Compartilhe
Ir em baixo
rah
Mensagens : 37
Data de inscrição : 04/04/2019
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Diario Rah

em 4/4/2019, 14:31
TTenho 31 anos. Desde o início da adolescência pratico PMO. Nunca vi grandes problemas nisso até recentemente. Acredito que a indústria da pornografia é algo sério e que merece ser combatida. Além disso, a prática de M diária estava prejudicando meu casamento, devido à apatia criada.

Resolvi cessar o vício, e para minha surpresa fiquei mais de um mês sem P, sem grande esforço. O que me desafia mesmo é MO.

Então resolvi iniciar a jornada, retirando PM totalmente da minha rotina, e permitindo O apenas nas relações que tiver com minha esposa.


Última edição por rah em 4/4/2019, 15:15, editado 1 vez(es)
rah
Mensagens : 37
Data de inscrição : 04/04/2019
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Re: Diario Rah

em 4/4/2019, 14:34
Iniciando 3o dia sem PMO. Há 3 dias que não pratico sexo, está difícil se concentrar. Desde que comecei a monitorar, o tempo máximo que consegui ficar sem MO foi 6 dias

_______________________________________
The King
Mensagens : 70
Data de inscrição : 31/03/2019
Idade : 27
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Re: Diario Rah

em 4/4/2019, 16:16
Estarei acompanhando seu diário!
Força.

Vlw

_______________________________________
rah
Mensagens : 37
Data de inscrição : 04/04/2019
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Dia 4

em 5/4/2019, 15:01
4o dia completo. Ainda firme, embora os níveis de testosterona estejam lá em cima. Está difícil se concentrar. Parece que basicamente tudo é motivo para distração e leva a pensar em sexo. Acho que esse é o chamado efeito caçador.

Testei uma dieta vegetariana hoje, parece ter ajudado a ficar mais presente e a dominar o instinto. Alguns momentos meditativos também, uns 5 minutos a cada hora.

Força e Persistência

_______________________________________
Valhalla
Mensagens : 147
Data de inscrição : 01/06/2018
Localização : Paraná
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Re: Diario Rah

em 5/4/2019, 17:33
rah escreveu:4o dia completo. Ainda firme, embora os níveis de testosterona estejam lá em cima. Está difícil se concentrar. Parece que basicamente tudo é motivo para distração e leva a pensar em sexo. Acho que esse é o chamado efeito caçador.

Testei uma dieta vegetariana hoje, parece ter ajudado a ficar mais presente e a dominar o instinto. Alguns momentos meditativos também, uns 5 minutos a cada hora.

Força e Persistência

Fala, Rah!

Bem vindo ao fórum!
Antes de tudo, parabéns por ter decidido mudar sua vida. O vício em PMO ainda é um pouco desconhecido e ainda é negado por muitas pessoas em situação de vício.
A indústria da pornografia é realmente algo nojento que deve ser combatido (vejo isso agora) e só existe porque há demanda. Se pararmos para pensar, é estupro pago. As mulheres não sentem prazer ali. Os vídeos chegam a ser violentos, pois são filmados para suprir uma necessidade masculina de dominar e humilhar, de subjugar. Não há toque, não há contato, não se dá prazer ou se preocupa com a outra pessoa. Há apenas órgão sexual com órgão sexual, enquanto os atores ficam em posições desconfortáveis e irreais para que o "principal" possa ser filmado sem que a maquiagem da atriz seja danificada. É algo que muda nossa percepção de como deve ser uma relação com outra pessoa e objetifica o sexo oposto. Buscamos apenas prazer e ficamos cada vez mais alucinados atrás dele. Passamos a pensar em sexo e prazer o tempo todo e não conseguimos focar em nada. Tudo nos lembra sexo e PMO.
Passei pelo mesmo problema de apatia no relacionamento com minha esposa durante anos. Quando saíamos, eu nunca estava ali de verdade. Sempre estava doido pra voltar pra casa, irritado, pensando em PMO, reparando em outras mulheres, etc. Hoje, no meu 17º dia de reboot, eu finalmente fui capaz de curtir meu tempo com ela, de realmente estar ali. Então eu lhe digo: É possível!

Permaneça firme! Elimine seus gatilhos! Você vai chegar lá!
Grande abraço!

_______________________________________

"Você só vence amanhã se não desistir hoje"




Meu Diário

rah
Mensagens : 37
Data de inscrição : 04/04/2019
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Re: Diario Rah

em 6/4/2019, 21:39
5o dia. Ainda firme. Algumas variações de humor, talvez seja mais pelo cansaço da semana. Eliminei os gatilhos mais óbvios.
Parece que o controle emocional aumentou ligeiramente.

Estou tentando aliar esse reboot à prática de mindfulness. Acho que tem ajudado a me manter firme, principalmente nos momentos em que o cérebro quer se enganar.

Pesquisei um pouco sobre “nofap”, há vários videos no youtube, tanto a favor quanto contra. Não nego que o orgasmo tenha seus efeitos fisiológicos positivos, no entanto, o problema está em como usamos isso. Li o relato de vários foristas e percebo que o meu caso talvez nao seja dos mais sérios (se é que dá para dizer isto). Mesmo assim, acho que estava me prejudicando. Então percebo uma relatividade no que se divulga pela internet.

Acredito que, no meu caso, o processo de reboot será muito benéfico.

Fuerza

_______________________________________
rah
Mensagens : 37
Data de inscrição : 04/04/2019
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Dia 6

em 7/4/2019, 16:36
6o dia. Ainda firme.
Ainda da mesma forma que nos outros dias. Testosterona lá em cima. Todas as mulheres parecem atraentes, objetificação da mulher ainda existe.

É cedo para dizer, mas de forma geral me sinto um pouco mais leve. Sensação parecida com os primeiros copos de cerveja, mas sem a euforia. Libido parece uma coceira que está sempre presente. Em meio às atividades do dia acabo esquecendo, e em alguns momentos fica latente. Nessas horas o cérebro tende a se sabotar, é preciso ficar bem atento. Para mim atividades introspectivas não funcionam nessas horas, nada de meditação, oração, leitura, filme. Tem que ser limpar a casa, pegar o carro e resolver alguma coisa na rua, ou qualquer coisa que mantenha o corpo ocupado de alguma maneira.

Como disse, libido ainda existe e está ali, é só colocar em segundo plano.

Força |,,|

_______________________________________
Valhalla
Mensagens : 147
Data de inscrição : 01/06/2018
Localização : Paraná
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Re: Diario Rah

em 7/4/2019, 20:45
rah escreveu:6o dia. Ainda firme.
Ainda da mesma forma que nos outros dias. Testosterona lá em cima. Todas as mulheres parecem atraentes, objetificação da mulher ainda existe.

É cedo para dizer, mas de forma geral me sinto um pouco mais leve. Sensação parecida com os primeiros copos de cerveja, mas sem a euforia. Libido parece uma coceira que está sempre presente. Em meio às atividades do dia acabo esquecendo, e em alguns momentos fica latente. Nessas horas o cérebro tende a se sabotar, é preciso ficar bem atento. Para mim atividades introspectivas não funcionam nessas horas, nada de meditação, oração, leitura, filme. Tem que ser limpar a casa, pegar o carro e resolver alguma coisa na rua, ou qualquer coisa que mantenha o corpo ocupado de alguma maneira.

Como disse, libido ainda existe e está ali, é só colocar em segundo plano.

Força |,,|

Fala, Rah!

Parabéns pela força! Amanhã já bate o 7º dia. É a primeira de muitas metas. Um dia de cada vez.
Estas atividades "ativas" ajudam bastante. Percebi quão importantes são quando passei a arrumar a cama todos os dias. Percebi que pequenas tarefas cumpridas no dia-a-dia, por mais simples que sejam, dão sensação de dever cumprido, de objetivo sendo alcançado. Isso também tem me ajudado bastante, já que fico procurando coisas para fazer e fazendo na hora. Assim acabo não procrastinando mais nada.

Siga forte! Permaneça firme e chegará ao teu objetivo em breve!
Grande abraço!

_______________________________________

"Você só vence amanhã se não desistir hoje"




Meu Diário

rah
Mensagens : 37
Data de inscrição : 04/04/2019
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Dia 7

em 8/4/2019, 17:33
7o dia. Uma semana sem PM. Sem nenhuma conclusão a respeito do reboot.
Alguma leveza, libido alto, alguma dificuldade de concentração, alguns momentos de mindfulness um pouco mais intensos. Tirando libido que é claramente efeito primário, existem outros experimentos em andamento que podem ter influenciado nesses sintomas - sono, atividade física e dieta principalmente.

De maneira geral, estou feliz de ter atingido a marca simbólica de uma semana, que por si só já é um recorde. Publicar o diário no fórum, assim como ler o diário de outros foristas, é algo que certamente tem contribuido bastante. Um tempo atrás li alguma coisa a respeito da variação produtividade entre praticar uma atividade sozinho e em grupo. Não tinha dado muito crédito para isso, mas neste caso específico do reboot acho que está fazendo muito sentido.

Obrigado a quem desejou força. Vamos lá!!

_______________________________________
rah
Mensagens : 37
Data de inscrição : 04/04/2019
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Dia 8

em 9/4/2019, 10:50
Dia 8
8o dia. Dia mais difícil, tive umas clarezas, acho que foi o dia mais importante do processo. vou narrar os fatos para documentação.

Passei o 7o dia com o pênis meio flácido. Em geral ao menos umas duas vezes por dia fica com alguma quantidade de sangue, mas sem ficar completamente ereto. Nesse caso, estou falando apenas de circulação. A ereção completa normalmente ocorre quando há a estimulação.

No final do dia gerei uma ereção meio que para ver se o mecanismo ainda estava ok. Ressalto que não toquei meu pênis, e não me masturbei. Só lembrar de uns momentos passados já foi suficiente. No final das contas, foi um erro estúpido.

Fato 1: Nos dias anteriores reclamei que o nível de libido estava alto. Na verdade não percebi, mas comparado aos 3 primeiros dias já havia diminuído um pouco. Este exercício, fez o nível voltar ao que seria algo como 48h sem PMO.

Fato 2: Acredito que o nível voltou a uma posição anterior devido a religação neuronal que estava adormecendo. Acho que dá pra dividir o meu vício em 3 partes.
1 - Quando estava consumindo P, de maneira geral gastava muito tempo pensando em sexo e olhava para as mulheres ao meu redor objetificando-as, e as fantasias que tinha geralmente eram de um determinado tipo, mais ilógicas e eu diria sintéticas.
2 - Ao abdicar de P, o tempo pensando em sexo não diminuiu, e as fantasias mudaram para algo mais plausível, eu diria orgânicas.
3 - No último estágio em que me encontro agora, ao abdicar de PM, o tempo pensando em sexo e objetificando a mulher não diminuiu consideravelmente, e as fantasias reduziram drasticamente.

Fato 3: Percebi que no meu caso, a pornografia era mais comodidade do que vício (ou talvez um vício leve, se é que dá pra dizer isso). Enfim, antes de me comprometer com o reboot oficialmente, fiquei 30 dias sem e não foi exatamente um esforço, diferentemente do orgasmo.

Fato 4: Agora parece um pouco óbvio dizer isso, mas ainda não tinha pensado nas coisas dessa forma - a masturbação nunca foi um vício em si mesma, quero dizer, poderia ser substituída por sexo ou qualquer outra forma de estimulação e descarga de dopamina no cérebro. No caso, ela é a forma mais prática.

Fato 5: Pensando no ebook e em outros materiais correlatos, penso que talvez, o fato de gastar uma parte do dia pensando em sexo e olhando para as mulheres e objetificando-as, seja apenas o cérebro utilizando as conexões neurológicas, desenvolvidas ao longo dos anos, visando o caminho mais fácil até a substância que estava acostumado diariamente.

Fato 6: Então, existe uma dependência tanto química quanto psicológica. O quanto de cada um, não sei. Aliás, acho que nem dá pra separar. O fato é que consigo perceber que o desafio é desfazer essas conexões, e a maneira para isso é simplesmente afastar esses pensamentos, e permití-los apenas em momentos mais coerentes e que façam sentido. Ex.: No trabalho não é uma boa hora, mas antes de me deitar com minha esposa sim. Talvez até fosse mais eficiente fazer o reboot em modo hard, mas vou seguir com o plano atual.

Por fim, nada disso é novo. Está tudo na internet. Apenas tentei descrever a sequência de raciocínio que me levou a perceber as coisas dessa forma. Já vinha tentando substituir pensamentos destrutivos, por pensamentos positivos, e adotar uma abordagem mais "good vibes" perante a vida. Vou tentar incluir o reboot nesse modo de ser. Daí vejo onde vai dar.

_______________________________________
Valhalla
Mensagens : 147
Data de inscrição : 01/06/2018
Localização : Paraná
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Re: Diario Rah

em 9/4/2019, 23:20
rah escreveu:Dia 8
8o dia. Dia mais difícil, tive umas clarezas, acho que foi o dia mais importante do processo. vou narrar os fatos para documentação.

Passei o 7o dia com o pênis meio flácido. Em geral ao menos umas duas vezes por dia fica com alguma quantidade de sangue, mas sem ficar completamente ereto. Nesse caso, estou falando apenas de circulação. A ereção completa normalmente ocorre quando há a estimulação.

No final do dia gerei uma ereção meio que para ver se o mecanismo ainda estava ok. Ressalto que não toquei meu pênis, e não me masturbei. Só lembrar de uns momentos passados já foi suficiente. No final das contas, foi um erro estúpido.

Fato 1: Nos dias anteriores reclamei que o nível de libido estava alto. Na verdade não percebi, mas comparado aos 3 primeiros dias já havia diminuído um pouco. Este exercício, fez o nível voltar ao que seria algo como 48h sem PMO.

Fato 2: Acredito que o nível voltou a uma posição anterior devido a religação neuronal que estava adormecendo. Acho que dá pra dividir o meu vício em 3 partes.
  1 - Quando estava consumindo P, de maneira geral gastava muito tempo pensando em sexo e olhava para as mulheres ao meu redor objetificando-as, e as fantasias que tinha geralmente eram de um determinado tipo, mais ilógicas e eu diria sintéticas.
  2 - Ao abdicar de P, o tempo pensando em sexo não diminuiu, e as fantasias mudaram para algo mais plausível, eu diria orgânicas.
  3 - No último estágio em que me encontro agora, ao abdicar de PM, o tempo pensando em sexo e objetificando a mulher não diminuiu consideravelmente, e as fantasias reduziram drasticamente.

Fato 3: Percebi que no meu caso, a pornografia era mais comodidade do que vício (ou talvez um vício leve, se é que dá pra dizer isso). Enfim, antes de me comprometer com o reboot oficialmente, fiquei 30 dias sem e não foi exatamente um esforço, diferentemente do orgasmo.

Fato 4: Agora parece um pouco óbvio dizer isso, mas ainda não tinha pensado nas coisas dessa forma - a masturbação nunca foi um vício em si mesma, quero dizer, poderia ser substituída por sexo ou qualquer outra forma de estimulação e descarga de dopamina no cérebro. No caso, ela é a forma mais prática.

Fato 5: Pensando no ebook e em outros materiais correlatos, penso que talvez, o fato de gastar uma parte do dia pensando em sexo e olhando para as mulheres e objetificando-as, seja apenas o cérebro utilizando as conexões neurológicas, desenvolvidas ao longo dos anos, visando o caminho mais fácil até a substância que estava acostumado diariamente.

Fato 6: Então, existe uma dependência tanto química quanto psicológica. O quanto de cada um, não sei. Aliás, acho que nem dá pra separar. O fato é que consigo perceber que o desafio é desfazer essas conexões, e a maneira para isso é simplesmente afastar esses pensamentos, e permití-los apenas em momentos mais coerentes e que façam sentido. Ex.: No trabalho não é uma boa hora, mas antes de me deitar com minha esposa sim. Talvez até fosse mais eficiente fazer o reboot em modo hard, mas vou seguir com o plano atual.

Por fim, nada disso é novo. Está tudo na internet. Apenas tentei descrever a sequência de raciocínio que me levou a perceber as coisas dessa forma. Já vinha tentando substituir pensamentos destrutivos, por pensamentos positivos, e adotar uma abordagem mais "good vibes" perante a vida. Vou tentar incluir o reboot nesse modo de ser. Daí vejo onde vai dar.

Fala, meu caro!
Parabéns por bater os 7 dias. A primeira semana já foi!

Sobre provocar uma E pra ver se está tudo ok, não acho que seja algo tão incomum. Também fiz isso quando cheguei aos 14 dias, pois estava no meio de uma flatline e mesmo com todo mundo dizendo que era normal, eu queria ter certeza. Lembrei de alguma coisa real pra testar se estava tudo bem. Sendo algo real, não vejo problemas se você conseguir se segurar pra não recorrar a PMO. O problema é assistir P pra testar ou recorrer à M.
Quanto às fantasias e objetificações, com o tempo isto diminuirá. Tive mudanças perceptíveis neste aspecto por volta dos 17 dias, mas ainda não estou completamente curado, claro.

Sobre o fato 5, eu acho que é mais ou menos por aí mesmo. Passamos anos pensando em PMO, sexo e objetificando as pessoas. Acredito que nossa mente fica tão viciada em obter prazer com aquilo, que pensa o tempo naquilo. Falta mostrar ao cérebro que é possível obter prazer com outras atividades, para que possa ir reduzindo a abstinência por PMO e substituí-la por coisas reais.

Fato 6: Realmente parece existir uma mistura de dependência química e psicológica, mas acho que quanto de um ou outro varia pra cada indivíduo. Da mesma forma que tem gente que fica psicologicamente viciada em álcool, tem gente que não fica. Também tem gente que fica quimicamente viciada em cigarro com mais ou menos dificuldade e gente que também desenvolve vício psicológico pela mesma droga e gente que não desenvolve.

É bem legal o fato de você estar racionalizando as coisas durante seu reboot. Ajuda a botar as coisas no lugar, a compreender todo o processo e a te manter com o pé no chão.

Sigamos fortes!
Grande abraço!

_______________________________________

"Você só vence amanhã se não desistir hoje"




Meu Diário

rah
Mensagens : 37
Data de inscrição : 04/04/2019
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Reset

em 10/4/2019, 16:26
Dammit. Não dormi de noite e fiquei doente. Não aguentei, acabei resetando o reboot. Vou usar dois timers agora. Achei que ia ser de primeira, mas não rolou.

Vai ter que ser de 2a, vamo lá

_______________________________________
rah
Mensagens : 37
Data de inscrição : 04/04/2019
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Dia 1

em 11/4/2019, 15:55
Dia transcorreu ok.
Vou usar apenas um contador mesmo. Resetei tudo para hoje, porque mesmo que não tenha tido nenhum evento, acho que só entrei na energia de reboot hoje. Isso pra mim faz muita diferença (sem falar que contando a partir de 0h fica mais fácil)

Issaê, vlw

_______________________________________
rah
Mensagens : 37
Data de inscrição : 04/04/2019
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Dia 2

em 12/4/2019, 21:46
Apenas fazendo o check-in dia 2. Continuamos na labuta

_______________________________________
Valhalla
Mensagens : 147
Data de inscrição : 01/06/2018
Localização : Paraná
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Re: Diario Rah

em 12/4/2019, 23:15
Fala, Rah!

Força, irmão!
Mantenha o ritmo de postar por aqui todos os dias, mesmo que não tenha nada novo a acrescentar. Ajuda muito.

Grande abraço!

_______________________________________

"Você só vence amanhã se não desistir hoje"




Meu Diário

rah
Mensagens : 37
Data de inscrição : 04/04/2019
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Dias 3 e 4

em 14/4/2019, 14:54
Dias transcorreram tranquilamente. Dia 3 foi ótimo. Vigor lá pra cima. Dia 4 nem tanto. A questão do sono regular faz muita diferença.

Sem grandes mudanças ainda o/

_______________________________________
rah
Mensagens : 37
Data de inscrição : 04/04/2019
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Dia 5

em 15/4/2019, 17:01
Check-in dia 5. Tudo ok até então.
O lance é manter a presença de espírito. Ser menos reativo aos impulsos negativos.

Exercício: Perceber com qual parte do pé se está pisando, e em cada passada;
Fazer um caminho diferente do habitual; Usar a mão não dominante em algumas tarefas corriqueiras

_______________________________________
rah
Mensagens : 37
Data de inscrição : 04/04/2019
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Dia 6

em 16/4/2019, 16:04
Check-in 6o dia. So far, so good.
Achei uma motivação extra nos “superpoderes”. Um lance com vaidade e confiança que ainda quero resolver. No final, acho que uma coisa puxa a outra.

Portanto, em compasso de espera. See ya o/

_______________________________________
rah
Mensagens : 37
Data de inscrição : 04/04/2019
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Dia 7

em 17/4/2019, 14:43
Check-in dia 7 um pouco mais cedo. Sem mudanças ainda.
Libido alto. Tem que fazer um esforcinho para manter a presença e foco.

Aqueles dias que a gente se pergunta, “Mas por que estou fazendo isso mesmo?”
Não tanto para se enganar, mas por esquecer mesmo. No caso, foi para ter uma relação melhor com as outras pessoas, em especial a sra minha esposa, e faz parte de um programa maior de aprimoramento pessoal.

Parece não fazer tanto sentido agora, mas to meio indignado com tudo, então vou continuar só pela chatice.

o/

_______________________________________
avatar
Mensagens : 39
Data de inscrição : 11/04/2019
Idade : 28
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Re: Diario Rah

em 18/4/2019, 00:07
É não é fácil manter a disciplina e continuar a jornada.

Várias vezes ao dia vem esse pensamento porque eu tô fazendo isso.
Também creio que é um grande aprimoramento pessoal
rah
Mensagens : 37
Data de inscrição : 04/04/2019
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Dia 8

em 18/4/2019, 16:17
Check-in dia 8.
Dia um pouco mais difícil, mas sem motivo. Amanheceu meio frio, e é véspera de feriado. Fica um sentimento coletivo diferente.

Dia 8 passado deu reset. Esse parece mais de boas em comparação. Mês passado cumpri 15 dias sem M no total, e apenas 3 seguidos. Este mês já foram 16 no total e 8 seguidos (2x), portanto, já bati meu eu do passado, e graças a ele cheguei aqui.

Bom, tirando esses números, não percebi nenhum benefício ainda. 8 dias tá cedo ainda.

Vlw Eddie Red Pill por aparecer aí. Vamos lá o/

_______________________________________
The King
Mensagens : 70
Data de inscrição : 31/03/2019
Idade : 27
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Re: Diario Rah

em 18/4/2019, 22:11
Parabéns pelos 8 dias...
Acompanhando!

Vlw,
Abraço.

_______________________________________
rah
Mensagens : 37
Data de inscrição : 04/04/2019
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Dia 9

em 19/4/2019, 21:43
9o dia quase no final.
Hoje foi mais difícil. Estado de espírito não estava dos melhores, o que me levou a sonhar acordado diversas vezes durante o dia. Parece que todas as mulheres ficaram atraentes de repente.

Há muito tempo que não sou exigente com o padrão de beleza feminino. Uma garota abriu meus olhos quando ainda era adolescente. Por um lado isso é bom, mas por outro, existem mais parceiras em potencial. Para quem é casado e está tentando se recuperar do vício, isso atrapalha pra caramba.

Enfim, lembrei disso e nunca tinha linkado uma coisa com a outra. Talvez o fato de “poder ser qualquer uma” tenha contribuído para o vício (ou em parte seja fruto dele?), mais especificamente para a objetificação da mulher.

Espero que os próximos dias sejam melhores. Boraaaa

_______________________________________
rah
Mensagens : 37
Data de inscrição : 04/04/2019
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Dia 10

Ontem à(s) 17:36
rah escreveu:Espero que os próximos dias sejam melhores. Boraaaa

Então, foi pior. Nem vou mencionar as ideias que meu cérebro teve. Parece que tudo funciona como gatilho. Aliado ao meu humor, às noites mal dormidas e ao humor das pessoas em volta, fica foda.

Serve de contraste para eu ver como estava há algum tempo, acho que era mais ou menos assim, só que com mais dopamina no cérebro.

Me sinto como aquele jogador de poker que foi longe demais sem bala na agulha, e agora não quer abrir mão.

No final, tô pelos 90 dias, depois a gente vê como tá. Faltam só um ano, três meses e uns dias. Zuera, só mais 80 dias e algumas horas.

Vlw

_______________________________________
The King
Mensagens : 70
Data de inscrição : 31/03/2019
Idade : 27
Ver perfil do usuário

Diario Rah Empty Re: Diario Rah

Ontem à(s) 17:41
Força para passar por esses dias difíceis.


_______________________________________
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum