Ir em baixo
Ayrton Senna
Ayrton Senna
Mensagens : 138
Data de inscrição : 03/04/2020
Idade : 19

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Re: Diário da minha vitória

15/3/2021, 21:14
Drew escreveu:Oi turma, obrigado pelos comentários no meu diário.

6 dias e queda.
Eu não sei mais o que fazer para me manter longe da masturbação, ainda mais em lockdown.
Volto em breve.

Fala meu amigo Drew,

Talvez você esteja procrastinando e consequentemente isso te faz ter tempo para ter gatilhos, resultando numa série de quedas simplesmente pela força do hábito e tempo livre, eu confesso que esse é meu maior erro e eu diminui bastante as recaídas quando comecei a me encher de tarefas o dia todo, talvez fazer exercicios físicos sempre que tiver vontade ou ler um livro te ajude nisso.

Enfim, fique a atento aos gatilhos tambem, faça uma auto-analise e veja o que antecede a recaída e então tente mudar.

Torcendo por ti mano, tamo junto.

_______________________________________


Gardenzio Angelone e Drew gostam desta mensagem

John Fersil
John Fersil
Mensagens : 41
Data de inscrição : 16/02/2021

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Re: Diário da minha vitória

15/3/2021, 22:02
Drew escreveu:Oi turma, obrigado pelos comentários no meu diário.

6 dias e queda.
Eu não sei mais o que fazer para me manter longe da masturbação, ainda mais em lockdown.
Volto em breve.

Salve Drew,

Se afastar da M. é uma questão de hábito, por exemplo: quando você está em um local público você sentiria vontade de M.? provavelmente não ou muito pouca, pois as memória sensoriais que acionam o gatilho do hábito de M. estão dentro do seu quarto ou banheiro! Então qual é a solução? jogue fora esses gatilhos sensoriais ou modifique-os, por exemplo:

(i) mude sua cama de lugar, (ii) se você costuma deixar a janela, a cortina e a porta do seu quarto fechadas então as abra, (iii) se a luz do seu quarto costuma ficar apagada então a acenda, (iv) se você costuma usar com muita frequência meias, touca, blusa de manga cumprida, calça, luvas, etc. então pare de usar ou substitua-os por outras roupas, que lhe tragam a sensação de liberdade.

Enfim, a mudança de um hábito minúsculo pode parecer insignificante a primeira vista, mas se você mudar um conjunto de inúmeros pequenos hábitos, então no final a mudança será significativa. Altere todos os gatilhos sensoriais do seu quarto que o fazem cair em M. até o ponto em que o seu quarto deixe de parecer familiar, até o ponto em que você se sinta um estranho em um local completamente novo. E então comece a desenvolver novos hábitos tomando como ponto de partida esses novos aspectos sensoriais que você planejou.

Se você quiser saber mais a fundo como funciona a ciência dos hábitos, então eu lhe recomendo o livro O Poder do Hábito, esse livro foi um dos grandes pilares do meu último grande reboot.

— "Não parar, não precipitar, não retroceder."

Até breve

John Fersil

_______________________________________

IN GOD WE TRUST
Basta clicar AQUI para ler o meu diário.

Gardenzio Angelone e Drew gostam desta mensagem

Gardenzio Angelone
Gardenzio Angelone
Mensagens : 1570
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 24
Localização : Pernambuco

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Re: Diário da minha vitória

16/3/2021, 08:05
Fala mano Drew!

Cara, confesso que compartilho com você essa mesma frustração de estar sempre resetando. É mesmo difícil, mas com certeza podemos superá-la.

Uma coisa que é muito importante é que mesmo resetando, você não desiste. Você até reseta, mas você vem aqui, quer melhorar, quer aprender com o erro, e isso é fundamental, mano.

Evidentemente que sempre queremos engatar numa boa sequência de dias de reboot, mas você já conseguiu isso antes, meu amigo. Com certeza conseguirá também novamente.

Pegue sua vida e comece por endireitar aqueles detalhes básicos e fáceis de se resolver. E então aos poucos estaremos endireitando coisas um pouco menos fáceis, um pouco mais difíceis, até que estaremos vivendo a vida que desejamos.

Sei que não é fácil mano. Fácil mesmo é escrever sobre... Mas é importante esse desejo de querer ser maior e engatar no reboot. O desejo forte é o primeiro passo.

Vamo que vamo, mano! Tmj, bro. Qualquer coisa, só falar.


_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

[email protected]



Drew gosta desta mensagem

Drew
Drew
Mensagens : 888
Data de inscrição : 09/08/2020
Idade : 24
Localização : Brooklyn 1986

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Re: Diário da minha vitória

16/3/2021, 14:09
Tolbs escreveu:
Drew escreveu:Oi turma, obrigado pelos comentários no meu diário.

6 dias e queda.
Eu não sei mais o que fazer para me manter longe da masturbação, ainda mais em lockdown.
Volto em breve.
Poxa mano, força pra se manter no caminho certo! estamos todos torcendo por sua vitória,.

Tmj!!

Joseph escreveu:Fala meu brother, se precisar compartilhar algo e quiser chamar no email, pode chamar!!!
Não desanime, sente, medite e analise estratégias, sempre existe uma saída!!! Forte abraço!!!

Cara, eu já te mandei mensagem lá kk

SheldonCooper94 escreveu:
Drew escreveu:Oi turma, obrigado pelos comentários no meu diário.

6 dias e queda.
Eu não sei mais o que fazer para me manter longe da masturbação, ainda mais em lockdown.
Volto em breve.


Sabe sim irmão, seja forte, não fique fissurado nisso, você vai conseguir, esses são os dias mais difíceis!

Sei não kkkkkkk mas vou descobrir e vai dar certo

_______________________________________
Não acabou
Drew
Drew
Mensagens : 888
Data de inscrição : 09/08/2020
Idade : 24
Localização : Brooklyn 1986

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Re: Diário da minha vitória

16/3/2021, 14:15
Ayrton Senna escreveu:
Drew escreveu:Oi turma, obrigado pelos comentários no meu diário.

6 dias e queda.
Eu não sei mais o que fazer para me manter longe da masturbação, ainda mais em lockdown.
Volto em breve.

Fala meu amigo Drew,

Talvez você esteja procrastinando e consequentemente isso te faz ter tempo para ter gatilhos, resultando numa série de quedas simplesmente pela força do hábito e tempo livre, eu confesso que esse é meu maior erro e eu diminui bastante as recaídas quando comecei a me encher de tarefas o dia todo, talvez fazer exercicios físicos sempre que tiver vontade ou ler um livro te ajude nisso.

Enfim, fique a atento aos gatilhos tambem, faça uma auto-analise e veja o que antecede a recaída e então tente mudar.

Torcendo por ti mano, tamo junto.

Preciso fazer isso, mas preciso principalmente mudar minha cabeça. Pois como a maioria das minhas atividades não são obrigações com outras pessoas, eu posso parar pra cair no vicio sem maiores problemas, infelizmente.

Até quando eu tava trabalhando o dia inteiro fora de casa eu arrumava um tempinho pra cair à noite.

Tmj irmão.

John Fersil escreveu:
Drew escreveu:Oi turma, obrigado pelos comentários no meu diário.

6 dias e queda.
Eu não sei mais o que fazer para me manter longe da masturbação, ainda mais em lockdown.
Volto em breve.

Salve Drew,

Se afastar da M. é uma questão de hábito, por exemplo: quando você está em um local público você sentiria vontade de M.? provavelmente não ou muito pouca, pois as memória sensoriais que acionam o gatilho do hábito de M. estão dentro do seu quarto ou banheiro! Então qual é a solução? jogue fora esses gatilhos sensoriais ou modifique-os, por exemplo:

(i) mude sua cama de lugar, (ii) se você costuma deixar a janela, a cortina e a porta do seu quarto fechadas então as abra, (iii) se a luz do seu quarto costuma ficar apagada então a acenda, (iv) se você costuma usar com muita frequência meias, touca, blusa de manga cumprida, calça, luvas, etc. então pare de usar ou substitua-os por outras roupas, que lhe tragam a sensação de liberdade.

Enfim, a mudança de um hábito minúsculo pode parecer insignificante a primeira vista, mas se você mudar um conjunto de inúmeros pequenos hábitos, então no final a mudança será significativa. Altere todos os gatilhos sensoriais do seu quarto que o fazem cair em M. até o ponto em que o seu quarto deixe de parecer familiar, até o ponto em que você se sinta um estranho em um local completamente novo. E então comece a desenvolver novos hábitos tomando como ponto de partida esses novos aspectos sensoriais que você planejou.

Se você quiser saber mais a fundo como funciona a ciência dos hábitos, então eu lhe recomendo o livro O Poder do Hábito, esse livro foi um dos grandes pilares do meu último grande reboot.

— "Não parar, não precipitar, não retroceder."

Até breve

John Fersil

Valeu meu bom, tmj! Pode ser isso, vou fazer algumas mudanças em pontos chave da minha rotina, mas basicamente tenho que ficar em casa a maior parte do tempo.

Gardenzio Angelone escreveu:Fala mano Drew!

Cara, confesso que compartilho com você essa mesma frustração de estar sempre resetando. É mesmo difícil, mas com certeza podemos superá-la.

Uma coisa que é muito importante é que mesmo resetando, você não desiste. Você até reseta, mas você vem aqui, quer melhorar, quer aprender com o erro, e isso é fundamental, mano.

Evidentemente que sempre queremos engatar numa boa sequência de dias de reboot, mas você já conseguiu isso antes, meu amigo. Com certeza conseguirá também novamente.

Pegue sua vida e comece por endireitar aqueles detalhes básicos e fáceis de se resolver. E então aos poucos estaremos endireitando coisas um pouco menos fáceis, um pouco mais difíceis, até que estaremos vivendo a vida que desejamos.

Sei que não é fácil mano. Fácil mesmo é escrever sobre... Mas é importante esse desejo de querer ser maior e engatar no reboot. O desejo forte é o primeiro passo.

Vamo que vamo, mano! Tmj, bro. Qualquer coisa, só falar.


Pode ser isso, vou fazer algumas mudanças em pontos chave da minha rotina, mas basicamente tenho que ficar em casa a maior parte do tempo.

_______________________________________
Não acabou

Gardenzio Angelone e SheldonCooper94 gostam desta mensagem

Drew
Drew
Mensagens : 888
Data de inscrição : 09/08/2020
Idade : 24
Localização : Brooklyn 1986

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Re: Diário da minha vitória

16/3/2021, 14:19
O mais engraçado é que eu tenho fantasias com uma garota por uns 3 dias pra finalmente me M. pensando em outra.
Quando se trata de vídeos é a mesma coisa kk eu penso num vídeo e quando finalmente caio eu assisto outro.
Que loucura é essa?
Parece que no fim o que importa mesmo não são os pensamentos nem a fantasia, mas o orgasmo. Em outras palavras, o que importa para o nosso cérebro é a dopamina.
Hoje é o dia 0, pela quinto milésima vez.
Tmj pessoal.

_______________________________________
Não acabou

Gardenzio Angelone, SheldonCooper94 e Mountain At My Gates gostam desta mensagem

avatar
Mountain At My Gates
Mensagens : 11
Data de inscrição : 25/02/2021

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Re: Diário da minha vitória

16/3/2021, 15:28
Drew escreveu:O mais engraçado é que eu tenho fantasias com uma garota por uns 3 dias pra finalmente me M. pensando em outra.
Quando se trata de vídeos é a mesma coisa kk eu penso num vídeo e quando finalmente caio eu assisto outro.
Que loucura é essa?
Parece que no fim o que importa mesmo não são os pensamentos nem a fantasia, mas o orgasmo. Em outras palavras, o que importa para o nosso cérebro é a dopamina.
Hoje é o dia 0, pela quinto milésima vez.
Tmj pessoal.

Sim. O objetivo é fazer você conseguir dopamina( Se você se interessar mais sobre o tema, pode pesquisar sobre o experimento de Burruhs Frederic Skinner sobre o condicionamento operante.). Acalme-se, cultive a virtude da paciência e vencerá esse comportamento compulsivo. Seja forte, fique com Deus e até.

_______________________________________
Frodo: “Queria que o anel nunca tivesse sido dado a mim e que nada disso tivesse acontecido.”

Gandalf: “Assim como todos que testemunham tempos sombrios como este, mas não cabe a eles decidir, o que nos cabe é decidir o que fazer com o tempo que nos é dado.

_O Senhor dos Anéis-J.R.R. Tolkien_

Drew e SheldonCooper94 gostam desta mensagem

Drew
Drew
Mensagens : 888
Data de inscrição : 09/08/2020
Idade : 24
Localização : Brooklyn 1986

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Re: Diário da minha vitória

17/3/2021, 08:50
Nesse vídeo do cara do Alpha Spirit ele fala o que aconteceu com ele depois de largar a P.
https://www.youtube.com/watch?v=aHHokdVMqkw&list=WL&index=1

Esse vídeo aqui é ainda mais importante
"Esse vídeo mudará o seu nofap para sempre"
https://www.youtube.com/watch?v=Fs1OxMRX3RM

_______________________________________
Não acabou

Kaneki, Gardenzio Angelone e SheldonCooper94 gostam desta mensagem

Kaneki
Kaneki
Mensagens : 870
Data de inscrição : 27/10/2015
Idade : 25
Localização : MG

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Olá

17/3/2021, 15:45
Obrigado pela sugestões, espero que tu consiga ir bem no reboot abraços.

_______________________________________


MINHA HISTÓRIA DE SUCESSO: https://www.comoparar.com/t11429-finalmente-a-vitoria#326635
MEU DIÁRIO: https://www.comoparar.com/t1813p375-diario-do-kaneki#317713

Drew gosta desta mensagem

avatar
ג'וזו
Mensagens : 108
Data de inscrição : 05/02/2021

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Se tornando vencedor

17/3/2021, 21:24
Boa noite ,só queria passar aqui para te mandar um abraço

Drew gosta desta mensagem

SheldonCooper94
SheldonCooper94
Mensagens : 129
Data de inscrição : 23/02/2021
Idade : 23
Localização : Passadena - California

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Re: Diário da minha vitória

18/3/2021, 07:29
Salve, Drew!

Queria te desejar força de vontade nesse momento difícil, sei que essas fases são geralmente complicadas, mas vai chegar uma hora que você vai melhorar e vai conseguir, tenha fé.

MEU DIÁRIO: https://www.comoparar.com/t11579p25-desistir-nao-e-uma-opcao#336030

Drew gosta desta mensagem

Drew
Drew
Mensagens : 888
Data de inscrição : 09/08/2020
Idade : 24
Localização : Brooklyn 1986

Diário da minha vitória - Página 26 Empty O FUTURO MÁGICO

18/3/2021, 14:30
São exatamente 6:02 da manhã, João se levanta de seus aposentos, não é um dia normal, não é qualquer dia, é o nonagésimo dia desde a última vez me que ele assistiu indecências online e tocou a si mesmo em busca de um prazer vil.

A partir daí, sua vida não seria mais a mesma.

Agora João se tornara uma máquina de produtividade e foi promovido no trabalho até virar CEO da empresa, as mulheres que outrora o ignoravam hoje imploram por sua atenção. Na academia ele é sempre o mais respeitado pelos homens e desejado pelas mulheres, possui uma dieta disciplinada, um porte físico invejável e pega os maiores pesos. Sua dieta é regrada e impecável para manter o bom condicionamento físico e a boa forma.

Nas redes sociais seu sucesso é visível, cada foto rende centenas de curtidas e comentários, alguns deles em inglês, espanhol, alemão e... Que língua é essa aqui? Sei lá. Pouco importa, uma vez que João fala 10 idiomas e 4 deles fluentemente, isso ajuda-o a expandir os seus negócios e aumentar o tamanho de sua empresa e de suas 2 mil filiais ao redor do mundo.

Nas férias, ele fica em dúvida se deve ir para sua mansão em Dubai ou em Paris, talvez a das Bahamas seja mais agradável neste verão...
Precisa ser um bom lugar para levar sua bela esposa e seus dois filhos.

João eliminou da sua vida a única coisa que o impedia de progredir, a PMO, e hoje ele é um homem de sucesso.

Mas espere um pouco, por que está tudo escuro?

João passa a mão sobre a mesa ao lado de sua cama à procura de seu celular, quando vê são 3:54 da madrugada, a última coisa que ele se lembra é de ter passado a noite até umas 2h acessando pornografia.

Ele vai até o banheiro, se olha no espelho e percebe que tudo aquilo foi um grande sonho, ele não era um homem bem sucedido que tinha largado a PMO, seu subconsciente estava lhe jogando aquela ideia em sonho porque era isso que ele acreditaria firmemente que conseguiria, João havia conseguido 50 dias de reboot mas não levou em consideração o fato de que é muito fácil projetar o futuro sem levar em conta as vontades que em algum momento irão surgir.

No dia anterior, João teve um péssimo trabalho, pegou um engarrafamento enorme e chegou em casa atrasado para ajeitar a TV para que seu pai assistir o jogo do seu time do coração, já que o velho não sabia mexer naquela tecnologia e já estava possuido de raiva porque a partida se encaminhava para o intervalo e tudo que ele tinha era um radinho de pilha pelo qual escutou a narração do pênalti perdido pelo craque do time 10 minutos antes. Ainda morando com o pai e lembrando sempre de como viu sua mãe definhar e morrer de câncer a não mais de 2 anos atrás, e de sua única irmã, mais nova, se tornar uma adolescente problemática, se envolvendo com drogas e bebida, algumas amizades bem ruins e algumas ideologias que no mínimo fazem mal para a cabeça, João ficava ainda mais perturbado. Após enviar uma mensagem para a irmã mandando ela vir para casa pois já estava ficando tarde e ser chamado de "macho escroto" por ela, o triste rapaz entrou em seu quarto, trancou a porta e não quis mais saber de ninguém por aquele dia.

Por algum motivo, todo o estresse do dia a dia, seu relacionamento ruim com seu pai e sua irmã e a lembrança de como perdeu sua mãe, o fizeram querer aliviar toda a tensão da única maneira que conhecia.

Uma semana antes, João tinha visitado pela última vez o fórum aonde relatava seu vício em PMO, ele compartilhava com seus amigos sobre como estava feliz de ter chegado à metade do reboot e já projetava como seria sua mudança de vida após os 90 dias.

João pagou caro por não se manter firme, toda aquela projeção fantasiosa de uma vida melhor após os 90 dias não levava em conta o percurso que ele teria que traçar para chegar até lá, é tão fácil para ele e todos os seus colegas do fórum projetar um futuro mágico porque projetar não exige esforço nenhum.

Frustrado, às 4h da madrugada de um sábado, João que havia pensado finalmente estar vivendo seu sonho, acordou e viu que ainda estava no seu pesadelo, na vida real. E o que ele fez? Ligou o notebook e ficou até umas 8h da manhã vendo as mesmas coisas que sempre aumentaram ainda mais a sua frustração. Para logo em seguida voltar a conversar com seus amigos no fórum sobre o quanto estava triste por ter recaído novamente.

Ali está João, exausto, cansado, deitado na cama ao lado do notebook com a tela inicial aberta, com o rosto um pouco húmido, são 8:57 da manhã e ele precisa prosseguir com sua rotina, não menos difícil por não ser um dia de semana, sair do quarto para se defrontar com a presença infernal de seu pai e sua irmã, que possivelmente devem estar tendo alguma discussão furiosa na mesa do café. João tem 26 anos, um diploma de administração que só serve para enfeitar a parede e que já não cumpre mais com a sua única utilidade de servir para sua mãe exibi-lo para as visitas, uma vez que a mesma já não está mais entre nós, o jovem tem uma vida inteira de frustrações e sonhos adiados, quem sabe adiados para sempre.

Talvez ele encontre nas fantasias pornográficas uma forma de tentar suprir a adolescência difícil de rejeição feminina e agressões sofridas de valentões.
O que depois de um tempo só o deixou com ainda maior complexo de inferioridade. Suas poucas experiências com mulheres reais aconteceram em banheiros de balada ou em motéis dos mais vagabundos, algumas vezes com GP.
Ele se sentia incapaz de realmente conquistar uma mulher para se casar e construir algo maior do que uma noite de orgia, uma família. A PMO o afasta ainda mais desse objetivo, prendendo-o nesse ciclo de frustração e arrependimento.
A família é algo importante para João, uma vez que apesar de tudo ele herdou de sua mãe a Fé em Jesus Cristo. João é cristão, e isso é um alento para ele, ao mesmo tempo que é um motivo de maior dor, uma vez que ele não consegue parar de cometer o mesmo pecado de sempre e se sentir culpado por isso diante do observador onisciente.

Mas João tem uma esperança, um dia alcançar os 90 dias sem PMO e se tornar um novo homem, mas a grande pergunta que João ainda não se faz é: "O meu maior problema é a PMO?"

Hoje nós podemos estar usando a PMO como uma muleta, uma desculpa para não progredir, uma justificativa que sempre nos deixa preso num looping infinito de buscar essa vida melhor que nunca chega, pois é sempre adiada por mais uma queda antes dos 90 dias. Nós devemos sim eliminar esse mal de nossas vidas, assim como devemos tentar crescer e evoluir apesar dele e não esperando o futuro mágico no qual tudo será diferente.

O problema de planejar o futuro mágico é que não levamos em conta o esforço que teremos que fazer, e também não levamos em conta que mesmo ao chegar aos 90 dias nós não temos garantia de não recair de novo.

Acho que imaginamos uma vida na qual não sofreremos mais nenhuma tentação e viveremos numa boa sem a PMO, então quando a vontade vem nós ficamos desesperados porque queríamos que ela já não mais existisse, mas precisamos prosseguir apesar dela.

A história é ficcional, mas muitas partes dela podem contar a história da vida de todos neste fórum.

Autor: Drew (Fórum comoparar.com) dia 18 de março de 2021.

_______________________________________
Não acabou

Kaneki, Gardenzio Angelone, Ligris, Nick e Berislav gostam desta mensagem

Ligris
Ligris
Mensagens : 318
Data de inscrição : 06/12/2019
Localização : Tarso

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Re: Diário da minha vitória

18/3/2021, 15:47
Iai drew

Achei bem legal o texto, muitas dessas coisa que você escreveu realmente acontecem na minha vida como ajudar meu pai veio, me preocupar com a faculdade e usar a PMO como muleta especialmente essa última parte.

Mesmo depois de um considerável tempo longe de PMO eu ainda continuo com muitas dificuldades aqui e ali minha vida tá longe do ideal que busco e muitos dos problemas que to enfrentando agora podia ter começado a enfrentar antes mesmo afundado nesse mundo de ilusões, quanto antes irmos a luta melhor.

Eu criei um forte sentimento dentro de mim de NÃO QUERER PERDER MAIS TEMPO, quanto tava me sentido frágil eu lembrava de tudo que a P me fez perder, também comtemplar a vida de Cristo e pensar no grande sacrifício que ele fez por nós isso tira totalmente a vontade de fazer qualquer coisa imunda.

Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus, que, embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens. E, sendo encontrado em forma humana, humilhou-se a si mesmo e foi obediente até à morte, e morte de cruz! Filipenses 2:5-8

´´O amor de cristo nos constrange`` 2 Coríntios 5:14 Bem fique firme! Grande abraço! Smile

_______________________________________
Provérbios 4:27 NTLH
Evite o mal e caminhe sempre em frente; não se desvie nem um só passo do caminho certo

16/01/2021 22:30
Metas: 0 dias ( pale ) 3 dias( tongue ) 7 dias( Wink )15 dias ( Mad )21dias( Cool )30 dias( Razz )40 dias( pirat )50 dias ( Surprised )60 dias( Smile )70 dias(  Basketball )80 dias(  bom )90 dias( cheers )120 dias() 150 dias() 180 dias()

Drew gosta desta mensagem

avatar
HugoHen
Mensagens : 36
Data de inscrição : 25/02/2021

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Re: Diário da minha vitória

18/3/2021, 19:06
Drew escreveu:São exatamente 6:02 da manhã, João se levanta de seus aposentos, não é um dia normal, não é qualquer dia, é o nonagésimo dia desde a última vez me que ele assistiu indecências online e tocou a si mesmo em busca de um prazer vil.

A partir daí, sua vida não seria mais a mesma.

Agora João se tornara uma máquina de produtividade e foi promovido no trabalho até virar CEO da empresa, as mulheres que outrora o ignoravam hoje imploram por sua atenção. Na academia ele é sempre o mais respeitado pelos homens e desejado pelas mulheres, possui uma dieta disciplinada, um porte físico invejável e pega os maiores pesos. Sua dieta é regrada e impecável para manter o bom condicionamento físico e a boa forma.

Nas redes sociais seu sucesso é visível, cada foto rende centenas de curtidas e comentários, alguns deles em inglês, espanhol, alemão e... Que língua é essa aqui? Sei lá. Pouco importa, uma vez que João fala 10 idiomas e 4 deles fluentemente, isso ajuda-o a expandir os seus negócios e aumentar o tamanho de sua empresa e de suas 2 mil filiais ao redor do mundo.

Nas férias, ele fica em dúvida se deve ir para sua mansão em Dubai ou em Paris, talvez a das Bahamas seja mais agradável neste verão...
Precisa ser um bom lugar para levar sua bela esposa e seus dois filhos.

João eliminou da sua vida a única coisa que o impedia de progredir, a PMO, e hoje ele é um homem de sucesso.

Mas espere um pouco, por que está tudo escuro?

João passa a mão sobre a mesa ao lado de sua cama à procura de seu celular, quando vê são 3:54 da madrugada, a última coisa que ele se lembra é de ter passado a noite até umas 2h acessando pornografia.

Ele vai até o banheiro, se olha no espelho e percebe que tudo aquilo foi um grande sonho, ele não era um homem bem sucedido que tinha largado a PMO, seu subconsciente estava lhe jogando aquela ideia em sonho porque era isso que ele acreditaria firmemente que conseguiria, João havia conseguido 50 dias de reboot mas não levou em consideração o fato de que é muito fácil projetar o futuro sem levar em conta as vontades que em algum momento irão surgir.

No dia anterior, João teve um péssimo trabalho, pegou um engarrafamento enorme e chegou em casa atrasado para ajeitar a TV para que seu pai assistir o jogo do seu time do coração, já que o velho não sabia mexer naquela tecnologia e já estava possuido de raiva porque a partida se encaminhava para o intervalo e tudo que ele tinha era um radinho de pilha pelo qual escutou a narração do pênalti perdido pelo craque do time 10 minutos antes. Ainda morando com o pai e lembrando sempre de como viu sua mãe definhar e morrer de câncer a não mais de 2 anos atrás, e de sua única irmã, mais nova, se tornar uma adolescente problemática, se envolvendo com drogas e bebida, algumas amizades bem ruins e algumas ideologias que no mínimo fazem mal para a cabeça, João ficava ainda mais perturbado. Após enviar uma mensagem para a irmã mandando ela vir para casa pois já estava ficando tarde e ser chamado de "macho escroto" por ela, o triste rapaz entrou em seu quarto, trancou a porta e não quis mais saber de ninguém por aquele dia.

Por algum motivo, todo o estresse do dia a dia, seu relacionamento ruim com seu pai e sua irmã e a lembrança de como perdeu sua mãe, o fizeram querer aliviar toda a tensão da única maneira que conhecia.

Uma semana antes, João tinha visitado pela última vez o fórum aonde relatava seu vício em PMO, ele compartilhava com seus amigos sobre como estava feliz de ter chegado à metade do reboot e já projetava como seria sua mudança de vida após os 90 dias.

João pagou caro por não se manter firme, toda aquela projeção fantasiosa de uma vida melhor após os 90 dias não levava em conta o percurso que ele teria que traçar para chegar até lá, é tão fácil para ele e todos os seus colegas do fórum projetar um futuro mágico porque projetar não exige esforço nenhum.

Frustrado, às 4h da madrugada de um sábado, João que havia pensado finalmente estar vivendo seu sonho, acordou e viu que ainda estava no seu pesadelo, na vida real. E o que ele fez? Ligou o notebook e ficou até umas 8h da manhã vendo as mesmas coisas que sempre aumentaram ainda mais a sua frustração. Para logo em seguida voltar a conversar com seus amigos no fórum sobre o quanto estava triste por ter recaído novamente.

Ali está João, exausto, cansado, deitado na cama ao lado do notebook com a tela inicial aberta, com o rosto um pouco húmido, são 8:57 da manhã e ele precisa prosseguir com sua rotina, não menos difícil por não ser um dia de semana, sair do quarto para se defrontar com a presença infernal de seu pai e sua irmã, que possivelmente devem estar tendo alguma discussão furiosa na mesa do café. João tem 26 anos, um diploma de administração que só serve para enfeitar a parede e que já não cumpre mais com a sua única utilidade de servir para sua mãe exibi-lo para as visitas, uma vez que a mesma já não está mais entre nós, o jovem tem uma vida inteira de frustrações e sonhos adiados, quem sabe adiados para sempre.

Talvez ele encontre nas fantasias pornográficas uma forma de tentar suprir a adolescência difícil de rejeição feminina e agressões sofridas de valentões.
O que depois de um tempo só o deixou com ainda maior complexo de inferioridade. Suas poucas experiências com mulheres reais aconteceram em banheiros de balada ou em motéis dos mais vagabundos, algumas vezes com GP.
Ele se sentia incapaz de realmente conquistar uma mulher para se casar e construir algo maior do que uma noite de orgia, uma família. A PMO o afasta ainda mais desse objetivo, prendendo-o nesse ciclo de frustração e arrependimento.
A família é algo importante para João, uma vez que apesar de tudo ele herdou de sua mãe a Fé em Jesus Cristo. João é cristão, e isso é um alento para ele, ao mesmo tempo que é um motivo de maior dor, uma vez que ele não consegue parar de cometer o mesmo pecado de sempre e se sentir culpado por isso diante do observador onisciente.

Mas João tem uma esperança, um dia alcançar os 90 dias sem PMO e se tornar um novo homem, mas a grande pergunta que João ainda não se faz é: "O meu maior problema é a PMO?"

Hoje nós podemos estar usando a PMO como uma muleta, uma desculpa para não progredir, uma justificativa que sempre nos deixa preso num looping infinito de buscar essa vida melhor que nunca chega, pois é sempre adiada por mais uma queda antes dos 90 dias. Nós devemos sim eliminar esse mal de nossas vidas, assim como devemos tentar crescer e evoluir apesar dele e não esperando o futuro mágico no qual tudo será diferente.

O problema de planejar o futuro mágico é que não levamos em conta o esforço que teremos que fazer, e também não levamos em conta que mesmo ao chegar aos 90 dias nós não temos garantia de não recair de novo.

Acho que imaginamos uma vida na qual não sofreremos mais nenhuma tentação e viveremos numa boa sem a PMO, então quando a vontade vem nós ficamos desesperados porque queríamos que ela já não mais existisse, mas precisamos prosseguir apesar dela.

A história é ficcional, mas muitas partes dela podem contar a história da vida de todos neste fórum.

Autor: Drew (Fórum comoparar.com) dia 18 de março de 2021.

Cara que tapa na cara, amei.

Drew gosta desta mensagem

Gardenzio Angelone
Gardenzio Angelone
Mensagens : 1570
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 24
Localização : Pernambuco

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Re: Diário da minha vitória

18/3/2021, 20:55
Fala meu bom! Que texto f*da esse seu último, mano. Faz a gente refletir pra caramba.

Sucesso aí na tua caminhada Drew! Tmj!

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

[email protected]



Drew e HugoHen gostam desta mensagem

Nick
Nick
Mensagens : 251
Data de inscrição : 27/11/2020

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Re: Diário da minha vitória

18/3/2021, 21:11
Drew escreveu:São exatamente 6:02 da manhã, João se levanta de seus aposentos, não é um dia normal, não é qualquer dia, é o nonagésimo dia desde a última vez me que ele assistiu indecências online e tocou a si mesmo em busca de um prazer vil.

A partir daí, sua vida não seria mais a mesma.

Agora João se tornara uma máquina de produtividade e foi promovido no trabalho até virar CEO da empresa, as mulheres que outrora o ignoravam hoje imploram por sua atenção. Na academia ele é sempre o mais respeitado pelos homens e desejado pelas mulheres, possui uma dieta disciplinada, um porte físico invejável e pega os maiores pesos. Sua dieta é regrada e impecável para manter o bom condicionamento físico e a boa forma.

Nas redes sociais seu sucesso é visível, cada foto rende centenas de curtidas e comentários, alguns deles em inglês, espanhol, alemão e... Que língua é essa aqui? Sei lá. Pouco importa, uma vez que João fala 10 idiomas e 4 deles fluentemente, isso ajuda-o a expandir os seus negócios e aumentar o tamanho de sua empresa e de suas 2 mil filiais ao redor do mundo.

Nas férias, ele fica em dúvida se deve ir para sua mansão em Dubai ou em Paris, talvez a das Bahamas seja mais agradável neste verão...
Precisa ser um bom lugar para levar sua bela esposa e seus dois filhos.

João eliminou da sua vida a única coisa que o impedia de progredir, a PMO, e hoje ele é um homem de sucesso.

Mas espere um pouco, por que está tudo escuro?

João passa a mão sobre a mesa ao lado de sua cama à procura de seu celular, quando vê são 3:54 da madrugada, a última coisa que ele se lembra é de ter passado a noite até umas 2h acessando pornografia.

Ele vai até o banheiro, se olha no espelho e percebe que tudo aquilo foi um grande sonho, ele não era um homem bem sucedido que tinha largado a PMO, seu subconsciente estava lhe jogando aquela ideia em sonho porque era isso que ele acreditaria firmemente que conseguiria, João havia conseguido 50 dias de reboot mas não levou em consideração o fato de que é muito fácil projetar o futuro sem levar em conta as vontades que em algum momento irão surgir.

No dia anterior, João teve um péssimo trabalho, pegou um engarrafamento enorme e chegou em casa atrasado para ajeitar a TV para que seu pai assistir o jogo do seu time do coração, já que o velho não sabia mexer naquela tecnologia e já estava possuido de raiva porque a partida se encaminhava para o intervalo e tudo que ele tinha era um radinho de pilha pelo qual escutou a narração do pênalti perdido pelo craque do time 10 minutos antes. Ainda morando com o pai e lembrando sempre de como viu sua mãe definhar e morrer de câncer a não mais de 2 anos atrás, e de sua única irmã, mais nova, se tornar uma adolescente problemática, se envolvendo com drogas e bebida, algumas amizades bem ruins e algumas ideologias que no mínimo fazem mal para a cabeça, João ficava ainda mais perturbado. Após enviar uma mensagem para a irmã mandando ela vir para casa pois já estava ficando tarde e ser chamado de "macho escroto" por ela, o triste rapaz entrou em seu quarto, trancou a porta e não quis mais saber de ninguém por aquele dia.

Por algum motivo, todo o estresse do dia a dia, seu relacionamento ruim com seu pai e sua irmã e a lembrança de como perdeu sua mãe, o fizeram querer aliviar toda a tensão da única maneira que conhecia.

Uma semana antes, João tinha visitado pela última vez o fórum aonde relatava seu vício em PMO, ele compartilhava com seus amigos sobre como estava feliz de ter chegado à metade do reboot e já projetava como seria sua mudança de vida após os 90 dias.

João pagou caro por não se manter firme, toda aquela projeção fantasiosa de uma vida melhor após os 90 dias não levava em conta o percurso que ele teria que traçar para chegar até lá, é tão fácil para ele e todos os seus colegas do fórum projetar um futuro mágico porque projetar não exige esforço nenhum.

Frustrado, às 4h da madrugada de um sábado, João que havia pensado finalmente estar vivendo seu sonho, acordou e viu que ainda estava no seu pesadelo, na vida real. E o que ele fez? Ligou o notebook e ficou até umas 8h da manhã vendo as mesmas coisas que sempre aumentaram ainda mais a sua frustração. Para logo em seguida voltar a conversar com seus amigos no fórum sobre o quanto estava triste por ter recaído novamente.

Ali está João, exausto, cansado, deitado na cama ao lado do notebook com a tela inicial aberta, com o rosto um pouco húmido, são 8:57 da manhã e ele precisa prosseguir com sua rotina, não menos difícil por não ser um dia de semana, sair do quarto para se defrontar com a presença infernal de seu pai e sua irmã, que possivelmente devem estar tendo alguma discussão furiosa na mesa do café. João tem 26 anos, um diploma de administração que só serve para enfeitar a parede e que já não cumpre mais com a sua única utilidade de servir para sua mãe exibi-lo para as visitas, uma vez que a mesma já não está mais entre nós, o jovem tem uma vida inteira de frustrações e sonhos adiados, quem sabe adiados para sempre.

Talvez ele encontre nas fantasias pornográficas uma forma de tentar suprir a adolescência difícil de rejeição feminina e agressões sofridas de valentões.
O que depois de um tempo só o deixou com ainda maior complexo de inferioridade. Suas poucas experiências com mulheres reais aconteceram em banheiros de balada ou em motéis dos mais vagabundos, algumas vezes com GP.
Ele se sentia incapaz de realmente conquistar uma mulher para se casar e construir algo maior do que uma noite de orgia, uma família. A PMO o afasta ainda mais desse objetivo, prendendo-o nesse ciclo de frustração e arrependimento.
A família é algo importante para João, uma vez que apesar de tudo ele herdou de sua mãe a Fé em Jesus Cristo. João é cristão, e isso é um alento para ele, ao mesmo tempo que é um motivo de maior dor, uma vez que ele não consegue parar de cometer o mesmo pecado de sempre e se sentir culpado por isso diante do observador onisciente.

Mas João tem uma esperança, um dia alcançar os 90 dias sem PMO e se tornar um novo homem, mas a grande pergunta que João ainda não se faz é: "O meu maior problema é a PMO?"

Hoje nós podemos estar usando a PMO como uma muleta, uma desculpa para não progredir, uma justificativa que sempre nos deixa preso num looping infinito de buscar essa vida melhor que nunca chega, pois é sempre adiada por mais uma queda antes dos 90 dias. Nós devemos sim eliminar esse mal de nossas vidas, assim como devemos tentar crescer e evoluir apesar dele e não esperando o futuro mágico no qual tudo será diferente.

O problema de planejar o futuro mágico é que não levamos em conta o esforço que teremos que fazer, e também não levamos em conta que mesmo ao chegar aos 90 dias nós não temos garantia de não recair de novo.

Acho que imaginamos uma vida na qual não sofreremos mais nenhuma tentação e viveremos numa boa sem a PMO, então quando a vontade vem nós ficamos desesperados porque queríamos que ela já não mais existisse, mas precisamos prosseguir apesar dela.

A história é ficcional, mas muitas partes dela podem contar a história da vida de todos neste fórum.

Autor: Drew (Fórum comoparar.com) dia 18 de março de 2021.

Parabéns pelo texto Drew, realmente me fez refletir.

Você é muito inteligente

continue prosseguindo apesar da PMO, uma hora você chega lá

_______________________________________
Meu diário

Drew gosta desta mensagem

Drew
Drew
Mensagens : 888
Data de inscrição : 09/08/2020
Idade : 24
Localização : Brooklyn 1986

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Re: Diário da minha vitória

20/3/2021, 10:56
Olá amigos.
Que bom que gostaram do texto.

Ontem eu ia escrever mas acabei refletindo um pouco enquanto escrevia e vi que não fazia sentido a perspectiva que eu estava tendo.

A minha sensação era de que eu estava vivendo sem um propósito, nós precisamos de uma motivação para nós levantar de manhã, uma noção clara do que vamos fazer e de como vamos evoluir durante o dia, o ser humano precisa de uma narrativa para o seu dia e que essa narrativa se complete todas as noites, uma vida com sentido e com propósito.

Sem trabalhar, sem ter mais uma faculdade, sem vida social, sem nem sair de casa, sem a academia, sem propósitos maiores para construir, eu estava me sentindo um verdadeiro nada.
O ser humano não suporta o tédio, ele está aqui para a ação.

Ontem quando eu me dei conta de que o que estava me faltando era uma narrativa para me entreter, eu comecei a ver séries, isso me aliviou um pouco.

Talvez foi nessa vibe de precisar de uma narrativa que eu criei a história que eu postei essa semana.

No entanto eu comecei a ver que mesmo ficando em casa eu estava sim trabalhando por alguns propósitos, mesmo que esses não parecessem nada agora. É como se eu estivesse num casulo me preparando para quando eu finalmente sair lá fora de novo para encarar a vida.

Os parasitas do estado nos prendem em casa com a justificativa de nos manter seguros, isso está gerando mais problemas do que soluções. Porém, o melhor a se fazer é dar um jeito de tirar um bem disso, de evoluirmos.

Eu farei 25 anos em breve, a vida adulta já bateu na porta faz tempo e eu acho que a deixei esperando lá fora, preciso construir algo e não ter construído me mantém frustrado.

Vamos em frente galera.

_______________________________________
Não acabou

Gardenzio Angelone gosta desta mensagem

Kaneki
Kaneki
Mensagens : 870
Data de inscrição : 27/10/2015
Idade : 25
Localização : MG

Diário da minha vitória - Página 26 Empty olá

20/3/2021, 19:03
otimo texto, realmente temos que ser feliz com o agora e com oq temos, espero que consiga engatar no reboot abraços.

_______________________________________


MINHA HISTÓRIA DE SUCESSO: https://www.comoparar.com/t11429-finalmente-a-vitoria#326635
MEU DIÁRIO: https://www.comoparar.com/t1813p375-diario-do-kaneki#317713

Gardenzio Angelone gosta desta mensagem

Gardenzio Angelone
Gardenzio Angelone
Mensagens : 1570
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 24
Localização : Pernambuco

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Re: Diário da minha vitória

21/3/2021, 10:48
Fala meu nobre Drew!

Mano, compartilho contigo aos teus mesmos anseios. Curioso que às vezes pensamos estar sozinhos ou sermos os únicos nessas condições, mas na verdade não.

Cara, a sua reflexão é muito pertinente. De fato mano, ter um propósito na vida é algo muito importante. Eu mesmo me peguei perguntando: "e qual é meu propósito?". E eu também não saberia dizer hoje. Mas vejo também que o desejo em ter esse propósito é o primeiro passo para nós termos esse entendimento.

Vamo que vamo, mano. Tenho certeza que obterás tua vitória. Tmj!

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

[email protected]



Drew
Drew
Mensagens : 888
Data de inscrição : 09/08/2020
Idade : 24
Localização : Brooklyn 1986

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Re: Diário da minha vitória

21/3/2021, 19:24
Kaneki escreveu:otimo texto, realmente temos que ser feliz com o agora e com oq temos, espero que consiga engatar no reboot abraços.

Tmj!!

Gardenzio Angelone escreveu:Fala meu nobre Drew!

Mano, compartilho contigo aos teus mesmos anseios. Curioso que às vezes pensamos estar sozinhos ou sermos os únicos nessas condições, mas na verdade não.

Cara, a sua reflexão é muito pertinente. De fato mano, ter um propósito na vida é algo muito importante. Eu mesmo me peguei perguntando: "e qual é meu propósito?". E eu também não saberia dizer hoje. Mas vejo também que o desejo em ter esse propósito é o primeiro passo para nós termos esse entendimento.

Vamo que vamo, mano. Tenho certeza que obterás tua vitória. Tmj!

Por isso é bom estarmos aqui em comunidade.
Vlw.

_______________________________________
Não acabou

Kaneki e Gardenzio Angelone gostam desta mensagem

Drew
Drew
Mensagens : 888
Data de inscrição : 09/08/2020
Idade : 24
Localização : Brooklyn 1986

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Re: Diário da minha vitória

22/3/2021, 20:11
Nada de muito novo, só os mesmos impulsos e tentações de sempre, esses primeiros dias são mais do mesmo, quero muito conseguir uma sequência boa vou seguir uma meta de cada vez.
Tmj amigos!

_______________________________________
Não acabou

Kaneki, Gardenzio Angelone e Berislav gostam desta mensagem

Lima Gomes
Lima Gomes
Mensagens : 622
Data de inscrição : 19/07/2020

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Re: Diário da minha vitória

22/3/2021, 21:43
Boa Drew ! Continue focado e determinado que vc irá conseguir irmão ! Uma coisa que li e faz todo sentido é que, precisamos desconstruir a P como prazer em nossa mente, assim, a luta se tornará mais fácil.

Esteja sempre com a mente ocupada, praticando atividades de religação, vc é capaz !

Forte abraço !

_______________________________________
Meu diário:
https://www.comoparar.com/t10805-diario-de-conquista




"Ele fortalece o cansado e da grande vigor ao que está sem forças. " Sl 40,29

Drew gosta desta mensagem

avatar
Berislav
Mensagens : 58
Data de inscrição : 04/03/2021

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Re: Diário da minha vitória

22/3/2021, 21:45
Drew escreveu:São exatamente 6:02 da manhã, João se levanta de seus aposentos, não é um dia normal, não é qualquer dia, é o nonagésimo dia desde a última vez me que ele assistiu indecências online e tocou a si mesmo em busca de um prazer vil.

A partir daí, sua vida não seria mais a mesma.

Agora João se tornara uma máquina de produtividade e foi promovido no trabalho até virar CEO da empresa, as mulheres que outrora o ignoravam hoje imploram por sua atenção. Na academia ele é sempre o mais respeitado pelos homens e desejado pelas mulheres, possui uma dieta disciplinada, um porte físico invejável e pega os maiores pesos. Sua dieta é regrada e impecável para manter o bom condicionamento físico e a boa forma.

Nas redes sociais seu sucesso é visível, cada foto rende centenas de curtidas e comentários, alguns deles em inglês, espanhol, alemão e... Que língua é essa aqui? Sei lá. Pouco importa, uma vez que João fala 10 idiomas e 4 deles fluentemente, isso ajuda-o a expandir os seus negócios e aumentar o tamanho de sua empresa e de suas 2 mil filiais ao redor do mundo.

Nas férias, ele fica em dúvida se deve ir para sua mansão em Dubai ou em Paris, talvez a das Bahamas seja mais agradável neste verão...
Precisa ser um bom lugar para levar sua bela esposa e seus dois filhos.

João eliminou da sua vida a única coisa que o impedia de progredir, a PMO, e hoje ele é um homem de sucesso.

Mas espere um pouco, por que está tudo escuro?

João passa a mão sobre a mesa ao lado de sua cama à procura de seu celular, quando vê são 3:54 da madrugada, a última coisa que ele se lembra é de ter passado a noite até umas 2h acessando pornografia.

Ele vai até o banheiro, se olha no espelho e percebe que tudo aquilo foi um grande sonho, ele não era um homem bem sucedido que tinha largado a PMO, seu subconsciente estava lhe jogando aquela ideia em sonho porque era isso que ele acreditaria firmemente que conseguiria, João havia conseguido 50 dias de reboot mas não levou em consideração o fato de que é muito fácil projetar o futuro sem levar em conta as vontades que em algum momento irão surgir.

No dia anterior, João teve um péssimo trabalho, pegou um engarrafamento enorme e chegou em casa atrasado para ajeitar a TV para que seu pai assistir o jogo do seu time do coração, já que o velho não sabia mexer naquela tecnologia e já estava possuido de raiva porque a partida se encaminhava para o intervalo e tudo que ele tinha era um radinho de pilha pelo qual escutou a narração do pênalti perdido pelo craque do time 10 minutos antes. Ainda morando com o pai e lembrando sempre de como viu sua mãe definhar e morrer de câncer a não mais de 2 anos atrás, e de sua única irmã, mais nova, se tornar uma adolescente problemática, se envolvendo com drogas e bebida, algumas amizades bem ruins e algumas ideologias que no mínimo fazem mal para a cabeça, João ficava ainda mais perturbado. Após enviar uma mensagem para a irmã mandando ela vir para casa pois já estava ficando tarde e ser chamado de "macho escroto" por ela, o triste rapaz entrou em seu quarto, trancou a porta e não quis mais saber de ninguém por aquele dia.

Por algum motivo, todo o estresse do dia a dia, seu relacionamento ruim com seu pai e sua irmã e a lembrança de como perdeu sua mãe, o fizeram querer aliviar toda a tensão da única maneira que conhecia.

Uma semana antes, João tinha visitado pela última vez o fórum aonde relatava seu vício em PMO, ele compartilhava com seus amigos sobre como estava feliz de ter chegado à metade do reboot e já projetava como seria sua mudança de vida após os 90 dias.

João pagou caro por não se manter firme, toda aquela projeção fantasiosa de uma vida melhor após os 90 dias não levava em conta o percurso que ele teria que traçar para chegar até lá, é tão fácil para ele e todos os seus colegas do fórum projetar um futuro mágico porque projetar não exige esforço nenhum.

Frustrado, às 4h da madrugada de um sábado, João que havia pensado finalmente estar vivendo seu sonho, acordou e viu que ainda estava no seu pesadelo, na vida real. E o que ele fez? Ligou o notebook e ficou até umas 8h da manhã vendo as mesmas coisas que sempre aumentaram ainda mais a sua frustração. Para logo em seguida voltar a conversar com seus amigos no fórum sobre o quanto estava triste por ter recaído novamente.

Ali está João, exausto, cansado, deitado na cama ao lado do notebook com a tela inicial aberta, com o rosto um pouco húmido, são 8:57 da manhã e ele precisa prosseguir com sua rotina, não menos difícil por não ser um dia de semana, sair do quarto para se defrontar com a presença infernal de seu pai e sua irmã, que possivelmente devem estar tendo alguma discussão furiosa na mesa do café. João tem 26 anos, um diploma de administração que só serve para enfeitar a parede e que já não cumpre mais com a sua única utilidade de servir para sua mãe exibi-lo para as visitas, uma vez que a mesma já não está mais entre nós, o jovem tem uma vida inteira de frustrações e sonhos adiados, quem sabe adiados para sempre.

Talvez ele encontre nas fantasias pornográficas uma forma de tentar suprir a adolescência difícil de rejeição feminina e agressões sofridas de valentões.
O que depois de um tempo só o deixou com ainda maior complexo de inferioridade. Suas poucas experiências com mulheres reais aconteceram em banheiros de balada ou em motéis dos mais vagabundos, algumas vezes com GP.
Ele se sentia incapaz de realmente conquistar uma mulher para se casar e construir algo maior do que uma noite de orgia, uma família. A PMO o afasta ainda mais desse objetivo, prendendo-o nesse ciclo de frustração e arrependimento.
A família é algo importante para João, uma vez que apesar de tudo ele herdou de sua mãe a Fé em Jesus Cristo. João é cristão, e isso é um alento para ele, ao mesmo tempo que é um motivo de maior dor, uma vez que ele não consegue parar de cometer o mesmo pecado de sempre e se sentir culpado por isso diante do observador onisciente.

Mas João tem uma esperança, um dia alcançar os 90 dias sem PMO e se tornar um novo homem, mas a grande pergunta que João ainda não se faz é: "O meu maior problema é a PMO?"

Hoje nós podemos estar usando a PMO como uma muleta, uma desculpa para não progredir, uma justificativa que sempre nos deixa preso num looping infinito de buscar essa vida melhor que nunca chega, pois é sempre adiada por mais uma queda antes dos 90 dias. Nós devemos sim eliminar esse mal de nossas vidas, assim como devemos tentar crescer e evoluir apesar dele e não esperando o futuro mágico no qual tudo será diferente.

O problema de planejar o futuro mágico é que não levamos em conta o esforço que teremos que fazer, e também não levamos em conta que mesmo ao chegar aos 90 dias nós não temos garantia de não recair de novo.

Acho que imaginamos uma vida na qual não sofreremos mais nenhuma tentação e viveremos numa boa sem a PMO, então quando a vontade vem nós ficamos desesperados porque queríamos que ela já não mais existisse, mas precisamos prosseguir apesar dela.

A história é ficcional, mas muitas partes dela podem contar a história da vida de todos neste fórum.

Autor: Drew (Fórum comoparar.com) dia 18 de março de 2021.

Sensacional!
É isso aí mesmo.

Abraços.

_______________________________________
Meu diário:
https://www.comoparar.com/t11618-diario-de-berislav



☑️ 5 DIAS
( ) 16 DIAS
( ) 20 DIAS
( ) 30 DIAS
( ) 40 DIAS
( ) 50 DIAS
( ) 60 DIAS
( ) 70 DIAS
( ) 80 DIAS
( ) 90 DIAS

Drew gosta desta mensagem

Kaneki
Kaneki
Mensagens : 870
Data de inscrição : 27/10/2015
Idade : 25
Localização : MG

Diário da minha vitória - Página 26 Empty ola

23/3/2021, 07:39
Drew escreveu:Nada de muito novo, só os mesmos impulsos e tentações de sempre, esses primeiros dias são mais do mesmo, quero muito conseguir uma sequência boa vou seguir uma meta de cada vez.
Tmj amigos!
Ah, se tu continuar firme a cada dia vai ficando mais fácil, espero que consiga alcançar a vitoria abçs.

_______________________________________


MINHA HISTÓRIA DE SUCESSO: https://www.comoparar.com/t11429-finalmente-a-vitoria#326635
MEU DIÁRIO: https://www.comoparar.com/t1813p375-diario-do-kaneki#317713

Drew gosta desta mensagem

Gardenzio Angelone
Gardenzio Angelone
Mensagens : 1570
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 24
Localização : Pernambuco

Diário da minha vitória - Página 26 Empty Re: Diário da minha vitória

23/3/2021, 07:53
Boa meu querido. Vamo que vamo nessa bagaça. Forco, força e fé.

Abraço!

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

[email protected]



Drew gosta desta mensagem

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum