Compartilhe
Ir em baixo
Mensagens : 107
Data de inscrição : 30/08/2018
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 6/1/2019, 08:07
Porra, eu nuca fui assim. Se eu não queria fazer algo nunca esperei que me chamassem, preferiria que não chamassem. Mas enfim, estamos nessa vida pra aprender. Obrigado por me mostrar essa forma de pensar, pois eu nunca descobriria sozinho que isso existe: querer que chame pra algo que não se quer fazer.

Do jeito que ela é, eu me sentir melhor sem ela vai fazer com que ela se sinta pior. Em outras crises dela, só vi melhora da parte dela quando me desesperei e queria morrer, tacava a cabeça na parede, enfim, perdia o controle. Depois que eu perdia o controle, ela demonstrava alguma compaixão por mim. Enquanto eu estiver sendo racional, controlado, "frio", ela vai continuar assim.

Vou falar com a moderação, obrigado mais uma vez.

_______________________________________
Mensagens : 107
Data de inscrição : 30/08/2018
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 6/1/2019, 09:08
Viver não é pra qualquer um.
Queria ter morrido ainda criança. Não teria passado por toda essa merda

_______________________________________
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 574
Data de inscrição : 10/06/2018
Idade : 31
Ver perfil do usuáriohttp://www.comoparar.com/t7742-diario-the-survivor-idade-30-anos

Re: Por uma nova vida

em 6/1/2019, 10:39
Pode mudar o título sim caso não consiga entre em contato com a moderação, quando tiver esses pensamentos ruins e estiver se queixando da vida eu recomendaria ir num hospital público e dar uma volta ali entra lá e diz estar a espera de uma pessoa que esta vindo de ambulância e observe as demais pessoas, para vermos que comparado a outros problemas o nosso é totalmente reversível mesmo apesar das dificuldades e que analisando bem temos a nosso favor todas as ferramentas que necessitamos para vencer essa luta, talvez falte um choque para com a realidade e assim percebermos que somos muito mais poderosos do que os pensamentos negativistas que tentam a todo momento nós subjugar incapazes de vencer esse vicio.

Siga firme, estamos na torcida, que Deus fortaleça todos nós.

_______________________________________


Mensagens : 107
Data de inscrição : 30/08/2018
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 6/1/2019, 14:54
Contei mais coisas da minha vida pra ela. Mais coisas que moldaram meu caráter. Sinto que agora ela me acha mais lixo ainda. Não vejo muito sentido em continuar a lutar...

_______________________________________
Mensagens : 107
Data de inscrição : 30/08/2018
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 6/1/2019, 14:56
Se é pra sentir e causar tanta dor, pra que continuar? Se nada do que eu faça vai fazer ela se sentir bem, pra que continuar? Se nada vai apagar o que eu vivi, pra que continuar?

_______________________________________
Mensagens : 8
Data de inscrição : 01/01/2019
Ver perfil do usuário

Normal

em 6/1/2019, 16:35
Brow, não esqueça que ficar pra baixo é normal também. Você está reorientando a química do seu cérebro. O importante é desabafar e não tomar nenhuma decisão nesse momento. A tempestade vai passar, você vai sobreviver e vai ser erguer um homem melhor: sem medo de tempestade, sem medo da solidão e sem medo do nosso inimigo, o vício.
Abrace o guerreiro interior, abrace a dor, abrace o desespero. São parte da vida. Você é capaz de sentir, vc não está mais anestesiado, agora você está crescendo e isso doi. Vai se tornar uma versão muito melhor de você.

Abs,

Tio_Zé
Mensagens : 107
Data de inscrição : 30/08/2018
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 6/1/2019, 18:45
.


Última edição por Mero Ninguém em 6/1/2019, 19:08, editado 1 vez(es)
Mensagens : 107
Data de inscrição : 30/08/2018
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 6/1/2019, 18:48
Esse lixo aqui não merece nada senão a morte

_______________________________________
Mensagens : 107
Data de inscrição : 30/08/2018
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 6/1/2019, 18:51
.


Última edição por Mero Ninguém em 6/1/2019, 19:10, editado 1 vez(es)
Mensagens : 107
Data de inscrição : 30/08/2018
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 6/1/2019, 18:57
.
Mensagens : 42
Data de inscrição : 15/10/2018
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 6/1/2019, 19:44
Mero ninguém, eu li a mensagem antes de ser apagada. Sei que o você e sua mulher estão passando. Já estive na sua pele, hoje estou na pele da sua mulher. Conheço o que se passa no íntimo de ambos e posso dizer: ambos sofrem imensamente.

Eu sofri abuso na infância, senti muito vazio, fiz péssimas escolhas. Contei tudo para meu marido, ele não me acolheu, chegou a dizer que sentia nojo de mim pelas minhas escolhas. (Hoje eu é que sinto nojo dele, enfim...).

O que posso dizer é que as pessoas geralmente oferecem aquilo que elas sentem. Se sua mulher está machucada por sua culpa, ela irá te oferecer a dor que ela sente. Não a force a nada, isso é pior. Deixe que ela viva esse luto e dê atenção a ela, trate-a bem, sem acusa-la de nada.

Você escolhe se irá se fazer de vítima ou se irá usar essa dor para crescer. Por muito tempo eu me fiz de vítima, usei o abuso que sofri para me fazer de coitadinha... Aliás, tudo o que eu sofria eu vivia repetindo para que ele sentisse dó de mim. Por um tempo, era como se o que sofri servisse como um passe livre para fazer merda.

Eu decidi dar um basta:

O abuso que sofri não significa nada para mim, foi uma pena que aconteceu, mas já acabou, fim. Me esqueci completamente. A vida andou.

Fiz errado, sou completamente responsável pelos meu atos, não fugirei das consequências das minhas escolhas. Doa o que doer, o que fiz de posse de minha liberdade é totalmente responsabilidade MINHA e de mais ninguém. Não mais procurei um bode expiatório (o abuso ou qualquer outra coisa), nem coloquei a culpa em ninguém. A culpa é inteiramente minha e ponto final.

Depois, de tudo o que ele me acusou, não rebati mais. Certas coisas eram verdadeiras, outras falsas. Deixei que ele pensasse o pior de mim. Passei a fazer diariamente um exame de consciência, me acusei de tudo de ruim que fazia antes que ele mesmo me acusasse. Eu me conheci melhor. Todo dia antes de dormir eu pensava no que fiz mal e no que poderia melhorar no dia seguinte.

No mais, entreguei para Deus.

1 - assuma a responsabilidade pelos seus atos

2 - não acuse ninguém

3 - não se faça de vítima

4 - esqueça o passado

5 - faça um exame de consciência todos os dias antes de dormir

6 - tenha o propósito de ser sempre melhor, pela glória de Deus. Hoje você sente que não é nada, mas amanhã você estará defendendo a pureza e honra com toda a sua força. Hoje você lutará contra o mal em si mesmo, amanhã defenderá o bem.
Não para que te admirem, pois vão continuar te julgando pelo seu passado e presente, aceite. Mas fará isso porque é o certo a se fazer, e isso basta.
avatar
Mensagens : 17
Data de inscrição : 28/12/2018
Idade : 25
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 6/1/2019, 21:03
Lain Iwakura escreveu:Mero ninguém, eu li a mensagem antes de ser apagada. Sei que o você e sua mulher estão passando. Já estive na sua pele, hoje estou na pele da sua mulher. Conheço o que se passa no íntimo de ambos e posso dizer: ambos sofrem imensamente.

Eu sofri abuso na infância, senti muito vazio, fiz péssimas escolhas. Contei tudo para meu marido, ele não me acolheu, chegou a dizer que sentia nojo de mim pelas minhas escolhas. (Hoje eu é que sinto nojo dele, enfim...).

O que posso dizer é que as pessoas geralmente oferecem aquilo que elas sentem. Se sua mulher está machucada por sua culpa, ela irá te oferecer a dor que ela sente. Não a force a nada, isso é pior. Deixe que ela viva esse luto e dê atenção a ela, trate-a bem, sem acusa-la de nada.

Você escolhe se irá se fazer de vítima ou se irá usar essa dor para crescer. Por muito tempo eu me fiz de vítima, usei o abuso que sofri para me fazer de coitadinha... Aliás, tudo o que eu sofria eu vivia repetindo para que ele sentisse dó de mim. Por um tempo, era como se o que sofri servisse como um passe livre para fazer merda.

Eu decidi dar um basta:

O abuso que sofri não significa nada para mim, foi uma pena que aconteceu, mas já acabou, fim. Me esqueci completamente. A vida andou.

Fiz errado, sou completamente responsável pelos meu atos, não fugirei das consequências das minhas escolhas. Doa o que doer, o que fiz de posse de minha liberdade é totalmente responsabilidade MINHA e de mais ninguém. Não mais procurei um bode expiatório (o abuso ou qualquer outra coisa), nem coloquei a culpa em ninguém. A culpa é inteiramente minha e ponto final.

Depois, de tudo o que ele me acusou, não rebati mais. Certas coisas eram verdadeiras, outras falsas. Deixei que ele pensasse o pior de mim. Passei a fazer diariamente um exame de consciência, me acusei de tudo de ruim que fazia antes que ele mesmo me acusasse. Eu me conheci melhor. Todo dia antes de dormir eu pensava no que fiz mal e no que poderia melhorar no dia seguinte.

No mais, entreguei para Deus.

1 - assuma a responsabilidade pelos seus atos

2 - não acuse ninguém

3 - não se faça de vítima

4 - esqueça o passado

5 - faça um exame de consciência todos os dias antes de dormir

6 - tenha o propósito de ser sempre melhor, pela glória de Deus. Hoje você sente que não é nada, mas amanhã você estará defendendo a pureza e honra com toda a sua força. Hoje você lutará contra o mal em si mesmo, amanhã defenderá o bem.
Não para que te admirem, pois vão continuar te julgando pelo seu passado e presente, aceite. Mas fará isso porque é o certo a se fazer, e isso basta.

Meu amigo, li seu diário e seu desespero em querer largar o vício, e te digo: antes de você querer largar o vício por qualquer motivo, largue o vício por VOCÊ.

Pode ser até um pouco egoísta esse pensamento, mas ainda assim, ele é fundamental pra que todos os motivos depois desse sejam contemplados com a sua mudança.

Citei esse post da Lain em seu diário porque ele diz exatamente o que devemos fazer em situações como essa. Estou passando por um momento bastante pesado com a pessoa com quem eu me relacionava, e esse post me abriu os olhos no que devo fazer em relação ao meu problema, e espero que ele te ajude também a superar esse momento complicado em sua vida e o estimule a dar a volta por cima.

Estamos juntos meu mano!! Vou passar a acompanhar o seu diário. Vamos vencer!! Forte abraço Smile

Enviado pelo Topic'it
Mensagens : 107
Data de inscrição : 30/08/2018
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 6/1/2019, 21:07
Obrigado pelas mensagens de apoio.

Desviei do assunto do Fórum de novo. Mas não tenho outro espaço, não tenho alguém pra me aconselhar... Se eu for banido, entenderei.


Última edição por Mero Ninguém em 6/1/2019, 22:31, editado 1 vez(es)
Mensagens : 107
Data de inscrição : 30/08/2018
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 6/1/2019, 21:13
.


Última edição por Mero Ninguém em 6/1/2019, 22:29, editado 1 vez(es)
Mensagens : 42
Data de inscrição : 15/10/2018
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 6/1/2019, 21:26
Ela vai te entender o te respeitar quando você recuperar a sua dignidade. Ela provavelmente te vê da mesma forma que você se vê. Você não gosta de si, já deu para perceber. Me diga uma coisa... Como você pode oferecer a alguém uma coisa que não possui? Você não possui amor por si mesmo, respeito por si mesmo, sendo assim... Se não ama sequer a si mesmo, a pessoa com você mais teve e terá contato, como amará qualquer outra pessoa? É impossível.

O mandamento de amar o outro como a si mesmo é mais que um mandamento, mas uma lei natural, pois é impossível amar alguém odiando a si mesmo.

Quando você se amar e recuperar sua dignidade que está jogada no chão, você saberá amar sua esposa e prezara pela dignidade dela. Não a tratará com falta de respeito, como tem feito com ela e a si mesmo.

Você quer realmente crescer? Procure pelo Dr. Ítalo Marsili... Acredito que ele ainda posta lives no Instagram. Não tenho acompanhado mais.
Mensagens : 42
Data de inscrição : 15/10/2018
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 6/1/2019, 21:57
Você está confuso, perturbado.

Você precisa sair do mundo das idéias e ir para a prática. Pegue um papel e uma caneta e anote e enumere as dicas que te deram aqui e que você colocará em prática amanhã mesmo.

Você precisa de uma rotina de trabalho fora de casa, trabalho dentro de casa, estudo, oração, música... Cabeça vazia é oficina do diabo. Você tem que ocupar essa mente com coisas edificantes, construindo seu caráter e doando seu tempo aos outros, principalmente sua mulher.

Para eu sair dessa, precisei ocupar muito meu tempo. Eu coloquei meu celular para me avisar de 3 em 3 horas e passei a recitar o ofício de Nossa Senhora. Acordava de madrugada para recitar, pois o ofício tem horários fixos e começa antes das 6.

Existem tantas coisas para fazer! Leia um livro edificante, procure músicas sacras, contemple verdadeiras obras de arte, principalmente aquelas que retratam a pureza (você não faz idéia do que é a pureza e de como ela é bela...) Escreva um diário (para ninguém ler!), Eu tenho mais de 500 rascunhos no meu e-mail. Desabafei tantas coisas.

Sua vida está apenas começando. Agora é que você vai largar essa casca e se abrir para o mundo e para os outros, sairá de si mesmo e aprenderá a amar. Aproveite a oportunidade!

https://lirioentreespinhos.com.br/o-papel-do-homem-no-lar/
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 574
Data de inscrição : 10/06/2018
Idade : 31
Ver perfil do usuáriohttp://www.comoparar.com/t7742-diario-the-survivor-idade-30-anos

Re: Por uma nova vida

em 6/1/2019, 22:38
Opa Mero Ninguém,

Cara você precisa absorver tudo que foi dito aqui, tem muita coisa importante sendo dita, releia, não adianta nada ficar reclamando, reclamar é fácil todo mundo reclama da vida, mas o que melhoramos reclamando? Nada, absolutamente nada. Releia o que a galera escreveu, cada linha, releia de verdade, entenda que por fim a vida não vai te resolver seus problemas, eu ouvi falar que a pessoa que comete suicídio fica vagando num mundo espiritual, ela fica vagando até o dia que realmente seria o dia da morte dela, essa pessoa que se mata fica sofrendo tudo que ela está sofrendo no mundo real, e como já não tem mais vida como vai resolver os problemas no mundo físico? Não vai, vai ficar num sofrimento muitíssimo pior, você estará morto mas continuará sofrendo pelas mesmas razões que esta sofrendo agora, continuará vendo sua esposa sofrer, além disso vai ver sua família toda sofrer, eu não desejo nem pro meu pior inimigo o suicídio, temos que resolver nossos problemas nesse plano físico! Seleção natural? Isso é baboseira, todos nós tornamos fortes diante das fraquezas, não tem jeito!

Se você pensa em fazer algo contra sua vida eu te digo, vai num hospital, visita uma ala de pessoas esperando atendimento, veja as pessoas, vá num hospital de pessoas com problemas físicos, pessoas sem braços, pessoas sem pena, pessoas muda, pessoas deficientes, converse com essas pessoas, tenho certeza que essa experiência mudará o seu modo de olhar pra vida. Nós somos abençoados por Deus, temos força, temos apenas que desenvolver nossa força.

Siga firme, queremos ver você vencer, que Deus fortaleça todos nós.

_______________________________________


Mensagens : 107
Data de inscrição : 30/08/2018
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 6/1/2019, 22:55
Muito obrigado pelos conselhos

Vou fazer uma programação da semana. Estou de férias esse mês, vou me dedicar exclusivamente a isso.

Quanto à dignidade, já percebi que ela exige sacrifícios, ações que requerem desapego a vontades. E tem muito a ver com fazer coisas que eu contaria com orgulho ou alegria pra qualquer pessoa.

Vou em busca dessa dignidade.

Survivor, estou oscilando. Estou querendo mudar muitas coisas e, como não sei o caminho, fico suscetível a conselhos e opiniões. Mais cedo estava discutindo com ela; não via solução, só enxergava desespero. Agora li os conselhos de vocês e estou mais motivado. Amanhã ela acorda e vai me oferecer toda a angustia e frustração que está sentindo, vou ter que resistir bastante pra não voltar ao desespero.

Preciso de mudanças. Mudança é ação prática. Vou colocar em prática o que conseguir, por quanto tempo conseguir. Se as merdas que fiz me tomaram a porcaria que sou hoje, fazer coisas boas vai me tornar alguém melhor - mas tenho que aceitar que esse "alguém melhor" pode não ser suficiente pra ela.
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 574
Data de inscrição : 10/06/2018
Idade : 31
Ver perfil do usuáriohttp://www.comoparar.com/t7742-diario-the-survivor-idade-30-anos

Re: Por uma nova vida

em 6/1/2019, 23:16
Mero Ninguém escreveu:Muito obrigado pelos conselhos

Vou fazer uma programação da semana. Estou de férias esse mês, vou me dedicar exclusivamente a isso.

Quanto à dignidade, já percebi que ela exige sacrifícios, ações que requerem desapego a vontades. E tem muito a ver com fazer coisas que eu contaria com orgulho ou alegria pra qualquer pessoa.

Vou em busca dessa dignidade.

Survivor, estou oscilando. Estou querendo mudar muitas coisas e, como não sei o caminho, fico suscetível a conselhos e opiniões. Mais cedo estava discutindo com ela; não via solução, só enxergava desespero. Agora li os conselhos de vocês e estou mais motivado. Amanhã ela acorda e vai me oferecer toda a angustia e frustração que está sentindo, vou ter que resistir bastante pra não voltar ao desespero.

Preciso de mudanças. Mudança é ação prática. Vou colocar em prática o que conseguir, por quanto tempo conseguir. Se as merdas que fiz me tomaram a porcaria que sou hoje, fazer coisas boas vai me tornar alguém melhor - mas tenho que aceitar que esse "alguém melhor" pode não ser suficiente pra ela.

Fará bem, releia cada ideia compartilhada aqui, ideias que você pode implementar. Encare como sua missão, sua missão é ajudar sua esposa ajude ela como se tivesse ajudando sua filha ajude com amor, mas não um amor sexual um amor humano, quando ela criticar olhe ela com compaixão, compaixão que Cristo teria, compaixão que você teria se fosse sua filha ao invés de ser sua esposa por que ele perdoa a todos nós por isso todo dia temos uma nova chance porque Cristo nós perdoa mesmo sendo pecadores somos filhos dele, se ela te criticar tudo bem perdoe porque as vezes fazemos coisas e merecemos perdão também, temos que perdoar para sermos merecedores do perdão, não deixe as criticas seja dela ou seja de quem for abalarem sua fé em si mesmo, não deixe as criticas abalarem sua fé de que você é uma pessoa que tem valor, que tem condições de ser uma pessoa melhor, que tem condições de tornar-se alguém melhor, deixe de lado as criticas dela fique em silêncio preserve e conserve o silêncio não seja para ela o reflexo que ela vê em você o modo como ela trata você é provavelmente como ela se trataria diante do espelho não responda, não responda uma critica com outra critica tenha compreensão afinal é sua esposa e talvez nela você veja o reflexo do seu comportamento temporário, não retruque essas repostas para não ficar nessa sintonia negativa, perdoe ela pelas palavras dela, não retruque apenas faça tudo que puder para ser uma pessoa melhor. E novamente releia cada comentário já feito nesse seu diário pois eu acredito que cada um desses comentários tem muito a te ajudar.

Que Deus fortaleça você e a todos nós que juntos estamos nessa luta.

_______________________________________


Mensagens : 107
Data de inscrição : 30/08/2018
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 7/1/2019, 08:25
Estou indo com ela num centro espírita. Eu nunca acreditei em nada disso, mas ela tá juntando tanta coisa ruim na cabeça (não só meu vício) e não sei mais a que recorrer. Estou torcendo pra eu estar enganado sobre tudo e isso ser um espírito que se apossou dela.

_______________________________________
Mensagens : 107
Data de inscrição : 30/08/2018
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 7/1/2019, 08:27
Obrigado, Survivor

Não vou mais retrucar nenhuma ofensa dela contra mim, mesmo que ela use coisas que desabafei pra me ofender.

Tenho que buscar ajuda, sozinho não consigo.

_______________________________________
Mensagens : 24
Data de inscrição : 28/12/2018
Idade : 34
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 7/1/2019, 08:55
Estou indo com ela num centro espírita. Eu nunca acreditei em nada disso, mas ela tá juntando tanta coisa ruim na cabeça (não só meu vício) e não sei mais a que recorrer. Estou torcendo pra eu estar enganado sobre tudo e isso ser um espírito que se apossou dela.

Embora não seja intuito do forum falar sobre espiritualidade, creio que posso pontuar algumas coisas... No espiritismo não se concebe a ideia de possessão, mas sim influencia espiritual e atração por sintonia, e isso de acordo com esta doutrina ocorre a todo tempo com todas as pessoas, sendo que eventualmente estamos sintonizados com bons espíritos ou com espíritos não tão bons assim, a depender to nosso estado de espírito. Nós, viciados, certamente temos aqueles que desencarnaram viciados e nos estimulam a continuar no vicio para saciar seu próprio vicio através de nós, pois o desencarne não muda quem somos, nossa natureza, nossos desejos, então se tinha vicio antes vai continuar tendo vicio depois.

Enfim, não vou me alongar, pois não é mesmo o intuito do forum né.

Só um conselho, procure uma casa que realmente seja uma casa espírita, que siga a linha de allan kardec. Na verdade, "espiritismo" por definição é aquilo que segue a linha de kardec, já que foi ele quem cunhou o termo, mas temos casas espiritualistas diversas (muitas com um trabalho sério e de respeito, outras nem tanto) que se identificam como casas espíritas e isso pode acabar confundindo

_______________________________________


Veja o meu diário
Mensagens : 107
Data de inscrição : 30/08/2018
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 7/1/2019, 11:26
Era um centro espírita mesmo. Estavam fazendo a leitura de textos de Alan Kardec quando saímos de lá.

Não surtiu efeito. Eu ouvi e li algumas coisas que me tocaram, mas ela voltou pra casa no mesmo estado. Segundo ela, não tem nada de espiritual no hábito dela de remoer sentimentos ruins. Ela diz que é pura química cerebral. Que não é possível controlar. Vai continuar no Rivotril até não sei quando...

Enquanto estava esperando pra conversar com uma psicóloga do centro, li a oração de São Francisco (que estava na parede), refleti sobre, entendi que preciso aprender a lidar com as situações com mais desapego aos meus sentimentos e pensando mais no próximo - ainda me deixa confuso a diferença entre "desapego aos meus sentimentos" e "me anular enquanto pessoa, ignorando o que sinto".

Pesquise a oração a oração, mandei pra ela e ela me disse que eu tinha que mandar pra "o demônio da minha mãe". Pedi desculpas. E mandei a oração pra a minha mãe.

Estou longe do assunto do fórum, mas essa sensação de impotência com relação ao sofrimento dela é pior que qualquer flatline. Já são 9 dias desde que ela soube da recaída. Nada muda, só piora.

_______________________________________
Mensagens : 107
Data de inscrição : 30/08/2018
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 7/1/2019, 11:43
Bom, dia 13. Já pensei em suicídio e desisti algumas vezes. Me motivei e desmotivei.

Ainda tenho medo de fazer as atividades de religação sozinho e ela achar que não estou ligando pra ela - mesmo se eu a convidar toda vez que for fazer algo.

_______________________________________
Mensagens : 107
Data de inscrição : 30/08/2018
Ver perfil do usuário

Re: Por uma nova vida

em 7/1/2019, 11:51
Peço desculpas à moderação.

Tenho apagado muitas mensagens. Estou num período muito difícil e tenho postado aqui pra desabafar.

Estou mal, não vou negar. Tenho que reconstruir minha existência. Mas tenho medo de me sentir empolgado com a possibilidade de mudança. Durante toda a minha vida empolgação dou sinônimo de frustração.

Eu preciso ser racional. Não vou sobreviver se não for. Tentei ser mais emotivo que racional esses dias e quase entro num destino sem volta.

Obrigado pelas mensagens. Vou reler tudo mais tarde. Agora preciso sair com ela, temos que ver a vida acontecer.


Última edição por Mero Ninguém em 7/1/2019, 15:49, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum