Compartilhe
Ir em baixo
Ernest
Mensagens : 85
Data de inscrição : 13/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Re: Diário do Ernest

em 25/1/2018, 00:35
Dia 15: Pela primeira vez acordei cansado e decidi não fazer caminhada. Na última segunda-feira caminhei a noite e como o tempo estava ameno andei de mais, normalmente ando apenas 2,8km, na ocasião andei 4,5km; na terça-feira pela manhã caminhei novamente, ou seja duas caminhadas num espaço de tempo inferior a 12 horas. Creio que isso me causou um cansaço excessivo nas pernas ao ponto de me deixar indisposto. Mesmo assim me alimentei bem, meditei e estudei na parte da manhã;

Olhar para o corpo de mulheres bonitas na rua já não me deixa tão angustiado quanto na semana passada, aliás, praticamente não pensei em PMO (passei a maior parte do dia sem me lembrar que tenho um P.)


Última edição por Ernest em 19/12/2018, 22:56, editado 1 vez(es)

_______________________________________

_______________________________________
Meu Diário:
Diário do Ernest - Página 2 Grail_10
avatar
Mensagens : 48
Data de inscrição : 08/12/2017
Idade : 25
Localização : Nordeste
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Olá caro amigo !

em 25/1/2018, 01:53
Sua história se parece muito com a minha.
Temos a mesma idade, e começamos na PMO no mesmo período. O diferencial foi que eu não morava com meus pais na época do início do vício, mas sim sozinho em outra cidade devido a faculdade que cursava.
Outra coisa que nos difere é o fato de que sou casado a 4 anos. Sendo que por 3 anos eu escondi o vício da minha parceira e cheguei muitas vezes a falhar na hora H, tanto com ela, quanto com outras em eventuais puladas de cerca.
Atualmente ela sabe do meu vício, compreende e me apoia. Isto é essencial.

Hoje estou no meu segundo dia de Reboot, depois de ter recaído quase mil vezes. Dessa vez, me sinto mais confiante como nunca. O que me incomoda é que não tenho atividade de substituição da P. Já que passo o dia inteiro em casa, dividindo meu tempo entre estudar e assistir séries.

Vou acompanhar o seu diário, pois gostei muito da sua pessoa. Se quiseres, acompanha o meu também:

http://www.comoparar.com/t6450-morto-por-dentro-vivo-por-fora
Randy
Mensagens : 2008
Data de inscrição : 01/12/2015
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Re: Diário do Ernest

em 26/1/2018, 20:27
Ernest escreveu:Dia 15: Pela primeira vez acordei cansado e decidi não fazer caminhada. Na última segunda-feira caminhei a noite e como o tempo estava ameno andei de mais, normalmente ando apenas 2,8km, na ocasião andei 4,5km; na terça-feira pela manhã caminhei novamente, ou seja duas caminhadas num espaço de tempo inferior a 12 horas. Creio que isso me causou um cansaço excessivo nas pernas ao ponto de me deixar indisposto. Mesmo assim me alimentei bem, meditei e estudei na parte da manhã;

Olhar para o corpo de mulheres bonitas na rua já não me deixa tão angustiado quanto na semana passada, aliás, praticamente não pensei em PMO (passei a maior parte do dia sem me lembrar que tenho um P.)

Me sinto mais seguro quando sou alvo de brincadeiras de colegas de trabalho, aos poucos vou deixando isso de lado. Hoje não procrastinei, estudei muito e sem ficar tão entediado.

Caminhar é muito bom. Todos os dias eu caminho cerca de 4kms quando vou e volto do trabalho.

O reboot nos deixa mais confiantes mesmo. Olhar para as mulheres em um nível de igualdade é muito melhor do que quando nos sentimos inferiores.

Siga forte, amigo.

_______________________________________
"Quem quer, dá um jeito. Quem não quer, inventa desculpa". Toguro

Ninguém vai bater mais forte do que a vida. Não importa como você bate e sim o quanto aguenta apanhar e continuar lutando; o quanto pode suportar e seguir em frente. É assim que se ganha. Rocky Balboa

Ernest
Mensagens : 85
Data de inscrição : 13/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Re: Diário do Ernest

em 27/1/2018, 20:03
L'imperatore escreveu:Sua história se parece muito com a minha.
Temos a mesma idade, e começamos na PMO no mesmo período. O diferencial foi que eu não morava com meus pais na época do início do vício, mas sim sozinho em outra cidade devido a faculdade que cursava.
Outra coisa que nos difere é o fato de que sou casado a 4 anos. Sendo que por 3 anos eu escondi o vício da minha parceira e cheguei muitas vezes a falhar na hora H, tanto com ela, quanto com outras em eventuais puladas de cerca.
Atualmente ela sabe do meu vício, compreende e me apoia. Isto é essencial.

Hoje estou no meu segundo dia de Reboot, depois de ter recaído quase mil vezes. Dessa vez, me sinto mais confiante como nunca. O que me incomoda é que não tenho atividade de substituição da P. Já que passo o dia inteiro em casa, dividindo meu tempo entre estudar e assistir séries.

Vou acompanhar o seu diário, pois gostei muito da sua pessoa. Se quiseres, acompanha o meu também:

http://www.comoparar.com/t6450-morto-por-dentro-vivo-por-fora

Poxa, obrigado!
Nossas histórias realmente se parecem, acompanharei sua luta, L'imperatore.

vlw

Randy escreveu:
Ernest escreveu:Dia 15: Pela primeira vez acordei cansado e decidi não fazer caminhada. Na última segunda-feira caminhei a noite e como o tempo estava ameno andei de mais, normalmente ando apenas 2,8km, na ocasião andei 4,5km; na terça-feira pela manhã caminhei novamente, ou seja duas caminhadas num espaço de tempo inferior a 12 horas. Creio que isso me causou um cansaço excessivo nas pernas ao ponto de me deixar indisposto. Mesmo assim me alimentei bem, meditei e estudei na parte da manhã;

Olhar para o corpo de mulheres bonitas na rua já não me deixa tão angustiado quanto na semana passada, aliás, praticamente não pensei em PMO (passei a maior parte do dia sem me lembrar que tenho um P.)

Me sinto mais seguro quando sou alvo de brincadeiras de colegas de trabalho, aos poucos vou deixando isso de lado. Hoje não procrastinei, estudei muito e sem ficar tão entediado.

Caminhar é muito bom. Todos os dias eu caminho cerca de 4kms quando vou e volto do trabalho.

O reboot nos deixa mais confiantes mesmo. Olhar para as mulheres em um nível de igualdade é muito melhor do que quando nos sentimos inferiores.

Siga forte, amigo.

Nos sentimos como se não devêssemos nada a elas e isso é maravilhoso. Embora admita que exista um hiato considerável entre essa sensação e o ato de efetivamente conquistar uma garota bonita e inteligente. É um primeiro passo, mas tenho muito a evoluir  Crying or Very sad

Sobre a caminhada, senti uma diferença enorme entre caminhar com roupas leves e andar entre um local e outro usando roupas mais formais. Cada pessoa é única, pode ser que pra você seja diferente, mas, se já não tiver feito, sugiro que faça um teste, é algo muito mais satisfatório. Até viciante eu diria.

_______________________________________

_______________________________________
Meu Diário:
Diário do Ernest - Página 2 Grail_10
Ernest
Mensagens : 85
Data de inscrição : 13/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Re: Diário do Ernest

em 27/1/2018, 20:07
Dia 16: Tive uma boa noite de sono, por isso acordei cedo e disposto a caminhar. Na volta passei no mercado e comprei alimentos saudáveis como frutas, cereais, legumes e pão integral. A propósito, faz uma semana que não "pulo" refeições, que me alimento melhor e durmo em torno de 7 horas por dia.
No estágio o dia foi de muito trabalho, mas nada de estresse. Olhar nos olhos das pessoas com quem converso ainda é um desafio quando me sinto inseguro, já notei isso. Totalmente diferente de quando me sinto eficiente e bonito. Ahh se eu pudesse me sentir assim durante todo o dia.

Continuo na chamada "flatline", sem sofrer com abstinência. Aliás nem passa pela minha cabeça voltar a praticar PMO.  Posso dizer que meu Reboot está sendo bem sucedido até aqui, mesmo ainda indo mal na área da socialização.

_______________________________________

_______________________________________
Meu Diário:
Diário do Ernest - Página 2 Grail_10
Ernest
Mensagens : 85
Data de inscrição : 13/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Re: Diário do Ernest

em 27/1/2018, 20:11
Dia 17: Acordei fora da hora e sem muita vontade de sair pra caminhar, estava um pouco indisposto e com um incomodo na garganta, mas fui assim mesmo. Fora de casa ainda me sinto inseguro na maioria das vezes e quando me sinto assim é difícil olhar nos olhos e/ou cumprimentar as pessoas como havia planejado.

A tarde, ainda no estágio comecei a ter febre e notei que minha garganta estava bem dolorida. Ao chegar em casa assisti um filme com minha irmã, jantei mais cedo e fui pra cama umas 2 horas mais cedo que o normal.

Vontade de PMO praticamente nula nesse dia.

_______________________________________

_______________________________________
Meu Diário:
Diário do Ernest - Página 2 Grail_10
Randy
Mensagens : 2008
Data de inscrição : 01/12/2015
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Re: Diário do Ernest

em 27/1/2018, 22:15
Ernest escreveu:
L'imperatore escreveu:Sua história se parece muito com a minha.
Temos a mesma idade, e começamos na PMO no mesmo período. O diferencial foi que eu não morava com meus pais na época do início do vício, mas sim sozinho em outra cidade devido a faculdade que cursava.
Outra coisa que nos difere é o fato de que sou casado a 4 anos. Sendo que por 3 anos eu escondi o vício da minha parceira e cheguei muitas vezes a falhar na hora H, tanto com ela, quanto com outras em eventuais puladas de cerca.
Atualmente ela sabe do meu vício, compreende e me apoia. Isto é essencial.

Hoje estou no meu segundo dia de Reboot, depois de ter recaído quase mil vezes. Dessa vez, me sinto mais confiante como nunca. O que me incomoda é que não tenho atividade de substituição da P. Já que passo o dia inteiro em casa, dividindo meu tempo entre estudar e assistir séries.

Vou acompanhar o seu diário, pois gostei muito da sua pessoa. Se quiseres, acompanha o meu também:

http://www.comoparar.com/t6450-morto-por-dentro-vivo-por-fora

Poxa, obrigado!
Nossas histórias realmente se parecem, acompanharei sua luta, L'imperatore.

vlw

Randy escreveu:
Ernest escreveu:Dia 15: Pela primeira vez acordei cansado e decidi não fazer caminhada. Na última segunda-feira caminhei a noite e como o tempo estava ameno andei de mais, normalmente ando apenas 2,8km, na ocasião andei 4,5km; na terça-feira pela manhã caminhei novamente, ou seja duas caminhadas num espaço de tempo inferior a 12 horas. Creio que isso me causou um cansaço excessivo nas pernas ao ponto de me deixar indisposto. Mesmo assim me alimentei bem, meditei e estudei na parte da manhã;

Olhar para o corpo de mulheres bonitas na rua já não me deixa tão angustiado quanto na semana passada, aliás, praticamente não pensei em PMO (passei a maior parte do dia sem me lembrar que tenho um P.)

Me sinto mais seguro quando sou alvo de brincadeiras de colegas de trabalho, aos poucos vou deixando isso de lado. Hoje não procrastinei, estudei muito e sem ficar tão entediado.

Caminhar é muito bom. Todos os dias eu caminho cerca de 4kms quando vou e volto do trabalho.

O reboot nos deixa mais confiantes mesmo. Olhar para as mulheres em um nível de igualdade é muito melhor do que quando nos sentimos inferiores.

Siga forte, amigo.

Nos sentimos como se não devêssemos nada a elas e isso é maravilhoso. Embora admita que exista um hiato considerável entre essa sensação e o ato de efetivamente conquistar uma garota bonita e inteligente. É um primeiro passo, mas tenho muito a evoluir  Crying or Very sad

Sobre a caminhada, senti uma diferença enorme entre caminhar com roupas leves e andar entre um local e outro usando roupas mais formais. Cada pessoa é única, pode ser que pra você seja diferente, mas, se já não tiver feito, sugiro que faça um teste, é algo muito mais satisfatório. Até viciante eu diria.

Sim, é um passo de cada vez. Aos poucos, nosso cérebro vai voltando ao normal. Meu objetivo no reboot é justamente esse: encontrar uma garota inteligente e linda e que eu possa namorar. O primeiro passo é socializar com elas, deixar a timidez de lado. Isso exige tempo. E talvez eu só consiga com um ano de reboot. Afinal, foi mais de uma década mergulhado no vício.

Em relação a caminhada, eu só faço quando vou pro trabalho mesmo, de calça jeans.

_______________________________________
"Quem quer, dá um jeito. Quem não quer, inventa desculpa". Toguro

Ninguém vai bater mais forte do que a vida. Não importa como você bate e sim o quanto aguenta apanhar e continuar lutando; o quanto pode suportar e seguir em frente. É assim que se ganha. Rocky Balboa

Ernest
Mensagens : 85
Data de inscrição : 13/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Re: Diário do Ernest

em 28/1/2018, 01:54
Randy escreveu: Sim, é um passo de cada vez. Aos poucos, nosso cérebro vai voltando ao normal. Meu objetivo no reboot é justamente esse: encontrar uma garota inteligente e linda e que eu possa namorar. O primeiro passo é socializar com elas, deixar a timidez de lado. Isso exige tempo. E talvez eu só consiga com um ano de reboot. Afinal, foi mais de uma década mergulhado no vício.

Em relação a caminhada, eu só faço quando vou pro trabalho mesmo, de calça jeans.


Porque não começa treinando iniciar diálogos simples com pessoas desconhecidas? Vi essa dica em algum lugar e gostei.


_______________________________________

_______________________________________
Meu Diário:
Diário do Ernest - Página 2 Grail_10
Ernest
Mensagens : 85
Data de inscrição : 13/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Sábado 27/01/2018

em 28/1/2018, 02:25
Dia 18: Acordei me sentindo melhor que ontem quando me deitei, porém mesmo assim decidi não fazer caminhada nem nada que envolvesse grande esforço físico. A tarde, estive sozinho em casa enquanto assista a um jogo de futebol na sala, durante esse jogo houve um problema no sinal do "Pirata Box", acessei as configurações pra tentar entender o problema. Durante essa busca, me deparei com um recurso denominado "+18". Parecia uma espécie de acervo de filmes. Fiquei uns 3 minutos pensando abriria ou não. Decidi não abrir. Mas aquilo me deixou nervoso, não conseguia parar de pensar naquela porcaria. Umas três horas depois, mesmo tendo pensado tanto, acabei acessando "só para dar uma olhadinha rápida e ver o que tinha ali dentro, apenas para matar a curiosidade", mas por sorte, meus amigos, o recurso não estava habilitado, deu erro. Portando não consegui ver absolutamente nada.  Depois disso fui para o banheiro tomar um banho.

Enfim, confesso que fiquei chateado e preocupado com o ocorrido, pois mesmo tendo uma tonelada de argumentos e informações sobre o porquê não acessar nada de cunho P., eu tentei.  Eu não tinha intenção de voltar a PMO, mas tenho certeza que se tivesse visto algo "interessante" eu estaria em apuros. Esse vício nos toma a noção das coisas durante alguns minutos, portanto deixo aqui duas dicas, já batidas mas válidas - não subestimem a importância dos bloqueadores, usem-nos, não confiem só na própria força de vontade.

_______________________________________

_______________________________________
Meu Diário:
Diário do Ernest - Página 2 Grail_10
filipeDF
Mensagens : 277
Data de inscrição : 16/01/2018
Idade : 21
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Re: Diário do Ernest

em 28/1/2018, 03:36
E aí Ernest, blz?

Comecei a acompanhar seu diário. Estamos todos juntos nessa luta!

Tava lendo aqui sobre seu dia 18.. e foi por quase, hein?! No entanto, deu certo no final, graças a Deus. Através dessa situação nós podemos ver o quanto nós somos capazes de nos sabotar para ter uma chance de ver P, e consequentemente cair na M. Por muitas vezes entrei em sites ou vídeos que eu sabia que tinha algum conteúdo mais quente,  fazia isso já sabendo no que ia resultar. Eu msm tentava me enganar pensando assim: "Isso não é nada, consigo lidar", mas já sabia o que iria acontecer depois...

Essa situação também nos mostra o quanto é importante o uso de bloqueadores, como vc msm disse. Por último, só queria te desejar forças nessa caminhada e te alertar para tapar tds as brechas que possam fazer vc cair.

_______________________________________
>Meu diário


"Aquele que julga estar firme, cuide-se para que não caia!" (1Co 10:12)
HippocratesBR
Mensagens : 67
Data de inscrição : 05/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Re: Diário do Ernest

em 28/1/2018, 11:02
Ernest escreveu:Dia 18: Acordei me sentindo melhor que ontem quando me deitei, porém mesmo assim decidi não fazer caminhada nem nada que envolvesse grande esforço físico. A tarde, estive sozinho em casa enquanto assista a um jogo de futebol na sala, durante esse jogo houve um problema no sinal do "Pirata Box", acessei as configurações pra tentar entender o problema. Durante essa busca, me deparei com um recurso denominado "+18". Parecia uma espécie de acervo de filmes. Fiquei uns 3 minutos pensando abriria ou não. Decidi não abrir. Mas aquilo me deixou nervoso, não conseguia parar de pensar naquela porcaria. Umas três horas depois, mesmo tendo pensado tanto, acabei acessando "só para dar uma olhadinha rápida e ver o que tinha ali dentro, apenas para matar a curiosidade", mas por sorte, meus amigos, o recurso não estava habilitado, deu erro. Portando não consegui ver absolutamente nada.  Depois disso fui para o banheiro tomar um banho.

Enfim, confesso que fiquei chateado e preocupado com o ocorrido, pois mesmo tendo uma tonelada de argumentos e informações sobre o porquê não acessar nada de cunho P., eu tentei.  Eu não tinha intenção de voltar a PMO, mas tenho certeza que se tivesse visto algo "interessante" eu estaria em apuros. Esse vício nos toma a noção das coisas durante alguns minutos, portanto deixo aqui duas dicas, já batidas mas válidas - não subestimem a importância dos bloqueadores, usem-nos, não confiem só na própria força de vontade.

Relato muito importante, obrigado por compartilhar. Há pequenos triggers que nos deixam extremamente ansiosos, e isso é uma merda. Acho que a vontade nunca irá embora, vamos ser sinceros, mas tenho certeza que ela vai se diluindo com o decorrer do tempo. Forte abraço e bom final de semana.

_______________________________________
( ) 7 DIAS
( ) 14 DIAS
(    )  30 DIAS
(    ) 60 DIAS
(    ) 90 DIAS
Randy
Mensagens : 2008
Data de inscrição : 01/12/2015
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Re: Diário do Ernest

em 28/1/2018, 20:14
Ernest escreveu:
Randy escreveu: Sim, é um passo de cada vez. Aos poucos, nosso cérebro vai voltando ao normal. Meu objetivo no reboot é justamente esse: encontrar uma garota inteligente e linda e que eu possa namorar. O primeiro passo é socializar com elas, deixar a timidez de lado. Isso exige tempo. E talvez eu só consiga com um ano de reboot. Afinal, foi mais de uma década mergulhado no vício.

Em relação a caminhada, eu só faço quando vou pro trabalho mesmo, de calça jeans.


Porque não começa treinando iniciar diálogos simples com pessoas desconhecidas? Vi essa dica em algum lugar e gostei.


Na verdade, já venho fazendo. Minha referência ao um ano de reboot é em relação a conseguir uma namorada. Isso deve demorar mais tempo, a não ser que eu tenha a sorte de conhecer uma garota realmente legal nesse tempo.

_______________________________________
"Quem quer, dá um jeito. Quem não quer, inventa desculpa". Toguro

Ninguém vai bater mais forte do que a vida. Não importa como você bate e sim o quanto aguenta apanhar e continuar lutando; o quanto pode suportar e seguir em frente. É assim que se ganha. Rocky Balboa

Randy
Mensagens : 2008
Data de inscrição : 01/12/2015
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Re: Diário do Ernest

em 28/1/2018, 20:17
Ernest escreveu:Dia 18: Acordei me sentindo melhor que ontem quando me deitei, porém mesmo assim decidi não fazer caminhada nem nada que envolvesse grande esforço físico. A tarde, estive sozinho em casa enquanto assista a um jogo de futebol na sala, durante esse jogo houve um problema no sinal do "Pirata Box", acessei as configurações pra tentar entender o problema. Durante essa busca, me deparei com um recurso denominado "+18". Parecia uma espécie de acervo de filmes. Fiquei uns 3 minutos pensando abriria ou não. Decidi não abrir. Mas aquilo me deixou nervoso, não conseguia parar de pensar naquela porcaria. Umas três horas depois, mesmo tendo pensado tanto, acabei acessando "só para dar uma olhadinha rápida e ver o que tinha ali dentro, apenas para matar a curiosidade", mas por sorte, meus amigos, o recurso não estava habilitado, deu erro. Portando não consegui ver absolutamente nada.  Depois disso fui para o banheiro tomar um banho.

Enfim, confesso que fiquei chateado e preocupado com o ocorrido, pois mesmo tendo uma tonelada de argumentos e informações sobre o porquê não acessar nada de cunho P., eu tentei.  Eu não tinha intenção de voltar a PMO, mas tenho certeza que se tivesse visto algo "interessante" eu estaria em apuros. Esse vício nos toma a noção das coisas durante alguns minutos, portanto deixo aqui duas dicas, já batidas mas válidas - não subestimem a importância dos bloqueadores, usem-nos, não confiem só na própria força de vontade.

Esse vício é tão filho da puta que qualquer brecha pode nos fazer cair a qualquer momento. Aí é que entram os bloqueadores com sua importância monstra. Força de vontade não é o suficiente porque uma hora o cérebro pode nos levar a dar apenas uma olhadinha e o tombo é feio.

_______________________________________
"Quem quer, dá um jeito. Quem não quer, inventa desculpa". Toguro

Ninguém vai bater mais forte do que a vida. Não importa como você bate e sim o quanto aguenta apanhar e continuar lutando; o quanto pode suportar e seguir em frente. É assim que se ganha. Rocky Balboa

Ernest
Mensagens : 85
Data de inscrição : 13/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Re: Diário do Ernest

em 30/1/2018, 22:54
Spoiler:

filipeDF escreveu:E aí Ernest, blz?

Comecei a acompanhar seu diário. Estamos todos juntos nessa luta!

Tava lendo aqui sobre seu dia 18.. e foi por quase, hein?! No entanto, deu certo no final, graças a Deus. Através dessa situação nós podemos ver o quanto nós somos capazes de nos sabotar para ter uma chance de ver P, e consequentemente cair na M. Por muitas vezes entrei em sites ou vídeos que eu sabia que tinha algum conteúdo mais quente,  fazia isso já sabendo no que ia resultar. Eu msm tentava me enganar pensando assim: "Isso não é nada, consigo lidar", mas já sabia o que iria acontecer depois...

Essa situação também nos mostra o quanto é importante o uso de bloqueadores, como vc msm disse. Por último, só queria te desejar forças nessa caminhada e te alertar para tapar tds as brechas que possam fazer vc cair.

@filipeDF

Obrigado pela visita e pelo apoio. Cara, foi por muito pouco.
Meu pensamento na hora foi tipo "vou apenas matar a curiosidade de saber o que deixei de acessar por não conhecer esse recurso a mais tempo", o que era na verdade uma grande mentira.
Estive pensando nesses dias sobre como deve ser difícil para alguém que já burlou os bloqueadores se manter longe da P. Deve ser algo difícil até de imaginar.

Spoiler:

HippocratesBR escreveu:
Spoiler:

Ernest escreveu:Dia 18: Acordei me sentindo melhor que ontem quando me deitei, porém mesmo assim decidi não fazer caminhada nem nada que envolvesse grande esforço físico. A tarde, estive sozinho em casa enquanto assista a um jogo de futebol na sala, durante esse jogo houve um problema no sinal do "Pirata Box", acessei as configurações pra tentar entender o problema. Durante essa busca, me deparei com um recurso denominado "+18". Parecia uma espécie de acervo de filmes. Fiquei uns 3 minutos pensando abriria ou não. Decidi não abrir. Mas aquilo me deixou nervoso, não conseguia parar de pensar naquela porcaria. Umas três horas depois, mesmo tendo pensado tanto, acabei acessando "só para dar uma olhadinha rápida e ver o que tinha ali dentro, apenas para matar a curiosidade", mas por sorte, meus amigos, o recurso não estava habilitado, deu erro. Portando não consegui ver absolutamente nada.  Depois disso fui para o banheiro tomar um banho.

Enfim, confesso que fiquei chateado e preocupado com o ocorrido, pois mesmo tendo uma tonelada de argumentos e informações sobre o porquê não acessar nada de cunho P., eu tentei.  Eu não tinha intenção de voltar a PMO, mas tenho certeza que se tivesse visto algo "interessante" eu estaria em apuros. Esse vício nos toma a noção das coisas durante alguns minutos, portanto deixo aqui duas dicas, já batidas mas válidas - não subestimem a importância dos bloqueadores, usem-nos, não confiem só na própria força de vontade.

Relato muito importante, obrigado por compartilhar. Há pequenos triggers que nos deixam extremamente ansiosos, e isso é uma merda. Acho que a vontade nunca irá embora, vamos ser sinceros, mas tenho certeza que ela vai se diluindo com o decorrer do tempo. Forte abraço e bom final de semana.

Opa, obrigado pelo apoio, @HippocratesBR!
Você definiu bem o que senti - ansiedade! Depois que vi o recurso da TV, não consegui mais me concentrar no jogo que estava assistindo (estava doido pra acabar sem saber pq), meu ritmo cardíaco estava acelerado e ainda senti dor de cabeça. Só fui lá tentar abrir porque queria acabar com aquele sensação horrível que estava sentindo.
Também não acredito em cura 100%, afinal somos humanos e não máquinas, temos sangue correndo em nossas veias. Para pessoas como nós, alguns cuidados sempre serão necessários.

Spoiler:

Randy escreveu:
Ernest escreveu:Dia 18: Acordei me sentindo melhor que ontem quando me deitei, porém mesmo assim decidi não fazer caminhada nem nada que envolvesse grande esforço físico. A tarde, estive sozinho em casa enquanto assista a um jogo de futebol na sala, durante esse jogo houve um problema no sinal do "Pirata Box", acessei as configurações pra tentar entender o problema. Durante essa busca, me deparei com um recurso denominado "+18". Parecia uma espécie de acervo de filmes. Fiquei uns 3 minutos pensando abriria ou não. Decidi não abrir. Mas aquilo me deixou nervoso, não conseguia parar de pensar naquela porcaria. Umas três horas depois, mesmo tendo pensado tanto, acabei acessando "só para dar uma olhadinha rápida e ver o que tinha ali dentro, apenas para matar a curiosidade", mas por sorte, meus amigos, o recurso não estava habilitado, deu erro. Portando não consegui ver absolutamente nada.  Depois disso fui para o banheiro tomar um banho.

Enfim, confesso que fiquei chateado e preocupado com o ocorrido, pois mesmo tendo uma tonelada de argumentos e informações sobre o porquê não acessar nada de cunho P., eu tentei.  Eu não tinha intenção de voltar a PMO, mas tenho certeza que se tivesse visto algo "interessante" eu estaria em apuros. Esse vício nos toma a noção das coisas durante alguns minutos, portanto deixo aqui duas dicas, já batidas mas válidas - não subestimem a importância dos bloqueadores, usem-nos, não confiem só na própria força de vontade.

Esse vício é tão filho da puta que qualquer brecha pode nos fazer cair a qualquer momento. Aí é que entram os bloqueadores com sua importância monstra. Força de vontade não é o suficiente porque uma hora o cérebro pode nos levar a dar apenas uma olhadinha e o tombo é feio.


Falou tudo, @Randy. Os bloqueadores são fundamentais, assim como evitar ao máximo tentar burlá-los.
Minha experiência foi semelhante a de alguém salvo por um bloqueador, afinal fui impedido de recair por um fator externo unicamente. Nós vamos sendo convencidos a abrir pequenas exceções para alimentar nosso vício. É complicado.

_______________________________________

_______________________________________
Meu Diário:
Diário do Ernest - Página 2 Grail_10
Ernest
Mensagens : 85
Data de inscrição : 13/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Domingo 28/01/2018 e Segunda 29/01/2018

em 30/1/2018, 23:00
Dia 19: Foi um dia bem produtivo, embora tenha saído da cama por volta das 10 da manhã.
A noite fui com minha irmã levar minha sobrinha a uma pracinha do bairro para correr e brincar com bola. Foi muito bom. Faziam uns 6 anos que eu não saia de casa para fazer algo do tipo aqui no bairro.

Mesmo passando por um momento crítico ontem por causa da TV, tive um dia sem sustos hoje.

Dia 20 Como de praxe, fiz minha caminhada como todos os dias pela manhã.
No estágio estou me sentindo mais confiante, consigo "pensar" um pouco mais antes de falar com os outros, consequentemente falo com mais clareza, objetividade e sem usar termos ultra informais, mas que acabavam saindo devido o nervosismo. Ainda estou falhando no quesito procrastinação, tenho notado que meu tempo não anda sendo bem aproveitado por mim, Em relação a ansiedade, digamos que reduziu uns 30% desde que iniciei o reboot





_______________________________________

_______________________________________
Meu Diário:
Diário do Ernest - Página 2 Grail_10
Romano1500
Mensagens : 651
Data de inscrição : 11/11/2016
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Re: Diário do Ernest

em 30/1/2018, 23:17
cara vc ta indo bem quem dera eu ja tivesse com 20 dias , os 7 primeiros dias sao os mais dificeis , mas o reboot e pra sempre cara

mas paravbens pelos 20 dias e continuarei acompnahando seu diario , flw boa sorte

_______________________________________




Randy
Mensagens : 2008
Data de inscrição : 01/12/2015
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Re: Diário do Ernest

em 31/1/2018, 19:25
Ernest escreveu:Dia 19: Foi um dia bem produtivo, embora tenha saído da cama por volta das 10 da manhã.
A noite fui com minha irmã levar minha sobrinha a uma pracinha do bairro para correr e brincar com bola. Foi muito bom. Faziam uns 6 anos que eu não saia de casa para fazer algo do tipo aqui no bairro.

Mesmo passando por um momento crítico ontem por causa da TV, tive um dia sem sustos hoje.

Dia 20 Como de praxe, fiz minha caminhada como todos os dias pela manhã.
No estágio estou me sentindo mais confiante, consigo "pensar" um pouco mais antes de falar com os outros, consequentemente falo com mais clareza, objetividade e sem usar termos ultra informais, mas que acabavam saindo devido o nervosismo. Ainda estou falhando no quesito procrastinação, tenho notado que meu tempo não anda sendo bem aproveitado por mim, Em relação a ansiedade, digamos que reduziu uns 30% desde que iniciei o reboot




A luta contra a procrastinação é difícil mesmo. Mas é possível vencê-la ao limitar o tempo no computador e estipular tarefas durante o dia ou a semana para se ocupar.

_______________________________________
"Quem quer, dá um jeito. Quem não quer, inventa desculpa". Toguro

Ninguém vai bater mais forte do que a vida. Não importa como você bate e sim o quanto aguenta apanhar e continuar lutando; o quanto pode suportar e seguir em frente. É assim que se ganha. Rocky Balboa

Ernest
Mensagens : 85
Data de inscrição : 13/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Re: Diário do Ernest

em 1/2/2018, 00:08
Randy escreveu:
Spoiler:

Ernest escreveu:Dia 19: Foi um dia bem produtivo, embora tenha saído da cama por volta das 10 da manhã.
A noite fui com minha irmã levar minha sobrinha a uma pracinha do bairro para correr e brincar com bola. Foi muito bom. Faziam uns 6 anos que eu não saia de casa para fazer algo do tipo aqui no bairro.

Mesmo passando por um momento crítico ontem por causa da TV, tive um dia sem sustos hoje.

Dia 20 Como de praxe, fiz minha caminhada como todos os dias pela manhã.
No estágio estou me sentindo mais confiante, consigo "pensar" um pouco mais antes de falar com os outros, consequentemente falo com mais clareza, objetividade e sem usar termos ultra informais, mas que acabavam saindo devido o nervosismo. Ainda estou falhando no quesito procrastinação, tenho notado que meu tempo não anda sendo bem aproveitado por mim, Em relação a ansiedade, digamos que reduziu uns 30% desde que iniciei o reboot




A luta contra a procrastinação é difícil mesmo. Mas é possível vencê-la ao limitar o tempo no computador e estipular tarefas durante o dia ou a semana para se ocupar.


Pois é, o duro é convencer nosso cérebro acostumado a atividade mega estimulantes a se acalmar e se concentrar em algo menos dinâmico. Mas estou disposto a fazer esse sacrifício.

Obrigado pela visita, Randy. Suas mensagens são sempre úteis
.

_______________________________________

_______________________________________
Meu Diário:
Diário do Ernest - Página 2 Grail_10
Ernest
Mensagens : 85
Data de inscrição : 13/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty 30/01/2018 Terça-feira

em 1/2/2018, 00:10
Dia 21: Novamente um dia tranquilo e agradável.  Caminhei e aproveitei para ser cordial cumprimentando todas as pessoas que pareciam dispostas a me cumprimentar, seja com um bom dia ou um simples movimento com pescoço e um sorriso discreto. Aliás, pela primeira vez puxei assunto com uma pessoa na fila do ônibus, me senti ótimo depois disso hahaha.


Última edição por Ernest em 19/12/2018, 22:59, editado 1 vez(es)

_______________________________________

_______________________________________
Meu Diário:
Diário do Ernest - Página 2 Grail_10
Ernest
Mensagens : 85
Data de inscrição : 13/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty 31/01/2018 quarta-feira

em 1/2/2018, 00:11

Dia 22: Quando acordei chovia muito, por isso não caminhei hoje. Sai tarde da cama, logo não meditei, não estudei e não fiz nada de útil. Mas um problema ainda persiste, não tenho conseguido me manter longes da Internet. Vou tomar medidas severas para me afastar da rede. Pensarei em algo amanhã.


Última edição por Ernest em 19/12/2018, 23:00, editado 1 vez(es)

_______________________________________

_______________________________________
Meu Diário:
Diário do Ernest - Página 2 Grail_10
Marco
Mensagens : 1773
Data de inscrição : 09/01/2017
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Re: Diário do Ernest

em 1/2/2018, 09:54
Ernest escreveu:Dia 18: Acordei me sentindo melhor que ontem quando me deitei, porém mesmo assim decidi não fazer caminhada nem nada que envolvesse grande esforço físico. A tarde, estive sozinho em casa enquanto assista a um jogo de futebol na sala, durante esse jogo houve um problema no sinal do "Pirata Box", acessei as configurações pra tentar entender o problema. Durante essa busca, me deparei com um recurso denominado "+18". Parecia uma espécie de acervo de filmes. Fiquei uns 3 minutos pensando abriria ou não. Decidi não abrir. Mas aquilo me deixou nervoso, não conseguia parar de pensar naquela porcaria. Umas três horas depois, mesmo tendo pensado tanto, acabei acessando "só para dar uma olhadinha rápida e ver o que tinha ali dentro, apenas para matar a curiosidade", mas por sorte, meus amigos, o recurso não estava habilitado, deu erro. Portando não consegui ver absolutamente nada.  Depois disso fui para o banheiro tomar um banho.

Enfim, confesso que fiquei chateado e preocupado com o ocorrido, pois mesmo tendo uma tonelada de argumentos e informações sobre o porquê não acessar nada de cunho P., eu tentei.  Eu não tinha intenção de voltar a PMO, mas tenho certeza que se tivesse visto algo "interessante" eu estaria em apuros. Esse vício nos toma a noção das coisas durante alguns minutos, portanto deixo aqui duas dicas, já batidas mas válidas - não subestimem a importância dos bloqueadores, usem-nos, não confiem só na própria força de vontade.

Incrível o poder da PMO. Isso já aconteceu muito comigo. Quando vc descobre uma possibilidade nova de PMO o cérebro faz um apelo miserável independentemente do quanto você saiba o quão errado é.

Parabéns por ter resistido Ernest.

Sucesso!

_______________________________________
Crux Sacra sit mihi lux, non draco sit mihi dux. Vade retro satana!

Randy
Mensagens : 2008
Data de inscrição : 01/12/2015
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Re: Diário do Ernest

em 1/2/2018, 20:43
Ernest escreveu:
Dia 22: Quando acordei chovia muito, por isso não caminhei hoje. Sai tarde da cama, logo não meditei, não estudei e não fiz nada de útil. No estágio, como já venho dizendo, me sinto cada vez menos desajustado. As pessoas que tiravam sarro de mim já não fazem isso como antes até porque eu também deixei de me incomodar e importar tanto com isso. Sinto que não sou menos que eles. Mas um problema ainda persiste, não tenho conseguido me manter longes da Internet. Vou tomar medidas severas para me afastar da rede. Pensarei em algo amanhã.

Essa situação no trabalho é chata mesmo. Eu passo por essas tirações de sarro, mas devolvo na mesma moeda. Em breve, vou tentar me mudar de sala para diminuir situações como essa que só enchem o saco.

Qual o seu problema com a internet? As redes sociais? Ficar longe da internet é bom, porque você procrastina menos e se concentra mais no que importa.

_______________________________________
"Quem quer, dá um jeito. Quem não quer, inventa desculpa". Toguro

Ninguém vai bater mais forte do que a vida. Não importa como você bate e sim o quanto aguenta apanhar e continuar lutando; o quanto pode suportar e seguir em frente. É assim que se ganha. Rocky Balboa

Ernest
Mensagens : 85
Data de inscrição : 13/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Re: Diário do Ernest

em 1/2/2018, 22:49
Marco escreveu:
spoiler:

Ernest escreveu:Dia 18: Acordei me sentindo melhor que ontem quando me deitei, porém mesmo assim decidi não fazer caminhada nem nada que envolvesse grande esforço físico. A tarde, estive sozinho em casa enquanto assista a um jogo de futebol na sala, durante esse jogo houve um problema no sinal do "Pirata Box", acessei as configurações pra tentar entender o problema. Durante essa busca, me deparei com um recurso denominado "+18". Parecia uma espécie de acervo de filmes. Fiquei uns 3 minutos pensando abriria ou não. Decidi não abrir. Mas aquilo me deixou nervoso, não conseguia parar de pensar naquela porcaria. Umas três horas depois, mesmo tendo pensado tanto, acabei acessando "só para dar uma olhadinha rápida e ver o que tinha ali dentro, apenas para matar a curiosidade", mas por sorte, meus amigos, o recurso não estava habilitado, deu erro. Portando não consegui ver absolutamente nada.  Depois disso fui para o banheiro tomar um banho.

Enfim, confesso que fiquei chateado e preocupado com o ocorrido, pois mesmo tendo uma tonelada de argumentos e informações sobre o porquê não acessar nada de cunho P., eu tentei.  Eu não tinha intenção de voltar a PMO, mas tenho certeza que se tivesse visto algo "interessante" eu estaria em apuros. Esse vício nos toma a noção das coisas durante alguns minutos, portanto deixo aqui duas dicas, já batidas mas válidas - não subestimem a importância dos bloqueadores, usem-nos, não confiem só na própria força de vontade.

Incrível o poder da PMO. Isso já aconteceu muito comigo. Quando vc descobre uma possibilidade nova de PMO o cérebro faz um apelo miserável independentemente do quanto você saiba o quão errado é.
Sucesso!
Parabéns por ter resistido Ernest.

Sucesso!

Obrigado pela visita, Marco.

Agradeço todos os dias por não ter tido acesso àquilo, afinal, encarar a pornografia assim é suicídio.


Randy escreveu:
spoiler:

Ernest escreveu:
Dia 22: Quando acordei chovia muito, por isso não caminhei hoje. Sai tarde da cama, logo não meditei, não estudei e não fiz nada de útil. No estágio, como já venho dizendo, me sinto cada vez menos desajustado. As pessoas que tiravam sarro de mim já não fazem isso como antes até porque eu também deixei de me incomodar e importar tanto com isso. Sinto que não sou menos que eles. Mas um problema ainda persiste, não tenho conseguido me manter longes da Internet. Vou tomar medidas severas para me afastar da rede. Pensarei em algo amanhã.

Essa situação no trabalho é chata mesmo. Eu passo por essas tirações de sarro, mas devolvo na mesma moeda. Em breve, vou  tentar me mudar de sala para diminuir situações como essa que só enchem o saco.

Qual o seu problema com a internet? As redes sociais? Ficar longe da internet é bom, porque você procrastina menos e se concentra mais no que importa.

Cara, pior que não. Desativei todas as redes sociais, a únicas coisas que me mantêm conectado às pessoas via internet são e-mail e Whatsapp. Sabe quando estamos estudando uma matéria extremamente massante e até ficar olhando para a parede parece ser interessante? é mais ou menos isso. Leio matérias sobre assuntos bobos, curiosidades irrelevantes.

Acho que o segredo para se livrar das brincadeiras inconvenientes é melhorar nosso próprio auto-conceito. Depois que passei a dizer para mim mesmo que não preciso ser e nem sou perfeito, as coisas se tornaram mais simples.

_______________________________________

_______________________________________
Meu Diário:
Diário do Ernest - Página 2 Grail_10
Ernest
Mensagens : 85
Data de inscrição : 13/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty Re: Diário do Ernest

em 2/2/2018, 10:00
Romano1500 escreveu:cara vc ta indo bem quem dera eu ja tivesse com 20  dias , os 7 primeiros dias sao os mais dificeis , mas o reboot e pra sempre cara

mas paravbens pelos 20 dias e continuarei acompnahando seu diario , flw boa sorte

Poxa, desculpa não ter agradecido sua participação antes, Romano15000. É que sou meio desatento e não vi seu post.

Obrigado pelos parabéns, cara. Realmente após as primeiras duas semanas, o reboot fica mais suave, as "crises de vontade" se tornam menos frequentes e tem dia que nem lembramos de P.

_______________________________________

_______________________________________
Meu Diário:
Diário do Ernest - Página 2 Grail_10
Ernest
Mensagens : 85
Data de inscrição : 13/01/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Ernest - Página 2 Empty 01/02/2018 Quinta-feira

em 2/2/2018, 10:16
Dia 23: Novamente chovia muito pela manhã, logo não caminhei. Diferente de ontem, que demorei a sair da cama, hoje aproveitei bem a manhã estudando.  Tive um dia bem estressante no estágio, o mais cansativo do ano eu diria. Entretanto, não senti vontade de voltar a PMO.

Sobre o mal aproveitamento do tempo, decidi que vou de usar a internet apenas para o essencial e indispensável, como esse fórum e atividades relacionadas à faculdade por exemplo. Além disso, usarei o tempo livre para a execução de tarefas mais saudáveis e importantes. Não posso substituir um vício por outro nem sacrificar meu desenvolvimento pessoal e profissional a troco de entretenimento barato. Vou tentar manter isso durante duas semanas (um mini reboot), dai reavalio minha situação.


Última edição por Ernest em 19/12/2018, 23:01, editado 1 vez(es)

_______________________________________

_______________________________________
Meu Diário:
Diário do Ernest - Página 2 Grail_10
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum