Ir em baixo
avatar
Lorenzo Mitielli
Mensagens : 23
Data de inscrição : 01/01/2020
Idade : 46

Batalha Intensa Empty Batalha Intensa

21/9/2020, 09:11
Primeira postagem.
Tenho 45 anos, hetero, casado, uma filha.
Resumo: Gosto de mulher; não envolvimento com pornô homo; nunca relações homo; nunca desejo de ser homo; infelizmente aos 6 anos oral entre dois colegas da mesma idade; após entender que era errado, nunca mais; após esse episódio sensações groinais por toda vida ao presenciar nudez masculina em situações do cotidiano como no vestiário após o futebol; na juventude ao assistir porno hetero, mesma sensação. Essas sensações fazem com que a minha mente diga que sou gay; toda minha vida foi ficar se analisando e verificando se estou tento algum comportamento que revele que sou gay; desenvolvi TOC e faço tratamento há anos com medicação.

Vi pornografia na minha juventude, mas com todas as dificuldades da época, não me considerei um viciado. E mesmo com a facilidade da internet, não vejo pornografia.
Além dos questionamentos mentais sobre o fato de ser gay, outro fator que sempre me incomodava muito é o fato do meu pênis quando flácido ser torto; e quando ereto, e eu estar deitado, ele encostar na barriga. Eu percebia que dos outros caras não era assim, mas que ficava em pé quando o cara estava deitado. Embora pareça ser nada importante esse fator, mas desde que me conheço por gente, isso criou em mim um hábito muito ruim de querer me certificar de que sou normal olhando para os outros caras, mas não com o desejo homo, mas para me certificar de que tinha alguém igual a mim. Na época, na minha adolescência o fato de eu ter esse tipo de pênis me fazia sentir-se bizarro. Cito isso para dizer que o meu TOC se dá por essas duas razões: Verificação constante de não ser gay e necessidade incontrolável de querer me comparar com outros caras. Me sinto um lixo, mas essa é toda a verdade.

Em 2006 quando minha esposa ficou grávida, comecei a assistir vídeos sobre fecundação e como um vídeo puxa outro assisti vídeos sobre puberdade masculina e comecei a pesquisar na internet assuntos relacionados a pênis curvado. Nessas visualizações apareciam fotos reais de pênis e as sensações groinais aconteciam o que piorava ainda mais meu TOC. Então, decide que eu venceria essas sensações por ver pênis e me controlar. Eu queria provar pra mim mesmo que ver um pênis não resultaria em nada pra mim.

O curioso era que após ver e até mesmo descobrir que outros caras eram iguais a mim, as sensações desapareciam e isso me fazia sentir-se vitorioso. Mas, após alguns meses com o TOC e a ansiedade lá em cima, eu via assuntos sobre puberdade, tipos de pênis em sites de educação sexual para me certificar, me testar de que tudo estava bem. Mas, após ver isso me sentia péssimo! Como um cara precisa ver um pênis para se certificar que é homem? Isso não existe!!! Então sou gay mesmo.

E esse ciclo continua até hoje, infelizmente. Descobri o reboot e entendi que seria uma boa ferramenta para me ajudar. Mas, já comecei por 4 vezes e sempre após os 70 dias, a vontade de me comparar com outros caras parece me dominar, e acabo vendo fotos de pênis em sites de urologia, educação sexual, etc. Não assisto nada porno, mas me sinto como tivesse visto. Na minha mente isso significa: pênis = porno = gay.
Um detalhe, não fico excitado ao ver outros pênis. No início vem a sensação groinal, mas após ver por algum tempo, ela some e isso me faz sentir que sou normal. A sensação de não ter o groinal é muito boa, mas por outro lado ver pênis me destrói.

Essa é a minha luta que quero muito vencer.

Tiago M, 5&4 e Rottweiler gostam desta mensagem

Guerreironofap
Guerreironofap
Mensagens : 45
Data de inscrição : 17/04/2020
Idade : 28
Localização : Rio de Janeiro

Batalha Intensa Empty Re: Batalha Intensa

21/9/2020, 14:55
Boa tarde, também tenho problema de ver outros caras e tentar sentir algo
5&4
5&4
Admin
Admin
Mensagens : 2913
Data de inscrição : 18/08/2017
Localização : Battlefield - Vencer é uma questão de escolha!

Batalha Intensa Empty Re: Batalha Intensa

21/9/2020, 19:12
Oi, Lorenzo Mitielli!

Que bom que você chegou! Seja muito bem-vindo ao Fórum "Vício em Pornografia, Como Parar?". Aqui, ao mesmo tempo em que construímos um novo caminho por meio da reversão do vício, também construímos uma família. Por isso, desejamos que você se sinta bem entre nós, ao mesmo tempo que encontre oportunidades e condições para aprender e crescer.

Confira algumas orientações, caso já esteja adotando algumas delas, parabéns!

  • Conheça a legislação do Fórum: Regras de Participação, Orientações Básicas e Proibições.

  • Veja como gerenciar seu diário em Como criar um diário no Fórum.

  • Conheça o Guia Introdutório e aprenda o básico sobre o processo de reversão do vício ou adquira o Curso Online Programa Revert (Super Recomendado) para ter acesso a informações mais completas.

  • Confira o arsenal tecnológico para te auxiliar na proteção contra o vício: Configuração do Clean Browsing; Bloqueamento via Hosts; Inter App Control Pro (Pago); Blok Supreme (Pago); Download do Qustodio (A versão gratuita já é suficiente). Para maiores informações e/ou encontrar outras opções acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Conheça os navegadores (para smartphone) que já vem com proteção contra o vício e escolha um: Spin, Kids Safe Browser (Pago) e Mobicip. Instale o NetAngel para bloquear a pornografia em seu smartphone, bem como o AppLock que pode ser utilizado para bloquear o serviço de distribuição de aplicativos, as configurações do smarthpone, dentre outras coisas. Para maiores informações e/ou encontrar outras opções para Android, iOS ou Windows Phone acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Dica: Cadastre um e-mail temporário descartável em seus softwares, pois, assim, você evita uma possível recuperação da senha. Utilize também um método de ocultação de senha, para evitar que você desative os bloqueadores em um momento de fissura. Acesse: Método para esconder a senha.

  • Instale um contador de dias: Tutorial Contador de Dias, para te situar em sua jornada.

    Avalie também a necessidade de abandono de outros vícios que podem de alguma forma te atrapalhar no processo, como masturbação, álcool, outras drogas lícitas e ilícitas, games, comidas e outros.

  • Priorize as atividades de religação, tais como: socialização, trabalho voluntário, trabalho manual prazeroso, leitura de livros, mindfulness, meditação, yoga, musculação, natação, ciclismo, pilates, hidroginástica, crossfit, boxe, lutas diversas, dança, caminhada, corrida, zumba, voleibol, futebol e muitas outras. Não foque muito em quantidade, mas na qualidade.

  • Não desperdice o seu tempo em redes sociais, pois muitas delas atuam como verdadeiras "playboys digitais", tais como: facebook, instagram, twitter, pinterest e outras. Evite também a navegação a esmo.

  • Não abandone o fórum, atualize constantemente o seu diário. Certifique-se de ter relatado toda a sua história de envolvimento com a PMO, para que, assim, possamos ajudá-lo(a) da melhor forma. Iremos empenhar todos os nossos esforços para te assistir, e sempre que puder ajude outros aqui também.

Abraços!

_______________________________________
Batalha Intensa Meu_di12
avatar
Tiago M
Moderador
Moderador
Mensagens : 1966
Data de inscrição : 31/07/2016

Batalha Intensa Empty Re: Batalha Intensa

21/9/2020, 22:03
Lorenzo Mitielli escreveu:Primeira postagem.
Tenho 45 anos, hetero, casado, uma filha.
Resumo: Gosto de mulher; não envolvimento com pornô homo; nunca relações homo; nunca desejo de ser homo; infelizmente aos 6 anos oral entre dois colegas da mesma idade; após entender que era errado, nunca mais; após esse episódio sensações groinais por toda vida ao presenciar nudez masculina em situações do cotidiano como no vestiário após o futebol; na juventude ao assistir porno hetero, mesma sensação. Essas sensações fazem com que a minha mente diga que sou gay; toda minha vida foi ficar se analisando e verificando se estou tento algum comportamento que revele que sou gay; desenvolvi TOC e faço tratamento há anos com medicação.

Vi pornografia na minha juventude, mas com todas as dificuldades da época, não me considerei um viciado. E mesmo com a facilidade da internet, não vejo pornografia.
Além dos questionamentos mentais sobre o fato de ser gay, outro fator que sempre me incomodava muito é o fato do meu pênis quando flácido ser torto; e quando ereto, e eu estar deitado, ele encostar na barriga. Eu percebia que dos outros caras não era assim, mas que ficava em pé quando o cara estava deitado. Embora pareça ser nada importante esse fator, mas desde que me conheço por gente, isso criou em mim um hábito muito ruim de querer me certificar de que sou normal olhando para os outros caras, mas não com o desejo homo, mas para me certificar de que tinha alguém igual a mim. Na época, na minha adolescência o fato de eu ter esse tipo de pênis me fazia sentir-se bizarro. Cito isso para dizer que o meu TOC se dá por essas duas razões: Verificação constante de não ser gay e necessidade incontrolável de querer me comparar com outros caras. Me sinto um lixo, mas essa é toda a verdade.

Em 2006 quando minha esposa ficou grávida, comecei a assistir vídeos sobre fecundação e como um vídeo puxa outro assisti vídeos sobre puberdade masculina e comecei a pesquisar na internet assuntos relacionados a pênis curvado. Nessas visualizações apareciam fotos reais de pênis e as sensações groinais aconteciam o que piorava ainda mais meu TOC. Então, decide que eu venceria essas sensações por ver pênis e me controlar. Eu queria provar pra mim mesmo que ver um pênis não resultaria em nada pra mim.

O curioso era que após ver e até mesmo descobrir que outros caras eram iguais a mim, as sensações desapareciam e isso me fazia sentir-se vitorioso. Mas, após alguns meses com o TOC e a ansiedade lá em cima, eu via assuntos sobre puberdade, tipos de pênis em sites de educação sexual para me certificar, me testar de que tudo estava bem. Mas, após ver isso me sentia péssimo! Como um cara precisa ver um pênis para se certificar que é homem? Isso não existe!!! Então sou gay mesmo.

E esse ciclo continua até hoje, infelizmente. Descobri o reboot e entendi que seria uma boa ferramenta para me ajudar. Mas, já comecei por 4 vezes e sempre após os 70 dias, a vontade de me comparar com outros caras parece me dominar, e acabo vendo fotos de pênis em sites de urologia, educação sexual, etc. Não assisto nada porno, mas me sinto como tivesse visto. Na minha mente isso significa: pênis = porno = gay.
Um detalhe, não fico excitado ao ver outros pênis. No início vem a sensação groinal, mas após ver por algum tempo, ela some e isso me faz sentir que sou normal. A sensação de não ter o groinal é muito boa, mas por outro lado ver pênis me destrói.

Essa é a minha luta que quero muito vencer.

Seja bem-vindo, Lorenzo!

É muito ruim ter essas ideias fixas em relação ao corpo e situações do passado, mas eu acredito que com uma mudança de mentalidade e comportamento é possível superar. Que você possa vencer essas dificuldades.

_______________________________________


Diário: [parte 1] [parte 2]
avatar
Viefon
Mensagens : 74
Data de inscrição : 06/08/2020

Batalha Intensa Empty Re: Batalha Intensa

22/9/2020, 01:06
Tmb tenho necessidade de comparar
avatar
Lorenzo Mitielli
Mensagens : 23
Data de inscrição : 01/01/2020
Idade : 46

Batalha Intensa Empty Re: Batalha Intensa

23/9/2020, 09:37
Bom dia a todos!
Hoje me sentindo ansioso pelo fato de ter aberto meu problema. Um misto de vergonha e sensação de ser fraco. Mas, faz parte do processo.
O desejo de encontrar equilíbrio supera os pensamentos negativos.
Agradeço muito por responderem as mensagens. Me sinto ajudado.
Abraço a todos!

_______________________________________
5&4
5&4
Admin
Admin
Mensagens : 2913
Data de inscrição : 18/08/2017
Localização : Battlefield - Vencer é uma questão de escolha!

Batalha Intensa Empty Re: Batalha Intensa

23/9/2020, 14:40
Viefon escreveu:Tmb tenho necessidade de comparar
Esse desejo de comparação acaba residindo em um mecanismo de baixa autoestima, falo no sentido de se sentir inferior por conta do tamanho do pau, por conta da diferença de corpo (gordo, magro, forte, fraco...) e outros.

Lorenzo Mitielli escreveu:Bom dia a todos!
Hoje me sentindo ansioso pelo fato de ter aberto meu problema. Um misto de vergonha e sensação de ser fraco. Mas, faz parte do processo.
O desejo de encontrar equilíbrio supera os pensamentos negativos.
Agradeço muito por responderem as mensagens. Me sinto ajudado.
Abraço a todos!
Oi, Lorenzo!

Falar liberta, cara! Quanto mais você deixar aquilo guardadinho no escurinho da alma, mais poder ele terá sobre você. Ele perde força quando você o joga na luz. Assim, aos poucos, vai ficando mais fácil lidar com as nossas sombras.

Culturalmente, nós homens fomos ensinados a ficarmos calados sobre tudo o que nos angustia, fomos ensinados a não demonstrarmos sentimentos, nem nada. Só que isso acaba causando em nós uma espécie de "panela de pressão sem válvula" e acabamos "explodindo" para algum lado, por exemplo, a PMO. 

E justamente compartilhar nossas vulnerabilidades, nossas fraquezas, por mais dolorido que seja, é o que nos faz mais homens - e não o contrário. Se homens fossem mais honestos entre si, não teríamos tantas neuras na vida. Então, fique tranquilo, cara! Muitos homens comparam o falo um do outro (por curiosidade "natural" ou mero complexo de inferioridade) por exemplo. 

Que tudo dê certo em sua caminhada, o que precisar estamos aqui. Por fim, só uma coisa: o que contribuiu para sua queda?

Abraços!

_______________________________________
Batalha Intensa Meu_di12

Lorenzo Mitielli gosta desta mensagem

avatar
Lorenzo Mitielli
Mensagens : 23
Data de inscrição : 01/01/2020
Idade : 46

Batalha Intensa Empty Re: Batalha Intensa

23/9/2020, 16:30
Valeu pela força amigo!
Minha ultima queda foi após três dias de batalha intensa contra a pressão mental para ver sites onde eu poderia me comparar e me testar contra a groinal.
Passei por aquela pressão e me senti vitorioso por não ter cedido. Estava do dia 68 do reboot. Tive relação com minha esposa e de madrugada, meio sonolento me masturbei. (Sabe que essas masturbações noturnas são desgraçadas. Quando estou acordado eu não faço, mas nesse estado, acontece. Mas percebo que são essas ocasiões que disparam a ansiedade depois.)
Depois disso uma enxurrada de ansiedade que me leva a entrar em sites de saúde ou educação sexual para de modo não erótico ver pênis e não sentir a groinal.
Foi isso amigo.
Quero muito não depender de mau hábito te ficar me testando. Me sinto péssimo depois disso.
Obrigado pela resposta e interesse!

Algumas perguntas referente minhas dúvidas quanto a comportamento. Pode ser o mais franco necessário.

1) Groinal é uma sensação que a maioria dos caras tem diante de nudez masculina? Exemplo: Ao ter que tomar banho no vestiário, mesmo sem ficar olhando pros caras, é normal ocorrer groinal mesmo em um cara normal?

2) Eu busco imagens em sites de medicina, educação sexual, etc para não me deparar com um pênis ereto, mas flácido a titulo de comparação e testar quanto a groinal. Isso é encarado como pornografia também? Não vejo cenas de sexo explicito de nenhuma forma.

3) Me lembro na adolescência que quando precisava tomar banho coletivo eu ficava me controlando por causa da groinal e acabava tendo ereção. Não por desejo homo, mas ocorria. Isso ocorre mesmo?

4) Não tenho vontade nenhuma de transar com um cara, nem me imagino fazendo nada com cara nenhum, então por quê essa neura com nudez masculina? Cara muito loko isso.

_______________________________________
avatar
Viefon
Mensagens : 74
Data de inscrição : 06/08/2020

Batalha Intensa Empty Re: Batalha Intensa

24/9/2020, 10:20
Lorenzo Mitielli escreveu:Bom dia a todos!
Hoje me sentindo ansioso pelo fato de ter aberto meu problema. Um misto de vergonha e sensação de ser fraco. Mas, faz parte do processo.
O desejo de encontrar equilíbrio supera os pensamentos negativos.
Agradeço muito por responderem as mensagens. Me sinto ajudado.
Abraço a todos!

Aqui e um lugar anônimo nao precisa estar ansioso nem ter vergonha !

A verdade que lendo os relatos aqui percebemos que todos temos, algo que ano deveríamos ter feito.

Força e foco

Lorenzo Mitielli gosta desta mensagem

avatar
Viefon
Mensagens : 74
Data de inscrição : 06/08/2020

Batalha Intensa Empty Re: Batalha Intensa

24/9/2020, 10:22
5&4 escreveu:
Viefon escreveu:Tmb tenho necessidade de comparar
Esse desejo de comparação acaba residindo em um mecanismo de baixa autoestima, falo no sentido de se sentir inferior por conta do tamanho do pau, por conta da diferença de corpo (gordo, magro, forte, fraco...) e outros.

Lorenzo Mitielli escreveu:Bom dia a todos!
Hoje me sentindo ansioso pelo fato de ter aberto meu problema. Um misto de vergonha e sensação de ser fraco. Mas, faz parte do processo.
O desejo de encontrar equilíbrio supera os pensamentos negativos.
Agradeço muito por responderem as mensagens. Me sinto ajudado.
Abraço a todos!
Oi, Lorenzo!

Falar liberta, cara! Quanto mais você deixar aquilo guardadinho no escurinho da alma, mais poder ele terá sobre você. Ele perde força quando você o joga na luz. Assim, aos poucos, vai ficando mais fácil lidar com as nossas sombras.

Culturalmente, nós homens fomos ensinados a ficarmos calados sobre tudo o que nos angustia, fomos ensinados a não demonstrarmos sentimentos, nem nada. Só que isso acaba causando em nós uma espécie de "panela de pressão sem válvula" e acabamos "explodindo" para algum lado, por exemplo, a PMO. 

E justamente compartilhar nossas vulnerabilidades, nossas fraquezas, por mais dolorido que seja, é o que nos faz mais homens - e não o contrário. Se homens fossem mais honestos entre si, não teríamos tantas neuras na vida. Então, fique tranquilo, cara! Muitos homens comparam o falo um do outro (por curiosidade "natural" ou mero complexo de inferioridade) por exemplo. 

Que tudo dê certo em sua caminhada, o que precisar estamos aqui. Por fim, só uma coisa: o que contribuiu para sua queda?

Abraços!


Talvez você esteja certo quanto a auto estima! Sempre quis ter um corpo atlético. Nao me acho feio, mas tbm nunca me considerei bonito, apenas normal!
avatar
Viefon
Mensagens : 74
Data de inscrição : 06/08/2020

Batalha Intensa Empty Vou tentar responder algumas perguntas

24/9/2020, 10:36
Lorenzo Mitielli escreveu:Valeu pela força amigo!
Minha ultima queda foi após três dias de batalha intensa contra a pressão mental para ver sites onde eu poderia me comparar e me testar contra a groinal.
Passei por aquela pressão e me senti vitorioso por não ter cedido. Estava do dia 68 do reboot. Tive relação com minha esposa e de madrugada, meio sonolento me masturbei. (Sabe que essas masturbações noturnas são desgraçadas. Quando estou acordado eu não faço, mas nesse estado, acontece. Mas percebo que são essas ocasiões que disparam a ansiedade depois.)
Depois disso uma enxurrada de ansiedade que me leva a entrar em sites de saúde ou educação sexual para de modo não erótico ver pênis e não sentir a groinal.
Foi isso amigo.
Quero muito não depender de mau hábito te ficar me testando. Me sinto péssimo depois disso.
Obrigado pela resposta e interesse!

Algumas perguntas referente minhas dúvidas quanto a comportamento. Pode ser o mais franco necessário.

1) Groinal é uma sensação que a maioria dos caras tem diante de nudez masculina? Exemplo: Ao ter que tomar banho no vestiário, mesmo sem ficar olhando pros caras, é normal ocorrer groinal mesmo em um cara normal?
_____________
Nao entendo muito bem o que é, mas eu tomo banho de boa . Mesmo que olhando e a verdade é que todos olham uns pros outros . Ninguém e cego !

2) Eu busco imagens em sites de medicina, educação sexual, etc para não me deparar com um pênis ereto, mas flácido a titulo de comparação e testar quanto a groinal. Isso é encarado como pornografia também? Não vejo cenas de sexo explicito de nenhuma forma.
__________
Acredito que sim, seu cérebro pede isso .

3) Me lembro na adolescência que quando precisava tomar banho coletivo eu ficava me controlando por causa da groinal e acabava tendo ereção. Não por desejo homo, mas ocorria. Isso ocorre mesmo?
_________________
Isso só ocorreu comigo uma vez , e eu fiquei meia bomba . Devia ter 18 ou 19 anos . Estava no chuveiro com um amigo e tbm ficou . Sei disso pq já tomamos banho várias vezes depois e o tamanho dele Estava menor. Acho que foi mais pela testosterona, do que pelo fato de estar nu. Depois disso nunca tive uma meia ereção. No seu caso pode ser por que se fixa no pênis dos outros.

4) Não tenho vontade nenhuma de transar com um cara, nem me imagino fazendo nada com cara nenhum, então por quê essa neura com nudez masculina? Cara muito loko isso.
______________
Acho que é a resposta que foi dada acima . Baixa auto estima e tbm o fato de vc alimentar a mente com imagens .

Pare de ver qualquer falo

Lorenzo Mitielli gosta desta mensagem

avatar
Lorenzo Mitielli
Mensagens : 23
Data de inscrição : 01/01/2020
Idade : 46

Batalha Intensa Empty Re: Batalha Intensa

24/9/2020, 12:15
Valeu pela franqueza!
Vou acatar e parar.
Vou recorrer a vocês quando a baixo estima bater e a ansiedade tbem.
Valeu pela força amigos!

_______________________________________
5&4
5&4
Admin
Admin
Mensagens : 2913
Data de inscrição : 18/08/2017
Localização : Battlefield - Vencer é uma questão de escolha!

Batalha Intensa Empty Re: Batalha Intensa

24/9/2020, 21:16
1) Groinal é uma sensação que a maioria dos caras tem diante de nudez masculina? Exemplo: Ao ter que tomar banho no vestiário, mesmo sem ficar olhando pros caras, é normal ocorrer groinal mesmo em um cara normal?
R: Groinal é um sintoma típico de usuários com TOC do tipo HOCD. Pode ser um comichão na virília, um formigamento na base do pênis... tudo isso desencadeado por ANSIEDADE.

2) Eu busco imagens em sites de medicina, educação sexual, etc para não me deparar com um pênis ereto, mas flácido a titulo de comparação e testar quanto a groinal. Isso é encarado como pornografia também? Não vejo cenas de sexo explicito de nenhuma forma.
R: No seu caso é como se fosse sim, pois a visualização desse substituto pornográfico acaba percorrendo as mesmas vias neurais da pornografia. E ficar se comparando é o mesmo que dar um tiro no próprio pé.

3) Me lembro na adolescência que quando precisava tomar banho coletivo eu ficava me controlando por causa da groinal e acabava tendo ereção. Não por desejo homo, mas ocorria. Isso ocorre mesmo?
R: Jó, um personagem da Bíblia, disse uma vez: aquilo que eu mais temia, sobreveio-me. Aquilo que você mais tem medo, vai desencadear ansiedade. Logo, aquilo que você mais quer evitar, a todo custo, acaba acontecendo. Exemplo: o cara vai para a cama com a mulher "morrendo" de medo de falhar. Todo esse medo e toda essa ansiedade criam um cenário com maior probabilidade de chance do cara falhar mesmo.

4) Não tenho vontade nenhuma de transar com um cara, nem me imagino fazendo nada com cara nenhum, então por quê essa neura com nudez masculina? Cara muito loko isso.
R: Por causa do TOC, da baixa autoestima - o que faz com que você se vê sempre pior que os demais homens, talvez com um pênis menor, com um corpo no qual você, talvez, não goste muito...

_______________________________________
Batalha Intensa Meu_di12

Lorenzo Mitielli e Viefon gostam desta mensagem

avatar
Lorenzo Mitielli
Mensagens : 23
Data de inscrição : 01/01/2020
Idade : 46

Batalha Intensa Empty Re: Batalha Intensa

24/9/2020, 22:03
Muito obrigado pelos esclarecimentos.
Está sendo de grande ajuda.
Novos pensamentos e respostas que já estão me ajudando.
Me sinto diferente por ter essas sensações desde criança. Sempre penso que um homem de verdade não sente isso e confesso que sinto inveja dessa condição normal. Mas, vamos em frente.
Minha lição é aprender a viver com isso fazendo o máximo para não contribuir para minha queda.
Valeu pelas explicações e conselhos.

_______________________________________

Vitoriosa gosta desta mensagem

avatar
Lorenzo Mitielli
Mensagens : 23
Data de inscrição : 01/01/2020
Idade : 46

Batalha Intensa Empty Refletindo

26/9/2020, 14:19
Boa tarde amigos.
Esses dois dias refleti muito sobre tudo que li dos conselhos dados e perguntas respondidas.
Eu agradeço muito. Poder falar sobre tudo, foi excelente pra mim.
Os conselhos francos estão me ajudando e valorizar o homem que sou e não focar nos defeitos, mas nas qualidades que tenho como homem e pessoa.
Entender que o TOC e a ansiedade são os responsáveis por grande parte da minha batalha me ajudou a não mais focar em querer eliminar os sentimentos de baixa auto estima e as brinque, mas em como lidar com as crises de TOC quando aparecerem.
Está sendo um momento de muita reflexão.
Estou me sentindo calmo e pela primeira vez em muitos anos, contente de ser quem eu sou, mesmo com meus desafios.
Agradeço mais uma vez e fiquem a vontade para me aconselharem com o que for necessário.
Abraço
avatar
Lorenzo Mitielli
Mensagens : 23
Data de inscrição : 01/01/2020
Idade : 46

Batalha Intensa Empty Re: Batalha Intensa

26/9/2020, 14:22
* digo, com as groinais

_______________________________________
avatar
Fernandinho
Mensagens : 9
Data de inscrição : 22/09/2020

Batalha Intensa Empty Oi amigo, me passa seu ZAP, já passei por isso e continuo passando, creio que posso ti ajudar de alguma forma.

26/9/2020, 14:29
Lorenzo Mitielli escreveu:Primeira postagem.
Tenho 45 anos, hetero, casado, uma filha.
Resumo: Gosto de mulher; não envolvimento com pornô homo; nunca relações homo; nunca desejo de ser homo; infelizmente aos 6 anos oral entre dois colegas da mesma idade; após entender que era errado, nunca mais; após esse episódio sensações groinais por toda vida ao presenciar nudez masculina em situações do cotidiano como no vestiário após o futebol; na juventude ao assistir porno hetero, mesma sensação. Essas sensações fazem com que a minha mente diga que sou gay; toda minha vida foi ficar se analisando e verificando se estou tento algum comportamento que revele que sou gay; desenvolvi TOC e faço tratamento há anos com medicação.

Vi pornografia na minha juventude, mas com todas as dificuldades da época, não me considerei um viciado. E mesmo com a facilidade da internet, não vejo pornografia.
Além dos questionamentos mentais sobre o fato de ser gay, outro fator que sempre me incomodava muito é o fato do meu pênis quando flácido ser torto; e quando ereto, e eu estar deitado, ele encostar na barriga. Eu percebia que dos outros caras não era assim, mas que ficava em pé quando o cara estava deitado. Embora pareça ser nada importante esse fator, mas desde que me conheço por gente, isso criou em mim um hábito muito ruim de querer me certificar de que sou normal olhando para os outros caras, mas não com o desejo homo, mas para me certificar de que tinha alguém igual a mim. Na época, na minha adolescência o fato de eu ter esse tipo de pênis me fazia sentir-se bizarro. Cito isso para dizer que o meu TOC se dá por essas duas razões: Verificação constante de não ser gay e necessidade incontrolável de querer me comparar com outros caras. Me sinto um lixo, mas essa é toda a verdade.

Em 2006 quando minha esposa ficou grávida, comecei a assistir vídeos sobre fecundação e como um vídeo puxa outro assisti vídeos sobre puberdade masculina e comecei a pesquisar na internet assuntos relacionados a pênis curvado. Nessas visualizações apareciam fotos reais de pênis e as sensações groinais aconteciam o que piorava ainda mais meu TOC. Então, decide que eu venceria essas sensações por ver pênis e me controlar. Eu queria provar pra mim mesmo que ver um pênis não resultaria em nada pra mim.

O curioso era que após ver e até mesmo descobrir que outros caras eram iguais a mim, as sensações desapareciam e isso me fazia sentir-se vitorioso. Mas, após alguns meses com o TOC e a ansiedade lá em cima, eu via assuntos sobre puberdade, tipos de pênis em sites de educação sexual para me certificar, me testar de que tudo estava bem. Mas, após ver isso me sentia péssimo! Como um cara precisa ver um pênis para se certificar que é homem? Isso não existe!!! Então sou gay mesmo.

E esse ciclo continua até hoje, infelizmente. Descobri o reboot e entendi que seria uma boa ferramenta para me ajudar. Mas, já comecei por 4 vezes e sempre após os 70 dias, a vontade de me comparar com outros caras parece me dominar, e acabo vendo fotos de pênis em sites de urologia, educação sexual, etc. Não assisto nada porno, mas me sinto como tivesse visto. Na minha mente isso significa: pênis = porno = gay.
Um detalhe, não fico excitado ao ver outros pênis. No início vem a sensação groinal, mas após ver por algum tempo, ela some e isso me faz sentir que sou normal. A sensação de não ter o groinal é muito boa, mas por outro lado ver pênis me destrói.

Essa é a minha luta que quero muito vencer.
avatar
Fernandinho
Mensagens : 9
Data de inscrição : 22/09/2020

Batalha Intensa Empty Eu também cara, não sou satisfeito com meu pênis, e isso me deixa muito mal. Mas graças a Deus eu estou parany com essas paranóia.

26/9/2020, 14:32
Viefon escreveu:Tmb tenho necessidade de comparar
avatar
Fernandinho
Mensagens : 9
Data de inscrição : 22/09/2020

Batalha Intensa Empty Cara isso também acontece comigo.

26/9/2020, 14:34
Lorenzo Mitielli escreveu:Valeu pela força amigo!
Minha ultima queda foi após três dias de batalha intensa contra a pressão mental para ver sites onde eu poderia me comparar e me testar contra a groinal.
Passei por aquela pressão e me senti vitorioso por não ter cedido. Estava do dia 68 do reboot. Tive relação com minha esposa e de madrugada, meio sonolento me masturbei. (Sabe que essas masturbações noturnas são desgraçadas. Quando estou acordado eu não faço, mas nesse estado, acontece. Mas percebo que são essas ocasiões que disparam a ansiedade depois.)
Depois disso uma enxurrada de ansiedade que me leva a entrar em sites de saúde ou educação sexual para de modo não erótico ver pênis e não sentir a groinal.
Foi isso amigo.
Quero muito não depender de mau hábito te ficar me testando. Me sinto péssimo depois disso.
Obrigado pela resposta e interesse!

Algumas perguntas referente minhas dúvidas quanto a comportamento. Pode ser o mais franco necessário.

1) Groinal é uma sensação que a maioria dos caras tem diante de nudez masculina? Exemplo: Ao ter que tomar banho no vestiário, mesmo sem ficar olhando pros caras, é normal ocorrer groinal mesmo em um cara normal?

2) Eu busco imagens em sites de medicina, educação sexual, etc para não me deparar com um pênis ereto, mas flácido a titulo de comparação e testar quanto a groinal. Isso é encarado como pornografia também? Não vejo cenas de sexo explicito de nenhuma forma.

3) Me lembro na adolescência que quando precisava tomar banho coletivo eu ficava me controlando por causa da groinal e acabava tendo ereção. Não por desejo homo, mas ocorria. Isso ocorre mesmo?

4) Não tenho vontade nenhuma de transar com um cara, nem me imagino fazendo nada com cara nenhum, então por quê essa neura com nudez masculina? Cara muito loko isso.
avatar
Fernandinho
Mensagens : 9
Data de inscrição : 22/09/2020

Batalha Intensa Empty Re: Batalha Intensa

26/9/2020, 14:35
Cara isso também acontece comigo
avatar
Fernandinho
Mensagens : 9
Data de inscrição : 22/09/2020

Batalha Intensa Empty Re: Batalha Intensa

26/9/2020, 14:49
Eu tenho a mania de ficar comparando meu pênis com de outros caras, não sou satisfeito com ele, então sempre procuro vê fotos pra vê se eu sou normal, sei lá, mas isso Elia está me incomodando bastante
avatar
Lorenzo Mitielli
Mensagens : 23
Data de inscrição : 01/01/2020
Idade : 46

Batalha Intensa Empty Re: Batalha Intensa

26/9/2020, 15:48
Fernandinho
Cara, o conselho que recebi aqui é: para de olhar para o p....de outro cara. Quando faz isso, a imagem percorre as mesmas vias neurais da Porno e acaba gerando o vício. Isso aconteceu comigo.
Você precisa se aceitar. Ficar se comparando é um tiro no próprio pé.
Hoje mesmo eu estava pensando: Eu sou um homem com um corpo saudável, meu p.... não é o que eu esperava, mas pelo menos eu tenho um e funciona muito bem. Minha esposa nem reclama! E esses casos de homens que até nascem sem p? Pro cara ter um p, do jeito que fosse, faria ele muito feliz. Então, pra que isso de ficar me comparando com outros caras?
É claro que eu não quero sentir as groinais, mas já entendi que quanto mais longe de imagens, menos eu vou sentir. Talvez eu não fique livre disso, mas pelo menos sei que posso diminuir, e muito, se eu não ver imagens de p....
Amigo força! Em vez de se comparar com alguém melhor, procure inverter isso. Se compare com alguém numa situação pior que a sua. Isso está me ajudando muito.
Abraço

_______________________________________

Vitoriosa gosta desta mensagem

avatar
Lorenzo Mitielli
Mensagens : 23
Data de inscrição : 01/01/2020
Idade : 46

Batalha Intensa Empty Re: Batalha Intensa

26/9/2020, 15:48
Fernandinho
Cara, o conselho que recebi aqui é: para de olhar para o p....de outro cara. Quando faz isso, a imagem percorre as mesmas vias neurais da Porno e acaba gerando o vício. Isso aconteceu comigo.
Você precisa se aceitar. Ficar se comparando é um tiro no próprio pé.
Hoje mesmo eu estava pensando: Eu sou um homem com um corpo saudável, meu p.... não é o que eu esperava, mas pelo menos eu tenho um e funciona muito bem. Minha esposa nem reclama! E esses casos de homens que até nascem sem p? Pro cara ter um p, do jeito que fosse, faria ele muito feliz. Então, pra que isso de ficar me comparando com outros caras?
É claro que eu não quero sentir as groinais, mas já entendi que quanto mais longe de imagens, menos eu vou sentir. Talvez eu não fique livre disso, mas pelo menos sei que posso diminuir, e muito, se eu não ver imagens de p....
Amigo força! Em vez de se comparar com alguém melhor, procure inverter isso. Se compare com alguém numa situação pior que a sua. Isso está me ajudando muito.
Abraço

_______________________________________
avatar
Fernandinho
Mensagens : 9
Data de inscrição : 22/09/2020

Batalha Intensa Empty Re: Batalha Intensa

26/9/2020, 16:31
Mas vc alguma vez já se sentiu atraído por Homens, ou é so essa questão de se comparar mesmo?
avatar
Lorenzo Mitielli
Mensagens : 23
Data de inscrição : 01/01/2020
Idade : 46

Batalha Intensa Empty Re: Batalha Intensa

26/9/2020, 17:46
Cara, não mesmo.
Eu gosto de mulher e sempre gostei.
O que me fazia me achar gay era o fato de sentir sensação groinal. Como e possível eu sentir isso se eu nem penso em homem? Hoje eu sei que é por causa do TOC.
Mas, não eu nunca desejei ou senti atração por outro cara. Sempre sai com mulher e curto muito uma mulher.

_______________________________________

Vitoriosa gosta desta mensagem

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum