Ir em baixo
avatar
Ana de Amsterdam
Mensagens : 26
Data de inscrição : 06/07/2020

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Impulsos e pensamentos sobre traição

em 6/7/2020, 22:43
A minha história é como a de vocês. Há pouco tempo descobri que o meu namorado tem vício em p e também fez a “escalada de generos.” Vou falar sobre o que aconteceu usando de uma percepção que pode parecer egoísta, mas aqui é o único espaço que encontrei para dizer o que eu sinto de verdade. É um assunto embaraçoso e por isso não me abri com ninguém e as minhas costas já andam pesadas...

Ele reconheceu de imediato, o que foi muito positivo e o incentivei imensamente! Pesquisamos juntos, estudamos juntos, buscamos informações e la estava tudo ao alcance: internet, não sei se te amo ou te odeio! Adiante, meu namorado decidiu fazer o reboot. Eu gosto de sexo, e nesse tema as coisas já andavam esquisitas e na verdade nunca foram “muito boas”. Eu amo aquele homem louca e apaixonadamente! Mas ele simplesmente nunca foi uma pessoa tão sexual quanto eu. Um fim de semana todo juntos, sexo 1 vez para ele já estava bom. E sempre fui mais ativa nesse sentido, até mesmo de uma forma problemática. Sem falsa modéstia: eu sei o que valho. E por saber tenho um problema muito grande em lidar com a “rejeição”, como se fosse um ultraje, como se me insultasse ele não querer fazer sexo comigo enquanto todos os homens que me aparecem à frente caem aos meus pés. Sim, é ridículo. Sim, meu ego fica facilmente ferido. É como aquela criança que só ouve “sim” e não consegue lidar com o “não”. Entro nesses pormenores pq acredito que seja algo relevante para potencializar os sentimentos controversos sobre ele e o reboot.

Houve alturas em que eu queria sexo, mas esperava ele tomar atitude. Isso não acontecia e eu ficava possessa o resto da semana sem ele saber o pq. Andei por uns 2 meses acompanhando o histórico dele às escondidas. Ele assistia todos os dias e comigo não queria nada. Minha auto-estima caiu vertiginosamente. Eu as vezes saía com alguns amigos que eu sabia que me olhavam só para me sentir desejada. Era um impulso que me fazia sentir péssima depois, mas cada vez que ele se afastava e continuava com aquilo eu sentia mais vontade em fazer dessas coisas. Depois que descobrimos (Faz agora 42 dias de reboot) instalamos os bloqueadores, tenho as senhas, o apetite sexual dele melhorou um pouco, mas o que piorou foi o meu sentimento em relação a ele. Vai ser pesado dizer, mas me sinto enojada e ofendida. Eu tento tanto e me esforço tanto para ajudá-lo, me coloco no papel de compreensiva e me disponho a tentar ser aberta sobre os sentimentos dele, como tem sido com o processo, etc. Mas e eu? Como é que eu vou dizer o que realmente penso e sinto sem piorar toda a situação que eu já sei que está difícil pra ele? Cada vez que ele encontra em mim uma abertura para expor “detalhadamente” as emoções é quando piora tudo na minha cabeça. Coisas que ele diz, tipo: “tive pensamentos com alguém do trabalho, mas controlei. Vi alguém na rua, senti desejos.” O paradoxo é que ao mesmo tempo que eu prefiro e quero saber, eu me revolto cada vez mais por ter noção do que realmente acontece com ele e com os desejos dele. É uma desilusão tão grande que a gente as vezes pensa que a ignorância é mesmo uma benção...

O dado é que nessas situações em que ele - com a melhor das intenções - se sente à vontade para desabafar comigo, é que eu sinto os impulsos problemáticos. Começo a fantasiar com algum homem próximo ou ex-namorado, correspondo flertes na rua, em mensagens, coisas do tipo. Eu nunca o trai e não conseguiria fazê-lo, mas quando penso na situação toda me vem essa necessidade de estar com outro homem pra me sentir totalmente desejada. Da mesma forma que ele deseja todas as mulheres que passam na frente dele. Não sei explicar além disso: cada vez que eu noto que ele “objetificou” alguma mulher, cresce dentro de mim um sentimento de vingança real e que ocupa muito espaço nos meus pensamentos. E ando nisso, me culpando e ao mesmo tempo justificando que é normal pelo “dano causado” na minha cabeça. Eu gosto muito dele, não queria terminar e queria que ele conseguisse, mas tou machucada demais pra ser o apoio que ele precisa. Sozinha, ainda por cima.

Nos dois agora somos ingredientes inconciliáveis numa receita: meu ego ferido, a minha vaidade, o reboot dele e as etapas até os desejos e fantasias diminuírem e por fim os impulsos dos dois lados. Dele, em controlar a vontade em objetificar e assistir p. Minha, em controlar a vontade de “vingança” e necessidade de provar o quanto sou atraente pra outros homens pra ficar “em paz” comigo mesma. Eu não sei como solucionar, mas sei que não quero perdê-lo.

Lupus Red Bellator e BetterThanYest gostam desta mensagem

Lupus Red Bellator
Lupus Red Bellator
Mensagens : 359
Data de inscrição : 26/03/2020
Idade : 19
Localização : KLUANE NATIONAL PARK – YUKON

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 7/7/2020, 00:35
Ana de Amsterdam escreveu:A minha história é como a de vocês. Há pouco tempo descobri que o meu namorado tem vício em p e também fez a “escalada de generos.” Vou falar sobre o que aconteceu usando de uma percepção que pode parecer egoísta, mas aqui é o único espaço que encontrei para dizer o que eu sinto de verdade. É um assunto embaraçoso e por isso não me abri com ninguém e as minhas costas já andam pesadas...

Ele reconheceu de imediato, o que foi muito positivo e o incentivei imensamente! Pesquisamos juntos, estudamos juntos, buscamos informações e la estava tudo ao alcance: internet, não sei se te amo ou te odeio! Adiante, meu namorado decidiu fazer o reboot. Eu gosto de sexo, e nesse tema as coisas já andavam esquisitas e na verdade nunca foram “muito boas”. Eu amo aquele homem louca e apaixonadamente! Mas ele simplesmente nunca foi uma pessoa tão sexual quanto eu. Um fim de semana todo juntos, sexo 1 vez para ele já estava bom. E sempre fui mais ativa nesse sentido, até mesmo de uma forma problemática. Sem falsa modéstia: eu sei o que valho. E por saber tenho um problema muito grande em lidar com a “rejeição”, como se fosse um ultraje, como se me insultasse ele não querer fazer sexo comigo enquanto todos os homens que me aparecem à frente caem aos meus pés. Sim, é ridículo. Sim, meu ego fica facilmente ferido. É como aquela criança que só ouve “sim” e não consegue lidar com o “não”. Entro nesses pormenores pq acredito que seja algo relevante para potencializar os sentimentos controversos sobre ele e o reboot.

Houve alturas em que eu queria sexo, mas esperava ele tomar atitude. Isso não acontecia e eu ficava possessa o resto da semana sem ele saber o pq. Andei por uns 2 meses acompanhando o histórico dele às escondidas. Ele assistia todos os dias e comigo não queria nada. Minha auto-estima caiu vertiginosamente. Eu as vezes saía com alguns amigos que eu sabia que me olhavam só para me sentir desejada. Era um impulso que me fazia sentir péssima depois, mas cada vez que ele se afastava e continuava com aquilo eu sentia mais vontade em fazer dessas coisas. Depois que descobrimos (Faz agora 42 dias de reboot) instalamos os bloqueadores, tenho as senhas, o apetite sexual dele melhorou um pouco, mas o que piorou foi o meu sentimento em relação a ele. Vai ser pesado dizer, mas me sinto enojada e ofendida. Eu tento tanto e me esforço tanto para ajudá-lo, me coloco no papel de compreensiva e me disponho a tentar ser aberta sobre os sentimentos dele, como tem sido com o processo, etc. Mas e eu? Como é que eu vou dizer o que realmente penso e sinto sem piorar toda a situação que eu já sei que está difícil pra ele? Cada vez que ele encontra em mim uma abertura para expor “detalhadamente” as emoções é quando piora tudo na minha cabeça. Coisas que ele diz, tipo: “tive pensamentos com alguém do trabalho, mas controlei. Vi alguém na rua, senti desejos.” O paradoxo é que ao mesmo tempo que eu prefiro e quero saber, eu me revolto cada vez mais por ter noção do que realmente acontece com ele e com os desejos dele. É uma desilusão tão grande que a gente as vezes pensa que a ignorância é mesmo uma benção...

O dado é que nessas situações em que ele - com a melhor das intenções - se sente à vontade para desabafar comigo, é que eu sinto os impulsos problemáticos. Começo a fantasiar com algum homem próximo ou ex-namorado, correspondo flertes na rua, em mensagens, coisas do tipo. Eu nunca o trai e não conseguiria fazê-lo, mas quando penso na situação toda me vem essa necessidade de estar com outro homem pra me sentir totalmente desejada. Da mesma forma que ele deseja todas as mulheres que passam na frente dele. Não sei explicar além disso: cada vez que eu noto que ele “objetificou” alguma mulher, cresce dentro de mim um sentimento de vingança real e que ocupa muito espaço nos meus pensamentos. E ando nisso, me culpando e ao mesmo tempo justificando que é normal pelo “dano causado” na minha cabeça. Eu gosto muito dele, não queria terminar e queria que ele conseguisse, mas tou machucada demais pra ser o apoio que ele precisa. Sozinha, ainda por cima.

Nos dois agora somos ingredientes inconciliáveis numa receita: meu ego ferido,  a minha vaidade, o reboot dele e as etapas até os desejos e fantasias diminuírem e por fim os impulsos dos dois lados. Dele, em controlar a vontade em objetificar e assistir p. Minha, em controlar a vontade de “vingança” e necessidade de provar o quanto sou atraente pra outros homens pra ficar “em paz” comigo mesma. Eu não sei como solucionar, mas sei que não quero perdê-lo.

Olá! Bem vinda ao fórum! Parabéns por procurar se abrir! O Reboot é um processo difícil para as(os) paceiros dos reboters também! No mundo atual fazemos do sexo um brinquedo e transformamos o próximo em um degrau para podermos chegar no nosso prazer. A pornografia vende isso e é extremamente viciante. Somos uma geração sem amor. Quando digo que amo alguém, isso não é sobre mim, é sobre a outra pessoa( Amar é dar, sem esperar nada em troca. É expor suas fraquezas a uma pessoa, sabendo que ela pode e vai te ferir. Por isso muitos chamam o amor de loucura. ). Você reconhece que de certa forma é uma atitude egoísta, então lute contra ela. Sobre seu namorado ser detalhista de mais:Fale para ele("Olha, você não precisa me dizer com quem você pensou. Só diga algo do tipo: Hoje tive pensamentos intrusivos sobre sexo. E fale para ele colocar níveis ( 1-fraco, 2-médio,3-forte e 4-muito forte). Diga que isso te magoa, parece loucura. Mas te ajudará muito! Sobre a vingança: Se imagine no lugar do seu namorado. Ele reconheceu o próprio erro e admitiu isso para outra pessoa(lembra do que eu disse de expor suas fraquezas?? ).Somos humanos, temos uma tendencia para o mal e devemos lutar contra isso (ele está disposto a lutar, posso imaginar ser extremamente doloroso lidar com isso, mas acredito que se ambos se esforçarem o relacionamento de vocês subirá para outro patamar!). Se sente que é muito peso em suas costas busque ajuda psicológica! Te ajudará muito!! Sobre ser atraente ou não: O viciado em PMO não liga para isso, ficamos insensíveis diante do que é real. O processo para voltar ao normal é uma jornada no deserto, mas vale a pena. Espero ter ajudado! Força! Fique com Deus e até!

_______________________________________
Frodo:"Queria que o anel nunca tivesse sido dado a mim e que nada disso tivesse acontecido."

Gandalf:"Assim como todos que testemunham tempos sombrios como este, mas não cabe a eles decidir, o que os cabe é decidir o que fazer com o tempo que nos é dado."

_Senhor dos Anéis: A sociedade do Anel_J.R.R. Tolkien

Vitoriosa e BetterThanYest gostam desta mensagem

avatar
Ana de Amsterdam
Mensagens : 26
Data de inscrição : 06/07/2020

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 7/7/2020, 09:42
Obrigada pelo que escreveu! Eu tentei passar da forma mais crua e sem rodeios, mesmo que parecesse arrogante ou egoísta. Eu não vejo loucura no amor, talvez por isso sofra tanto. Espero sempre que ele seja leve, divertido, prazeroso. Mas estamos a falar de seres humanos que são falhos, têm defeitos, erram...o amor romântico é uma utopia. Porém sabemos que amar não é aceitar tudo. Até tive uma conversa com uma amiga que me disse que “antigamente os relacionamentos duravam mais”, sim, duravam porque as pessoas sujeitavam-se a tudo por medo da solidão e dos julgamentos sociais. Agora as coisas caminham para o lado oposto, o que também é mau. Ninguém tolera nada e isso torna as pessoas descartáveis e eu não partilho dessa visão. Eu quero lutar por nós e sei que vale a pena pq ele é a pessoa mais incrível que já conheci. Mas não existe cura pelo outro. Depende dele. E é assim que começa o medo. Medo de me desgastar e me decepcionar, medo de perder a confiança, a admiração, o amor. Eu até buscaria ajuda psicológica, mas a grana ta curta. É uma contradição, queria que ele me poupasse dos detalhes só que ao mesmo tempo prefiro saber de tudo. Você tem razão. Só tenho receio de dizer pra ele não entrar nos pormenores e ele sentir-se pior e deixar de partilhar comigo o que sente pra me “poupar” sofrimento. Será que eu gosto de sofrer? Rs vai entender...

Um abraço pra ti! E força para nós.

Lupus Red Bellator gosta desta mensagem

avatar
Ana de Amsterdam
Mensagens : 26
Data de inscrição : 06/07/2020

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 8/7/2020, 10:29
Há dias que eu penso que não vou conseguir. Tenho me sentido ansiosa, nervosa, sinto até calafrios...o vício dele ocupou toda a minha cabeça, basicamente não penso em outra coisa. Eu me martirizo o tempo todo com isso, imagino o que ele está fazendo, pensando, se estará desejando todas pelo caminho. Eu me reduzi. Me apaguei, me consumi. Hoje estou pensando em terminar e desistir da relação.

Me sinto morta por dentro e sem ânimo pra nada.

Lupus Red Bellator gosta desta mensagem

Lupus Red Bellator
Lupus Red Bellator
Mensagens : 359
Data de inscrição : 26/03/2020
Idade : 19
Localização : KLUANE NATIONAL PARK – YUKON

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 9/7/2020, 00:09
Ana de Amsterdam escreveu:Obrigada pelo que escreveu! Eu tentei passar da forma mais crua e sem rodeios, mesmo que parecesse arrogante ou egoísta. Eu não vejo loucura no amor, talvez por isso sofra tanto. Espero sempre que ele seja leve, divertido, prazeroso. Mas estamos a falar de seres humanos que são falhos, têm defeitos, erram...o amor romântico é uma utopia.  Porém sabemos que amar não é aceitar tudo. Até tive uma conversa com uma amiga que me disse que “antigamente os relacionamentos duravam mais”, sim, duravam porque as pessoas sujeitavam-se a tudo por medo da solidão e dos julgamentos sociais. Agora as coisas caminham para o lado oposto, o que também é mau. Ninguém tolera nada e isso torna as pessoas descartáveis e eu não partilho dessa visão. Eu quero lutar por nós e sei que vale a pena pq ele é a pessoa mais incrível que já conheci. Mas não existe cura pelo outro. Depende dele. E é assim que começa o medo. Medo de me desgastar e me decepcionar, medo de perder a confiança, a admiração, o amor. Eu até buscaria ajuda psicológica, mas a grana ta curta. É uma contradição, queria que ele me poupasse dos detalhes só que ao mesmo tempo prefiro saber de tudo. Você tem razão. Só tenho receio de dizer pra ele não entrar nos pormenores e ele sentir-se pior e deixar de partilhar comigo o que sente pra me “poupar” sofrimento. Será que eu gosto de sofrer? Rs vai entender...

Um abraço pra ti! E força para nós.

Colocar exatamente o que você está sentindo, aqui, é a melhor coisa que você pode fazer. Porém, isso não tornará essas coisas "mais boas". É difícil generalizar todos os relacionamentos do passado e só porque alguém teve um péssimo relacionamento(no passado ou agora) não quer dizer que todos que venham a ter relacionamentos estejam com eles condenados. É uma habilidade que vamos adquirindo ao longo desse caminho a dois. Olha, lidar com um viciado é extremamente difícil, mas reduzir uma pessoa a seu vício é cruel. Todos nós fazemos coisas erradas, sejam pensamentos, atos ou palavras. Sim, a cura ou controle depende totalmente do seu namorado(ele é adulto e deve arcar com as consequências de seus atos.). Você está plantando uma semente ao escolher investir no seu amor pelo seu namorado e essa semente irá florecer e você poderá fazer a colheita. Nunca será um desgaste nos doar por alguém que amamos! Sobre a ajuda psicológica: Tudo bem, continue por aqui ajudará muito! Pense assim: Em que te ajudará saber desses detalhes? Ajudará ele? Não! Converse com ele e proponha o que eu disse(sobre os níveis de pensamento). Não dá para saber a reação que ele terá. Ah, ninguém gosta! hahaha com calma e paciência você e seu namorado ficaram bem. Abraço! Amém! Fique com Deus e até!

_______________________________________
Frodo:"Queria que o anel nunca tivesse sido dado a mim e que nada disso tivesse acontecido."

Gandalf:"Assim como todos que testemunham tempos sombrios como este, mas não cabe a eles decidir, o que os cabe é decidir o que fazer com o tempo que nos é dado."

_Senhor dos Anéis: A sociedade do Anel_J.R.R. Tolkien
Lupus Red Bellator
Lupus Red Bellator
Mensagens : 359
Data de inscrição : 26/03/2020
Idade : 19
Localização : KLUANE NATIONAL PARK – YUKON

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 9/7/2020, 00:23
Ana de Amsterdam escreveu:Há dias que eu penso que não vou conseguir. Tenho me sentido ansiosa, nervosa, sinto até calafrios...o vício dele ocupou toda a minha cabeça, basicamente não penso em outra coisa. Eu me martirizo o tempo todo com isso, imagino o que ele está fazendo, pensando, se estará desejando todas pelo caminho. Eu me reduzi. Me apaguei, me consumi. Hoje estou pensando em terminar e desistir da relação.

Me sinto morta por dentro e sem ânimo pra nada.

Não se torture. Invista no seu voto de confiança que fez a ele. Esses pensamentos não te ajudaram em nada, entregue-os para Deus, para que Ele os dissolva na eternidade do amor Dele. Faça algo com seu namorado que não tenha a ver com pornografia ou sexo. Joguem um jogo, conversem, saiam para andar, assistam um filme, etc. Espero ter te ajudado de alguma forma. Força! Fique com Deus e até!

_______________________________________
Frodo:"Queria que o anel nunca tivesse sido dado a mim e que nada disso tivesse acontecido."

Gandalf:"Assim como todos que testemunham tempos sombrios como este, mas não cabe a eles decidir, o que os cabe é decidir o que fazer com o tempo que nos é dado."

_Senhor dos Anéis: A sociedade do Anel_J.R.R. Tolkien
avatar
Ana de Amsterdam
Mensagens : 26
Data de inscrição : 06/07/2020

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 9/7/2020, 16:43
Muito obrigada pelas palavras! Me ajudaram muito, eu não tenho com quem conversar e isso acumula na minha cabeça e me faz muito mau. Tenho lidado com muitos sentimentos estranhos e já sou uma pessoa ansiosa então tudo toma outras dimensões. Vc é a única pessoa que falei até agora sobre o assunto 😂 ontem tivemos uma conversa, fui decidida a terminar. Ainda por cima ele contou que caiu duas vezes durante horas há umas semanas e vai recomeçar o reboot. Eu não sei pq mas não consegui ficar brava ou frustrada, acredito que por ter lido muitos relatos aqui eu tenha perdido um bocado a “ilusão” de que se conseguiria sem cair. Então falamos sobre isso e disse lhe que ele podia contar comigo, que eu estava em dúvida sobre a relação, mas que mesmo que ela tomasse outro rumo ele teria em mim uma amiga e um apoio. Acabou que ele dormiu aqui em casa e tivemos o melhor sexo do namoro 😂 foi algo mais íntimo, carinhoso e senti uma conexão muito forte. Conversamos e ele chorou e disse que estava desesperado pra mudar e que não queria me perder. É bem o que vc disse. Reduzir uma pessoa ao vício dela é cruel. É tirar dela a humanidade. Dias bons e maus vem e vão. Incertezas, insegurança, desespero. Ruim para os dois, mas o respeito sinto que ainda existe e o amor também. Falei sobre aquilo dos detalhes e ele disse que apesar de difícil no começo ele agora já consegue se distrair dos pensamentos intrusivos e dos olhares. Confesso que sinto uma certa “fobia social” em estar na rua com ele, mas acredito que vai passar como tudo. E se não passar, pelo menos tentamos...

Obrigada por me ler e por me responder. Fique com Deus.
avatar
Marianae
Mensagens : 19
Data de inscrição : 15/04/2020

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 10/7/2020, 00:15
Oi amiga . Passo pela mesma situação , posso te dizer que se você der uma chance a você e a sua relação com seu namorado vai precisar de aceitação e companheirismo .Ter pensamentos negativos e de vingança não vai trazer a vocês coisas boas.
Muitas pessoas passam por isso e nem sabemos. Ir adiante com uma outra pessoa as vezes pode ser igual , nunca se sabe .
Acredito também que como isso tudo é uma situação de vício , estamos falando de viciados, acho que o mais importante é você não batalhar sozinha , ele tem que estar afim e disposto ! Querer ser ajudado . Isso só você vai sentir . Mas como todo viciado você vai tem que estar de vigília e se sentir segura e confiante para levar adiante . Eu tenho 11 anos de relacionamento e sei que o que aconteceu tem reversão . Então se você acredita nele e o ama , aposte sim e o ajude . Se ele te ama , ele vai se esforçar pra isso e por ele também. E saiba que não é você o problema !
Caso precise de ajuda não fique sozinha , compartilhe com alguém que vai te ajudar ou uma terapeuta que seja.
E não esqueça cada um tem seu tempo .
Boa sorte .
avatar
Ana de Amsterdam
Mensagens : 26
Data de inscrição : 06/07/2020

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 10/7/2020, 08:45
Marianae, obrigada pela mensagem. Eu me sinto bem mais leve quando falo sobre isso e conversar com quem passa o mesmo é algo impossível por aqui...moro em uma cidade pequena. Depois de ler muito por aqui também comecei a pensar que talvez esse seja um problema da maioria dos homens, só que alguns não sabem e nunca vão saber. O meu namorado tentou abordar o assunto com um amigo, mas ele o respondeu que não existe vício em pornografia, que era uma coisa aceitável é normal...é uma banalização extrema que vem da socialização. Antes desse namoro eu tive uma relação de 5 anos e realmente nunca notei nada nesse sentido, chegamos a morar juntos, simplesmente era uma coisa que não atraia ele e as vezes fico comparando muito essa situação, com vontade de voltar ao outro namoro. Mas passa...tenho esses pensamentos em momentos de dor e ansiedade, depois racionalizo. Ele deu um passo importante: contou aos pais. Eu nunca imaginei que isso fosse acontecer...a mãe dele falou comigo e disse que não estou sozinha, ela vai ajudar também. Me passa mais segurança pq agora pelo menos eu sei que em casa ele também vai ter suporte e “vigilância” 😂

O meu problema foi que isso tudo afetou a minha auto-estima de uma forma muito avassaladora. Sempre fui segura, feliz com a aparência, comigo mesma...agora eu simplesmente me sinto feia, não desejada, passo horas no espelho a encontrar e as vezes tenho até noção q invento defeitos. Me sinto pouco atraente pra ele por causa disso e isso me faz ter aqueles Impulsos de traição ou sei lá. Acho que preciso colocar isso um pouco de lado, afinal eu não tenho como controlar...devemos aceitar o que não controlamos. Só q eu não tiro da cabeça, tou obcecada sobre o assunto, deixei tudo de lado pra pesquisar e me informar sobre isso, é o dia todo pensando, procurando coisas, enfim. Fico mesmo sufocada. Obrigada e boa sorte pra ti também, sabemos que não é nada fácil!
avatar
Marianae
Mensagens : 19
Data de inscrição : 15/04/2020

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 10/7/2020, 23:04
Vai passar . Por ser recente é natural essa nossa reação. Eu também fiquei a bira das pesquisas e aqui me ajudou muito.
Achei bom ele ter exposto a situação , quer dizer que ele está afim . Bom você vai saber com o tempo.
As pessoas nao se importam muito com esse assunto , pois tem um número que não vê , outros que veem pouco , outros que são viciados e não sabem . O problema é esse último grupo que é alto e acaba com a relação . Ainda bem que descobrimos 🙏🏻
Vejamos por esse lado .
Eu tenho muito na minha cabeça que se não der certo ou ele não demonstrar que está comigo mesmo seguirei meu rumo.
Os dois precisam querer para funcionar .
Procure ajuda profissional se lhe for conveniente . Você precisa estar bem na medida do possível .
Boa sorte

Vitoriosa gosta desta mensagem

avatar
Ana de Amsterdam
Mensagens : 26
Data de inscrição : 06/07/2020

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 13/7/2020, 12:40
Verdade, amiga. O problema é que estamos ficando doentes...
Voltei a ter aqueles pensamentos hoje, com mais força. Estou conversando com um rapaz, sem conotação sexual, mas com algum interesse. Sinto que tou perdendo a admiração que eu tinha pelo meu namorado. Não está fácil, hj to muito impulsiva e sinto que a qualquer momento vou fazer merda e me arrepender muito depois 😥
Lupus Red Bellator
Lupus Red Bellator
Mensagens : 359
Data de inscrição : 26/03/2020
Idade : 19
Localização : KLUANE NATIONAL PARK – YUKON

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 13/7/2020, 23:33
Ana de Amsterdam escreveu:Verdade, amiga. O problema é que estamos ficando doentes...
Voltei a ter aqueles pensamentos hoje, com mais força. Estou conversando com um rapaz, sem conotação sexual, mas com algum interesse. Sinto que tou perdendo a admiração que eu tinha pelo meu namorado. Não está fácil, hj to muito impulsiva e sinto que a qualquer momento vou fazer merda e me arrepender muito depois 😥

Olha, você diz que ficou magoada quando descobriu que seu namorado tinha problemas com pornografia e está tentando trair ele como forma de vingança(não venha dizer que não é traição, porque você mesma disse que conversa com intenção.)? Isso não é amor. Isso é horrível. O vício em pornografia não tem a ver com a pessoa se sentir atraída por você ou não, tem a ver com a pessoa querer fugir da realidade, é uma doença, como qualquer outra. Se você tem o ego tão frágil que precisa de atenção o tempo todo, acho que deveria terminar mesmo e não iniciar mais nenhum relacionamento até amadurecer. Um relacionamento de verdade não tem isso o tempo todo(de ficar conquistando a pessoa todos os dias, isso é idiotice), a verdade é que é um pelo outro, mesmo o outro estando em uma situação deplorável. Um relacionamento com outra pessoa amadurece e se torna um vinculo profundo. Amar é amar sem esperar nada em troca. Esse "relacionamento" seu é apenas compensação afetiva, se o cara não enche seu ego até a estratosfera você coloca um chifre nele, para provar para ele que ele é o que? Um merda? Que legal. Oriente ele a criar uma conta nesse fórum e ajuda psicológica. Termine. Busque tratamento você também e a religião. Força. Fique com Deus e até!

_______________________________________
Frodo:"Queria que o anel nunca tivesse sido dado a mim e que nada disso tivesse acontecido."

Gandalf:"Assim como todos que testemunham tempos sombrios como este, mas não cabe a eles decidir, o que os cabe é decidir o que fazer com o tempo que nos é dado."

_Senhor dos Anéis: A sociedade do Anel_J.R.R. Tolkien
avatar
Ana de Amsterdam
Mensagens : 26
Data de inscrição : 06/07/2020

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 14/7/2020, 07:06
Olá, Lúpus. Bom, como eu disse nas primeiras mensagens eu não teria coragem de trai-lo, manter conversas tem a ver com outro mecanismo de defesa que eu arranjei pra lidar com a rejeição dele. Traição é o que ele me faz todos os dias com a pornografia. E sinceramente não sei de onde vc tira tanta propriedade pra rotular o que é amor e o que não é. O amor não é só o que vc acha que é.

Eu sei que o vício é uma doença e isso reflete nas pessoas à volta, como eu disse por várias vezes os meus impulsos não são propositados, eu sinto pq todos os dias me vejo rejeitada, sinto me feia, burra, idiota, menor. É isso que o vício provoca nos companheiros. E cada um lida de uma forma, eu infelizmente criei essa situação que eu conscientemente sei que não resulta. Por isso é que escrevo aqui. Do mesmo modo que as pessoas são julgadas pelo vício eu sabia que seria julgada pelo modo que eu lido com o problema do meu namorado. Mas não tem problema.

Eu não preciso de atenção o tempo todo. Eu exijo o MÍNIMO, o mínimo de desejo, procura, entrega. Não estou exigindo nada de outro mundo, somente o básico de uma relação saudável! E bom, eu não preciso ir muito longe pra dizer que a tua percepção do que é o amor é completamente ilógica e fantasiosa. Amar não é não esperar nada em troca, isso é para as relações maternas. Amar é uma construção que se faz, é uma planta que se rega todos os dias, que se mantém, que se preocupa. Isso por si só é esperar algo em troca: ser amado, respeitado, cuidado. O amor incondicional que tudo suporta calado sem retorno e sem esperar retorno é uma posição antiquada pra não dizer outra coisa. O teu moralismo não me aquece nem esfria, é só mais do mesmo. Eu estou em conflito interno porque me sinto diminuída e traída todos os dias, me sinto menos mulher e sim, obviamente isso fere meu ego (de quem é que não feriria???) e sim, obviamente a situação dele gera pensamentos e impulsos em mim os quais tento me livrar, mas são insistentes. Da mesma forma que ele lida com os impulsos que tem. Eu não sei pq de repente eu que tanto me fodi na relação e aguentei à seco bastante humilhação passei a ser a vilã por não saber lidar com um problema. Estranho, no mínimo. Mas agradeço a opinião, claro, toda visão diferente é sempre válida. Até!


Última edição por Ana de Amsterdam em 14/7/2020, 07:28, editado 1 vez(es)

Tudo passa e Lupus Red Bellator gostam desta mensagem

avatar
Ana de Amsterdam
Mensagens : 26
Data de inscrição : 06/07/2020

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 14/7/2020, 07:17
Claro que é problemática a forma que eu tenho encarado as coisas. Se não fosse eu não estaria aqui pedindo ajuda para ver de outro ângulo por quem já passou pelo mesmo. Agora sobre traição e amor, há muito por dizer...

Tudo passa e Lupus Red Bellator gostam desta mensagem

Lupus Red Bellator
Lupus Red Bellator
Mensagens : 359
Data de inscrição : 26/03/2020
Idade : 19
Localização : KLUANE NATIONAL PARK – YUKON

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 14/7/2020, 10:37
Ana de Amsterdam escreveu:Olá, Lúpus. Bom, como eu disse nas primeiras mensagens eu não teria coragem de trai-lo, manter conversas tem a ver com outro mecanismo de defesa que eu arranjei pra lidar com a rejeição dele. Traição é o que ele me faz todos os dias com a pornografia. E sinceramente não sei de onde vc tira tanta propriedade pra rotular o que é amor e o que não é. O amor não é só o que vc acha que é.

Eu sei que o vício é uma doença e isso reflete nas pessoas à volta, como eu disse por várias vezes os meus impulsos não são propositados, eu sinto pq todos os dias me vejo rejeitada, sinto me feia, burra, idiota, menor. É isso que o vício provoca nos companheiros. E cada um lida de uma forma, eu infelizmente criei essa situação que eu conscientemente sei que não resulta. Por isso é que escrevo aqui. Do mesmo modo que as pessoas são julgadas pelo vício eu sabia que seria julgada pelo modo que eu lido com o problema do meu namorado. Mas não tem problema.

Eu não preciso de atenção o tempo todo. Eu exijo o MÍNIMO, o mínimo de desejo, procura, entrega. Não estou exigindo nada de outro mundo, somente o básico de uma relação saudável! E bom, eu não preciso ir muito longe pra dizer que a tua percepção do que é o amor é completamente ilógica e fantasiosa. Amar não é não esperar nada em troca, isso é para as relações maternas. Amar é uma construção que se faz, é uma planta que se rega todos os dias, que se mantém, que  se preocupa. Isso por si só é esperar algo em troca: ser amado, respeitado, cuidado. O amor incondicional que tudo suporta calado sem retorno e sem esperar retorno é uma posição antiquada pra não dizer outra coisa. O teu moralismo não me aquece nem esfria, é só mais do mesmo. Eu estou em conflito interno porque me sinto diminuída e traída todos os dias, me sinto menos mulher e sim, obviamente isso fere meu ego (de quem é que não feriria???) e sim, obviamente a situação dele gera pensamentos e impulsos em mim os quais tento me livrar, mas são insistentes. Da mesma forma que ele lida com os impulsos que tem. Eu não sei pq de repente eu que tanto me fodi na relação e aguentei à seco bastante humilhação passei a ser a vilã por não saber lidar com um problema. Estranho, no mínimo. Mas agradeço a opinião, claro, toda visão diferente é sempre válida. Até!

*"Olá, Lúpus. Bom, como eu disse nas primeiras mensagens eu não teria coragem de trai-lo, manter conversas tem a ver com outro mecanismo de defesa que eu arranjei pra lidar com a rejeição dele. Traição é o que ele me faz todos os dias com a pornografia."

Olá! Você disse nas suas últimas mensagens que seria capaz de cometer um "impulso", que poderia vir se arrepender depois. Seu namorado acessa/acessava pornografia online e você têm conversas online com outros caras("com intensões") para se sentir desejada/amada, por causa da condição do seu namorado(parece a desculpa de um marido que chifra a esposa "ah, ela não me dava atenção.").  Vamos inverter a situação, digamos que você estivesse com uma depressão profunda, não querendo saber se sexo, nem nada. Como se sentiria se visse conversas do seu namorado com outra mulher?? Aposto que traída.

*"E sinceramente não sei de onde vc tira tanta propriedade pra rotular o que é amor e o que não é. O amor não é só o que vc acha que é. "

Não se pode almejar algo que você não conhece no campo das ideias, rotulo o que é amor baseado na religião e na filosofia. Exatamente, não é o que eu acho que é. Ele simplesmente é. A verdade não se molda para os nosso moldes, é justamente o contrário.

*"eu infelizmente criei essa situação que eu conscientemente sei que não resulta."
Então, não insista no erro. Se sabe que não resulta porque continua a faze-la(você não precisa me responder, apenas comece a se perguntar: Porque? ).

*" Amar não é não esperar nada em troca, isso é para as relações maternas."
E o que diria de mães que tentaram matar seus filhos ou os expulsarão de casa por não convergirem com seu pensamento? Esse amor o qual mencionei, é o tipo de amor mais profundo que alguém pode ter. Seja mãe, pai, esposa,marido ou namorada(o).

*"Amar é uma construção que se faz, é uma planta que se rega todos os dias, que se mantém, que  se preocupa. Isso por si só é esperar algo em troca: ser amado, respeitado, cuidado."

"Achar alguém para amar é uma dádiva, ser amado de volta é sorte." Quem ama com condições, se decepciona. Principalmente porque isso não é amor e sim um movimento egoísta da personalidade.


*"O amor incondicional que tudo suporta calado sem retorno e sem esperar retorno é uma posição antiquada pra não dizer outra coisa."

Tem um filósofo espanhol chamado José Ortega que acho que vai te ajudar a refletir sobre essa sua afirmação. Eis o que ele diz:
"Amar é qualquer coisa de mais grave e significativo do que o entusiasmo pelas linhas de um rosto e a cor de uma face; é decidirmo-nos por um certo tipo de ser humano que é simbolicamente anunciado nos pormenores do rosto, da voz e dos gestos.
O amor é uma escolha profunda."
"Pouco se pode esperar de alguém que só se esforça quando tem a certeza de vir a ser recompensado."

*"Eu estou em conflito interno porque me sinto diminuída e traída todos os dias, me sinto menos mulher e sim, obviamente isso fere meu ego (de quem é que não feriria???) e sim, obviamente a situação dele gera pensamentos e impulsos em mim os quais tento me livrar, mas são insistentes. Da mesma forma que ele lida com os impulsos que tem."

Em que a traição do seu namora te torna menos "mulher''? Ser mulher é ser validada por um homem? Antes de entrar na defensiva, pense um pouco. Quando somos traídos por alguém isso não diz algo sobre nós, mas sobre quem o outro é.

*"Eu não sei pq de repente eu que tanto me fodi na relação e aguentei à seco bastante humilhação passei a ser a vilã por não saber lidar com um problema. Estranho, no mínimo. Mas agradeço a opinião, claro, toda visão diferente é sempre válida. Até!"

Não saber lidar com determinadas situações é algo natural ao ser humano, não estou criticando você(eu não te conheço para fazer isso e mesmo se conhecesse, seria incapaz de faze-lo. Porque não fui feita para isso, nenhum ser humano foi.) estou criticando determinadas ações suas, com o intuito de mostrar o quão controvérsias elas são. Não precisa fingir gratidão kkkk No momento devo ser um pé no saco mesmo, chata pra caramba, mas o meu intuito não é ser "legal" é tentar ajudar de verdade, você e seu namorado. Espero ajudar vocês de alguma forma. Fique com Deus e até!

_______________________________________
Frodo:"Queria que o anel nunca tivesse sido dado a mim e que nada disso tivesse acontecido."

Gandalf:"Assim como todos que testemunham tempos sombrios como este, mas não cabe a eles decidir, o que os cabe é decidir o que fazer com o tempo que nos é dado."

_Senhor dos Anéis: A sociedade do Anel_J.R.R. Tolkien

Ana de Amsterdam e Eustáquio gostam desta mensagem

avatar
Ana de Amsterdam
Mensagens : 26
Data de inscrição : 06/07/2020

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 14/7/2020, 11:33
Bom, gostei da tua resposta. Sobre as conversas, como eu disse elas não têm nenhum tipo de conotação, apenas interesse em ouvir e falar com a pessoa. É a isso que me refiro, ao interesse em manter uma conversa e me sentir animada e envolvida como não tem sido com meu namorado. Isso é o que me gera frustração, pq eu vejo que recorro a isso quando estou com mais dúvidas sobre o namoro. São conversas banais, não há nenhum tipo de insinuação, mas sabe quando flui e há reciprocidade de interesse nos temas? É mais carência de retorno, de ser ouvida, de me sentir contemplada e de certa forma sim, desejada. Eu entendo esse exemplo porém acho inadequado, afinal eu não tenho mesmo a coragem de trai-lo pq o amo de verdade. Sobre “fazer merda” e me arrepender depois me refiro a terminar o relacionamento. E quando eu termino sinto um arrependimento pq provoco sofrimento e sofro por não conseguir voltar atrás nesse tipo de decisão. Um bocado determinista, mas eu sou assim.

Sobre o amor encosto mais ao Bukowski:

“ O amor é uma espécie de preconceito. A gente ama o que precisa, ama o que faz sentir bem, ama o que é conveniente. Como pode dizer que ama uma pessoa quando há dez mil outras no mundo que você amaria mais se conhecesse? Mas a gente nunca conhece.”

É mais assim que vejo. E é por isso que insisto, sou incapaz de ver o amor de uma forma mecânica. Também há momentos em que eu olho para ele com tanto afeto que eu sinto como se tivesse tirado na loteria. Tem sido pesado, mas vc mesma me disse: reduzir uma pessoa ao vício é cruel. E eu refleti sobre isso honestamente. Sobre o amor materno, estou falando sobre as convenções sociais, sobre os papéis que atribuem às pessoas afetivamente. Dar e não receber nada em troca parece profundo, mas é extremamente perigoso para uma relação amorosa. É uma visão de que o amor tem que doer, e eu não concordo com isso.

Me sinto menos mulher no sentido de saber que nunca serei o suficiente. De me sentir insuficiente, veja bem, eu tenho mania de pensar sobre as coisas que eu sei que não são racionais. Quando eu falo sobre os meus impulsos, eu sei que não são corretos e racionalizo sobre eles, mas se fossem controláveis não existiriam.
Também há um escritor que aprecio muito e que diz: “Amar não é aceitar tudo. Aliás: onde tudo é aceito, desconfio que há falta de amor.“

Eu já entendi que parte da tua visão vem de filosofias cristãs. Muito do que vc diz sobre entrega tem raízes em doutrinas religiosas. Eu pratico a espiritualidade de outra forma, não me inclino às religiões. Tenho uma fé muito própria e sigo as filosofias existencialistaA. Sofro mais, sem dúvidas. Mas vou me sentindo um bocado menos escrava das coisas...Eu tenho pavor de tudo que aprisiona. Por isso luto tanto contra o meu ego e o considero tão potencialmente perigoso pra minha sanidade.

Eu entendo as suas críticas e sou grata, sim, sem fingimentos. Eu não te conheço, pq precisaria simular um sentimento que não existe? Eu sei que minhas atitudes são contraditórias, eu sei que as minhas formas de lidar não estão sendo efetivas de todo, o problema é exatamente esse. Entre saber e conseguir mudar há um abismo. Eu também não preciso que alguém seja “legal”, eu estou aqui justamente para ver outros ângulos e perspectivas. Como eu disse desde o começo do meu desabafo, eu não tenho a pretensão de vir aqui com meias palavras e chorinho de vitimizacao, pq esse papel é muito comodo, não é como eu realmente lido com as coisas. Sou meio passional, sim, levo tudo aos extremos as vezes e tenho reações bárbaras e sentimentos maus de vingança e ódio. Sou falha como qualquer um. Mas ainda não perdi a capacidade de pensar e isso é melhor do que muita coisa. Obrigada pela resposta, estou sim grata pq falar sobre isso me tira um peso que carrego sozinha. Nem que seja para discordar, que aliás é algo que aprecio muito em uma conversa. O contraditório. Fique com Deus, bj.

Eustáquio gosta desta mensagem

avatar
Ana de Amsterdam
Mensagens : 26
Data de inscrição : 06/07/2020

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 14/7/2020, 11:48

https://youtu.be/oEM7lm7DgFI

Uma boa tarde para você!
avatar
Ana de Amsterdam
Mensagens : 26
Data de inscrição : 06/07/2020

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 16/7/2020, 19:15
Dúvidas

Vocês acham que fotos minhas podem atrapalhar o processo dele? Não são novas, desde que descobrimos o problema não enviei mais, porém sei que ele tem algumas no celular e pelas atividades vi que ele andou olhando essas fotos.

Outra questão é o sexo, eu me sinto travada pra fazer qualquer coisa com ele, n sei pq, eu sinto atração mas simplesmente não dá. Parece q agora ele está num momento crítico pq ele quer sempre e está sempre “ereto” perto de mim mesmo q eu esteja só normal falando com ele. Meu medo é o sexo remeter nele as fantasias e ele ficar imaginando qualquer coisa comigo pra não “perder” as fantasias, não sei.

Eustáquio gosta desta mensagem

Eustáquio
Eustáquio
Mensagens : 55
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 32
Localização : Minas Gerais

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 17/7/2020, 18:21
Ana de Amsterdam escreveu:Dúvidas

Vocês acham que fotos minhas podem atrapalhar o processo dele? Não são novas, desde que descobrimos o problema não enviei mais, porém sei que ele tem algumas no celular e pelas atividades vi que ele andou olhando essas fotos.

Outra questão é o sexo, eu me sinto travada pra fazer qualquer coisa com ele, n sei pq, eu sinto atração mas simplesmente não dá. Parece q agora ele está num momento crítico pq ele quer sempre e está sempre “ereto” perto de mim mesmo q eu esteja só normal falando com ele. Meu medo é o sexo remeter nele as fantasias e ele ficar imaginando qualquer coisa comigo pra não “perder” as fantasias, não sei.  

Olá, Ana.

Bom, podem atrapalhar. Podem ser gatilhos pra ele. Eu mesmo tive que suspender redes sociais por um tempo indeterminado, até eu me educar direito.

Sobre o sexo: nisso ele vai ter que ser sincero contigo, se ele sente tesão por ti ou por P na cabeça dele ao mesmo tempo em que vocês dois conversam. O ideal de fato é ele não se excitar por você através da P.

Pelo depoimento do pessoal que estão no caso de sucesso do rebot, chega um determinado período que a PM fica inerte... já não sentem tanta atração, não lembram e não precisam dela pra ficar excitados.

Nessas horas, quando seu namorado fica excitado, muito provavelmente por causa da PM na cabeça dele, ele tem que se policiar e pensar em outra coisa. Essa outra coisa pode ser você, por exemplo. Mas nisso ele tem que ser sincero.

Aliás, todos nós que estamos no reboot temos que ser sinceros. Caso contrário, do que adianta?

espero ter ajudado um pouco.
Abraços.


Ana de Amsterdam gosta desta mensagem

avatar
Ana de Amsterdam
Mensagens : 26
Data de inscrição : 06/07/2020

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 18/7/2020, 20:56
Olá, Eustaquio. Obrigada pela resposta! O que eu não entendo é como eu seria um “gatilho” se sou real na vida dele, se ele se excita comigo, qual o sentido? Seriam as “fantasias”? Eu percebo que ele fica “animado” quando eu me levanto e vou fazer alguma coisa, ele fica observando, quando eu me coloco em algum posição qualquer pra fazer uma coisa e tal. Ontem tivemos uma conversa sobre isso, ele disse q realmente se sente atraído só que os anos todos de pmo fizeram com que ele parasse de me procurar e etc.

Sobre sinceridade, nós nunca vamos saber. O que eu insisto é: vc pode me enganar, mas nunca vai conseguir enganar a si mesmo. Por isso digo que ele pode se abrir sem constrangimentos pq no fim das contas, se eu não souber, eu não ajudo. E tudo piora. Vai virando a bola de neve e vou voltando àqueles pensamentos intrusivos. Eu só queria que isso tudo acabasse 😔
avatar
Ana de Amsterdam
Mensagens : 26
Data de inscrição : 06/07/2020

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 18/7/2020, 20:56
Olá, Eustaquio. Obrigada pela resposta! O que eu não entendo é como eu seria um “gatilho” se sou real na vida dele, se ele se excita comigo, qual o sentido? Seriam as “fantasias”? Eu percebo que ele fica “animado” quando eu me levanto e vou fazer alguma coisa, ele fica observando, quando eu me coloco em algum posição qualquer pra fazer uma coisa e tal. Ontem tivemos uma conversa sobre isso, ele disse q realmente se sente atraído só que os anos todos de pmo fizeram com que ele parasse de me procurar e etc.

Sobre sinceridade, nós nunca vamos saber. O que eu insisto é: vc pode me enganar, mas nunca vai conseguir enganar a si mesmo. Por isso digo que ele pode se abrir sem constrangimentos pq no fim das contas, se eu não souber, eu não ajudo. E tudo piora. Vai virando a bola de neve e vou voltando àqueles pensamentos intrusivos. Eu só queria que isso tudo acabasse 😔
Eustáquio
Eustáquio
Mensagens : 55
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 32
Localização : Minas Gerais

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 19/7/2020, 10:50
Ana de Amsterdam escreveu:Olá, Eustaquio. Obrigada pela resposta! O que eu não entendo é como eu seria um “gatilho” se sou real na vida dele, se ele se excita comigo, qual o sentido? Seriam as “fantasias”? Eu percebo que ele fica “animado” quando eu me levanto e vou fazer alguma coisa, ele fica observando, quando eu me coloco em algum posição qualquer pra fazer uma coisa e tal. Ontem tivemos uma conversa sobre isso, ele disse q realmente se sente atraído só que os anos todos de pmo fizeram com que ele parasse de me procurar e etc.

Sobre sinceridade, nós nunca vamos saber. O que eu insisto é: vc pode me enganar, mas nunca vai conseguir enganar a si mesmo. Por isso digo que ele pode se abrir sem constrangimentos pq no fim das contas, se eu não souber, eu não ajudo. E tudo piora. Vai virando a bola de neve e vou voltando àqueles pensamentos intrusivos. Eu só queria que isso tudo acabasse 😔

As fotos podem ser um gatilho pra M, justamente para as fantasias... .

O sentido é que o cérebro da gente é tão mala que uma foto de uma pessoa real pode tornar ela virtual juntamente com a falsa sensação de que vale mais a pena bater uma pra ela do que fazer sexo na real e cumprir seus demais deveres como um companheiro, por exemplo: ajudar ela em casa, ser mais carinhoso, etc.
O cérebro nos engana pra voltarmos ao status quo ante.
Isso pode acontecer, mas não sei se isso acontece com ele. Isso vai de pessoa pra pessoa.

Eu mesmo por esses dias estou numa lutada danada, pois meu cérebro me diz que estou perdendo meu tempo em não bater uma enquanto eu sinto vontade... Mas a real é que eu perco meu tempo batendo uma.

Sobre a sinceridade: um dia você vai saber dessa sinceridade dele, sim. Porém o tempo lhe dirá isso com os resultados e muito provável que você vai ser a primeira a saber disso, até mesmo antes dele falar pra você. Entende?

Você não vai saber da sinceridade dele agora, mas o futuro nos trazem as respostas implacavelmente... pelo menos pra maioria das coisas.

Esse processo de reboot tem que ter muita paciência mesmo. Tanto ele, quanto você, vão ter que esperar um pouco, saber esperar. Mas falo pra você: tudo tem limite, inclusive o tempo de espera.

O fato é: com fotos suas ou não, ele tem que sair desse ambiente virtual que foi criado e educado na cabeça dele. Pra isso ele terá que ser vigilante, ter consciência que tudo aquilo que está na cabeça dele não existe. Tudo aquilo que ele entendeu por educação sexual através das telas não existe.

Eu acho esse lance dele se sentir atraído, e o garotão "animado", por você enquanto você faz alguma coisa muito boa. Pelo menos eu acredito e sendo sincero eu quero ter isso quando eu tiver minha namorada. Com a PMO ele não teria nem um pouco disso com você.
E isso também acaba sendo um exercício para sair desse mundo de fantasias.

E um conselho pra você: fique mais calma, isso é um processo... um pouco de paciência. Espero que dê tudo certo.

Eustáquio.

Ana de Amsterdam gosta desta mensagem

avatar
Esposa
Mensagens : 38
Data de inscrição : 20/07/2020

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 20/7/2020, 15:05
Olá Ana! Verdade, concordo com o Eustáquio. Acho que só de ele demonstrar um desejo por você já é um grande indício de que ele está tendo muito progresso. Eu nunca senti isso do meu esposo, nem enquanto namorávamos Sad. Mas acredito que com a recuperação dele tudo voltará ao normal.
avatar
Ana de Amsterdam
Mensagens : 26
Data de inscrição : 06/07/2020

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 21/7/2020, 10:42
Eustaquio
Vou ter uma conversa com ele sobre as fotos. Ele saiu de todos os grupos de wpp que podiam ter conteúdos. Tem os bloqueadores, tudo. Começou terapia. Acredito que o maior problema que ele enfrenta com isso seja a “objetificação” e os olhares na rua. Confesso que me sinto um lixo quando penso nisso, mas prefiro saber até mesmo para ajudá-lo. Eu desenvolvi um pavor completo de estar com ele em público. Como se eu tivesse medo de ve-lo a encarar alguma mulher, não sei. Tenho evitado. As relações sexuais estão melhores do que antes, ele procura mais. Mas fico sempre paranóica. Preciso mesmo de paciência, mas é tão difícil, eu penso tanto nessa situação 😔 um medo absurdo dele cair e perder todo progresso e eu voltar com os pensamentos, medo dele estar escondendo e eu descobrir depois, enfim...

Esposa

Obrigada por postar aqui. Como é a sua situação? É muito complicado, né? Eu virei outra pessoa, nem me reconheço mais. Só triste e desiludida com tudo. Ele tem me procurado mais sim, demonstra atração. O problema é que com essa loucura toda eu acabei desenvolvendo uns impulsos e pensamentos em trai-lo e vingar me. ATENÇÃO: eu JAMAIS teria coragem, mas é algo q fica no imaginário e me consome muito, me sinto uma merda de pessoa sem saber o que fazer. Força pra ti 😘

Eustáquio gosta desta mensagem

Eustáquio
Eustáquio
Mensagens : 55
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 32
Localização : Minas Gerais

Impulsos e pensamentos sobre traição  Empty Re: Impulsos e pensamentos sobre traição

em 21/7/2020, 13:34
Ana de Amsterdam escreveu:Eustaquio
Vou ter uma conversa com ele sobre as fotos. Ele saiu de todos os grupos de wpp que podiam ter conteúdos. Tem os bloqueadores, tudo. Começou terapia. Acredito que o maior problema que ele enfrenta com isso seja a “objetificação” e os olhares na rua. Confesso que me sinto um lixo quando penso nisso, mas prefiro saber até mesmo para ajudá-lo. Eu desenvolvi um pavor completo de estar com ele em público. Como se eu tivesse medo de ve-lo a encarar alguma mulher, não sei. Tenho evitado. As relações sexuais estão melhores do que antes, ele procura mais. Mas fico sempre paranóica. Preciso mesmo de paciência, mas é tão difícil, eu penso tanto nessa situação 😔 um medo absurdo dele cair e perder todo progresso e eu voltar com os pensamentos, medo dele estar escondendo e eu descobrir depois, enfim...

Esposa

Obrigada por postar aqui. Como é a sua situação? É muito complicado, né? Eu virei outra pessoa, nem me reconheço mais. Só triste e desiludida com tudo. Ele tem me procurado mais sim, demonstra atração. O problema é que com essa loucura toda eu acabei desenvolvendo uns impulsos e pensamentos em trai-lo e vingar me. ATENÇÃO: eu JAMAIS teria coragem, mas é algo q fica no imaginário e me consome muito, me sinto uma merda de pessoa sem saber o que fazer. Força pra ti 😘



Ana, boa tarde.

Bom, espero que dê tudo certo pra ele. Acredito que está no caminho certo e agora depende dele.

Quanto a você, Ana, cuide-se. Procure também ajuda com um terapeuta.

Grande abraço.

_______________________________________


Meu diário: https://www.comoparar.com/t10781-eis-me-aqui

Ana de Amsterdam gosta desta mensagem

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum