Ir em baixo
imaginaryHorace
imaginaryHorace
Mensagens : 18
Data de inscrição : 16/12/2019

Meu relato com a pornografia Empty Meu relato com a pornografia

em 16/12/2019, 11:32
Estou com 39 anos e desde os 15 iniciei na pornografia. E tenho travado uma luta contra ela a muitos anos, sem sucesso. Mas estou decidido a lutar e por isso estou aqui no "nofap". Já conhecia o movimento, mas não consegui parar. Vou fazer um relato de como foi minha vida com essa coisa abominável da pornografia. Com 15 anos, na época que não tinha internet eu conseguia alugar filme vhs de porno hetero. Sempre tive interesse por mulheres então achava a coisa mais normal alugar filmes pornô de mulher. Na época era coisa de moleques, mas eu já percebia que alguns gostavam mais de pornografia do que outros. E eu era um dos que mais gostava. Talvez por carência afetiva, sei lá, mas me apeguei demais à pornografia. Comprava revistas importadas de mulheres mais velhas, as "milf" e sempre me masturbava.

Ao 18 anos em uma locadora vi um vídeo na estante com o filme Mr. Madonna 2, um filme de travesti. Ao ver aquilo meu cérebro viciado em pornografia ligou na hora. Ou seja, P hetero já não me servia mais. Tive necessidade de aprofundar e a partir daquele momento passei a consumir pornografia de travestis. Aí sim me viciei ao extremo, chegando ao ponto de dar um basta hoje ! Já tentei diversas vezes parar por conta própria dos vícios e hábitos destrutivos que a pornografia me levou, sem sucesso. Por isso hoje estou aqui, começando com meu relato pra desabafar e tentar parar com isso.

Voltando, fiquei muito viciado em pornografia com travestis. Cheguei a ter uma pasta com mais de 10.000 fotos de travestis, todas eu salvei uma a uma. Nessa época eu passei a morar sozinho e aí sim me afundei mais ainda. Criei o hábito de fazer uso de substâncias juntamente com pornografia, por exemplo, cigarro, bebida e outras drogas.

Era meu mundinho, chegava em casa, ligava o computador, colocava nos sites de travestis que tinha de estimação e começava. Fumava um baseado, fumava 3 cigarros e bebia 3 cervejas. Não preciso nem dizer o que essa mistura deu né?

Mas hoje vejo com olhar de quem está querendo sair da pornografia o tanto que ela é parecida com drogas. Eu fui buscando cada vez mais pornografia pesada. Eu estava tão viciado em pornografia de travesti que comecei a por em prática tudo que eu via na internet. Passei a ir um boates gls, ficar com travestis etc, mas meu desejo mesmo é mulher. Gosto de mulher e sinto prazer com elas, mas a pornografia deturpou minha relação com as mulheres. Tive namoradas e tal, mas não vingou pois sempre estava vendo porno escondido.

No afundamento moral, espiritual, físico e emocional que a pornografia me colocou, quando estava namorando uma travesti comecei, sozinho, a usar roupas femininas, mas para fazer isso com mais prazer e menos culpa, eu tinha que estar chapado.

Com o passar dos anos fui procurando cada vez mais pornografia pesada que logo estava vendo porno gay, pesado mesmo.

Aí foi indo, usando substâncias, aprofundando na pornografia pesada (só não cheguei ao ponto de sexo com animais nem escatologia) e teve um dia que conheci uma nova modalidade de pornografia que nunca tinha visto: a pornografia de hipnose. Tem sites especializados em fazer vídeos porno de hipnose com o intuito de mudar seu gênero, sei lá.

Enfim, no final das contas eu deixei de ser eu mesmo e passei a acreditar que eu queria me tornar outra pessoa, isto é, passei a querer ser travesti. Se for pra ser, tudo bem, não tem problema algum. Mas a questão que eu não aceito é que hoje vejo claramente que cheguei nesse ponto por conta da pornografia. Vejo meu percurso e sei que minha vida tomou um caminho que não era pra ter tomado por conta da pornografia. Eu percebo que é como droga: vai aprofundando.

Chega ! Quero parar !
imaginaryHorace
imaginaryHorace
Mensagens : 18
Data de inscrição : 16/12/2019

Meu relato com a pornografia Empty Diário

em 16/12/2019, 16:23
Então, hoje decidi parar com a pornografia. Estou refletindo hoje o dia todo, como esse hábito se tornou um vício para mim. Lembro que a muitos anos atrás já sentia que estava escravizado pela P e escrevi no vidro do banheiro que já começava a contar os dias sem P. E até hoje estava nisso.

Hoje, às 06:00 foi quando tive minha ultima PMO. Como hoje também é meu primeiro dia de férias, já estou pronto pra voltar a fazer atividades físicas. Parei total. Estava fumando, emburacando na P. Deprimido, baixo auto estima. E estava lendo outros tópicos aqui e achei muito bom saber a relação da P com a depressão. Foram tantos anos, décadas consumindo P, e agora, aos 39, que realmente criei coragem para lutar contra isso.

A pornografia é o gatilho para me afundar em outras substâncias. Quando via P, tinha vontade de fumar cigarro. Depois ia fumar maconha. E quando fumava maconha me dava uma vontade incontrolável de ver pornografia. E ia pras baladas colocar o que tinha criado em minha mente como fantasia e pra isso tinha que beber. Ou seja, estava num círculo vicioso horrível e não quero ir para o fundo do poço novamente não. Peço muito ao meu Deus que tenha misericórdia de mim e compreensão dos colegas aqui para entender meu sofrimento.
imaginaryHorace
imaginaryHorace
Mensagens : 18
Data de inscrição : 16/12/2019

Meu relato com a pornografia Empty Diário, dia 2

em 17/12/2019, 12:25
Consegui voltar às atividades físicas. Ontem, dia 01, corri 40 min e hoje corri 44 min. Muito bom. Teve momentos que depois de correr, me senti tão maravilhosamente bem, levantando os braços para cima, para o céu azul lindo, e agradecendo estar de volta luta, ao combate, pois do jeito que estava, enburacado no quarto, fumando, masturbando, vendo pornografia, eu não estava lutando. Eu estava sucumbindo, desistindo.

E estava refletindo sobre a pornografia (utilizarei a letra P daqui pra frente) e tudo que fez com minha vida. Baixei o Guia Introdutório e já o estou lendo. Achei a parte que diz sobre as conseqüências da P totalmente aplicáveis a minha vida:

perda de interesse pela parceira
disfunção erétil
confusão mental
procrastinação
incapacidade de concluir metas
sentimentos constantes de vergonha e culpa
ejaculação precoce
gostos sexuais divergentes da sua orientação sexual


Tudo isso aconteceu em minha vida. Como não parar e tentar mudar de vida ?

E estou muito feliz de ter encontrado esse site que trata a respeito disso.. Até hoje não conversei com ninguém aqui, mas só de ler os relatos de outras pessoas, ter esse fórum para poder falar sobre esse problema, já me sinto muito aliviado, seguro.

Ano passado fui em uma psicóloga sexual e falei a respeito disso para ela, mas depois de 10 sessões ela orientou a eu me aceitar como bissexual. Mas não era isso meu problema. Eu sabia e sei que esse gosto sexual não fazia parte de mim e que o adquiri vendo P.

Mas ela não conseguiu entender muito como a P pode influenciar nossas preferências sexuais.

Estou muito empolgado até, pois aqui estou me descobrindo, por exemplo a respeito dessa questão de gostos sexuais. Tem o termo HOCD que acho que tem a ver com isso, mas ainda não tive tempo de estudar a respeito.

Enfim, vou nesses 90 dias me aprofundar muito aqui, pois assim vou retirando a P na minha vida e logo vou conseguir preencher as lacunas com atividades saudáveis, como atividades físicas, estudos, aprofundar minha espiritualidade entre outras.
Jack.
Jack.
Mensagens : 138
Data de inscrição : 22/10/2019

Meu relato com a pornografia Empty Re: Meu relato com a pornografia

em 17/12/2019, 13:17
dFerr39 escreveu:Consegui voltar às atividades físicas. Ontem, dia 01, corri 40 min e hoje corri 44 min. Muito bom. Teve momentos que depois de correr, me senti tão maravilhosamente bem, levantando os braços para cima, para o céu azul lindo, e agradecendo estar de volta luta, ao combate, pois do jeito que estava, enburacado no quarto, fumando, masturbando, vendo pornografia, eu não estava lutando. Eu estava sucumbindo, desistindo.

E estava refletindo sobre a pornografia (utilizarei a letra P daqui pra frente) e tudo que fez com minha vida. Baixei o Guia Introdutório e já o estou lendo. Achei a parte que diz sobre as conseqüências da P totalmente aplicáveis a minha vida:

perda de interesse pela parceira
disfunção erétil
confusão mental
procrastinação
incapacidade de concluir metas
sentimentos constantes de vergonha e culpa
ejaculação precoce
gostos sexuais divergentes da sua orientação sexual


Tudo isso aconteceu em minha vida. Como não parar e tentar mudar de vida ?  

E estou muito feliz de ter encontrado esse site que trata a respeito disso.. Até hoje não conversei com ninguém aqui, mas só de ler os relatos de outras pessoas, ter esse fórum para poder falar sobre esse problema, já me sinto muito aliviado, seguro.

Ano passado fui em uma psicóloga sexual e falei a respeito disso para ela, mas depois de 10 sessões ela orientou a eu me aceitar como bissexual. Mas não era isso meu problema. Eu sabia e sei que esse gosto sexual não fazia parte de mim e que o adquiri vendo P.

Mas ela não conseguiu entender muito como a P pode influenciar nossas preferências sexuais.

Estou muito empolgado até, pois aqui estou me descobrindo, por exemplo a respeito dessa questão de gostos sexuais. Tem o termo HOCD que acho que tem a ver com isso, mas ainda não tive tempo de estudar a respeito.

Enfim, vou nesses 90 dias me aprofundar muito aqui, pois assim vou retirando a P na minha vida e logo vou conseguir preencher as lacunas com atividades saudáveis, como atividades físicas, estudos, aprofundar minha espiritualidade entre outras.


Boa tarde  dFerr39!
Seja bem vindo... Meu vicio maior em pornografia tbm são vídeos de transexuais, e entendo que a cada dia nossa mente quer mais e mais... Estou nesse vicio há 40 anos e sempre tentando sair sem sucesso... Aqui no fórum vi uma luz, vi que o problema era pornografia e não masturbação e vi que não estava sozinho nessa luta , vi que não era tão fraco, entendi que o vicio é muito forte, e entre quedas e recomeços estamos ai há quase 3 meses. Espero de coração que continue firme e nunca desista. Boa sorte! Abraços!!!

_______________________________________


Diário study JACK.
Suba o primeiro degrau com fé. Não é necessário que você
veja toda a escada. Apenas dê o primeiro passo.

Martin Luther King
imaginaryHorace
imaginaryHorace
Mensagens : 18
Data de inscrição : 16/12/2019

Meu relato com a pornografia Empty Diário, dia 2

em 17/12/2019, 14:26
Obrigado pelas palavras de incentivo. E saber que temos os mesmos problemas e estamos no mesmo propósito me faz ficar mais confortável e confiante de que vai dar certo. Aliás já está dando certo, pois estamos aqui.

_______________________________________
imaginaryHorace
imaginaryHorace
Mensagens : 18
Data de inscrição : 16/12/2019

Meu relato com a pornografia Empty Diário, dia 2 - Começou a batalha da mente.

em 17/12/2019, 14:39
Então, já tentei parar de pornografia muitas e muitas vezes sem sucesso. Mas agora vou dizer o tanto que que ela é poderosa, pois deixei ela dominar minha vida por décadas.

A alguns poucos anos atrás descobri uma nova forma de pornografia, que faz hipnose. Como meu foco na P era transexuais eu descobri esse tal "sissy hypno". Galera, simplesmente isso foi o limite para mim. Essa P induz as pessoas se tornarem, sei lá, afeminados, transexuais, esse tipo de coisa.

Antes de mais nada, não tenho nada contra quem é travesti, transexual. Eu só quero parar com o vício em pornografia.

Continuando: aí ultimamente, quando tava enburacado mesmo, eu via muito desses vídeos de hipnose e com certeza eles estão em meu subconsciente.

Acabou de acontecer algo que vai se repetir mais vezes e com maior intensidade:

Estava tirando um cochilo agora na hora do almoço e quando estava com o sono bem leve, do nada me vem uma vontade, um desejo, uma loucura de realizar todas as fantasias que criei em minha mente através da P. Da vontade louca de levantar, e fazer as putarias que eu via na internet.

Começou agora e só estou vivendo o segundo dia de abstinência. Tenho que me preparar que vai acontecer com mais força.

O problema dessa porcaria de pornografia é que o negócio tá la no fundo da minha mente, escondida, que aparece quando estou dormindo

_______________________________________
MascaradeFerro
MascaradeFerro
Mensagens : 123
Data de inscrição : 04/12/2019
Idade : 29

Meu relato com a pornografia Empty Re: Meu relato com a pornografia

em 17/12/2019, 16:42
Meu amigo dFerr39

Entendo como se sente, a pornografia tambem me levou ao mundo homo.
Sou casado, adoro fazer sexo com minha mulher, mas a pornografia me deixou fissurado em relacionamentos homo. o estranho é que nao sinto prazer mas sinto uma necessidade. Enfim, estou largando disso, nao quero mais ser tao baixo com relaçao aos meus ideiais, nao quero mais, eu nao sou assim!

Vou te acompanhar nessa luta cara, voce nao esta sozinho!
Nao vai ser facil, acredite voce vai enfrentar dias que serao mto ruins e o vicio vai te machucar pra voce fazer o que ele quer mas nao aceite. AQUI É LUTA!

_______________________________________
Me acompanhe --> Meu Diário

imaginaryHorace
imaginaryHorace
Mensagens : 18
Data de inscrição : 16/12/2019

Meu relato com a pornografia Empty Diário, dia 2

em 17/12/2019, 18:09
MÁSCARA DE FERRO

Fico feliz de ler sua mensagem e o que disse no final é muito sério: AQUI É LUTA !

Como já tive a situação de relacionar a pornografia com outras substâncias, álcool, cigarro e outras drogas, percebo uma semelhança com os grupos de ajuda para quem abusa de tais substâncias.

Onde quero chegar: tantos nos grupos de ajuda, como aqui, o foco é largar o vício.

E ISSO É MUITO SÉRIO !

Se eu voltar para a pornografia, que é gatilho para mim, certamente logo estarei indo para tais substâncias, pois foram décadas relacionando tais "prazeres" maléficos.

Então isso aqui, esse fórum, é muito sério. AQUI É LUTA !

Nem sei se devia me abrir tanto assim aqui, mas é a forma que estou conseguindo escrever meu diário.

_______________________________________
Jack.
Jack.
Mensagens : 138
Data de inscrição : 22/10/2019

Meu relato com a pornografia Empty Re: Meu relato com a pornografia

em 17/12/2019, 18:35
dFerr39 escreveu:MÁSCARA DE FERRO

Fico feliz de ler sua mensagem e o que disse no final é muito sério: AQUI É LUTA !

Como já tive a situação de relacionar a pornografia com outras substâncias, álcool, cigarro e outras drogas, percebo uma semelhança com os grupos de ajuda para quem abusa de tais substâncias.

Onde quero chegar: tantos nos grupos de ajuda, como aqui, o foco é largar o vício.

E ISSO É MUITO SÉRIO !

Se eu voltar para a pornografia, que é gatilho para mim, certamente logo estarei indo para tais substâncias, pois foram décadas relacionando tais "prazeres" maléficos.

Então isso aqui, esse fórum, é muito sério. AQUI É LUTA !

Nem sei se devia me abrir tanto assim aqui, mas é a forma que estou conseguindo escrever meu diário.


Boa noite!
"Nem sei se devia me abrir tanto assim aqui, mas é a forma que estou conseguindo escrever meu diário. "
Deve se abrir sim, colocar pra fora, o que escrevo no meu diário não teria coragem de falar pra ninguém, e me ajuda muito... não importa se alguém lê, se alguém opina sobre... importa é que escrevendo acaba se conhecendo melhor e encontra soluções. Abraços!!!

_______________________________________


Diário study JACK.
Suba o primeiro degrau com fé. Não é necessário que você
veja toda a escada. Apenas dê o primeiro passo.

Martin Luther King
imaginaryHorace
imaginaryHorace
Mensagens : 18
Data de inscrição : 16/12/2019

Meu relato com a pornografia Empty Reparando os erros do passado

em 18/12/2019, 11:24
Esse ano foi um ano que minha vida desandou demais. Foram diversos fatores, mas a P. esteve sempre presente. Que vício.

Lembro de uma fase que saia do trabalho, vinha em casa fumar cigarro e ver pornografia. Me iludia dizendo: " Vou em casa fumar e logo volto". Dizia isso, pois só fumava escondido, em casa. E aí ligava o computador, colocava meus sites de preferência e me masturbava sem chegar ao O. Se chegasse ao O. perdia a graça, pois voltava a realidade.

Neste momento estou muito angustiado. Já perdi muitas oportunidades em minha vida por conta do vício principal que luto contra: Pornografia. E algo que me dói muito é que acabou o namoro que tinha com uma mulher maravilhosa. Estava tão perdido, tão afundado no buraco, que consegui perder o namoro.

Essa noite conversamos bastante sobre a possibilidade de voltarmos, mas ela perdeu a confiança em mim. Pois a P. faz o inferno na nossa vida, como perder o interesse pela parceira, confusão mental entre outras.

E ela está reticente em voltar e com toda certeza. Fiz ela sofrer demais. Fui um canalha com ela. Ela que não imagina as merdas que fiz escondido dela, influenciado pela P.

Enfim, vida que segue ...  só me resta a oração da serenidade nesse momento:

Concedei-nos Senhor a SERENIDADE necessária para aceitar as coisas que não podemos modificar
CORAGEM para modificar as que podemos
e SABEDORIA para distinguir umas das outras


Amém ,,, vontade de chorar ..

_______________________________________
Pr.piloto
Pr.piloto
Mensagens : 274
Data de inscrição : 31/03/2019

Meu relato com a pornografia Empty Re: Meu relato com a pornografia

em 18/12/2019, 11:56
Amigo li seu relato e me identifiquei em alguns pontos, nunca cheguei ter sexo real com homens, mas ja me masturbei na webcan diversas vezes, e tudo começou com a pornografia hetero, depois suruba, depois homens se masturbando, até q comecei a por em pratica tbm, só que por webcan. Sempre soube que era hetero, mas com o tempo, os malefícios da pornografia vinheram e minha ficha caiu quando tive a primeira disfunção erétil, passe no meu diario e de uma lida, la tem todo o meu processo de recuperação no primeiro reboot e quem sou hoje, e por que ainda estou aqui, vai te ajudar muito.

Quanto ao seu reboot, espero que não caia, mas se acontecer, separe 2 semanas e se M, apenas com seus pensamentos e vai diminuindo a frequência ao longo dos dias, um dia 4 vezes no outro 3 até uma vez ao dia, e claro que tente sempre direcionar seus pensamentos a sua orientação sexual, mas deixe fluir naturalmente se os primeiros dias nao der certo, e vc fantasiar com pornografia gay, n tem problema sua mente ainda esta intoxicada, com o tempo essas imagens vão sumindo. Quando estiver se M, apenas uma vez ao dia, repita por 3 dias, depois disso se abstenha totalmente de PMO.

Vc lendo assim, parece que vai retardar seu processo de cura, mas não, você vai esta descontaminando seu mente, e mostrando pro seu cérebro que existe outras formas de obter endorfina, e que a sexualidade n é oq ele pensa. Se vc se M, em um dia com P pesada, e no outro para é muito difícil de vc se adaptar com a abstinência e efeito caçador vem monstruoso. Essa abstinência repentina, é difícil pra mim que ja atingi os 90 dias, imagina pra quem não. Boa sorte amigo
imaginaryHorace
imaginaryHorace
Mensagens : 18
Data de inscrição : 16/12/2019

Meu relato com a pornografia Empty Reparando os erros do passado

em 19/12/2019, 01:03
Acabei de conversar pela segunda noite seguida com a ex namorada. Ontem conversamos até as 02:30 da manhã. Começamos às 23:00hs. Estou tentando a reconquistar e posso dizer que está dando certo.

O relacionamento acabou em abril e nem preciso dizer qual foi o motivo que fomentou a base para que acabasse.

Estou firme. Estou quase chegando ao terceiro dia. Mesmo antes de iniciar o reboot eu não era de me M. muito não. Apesar do vício em P. estava até conseguindo levar uma vida sexual ativa. Ficava uns 4 dias sem P. e logo já tava pronto pra fazer sexo.

O meu problema era a P. mesmo. Quando ficava muitos dias sem transar, ficava com tesão acumulado. E ia aumentando, aumentando até ter a recaída.

Hoje eu fumei 4 cigarros. Estava desde segunda sem fumar. Estou me sentindo mal, achando que recaí, mas não, não recaí, pois continuo firme sem PMO. Mas sei lá, eu vinculava P. fumando cigarro e me sinto mal por fazer algo que estava ligado ao uso de PMO.

Mas vou continuar na luta para parar com o cigarro. E estou feliz, pois estou reconquistando minha namorada.

Boa noite para todos os colegas ..

_______________________________________
MascaradeFerro
MascaradeFerro
Mensagens : 123
Data de inscrição : 04/12/2019
Idade : 29

Meu relato com a pornografia Empty Re: Meu relato com a pornografia

em 19/12/2019, 12:25
Nunca fumei entao nao sei dimensionar o quanto deve ser dificil pra voce!
Seria bom voce abandonar esse vicio pra nao correr o risco de usar ele pra substituir a P.

Procure fazer coisas novas que gerem satisfaçao! Largar o cigarro seria bom para o processo e pra sua saude!

Mas entendo que nao deve ser facil, afinal todos somos viciados em alguma coisa!

_______________________________________
Me acompanhe --> Meu Diário

imaginaryHorace
imaginaryHorace
Mensagens : 18
Data de inscrição : 16/12/2019

Meu relato com a pornografia Empty Diário, dia 3. Oportunidades perdidas.

em 19/12/2019, 17:17
Hoje estou vivendo meu terceiro dia sem P. e estava refletindo:

Não é à toa que minha vida está da forma que está, pois como eu perdi tempo em minha vida vendo P. E não era só P. não, pois, digamos, eu era “cruzado”, fazia uso de substâncias juntamente com P. Minha preferência era maconha e P.

Aí estava pensando sobre isso. Fiquei muito tempo em minha vida fumando maconha e idolatrando P.

Aliado a isso estava pensando no tanto de oportunidades que estavam escancaradas na minha frente e as desperdicei pois não queira largar a vida secreta que tinha.

Oportunidade de ter relacionado com mulheres maravilhosas, de ter desenvolvido nos estudos, de ter uma casa para morar.

Ainda sou grato, pois o meu emprego eu consegui manter.

E o interessante é o tanto que uma coisa leva a outra. Por ter percebido que minha vida não está do jeito que eu queria por conta das atitudes erradas que tomei no passado, o qual estava repleto de vícios ruins, P. como o primeiro, a base dos outros vícios, eu estava até pouco tempo atrás com depressão. Estava inclusive tomando remédios, tive que afastar do emprego por 30 dias. Por que depressão? Dizem que depressão é excesso de passado. E meu passado é repleto de histórias tristes envolvidas, todas, pela P.

Mas hoje, por estar conseguindo ver fora da caixa, estou mais em paz comigo mesmo. Estou me entendendo.

E poder usar esse fórum aqui, ler os diários de outros parceiros, me faz ter forças para continuar nessa batalha.

Estou somente no 3 dia e já está acontecendo algo interessante: Meu olhar para as mulheres. Nossa, como estou as admirando. E estou notando que já está ocorrendo alguns olhares para mim. Ou seja, parar com a P. já está mudando minha energia e as mulheres, por ter o 6º sentido, elas começam a perceber.

Vejo as mulheres na rua e admiro as unhas, os cabelos, a bunda, os peitos .. não com olhar as tendo como objeto não, mas de homem para mulher.

Isso é muito bom. Smile

_______________________________________
imaginaryHorace
imaginaryHorace
Mensagens : 18
Data de inscrição : 16/12/2019

Meu relato com a pornografia Empty Diário dia 3, parte 2

em 19/12/2019, 17:36
Acabei de receber uma mensagem no whatsapp de uma namorada que tive em 2016.

Sinceramente, não quis ficar com ela, pois quando vi que ia ficar algo sério, cai fora.

Hoje, se estivesse com ela, estaria muito bem. Mulher da minha idade, loira, inteligente, alto astral, bem de situação financeira, mas não a quis.

Por que caí fora? Pois levava vida dupla, vendo P. escondido. E na época tive a situação de envolver drogas pesadas com P. Vou abrir o jogo para vocês: é loucura ! Loucura no sentido de ser "bom demais". Quando usava tais drogas, eu me transformava em uma travesti mais baixa que vocês puderem imaginar. Me olhava no espelho, louco, montado como crossdresser, e me amava daquele jeito. Enfim, um dia entro em detalhes.

Só de relatar isso tenho vontade de fazer novamente. Ainda está na minha mente. E vou ser sincero, se eu tivesse tudo na mão aqui agora, isto é, roupas femininas e lingeries, drogas pesadas, internet rápida e num local agradável e discreto, não vou mentir, eu recaía. Mas ter tudo isso é um longo caminho e não quero. Inclusive hoje passei na porta de diversas lojas de lingerie e nem dei ideia para as lindas lingeries que estavam lá. Era como que olhar para tijolos na porta de uma construção.

Ou seja, adquiri esses gostos sexuais através da P. Eu não era assim.


Mas voltando a essa ex-namorada. Olhando a foto dela, mulher linda, para casar e eu nada.

Lamentável, mas faz parte da vida.

Concedei-nos Senhor, a SERENIDADE necessária para aceitar as coisas que não podemos modificar
CORAGEM para modificar aquelas que podemos
e SABEDORIA para distinguir umas das outras.

Só por hoje.


Última edição por dFerr39 em 19/12/2019, 22:58, editado 1 vez(es)

_______________________________________
avatar
Hompendo
Mensagens : 51
Data de inscrição : 14/06/2019
Idade : 32
Localização : Belo Horizonte

Meu relato com a pornografia Empty Re: Meu relato com a pornografia

em 19/12/2019, 21:58
Olá meu amigo,

Estude bem a química dos vícios, só assim a gente começa a vence los. Li o seu relato e estou torcendo por você.1

Abraços!

_______________________________________
imaginaryHorace
imaginaryHorace
Mensagens : 18
Data de inscrição : 16/12/2019

Meu relato com a pornografia Empty Diário, dia 4: mulheres e grupos de zap.

em 20/12/2019, 22:46
Estou firme !

Hoje fui numa papelaria comprar agenda para o ano próximo e havia uma mulher linda, maravilhosa também olhando agendas. Aí a vendedora estava ao meu lado e perguntei se havia agendas com mensagens na parte de baixo das folhas. Aí a mulher bonitona deu uma dica e aí conversamos a respeito de agendas e tal e ela sorria para mim e conversava e me senti tão à vontade naquela situação.

Fiquei encantado. Ela me tratou tão bem, foi tão gentil. Quando nos despedimos eu fiquei sem acreditar. Ou seja, a minha energia já está mudando e as mulheres percebem isso. Como já disse, elas tem 6º sentido e percebem tudo que nós homens somos por dentro.

Antigamente, quando tava na PMO mulher nenhuma dava ideia pra mim. A gente fica estranho, com uma energia carregada dentro da gente e as pessoas percebem isso.

Foi ótimo !  Very Happy

--x--x--x----x--x--x----x--x--x----x--x--x----x--x--x----x--x--x--

Hoje mais cedo comecei a ver sem querer pornografia num grupo de whatsapp.

Senti nojo.

Aí agora a pouco, nesse mesmo grupo, fui dar uma olhada lá. Sinceramente, estou em outra. Uns marmanjão de 50 anos, casados, postando fotos e vídeos de P. Ahhh, me poupe. Saí fora.

Eles pensam que ser homem é postar P. de mulheres bonitas. Como estou aliviado de ter saído daquilo.

Ridículo. Não é à toa que um desses que posta muita P. está com o casamento em ruínas.

Mas cada um é cada um. Estou em outra.

"TUDO ME É PERMITIDO, MAS NEM TUDO ME CONVÉM.
POSSO FAZER TUDO O QUE QUERO,
MAS NÃO DEIXAREI QUE NADA ME ESCRAVIZE"


I Coríntios 6:12

_______________________________________
imaginaryHorace
imaginaryHorace
Mensagens : 18
Data de inscrição : 16/12/2019

Meu relato com a pornografia Empty Diário, dia 7

em 23/12/2019, 09:46
Estou firme !

Sábado eu e a namorada reatamos o relacionamento.

Transamos e foi muito bom.

Vontade nenhuma de ver P. Agora tenho mulher que me proporciona vida sexual ativa. Depois de todas as reflexões que fiz, da decisão de encerrar o vício em P. creio que dessa vez não vou cair nessa armadilha.

Tudo me é permitido, mas nem tudo me convém.
Posso fazer tudo o que quero, mas não deixarei que nada me escravize.


1 Coríntios, 6.12

_______________________________________
imaginaryHorace
imaginaryHorace
Mensagens : 18
Data de inscrição : 16/12/2019

Meu relato com a pornografia Empty Diário, dia 13

em 29/12/2019, 16:25
Continuo limpo da pornografia, porém muito abalado com o que aconteceu nos últimos dias. Estava indo muito bem, auto estima boa, havia voltado a fazer atividades físicas e dia 17 havia voltado a conversar com a ex-namorada. Isso foi numa terça-feira. Conversamos terça 17, quarta 18, quinta 19, sexta 20 e no sábado 21 fui para a casa dela que é numa outra cidade.

Por estar muito bem por ter conhecido as causas de muitos problemas causados por mim usando P. achei que estava pronto para voltar a namorar com ela. Mas não foi o que aconteceu. Para começar, voltei a mentir para ela dizendo que eu mudei e que havia parado de fazer uso de bebida alcoólica, mas no sábado mesmo já voltei a beber. Bebemos uma garrafa de vinho. Lógico que ela ficou decepcionada comigo, mas como estava mentindo muito bem, ela acreditou que eu realmente havia mudado.

Fiquei na casa dela até quinta, 26. Todos esses dias, para piorar, eu continuei a mentir para mim dizendo que posso beber "socialmente", mas ao retornar lá para reatar o namoro, percebi que, como das vezes que havia terminado, eu sabia que não queria namorar com ela. Todos os dias eu ficava me iludindo com isso e na quinta, quando eu mais bebi, não consegui me enganar mais e fui embora. Simplesmente fui embora, embriagado, e peguei a rodovia à noite e dirigi cerca de 180km bebendo.

E onde entra a P. nisso? Então, fugindo de mim mesmo fui parar na cidade onde moro e a primeira coisa que fiz foi procurar uma garota de programa que conheci em novembro, como sempre, bêbado fugindo de mim mesmo. Aí o pau quebrou. Procurei ela pois com ela coloquei em prática as fantasias criadas pela P. Fizemos uso de bebida e outras substâncias que não tenho coragem de dizer o nome.

Passamos a noite no motel e ficamos chapando lá e lá fiz o que já disse em outros relatos aqui. Não vimos P. no motel. Foi horrível o momento de sair do motel. E saímos e buscamos mais bebidas. Ela não queria ir embora e então voltamos para outro motel e, dessa vez, só dormimos por cerca de 3 h. Deixei ela em casa e aí começou a minha ressaca moral das merdas que havia acabado de fazer.

Sexta feira, 27 ainda transtornado, por conta da canalhice que fiz com a ex, por conta das insanidades que fiz com a garota de programa, não consegui voltar para a casa de minha mãe. Ainda fui em um bar e bebi metade de uma cerveja. Neste dia cheguei em casa e dormi o dia todo e a noite também, totalmente transtornado. E o medo do acusador me incentivar a cometer suicídio ???  E ele fez isso ! Mas Deus sempre me ajudou e isso não aconteceu. Ele me protegeu.

Ontem, sábado, foi meu primeiro dia sem bebida. Decidi parar de beber e fui reingressar no grupo de AA. Nesse mesmo dia mandei mensagem para a ex e pedi perdão a ela. Ela sabe dos meus problemas com bebida e disse que quem tem que se perdoar sou eu mesmo. Fiquei mais aliviado.

Hoje, o qual ainda continuo de ressaca, continuo confuso e transtornado. Não quero conversar com ninguém. Depois desses dias tenho uma certeza: criei mais alguns traumas pelo resto de minha vida.

Nesse contexto sinto vontade de voltar a ver pornografia, para fugir da realidade lamentável que me encontro. Mas não verei. Se eu ver P. com certeza meu emocional vai piorar e muito. Aí estava na praça perto de casa sentado debaixo de uma árvore refletindo deprimido e decidi desabafar aqui.

Se não fosse a P. meu relacionamento com ela não teria sido como foi. Se não fosse a P. não teria feito as coisas absurdas e insanas que fiz com a garota de programa. Se não fosse a P. minha vida não estaria do jeito que está.

Nossa, eu estava muito bem até fazer essa viagem, mas por carência, por não querer passar o natal sozinho a procurei e deu no que deu. Agora é me preparar para passar o Ano Novo logo e vida que segue. Nesse momento tive um sopro de esperança e fé de que vou passar essa fase e pretendo escrever mensagens de que estou bem aqui.

Estou me sentindo um lixo de pessoa. Como enganei a ex. Menti para ela. Fiz ela sofrer mais ainda. Fui um canalha, cara de pau. Fiz ela passar vergonha para os filhos dela, os amigos, para a família e até para os vizinhos. Estou me sentindo a pior pessoa do mundo.

Mas pelo menos tomei algumas decisões: Não beber mais, reingressar no AA, exclui todos os contatos de rolos e pessoas que não quero iludir mais. Vou dar um tempo para mim mesmo. Vou ficar com ninguém. E passando o Ano Novo vou procurar uma igreja perto de casa e vou cuidar do meu lado espiritual. Li em um dos relatos aqui que fazer parte de um grupo de oração pode ser muito bom e vou atrás disso.

Sou muito grato a Deus por ter me protegido nesses dias, pois coloquei minha vida até em risco.


Última edição por dFerr39 em 30/12/2019, 07:42, editado 1 vez(es)

_______________________________________
Lutador com Cristo
Lutador com Cristo
Mensagens : 561
Data de inscrição : 28/09/2019

Meu relato com a pornografia Empty Re: Meu relato com a pornografia

em 29/12/2019, 16:49
dFerr39 escreveu:Acabei de receber uma mensagem no whatsapp de uma namorada que tive em 2016.

Sinceramente, não quis ficar com ela, pois quando vi que ia ficar algo sério, cai fora.

Hoje, se estivesse com ela, estaria muito bem. Mulher da minha idade, loira, inteligente, alto astral, bem de situação financeira, mas não a quis.

Por que caí fora? Pois levava vida dupla, vendo P. escondido. E na época tive a situação de envolver drogas pesadas com P. Vou abrir o jogo para vocês: é loucura ! Loucura no sentido de ser "bom demais". Quando usava tais drogas, eu me transformava em uma travesti mais baixa que vocês puderem imaginar. Me olhava no espelho, louco, montado como crossdresser, e me amava daquele jeito. Enfim, um dia entro em detalhes.

Só de relatar isso tenho vontade de fazer novamente. Ainda está na minha mente. E vou ser sincero, se eu tivesse tudo na mão aqui agora, isto é, roupas femininas e lingeries, drogas pesadas, internet rápida e num local agradável e discreto, não vou mentir, eu recaía. Mas ter tudo isso é um longo caminho e não quero. Inclusive hoje passei na porta de diversas lojas de lingerie e nem dei ideia para as lindas lingeries que estavam lá. Era como que olhar para tijolos na porta de uma construção.

Ou seja, adquiri esses gostos sexuais através da P. Eu não era assim.


Mas voltando a essa ex-namorada. Olhando a foto dela, mulher linda, para casar e eu nada.

Lamentável, mas faz parte da vida.

Concedei-nos Senhor, a SERENIDADE necessária para aceitar as coisas que não podemos modificar
CORAGEM para modificar aquelas que podemos
e SABEDORIA para distinguir umas das outras.

Só por hoje.
Fala amigo, me identifico muito com você, tirando as drogas, tenho todas essas vontades, inclusive cai a dois dias atrás, e coloquei calcinha e rebolava no espelho, mas depois que gozo o desejo de se vestir de mulher passa, sou casado a 10 anos e ja trai minha esposa com travesti, tive síndrome do pânico e contei pra ela, pois achava que ia morrer e queria o perdão dela. Quando vem esses desejos é difícil fico me imaginando como mulher, mas não gosto de homem. Mas vamos vencer irmão. Que Deus esteja conosco

_______________________________________


SAO MIGUEL ARCANJO DEFENDEI-ME NO COMBATE

Primeiro reboot: 59 dias
Segundo reboot: 14 dias
Terceiro reboot: 67 dias
Quarto reboot: 7 dias
Lutador com Cristo
Lutador com Cristo
Mensagens : 561
Data de inscrição : 28/09/2019

Meu relato com a pornografia Empty Re: Meu relato com a pornografia

em 29/12/2019, 16:59
dFerr39 escreveu:Continuo limpo da pornografia, porém muito abalado com o que aconteceu nos últimos dias. Estava indo muito bem, auto estima boa, havia voltado a fazer atividades físicas e dia 17 havia voltado a conversar com a ex-namorada. Isso foi numa terça-feira. Conversamos terça 17, quarta 18, quinta 19, sexta 20 e no sábado 21 fui para a casa dela que é numa outra cidade.

Por estar muito bem por ter conhecido as causas de muitos problemas causados por mim usando P. achei que estava pronto para voltar a namorar com ela. Mas não foi o que aconteceu. Para começar, voltei a mentir para ela dizendo que eu mudei e que havia parado de fazer uso de bebida alcoólica, mas no sábado mesmo já voltei a beber. Bebemos uma garrafa de vinho. Lógico que ela ficou decepcionada comigo, mas como estava mentindo muito bem, ela acreditou que eu realmente havia mudado.

Fiquei na casa dela até quinta, 26. Todos esses dias, para piorar, eu continuei a mentir para mim dizendo que posso beber "socialmente", mas ao retornar lá para reatar o namoro, percebi que, como das vezes que havia terminado, eu sabia que não queria namorar com ela. Todos os dias eu ficava me iludindo com isso e na quinta, quando eu mais bebi, não consegui me enganar mais e fui embora. Simplesmente fui embora, embriagado, e peguei a rodovia à noite e dirigi cerca de 180km bebendo.

E onde entra a P. nisso? Então, fugindo de mim mesmo fui parar na cidade onde moro e a primeira coisa que fiz foi procurar uma garota de programa que conheci em novembro, como sempre, bêbado fugindo de mim mesmo. Aí o pau quebrou. Procurei ela pois com ela coloquei em prática as fantasias criadas pela P. Fizemos uso de bebida e outras substâncias que não tenho coragem de dizer o nome.

Passamos a noite no motel e ficamos chapando lá e lá fiz o que já disse em outros relatos aqui. Não vimos P. no motel. Foi horrível o momento de sair do motel. E saímos e buscamos mais bebidas. Ela não queria ir embora e então voltamos para outro motel e, dessa vez, só dormimos por cerca de 3 h. Deixei ela em casa e aí começou a minha ressaca moral das merdas que havia acabado de fazer.

Sexta feira, 27 ainda transtornado, por conta da canalhice que fiz com a ex, por conta das insanidades que fiz com a garota de programa, não consegui voltar para a casa de minha mãe. Ainda fui em um bar e bebi metade de uma cerveja. Neste dia cheguei em casa e dormi o dia todo e a noite também, totalmente transtornado. E o medo do acusador me incentivar a cometer suicídio ???  E ele fez isso ! Mas Deus sempre me ajudou e isso não aconteceu. Ele me protegeu.

Ontem, sábado, foi meu primeiro dia sem bebida. Decidi parar de beber e fui reingressar no grupo de AA. Nesse mesmo dia mandei mensagem para a ex e pedi perdão a ela. Ela sabe dos meus problemas com bebida e disse que quem tem que se perdoar sou eu mesmo. Fiquei mais aliviado.

Hoje, o qual ainda continuo de ressaca, continuo confuso e transtornado. Não quero conversar com ninguém. Depois desses dias tenho uma certeza: criei mais alguns traumas pelo resto de minha vida.

Nesse contexto sinto vontade de voltar a ver pornografia, para fugir da realidade lamentável que me encontro. Mas não verei. Se eu ver P. com certeza meu emocional vai piorar e muito. Aí estava na praça perto de casa sentado debaixo de uma árvore refletindo deprimido e decidi desabafar aqui.

Se não fosse a P. meu relacionamento com ela não teria sido como foi. Se não fosse a P. não teria feito as coisas absurdas e insanas que fiz com a garota de programa. Se não fosse a P. minha vida não estaria do jeito que está.

Tenho medo de todos esses desabafos um dia ser descobertas por pessoas conhecidas e serem usadas contra mim. Mas tenho esperança, como no grupo de auto ajuda que frequento, que o que for dito aqui, permanece aqui. Tenho esperança que permaneço em anonimato aqui.

Nossa, eu estava muito bem até fazer essa viagem, mas por carência, por não querer passar o natal sozinho a procurei e deu no que deu. Agora é me preparar para passar o Ano Novo logo e vida que segue. Nesse momento tive um sopro de esperança e fé de que vou passar essa fase e pretendo escrever mensagens de que estou bem aqui.

Estou me sentindo um lixo de pessoa. Como enganei a ex. Menti para ela. Fiz ela sofrer mais ainda. Fui um canalha, cara de pau. Fiz ela passar vergonha para os filhos dela, os amigos, para a família e até para os vizinhos. Estou me sentindo a pior pessoa do mundo.

Mas pelo menos tomei algumas decisões: Não beber mais, reingressar no AA, exclui todos os contatos de rolos e pessoas que não quero iludir mais. Vou dar um tempo para mim mesmo. Vou ficar com ninguém. E passando o Ano Novo vou procurar uma igreja perto de casa e vou cuidar do meu lado espiritual. Li em um dos relatos aqui que fazer parte de um grupo de oração pode ser muito bom e vou atrás disso.

Sou muito grato a Deus por ter me protegido nesses dias, pois coloquei minha vida até em risco.




Cara apesar de tudo isso, você ainda tirou algo de bom, muda algo em sua vida, você está no caminho certo irmão, parar com a bebida e tomar um rumo na vida espiritual, a vida espiritual ajuda muito a vencer na vida, ler vida de Santos, de santo Agostinho, que teve uma vida toda errada na área sexual mas virou um santo, isso é muito bom. Que Deus te proteja e te dê força para vencer seus pensamentos e desejos

_______________________________________


SAO MIGUEL ARCANJO DEFENDEI-ME NO COMBATE

Primeiro reboot: 59 dias
Segundo reboot: 14 dias
Terceiro reboot: 67 dias
Quarto reboot: 7 dias
MascaradeFerro
MascaradeFerro
Mensagens : 123
Data de inscrição : 04/12/2019
Idade : 29

Meu relato com a pornografia Empty Re: Meu relato com a pornografia

em 30/12/2019, 07:57
Sinto muito pela experiencia negativa Irmao!

Mas de certa forma, estou contente com sua honestidade, ser honesto com sua ex, pedir desculpas, se determinar a mudar, isso é caráter!
Mas agora voce precisa REALMENTE fazer as coisas que decidiu!
Cuidado com as festas agora nessa semana!
Procuro meditar e pensar antes de agir!

Estou ansioso por suas noticias"

_______________________________________
Me acompanhe --> Meu Diário

Spartan_Durden
Spartan_Durden
Mensagens : 19
Data de inscrição : 24/12/2019
Idade : 31

Meu relato com a pornografia Empty Re: Meu relato com a pornografia

em 30/12/2019, 14:11
Olá amigo, tudo bem?
Eu também fiquei viciado em P com travestis e inclusive ja sai com umas 4, a gente realmente fica mal, pois não é aquilo que queremos para nós
eu estou a 12 dias limpo e não penso muito em P nesses dias, vamos que vamos

como estão as atividades fisicas que voce relatou no começo?
Tente parar com a bebida, eu gosto de uma cervejinha mas dificilmente perco o controle com a bebida, inclusive tomei algumas na casa da namorada este final de semana, mas se te faz ficar fora de si e longe dos seus objetivos, CORTE agora mesmo

Como ficou o lance com a menina? Ela ainda quer te ver ou ainda esta com muita raiva?
Faça um programa a dois de dia sem bebidas, va a praia, piscina, tome bastente agua... ou va num shopping e coma com ela em algum lugar legal, tente aprender alguma coisa nova com ela por ex: andar de patins

Enfim, muita força pra voce meu amigo

_______________________________________
Cronometro: https://relogioonline.com.br/temporizador/Sem+PMO/2020-03-10T22:59:00/

Meu relato: http://www.comoparar.com/t9943-quero-ressucitar-meu-namoro-ficar-livre-da-pmo-spartan_durden
imaginaryHorace
imaginaryHorace
Mensagens : 18
Data de inscrição : 16/12/2019

Meu relato com a pornografia Empty Diário 01 jan 20

em 1/1/2020, 23:20
Estou firme !

Refletindo a respeito do que ocorreu no final de ano.

Hoje é 01 jan e não fiz uso de bebida alcoólica e nenhuma outra substância que modifique meu emocional e mental, inclusive cigarro.

Estava a pouco tempo atrás conversando com a ex e apesar de toda merda que fiz, ela sabe que sou boa pessoa e quer continuar sendo minha amiga.

Mulher como objeto

Fui para a cidade dela com o intuito de reatar o namoro, mas lá, por diversos outros motivos senti que não queria. Mas sabe algo que estou refletindo muito ? Creio que desde a primeira vez que a vi o que me fez ficar com ela e a namorar foi a questão de a ver como objeto sexual. Como assim ? É que a pornografia alterou muito minha percepção sobre as mulheres e, dessa forma, criei na mente o pensamento machista de ver as mulheres assim.

Passei a sempre ter desejos por mulheres gostosonas, isto é, bunda grande, peitos grandes etc.

Aí a primeira vez que conheci a ex eu a achei muito "gostosona", sem me preocupar pelas outras características dela. Ah, sorte minha que ela é uma mulher extremamente maravilhosa, bondosa, um amor de pessoa, mas por, principalmente, morarmos em cidades distantes, e por questão de dinheiro, terminamos. Enfim...

Então, um dos fatores que a pornografia deturpou minha mente foi nisso : enxergar as mulheres como objeto sexual.

Hoje estou até com trauma de olhar as mulheres sabia ? Sério, depois de tudo que estou passando, apesar das doideras que fiz esse final de ano e, principalmente em estar levando muito a sério minha abstinência em pornografia, estou mudando minha forma de ver as mulheres. A pouco tempo atrás fui na farmácia e tinha um garota linda e sensual no caixa. Nem tive coragem de olhar para ela. Acho que é a fase que estou passando. Reboot mesmo rs.

Ahhh, e ontem consegui correr 10 km em 01h 18min 39seg. Estou a 5 dias sem beber e 3 sem fumar. Ou seja, estou lutando contra "meus" demônios.

_______________________________________
Lutador com Cristo
Lutador com Cristo
Mensagens : 561
Data de inscrição : 28/09/2019

Meu relato com a pornografia Empty Re: Meu relato com a pornografia

em 2/1/2020, 13:24
Parabéns a vc amigo, deixando estes vícios so traz bem a sua vida, que vc possa.continuar nessa caminhada, não fique muito parado no passado, reflita onde errou, o que não quer mais fazer e assim foque na sua luta atual em ser alguém melhor, o acusador sempre vai querer que voltemos ao passado, por isso não de atenção.

_______________________________________


SAO MIGUEL ARCANJO DEFENDEI-ME NO COMBATE

Primeiro reboot: 59 dias
Segundo reboot: 14 dias
Terceiro reboot: 67 dias
Quarto reboot: 7 dias
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum