Ir em baixo
Drew
Drew
Mensagens : 1001
Data de inscrição : 09/08/2020
Idade : 25
Localização : Brooklyn 1986

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

30/10/2020, 20:06
É necessário compreender que estamos lidando com os nossos instintos mais animalescos, não com a nossa razão.
Não há motivo para basear o reboot na racionalidade, ou seja, na força de vontade, isso simplesmente não existe.
Não temos força nenhuma uma vez que levamos o nosso corpo até a beira do precipício.
Se mantenha longe dos impulsos bro, bem longe.
Força! Tmj!!

_______________________________________


Guerra contra os meus pensamentos e minha imaturidade
Ligris
Ligris
Mensagens : 329
Data de inscrição : 06/12/2019
Localização : Tarso

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

30/10/2020, 22:21
Iai Constantine

Entendo esse sentimento faço várias estratégias na minha cabeça de como lutar contra o vício, porém não aplico elas isso me deixa meio irritado comigo mesmo pq sei exatamente o que tem que ser feito, mas não faço isso.

Esse pensamento do Barão é interessante que PMO é perda de tempo, bem isso é óbvio, mas devemos plantar isso na nossa cabeça nosso tempo é extremamente precioso, nossa vida é curtíssima, temos que aproveitar as coisas boas da vida e imersos no vício não conseguimos viver com qualidade!

Bem irmão espero que fique firme bora bater essa meta de 3 dias ! fique firme na luta!  Cool

_______________________________________
Provérbios 4:27 NTLH
Evite o mal e caminhe sempre em frente; não se desvie nem um só passo do caminho certo

16/01/2021 22:30
Metas: 0 dias ( pale ) 3 dias( tongue ) 7 dias( Wink )15 dias ( Mad )21dias( Cool )30 dias( Razz )40 dias( pirat )50 dias ( Surprised )60 dias( Smile )70 dias(  Basketball )80 dias(  bom )90 dias( cheers )120 dias() 150 dias() 180 dias()
Rottweiler
Rottweiler
Mensagens : 1004
Data de inscrição : 22/07/2019
Idade : 29

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

31/10/2020, 09:33
Blz Constantine,

Chegando por aqui no seu diário. Vi publicações suas em diários de amigos meus e pensei: "se é amigo dos meus amigos, pode ser meu amigo". Li seu primeiro post no diário e o primeiro post desse reboot atual. Foi no alvo, me identifiquei com muito que você escreveu, principalmente com os sentimentos após a recaída. Tô por aqui agora te acompanhando. Recomeçamos no mesmo dia com poucas horas de diferença, vamos juntos nessa batalha.

Vlw brother,
muita FORÇA!

_______________________________________
REBOOT: https://www.comoparar.com/t11634p200-diario-do-rottweiler#348228

"Um rottweiler nunca desiste..."




METAS:
03 (X)
06 ( ) 09 ( ) 12 ( ) 15 ( )
18 ( ) 21 ( ) 24 ( ) 27 ( ) 30 ( )
33 ( ) 36 ( ) 39 ( ) 42 ( ) 45 ( )
48 ( ) 51 ( ) 54 ( ) 57 ( ) 60 ( )
63 ( ) 66 ( ) 69 ( ) 72 ( ) 75 ( )
78 ( ) 81 ( ) 84 ( ) 87 ( ) 90 ( )


ENEM
Constantine
Constantine
Mensagens : 147
Data de inscrição : 18/08/2020

O começo do fim.  - Página 4 Empty Dia 2: Pequenos passos constituem uma longa jornada.

31/10/2020, 14:46
Saudações amigos.

Passando para atualizar meu diário sobre o segundo dia. Espero que todos estejam bem.

Bom, ontem foi um dia relativamente prazeroso, creio que até por isso não me senti muito vulnerável a praticar PMO. Acordei um pouco mais tarde que o comum (acordei 8h, geralmente acordo 6h). Tive aula. Fui para a academia. Estudei um pouquinho à tarde e a noite fui pro futebol.
Como o dia foi tranquilo, não estudei muito, não tive grandes estresses, aí não senti vontade de recorrer à PMO. Geralmente me dá vontade quando estou passando por momentos que exigem muito de mim, fisicamente e psicologicamente.

Bom, as estratégias continuam. A principal eu fiz ontem novamente: não levar o celular para o banheiro, principalmente na hora do banho.

A mente ainda continua cansada, estou tirando o dia de hoje para relaxar. Ficar mais tranquilo. Motivação para outras coisas por enquanto continua baixa. É aquilo que eu costumo dizer, a PMO balança todos os âmbitos da sua vida. Mas fazer o quê né? Seguimos. Estou feliz por completar mais um dia. Vou adotar a prática de comemorar cada dia.

Enfim amigos, é isso, espero que todos estejam bem em vossas jornadas. Vamos juntos vencer esse mal.

Um grande abraço.

Constantine.

_______________________________________
meu diário: O começo do fim.

O começo do fim.  - Página 4 Screen13

Metas:
3 dias ( ) 7 ( ) 11 ( ) 15 ( ) 19 ( ) 21 ( ) 25 ( ) 30 ( ) 35 ( ) 42 ( ) 49 ( ) 56 ( ) 63 ( ) 70 ( ) 77 ( ) 84 ( ) 90 ( )

Rottweiler gosta desta mensagem

Constantine
Constantine
Mensagens : 147
Data de inscrição : 18/08/2020

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

31/10/2020, 14:54
Drew escreveu:É necessário compreender que estamos lidando com os nossos instintos mais animalescos, não com a nossa razão.
Não há motivo para basear o reboot na racionalidade, ou seja, na força de vontade, isso simplesmente não existe.
Não temos força nenhuma uma vez que levamos o nosso corpo até a beira do precipício.
Se mantenha longe dos impulsos bro, bem longe.
Força! Tmj!!

Fala meu amigo Drew!!

Exatamente meu parceiro, a lógica é se munir de estratégias que tornem o afastamento desse mal, um hábito. Não dá para querer levar o reboot "no peito", na força de vontade, pois somos totalmente dominados por isso, e uma hora iremos recair, de um jeito ou de outro. Para isso, precisamos estar rodeados de coisas que nos impeçam de recair.

Um grande abraço meu caro.

Constantine.

Ligris escreveu:Iai Constantine

Entendo esse sentimento faço várias estratégias na minha cabeça de como lutar contra o vício, porém não aplico elas isso me deixa meio irritado comigo mesmo pq sei exatamente o que tem que ser feito, mas não faço isso.

Esse pensamento do Barão é interessante que PMO é perda de tempo, bem isso é óbvio, mas devemos plantar isso na nossa cabeça nosso tempo é extremamente precioso, nossa vida é curtíssima, temos que aproveitar as coisas boas da vida e imersos no vício não conseguimos viver com qualidade!

Bem irmão espero que fique firme bora bater essa meta de 3 dias ! fique firme na luta!  Cool

Fala meu caro Ligris!!

Espero que esteja tudo bem com você. Meu caro, não cometa os mesmos erros que eu cometi. Implemente as coisas que planeja em sua mente AGORA, PRA JÁ. Temos que aprender a colocar em prática aquilo que nos vai proporcionar uma vida mais satisfatória. O pensamento do Barão é excelente, a cada dia que nos permitimos recair, perdemos nosso tempo, e deixamos nossa vitória ainda mais longe.

Um grande abraço meu amigo.

Constantine.

Rottweiler escreveu:
Blz Constantine,

Chegando por aqui no seu diário. Vi publicações suas em diários de amigos meus e pensei: "se é amigo dos meus amigos, pode ser meu amigo". Li seu primeiro post no diário e o primeiro post desse reboot atual. Foi no alvo, me identifiquei com muito que você escreveu, principalmente com os sentimentos após a recaída. Tô por aqui agora te acompanhando. Recomeçamos no mesmo dia com poucas horas de diferença, vamos juntos nessa batalha.

Vlw brother,
muita FORÇA!

Fala Rottweiler!!

Tudo bom com você? Espero que sim. Seja bem-vindo ao meu diário meu caro, aqui compartilho as minhas experiências na intenção de ajudar os irmãos, e ao mesmo tempo, me ajudar a vencer esse grande problema.

Com certeza!! Se é amigo dos meus amigos, já é meu amigo.
Vamos juntos vencer essa batalha meu parceiro, também estarei te acompanhando.

Um grande abraço.

Constantine.

_______________________________________
meu diário: O começo do fim.

O começo do fim.  - Página 4 Screen13

Metas:
3 dias ( ) 7 ( ) 11 ( ) 15 ( ) 19 ( ) 21 ( ) 25 ( ) 30 ( ) 35 ( ) 42 ( ) 49 ( ) 56 ( ) 63 ( ) 70 ( ) 77 ( ) 84 ( ) 90 ( )

Rottweiler e Drew gostam desta mensagem

Constantine
Constantine
Mensagens : 147
Data de inscrição : 18/08/2020

O começo do fim.  - Página 4 Empty Dia 3 e 4: A partida é tão importante quanto a chegada.

3/11/2020, 09:11
Saudações amigos.

Passando para relatar meus dias 3 e 4. Espero que esteja tudo bem com vocês.

Bom, fiquei um pouco fora do fórum esses dias. Na real, eu entrei, li um pouco, mas não comentei nada. No domingo eu poderia ter me dedicado mais ao fórum, não tinha muita coisa para fazer, mas acabei negligenciando isso, o que não é um bom sinal, e precisa ser corrigido. Ontem o dia foi meio corrido, mesmo sendo feriado de finados, não quero entrar em detalhes, mas acabou que não consegui entrar no fórum.

Esse lance de ser constante no fórum tem que ser uma prioridade para mim. Já estabeleci isso mil vezes, agora preciso colocar em prática. Lembro do amigo Harvey falando que entrar no fórum fortalecia sua mente contra a PMO, suas defesas mentais. Se ele, com cento e tantos dias diz isso, eu com apenas quatro, preciso urgentemente praticar isso. Ler histórias de motivação, relatos dolorosos, dicas, tudo isso nos ajuda a ficar longe desse vício.

Nesse fim de semana encontrei com minha namorada, então não tive grandes gatilhos. Eu queria muito que esse reboot fosse o definitivo, confesso que é muito cansativo ter que lutar com isso, ter que fazer da NÃO prática de PMO, um hábito. Sinto que se eu recair de novo, minhas forças para retornar estariam debilitadas, por isso preciso focar nas questões práticas, e não na força de vontade, para me manter longe dessa prática imunda.

Estou usando das coisas ao meu favor. Bloqueadores, não levando o celular para o banheiro, prática de atividade física, menos tempo à esmo na internet. Os banhos frios ficaram meio de lado esses dias, mas vou retorná-los quando sentir vontade de praticar PMO. Enfim, tentando não fazer desse reboot apenas força de vontade. No entanto, o que ainda é mais tenso para mim, é que a vida é meio bagunçada mesmo. Todos nós temos 24h, e acaba que para focarmos em algo, temos que negligenciar outro. Eu sou bem perfeccionista, gosto de fazer as coisas por inteiro. Nesse sentido, dedico muito tempo aos meus projetos, e para isso, negligencio outros. Por isso, gostaria muito que esse reboot fosse definitivo, para que eu pudesse também me dedicar a outros âmbitos da vida. Eu sei que a vigilância deve ser constante, pela vida toda. Só que fazer essa vigilância, com uma mente de viciado, não reinicializado, é extremamente perturbador.

Em relação aos efeitos da recaída em mim, alguns ainda persistem. Se tem uma coisa que me deixa mal, é o fato de a PMO influenciar muito no meu sono. Eu já vi relatos de irmãos de batalha, que quando conseguiram realizar o reboot, tiveram sua rotina de sono alterada. Ou seja, conseguem dormir menos sem se sentir cansado. Puts, é uma coisa que eu queria muito. Quando tenho recaídas, ou estou no fundo do poço da PMO, eu sinto muito sono, e não importa o quanto eu durma, eu quase sempre acordo com sono. Enfim, queria muito mudar isso, pois me tira muito tempo no dia. Outra coisa que voltou, foram alguns tiques obsessivos, pensamentos intrusivos, sensação de vulnerabilidade, pensamentos ansiosos, pensamentos que vão contra o que eu penso, pensamentos que vão contra meus valores, pensamentos que geram pânico e medo gigantesco. Enfim, isso também é algo que me incomoda demais. Outro ponto é a energia, que também sumiu desde que recaí, não sinto motivação em estudar mais, estudar virou um grande tormento. Não sinto energia para as atividades físicas, apenas estou indo fazer, mas sem energia nenhuma. A mente encontra-se em nuvens, sem clareza mental. Amigos (me incluo nisso), NÃO RECAIAM, não compensa. Pensem, isso tudo de efeitos perversos, ruins, que nos escravizam, em troca de 5 segundos de falso prazer? Em troca de 10 minutos de vídeos que demonstram uma falsa realidade? Definitivamente, não compensa.

É isso meus parceiros, andarei focado no fórum, em vossos diários. Vamos juntos vencer esse vício. Desejo forças a todos.

Um grande abraço!

Constantine.

_______________________________________
meu diário: O começo do fim.

O começo do fim.  - Página 4 Screen13

Metas:
3 dias ( ) 7 ( ) 11 ( ) 15 ( ) 19 ( ) 21 ( ) 25 ( ) 30 ( ) 35 ( ) 42 ( ) 49 ( ) 56 ( ) 63 ( ) 70 ( ) 77 ( ) 84 ( ) 90 ( )

Rottweiler, Ligris e Charuto gostam desta mensagem

Constantine
Constantine
Mensagens : 147
Data de inscrição : 18/08/2020

O começo do fim.  - Página 4 Empty Dia 5: Saber lidar com pequenas evoluções.

4/11/2020, 09:13
Saudações amigos!!

Bom dia a todos. Espero que estejam bem. Passando para relatar meu quinto dia nessa jornada.

Bom, embora tenha comparecido no fórum para relatar meu dia, estou devendo a presença em diários de amigos. Prometo comparecer, ainda hoje.

O dia de ontem foi permeado de stress... Tive uma tarefa bem complicada da faculdade, que passei o dia todo nela, e não consegui cumprir. Para ser sincero, perdi muito tempo em outros afazeres, como academia, youtube, pausas sem propósito, enfim. Um dia desgastante, pois mesmo me esforçando, no final dele saí sem concluir minha tarefa, o que é chato. No entanto, estamos de volta. A vida é isso, um dia dá certo, outro não, e a gente tem que estar pronto para recomeçar.

Irei para a academia em breve. Já adiantei o exercício da faculdade um pouco, e hoje tentarei terminar e efetuar outros.

Sobre o reboot, continuo sentindo bastante sono, o que me fez dormir cedo ontem, e mesmo assim, hoje enrolar na cama para levantar... Espero que isso passe logo. Meu maior problema no momento estão sendo tiques nervosos na mente, pensamentos obsessivos. Como já relatei, quando recaio, me sinto mais vulnerável ao mundo. Se que isso é difícil de explicar, mas eu me sinto vulnerável a qualquer ideia, pessoa, atitude, enfim, eu basicamente me sinto vulnerável a ir contra meus valores, e isso me deixa muito mal. É uma sensação de luta mental constante. Surgem pensamentos perturbadores, e eu tento suprimi-los, lutar contra eles. Sinto uma vontade de afastamento social, porque me sinto invadido, mesmo que seja apenas com ideias. Também espero ansiosamente que isso passe. É uma fonte de ansiedade e sofrimento muito grande. Parece que nesses momentos, eu ligo muito para a minha relação com o externo, ao invés de tocar minha vida da forma que eu quiser, sem se preocupar com interferências, pois minha mente é uma rocha firme. Só que quando recaio, essa rocha se desmonta, e sinto que qualquer interferência externa, seja uma simples interação, ou uma amizade que eu não gostaria de ter, vai me tirar dos trilhos, dos meus objetivos, dos meus valores, e isso é aterrorizante para mim. Por isso, com o reboot, espero retornar minha confiança em mim mesmo, nos meus valores, na MINHA VIDA. Saber que eu gerencio as minhas coisas e o rumo do meu caminho, sem me preocupar com a vida alheia, e com os que estão a minha volta e suas atitudes.

Enfim, é isso amigos. Ainda estamos no dia 5, mas espero que em breve esse dia 5 se multiplique muitas vezes, até o fim da minha vida, quero ficar longe desse vício de uma vez por todas. A PMO definitivamente não compensa. Ter todo esse sofrimento, por 5 segundos de prazer, é literalmente burrice.

Mesmo sendo pouco, cada minuto conta. Feliz pelos 5 dias. Mas mais feliz ainda por estar determinado a fazer desses 5 dias, 90 para mais.

Um grande abraço a todos, desejo muita força, estarei acompanhando vocês em vossos diários.

Constantine.

_______________________________________
meu diário: O começo do fim.

O começo do fim.  - Página 4 Screen13

Metas:
3 dias ( ) 7 ( ) 11 ( ) 15 ( ) 19 ( ) 21 ( ) 25 ( ) 30 ( ) 35 ( ) 42 ( ) 49 ( ) 56 ( ) 63 ( ) 70 ( ) 77 ( ) 84 ( ) 90 ( )

Mithrandir, Rottweiler, Drew e Bradock96 gostam desta mensagem

Constantine
Constantine
Mensagens : 147
Data de inscrição : 18/08/2020

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

4/11/2020, 23:32
Zerando o contador, já sabem... Dia foi extremamente pesado em termos físicos e mentais. Não consegui realizar uma tarefa da faculdade, embora tenha passado muito tempo me dedicando a ela. E mesmo tendo ido na academia hoje, e me dedicado bastante, saí da dieta por besteira. Após isso fiquei triste, revoltado e ansioso. Quando fui tomar banho, levei o celular, coisa que não estava me acontecendo ultimamente. Enfim, recaí. Novamente, problemas com gerência das emoções. O problema não está na PMO, mas em mim, que não sei lidar com frustrações, e corro para a prática sempre que estou triste, que m*rda!!!

Mas não vou dar bobeira não, amanhã estou firme no meu relato do primeiro dia, novamente. Tudo é experiência, preciso me atentar mais a esses problemas.

Constantine.

_______________________________________
meu diário: O começo do fim.

O começo do fim.  - Página 4 Screen13

Metas:
3 dias ( ) 7 ( ) 11 ( ) 15 ( ) 19 ( ) 21 ( ) 25 ( ) 30 ( ) 35 ( ) 42 ( ) 49 ( ) 56 ( ) 63 ( ) 70 ( ) 77 ( ) 84 ( ) 90 ( )
Constantine
Constantine
Mensagens : 147
Data de inscrição : 18/08/2020

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

5/11/2020, 07:58
Bom dia amigos.

Acordei extremamente mal agora. É isso, tudo retorna, mais intenso.
O mais triste de recomeçar é que ando percebendo que estou recaindo demais. Creio que já fazem uns 5 meses que estou no fórum, ou mais, e até hoje nunca passei de 15 dias... estou completamente desacreditado em mim mesmo.
Uma vez li um texto adaptado do TheUnderdog, que o Harvey postou. Nele dizia algo como "eu me contorço todo quando alguém recaí e recomeça dizendo que agora vai". Basicamente é isso que sinto, é isso que estou fazendo. Eu meio que não mudo minha forma de pensar. Apenas estou me abstendo de pornografia o máximo possível, e sempre recaio.
Vou ler esse texto novamente. Pqp, como eu queria sair desse vício.

Constantine.

_______________________________________
meu diário: O começo do fim.

O começo do fim.  - Página 4 Screen13

Metas:
3 dias ( ) 7 ( ) 11 ( ) 15 ( ) 19 ( ) 21 ( ) 25 ( ) 30 ( ) 35 ( ) 42 ( ) 49 ( ) 56 ( ) 63 ( ) 70 ( ) 77 ( ) 84 ( ) 90 ( )

Rottweiler, Peter Parker e Anteros gostam desta mensagem

Drew
Drew
Mensagens : 1001
Data de inscrição : 09/08/2020
Idade : 25
Localização : Brooklyn 1986

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

5/11/2020, 13:27
Iae meu bom.
Cara, essa quarentena forçada me manteve em casa e impossibilitou qualquer reboot, desde o começo do ano não sei o que são duas semanas longe do vício. Mas pare de pensar nisso imediatamente.

Outra coisa, você precisa lidar melhor com as suas emoções e pensar que cair nesse vício só vai piorar o seu emocional e não aliviar.
Cara, a forma como vamos reagir às coisas que acontecem só dependem de nós.
Se afaste de coisas que possam ser um gatilho, como levar o celular ao banheiro.
Força aí bro!!

_______________________________________


Guerra contra os meus pensamentos e minha imaturidade

Constantine gosta desta mensagem

Rottweiler
Rottweiler
Mensagens : 1004
Data de inscrição : 22/07/2019
Idade : 29

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

5/11/2020, 14:45
Opa Constantine,

Não sou muito bom em palavras de apoio,
mas deixo aqui minha torcida para seu recomeço!


Vlw
Força.

_______________________________________
REBOOT: https://www.comoparar.com/t11634p200-diario-do-rottweiler#348228

"Um rottweiler nunca desiste..."




METAS:
03 (X)
06 ( ) 09 ( ) 12 ( ) 15 ( )
18 ( ) 21 ( ) 24 ( ) 27 ( ) 30 ( )
33 ( ) 36 ( ) 39 ( ) 42 ( ) 45 ( )
48 ( ) 51 ( ) 54 ( ) 57 ( ) 60 ( )
63 ( ) 66 ( ) 69 ( ) 72 ( ) 75 ( )
78 ( ) 81 ( ) 84 ( ) 87 ( ) 90 ( )


ENEM

Constantine gosta desta mensagem

Gervonta Davis
Gervonta Davis
Mensagens : 64
Data de inscrição : 05/11/2020

O começo do fim.  - Página 4 Empty Estou torcendo por você

6/11/2020, 14:42
Constantine escreveu:Bom dia amigos.

Acordei extremamente mal agora. É isso, tudo retorna, mais intenso.
O mais triste de recomeçar é que ando percebendo que estou recaindo demais. Creio que já fazem uns 5 meses que estou no fórum, ou mais, e até hoje nunca passei de 15 dias... estou completamente desacreditado em mim mesmo.
Uma vez li um texto adaptado do TheUnderdog, que o Harvey postou. Nele dizia algo como "eu me contorço todo quando alguém recaí e recomeça dizendo que agora vai". Basicamente é isso que sinto, é isso que estou fazendo. Eu meio que não mudo minha forma de pensar. Apenas estou me abstendo de pornografia o máximo possível, e sempre recaio.


Vou ler esse texto novamente. Pqp, como eu queria sair desse vício.

Constantine.


Salve irmão, cara eu li todo seu diário e fiquei pasmo com a qualidade dele,  você me deu dicas surpreendentes de como entender uma recaída e como podemos melhorar cada vez mais, mesmo com recaída; a carne é fraca, mas precisamos  ser fortes e colocar em prática um dos seus tópicos sobre a análise da recaída e finalmente acabar com esse vício! Eu  estou a 5 dias sem PMO,(fiquei cerca de 9 meses sem entrar em sites adultos, somente via vídeo  amadores em sites de acompanhantes, sei que ainda é pornografia mas era algo mais real)  já tentei fazer reboot, mas não com o foco e a vontade de sair desse vício que tem me atrapalhado bastante com minhas relações... Estou torcendo por você meu caro e não deixe de atualizar seu diário! Caso queira dar uma olhada na minha história:

https://www.comoparar.com/t11222-obsessao-e-disciplina-mudando-de-vida

Drew, Constantine e Anteros gostam desta mensagem

Peter Parker
Peter Parker
Moderador
Moderador
Mensagens : 828
Data de inscrição : 27/11/2019
Localização : Queens

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

12/11/2020, 22:30
Olá digníssimo Constantine !!!

Entendo sua frustração meu camarada, passei 8 anos lutando contra a PMO sem conseguir passar uma semana limpo. Me sentia a pessoa mais fraca e viciada do mundo, mais detalhes eu contei na minha história de sucesso. Pior ainda foi o sentimento que me acometeu após a recaída que tive depois de um Reboot longo, pensei em até tirar minha vida. Mas de uma coisa eu sei mano, enquanto há vida, há esperança. Nenhuma noite dura para sempre, sempre vai existir um amanhecer para cada temporada escura. Então, não desista, não pare de lutar, é possível sim meu camarada !!! Ninguém nasceu para ser viciado e não vamos morrer dessa forma !!! Conte comigo para essa luta.

Grande abraço !!!

_______________________________________
"Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso. Mateus 11:28  study

"Com grandes poderes, vêm grandes responsabilidades." - Tio Ben

Diário do Aranha mais querido: https://www.comoparar.com/t9821-diario-de-um-vencedor

Minha História de Sucesso

METAS:

( X ) 7 dias        ( X ) 14 dias            ( ) 21 dias              ( ) 28 dias

Eu não vou desistir.

Constantine, Anteros e Gervonta Davis gostam desta mensagem

Jigsaw Kombat
Jigsaw Kombat
Mensagens : 141
Data de inscrição : 08/01/2020

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

20/11/2020, 19:51
Oi Constantine! Boa sorte na sua caminhada, irei acompanhar seu diário e vamos comemora sua história de sucesso! continue firme.

Constantine gosta desta mensagem

Constantine
Constantine
Mensagens : 147
Data de inscrição : 18/08/2020

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

1/12/2020, 18:52
Olá amigos.

Sim, eu sumi, padrão. Sempre quando vejo um rebooter sem entrar há um bom tempo no fórum eu já sei o resultado: chuva de recaídas, desânimo perante si mesmo, ondas de pessimismo em relação a não conseguir realizar o reboot. É, e eu vivi isso, novamente.

Vou ser breve pois, confesso, não estou tão motivado assim. Fiquei um bom tempo fora do fórum, e há 6 dias atrás retornei. Desde então, não recaí. Andei acompanhando o fórum de amigos e fiquei triste com algumas notícias, principalmente com a do Harv e Peter. Mas fiquei ainda mais feliz por saber que eles estão firmes em suas jornadas novamente, mesmo que tenham caído. Quando vejo atitudes de grandes assim, me inspiro demais.

Enfim, muito obrigado pelas mensagens que vocês deixaram aqui no meu fórum meus amigos, estou com saudades. Estarei tentando acompanhar os vossos diários. Também tentarei voltar a fazer postagens nos meus.

Um grande abraço a todos!

Constantine.

_______________________________________
meu diário: O começo do fim.

O começo do fim.  - Página 4 Screen13

Metas:
3 dias ( ) 7 ( ) 11 ( ) 15 ( ) 19 ( ) 21 ( ) 25 ( ) 30 ( ) 35 ( ) 42 ( ) 49 ( ) 56 ( ) 63 ( ) 70 ( ) 77 ( ) 84 ( ) 90 ( )
Constantine
Constantine
Mensagens : 147
Data de inscrição : 18/08/2020

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

2/12/2020, 19:07
Saudações amigos.

Novamente, recaí. Caras, eu já conheço tanto essa sensação pós queda, aquele desespero de rotina, e mesmo assim sempre volto a me encontrar nela. Porra, será mesmo que nunca vou sair dessa situação? Eu preciso muito me livrar disso, mas eu mesmo não faço por onde. Sempre quando recomeço, recomeço motivado, mas sempre tem aquela preguiça de implementar coisas práticas no dia à dia para me deixar longe disso.

Eu sempre volto a mesma zona, porque não importa quantas vezes eu recaia, eu não crio vergonha na cara em colocar em prática o reboot. Eu SEMPRE TO FAZENDO NA MOTIVAÇÃO. E amigos, vai por mim, você pode ter a maior motivação do mundo, o reboot não será concretizado na base da motivação.

E também não ache que deva ser somente uma abstinência. O reboot é recuperação. A pornografia é sintoma de um "modo de levar a vida errado/ modo de lidar com os sentimentos errado". Eu devo mudar a vida, não apenas a PMO. Por Isso, esse processo deve ser prático, e não apenas teórico-motivacional...

Eu devo fazer do reboot o meu projeto de vida principal. Mesmo tendo outros âmbitos, eu preciso me dedicar ao reboot... O que não faço, aliás, nunca fiz...

Enfim pessoal, estou triste, mas eu sei, que uma hora irei conseguir. Mas preciso provar pra mim mesmo, que sou capaz de levar isso pra valer, de fazer disso um projeto. Vou buscar merecer isso.

Um grande abraços meus amigos.

Constantine.

_______________________________________
meu diário: O começo do fim.

O começo do fim.  - Página 4 Screen13

Metas:
3 dias ( ) 7 ( ) 11 ( ) 15 ( ) 19 ( ) 21 ( ) 25 ( ) 30 ( ) 35 ( ) 42 ( ) 49 ( ) 56 ( ) 63 ( ) 70 ( ) 77 ( ) 84 ( ) 90 ( )

Rottweiler gosta desta mensagem

avatar
Convidado
Convidado

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

2/12/2020, 20:04
Constantine escreveu:Saudações amigos.

Novamente, recaí. Caras, eu já conheço tanto essa sensação pós queda, aquele desespero de rotina, e mesmo assim sempre volto a me encontrar nela. Porra, será mesmo que nunca vou sair dessa situação? Eu preciso muito me livrar disso, mas eu mesmo não faço por onde. Sempre quando recomeço, recomeço motivado, mas sempre tem aquela preguiça de implementar coisas práticas no dia à dia para me deixar longe disso.

Eu sempre volto a mesma zona, porque não importa quantas vezes eu recaia, eu não crio vergonha na cara em colocar em prática o reboot. Eu SEMPRE TO FAZENDO NA MOTIVAÇÃO. E amigos, vai por mim, você pode ter a maior motivação do mundo, o reboot não será concretizado na base da motivação.

E também não ache que deva ser somente uma abstinência. O reboot é recuperação. A pornografia é sintoma de um "modo de levar a vida errado/ modo de lidar com os sentimentos errado". Eu devo mudar a vida, não apenas a PMO. Por Isso, esse processo deve ser prático, e não apenas teórico-motivacional...

Eu devo fazer do reboot o meu projeto de vida principal. Mesmo tendo outros âmbitos, eu preciso me dedicar ao reboot... O que não faço, aliás, nunca fiz...

Enfim pessoal, estou triste, mas eu sei, que uma hora irei conseguir. Mas preciso provar pra mim mesmo, que sou capaz de levar isso pra valer, de fazer disso um projeto. Vou buscar merecer isso.

Um grande abraços meus amigos.

Constantine.

Olá meu amigo Constatine, como vai?
cara eu entendo perfeitamente essa parte de motivação, não se enche de motivação meu amigo, vai por mim, se por um acaso vc recair a queda será muito maior, ou seja não vai servir de nada.
Leve o reboot como uma recuperação, eu tenho dito que PMO é prisão e Reboot é liberdade saca? não vamos mais perder nosso tempo com isso, estamos deixando os melhores prazeres da vida irem embora com PMO, ai vem aquele falso prazer pra absolutamente NADA, 10 min depois já estamos pra baixo de novo e se perguntando "PQ FIZ ISSO?"
Estou levando o reboot como um estilo de vida que eu quero pra sempre, porém temos que manter os hábitos, as vezes esquecemos dos hábitos que estamos colocando em prática, ai vem a recaída.
Levanta essa cabeça irmão, somos Leões porra! eu percebi comigo nesses ultimas vezes que eu tive um reset que os primeiros 3 dias são difíceis, é uma luta que temos que ir vencendo e ir progredindo aos poucos, então meu parceiro, não deixe que a PMO destrua sua vida, a luta é difícil eu sei, mas nunca será mais forte que nós!
Levanta a cabeça e vamos pra luta!
Constantine
Constantine
Mensagens : 147
Data de inscrição : 18/08/2020

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

4/12/2020, 11:58
LeonKennedy escreveu:
Constantine escreveu:Saudações amigos.

Novamente, recaí. Caras, eu já conheço tanto essa sensação pós queda, aquele desespero de rotina, e mesmo assim sempre volto a me encontrar nela. Porra, será mesmo que nunca vou sair dessa situação? Eu preciso muito me livrar disso, mas eu mesmo não faço por onde. Sempre quando recomeço, recomeço motivado, mas sempre tem aquela preguiça de implementar coisas práticas no dia à dia para me deixar longe disso.

Eu sempre volto a mesma zona, porque não importa quantas vezes eu recaia, eu não crio vergonha na cara em colocar em prática o reboot. Eu SEMPRE TO FAZENDO NA MOTIVAÇÃO. E amigos, vai por mim, você pode ter a maior motivação do mundo, o reboot não será concretizado na base da motivação.

E também não ache que deva ser somente uma abstinência. O reboot é recuperação. A pornografia é sintoma de um "modo de levar a vida errado/ modo de lidar com os sentimentos errado". Eu devo mudar a vida, não apenas a PMO. Por Isso, esse processo deve ser prático, e não apenas teórico-motivacional...

Eu devo fazer do reboot o meu projeto de vida principal. Mesmo tendo outros âmbitos, eu preciso me dedicar ao reboot... O que não faço, aliás, nunca fiz...

Enfim pessoal, estou triste, mas eu sei, que uma hora irei conseguir. Mas preciso provar pra mim mesmo, que sou capaz de levar isso pra valer, de fazer disso um projeto. Vou buscar merecer isso.

Um grande abraços meus amigos.

Constantine.

Olá meu amigo Constatine, como vai?
cara eu entendo perfeitamente essa parte de motivação, não se enche de motivação meu amigo, vai por mim, se por um acaso vc recair a queda será muito maior, ou seja não vai servir de nada.
Leve o reboot como uma recuperação, eu tenho dito que PMO é prisão e Reboot é liberdade saca? não vamos mais perder nosso tempo com isso, estamos deixando os melhores prazeres da vida irem embora com PMO, ai vem aquele falso prazer pra absolutamente NADA, 10 min depois já estamos pra baixo de novo e se perguntando "PQ FIZ ISSO?"
Estou levando o reboot como um estilo de vida que eu quero pra sempre, porém temos que manter os hábitos, as vezes esquecemos dos hábitos que estamos colocando em prática, ai vem a recaída.
Levanta essa cabeça irmão, somos Leões porra! eu percebi comigo nesses ultimas vezes que eu tive um reset que os primeiros 3 dias são difíceis, é uma luta que temos que ir vencendo e ir progredindo aos poucos, então meu parceiro, não deixe que a PMO destrua sua vida, a luta é difícil eu sei, mas nunca será mais forte que nós!
Levanta a cabeça e vamos pra luta!

Caro amigo Leon.

Que bom é ler isso cara, que bom. Só tenho a agradecer pelas palavras. Você tem total razão, a motivação não nos adianta de nada, o reboot deve ser um estilo de vida.
Muito obrigado amigo, tive uma recaída hoje cedo, e ler isso me ajudou muito.

Vamos juntos, vamos nos libertar disso, eu tenho certeza!

Um grande abraço meu amigo.

Constantine.

_______________________________________
meu diário: O começo do fim.

O começo do fim.  - Página 4 Screen13

Metas:
3 dias ( ) 7 ( ) 11 ( ) 15 ( ) 19 ( ) 21 ( ) 25 ( ) 30 ( ) 35 ( ) 42 ( ) 49 ( ) 56 ( ) 63 ( ) 70 ( ) 77 ( ) 84 ( ) 90 ( )
Constantine
Constantine
Mensagens : 147
Data de inscrição : 18/08/2020

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

4/12/2020, 12:37
Saudações, caros amigos. Sejam todos muito bem-vindos ao meu diário. Aqui compartilho a minha luta diária contra o vício em PMO. Vamos juntos rumo à redenção.

Dia 00

Olá meus amigos.

Recomeçando, mas recomeçando diferente, eu sei que sim. Gostaria de agradecer, primeiramente, a quem tem me acompanhado e me dado forças. O meu muito obrigado, vocês são especiais em minha vida.

Não compartilharei angústias aqui. Esse diário será um diário de redenção, da construção de um novo homem. Compartilharei objetivos. Eu não tenho sonhos, eu tenho objetivos. E para concretizá-los, preciso de metas. E metas... Ah, metas! Algo que negligenciei por muito tempo. A ausência de praticidade, de mão na massa, me fizeram estar paralisado em muitos âmbitos da vida, inclusive o reboot - que por muito tempo, aliás, durante todo o tempo, foi pautada em motivação. Mas não mais, não mais.

Nunca se esqueçam, como disse o Pedro Calabrez: "para atuar sobre um hábito prejudicial, como um vício, é necessário atuar nos gatilhos que nos levam a cometer tal vício". Pensem amigos, melhor do que ter que resistir à tentação, é nem chegar a tê-la. Ou seja, melhor do que ter que enfrentar um inimigo mais forte que você, é evitar brigar com ele. Frank Underwood disse uma vez: "Evite as guerras que você não pode ganhar, e nunca levante uma bandeira por uma causa estúpida". Nesse sentido, precisarei atuar sobre o fortalecimento da minha mente. E também sobre os gatilhos que me levam ao hábito da PMO. Irei começar com algumas práticas, e depois ir ampliando ou modificando com base no andamento do reboot

(1) - Dedicar um tempo ao fórum TODOS OS DIAS - pelo menos no começo, preciso estar mais atento ao fortalecimento mental, e ler as histórias dos companheiros é de suma importância, pois nos mantém focados. Então, dedicarei 1h pelo menos, todos os dias, de manhã, assim que acordar (geralmente umas 7h).

(2) - Não levar CELULAR PARA O BANHEIRO, DE JEITO NENHUM - bom, não sei os colegas, mas o meu principal gatilho é o celular no banheiro. O computador não é um problema muito grande para mim. Mas o celular sim, principalmente na hora do banho. Não importa quantos bloqueadores eu tenha, se eu excluí todos os navegadores, é a conta de eu ir para o banheiro com o celular, eu dou um jeito de praticar PMO. Então, isso é um ponto em que devo me atentar de forma íntegra. Todos os dias relatarei aqui: levei o celular para o banheiro em algum momento? Sim ou Não.

(3) - Pesquisa direcionada na internet - andei percebendo que uma das fontes de gatilhos para o PMO é a navegação à esmo na internet. Sempre quando estou no tédio, navegando, principalmente no youtube, me deparo com algum gatilho, uma propagando envolvendo uma mulher sensual, ou algum vídeo do gênero. E não adianta, uma coisa leva a outra. A partir do momento em que nos permitimos certos gatilhos, por mais que inocentes, ali já começa a recaída. Pois isso é como um monstro na sua mente, vai crescendo e ganhando força, até te levar para o vício novamente... Portanto, irei apenas fazer buscas direcionadas na internet, como coisas para a faculdade.

(4) - Excluir filmes e séries que possam ser gatilhos para o vício - pelo menos nesse período - andei percebendo que estava tendo gatilhos com uma série que comecei a assistir (Suits). Mesmo gostando bastante da série, creio que terei que interromper por um momento. Os gatilhos, por mais que inocentes, estavam me gerando desejos pelas mulheres da série, o que me fazia recorrer, inconscientemente, à prática da PMO.

(5) - Irei imprimir o texto do TheUnderdog (esse texto é incrível - link) e farei a leitura dele TODOS OS DIAS quando acorda. - creio que, como li recentemente num post do Harv, a luta é diária. Não podemos nos deixar abater, ou relaxar só porque estamos indo bem no reboot. Isso é um vício, não o subestime, foram anos de condicionamento. ACEITE, você não sabe lidar com ele sozinho. Nesse sentido, não é porque vencemos dias de luta, que teremos que nos relaxar no dia seguinte. A LUTA DEVE SER DIÁRIA. Por isso, é importante manter a cabeça focada, e sempre se lembrar dos perigos da PMO na sua vida, e o que ela causa no seu dia a dia, sugando sua força de viver. Por isso, ler o texto do TheUnderdog todos os dias irá funcionar como um catalizador diário para a minha mente. Para que eu nunca me esqueça do principal objetivo disso tudo.

(6) - Preencher o tédio com momentos de prazer lúdico. - Mais eficaz do que apenas acabar com algo, e deixar um vazio, é preencher esse vazio com práticas saudáveis e que melhoram nossa vida. Quando deixamos a PMO, nos sentimos totalmente vazios sentimentalmente. Por que não preencher isso com atividades de socialização? Atividades cognitivas, motoras? Leituras, desenhos, pinturas? Atividades físicas, novos esportes? Enfim. Precisamos ocupar nossa mente para um processo de recuperação e mudança de vida. Se abster de PMO creio não ser a chave, pois a PMO é sintoma, não causa. A lógica é se recuperar, e literalmente mudar a forma de ver e viver no mundo.

Bom amigos, listei algumas coisas que irei implementar no meu cotidiano. Claro que ao longo do tempo, irei ir colocando novas práticas no meu dia a dia, ou modificando algumas.

Vamos juntos nessa jornada. Estarei presente em vossos diários.

Um grande abraço!

Constantine.

_______________________________________
meu diário: O começo do fim.

O começo do fim.  - Página 4 Screen13

Metas:
3 dias ( ) 7 ( ) 11 ( ) 15 ( ) 19 ( ) 21 ( ) 25 ( ) 30 ( ) 35 ( ) 42 ( ) 49 ( ) 56 ( ) 63 ( ) 70 ( ) 77 ( ) 84 ( ) 90 ( )

Rottweiler gosta desta mensagem

Constantine
Constantine
Mensagens : 147
Data de inscrição : 18/08/2020

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

6/12/2020, 14:59
Saudações, caros amigos. Sejam todos muito bem-vindos ao meu diário. Aqui compartilho a minha luta diária contra o vício em PMO. Vamos juntos rumo à redenção.

Dia 01
Dia 02


Olá meus amigos.

Sim, falhei ontem em não comparecer, descumprindo o que tinha proposto de uma hora por dia no fórum, e de ser no período da manhã. Bom, ok, primeira falha. Mas é identificando as falhas que eu posso corrigi-las. Portanto, isso, creio não acontecer novamente.

Hoje estou fazendo meu relato um pouco tarde, porque nesse período em que tive diversas recaídas, tudo em minha vida ficou bagunçado, inclusive meu sono, implicando minhas rotinas matinais e noturnas. Pretendo retomá-las, gosto de acordar cedo, me preenche de vontade de viver e correr atrás dos meus sonhos. Hoje mesmo, já deitarei para dormir cedo, sem o celular e o computador. E amanhã, pretendo acordar no máximo às 7h. Estou de férias da faculdade, mas isso não é desculpa para deixar de se aperfeiçoar em outros âmbitos da vida. Estudar línguas nessas férias não seria nada ruim. Também preciso dar atenção ao meu físico e às atividades físicas, que foram negligenciadas nesse período de recaídas constantes.

É aquilo, praticidade, essa é a palavra que todos deviam ter em mente. Só vai, para de falar que vai corrigir a sua vida, e apenas corrige, move forças no sentido da formação de um novo homem, aquele que você sempre sonhou ser.

Celular no banheiro - confesso que, nesses dois dias, levei o celular duas vezes para o banheiro quando fui fazer o "number two". Isso não é legal, pois é o meu maior gatilho. Agora, num momento de motivação inicial, pode não me causar gatilhos, mas com o tempo, isso pode se tornar um problema que irá me levar à recair. Portanto, tentarei não levá-lo mais. Para substituir, irei levar um livro, todas as vezes que for fazer o "number two". Por outro lado, nos banhos não tenho levado o celular. Isso foi muito bom, porque os banhos eram os meus momentos principais de recaída, pois aproveitava o barulho do chuveiro para praticar PMO... Não ter levado foi uma vitória e tanto, pois além de me deixar longe da prática, meu banho foi mais curto, sendo ecologicamente correto e não me causando problemas com minha mãe gritando para que eu saia do banheiro.

As pesquisas não estão sendo muito direcionadas, infelizmente. Mas pretendo corrigir isso, junto com as correções da minha rotina. No entanto, não tenho assistido filmes nem séries, que me foram fontes de gatilhos. Estou evitando gatilhos ao máximo, creio que esse seja o ponto chave, se afastar de tentações, para não ser preciso lutar contra elas.

Andei pensando em procurar algum trabalho nessas férias. É difícil, pois minha cidade não tem tantas oportunidades, e eu queria algo apenas temporário pois, em breve, minhas aulas retornam, e como é integral, não posso me dedicar ao trabalho. Pensei no trabalho como uma fonte financeira para que eu possa economizar dinheiro para uma possível residência nos Estados Unidos, é algo que venho pensado bastante, e o processo é bem dispendioso. No entanto, não posso desistir dos meus objetivos, correrei atrás o máximo que puder.

Ainda não imprimi o texto do TheUnderdog, e pra ser sincero, ainda nem li novamente. Mas irei fazê-lo agora mesmo. Me ajudará a me manter motivado.

Pretendo reiniciar minha dieta também. Não podemos nos esquecer que o corpo é uma máquina, e responderá conforme você o cuida. Nesse sentido, se alimentar de maneira saudável nos ajuda em todos os âmbitos da vida. Nos dá mais energia, mais disposição, mais motivação, menos dores, menos cansaço, menos sono, menos ansiedade, menos melancolia. Querendo ou não, tem muita coisa que atribuímos ao lado emocional/espiritual, que pode ser resolvida com questões práticas, tais quais alimentação e atividade física.

Também pretendo me focar no aprimoramento de conhecimentos nesse período de recesso, principalmente os conhecimentos referentes à minha área. No entanto, não quero me prender a eles, creio que o conhecimento é para a vida.

Tenho diversos projetos que desejo desenvolver na minha vida, e aproveitarei esses momentos para botar a mão na massa. Estou bastante empolgado. Precisamos dar senso de urgência aos nossos objetivos. Não podemos esquecer que vivemos nesse mundo apenas uma vez, e é um tempo breve. A vida é breve, mas ela não precisa ser pequena. Podemos fazê-la GRANDIOSA. Com o tempo, irei relatando minha jornada aqui com vocês meus amigos.

Também estou devendo checar o diário de amigos, e também de novos colegas aqui do fórum. Compartilhar informações e relatos nessa jornada é de suma importância, pois nos inspiram e nos proporcionam uma noção de coletividade, uma noção de família. Aqui sei que tenho bons companheiros de batalha.

Um grande abraço meus amigos, estarei vos acompanhando. Até breve!

Constantine.

_______________________________________
meu diário: O começo do fim.

O começo do fim.  - Página 4 Screen13

Metas:
3 dias ( ) 7 ( ) 11 ( ) 15 ( ) 19 ( ) 21 ( ) 25 ( ) 30 ( ) 35 ( ) 42 ( ) 49 ( ) 56 ( ) 63 ( ) 70 ( ) 77 ( ) 84 ( ) 90 ( )
Constantine
Constantine
Mensagens : 147
Data de inscrição : 18/08/2020

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

7/12/2020, 10:24
Saudações, caros amigos. Sejam todos muito bem-vindos ao meu diário. Aqui compartilho a minha luta diária contra o vício em PMO. Vamos juntos rumo à redenção.

Dia 00

Olá meus amigos.

Ainda sofro com os problemas do efeito caçador, por isso, irei zerar o contador. Mas sem lamentações, meu diário não será disso. Meu diário será um espaço de documentação da criação de um novo homem.

Mesmo tendo acordado um pouco mais tarde (9h), já é um progresso, pois estava acordando bem mais tarde. No entanto, ainda quero voltar aos meus antigos horários, 7h, 6h, 5h.
Também irei me atentar para a alimentação, que no final de semana passou dos limites. Assisti um pouco do documentário "what the health" da netflix, e fiquei assustado com o quanto a nossa alimentação influencia no desenvolvimento de doenças. Se alimentar bem faz tudo ficar melhor na vida. As vezes nos esquecemos que somos uma máquina, e o funcionamento do nosso corpo e mente, dependerá do que colocamos dentro dele.

Hoje é dia de organizar minhas coisas. Irei tirar o dia para elaborar minhas questões referentes aos estudos que farei nessas férias. Além disso, irei "organizar" algumas coisas que negligenciei nesse período de recaídas.

O celular no banheiro continua um problema... Hoje tentarei pegar o mínimo nele.

Enfim pessoal, estarei vos acompanhando em vossos diários. Estou com saudades de alguns colegas. Há um tempo atrás fiz boas amizades aqui, mas creio que quase todos deixaram o fórum... Isso é triste, lutar essa batalha com amigos é mais motivador, sinto que perdi irmãos, mas espero o retorno deles.

Um grande abraço.

Constantine.

_______________________________________
meu diário: O começo do fim.

O começo do fim.  - Página 4 Screen13

Metas:
3 dias ( ) 7 ( ) 11 ( ) 15 ( ) 19 ( ) 21 ( ) 25 ( ) 30 ( ) 35 ( ) 42 ( ) 49 ( ) 56 ( ) 63 ( ) 70 ( ) 77 ( ) 84 ( ) 90 ( )

Rottweiler e Peter Parker gostam desta mensagem

Peter Parker
Peter Parker
Moderador
Moderador
Mensagens : 828
Data de inscrição : 27/11/2019
Localização : Queens

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

7/12/2020, 11:59
Olá caríssimo Constantine !!!

Lamento pela sua recaída meu companheiro, eu compreendo você, estamos no mesmo barco. O que eu puder fazer aqui para apoiá-lo irei fazer.

Você tem toda razão ao se atentar para a alimentação. Dou graças a Deus de hoje me conscientizar melhor sobre isso, meu corpo já não responde bem quando eu como pizza ou hamburguer por exemplo, me sinto pesado e mal alimentado, aí nos dias seguintes só consigo comer frutas, legumes e verduras haha. Mantenho o equilíbrio, tiro um dia para comer besteira, mas na minha rotina mantenho uma alimentação saudável. Descobri que a forma que comemos influência até mesmo em nosso apetite sexual, depois dê uma pesquisada sobre, vale a pena.

Celular no banheiro realmente é um tropeço, bani esse hábito da minha vida.

Grande abraço !!

_______________________________________
"Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso. Mateus 11:28  study

"Com grandes poderes, vêm grandes responsabilidades." - Tio Ben

Diário do Aranha mais querido: https://www.comoparar.com/t9821-diario-de-um-vencedor

Minha História de Sucesso

METAS:

( X ) 7 dias        ( X ) 14 dias            ( ) 21 dias              ( ) 28 dias

Eu não vou desistir.

Constantine gosta desta mensagem

avatar
Convidado
Convidado

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

7/12/2020, 12:39
Constantine escreveu:
Saudações, caros amigos. Sejam todos muito bem-vindos ao meu diário. Aqui compartilho a minha luta diária contra o vício em PMO. Vamos juntos rumo à redenção.

Dia 00

Olá meus amigos.

Ainda sofro com os problemas do efeito caçador, por isso, irei zerar o contador. Mas sem lamentações, meu diário não será disso. Meu diário será um espaço de documentação da criação de um novo homem.

Mesmo tendo acordado um pouco mais tarde (9h), já é um progresso, pois estava acordando bem mais tarde. No entanto, ainda quero voltar aos meus antigos horários, 7h, 6h, 5h.
Também irei me atentar para a alimentação, que no final de semana passou dos limites. Assisti um pouco do documentário "what the health" da netflix, e fiquei assustado com o quanto a nossa alimentação influencia no desenvolvimento de doenças. Se alimentar bem faz tudo ficar melhor na vida. As vezes nos esquecemos que somos uma máquina, e o funcionamento do nosso corpo e mente, dependerá do que colocamos dentro dele.

Hoje é dia de organizar minhas coisas. Irei tirar o dia para elaborar minhas questões referentes aos estudos que farei nessas férias. Além disso, irei "organizar" algumas coisas que negligenciei nesse período de recaídas.

O celular no banheiro continua um problema... Hoje tentarei pegar o mínimo nele.

Enfim pessoal, estarei vos acompanhando em vossos diários. Estou com saudades de alguns colegas. Há um tempo atrás fiz boas amizades aqui, mas creio que quase todos deixaram o fórum... Isso é triste, lutar essa batalha com amigos é mais motivador, sinto que perdi irmãos, mas espero o retorno deles.

Um grande abraço.

Constantine.

Olá constantine, tudo bem? Lamento a sua recaída amigo. Estamos no mesmo barco e venho te desejar muita força e sabedoria, é disso que mais precisamos sempre. Grande abraço!
Harvey
Harvey
Moderador
Moderador
Mensagens : 1341
Data de inscrição : 23/10/2019
Localização : New York

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

7/12/2020, 12:55
Constantine escreveu:
Saudações, caros amigos. Sejam todos muito bem-vindos ao meu diário. Aqui compartilho a minha luta diária contra o vício em PMO. Vamos juntos rumo à redenção.

Dia 00

Olá meus amigos.

Ainda sofro com os problemas do efeito caçador, por isso, irei zerar o contador. Mas sem lamentações, meu diário não será disso. Meu diário será um espaço de documentação da criação de um novo homem.

Mesmo tendo acordado um pouco mais tarde (9h), já é um progresso, pois estava acordando bem mais tarde. No entanto, ainda quero voltar aos meus antigos horários, 7h, 6h, 5h.
Também irei me atentar para a alimentação, que no final de semana passou dos limites. Assisti um pouco do documentário "what the health" da netflix, e fiquei assustado com o quanto a nossa alimentação influencia no desenvolvimento de doenças. Se alimentar bem faz tudo ficar melhor na vida. As vezes nos esquecemos que somos uma máquina, e o funcionamento do nosso corpo e mente, dependerá do que colocamos dentro dele.

Hoje é dia de organizar minhas coisas. Irei tirar o dia para elaborar minhas questões referentes aos estudos que farei nessas férias. Além disso, irei "organizar" algumas coisas que negligenciei nesse período de recaídas.

O celular no banheiro continua um problema... Hoje tentarei pegar o mínimo nele.

Enfim pessoal, estarei vos acompanhando em vossos diários. Estou com saudades de alguns colegas. Há um tempo atrás fiz boas amizades aqui, mas creio que quase todos deixaram o fórum... Isso é triste, lutar essa batalha com amigos é mais motivador, sinto que perdi irmãos, mas espero o retorno deles.

Um grande abraço.

Constantine.

Saudações, caro Constantine.

Meu irmão, o efeito caçador realmente é algo muito complicado, e se foi melhor para você zerar o seu contador, está tudo ótimo. Só peço para que tenha cuidado ao zerar o contador, não somos obrigados a fazer algo perfeito, tudo não precisa sair perfeitinho, só precisamos dar o melhor que tínhamos naquele momento, além disso, acredito que uma coisa que pode ajudar muito nessa questão do Reboot é lembrar que aqui não há um fim, aqui não há uma meta, aqui é algo pra sempre, se quisermos ter uma boa vida em um futuro não tão distante rs.

Vejo que está lidando bem com a sua autoanálise, e isso é fundamental para que possamos conseguir lidar com os desafios que o reboot nos reserva. Continue se analisando, procure preencher cada lacuna, e com certeza aos poucos vamos mudando a nossa realidade, mas lembre que nunca haverá 100%, e isso não deve ser algo para colocar uma pressão sobre nós, pelo contrário, isso é para tirar a pressão... O mundo trás uma perfeição em várias coisas, se você abre uma rede-social, lá há várias pessoas perfeitas, e até mesmo pessoalmente as pessoas não querem mostrar que sofrem, é tanto que uma vez eu ouvi uma coisa que nunca fez tanto sentido "Nós nos arrumamos por fora, estamos impecáveis, porém por dentro estamos destruídos". E isso que eu falo de assumir que não seremos perfeitos, nem nunca faremos 100%, é para podemos tentar levar a vida com mais leveza, sabendo que vamos cair, mas também vamos ultrapassar barreiras, sabendo que vamos chorar, mas também vamos rir tanto que nem lembraremos das vezes que choramos, é pra lembrarmos também que vamos ter grandes perdas, mas também teremos grandes vitórias, e é isso meu caro.

Estamos juntos nessa jornada.

Um grande abraço do Harv.

_______________________________________


Acesse o meu diário.

Uma jornada de mil milhas começa com um único passo.

Constantine gosta desta mensagem

Constantine
Constantine
Mensagens : 147
Data de inscrição : 18/08/2020

O começo do fim.  - Página 4 Empty Re: O começo do fim.

8/12/2020, 10:44
Saudações, caros amigos. Sejam todos muito bem-vindos ao meu diário. Aqui compartilho a minha luta diária contra o vício em PMO. Vamos juntos rumo à redenção.

Dia 01

Olá meus amigos.

Ontem o dia foi razoavelmente tranquilo. Mas ainda levei o celular para o banheiro... Tenho um vício em escutar música no banho, preciso lidar com isso, ou comprar um aparelho que me permita escutar música longe do telefone. É estranho né? Como sempre inventamos uma desculpa pra nós mesmos, pra perpetuar aquele hábito mais uma vez... Sempre quando vou levar o celular para o banheiro é quase inconsciente. Mas quando percebo que estou com ele, digo: "Ah, só dessa vez, não vai dar nada, não estou com vontade de praticar PMO". E nessa mesma lógica eu sigo, até recair... Continuarei dando atenção à isso, espero amanhã vir aqui relatar que não levei. Porque poxa, é algo tão simples, mas ao mesmo tempo, por ser uma prática enraizada, e por ser o início do reboot (motivação alta), vou me permitindo essas coisas, e isso se torna tão complicado.

Hoje acordei mais cedo (8h), demorei um pouco para vir aqui relatar no meu diário, pois costumo arrumar tudo antes. Não sei se já falei para vocês sobre o Jordan Peterson... Caramba, esse cara é meu pai virtual, definitivamente. Aprendo cada coisa com ele, sugiro muito que o conheçam. Ele é um psicólogo clínico e pesquisador canadense, mas ficou muito famoso por tratar de assuntos que a maioria da massa não quer lidar. Ou melhor, lida conforme a corrente. O JP não, ele sempre diz a verdade, não importa o que as pessoas irão achar dele. Aprendi muitas coisas com ele, sobre como definitivamente organizar a vida. E não pessoal, ele não é um coach, sugiro que vocês vejam algum vídeo dele, ele dá muitas palestras. Bom, por acompanhá-lo, comecei a prezar pela rotina matinal, principalmente em relação a organização do meu quarto, pela elaboração de um café rico em gorduras e proteínas, pela prática de atividade física, enfim... Por isso, às vezes, venho um pouco mais tarde no fórum. Mas o importante é estar presente, não é mesmo?

Como disse nas minhas postagens anteriormente, não vou me ater em questões envolvendo gatilhos, pensamentos eróticos e etc. Como eu aprendi há um tempo com um amigo aqui do fórum, reboot é recuperação e não abstinência. Portanto, eu foco no meu projeto de vida, que automaticamente a prática da PMO (que é consequência de uma vida desorganizada, principalmente em relação às emoções) é eliminada.

Com isso, gostaria de falar um pouco sobre projetos de vida, hoje falarei um pouco sobre dieta.

A minha relação com a comida: bom, eu tive uma infância relativamente normal. Não fui nenhum garoto obeso, mas era considerado "gordinho". Isso sempre foi um desagrado para mim, pois quase todos os meus amigos eram magros, ou extremamente magros (só pele e osso praticamente). E querendo ou não, eu sofri muito bullying por isso. Como era um garoto que me importava demais com o que as pessoas achavam de mim, cada vez que um colega me zoava de gordo na frente de uma garota, a minha espinha gelava, era como se meu mundo desabasse e todos descobrissem um grande segredo meu: EU SOU GORDINHO rs. Caralho, aquilo pra mim era um problema gigante. E adivinhem só onde eu descontava toda aquela raiva e angústia quando chegava em casa? Na comida...

Na verdade, eu vivia entre ciclos espontâneos de emagrecimento e de ganho de gordura. Como criança, não sabia nada sobre isso, e na verdade nem tinha planos de ação para cuidar do meu corpo. Eu vivia comendo porcaria: salgadinhos, bolachas, refrigerantes, tudo o que imaginarem... Mesmo brincando bastante, jogando futebol, fazendo várias coisas, eu continuava sempre com aquele estilo de corpo. O tempo foi passando e cada vez mais eu me sentia triste em relação à isso. Na adolescência então, nem se fala... Geral começando a se "pegar", e eu sempre que ia conversar com uma garota, até que rolava, mas morria de medo e insegurança de que ela "descobrisse meu segredo".

Mesmo sendo alto e tendo uma boa aparência (sim, eu me acho bonito, e você também deveria se achar bonito), aquilo vivia me incomodando. Então eu ia na base do radicalismo emagrecendo, ficando horas sem comer... Com o tempo até que rolou, mas eu acabei emagrecendo demais, e perdi muita massa magra. Isso me deixou com um físico meio estranho... De camisa eu era magro, mas sem camisa eu me sentia gordo. Nesse sentido, eu comecei na academia, e desde então tenho melhorado bastante meu corpo. Mas é sempre uma luta, sabe porque?

Bom, eu falei disso tudo para chegar nesse ponto: a forma como enxergamos a comida.

Amigos, atividade física para mim nunca foi um problema. Sempre gostei, sempre foi minha praia. Até hoje, sou apaixonado por atividade física. Faço academia, jogo bola, ciclismo, corrida, etc... Mas o problema (que ainda persiste) é a relação com a comida. Assim como a PMO, a comida é uma imensa fonte de prazer - LEIA-SE DOPAMINA. Por isso, quando não sabemos gerenciar nossas emoções e a forma de ver e lidar com o mundo (causas da PMO), descontamos na comida... Não comemos no sentido de nos nutrir, comemos no sentido de aliviar uma dor, um sentimento de angústia, uma aflição...

Portanto, o ponto que devemos focar é na gerência consciente das emoções. Não podemos fugir dos sentimentos ruins, pois sumir dos sentimentos ruins é negligenciar também os bons. Porque um depende da modulação do outro. Além disso, qualquer emoção depende mais de fatores internos do que de externos. Tudo depende de como você enxerga determinada situação, de como você assimila aquilo. No fim, tudo será experiência. Temos que nos forçar a analisar, no momento em que aquela emoção ruim surgir, se aquilo é realmente necessário, e se sim, suportá-lo e buscar soluções para a aflição externa que está ocasionando aquilo. Somos seres fortes, e sempre teremos muitas opções à nossa disposição, das quais a fuga, não é uma delas.

Enfim pessoal, só queria refletir um pouco sobre isso.

Um grande abraço para vocês. Estarei em vossos diários. Lhes desejo força.

Constantine.

_______________________________________
meu diário: O começo do fim.

O começo do fim.  - Página 4 Screen13

Metas:
3 dias ( ) 7 ( ) 11 ( ) 15 ( ) 19 ( ) 21 ( ) 25 ( ) 30 ( ) 35 ( ) 42 ( ) 49 ( ) 56 ( ) 63 ( ) 70 ( ) 77 ( ) 84 ( ) 90 ( )

Rottweiler, Peter Parker e Drew gostam desta mensagem

Voltar ao Topo
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum