Ir para baixo
avatar
hopeandfaith
Mensagens : 2
Data de inscrição : 13/10/2020

Diário de HopeandFaith Empty Diário de HopeandFaith

13/10/2020, 09:57
Olá, companheiros.
Começo esse diário hoje pois acho que escrever me fará bem no processo que estou vivendo. Sempre tive muita dificuldade para me abrir e, de alguns dias para cá, resolvi pedir ajuda às pessoas próximas. Tenho 29 anos e consumi p associada à m desde os 13 ou 14 anos de idade mais ou menos.
Entrei em um namoro em outubro do ano passado (2019), noivamos em julho deste ano e  estávamos com o casamento marcado para dezembro. Há pouco mais de um mês, no início de setembro, confessei à minha noiva, à minha família, aos meus amigos e pastores (sou evangélico) sobre os problemas (pecados) com os quais eu estava lidando. Entendi que, sem essa confissão e sem a ajuda dessas pesosas,  eu nunca conseguiria vencer esses vícios sozinho. O vício da p me levou, ao longo dos anos, a procurar prostitutas. Traí a minha namorada/noiva algumas vezes com essas garotas de programa, além das questões virtuais que eu estava envolvido com mais frequência. Contei tudo em detalhes para todos. Ela sofreu muito, estamos passando por momentos de muita dor mas nada poderia ser pior do que manter uma vida mentirosa. Sinto uma paz inexplicável desde o dia em que eu confessei tudo. O processo tem sido doloroso. Ela tem me tratado de uma forma até melhor do que eu merecia, tem conversado comigo, está tentando entender os meus problemas. Mas sei que muitas coisas se passam na cabeça dela. Ela me devolveu um colar que eu havia lhe dado no começo do namoro bem como me devolveu a aliança de noivado também. Disse que não quer nada que a lembre do passado, como essas jóias e a data que havíamos marcado para o casamento. Mas disse continuar me amando, disse que ainda vê possibilidades de ficarmos juntos. Cada um está vivendo o seu processo no momento. Estamos nos falando e nos vendo bem menos do que antes.
Confessei todas essas coisas no dia 07/09/2020, sendo que havia consumido p no dia anterior. De lá para cá, tive uma recaída: no dia 27/09/2020. Desde então, são 16 dias longe da p e da m. Quando eu puder, vou fazer o meu contador por aqui. Parece-me que não é possível criar um agora já que me registrei hoje no fórum.
É isso, pessoal. Espero que escrever por aqui possa me fazer bem e me ajudar no processo.
Tenho lido o relato de alguns e está sendo encorajador, de certa forma.
Abraços!

Rottweiler, Lima Gomes, MEMENTO MORI e Charuto gostam desta mensagem

Lima Gomes
Lima Gomes
Mensagens : 625
Data de inscrição : 19/07/2020

Diário de HopeandFaith Empty Re: Diário de HopeandFaith

13/10/2020, 12:18
Seja bem vindo irmão ! Passei por uma situação semelhante a sua, embora o vício em que estava preso era diferente, entretanto, minha então noiva na época ficou muito decepcionada...foi um baque, mas vc tomou a escolha certa, uma mente em paz não tem preço.

De uma lida no e-book do site que trata sobre o Reboot se ainda não leu. Pratique atividades de religação constantemente, o segredo acredito, é substituir o espaço que a P tinha em nossa mente por outros estímulos benéficos.

No seu caso, como é cristão, invista na fé como meditação da Palavra e oração. Pratique hobbys tbm, como tocar violão, exercícios físicos, estudo e etc...

Quando sentir tentado, não fique parado, levanta e vai caminhar, toma um banho gelado, faz 30 flexão enfim kkk... Ficar parado e deixar a P pairar na sua mente é queda na certa.

Enfim, lhe desejo sucesso no reboot e no seu relacionamento com sua noiva, para Deus nada é impossível, estarei orando por vc brother !

Força !

_______________________________________
Meu diário:
https://www.comoparar.com/t10805-diario-de-conquista


"Ele fortalece o cansado e da grande vigor ao que está sem forças. " Sl 40,29

Rottweiler, MEMENTO MORI e hopeandfaith gostam desta mensagem

avatar
hopeandfaith
Mensagens : 2
Data de inscrição : 13/10/2020

Diário de HopeandFaith Empty Re: Diário de HopeandFaith

13/10/2020, 15:13
Lima Gomes escreveu:Seja bem vindo irmão ! Passei por uma situação semelhante a sua, embora o vício em que estava preso era diferente, entretanto, minha então noiva na época ficou muito decepcionada...foi um baque, mas vc tomou a escolha certa, uma mente em paz não tem preço.

De uma lida no e-book do site que trata sobre o Reboot se ainda não leu. Pratique atividades de religação constantemente, o segredo acredito, é substituir o espaço que a P tinha em nossa mente por outros estímulos benéficos.

No seu caso, como é cristão, invista na fé como meditação da Palavra e oração. Pratique hobbys tbm, como tocar violão, exercícios físicos, estudo e etc...

Quando sentir tentado, não fique parado, levanta e vai caminhar, toma um banho gelado, faz 30 flexão enfim kkk... Ficar parado e deixar a P pairar na sua mente é queda na certa.

Enfim, lhe desejo sucesso no reboot e no seu relacionamento com sua noiva, para Deus nada é impossível, estarei orando por vc brother !

Força !

Muito obrigado, brother!
É isso aí, para Deus nada é impossível. Prossigamos!

Rottweiler e Lima Gomes gostam desta mensagem

MEMENTO MORI
MEMENTO MORI
Mensagens : 138
Data de inscrição : 02/10/2020
Idade : 25

Diário de HopeandFaith Empty Re: Diário de HopeandFaith

13/10/2020, 16:16
hopeandfaith escreveu:Olá, companheiros.
Começo esse diário hoje pois acho que escrever me fará bem no processo que estou vivendo. Sempre tive muita dificuldade para me abrir e, de alguns dias para cá, resolvi pedir ajuda às pessoas próximas. Tenho 29 anos e consumi p associada à m desde os 13 ou 14 anos de idade mais ou menos.
Entrei em um namoro em outubro do ano passado (2019), noivamos em julho deste ano e  estávamos com o casamento marcado para dezembro. Há pouco mais de um mês, no início de setembro, confessei à minha noiva, à minha família, aos meus amigos e pastores (sou evangélico) sobre os problemas (pecados) com os quais eu estava lidando. Entendi que, sem essa confissão e sem a ajuda dessas pesosas,  eu nunca conseguiria vencer esses vícios sozinho. O vício da p me levou, ao longo dos anos, a procurar prostitutas. Traí a minha namorada/noiva algumas vezes com essas garotas de programa, além das questões virtuais que eu estava envolvido com mais frequência. Contei tudo em detalhes para todos. Ela sofreu muito, estamos passando por momentos de muita dor mas nada poderia ser pior do que manter uma vida mentirosa. Sinto uma paz inexplicável desde o dia em que eu confessei tudo. O processo tem sido doloroso. Ela tem me tratado de uma forma até melhor do que eu merecia, tem conversado comigo, está tentando entender os meus problemas. Mas sei que muitas coisas se passam na cabeça dela. Ela me devolveu um colar que eu havia lhe dado no começo do namoro bem como me devolveu a aliança de noivado também. Disse que não quer nada que a lembre do passado, como essas jóias e a data que havíamos marcado para o casamento. Mas disse continuar me amando, disse que ainda vê possibilidades de ficarmos juntos. Cada um está vivendo o seu processo no momento. Estamos nos falando e nos vendo bem menos do que antes.
Confessei todas essas coisas no dia 07/09/2020, sendo que havia consumido p no dia anterior. De lá para cá, tive uma recaída: no dia 27/09/2020. Desde então, são 16 dias longe da p e da m. Quando eu puder, vou fazer o meu contador por aqui. Parece-me que não é possível criar um agora já que me registrei hoje no fórum.
É isso, pessoal. Espero que escrever por aqui possa me fazer bem e me ajudar no processo.
Tenho lido o relato de alguns e está sendo encorajador, de certa forma.
Abraços!

Bem-vindo hopeandfaith, o primeiro passo foi dado guerreiro! Todos nós compreendemos a sua luta e a sua angustia e conseguimos nos relacionar de alguma forma com a sua história, afinal, todos estamos passando pela mesma tormenta e tentando superar o mesmo problema. Por isso estamos aqui, para desabafar, para ouvir, para aprender, para buscar apoio, para ajudar, para compartilhar, observar e absorver o que for possível para conseguir realizar o reboot, que é a única forma possível de você conseguir deixar de ser viciado em P. e retomar o controle da sua vida, e assim não precisará mais mentir para ninguém, nem se sentir um hipocrita! A culpa não é sua, o vicio se desenvolve através de um mecanismo natural e biologico, no circuito de recompensas, você apenas esta sendo vitima, e agora que decifrou e assumiu que é viciado e principalmente que quer mudar sua vida, você só precisa se manter com essa mentalidade e empregar e fazer tudo aquilo que for necessário para vencer o vicio. Pode contar comigo e com outros rebooters nesse fórum, muitos estão verdadeiramente dispostos a te ajudar, seja dando conselhos, puxões de orelha, apontando erros e alertando, te mandando energias positivas, etc... Ou seja, você não esta sozinho e iremos juntos vencer essa batalha! Grande abraço e sucesso no processo!

_______________________________________



Meu Diário: DIÁRIO DO GUERREIRO LUTANDO PELA GLÓRIA ETERNA

"Todo prazer vem associado a uma dor.
O verdadeiro prazer é aquele no qual a dor vem antes!
Se o prazer vier sem nenhuma dor anterior,
Então ele causará muita dor depois!"


"Não importa o quanto você bate, mas sim o quanto você aguenta apanhar e continuar lutando. O quanto pode suportar e continuar seguindo em frente. Só assim se consegue a vitória."

- Rocky Balboa

hopeandfaith gosta desta mensagem

Ir para o topo
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos