Compartilhe
Ir em baixo
Mensagens : 30
Data de inscrição : 30/09/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 1/10/2018, 11:22
Olá amigos. Utilizei este nick que gerei aleatoriamente para não ser identificado. Venho contar meu relato de algo que me aflige há 11 anos, ficará um pouco extenso mas agradeço muito quem puder ler e me ajudar, estou flertando com esse fórum faz duas semanas, mas apenas ontem tive coragem de me cadastrar e agora de escrever.

Antecipo que já instalei o bloqueador em meu PC, e sai e todos os grupos contenha P no meu Whatsapp,

Sempre tive interesse por mulheres, mas nunca tinha beijado uma nem feito sexo, sempre fui muito tímido até os 20 anos, eu sempre fui gordo e com uma sudorese grande as meninas tinham nojo de mim, mas sempre eu era apaixonado por alguma delas, ficava sonhando em namorar com alguma delas, e desde os 12 anos eu me M, cresci numa família sem pai presente e com 4 irmãs mais velhas e minha mãe, que sempre fui muito protetora comigo, mas sempre temeu por minha sexualidade, pois meus vizinhos mais velhos sempre ficavam me chamando de "viadinho", ou coisa do tipo. Nessa época dos 12 anos, em um curto período de tempo, eu comecei a achar interessante mostrar meu pênis para conhecidos (primos na mesma faixa de idade) e ver o deles, isso me excitava, mas não queria que me tocassem e nem eu queria tocá-los, depois eu parei naturalmente e sem nenhum grilo na época de nenhum adulto, pois ninguém, apenas não achei mais interessante isso.

Minha fonte de "inspiração" para me M eram Playboys velhas que minha irmã me conseguiu, ficar acordado até tarde e ver Cine Privê e ficar vendo minha prima se trocar (Inclusive isso deu muita merda na época). Quando comecei a acessar a internet, lembro que comecei a ver apenas mulheres nuas, depois passei pro sexo explícito, e um primo mais velho me emprestou um CD (daqueles que vendiam em bancas) que tinham coisas mais pesadas, como lésbicas, anal (Sim naquela época foi pesado pra mim), zoofilia (Mulheres com cachorros, porcos, cavalos), e tudo aquilo me excitava, depois comecei a buscar na internet sobre incesto e comecei a fantasiar com minhas irmãs e uma tia, quando tinha oportunidade, sempre cheirava as calcinhas delas e achava "normal", mas sempre temi pensar em minha mãe, sempre que eu estava fazendo e abruptamente a imagem da minha mãe surgia na minha cabeça eu parava e ficava bem aflito, o mesmo com crianças, tinha muito medo de pensar, e ser um pedófilo.

Quando eu tinha 18 anos e alguns meses, estava desempregado e ficava em casa todos os dias pois já havia terminado a escola, eu só tinha dois amigos que via com pouca frequência, e me M ao menos três vezes ao dia, sem a necessidade de ver nenhum conteúdo P, até porquê fiquei sem internet pois minha mãe não queria mais pagar, lembro que fazia pensando nas "Espiãs Demais" que passava na TV Globinho. Assistia muita TV, e ficava sempre acordado até tarde, as vezes trocando a noite pelo dia, mas em um determinado dia depois de ver um episódio de uma série aonde existiam homossexuais (não senti nada pelo episódio), porém tive um sonho na mesma noite no qual eu me relacionava com homens (Afetivamente e não sexualmente), acordei aflito pensando naquele sonho e comecei a "ligar alguns pontos", comecei a acreditar que eu poderia ser gay, alguns meses antes eu passei uma experiência de receber uma proposta para manter relações sexuais com um homem desconhecido na rua, eu estava sozinho num beco e cruzei por ele, e ele pediu uma ajuda pra carregar umas coisas, ajudei mas quando ele falou me ofertou R$ 50,00 para mantermos relações, na mesma hora senti tanto medo larguei tudo e sai correndo até a casa de um amigo, foi muito nojento imaginar aquilo para mim.

Passei o final de julho e meados de agosto de 2007 mal, me questionando, chorando todos os dias sozinho, com vergonha de ser de fato homossexual ficava me M toda hora para aliviar esse sentimento, comecei a me testar, comecei a observar homens na rua pra ver se sentia algo, e o que eu sentia era uma mistura de sentimentos, confusão, medo, e excitação quase nenhuma, lembro que nessa época fiquei com uma "gastura" grande nos mamilos, fiquei tocando neles o tempo todo, e até meu pênis me incomodava, eu pensava se no lugar dele, não deveria ser uma vagina. Foi então que decidi ver alguns P gays (Até em então nunca tinha visto, sempre preferi ver P lésbico simplesmente para não precisar ver pênis) com receio de ser um caminho sem volta, aconteceu que eu fiquei mais aflito do que excitado com medo de gostar, foi quando "tentei" o suicídio pela primeira vez, mas uma mulher que me dava estudo bíblico chegou em minha casa e me "salvou" de cometer aquele ato pois já estava bem perto de fazer, ela conversou com minha família, recebi apoio mas ao mesmo tempo meus cunhados souberam e me crucificavam duramente, o que só me fez ficar pior, busquei um psicologo, mas como era de família carente, não houve muito o que fazer fui num local aonde tratavam esquizofrênicos e a psiquiatra ficou me questionando: "Você acha homens bonitos?", "Você sente que é gay?", senti muito despreparo e preferi não voltar mais, o tempo passou e o sentimento aliviou, sentia que estava lá, mas me sentia mais tranquilo, pesquisei por conta na época, mas o assunto não era tão difundido como hoje, apenas li sobre pensamentos intrusivos, hoje as pessoas classificam como HOCD (Se é isso que eu passo de fato), algo que na época nem se falava. Fiquei ainda em casa um período, e quando comecei a trabalhar dois anos depois, eu temia que os sentimentos voltassem pois estava a trabalhar com homens e alguns deles eram homossexuais, mas não lembro de ter tido nenhuma crise nessa época.

Em 2010 fui pra RJ e fiquei num hotel dividindo quarto com um colega pro treinamento da empresa que eu acabara de entrar, fiquei com medo de sentir algo, mas nada, me testei e tudo, mas não vinha nenhum sentimento, nessa mesma época eles souberam que eu era virgem, e já tinha 21 anos, me levaram em um prostíbulo, escolhi uma prostituta gorda (sempre gostei de ver esse tipo de P) , broxei, mas consegui ficar meio ereto e gozei rapidamente. Depois disso fiquei 2 anos sem fazer de novo, foi quando encontrei uma garota que inclusive era ninfomaníaca e transávamos bastante, mas eu tinha uma ereção difícil, quase sempre pedia para ela me M, mas do que eu a penetrar, não durou muito, conheci uma garota na qual hoje é minha noiva e amo muito. Em 2011 outra na qual encuquei achando que estava interessado em um colega de faculdade mas não durou muito, mas acho que ele se ligou nisso, em 2014 (Já era noivo inclusive) a mesma coisa, com um colega do trabalho que me ajudava bastante.

Agora novamente com outro colega e agora de novo, estou escrevendo esse relato no pico de uma crise, estou me questionando por minuto, desde o último dia 18/09, comecei a pensar em um cara lá do trabalho que é homossexual e senti que ele tava me olhando esses dias, temi ter olhado de volta, mas me peguei pensando nele um dia, mas eu não penso em sexo, nem beijos, nem contato, apenas penso na pessoa e isso desencadeia sentimentos péssimos em mim, estou cogitando seriamente em pedir demissão pois tá insuportável para mim, pois além disso, estou sofrendo com muito estresse pelo próprio trabalho.  

Nesses últimos 11 anos desde que eu tive a primeira crise em 2007 sofro com depressão, me sinto péssimo constantemente, mas nem sempre relacionado a estes sentimentos, apenas me sinto mal sem motivo aparente, eu me M em média uma vez por dia, mas confesso que nunca achei que era viciado, mesmo deixando de trabalhar (freelancer) e estudar quando estou em casa, para me M. A única coisa que eu sei é que tenho "gatilhos", como por exemplo, se no dia que eu estava com estes sentimentos eu senti um cheiro, quando eu sentir esse cheiro novamente ele desencadeara o mesmo sentimento em outro momento, por conta disto, evito "contaminar" certos locais e fazer certas coisas que me agradam quando estou estou assim, pois temo que eles se tornem gatilhos para esses pensamentos.

Estou escrevendo em total desespero para vocês estou sem dormir direito à algumas noites, perdi o interesse momentâneo por minha noiva que estava passando a semana comigo (algo que nunca aconteceu, sempre a desejei, a vê-la nua ficava muito excitado, mas essa semana não subia), ela tá estranhando mas eu tô escondendo, ela não sabe que vez ou outra passo por isso. Estou tendo reações físicas, sinto minha virilha inchar (não o pênis ficar ereto) e a "gastura" nos mamilos voltaram, e quando estou me testando ou quando vejo algum homem na rua (Sem teste), entretanto quando tento sentir algo por uma mulher que considero atraente, não sinto o mesmo "inchaço" e isso me mata aos poucos, é uma chave que liga todos os dias quando eu acordo e não desliga quando vou dormir, os pensamentos suicidas voltaram, a única coisa que não me permite cometer o suicídio é o medo de viver a eternidade dessa forma se houver vida pós a morte.

Confesso que senti um certo alívio quando comecei a ler alguns relatos de vocês aqui no fórum de pessoas que passam por algo semelhante, mas depois percebi que quanto mais leio, é pior, pois percebo que existem pessoas que não se livraram desse mal do PMO e do HOCD (Não sei se é isso mesmo) que também me afeta.

Amigos, ajudem esse amigo que está desesperado!
avatar
Mensagens : 472
Data de inscrição : 11/03/2016
Ver perfil do usuário

Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 1/10/2018, 12:28
Seja bem-vindo Tovoso, respire fundo e leia o que eu escreverei com calma.

Seria muito fácil dizer para você simplesmente não ficar ansioso e se tranquilizar, por isso vou te dar alguns passos que pessoalmente me ajudaram muito, e vão além de palavras ao vento.

Há um eBook gratuito aqui, eu sugiro fortemente que você o leia, haverá muita coisa com a qual você irá se identificar.

Faça um bloqueio firme a sites pornográficos, use bloqueadores para todos os seus aparelhos eletrônicos, não deixe brechas.

Procure meditar, a meditação aparentemente aumenta a atividade cerebral no neocórtex (área responsável pelo nosso lado mais racional) e deixa o sistema límbico (o mais instintivo e primitivo) com menor potencial de vencer a batalha pelo prazer imediato, recomendo que você faça meditações guiadas, na minha experiência foram de grande valia.

Exercícios físicos são importantes para reequilíbrar os seus receptores de dopamina, o que vai fazer vc ficar mais responsivo a outros prazeres da vida, às vezes o que acontece com a dinâmica do vício é não sentir prazer e plenitude com mais nada além do objeto do vício, se exercitar vai atuar positivamente neste sentido, procure algo que lhe agrade, correr, pedalar, não sei, algo que lhe deixe inicialmente confortável, mas que te faça suar e potencialmente lhe traga um certo relaxamento.

Socializar, tente sair mais de casa, procure conhecer novas pessoas, eu sei que muitas vezes não é uma tarefa fácil, mas é um ponto importante e frequentemente negligenciado pelos amigos do fórum.

Sugiro também que abra o jogo sobre esse tratamento com sua noiva, essa sugestão eu admito que é bem complicada de fazer, mas creio que ela pode ser um pilar importante para sua recuperação.

Não se esqueça de procurar ajuda médica novamente, seus pensamentos suicidas merecem atenção profissional.

Busque por relatos de pessoas que superaram do HOCD, se possível o faça em fóruns estrangeiros, eles reforçarão essa sensação de alívio que você sentiu em alguns relatos aqui.


Muito bem vindo novamente, resumindo
1-bloqueie
2-se exercite
3-medite
4-socialize
5- procure ajuda médica sobre seus pensamentos suicidas.
6- escreva com frequência aqui no seu diário, é importante manter o diário atualizado, buscar ajuda dos colegas e desabafar.

Conte conosco.
Mensagens : 30
Data de inscrição : 30/09/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 1/10/2018, 16:32
Obrigado Atirador Nordestino, suas palavras são importantes nesse momento para mim, estou buscando conforto, e hoje estou tendo altos e baixos, cheguei tarde no trabalho mas não tô conseguindo focar nas minhas atividades, só penso em ir embora, pedir demissão e ficar em casa com minha dor, as vezes fico tranquilo, sem angústias e medos, apenas deixo os pensamentos virem e não os confronto, e eles perdem a força contra mim, mas quando percebo que tô me sentindo melhor, é como se eu acordasse dentro de uma piscina e me dou conta que ainda estou me afogando. Mas é o primeiro passo, preciso organizar minhas ideias r meus pensamentos se não eles irão me destruir. Não estou com vontade de me M hoje, mas por consequência sempre faço para me auto afirmar, tentarei não fazer hoje. Obrigado mais uma vez!

_______________________________________


Meu diário, me deem uma força: http://www.comoparar.com/t8364-diario-do-tovoso-tentando-sobreviver
avatar
Mensagens : 54
Data de inscrição : 07/11/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 1/10/2018, 17:44
Irmão de batalha, li todo seu relato!

É díficil acreditar que, observando quantos problemas o vício em pornografia e masturbação trás para as pessoas, ainda ter que ouvir de profissionais de que tudo isso 'É NORMAL'!
na boa, me dá nojo!

Mais dentro do seu relato, eu não percebi nenhum reboot, você está chegando agora no fórum? Então leia o Livro Oficial, você vai entender o que se passa com você.
Inicie um Reboot de 90 dias e frequente muito o fórum.
Todas estas confusões mentais que você está vivenciando atualmente irá desaparecer como passe de mágica.

Nos deixe por dentro de sua evolução postando aqui no teu diário.

Boa Sorte!

_______________________________________
"No dia que você tiver vencido você mesmo, você terá vencido o inferno!"

Mensagens : 30
Data de inscrição : 30/09/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 1/10/2018, 18:52
PauloXXX, obrigado pela resposta amigo. De fato, sou novo no grupo, e cheguei aqui através da busca pelo termo HOCD, e monitorando as mensagens vi que esse é um problema comum entre alguns viciados em pornografia, mas confesso que mesmo enxergando que a pornografia seja uma válvula de escape para meu estresse, não via como um vício, mas percebi que pelos relatos da galera, sou sim viciado, mais brando que alguns, mas prejudicial do mesmo jeito. Já li o ebook que está disponível gratuitamente, recomendam a compra do completo?

Estou sentindo bastante dor de cabeça, arrepios e dores no corpo esses tempos, acredito que está refletindo fisicamente em mim essa angústia. Sempre que fico sozinho em casa esses pensamentos vem com força, e a questão que o mais sinto é a dúvida do que qualquer tipo de afirmação, não me sinto sexualmente atraído por homens, mas me temo ser rotulado como homossexual, e por sua vez ser de fato um (Tenho amigos homossexuais e não sinto nada, por mais que me teste, só ficam as dúvidas).

Tenho fé que irei superar, mas dessa vez para sempre, e com a ajuda dos amigos aqui do grupo.

_______________________________________


Meu diário, me deem uma força: http://www.comoparar.com/t8364-diario-do-tovoso-tentando-sobreviver
avatar
Mensagens : 125
Data de inscrição : 28/08/2018
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 1/10/2018, 20:01
Tovoso, leia as histórias de sucesso, elas ajudam mais que as histórias em progresso.
Quanto à depressão você deve procurar ajuda profissional pois ninguém aqui pode te ajudar perfeitamente quanto a isso.
Eliminar a pornografia e masturbação vai te ajudar em vários aspectos da vida, não apenas na questão sexual, pois é uma energia que podemos canalizar para outras áreas da nossa vida.
Sei que parece difícil, mas não atribua tanto valor aos pensamentos HOCD, você deve flexibilizá-los pensando assim:
-Olhar para um homem não significa que sou homossexual;
-Olhar para uma mulher e não sentir tesão também não significa isso;
-Sexo não é a coisa mais importante de nossas vidas;
-Sexo depende do estado emocional, se não estou sentindo tesão agora são vários fatores que me afetam;
-Fantasias existem de todo modo, inclusive com animais, parentes, hentai, etc, e isso não significa que vou praticar esse tipo de sexo;

Além de outras afirmações que você mesmo deve encontrar utilizando seu raciocínio.
Outra dica é que seus pensamentos não são você! Nosso cérebro é um brincalhão, e muitas ideias plantadas por outros acabam germinando.

Ademais, reitero que você deve procurar outras formas de prazer, de preferência fora da internet. Vá observando no seu dia-a-dia as coisas que te agradam, por menores que sejam. Conversar com os amigos, caminhar, sair para uma festa, ver a família, academia, caminhada, corrida, cuidar do seu animal, lavar o carro, ajudar sua noiva, fazer alguem rir, assistir um stand up, ler um livro, comprar coisas, vender coisas, etc.

Ansioso para ver seu progresso! Abraços!

_______________________________________




Início em 13/10/2018

1ª Tentativa: 3 dias sem PMO
2ª Tentativa: 44 dias
3ª Tentativa: 2 dias
4ª Tentativa: em andamento
Metas (x) 30 ( ) 60 ( ) 90 ( ) 120

Diário: http://www.comoparar.com/t8261-me-tornando-um-homem-de-verdade
Mensagens : 30
Data de inscrição : 30/09/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 2/10/2018, 10:36
Thor_2, muito grato por sua mensagem, dicas importantes para uma vida saudável, e estou verdadeiramente precisando.

Ontem a noite comecei a afastar os pensamentos, a vontade de M foi pequena, afastei ao máximo o HOCD, assisti alguns episódios de uma série, consegui dormi mais cedo e ter mais horas de sono profundo do que o normal(Monitoro com uma pulseira inteligente). Hoje estou tendo alguns picos de ansiedade e dispersão do trabalho, não estou tendo problemas diretos com HOCD, mas estou com medo de ter e isso está me afetando um pouco, estou me arrepiando, e tremendo um pouco. Mas tô tentando manter o controle. Meus colegas já perceberam que estou estranho.

Mais tarde atualizo como estou. Obrigado!

_______________________________________


Meu diário, me deem uma força: http://www.comoparar.com/t8364-diario-do-tovoso-tentando-sobreviver
Mensagens : 30
Data de inscrição : 30/09/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 3/10/2018, 10:53
Olá galera, hoje estou no meu terceiro dia sem PMO, mas confesso que o P não é maior dos meus problemas, mas o M é, nunca passei mais do que uma semana, desde os doze anos sem M.

Dormi mais uma vez bem, mas o HOCD tá me incomodando, mas percebo que existe uma irracionalidade grande, pois eu começo a me testar e várias coisas me incomodam, coisas sem sentido, como meu pênis, acredito que não deveria ter um. Cara é um sentimento bizarro, mas ao mesmo tempo me consola por mostrar que nada disso faz sentido. Ficarei bem.

Não estou em abstinência de M, mas no decorrer dos dias deve acontecer, estou me preparando.

_______________________________________


Meu diário, me deem uma força: http://www.comoparar.com/t8364-diario-do-tovoso-tentando-sobreviver
Mensagens : 30
Data de inscrição : 30/09/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 4/10/2018, 12:50
Olá galera, estou caminhando para o 4° dia completo sem PMO, hoje estou um pouco incomodado com o HOCD, tá atrapalhando minhas tarefas no trabalho. Ontem dormi um pouco tarde e estou me sentindo cansado. Eliminei o café noturno para não atrapalhar meu sono, e tem ajudado. Mas tenho acordado de manhã já com esses pensamentos, fora que tenho acordado a noite meio incomodado.

Ontem senti vontade de M, mas me segurei para não cair em tentação.

Hoje o que mais me irrita é estar na rua e olhar para as mulheres e não me excitar, faço um esforço, e fico me dizendo: "Essa mulher é atraente, você não vai ficar excitado?", e quando me deparo que estou perto de um cara, fico ansioso, morrendo de medo de me excitar, é uma situação terrivelmente incomoda, me dá uma angústia sem tamanho. Agora quando estou M, ou vendo P, fico muito excitado vendo mulheres de todos os tipos.

Vou continuar na luta, espero que eu possa voltar a minha vida normal.

_______________________________________


Meu diário, me deem uma força: http://www.comoparar.com/t8364-diario-do-tovoso-tentando-sobreviver
avatar
Mensagens : 472
Data de inscrição : 11/03/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 4/10/2018, 15:08
Segue firme, em alguns momentos, talvez vc sinta algumas variações emocionais, dificuldades virão, mas valerá muito a pena vencer essa batalha.

Exercite-se, será importante para reequilíbrar sua mente.


Sorte!!
Mensagens : 30
Data de inscrição : 30/09/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 5/10/2018, 07:08
Obrigado Atirador Nordestino, estou tentando, esses dias deu uma piorada significativa. Tô acordando todos os dias com uma sensação incomoda, aflito e angustiado, tenho me arrastado para fazer minhas atividades, tentando afastar esses sentimentos prejudiciais para mim, já começou a afetar meu relacionamento, estou com medo de ver minha noiva e perder o interesse por ela, ela já percebeu que estou diferente, mas implorei que ela não me perguntasse nada, ela respeitou mas está preocupada.

Nunca pensei que passaria por isso de novo, minha vida estava bem melhor, mas agora na porta dos 30 anos, de novo.

Estou sem M. desde o domingo, estou tão incomodado com esses problemas que nem está dando vontade, meu líbido tá um lixo.

Vamos que vamos.

_______________________________________


Meu diário, me deem uma força: http://www.comoparar.com/t8364-diario-do-tovoso-tentando-sobreviver
Mensagens : 30
Data de inscrição : 30/09/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 6/10/2018, 09:55
Bom dia povo! Hoje estou no 5º dia sem PMO, essa noite eu tive um sonho erótico, porém além de ter sido estranho, foi violento, com sangue, acordei mal, mas estou me sentindo melhor que os últimos dias. Tive uma ereção ao acordar (A primeira em dias), fiquei pensando em minha noiva e outras mulheres, me roçei um pouco na cama, logo parei, devo zerar o contador?

Inclui o contador na minha assinatura também.

Abraços galera.

_______________________________________


Meu diário, me deem uma força: http://www.comoparar.com/t8364-diario-do-tovoso-tentando-sobreviver
avatar
Mensagens : 472
Data de inscrição : 11/03/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 6/10/2018, 16:28
Não, não deve zerar.

Inclusive esses sonhos, segundo alguns relatos/estudos, estão relacionados com receptores de dopamina, o que eu quero dizer é que provavelmente vc sonhará mais do que antes.

Como eram os seus sonhos antes, frequentes? Escassos?

Quando comecei o meu Reboot comecei a voltar a sonhar com mulheres normais.

Parabéns pela sua evolução nesses dias.

Reforce bloqueio, e esteja prepara para se oscilar emocionalmente em algum momento, estar preparado para não fugir da dor.

Vc vai conseguir, siga firme.
Mensagens : 30
Data de inscrição : 30/09/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 6/10/2018, 17:08
Olá Atirador Nordestino, esse tipo de sonho é bem escarço para mim, no máximo uma vez ao ano. O sonho foi estranho pois eu estava bastante excitado e estava num lugar escuro e sujo com uma mulher mais velha (bastante atraente) do meu trabalho, depois ela se transformou em algo bem estranho, e tinha sangue, nunca me excitei com esse tipo de coisa, tinha um cara lá também, era meu chefe (Esse só existia no sonho, não era ninguém da minha realidade), mas ele nem estava presente durante o sexo ou participou.

*Meu humor tá oscilando, dificuldade de concentração baixa, o HOCD tá oscilando bastante, horas tô bem, mas horas ele incomoda mas pela culpa de ter sentido, do quê ter sentido propriamente dito.*

Estou sem ereção mesmo vendo e pensando em mulheres (exceto hoje ao acordar), mas isso não tá tão angustiante como antes tô tentando não deixar a ansiedade tomar conta de mim.

P.S.: Vou procurar ajuda de psicológica semana que vem.

_______________________________________


Meu diário, me deem uma força: http://www.comoparar.com/t8364-diario-do-tovoso-tentando-sobreviver
Mensagens : 30
Data de inscrição : 30/09/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 7/10/2018, 11:02
Estou no 6º dia sem PMO, estou dormindo bem melhor, o sono está se tornando revigorante para mim, sinto uma melhora considerável no meu humor. Desde os meus 12 anos, não consigo dormir sem M, mas estes dias estou conseguindo. Os pensamentos intrusivos vem a todo instante, mas tô tentando afastar.

Só uma coisa que está me incomodando, as vezes eu me questiono se eu realmente sou viciado, pelo fato de estar conseguindo segurar a barra esses dias. Esse pensamento me parece uma auto-sabotagem para que eu não aceite que tenho um problema e pare o reboot, é normal isso pessoal? Rolling Eyes

_______________________________________


Meu diário, me deem uma força: http://www.comoparar.com/t8364-diario-do-tovoso-tentando-sobreviver
avatar
Mensagens : 472
Data de inscrição : 11/03/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 8/10/2018, 08:11
Certamente é vc racionalizando, seu sistema límbico está querendo lhe pregar uma peça, mantenha-se em Reboot e continue tendo essa evolução no humor, e tendo momentos sem o HOCD, não sei como descobrir se não é viciado, mas por ora eu te digo, siga sem acessar.

Feliz pela sua evolução.
Mensagens : 30
Data de inscrição : 30/09/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 8/10/2018, 10:59
Atirador Nordestino escreveu:Certamente é vc racionalizando, seu sistema límbico está querendo lhe pregar uma peça, mantenha-se em Reboot e continue tendo essa evolução no humor, e tendo momentos sem o HOCD, não sei como descobrir se não é viciado, mas por ora eu te digo, siga sem acessar.

Feliz pela sua evolução.

Obrigado amigo!

Hoje completei 7 dias sem PMO, nessa semana irei para um psicólogo, tenho que parar de postergar a ajuda profissional.
Estava no ônibus hoje ao lado de uma menina bem bonita, fiquei olhando para ela de relance, mas não senti quase nada, nunca senti, e não acho que todo homem sinta algo também por qualquer mulher na rua, e não deveria me sentir frustrado por isso, mas diante de tudo que estou passando me causa angústia.

Segue a luta!

_______________________________________


Meu diário, me deem uma força: http://www.comoparar.com/t8364-diario-do-tovoso-tentando-sobreviver
Mensagens : 30
Data de inscrição : 30/09/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 9/10/2018, 06:55
Bom dia pessoal.

Ontem me encontrei minha noiva, estava evitando ela, mas optei por encontra-la ontem, conversamos um pouco, não contei meu problema (HOCD) para ela, mas contei sobre o Reboot, ela me apoiou e ficou feliz.

Fomos pra casa, e expliquei que estava tendo dificuldade de ter ereção, então depois de alguns beijos e amassos, comecei a ter uma ereção (Fiquei muito feliz), começamos a transar, no começo tive alguns pensamentos intrusivos, mas quando estava extasiado de prazer esqueci tudo, foi muito bom, e quando ejaculei foi bastante intenso, até a consistência do sêmen tava diferente, ela também notou, depois de uma semana sem nada, sentir um prazer tão bom me deixou feliz, dormi bem.

Outra coisa que notei foi que diferente das vezes que chego ao clímax via M ou sexo, me sinto meio arrependido, ontem foi totalmente diferente me senti satisfeito. Se esse é o efeito do Reboot, não quero mais parar.

_______________________________________


Meu diário, me deem uma força: http://www.comoparar.com/t8364-diario-do-tovoso-tentando-sobreviver
Mensagens : 30
Data de inscrição : 30/09/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 9/10/2018, 12:03
Tô bem mal, pra não dizer desesperado. Tô tendo altos picos de ansiedade. Sexualmente estou satisfeito por ontem, tô sem vontade de PMO, mas tô me questionando por minuto, tá tão insuportável que tô quase fazendo uma besteira. Que sentimento degradante esse, a única coisa que alivia um pouco é relatar aqui, mas não tô aguentando mais isso.

_______________________________________


Meu diário, me deem uma força: http://www.comoparar.com/t8364-diario-do-tovoso-tentando-sobreviver
avatar
Mensagens : 472
Data de inscrição : 11/03/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 9/10/2018, 14:20
Tovoso, parabéns pelo dia de ontem, fico muito feliz por saber que você contou que está em Reboot e que teve um bom desempenho sexual.

Agora esses picos de ansiedade, procura um médico, ajuda profissional pode te ajudar.

Meditação guiada também costuma funcionar para diminuir minha ansiedade.

Cuidado com o efeito caçador, se cuida irmão.
Mensagens : 30
Data de inscrição : 30/09/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 10/10/2018, 07:56
Fala Atirador Nordestino!

Obrigado irmão, estou razoavelmente melhor que ontem, mas ainda me incomoda um pouco. Confesso que as vezes penso que isso tudo é desencadeado por baixo líbido sexual (não o impulso em M.), pois no dia que mantive relações com minha noiva, logo após, a gente tava deitado e ela começou a procurar um biquíni pra comprar na internet, e me mostrou a foto de uma modelo de biquíni, senti excitação (não fiquei olhando muito, primeiro por conta do Reboot, e segundo por conta do ciúmes dela rsrs).

Sobre o efeito caçador, ontem por contada lembrança do ocorrido na segunda e pela ansiedade sentida, fiquei recordando o tempo todo, e a noite senti vontade de M, mas afastei qualquer pensamento e segurei qualquer vontade. Tenho visto alguns vídeos no YouTube sobre "NoFAP" e os benefícios de parar com a M. Reconfortante.

Segue o 10° dia sem PM.

_______________________________________


Meu diário, me deem uma força: http://www.comoparar.com/t8364-diario-do-tovoso-tentando-sobreviver
avatar
Mensagens : 278
Data de inscrição : 02/10/2018
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 10/10/2018, 10:38
Tovoso,

O seu relato é comovente, estarei acompanhando o seu diário a partir de hoje!

Além de tudo o que já foi bem dito e aconselhado antes, sugiro que converse com a sua companheira também sobre o HOCD, já que ela o apoiu quando comentou sobre o seu reboot. Ninguém melhor do que o parceiro(a) para nos ajudar nesses momentos.

Siga firme!

_______________________________________
Meu diário:
http://www.comoparar.com/t8382-diario-do-seeker


Meta principal: 90 dias

Submetas: 10 ( X )   30 ( X )  60 ( X )  90 (  )



Mensagens : 30
Data de inscrição : 30/09/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 10/10/2018, 13:37
Obrigado Seeker, fico feliz com seu interesse em me apoiar também.

Estou pensando seriamente em falar com ela sobre isso com ela, mas temo como ela pode reagir e ela mesma poderá se tornar um gatilho pra mim. Falei com ela que não tô bem e preciso me cuidar e pedi pra ela não perguntar o que é pra não me deixar pior, ela tá preocupada mas compreende.

Vou ao psicólogo amanhã, meio preocupado, pois não sei como será, possa ser que eu saia com um diagnóstico: "Você é gay em negação, e sua vida é uma mentira", isso tá me angustiando um pouco, fora que contar isso pra alguém nunca é fácil.

Obrigado mais uma vez.

_______________________________________


Meu diário, me deem uma força: http://www.comoparar.com/t8364-diario-do-tovoso-tentando-sobreviver
avatar
Mensagens : 278
Data de inscrição : 02/10/2018
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 11/10/2018, 10:17
tovoso escreveu:Obrigado Seeker, fico feliz com seu interesse em me apoiar também.

Estou pensando seriamente em falar com ela sobre isso com ela, mas temo como ela pode reagir e ela mesma poderá se tornar um gatilho pra mim. Falei com ela que não tô bem e preciso me cuidar e pedi pra ela não perguntar o que é pra não me deixar pior, ela tá preocupada mas compreende.

Vou ao psicólogo amanhã, meio preocupado, pois não sei como será, possa ser que eu saia com um diagnóstico: "Você é gay em negação, e sua vida é uma mentira", isso tá me angustiando um pouco, fora que contar isso pra alguém nunca é fácil.

Obrigado mais uma vez.

Estou na torcida para que você encontre toda a clareza necessária durante o seu reboot e se livre das angústias. Fique em Paz!

_______________________________________
Meu diário:
http://www.comoparar.com/t8382-diario-do-seeker


Meta principal: 90 dias

Submetas: 10 ( X )   30 ( X )  60 ( X )  90 (  )



Mensagens : 30
Data de inscrição : 30/09/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário do Tovoso tentando sobreviver

em 12/10/2018, 11:20
Olá pessoal, só para manter o diário atualizado. Estou com 11 dias sem PMO, confesso que ontem quase tive uma recaída, tenho fantasiado bastante pensando em minha noiva, inclusive como moramos longe, sempre fazemos "brincadeiras" pelo telefone, mas acho que mesmo fantasias com alguém próximo a mim não é ideal, então cortei isso para não cair na tentação.

Algo que não me dei conta, mas tratei de resolver foi o browser do meu celular, eu me peguei pesquisando sobre coisas relacionadas a sexo, mas eu sei aonde isso iria parar, então desativei o Chrome e instalei um chamado Spin, não é a mesma coisa, mas pelo menos bloqueia esse conteúdo. Tem muita luta pela frente, mais uma guerra para vencer.

Valeu galera!

_______________________________________


Meu diário, me deem uma força: http://www.comoparar.com/t8364-diario-do-tovoso-tentando-sobreviver
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum