Compartilhe
Ir em baixo
Mensagens : 47
Data de inscrição : 09/12/2018
Ver perfil do usuário

Mais um para fazer companhia a vocês - SOCORRO

em 9/12/2018, 19:28
Boa noite, pessoal. Minha história é longa, afinal, são cerca de 10 ou 15 anos nessa trajetória.
Ué, como assim 10 ou 15 anos? Vou resumir, embora o texto fique longo.

Bom, antes de mais nada, sempre tive dificuldade em tudo na vida. Parece que tudo para mim é mais difícil de obter. Para vocês terem uma ideia, criei um email para me logar nesse site e na hora de registrá-lo eu esqueci do “.br” no final. Resumindo: tive que esperar mais de 12h para tentar o registro novamente (o link de ativação da conta não chegava no email pois eu passava incompleto por engano).
Aos fatos: tenho 28 anos e desde meus 15 tive meu primeiro contato com pornografia online (fora aqueles da madrugada da multishow ou da Bandeirantes).
Acontece o seguinte: até meus 20 anos eu tinha ereção matinal (ao acordar) e ereções ao longo do dia (espontâneas), mas minha primeira relação sexual começou aos 17 anos e já foi um desastre: botar a camisola e o “junior” dormir. Ali começou a bola de neve. Diversos vexames já passei, o que não cabe narrá-los um a um. Aparentemente um problema de ansiedade e puramente psicológico. Certo?

Só para deixar claro: Não uso drogas e raramente bebo alcool, sem excesso.
A partir daí, nunca mais tive relação com essa moça, mas mantínhamos amizade e ela era apaixonada por mim. Essa foi só a primeira mulher que perdi na vida.
Pois bem, eu estava desempregado e só estudava. Sentia-me pressionado para ter um trabalho e uma renda, passei por crises de stress e ansiedade. Nessa fase, aos 20 anos aproximadamente, não tinha mais ereção matinal nem espontânea, e já senti uma queda na libido. Sempre me fixei nesse lance de ereção matinal e espontânea porque dizem que é por elas que você diferencia DE orgânica de psicológica. Eu sou um poço de ansiedade, mas sei que minha parte física não está legal.
Nesse período todo nunca deixei de acessar a pornografia (sempre gostei de 1 homem e 2 mulheres, assistir sexo anal, mulher que cospe no pau enquanto chupa, embora na vida real nunca tive essas oportunidades etc). Logo, criei minhas fantasias que nunca coloquei em prática, até porque sou um pouco tímido também. Já pensei comigo mesmo se eu era gay e passivo ainda, mas isso é impossível. Eu sou homem e tenho nojo de homem e muito mais de pinto alheio rs. Mais fácil virar assexuado do que gay.
Vi alguns relatos de pessoas que se masturbam 3 vezes por dia há 10 anos até esfolar o coitado (kkk, seria cômico se não fosse trágico). Eu nunca fui assim. Já cheguei a bater 3 num dia só, mas era raro. Minha média é de 2 ou 3 por SEMANA, embora eu tenha muitas fantasias.

Se alguém me olhar na rua, nem vai dizer que eu estou passando por tudo isso. Afinal, pratico musculação e exercícios, sou magro (definido), tenho uma boa aparência, alimento-me bem, o que fez surgir mulheres ao longo da vida, sendo 95% dispensadas. A besteira que eu fiz é que, mesmo passando por tudo isso, tentei a sorte e hoje tenho uma pessoa, que nem desconfia desses meus problemas, embora já tenha broxado com elas diversas vezes. Acontece que quando funciona, já a fiz gozar 9 vezes numa noite. (só uma observação: eu SEMPRE transo com medicamentos, “azul” e calmante). Nunca transei sem medicamento, mesmo quando minha ereção e libido eram normais. Aliás, no começo eu usava apenas um azulzinho de 50mg e era um rambo na cama (até com camisinha eu transava sem esforço), depois migrei para 100mg, depois o azul + calmante, ou seja, só vim piorando.

(alías, só um parênteses, eu tenho uma pessoa, mas não moro com ela. Nunca contei a ela sobre isso e recomendo que ninguém conte a mulher nenhuma sobre seus problemas sexuais. Hoje ela te ama, amanhã ela te esquece e queima teu filme perante amigas, primas etc, a menos que você seja casado ou conviva com alguém).

Bom, passei por urologistas e psiquiatras, até psicólogo.

Quanto à parte urológica, exames tudo ok (queria muito que desse algo muito fora do padrão). Inclusive repeti exames, testosterona, glicemia, colesterol, prolactina etc.
Até ultrassom do testículo eu fiz e descobri que tenho varicocele. Não sei se isso afeta ereção. (varicocele = “varizes nas veias do saco”).

Quanto à parte psiquiátrica, ele me receitou um calmante.

Quanto ao psicólogo, o qual só fui em algumas sessões, é o seguinte: acho uma área fantástica, mas não para meu caso. Eu falava, a psicóloga(era mulher) ouvia, ouvia, ouvia e tecia um comentário simples. Ou seja, não ajudou em nada. Na realidade, acho que meu psicólogo ideal é quem realmente passa pelo problema de DE, no caso, alguns de vocês aqui.

Enfim, já gastei muito dinheiro com remédios, homeopatia, médicos etc e não vejo solução. Aliás, os médicos brasileiros são muito fracos nesse sentido. Basta você chegar com DE no consultório e ter menos de 30 anos que já associam a problemas psicológicos. Quando na verdade não é só isso.
Até na pornografia, a masturbação funciona assim: abro o vídeo, o pau da uma levantada e manipulo. Se eu parar de tocar no pinto, mesmo olhando o vídeo, o pau fica meia bomba ou amolece. (na adolescência bastava abrir o vídeo e, sem tocar no pinto, ele ficava duro o tempo todo). Ademais, ainda sofro da maldita Ejaculação Precoce.

Já passei por esse fórum uma vez, mas não sei se a pornografia é capaz de tirar a ereção matinal e espontânea. Sou muito atrelado a elas, se elas estão em dia, a confiança vem junto. Mas faz quase 1 década que não tenho isso. Tanto que uma vez eu fiquei sem pornô uns 30 dias, senti meu pau muito flácido (flatline), muito mole mesmo e pensei: “po, melhor eu bater uma para irrigar de sangue um pouco”. Já li sobre necrose no pinto e isso pode ser fatal. Aliás, nesses 30 dias, até aquele líquido antes da ejaculação saía enquanto eu mijava. (normal quando você fica muito tempo sem ejacular)

Sei que existem problemas graves como Câncer, Parkison, Alzheimer etc, mas todos esses problemas você pode compartilhar com as pessoas, pedir ajuda abertamente. E o pior: por ser novo, as pessoas acham que não tenho problema algum. Quando na verdade sou um doente que não tem a quem pedir socorro abertamente. Por exemplo: se isso aqui fosse um fórum de pessoas com Hipertensos, poderíamos trocar contato, whats app etc. Mas nem isso eu teria coragem de trocar com os membros aqui. Sei que há muitos com boa índole, porém outros que podem se passar por coitadinhos e queimarem teu filme na internet.
No caso de DE, quem passa por isso, é muito doloroso no psicológico não pode contar com ninguém, pode virar motivo de piadas o resto da vida. Certa vez comprei um cialis na farmácia e todos ficaram rindo de mim. Se eu fosse comprar um remédio para Parkinson nada disso teria ocorrido. (cada um com sua gravidade, claro). E o pior: moro em cidade pequena, muitas pessoas se conhecem.

Bom, li sobre bloqueadores nos comentários do pessoal, mas isso para mim não funciona, eu daria um jeito de burlar. Creio que sou capaz sem artifícios para parar pornografia.
Sou viciado em jogos online, e não tão viciado em pornografia( em média 1 a 3 punhet.as por semana). Já tentei de tudo para curar essa DE, menos parar a pornografia e a masturbação. Vou iniciar mais essa jornada, pelo menos no ano de 2019

Mas aí surge uma dúvida: quem garante que se eu ficar 1 ano sem bater e sem pornô (ou o resto da vida) minha ereção matinal e espontânea e libido voltam ao normal? São muitos casos, mas não li nenhum na História de Sucesso que a pessoa tenha recuperado essas duas "funções" ao parar de ver pornô.

Ja li o e-book, já ví videos do Gary Wilson.

Desculpem-me o texto grande, mas tenho que falar do começo para ficar mais claro.
Mensagens : 47
Data de inscrição : 09/12/2018
Ver perfil do usuário

Re: Mais um para fazer companhia a vocês - SOCORRO

em 9/12/2018, 19:33
Só complementando: estudo, trabalho e levo uma vida normal. Só na área sexual que minha vida vira do avesso e se torna um caos, o que era para ser um momento relaxante.

E mais: a DE é uma doença maldita. Existem diversas causas: desde um colesterol, testosterona, passa por ansiedade e depressão, e até vício em pornografia (problemas com dopamina). Uma pena que não seja causa única.
avatar
Mensagens : 559
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 26
Ver perfil do usuário

Vai melhorar sim!

em 9/12/2018, 20:19
Bem-vindo à luta, guerreiro.

Dessa guerra sei que é capaz de sair vencedor. Seu depoimento é forte e digno de reflexão e conscientização por parte de todos. Digo francamente para se guarnecer da melhor forma e resistir. Resistir, no seu caso, parece essencial. Discipline-se, ocupe bem a mente, no começo é difícil mesmo. Entretanto, pode ter certeza que colherá bons frutos.

E, sim. Segundo as pesquisas na área, o cérebro é sim, mediante o reboot bem feito, capaz de se regenerar. Se seguir aguerrido nessa batalha, tenho certeza de que se recuperará plenamente, sendo inserido em uma vida nova. Costumo dizer que o pior momento de um vício é quando se descobre o poço em que se afundou. O choque é violento e vem acompanhado daquele infame desejo de não largar daquilo por dar prazer rápido e imediato, ainda que frente a um futuro sombrio.

Comigo também foi assim. Não tinha qualquer confiança em mim mesmo, hoje sei o quanto perdi. Há cerca de uma década, cheguei a pensar em suicídio. Já completei a meta "clássica" de 90 dias, caí, entretanto estou mais firme do que nunca no propósito de me livrar para sempre do vício. Passe lá no meu diário e verá muito das minhas horrendas aventuras de vida. Servirá de exemplo, como costumo dizer, de como não agir. Via de regra, não se entregando ao que muitos daqui se entregaram, sei que será muito feliz.

E lhe digo uma coisa: pare com esses remédios para estímulo sexual Pare! O quanto antes. Eles condicionam sua mente de uma maneira horrorosa e só abandonando-os saberá a longo prazo o que é ser homem de verdade, o que é sentir verdadeiro prazer.

Vejo que é alguém determinado e que cuida da saúde, estando em forma e buscando se livrar. É por aí mesmo, enfim. Quanto a neuroses, fim de ereções matinais, HOCD e congêneres, é sabido que são questões psicológicas muito decorrentes do vício e que deverão desaparecer conforme o reboot. Não me canso de dizer, tudo vai dar certo mediante seu esforço, tenha certeza.

Força e saiba que estamos na torcida por você.

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t2940-24-de-volta-a-guerra-ferido-humilhado-ate-injusticado-mas-nunca-vencido



Minha meta: 90 dias e para sempre.
Win or die trying.
avatar
Mensagens : 93
Data de inscrição : 27/05/2017
Ver perfil do usuário

Re: Mais um para fazer companhia a vocês - SOCORRO

em 9/12/2018, 20:54
Bom, antes de mais nada, sempre tive dificuldade em tudo na vida. Parece que tudo para mim é mais difícil de obter. Para vocês terem uma ideia, criei um email para me logar nesse site e na hora de registrá-lo eu esqueci do “.br” no final.

Pra quem sofre com um vício, situações em que as coisas simples se tornam difíceis são rotineiras. Ao ler relatos do fórum, você encontrará uma infinidade de faculdades começadas e não terminadas, processos de tirada de CNH fracassados, relacionamentos que tinham tudo pra dar certo e simplesmente fracassam etc.

Um ponto que me chamou a atenção no seu relato foi a questão da solidão de quem sofre com PMO. Sinceramente, creio que não existe - ou talvez seja muito raro - um vício que gere tanta vergonha em seu portador quanto o de pornografia. Você vê várias vezes pessoas falando sobre sua batalha contra o álcool, contra a cocaína, contra o crack, contra o jogo ou contra qualquer outro vício, porém é extremamente raro alguém falar que sofre com PMO, pois todos sabemos que, falar sobre isso em público é literalmente botar um alvo nas costas para ser vítima de uma enxurrada de piadinhas(sendo que esse vício é o mais disseminado que existe, basta vez o n° de acessos dos sites famosos desse gênero).

Uma pessoa que é viciada em cocaína e em PMO prefere assumir publicamente o primeiro vício do que o segundo.

_______________________________________
CHEGA! DEFINITIVAMENTE CHEGA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Sem internet por um tempo.
Mensagens : 47
Data de inscrição : 09/12/2018
Ver perfil do usuário

Re: Mais um para fazer companhia a vocês - SOCORRO

em 10/12/2018, 08:28
Justiceiro do Sertão escreveu:Bem-vindo à luta, guerreiro.

E lhe digo uma coisa: pare com esses remédios para estímulo sexual Pare! O quanto antes. Eles condicionam sua mente de uma maneira horrorosa e só abandonando-os saberá a longo prazo o que é ser homem de verdade, o que é sentir verdadeiro prazer.

Força e saiba que estamos na torcida por você.

Justiceiro, eu li seu diário e muitos outros. Realmente, há histórias mais suaves que as minhas, tão ruim quanto as minhas e até piores que as minhas.

Eu gostaria de parar de tomar essas porcarias, acontece que hoje eu tenho uma pessoa fixa, já estamos sem sexo faz uns 3 meses eu acho. Se eu parar de tomar os remédios, aí que não funcionarei mesmo. A menos que eu fique solteiro, que seria o ideal nesse momento, mas (in) felizmente eu gosto muito da pessoa que estou hoje e se a largasse entraria numa depressão profunda.

Mas o erro foi meu em conhecê-la e insistir, pois eu já era problemático. O pior foi ouvir dela uma certa vez "nossa, nunca passei por isso na minha vida" (quando eu broxei).

Enfim, não pretendo fazer diário, nem contador, nem bloqueador (me sinto mais ansioso com essas coisas), mas vou usar esse tópico como ponto de partida. Hoje é dia 10/12/2018. A última PMO, salvo engano, foi lá pelo dia 5.
Vou atualizando o pessoal a respeito
Mensagens : 47
Data de inscrição : 09/12/2018
Ver perfil do usuário

Re: Mais um para fazer companhia a vocês - SOCORRO

em 10/12/2018, 08:34
Alexeireboot1 escreveu:[b]Um ponto que me chamou a atenção no seu relato foi a questão da solidão de quem sofre com PMO. Sinceramente, creio que não existe - ou talvez seja muito raro - um vício que gere tanta vergonha em seu portador quanto o de pornografia. Você vê várias vezes pessoas falando sobre sua batalha contra o álcool, contra a cocaína, contra o crack, contra o jogo ou contra qualquer outro vício, porém é extremamente raro alguém falar que sofre com PMO, pois todos sabemos que, falar sobre isso em público é literalmente botar um alvo nas costas para ser vítima de uma enxurrada de piadinhas(sendo que esse vício é o mais disseminado que existe, basta vez o n° de acessos dos sites famosos desse gênero).

Uma pessoa que é viciada em cocaína e em PMO prefere assumir publicamente o primeiro vício do que o segundo.

Com certeza. Pode até ser pecado o que eu vou dizer, mas ter um câncer, psicologicamente falando, acho que é menos pior do que DE. Além de poder assumir em público e não ser alvo de piadas.

Gostaria da opinião de vocês.

Como eu disse acima, eu pratico PMO no máximo 3 vezes por semana, nunca mais que isso. Acho que sou um "santo" perto do pessoal que tem PMO 3x por dia a semana toda, ou seja, 21 vezes por semana.
E, como não tenho transado, eu pratico mais para nao deixar o pinto morto, não por excesso de vontade de pornografia.
Meu problema mesmo é DE. Será que posso ser considerado viciado em pornô?
avatar
Mensagens : 116
Data de inscrição : 05/07/2015
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Mais um para fazer companhia a vocês - SOCORRO

em 10/12/2018, 09:20
gustav000 escreveu:

Com certeza. Pode até ser pecado o que eu vou dizer, mas ter um câncer, psicologicamente falando, acho que é menos pior do que DE. Além de poder assumir em público e não ser alvo de piadas.

Gostaria da opinião de vocês.

Como eu disse acima, eu pratico PMO no máximo 3 vezes por semana, nunca mais que isso. Acho que sou um "santo" perto do pessoal que tem PMO 3x por dia a semana toda, ou seja, 21 vezes por semana.
E, como não tenho transado, eu pratico mais para nao deixar o pinto morto, não por excesso de vontade de pornografia.
Meu problema mesmo é DE. Será que posso ser considerado viciado em pornô?

Fala ai man,

Primeiramente, bem vindo ao fórum. Compartilhar a tua história pode ajudar outras pessoas que talvez tenham uma condição parecida. Porém, mais do que ajudar os outros é se ajudar, uma vez que você acaba refletindo acerca da tua situação, começa a ver os teus padrões de comportamento e o de outros camaradas.

Sobre os remédios, como disse o Justiceiro, abandona isso. Se faz 10 anos que você usa essa merda, experimenta ficar 1 sem eles. Teu problema, assim como a maioria esmagadora do fórum é na mente e não no pênis. Se não fosse assim, você não estaria apresentando DE e EP, porque saudável você disse que é. Fora isso, o risco de você ter infarto, AVC e outros problemas relacionados é gigantesco. Um relacionamento não vale sua vida.

Em relação a você ser considerado viciado, sugiro que você tente ficar sem P o máximo que você aguentar. Te garanto que você vai chegar a conclusão que teu cérebro deseja isso mais do que você imagina. E não duvide de quantas justificativas vão aparecer, no entanto, você deve sustentar, como se você estivesse fazendo isometria na academia. Enquanto isso, conte para nós as situações que irão aparecer.

Pra finalizar, tente ser honesto contigo. A frequência que você usa P não te faz melhor nem pior que os outros, apenas te coloca nesse buraco cheio de gente que quer sair mas não consegue. Esteja aberto e disposto a ser confrontado. Ninguém aqui é superior e pode apontar o dedo.

Tenha uma boa semana.
Abraço

_______________________________________
"Assim como vocês ofereceram os membros dos seus corpos em escravidão à impureza e à maldade que leva à maldade, ofereçam-nos agora em escravidão à justiça que leva à santidade."

Romanos 6:19





Meu diário, passa lá...
http://www.comoparar.com/t8099-diario-de-guerra-por-guerreiro-jd
avatar
Mensagens : 278
Data de inscrição : 02/10/2018
Ver perfil do usuário

Re: Mais um para fazer companhia a vocês - SOCORRO

em 10/12/2018, 10:58
gustav000 escreveu:
Alexeireboot1 escreveu:[b]Um ponto que me chamou a atenção no seu relato foi a questão da solidão de quem sofre com PMO. Sinceramente, creio que não existe - ou talvez seja muito raro - um vício que gere tanta vergonha em seu portador quanto o de pornografia. Você vê várias vezes pessoas falando sobre sua batalha contra o álcool, contra a cocaína, contra o crack, contra o jogo ou contra qualquer outro vício, porém é extremamente raro alguém falar que sofre com PMO, pois todos sabemos que, falar sobre isso em público é literalmente botar um alvo nas costas para ser vítima de uma enxurrada de piadinhas(sendo que esse vício é o mais disseminado que existe, basta vez o n° de acessos dos sites famosos desse gênero).

Uma pessoa que é viciada em cocaína e em PMO prefere assumir publicamente o primeiro vício do que o segundo.

Com certeza. Pode até ser pecado o que eu vou dizer, mas ter um câncer, psicologicamente falando, acho que é menos pior do que DE. Além de poder assumir em público e não ser alvo de piadas.

Gostaria da opinião de vocês.

Como eu disse acima, eu pratico PMO no máximo 3 vezes por semana, nunca mais que isso. Acho que sou um "santo" perto do pessoal que tem PMO 3x por dia a semana toda, ou seja, 21 vezes por semana.
E, como não tenho transado, eu pratico mais para nao deixar o pinto morto, não por excesso de vontade de pornografia.
Meu problema mesmo é DE. Será que posso ser considerado viciado em pornô?

Dou-lhe boas vindas, gustav000! Parabéns pela coragem em querer mudar!
Quanto à sua dúvida em ser considerado um viciado em P., creio, com base em todos os fundamentos aqui neste fórum exaustivamente já analisados, que sim, tanto que ainda sofre com os efeitos da DE.

Força para seguir adiante!

_______________________________________
Meu diário:
http://www.comoparar.com/t8382-diario-do-seeker


Meta principal: 90 dias

Submetas: 10 ( X )   30 ( X )  60 ( X )  90 (  )



Mensagens : 47
Data de inscrição : 09/12/2018
Ver perfil do usuário

Re: Mais um para fazer companhia a vocês - SOCORRO

em 10/12/2018, 13:37
Valeu a contribuição, galera.

Como eu disse, se eu fosse solteiro, largaria tudo e partiria do 0. O foda é ter uma namorada.

Mas, já estou sem transar há uns 2 ou 3 meses, ou seja, cerca de 60 dias sem remédios.
Mas até o final de novembro teve uma PMO. Vou usar esse tópico como "start" para contagem.

Quem passar por algo parecido, comente abaixo e vamos dialogando.

90 dias sem PMO dar-se-á no começo de Março de 2019. Lá, eu digo o resultado.
avatar
Mensagens : 93
Data de inscrição : 27/05/2017
Ver perfil do usuário

Re: Mais um para fazer companhia a vocês - SOCORRO

em 10/12/2018, 14:14
Em relação à dúvida sobre ser um viciado ou não, tenho algumas considerações.

Existem vários traços que podem identificar um viciado, mas 2 deles são clássicos e comuns a todo aquele que sofre com essa doença: tentar parar e não conseguir(mais óbvio de todos) e ter sua vida prejudicada em algum ponto por causa do vício. O primeiro traço é tão óbvio que nem precisa de muita conversa, mas o segundo(ter a vida prejudicada) é muito traiçoeiro, de maneira que às vezes a pessoa sequer percebe que a esmagadora maioria das coisas que dão errado na sua vida são decorrentes da doença.

Por exemplo, em muitos relatos nós vemos situações de homens heterossexuais se esquivando de mulheres que os atraem. Se assim o fosse por causa de motivos religiosos, por falta de interesse ou o que quer que seja, tudo bem, pois cada um tem o direito de escolha. Mas o que acontece é que o cara quer ficar com a mulher, é atraído fisicamente por ela, e, POR MEDO de "falhar", evita o contato físico.

Se você já passou por isso, você é, infelizmente, viciado. É óbvio que existe diferença entre praticar PMO 3x numa semana e praticar 30x. Mas, de maneira geral, os efeitos sobre a vida pessoal do camarada são os mesmos: ansiedade social, DE, tendências depressivas, pensamentos tristes, mal humor com pessoas ao redor que não merecem isso, falta de "traquejo social" etc..

_______________________________________
CHEGA! DEFINITIVAMENTE CHEGA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Sem internet por um tempo.
Mensagens : 47
Data de inscrição : 09/12/2018
Ver perfil do usuário

Re: Mais um para fazer companhia a vocês - SOCORRO

em 10/12/2018, 18:21
Alexeire,

ansiedade, transtorno de humor, DE, EP, enfim....tudo isso aí eu tenho. é 100% culpa da pornografia? Não sei, só o tempo vai dizer.

Estou eliminando diversas causas: já fiz diversos exames de sangue e e deu tudo ok.

Mas aqui deixo uma observação: os exames que fiz foram glicemia, coleterol, prolactina, testostona total e fração. Porém, nunca fiz exame de vitamina D, e ela também pode causar DE.

Estava lendo relatos por aqui e no ebook. Tem cara que chegou a se masturbar 7 vezes num dia só.

Se a pornografia for a minha causa, tenham certeza que daqui a 90 dias, caso eu tenha alguma melhora, compartilharei e motivarei todos os demais.

Exames clínicos, pornografia, ansiedade, depressão e até problemas na próstata (hiperplasia benigna, nao necessariamente câncer) podem causar DE.

É muito complexo.
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum