Ir em baixo
avatar
callmegod
Mensagens : 5
Data de inscrição : 12/08/2019

Apresentação/A minha jornada Empty Apresentação/A minha jornada

em 10/5/2020, 16:32
Olá a todos!

Sou novo no fórum, mas não à ideia e ao conceito do Nofap e reboot, mas primeiro vou fazer uma breve apresentação.
Tenho 19 anos e sou português, como quase todos nós que aqui estamos, comecei a masturbação cedo, penso que por volta dos 11-12 anos, e não demorou muito tempo até aparecer a pornografia. Levei esta rotina durante anos e anos, todos os dias me masturbava assistindo pornografia, por vezes chegava a masturbar-me 2-3 vezes ao dia, o máximo que consegui foi talvez 5. Não tenho um vicio hardcore, nunca evolui para estilos de pornografia violentos e perturbadores mas sou capaz de admitir que me masturbei em excesso assistindo pornografia, e isso trouxe-me consequências, no entanto, nunca fui do tipo de pessoa que já conheci com um vício tão extremo ao ponto de se masturbar 15-20 vezes ao dia.

Levei esta rotina até por volta dos 16 anos, onde conheci o movimento Nofap, fiz pesquisas, artigos, opiniões e relacionei-me com o problema que foi apresentado. Como quase todos nós, eu percebi que tinha um problema quando tive a minha primeira relação sexual e pouco prazer sentia, era díficil me manter ereto, após esse episódio decidi ingressar no movimento Nofap.

A minha primeira streak foi longa, consegui chegar quase aos 50 dias, aquilo que senti durante esse período era algo que nunca tinha sentido na vida. Sempre fui timido, introvertido, postura fraca, pensamentos vitimistas, falta de confiança, mas quando decidi embarcar nesta jornada pouco a pouco senti-me diferente. Comecei a sentir mais confiança, não tive mais medo de caminhar lentamente e com uma postura correcta, não tive mais medo de conversar com alguém, por vezes eu até evitava falar com pessoas próximas de mim justamente por ter ansiedade social e também senti uma melhora no meu libido e mais atração pelas mulheres na rua.

Eventualmente recaí, e passei mais uns meses na rotina degradante do PMO.
Até agora.
No passado dia 23 de Abril decidi que ia parar de vez de ver pornografia. E com isso decidi entrar novamente na jornada Nofap, motivado pelos problemas que tive no passado e por perceber finalmente que pornografia e masturbação em excesso nunca fez bem a ninguém. Desde então tenho praticado o Hard Mode, não assisti 1 único segundo de pornografia, não me masturbei nem tive nenhum orgasmo (nem ejaculação noturna) e também não pratico edging.

Até agora tem sido suave. Na primeira semana senti lentamente alguma coisa a mudar, a partir do décimo dia até agora tenho sentido uma espécie de montanha russa, há dias em que estou bem disposto, outros nem tanto, há dias em que tenho mais libido, outros nem tanto mas no geral tem sido uma jornada tranquila, tive alguns dias e momentos em que me senti com a libido extremamente alta e senti como se houvesse alguém a dizer-me para voltar ao PMO mas felizmente até agora consegui resistir.

Penso que em breve estará para vir a flatline. Eu quando atingi a minha maior streak fui anotando tudo aquilo que sentia de 10 em 10 dias, e pelo que escrevi, a partir do dia 20 senti uma espécie de flatline, há pessoas que relatam sintomas depressivos, pensamentos suicidas mas nunca tive uma flatline dessas, penso que a minha seja mais física que emocional.

O meu objetivo em primeiro lugar é completar os 90 dias. Após a marca dos 90 dias nunca mais vou querer assistir pornografia e masturbação vou tentar deixar no minimo indispensável, mas até chegar aos 90 dias vou manter a minha rotina sem PMO e quando sentir que estou livre de todo o mal que a pornografia e masturbação excessiva me fez, talvez possa reconsiderar a masturbação mas muito moderadamente.

Estou na luta!
edukl1991
edukl1991
Mensagens : 69
Data de inscrição : 29/02/2020
Idade : 19

Apresentação/A minha jornada Empty Re: Apresentação/A minha jornada

em 10/5/2020, 16:42
callmegod escreveu:Olá a todos!

Sou novo no fórum, mas não à ideia e ao conceito do Nofap e reboot, mas primeiro vou fazer uma breve apresentação.
Tenho 19 anos e sou português, como quase todos nós que aqui estamos, comecei a masturbação cedo, penso que por volta dos 11-12 anos, e não demorou muito tempo até aparecer a pornografia. Levei esta rotina durante anos e anos, todos os dias me masturbava assistindo pornografia, por vezes chegava a masturbar-me 2-3 vezes ao dia, o máximo que consegui foi talvez 5. Não tenho um vicio hardcore, nunca evolui para estilos de pornografia violentos e perturbadores mas sou capaz de admitir que me masturbei em excesso assistindo pornografia, e isso trouxe-me consequências, no entanto, nunca fui do tipo de pessoa que já conheci com um vício tão extremo ao ponto de se masturbar 15-20 vezes ao dia.

Levei esta rotina até por volta dos 16 anos, onde conheci o movimento Nofap, fiz pesquisas, artigos, opiniões e relacionei-me com o problema que foi apresentado. Como quase todos nós, eu percebi que tinha um problema quando tive a minha primeira relação sexual e pouco prazer sentia, era díficil me manter ereto, após esse episódio decidi ingressar no movimento Nofap.

A minha primeira streak foi longa, consegui chegar quase aos 50 dias, aquilo que senti durante esse período era algo que nunca tinha sentido na vida. Sempre fui timido, introvertido, postura fraca, pensamentos vitimistas, falta de confiança, mas quando decidi embarcar nesta jornada pouco a pouco senti-me diferente. Comecei a sentir mais confiança, não tive mais medo de caminhar lentamente e com uma postura correcta, não tive mais medo de conversar com alguém, por vezes eu até evitava falar com pessoas próximas de mim justamente por ter ansiedade social e também senti uma melhora no meu libido e mais atração pelas mulheres na rua.

Eventualmente recaí, e passei mais uns meses na rotina degradante do PMO.
Até agora.
No passado dia 23 de Abril decidi que ia parar de vez de ver pornografia. E com isso decidi entrar novamente na jornada Nofap, motivado pelos problemas que tive no passado e por perceber finalmente que pornografia e masturbação em excesso nunca fez bem a ninguém. Desde então tenho praticado o Hard Mode, não assisti 1 único segundo de pornografia, não me masturbei nem tive nenhum orgasmo (nem ejaculação noturna) e também não pratico edging.

Até agora tem sido suave. Na primeira semana senti lentamente alguma coisa a mudar, a partir do décimo dia até agora tenho sentido uma espécie de montanha russa, há dias em que estou bem disposto, outros nem tanto, há dias em que tenho mais libido, outros nem tanto mas no geral tem sido uma jornada tranquila, tive alguns dias e momentos em que me senti com a libido extremamente alta e senti como se houvesse alguém a dizer-me para voltar ao PMO mas felizmente até agora consegui resistir.

Penso que em breve estará para vir a flatline. Eu quando atingi a minha maior streak fui anotando tudo aquilo que sentia de 10 em 10 dias, e pelo que escrevi, a partir do dia 20 senti uma espécie de flatline, há pessoas que relatam sintomas depressivos, pensamentos suicidas mas nunca tive uma flatline dessas, penso que a minha seja mais física que emocional.

O meu objetivo em primeiro lugar é completar os 90 dias. Após a marca dos 90 dias nunca mais vou querer assistir pornografia e masturbação vou tentar deixar no minimo indispensável, mas até chegar aos 90 dias vou manter a minha rotina sem PMO e quando sentir que estou livre de todo o mal que a pornografia e masturbação excessiva me fez, talvez possa reconsiderar a masturbação mas muito moderadamente.

Estou na luta!

bem vindo ao forúm callmegod, boa sorte, estarei acompanhando seu diario
avatar
callmegod
Mensagens : 5
Data de inscrição : 12/08/2019

Apresentação/A minha jornada Empty Re: Apresentação/A minha jornada

em 28/6/2020, 11:50
Olá a todos, novamente.
Atualizei o meu contador, e desde a criação deste tópico ainda não recaí. Hoje irão fazer 66 dias desde a última vez que me masturbei, vi pornografia e tive um orgasmo.
Quando criei este tópico ainda nem tinha chegado ao primeiro mês e acho estou a mais de 2 meses sem PMO, fantástico, bati o meu anterior recorde já à algum tempo.

Como tinha escrito na primeira resposta, estava à espera da flatline, e ela sem dúvida apareceu, ela entrou por volta do dia 20 e acabou dia 30, foram mais ou menos 10 dias onde eu me senti uma completa merd*, sem vontade para nada, sem motivação, nada me alegrava, nada me fazia sentir bem, aquilo que eu fazia antes que me dava prazer, seja ouvir música, comer a minha comida favorita, nada me fazia sentir bem, foi um período tenso mas ultrapassei.

Desde o dia 30 mais ou menos até ao dia de hoje tem sido uma caminhada um tanto tranquila. Ainda não tive polução noturna, o que acho estranho, visto que não pratico edging, também não tenho urges, aliás eu acho que nunca tive cravings para ver pornografia em nenhuma streak e muito muito raramente sinto vontade de masturbar, o que acontece é que muito poucas vezes enquanto tento adormecer fico inquieto, mas passa rápido. Não tenho ataques de tesão como a maioria das pessoas reportam e portanto tem sido uma caminhda tranquila.

Não sinto qualquer vontade de ver pornografia e também não sinto qualquer vontade de me masturbar. Em relação à PIED não sei como estou pois ainda não tive sexo e só irei ter a partir do dia 90, consigo obter uma ereção se tiver algum pensamento erótico, basta trocar mensagens com alguma mulher que é o suficiente para ter uma ereção, mas irei esperar até ao dia 90 para testar.

Eu não posso dizer que não tenho libido nenhuma pois o que muitas pessoas dizem é que não sentem vontade nenhuma e nem cogitam a palavra "sexo" na mente delas, algumas dizem que o próprio pénis parece morto, mas não é o meu caso, eu consigo ter ereções, mas não tenho ataques de tesão muito menos cravings como a maioria das pessoas. Tenho dúvidas de que isto seja uma flatline, também não posso ter a certeza de que não tenho mais um vício em PMO.

De qualquer das formas irei continuar esta jornada, sempre atendo, mas sabendo que estou mais perto do dia 90 do que do dia 0.

_______________________________________
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum