Diário do Abdul_Alhazred

+15
euvouvencer
Tryagain
Ashtanga
Joseph
Solitari0
macclau
Firenze
tiozerj
RenatoRibeiro18
Sub zero
Guerreiro73
Zorro Selvagem
Mr. Wayne
SoldadoP
Abdul_Alhazred
19 participantes
Ir para baixo
Abdul_Alhazred
Abdul_Alhazred
Mensagens : 130
Data de inscrição : 09/01/2020

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Re: Diário do Abdul_Alhazred

22/9/2022, 13:46
Guerreiro73 escreveu:Cara vc consegue. Tenho 32 anos e história parecid porém n tenho essa coragem de contar para minha mãe. Nunca namorei sério , msm ficando com mulheres bonitas (soi feio) mas sempre evitava transar pq brochei com a maioria das minas q tentei transar. Minha sorte q sou um cara sangue bom e elas nunca espalharam. Meditar e fazer exercicios tem me ajudado mt. Estou a 86 dias hard mode sem nenhuma recaída. Me formei a 7 anos mas nunca conseguie firmar em trampo, moro com a coroa, sou autonomo mas passo perrengue financeiro. Acredito mt devido a PMO. Cuidar da minha espiritualidade tb ajudou bastante. Hj frequento a seicho no ie e tem td a ver com o poder da mente, gratidão e ter bons hábitos. Pesquise sobre. No mais boa sorte e conte comigo.

continua no Seicho-no-ie, amigo?

_______________________________________
https://www.comoparar.com/t10122-diario-do-abdul_alhazred

Kobscop gosta desta mensagem

Abdul_Alhazred
Abdul_Alhazred
Mensagens : 130
Data de inscrição : 09/01/2020

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Re: Diário do Abdul_Alhazred

22/9/2022, 13:49
Joseph escreveu:Henrique Fausto, a base de todos os vicios é anestesia ao prazer, vejo que vc entende bem do assunto de vicios. Vou te acompanhar a partir de agora!

Obrigado, amigo!

_______________________________________
https://www.comoparar.com/t10122-diario-do-abdul_alhazred

Kobscop gosta desta mensagem

Abdul_Alhazred
Abdul_Alhazred
Mensagens : 130
Data de inscrição : 09/01/2020

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Re: Diário do Abdul_Alhazred

22/9/2022, 14:00
Hoje tem 19 dias, às vezes dá vontade de ver pornografia, meu cérebro ainda não está limpo, mas como os bloqueadores estou conseguindo ficar longe, até por que não tem como acessar sem fazer um trabalho hercúleo, pretendo fazer academia para cuidar do meu corpo, estou com sobrepeso, o problema é que estou desempregado no momento.

Pretendo arrumar um emprego temporário para poder custear a academia. atualmente estou estudando desenvolvimento de sistema num curso técnico.

Moro com os meus pais, infelizmente tive país negligentes na minha infância, achava que isso não tinha tanto importância para os meus problemas atuais, mas vejo que isso talvez seja até a espinha-dorsal dos meus problemas, falta de traquejo, ansiedade, depressão, tristeza e solidão. Tudo isso desencadeia muito estresse, que ainda não sei como lidar, então, lidava recorrendo a pornografia, péssima escolha, continuo com os meus problemas talvez até intensificado por causa da pornografia e novos como: DE, ejaculação precoce, perda do prazer em outras coisas, fator que contribuiu para eu perder um namoro de 6 anos, mulher a qual via-me casado, reificação da mulher.

Espero que com meu relato com fracassos e sucessos, ajudem as pessoas aqui que estão lutando como eu.

Obrigado, sinta-se livre para discorrermos, gosto de ver outros pontos de vista.

_______________________________________
https://www.comoparar.com/t10122-diario-do-abdul_alhazred

Rottweiler, Kobscop e Tryagain gostam desta mensagem

Abdul_Alhazred
Abdul_Alhazred
Mensagens : 130
Data de inscrição : 09/01/2020

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Capítulo I - Infância

24/9/2022, 23:32
Olá, vou contar-lhes o começo dos meus problemas, talvez ajudem pessoas que estão passando por coisas parecidas ou já sofreram.

Acho que era uma criança normal até os 9 anos, aconteceu-me algo que acredito que foi determinante para desenvolver muitos dos meus pensamentos. Quando tinha nove anos, quebrei o braço, meus pais ficaram receosos, diziam-me que eu poderia ter batido a cabeça na guia do passeio, diziam que eu poderia ter morrido, como consequência, eu fiquei assustado, ficava preso em casa, pois meus pais tinham medo que eu me machucasse mais, meu pai trabalhava, minha mãe simplesmente saia para casa de amigas e deixava-me sozinho com meu irmão, o qual nunca fui um bom irmão mais velho.

Depois disso, uma vez meus pais foram para uma açude perto de onde morávamos, eu assistia filmes de ação, quando saímos para o açude, e eu estava dentro do barco com o meu pai, resolvi pular, pois vira meu tio nadando, achei que fosse raso, quase morri afogado, meu pai salvou-me, mas fui vítima de ostracismo no meu bairro, as outras crianças, que já não tinha muito contato, achavam-me louco por ter pulado, meus pais nunca perguntaram o porquê eu ter feito isso, simplesmente redobraram o super protecionismo, deixando eu ainda mais sozinho dentro de casa.

Morava perto dos meus tios e tias, parentes são as piores coisas , que podem acontecer, às vezes um estranho tem mais empatia do que um familiar, meus primos odiavam-me não sei o porquê, sempre os odiei, nunca fiz nada para eles tratarem-me tão mal. Mas para o meus pais meus tios e primos eram ótimos.

Eu odiava ir para a escola, sofria bullying, meus pais nunca perguntaram como era meu dia na escola, eles eram estranhos para mim. Tentava estudar, achava que se idiotas, que enchiam-me o saco ia repetir e deixar-me em paz, concordo isso não acontecia, devido o nosso sistema ser uma porcaria, o que mais tem é idiota formando sem saber nada no ensino fundamental e médio.

Chegou um momento que não aguentava mais, chutei o pau da barraca e parei de prestar atenção na aula, pensava, eu estudo e estes idiotas passam, não estudarei e passarei também.

Este foi um erro grasso, ao meu ver, hoje vejo que minha educação foi uma porcaria, sempre corri atrás do prejuízo depois que terminei o ensino médio, entretanto minha base foi tão ruim, muitas vezes desanimo, embora sempre estude e tente ser uma pessoa melhor.

Meus pais acham que fizeram um grande trabalho como país, matriculando-me na escola e deixando-me naquele ambiente deletério sem ao menos perguntar o que acontecia lá ou como era o meu dia.


Última edição por Henrique Fausto em 25/9/2022, 00:52, editado 1 vez(es)

_______________________________________
https://www.comoparar.com/t10122-diario-do-abdul_alhazred

Kobscop gosta desta mensagem

Abdul_Alhazred
Abdul_Alhazred
Mensagens : 130
Data de inscrição : 09/01/2020

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Capítulo II - Adolescência

24/9/2022, 23:51
Quando estava na adolescência só queria saber de curtir, se antes eu sofria bullying, agora eu tentava fazer bullying com quem fizera comigo no passado e com inocentes.

Eu andava com os garotos "descolados na escola", os drogados, eu era o mais desrespeitado no no grupo, mas andar com eles dava-me status na escola,
continuava sem estudar, formei-me sem saber nem fazer uma divisão, quando o quociente fosse decimal e não inteiro. Aprenderia mais tarde que importa neste mundo é o conhecimento e sabedoria.

Na internet, eu buscava um jeito para ser descolado e pegar "mulher", descobri sobre o PUA, pick up artist, saia para conversar com as mulheres na rua, conseguia alguns telefones no meio de dezenas de falsos, que também conseguia, isso servia para treinar-me, o problema é que eu por seguir um método pronto, tornava-me muito artificial, se mulher falasse algo diferente do que eu imaginaria do que falaria, eu ficava perdido.

Depois de um tempo eu deixei de acompanhar o fórum de sedução, que fazia parte, meus resultados eram escassos, além disso, já via como um tormento sair e sentir-me como um robô.

Costumava sair para a balada, porém eu ainda era virgem, meus amigos zoavam-me por ser virgem, fizemos uma vaquinha para irmos ao prostíbulo,  eu ia não aguentar mais tanta pilhéria comigo, chamavam-me de virgem de 40 anos etc. No dia D, eu brochei, já usava a pornografia como válvula de escape para os meus problemas, contudo, como fiquei muito nervoso e não soube como usar a camisinha direito, achara que tinha contraído HIV, além dos problemas que já tinha, tinha certeza que estava com HIV, meu tormento intensificou-se, entrei em depressão e pensava em tirar minha própria vida.

Depois de cinco anos com esta paranoia, já não aguentava mais, fui fazer o teste de HIV para tirar isso a limpo, estava decidido a matar-me, se o resultado desse negativo, depois disso fiz vários testes e todos davam negativos,  mas eu mesmo não acreditava que não tinha HIV, acabei ficando com TOC com sangue, relação sexual, problema que reverberou no meu namoro. Fiz mais de 20 testes e todos deram negativos.

Nisso, meu desespero estava alto, meu ópio era a pornografia.


Última edição por Henrique Fausto em 25/9/2022, 00:53, editado 1 vez(es)

_______________________________________
https://www.comoparar.com/t10122-diario-do-abdul_alhazred

Kobscop gosta desta mensagem

Abdul_Alhazred
Abdul_Alhazred
Mensagens : 130
Data de inscrição : 09/01/2020

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Capítulo III - Namoro

25/9/2022, 00:14
Conheci minha ex-namorada na farmácia, a qual trabalhávamos, ela era religiosa, eu era ateu ou agnóstico, depois de pedir tanta ajuda de Deus para tirar-me do meu sofrimento fui tornando descrente, o início do nosso namoro foi conturbado, pois ela queria transar apenas depois do casamento, eu gostaria de transar, logo, achava que por ter uma mulher bonita do meu lado, transar agora seria algo normal para mim, depois de muita discussão idas e voltas, eu decidi aguardar quando ela estivesse pronta, além disso, eu ainda tinha medo de sangue, achava que todos os exames de HIV, que fiz, estavam errados, e eu estava doente, tinha medo de deixar ela doente, mesmo eu não tendo nada.

Além disso, recorria a pornografia, então para mim, o sexo não fazia falta, mas um dia ela por vontade própria fez-me sexo oral sem eu pedi, eu não entendi, fiquei com medo de deixá-la doente, mas depois o medo foi arrefecendo um pouco, ela sempre fazia sexo oral em mim, eu sentia prazer como na pornografia, contudo quando eu tinha que penetrar nele, eu brochava, de seis anos de namoro só penetrei nela duas vezes e ainda brochava depois.

Hoje vejo que foi por causa da pornografia, isso minou meu relacionamento, não foi a única causa, mas ajudou a solapar as coisas, fomos levando o relacionamento assim por seis anos, ela dizia que amava-me mais que tudo, eu tentava ser um bom namorado, embora deixasse a desejar muitas vezes, muitas vezes discutíamos por causa de religião, ela e eu fazíamos proselitismo com o outro.

Minha família mudou-se para o interior, contudo para um cidade-dormitório, aqui não há empresas, fábricas, nada, sempre que arrumo emprego, tenho que locomove-me bastante, isso piora a qualidade de vida de qualquer um pouco, arrumara um emprego numa farmácia, nela eu fui assaltado por dois menores de idade, a população depois pegou os menores e descobriu-se que a arma era de brinquedo, um deles fui linchado, o outro conseguiu fugir, fiquei culpando-me por não ter conseguido pegar o que fugiu.

Pedi demissão desse trabalho por isso, depois arrumei um emprego de telemarketing, estava conseguindo levar a vida, mas sempre recorrendo a pornografia, já ia aos médicos para tentar resolver minha paranoia com HIV, minha ansiedade, meu perversão por pornografia.

Já fui diagnosticado com TOC, ansiedade, bipolaridade, border-line e recentemente como esquizofrênico, eu mesmo já não acredito mais nestes rótulos, que o DSM-V coloca, sinto que os médicos sabem menos do que eu. A única coisa que eles são bons é em aviar receita médica.

Um dia minha namorada pediu um tempo, eu como estava muito confuso por causa dos brigas que tínhamos aceitei, depois de quatro meses, eu liguei para ela, ela já estava grávida de um fulano da igreja dela, eu não acreditei, como esqueceu-me em 4 meses. Meu mundo desabou na minha cabeça, minha vontade de suicidar-me fui gigantesca, deixei de comer,  pedi 20kg, na época, eu pensava uns 76kg, as pessoas viam-me no trabalho, algumas perguntavam se eu estava usando craque com um tom jocoso. Ninguém via-me como um pobre diabo sofrendo, precisando de um pouco de empatia. Nem meus pais vendo-me definhar, o único que ajudou-me foi meu irmão, ele sempre ficou do meu lado e sempre apoiou-me, minha mãe gostava da minha ex-namorada, minha mãe é evangélica, então o culpado do tudo dá errado era eu para minha mãe.


Última edição por Henrique Fausto em 25/9/2022, 00:54, editado 1 vez(es)

_______________________________________
https://www.comoparar.com/t10122-diario-do-abdul_alhazred

Kobscop e Ashtanga gostam desta mensagem

Ashtanga
Ashtanga
Mensagens : 101
Data de inscrição : 21/09/2022

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Re: Diário do Abdul_Alhazred

25/9/2022, 00:30
Que ótimo que isto aconteceu, você se livrou de uma vagabunda. Este é o pensamento que deve ter, ser grato ao momento.

Toda mulher que pede tempo num relacionamento é pra terminar, não existe exceção, pediu tempo, então faça sua parte: termine de vez.

Quem quer estar junto, vai estar. Sugiro pegar o livro do nessham Alita, como lidar com as mulheres. Vai mudar sua visão e aí mesmo tempo amadurecer. Tens que ir de cabeça aberta.

E sobre você, escreves bem, ser telemarketing ao meu ver é pouco pra ti, essa fase vai passar, já fui ao inferno quando fui chifrado mas agradeço muito, porque aprendi lidar melhor com as mulheres e garanto que ocorrerá com vc tbm.

Abdul_Alhazred e Kobscop gostam desta mensagem

Abdul_Alhazred
Abdul_Alhazred
Mensagens : 130
Data de inscrição : 09/01/2020

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty capítulo IV - Pós-término

25/9/2022, 00:44
Depois do término, eu buscava entender o que acontecia comigo, sentia-me um trapo, a pessoa que dizia amar-me com todas as forças trocou, quando falei com ela com telefone pela última vez, tentando impedir o casamento dela, implorando para que reconsiderasse, ela tratou-me como um lixo, fui ríspida comigo e falou que não queria mais saber de mim, que estava feliz de verdade, que Deus tinha um plano, falou que não via futuro comigo.

Demorei muito para digerir isso, ia à psicólogos tentando curar esta ferida, que não fechava, de forma alguma. Comecei a tomar mais remédios: sertralina, fluoxetina, paroxetina, venlafaxina,  ritalina, escitalopram, clorpromazina, bupropiona,  benzodiazepínicos para dormir, nada funcionava, exceto a paroxetina para retardar a ejaculação precoce, embora não fosse o motivo primordial por tomar remédios, o que eu queria era não sentir nada, acabar com a dor que eu sentia da minha vida.

Lia muitos sobre o estudo da Elisabeth Kübler-Ross acerca dos cinco estágios do luto: primeiro estágio, negação e isolamento, segundo estágio, raiva, terceiro estágio, barganha, quarto estágio, depressão e o quinto estágio, aceitação. Sempre pedia ajuda a Deus para tirar meu sofrimento de mim, fazer minha ex-namorada voltar para mim, esquecer todos os meus traumas. Contudo, tentar barganhar com Deus apenas tornou-me mais cético sobre a existência de Deus.

Tentera fazer eletroconvulsoterapia para minha depressão, contudo não ajudou e eu tenho medo de agulhas por causa do trauma de doenças, medo de contaminar-me, mas quando fiz, eu, de verdade, não sentia vontade de masturbar-me, a masturbação sempre foi algo que omiti dos médicos. Em compensação, ainda sentia-me triste com pensamentos depressivos e ansioso.

Depois quando acabei o tratamento, a empresa mandou-me embora, acredito que pode ter colocado o plano de saúde na justiça pra custear o tratamento de eletroconvulsoterapia. Fiquei muito triste, sempre fui dedicado no trabalho, fui descartado pela empresa igual à minha ex-namorada

Depois inscrevi-me num grupo de estudo com estimulação magnética transcraniana, mas não funcionou em mim. Sobrou tentar infusão de cetamina ou alguma psicocirugia, pois todo o resto, eu já tentei de remédios. Ah, sim, há a terapia com psicólogo, a qual abri-me e contei sobre a pornografia, estou passando, todavia como eu gostaria de algo rápido, sinto-me muito frustrado com à minha vida, sinto como se tivesse que rolar um pedra igual a Sísifo, parece que nunca saio do lugar, por isso agora estou tentando fazer as coisas diferentes, voltei a postar no fórum e tentar ajudar os outros com à minha experiência, sempre aprendo algo lendo os relatos.  


Atualmente estou desenvolvimento de sistemas, moro com meus pais e meu irmão, tenho 32 anos, solteiro, às vezes parece que não conquistei nada além de sofrimento, trauma e frustração na vida, muitas vezes sinto-me vazio, acho que por causa desse sentimento acabava recorrendo à pornografia. Mas quero dar um fim neste vício de uma vez por todas, conto com a ajuda de vocês.

_______________________________________
https://www.comoparar.com/t10122-diario-do-abdul_alhazred

Eustáquio e Kobscop gostam desta mensagem

Abdul_Alhazred
Abdul_Alhazred
Mensagens : 130
Data de inscrição : 09/01/2020

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Re: Diário do Abdul_Alhazred

25/9/2022, 00:50
Ashtanga escreveu:Que ótimo que isto aconteceu, você se livrou de uma vagabunda. Este é o pensamento que deve ter, ser grato ao momento.

Toda mulher que pede tempo num relacionamento é pra terminar, não existe exceção, pediu tempo, então faça sua parte: termine de vez.

Quem quer estar junto, vai estar. Sugiro pegar o livro do nessham Alita, como lidar com as mulheres. Vai mudar sua visão e aí mesmo tempo amadurecer. Tens que ir de cabeça aberta.

E sobre você, escreves bem, ser telemarketing ao meu ver é pouco pra ti, essa fase vai passar, já fui ao inferno quando fui chifrado mas agradeço muito, porque aprendi lidar melhor com as mulheres e garanto que ocorrerá com vc tbm.

Obrigado, amigo, o teu comentário que inspirou a escrever o meu também. Espero que em breve possamos vencer esta luta contra a pornografia.
Ah, sim, eu já li o livro, mas tenho que voltar a ler, agora tenho forcado no meu curso, em estudar, já que, minha base foi uma porcaria, talvez tentar algum concurso público, deixar de morar com meus pais, cuidar do meu corpo, meu irmão ofereceu-se para pagar academia para mim. Acho que é isso, já nem sei mais se desejo uma namorada, vejo só vejo modernete, claro que deve haver mulheres boas, mas sinceramente não sei onde encontrar.

_______________________________________
https://www.comoparar.com/t10122-diario-do-abdul_alhazred

Eustáquio e Kobscop gostam desta mensagem

Abdul_Alhazred
Abdul_Alhazred
Mensagens : 130
Data de inscrição : 09/01/2020

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Re: Diário do Abdul_Alhazred

26/9/2022, 14:37
Olá, resolvi reiniciar meu contador de dias, hoje tive pensei em pornografia em pornografia quando dormia, sonhei que via pornografia e depois disso eu acabei tenho um orgasmo, não sei se isso conta como queda, mas para mim, sim, fico um pouco frustrado, minha mente está assim tão danificada para eu ter um orgasmo vir à minha mente pornografia, se fosse eu transando com uma mulher, todavia, a sonho era eu assistindo pornografia, que bizarro!

Pretendo em breve começar a fazer academia e cuidar melhor da minha lataria.

_______________________________________
https://www.comoparar.com/t10122-diario-do-abdul_alhazred

Kobscop e Tryagain gostam desta mensagem

O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

Ashtanga
Ashtanga
Mensagens : 101
Data de inscrição : 21/09/2022

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Re: Diário do Abdul_Alhazred

26/9/2022, 17:18
Eu não resetaria. Isso foi um sonho e não um padrão que seu corpo foi condicionado a consumir pornografia.

Quando tiver de boa e ficar imaginando cenas de sexo com pessoas do seu vínculo social, vai resetar? Obviamente não, são ''pensamentos'' e o fato de você ter '' O '' é a polução noturna, isso não se controla, é espontâneo, natural e não artificial que você quis produzir.

É até um bom sinal, que seu corpo está se recuperando.

Abdul_Alhazred e Kobscop gostam desta mensagem

Abdul_Alhazred
Abdul_Alhazred
Mensagens : 130
Data de inscrição : 09/01/2020

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Re: Diário do Abdul_Alhazred

27/9/2022, 00:17
Tryagain escreveu:Olá! Então, eu não consideraria isso um reset, já que você não buscou nem viu pornografia, nem praticou masturbação. Comigo aconteceu algumas vezes de ter lembranças de P, mas eu tento mudar logo o pensamento.

Ashtanga escreveu:Eu não resetaria. Isso foi um sonho e não um padrão que seu corpo foi condicionado a consumir pornografia.

Quando tiver de boa e ficar imaginando cenas de sexo com pessoas do seu vínculo social, vai resetar? Obviamente não, são ''pensamentos'' e o fato de você ter '' O '' é a polução noturna, isso não se controla, é espontâneo, natural e não artificial que você quis produzir.

É até um bom sinal, que seu corpo está se recuperando.


Ok, vocês têm razão, coloquei novamente o marcador onde estava, minha meta é chegar a 90 dias, talvez isso enfraqueça os caminhos neurais reforçados por causa do vício em PMO. Vejo se começo a fazer academia amanhã. Ashtanga, você estuda deveras, como faço para estudar tanto assim? Eu estudo uma hora por dia com muita dificuldade, gostaria de estudar pelo menos metade do que você estuda.

Agora que estou fazendo um curso de programação de sistemas, tenho que estudar lógica e raciocínio lógico, sempre fui um estudante medíocre, tentando mudar isso, comecei a usar a técnica do pomodoro, conhece?

_______________________________________
https://www.comoparar.com/t10122-diario-do-abdul_alhazred

Kobscop e Ashtanga gostam desta mensagem

Ashtanga
Ashtanga
Mensagens : 101
Data de inscrição : 21/09/2022

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Re: Diário do Abdul_Alhazred

27/9/2022, 06:03
Pomodoro é ótimo para você controlar suas emoções, ao tentar desistir e ver o tempo, ajuda a não sair do foco.

Recomendo app FOREST.

Sobre estudo, leva tempo, inclusive o corpo pra se adaptar, estudar cansa muito. Eu demorei 4-5 meses pra estudar 6h por dia e até hj tenho dificuldades, acima disto eu preciso de motivação, o q atualmente está sendo uma luta.

Abdul_Alhazred e Kobscop gostam desta mensagem

Ashtanga
Ashtanga
Mensagens : 101
Data de inscrição : 21/09/2022

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Re: Diário do Abdul_Alhazred

27/9/2022, 06:04
Faça muitos exercícios, programação envolve muita lógica, sobre tudo você tem que ir pra prática, testar códigos... Eu aprendi um pouco css e só aprendi de fato praticando, pq vídeo eu só peguei os conceitos.

Abdul_Alhazred e Kobscop gostam desta mensagem

Abdul_Alhazred
Abdul_Alhazred
Mensagens : 130
Data de inscrição : 09/01/2020

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Re: Diário do Abdul_Alhazred

28/9/2022, 23:15
Ashtanga escreveu:Faça muitos exercícios, programação envolve muita lógica, sobre tudo você tem que ir pra prática, testar códigos... Eu aprendi um pouco css e só aprendi de fato praticando, pq vídeo eu só peguei os conceitos.

Obrigado, baixei o aplicativo, muito bom, mas percebi que a base é a mesma da técnica pomodoro, quero chegar a estudar pelo menos quatro horas diárias, apenas preciso colocar um cronograma para seguir, afinal, eu estudo matemática, pois à minha base foi uma porcaria na escola pública, depois tento estudar os assuntos do curso: algoritmo e linguagem do computador, c++, banco de dados, Photoshop, fundamentos da internet, inglês instrumental, pacote office, estas são as aulas ministras no curso.  Como é tanta coisa, fico desanimado e postergador às vezes.


Sobre o livro do Nessahan Alita, eu já li um, sobretudo quando estudava sedução, seguia um fórum chamado clube alfa, o qual eu sempre que abordava uma mulher, escrevia um relato de  campo detalhando tudo e os pormenores da interação para avaliação dos membros do fórum, os quais diziam o que estava errando ou acertando, era bacana no começo, até eu ficar robótico demais, acabei tornando-me um simulacro de robô, tinha que ter em mente tudo o que a garota ia responder de antemão senão eu travava, coisa que aconteceu várias vezes depois.

Eu já fiz conta no badoo, mas só encontro garotas novas demais, que querem apenas baladas ou mulheres com filhos de pais diferentes buscando um provedor, que não serei eu. Gostaria de resolver isso, mas não sei como, tenho baixa autoestima depois do meu término, eu já não tinha muita antes dele. Também não sei onde achar uma mulher, que valha a pena. E ainda tenho um monte de problemas, os quais tenho que resolver. já dei o primeiro passo, acho que é o mais importante agora.

Se alguém tiver alvitres, sinta-se livre, desde já meu obrigado!

_______________________________________
https://www.comoparar.com/t10122-diario-do-abdul_alhazred

SoldadoP e Kobscop gostam desta mensagem

SoldadoP
SoldadoP
Mensagens : 432
Data de inscrição : 29/11/2018
Idade : 35

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Re: Diário do Abdul_Alhazred

7/10/2022, 08:08
Henrique Fausto escreveu:
Ashtanga escreveu:Faça muitos exercícios, programação envolve muita lógica, sobre tudo você tem que ir pra prática, testar códigos... Eu aprendi um pouco css e só aprendi de fato praticando, pq vídeo eu só peguei os conceitos.

Obrigado, baixei o aplicativo, muito bom, mas percebi que a base é a mesma da técnica pomodoro, quero chegar a estudar pelo menos quatro horas diárias, apenas preciso colocar um cronograma para seguir, afinal, eu estudo matemática, pois à minha base foi uma porcaria na escola pública, depois tento estudar os assuntos do curso: algoritmo e linguagem do computador, c++, banco de dados, Photoshop, fundamentos da internet, inglês instrumental, pacote office, estas são as aulas ministras no curso.  Como é tanta coisa, fico desanimado e postergador às vezes.


Sobre o livro do Nessahan Alita, eu já li um, sobretudo quando estudava sedução, seguia um fórum chamado clube alfa, o qual eu sempre que abordava uma mulher, escrevia um relato de  campo detalhando tudo e os pormenores da interação para avaliação dos membros do fórum, os quais diziam o que estava errando ou acertando, era bacana no começo, até eu ficar robótico demais, acabei tornando-me um simulacro de robô, tinha que ter em mente tudo o que a garota ia responder de antemão senão eu travava, coisa que aconteceu várias vezes depois.

Eu já fiz conta no badoo, mas só encontro garotas novas demais, que querem apenas baladas ou mulheres com filhos de pais diferentes buscando um provedor, que não serei eu. Gostaria de resolver isso, mas não sei como, tenho baixa autoestima depois do meu término, eu já não tinha muita antes dele. Também não sei onde achar uma mulher, que valha a pena. E ainda tenho um monte de problemas, os quais tenho que resolver. já dei o primeiro passo, acho que é o mais importante agora.

Se alguém tiver alvitres, sinta-se livre, desde já meu obrigado!

bom dia meu amigo.
Sobre essa ultima parte, onde achar mulher que vale apena, na minha opinião e em uma igreja, sei que só por esta na igreja não quer dizer que vai ser uma mulher que vale, mas já é meio caminho, pq na igreja estamos mais abertos a melhorar, de todas mulheres que já me interessei e namorei ou tentei alguma coisa 100% eram da igreja.

Abdul_Alhazred e Kobscop gostam desta mensagem

Abdul_Alhazred
Abdul_Alhazred
Mensagens : 130
Data de inscrição : 09/01/2020

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Re: Diário do Abdul_Alhazred

10/10/2022, 12:28
SoldadoP escreveu:
Henrique Fausto escreveu:
Ashtanga escreveu:Faça muitos exercícios, programação envolve muita lógica, sobre tudo você tem que ir pra prática, testar códigos... Eu aprendi um pouco css e só aprendi de fato praticando, pq vídeo eu só peguei os conceitos.

Obrigado, baixei o aplicativo, muito bom, mas percebi que a base é a mesma da técnica pomodoro, quero chegar a estudar pelo menos quatro horas diárias, apenas preciso colocar um cronograma para seguir, afinal, eu estudo matemática, pois à minha base foi uma porcaria na escola pública, depois tento estudar os assuntos do curso: algoritmo e linguagem do computador, c++, banco de dados, Photoshop, fundamentos da internet, inglês instrumental, pacote office, estas são as aulas ministras no curso.  Como é tanta coisa, fico desanimado e postergador às vezes.


Sobre o livro do Nessahan Alita, eu já li um, sobretudo quando estudava sedução, seguia um fórum chamado clube alfa, o qual eu sempre que abordava uma mulher, escrevia um relato de  campo detalhando tudo e os pormenores da interação para avaliação dos membros do fórum, os quais diziam o que estava errando ou acertando, era bacana no começo, até eu ficar robótico demais, acabei tornando-me um simulacro de robô, tinha que ter em mente tudo o que a garota ia responder de antemão senão eu travava, coisa que aconteceu várias vezes depois.

Eu já fiz conta no badoo, mas só encontro garotas novas demais, que querem apenas baladas ou mulheres com filhos de pais diferentes buscando um provedor, que não serei eu. Gostaria de resolver isso, mas não sei como, tenho baixa autoestima depois do meu término, eu já não tinha muita antes dele. Também não sei onde achar uma mulher, que valha a pena. E ainda tenho um monte de problemas, os quais tenho que resolver. já dei o primeiro passo, acho que é o mais importante agora.

Se alguém tiver alvitres, sinta-se livre, desde já meu obrigado!

bom dia meu amigo.
Sobre essa ultima parte, onde achar mulher que vale apena, na minha opinião e em uma igreja, sei que só por esta na igreja não quer dizer que vai ser uma mulher que vale, mas já é meio caminho, pq na igreja estamos mais abertos a melhorar, de todas mulheres que já me interessei e namorei ou tentei alguma coisa 100% eram da igreja.

Você deve estar correto, mas se leu meu relato, acho que entende a razão de eu ser um pouco receoso por evangélicas, acho que para mim amor de verdade não existe, por ser que seja papo de quem lascou-se no amor, mas sei lá, tudo parece ser um jogo de interesse, eu por uma mulher com o corpo atraente, e ela por um cara que sirva como provedor ou macho alfa, sei lá. Pelo menos foi o que aconteceu comigo, não queria que as coisas fossem assim, eu ser tão pessimista, mas não consigo enxergar de outra forma, ficou tão arraigado estes pensamentos em mim, de verdade, não sei como ver por outro prisma.

Penso em ir à igreja, embora haja muitas coisas boas na bíblia, por exemplo, os dez mandamentos, que só um código moral bom, entretanto há coisas que não tem o menor sentido. Sobretudo o sofrimento humano, como Deus poderia permitir tal coisa? Se ele sabe de tudo para que testar todos com provações, traumas etc? Não faz sentido nenhum. Eu que sou falho não vejo sentido nenhum em jogar um jogo assim. Enfim, embora goste de muitos ensinamentos da bíblia, sou cético com muitas coisas por causa da minha história de vida infelizmente, acho que para ir à igreja deveria ser mais crédulo na bíblia, mas sempre que leio a bíblia eu busco uma razão do porquê e como as coisas ficaram assim. E isso frustra-me, pois não tem resposta, apenas esperança.

Eu concordo, acho que eu acharia uma mulher que busca ser uma pessoa melhor na igreja, não que seja garantia de algo, como tudo na vida há os bons e os maus, mulher evangélica ou não não seria tão diferente, continuaria havendo boas e ruins, embora acho que mais boas do que ruins, por estarem buscando e estarem calcadas na ética cristã, a qual eu gosto , o problema é que eu sinto-me incomodado de ir para à igreja apenas por este motivo(segundas intenções), além de no fundo, não acreditar mais que qualquer relacionamento não passa de jogos de interesses, o amor sempre foi algo mercantilista, e acho que sempre será.


Última edição por Henrique Fausto em 10/10/2022, 14:55, editado 1 vez(es)

Kobscop gosta desta mensagem

Abdul_Alhazred
Abdul_Alhazred
Mensagens : 130
Data de inscrição : 09/01/2020

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Re: Diário do Abdul_Alhazred

10/10/2022, 12:39
Olá,

Não vi mais pornografia, mas masturbei-me na sexta à noite e no sábado pela manhã, estava com insônia e depois de masturbar-me dá sono, sábado estava ocioso, daí masturbei-me de novo com as lembranças de sexo que já fiz na vida e com ex-ficantes.

Acho que é menos danoso que pornografia, mas ainda assim é masturbação, então eu tirei o marcado, acho que estava há 30 dias. A pornografia, eu não consigo acessar mais no PC, coloquei tanto bloqueadores, que as vezes até coisas que não são porno o PC não deixa-me acessar, mas é melhor assim.

Penso em largar o tratamento com a psicóloga, ela falou que sou esquizofrênico-afetivo, nem sei o que diabos é isso. Sempre há um rótulo para os transtornos mentais novo, cada médico que vou o transtorno muda, odeio o que fizeram com a ciência, no lugar de ser algo mais exato, tornou-se algo subjuntivo, nem eles chegam numa convergência.

Tenho ido para a academia, estudo meu curso de programação, mas não tenho ânimo para nada, gostaria de ficar prostrado na minha cama para sempre ou ficar em coma e torcer para que houvesse um erro e desligassem o suporte de vida. É eu sei, bem depressivo, no fundo sinto um vazio enorme, não deveria sentir-me assim como se fosse o ser mais infeliz da face da terra, entretanto é como eu me sinto, eu tenho onde morar, não passo fome, meus pais ajudam-me com não falta alimento e vestimenta, não sofro de nenhuma doença terminal, por que eu não consigo sentir-me bem comigo mesmo?

Por que eu odeio a mim, e minha fraqueza por sempre cair na pornografia, o que vocês acham, confrades?


At.te


Última edição por Abdul_Alhazred em 21/11/2022, 23:43, editado 1 vez(es)

Kobscop gosta desta mensagem

euvouvencer
euvouvencer
Moderador
Moderador
Mensagens : 1749
Data de inscrição : 16/04/2016

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Re: Diário do Abdul_Alhazred

10/10/2022, 13:10
Acho que você precisa buscar a Deus, só isso, rsrs.

Forte Abraço amigo, e sucesso no reboot.

_______________________________________
"NÃO POREI COISA MÁ DIANTE DOS MEUS OLHOS". (Salmos 101:3)










Visite meu diário:
https://www.comoparar.com/t11655p225-quero-ser-livre

Abdul_Alhazred e Kobscop gostam desta mensagem

Abdul_Alhazred
Abdul_Alhazred
Mensagens : 130
Data de inscrição : 09/01/2020

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Re: Diário do Abdul_Alhazred

10/10/2022, 14:56
euvouvencer escreveu:Acho que você precisa buscar a Deus, só isso, rsrs.

Forte Abraço amigo, e sucesso no reboot.

Poderia dar sua história com a religião? Ajudar-me-ia mais. Pois já tentei ir à igreja, infelizmente apenas quando o estava em grande apuros, jejuava, pedia a Deus para livrar-me do sofrimento, mas nunca sentia nada, além disso, sentia estranho, não conseguia o que via os outros crentes conseguiam: enturmar-se, até ali onde as pessoas buscavam alívio para o próprio sofrimento não via um ombro amigo, pensava e orava com veemência para que Deus ajudasse-me, mas fui perdendo a fé aos poucos, em grande parte, por causa do meu passado de traumas. Se Deus amasse-me por que eu tive que passar por tanto sofrimento e charcos na vida, a pornografia mais um charco elevado ao quadrado.

Pensei em voltar para a igreja, mas sinceramente, não consigo pensar em mim acreditando, invejo quem consegue, com certeza é um ótimo aliado em qualquer hora. Leio a bíblia para achar conselhos bons às vezes. Mas não consigo acreditar, como gostaria de uma epifania divina.


Última edição por Abdul_Alhazred em 21/11/2022, 23:52, editado 1 vez(es)

Kobscop gosta desta mensagem

Abdul_Alhazred
Abdul_Alhazred
Mensagens : 130
Data de inscrição : 09/01/2020

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Re: Diário do Abdul_Alhazred

10/10/2022, 14:58
Ashtanga escreveu:Faça muitos exercícios, programação envolve muita lógica, sobre tudo você tem que ir pra prática, testar códigos... Eu aprendi um pouco css e só aprendi de fato praticando, pq vídeo eu só peguei os conceitos.

oi, Ashtanga, você disse que já usou ayahuasca, como eu conseguiria? Apenas entrando na doutrina do santo daime? Sou de SP, consigo achar original na internet? Obrigado!

Kobscop gosta desta mensagem

eduardo1987_
eduardo1987_
Mensagens : 31
Data de inscrição : 19/07/2022

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Re: Diário do Abdul_Alhazred

11/10/2022, 08:24
Olá Henrique Fausto, vou te acompanhar. espero que tenha sucesso e vamos se encontrar la na frente!

Abdul_Alhazred e Kobscop gostam desta mensagem

Abdul_Alhazred
Abdul_Alhazred
Mensagens : 130
Data de inscrição : 09/01/2020

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Re: Diário do Abdul_Alhazred

14/10/2022, 21:14
Toda semana tenho uma consulta com a minha psicóloga, o intuito era acabar com a pornografia, meu irmão está ajudando-me, colocou um antivírus pago e controle parental, isso ajuda bastante, pois quando estou na fissura, não consigo acessar e depois saio do modo operandis bestial para a razão. Vejo que era por causa do vício estes comportamentos. Recorro à pornografia quando discuto com meus pais, frustro-me nos estudos ou quanto arrumo um subemprego ou frustro-me com as pessoas, infelizmente esta merda foi minha válvula de escape por muito tempo, graças a isso, eu tenho DE, ejaculação precoce, uma visão distorcida e catastrófica do mundo.

Comecei a treinar musculação, estou estudando um pouco de nutrição para emagrecer e ganhar massa magra, estou a fazer uma alimentação forte, que são comidas ricas em proteínas, tipo: ovo, carne vermelha com baixo índice de carboidratos. Até agora ainda não tive muito resultado, ainda vai fazer um mês que estou fazendo academia, contudo já consegui perder 3 kilos, agora peso 78kg, tenho 1,69, meu peso ideal seria 65kg, gostaria de perder a pochete para aumentar minha autoestima e sentir-me bonito.

Sou uma pessoa curiosa, contudo muito procrastinador, não sei se é TDAH, a psicóloga diz que não, embora não acredite muito em rótulos, afinal como tenho depressão, ansiedade, TOC e mais um monte de transtornos mentais, pois todo médico fala-me que padeço de uma doença diferente, já falaram-me que tinha depressão maior, bipolaridade, border-line, esquizofrenia atípica, eu já não acredito mais em nada, parece que os médicos são como investimentos "daytrade", que ficam especulando as coisas. Como pode eu passar em médicos distintos e nenhum chegar num denominador comum, sendo que pregam que a psiquiatria é uma ciência exata, oras, de exata não tem nada.

Penso em largar a terapia, a minha psicóloga diz que eu tenho que voltar a tomar remédios, o problema é que sempre tomei (tomei por 10 anos) e nunca melhorei, nem da depressão, nem da PMO, continuo com os problemas e ainda uns aditivos, que são os efeitos colaterais: mãos tremendo, ansiedade, arritmia, gosto de metal na boca, nervosismo. Não sei o porquê dos psiquiatras sempre assim, já desistir de entender.

Gostaria que existisse um elixir, mas isso é ser infantil como os médicos que atenderam-me, o trabalho é árduo, cansativo, desanimador.
Pois parece que tudo vai mal na minha vida, embora tenha esta sensação, sei que não é verdade, meu cérebro atenta contra mim, sou meu pior inimigo, acontece com vocês também, confrades? Se sim, o que fazem? Afinal todo buscar de vicio esconde uma infelicidade, não é?!


Obrigado!


Última edição por Abdul_Alhazred em 22/11/2022, 00:04, editado 1 vez(es)

SoldadoP, Kobscop e Tryagain gostam desta mensagem

Abdul_Alhazred
Abdul_Alhazred
Mensagens : 130
Data de inscrição : 09/01/2020

Diário do Abdul_Alhazred - Página 2 Empty Re: Diário do Abdul_Alhazred

29/10/2022, 00:56
Ando deveras desanimado, conseguir burlar o sistema e acessar pornografia, como vi, enfiei os dois pés na jaca e assistir compulsivamente, afinal pensei, já falhara mesmo, coisa que convenhamos, não ajuda em nada apenas piora o que já está ruim, voltei a tentar o reinício, estou há 2 dias sem ver PMO, meu irmão colocou mais bloqueios no antivírus, embora nenhum seja 100% eficaz, quando bate a fissura, fico irracional e perseverante para ver pornografia conseguir burlar o sistema para assistir aquela porcaria, gostaria de ser assim para o estudo, a musculação, socializar et cétera...

Continuo passando com à minha psicóloga, gostaria de tentar algo mais invasivo como psicologia behaviorista de Skinner, que julgo ser mais eficaz para adestrar comportamentos arraigados ou até algo radical, contudo à minha psicóloga diz que é antiético, acho uma grande hipocrisia, o que importa-me é eu ficar bem, para mim não tem nada de antiético, antiético é ficar enxugando gelo comigo, de verdade, não sei mais o que tentar para resolver meus problemas: já tomei remédios controlados, já fiz eletrochoque, já fiz estimulação magnética transcraniana, fiquei obsessivo para achar uma solução para o meu suplício: há coisas mais invasivas como a psicocirugia ou implante de elétrodos, contudo os médicos não indicam-me, pois acreditam piamente na teoria das monoaminas, que é uma teoria que diz que os transtornos mentais são causados por falta de neurotransmissores na fenda sináptica entre os neurônios, contudo há uma meta análise guarda-chuva, um estudo da universidade de Londres, que informa que isso não procede, que não há indícios que a serotonina seja a causadora da depressão, a serotonina para os médicos alienistas é o neurotransmissor da felicidade, a falta dele causa depressão, porém estudos com pessoas saudáveis com depleção(diminuição) de serotonina não as tornaram depressivas, logo esta não pode ser a causa: há várias teorias para transtornos mentais: genética, traumas de vidas, inflamação no cérebro, das monoaminas, elétrica, anatómicas, amígdala cerebral hiperativas ou problemas no sistema de recompensa(nos casos de vícios, pois alteram o cérebro, sobretudo a massa cinzenta).

Quem tiver interesse, fique à vontade para ler o artigo da universidade de Londres.

https://www.ucl.ac.uk/news/2022/jul/no-evidence-depression-caused-low-serotonin-levels-finds-comprehensive-review

Voltarei a escrever aqui e tentar ajudar os outros membros, quem sabe ajudando o próximo, eu consiga ajudar-me.

At.te


Última edição por Abdul_Alhazred em 22/11/2022, 00:11, editado 1 vez(es)

SoldadoP e Kobscop gostam desta mensagem

Ir para o topo
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos