Compartilhe
Ir em baixo
Samurai_Bushido
Mensagens : 10
Data de inscrição : 15/03/2019
Ver perfil do usuário

Diário do Samurai_bushido Empty Diário do Samurai_bushido

em 22/7/2019, 20:40
Bom, primeiramente, confesso que escrevo aqui com uma tremenda relutância. Conheci o fórum em 2016. Li alguns relatos na época, mas não quis criar uma conta. Nesse ano (2019), topei novamente com o fórum e, dessa vez, resolvi dar mais atenção. Li relatos de sucesso e diversos diários. Era um misto de sensações, às vezes bastante alegria em ler relatos vitoriosos, às vezes tristeza ao ler relatos difíceis e, constantemente, perceber que alguns abandonaram o fórum, deixando dúvidas sobre o que aconteceu. Resolvi primeiramente criar uma conta para esporadicamente comentar em alguns diários que eu acompanhava bastante, mas anonimamente. Na época que tive esse contato com o fórum (março desse ano) engatei um reboot de 70 dias. Foi meu record até o momento, mas irei contar minha história logo abaixo. Fico um pouco relutante porque nesse processo de ver pessoas indo e vindo, parece-me, às vezes, que eventualmente as pessoas que terei contato irão sumir ou algo assim. Creio que isso é fruto da quantidade de vezes na minha vida que pedi ajuda para pessoas e em um curto espaço de tempo elas meio que esqueceram do problema (falarei sobre isso mais adiante também). Enfim, resolvi criar para dar uma chance, tentar algo novo, sendo que hoje tive uma queda depois de 10 dias. Há muitos que eu acompanho bastante, alguns já não estão aqui e outros ainda estão, mas que, direta ou indiretamente me influenciaram na decisão de criar esse diário (Beren, Guerreiro JD, Valhala, The King, Luke, Soli deo Gloria, Seeker, Vierkeness).
Sobre minha história, é extremamente parecida com a de muitos aqui. Conheci a M com 11 anos, "sozinho". A P nessa mesma época, por meio de programas que passavam de madrugada na TV. Por essa idade já tinha computador e não demorou muito até que eu, mesmo tendo internet discada, buscasse formas de ver pornografia. Já até fui descoberto algumas vezes pelos meus pais, mas o máximo que recebi foram conversas constrangedoras e nada mais. Talvez a maior diferença entre mim e outros rebooters foi que DESDE A PRIMEIRA vez que pratiquei M eu já senti que tava fazendo algo errado. O mesmo aconteceu com em relação à P. Sabia que era algo centrado em mim mesmo e nunca confiei nesse papo de que isso é importante para se autoconhecer ou qualquer coisa nesse tipo (respeito quem acha M algo natural/normal, mas não penso assim). Ou seja, tento parar desde a primeira vez... viciei extremamente rápido e estou na luta há 15 anos, incessantemente. Já busquei ajuda de algumas pessoas. As que não entendiam o vício não conseguiam ajudar, pois não faziam a menor ideia do que eu sentia e passava. As que entendiam o vício, também eram viciadas. Logo, tinham sérias dificuldades em ajudar também. Isso me fechou bastante em procurar ajuda. Enfim, Já li livros sobre o assunto, já li o e-book do fórum e tenho bloqueadores. Quanto aos últimos, é complicado para mim porque sou a prova viva de que não existe bloqueador perfeito. Sempre há falhas, mas tenho me esforçado em aprimorar mais ainda o bloqueio mental. Por volta dos 17 anos consegui ficar 32 dias sem PMO. Foi um recorde e foi algo incrivelmente tranquilo. Simplesmente aconteceu e foi ótimo. Depois recaí por um vacilo (vocês sabem bem o que é isso). Já em 2013 consegui ficar 11 dias e, mais recente, consegui 70 dias, tendo recaído em maio. Desde então tive quedas após quedas e mais uma recaída hoje, após um período bom de 10 dias. Mas essas 70 dias foram incríveis. Muitas lutas, de fato, mas incríveis. Senti que minha ansiedade praticamente desapareceu, minha energia na academia aumentou muito. Ainda sinto alguns efeitos positivos desse tempo, mas a maioria já passou após tantas recaídas. Sobre os efeitos negativos: ansiedade e extrema insegurança. Falta de confiança, procrastinação, tristeza profunda, pensamentos suicidas, tudo isso... Antes de que ter contato com PMO eu era chamado pelos meus professores de "menino prodígio". Não estou dizendo que era um gênio ou algo assim (nem perto disso), mas era extremamente esforçado, estudioso e atento. Depois mudei drasticamente. Nunca me tornei um mal aluno, mas virei regular, empurrando as coisas com a barriga. Estudei em uma excelente faculdade e em um curso muito bom, mas fiz bem "meia-boca" e agora estou estudando pra concurso. Já tive ótimas oportunidade e desperdicei... tenho algumas lutas em relação ao meu passado, pensar no que eu poderia ser e no que eu sou às vezes me assombra, confesso. Atualmente estudo para um concurso que está em vias de sair o edital. Sei que seria algo que mudaria muito minha vida (a aprovação). Estou noivo e sonho muito em casar, constituir família e ser pai. Sei que tenho potencial e, atualmente, o meu maior empecilho são as quedas. Sou do tipo que quando caí parece que o dia perdeu o sentido e outros abismos vêm em sequência. Enfim, esse é um resumo da minha história, se lembrar de algo acrescento depois (ou caso tenham alguma dúvida). Conto com a ajuda de vocês, preciso bastante.

_______________________________________

/iframe>
Samurai_Bushido
Mensagens : 10
Data de inscrição : 15/03/2019
Ver perfil do usuário

Diário do Samurai_bushido Empty Início

em 23/7/2019, 10:08
Começo o dia primeiro ainda sentindo os impactos da queda de ontem. Meu objetivo para esse dia é conseguir (rendendo bastante), ir à academia e ir para despedida de um amigo. Confesso que ainda é estranha a ideia de ter um diário aqui, mas vamos ver no que vai dar... Um leão por dia.

_______________________________________

/iframe>
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 1199
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 27
Ver perfil do usuário

Diário do Samurai_bushido Empty Re: Diário do Samurai_bushido

em 23/7/2019, 20:12
Caro Samurai_Bushido, primeiramente boas vindas e meu sincero incentivo a que conquiste sua libertação. Devo dizer que minha história tem várias coisas em comum com a sua.

Não só você, também eu infelizmente tinha noção, desde o princípio, de que agia errado ao me entregar ao vício. Ruminava, e com razão, escrúpulos oriundos de convenções familiares, sociais e até oriundas de alguma maturidade pessoal. Foi de safadeza mesmo que acabei seguindo pelo "caminho mais fácil". Além, também fui durante um tempo considerado "garoto prodígio", tanto na escola quanto em família, por ser excelente aluno , ter memória aparentemente fotográfica e ler e escrever desde cerca de 2 anos, além de desde pequeno acumular relativo conhecimento histórico-cultural sobre assuntos diversos e ter certa capacidade para falar sobre eles. Diga-se de passagem, foi só iniciar a prática maldita, entrando para o 9º ano do Ensino Fundamental, que minha vida acadêmica ruiu e nem sei bem como tenho hoje Curso Superior completo e sou concursado. E assim como você também já tive pensamentos suicidas (após um choque de realidade violentíssimo), quase levando-os a cabo em 2009 às vésperas do Vestibular, e também desenvolvi mania de ficar pensando no que poderia ter sido, ruminando oportunidades perdidas, martirizando-me de tal modo que, se não me matasse, ficaria congelado sem qualquer interesse em olhar para frente na vida. Para completar as semelhanças entre nós, também sou concurseiro, estudo para um cargo melhor que aquele que atualmente ocupo e cujo edital está iminente.

Coincidências à parte, saiba que de qualquer modo elas geram identificação entre nós, expondo pontos em comum na saga de cada um aqui rumo à libertação. A você toda a força e disposição para vencer, caro. Estamos juntos!

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t2940-24-de-volta-a-guerra-ferido-humilhado-ate-injusticado-mas-nunca-vencido



Win or die trying.
TheMan
Mensagens : 130
Data de inscrição : 15/07/2019
Idade : 26
Ver perfil do usuário

Diário do Samurai_bushido Empty Re: Diário do Samurai_bushido

em 24/7/2019, 22:27
Samurai_Bushido escreveu:Começo o dia primeiro ainda sentindo os impactos da queda de ontem. Meu objetivo para esse dia é conseguir (rendendo bastante), ir à academia e ir para despedida de um amigo. Confesso que ainda é estranha a ideia de ter um diário aqui, mas vamos ver no que vai dar... Um leão por dia.

Bem-vindo ao fórum, Samurai!

E é exatamente como você disse mesmo: um leão por dia. Um passo por vez, e nesse período você vai vendo como é a sensação de compartilhar o dia a dia por aqui no fórum.

Parece estranho no começo, mas vai por mim: ajuda e muito no reboot.

Forte abraço!

_______________________________________
"Chutando a pornografia para fora da minha vida. Um dia por vez."



Meu diário: http://www.comoparar.com/t9346-diario-do-theman
Beren Erchamion
Mensagens : 491
Data de inscrição : 25/06/2018
Idade : 26
Ver perfil do usuário

Diário do Samurai_bushido Empty Re: Diário do Samurai_bushido

em 28/7/2019, 16:47
Salve, Samurai!

Obrigado pelo apoio no meu diário, meu caro. Vou procurar ajudá-lo aqui da melhor forma que eu puder.


_______________________________________
Acompanhe meu Diário

Reboot (inicial): 10/90 (11.1%)

Metas:
- 15 dias (66.6%)

Rottweiler
Mensagens : 44
Data de inscrição : 22/07/2019
Idade : 27
Ver perfil do usuário

Diário do Samurai_bushido Empty Re: Diário do Samurai_bushido

em 5/8/2019, 00:09
Blz Samurai,

Obrigado pelo apoio no meu diário. Estarei acompanhando sua batalha aqui. Já ter alcançado 30 e 70 dias mostra que você é determinado.

Força.
Vlw.
Abraço.

_______________________________________
DIÁRIO: http://www.comoparar.com/t9368-diario-do-rottweiler



METAS:
005 ( ) 010 ( ) 015 ( ) 020 ( ) 025 ( )
030 ( ) 035 ( ) 040 ( ) 045 ( ) 050 ( )
055 ( ) 060 ( ) 065 ( ) 070 ( ) 075 ( )
080 ( ) 085 ( ) 090 ( ) 095 ( ) 100 ( )
avatar
Mensagens : 253
Data de inscrição : 09/12/2018
Ver perfil do usuário

Diário do Samurai_bushido Empty Re: Diário do Samurai_bushido

em 6/8/2019, 22:12
vamos por partes

cuidado para quem voce conta seu problema. Voce respondeu a si mesmo: se voce desabafa com alguem que tenha o problema, são os dois num "titanic". Se voce conta para alguém que não tem, não vai entender.

Já disse em outro tópico: dizer que tem câncer, pneumonia, gastrite, colesterol alto é moleza (obs: dizer é moleza, mas cada doença tem sua gravidade). O problema é divulgar que voce está broxando ou é punheteiro. Voce simplesmente arruma outro problema.

Quanto ao fato de ser noivo, sei como é. Não sou noivo, mas namoro há muito tempo. E minha mina é muito gata (garanto que é sonho de consumo de muita gente).

Sabe o que é ve-la nua e não sentir nada? Pois é....parece que estou vendo um sofá.

Pense que nesse "titanic" algumas vezes sobreviverão (cura) e outras não. Ou seja: tenha fé
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum