Ir em baixo
avatar
The-Last-Stand
Mensagens : 1
Data de inscrição : 26/02/2020

De Volta à Guerra Empty De Volta à Guerra

em 26/2/2020, 20:03
Bem, minha história poderia estar sendo escrita na sessão "Histórias de Sucesso" do fórum, mas infelizmente não está sendo escrita lá. Aqui vai um pouco da minha experiência saindo da lama e voltando até ela.
 1- O INÍCIO
Comecei como a maioria aos 11/12 anos, mas não com PMO, era apenas MO, foi assim até os meus 14 aproximadamente onde houve a introdução do P à equação, me sentia um lixo nessa época, baixa auto estima, vontade nenhuma de fazer nada além de jogar e ficar em casa, foi assim até os meus 17.
No fim do ano de 2018, mais específico após o natal decidi que 2019 seria diferente, que eu iria mudar meu corpo e mente e ser alguém melhor todos os dias, foi aí que eu não pratiquei PMO durante um tempo.
 2- O PRIMEIRO CONTATO
Bem, após ficar sem PMO durante algumas semanas, notei que estava esbanjando energia como nunca tinha sentido em toda minha vida, conversas com mulheres eram muito naturais, diferente das nulas que antes eram, me sentia mais feliz também, foi aí que pratiquei PMO de novo (nessa época não conhecia No FAP), daí me senti terrível novamente, então fiquei umas semanas abstinente, me sentindo ótimo e boom, PMO, horrível outra vez, foi aí que notei que havia alguma relação entre eu estar abstinente e estar me sentindo melhor, mas acabei não levando isso tão a sério... Até que...
3- TOMANDO CONHECIMENTO DO MOVIMENTO
Enquanto via alguns vídeos no YouTube sobre estilo de vida mais saudável, treinos e entre outros, esbarrei em um vídeo que falava sobre No FAP, era um rapaz que estava documentando sua jornada, decidi dar uma olhada no vídeo e comecei a ouvir os benefícios que ele sentia, e olha só que surpresa, eram os que eu sentia quando ficava abstinente. Rapidamente pesquisei mais sobre isso e vi várias pessoas relatando os benefícios de ficar sem PMO e decidi tentar, afinal deu certo para todos eles, pode dar certo para mim também, mas se tem algo que todos nesse Fórum concordam é que ficar 90 dias logo de cara é bem improvável.
4- TENTATIVA E ERRO
Como é de se esperar não consegui de primeira, pra eu bater meus primeiros 20 dias demorou meses então durante o início do ano meus períodos de abstinência eram de 10 dias, 3, 4, 7, 9, 12 e entre outros. Com o passar do tempo fui ficando meio frustrado por não estar conseguindo um período maior longe de PMO, então decidi sentar e por a cabeça no lugar. Identifiquei padrões nas minhas recaídas e comecei a encontrar formas de quebrá-los. Primeiros 14 dias atingidos, auto estima subindo, garotas na escola puxando assunto, treinos rendendo, energia, disposição e motivação, recaída, motivo da queda identificado, 20 dias livre, garotas mais próximas, pessoas me incluindo em conversas mais frequentemente, disposição, energia, queda... E foi assim até Julho: Levantar, tentar, cair, ver o porquê da queda, levantar, tentar...
5- PRIMEIRO 90+
 Em julho decidi que não mais iria ser escravo do vício custe o que custar e que agora era pra valer, já conhecia os pequenos benefícios, imaginava o que viria, mas não tinha muita ideia do que iria vir. Meu recorde era de 33 dias na época, então 90+ ainda era meio assustador, mas já estava perto do meio do caminho, então só continuei andando, cheguei novamente aos 33, depois aos 40, 45, 50, e quando eu menos esperava, boom, 90 dias, foi um dia incrível. Já sentia de tudo, disposição, energia, atração muito grande, clareza mental, minha dicção tinha melhorado, passei a ter bem menos ansiedade, estava tudo muito bom, para terem uma ideia, a professora havia organizado uma aula em que minha turma deveria explicar para outra um determinado assunto, com o fim das apresentações ela anunciou que haveria uma votação para melhor apresentação e eu ganhei as duas aulas que tiveram essa dinâmica, quem diria que eu iria me sair bem, a professora comentou que recebi comentários sobre estar muito seguro do que eu estava falando, que eu não havia gaguejado ou algo do tipo, o que era comum de acontecer comigo, senti que No FAP estava sendo essencial para mim, tinha atingido 148 dias a essa altura e me sentia o máximo. Mas claro que nem tudo são  flores.
6- O INICIO DO FIM
Eu passei por uma flatline do meu dia 30 e pouco até o cento e pouco, então me senti sem libido por todo esse tempo, juntamente a isso meu avô adoeceu de câncer no fígado, eu gostava muito do meu avô então isso me abalou um pouco, na verdade a família toda né. Além disso no último dia de aula eu fui me despedir de uma garota que eu estava mais próximo, durante a despedida ela me abraçou e disse que iria mudar de cidade, eu esperava que depois da escola ainda sairíamos juntos e etc, mas não foi o caso, afinal ela está numa cidade diferente agora é esta difícil manter contato. Não acredito que tudo isso tenham sido desculpas para o que vem a seguir, mas decidi listar pois me marcou de certa forma.
7- O DESASTRE
Minha festa de formatura foi marcada para o início de dezembro de 2019 e eu compareci. Bebida, dança, mulher, tinha tudo isso lá, eu terminava de dançar com uma e outras duas me puxavam pelo braço, então estava tudo muito animado e com os benefícios só melhorava a situação até que eu cheguei em casa e dormi. Não me lembro de muito o que teve na festa, mas me lembro de acordar e sentir minha libido voltar com tudo de uma vez, nunca senti ela tão alta antes e foi muito difícil segurar e me manter firme, mas foi o que houve na ocasião. Meu avô faleceu próximo ao dia 15 de dezembro, o que me deixou arrasado, foi então que eu estava me sentindo muito mal pela primeira vez, mas decidi ir dormir e descansar um pouco, foi aí que aconteceu minha recaída.
8- O RESULTADO
Depois do meu lapso pensei que não ocorreria de novo, até que houve de novo, e de novo, e de novo e quando menso esperava tinha voltado a estaca zero, me senti péssimo, minha vida tinha melhorado muito com os treinos, dieta, meditação, banho gelado, mas uma das pilastras mais fortes, No FAP, havia sido quebrada, pensar nisso só me fez me sentir ainda pior, e é aí que chegamos a hoje.
9- HOJE
Bem, hoje é meu dia 0, estou decido que irei bater novamente 90+, estou tentando desde dezembro, mas da última vez demorei 7 meses, agora estou mais experiente do que nunca e pretendo bater 90 dias antes de Julho. Em Julho comecei ano passado e antes dele terminarei esse ano. O que mais me ajudou foram vídeos no YouTube e esse fórum, eu apenas lia os relatos e via as motivações que outros usuários davam aos que estavam passando pelo experimento, estou postando para aumentar ainda mais meu senso de responsabilidade para não apenas comigo mais, mas também a esse fórum e minha jornada.
Ainda não sei muito bem onde postar o que, ainda estou lendo isso e pretendo começar um diário, não sei nem se esse post está no lugar correto.
Não recaiam, não vale a pena, mesmo que tenha se passado mais de 100 dias, não vale a pena. Mantenham-se firmes!
"Um mestre caiu mais vezes do que um iniciante sequer tentou."
NÃO DESISTAM!
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum