Compartilhe
Ir em baixo
PedroBalboa
Mensagens : 79
Data de inscrição : 05/05/2018
Ver perfil do usuário

Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal. Empty Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal.

em 14/11/2018, 00:15
ONDE TUDO COMEÇOU

Bom, tudo começou quando eu tinha 10 anos, o meu caso não começou primeiro com a P e depois a masturbação, mas sim ao contrário.
Eu estava tomando banho e tinha ouvido falar que era pra "colocar a cabeça do pênis pra fora para lavar", lembrando-me daquilo resolvi fazer, coloquei a cabeça do pênis pra fora e comecei a lavar, enquanto eu o lavava ele começou a endurecer e instintivamente e comecei a manuseá-lo colocando a cabeça para dentro e para fora, e fui aumentando a velocidade gradativamente, quando senti uma coisa inédita até aquele momento, ali ocorreu meu primeiro orgasmo, sem ejaculação, sem liquido nenhum, só uma sensação boa que me deixou em transe, depois dessa vez eu me masturbava mais ou menos duas, três vezes por semana, mas até então era sem P, nunca tinha assistido P.

                       
ONDE ENTRA A P

Meu primeiro contato com a P foi aos 11 anos,nesta época meus pais tinham instalado "gato net/TV a cabo” lá em casa e,  sempre que dava meia noite, a programação mudava automaticamente para o 'S3XY H0T', mas sabendo que isso acontecia a televisão sempre era desligada antes, até que um dia, mais ou menos umas 23:30 minha mãe desligou a TV e todos foram dormir inclusive eu, mas tava um calor do caralho, e sem conseguir dormir resolvi ligar a TV novamente, já liguei segurando o botão de volume para baixo, pra ninguém ouvir.
Fui trocando de canal e tava lá 'S3XY HOT', quando vi não tinha nenhuma cena de sexo, tinha apenas um pedreiro carregando um carrinho de areia numa obra, ai ele veio da rua com o carrinho de areia e levou pra dentro da casa, chegando lá tinha a dona da casa, uma mulher loira alta e com um belo corpo, daí eles começaram a conversar, ai ela pegou pelo braço dele, levou para varanda, agachou, abriu o zíper da calça e começou a fazer oque vocês já sabem. Nesse momento meu coração acelerou, foi uma mistura de emoções, a cena inédita de sexo, o medo dos meus pais acordarem e me pegar vendo aquilo, e uma sensação boa ao mesmo tempo, depois que a mulher tirou a roupa então e o negocio começou a ficar sério que fodeu! Depois que acabou esse filme e ia começar outro eu desliguei a TV e fui dormir. Depois desse dia não me interessei mais por aquilo e deixei passar, até que um dia, poucos meses depois, estava toda a família na sala de casa, avó, mãe, pai, irmão, irmã, minha tia e meu primo, conversando e vendo TV, conversa vai conversa vem até que deu meia noite, neste dia já mudou pro 'S3XY H0T' na cena de sexo, todo mundo arregalou os olhos e minha mãe foi correndo trocar de canal, porém ali as coisas já tinha mudado um pouco, foi uma sensação muito melhor que da primeira vez, na hora que apareceu a cena meu pênis já começou a endurecer, a partir desse dia eu sempre ligava a TV de madrugada para assistir um pouquinho das cenas, quando ouvia qualquer barulho mudava de canal pra ninguém me pegar no flagra, não me masturbava, apenas assistia quase todos os dias. (a essa altura eu já tinha feito 12 anos).

                         
ONDE O VÍCIO REALMENTE COMEÇOU

Mesmo já tendo assistido os filmes antes, eu mergulhei de cabeça no vício mesmo quando completei 14 anos, enquanto eu tinha 13 só me masturbava mesmo, sempre sem P, (lembrando que nesta época, até os 14 anos, eu era muito extrovertido e sempre pegava uma menina da igreja, zoava muito, tinha facilidade para socializar etc...)
As coisas começaram a ficar mais séria quando meus pais instalaram internet em casa, um dia todos tinham saído e fiquei sozinho em casa, abri a internet e  resolvi procurar mais daqueles vídeos, comecei a pesquisar sobre P, até que apareceu o site 'R3D TUB3', aquilo pra mim foi uma metralhadora de dopamina, todos aqueles vídeos lado a lado, eu podendo escolher qual eu quisesse, quantos eu quisesse e a mulher que eu desejasse, foi como encontrar um baú de diamantes.
Abri mais de 10 abas e fiquei alucinado vendo tantas cenas de sexo, tendo medo dos meus pais chegarem eu me masturbei, apaguei o histórico e fui tomar um banho. A partir deste dia eu ficava contando com que meus pais saíssem de casa para praticar PMO, quando eles falavam: "Filho, vou no mercado", meu coração já acelerava e os olhos brilhavam de felicidade, e assim foi até os 16 anos. (Detalhe: nesta época eu já tinha mudado, já não namorada nem pegava ninguém mais, já tinha ficado extremamente tímido). Minha mãe me mandava comprar alguma coisa na rua eu já me tremia todo, brigava e os krl para não ter que ir na rua, a minha ansiedade social foi um pesadelo, e ter que ir na rua era estar dentro de um filme de terror.)

                         
AS COISAS MELHORARAM?

Bom, com 16 anos a rotina de esperar meus pais saírem de casa para praticar PMO tinha mudado, mas não era pra melhor, nesta época eu ganhei meu primeiro computador, e pra terminar de foder as coisas ele ficava no meu quarto, a partir daí bastava eu fechar a porta e tinha o mundo da P só para min. A partir daí eu comecei a praticar PMO todos os dias, com meus pais em casa ou não e, para terminar de foder com tudo, eu comecei a jogar um jogo online extremamente viciante, era PMO e jogo O DIA INTEIRO, tinha vezes que era na mesma hora, eu jogava e quando o personagem morria eu apertava "Alt + Tab" e assistia um pouco de P e praticava M, sem orgasmo, até que eu decidisse sair do jogo e finalizava o trabalho com PMO. Um certo dia meu computador queimou, e eu estava socialmente fodido, não tinha amigos (a não ser os do jogo) , não saia para nada e quando saia me tremia todo de ansiedade, não conseguia conversar com ninguém, as garotas pediam para sair comigo e eu me tremia todo de nervoso, (nesta época eu evitada sair com meus primos, e sempre recusava convites para festas, tinha ficado traumatizado por que sempre que ia para alguma, uma garota pedia para sair comigo e a ansiedade explodia de vez).
Não aguentando ficar sem PMO, eu começava a fantasiar (dava quase a mesma sensação) para praticar MO, fantasias com garotas da escola, da igreja e principalmente com primas. Chegou um certo momento que as fantasias já não me satisfaziam mais, então eu esperava ansioso meus pais saírem de casa para fazer uma coisa que eu me tremia de medo de fazer por que estava errado, mas o vicio na PMO era mais forte então eu arrumava um jeito e fazia: arrombava o quarto dos meus pais para assistir P no pc deles (nesta época já não tinha mais o computador da casa, era um no meu quarto e outro no quarto deles), entrava lá, praticava PMO apagava o histórico e saia. Foi assim até consertar meu pc, eles saiam eu invadia o quarto deles, praticava PMO me tremendo todo com medo deles chegarem, apagava o histórico e saia (eu não baixava filmes P no celular por que nesta época eu ainda não tinha um).
Depois que consertei meu pc voltei para minha rotina anterior, PMO + jogo online, tinha vezes que eu varava a noite, ficava até umas 1:30, 2:00 horas da manha jogando e a partir dai era só PMO, no outro dia acordava um trapo, morto, cansado, desmotivado e socialmente ansioso como sempre, fiquei nesse rotina até os 19 anos. (Comecei a trabalhar com 16 anos, mas foi com 19 que arrumei um trabalho que realmente pagava bem).
Com 19 anos minha rotina de PMO + jogo online não tinha acabado, eu chegava do trabalho, tomava um banho e começava tudo de novo PMO + jogo online, porem eu queria algo a mais, então comecei a pesquisar sobre GP'S, até que encontrei uma que fisicamente me agradava e resolvi ligar pra ela, liguei, marcamos o programa e fui, cheguei no apartamento dela, bem na porta, olhei pra campainha, com uma ansiedade do caralho, me tremendo todo falei pra min mesmo: "vou embora, eu não vou fazer isso" virei de costas e já ia voltando pro elevador, pensei mais um pouco e falei "quer saber? foda-se" fui lá e toquei a campainha, entrei com uma ansiedade do caralho, tomei um banho e fizemos oque tinha que fazer (obs, nunca tive DE, na verdade tinha até um pouco de EP, mas nada muito forte) , e me lembro bem que no meio do sexo toda hora ela falava "nossa, você é muito tímido, chega está vermelho", eu realmente estava muito ansioso, chega tremia, depois desse dia saí com ela só mais uma vez e nunca mais procurei nenhuma GP. Porem continuei com a PMO, com 20 anos já estava totalmente fodido, tinha começado a ter HOCD, a ansiedade social (que foi meu maior problema) só piorava, a confusão mental começou a aumentar, a fraqueza física chegou a níveis extremos (inclusive fui mandado embora por que não rendia mais no serviço). Até que, com 20 anos, depois de uma sessão de PMO eu resolvi pesquisar "os males da P" e encontrei um texto chamado “Masturbação acabando com os Homens”, vendo tudo isso e mais alguns outros sites, decidi que ali era o fim da PMO, resolvi parar, mas não conseguia ficar mais de uma semana sem praticar, sempre caia e a rotina voltava, porém a partir dali começou a mudar um pouco, (nesse época, depois de fazer um esforça extremo, com muito sacrifício, eu consegui largar o jogo online, tinha sobrado só a PMO para me satisfazer (e ferrar minha vida), a partir daí sempre depois de uma sessão de PMO eu pesquisava "os males da P", e me dedicava a largar a pratica, nunca passava de uma semana, então resolvi adotar uma nova rotina: PMO somente uma vez por semana, e fiquei assim até os 21 anos, PMO todo final de semana, detalhe é que eu me masturbava com P no final de semana porém, durante a semana, eu assistia P todos os dias, sempre procurava uma hora livre no meio do trabalho para assistir um pouquinho, então minha rotina ficou assim até completar 21 anos, P durante a semana e PMO no final de semana, o problema é que os males da P não sumiam, a ansiedade social continuava, o HOCD continuava, a timidez só aumentava, procrastinação continuava e a aparência de abatido piorava.
Os meus 21 anos, foi sem muito novidade, pmo, trabalho, trabalho, pmo, de vez em quando aparecia uma garota me dando bola, eu fazia um esforço, porém minha ansiedade social sempre ficava em níveis gigantescos, resultando: não pegava e ficava com mais timidez ainda (um colega chegou a pensar que eu era gay, era pra terminar de foder com o HOCD mesmo).

                                     
AGORA VAI?

Com 22 já tinha perdido as esperanças de largar a PMO, mantinha as seções de 2x por semana e pensei que ficaria assim pro resto da minha vida, até que um dia eu estava lendo contos eróticos pelo celular quando resolvi ir mais a fundo no assunto dos males da PMO, entrando em vários sites e blogs até encontrar este aqui “Vício em P como parar”, vi que ali (aqui?) tinha vários pessoas com os mesmos problemas e uns até 10x mais fodido que eu, e vi que muitos já tinha se curado do vício e tinha uma galera se esforçando para ser o próximo a relatar sua “História de Sucesso”, fiquei maravilhado com aquilo e comecei a devorar as histórias de sucesso, naquele mesmo dia eu comecei o reboot, mesmo sem ter conta no site e sem ter lido o ebook.
Sete dias depois, já com o reboot em andamento resolvi criar a conta e ler o ebook.
Quando completei 30 dias de reboot já estava totalmente curado do HOCD (por incrível que pareça), a tática que usei para me livrar dele foi simples, eu não combatia o HOCD, quando os pensamentos viam, eu os deixava passar, eu não ficava entrando em conflito com ele. Esses pensamentos: “eu sei que sou homem” “ não é possível que eu seja gay”, “será que sou gay?” eu não fazia isso, eu simplesmente mudava os pensamentos, saia para algum lugar, fazia qualquer coisa, só não pensava no HOCD, só não o combatia de frente, o máximo que eu pensava quando via os pensamentos muito forte era “ahh, deixa de ser idiota” e já mudava pra outra coisa. Durante o reboot notei que a ansiedade social diminuía quando eu falava com estranhos, se fosse uma conversa, melhor ainda! Para quem tem muita ansiedade social recomendo essa prática, dê bom dia para todo mundo, se possível puxe assuntos. oque você não pode fazer, quando a ansiedade e a timidez bater à porta, é ficar retraído, alimentando mais ainda a timidez, tente sair, tenta fazer qualquer coisa, só não alimente a timidez!
Olha este ensinamento do filósofo Olavo de Carvalho: “Nunca fui tímido por natureza, mas entre os vinte e os vinte e poucos anos tive um período de timidez porque estava com todos os dentes estragados, não tinha dinheiro para consertá-los, parecia um mendigo e julgava que a coisa mais sensata a fazer com a minha cara era escondê-la. Por isso compreendo perfeitamente o fenômeno da timidez. Ela tira você da corrente da vida e o espreme num canto escuro onde tudo só acontece em pensamento e nada se realiza. Ela esmigalha oportunidades como se fossem minhocas em que você pisa no caminho. Ela afasta você do que você quer e povoa a sua vida de tudo o que você não quer. Da timidez à depressão e da depressão ao ressentimento o caminho é bem curto. Os tímidos estão entre os alimentos preferidos do diabo. Ele os mastiga como chicletes e joga fora a borrachinha insossa que sobra no fim. Se você tem a tentação da timidez, largue disso imediatamente. Comece a fazer tudo o que você teme que vai cobri-lo de ridículo. É melhor pagar mico do que ser um mico.”

A tática que usei para completar os 90 dias e conseguir os 145 foi a mesma que usei para o HOCD, com apenas um acréscimo, que era evitar ficar em locais que fosse possível praticar PMO, em casa sozinho, usando o celular com acesso a internet em qualquer lugar sozinho etc...
Oque me fez adotar essa tática foi a frase do Santo Pio de Pietrelcina: "Dedicar-se inteiramente à lutar contra um vício é o caminho mais rápido para se tornar escravo dele”. Não tenho se a frase é dele, mas a tática é boa.

                           
BENEFÍCIOS PÓS REBOOT:

Voz mais grossa
Barba mais densa, e crescendo mais rápido
Ansiedade social diminuiu muito
HOCD sumiu
Mais disposição para fazer as atividades do dia a dia
Procrastinando menos
Facilidade em socializar
Aumento dos olhares femininos em minha direção (acredito que a academia tenha influência nisso também)
Timidez diminuiu drasticamente
Mais feliz, mesmo com coisas pequenas e que antes eu nem ligava.
E uma série de outros benefícios que se eu lembrar mais tarde eu coloco aqui.


Observações: Primeiro reboot 145 dias , ai veio a queda e estou postando este relato agora com 52 dias do segundo reboot. Não perdi os benefícios dos 145 dias com a queda, apenas a Ansiedade social subiu um pouco. Ambos os reboots foram feitos em modo Hard.
Existe uma certa timidez, ou até ansiedade social que é comum dar em todo mundo em certas situações, aquele famoso “frio na barriga”, ou seja, a ansiedade social e timidez não acaba por completo. É só você se imaginar pelado no meio do centro do Rio de Janeiro, de certo você ficaria tímido, é essa a timidez que nunca acaba. E a ansiedade, o frio na barriga, por exemplo quando chegamos em uma mulher desconhecida na rua para ‘desenrolar’/ tentar pegar ela. Compreende?

Não sou nenhum gostosão, nenhum pica doce, mas uma coisa que mais me deixou puto nessa jornada foi a quantidade de garotas que eu perdi, que eu deixei passar por conta da timidez e da ansiedade social, foi cada garota, cada mulher maravilhosa querendo que eu a invadisse, a dominasse por completo e eu la, travado por conta da AS e da Timidez. Ver a quantidade de oportunidades que perdi me ajudou a ter mais ódio ainda pela PMO e consequentemente me ajudou a terminar o reboot. Encontrem algo que a PMO tirou de vocês e tomem nojo desta praga.

                             
AGRADECIMENTOS

Quero agradecer primeiramente a DEUS, porque mesmo eu tendo feito tanta coisa errada ele sempre esteve me ajudando, me mostrando o melhor caminho (mesmo que eu nem sempre escolhesse o melhor), agradecer ao Projeto que criou este maravilhoso site e aos poucos que passaram pelo meu diário. Boa sorte a todos!

_______________________________________


Minha História de Sucesso

” Pela oração se obtém todos os bens e a libertação de todos os males. “  -São Boaventura

"Os que não querem ser vencidos pela verdade, serão vencidos pelo erro"  -Santo Agostinho
RosseauStrong
Moderador
Moderador
Mensagens : 1224
Data de inscrição : 16/08/2017
Localização : Grécia Antiga
Ver perfil do usuário

Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal. Empty Re: Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal.

em 14/11/2018, 10:42
- Olá, PedroBalboa. 

- Primeiramente, quero parabenizá-lo por alcançar 52 dias longe da PMO. Você relatando todo esse percurso, me fez lembrar sua rotina em seu diário e nos relatos nos demais camaradas. Você conquistou muitas coisas durante essa trajetória, continue nesse percurso que passarás dos 145 dias.

- Vamos nos manter firmes e longe dos gatilhos e fissuras. Agora a vida é seguir em frente com muita perseverança e vigilância! Um grande abraço, estamos juntos!

_______________________________________
RECORDS 2016/2017 - 91 DIAS  Like a Star @ heaven
RECORDS 2017/2018 - 161 DIAS  Like a Star @ heaven
RECORDS 2018/2019  - 105 DIAS  Like a Star @ heaven 
GravesbotLane
Mensagens : 136
Data de inscrição : 29/01/2018
Ver perfil do usuário

Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal. Empty Re: Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal.

em 15/11/2018, 07:57
Cara é um depoimento muito enriquecedor em detalhes dos males da PMO e várias outras coisas ruins que ele causa ou intensifica em nossas vidas. Eu também por timidez perdi muitas garotas e outras tantas oportunidades na vida, hoje em dia estou melhor, mas ainda tenho muito a melhorar. Muita força nesse segundo reboot você está com Deus é vitória certa. Parabéns é um depoimento que agregou para mim e tenho certeza que agregará para outros tantos rebooters.

_______________________________________


Se tudo mudou,
E em Cristo eu sou mais do que sou
Pra trás eu deixo o homem que fui
E as casas que eu construí longe de Ti.

Acesse meu diário
avatar
Convidado
Convidado

Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal. Empty Re: Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal.

em 16/11/2018, 00:50
Meus parabéns guerreiro sei que não deve ter sido fácil pois já tentei várias vezes e tbm tive minhas recaídas. Estou começando um novo reboot hj e dessa vez resolvi apelar para a criação de um diário, e torço para que assim como vc, eu possa pelo menos diminuir drasticamente o poder que a PMO tem sobre mim hoje. Meus parabéns mais uma vez, e siga firme na luta.
PedroBalboa
Mensagens : 79
Data de inscrição : 05/05/2018
Ver perfil do usuário

Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal. Empty Re: Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal.

em 16/11/2018, 11:33
RosseauStrong escreveu:- Olá, PedroBalboa. 

- Primeiramente, quero parabenizá-lo por alcançar 52 dias longe da PMO. Você relatando todo esse percurso, me fez lembrar sua rotina em seu diário e nos relatos nos demais camaradas. Você conquistou muitas coisas durante essa trajetória, continue nesse percurso que passarás dos 145 dias.

- Vamos nos manter firmes e longe dos gatilhos e fissuras. Agora a vida é seguir em frente com muita perseverança e vigilância! Um grande abraço, estamos juntos!

Vlw RosseauStrong, agora que tiramos um peso gigantesco das nossas costas, a vida flui melhor, conseguimos perceber as coisas com mais clareza, os problemas com mais rapidez e consequentemente teremos mais eficácia na hora de conserta-los. Mas não podemos nunca esquecer que o vício está lá, adormecido, destroçado, porém continua com uma centelha de vida, e não podemos alimenta-la de maneira nenhuma. Um forte abraço!

_______________________________________


Minha História de Sucesso

” Pela oração se obtém todos os bens e a libertação de todos os males. “  -São Boaventura

"Os que não querem ser vencidos pela verdade, serão vencidos pelo erro"  -Santo Agostinho
PedroBalboa
Mensagens : 79
Data de inscrição : 05/05/2018
Ver perfil do usuário

Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal. Empty Re: Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal.

em 16/11/2018, 11:45
GravesbotLane escreveu: Cara é um depoimento muito enriquecedor em detalhes dos males da PMO e várias outras coisas ruins que ele causa ou intensifica em nossas vidas. Eu também por timidez perdi muitas garotas e outras tantas oportunidades na vida, hoje em dia estou melhor, mas ainda tenho muito a melhorar. Muita força nesse segundo reboot você está com Deus é vitória certa. Parabéns é um depoimento que agregou para mim e tenho certeza que agregará para outros tantos rebooters.

Fico feliz que meu objetivo esteja sendo alcançado, mais do que 'avisar' que concluí o reboot, o objetivo desse relato é ajudar mais pessoas a terminarem também o seu.
Espero que os meus erros e meus acertos sirvam como experiência para quem está chegando agora. Obrigado por comentar Gravesbotlane, deixo aqui novamente uma dica que considero importante para concluir o reboot :

"Não sou nenhum gostosão, nenhum pica doce, mas uma coisa que mais me deixou puto nessa jornada foi a quantidade de garotas que perdi, que eu deixei passar por conta da timidez e da ansiedade social, foi cada garota, cada mulher maravilhosa querendo que eu a invadisse, a dominasse por completo e eu la, travado por conta da AS e da Timidez. Ver a quantidade de oportunidades que perdi me ajudou a ter mais ódio ainda pela PMO e consequentemente me ajudou a terminar o reboot. Encontrem algo que a PMO tirou de vocês e tomem nojo desta praga."

_______________________________________


Minha História de Sucesso

” Pela oração se obtém todos os bens e a libertação de todos os males. “  -São Boaventura

"Os que não querem ser vencidos pela verdade, serão vencidos pelo erro"  -Santo Agostinho
PedroBalboa
Mensagens : 79
Data de inscrição : 05/05/2018
Ver perfil do usuário

Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal. Empty Re: Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal.

em 16/11/2018, 11:49
Smoker escreveu:Meus parabéns guerreiro sei que não deve ter sido fácil pois já tentei várias vezes e tbm tive minhas recaídas. Estou começando um novo reboot hj e dessa vez resolvi apelar para a criação de um diário, e torço para que assim como vc, eu possa pelo menos diminuir drasticamente o poder que a PMO tem sobre mim hoje. Meus parabéns mais uma vez, e siga firme na luta.

Isso aí Smoker, tenha força e não se deixe levar pelos momentos de fraqueza. Lembre-se, toda fase ruim do reboot passa! flatline, estresse, depressão, sentimento de vazio, crise de abstinência, no final do reboot estará no mínimo parcialmente livre desses problemas. Tenha forças e invista nas atividades de religação. Um forte abraço!

_______________________________________


Minha História de Sucesso

” Pela oração se obtém todos os bens e a libertação de todos os males. “  -São Boaventura

"Os que não querem ser vencidos pela verdade, serão vencidos pelo erro"  -Santo Agostinho
Gatts
Mensagens : 57
Data de inscrição : 04/09/2018
Idade : 24
Ver perfil do usuário

Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal. Empty Re: Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal.

em 16/11/2018, 21:57
Obrigado pela postagem PedroBalboa. Ler um relato de alguém que também teve sérios problemas por conta do vício em pmo e, mesmo assim, conseguiu superar o problema e completar o reboot, certamente é um bom aprendizado e inspiração. Mesmo sabendo que é possível, as vezes as racionalizações me fazem pensar que o problema é insuperável. Logo, relatos como o seu me fazem voltar a normalidade.

Gostei especialmente do último trecho: "Não sou nenhum gostosão, nenhum pica doce, mas uma coisa que mais me deixou puto nessa jornada foi a quantidade de garotas que eu perdi, que eu deixei passar por conta da timidez e da ansiedade social, foi cada garota, cada mulher maravilhosa querendo que eu a invadisse, a dominasse por completo e eu la, travado por conta da AS e da Timidez. Ver a quantidade de oportunidades que perdi me ajudou a ter mais ódio ainda pela PMO e consequentemente me ajudou a terminar o reboot. Encontrem algo que a PMO tirou de vocês e tomem nojo desta praga."


Realmente é algo para me fortalecer no experimento, lembrar que além das oportunidades de mulheres incríveis, a pmo também me tirou várias outras coisas. 

_______________________________________
lutador 1998
Mensagens : 226
Data de inscrição : 21/07/2016
Idade : 21
Localização : em algum lugar do Brasil
Ver perfil do usuário

Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal. Empty Re: Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal.

em 17/11/2018, 08:56
Parabéns pedrobalboa pela sua lutar e n ter desistido, vc e guerreiro mano, eu tbm já perdi várias chances por causa PMO. mas graças a Deus e esse projeto, eu tô vivendo de verdade. Fica com Deus Pedro balboa seguir na caminhada.

_______________________________________
16-04-2019 hora da mudança Very Happy
Cavaleiro Oculto
Mensagens : 625
Data de inscrição : 12/10/2015
Idade : 24
Localização : Gotham
Ver perfil do usuário

Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal. Empty Re: Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal.

em 18/11/2018, 10:50
PedroBalboa,
Muito obrigado pelo seu relato e parabéns pela sua vitória. É como a frase do Olavo que você citou:
"Ela tira você da corrente da vida e o espreme num canto escuro onde tudo só acontece em pensamento e nada se realiza. Ela esmigalha oportunidades como se fossem minhocas em que você pisa no caminho. Ela afasta você do que você quer e povoa a sua vida de tudo o que você não quer."

Vemos pessoas fantásticas aqui lutando contra este vício, porém que este maldito vício suprimiu isto de nós. A busca pela verdade começa com a dúvida e pode crer que você começou a se libertar deste vício quando após altas seções de PMO você pesquisava no google sobre os males da P até que você veio parar aqui.

Sucessos a você meu irmão!!

_______________________________________
RECORDE PESSOAL: 155 DIAS SEM PMO

"Você não é produto das circunstancias, você é produto das suas decisões."
- Viktor Frankl

Acompanhe o meu diário
PedroBalboa
Mensagens : 79
Data de inscrição : 05/05/2018
Ver perfil do usuário

Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal. Empty Livre-se de uma vez por todas!

em 27/3/2019, 13:24
Uma das melhores explicações de como se livrar do vício em pornografia:


_______________________________________


Minha História de Sucesso

” Pela oração se obtém todos os bens e a libertação de todos os males. “  -São Boaventura

"Os que não querem ser vencidos pela verdade, serão vencidos pelo erro"  -Santo Agostinho
avatar
Mensagens : 1
Data de inscrição : 27/03/2019
Ver perfil do usuário

Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal. Empty Re: Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal.

em 27/3/2019, 14:55
Que relato inspirador PedroBalboa. Esse mês conheci o ebook e o site, relatos assim como os seu fortifica bastante a galera na luta Farei um post em breve, pedindo conselhos e expondo minhas dificuldades. Aém de essa desgraça destruir nossas vidas, ofende a Deus pois usamos nosso corpo para uma finalidade a qual não fomos criados.
PS.: Esse padre Paulo Ricardo é uma benção!
Capitão Nascimento
Mensagens : 356
Data de inscrição : 05/06/2018
Ver perfil do usuário

Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal. Empty Re: Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal.

em 29/3/2019, 14:50
Obrigado por esse relato, meu jovem!

Me inspirou bastante!

Sucesso no seu pós reboot. Continue firme!
avatar
Convidado
Convidado

Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal. Empty Re: Tudo oque sempre sonhei: uma vida normal.

em 30/3/2019, 00:35
Começando aqui no fórum.
História inspiradora.
Parabéns.
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum