Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Mensagens : 1
Data de inscrição : 24/04/2019
Idade : 25
Ver perfil do usuário

Diario do Kolisium Empty Diario do Kolisium

em 25/4/2019, 00:07
Bom, não sei bem por onde começar mas vamos la.

A 2 anos atras eu trai minha namorada com garotas de programa e uma outra mulher. Depois disso ela descobriu e terminou comigo, na epoca tive inicio de depressão, emagreci 10kg e procurei por ajuda, nesta epoca estavamos terminados mas ela  nunca me abandonou, ela não me queria mas não me abandonou, fomos conversando, procurei por deus na igreja catolica e no espiritismo, procurei ajuda com psicologos e psiquiatras até que com a terapia a minha volta a ir na academia eu consegui mostrar a minha mudança e ter a minha amada de volta, desde os meus 13,14 anos efetuava o PMO diariamente, pelo menos 1, com excessões de quando eu viaja com ela e ficava sem praticar, coisa que pra mim era normal, pra mim todo homem fazia isso pois eu fui apresentado a pornografia muito novo e de la pra ca isso se tornou rotina fazendo com que pra mim fosse uma coisa corriqueira e eu não denominava como um vicio de forma nenhuma. Em si eu nunca tive DE, e nunca precisei fantasiar pornos muito pesados para me excitar ao transar com uma pessoas real, porem eu gostava de ver coisas diferentes alem do casual homem e mulher como, orgias, lesbicas, as vezes via incesto(pois sabia que era tudo encenado), DP, lesbicas e entre outros do mesmo nivel. Então desde essa traição eu continuava a olhar fotos de mulheres da minha cidade, atraves de um fake no instagram, tais mulheres tinham corpos que eu achava atraente e eu procurava por fotos com decotes e tudo mais, alem do porno, para me satisfazer, sendo que o sexo com minha namorada sempre foi bom. Tive esse fake por alguns meses e sempre q eu praticava a PMO chegava a um certo nivel do prazer que meio que aquilo não me satisfazia e eu pensando com a cabeça de baixo queria fazer aquilo com uma pessoa real de carne e osso, só que na maioria esmagadora de vezes eu me continha acabava o q tinha que fazer e não acontecia nada demais, porem a algumas semanas eu mandei mensagem por este fake para um menina que eu ja havia ficado 1 vez, tentando combinar de sair e fazer sexo com ela novamente. E minha namorada descobriu semana passada, desde então eu estou triste e comecei a procurar se a pornografia aumenta as chances de infidelidade pois a PMO serviria pra mim como um gatilho para isso e então descobri que não somente aumenta as chances de infidelidade (o meu gatilho é a PMO) como varias das minhas atitudes que eu tinha com minha namorada e que ela sempre reclamou e eu cegamente achava que isso era meu jeito e eu encontrei como sendo consequencias do vicio de PMO, não colocando toda a culpa nisso mas como isso sempre me cegou se eu parar pode ser que eu descubra um novo eu q eu nunca havia experimentado e então cheguei ate o metodo reboot e ao forum, ja li alguns relatos e estou confiante que isso que tenho é um vicio e eu sou capaz de me livrar dele, pois agora eu estou a um fio de perder a minha namorada da qual eu amo demais pela caca q eu fiz.

As atitudes que mencionei acima como consequencias da PMO são, tratar minha namorada como um objeto sexual, olhar pra qualquer mulher que eu ache atraente e imaginar coisas obscenas com elas, não dar importância para as emoções dos outros quanto a mim, todo o carinho que eu dava para a minha namorada era com a finalidade de fazer sexo com ela.

Estou aqui pois acredito que meus atos são de um viciado em PMO e achei a proposta do forum muito legal. Eu não sou muito bem em me expressar mas espero que dê pra entender como estou me sentindo e como as coisas estão. E hoje completa 3 dias que comecei o reboot e sigo firme e confiante!
Henrique1Gomez
Mensagens : 68
Data de inscrição : 21/11/2016
Idade : 22
Localização : Goiás
Ver perfil do usuário

Diario do Kolisium Empty Re: Diario do Kolisium

em 1/6/2019, 08:53
Bem-vindo! Estaremos todos com você, mano.

O vício fode com a cabeça da gente, é um lixo. Eu tenho isso de ficar objetificando as mulheres que vejo na rua, e é uma merda mesmo. Perdi uma namorada recentemente e o porno foi um dos muitos motivos para terminarmos. Não quero isso para você e para nenhum outro parceiro aqui do fórum.

Também ocorreu comigo de muitos anos de pornografia me colocaram em categorias mais pesadas de porno, como o transexual. Mas tenha em mente que tudo que você está passando é passageiro, faça o reboot e tome isso como um estilo de vida!

Tem uma pequena "receita" para te AJUDAR a vencer isso:

- Baixe bloqueadores em todos os seus dispositivos;
- Faça atividades que gastem sua energia (exercícios físicos, estudos, hobbies).
-Fique longe de qualquer coisa que remeta a pornografia
- Foque em relacionamentos reais e faça sexo com pessoas reais, sem pensar na pornografia.
- Mantenha seu diário atualizado sempre que puder
- Se cair, analise onde estava a brecha e a feche.
-Viva um dia de cada vez.

Com dedicação diária, você e eu seremos homens melhores!

_______________________________________
"Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus.
Considerai, pois, aquele que suportou tais contradições dos pecadores contra si mesmo, para que não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos."  
Hebreus 12:2,3.

Link: Minha batalha, minha vitória!
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum