Ir para baixo
coracaodesashimi
coracaodesashimi
Mensagens : 5
Data de inscrição : 08/08/2020

Oi pessoal, sou coração de sashimi Empty Oi pessoal, sou coração de sashimi

8/8/2020, 11:31
Bom momento a todos, todas e todes.

Meu nome é Coração de Sashimi e no próximo dia 21 completo 26 anos. Como muitos de vocês estou convencido que devo combater o meu vicio em pornografia, mas nunca soube por onde começar. Em muitas zapeadas conheci sites, fóruns, videos e artigos falando sobre o assunto, e isso me levou a conhecer o que eu hoje acredito que seja o pior male da minha vida. Tenho plena ciência das condições de produção e sei como essa carreira prejudica os profissionais, porém, só a justificava da sustentabilidade nunca foi suficiente pra parar e daí vi que o problema era neurológico mesmo. Eu acho a industria pornográfica nojenta em todos os aspectos, mas minha principal motivação pra passar por isso é que minha saúde mental tem sido deteriorada e meu relacionamento não té indo muito bem da minha parte.

Particularmente não sofro com disfunção erétil ou ejaculação precoce mas tenho medo que esse venha a ser um problema no futuro. Eu sempre fui bom de cama, exceto nas primeiras vezes em que tive dificuldade com a nova forma de obter prazer, já que meu cérebro já tinha muitos sinais do vicio. Hoje em dia, eu tenho sérios problemas com o sexo no meu relacionamento, porém, não é da minha parte. Minha namorada tem um trauma sexual por ter sido abusada antes de nos conhecermos, e isso quase invalidou completamente a vida sexual dela. Porém há uns 2 anos que não conseguimos ter uma relação até o final, ela sente muita dor na penetração e eu me sinto muito mal com isso. Depois de um tempo passei a quase não procurar por sexo com ela e esse foi o limiar pra me afundar na pornografia online. Nossa relação começou-se a basear completamente eu outras coisas. Sinto muita vontade de falar com ela sobre isso, mas tenho muito medo e vergonha pq ela sabe que tenho repúdio pela industria.

Venho tentando o reeboot desde que conheci o mecanismo há uns 3 anos e o máximo que cheguei foi 2 semanas sem nenhum tipo de conteúdo, e a ultima tentativa alcancei uma semana sem uso. Nunca usei bloqueadores e não posso sair das redes graças ao meu trabalho. E em todas as vezes a minha ruína foi a mesma: o Instagram. É praticamente impossível não esbarrar em conteúdo objetificante ou minimamente sensual. E o foda é que não tenho com investir um tostão nisso, nem pra pagar um social mídia e nem pra pagar os gerenciadores de conta que fazem tudo.

O pior momento de todos tem sido esse período de isolamento, minha namorada e eu estamos separados ambos nas casas de nossos pais. Conversamos toda hora mas faz uns 4 meses que voltamos pra nossas cidades, e eu to aqui tentando segurar a onda de verdade. Agora estou no segundo dia de tentativa do reboot, depois da ultima recaída de três dias. Tá cada vez mais foda tentar, a ansiedade bate e eu tento inutilmente fazer outra coisa, mas hoje percebi que preciso manter um diário e contar o que rola cmg daí resolvi vir aqui me apresentar. Sozinho e sem recurso é outros quinhentos tentar fazer essa reviravolta, porém, dessa vez estou obstinado a conseguir me livrar disso.

Um grande abraço do Coração de Sashimi.
Obrigado.

Spartacuz, Rottweiler e Harvey gostam desta mensagem

coracaodesashimi
coracaodesashimi
Mensagens : 5
Data de inscrição : 08/08/2020

Oi pessoal, sou coração de sashimi Empty Dia 2

9/8/2020, 11:29
Bom momento pessoal, espero que estejam bem na caminhada. Meu segundo dia pós recaída foi bem ruim, consegui me manter firme, só que foi um dia improdutivo em todos os aspectos. Passei parte do meu sábado deitado assistindo séries e conteúdos mais filosóficos, sinto que me engajando em debates uma sensação de expurgo de sensação de inutilidade. Estive extremamente ansioso durante o dia e dei poucas zapeadas nas redes pra não piorar e vir uma vontade.

Percebi que o ato mecânico de se masturbar vem engatilhado por estímulos visuais dos quais estamos expostos enquanto acordados, dificilmente ele vem de um tesão que temos ao fantasiar. Lendo os relatos de muitos aqui eu vejo que poucos conseguem fantasiar e se masturbar de forma saudável, principalmente aqueles que não tem vida sexual ou que não se iniciaram nela. O estimulo visual é uma bosta pq ao longo dos anos consumindo PMO ele dessensibiliza nosso corpo e faz com que apenas nossos olhos e pênis sejam nossos instrumentos de prazer. Percebo que as mulheres conseguem ser bem mais sensíveis nessa aventura de explorar zonas erógenas e se é possível pra elas é pra nós homens também. Daí eu me pego pensando em todo prazer que nós homens héteros perdemos com os tabus e em virtude do vício.

Por ora estou com a política de não me masturbar, nos próximos dias vou escolher alguns momentos sem gatilho tentar sem estímulos visuais. Eu quero me tocar pra me sentir bem e não pra terminar a noite e começar o dia me sentindo um lixo. Só que tem sido foda, bater uma é igual tomar um rivotril e a noite custei muito a pegar no sono. Tive uma insonia cabulosa e só dormi depois de escutar uns 3 podcasts, mesmo assim não dormi a noite inteira. Sinto que nos próximos dias vai ficar mais difícil a abstinência e to tentando enfiar na minha cabeça que uma recaída mesmo que pequena vai jogar meu esforço no lixo e fazer meu sofrimento em vão, enfiem isso na cabeça do vocês também!

Sejamos firmes na luta!

Dexxx gosta desta mensagem

Dexxx
Dexxx
Mensagens : 40
Data de inscrição : 01/06/2017

Oi pessoal, sou coração de sashimi Empty Re: Oi pessoal, sou coração de sashimi

9/8/2020, 14:00
Parabéns pela força de vontade, Coração de Sashimi! Mantenha o foco, instala os bloqueadores e coloca isso como prioridade.

Também não consigo sair das redes sociais devido ao meu trabalho, mas uma coisa que tem me ajudado bastante é trabalhar na sala e não no quarto (durante essa pandemia estou ficando no interior na casa dos meus pais). E quando estou no quarto não fecho a porta. Não levo o celular pro banho também.

Tenta procurar algo pra fazer quando bater a vontade. Eu tenho meditado (ainda estou aprendendo) e as vezes feito flexão a abdominal.

Abraço, meu amigo.

_______________________________________
DESISTIR JÁ NÃO É MAIS UMA OPÇÃO

coracaodesashimi gosta desta mensagem

Harvey
Harvey
Moderador
Moderador
Mensagens : 1357
Data de inscrição : 23/10/2019
Localização : New York

Oi pessoal, sou coração de sashimi Empty Re: Oi pessoal, sou coração de sashimi

9/8/2020, 15:48
Seja bem-vindo ao Fórum “Vício em Pornografia, Como Parar?”. Aqui, ao mesmo tempo em que construímos um novo caminho por meio da reversão do vício, também construímos uma família. Por isso, desejamos que você se sinta bem entre nós, ao mesmo tempo que encontre oportunidades e condições para aprender e crescer.

 
Confira algumas orientações, caso já esteja adotando algumas delas, parabéns!
 

  • Conheça a legislação do Fórum: Regras de Participação, Orientações Básicas e Proibições.
     
  • Veja como gerenciar seu diário em Como criar um diário no Fórum.
     
  • Conheça o Guia Introdutório e aprenda o básico sobre o processo de reversão do vício ou adquira o Curso Online Programa Revert (Super Recomendado) para ter acesso a informações mais completas.
     
  • Confira o arsenal tecnológico para te auxiliar na proteção contra o vício: Configuração do Clean Browsing; Bloqueamento via Hosts; Inter App Control Pro (Pago); Blok Supreme (Pago); Download do Qustodio (A versão gratuita já é suficiente). Para maiores informações e/ou encontrar outras opções acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Conheça os navegadores (para smartphone) que já vem com proteção contra o vício e escolha um: Spin, Kids Safe Browser (Pago) e Mobicip. Instale o NetAngel para bloquear a pornografia em seu smartphone, bem como o AppLock que pode ser utilizado para bloquear o serviço de distribuição de aplicativos, as configurações do smarthpone, dentre outras coisas. Para maiores informações e/ou encontrar outras opções para Android, iOS ou Windows Phone acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Dica: Cadastre um e-mail temporário descartável em seus softwares, pois, assim, você evita uma possível recuperação da senha. Utilize também um método de ocultação de senha, para evitar que você desative os bloqueadores em um momento de fissura. Acesse: Método para esconder a senha.
     
  • Instale um contador de dias: Tutorial Contador de Dias, para te situar em sua jornada.
     
    Avalie também a necessidade de abandono de outros vícios que podem de alguma forma te atrapalhar no processo, como masturbação, álcool, outras drogas lícitas e ilícitas, games, comidas e outros.
     
  • Priorize as atividades de religação, tais como: socialização, trabalho voluntário, trabalho manual prazeroso, leitura de livros, mindfulness, meditação, yoga, musculação, natação, ciclismo, pilates, hidroginástica, crossfit, boxe, lutas diversas, dança, caminhada, corrida, zumba, voleibol, futebol e muitas outras. Não foque muito em quantidade, mas na qualidade. 
     
  • Não desperdice o seu tempo em redes sociais, pois muitas delas atuam como verdadeiras "playboys digitais", tais como: facebook, instagram, twitter, pinterest e outras. Evite também a navegação a esmo.
     
  • Não abandone o fórum, atualize constantemente o seu diário. Certifique-se de ter relatado toda a sua história de envolvimento com a PMO, para que, assim, possamos ajudá-lo(a) da melhor forma. Iremos empenhar todos os nossos esforços para te assistir, e sempre que puder ajude outros aqui também.

 
Sinta-se abraçado pelo Harv.

_______________________________________


Acesse o meu diário.

Uma jornada de mil milhas começa com um único passo.

coracaodesashimi gosta desta mensagem

coracaodesashimi
coracaodesashimi
Mensagens : 5
Data de inscrição : 08/08/2020

Oi pessoal, sou coração de sashimi Empty Dia 3

10/8/2020, 16:00
Bom momento consagrads! Espero que estejam firmes na luta!

Primeiramente quero agradecer as respostas dos companheiros Dexxx e Harvey, lerei todos os conteúdos que foram indicados e to considerando instalar os bloqueadores. Até em virtude delas vou escrever o diario um pouco diferente hoje, vai ser em duas partes, uma dedicada a meu histórico com o vício e outra pra falar sobre o dia vencido.


Primeira Parte:


A minha primeira experiencia consumindo PMO em video foi aos 11 anos, meus pais trabalhavam fora e eu ficava sozinho em casa durante a tarde. Eu já tinha tido contato com revistas de nudez e fotonovelas por meio de amigos, e na minha casa tinha revistas de nu tb que pertenciam ao meu pai. Em um dia fatídico encontrei por cima do guarda-roupas dele 3 fitas VHS uma com capa preta e as outras duas contendo imagens dos filmes. Batata! Com muito receio fechei as janelas da sala que davam pra rua abaixei o volume da TV ao minimo audivel e vi aquilo pela primeira vez. Detalhe: eu nunca havia me masturbado com revistas que havia visto anteriormente. Vi aquilo como algo bastante estranhamento e curiosidade nas primeiras vezes me tocando mas sem ejacular, até que um desses fatídicos dia cheguei lá. Posso afirmar que minha vida nunca mais foi a mesma e aquilo virou um habito das minhas tardes até eu ter acesso a internet.

Tudo isso aconteceu lá pros meados de 2005 eu não tinha PC nem internet em casa. Até que em 2007 chegou meu primeiro computador em casa e em menos de 6 meses depois veio a internet banda larga, o computador ficava no quarto dos meus pais e eles fechavam a porta quando saiam pra trabalhar pra evitar meu uso exagerado de computador. Nesses anos minha rotina online se resumiu em jogar MMORPG, ver animes e quando não tinha ninguém olhando PMO clown . Mal sabia eu que aquilo me faria um mal incomensurável nos anos seguintes, uma das primeiras coisas que vieram foi a depressão e falta de autoestima. Até que eu entrei pra uma escola técnica e minha tarde foi ocupada, foi um momento muito difícil pq vieram as primeiras crushs com as quais eu não conseguia me relacionar. Naquela época eu era um projeto de incel pronto pra ser cooptado por projetos políticos de extrema-direita. Essa época devido ao meu tempo ocupado diminuiu bastante meu consumo, e em uma das greves que rolou fui trabalhar e comprei um PC próprio, daí em diante foi ladeira a baixo, meu consumo aumentou substancialmente e minhas notas foram pro ralo junto. Abandonei o curso no finalzinho dele pq não estava satisfeito com a área e estava deprimido por uma série de outras coisas, hoje eu tenho plenas condições de afirmar que não fosse todas essas situações eu teria o concluído.

Eu fui um daqueles casos de moleque que começou a fumar antes de beijar alguém na boca, perdi o BV com 17 anos com minha crush da escola, eu gostava dela e a gente era muito amigo antes do rolinho. Detalhe que eu tb fui o primeiro beijo dela, mas depois disso as coisas ficaram extremamente esquisitas entre a gente, ela passou a me deixar de lado e experimentar a sexualidade dela com meninas, meninos e todo mundo. Hoje eu sei que deveria ter a respeitado e que ela não tinha obrigação de me amar apesar de gostar de mim. Já tava desencanado com a história e quando nos reencontramos pela primeira vez depois do ensino médio acabamos transando, já havíamos tido relações sexuais antes com outras pessoas e mas pra mim foi uma merda pq ainda eu demorava a ter orgamos em decorrência do Edging. A ejculação retardada durou até eu começar a ter vida sexual mais ativa, isso já na graduação, nessa época tive transas incriveis. Nesse tempo percebi que eu amo dar prazer pras minhas parceiras e que elas não são tão estridentes no prazer como as atrizes da industria são em cena. Vi que as expressões faciais e os gemidos das mulheres eram diferentes das daquelas que eu havia visto em vídeo, quando atinei pra isso me senti enganado e que aquela merda não era boa pra mim. Já havia tido contato com discussões de NOFAP antes e logo conheci o Reebot no louco ano de 2015, que foi o ano mais porra loca e tindeiro da minha vida. Desde então eu tenho tentado suscetivas vezes e tendo recaídas.

Minha autoestima deu uma melhorada com relação a minha imagem física e eu tava virando um transão de carteirinha. Até que conheci minha atual namorada no finalzinho do 2015 e começamos um relacionamento que dura até hj. Eu fui muito idiota com ela no inicio do relacionamento, tava numa ressaca de solteirice e aprendendo a lidar com o ciumes dela. Eu nunca traí nem no pior momento, considero isso muito paia da parte de quem faz e odeio viver com sensação de culpa. Mas ela tem um trauma de abuso e redescobriu o prazer comigo, sempre fui delicadíssimo no trato com ela na cama e durante os 3 primeiros anos tivemos transas lindas e algumas cabulosas em que reviramos o quarto na republica onde ela morava e essas eu considero essa a melhor transa da minha. Até que ela resolveu fazer o exposed do cara e o trauma voltou com tudo, muitas outras meninas relataram que ele havia feito o mesmo e isso mexeu demais com a cabeça dela. Nossa vida sexual virou cinzas e eu voltei a ter um consumo substancial de PMO.

Segunda parte:

Aqui é onde eu conto o dia de ontem e sobre esse dia eu não tenho queixas, por isso vai ser um pouco mais curtinho. Meu pai veio pra casa e fizemos um almoço com ele, eu não consegui comprar nenhum presente de dia dos pais mas o aniversário dele tá próximo e não vou deixar passar em branco. Passei o dia me entretendo com conversas, cervejinha, churrasquinho e um boldinho no final da tarde. Bão demais! cat

Por muitos momentos esqueci que essa porra toda existe e tava me sentindo bem com o corpo. Mas aí que veio a noite e a ansiedade bateu forte, fechei todas as redes, me despedi da minha namorada e botei uns podcasts pra escutar até dormir. Percebo que meu sono ainda tá muito picado e a insonia é forte quando não bato uma. Sinto meu corpo bastante estranho e umas dores de cabeça, hoje ainda to com um pouco desses sintomas. Mas o importante de tudo é que o dia foi vencido, acordei de bom humor e bem disposto a tocar meus projetos de quarentena. Estou empenhado em aprender japonês e to "arrumando o quarto" em algumas paradas da minha vida.

2020 é o pior ano da vida de muita gente eu acredito, tá sendo horroroso pra mim, no incio da pandemia eu tinha freelas até o mês de junho desse ano e foi tudo cancelado.To vivendo de auxílio e pequenos trabalhos aqui onde moro. Por isso coloquei como meta pra mim esse ano me livrar desse vício e conseguir chegar ao click do reboot, já seria uma imensa vitória e recuperaria a merda que foi ter perdido dinheiro, clientes e interrompido minha formatura.

Eu boto muita fé que tenho que viver um dia de cada vez, me entendendo como viciado e colocando na cabeça que "volto com o experimento amanhã" é uma auto-enganação do caralho. To com um pouco de sintomas de abstinência e policiando todas minhas reações corporais, na maioria dos dias tenho dor de cabeça e essa sensação só não é pior do que a de "vou jogar meu esforço no lixo". Só sei que escrever o diário tem me ajudado muito e se eu tivesse começado há 2 semanas atrás quando recomecei acho que dificilmente teria tido a recaída de 3 dias que tive. Mas mas vamo que vamo que eu to com muita fé que to no caminho certo.

Um grande abraço pra tds do Coração de Sashimi.

coracaodesashimi
coracaodesashimi
Mensagens : 5
Data de inscrição : 08/08/2020

Oi pessoal, sou coração de sashimi Empty Dia 4

11/8/2020, 17:33
Bom momento pessoal, a nois aí de novo.

Bora pra mais um dia de escrita de diário. Já são quase 5 dias e sem sinal de recaída por enquanto, cada dia uma vitória nova e uma sensação de alívio por tá cada vez mais próximo do tão sonhado dia 90. Ontem foi um dia normal, estudei um pouco, vi umas séries, zapeei muito por redes sociais dibrando os gatilhos e tentando me concentrar nos assuntos importantes. Silenciei alguns assuntos que podem levar a recaídas no twitter, que é a rede social que eu mais utilizo hoje em dia e a mais prolífica em putaria.

Eu to percebendo que alguns efeitos de abstinência tão sendo amplificados, tipo a ansiedade, corpo estranho, tremedeira e muuuuuita insonia. Hoje por exemplo foi o dia que eu dormi das 6 as 8 da manhã, fui deitar as 23:50. Meu celular tem restrição de uso de redes sociais depois das 23:30, sendo que só os aplicativos de podcast funcionam de madrugada já que é algo que me ajuda a pegar no sono rápido. Faz uns 2 meses que não tomo nenhum tipo de medicação pra induzir o sono, eu faço uso esporádico quando não consigo pegar no sono, mas o meu estoque pra pandemia acabou e eu não tenho receita pra pegar outra cartela.

Ontem pela primeira vez em muito tempo eu e minha namorada tivemos umas conversas bem libertinas, isso me deixou bastante excitado e fantasiando em transar com ela. Ela comprou um kit com brinquedos sexuais e uma lingerie pra quando voltar aqui pra nossa cidade e eu estou a espera desse encontro. Estou pensando em contar pra ela do meu vicio e eu acho que isso ia ajudar demais. Mesmo com toda excitação eu não me masturbei, estou guardando esse momento pra algum outro dia de fantasia.

Eu to achando a minha caminhada até aqui muito linda, mas o que ainda tá pesando demais é a ansiedade extrema. Só que eu botei na cabeça que eu sou ansioso de qualquer jeito, a PMO faz isso comigo também, então eu prefiro ficar ansioso sem do que com. Eu sei que o autocontrole não vai ser uma regra durante meu experimento, tanto que minha recaída da semana passada não foi com conteúdo online e sim com softporn da TV a cabo, na hora vez muito sentido desassociar as duas mídias. Eu queria muito mudar a senha de acesso pra alguma imemorável mas aí lembro que to na casa da minha mãe e mudar essa porra ia levantar suspeita. Quando eu vejo TV sempre tenho preferencia pelos canais de desenhos, filmes e séries. A parada tava ali com senha padrão e eu na fissura, agora vai ser outra coisa que vou evitar.

Hoje vou estabelecer um horário de sono mais cedo. São quase 17:30 enquanto eu escrevo e parece que um caminhão passou por cima de mim. Parei com o café depois das 18 e to aproveitando pra tomar a ultima xícara pra me deixar acordado no máximo até as 22. Eu to tão cansado que acredito que não vou ter tanta dificuldade assim pra dormir. Hoje vou optar por me deixar sem nenhum tipo de entretenimento em áudio e deixar o celular dormir na sala, pq to com o objetivo de dormir somente pela força da lombra.

No mais é isso meus consagrs,
Um abração do coração de sashimi.

_______________________________________





Seguimos firmes rumo a vitória diária!
[url=
coracaodesashimi
coracaodesashimi
Mensagens : 5
Data de inscrição : 08/08/2020

Oi pessoal, sou coração de sashimi Empty Dia 5

12/8/2020, 18:00
Bom momento a todo mundo!

Aqui estou mais um dia pra cumprir a presença e escrever o diário. Parei pra pensar de nunca tinha mantido um diário e escrever esse aqui tá me motivando a escrever mais, só que em um suporte físico e sobre outras experiencias. Estou muito feliz por ter cumprido o quinto dia e até o momento que estou escrevendo estar cumprindo o sexto, é uma satisfação imensa e aos poucos vou recuperando minha confiança de que dessa vez meu experimento pode dar certo. Penso se aquela primeira semana que tentei o experimento sem nenhuma forma de registro me ajudou de alguma forma, pq só depois da recaída tomei iniciativa de começar. A recaída foi durante 3 dias e eu fiquei sem esperança por um breve momento.

Estou começando a sentir que estou entrando na Flatline, meu penis tá um pouco menor do que o normal e não to sentindo excitação repentina como antes. A ansiedade deu uma abaixa de ontem pra hoje e nem de longe meu corpo tá tão estranho como nos últimos dias. Essa noite tive sono picado mas consegui dormi-la por inteiro e acordar cedo pra realizar minhas tarefas. Só que tem uma parada muito estranha acontecendo, estou tendo alguns flashs de cenas que eu costumava ver repetidas vezes, eles vem sem nenhum motivo e em circunstancias muito banais tipo quando to lavando louça, só que é só isso mesmo. Felizmente os flashs não são fator motivador de fissura nem nada do tipo, mas eu me sinto estranho demais.

Outra coisa que tenho percebido é que a atenção ao meu corpo tá mudando, estou mais vaidoso e tentando me cuidar melhor, principalmente quando diz respeito a higiene pessoal. Passei a usar hidratantes e cremes pra pele, nisso estou percebendo que existem outras formas de tocar o corpo. Quando eu acesso PMO e termino a masturbação sempre me vem uma sensação de sujeira do corpo e é horrível. Mas não só o corpo, estou me ocupando muito com limpezas e organização do ambiente que eu vivo.

Em alguns dias eu faço aniversário, estou pensando como seria bom passar esse dia limpo e esse é o maior presente que poderia me dar. Porém, tenho que botar na cabeça que é um dia de cada vez, é assim que se vive e é assim que se vence um vicio. Estou um pouco cansado por que escrevi o dia inteiro em virtude de um processo seletivo, por isso vou me permitir escrever um diário mais curtinho hoje.

Um grande abraço do coração de sashimi cheers

_______________________________________





Seguimos firmes rumo a vitória diária!
[url=
Ir para o topo
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos