Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

+58
likemike
LUCAS CAESAR
Christopher Moltisanti
Diácono Lucas
Vencedor disciplinado
rlutador
Marverick
Justiceiro do Sertão
Joseph
Gabriel TMP(Warrior)
Druidzin
Guilherme96
marlolo2021
Sr. Miranha
Progresso
chopin
Aba Anônima
Kaneki
ironmaiden2244
Edm
Dead
Mr. Oveercool
PILGRIM
JovemRenascido
John Fersil
SheldonCooper94
Randy
José2020
I Will Resurface!
NogueiraJ
Gracinha
Ronann
@_Luan
Fuzion
BIXOSO
Unforgiven
Deco
ViníciusB
ShikamaruNara
Oestudante
vierkenes
Red Angus
Rust
Jonas
Linus
Marcus Aurelius
CavaleiroDaLua
Bradock96
LuckyTheWolf
Optimus Prime
Barão Vermelho
RousseauStrong
Drew
Umcaralegal
Peter Parker
Harvey
Firenze
Gardenzio
62 participantes
Ir para baixo
Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 2209
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 25
Localização : Ciudad del Este

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

16/2/2022, 11:24
Eu estava realmente tão focado que até estudar no sábado e no domingo eu estava fazendo. Coisa que de há muito não fazia. Depois comecei a conversar com essa menininha, parece que meu foco se desandou; comecei a ficar usando mais o Instagram, domingo ficava conversando com ela, enquanto deveria estudar. Ficava dormindo mais tarde.

Tu é doido, não presta viver assim não.

Confesso que realmente não sai da minha cabeça os sinais que ela mandava. Domingo retrasado mesmo eu mandava uma resposta para ela, ela respondia de pronto, nem demorava para responder; depois me fez uns dois elogios, dizendo que eu fiz ela rir e depois me chamando de lindo kkkkk PQP.

Aí nesse interim ela tinha me dito que estava doente, e depois de todas as indiretas que ela mandou, eu soltei a minha: "ah, que pena, então não vou nem poder te chamar pra sair"... Aí ela perguntou se eu tava convidando ela pra sair. Aí eu disse que sim, só que ela estava doente. Aí ela mesmo disse que não tinha problema, porque já estaria melhor dali pro final de semana. Aí eu chamei ela pra sair, e ela aceitou.

Aí, como sabeis, ela se encontrou comigo. Saiu lá da pqp - porque a casa dela é muito mais longe do que a minha em relação ao local que fomos - e logo no início já mandou "aah, da próxima vez tem que ser mais cedo mesmo". Eu pensei: "oxen, quem foi que disse que vai ter próxima vez?" kkk Se alguma mulher ler isso aí, ajuda aqui o pai, por favor: o que faz uma mulher sair de longe da casa dela, pra ir se encontrar com o ex-namorado dela, que ela sabe que ele está solteiro e ele sabe que ela está solteira também? Só passar uma tarde de domingo fora de casa? kkk Eu confesso que buguei e peço ajuda aos universitários... Eu agora não sei mais é de nada.

Eu converso com outra menina e é claro quando ela não tem interesse nenhum: te demora a responder (da ordem de responder depois de 6h ou só no outro dia), responde mensagens curtas, não puxa assunto, não manda indiretas. E dá pra perceber quando a menina tá sendo somente simpática de uma menina que tá com um mínimo de interesse em você. E outra, essa outra boyzinha que saí me passou o zap dela po kkk Uma outra boyzinha aí que eu pedi o zap (pedi no jeito, é claro), ela nem me passou, falou que era melhor conversar pelo Instagram kkk Um claro sinal de desinteresse. Meu irmão, eu sou muito burro. Vou estudar que fico menos burro...

Meu irmão. Será que eu estou doido? kkkk Se uma boyzinha faz isso com qualquer cara e diz que isso é jeito de ser, tenho para mim que isso não é uma red flag não, é um red building de 100 andares. Só se for, velho ... kkk

Enfim, mano. Vou escrevendo essas paradas para ver se tiro isso da cabeça.

Tenho que me lembrar dessas histórias pra me divertir de vez em quando, por que eu escrevo isso tudo aqui achando graça, na moral kkk

That's all folks. É a vida.

Não dá pra perder mais tempo não jow.

Melhor coisa é lembrar-se da frase dos estoicos: memento mori: lembre-se da morte. Talvez só se recordando cotidianamente que um dia morrerás é que começarás a viver a vida que desejas.

Enfim, passsei aqui de leve. Estudei já um pouco, e continuarei estudando. Passei aqui na pausa, pra tirar esse causo da minha cabeça; quem sabe depois eu não escrevo melhor...

Enfim, flws jovens.

Positividade sempre!

[Atualizando] Lembrei-me, porém, que é mais salutar prestar atenção no que a pessoa faz, ao invés de focar no que ela diz. Sobretudo em se tratando de relacionamentos (servindo tanto para mulheres quanto para homens), preste atenção no que a mulher faz e não no que ela diz!

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Orandum est ut sit mens sana in corpore sano."

"Se o céu brilhar de novo no horizonte, avisa! E pode ter certeza que eu tou lá pra ver!" - Falamansa, Avisa



Kaneki e @_Luan gostam desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 2209
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 25
Localização : Ciudad del Este

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

18/2/2022, 09:20
18.02.2022, 08h32

Bom dia, senhores.

Hoje decidi vir aqui sem falta, pois já fazia 2 dias que não atualizava meu diário. O relato de hoje é sobre coisas aleatórias do cotidiano de uma pessoa comum. (Oh aí, já tem um título para uma crônica  Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 1f44f : "relatos aleatórios de uma pessoa comum")

Semana passada passei três dias inteiros sem estudar, desmotivado com alguma coisa que eu não sei qual. Essa semana, porém, retomei. Vou começar os estudos um pouco mais tarde do que o desejável, mas hoje terei mais tempo disponível para render nos estudos. Vou me concentrar nisso.

Ontem consegui estudar bem, mas vejo a possibilidade de aumentar o tempo dos estudos. De toda forma, vejo como mais importante no momento consolidar o hábito de estudar todos os dias, de modo que quando este já estiver mais sólido eu possa visar aumentar um pouco mais o tempo de estudos.

Esse caminho de estudar para concursos é solitário, e não fossem as aulas de dança eu realmente estaria bem mais paradão em casa. Falando em aulas de dança, agradeço muito por ter conhecido isso, pois realmente são um combustível para a alma. Vez ou outra eu até chego mais calado, mas não dá, porque o ambiente é muito alto astral. Também sinto que estou evoluindo bem, o que dá um bom senso de progresso.

A rotina está se ajustando. Me lembrei agora que não desconectei a internet da TV; fá-lo-ei é agora. TV antes de dormir não é um hábito bom, embora eu tenha descumprido com esse propósito ontem. Renovo hoje esse compromisso comigo, ainda que hoje seja final de semana. O único porém disso tudo é que não fico sabendo das coisas que estão acontecendo no mundo, mas foda-se pois isso não mudará a minha vida. E é uma desculpa feia porque não só existe a TV para se manter informado; existem jornais na internet também.

Amanhã acho que infelizmente não poderei comparecer no Krav Magá. Estou gostando muito, pois mesmo com apenas 3 aulas eu sinto que estou evoluindo também. O receio que eu tenho é que, por nós treinarmos sem nenhuma luva ou equipamento de proteção, ou eu acerte um soco na cara ou um chute nos testículos de um ou seja atingido a seco por algum golpe de um cara kkkk Faz tempo também que queria treinar Muay Thay, até encontrei um lugar mais próximo para fazer, mas gosto da ideia do Krav Magá por ser mais um método de defesa pessoal para luta de rua.

Uma coisa que eu reparei é que a autoestima, ao fazer as aulas de Krav Magá, melhorou bastante. Mesmo com apenas 3 aulas, eu saio na rua, observo as pessoas e penso "se ele vier vai levar" kkkk É uma viagem do carai, até porque só fiz 3 aulas. Imagina só quando eu me graduar. Ouvi boatos que as cerimônias de graduação você tem que sair pelo menos com um hematoma de leve em baixo do olho, mas acho que é só história para boi dormir. O último treino foi com um graduado que não maneirou aqui para o iniciante, que fdp! kkk Mas o bom é isso mesmo, eu quero é treinar com o graduado e com o mais forte da turma, pra que na vida real o combate seja fácil. Porque se eu só treinar com um cara levinho (não que eu seja pesado kkk) ou com um mais fraco que eu não tem graça.

O bom também é que no Krav Magá não tem gigante que não possa ser neutralizado: nenhum lutador de MMA de 1,90m fica em pé com um chute no ovo. E é bom para as mulheres também que tenham um mínimo de agilidade física fazerem, justamente pelo argumento do período anterior.

O ruim só é o preço dessas aulas que são mais caras do que as tradicionais. Só de achar um lugar que tivesse aula de Krav magá não foi fácil, depois a localização da escola, acho que isso faz eles aumentarem o preço.

No mais, infelizmente não vou poder treinar hoje, pois estou debilitado novamente :/ Tenho que ficar repousando até os sintomas melhorarem. O bom é que sinto que depois disso, espero não ficar mais debilitado durante esse ano, porque só o início foi uma m*: fiquei doente na passagem de ano, depois com febre, semana passada com uma gastrite e agora com essa parada. Tá tenso, mas não há razão para se preocupar com isso.

Final de semana que chega e estou achando melhor deixar o celular trancado num cômodo da casa, sobretudo antes de dormir. Como já vou desconectar a internet da TV, vou também aproveitar para desconectar a tomada da TV. Se quiser ficar acordado de noite, o faça lendo um livro, não vendo TV. Tenho que reforçar isso.

Tenho abdicado de outros compromissos para poder focar nos estudos. Tudo bem que hoje estou aqui escrevendo, mas estou fazendo por acreditar ser um bem maior: às vezes limpar a mente, tirar as ideias da cabeça, escrever um pouco, faz muito bem.

Percebi que ainda sou muito ingênuo para relacionamentos. Não sei se em vocês já bateu algo semelhante, mas não quero ficar só. É o purple pill: o cara que teve contato com a red pill mas que quer se relacionar aushaushauhsuahuhasuhahusuahshauhsauhsuahsuh Não vou mentir que estava sendo legal tá conversando com a menininha.

Uma coisa que devemos estar atentos, porém, é que as mulheres não entregarão todas as cartas para você de bandeja. O que quero dizer com isso? Que os sinais que a boyzinha me mandava eram claros e [modéstia à parte, até porque custei para aprender essas paradas] eu não errei nas avaliações. Só que ela não vai lhe dizer abertamente as coisas. É justamente o seguinte: ela sabe que está dando ideia para o cara ao puxar assunto com ele, ao elogiar ele, ao dizer que ele fez ela rir num momento, ao responder aos stories com coraçãozinho, ao responder prontamente, ao ver todos os stories, ao ser a primeira a ver os seus stories, ao mandar umas indiretas para você, mandar foto do que tá fazendo no momento, ao mandar muitos áudios, ao perguntar aleatoriamente "tás bem?"; meu pirraia, se isso não for interesse que eu cegue. Maaaas, ela não vai lhe dizer abertamente que, sim, estava interessada em você. Aí já é querer demais, né não?!

Podem acontecer algumas coisas coisas disso daí. Primeiro, ela pode realmente não estar interessada em mim e mandou alguns sinais de interesse só para massagear o ego dela (acho que ele tem, no mínimo, um leve interesse); segundo, tem outro cara na jogada e ela vai tentar com ele; terceiro, ela está interessada mas não quer abrir o jogo de cara. As 3 hipóteses podem ocorrer em separado, mas a 1ª pode ocorrer junto com a 2º (ou seja, ela realmente não está interessada e tem outro cara na jogada), e a 3ª pode ocorrer junto com a
2ª (ou seja, ela está interessada e tem outro cara na jogada). Mas, como lembro-me do Giglio falando (da Social Arts), a mulher sempre tem outro cara, só que VOCÊ é que deve ser o outro cara hhaahahah Pra isso que voltamos ao centro de tudo: cuidar de si, evoluir como homem, progredir, focar no trampo e na evolução pessoal.

Enfim, de tudo isso você tem é que ter opções. Cartas na manga. Se uma carta não deu certo para o jogo, pegue a outra e tente; se não, pegue a outra. E vá jogando...

Começarei a estudar. Pretendo só ajustar melhor a rotina para estudar sempre a partir das 8h30, pois assim eu consigo render bem pela manhã até o almoço e ter tempo de tarde para render melhor ainda. Ontem eu precisei sair para comprar um remédio de tarde, pois a situação aqui estava feia, mas assim que voltei retomei os estudos e rendi ok. Agora eu começando a estudar mais cedo ainda é melhor para mim. De toda forma, independentemente do horário de início, o importante é manter a constância. Aos poucos vou me ajustando.

Quero firmar com vocês o compromisso não não acessar o Instagram nesse fim de semana e, por mais que seja difícil fazê-lo, seguir assim. Hoje estava querendo entrar só pra publicar uma coisinha, mas vou rever isso daí. O mais importante é não tirar o foco dos estudos.

É verdade que o Instagram é uma vitrine social, mas não adianta querer cuidar da vitrine quando o conteúdo de dentro ainda não está ajustado.

Sigamos.


Última edição por Gardenzio em 18/2/2022, 15:33, editado 1 vez(es)

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Orandum est ut sit mens sana in corpore sano."

"Se o céu brilhar de novo no horizonte, avisa! E pode ter certeza que eu tou lá pra ver!" - Falamansa, Avisa



Kaneki e Rottweiler gostam desta mensagem

Kaneki
Kaneki
Moderador
Moderador
Mensagens : 3466
Data de inscrição : 27/10/2015
Idade : 26
Localização : MG

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

18/2/2022, 13:50
Gardenzio escreveu:18.02.2022, 08h32

Bom dia, senhores.

Hoje decidi vir aqui sem falta, pois já fazia 2 dias que não atualizava meu diário. O relato de hoje é sobre coisas aleatórias do cotidiano de uma pessoa comum. (Oh aí, já tem um título para uma crônica  Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 1f44f : "relatos aleatórios de uma pessoa comum")

Semana passada passei três dias inteiros sem estudar, desmotivado com alguma coisa que eu não sei qual. Essa semana, porém, retomei. Vou começar os estudos um pouco mais tarde do que o desejável, mas hoje terei mais tempo disponível para render nos estudos. Vou me concentrar nisso.

Ontem consegui estudar bem, mas vejo a possibilidade de aumentar o tempo dos estudos. De toda forma, vejo como mais importante no momento consolidar o hábito de estudar todos os dias, de modo que quando este já estiver mais sólido eu possa visar aumentar um pouco mais o tempo de estudos.

Esse caminho de estudar para concursos é solitário, e não fossem as aulas de dança eu realmente estaria bem mais paradão em casa. Falando em aulas de dança, agradeço muito por ter conhecido isso, pois realmente são um combustível para a alma. Vez ou outra eu até chego mais calado, mas não dá, porque o ambiente é muito alto astral. Também sinto que estou evoluindo bem, o que dá um bom senso de progresso.

A rotina está se ajustando. Me lembrei agora que não desconectei a internet da TV; fá-lo-ei é agora. TV antes de dormir não é um hábito bom, embora eu tenha descumprido com esse propósito ontem. Renovo hoje esse compromisso comigo, ainda que hoje seja final de semana. O único porém disso tudo é que não fico sabendo das coisas que estão acontecendo no mundo, mas foda-se pois isso não mudará a minha vida. E é uma desculpa feia porque não só existe a TV para se manter informado; existem jornais na internet também.

Amanhã acho que infelizmente não poderei comparecer no Krav Magá. Estou gostando muito, pois mesmo com apenas 3 aulas eu sinto que estou evoluindo também. O receio que eu tenho é que, por nós treinarmos sem nenhuma luva ou equipamento de proteção, ou eu acerte um soco na cara ou um chute nos testículos de um ou seja atingido a seco por algum golpe de um cara kkkk Faz tempo também que queria treinar Muay Thay, até encontrei um lugar mais próximo para fazer, mas gosto da ideia do Krav Magá por ser mais um método de defesa pessoal para luta de rua.

Uma coisa que eu reparei é que a autoestima, ao fazer as aulas de Krav Magá, melhorou bastante. Mesmo com apenas 3 aulas, eu saio na rua, observo as pessoas e penso "se ele vier vai levar" kkkk É uma viagem do carai, até porque só fiz 3 aulas. Imagina só quando eu me graduar. Ouvi boatos que as cerimônias de graduação você tem que sair pelo menos com um hematoma de leve em baixo do olho, mas acho que é só história para boi dormir. O último treino foi com um graduado que não maneirou aqui para o iniciante, que fdp! kkk Mas o bom é isso mesmo, eu quero é treinar com o graduado e com o mais forte da turma, pra que na vida real o combate seja fácil. Porque se eu só treinar com um cara levinho (não que eu seja pesado kkk) ou com um mais fraco que eu não tem graça.

O bom também é que no Krav Magá não tem gigante que não possa ser neutralizado: nenhum lutador de MMA de 1,90m fica em pé com um chute no ovo. E é bom para as mulheres também que tenham um mínimo de agilidade física fazerem, justamente pelo argumento do período anterior.

O ruim só é o preço dessas aulas que são mais caras do que as tradicionais. Só de achar um lugar que tivesse aula de Krav magá não foi fácil, depois a localização da escola, acho que isso faz eles aumentarem o preço.

No mais, infelizmente não vou poder treinar hoje, pois estou debilitado novamente :/ Tenho que ficar repousando até os sintomas melhorarem. O bom é que sinto que depois disso, espero não ficar mais debilitado durante esse ano, porque só o início foi uma m*: fiquei doente na passagem de ano, depois com febre, semana passada com uma gastrite e agora com essa parada. Tá tenso, mas não há razão para se preocupar com isso.

Final de semana que chega e estou achando melhor deixar o celular trancado num cômodo da casa, sobretudo antes de dormir. Como já vou desconectar a internet da TV, vou também aproveitar para desconectar a tomada da TV. Se quiser ficar acordado de noite, o faça lendo um livro, não vendo TV. Tenho que reforçar isso.

Tenho abdicado de outros compromissos para poder focar nos estudos. Tudo bem que hoje estou aqui escrevendo, mas estou fazendo por acreditar ser um bem maior: às vezes limpar a mente, tirar as ideias da cabeça, escrever um pouco, faz muito bem.

Percebi que ainda sou muito ingênuo para relacionamentos. Não sei se em vocês já bateu algo semelhante, mas não quero ficar só. É o purple pill: o cara que teve contato com a red pill mas que quer se relacionar aushaushauhsuahuhasuhahusuahshauhsauhsuahsuh Não vou mentir que estava sendo legal tá conversando com a menininha.

Uma coisa que devemos estar atentos, porém, é que as mulheres não entregarão todas as cartas para você de bandeja. O que quero dizer com isso? Que os sinais que a boyzinha me mandava eram claros e [modéstia à parte, até porque custei para aprender essas paradas] eu não errei nas avaliações. Só que ela não vai lhe dizer abertamente as coisas. É justamente o seguinte: ela sabe que está dando ideia para o cara ao puxar assunto com ele, ao elogiar ele, ao dizer que ele fez ela rir num momento, ao responder aos stories com coraçãozinho, ao responder prontamente, ao ver todos os stories, ao ser a primeira a ver os seus stories, ao mandar umas indiretas para você, mandar foto do que tá fazendo no momento, ao mandar muitos áudios, ao perguntar aleatoriamente "tás bem?"; meu pirraia, se isso não for interesse que eu cegue. Maaaas, ela não vai lhe dizer abertamente que, sim, estava interessada em você. Aí já é querer demais, né não?!

Enfim, de tudo isso você tem é que ter opções. Cartas na manga. Se uma carta não deu certo para o jogo, pegue a outra e tente; se não, pegue a outra. E vá jogando...

Começarei a estudar. Pretendo só ajustar melhor a rotina para estudar sempre a partir das 8h30, pois assim eu consigo render bem pela manhã até o almoço e ter tempo de tarde para render melhor ainda. Ontem eu precisei sair para comprar um remédio de tarde, pois a situação aqui estava feia, mas assim que voltei retomei os estudos e rendi ok. Agora eu começando a estudar mais cedo ainda é melhor para mim. De toda forma, independentemente do horário de início, o importante é manter a constância. Aos poucos vou me ajustando.

Quero firmar com vocês o compromisso não não acessar o Instagram nesse fim de semana e, por mais que seja difícil fazê-lo, seguir assim. Hoje estava querendo entrar só pra publicar uma coisinha, mas vou rever isso daí. O mais importante é não tirar o foco dos estudos.

É verdade que o Instagram é uma vitrine social, mas não adianta querer cuidar da vitrine quando o conteúdo de dentro ainda não está ajustado.

Sigamos.
Olá amigo, você faz bem se afastar do celular nos finais de semana;
bem, acho engra você chamar ela de boyzinha kk eu vejo alguns vídeos no youtube e o cara fala muito sobre essa questão de conhecer alguém não ser algo muito lógico sabe? não é tipo chegar e falar, eu gosto de você, você tá solteira vamos ficar, é mais algo emocional mesmo, mexe com sentimento, você tem que fazer ela se sentir bem com você ao mesmo tempo que você tem que fazer sentir sua falta. Espero que consiga realizar tudo que almeja nos próximos dias, passei por minhas dificuldades por conta dos estudos nos últimos dias, sei como não é fácil, abçs;

_______________________________________


METAS: SEM P: 150 DIAS // SEM M.O.: 2 DIAS - 19/08 (sexta)

Meus Links:

Gardenzio gosta desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 2209
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 25
Localização : Ciudad del Este

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

19/2/2022, 11:39
19.02.2022

"A truly powerful Man jealously guards his most precious resources; his independence and his ability to maneuver. In other words, his options and his ability to exercise them". (The Rational Male, p. 50)

"Um homem verdadeiramente forte guarda zelosamente seus recursos mais preciosos: sua independência e sua habilidade de manobra. Em outras palavras, suas opções e sua habilidade em exercitá-las."

"Regardless, whatever your reasons, women should only ever be a compliment to a man's life, NEVER THE FOCUS of it. When you start living for a woman you become that woman. Never again compromise your own identity to receive the ever-changing approval she grants you. You have to be the prize at all times, not just while you are single." (Idem, p. 51)

"Não importa suas razões, as mulheres devem apenas ser um complemento [elogio] na vida de um homem, nunca o foco dela. Quando você começa a viver por uma mulher você se torna aquela mulher. Novamente, nunca comprometa sua própria identidade para receber uma aprovação passageira que ela lhe concede. Você deve ser o prêmio sempre, não apenas enquanto você está solteiro.


Última edição por Gardenzio em 19/2/2022, 12:31, editado 1 vez(es)

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Orandum est ut sit mens sana in corpore sano."

"Se o céu brilhar de novo no horizonte, avisa! E pode ter certeza que eu tou lá pra ver!" - Falamansa, Avisa



Rottweiler gosta desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 2209
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 25
Localização : Ciudad del Este

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

19/2/2022, 11:43
Kaneki escreveu:Olá amigo, você faz bem se afastar do celular nos finais de semana;
bem, acho engra você chamar ela de boyzinha kk eu vejo alguns vídeos no youtube e o cara fala muito sobre essa questão de conhecer alguém não ser algo muito lógico sabe? não é tipo chegar e falar, eu gosto de você, você tá solteira vamos ficar, é mais algo emocional mesmo, mexe com sentimento, você tem que fazer ela se sentir bem com você ao mesmo tempo que você tem que fazer sentir sua falta. Espero que consiga realizar tudo que almeja nos próximos dias, passei por minhas dificuldades por conta dos estudos nos últimos dias, sei como não é fácil, abçs;

Salve salve Kaneki!

Sim mano, você tem razão. Gostar de alguém é algo muito complexo que é difícil de explicar. Agora acredito que existem alguns sinais que podemos "mapear" para identificar se existe interação real ou não, se existe interesse real ou não, se ela está com um cara só por interesse ou porque realmente gosta da personalidade dele, e tals... Mas a lógica numa interação sexual quase nunca funciona, creio eu.

Obrigado pela força, bro. Sigamos sempre!

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Orandum est ut sit mens sana in corpore sano."

"Se o céu brilhar de novo no horizonte, avisa! E pode ter certeza que eu tou lá pra ver!" - Falamansa, Avisa



Kaneki gosta desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 2209
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 25
Localização : Ciudad del Este

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

21/2/2022, 08:32
21.02.2022, 08h03

Bom dia, cavalheiros. Hoje mandarei uma redpill para ver se acordo para a vida.

Se por acaso você ficou pensando demais numa menininha que não está nem aí para você, é sinal que tem alguma coisa errada com você, e não com a menina. Podem ser várias coisas, mas uma que eu acredito ser mais geral e que pode ocorrer na maioria dos caras que se sentem assim é o fato dele não ter outras opções de mulheres. Em não tendo outras opções, a primeira que surgir querendo trocar ideias com ele será aquela especial, ou a Princesinha da Disney.

Perceber isso é interessante pois faz você não cair mais em "armadilhas" como essas.

Grosso modo, para o homem mediano, que ainda está se desenvolvendo e que não tem uma beleza/presença que se destaque entre os demais, as chances dele ter muitas opções de mulheres são baixas, o que não quer dizer que ele não tenha nenhuma. Ele pode ter mais opções se, por exemplo, ele for mais descolado ou ser mais sociável e frequentar eventos onde ele consiga estar sempre conhecendo pessoas novas e, consequentemente, mulheres novas.

Já para a mulher mediana (que se mantém relativamente "bem conservada" e relativamente bonita, sem precisar ser, necessariamente, o tipo blogueirinha ou modelo de instagram) - dependendo da personalidade dela (ou seja, se ela é mais festeira ou se ela é mais caseira) - ela tende a ter mais opções de cara dando em cima dela.

Pois bem, então se você é o tipo de cara que quando conhece uma mulher já fica imaginando um namoro, ou imaginando que ela é um ser angelical, uma menina pura só porque fala com a voz mansa e de criancinha, chances são que você não está tendo outras opções e que a primeira que surge você se apaixona fácil.

Por isso, é fundamental que você tenha outras opções de mulheres na sua fila. Não estou dizendo necessariamente para você estar ficando com mais de 1 mulher por semana, mas sim estar conversando com uma menininha que você sente que, se você dar um passo a mais, ela está aberta a lhe conhecer. Isso sim é bom e saudável para um homem.

Bom, e se atualmente eu não tiver opções mesmo, o que eu faço? Você precisa criar oportunidades que te façam conhecer novas mulheres. Faça uma aula de dança, matricule-se num teatro, frequente um hobbie que você goste, inicie uma atividade coletiva, etc... Enfim, o interessante é você estar inserido em um ambiente que seja favorável para que você conheça novas pessoas e novas mulheres. Pode ser também uma viagem. Aliás, viajar para fazer algum trabalho voluntário faz muito bem, e é uma oportunidade que você tem para conhecer novas pessoas (e mulheres).

Somando-se a isso, é fundamental que você invista tempo para cuidar de si. Aqui falo tanto do aspecto interno quanto do aspecto externo. Cuide de sua aparência exterior, do seu corte de cabelo, de seu sorriso, de como você se veste, de sua assepsia (prezar sempre por tomar um banho bem tomado e ficar cheiroso), de sua forma física; cuida também de seu interior, buscando sempre ler bons livros, livros de aumentem sua cultura geral, livros sobre inteligência emocional, livros sobre programação neurolinguística, ler algum livro sagrado que desenvolva a sua espiritualidade.

A parada que devemos nos relembrar cotidianamente é que temos que nos cuidar e melhorar nossa autoestima. E melhorar nossa autoestima não apenas através de uma mudança na forma de pensar (apesar dessa, sim, ser muito importante) mas também gerando resultados exteriores que te deem subsídios para que você possa se achar verdadeiramente foda consigo mesmo.

Portanto, meu jovem, comece a focar sempre na sua vida, no seu trabalho, no seu desenvolvimento espiritual e mental; comece a se vestir melhor, a presar por uma boa roupa, um bom perfume, a frequentar bons lugares. E tire, por favor, a sua Princesinha da Disney da sua cabeça, pois é provável que ou ela esteja tocando a vida dela sem se preocupar contigo ou que ela já esteja trocando ideia (ou outras coisas mais) com outro cara e, logo logo, se ele der bola, ela vai estar num novo relacionamento.

Continue evoluindo, querendo crescer, buscando ganhar mais dinheiro. Quando você se tornar um cara foda, aí pode ser que aquela boyzinha queira voltar para você e até dizer coisas do tipo "nossa como você mudou" ou "nossa como você tá mais bonito" ou "nossa, eu vou estar passando aí perto de você, será que não dá para nos encontrarmos?!" [kkk]. Aí nessas horas você diz "obrigado" e mostra a foto pra ela da mulher mais gata que ela que você agora está namorando e do novo relacionamento foda que você está, e diz que está sem tempo para conversar; quem sabe, você pode até convidar sua ex para o seu casamento, só pra fazer graça mesmo kkk

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Orandum est ut sit mens sana in corpore sano."

"Se o céu brilhar de novo no horizonte, avisa! E pode ter certeza que eu tou lá pra ver!" - Falamansa, Avisa



Kaneki e Yusuke Urammeshi gostam desta mensagem

Kaneki
Kaneki
Moderador
Moderador
Mensagens : 3466
Data de inscrição : 27/10/2015
Idade : 26
Localização : MG

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

21/2/2022, 13:18
Gardenzio escreveu:21.02.2022, 08h03

Bom dia, cavalheiros. Hoje mandarei uma redpill para ver se acordo para a vida.

Se por acaso você ficou pensando demais numa menininha que não está nem aí para você, é sinal que tem alguma coisa errada com você, e não com a menina. Podem ser várias coisas, mas uma que eu acredito ser mais geral e que pode ocorrer na maioria dos caras que se sentem assim é o fato dele não ter outras opções de mulheres. Em não tendo outras opções, a primeira que surgir querendo trocar ideias com ele será aquela especial, ou a Princesinha da Disney.

Perceber isso é interessante pois faz você não cair mais em "armadilhas" como essas.

Grosso modo, para o homem mediano, que ainda está se desenvolvendo e que não tem uma beleza/presença que se destaque entre os demais, as chances dele ter muitas opções de mulheres são baixas, o que não quer dizer que ele não tenha nenhuma. Ele pode ter mais opções se, por exemplo, ele for mais descolado ou ser mais sociável e frequentar eventos onde ele consiga estar sempre conhecendo pessoas novas e, consequentemente, mulheres novas.

Já para a mulher mediana (que se mantém relativamente "bem conservada" e relativamente bonita, sem precisar ser, necessariamente, o tipo blogueirinha ou modelo de instagram) - dependendo da personalidade dela (ou seja, se ela é mais festeira ou se ela é mais caseira) - ela tende a ter mais opções de cara dando em cima dela.

Pois bem, então se você é o tipo de cara que quando conhece uma mulher já fica imaginando um namoro, ou imaginando que ela é um ser angelical, uma menina pura só porque fala com a voz mansa e de criancinha, chances são que você não está tendo outras opções e que a primeira que surge você se apaixona fácil.  

Por isso, é fundamental que você tenha outras opções de mulheres na sua fila. Não estou dizendo necessariamente para você estar ficando com mais de 1 mulher por semana, mas sim estar conversando com uma menininha que você sente que, se você dar um passo a mais, ela está aberta a lhe conhecer. Isso sim é bom e saudável para um homem.

Bom, e se atualmente eu não tiver opções mesmo, o que eu faço? Você precisa criar oportunidades que te façam conhecer novas mulheres. Faça uma aula de dança, matricule-se num teatro, frequente um hobbie que você goste, inicie uma atividade coletiva, etc... Enfim, o interessante é você estar inserido em um ambiente que seja favorável para que você conheça novas pessoas e novas mulheres. Pode ser também uma viagem. Aliás, viajar para fazer algum trabalho voluntário faz muito bem, e é uma oportunidade que você tem para conhecer novas pessoas (e mulheres).

Somando-se a isso, é fundamental que você invista tempo para cuidar de si. Aqui falo tanto do aspecto interno quanto do aspecto externo. Cuide de sua aparência exterior, do seu corte de cabelo, de seu sorriso, de como você se veste, de sua assepsia (prezar sempre por tomar um banho bem tomado e ficar cheiroso), de sua forma física; cuida também de seu interior, buscando sempre ler bons livros, livros de aumentem sua cultura geral, livros sobre inteligência emocional, livros sobre programação neurolinguística, ler algum livro sagrado que desenvolva a sua espiritualidade.

A parada que devemos nos relembrar cotidianamente é que temos que nos cuidar e melhorar nossa autoestima. E melhorar nossa autoestima não apenas através de uma mudança na forma de pensar (apesar dessa, sim, ser muito importante) mas também gerando resultados exteriores que te deem subsídios para que você possa se achar verdadeiramente foda consigo mesmo.

Portanto, meu jovem, comece a focar sempre na sua vida, no seu trabalho, no seu desenvolvimento espiritual e mental; comece a se vestir melhor, a presar por uma boa roupa, um bom perfume, a frequentar bons lugares. E tire, por favor, a sua Princesinha da Disney da sua cabeça, pois é provável que ou ela esteja tocando a vida dela sem se preocupar contigo ou que ela já esteja trocando ideia (ou outras coisas mais) com outro cara e, logo logo, se ele der bola, ela vai estar num novo relacionamento.

Continue evoluindo, querendo crescer, buscando ganhar mais dinheiro. Quando você se tornar um cara foda, aí pode ser que aquela boyzinha queira voltar para você e até dizer coisas do tipo "nossa como você mudou" ou "nossa como você tá mais bonito" ou "nossa, eu vou estar passando aí perto de você, será que não dá para nos encontrarmos?!" [kkk]. Aí nessas horas você diz "obrigado" e mostra a foto pra ela da mulher mais gata que ela que você agora está namorando e do novo relacionamento foda que você está, e diz que está sem tempo para conversar; quem sabe, você pode até convidar sua ex para o seu casamento, só pra fazer graça mesmo kkk  
Olá amigo, com certeza temos que focar em nós mesmo, bora pra frente, parabéns pela primeira semana. abçs.

_______________________________________


METAS: SEM P: 150 DIAS // SEM M.O.: 2 DIAS - 19/08 (sexta)

Meus Links:

Gardenzio gosta desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 2209
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 25
Localização : Ciudad del Este

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

21/2/2022, 16:24
21.02.2022, 16h15

Acabei de estudar 4h5 líquidas, ou seja, sem considerar todas as pausas que eu fiz. Foi bom, apesar de eu querer continuar.

Minha cabeça está cansada, e por isso estou optando por parar por aqui por hoje, para não gerar uma sobrecarga e amanhã eu acabar estando cansado demais para estudar, o que já aconteceu antes. Apesar de saber que dava pra estudar mais, e querer também, vou parar por estar me sentindo um pouco cansado. Mais vale a constância do que estudar muito um dia e nos dias seguintes render pouco por cansaço. Então façamos isso.

No meio tempo, vou procurar ler algumas coisas sobre ansiedade, pois sinto sim que estou sendo acometido por esse mal. Já tem umas 2 semanas que venho tendo dificuldade para dormir, acordando-me durante a madrugada e dificuldade em "desligar" o cérebro. Inclusive, acho que vou ao parque com minha cachorra pra desopilar um pouco.

Ontem tomei 2 chás de camomila antes de dormir mas ainda assim não consegui pegar no sono rápido.

Percebo que o cérebro não consegue desligar rapidamente, e fico pensando em estudar, estudar e estudar kkk Isso por um lado é bom, pois gosto desse ritmo frenético de dedicação exclusiva aos estudos. Estava até com saudades disso kkk Maaaas, temos que buscar o equilíbrio.

Aos poucos vou aumentando as horas líquidas de estudo. Vejo que aos poucos dá pra ir aumentando para 5h líquidas, depois para 6h líquidas. Acho que 6h líquidas já é um nível de 100% de aproveitamento, de modo que ultrapassar esse número pode acabar gerando alguns colaterais ruins.

É a coisa que eu sei fazer de melhor, e estarei focado nisso. Quero, na verdade. Mas vejo que dá pra querer mais ainda, com mais força. Vou estar bem quando eu estiver bem bitolado, só sabendo conversar sobre isso, só pensando nisso, só pegando o tempo livre para escutar alguma videoaula. Aí sim estará ótimo para mim. Afinal, é bom imergir de cabeça nos nossos objetivos.

Seguirei.

Só conseguirei ajudar decentemente os amigos do Fórum quando eu conseguir cuidar decentemente de mim mesmo. Estou caminhando, e continuarei, com calma, buscando vencer cada dia.

Até a próxima, gentlemen.

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Orandum est ut sit mens sana in corpore sano."

"Se o céu brilhar de novo no horizonte, avisa! E pode ter certeza que eu tou lá pra ver!" - Falamansa, Avisa



Kaneki, Rottweiler e @_Luan gostam desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 2209
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 25
Localização : Ciudad del Este

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

23/2/2022, 08:03
23.02.2022, 07h34

Bom dia, senhores.

Confesso que a fissura para acessar o Instagram é que está relativamente alta. Por P posso dizer que não.

A curiosidade de ficar fuçando a vida da galera, de ficar vendo o que X ou Y estão fazendo é foda.

Hoje acordei-me mais tarde, pois ontem dormi mais tarde. Acredito que vou iniciar os estudos às 9h.

Ontem estudei 4h líquidas, o que foi bom. Sei que dá pra aumentar esse tempo, mas vou fazendo gradativamente. Não sei até que ponto eu exagerei antes, mas antes eu, se sobrava tempo no dia, eu continuava estudando e estudando. Só que aí no dia seguinte eu me observava mais cansado do que o habitual, e tinha mais dificuldade pra dormir, o cérebro não conseguia desligar, dormir mal. Desde segunda, quando decidi não aumentar demais o ritmo de estudos, venho observando que os pensamentos antes de dormir estão ok, e quando escolho por desligar a mente ela obedece com mais facilidade.

Ontem antes de dormir estava refletindo sobre a felicidade, pois eu estava meio chateado do nada. Não sei se é a falta de dopamina ou algo do tipo.

O fato é que pensava comigo: "mano, por mais clichê que possa parecer, você precisa entender que felicidade (ou ficar de bem com a vida) é uma questão de ser e uma questão de escolha. é preciso que você escolha ser feliz, e isso não vai significar que a vida vai lhe poupar de problemas ou obstáculos no futuro, ou que agora sua vida vai ser um conto de fadas que tudo ocorre perfeitamente. Lamento lhe informar, mas não será assim. Mas você enxergará a vida de outra perspectiva e você viverá a vida de uma maneira mais interessante e leve de se viver, simplesmente. Não vai ser quando tu tiver mais dinheiro, quando tu se casar, quando tu ter teu filho, quando tu encontrar uma boyzinha, quando tu viajar, quando tu comprar um carro, quando tu comprar uma moto, quando tu comprar uma lancha, quando tu passar no concurso que tu deseja que só aí tu será feliz; não vai ser assim. Felicidade é questão de escolha, é questão de ser. Escolha ser feliz, decida mudar sua perspectiva de encarar sua vida e as coisas fluirão de uma maneira mais leve."

Tu tem é que ir, aos poucos, ir mudando tua percepção sobre como encarar a vida. Tirar essa cara de cu [kkk] e começar a ser uma pessoa mais interessante para si mesmo; começar a viver a vida de uma forma mais leve. Não é que agora você não terá mais problemas, mas você os encarará de forma diferente.

Lembrei também que escolhi iniciar uma jornada de estudos profissionalmente. Não tem essa parada de "ah, hoje é feriado", ou "hoje tou cansado, não vou estudar não". F00000d4-se, toda dia é dia de estudar. Para todo objetivo implica abdicar de algum prazer momentâneo, mas para colher um fruto muito maior. Tenho que ter isso em mente.

Só que ao mesmo tempo que sei que preciso me dedicar aos estudos de forma profissional, sei também que não posso só estudar, só estudar, só estudar, e esquecer de viver. No primeiro ano do ensino médio eu fiz isso e, apesar de minhas notas terem sido todas muito boas, e minha vida interior e pessoal era uma bosta.

Comecei a me lembrar que esse ano eu deveria ter feito uma viagem de bike lá pro litoral sul do Brasil. Dei vacilo porque não me preparei, não me planejei, não estudei nada sobre o percurso e tals. Boh, ma siccome siamo a febbraio, c'è ancora tempo di pianificare il viaggio e farlo, senza problema.

Vou tirar, para mim, duas ou três semanas de férias, e elas serão sagradas. Não fiz isso esse ano; só pedi as contas do trabalho, parei uns 3 ou 4 dias para ficar com meu pai, e já peguei nos estudos. Velho, já deve ter uns 4 anos que eu fico dizendo "vou fazer esse percurso", "um dia vou pra lá conhecer" e essa merda não sai. Tem muito tempo pra planejar, estudar os percursos, ver as cidades. Sempre sempre quis fazer esse percurso desde que o conheci, só ficava sonhando e sonhando e nada saía da cabeça.

Esse é um bom objetivo para ter em mente e trabalhar em cima dele. Acho que dá pra fazer uma viagem low cost de boa. Vou ver se o farei em dezembro ou janeiro.

Velho, sempre curti fazer umas paradas dessas, só que por aqui no nordeste as condições não são muito boas. Na Europa acho que dá pra fazer algo do tipo porque lá é mais seguro e já tem até lugares próprio para fazer esse tipo de aventura. Sou doido pra fazer um negócio desses. Na verdade, pra mim eu faria uma viagem só de bike mesmo. E esse circuito lá no sul é um circuito já conhecido e tranquilo, porque não pega as zonas movimentadas. Poooorra, já tou começando a sonhar em como vai ser  Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 1f60d, mas tem que tirar as ideias do papel ahsuahsuhaushuahsuhashauhuhsauhshu

De certa forma a pandemia atrapalhou um pouco essas paradas aí. Eu ia viajar em julho de 2020 pra fazer um trabalho voluntário. Todo trabalho voluntário é muito bom de ser feito, você volta renovado espiritualmente e socialmente; fisicamente talvez detonado, mas isso é detalhe kkk

Tou ligado que tenho que estudar, mas não posso deixar de viver minha vida.

Às vezes preocupo-me demais com as coisas, esquecendo-me que a vida é bela, a vida é boa, como diria meu brother Josisvaldo (vamos chamá-lo assim kk). Claro que é uma visão meio idílica; temos que ter pé no chão e não pensar que o mundo é um arco-íris, mas podemos pensar positivo.

Pé no chão, acordar pra vida, iniciar um novo ciclo.

BORA PRA CIMAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.

Alla prossima, signori.


Última edição por Gardenzio em 23/2/2022, 15:21, editado 1 vez(es)

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Orandum est ut sit mens sana in corpore sano."

"Se o céu brilhar de novo no horizonte, avisa! E pode ter certeza que eu tou lá pra ver!" - Falamansa, Avisa



Kaneki e Rottweiler gostam desta mensagem

Kaneki
Kaneki
Moderador
Moderador
Mensagens : 3466
Data de inscrição : 27/10/2015
Idade : 26
Localização : MG

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

23/2/2022, 10:49
Gardenzio escreveu:23.02.2022, 07h34

Bom dia, senhores.

Confesso que a fissura para acessar o Instagram é que está relativamente alta. Por P posso dizer que não.

A curiosidade de ficar fuçando a vida da galera, de ficar vendo o que X ou Y estão fazendo é foda.

Hoje acordei-me mais tarde, pois ontem dormi mais tarde. Acredito que vou iniciar os estudos às 9h.

Ontem estudei 4h líquidas, o que foi bom. Sei que dá pra aumentar esse tempo, mas vou fazendo gradativamente. Não sei até que ponto eu exagerei antes, mas antes eu, se sobrava tempo no dia, eu continuava estudando e estudando. Só que aí no dia seguinte eu me observava mais cansado do que o habitual, e tinha mais dificuldade pra dormir, o cérebro não conseguia desligar, dormir mal. Desde segunda, quando decidi não aumentar demais o ritmo de estudos, venho observando que os pensamentos antes de dormir estão ok, e quando escolho por desligar a mente ela obedece com mais facilidade.

Ontem antes de dormir estava refletindo sobre a felicidade, pois eu estava meio chateado do nada. Não sei se é a falta de dopamina ou algo do tipo.

O fato é que pensava comigo: "mano, por mais clichê que possa parecer, você precisa entender que felicidade (ou ficar de bem com a vida) é uma questão de ser e uma questão de escolha. é preciso que você escolha ser feliz, e isso não vai significar que a vida vai lhe poupar de problemas ou obstáculos no futuro, ou que agora sua vida vai ser um conto de fadas que tudo ocorre perfeitamente. Lamento lhe informar, mas não será assim. Mas você enxergará a vida de outra perspectiva e você viverá a vida de uma maneira mais interessante e leve de se viver, simplesmente. Não vai ser quando tu tiver mais dinheiro, quando tu se casar, quando tu ter teu filho, quando tu encontrar uma boyzinha, quando tu viajar, quando tu comprar um carro, quando tu comprar uma moto, quando tu comprar uma lancha, quando tu passar no concurso que tu deseja que só aí tu será feliz; não vai ser assim. Felicidade é questão de escolha, é questão de ser. Escolha ser feliz, decida mudar sua perspectiva de encarar sua vida e as coisas fluirão de uma maneira mais leve."

Tu tem é que ir, aos poucos, ir mudando tua percepção sobre como encarar a vida. Tirar essa cara de cu [kkk] e começar a ser uma pessoa mais interessante para si mesmo; começar a viver a vida de uma forma mais leve. Não é que agora você não terá mais problemas, mas você os encarará de forma diferente.

Lembrei também que escolhi iniciar uma jornada de estudos profissionalmente. Não tem essa parada de "ah, hoje é feriado", ou "hoje tou cansado, não vou estudar não". F00000d4-se, toda dia é dia de estudar. Para todo objetivo implica abdicar de algum prazer momentâneo, mas para colher um fruto muito maior. Tenho que ter isso em mente.

Só que ao mesmo tempo que sei que preciso me dedicar aos estudos de forma profissional, sei também que não posso só estudar, só estudar, só estudar, e esquecer de viver. No primeiro ano do ensino médio eu fiz isso e, apesar de minhas notas terem sido todas muito boas, e minha vida interior e pessoal era uma bosta.

Comecei a me lembrar que esse ano eu deveria ter feito uma viagem de bike lá pro litoral sul do Brasil. Dei vacilo porque não me preparei, não me planejei, não estudei nada sobre o percurso e tals. Boh, ma siccome siamo a febbraio, c'è ancora tempo di pianificare il viaggio e farlo, senza problema.

Vou tirar, para mim, duas ou três semanas de férias, e elas serão sagradas. Não fiz isso esse ano; só pedi as contas do trabalho, parei uns 3 ou 4 dias para ficar com meu pai, e já peguei nos estudos. Velho, já deve ter uns 4 anos que eu fico dizendo "vou fazer esse percurso", "um dia vou pra lá conhecer" e essa merda não sai. Tem muito tempo pra planejar, estudar os percursos, ver as cidades. Sempre sempre quis fazer esse percurso desde que o conheci, só ficava sonhando e sonhando e nada saía da cabeça.

Esse é um bom objetivo para ter em mente e trabalhar em cima dele. Acho que dá pra fazer uma viagem low cost de boa. Vou ver se o farei em dezembro ou janeiro.

Velho, sempre curti fazer umas paradas dessas, só que por aqui no nordeste as condições não são muito boas. Na Europa acho que dá pra fazer algo do tipo porque lá é mais seguro e já tem até lugares próprio para fazer esse tipo de aventura. Sou doido pra fazer um negócio desses. Na verdade, pra mim eu faria uma viagem só de bike mesmo. E esse circuito lá no sul é um circuito já conhecido e tranquilo, porque não pega as zonas movimentadas. Poooorra, já tou começando a sonhar em como vai ser  Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 1f60d, mas tem que tirar as ideias do papel ahsuahsuhaushuahsuhashauhuhsauhshu

De certa forma a pandemia atrapalhou um pouco essas paradas aí. Eu ia viajar em julho de 2020 pra fazer um trabalho voluntário. Todo trabalho voluntário é muito bom de ser feito, você volta renovado espiritualmente e socialmente; fisicamente talvez detonado, mas isso é detalhe kkk

Tou ligado que tenho que estudar, mas não posso deixar de viver minha vida.

Às vezes preocupo-me demais com as coisas, esquecendo-me que a vida é bela, a vida é boa, como diria meu brother Josisvaldo (vamos chamá-lo assim kk). Claro que é uma visão meio idílica; temos que ter pé no chão e não pensar que o mundo é um arco-íris, mas podemos pensar positivo.

Pé no chão, acordar pra vida, iniciar um novo ciclo.

BORA PRA CIMAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.

Alla prossima, signori.

Bora pra frente amigo. Ser feliz é estar satisfeito com as decisões que você toma na vida;
Ser feliz é estar grato pelas pessoas que você tem ao seu lado;
Ser feliz é agradecer por tudo que você tem, e por ter saúde para ir buscar novas formas de continuar sendo feliz;
E também, é ser uma pessoa calma e positiva, que entende que a vida nem sempre é fácil, mas se caso a gente não se perder durante essa jornada, nós seremos pessoas melhores e amadureceremos com tudo que passamos em nossas vidas;
Parabéns pelos dias conquistados. abçs.

_______________________________________


METAS: SEM P: 150 DIAS // SEM M.O.: 2 DIAS - 19/08 (sexta)

Meus Links:

Gardenzio gosta desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 2209
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 25
Localização : Ciudad del Este

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

23/2/2022, 20:25
23.02.2022, 20h16

Salut, messieurs. Ça va bien?

Allora.

Hoje estudei 4h líquidas.

Constância.

Comecei a estudar mais tarde, mas estudei. Dá pra aumentar? Dá. Mas estudando as 4h líquidas por dia estou conseguindo ficar em paz comigo mesmo e pegar no sono.

Quero, de toda forma, aumentar essa quantidade de horas de estudos. Aos poucos vou mantendo uma constância de 4h30 líquidas diárias, e aos poucos aumentando até chegar a umas 5h, e depois progredir para as 6h.

A parada é estudar profissionalmente. O progresso é feito dia após dia, cotidianamente, acrescentando um tijolinho de cada vez.

Paciência é uma ferramenta chave para todo e qualquer processo.

Quando você tem certeza de que está caminhando na direção que deseja, as coisas vão fluindo.

Dei uma olhada de 10 min hoje no instagram e só. Ainda não estou apto para usar esses mídias de forma saudável, então o melhor é abster-me sempre que possível e usar com demasiada parcimônia.

Ao fazer as aulas de dança à noite, acabo me acordando um pouco mais "tarde" do que o habitual, de modo que meu pedal matinal fica comprometido. Melhor horário para pedalar aqui pela cidade, em dia útil, é entre as 5h e 6h da manhã. Passou das 5h15 e não saiu pra pedalar, não rende um pedal maneiro de manhã, infelizmente, porque o fluxo de carros na rua vai aumentando e eu gosto de pedalar com as vias quase desertas.

As aulas de krav magá estão sendo aos sábados pela manhã também, de modo que fica ruim sair pra pedalar de manhã. Estou sentindo só falta do pedal matinal mesmo, que é uma verdadeira terapia para mim.

Aos poucos, vou seguindo. Dormir cedo hoje para amanhã render bem.

Até a próxima, cavalheiros.

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Orandum est ut sit mens sana in corpore sano."

"Se o céu brilhar de novo no horizonte, avisa! E pode ter certeza que eu tou lá pra ver!" - Falamansa, Avisa



Kaneki, Rottweiler e @_Luan gostam desta mensagem

@_Luan
@_Luan
Moderador
Moderador
Mensagens : 1074
Data de inscrição : 14/10/2020
Idade : 21
Localização : Paraíba

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

25/2/2022, 19:20
Como está indo seu reboot? Tem evitado os gatilhos?

Vamos focar em tirar esse vício de nossas vidas, para que o nosso "eu" verdadeiro flua.

Cara, tenho lido muitas histórias de sucesso e isso me traz esperança. O relato deles me faz lembrar e muito momentos bons que eu quero resgatar.

Força aí, amigo e vamos buscar ser a nossa melhor versão a cada dia.

Um abração.

Gardenzio gosta desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 2209
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 25
Localização : Ciudad del Este

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

26/2/2022, 11:00
Luan Oliveira escreveu:Como está indo seu reboot? Tem evitado os gatilhos?

Vamos focar em tirar esse vício de nossas vidas, para que o nosso "eu" verdadeiro flua.

 Cara, tenho lido muitas histórias de sucesso e isso me traz esperança. O relato deles me faz lembrar e muito momentos bons que eu quero resgatar.

 Força aí, amigo e vamos buscar ser a nossa melhor versão a cada dia.

Um abração.

Salve, salve, irmão.

Seguindo, mano.

Procurando ao máximo estar longe dos gatilhos, o que para mim significa ficar longe do Instagram. Acessei o Instagram quarta e hoje pela manhã, mas não do meu celular, de modo que fiquei no máximo uns 10 min e só. Manter-me longe do Instagram tem me feito bem, tem me feito estar mais focado.

Só a insônia que tem atrapalhado dormir cedo, de modo que às vezes fico vendo TV até tarde, e isso não é bom para o reboot. Preciso só ajustar isso.

Cara, ler as histórias de sucesso é muito bom, e iniciei a fazer isso também. Vou retomar essa pegada e seguir o baile...

Abraço, meu bom!

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Orandum est ut sit mens sana in corpore sano."

"Se o céu brilhar de novo no horizonte, avisa! E pode ter certeza que eu tou lá pra ver!" - Falamansa, Avisa



Kaneki, @_Luan e Yusuke Urammeshi gostam desta mensagem

Kaneki
Kaneki
Moderador
Moderador
Mensagens : 3466
Data de inscrição : 27/10/2015
Idade : 26
Localização : MG

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

26/2/2022, 15:00
Gardenzio escreveu:
Luan Oliveira escreveu:Como está indo seu reboot? Tem evitado os gatilhos?

Vamos focar em tirar esse vício de nossas vidas, para que o nosso "eu" verdadeiro flua.

 Cara, tenho lido muitas histórias de sucesso e isso me traz esperança. O relato deles me faz lembrar e muito momentos bons que eu quero resgatar.

 Força aí, amigo e vamos buscar ser a nossa melhor versão a cada dia.

Um abração.

Salve, salve, irmão.

Seguindo, mano.

Procurando ao máximo estar longe dos gatilhos, o que para mim significa ficar longe do Instagram. Acessei o Instagram quarta e hoje pela manhã, mas não do meu celular, de modo que fiquei no máximo uns 10 min e só. Manter-me longe do Instagram tem me feito bem, tem me feito estar mais focado.

Só a insônia que tem atrapalhado dormir cedo, de modo que às vezes fico vendo TV até tarde, e isso não é bom para o reboot. Preciso só ajustar isso.

Cara, ler as histórias de sucesso é muito bom, e iniciei a fazer isso também. Vou retomar essa pegada e seguir o baile...

Abraço, meu bom!
Parabéns pelos dias conquistados, abçs.

_______________________________________


METAS: SEM P: 150 DIAS // SEM M.O.: 2 DIAS - 19/08 (sexta)

Meus Links:

Gardenzio gosta desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 2209
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 25
Localização : Ciudad del Este

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

26/2/2022, 20:49
Boa noite, cavalheiros. Tudo suave na represa?

Pois bem, hoje farei alguns apontamentos. Necessito para tirar as coisas que rondam minha mente e meu espírito.

Graças a Deus tenho estudado esses dias. Ontem estudei 2h apenas, mas estudei.

Ainda estou me adaptando à rotina de estudos, pois optei pela escolha de apenas me dedicar ao estudo para concursos. Preocupo-me e vem a pressão dos pais e, mais ainda, a pressão minha comigo mesmo. Sei que mais que passou da hora de eu fazer minhas vida e deixar meus pais seguirem a vida deles, de modo que eu consiga ser independente financeiramente e fisicamente deles. É uma coisa que eu mesmo cobro de mim, até porque por bem ou por mal, pela idade ou por qualquer outra razão, o convívio em casa já não estar dos mais saudáveis, apesar de com certeza eu amar muito minha mãe e meu pai.

Sei que eles também me amam, mas eles não são seres perfeitos. Muito pelo contrário, cometeram erros assim como eu também já cometi e cometerei, mas espero poder aprender muito com a vida. O convívio sobretudo com minha mãe não está muito bem, e não sei se é o estresse dos estudos, se já é a minha idade pedindo para seguir minha vida, se é a frustração de ainda estar com os pais, ou um misto de tudo isso junto. Amo muito a minha mãe, mas vejo que ela cometeu alguns erros na minha criação, e não admite os erros que ela cometeu.

Na minha visão (que é parcial, apesar de tentar ser a mais sóbria e lúcida possível) ela é uma pessoa um pouco arrogante que tem muita dificuldade em admitir que cometeu erros na vida e também de pedir desculpa para mim, por exemplo. E isso me incomoda, porque eu creio ser o oposto dela; não me envergonho dos meus erros e das minhas merdas que já fiz, e se eu errei peço desculpas honestamente e vou atrás de consertar o que foi feito de errado. Minha mãe não tem essa postura, e isso é algo que eu acho muito soberbo da parte dela, apesar de ela não ser uma pessoa ruim.

Meu pai, por outro lado, pelo menos com as conversas que eu já tive com ele, ele me abriu e me pediu desculpas até. Meu pai é muito foda, e apesar ter algumas visões de mundo diferente da dele, meu temperamento é mais parecido com o dele. Também acho que ele fez coisas erradas na vida dele, administra terrivelmente ruim o dinheiro que ganha e vive atolado em dívidas mesmo ganhando bem, o que na prática o torna uma pessoa pobre que tinha todas as condições para viver bem, se soubesse administrar minimamente bem a grana que ganha. E não falo em só ganhar muito; a questão não é essa. A questão é saber onde gastar a grana que ganha, e sempre, sempre poupar pelo menos 10% de todo salário, e guardar em algum investimento de renda fixa (nem que seja em poupança, que é uma bosta, mas é melhor do que sacar o dinheiro e deixar parado em conta concorrente).

A parada não é sobre esbanjar, é sobre usar o dinheiro sabiamente. Até porque no final das contas dinheiro é só papel. A única coisa que o dinheiro trás é facilidade, nada mais. Quem pensa que dinheiro trás felicidade, quando o tiver, vai perceber que a vida não mudou em nada. Talvez você conseguiu ter um padrão de vida melhor, fez o que queria fazer, mas felicidade mesmo (ou plenitude na vida, que é um conceito que eu prefiro usar) não.

A parada é usar o dinheiro com livros, cursos, conhecimento, estudos; não gastar com bebida, curtição gratuita, putaria e gente que não está nem aí para você. É usar a grana para viajar, que é uma das melhores coisas que você pode fazer. Tem muita gente que quer bancar de rico, aí compra financiado um Onix 2021 de 80 mil conto pra pagar de patrão, mas no fundo ela tá com a conta bancária toda fudida, só porque não queria bancar de "pobre" comprando um Palio 2009, mas vivendo com dignidade e vivendo financeiramente em paz; cheio de dívidas, já já o nome vai pro SPC e ela vive fugindo de ligações de cobrança de dívida. Vale a pena viver assim?

Às vezes eu fico com receio de ele acabar falecendo mais cedo do que poderia somente porque vive para trabalhar, e se esquece de cuidar de si mesmo. Agradeço a Deus por tê-lo aqui ainda vivo comigo, mas independentemente de qualquer coisa preciso entender que eu não tenho poder algum para alterar as decisões que terceiros fazem sobre a vida deles, ainda que eles sejam meu pai ou minha mãe. A vida é deles, e a única coisa que eu posso fazer é aconselhá-los. Orar todos os dias por eles, e amá-los, afinal eles nos deram a vida.

Tenho muito que estudar, ao mesmo tempo que sinto a necessidade de poder ficar mais junto dele, afinal eu não moro com ele.

Enfim, a pressão de estudar acaba me atrapalhando, e ultimamente venho sofrendo com dificuldade para dormir. Entendi, porém, que tudo isso é um sinal de que eu tenho que fazer algo para organizar melhor a minha vida, e não me deixar ser refém de mim mesmo.

Hoje saí para dar um pedal mais longo por aí, pois fazia tempo que eu não saía para pedalar. Estava sem fazer exercício físico há uns 12 dias, pois estava debilitado. Peço a Deus que a partir de agora eu volte à ativa e retome minhas atividades que tanto gosto de realizar, que são o meu lazer e minha fonte de dopamina natural.

A dança tem me feito demasiado bem, e quero muito continuar com as aulas. Desconhecia o quão bom era dançar, velho. Sem falar que é uma excelente atividade de religação.

Quanto ao Krav Magá preciso dar uma verificada melhor sobre isso. Desde muito tempo quis fazer luta - ou Krav ou Muai Thai - mas não sei se agora estou no momento certo para fazer luta e dança concomitantemente. Afinal, todo tempo disponível deve ser, preferencialmente, usado para estudar.

Às vezes pode dar a impressão que eu estou em casa vagabundando, ou de férias, e parece que minha mãe inconscientemente pensa isso. Eu estou muito ocupado todos os dias, a pressão bate e preciso saber administrar bem isso. Eu não estou de férias; estou estudando diariamente. Se tem algum dia que eu não estudo é porque estou parando para afiar o machado e, preferencialmente, voltar com mais força nos dias seguintes. Eu não tou livre. Esse final de semana a família de meu pai e ele estão numa casa de praia; me chamaram, e eu até queria ir, para desopilar, só que se eu for, eu sei que vou ficar uns 3 dias sem estudar e sem cuidar de mim e de minhas coisas. Ou seja, só vai atrasar tudo.

Tenho que ficar aqui e ter o mínimo de lazer possível, o suficiente para não pifar.

No mais, seguirei.

Talvez eu volte para escrever más cosas, em breve.

Alla prossima, fratelli.

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Orandum est ut sit mens sana in corpore sano."

"Se o céu brilhar de novo no horizonte, avisa! E pode ter certeza que eu tou lá pra ver!" - Falamansa, Avisa



Rottweiler e @_Luan gostam desta mensagem

@_Luan
@_Luan
Moderador
Moderador
Mensagens : 1074
Data de inscrição : 14/10/2020
Idade : 21
Localização : Paraíba

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

26/2/2022, 21:51
Eu vivo algo parecido e acho nossas situações semelhantes. Tenho 21 anos e estou desempregado no momento, ainda também moro com meus pais.
   Me sinto, sei lá, pressionado por todos esses fatores. Esses dias também tenho estudado, ontem mesmo estudei quase duas horas, mas hoje infelizmente não fiz isso. Tem que se ter disciplina e foco nessas situações, e nem sempre tenho tido. Também tenho a sensação que minha mãe pensa isso, mesmo que inconscientemente, sobre mim e meu pai me fala pra eu ter/buscar um objetivo na vida, que sou muito parado para tantas coisas. E a preço de hoje ele tem razão no que diz, pois sou ainda muito procrastinador, infelizmente o sou.

Gardenzio gosta desta mensagem

DarkSlayer
DarkSlayer
Mensagens : 772
Data de inscrição : 28/09/2016

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

26/2/2022, 22:59
Tem que escolher um foco e se manter nele, antes eu pulava de concurso em concurso, agora escolhi uma área específica para a qual irei me dedicar

Eu vivo essa mesma pressão e eu mesmo a coloco em mim, mas eu perdi muito tempo, não tive um mentor etc. Muitos primos meus estão tudo concursados e feitos na vida, casados etc. Mas tiveram uma criação mil vezes melhor e sem tantos traumas.

_______________________________________
Não é livre aquele que não obteve domínio próprio.




Recorde atual: P - 42 dias (24/05/2022)   -   MO - 42 dias (24/05/2022)
Objetivos:
30 dias (x)  45 dias ()  60 dias () 90 dias ()

Gardenzio gosta desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 2209
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 25
Localização : Ciudad del Este

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

28/2/2022, 07:33
@_Luan escreveu:Eu vivo algo parecido e acho nossas situações semelhantes. Tenho 21 anos e estou desempregado no momento, ainda também moro com meus pais.
   Me sinto, sei lá, pressionado por todos esses fatores. Esses dias também tenho estudado, ontem mesmo estudei quase duas horas, mas hoje infelizmente não fiz isso. Tem que se ter disciplina e foco nessas situações, e nem sempre tenho tido. Também tenho a sensação que minha mãe pensa isso, mesmo que inconscientemente, sobre mim e meu pai me fala pra eu ter/buscar um objetivo na vida, que sou muito parado para tantas coisas. E a preço de hoje ele tem razão no que diz, pois sou ainda muito procrastinador, infelizmente o sou.

Pois então, maninho, o quanto antes puderes dedicar a tua vida e a uma fonte de renda que te permita estar independente financeiramente dos teus pais, melhor para você. Essa é uma das principais coisas que eu sugeriria você fazer, para não ficar deixando o tempo passar e ficar mais velho e ainda morando com os pais.

O propósito não é fugir deles kkk Mas você ter a sua vida e até mesmo conseguir ajudar mais os seus pais. Um homem com dinheiro é livre, sem dinheiro acaba ficando preso nas circunstâncias e não pode fazer aquilo que ele deseja. O ponto não é sobre colocar dinheiro em primeiro lugar na vida, porque como eu já disse antes, dinheiro não é nada além de um maximizador de caráter; se você é uma pessoa de bom coração poderá ajudar ainda mais pessoas com o seu dinheiro.

Estou empenhado nesse propósito, e dele não sossegarei minha cabeça até estar bem.

Grande abraço, bro.

DarkSlayer escreveu:Tem que escolher um foco e se manter nele, antes eu pulava de concurso em concurso, agora escolhi uma área específica para a qual irei me dedicar

Eu vivo essa mesma pressão e eu mesmo a coloco em mim, mas eu perdi muito tempo, não tive um mentor etc. Muitos primos meus estão tudo concursados e feitos na vida, casados etc. Mas tiveram uma criação mil vezes melhor e sem tantos traumas.

Salve dark. Pois é, mano. Esse pressão é foda. É um sinal de que temos que cuidar do emocional para não nos deixar abalar com pensamentos negativos. Não sei se também é o seu caso, mas percebi que comigo é uma ansiedade batendo, de modo que preciso controlá-la e não deixá-la aumentar.

Grande abraço, bro.

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Orandum est ut sit mens sana in corpore sano."

"Se o céu brilhar de novo no horizonte, avisa! E pode ter certeza que eu tou lá pra ver!" - Falamansa, Avisa



@_Luan gosta desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 2209
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 25
Localização : Ciudad del Este

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

28/2/2022, 08:17
Salve salve, confrades.

A insônia ainda está me atingindo praticamente todos os dias. Preciso me dispor a fazer algo para controlar essa situação. Quase todas as noites, ainda que eu me deite, leia a Bíblia, leia um livro, a cabeça não consegue se desligar e fica matutando tudo na cabeça, de modo que eu não consigo pegar no sono em paz.

Ontem fui dormir muito, muito tarde, para além dos padrões que eu gosto de dormir, ou seja, por volta das 21h e no máximo as 22h. Acabei me acordando cedo, mas dormi pouco e, apesar de não estar morto, sinto-me cansado.

É um pouco de ansiedade batendo. Ou seja, fico conjecturando sobre situações futuras que nem sequer aconteceram, ou fico imaginando sobre como será lá na frente.

Tudo bem que, imagino eu, é normal sentir-se assim, afinal estou falando de um projeto que mudará consideravelmente a minha situação atual. Não é por acaso que isso é o que acomete alguns concurseiros pelo Brasil a fora. Mas é preciso se cuidar para não deixar a situação aumentar.

Ontem quase resetei, mas depois de ler algumas mensagens acabei juntando forças para continuar seguindo firme: "não vou fazer essa merda não, só pra afogar meus "problemas" e tomar um anestésico que só vai piorar a situação e não vai melhorar em p* nenhuma; vou resistir à tentação".

Preciso rever alguns hábitos. A insônia tem me permitido usar o falso aval de assistir TV à noite antes de dormir, uma vez que não consigo pegar no sono mesmo. Mas não dá, é um hábito pouco produtivo. Só que é muito mais fácil ligar a TV e desligar o cérebro, ou seja, é mais fácil ligar a TV do que pegar um livro para ler antes de dormir.

De tudo, mais uma vez me dou conta que o cuidado com o emocional é fator que se faz essencial todos os dias. Só que é preciso a partir disso tomar as ações necessárias para ter cuidado com o emocional.

É aquela parada: fazer mais e falar menos.

Esse meu padrão mais reflexivo me faz ficar escrevendo e teorizando sobre Deus e o mundo, mas às vezes me faz ficar sem tomar atitudes concretas.

Comunque, de toda forma vou analisar algumas coisas e mudar as que necessitam.

Não sucumbi a essa tentação, mas preciso redobrar a atenção nesse dias, pois provavelmente virá o efeito caçador. É preciso continuar orando e vigiando, para estar sempre firme como uma rocha, ou pelo menos buscando isso.

Não sei se teria mais para escrever, apesar de achar que ainda tenho algumas coisas aqui dentro.

Algumas situações que passamos na vida é um claro sinal de que devemos agir em direção àquilo que queremos obter, que devemos tomar alguma atitude para mudarmos nossas vidas. Precisamos reconhecer os sinais e ir em direção da mudança.

De qualquer forma, sinto que estou caminhando. Quero poder ajustar melhor essa minha rotina de modo a conseguir aumentar minhas horas de estudos.

Hoje creio que focarei mais em revisar os conteúdos que já estudei, ao invés de avançá-los, pois nada adianta só ficar avançando conteúdo sem ter uma boa fixação do aprendizado.

A pressão bate, mas é preciso aprender a lidar com ela. Não sei porque eu fico me preocupando demais com situações que muito provavelmente nem ocorrerão, ao invés de focar no momento presente.

Quanto menos eu acessar o Instagram melhor para manter-me focado na minha vida. Apesar de, sim, o Instagram ser um vitrine social, não estou com muito tempo agora para ficar cuidando de minha vitrine quando o meu "conteúdo" ainda não está bem consolidado. Antes cuidar do interior do que do exterior.

É foda como boa parte das coisas na vida devem ser plantadas diariamente, regadas diariamente, para que só mais tarde colhamos os frutos daquilo que plantamos há 1, 2 , 3 ou mais meses atrás. É preciso ter essa paz e tranquilidade para refletir: "bom, estou fazendo a minha parte? Sim ou não? Se sim, então suave. Descanse em paz, busque sua tranquilidade e procure fazer a parte que cabe a você ser feita. Se não estiver fazendo a sua parte, busque fazer". E ao longo da caminhada vamos afiando machados, melhorando aqui e ali, de modo que na gradativa estaremos evoluindo. Só que essa evolução é muito sutil e às vezes, no dia a dia, não conseguimos percebê-la. Mas sim, meu jovem padauã, você está evoluindo.

Foque no processo, na sua evolução enquanto guerreiro, no seu aprimoramento físico e mental, na sua aparência exterior mas também no cuidado com sua mente. "Deve-se pedir em oração uma mente sã num corpo são" ("Orandum est ut sit mens sana in corpore sano").

Cuidar do shape e da aparência são duas coisas que te melhoram significativamente, e que podem ser mudadas com mais rapidez. Vestir-se melhor é algo instantâneo: basta melhorar a aparência comprando umas roupinhas melhores que já dá um upgrade; shape é algo que vem também, só que não tão instantâneo quanto roupas.

No mais, o foco deve ser na evolução, ganhar mais grana, focar nos estudos, focar na paz mental, e seguir a vida. Orações também fazem bem ao espírito, e voltar-se ao transcendente é algo que o Homo Sapiens faz quase que desde sempre.

Seguirei.

Alla prossima, signori.

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Orandum est ut sit mens sana in corpore sano."

"Se o céu brilhar de novo no horizonte, avisa! E pode ter certeza que eu tou lá pra ver!" - Falamansa, Avisa



Kaneki, @_Luan e Netero gostam desta mensagem

@_Luan
@_Luan
Moderador
Moderador
Mensagens : 1074
Data de inscrição : 14/10/2020
Idade : 21
Localização : Paraíba

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

28/2/2022, 12:44
Gardenzio escreveu:

Ontem quase resetei, mas depois de ler algumas mensagens acabei juntando forças para continuar seguindo firme: "não vou fazer essa merda não, só pra afogar meus "problemas" e tomar um anestésico que só vai piorar a situação e não vai melhorar em p* nenhuma
 Não podemos usar a PMO como analgésico para nossa dor, sofrimento ou frustração, pois quando fazemos isso nosso sofrimento se amplia, e isso acontece por que a PMO é o nosso maior problema(ou um dos maiores). Quando voltamos ao consumo de PMO estamos justamente aumentando nosso problema e consequentemente aumentando nosso sofrer. O sofrimento da abstinência é um remédio "amargo" que precisa ser tomado, para que lá na frente e até mesmo durante o caminho a pessoa vá experimentando a liberdade e a cura desse vício maldito.
       Veja que o remédio amargo, à longo prazo, proporcionará a cura desse mal e também uma vida muito melhor e estabilizada.

 Como estão seus bloqueadores?  Nesses momentos ter bloqueadores bem configurados ajuda muito.
Como o Rafael Rossi diz: "prefiro ser escravo de bloqueadores, do que ser escravo da P". E isso pra mim faz todo o sentido, uma vez que viciados por definição estão com a força de vontade muito prejudicada pelo vício.

No começo do reboot é normal que a nossa vontade seja de nos livrarmos da P a qualquer custo e essa vontade é legítima, pois enxergarmos que estamos no fundo do poço e indignados, queremos sair dele, mas como estamos viciados, com o passar dos dias é previsível que essa vontade/indignação inicial enfraqueca e por consequência ao ser tomado por uma fissura enorme(na situação que bloqueadores não estejam instalados, ou seja, que não haja barreira alguma ao consumo de P) a pessoa acaba voltando ao consumo de P, voltando assim a alimentar o vício e caindo no engano inicial de tentar aliviar o sofrimento com PMO, algo que é inútil e doloroso.
É melhor a dor da cura do que a dor proporcionada pelo fundo do poço da PMO.

Gardenzio gosta desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 2209
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 25
Localização : Ciudad del Este

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

1/3/2022, 07:32
@_Luan escreveu:
Gardenzio escreveu:

Ontem quase resetei, mas depois de ler algumas mensagens acabei juntando forças para continuar seguindo firme: "não vou fazer essa merda não, só pra afogar meus "problemas" e tomar um anestésico que só vai piorar a situação e não vai melhorar em p* nenhuma
 Não podemos usar a PMO como analgésico para nossa dor, sofrimento ou frustração, pois quando fazemos isso nosso sofrimento se amplia, e isso acontece por que a PMO é o nosso maior problema(ou um dos maiores). Quando voltamos ao consumo de PMO estamos justamente aumentando nosso problema e consequentemente aumentando nosso sofrer. O sofrimento da abstinência é um remédio "amargo" que precisa ser tomado, para que lá na frente e até mesmo durante o caminho a pessoa vá experimentando a liberdade e a cura desse vício maldito.
       Veja que o remédio amargo, à longo prazo, proporcionará a cura desse mal e também uma vida muito melhor e estabilizada.

 Como estão seus bloqueadores?  Nesses momentos ter bloqueadores bem configurados ajuda muito.
Como o Rafael Rossi diz: "prefiro ser escravo de bloqueadores, do que ser escravo da P". E isso pra mim faz todo o sentido, uma vez que viciados por definição estão com a força de vontade muito prejudicada pelo vício.

   No começo do reboot é normal que a nossa vontade seja de nos livrarmos da P a qualquer custo e essa vontade é legítima, pois enxergarmos que estamos no fundo do poço e indignados, queremos sair dele, mas como estamos viciados, com o passar dos dias é previsível que essa vontade/indignação inicial enfraqueca e por consequência ao ser tomado por uma fissura enorme(na situação que bloqueadores não estejam instalados, ou seja, que não haja barreira alguma ao consumo de P) a pessoa acaba voltando  ao consumo de P, voltando assim a alimentar o vício e caindo no engano inicial de tentar aliviar o sofrimento com PMO, algo que é inútil e doloroso.
   É melhor a dor da cura do que a dor proporcionada pelo fundo do poço da PMO.

Mano, você tem toda razão no que disse.

Quanto aos bloqueadores, creio que estão bem instalados no meu PC e celular. Não quero ficar dando ideia pra ninguém, mas não existe bloqueio infalível; o único bloqueio infalível é não procurar.

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Orandum est ut sit mens sana in corpore sano."

"Se o céu brilhar de novo no horizonte, avisa! E pode ter certeza que eu tou lá pra ver!" - Falamansa, Avisa



@_Luan gosta desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 2209
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 25
Localização : Ciudad del Este

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

1/3/2022, 07:44
01.03.2022, 07h32

Cara, simplesmente cedi e fui fraco. Fraco.

Não existe não ter mais tentações na vida e, apesar de ter passado por algumas nesses últimos 14 dias, sucumbi ontem.

Há algo que me motiva, porém, e é poder ter sentindo um pouquinho de paz mental e alegria comigo mesmo, oriundas, creio eu, de simplesmente estar satisfeito em seguir com o reboot. Isso me motiva a me reerguer novamente.

Algumas coisas deram certo, outras não. Algumas coisas me atrapalharam, mas continuam apenas sendo desculpas esfarrapadas.

Não sei se atualizarei diariamente meu diário, pois sinto que preciso alimentar primeiro minha mente com conteúdos que me conscientizem mais a minha mente sobre os malefícios da PMO e sobre o que eu estou fazendo com minha vida.

Sinto que agora é um momento que tenho que voltar-me mais para mim, cuidar dos processos emocionais e continuar me dedicando aos estudos.

Não sei se era uma flatline que eu entrava, uma pressão com os estudos, ou sei lá o que. Mas a única coisa que eu percebo agora é que a PMO não supriu minhas necessidades, não resolveu minhas questões e se pá só piorou. PMO não deve ser uma opção.

Sem asneiras, mas procurarei fazer um reboot mais limpo dessa vez, com menos gatilhos possíveis. Antes observei que estava abrindo mão de minha liberdade e de meu reboot para acessar o Instagram, e nisso me deparava com gatilhos aqui e ali, ou pela própria ansiedade que me gera ao acessar o instagram. Aí eu abdicava de minha vida, de meu crescimento, para viver de migalhas de likes e de olhar a vida das outras pessoas ahhsauhshuhushu "Uma cilada, bino".

Preciso saber controlar a ansiedade e a pressão de só estar estudando para concurso. Aliás, a pressão só está na minha cabeça. Desde que eu consiga estar fazendo a minha parte, não deveria existir pressão. Só confia e vai.

No mais, envergonho-me pois sei que tem gente que torce para o sucesso do meu reboot, e talvez até fica "triste" por ter resetado. Mas a vida segue. Procurarei me reerguer, parar de dar desculpas, fortalecer mais a mim e meu espírito, e dessa vez fazer melhor.

Flws.



_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Orandum est ut sit mens sana in corpore sano."

"Se o céu brilhar de novo no horizonte, avisa! E pode ter certeza que eu tou lá pra ver!" - Falamansa, Avisa



Kaneki, Rottweiler e @_Luan gostam desta mensagem

Kaneki
Kaneki
Moderador
Moderador
Mensagens : 3466
Data de inscrição : 27/10/2015
Idade : 26
Localização : MG

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

1/3/2022, 09:58
Bora pra frente amigo, se aprendi uma coisa nesses últimos tempos é que os gatilhos são os maiores vilões de nossas vidas;
Bora continuar o reboot sem ele, você irá vencer tenho certeza, abraços.

_______________________________________


METAS: SEM P: 150 DIAS // SEM M.O.: 2 DIAS - 19/08 (sexta)

Meus Links:

Gardenzio e @_Luan gostam desta mensagem

@_Luan
@_Luan
Moderador
Moderador
Mensagens : 1074
Data de inscrição : 14/10/2020
Idade : 21
Localização : Paraíba

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

1/3/2022, 10:42
Olá, Gardenzio!

  Eu lhe considero um amigo, de verdade. Lembro que você foi um dos primeiros a estar lá na minha história de sucesso. Naquele momento eu vivia um dos melhores períodos da minha vida. Tinha paz, esperança, tranquilidade, habilidade social e quase nenhuma vontade de estar imenso nesse vício novamente. Naquele momento e agora mesmo, eu torço com esperança que você tire esse vício de vez da sua vida e que possa realizar seus sonhos e seja feliz, sinceramente te digo isso.

   Quanto aos bloqueadores: Os vejo como uma enorme ajuda, claro, não podemos apostar todas as nossas fichas neles, sendo necessário ter empenho sincero em evitar os gatilhos, redes sociais, estimulação artificial, etc.

 Lendo histórias de sucesso, encontrei a história do Free12 Ele completou os 90 dias com êxito, mas voltou a consumir P pouco tempo depois. É interessante que nas histórias de sucesso podemos encontrar além de motivação, também aprendizado e até nos leva a refletir sobre o nosso reboot. E isso tem me ajudado no meu reboot, ajudado muito.

  É interessante observarmos a resposta do Rafael Rossi a uns trechos da história de sucesso dele. Vejamos:


 Free12: "Em segundo lugar, a melhor coisa a se fazer para não entrar em pensamentos errados é manter a mente sempre ocupada. Esse ano entrei na faculdade,então tinha muita coisa nova pra eu fazer,assim não dava tempo pra ficar no computador fazendo besteira e sim pra ir em festas e academia,conhecer novas pessoas e até paquerar"


Rafael Rossi: :Free, estive relendo seu tópico e percebo que o seu próprio relato expõe onde você "errou" no experimento.

Manter a mente ocupada pode até ser uma estratégia interessante, mas não é funcional. Além de demandar um desgaste muito grande de energia e ser bastante estressante, mesmo que hipoteticamente você consiga fazer essa façanha e bloquear todos os seus pensamentos pornôs por 23 horas e 59 minutos num dia, se você relaxar por apenas 1 minuto você vai recair. Por isso os bloqueadores são mais eficientes, pois mesmo que você se descuide, você não terá como alimentar sua mente com pornografia nova e os pensamentos velhos vão perder a sua força." 

Free12: "E por fim, os 90 dias não é significado de estar livre para sempre mas apenas uma motivação.Falo isso porque os pensamentos continuam vindo e as lembranças dos momentos de PMO também. Por isso continue sempre atento e fechando NA HORA os pensamentos que te façam lembrar dos momentos "falsos" de prazer."


Rafael Rossi: "Bloquear pensamentos é uma estratégia interessante e deve ser usada, principalmente em relação à masturbação e fantasias. Na verdade nem gosto muito da palavra "bloquear", pois não há como bloquear pensamentos. Seria algo mais perto de "observar", "perceber/se dar conta" desses pensamentos e, em seguida, não alimentá-los. Quando você tenta "bloqueá-los", você os alimenta da mesma forma, pois está dando atenção para eles, está identificado com eles. Quando você apenas os observa, você rompe com a identificação e aos poucos, eles vão perdendo a sua força.

Esses são os dois pontos que observei.

Não desista meu amigo!

Se a cada recaída, tamparmos o buraco da anterior, estamos evoluindo e chegará um dia que não cairemos mais.

Porém, se não fizermos nada, somos responsáveis pelo nosso fracasso e chegará um dia em que desistiremos do reboot."

Link: https://www.comoparar.com/t799-reboot-concluido

Kaneki, Gardenzio e Rottweiler gostam desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 2209
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 25
Localização : Ciudad del Este

Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora! - Página 37 Empty Re: Meu diário - A. Gardenzio - O novo se constrói agora!

1/3/2022, 12:52
Kaneki escreveu:Bora pra frente amigo, se aprendi uma coisa nesses últimos tempos é que os gatilhos são os maiores vilões de nossas vidas;
Bora continuar o reboot sem ele, você irá vencer tenho certeza, abraços.

Obrigado pela força, meu nobre Kaneki. Se reerguer e continuar caminhando.

@_Luan escreveu:Olá, Gardenzio!

  Eu lhe considero um amigo, de verdade. Lembro que você foi um dos primeiros a estar lá na minha história de sucesso. Naquele momento eu vivia um dos melhores períodos da minha vida. Tinha paz, esperança, tranquilidade, habilidade social e quase nenhuma vontade de estar imenso nesse vício novamente. Naquele momento e agora mesmo, eu torço com esperança que você tire esse vício de vez da sua vida e que possa realizar seus sonhos e seja feliz, sinceramente te digo isso.

   Quanto aos bloqueadores: Os vejo como uma enorme ajuda, claro, não podemos apostar todas as nossas fichas neles, sendo necessário ter empenho sincero em evitar os gatilhos, redes sociais, estimulação artificial, etc.

 Lendo histórias de sucesso, encontrei a história do Free12 Ele completou os 90 dias com êxito, mas voltou a consumir P pouco tempo depois. É interessante que nas histórias de sucesso podemos encontrar além de motivação, também aprendizado e até nos leva a refletir sobre o nosso reboot. E isso tem me ajudado no meu reboot, ajudado muito.

  É interessante observarmos a resposta do Rafael Rossi a uns trechos da história de sucesso dele. Vejamos:


 Free12: "Em segundo lugar, a melhor coisa a se fazer para não entrar em pensamentos errados é manter a mente sempre ocupada. Esse ano entrei na faculdade,então tinha muita coisa nova pra eu fazer,assim não dava tempo pra ficar no computador fazendo besteira e sim pra ir em festas e academia,conhecer novas pessoas e até paquerar"


Rafael Rossi: :Free, estive relendo seu tópico e percebo que o seu próprio relato expõe onde você "errou" no experimento.

Manter a mente ocupada pode até ser uma estratégia interessante, mas não é funcional. Além de demandar um desgaste muito grande de energia e ser bastante estressante, mesmo que hipoteticamente você consiga fazer essa façanha e bloquear todos os seus pensamentos pornôs por 23 horas e 59 minutos num dia, se você relaxar por apenas 1 minuto você vai recair. Por isso os bloqueadores são mais eficientes, pois mesmo que você se descuide, você não terá como alimentar sua mente com pornografia nova e os pensamentos velhos vão perder a sua força." 

Free12: "E por fim, os 90 dias não é significado de estar livre para sempre mas apenas uma motivação.Falo isso porque os pensamentos continuam vindo e as lembranças dos momentos de PMO também. Por isso continue sempre atento e fechando NA HORA os pensamentos que te façam lembrar dos momentos "falsos" de prazer."


Rafael Rossi: "Bloquear pensamentos é uma estratégia interessante e deve ser usada, principalmente em relação à masturbação e fantasias. Na verdade nem gosto muito da palavra "bloquear", pois não há como bloquear pensamentos. Seria algo mais perto de "observar", "perceber/se dar conta" desses pensamentos e, em seguida, não alimentá-los. Quando você tenta "bloqueá-los", você os alimenta da mesma forma, pois está dando atenção para eles, está identificado com eles. Quando você apenas os observa, você rompe com a identificação e aos poucos, eles vão perdendo a sua força.

Esses são os dois pontos que observei.

Não desista meu amigo!

Se a cada recaída, tamparmos o buraco da anterior, estamos evoluindo e chegará um dia que não cairemos mais.

Porém, se não fizermos nada, somos responsáveis pelo nosso fracasso e chegará um dia em que desistiremos do reboot."

Link: https://www.comoparar.com/t799-reboot-concluido

Salve salve meu nobre Luan! Obrigado pela mensagem, irmão. Para mim, sempre há esperanças, e desistir não é opção. Vejo que posso aprender como esse último reboot e não voltar a repetir os erros que cometi nesse.

Obrigado também por compartilhar a história do Free12. Vou dar uma lida sim para poder ter mais subsídios para o reboot. Tem diários muito preciosos por aqui que valem todo tempo investido na leitura.

Abraço, meu bom.

Aproveitando o ensejo: ainda estás com um diário no Fórum?

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Orandum est ut sit mens sana in corpore sano."

"Se o céu brilhar de novo no horizonte, avisa! E pode ter certeza que eu tou lá pra ver!" - Falamansa, Avisa



Kaneki gosta desta mensagem

Ir para o topo
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos