Ir em baixo
avatar
freebird
Mensagens : 43
Data de inscrição : 09/06/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

21/7/2020, 21:44
Seguimos fortes! Vou te acompanhando por aqui.







GLE escreveu:
freebird escreveu:Vou chegando a 21 dias bem. Controle emocional satisfatório. Energia um pouco baixa. Vamos que vamos!

Eu estou no meu 2 dia hoje brother! seguimos em frente.

_______________________________________
avatar
freebird
Mensagens : 43
Data de inscrição : 09/06/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

26/7/2020, 08:29
Siga firme meu amigo, a vitória nos espera

GLE escreveu:
freebird escreveu:Vou chegando a 21 dias bem. Controle emocional satisfatório. Energia um pouco baixa. Vamos que vamos!

Eu estou no meu 2 dia hoje brother! seguimos em frente.

_______________________________________
avatar
freebird
Mensagens : 43
Data de inscrição : 09/06/2020

diário freebird - Página 2 Empty Reiniciando

27/8/2020, 18:34
Estive fora um tempo. Foram quatro recaídas nesse tempo. Me sentindo bastante triste, pensamentos de suicídio e etc. Estou voltando porque sei que aqui podemos encontrar forças . Cheguei a mais de 39 dias limpo, acompanhando o fórum, algo que nunca tinha acontecido. Estou determinado a avançar mais . Vício nefasto. Preciso de me livrar disso. Minha depressão só piora. Triste.
avatar
Brewer
Mensagens : 567
Data de inscrição : 22/04/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

27/8/2020, 19:22
Amigo Freebird, calma. Passei por isso tb antes de começa ro Reboot, hoje sou outro. Vai em frente, foca daqui a 90 dias e vera que sera uma outra pessoa. Confio em vc

Abs

freebird gosta desta mensagem

avatar
freebird
Mensagens : 43
Data de inscrição : 09/06/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

1/9/2020, 20:48
Obrigado! Vou seguir firme

_______________________________________
Barão Vermelho
Barão Vermelho
Mensagens : 339
Data de inscrição : 15/07/2017

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

1/9/2020, 22:14
E ai mano, tudo bem?

Eu também me sinto bem mal as vezes, precisamos mudar nossa vida, e parar com a PMO é uma boa coisa para ajeitar a casa.

Saiba que estamos juntos nessa, certo? Então não abandone nós aqui.

Grande abraço, espero melhoras e boa sorte com o reboot!

_______________________________________


"I am gonna show you how great I am"
- Muhammad Ali

Meu diário -> https://www.comoparar.com/t10878-recomeco

trofeu14.pngImagem hospedada por Servimg.comImagem hospedada por Servimg.com

#NoFapSeptember 2020 eu consegui!

freebird gosta desta mensagem

avatar
Carlos Alberto
Mensagens : 79
Data de inscrição : 02/09/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

4/9/2020, 01:06
Freebird cara li seus relatos... eu cheguei na minha vida ate os 50 dias limpo... nunca ate hj consegui passar disso... cheguei a ponto de pensar que nunca conseguiria... bom, estou aqui no forum... vou postar meu dia logo mais, mas antes quero lhe escrever

Eu tbm ja tive muitoa pensamentos suicidas. Demorei pra entender que na vdd tudo nao passava de ilusão devido ao consumo excessivo da P.

Isso a alguns anos atrás. Até hoje esse malditos pensamentos me sondam. Basta acontecer qualquer coisa. Uma decepção, uma opinião ruin de alguém, um estresse na familia, enfim... eu ja pensei em ir em um psicólogo pra ver pelo menos se eu recebo uma luz por menor que seja pra saber porque esses pensamentos ruins estão aí, mas eu vou apostar tbm no reboot...

Eu me sinto bem ficando varios dias sem PMO, mas os pensamentos onde eu tento tirar minha vida parecem resquícios de um passado que quer me assustar. Nao são reais. Nao sao meus. São da PMO. Tem dias que me sinto otimo e tem outros que to pessimo. Mas eu não vou desistir. Meu lema é "90 dias em uma vida é um sopro" ou seja, eu vou Chegar la, eu sei que vou... sao 90 dias pra melhorar décadas de vida incrível que tenho pela frente...

Um grande abraço irmao, tamo junto, to contigo... vamos vencer!!!!
avatar
freebird
Mensagens : 43
Data de inscrição : 09/06/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

4/9/2020, 11:41
Barão Vermelho escreveu:E ai mano, tudo bem?

Eu também me sinto bem mal as vezes, precisamos mudar nossa vida, e parar com a PMO é uma boa coisa para ajeitar a casa.

Saiba que estamos juntos nessa, certo? Então não abandone nós aqui.

Grande abraço, espero melhoras e boa sorte com o reboot!

Muitíssimo obrigado pelas palavras. Seguimos juntos. Assim que puder vou ler seu diário , ver se ajudo em algo.
Léo123
Léo123
Mensagens : 147
Data de inscrição : 17/07/2020
Idade : 30
Localização : Rio de Janeiro

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

8/9/2020, 17:26
Fala brother, li seu diário desde o início, me indentifiquei em algumas coisas, principalmente quando disse que seu maior gatilho é sua esposa. Te entendo bem, tambem passei e passo por isso ainda, a falta de sexo, eu querer e ela não, tambem foram um gatilho fortíssimo pra mim, ficava com raiva e frustado, ai ia p PMO, mas hoje em dia depois de ter tido uns episódios de DE, e ela me apoiar, não me julgar e tal, eu percebo que o casamento tem autos e baixos e que devo respeitar o tempo da pessoa, então essa rejeição sexual que me frustava, já não frusta mais tanto assim, já não é um gatilho tão forte assim, a DE que tive e as vezes ainda tenho tomou o lugar do gatilho que mais me faz cair, também estou tentando trabalhar nisso, com o reboot sei que as coisas se normalizarão.

Seguirei te acompanhando aqui e trocando experiências, fica firque e rumo a se libertar desse vício.

_______________________________________


VISITE MEU DIÁRIO: https://www.comoparar.com/t10814-diario-de-um-homem-que-quer-se-libertar-da-pmo

freebird gosta desta mensagem

avatar
freebird
Mensagens : 43
Data de inscrição : 09/06/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

16/9/2020, 22:05
Léo123 escreveu:Fala brother, li seu diário desde o início, me indentifiquei em algumas coisas, principalmente quando disse que seu maior gatilho é sua esposa. Te entendo bem, tambem passei e passo por isso ainda, a falta de sexo, eu querer e ela não, tambem foram um gatilho fortíssimo pra mim, ficava com raiva e frustado, ai ia p PMO, mas hoje em dia depois de ter tido uns episódios de DE, e ela me apoiar, não me julgar e tal, eu percebo que o casamento tem autos e baixos e que devo respeitar o tempo da pessoa, então essa rejeição sexual que me frustava, já não frusta mais tanto assim, já não é um gatilho tão forte assim, a DE que tive e as vezes ainda tenho tomou o lugar do gatilho que mais me faz cair, também estou tentando trabalhar nisso, com o reboot sei que as coisas se normalizarão.

Seguirei te acompanhando aqui e trocando experiências, fica firque e rumo a se libertar desse vício.

Tudo certo Léo. Uma das coisas que acho mais importante nesse fórum é justamente perceber que aqui estamos construindo solidariedade e identificação para fortalecer a caminhada de cada um. Muito obrigado pela sua atenção e pelas palavras . Vou acompanhar seu diário também. As vezes eu demoro um pouco pra acessar . Estou tentando ficar mais distante de internet, clarear no que puder minha mente. Grande abraço, seguimos juntos!
avatar
freebird
Mensagens : 43
Data de inscrição : 09/06/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

2/10/2020, 12:02
Chegando a 35 dias sem pmo hoje recai em pornografia, sem masturbação até então. Lendo relatos de um de nossos amigos fico pensando. No caso dele já não tem mais problema com p mas segue na masturbação, ficando em dúvida se já não é um impulso natural. No meu caso, não sinto tanta necessidade de masturbação ou orgasmo, mas a pornografia é uma obsessão. Simplesmente olhar , ver e rever meus fetiches , que em geral correspondem a uma versão porno da minha própria esposa. Eu não consigo ter ereção vendo porno mas não consigo resistir quando bate a compulsão é como se meu lobo frontal estivesse apenas de carona num corpo descontrolado rumo ao consumo. Que deprimente essa situação. Me sinto muito diminuído com essa consciência do que acontece , quando acontece e não ter força para parar. Que merda. Alguém tem essa característica, de estar muito mais fissurado em apenas ver porno, na maior parte das vezes apenas fotos , não ter ereção , não masturbar nem estar fissurado em orgasmo? Ajudem por favor

_______________________________________
avatar
Carlos Alberto
Mensagens : 79
Data de inscrição : 02/09/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

2/10/2020, 12:29
freebird escreveu:Chegando a 35 dias sem pmo hoje recai em pornografia, sem masturbação até então. Lendo relatos de um de nossos amigos fico pensando. No caso dele já não tem mais problema com p mas segue na masturbação, ficando em dúvida se já não é um impulso natural. No meu caso, não sinto tanta necessidade de masturbação ou orgasmo, mas a pornografia é uma obsessão. Simplesmente olhar , ver e rever meus fetiches , que em geral correspondem a uma versão porno da minha própria esposa. Eu não consigo ter ereção vendo porno mas não consigo resistir quando bate a compulsão é como se meu lobo frontal estivesse apenas de carona num corpo descontrolado rumo ao consumo. Que deprimente essa situação. Me sinto muito diminuído com essa consciência do que acontece , quando acontece e não ter força para parar. Que merda. Alguém tem essa característica, de estar muito mais fissurado em apenas ver porno, na maior parte das vezes apenas fotos , não ter ereção , não masturbar nem estar fissurado em orgasmo? Ajudem por favor

Acredito que se nesses dias de reboot se vc apenas se masturbou ou apenas consumiu P então, vc nao atingiu o objetivo do reboot que é reprogramação do cérebro. Vc apenas colhe os benefícios do reboot quando se abstem dos dois; P e M.

No inicio do reboot minha vontade de M era maior do que de consumir P. Mas em outra hora com o tempo prolongado de reboot, isso trocou, eu tinha vontade de assistir P mas quase nenhuma de M.
Enfim, isso oscilava, e eu sabia que nem um nem outro iria me fazer bem. Um ou outro iria me levar de volta pra recair.
O objetivo é limpar sua mente da P e da M.
É fazer o seu cerebro entender que existem outras formas de obter prazer, que não o sexo virtual ou a M.
É fazer o circuito de recompensa se equilibrar, pois no momento está totalmente desregulado, acreditando que apenas P ou M irá saciar seu prazer. E isso nao é vc pensando, é seu vicio.

freebird gosta desta mensagem

avatar
freebird
Mensagens : 43
Data de inscrição : 09/06/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

4/10/2020, 10:27
Carlos Alberto escreveu:
freebird escreveu:Chegando a 35 dias sem pmo hoje recai em pornografia, sem masturbação até então. Lendo relatos de um de nossos amigos fico pensando. No caso dele já não tem mais problema com p mas segue na masturbação, ficando em dúvida se já não é um impulso natural. No meu caso, não sinto tanta necessidade de masturbação ou orgasmo, mas a pornografia é uma obsessão. Simplesmente olhar , ver e rever meus fetiches , que em geral correspondem a uma versão porno da minha própria esposa. Eu não consigo ter ereção vendo porno mas não consigo resistir quando bate a compulsão é como se meu lobo frontal estivesse apenas de carona num corpo descontrolado rumo ao consumo. Que deprimente essa situação. Me sinto muito diminuído com essa consciência do que acontece , quando acontece e não ter força para parar. Que merda. Alguém tem essa característica, de estar muito mais fissurado em apenas ver porno, na maior parte das vezes apenas fotos , não ter ereção , não masturbar nem estar fissurado em orgasmo? Ajudem por favor

Acredito que se nesses dias de reboot se vc apenas se masturbou ou apenas consumiu P então, vc nao atingiu o objetivo do reboot que é reprogramação do cérebro. Vc apenas colhe os benefícios do reboot quando se abstem dos dois; P e M.

No inicio do reboot minha vontade de M era maior do que de consumir P. Mas em outra hora com o tempo prolongado de reboot, isso trocou, eu tinha vontade de assistir P mas quase nenhuma de M.
Enfim, isso oscilava, e eu sabia que nem um nem outro iria me fazer bem. Um ou outro iria me levar de volta pra recair.
O objetivo é limpar sua mente da P e da M.
É fazer o seu cerebro entender que existem outras formas de obter prazer, que não o sexo virtual ou a M.
É fazer o circuito de recompensa se equilibrar, pois no momento está totalmente desregulado, acreditando que apenas P ou M irá saciar seu prazer. E isso nao é vc pensando, é seu vicio.

Obrigado pelas palavras. Parece que com relação ao vício o fato de querer apenas ver porno é apenas uma forma do cérebro não desgarrar de seu território seguro de prazer fácil . Importante saber que você já passou por um momento assim, vou trabalhar forte no sentido de preencher a necessidade de compensação. Ver se eu enfraqueço essa compulsão por saturação. Vou intensificar atividade física . Desde que escrevi não teve pmo. Seguimos na luta. Abraços
avatar
Carlos Alberto
Mensagens : 79
Data de inscrição : 02/09/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

4/10/2020, 19:01
[/quote]

Obrigado pelas palavras. Parece que com relação ao vício o fato de querer apenas ver porno é apenas uma forma do cérebro não desgarrar de seu território seguro de prazer fácil . Importante saber que você já passou por um momento assim, vou trabalhar forte no sentido de preencher a necessidade de compensação. Ver se eu enfraqueço essa compulsão por saturação. Vou intensificar atividade física . Desde que escrevi não teve pmo. Seguimos na luta. Abraços[/quote]

Sim, o cérebro sempre vai procurar a forma mais facil e rapida de obter prazer. Quando eu coloquei ma cabeça parar com PMO, minha vontade de contratar GP's ficou muito grande (conforme falei no meu diario tbm) porque? Porque era muito facil e rapido obter prazer dessa forma. Enfim, eu resisto e agora estou mais tranquilo nessa parte. Se vc entende que sua mente vai passando por labirintos procurando caminhos diferentes de se satisfazer aqueles picos intensos de dopamina buscadas quando o vicio te domina, aí vc compreende e realiza de forma mais eficaz o reboot.
Acredito que exercicios fisicos, musicas de qualidade sem aquelas apelações sexuais que tem muito, meditação, leituras de livros e TOTAL AUSÊNCIA de redes sociais ajuda muito.
avatar
Soletinho
Mensagens : 9
Data de inscrição : 20/07/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

4/10/2020, 19:33
Olá Freebird!
Acabei de ler todo o seu diário e estamos juntos nessa batalha, irmão. Eu acho que você deveria dar uma chance aos bloqueadores. Eu também tentei uma primeira vez achando que eles seriam ineficientes, que pelo meu conhecimento em informática eles não reopesentariam grandes obstáculos, mas eu resolvi tentar e te digo que tem funcionado muito bem! Deixei tudo por conta da minha esposa que tem o controle das senhas e todo o resto, e eu procurei nem saber o que realmente os bloqueadores bloqueam ou vigiam para tornar a segurança ainda maior. Em conjunto, eu resolvi sair de todas as minhas redes sociais e isso tem sido muito bom para me manter longe de gatilhos.
Mas cada caso é um caso. Espero que você vença sua luta e que encontre as ferramentas e a ajuda necessária para isso. Estaremos sempre por aqui. Grande abraço e tamo junto!

_______________________________________
Red Angus
Red Angus
Mensagens : 87
Data de inscrição : 08/06/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

5/10/2020, 18:13
freebird escreveu:Muito obrigado pelo apoio. É muito importante saber que não estou sozinho nessa empreitada. Hoje foi um dia de fissura após um fim de semana tranquilo. Mas o dia cheio me ajudou a conter qualquer movimento mais perigoso. No meu caso eu tenho um gatilho permanente: minha esposa. Explico: muito devido a minha depressão e chegada do nosso filho, já faz bastante tempo que estamos sem sexo, apenas alguns encontros esparsos, toques e etc. E o meu desejo por ela nunca arrefeceu; outrossim tornou-se um poço de frustração e sempre após alguma discussão ou negativa sexual, ficava mais propenso a recair. Esse é um gatilho permanente, não posso chegar perto dela, nem sentir o cheiro, que o coração acelera. Alguém passa por algo assim?

freebird escreveu:Chegando no nono dia me sinto bem. A libido oscila bastante durante o dia, mas estou confortável. Tenho conseguido manter maus pensamentos longe com mais facilidade. Estou mais atento aos gatilhos. Comecei a fazer uma rotina proposta por um canal do youtube. A base tem suas justificativas mas consiste sinteticamente em praticar win hof logo ao despertar (bem cedo de preferência) com intuito de oxigenar bem o corpo; agradecer pela existencia; meditar (tenho feito meditação ativa); controlar rigidamente o açucar na dieta; praticar exercicio fisico (pelo menos musculacao, sem aparelho mesmo, calistenia para iniciantes por exemplo), durante 21 dias. Dai e ver o resultado. Creio que veio a calhar para o momento.

freebird escreveu:Chegando a 35 dias sem pmo hoje recai em pornografia, sem masturbação até então. Lendo relatos de um de nossos amigos fico pensando. No caso dele já não tem mais problema com p mas segue na masturbação, ficando em dúvida se já não é um impulso natural.  No meu caso, não sinto tanta necessidade de masturbação ou orgasmo, mas a pornografia é uma obsessão. Simplesmente olhar , ver e rever meus fetiches , que em geral correspondem a uma versão porno da minha própria esposa. Eu não consigo ter ereção vendo porno mas não consigo resistir quando bate a compulsão é como se meu lobo frontal estivesse apenas de carona num corpo descontrolado rumo ao consumo. Que deprimente essa situação. Me sinto muito diminuído com essa consciência do que acontece , quando acontece e não ter força para parar. Que merda. Alguém tem essa característica, de estar muito mais fissurado em apenas ver porno, na maior parte das vezes apenas fotos , não ter ereção , não masturbar nem estar fissurado em orgasmo? Ajudem por favor

Olá freebird!
Li o diário inteiro e fiz questão de citar cada uma de suas postagens que pareceram "bastante familiares" ao meu próprio caso.
Tal como você, também tenho a minha esposa como um gatilho permanente, pois, apesar de não termos uma vida sexual tão animada quanto eu gostaria, tenho bastante atração física por ela. E essa atração se reflete nos dois grandes problemas que estou tentando resolver com o reboot: masturbação e fetichismo.
Por mais ridículo que possa parecer, tal como ocorre contigo, o meu fetichismo também basicamente floresce fantasiado "minha própria esposa em uma versão pornô". Isso me leva à masturbação e a queda. Essa sua constatação ("meus fetiches , que em geral correspondem a uma versão porno da minha própria esposa"), aliás, foi uma das melhores definições do meu próprio problema que já vi aqui no fórum.
Mas enfim... depois de um período bastante nebuloso, no fim de setembro voltei a tentar o reboot de maneira forte e, tal como o freebird, parti para banho frio, redução de açúcar e álcool, e exercícios regulares. Nesses últimos dias as coisas vêm bem... avalizo totalmente essas práticas como forma de recuperar o auto controle e a auto determinação.
Desejo sucesso! TMJ.

_______________________________________
"A vitalidade é demonstrada não apenas pela persistência, mas pela capacidade de começar denovo".
F. Scott Fitzgerald


1ª meta: dez posts em dez dias - começando novamente

Link do meu diário: https://www.comoparar.com/t10701-diario-do-red-angus

freebird gosta desta mensagem

avatar
freebird
Mensagens : 43
Data de inscrição : 09/06/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

5/10/2020, 23:08
Red Angus escreveu:
freebird escreveu:Muito obrigado pelo apoio. É muito importante saber que não estou sozinho nessa empreitada. Hoje foi um dia de fissura após um fim de semana tranquilo. Mas o dia cheio me ajudou a conter qualquer movimento mais perigoso. No meu caso eu tenho um gatilho permanente: minha esposa. Explico: muito devido a minha depressão e chegada do nosso filho, já faz bastante tempo que estamos sem sexo, apenas alguns encontros esparsos, toques e etc. E o meu desejo por ela nunca arrefeceu; outrossim tornou-se um poço de frustração e sempre após alguma discussão ou negativa sexual, ficava mais propenso a recair. Esse é um gatilho permanente, não posso chegar perto dela, nem sentir o cheiro, que o coração acelera. Alguém passa por algo assim?

freebird escreveu:Chegando no nono dia me sinto bem. A libido oscila bastante durante o dia, mas estou confortável. Tenho conseguido manter maus pensamentos longe com mais facilidade. Estou mais atento aos gatilhos. Comecei a fazer uma rotina proposta por um canal do youtube. A base tem suas justificativas mas consiste sinteticamente em praticar win hof logo ao despertar (bem cedo de preferência) com intuito de oxigenar bem o corpo; agradecer pela existencia; meditar (tenho feito meditação ativa); controlar rigidamente o açucar na dieta; praticar exercicio fisico (pelo menos musculacao, sem aparelho mesmo, calistenia para iniciantes por exemplo), durante 21 dias. Dai e ver o resultado. Creio que veio a calhar para o momento.

freebird escreveu:Chegando a 35 dias sem pmo hoje recai em pornografia, sem masturbação até então. Lendo relatos de um de nossos amigos fico pensando. No caso dele já não tem mais problema com p mas segue na masturbação, ficando em dúvida se já não é um impulso natural.  No meu caso, não sinto tanta necessidade de masturbação ou orgasmo, mas a pornografia é uma obsessão. Simplesmente olhar , ver e rever meus fetiches , que em geral correspondem a uma versão porno da minha própria esposa. Eu não consigo ter ereção vendo porno mas não consigo resistir quando bate a compulsão é como se meu lobo frontal estivesse apenas de carona num corpo descontrolado rumo ao consumo. Que deprimente essa situação. Me sinto muito diminuído com essa consciência do que acontece , quando acontece e não ter força para parar. Que merda. Alguém tem essa característica, de estar muito mais fissurado em apenas ver porno, na maior parte das vezes apenas fotos , não ter ereção , não masturbar nem estar fissurado em orgasmo? Ajudem por favor

Olá freebird!
Li o diário inteiro e fiz questão de citar cada uma de suas postagens que pareceram "bastante familiares" ao meu próprio caso.
Tal como você, também tenho a minha esposa como um gatilho permanente, pois, apesar de não termos uma vida sexual tão animada quanto eu gostaria, tenho bastante atração física por ela. E essa atração se reflete nos dois grandes problemas que estou tentando resolver com o reboot: masturbação e fetichismo.
Por mais ridículo que possa parecer, tal como ocorre contigo, o meu fetichismo também basicamente floresce fantasiado "minha própria esposa em uma versão pornô". Isso me leva à masturbação e a queda. Essa sua constatação ("meus fetiches , que em geral correspondem a uma versão porno da minha própria esposa"), aliás, foi uma das melhores definições do meu próprio problema que já vi aqui no fórum.
Mas enfim... depois de um período bastante nebuloso, no fim de setembro voltei a tentar o reboot de maneira forte e, tal como o freebird, parti para banho frio, redução de açúcar e álcool, e exercícios regulares. Nesses últimos dias as coisas vêm bem... avalizo totalmente essas práticas como forma de recuperar o auto controle e a auto determinação.
Desejo sucesso! TMJ.

Poxa, red angus, fico muito satisfeito de poder ajudar de alguma forma, encontrando nosso apoio na identificação de problemas semelhantes e na solidariedade para seguir a trilha. Vou acompanhar seu diário também. Muito obrigado pela sua atenção e pelo compartilhamento dos seus problemas. Comentando ainda sobre essa constatação: "meus fetiches , que em geral correspondem a uma versão porno da minha própria esposa", as vezes eu penso em um desdobramento dessa questão , que me derruba só de começar a pensar. Veja bem. O meu problema com pornografia é muito anterior a conhecer minha esposa. Tive problemas de d.e. a primeira vez 2 anos antes de conhecê-la e agora já estamos há bastante tempo juntos. O que me ocorre as vezes, refletindo de forma sincera e descompromissado em preservar minha autoimagem, é que talvez eu nunca tenha tido sequer uma conversa com ela sem a presença da objetificação do ser feminino , uma conversa em mesmo nível, de sujeito pra sujeito. Espero estar errado , mas de qualquer forma , percebo que se não fosse essa praga de vício tantos outros poderiam ter sido os caminhos do nosso relacionamento. Claro que ainda não me entreguei, mas o desgaste que já tivemos não teremos como apagar, todo o obnubilamento da minha consciência em relação a ela, as oportunidades perdidas , as vivências desperdiçadas , tudo isso vai ficar como uma marca profunda. É lamentável. Bom, mais uma vez muito obrigado e seguimos na luta. Sigo limpo
avatar
Brewer
Mensagens : 567
Data de inscrição : 22/04/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

6/10/2020, 11:21
Fala amigos, gostaria de entrar nesse assunto. Quando eu era casado passava pela mesma coisa, esposa como gatilho e fantasiando varias situacoes ela dentro de um porno e ai era Ma atras de M já que o sexo era pouco. Sendo assim a M acabava sendo melhor que o sexo quando rolava. Depois de 1 ano separado que descobri o vicio, nessa ano pra quem me acopanha sabe o quanto foi dificil e as duvidas que vinham do que poderia ser o meu desempenho sem saber da existencia do vicio. Pois bem, o conselho que eu possa dar pra voces e trazer a esposa pra perto, fazer um Reboot da relacao, tentar trocar a imaginacao pelo real. Sei que deve ser muito dificil mas acho que possa a ser a chave pero sucesso. Obvio que a esposa tem que participar, fazer algo diferente, uma fantasia um fetiche entre outros. No caso a minha nao quis, quando rolava era mecanico, como disse antes a M era ate melhor. Pq entao procura-la. Elas tem que entender tb que sao parte fundamental disso.

Boa sorte a todos.

Red Angus e freebird gostam desta mensagem

avatar
freebird
Mensagens : 43
Data de inscrição : 09/06/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

6/10/2020, 21:47
Brewer escreveu:Fala amigos, gostaria de entrar nesse assunto. Quando eu era casado passava pela mesma coisa, esposa como gatilho e fantasiando varias situacoes ela dentro de um porno e ai era Ma atras de M já que o sexo era pouco. Sendo assim a M acabava sendo melhor que o sexo quando rolava. Depois de 1 ano separado que descobri o vicio, nessa ano pra quem me acopanha sabe o quanto foi dificil e as duvidas que vinham do que poderia ser o meu desempenho sem saber da existencia do vicio. Pois bem, o conselho que eu possa dar pra voces e trazer a esposa pra perto, fazer um Reboot da relacao, tentar trocar a imaginacao pelo real. Sei que deve ser muito dificil mas acho que possa a ser a chave pero sucesso. Obvio que a esposa tem que participar, fazer algo diferente, uma fantasia um fetiche entre outros. No caso a minha nao quis, quando rolava era mecanico, como disse antes a M era ate melhor. Pq entao procura-la. Elas tem que entender tb que sao parte fundamental disso.

Boa sorte a todos.


Valeu pela sugestão caro Brewer. No meu caso, um dos reflexos dessa nossa pseudo relação ao longo dos anos é que eu definitivamente não tenho confiança em trazê-la para junto da solução do problema. Sei que há muitos relatos aqui de sucesso em que se enfatiza a necessidade de falar sobre isso com as pessoas mais próximas , principalmente com o companheiro de vida. Mas no meu caso, chegamos em um ponto em que não deposito nenhuma confiança em me expor assim. Afinal de contas , ela segue sendo uma mulher que traz todos os benefícios e malefícios que acendem um alerta . Talvez eu vá fracassar por faltar essa abertura . Mas se depender dessa abertura estou pronto para aceitar o fracasso na relação
avatar
Brewer
Mensagens : 567
Data de inscrição : 22/04/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

8/10/2020, 22:34
Saquei meu amigo, entao tente tudo que puder sem avisa-la. Se nao der certo usa como uma ultima cartada.

Abs
Red Angus
Red Angus
Mensagens : 87
Data de inscrição : 08/06/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

9/10/2020, 18:03
Brewer escreveu:Fala amigos, gostaria de entrar nesse assunto. Quando eu era casado passava pela mesma coisa, esposa como gatilho e fantasiando varias situacoes ela dentro de um porno e ai era Ma atras de M já que o sexo era pouco. Sendo assim a M acabava sendo melhor que o sexo quando rolava. Depois de 1 ano separado que descobri o vicio, nessa ano pra quem me acopanha sabe o quanto foi dificil e as duvidas que vinham do que poderia ser o meu desempenho sem saber da existencia do vicio. Pois bem, o conselho que eu possa dar pra voces e trazer a esposa pra perto, fazer um Reboot da relacao, tentar trocar a imaginacao pelo real. Sei que deve ser muito dificil mas acho que possa a ser a chave pero sucesso. Obvio que a esposa tem que participar, fazer algo diferente, uma fantasia um fetiche entre outros. No caso a minha nao quis, quando rolava era mecanico, como disse antes a M era ate melhor. Pq entao procura-la. Elas tem que entender tb que sao parte fundamental disso.

Boa sorte a todos.


Pior que é bem isso que acontece, Brewer. O cara acaba fantasiando cenas e mais cenas e a M termina sendo bem melhor do que o sexo (que é insuficiente para preencher as expectativas, ainda mais quando as coisas são meio paradas, como na minha casa).
Apesar de reconhecer que se tivesse "algo a mais" na minha vida sexual, o reboot seria bem mais fácil, tal como o freebird, também não cogito levar o assunto para dentro do meu casamento, pois seria a ruína. Aliás, eu nem mesmo saberia como abordar a questão, pois é tabu forte na minha casa.
Quem sabe um dia tanto eu quanto minha esposa começamos a ter a cabeça um pouco mais aberta para essas questões sexuais, e aí consigamos resolver esse ponto falho do meu casamento.
Sucesso para todos nós.

_______________________________________
"A vitalidade é demonstrada não apenas pela persistência, mas pela capacidade de começar denovo".
F. Scott Fitzgerald


1ª meta: dez posts em dez dias - começando novamente

Link do meu diário: https://www.comoparar.com/t10701-diario-do-red-angus
avatar
Brewer
Mensagens : 567
Data de inscrição : 22/04/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

9/10/2020, 23:47
Sucesso amigo, TMJ
avatar
freebird
Mensagens : 43
Data de inscrição : 09/06/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

10/10/2020, 09:35
Hoje vou começar um experimento. Vou relatando por aqui. 21 dias fazendo o seguinte: agradecer pela existência logo ao acordar , em seguida winhof, após meditação (de manhã ou a noite), jejum 16 horas 2 vezes na semana, tomar 640 ml de água todos os dias em jejum pela manhã , 0% de açúcar, 0% álcool, exercícios físicos de resistência (calistenia). Vamos lá , dia 1 start

_______________________________________

psycho_ e Red Angus gostam desta mensagem

avatar
freebird
Mensagens : 43
Data de inscrição : 09/06/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

10/10/2020, 09:36
freebird escreveu:Hoje vou começar um experimento. Vou relatando por aqui. 21 dias fazendo o seguinte: agradecer pela existência logo ao acordar , em seguida winhof, após meditação (de manhã ou a noite), jejum 16 horas 2 vezes na semana, tomar 640 ml de água todos os dias em jejum pela manhã , 0% de açúcar, 0% álcool, exercícios físicos de resistência (calistenia). Vamos lá , dia 1 start

Sem pmo nem precisa falar né
avatar
Brewer
Mensagens : 567
Data de inscrição : 22/04/2020

diário freebird - Página 2 Empty Re: diário freebird

13/10/2020, 11:11
Vou estar acompanhando
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum