me distrair e procrastinar (sou procrastinador compulsivo, agora mesmo eu tô escrevendo nesse fórum enquanto devia estar trabalhando). Também tirei a tomada da TV pra diminuir a urgência que eu tenho de zapear a esmo pelos canais, procurando alguma distração enquanto como um lanche. Sinto que quero me livrar de TODOS os vícios.

O problema é que eu ainda não arrumei um substituto pros vícios. O substituto até agora tem sido os braços do meu namorado (que é viciado em TV, ó céus). Mas eu estou louco pra voltar pra academia (depois de me curar dessa droga de sinusite), e criar outros hábitos, que espero que seja aprender novas línguas e aprimorar minhas técnicas de xadrez.

Alguém me ensina a como instalar um contador aqui no fórum? Já tenho um contador no meu celular, mas eu quero colocar aqui no fórum também o contador automático pra vocês acompanharem no meu diário.
[/quote

Fala Silas!Concordo que Facebook, instagram, twitter e essas midias sociais acrescentam muito pouco na nossa vida.Eu estive pensando bastante nisso nos ultimos tempos e graçasa deus estou vendo bem pouco tempo de face e instagram.Mas eu acho que cortar G1, estadão e youtube também podem fazer você ficar mais triste, porque querendo ou não isso são momentos de prazer, pelo menos para mim.Tenta limitar a uma hora o uso de internet para fazer tudo que vocÊ precisa no dia, mas não corta totalmente não senão você vai surtar daqui um tempo com a falta disso tudo.

_______________________________________


avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 261
Data de inscrição : 11/09/2017
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 28/7/2018, 01:55
Acho válida a tática de reduzir o acesso às redes sociais, mas cortar tudo de uma forma tão brutal pode aumentar as chances de uma queda logo no início.

No YouTube existe muito conteúdo sobre coisas interessantes, hobbies, tutoriais do tipo faça vc mesmo. Com um bom uso da ferramenta, dificilmente vai aparecer algum gatilho. Eu mesmo nunca me deparei com nada explícito no YT, inclusive a P é proibida na plataforma.

Eu atingi quase 70 dias de reboot tendo acesso total a redes sociais, portais de notícias etc., mas o que me serviu de gatilho foi... usar um perfil fake no app de pegação.

_______________________________________
 
avatar
Mensagens : 25
Data de inscrição : 12/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 29/7/2018, 17:42
Obrigado Dwensur e Internet pelas respostas!

Meu problema com redes sociais (RS), youtube (Y) e portais de notícias (PN) é o mesmo da pornografia. Acredito que isso seja uma particularidade minha, mas a maioria de nós tenha, só que pelo menos eu estou cada vez mais atento aos problemas que eles causam.

Avalio cada vez mais a necessidade de um reboot próprio pra esses 3 (RS, Y e PN) porque eles roubaram a minha vida durante os mesmos 15 anos que a PMO. O Youtube é um caso particular, porque pra mim não era apenas um gatilho, era a própria P. Isso porque eu me excito vendo cenas de beijo gay muito fácil, e isso tem aos montes lá. Já os outros são pura perda de tempo, e são tão viciantes quanto PMO pra mim. Eu sou capaz de ficar HORAS só rolando o feed do facebook procurando novidades (é só eu?). É o mesmo alimentador de dopamina da PMO. E tenho o hábito de ler notícias inúteis em portais, e isso é um forte fator procrastinador. Já cheguei à conclusão que não preciso me alimentar de lixo pra ficar bem informado. E ficar bem informado nem é tão importante assim. O youtube tem muito conteúdo legal, mas hoje é infestado por pura perda de tempo.

Enfim, o que acontece é que meu cérebro não está preparado pra fazer um bom uso dessas ferramentas. Hoje, eu tenho que aprender a filtrar o lixo. Só que o lixo dessas ferramentas pro meu cérebro é quase tão recompensador quanto a PMO.

Então eu tenho que ocupar o lugar deles com urgência com outra coisa. Estou planejando que seja com academia, aprendizado de línguas e xadrez.

Enviado pelo Topic'it
avatar
Mensagens : 25
Data de inscrição : 12/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 29/7/2018, 18:05
Vou contar a vocês a experiência da última sexta-feira.

Resolvi fumar maconha antes de transar.

"Mas você fuma maconha??"

Eu sei, eu sei, é droga, mas eu consegui, acredito, nos últimos meses, estabelecer aos poucos uma relação um pouco mais saudável com a maconha, de modo que eu fume no máximo uma vez por semana. Quero diminuir pra 2x por mês.

Fiz isso porque sinto que ela aumenta o prazer sexual. Claro que antes do reboot ela era um gatilho óbvio pra PMO, tanto que cogitei parar só pra não sentir urgência de ver P. Mas estou considerando que talvez ela pode servir a outros propósitos, se eu me controlar com a ajuda dos bloqueadores, e sem fantasiar.

No caso de sexta, o resultado foi ambíguo: no início a intensidade do prazer no sexo era absurda, mas o prazer foi caindo até quase não ter nada; mas, ao mesmo tempo, não tinha vontade de parar, e eu era mais vigoroso nos movimentos que o costumeiro. Enfim, coisas da maconha.

O que eu tô interessado em contar é outra coisa: fui ativo! Meu namorado aproveitou que eu coloquei a camisinha (como eu tinha combinado de fazer sempre, mas sem a pressão de penetrar), e também do relaxamento da maconha, e se colocou de passivo. No início não deu a DE (do meio pro final foi só meia bomba). Só que eu não senti nenhum prazer. EU NÃO TAVA SENTINDO O PÊNIS. Será que eu perdi a sensibilidade peniana?

Eu noto isso, e quero saber se com vocês também é assim: quando estou recebendo um oral, se o cara não tiver apertando com a boca, ou seja, se ele tiver chupando bem suave, eu tenho que olhar pra verificar se ele está chupando mesmo, pq não sinto a boca passando no corpo do pênis. Só sinto quando passa na glande.

Como eu raramente fui ativo, eu não preocupava com isso. Agora, eu acho que é sério. Mas pra recuperar a sensibilidade eu tenho que fazer reboot em hard mode? Não posso! Será que se eu apenas receber oral, mas não masturbar com a mão no sexo, nem penetrar, vale pra recuperar a sensibilidade?

Enviado pelo Topic'it
Mensagens : 13
Data de inscrição : 22/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 30/7/2018, 00:22
Silas, não se sinta sozinho nessa porque maconha é a droga mais consumida do mundo...muita gente que nem imaginamos ao nosso redor fuma escondido.
Eu comecei há fumar há uns 8 anos, fumava com amigos no começo e fiquei quase 3 anos nesse meio tempo sem fumar, mas dai comecei a adquirir por conta própria e fumar sozinho, escondido, na casa dos meus pais.E logo percebi que quando eu fumava dava um puta tesão e logo partia para PMO, às vezes uma ou duas vezes, enquanto durasse o efeito, porque o orgasmo era sensacional.
E acho que é mesmo.
Mas eu associo muito o uso da maconha com masturbação e por isso decidi diminuir ao máximo o uso para não cair na tentação de me masturbar com pornografia de novo.Então desde que comecei meu reboot não tenho mais fumado maconha.E eu percebi que estava se tornando um hábito lesivo também.Eu fumava sozinho, o que também é um ato de pessoas com mais tendência a serem dependentes.Além disso fiquei com medo de a longo prazo prejudicar minha capacidade cognitiva e portanto meu sucesso profissional.Eu acho que utilizar uma vez por mês é um hábito que é aceitável.Mas cada um estabelece o quanto é aceitável para si.

Parabéns por ter conseguido ser ativo.Eu também tenho essa sensação de não sentir o pênis, mas eu acho que um pouco é pela perda da sensibilidade pelo preservativo mesmo e outra porque depende muito do movimento que se faz no sexo.Não estou dizendo para você fazer sem camisinha, mas isso certamente é um fator que faz você ter essa sensação.

Eu acredito que a masturbação tira sim a sensibilidade porque muitos de nós ficamos fazendo aquele edging que nada mais é se habituar com o estimulo do prazer.Se você se habitua vai precisar de estimulos cada vez maiores para ter a mesma sensação.
Eu não quero ser estraga prazeres mas eu acho que a ideia do reboot é muito mais simbólica do que uma realidade.Não importa se você ficou 89 ou 90 dias sem se masturbar o importante é você utilizar cada vez menos a pornografia e a masturbação como fontes de prazer em vez de buscar relações concretas, sabe?
Então foca nisso mesmo de evitar a pornografia e a masturbação que o reboot virá como uma consequência natural disso tudo.
Boa sorte!

_______________________________________


avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 760
Data de inscrição : 21/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 7/8/2018, 16:19
Geralmente quem se masturba muito não consegue sentir prazer com penetração pois o corpo se habitua com uma pressão e velocidade maior que o corpo de outra pessoa possa oferecer, assim como atrito e esforço ser algo que cause estranheza.

Meu parceiro não conseguia sentir nada durante a penetração, porém hoje temos um sexo muito prazeroso para ambos, utilizando ou não preservativos. 
É importante não se masturbar com muita força, e nunca se utilizar de fantasias durante o sexo ou M, assim sua cabeça aos poucos voltará a se acostumar com o sexo real. 

 Beijos
avatar
Mensagens : 25
Data de inscrição : 12/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 7/8/2018, 19:42
Depois de 31 dias, tive uma recaída Crying or Very sad

Não sei se eu mencionei, mas não tinha bloqueadores de verdade, porque tinha a senha deles. Eu julgava que eu estava com a mente boa, que eu não recaíria porque consegui apreciar todos os benefícios do reboot, e consegui rejeitar ter a sensação péssima que o pessoal relata que tem ao recair. Bem, racionalizei demais, e no momento que um dos bloqueadores teve uma pequena falha, eu pensei: "por que não?" e desbloqueei tudo. Me senti péssimo, mas eu sei que eu não posso ficar tão mal assim, porque quanto mais culpa eu tenho, maiores as chances de eu cair de novo.

Bem, aprendi a lição, e vou passar as senhas para um amigo renomear e guardar pra mim. Outra falha foi que não fiz atividades de religação. Não voltei pra academia, não voltei aos livros (o hábito de leitura é um dos que eu mais gostava quando era adolescente, e perdi com o tempo), e diversas vezes me peguei zapeando a TV.

E, antes da recaída, eu entrei numa flatline. Não é desaparecimento da libido, mas uma queda da vontade de fazer sexo. E quando faço, acho que o tesão dura pouco. É foda. Outra coisa que eu achei péssima: quando eu tava vendo o pornô hoje, tive um tesão que nunca tive nem no melhor sexo da minha vida. Isso desanima. Ou deveria animar? Eu tenho garantia de que quando a PMO sair da minha vida, eu vou ter mais tesão no sexo do que eu tive hoje olhando uma tela?
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 261
Data de inscrição : 11/09/2017
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 7/8/2018, 21:50
Silas_T escreveu:Depois de 31 dias, tive uma recaída Crying or Very sad

Não sei se eu mencionei, mas não tinha bloqueadores de verdade, porque tinha a senha deles. Eu julgava que eu estava com a mente boa, que eu não recaíria porque consegui apreciar todos os benefícios do reboot, e consegui rejeitar ter a sensação péssima que o pessoal relata que tem ao recair. Bem, racionalizei demais, e no momento que um dos bloqueadores teve uma pequena falha, eu pensei: "por que não?" e desbloqueei tudo. Me senti péssimo, mas eu sei que eu não posso ficar tão mal assim, porque quanto mais culpa eu tenho, maiores as chances de eu cair de novo.

Bem, aprendi a lição, e vou passar as senhas para um amigo renomear e guardar pra mim. Outra falha foi que não fiz atividades de religação. Não voltei pra academia, não voltei aos livros (o hábito de leitura é um dos que eu mais gostava quando era adolescente, e perdi com o tempo), e diversas vezes me peguei zapeando a TV.

E, antes da recaída, eu entrei numa flatline. Não é desaparecimento da libido, mas uma queda da vontade de fazer sexo. E quando faço, acho que o tesão dura pouco. É foda. Outra coisa que eu achei péssima: quando eu tava vendo o pornô hoje, tive um tesão que nunca tive nem no melhor sexo da minha vida. Isso desanima. Ou deveria animar? Eu tenho garantia de que quando a PMO sair da minha vida, eu vou ter mais tesão no sexo do que eu tive hoje olhando uma tela?

Referente ao último parágrafo, essa excitação intensa se deve ao aumento da sensibilidade causado pelo reboot.

Nesses 31 dias que você ficou longe da P, a plasticidade neuronal entrou em ação, e a quantidade de receptores de dopamina (o neurotransmissor do prazer) começou a aumentar. Por isso você teve essa a reação ao assistir a P, que consegue ser muito mais estimulante que o sexo real.

Enfim, essa queda só confirma que você estava tendo uma ótima recuperação, pois sua sensibilidade aumentou bastante em apenas 31 dias. Por isso você deve voltar com força total ao reboot e se manter longe dos gatilhos, porque é certeza que os benefícios vão surgir rápido.

Abs!

_______________________________________
 
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 760
Data de inscrição : 21/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 8/8/2018, 16:06
Olá,

Deixo adiantado que vai parecer um sermão, mas eu estou apenas respondendo de forma direta e tentando te levar a um questionamento real sobre a sua condição.

Bom o seu relato só confirma que você é viciado em PMO, para para refletir na sua última frase: Você sentiu mais tesão em algo imaginário do que algo real, um viciado em álcool sentira muito mais prazer em beber pitu do que comer um prato feito em sua perfeição, sentiria mais prazer em beber um corote que fazer sexo com o amor da vida dele, o vício é assim ele só se torna vício porque é capaz de te dar prazer fácil.

Quando entramos em contato com o objeto do vício automaticamente nos sentimos completamente recompensados, há uma explosão hormonal e quando se está muito tempo longe você sente melhor essa inundação.
Eu adoraria dizer que você com o reboot passaria a sentir menos prazer com a PMO, mas infelizmente não é assim, uma vez viciado para sempre viciado. Sua pira sempre será PMO e por isso que é perigoso, qualquer dose dela.
A dependência te leva a moldar toda a vida para satisfazer aquele vício, todas as frustrações são motivos para afogar as mágoas nele, todas as conquistas também, e aos poucos vai se machucando, esquecendo as outras coisas da vida e acaba que até a sua moral passa a ser consumida.

Mais ou menos com 29, 35 dias é comum entrar em um estágio de desânimo durante o reboot, pois é quando o seu corpo está sofrendo pela ausência das doses anormais de hormônios de recompensa no corpo, por isso a falta de ânimo e energia, é como se sua vida estivesse uma porcaria por conta do reboot, mas sendo racional, porque ficar sem ver gente transando seria motivo para ter uma vida bosta? Não faz sentido neh? Se sua vida está ruim com certeza não é porque não está praticando PMO.

Por fim, deixo meus parabéns pelas atitudes corretas pós queda, você fez certíssimo em rever onde haviam falhas no seu método e agiu sabiamente.
Espero que esse novo reboot seja incrível e que te dê ferramentas para você se tornar melhor a cada dia, que possa extrair ao máximo o melhor da sua vida.

Beijinhos



avatar
Mensagens : 25
Data de inscrição : 12/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 8/8/2018, 19:40
Obrigado, Eros e Domi pelos toques. Realmente foram úteis pra eu reanimar um pouco, pois eu sei que eu posso seguir um caminho certo.

Vejam algo curioso que aconteceu ontem. Foi o dia que eu resetei, e como gozei duas no início da tarde, e passei a tarde toda me sentindo um lixo, eu pensei que não ia conseguir de jeito nenhum fazer sexo de noite. Mas eu consegui! Mantive a ereção e o tesão por mais tempo do que nas últimas 2 semanas. Claro que não foi o ideal, porque perdi a vontade antes de meu namorado pensar em gozar, mas foi um avanço.

Mas eu corro o risco de racionalizar (racionalizar é uma merda) esse fato e querer recair de novo achando que esse dia o sexo foi bom pq eu vi P antes. Ó céus!
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 261
Data de inscrição : 11/09/2017
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 8/8/2018, 22:04
Silas_T escreveu:Obrigado, Eros e Domi pelos toques. Realmente foram úteis pra eu reanimar um pouco, pois eu sei que eu posso seguir um caminho certo.

Vejam algo curioso que aconteceu ontem. Foi o dia que eu resetei, e como gozei duas no início da tarde, e passei a tarde toda me sentindo um lixo, eu pensei que não ia conseguir de jeito nenhum fazer sexo de noite. Mas eu consegui! Mantive a ereção e o tesão por mais tempo do que nas últimas 2 semanas. Claro que não foi o ideal, porque perdi a vontade antes de meu namorado pensar em gozar, mas foi um avanço.

Mas eu corro o risco de racionalizar (racionalizar é uma merda) esse fato e querer recair de novo achando que esse dia o sexo foi bom pq eu vi P antes. Ó céus!

Apesar da queda, você recuperou um pouco da sensibilidade nesses 31 dias longe da PMO. Por isso a melhora da ereção. Mas nesse caso temos que levar em conta também o efeito caçador.

Antes de conhecer o reboot, eu também acreditava que assistir P antes de um encontro servia como estimulante, como inspiração, mas o efeito é justamente o contrário, pois eu ficava com o desejo de que o sexo real fosse tão intenso e "prazeroso" como o filme de P, mas obviamente o real não era assim na maioria das vezes, então eu perdia a libido e me frustrava.

Enfim, essas racionalizações são formas inteligentes que o cérebro cria pra tentar te manter no vício pra obter megadoses de dopamina. É preciso ter muito cuidado pra não cair nessas armadilhas.

_______________________________________
 
Moderador
Moderador
Mensagens : 140
Data de inscrição : 24/06/2018
Idade : 45
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 8/8/2018, 22:11
Olá Silas,
Li o seu diario e me identifiquei em alguns pontos como a dificuldade para aceitar a homossexualidade e tb a ER que em algum momento vc citou com EN (ejaculação nunca)... Apesar de nunca ter tido DE eu nunca tive orgasmo nas relações sexuais com penetração, tanto que apesar de ser casado há quase 12 anos eu me acostumei com isso e desencanei de tentar orgasmo durante o sexo com penetração (eu já contei a minha historia no meu diario, chama Inicio de uma nova etapa na minha vida).
Esse ano comecei a pesquisar o motivo da minha ER e acabei conhecendo esse forum... primeiramente eu parei com a masturbação solitaria e depois de um tempo fui compreendendo melhor o vicio em P e iniciei o reboot, ainda estou no começo, apesar de já estar com quase 50 dias e já ter percebido varios beneficios no reboot eu ainda sinto que estou começando... Mas uma coisa que eu achei bem positivo na sua historia é estar buscando tratar o seu vicio em PMO logo no inicio do seu primeiro relacionamento, acredito que isso vai ajudar muito no seu relacionamneto, e o seu relacionamento pode te ajudar nesse processo do reboot, pois as relações reais são um dos objetivos do reboot.
Não tenho nenhuma formula pronta para te passar, até porque estou em busca da minha, rsrs... mas acredito que vc pode aproveitar o processo do reboot para ir se conhecendo melhor em relação ao sexo, pois devidos aos nossos traumas em relação a aceitar a homossexualidade nós acabamos desenvolvendo muitas travas na hora do sexo, que ao meu ver, contribuem muito para a ER... lógico que os efeitos nocivos da PMO e do edging tb são os principais motivos, mas eu acho que os nossos traumas e, por consequencia, as travas que eles geraram contribuem também para a ER.
Vou te acompanhar de agora em diante e qualquer ajuda que precisar pode contar comigo.
Boa sorte na sua jornada.
Grande abraço.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 39
Data de inscrição : 06/08/2018
Idade : 19
Ver perfil do usuário

Maconha

em 8/8/2018, 23:15
Mano,to torcendo por vc só pq da um 2,bora finalizar esse reboot ae porra,AGORA VAI
avatar
Mensagens : 25
Data de inscrição : 12/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 9/8/2018, 00:08
Nino! Que legal saber que você acompanha o meu diário! Eu também estou acompanhando a sua, e já pensei várias vezes em postar lá. Me identifico com a sua história, e vc tem um sentimento e uma expressividade tão grandes! Vontade de ser seu amigo, hehe.

Obrigado pela força, e vamos lutar juntos contra a ER (ou EN kkkk)

Enviado pelo Topic'it
Moderador
Moderador
Mensagens : 140
Data de inscrição : 24/06/2018
Idade : 45
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 9/8/2018, 08:24
Silas_T escreveu:Nino! Que legal saber que você acompanha o meu diário! Eu também estou acompanhando a sua, e já pensei várias vezes em postar lá. Me identifico com a sua história, e vc tem um sentimento e uma expressividade tão grandes! Vontade de ser seu amigo, hehe.

Obrigado pela força, e vamos lutar juntos contra a ER (ou EN kkkk)

Enviado pelo Topic'it

Ola Silas!!!
Fiquei muito contente de saber que vc também está acompanhando o meu diario, e obrigado pelos elogios sobre a minha forma de expressar... é muito bom saber que alguém se identifica com o meu jeito de pensar e de expressa-lo, muitas vezes fico preocupado de escrever tanto para conseguir expressar os meus pensamentos, rsrs...
Vamos continuar nessa troca de experiencias porque ao meu ver essa é uma grande forma de aprendizado e nos fortalece na busca de nos afastarmos do vicio... E já te considero um amigo sim!!!
Grande abraço.

_______________________________________
Mensagens : 8
Data de inscrição : 10/08/2018
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 10/8/2018, 14:40
Opa..

Me cadastrei hoje no fórum. Estou com falta de sensibilidade, ou seja, não sinto aquele prazer massa que já senti. Estou há 9 dias sem P/M/0 e meu deu vontade de ter com quem conversar sobre o assunto.... hehehe.
Mensagens : 34
Data de inscrição : 21/02/2018
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 10/8/2018, 15:28
Espere mais um pouco, caba bom, demorou mais de 12 dias pra voltar em mim.
avatar
Mensagens : 25
Data de inscrição : 12/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 12/8/2018, 20:34
Voltando aqui, agora com 3 dias sem PMO (resetei 2 dias depois do primeiro reset).

Eu achava que o primeiro reset seria um reset mesmo, e todos os problemas causados pela PMO (DE e ER) iriam retornar ao mesmo nível dos primeiros dias de reboot. Porém, eu vejo que o sexo melhorou, e a DE diminuiu, mesmo depois do reset. Será que é porque a flatline já estava acabando na hora do meu reset? Ou será que vou ter a mesma flatline toda de novo?

Ah, e hoje eu masturbei com fantasias no banho. Que droga, não quero resetar. Vou resetar só se acontecer de novo, porque aí é sério.

Enviado pelo Topic'it
Mensagens : 34
Data de inscrição : 21/02/2018
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 13/8/2018, 11:05
Silas, alguns benefícios permanecem mesmo, ate pq vc não é mais o mesmo, seu cerébro já se recuperou em paartes.
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 760
Data de inscrição : 21/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Querendo ser ativo

em 14/8/2018, 18:25
Alguns benefícios são duradouros e outros não.
Os benefícios físicos tendem a durar por mais tempo que os psicológicos.

Quando a prática da M é constante os transmissores táteis ficam menos sensíveis pois, tende-se durante o ato de se masturbar pressionar o pênis com força e a manobra também é mais violenta e rápida que durante o ato sexual.
Geralmente é mais fácil de entender com exemplos:
Pense no seu braço, se você começar a dar pancadas nele, com o tempo ele ficará menos sensível a dor e também menos sensível ao carinho, ganha resistência porém perde sensibilidade, com o seu pênis é a mesma coisa.
A outra parte é a hormonal, você estava começando a regular sua dose hormonal para a natural, não será do nada que você voltará a produzir tanto quanto antes, mas também agora demorará mais tempo para voltar a ficar limpo.

É provável que você enfrente outra fase de falta de interesse, mas ela passa, aproveite cada momento do rebbot para colocar as coisas no lugar.

beijinhos
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum