Ir em baixo
Oestudante
Oestudante
Mensagens : 17
Data de inscrição : 11/10/2019

Resgatando a Vida Empty Resgatando a Vida

em 12/10/2020, 10:50
Olá, criei este tópico com a finalidade de ser ajudado, tanto tendo o compromisso de escrever aqui e relatar as minhas lutas, quanto recebendo o feedback de vocês. Duas coisas que me parecem bem salutares para acabar com este vício.
Cansei de lutar sozinho e fracassar. Meu recorde sem PMO, até onde eu me lembro, gira em torno de uns 14 dias. Isso levando em conta que tenho problemas com PMO há mais de dez anos, infelizmente.
Enfim, faço faculdade, estou me graduando em um curso que não quero revelar agora. Mas a PMO acaba com minha energia, foco e atenção, bem como prejudica minha memória. Todavia o curso que eu faço exige muita leitura e dedicação! O que tem se tornado um grande desafio para mim.
Ademais, sou Cristão e a principal razão pela qual quero me livrar deste vício é porque o considero pecaminoso.

Por favor, ajudem-me a sair deste poço e voltar a viver. Voltar a ver a vida de forma mais colorida e bela.

Eu cai ontem à noite. Portanto, este está sendo o meu primeiro dia de reboot. Espero passar por ele e atingir o objetivo de me livrar deste vício.

ilCapo, Harvey Spectter, Peter Parker e ShikamaruNara gostam desta mensagem

Peter Parker
Peter Parker
Moderador
Moderador
Mensagens : 519
Data de inscrição : 27/11/2019

Resgatando a Vida Empty Re: Resgatando a Vida

em 12/10/2020, 11:11
Olá Oestudante !!! Seja muito bem-vindo ao fórum !!!

Parabéns pela decisão de criar a conta e de decidir lutar não mais sozinho. Sei que às vezes é complicado contar a nossa história com o vício, ainda que o fórum garanta o anonimato. Compartilho do mesmo sentimento que você, lutei contra a PMO durante anos da minha vida. Consegui vencer, fiquei um longo período longe disso. Com certeza foram os melhores e mais bem vividos dias da minha vida. Porém tive uma recaída e acabei voltando a essa prática maléfica. Com tudo isso que eu vivi, coloquei na balança o que era melhor, e cara, viver o Reboot é MUITO melhor do que qualquer prazer dado pela PMO. Por isso que estou aqui novamente, como pode ver em meu contador, estou com poucos dias. Então estou praticamente na mesma situação que você, no início de tudo. Então conte comigo para essa jornada. Sou cristão também e sei como é difícil não conseguir largar um hábito que sabemos que é pecado. Mas fique tranquilo, Deus conhece suas intenções, e se você tem o desejo de ser liberto, certeza que Ele será o primeiro a te perdoar e lhe dar forças !!

Certifique-se de ler as normas do fórum por meio das Regras de Participação e das Proibições.

Para saber mais sobre o método proposto confira dúvidas básicas sobre o reboot e vício em PMO, além disso baixe o Guia Introdutório, que servirá como suporte para entender o processo de reboot, dentre outras informações importantes.

Lembre-se de estar instalando bloqueadores de P nos seus dispositivos e colocando um contador de dias na sua assinatura aqui, para que te auxiliarem durante seu processo de reboot. Para instalar bloqueadores você pode seguir os tutorias dos Tópicos Recomendados, e se ficar com alguma dúvida dê uma olhadinha na Seção de Ferramentas e Bloqueadores. Para instalar um contador confira Como Instalar um Contador de Dias.

Para mais informações ou falar com a moderação visite a Seção de Orientações Básicas, e para alguma dúvida sobre o método procure, ou pergunte, na Seção de Dúvidas.

Não se esqueça de nos manter atualizados sobre seu processo aqui no seu diário.

Grande abraço !

_______________________________________


"Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso. Mateus 11:28  study

"Com grandes poderes, vêm grandes responsabilidades." - Tio Ben

Diário do Aranha mais querido: https://www.comoparar.com/t9821-diario-de-um-vencedor

Oestudante e Harvey Spectter gostam desta mensagem

ShikamaruNara
ShikamaruNara
Mensagens : 90
Data de inscrição : 04/10/2020

Resgatando a Vida Empty Re: Resgatando a Vida

em 12/10/2020, 11:49
Olá, cara! Bem vindo ao fórum e saiba que agora vc não está mais sozinho nessa luta! Me identifico muito com você e também pratico isso a anos e como também sou cristão isso me faz muito mal, pois sei que é errado e assim mesmo pratico, o pecado é sujo. Confie em Deus, saiba que ele está com você nesse processo mas não se esqueça de lutar, baixe bloqueadores, evite sites maliciosos, principalmente redes sociais, crie novos hábitos ou volte pra aqueles que te fazem bem e busque passar mais tempo com pessoas queridas também. Eu como cristão já errei muito em querer me apoiar só na minha fé e esperar que Deus magicamente fizesse alguma coisa, mas precisamos nos posicionar e querer sair disso, senão nada acontece, infelizmente.

Quanto a faculdade eu acredito que a concentração melhore conforme você avance no reboot. Eu também tenho esse problema, as vezes um texto da faculdade se torna um monstro por que não consigo entender o que estou lendo. Já consegui uns 80 dias de reboot e com certeza foi uma época das mais produtivas e por isso reforço, não desista! Em breve vai melhorando!

O que precisar estou por aqui! Vai dar certo. Já postaram umas dicas ótimas aí em cima, use-as e mantenha a disciplina. Um abraço! Very Happy

_______________________________________
Meu diário: Aqui!

"Fugir e se esconder das coisas que se tem medo não vai fazê-las desaparecer"

- Shikamaru

Oestudante gosta desta mensagem

Oestudante
Oestudante
Mensagens : 17
Data de inscrição : 11/10/2019

Resgatando a Vida Empty Re: Resgatando a Vida

em 12/10/2020, 12:16
Olá, caros.

Muito obrigado pelo feedback e companheirismo, eu realmente preciso disso e pretendo comparecer no diário de vocês também.

Eu já havia dado uma lida em seu diário, Peter. Muito bom! Espero ser tão focado quanto você.

Muito obrigado, Shikamaru. Irei acompanhar o seu diáro. Força!

.

_______________________________________
( ) 7 dias. ( ) 15. ( ) 20. ( ) 30. ( ) 40. 50 ( ). 60 ( ). ( ) 70. ( ) 80. ( ) 90.

Meu diário: https://www.comoparar.com/t11151-resgata

ShikamaruNara gosta desta mensagem

Oestudante
Oestudante
Mensagens : 17
Data de inscrição : 11/10/2019

Resgatando a Vida Empty Não desistir

em 14/10/2020, 13:08
Olá, voltei! Porém com más notícias. Eu cai de novo. Faz um tempo que não tenho conseguido passar de três dias. Estou bem triste e desanimado por isso. Mas desistir não é opção.

O vício tem me pegado da seguinte maneira: toda vez que eu caio, costumo ficar meio lerdo, lezado por uns 3 dias. Portanto, eu não consigo estudar direito. É como se meu cérebro não aceitasse as informações e eu não conseguisse focar. Então, o que eu faço? Evito estudar durante esse período. O que é muito ruim, visto que eu preciso estudar bastante. Mas, não estudando, eu fico bem livre e vagando pela internet. Daí surgem vários gatilhos e eu acabo, infelizmente, me deixando levar.
Eu já li um pouco sobre, então estou ciente do efeito Brain Fog e creio que ele junto com a preguiça e sonolência são os que mais me afetam.

Vocês também se sentem assim?

Eu vou fazer 24 anos ainda este ano. Porém eu só tive uma única namorada na vida, e o meu namoro aconteceu este ano. Mas ela terminou comigo. Terminou sem apresentar um bom motivo e sob a alegação de que "eu era bom demais para ela". Isso não é loucura? Eu preciso lutar contra o sentimento de revolta. Digo isso porque eu sempre me considerei um cara bacana com as mulheres. Sempre busquei as tratar com respeito e com o amor cristão. Mas eu sempre fui dispensado pelas mulheres de forma mais ou menos igual. Ou seja, elas demonstram um interesse inicial, correspondendo ao meu. Esse interesse é mantido por um tempo. Mas, depois, elas tendem a se tornar secas e distantes até me dispensarem sem um bom motivo. Honestamente, eu já estou cansado disso e estou buscando focar mais em mim. É muito ruim a sensação de ver as mulheres criticando os homens como se nenhum deles prestasse, mas, ao mesmo tempo, ter essa experiência. Aliás, a experiência dos meus amigos parece demonstrar esse mesmo tipo de atitude comum das mulheres. É por isso que o velho ditado permanece: "homem bonzinho só se dá mal". É claro, há exceções. Mas parece que esse é o cenário geral.

Ademais, a nossa cultura, e mesmo as mulheres, é extremamente sensual e sexualizada. Honestamente, eu tenho uma certa revolta em ver as mulheres se comportando de modo tão vulgar seja nas redes sociais ou no cotidiano. É extremamente frustante estar lutando contra esse vício e contra a objetificação da mulher quando as mesmas são extremamente sensuais e se auto-objetificam o tempo todo. Se eu vou na academia, há mulheres assim. Nas redes sociais, há mulheres assim. E isso me frustra ainda mais no contexto cristão. É um fato básico que a imoralidade sexual é condenável. Mas mesmo as mulheres "cristãs" estão cada vez mais imorais e sensuais. Já cansei de ver as ditas "cristãs" se comportando de modo imoral nas redes sociais, seja curtindo fotos indevidas ou acompanhando páginas indevidas para cristãos ou mesmo postando fotos sensuais. É claro. Eu não sou perfeito. Aliás, estou em um site de ajuda sobre PMO. Mas a diferença é que eu sei que estou errado e luto contra meu erro. Essas mulheres supracitadas, porém, não acham que estão erradas e nem combatem isso.

Enfim, isso é mais um desabafo. Eu sei que as mulheres têm a libedade de se vestirem de forma sensual e vulgar. Não estou negando isso. Estou apenas dizendo que isso é ruim e paradoxal no contexto cristão.

Por fim, sinto-me envergonhado de ter caído tão rápido. Talvez eu precise participar mais aqui do fórum. Isso tende a me dar mais motivação.

_______________________________________
( ) 7 dias. ( ) 15. ( ) 20. ( ) 30. ( ) 40. 50 ( ). 60 ( ). ( ) 70. ( ) 80. ( ) 90.

Meu diário: https://www.comoparar.com/t11151-resgata

ilCapo e ShikamaruNara gostam desta mensagem

Drew
Drew
Mensagens : 336
Data de inscrição : 09/08/2020
Idade : 24
Localização : Brooklyn 1986 [email protected]

Resgatando a Vida Empty Re: Resgatando a Vida

em 14/10/2020, 15:32
Oestudante escreveu:Olá, criei este tópico com a finalidade de ser ajudado, tanto tendo o compromisso de escrever aqui e relatar as minhas lutas, quanto recebendo o feedback de vocês. Duas coisas que me parecem bem salutares para acabar com este vício.
Cansei de lutar sozinho e fracassar. Meu recorde sem PMO, até onde eu me lembro, gira em torno de uns 14 dias. Isso levando em conta que tenho problemas com PMO há mais de dez anos, infelizmente.
Enfim, faço faculdade, estou me graduando em um curso que não quero revelar agora. Mas a PMO acaba com minha energia, foco e atenção, bem como prejudica minha memória. Todavia o curso que eu faço exige muita leitura e dedicação! O que tem se tornado um grande desafio para mim.
Ademais, sou Cristão e a principal razão pela qual quero me livrar deste vício é porque o considero pecaminoso.

Por favor, ajudem-me a sair deste poço e voltar a viver. Voltar a ver a vida de forma mais colorida e bela.

Eu cai ontem à noite. Portanto, este está sendo o meu primeiro dia de reboot. Espero passar por ele e atingir o objetivo de me livrar deste vício.

Fala meu bom. Que bom que está aqui.
Ainda bem que percebeu a relação entre a PMO e o seu desempenho reduzido nos estudos. Isso acontece também em outras diversas áreas da sua vida.
Espero que consiga seus objetivos bro.
Força!
TMJ!

_______________________________________
Maior recorde: 43 dias
Meu diário: https://www.comoparar.com/t10897-diario-da-minha-vitoria

REBOOT DESDE 16/10/2020
ShikamaruNara
ShikamaruNara
Mensagens : 90
Data de inscrição : 04/10/2020

Resgatando a Vida Empty Re: Resgatando a Vida

em 14/10/2020, 19:23
Oestudante escreveu:Olá, voltei! Porém com más notícias. Eu cai de novo. Faz um tempo que não tenho conseguido passar de três dias. Estou bem triste e desanimado por isso. Mas desistir não é opção.

O vício tem me pegado da seguinte maneira: toda vez que eu caio, costumo ficar meio lerdo, lezado por uns 3 dias. Portanto, eu não consigo estudar direito. É como se meu cérebro não aceitasse as informações e eu não conseguisse focar. Então, o que eu faço? Evito estudar durante esse período. O que é muito ruim, visto que eu preciso estudar bastante. Mas, não estudando, eu fico bem livre e vagando pela internet. Daí surgem vários gatilhos e eu acabo, infelizmente, me deixando levar.
Eu já li um pouco sobre, então estou ciente do efeito Brain Fog e creio que ele junto com a preguiça e sonolência são os que mais me afetam.

Vocês também se sentem assim?

Eu vou fazer 24 anos ainda este ano. Porém eu só tive uma única namorada na vida, e o meu namoro aconteceu este ano. Mas ela terminou comigo. Terminou sem apresentar um bom motivo e sob a alegação de que "eu era bom demais para ela". Isso não é loucura? Eu preciso lutar contra o sentimento de revolta. Digo isso porque eu sempre me considerei um cara bacana com as mulheres. Sempre busquei as tratar com respeito e com o amor cristão. Mas eu sempre fui dispensado pelas mulheres de forma mais ou menos igual. Ou seja, elas demonstram um interesse inicial, correspondendo ao meu. Esse interesse é mantido por um tempo. Mas, depois, elas tendem a se tornar secas e distantes até me dispensarem sem um bom motivo. Honestamente, eu já estou cansado disso e estou buscando focar mais em mim. É muito ruim a sensação de ver as mulheres criticando os homens como se nenhum deles prestasse, mas, ao mesmo tempo, ter essa experiência. Aliás, a experiência dos meus amigos parece demonstrar esse mesmo tipo de atitude comum das mulheres. É por isso que o velho ditado permanece: "homem bonzinho só se dá mal". É claro, há exceções. Mas parece que esse é o cenário geral.

Ademais, a nossa cultura, e mesmo as mulheres, é extremamente sensual e sexualizada. Honestamente, eu tenho uma certa revolta em ver as mulheres se comportando de modo tão vulgar seja nas redes sociais ou no cotidiano. É extremamente frustante estar lutando contra esse vício e contra a objetificação da mulher quando as mesmas são extremamente sensuais e se auto-objetificam o tempo todo. Se eu vou na academia, há mulheres assim. Nas redes sociais, há mulheres assim. E isso me frustra ainda mais no contexto cristão. É um fato básico que a imoralidade sexual é condenável. Mas mesmo as mulheres "cristãs" estão cada vez mais imorais e sensuais. Já cansei de ver as ditas "cristãs" se comportando de modo imoral nas redes sociais, seja curtindo fotos indevidas ou acompanhando páginas indevidas para cristãos ou mesmo postando fotos sensuais. É claro. Eu não sou perfeito. Aliás, estou em um site de ajuda sobre PMO. Mas a diferença é que eu sei que estou errado e luto contra meu erro. Essas mulheres supracitadas, porém, não acham que estão erradas e nem combatem isso.

Enfim, isso é mais um desabafo. Eu sei que as mulheres têm a libedade de se vestirem de forma sensual e vulgar. Não estou negando isso. Estou apenas dizendo que isso é ruim e paradoxal no contexto cristão.

Por fim, sinto-me envergonhado de ter caído tão rápido. Talvez eu precise participar mais aqui do fórum. Isso tende a me dar mais motivação.

Cara, felizmente vc ainda quer se livrar disso, o erro acontece mas vc não deve parar, até pq vc sabe o quão ruim tudo isso é. Eu como cristão me incomodo com as mesmas coisas que você e todo mundo acha normal essa sexualização exagerada, como se expor o corpo fosse empoderamento. De fato, a nossa sociedade desde sempre coloca a mulher num lugar que ela não deveria estar, as mulheres precisam sim de direitos iguais mas muitas foram enganadas achando que essa questão de direitos tem a ver com expor seus corpos de forma exagerada. Na própria igreja mesmo eu já vi várias e é mais tenso ainda pois acaba sendo uma falta de respeito. A mundo está sexualizado, isso que está acontecendo, tudo leva ao sexo, música fala sobre sexo, filmes e desenhos com propostas cada vez mais problemáticas, e pra um usuário de P é um prato cheio. O problema não é o corpo da pessoa ou a sua liberdade, mas como sublinarmente as noções de sexualidade vão se distorcendo. É bem preocupante.

Quanto a cair rápido as vezes, eu tenho esse mesmo problema, eu caio e depois fico uns dias até acordar, ultimamente tem sido rápido mas geralmente eram uns 3,4 dias numa lerdeza e sendo totalmente inútil, cabeça vazia e quando aparecia qualquer fantasia ou coisa sugestiva eu me entregava e continuava praticando PMO. Me parece mesmo com o brain fog, mas que bom que percebeu que isso tá acontecendo. Uma das minhas motivações pra não cair é justamente não entrar nesse período de devaneios mentais, pq é nesse período que eu faço coisas horríveis e eu simplesmente não aceito e nem quero. Espero que vc consiga,cara e entenda cada vez que isso é normal do seu cérebro viciado. Sempre que perceber que pode cair use esse sentimento de não querer ficar sendo inútil e lerdo, talvez ajude a perceber. Espero que consiga, rapaz, estou torcendo por vc. Um abraço e Deus te abençoe! Very Happy

_______________________________________
Meu diário: Aqui!

"Fugir e se esconder das coisas que se tem medo não vai fazê-las desaparecer"

- Shikamaru

Oestudante e Drew gostam desta mensagem

Oestudante
Oestudante
Mensagens : 17
Data de inscrição : 11/10/2019

Resgatando a Vida Empty Re: Resgatando a Vida

em 16/10/2020, 12:24
Drew, obrigado pela mensagem, irmão. Dei uma passada no teu diário, pretendo acompanhá-lo e te ajudar. Muito obrigado!

Shikamaru, Obrigado, campeão. É bom saber que eu não sou o único a repudir toda essa sensualização cultural. Passarei em seu diário.


Infelizmente, eu caí novamente. Caí ontem à noite. A boa notícia é que eu consigo enxergar meu erro. Nada de ficar deitado mexendo no celular po muito tempo antes de dormir! Isso é um prato cheio. A internet está cheia de gatilhos e ficar usando o celular antes de dormir, sem um objetivo específico, é a pior coisa a se fazer.

Estou chateado comigo mesmo. Como assim, consegui ficar sem PMO somente um dia?? Mas, como eu já disse, desistir não é a solução. Eu fico lerdo, lezado durante esses primeiros dias pós-queda, o que me leva a ser mais inativo e preguiçoso, o que me leva a cair. Eu preciso quebrar esse ciclo.

Em mais uma seção de desabafo, eu gostaria de dizer que, como eu disse, eu só tive uma namorada na vida e não tenho perspectiva de ter uma namorada e me casar por um período próximo. Pelo contrário, imagino isso daqui há muitos anos, quando eu estiver com meus trinta. Não porque eu não queira namorar e me casar, eu quero! Mas simplesmente porque creio que não conseguirei isso por enquanto. Estou cansado de tomar pé na bunda e ser rejeitado. Não quero me arriscar novamente por agora e, também, as mulheres tendema não curtir muito meu estilo de vida, que é meio peculiar. Eu sou cristão e busco carreira acadêmica. Logo, eu preciso ter uma vida bem devotada aos estudos e busco levar o cristianismo bem a serio. Todavia, além de as pessoas, por causa de nossa cultura, geralmente não compreenderem o meu estilo de vida dedicado aos estudos, é dificílimo encontrar boas garotas genuinamente cristãs hoje. A maioria das garotas na igrejas, e o mesmo se aplica aos homens, não levam a Bíblia e o cristianismo tão a sério. Isso diminui, muito, o escopo de mulheres disponíveis para mim. Portanto, não vejo perspectiva de casamento por enquanto. Isso me traz para o ponto que quero enfatizar: é muito ruim pensar que eu provavelmente passarei muitos anos de minha vida, e todos os anos da minha juventude sem fazer sexo, sendo virgem. É difícil.

Mas a Bíblia não nos engana. Cristo disse que seria difícil seguí-lo. Devemos tomar as nossas cruzes dia após dia. Ele tem boas razões para permitir isso.

_______________________________________
( ) 7 dias. ( ) 15. ( ) 20. ( ) 30. ( ) 40. 50 ( ). 60 ( ). ( ) 70. ( ) 80. ( ) 90.

Meu diário: https://www.comoparar.com/t11151-resgata

ilCapo gosta desta mensagem

avatar
Esposa Abandonada
Mensagens : 38
Data de inscrição : 12/08/2020

Resgatando a Vida Empty Re: Resgatando a Vida

em 16/10/2020, 17:05
Oestudante escreveu:Olá, voltei! Porém com más notícias. Eu cai de novo. Faz um tempo que não tenho conseguido passar de três dias. Estou bem triste e desanimado por isso. Mas desistir não é opção.

O vício tem me pegado da seguinte maneira: toda vez que eu caio, costumo ficar meio lerdo, lezado por uns 3 dias. Portanto, eu não consigo estudar direito. É como se meu cérebro não aceitasse as informações e eu não conseguisse focar. Então, o que eu faço? Evito estudar durante esse período. O que é muito ruim, visto que eu preciso estudar bastante. Mas, não estudando, eu fico bem livre e vagando pela internet. Daí surgem vários gatilhos e eu acabo, infelizmente, me deixando levar.
Eu já li um pouco sobre, então estou ciente do efeito Brain Fog e creio que ele junto com a preguiça e sonolência são os que mais me afetam.

Vocês também se sentem assim?

Eu vou fazer 24 anos ainda este ano. Porém eu só tive uma única namorada na vida, e o meu namoro aconteceu este ano. Mas ela terminou comigo. Terminou sem apresentar um bom motivo e sob a alegação de que "eu era bom demais para ela". Isso não é loucura? Eu preciso lutar contra o sentimento de revolta. Digo isso porque eu sempre me considerei um cara bacana com as mulheres. Sempre busquei as tratar com respeito e com o amor cristão. Mas eu sempre fui dispensado pelas mulheres de forma mais ou menos igual. Ou seja, elas demonstram um interesse inicial, correspondendo ao meu. Esse interesse é mantido por um tempo. Mas, depois, elas tendem a se tornar secas e distantes até me dispensarem sem um bom motivo. Honestamente, eu já estou cansado disso e estou buscando focar mais em mim. É muito ruim a sensação de ver as mulheres criticando os homens como se nenhum deles prestasse, mas, ao mesmo tempo, ter essa experiência. Aliás, a experiência dos meus amigos parece demonstrar esse mesmo tipo de atitude comum das mulheres. É por isso que o velho ditado permanece: "homem bonzinho só se dá mal". É claro, há exceções. Mas parece que esse é o cenário geral.

Ademais, a nossa cultura, e mesmo as mulheres, é extremamente sensual e sexualizada. Honestamente, eu tenho uma certa revolta em ver as mulheres se comportando de modo tão vulgar seja nas redes sociais ou no cotidiano. É extremamente frustante estar lutando contra esse vício e contra a objetificação da mulher quando as mesmas são extremamente sensuais e se auto-objetificam o tempo todo. Se eu vou na academia, há mulheres assim. Nas redes sociais, há mulheres assim. E isso me frustra ainda mais no contexto cristão. É um fato básico que a imoralidade sexual é condenável. Mas mesmo as mulheres "cristãs" estão cada vez mais imorais e sensuais. Já cansei de ver as ditas "cristãs" se comportando de modo imoral nas redes sociais, seja curtindo fotos indevidas ou acompanhando páginas indevidas para cristãos ou mesmo postando fotos sensuais. É claro. Eu não sou perfeito. Aliás, estou em um site de ajuda sobre PMO. Mas a diferença é que eu sei que estou errado e luto contra meu erro. Essas mulheres supracitadas, porém, não acham que estão erradas e nem combatem isso.

Enfim, isso é mais um desabafo. Eu sei que as mulheres têm a libedade de se vestirem de forma sensual e vulgar. Não estou negando isso. Estou apenas dizendo que isso é ruim e paradoxal no contexto cristão.

Por fim, sinto-me envergonhado de ter caído tão rápido. Talvez eu precise participar mais aqui do fórum. Isso tende a me dar mais motivação.




Olá estudante, louvado seja Deus pelo seu  reconhecimento desse mal. Amém!

Que bom que você percebe que a causa de não ter concentração nos estudos e, acredito que em outras atividades,  seja esse maldito vício que tem acabado, silenciosamente, com tantas vidas.

Sobre, apesar de ser um cara legal (pelo seu relato)  e, ainda assim, ser dispensado porque é "bom demais pra ela", pense o seguinte: você mesmo reconhece que fica "lerdo, lezado por uns 3 dias". Isso é muito tempo perdido. Imagine uma moça conhecer um bom rapaz, encontrar com ele de vez em quando, conversar algum tempo, depois conversar muito pelo whatsApp, ele parecer super interessado nela, então se começar um namoro. De repente, aquele rapaz inteligente e interessado, demonstra-se "lerdo, lezado" quando está com ela. É como se a pessoa estivesse presente, sem estar, entende? É como se estivesse com ela, pensando em outras coisas. É como estivesse pela metade. Mulher sente isso. Sentia isso com o meu ex-marido, mas não sabia o que era. Então, ela achou melhor acabar logo. Não são elas que se tornam "secas e distantes até me dispensarem sem um bom motivo"; é você que, talvez, inconscientemente, as objetifica e as divide com outros pensamentos e elas sentem isso. É como se você fosse um sóbrio e, depois que passam a conviver com você, você fosse um bêbado.

Homem bom, se dar bem, sim. Será que você está sendo bom, primeiro com você mesmo? Será que essa prática é boa pra você?

Concordo que, na nossa cultura , a mulher "é extremamente sensual e sexualizada", mas o problema não esta só aí. Esta na forma como olhamos. Eu, por exemplo, sou capaz de ver o mais lindo modelo nu e não sentir nenhum desejo, pois não o torno o meu objeto de desejo. Do contrário, esse vício faz com que se deseje qualquer corpo torneado (ou não) que se olhe. O problema não está só na roupa justa ou no comportamento da mulher. Está na  forma condicionada com a qual o seu cérebro a olha e a deseja. Pensemos na imagem seletiva. Por exemplo: você tem um carro popular e trafega todos os dias pelas mesmas vias e todos os carros são comuns. Então você compra um renegade, por exemplo. O que acontece? Você começa a ver renegade por todos os lados, porque você tem e começa a prestar atenção em quem também tem, mas eles sempre estiveram lá. Corpos femininos sempre estiveram e vão estar em todo lugar, mas a sua busca em sentir prazer com eles é que faz com que você os enxergue assim "extremamente sensuais e se auto-objetificam o tempo todo".

Que bom que você é cristão. Também sou e convivo com jovens. Sei do que estou falando. Use esse espaço para se livrar desse vício, sem culpar ou julgar as mulheres. Sabe porque, as vezes, pensamos que mulher gosta de homem safado? Porque, as vezes, esses homens estão com elas por completo, sem dividir o pensamento deles com pornografia.  Livre-se desse mal enquanto há tempo. Só assim você estará liberto para um relacionamento de verdade, onde você se verá diferente e fará as outras pessoas também a lhe verem diferente.  Não sou nenhuma especialista no assunto, mas me senti chamada a responder-lhe. Continue com o seu propósito de vida e tenha como o principal, se livrar desse vício, para que você seja você por completo. Se ame, se respeite. Como cristão, respeite o seu corpo que é templo do Espírito Santo. Você vai ver, sendo cristão, estudioso e com um futuro promissor, vai chover mulher rsrs. Deus te abençoe!

ilCapo, Oestudante, Ligris e ShikamaruNara gostam desta mensagem

Oestudante
Oestudante
Mensagens : 17
Data de inscrição : 11/10/2019

Resgatando a Vida Empty Re: Resgatando a Vida

em 16/10/2020, 18:23
Esposa Abandonada escreveu:
Oestudante escreveu:Olá, voltei! Porém com más notícias. Eu cai de novo. Faz um tempo que não tenho conseguido passar de três dias. Estou bem triste e desanimado por isso. Mas desistir não é opção.

O vício tem me pegado da seguinte maneira: toda vez que eu caio, costumo ficar meio lerdo, lezado por uns 3 dias. Portanto, eu não consigo estudar direito. É como se meu cérebro não aceitasse as informações e eu não conseguisse focar. Então, o que eu faço? Evito estudar durante esse período. O que é muito ruim, visto que eu preciso estudar bastante. Mas, não estudando, eu fico bem livre e vagando pela internet. Daí surgem vários gatilhos e eu acabo, infelizmente, me deixando levar.
Eu já li um pouco sobre, então estou ciente do efeito Brain Fog e creio que ele junto com a preguiça e sonolência são os que mais me afetam.

Vocês também se sentem assim?

Eu vou fazer 24 anos ainda este ano. Porém eu só tive uma única namorada na vida, e o meu namoro aconteceu este ano. Mas ela terminou comigo. Terminou sem apresentar um bom motivo e sob a alegação de que "eu era bom demais para ela". Isso não é loucura? Eu preciso lutar contra o sentimento de revolta. Digo isso porque eu sempre me considerei um cara bacana com as mulheres. Sempre busquei as tratar com respeito e com o amor cristão. Mas eu sempre fui dispensado pelas mulheres de forma mais ou menos igual. Ou seja, elas demonstram um interesse inicial, correspondendo ao meu. Esse interesse é mantido por um tempo. Mas, depois, elas tendem a se tornar secas e distantes até me dispensarem sem um bom motivo. Honestamente, eu já estou cansado disso e estou buscando focar mais em mim. É muito ruim a sensação de ver as mulheres criticando os homens como se nenhum deles prestasse, mas, ao mesmo tempo, ter essa experiência. Aliás, a experiência dos meus amigos parece demonstrar esse mesmo tipo de atitude comum das mulheres. É por isso que o velho ditado permanece: "homem bonzinho só se dá mal". É claro, há exceções. Mas parece que esse é o cenário geral.

Ademais, a nossa cultura, e mesmo as mulheres, é extremamente sensual e sexualizada. Honestamente, eu tenho uma certa revolta em ver as mulheres se comportando de modo tão vulgar seja nas redes sociais ou no cotidiano. É extremamente frustante estar lutando contra esse vício e contra a objetificação da mulher quando as mesmas são extremamente sensuais e se auto-objetificam o tempo todo. Se eu vou na academia, há mulheres assim. Nas redes sociais, há mulheres assim. E isso me frustra ainda mais no contexto cristão. É um fato básico que a imoralidade sexual é condenável. Mas mesmo as mulheres "cristãs" estão cada vez mais imorais e sensuais. Já cansei de ver as ditas "cristãs" se comportando de modo imoral nas redes sociais, seja curtindo fotos indevidas ou acompanhando páginas indevidas para cristãos ou mesmo postando fotos sensuais. É claro. Eu não sou perfeito. Aliás, estou em um site de ajuda sobre PMO. Mas a diferença é que eu sei que estou errado e luto contra meu erro. Essas mulheres supracitadas, porém, não acham que estão erradas e nem combatem isso.

Enfim, isso é mais um desabafo. Eu sei que as mulheres têm a libedade de se vestirem de forma sensual e vulgar. Não estou negando isso. Estou apenas dizendo que isso é ruim e paradoxal no contexto cristão.

Por fim, sinto-me envergonhado de ter caído tão rápido. Talvez eu precise participar mais aqui do fórum. Isso tende a me dar mais motivação.




Olá estudante, louvado seja Deus pelo seu  reconhecimento desse mal. Amém!

Que bom que você percebe que a causa de não ter concentração nos estudos e, acredito que em outras atividades,  seja esse maldito vício que tem acabado, silenciosamente, com tantas vidas.

Sobre, apesar de ser um cara legal (pelo seu relato)  e, ainda assim, ser dispensado porque é "bom demais pra ela", pense o seguinte: você mesmo reconhece que fica "lerdo, lezado por uns 3 dias". Isso é muito tempo perdido. Imagine uma moça conhecer um bom rapaz, encontrar com ele de vez em quando, conversar algum tempo, depois conversar muito pelo whatsApp, ele parecer super interessado nela, então se começar um namoro. De repente, aquele rapaz inteligente e interessado, demonstra-se "lerdo, lezado" quando está com ela. É como se a pessoa estivesse presente, sem estar, entende? É como se estivesse com ela, pensando em outras coisas. É como estivesse pela metade. Mulher sente isso. Sentia isso com o meu ex-marido, mas não sabia o que era. Então, ela achou melhor acabar logo. Não são elas que se tornam "secas e distantes até me dispensarem sem um bom motivo"; é você que, talvez, inconscientemente, as objetifica e as divide com outros pensamentos e elas sentem isso. É como se você fosse um sóbrio e, depois que passam a conviver com você, você fosse um bêbado.

Homem bom, se dar bem, sim. Será que você está sendo bom, primeiro com você mesmo? Será que essa prática é boa pra você?

Concordo que, na nossa cultura , a mulher "é extremamente sensual e sexualizada", mas o problema não esta só aí. Esta na forma como olhamos. Eu, por exemplo, sou capaz de ver o mais lindo modelo nu e não sentir nenhum desejo, pois não o torno o meu objeto de desejo. Do contrário, esse vício faz com que se deseje qualquer corpo torneado (ou não) que se olhe. O problema não está só na roupa justa ou no comportamento da mulher. Está na  forma condicionada com a qual o seu cérebro a olha e a deseja. Pensemos na imagem seletiva. Por exemplo: você tem um carro popular e trafega todos os dias pelas mesmas vias e todos os carros são comuns. Então você compra um renegade, por exemplo. O que acontece? Você começa a ver renegade por todos os lados, porque você tem e começa a prestar atenção em quem também tem, mas eles sempre estiveram lá. Corpos femininos sempre estiveram e vão estar em todo lugar, mas a sua busca em sentir prazer com eles é que faz com que você os enxergue assim "extremamente sensuais e se auto-objetificam o tempo todo".

Que bom que você é cristão. Também sou e convivo com jovens. Sei do que estou falando. Use esse espaço para se livrar desse vício, sem culpar ou julgar as mulheres. Sabe porque, as vezes, pensamos que mulher gosta de homem safado? Porque, as vezes, esses homens estão com elas por completo, sem dividir o pensamento deles com pornografia.  Livre-se desse mal enquanto há tempo. Só assim você estará liberto para um relacionamento de verdade, onde você se verá diferente e fará as outras pessoas também a lhe verem diferente.  Não sou nenhuma especialista no assunto, mas me senti chamada a responder-lhe. Continue com o seu propósito de vida e tenha como o principal, se livrar desse vício, para que você seja você por completo. Se ame, se respeite. Como cristão, respeite o seu corpo que é templo do Espírito Santo. Você vai ver, sendo cristão, estudioso e com um futuro promissor, vai chover mulher rsrs. Deus te abençoe!


Olá, Esposa Abandonada, tudo bem?
Muito obrigado por comentar no meu diário e pelas considerações! Deselho-lhe o melhor em tudo e somos irmãos em Cristo! Que benção!

Bom, muito do que você disse deve ser considerado por mim e creio estar correto em alguns aspectos. Mas discordo de algumas coisas.

Eu concordo com o princípio de que o mal também está nos olhos de quem vê. E também concordo plenamente que pessoas com problema em PMO têm mais maldade nos olhos, por assi dizer. Mas, disso, não se segue que sempre que um homem se sentir atraído sexualmente por uma mulher sensual e que não se veste com pudor, logo o mal está em seus olhos. Por quê? Porque o normal, para o homem, devido à sua própria constituição biológica, é se sentir atraído por mulheres sensuais e com curvas. Portanto, acho um pouco utópico esse papo de que o homem deveria poder olhar mulheres até nuas sem sentir nada. Considero um pouco ingênuo pensar assim dada toda a alta líbido e questões hormonais masculina. Dizer para um homem ver essas coisas e não se atrair é como jogar um pássaro de um lugar alto e dizer-lhe para não voar. É antinatural e incomum. Mas, de quaquer forma, eu concordo com o princípio. Não nego que muito disso diz mais respeito ao homem, que é pervertido, do que a mulher, que, muitas vezes, nem está se vestindo de modo inadequado.

Quanto à questão de ser dispensando por ser muito bom, mais uma vez, eu discordo que P. seja a causa. E, quero deixar claro que não sou perfeito. Longe disso, sou um miserável pecador e tenho minhas falhas. Mas um dos motivos pelo qual discordo que P. seja a causa é que, geralmente, eu lido muito melhor com PMO quando estou interessado e conversando com uma garota, de forma tal que eu não fico tão afetado assim. O outro é que, na maioria das vezes, comigo, as garotas assumem e dizem explicitamente que eu sou um bom rapaz, que sou o melhor homem que elas já conheceram e até, como minha ex me disse, que ela não me merece. Portanto, as próprias mulheres reconhecem isso. E essa é uma experiência comum entre os homens. Muito de meus amigos já passaram por esse tipo de experiência que eu relatei e esse é um comportamento das mulheres que é bem conhecido entre os homens. Geralmente, quando digo isso para meus amigos, eles reconhecem um comportamento assim por parte das mulheres. O próprio ditado de que "bonzinho só se dá mal" ou que "mulher gosta de Zé droguinha", em si, já é evidência muito boa desse comportamento. Os homens percebem esse tipo de atitude nas mulheres, infezlimente. Por fim, muitos homens que também têm problema com PMO (a maoria esmagadora) e que são babacas se dão bem com as mulheres. Mas, é claro, eu não nego que PMO possa influenciar. De jeito nenhum! Muito pelo contrário. Eu só nego que seja a causa no meu caso em específico. E, para deixar claro, não estou dizendo que isso enquadra todas as mulheres. Sequer delimitei o escopo. Só estou dizendo que é algo comum entre as mulheres e os homens sabem disso. Até onde eu pude perceber, diria que isso é quase unânime entre os homens. E, é claro, os homens também também têm seus problemas! Também possuem suas babaquices.


Última edição por Oestudante em 16/10/2020, 19:48, editado 1 vez(es)

Ligris gosta desta mensagem

ilCapo
ilCapo
Mensagens : 1311
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 24
Localização : Pernambuco

Resgatando a Vida Empty Re: Resgatando a Vida

em 16/10/2020, 18:53
Fala oEstudante! Beleza?

Primeiramente, parabéns pela atitude de criar seu diário, e de querer buscar uma forma de ajudar e ser ajudado. Com certeza esse Fórum é o lugar certo para você, e desejo sim que você consiga superar esse vício com as atitudes corretas. Estamos juntos nessa batalha.

Bro, desculpe-me de ante-mão a intromissão, mas a primeira coisa que eu pensei ao ler a justificativa que a sua namorada lhe deu para terminar com você foi de que realmente o namoro deveria ter acabado. Sem querer de forma alguma desrespeitar a sua ex-namorada, mas para um mina dizer para o namorado que "você é bom demais para mim" e isso ser uma justificativa para um término, provavelmente ou não bateu a química dela por você, ou de você por ela, ou o namoro era uma furada mesmo.

Isso sem contar o fato de você ser um cara de boa, preocupado com a vida e com os estudos, com seu crescimento pessoal, e ela nem ter observado nisso um potencial namoro sério, alguém com quem ela pudesse crescer junto e quem dirá, num futuro, um casamento (sei que pensar em casar logo assim talvez seja algo idealizado demais, mas porque não?). Na real, parece que ela perdeu uma ótima oportunidade.

Outra coisa que eu tinha muito, e trabalho ainda hoje para não me deixar levar: mentalidade de escassez [com as mulheres]. Existem muitas, muitas, mas muitas mulheres no mundo. Imagina só na tua cidade o quanto de menina da tua faixa etária deva existir. Tem muita mulher. Ah, mas minha cidade é pequena, do interiorzão: num é possível que numa cidade pequena do Brasil (vamos estimar, uns 20 mil habitantes) não existam 10 potenciais parceiras para um relacionamento. Vamo lá, 10 potenciais parceiras é um número considerável...

Importante também: a prioridade número 1 da sua vida deve ser você. Mais ninguém. Você deve amar sua mãe, seu pai (se os tiver vivos), seu cachorro, seu papagaio, mas a prioridade número 1 na sua vida é você. Depois, quem sabe, sua saúde, seu trabalho, seu cachorro, seu hobby, sua empresa. Você quem dita suas prioridades, e só depois uma mulher.

O que eu não estou dizendo? Eu NÃO estou dizendo para você não entrar em um relacionamento. Eu NÃO ESTOU DIZENDO que mulheres não prestam. É massa, é ótimo ter um relacionamento (se você quiser tê-lo), é uma grande oportunidade de se crescer juntos, de ter alguém para dividir a vida, para viajar, para se divertir.

Além disso, tenho plena e total certeza de que existem várias boas mulheres no mundo, mulheres que querem um companheiro gente boa. A gente precisa apenas só saber aonde procurar. Se alguém quer um relacionamento sério, e vai querer encontrar namorada em balada, chances são altas de que ela lhe dê um pé na bunda.

Encontrar uma boa mulher é talvez uma das TOP 3 decisões mais importantes que um homem vai tomar na vida, mais importante até, eu diria, do que escolher uma graduação para cursar. Por isso, se ame, e não aceite qualquer mulher na sua vida, só porque achou meiga e bonita. Somos homens, e nos é importante a aparência, mas dê um passo além.

Resumo da opera: cuide de você. O reboot, com certeza, é um grande desenvolvimento pessoal.

Grande abraço Wink


Última edição por ilCapo em 16/10/2020, 18:58, editado 1 vez(es)

_______________________________________
"A única recompensa do vício é o arrependimento"



Oestudante gosta desta mensagem

avatar
Esposa Abandonada
Mensagens : 38
Data de inscrição : 12/08/2020

Resgatando a Vida Empty Re: Resgatando a Vida

em 16/10/2020, 18:54
Olá
O grande mal (vitória) desse vício, é fazer o viciado achar que nada é culpa do vício. O vício potencializa tudo. Para os viciados, uma mulher ainda que vestida de burca, é objetificada. Não estou dizendo que é o seu caso. E no meu comentário, não afirmei nada, só hipotetizei. A decisão é sua. Deus te abençoe!

ilCapo gosta desta mensagem

Oestudante
Oestudante
Mensagens : 17
Data de inscrição : 11/10/2019

Resgatando a Vida Empty Re: Resgatando a Vida

em 16/10/2020, 19:24
Fala, ilcapo!

Muito obrigado pela participação no meu diário, caro! Interessante seu raciocínio sobre a escassez. Faz muito sentido. E eu também acho muito estranha essa lógica de que "você é bom demais para mim". Isso deveria ser motivo para continuar, não para terminar, né? kkk
Eu realmente tendo a pensar que, devido ao meu estilo de vida e meu comprometimento sério com a fé cristã, as coisas tendem a ser um pouco mais difíceis para mim. O que eu quero dizer: provavelmente, se eu não fosse tão criterioso, haveria uma certa quantidade de potenciais parceiras para mim e eu poderia iniciar um namoro muito mais fácil e, talvez, sem grandes problemas. Mas o que é difícil é encontrar uma pessoa que, de fato, leve o cristianismo e a Bíblia a sério em tudo e que me apoie. Por exemplo, quando eu tinha conflitos com minha ex, eu buscava resolvê-lo por meio das Escrituras. Ou seja, se eu e ela somos cristãos e acreditamos na Bíblia, então devemos analisar o que a Bíblia diz para sabermos o que fazer em um conflito e ver quem está correto. Ao fazer isso com minha ex, eu vi que era um pouco infrutífero, pois, apesar dela dizer que levava a Bíblia a sério, isso não era bem verdade, pois ela recusava claros ensinos das Escrituras só para manter a opinião pessoal dela. Por isso, eu não posso me dar o luxo de me relacionar com um mulher que não leve a sério aquilo que eu levo muito a sério. Isso traria vários conflitos e não teríamos base em comum para resolvermos nossos desentendimentos.
Concordo plenamente contigo, meu caro!! Essa decisão é uma das mais importantes da vida e devemos ser bem racionais quanto a isso.
E, de fato, meu caro, certamente há boas mulheres pelo Brasil e mundo afora e nós devemos ser responsáveis por onde as buscamos.

Esposa Abandonada

Eu concordo com você! Espero estar sendo sincero comigo mesmo e analisando os fatos de modo objetivo. Eu dei uma série de argumentos que julgos razoáveis para minhas conclusões em relação ao meu caso em específico. Mas eu concordo plenamente com você e seu comentário me fez refletir. Obrigado!

_______________________________________
( ) 7 dias. ( ) 15. ( ) 20. ( ) 30. ( ) 40. 50 ( ). 60 ( ). ( ) 70. ( ) 80. ( ) 90.

Meu diário: https://www.comoparar.com/t11151-resgata

ilCapo gosta desta mensagem

ilCapo
ilCapo
Mensagens : 1311
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 24
Localização : Pernambuco

Resgatando a Vida Empty Re: Resgatando a Vida

em 16/10/2020, 19:56
Oestudante escreveu:Fala, ilcapo!

Muito obrigado pela participação no meu diário, caro! Interessante seu raciocínio sobre a escassez. Faz muito sentido. E eu também acho muito estranha essa lógica de que "você é bom demais para mim". Isso deveria ser motivo para continuar, não para terminar, né? kkk
Eu realmente tendo a pensar que, devido ao meu estilo de vida e meu comprometimento sério com a fé cristã, as coisas tendem a ser um pouco mais difíceis para mim. O que eu quero dizer: provavelmente, se eu não fosse tão criterioso, haveria uma certa quantidade de potenciais parceiras para mim e eu poderia iniciar um namoro muito mais fácil e, talvez, sem grandes problemas. Mas o que é difícil é encontrar uma pessoa que, de fato, leve o cristianismo e a Bíblia a sério em tudo e que me apoie. Por exemplo, quando eu tinha conflitos com minha ex, eu buscava resolvê-lo por meio das Escrituras. Ou seja, se eu e ela somos cristãos e acreditamos na Bíblia, então devemos analisar o que a Bíblia diz para sabermos o que fazer em um conflito e ver quem está correto. Ao fazer isso com minha ex, eu vi que era um pouco infrutífero, pois, apesar dela dizer que levava a Bíblia a sério, isso não era bem verdade, pois ela recusava claros ensinos das Escrituras só para manter a opinião pessoal dela. Por isso, eu não posso me dar o luxo de me relacionar com um mulher que não leve a sério aquilo que eu levo muito a sério. Isso traria vários conflitos e não teríamos base em comum para resolvermos nossos desentendimentos.
Concordo plenamente contigo, meu caro!! Essa decisão é uma das mais importantes da vida e devemos ser bem racionais quanto a isso.
E, de fato, meu caro, certamente há boas mulheres pelo Brasil e mundo afora e nós devemos ser responsáveis por onde as buscamos.

Fala mano!

Cara, se pra você o cristianismo e a Bíblia são valores fortes, é coerente de sua parte de que você queira encontrar uma parceira que viva na mesma pegada que a sua. Como você mesmo falou, seria um potencial para conflitos se uma posição sua sobre determinado assunto fosse X e a de sua companheira fosse Y, por exemplo. Sendo isso um valor forte para você, é claro.

Como você disse sobre a justificativa de sua ex, isso seria um motivo para continuar, e não para terminar kk Também acho.

Frequente grupos cristãos, retiros cristãos, e você poderá conhecer várias pessoas que estão na mesma vibe que a sua. E potenciais parceiras... É claro que você encontrará pessoas mais praticantes, outras não tanto, mas você estará bem por estar num ambiente que você compartilha com os ideais.

Grande abraço Wink

_______________________________________
"A única recompensa do vício é o arrependimento"



Drew gosta desta mensagem

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum