Ir em baixo
Kaio Joannes
Kaio Joannes
Mensagens : 50
Data de inscrição : 14/08/2020
Idade : 20
Localização : Goiás

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 14/8/2020, 06:55
Aopa, everyone! Me chamo Kaio, tenho 20 anos e estou pela primeira vez aqui no fórum como participante ativo. Acredito que a criação de um diário e a interação será de muita valia e algo de substancial que faltava, para obter êxito no Reboot.

•Brevemente minha história com a pornografia e as desordens libidinosas no geral:
Desde criança eu tive contato com situações relacionadas ao sexo, seja através de presenciar mais velhos, imagens e vídeos pornográficos esporádicos, etc. Acredito que esse ambiente erotizado que vivi, contribuiu fortemente para me condicionar posteriormente ao vício do prazer libidinoso, sendo PMO os mais expressivos e duradouros desdobramentos. A partir da idade de 11, passei a consumir de modo diário material pornográfico (com raras exceções, acredito eu, para os dias que não tinha contato). Como fui da primeira geração a crescer com a internet banda larga, vocês podem imaginar o quão arraigado se tornou a P em mim, especialmente por passar TODA a adolescência em contato com essas misérias. A alteração cerebral (devido a neuroplasticidade), psicológica e espiritual em quem cresce no contexto da internet banda larga buscando estímulos virtuais diários e gigantesca, transformando-nos em pessoas enfermas, em todos os níveis de nossa humanidade. Fui tomando consciência da gravidade do vício aos poucos, começando a partir de 2016, não raro atrelado ao contexto da minha conversão ao catolicismo. Porém, de lá para cá foram muitas lutas e derrotas, períodos de desistência, retomadas, soerguimentos e posteriores novas quedas. Meu vício trouxe danos incalculáveis para minha vida, em todos os âmbitos, cujas dimensões não consigo nem mesmo abarcá-las. Alguns deles são: o afastamento de uma pessoa muito cara a mim e, todos os danos que isso acarretou; decisões precipitadas; fobia social; ansiedade de várias coisas; aprofundamento de meu TDAH; viver em desacordo com meus princípios morais e religiosos. A vergonha, o cansaço e a improdutividade sempre me acompanham, nesses caminhos tortuosos do vício.

•Agora, depois de inúmeras tentativas, recomeço novamente minha batalha para quebrar os grilhões que me aprisionam, com o fórum e a participação ativa nele como um dos principais fatores novos, que, como disse, tenho a convicção de ser uma aquisição de grande valia. Postarei neste espaço minhas vivências e impressões no decorrer dos dias. Espero formar amizades aqui, em um ambiente privilegiado para tal, pois temos um interesse tão nobre em comum. Abraços!

Harvey Spectter, Felipe33, Monspiet, Drew, Sor M Constantine e uchihabeto gostam desta mensagem

Rudolf Hansen
Rudolf Hansen
Mensagens : 210
Data de inscrição : 05/06/2020

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 14/8/2020, 07:32
Eae Kaio, seja bem vindo ao fórum. Que bom que tenha tomado essa iniciativa de criar um diário porque é muito importante falar, guardando para si ou tentando resolver sozinho é mais difícil. Lendo aqui sua história e me identifiquei bastante, também tive contatos com isso na infância, comecei a acessar P muito novo e trouxe vários prejuízos para mim como ansiedade, fobia social. Passei a adolescência toda vendo isso e algumas coisas da P eu tomei como verdade quando na real esse mundo é fictício e foge da realidade, esta última que é a melhor de todas. Desejo boa sorte na tua caminhada e sempre que puder atualize seu diário.
Abraços e fica com deus!

Kaio Joannes gosta desta mensagem

Harvey Spectter
Harvey Spectter
Moderador
Moderador
Mensagens : 1227
Data de inscrição : 23/10/2019
Localização : New York

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 14/8/2020, 08:58
Saudações, Kaio. Seja bem-vindo ao Fórum “Vício em Pornografia, Como Parar?”. Aqui, ao mesmo tempo em que construímos um novo caminho por meio da reversão do vício, também construímos uma família. Por isso, desejamos que você se sinta bem entre nós, ao mesmo tempo que encontre oportunidades e condições para aprender e crescer.

Se me permite, te sugiro que mude o seu nick e a sua foto, se essa for a sua real identidade, pois aqui no Fórum quanto mais anônimo melhor, pois assim você poderá colocar pra fora todas as suas angustias e batalhas contra a PMO, sem medo de que isso te traga consequências no futuro. Pois bem, como sabemos a PMO ainda não é tão debatida na sociedade, e ainda há muitos entraves quando se trata disso.

Confira algumas orientações, caso já esteja adotando algumas delas, parabéns!

  • Conheça a legislação do Fórum: Regras de Participação, Orientações Básicas e Proibições.

  • Veja como gerenciar seu diário em Como criar um diário no Fórum.

  • Conheça o Guia Introdutório e aprenda o básico sobre o processo de reversão do vício ou adquira o Curso Online Programa Revert (Super Recomendado) para ter acesso a informações mais completas.

  • Confira o arsenal tecnológico para te auxiliar na proteção contra o vício: Configuração do Clean Browsing; Bloqueamento via Hosts; Inter App Control Pro (Pago); Blok Supreme (Pago); Download do Qustodio (A versão gratuita já é suficiente). Para maiores informações e/ou encontrar outras opções acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Conheça os navegadores (para smartphone) que já vem com proteção contra o vício e escolha um: Spin, Kids Safe Browser (Pago) e Mobicip. Instale o NetAngel para bloquear a pornografia em seu smartphone, bem como o AppLock que pode ser utilizado para bloquear o serviço de distribuição de aplicativos, as configurações do smarthpone, dentre outras coisas. Para maiores informações e/ou encontrar outras opções para Android, iOS ou Windows Phone acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Dica: Cadastre um e-mail temporário descartável em seus softwares, pois, assim, você evita uma possível recuperação da senha. Utilize também um método de ocultação de senha, para evitar que você desative os bloqueadores em um momento de fissura. Acesse: Método para esconder a senha.

  • Instale um contador de dias: Tutorial Contador de Dias, para te situar em sua jornada.

    Avalie também a necessidade de abandono de outros vícios que podem de alguma forma te atrapalhar no processo, como masturbação, álcool, outras drogas lícitas e ilícitas, games, comidas e outros.

  • Priorize as atividades de religação, tais como: socialização, trabalho voluntário, trabalho manual prazeroso, leitura de livros, mindfulness, meditação, yoga, musculação, natação, ciclismo, pilates, hidroginástica, crossfit, boxe, lutas diversas, dança, caminhada, corrida, zumba, voleibol, futebol e muitas outras. Não foque muito em quantidade, mas na qualidade.

  • Não desperdice o seu tempo em redes sociais, pois muitas delas atuam como verdadeiras "playboys digitais", tais como: facebook, instagram, twitter, pinterest e outras. Evite também a navegação a esmo.

  • Não abandone o fórum, atualize constantemente o seu diário. Certifique-se de ter relatado toda a sua história de envolvimento com a PMO, para que, assim, possamos ajudá-lo(a) da melhor forma. Iremos empenhar todos os nossos esforços para te assistir, e sempre que puder ajude outros aqui também.


Sinta-se abraçado pelo Harv.

_______________________________________


Acesse o meu diário.

Uma jornada de mil milhas começa com um único passo.

Todo prazer vem associado a uma dor. O verdadeiro prazer é aquele no qual a dor vem antes.

Cure o garoto e o homem aparecerá.

Kaio Joannes gosta desta mensagem

avatar
Felipe33
Mensagens : 268
Data de inscrição : 06/01/2020
Idade : 33

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 14/8/2020, 09:03
kaio_ribeiro escreveu:Aopa, everyone! Me chamo Kaio, tenho 20 anos e estou pela primeira vez aqui no fórum como participante ativo. Acredito que a criação de um diário e a interação será de muita valia e algo de substancial que faltava, para obter êxito no Reboot.

•Brevemente minha história com a pornografia e as desordens libidinosas no geral:
Desde criança eu tive contato com situações relacionadas ao sexo, seja através de presenciar mais velhos, imagens e vídeos pornográficos esporádicos, etc. Acredito que esse ambiente erotizado que vivi, contribuiu fortemente para me condicionar posteriormente ao vício do prazer libidinoso, sendo PMO os mais expressivos e duradouros desdobramentos. A partir da idade de 11, passei a consumir de modo diário material pornográfico (com raras exceções, acredito eu, para os dias que não tinha contato). Como fui da primeira geração a crescer com a internet banda larga, vocês podem imaginar o quão arraigado se tornou a P em mim, especialmente por passar TODA a adolescência em contato com essas misérias. A alteração cerebral (devido a neuroplasticidade), psicológica e espiritual em quem cresce no contexto da internet banda larga buscando estímulos virtuais diários e gigantesca, transformando-nos em pessoas enfermas, em todos os níveis de nossa humanidade. Fui tomando consciência da gravidade do vício aos poucos, começando a partir de 2016, não raro atrelado ao contexto da minha conversão ao catolicismo. Porém, de lá para cá foram muitas lutas e derrotas, períodos de desistência, retomadas, soerguimentos e posteriores novas quedas. Meu vício trouxe danos incalculáveis para minha vida, em todos os âmbitos, cujas dimensões não consigo nem mesmo abarcá-las. Alguns deles são: o afastamento de uma pessoa muito cara a mim e, todos os danos que isso acarretou; decisões precipitadas; fobia social; ansiedade de várias coisas; aprofundamento de meu TDAH; viver em desacordo com meus princípios morais e religiosos. A vergonha, o cansaço e a improdutividade sempre me acompanham, nesses caminhos tortuosos do vício.

•Agora, depois de inúmeras tentativas, recomeço novamente minha batalha para quebrar os grilhões que me aprisionam, com o fórum e a participação ativa nele como um dos principais fatores novos, que, como disse, tenho a convicção de ser uma aquisição de grande valia. Postarei neste espaço minhas vivências e impressões no decorrer dos dias. Espero formar amizades aqui, em um ambiente privilegiado para tal, pois temos um interesse tão nobre em comum. Abraços!


Melhor decisão mano, to aqui na torcida por vc fera, realmente isso destrói, no início é só uma busca pelo desejo, o autoconhecimento, mas só depois entendenos os malefícios que isso traz a todos nós. Mas fera vai fundo que o caminho é esse. Desejo boa sorte em seu reboot e tmj fera 👊🏼

Kaio Joannes gosta desta mensagem

Kaio Joannes
Kaio Joannes
Mensagens : 50
Data de inscrição : 14/08/2020
Idade : 20
Localização : Goiás

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 14/8/2020, 09:25
Rudolf Hansen escreveu:Eae Kaio, seja bem vindo ao fórum. Que bom que tenha tomado essa iniciativa de criar um diário porque é muito importante falar, guardando para si ou tentando resolver sozinho é mais difícil. Lendo aqui sua história e me identifiquei bastante, também tive contatos com isso na infância, comecei a acessar P muito novo e trouxe vários prejuízos para mim como ansiedade, fobia social. Passei a adolescência toda vendo isso e algumas coisas da P eu tomei como verdade quando na real esse mundo é fictício e foge da realidade, esta última que é a melhor de todas. Desejo boa sorte na tua caminhada e sempre que puder atualize seu diário.
Abraços e fica com deus!

Valeu pelo apoio, brother. O que vc disse é verdade, a P altera nossa visão da realidade, a gente tenta encaixar o real aos nossos moldes deturpados das fantasias, quando na verdade é nossa mente que tem que se adequar à realidade.

Rudolf Hansen gosta desta mensagem

Kaio Joannes
Kaio Joannes
Mensagens : 50
Data de inscrição : 14/08/2020
Idade : 20
Localização : Goiás

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 14/8/2020, 09:30
Felipe33 escreveu:


Melhor decisão mano, to aqui na torcida por vc fera, realmente isso destrói, no início é só uma busca pelo desejo, o autoconhecimento, mas só depois entendenos os malefícios que isso traz a todos nós. Mas fera vai fundo que o caminho é esse. Desejo boa sorte em seu reboot e tmj fera 👊🏼

Obrigado, mano! O apoio da comunidade sempre nos dá mais forças.

Felipe33 gosta desta mensagem

Drew
Drew
Mensagens : 269
Data de inscrição : 09/08/2020
Idade : 24
Localização : Brooklyn 1986 [email protected]

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 15/8/2020, 14:45
Iae bro!
Tenha certeza que o reboot vai te ajudar a resolver esse e muitos problemas.
Esse hábito maldito nos destrói completamente em todas as áreas da vida.
Flw bro, força.
Tmj!

_______________________________________
Maior recorde: 43 dias
Meu diário: https://www.comoparar.com/t10897-diario-da-minha-vitoria

Rudolf Hansen e Kaio Joannes gostam desta mensagem

avatar
Monspiet
Mensagens : 68
Data de inscrição : 03/08/2020

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 15/8/2020, 15:50
Kaio Joannes escreveu:Aopa, everyone! Me chamo Kaio, tenho 20 anos e estou pela primeira vez aqui no fórum como participante ativo. Acredito que a criação de um diário e a interação será de muita valia e algo de substancial que faltava, para obter êxito no Reboot.

•Brevemente minha história com a pornografia e as desordens libidinosas no geral:
Desde criança eu tive contato com situações relacionadas ao sexo, seja através de presenciar mais velhos, imagens e vídeos pornográficos esporádicos, etc. Acredito que esse ambiente erotizado que vivi, contribuiu fortemente para me condicionar posteriormente ao vício do prazer libidinoso, sendo PMO os mais expressivos e duradouros desdobramentos. A partir da idade de 11, passei a consumir de modo diário material pornográfico (com raras exceções, acredito eu, para os dias que não tinha contato). Como fui da primeira geração a crescer com a internet banda larga, vocês podem imaginar o quão arraigado se tornou a P em mim, especialmente por passar TODA a adolescência em contato com essas misérias. A alteração cerebral (devido a neuroplasticidade), psicológica e espiritual em quem cresce no contexto da internet banda larga buscando estímulos virtuais diários e gigantesca, transformando-nos em pessoas enfermas, em todos os níveis de nossa humanidade. Fui tomando consciência da gravidade do vício aos poucos, começando a partir de 2016, não raro atrelado ao contexto da minha conversão ao catolicismo. Porém, de lá para cá foram muitas lutas e derrotas, períodos de desistência, retomadas, soerguimentos e posteriores novas quedas. Meu vício trouxe danos incalculáveis para minha vida, em todos os âmbitos, cujas dimensões não consigo nem mesmo abarcá-las. Alguns deles são: o afastamento de uma pessoa muito cara a mim e, todos os danos que isso acarretou; decisões precipitadas; fobia social; ansiedade de várias coisas; aprofundamento de meu TDAH; viver em desacordo com meus princípios morais e religiosos. A vergonha, o cansaço e a improdutividade sempre me acompanham, nesses caminhos tortuosos do vício.

•Agora, depois de inúmeras tentativas, recomeço novamente minha batalha para quebrar os grilhões que me aprisionam, com o fórum e a participação ativa nele como um dos principais fatores novos, que, como disse, tenho a convicção de ser uma aquisição de grande valia. Postarei neste espaço minhas vivências e impressões no decorrer dos dias. Espero formar amizades aqui, em um ambiente privilegiado para tal, pois temos um interesse tão nobre em comum. Abraços!

Cara sei bem como é esse conflito moral, sou cristão desde sempre e por muito tempo tentei ganhar essa batalha sozinho não consegui, as vezes que obtive sucesso foram quando confessei para minha namorada (agora minha esposa) e minha mãe, elas me ajudaram muito, mas quando cai novamente não tive coragem para falar com elas, fiquei muito envergonhado, agora sei o quão importante confessa a tentação é e criei meu diário aqui. Força ai man, nós todos vamos conseguir vencer essa guerra

_______________________________________
Começo da jornada: Vencendo a preguiça e começando direito
Meu diário:Terceira tentativa com mais vergonha na cara - 30 dias de diário
Primeira Tentativa(9 dias): Compromissado em vencer - 30 Dias de Diário

Segunda tentativa (11dias:) Compromissado em vencer pela 2ª vez - 30 Dias de diário

Rudolf Hansen e Kaio Joannes gostam desta mensagem

Kaio Joannes
Kaio Joannes
Mensagens : 50
Data de inscrição : 14/08/2020
Idade : 20
Localização : Goiás

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 18/8/2020, 09:42
Monspiet escreveu:

Cara sei bem como é esse conflito moral, sou cristão desde sempre e por muito tempo tentei ganhar essa batalha sozinho não consegui, as vezes que obtive sucesso foram quando confessei para minha namorada (agora minha esposa) e minha mãe, elas me ajudaram muito, mas quando cai novamente não tive coragem para falar com elas, fiquei muito envergonhado, agora sei o quão importante confessa a tentação é e criei meu diário aqui. Força ai man, nós todos vamos conseguir vencer essa guerra

Olá, Monspiet! Então, eu também na época havia contado para minha ex namorada e, mais recentemente, para minha mãe. A vergonha de se abrir é bastante. Mas aqui em casa, ao ter deixado minha mãe a par da situação na época, fica mais fácil implantar medidas de bloqueio (como no meu caso, por exemplo, que eu deixo o controle da SmarTv no quarto da minha mãe na hora que ela vai dormir e peço para ela trancar a porta).

Monspiet gosta desta mensagem

avatar
Monspiet
Mensagens : 68
Data de inscrição : 03/08/2020

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 18/8/2020, 13:18
Kaio Joannes escreveu:
Monspiet escreveu:

    Cara sei bem como é esse conflito moral, sou cristão desde sempre e por muito tempo tentei ganhar essa batalha sozinho não consegui, as vezes que obtive sucesso foram quando confessei para minha namorada (agora minha esposa) e minha mãe, elas me ajudaram muito, mas quando cai novamente não tive coragem para falar com elas, fiquei muito envergonhado, agora sei o quão importante confessa a tentação é e criei meu diário aqui. Força ai man, nós todos vamos conseguir vencer essa guerra

Olá, Monspiet! Então, eu também na época havia contado para minha ex namorada e, mais recentemente, para minha mãe. A vergonha de se abrir é bastante. Mas aqui em casa, ao ter deixado minha mãe a par da situação na época, fica mais fácil implantar medidas de bloqueio (como no meu caso, por exemplo, que eu deixo o controle da SmarTv no quarto da minha mãe na hora que ela vai dormir e peço para ela trancar a porta).


Contar para elas foi muito benéficoo, mas quando cai tive vergonha pelo fato de poder parecer que não estava levando a sério, não sabia se elas iriam entender que era difícil ou era apenas frescura minha. Então não falei mais.Mas com certeza confessar ajuda demais, hoje o fórum é um substituto para minha confissão com elas

_______________________________________
Começo da jornada: Vencendo a preguiça e começando direito
Meu diário:Terceira tentativa com mais vergonha na cara - 30 dias de diário
Primeira Tentativa(9 dias): Compromissado em vencer - 30 Dias de Diário

Segunda tentativa (11dias:) Compromissado em vencer pela 2ª vez - 30 Dias de diário

Kaio Joannes gosta desta mensagem

Sor M Constantine
Sor M Constantine
Mensagens : 17
Data de inscrição : 18/08/2020

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 18/8/2020, 16:53
Saudações Kaio. Seja bem-vindo. Também sou novo aqui, e me identifiquei um pouco com sua história. Também tenho uma história antiga com a pornografia, iniciando mais ou menos na mesma idade que você. Hoje, com 20 anos, sinto praticamente os mesmos efeitos... TDAH (induzido - não clínico), Fobia social, TAG (transtorno de ansiedade generalizada), não consigo ser produtivo em minhas tarefas, e me sinto totalmente angustiado em relação aos meus débitos com meus preceitos morais e religiosos (sou protestante). Além disso, me compadeço com a perda da pessoa cara para você, sinto que estou à beira do mesmo... Por isso decidi tomar uma atitude realmente ativa em relação a isso. Também comecei hoje meu diário. Te desejo força guerreiro, que Deus nos guie.


Abraços.
Barão Vermelho
Barão Vermelho
Mensagens : 286
Data de inscrição : 15/07/2017

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 18/8/2020, 20:28
Kaio Joannes escreveu:Aopa, everyone! Me chamo Kaio, tenho 20 anos e estou pela primeira vez aqui no fórum como participante ativo. Acredito que a criação de um diário e a interação será de muita valia e algo de substancial que faltava, para obter êxito no Reboot.

•Brevemente minha história com a pornografia e as desordens libidinosas no geral:
Desde criança eu tive contato com situações relacionadas ao sexo, seja através de presenciar mais velhos, imagens e vídeos pornográficos esporádicos, etc. Acredito que esse ambiente erotizado que vivi, contribuiu fortemente para me condicionar posteriormente ao vício do prazer libidinoso, sendo PMO os mais expressivos e duradouros desdobramentos. A partir da idade de 11, passei a consumir de modo diário material pornográfico (com raras exceções, acredito eu, para os dias que não tinha contato). Como fui da primeira geração a crescer com a internet banda larga, vocês podem imaginar o quão arraigado se tornou a P em mim, especialmente por passar TODA a adolescência em contato com essas misérias. A alteração cerebral (devido a neuroplasticidade), psicológica e espiritual em quem cresce no contexto da internet banda larga buscando estímulos virtuais diários e gigantesca, transformando-nos em pessoas enfermas, em todos os níveis de nossa humanidade. Fui tomando consciência da gravidade do vício aos poucos, começando a partir de 2016, não raro atrelado ao contexto da minha conversão ao catolicismo. Porém, de lá para cá foram muitas lutas e derrotas, períodos de desistência, retomadas, soerguimentos e posteriores novas quedas. Meu vício trouxe danos incalculáveis para minha vida, em todos os âmbitos, cujas dimensões não consigo nem mesmo abarcá-las. Alguns deles são: o afastamento de uma pessoa muito cara a mim e, todos os danos que isso acarretou; decisões precipitadas; fobia social; ansiedade de várias coisas; aprofundamento de meu TDAH; viver em desacordo com meus princípios morais e religiosos. A vergonha, o cansaço e a improdutividade sempre me acompanham, nesses caminhos tortuosos do vício.

•Agora, depois de inúmeras tentativas, recomeço novamente minha batalha para quebrar os grilhões que me aprisionam, com o fórum e a participação ativa nele como um dos principais fatores novos, que, como disse, tenho a convicção de ser uma aquisição de grande valia. Postarei neste espaço minhas vivências e impressões no decorrer dos dias. Espero formar amizades aqui, em um ambiente privilegiado para tal, pois temos um interesse tão nobre em comum. Abraços!

Olá Kaio.

Sua história resume minha vida, me identifiquei demais... Também comecei cedo, e também tive danos irreparáveis, e principalmente, decisões precipitadas.

Saiba que estou contigo nesta caminhada, abraços, vamos vencer esse mal.

_______________________________________


"I am gonna show you how great I am"
- Muhammad Ali

Meu diário -> https://www.comoparar.com/t10878-recomeco

trofeu14.pngImagem hospedada por Servimg.com

Kaio Joannes gosta desta mensagem

Kaio Joannes
Kaio Joannes
Mensagens : 50
Data de inscrição : 14/08/2020
Idade : 20
Localização : Goiás

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 19/8/2020, 16:17
Galera, postei sobre um pedido de ajuda relacionado ao email e senha "descartáveis", mas devido uma situação aqui, creio não mais ser necessária kkkkk.
Kaio Joannes
Kaio Joannes
Mensagens : 50
Data de inscrição : 14/08/2020
Idade : 20
Localização : Goiás

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Dia 1

em 20/8/2020, 07:25
Dia 1

Pessoal, infelizmente tive uma recaída no começo da manhã de ontem e, como eu ainda não havia postado nada do meu diário (esperava fazer isso em intervalos de tempo maiores), decidi, dessa vez, postar mais frequente. Pois bem, vamos ao relato:

O primeiro dia foi de profundo obscurecimento da mente, em virtude da recente queda em PMO. É incrível como essa situação nos faz extremamente improdutivos e lentos, bem diferente daquela clareza mental que se experimenta já em alguns dias de Reboot. Fiz minhas orações no decorrer do dia, assisti série e, enfim, fiz minhas atividade que ando fazendo regularmente dentro de casa. Tive alguns apertos em relação a pensamentos fantasiosos, mas nada muito sério, graças a Deus. Fiquei o dia com aquela leseira habitual de quem pratica PMO recentemente, mas deu para ler algumas coisas.

Dormi pouco depois das 17h da tarde e acordei por volta das 23:30h. Depois dormi depois das 1:30h e acordei no final da madrugada de hoje.

Enfim, é isso. Vamos juntos vencer esse vício!
Rudolf Hansen
Rudolf Hansen
Mensagens : 210
Data de inscrição : 05/06/2020

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 20/8/2020, 07:41
Kaio Joannes escreveu:Dia 1

Pessoal, infelizmente tive uma recaída no começo da manhã de ontem e, como eu ainda não havia postado nada do meu diário (esperava fazer isso em intervalos de tempo maiores), decidi, dessa vez, postar mais frequente. Pois bem, vamos ao relato:

O primeiro dia foi de profundo obscurecimento da mente, em virtude da recente queda em PMO. É incrível como essa situação nos faz extremamente improdutivos e lentos, bem diferente daquela clareza mental que se experimenta já em alguns dias de Reboot. Fiz minhas orações no decorrer do dia, assisti série e, enfim, fiz minhas atividade que ando fazendo regularmente dentro de casa. Tive alguns apertos em relação a pensamentos fantasiosos, mas nada muito sério, graças a Deus. Fiquei o dia com aquela leseira habitual de quem pratica PMO recentemente, mas deu para ler algumas coisas.

Dormi pouco depois das 17h da tarde e acordei por volta das 23:30h. Depois dormi depois das 1:30h e acordei no final da madrugada de hoje.

Enfim, é isso. Vamos juntos vencer esse vício!

Fala, Kaio. Também tive uma recaída recente, mas esse tempo que ficamos sem não foi perdido, serviu para vermos o quanto somos melhores sem PMO e para sermos fortes e firmes quando a tentação surgir. Boa sorte, estou na torcida por você, vamos juntos todos vencer!

Kaio Joannes gosta desta mensagem

Kaio Joannes
Kaio Joannes
Mensagens : 50
Data de inscrição : 14/08/2020
Idade : 20
Localização : Goiás

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 21/8/2020, 08:27
Dia 2

O segundo dia foi tranquilo, não quer dizer que não houve algum aperto, mas nada de muito forte em relação ao PMO. Fiquei assistindo série e fazendo minhas orações, além das leituras. Uma prática muito boa é adotar uma certa regra de vida, com "checklist" de coisas a fazer durante o dia, porque isso ajuda muito a manter a mente ocupada. Não se esqueçam que mente vazia é oficina do diabo. O ócio é, de fato, causa certa do desenvolvimento de vícios. Quando se tem obrigações diárias, as recreações saudáveis se tornam mais prazerosas e, por consequência, os próprios trabalhos ficam mais fáceis e agradáveis. É a clássica religação, tão crucial no método Como Parar. Mas devemos ficar atentos a não nos forçamos demais, pois se nos submetermos a um estresse mental muito grande, ele vai querer aliviar a sobrecarga com um caminho prazeroso que já está estabelecido. Como estamos no processo de "despavimentar" esses caminhos neurais do vício, não podemos ir com muita sede ao pote no quesito produtividade, exigindo mais do que podemos aguentar por hora ou, mesmo aguentando, não conseguir gerenciar a situação de fadiga que nos atingem logo após.

Então é isso, vamos em frente!

Rudolf Hansen gosta desta mensagem

Kaio Joannes
Kaio Joannes
Mensagens : 50
Data de inscrição : 14/08/2020
Idade : 20
Localização : Goiás

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 22/8/2020, 08:06
Dia 3

O terceiro dia foi bastante estressante,alguns problemas familiares que, graças a Deus, se resolveram mais tarde. Ademais, também tive um dilema causado por um problema de algumas coisas bloqueadas sem eu haver me atentado anteriormente, o que me gerou estresse mental. Mas, no final, acabou dando tudo certo, sem precisar desativar os bloqueadores e, correr o risco de acessar PMO. Quanto ao vício, foi um dia tranquilo, graças a Deus.

Dormi cedo e acordei bem cedinho hj tb, finalizando o terceiro dia de modo sossegado.

Até mais!

Rudolf Hansen gosta desta mensagem

Rudolf Hansen
Rudolf Hansen
Mensagens : 210
Data de inscrição : 05/06/2020

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 22/8/2020, 08:08
Kaio Joannes escreveu:Dia 3

O terceiro dia foi bastante estressante,alguns problemas familiares que, graças a Deus, se resolveram mais tarde. Ademais, também tive um dilema causado por um problema de algumas coisas bloqueadas sem eu haver me atentado anteriormente, o que me gerou estresse mental. Mas, no final, acabou dando tudo certo, sem precisar desativar os bloqueadores e, correr o risco de acessar PMO. Quanto ao vício, foi um dia tranquilo, graças a Deus.

Dormi cedo e acordei bem cedinho hj tb, finalizando o terceiro dia de modo sossegado.

Até mais!

Siga firme, Kaio. Vai dar tudo certo, estou na torcida por você!

Kaio Joannes gosta desta mensagem

Barão Vermelho
Barão Vermelho
Mensagens : 286
Data de inscrição : 15/07/2017

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 22/8/2020, 12:15
Kaio Joannes escreveu:Dia 3

O terceiro dia foi bastante estressante,alguns problemas familiares que, graças a Deus, se resolveram mais tarde. Ademais, também tive um dilema causado por um problema de algumas coisas bloqueadas sem eu haver me atentado anteriormente, o que me gerou estresse mental. Mas, no final, acabou dando tudo certo, sem precisar desativar os bloqueadores e, correr o risco de acessar PMO. Quanto ao vício, foi um dia tranquilo, graças a Deus.

Dormi cedo e acordei bem cedinho hj tb, finalizando o terceiro dia de modo sossegado.

Até mais!

E segue o jogo!! Bora kaio, bora pra cima, vencer o vício, uma luta após a outra.

_______________________________________


"I am gonna show you how great I am"
- Muhammad Ali

Meu diário -> https://www.comoparar.com/t10878-recomeco

trofeu14.pngImagem hospedada por Servimg.com

Kaio Joannes gosta desta mensagem

Kaio Joannes
Kaio Joannes
Mensagens : 50
Data de inscrição : 14/08/2020
Idade : 20
Localização : Goiás

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 23/8/2020, 10:47
Dia 4
O quarto dia também foi tranquilo com relação a PMO, com algumas dificuldades na hora de dormir, quando minha mente já estava cansada e, como é de praxe para um viciado, começa a fantasiar para aliviar o vício. Mas, como estava com muito sono, logo dormi e não tive problemas. Acordei bem cedo, fiz minhas atividades rotineiras, sem muita novidade. Mais um dia concluido!

GuerreiroImplacável e Rudolf Hansen gostam desta mensagem

Kaio Joannes
Kaio Joannes
Mensagens : 50
Data de inscrição : 14/08/2020
Idade : 20
Localização : Goiás

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 23/8/2020, 10:48
Rudolf Hansen escreveu:

Siga firme, Kaio. Vai dar tudo certo, estou na torcida por você!

Valeu pelo apoio, Randolf!

Rudolf Hansen gosta desta mensagem

Kaio Joannes
Kaio Joannes
Mensagens : 50
Data de inscrição : 14/08/2020
Idade : 20
Localização : Goiás

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 24/8/2020, 10:14
Dia 5

O quinto dia foi tranquilo com relação a PMO. Acordei cedo, fiz minhas atividades rotineiras e, dormi cedo também.

Galera, uma dica que eu queria deixar para vocês na luta contra PMO, é sobre moderar na alimentação. Um dos grandes fatores que desencadeiam as fantasias e toda a questão libidinosa, é a comilança desenfreada. Tentem moderar na quantidade e, na velocidade com que comem. Pode parecer desconexo, mas garanto que ajudará-los a se controlarem mais. Abraços!

Rudolf Hansen gosta desta mensagem

Rudolf Hansen
Rudolf Hansen
Mensagens : 210
Data de inscrição : 05/06/2020

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 24/8/2020, 10:35
Kaio Joannes escreveu:Dia 5

O quinto dia foi tranquilo com relação a PMO. Acordei cedo, fiz minhas atividades rotineiras e, dormi cedo também.

Galera, uma dica que eu queria deixar para vocês na luta contra PMO, é sobre moderar na alimentação. Um dos grandes fatores que desencadeiam as fantasias e toda a questão libidinosa, é a comilança desenfreada. Tentem moderar na quantidade e, na velocidade com que comem. Pode parecer desconexo, mas garanto que ajudará-los a se controlarem mais. Abraços!

Parabéns pelo quinto dia completo, Kaio. Isso que você falou da alimentação é bem verdade, na semana passada que eu caí estava me alimentando um pouco mal, comendo muito chocolate e outras bobagens. Temos que ficar de olho nesse ponto também.
Abraços!

Kaio Joannes gosta desta mensagem

Kaio Joannes
Kaio Joannes
Mensagens : 50
Data de inscrição : 14/08/2020
Idade : 20
Localização : Goiás

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 25/8/2020, 12:56
Dia 6

Acordei cedo e, fiz as minhas atividades rotineiras. Atualmente não estou tendo aulas da faculdade, elas começam dia 31. Lavei o banheiro na parte da noite e, aliado ao meu sono não ter sido tão extenso como gostaria, acabei por dormir cedo. Na hora de dormir, comecei a fantasiar um pouco, mas o sono veio rápido, então foi tranquilo, graças a Deus.

No mais é isso, galera!

Rudolf Hansen gosta desta mensagem

Kaio Joannes
Kaio Joannes
Mensagens : 50
Data de inscrição : 14/08/2020
Idade : 20
Localização : Goiás

Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício Empty Re: Meu diário de bordo: Travessia no mar tempestuoso do vício

em 26/8/2020, 10:52
Dia 7
O sétimo dia foi mais difícil. Libido alta, além de ter permanecido um tempinho de bobeira que quase me custou o Reboot. Acordei cedo, fiz minhas atividades cotidianas, mas com esse agravante da libido ter aumentado. Fui dormir por volta das 22:00h. O tempo está passando e sinto que tá ficando cada vez mais árduo o combate, graças ao bom Deus, eu consegui regular meu horário de sono. Como disse o Drew no diário de alguém, a madrugada é um período muito perigoso para nós. Ademais, o bloqueio do meu celular está sendo satisfatório.

É isso, pessoal. See you later!

LuckyTheWolf gosta desta mensagem

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum