Compartilhe
Ir em baixo
Khori4n
Mensagens : 1
Data de inscrição : 11/01/2019
Idade : 20
Ver perfil do usuário

Diário do Khori4n  Empty Diário do Khori4n

em 13/1/2019, 22:27
Fala pessoal do fórum, tudo bom? De início, tenho 20 anos e sou viciado em PMO. Tudo começou bem cedo, aos 8 anos de idade quando descobri o Cine Privé da Band, não tinha muito entendimento mas já sabia que aquilo me excitava de certa forma, logo aos 11, com acesso a computador e internet discada, um “novo mundo” se expandiu e com isso tinha livre acesso a todo conteúdo, foi aí que iniciei com a P e consequentemente com a M. Lembro-me até que na primeira vez achei totalmente sem sentido a prática é só voltei a fazer tempos depois.

Aos 13 anos, já era um usuário assíduo da PMO, isso se estendeu até os 17 anos.  Nessa idade, entrei em um relacionamento sério que se estendeu durante dois anos e prestei serviço militar, diminuindo assim, a frequência com que praticava PMO.

Após o término do serviço militar, retornei ao mundo sujo da PMO, praticava com muita frequência cerca de 2 à 3 vezes ao dia, todos os dias, me viciei em todo tipo de vídeo, porém minha categoria favorita era (ainda é) “Footjob”. Isso acarretou em uma queda incrível de produtividade, agravou meu quadro de ansiedade e foi um dos pilares do término do meu relacionamento. Me sentia um peso morto.

Nessa época (início de 2018), decidi que devia “renascer” foi quando iniciei as pesquisas à respeito dessa baixa produtividade e falta de energia/motivação que sentia, abri um artigo em que dizia estar relacionado a PMO, aprofundei e decidi testar, consegui ficar 22 dias, foram dias que eu sentia que realmente estava vivo e que tinha um propósito para continuar vivo, até que... tive uma recaída. Voltei e me sentir um peso morto, então analisei que realmente isso pode estar me afetando.

Meu objetivo, é vencer esse vício, que vem me atrapalhando agora na vida acadêmica, pois:
* Está me causando problemas de concentração e foco;
* Ansiedade Social (apresentações em público, principalmente);
* Cansaço e Falta de Energia;
* Procrastinação.

Sei que não depende apenas de vencer o vício em PMO, mas também está relacionado há um conjunto de bons hábitos para que eu possa melhorar minha qualidade de vida, porém só de vencer esse vício já é um grande passo dado rumo à vitória. Estou no 5º dia sem PMO, fiz a leitura e releitura do e-book e instalei bloqueadores no computador e smartphone. Como ainda é muito recente não recebi nenhum benefício, mas tenho fé de que logo poderei usufruir dos benefícios e vencer essa guerra. Não postarei diariamente aqui mas manterei uma frequência boa de postagem.

Por fim deixo-lhes uma das minhas citações favoritas:

“A vida é para quem é corajoso o suficiente para se arriscar e humilde o bastante para aprender.”
                                                           -Clarice Lispector

O que significa, estar disposto a quebrar a cara e começar de novo. Saber que nem todas as tentativas vão dar certo mas, definitivamente, toda experiência que temos enquanto ser humanos nos serve como aprendizado.

_______________________________________

"Memento Mori: Lembre-se de que um dia irá morrer."

Randy
Mensagens : 1624
Data de inscrição : 01/12/2015
Ver perfil do usuário

Diário do Khori4n  Empty Re: Diário do Khori4n

em 17/1/2019, 21:25
Bem-vindo ao fórum.

Ler o ebook e instalar os bloqueadores são passos fundamentais no reboot.

Quanto aos benefícios, tem que ter paciência. Talvez você passe por uma flatline agora, o que não é ruim, pois você fica sem líbido e isso te ajuda ficar sem PMO no início do reboot.

Pode ter certeza que sua vida vai melhorar bastante sem PMO.

_______________________________________
"Quem quer, dá um jeito. Quem não quer, inventa desculpa". Toguro

Ninguém vai bater mais forte do que a vida. Não importa como você bate e sim o quanto aguenta apanhar e continuar lutando; o quanto pode suportar e seguir em frente. É assim que se ganha. Rocky Balboa

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum